Barbara Damasco da Silva

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9880643831550453
  • Última atualização do currículo em 14/10/2013


Possui graduação em História pela Universidade Federal Fluminense (2011). Tem experiência na área de História, com ênfase em História das Ciências. Mestranda no Programa de Pós Graduação em História das Ciências e da Saúde na Casa Oswaldo Cruz/FIOCRUZ. Interessa-se por temáticas relativas a história do Brasil, Primeira República, Rio de Janeiro, filantropia, história das ciências e da saúde. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Barbara Damasco da Silva
Nome em citações bibliográficas
DAMASCO, Bárbara


Formação acadêmica/titulação


2013
Mestrado em andamento em História das Ciências.
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Título: Filantropia, Saúde e Sociedade no Hospital José Carlos Rodrigues (1909-1929),Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: Luiz Otávio Ferreira.
Bolsista do(a): Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Palavras-chave: História da Ciência; Filantropia; Rio de Janeiro; Primeira República.
2007 - 2011
Graduação em História.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: HOSPITAL JOSÉ CARLOS RODRIGUES, FILANTROPOS E SOCIEDADE (1909-1929).
Orientador: Prof. Dr. Humberto F. Machado.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.




Atuação Profissional



Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista FIOCRUZ


Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: bolsita PIBIC,, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBIC, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2009 - 2011
Filantropia e saúde nos Hospitais da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro (1909-1929).
Descrição: Este projeto tem como objetivo o estudo da filantropia laica no Brasil nas primeiras décadas do século XX a partir do estudo prosopográfico dos principais benfeitores dos Hospitais José Carlos Rodrigues e São Zaccharias ambos criados e mantidos pela Irmandade da Misericórdia do Rio de Janeiro durante a Primeira República. Como resultado secundário, este projeto se propõe a refletir sobre a relação entre esta Irmandade e a sociedade brasileira no que tange a manutenção de seus hospitais; bem como entender como a Irmandade viveu o momento de questionamento da ação caritativa na assistência à saúde, nas primeiras décadas do século XX..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Barbara Damasco da Silva - Integrante / Gisele Porto Sanglard - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Ciências.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil República.


Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
2ª JORNADA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA DAS CIÊNCIAS E DA SAÚDE.Filantropia republicana: José Carlos Rodrigues e a herança para a assistência materno-infantil na cidade do Rio de Janeiro. 2013. (Outra).

2.
XXVII SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA.A elite benfeitora e o legado para assistência infantil no Rio de Janeiro: Hospital José Carlos Rodrigues(1909-1929). 2013. (Simpósio).

3.
XIV ENCONTRO REGIONAL DA ANPUH-RIO: MEMÓRIA E PATRIMÔNIO..FILANTROPIA, SAÚDE E SOCIEDADE NO HOSPITAL JOSÉ CARLOS RODRIGUES(1909-1929). 2010. (Simpósio).

4.
Mini-curso Caridade, Filantropia e Assistência em Brasil e Portugal: Perspectivas HIstoriográficas e Metodológicas.. 2009. (Outra).

5.
Seminário Internacional Estado, Filantropia e Assistência.. 2009. (Seminário).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/10/2018 às 22:13:57