Victor Callil

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8718869559286000
  • Última atualização do currículo em 19/10/2018


Bacharel em Turismo pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Mestre em Sociologia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas ? USP (2015), na qual desenvolveu pesquisa sobre o mercado de confecção de moda varejista na cidade de São Paulo. Pós-graudado em pesquisa de marketing, mídia e opinião pública pela Fundação Escola de Sociologia e Política (FESP-SP). É pesquisador do Núcleo de Desenvolvimento do Cebrap desde 2009 onde participa de pesquisas sobre mobilidade urbana e políticas públicas. Trabalha com o tema da mobilidade por bicicleta desde 2011. Participou da elaboração das Ciclorrotas e do mapeamento do Bike Sampa. Compõe a equipe responsável pela elaboração de indicadores e análise de acompanhamento de sistemas de bicicleta compartilhada em 6 cidades: São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre e Recife. Realizou pesquisas quantitativas e qualitativas com ciclistas e com gestores públicos. Desenvolve trabalhos técnicos de contagem, além de trabalhos acadêmicos na área. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Victor Callil
Nome em citações bibliográficas
CALLIL, V.;CALLIL, VICTOR


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2015
Mestrado em Sociologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Cadeia Produtiva e Mercado: um estudo sobre a produção e a venda de moda varejista na cidade de São Paulo,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: Márcia Regina de Lima Silva.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Moda Varejista; Confecção; Cadeia Produtiva.
2005 - 2009
Graduação em Turismo.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Artesanato e Inclusão Social - Estudo sobre o artesanato em Nova Porto XV (Bataguassu - MS).
Orientador: Eduardo Romero de Oliveira.




Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, CEBRAP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Participação em diversos projetos de pesquisa. Entrou na instituição trabalhando com o tema de cidades e mercado de trabalho. Em 2012 passou a trabalhar com o tema da mobilidade urbana por bicicleta, participando de projetos de pesquisa que buscam compreender os padrões de mobilidade por bicicleta nas cidades brasileiras.


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Discente, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Impacto Social do uso da bicicleta em São Paulo
Descrição: A pesquisa pretende aferir duas dimensões de impacto pelo uso da bicicleta em São Paulo. Uma delas é a dimensão individual, ou seja, os impactos observados nas condições de vida dos indivíduos, condições de saúde, experiência de vida com a cidade, bem estar e vida econômica. A outra é a dimensão social, ou seja, os impactos nas dinâmicas sociais macro, como impactos ambientais, nos sistemas de saúde e econômicos. A partir de survey com dois grupos (população geral x usuários de bicicletas), será possível comparar diferentes indicadores de condições e qualidade de vida, que permitirão aferir os impactos individuais do uso de bicicletas e simultaneamente projetar (combinando estimativas populacionais, gastos públicos e modelagens econômicas) o impacto nas dinâmicas sociais macro...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Victor Callil - Integrante / TORRES-FREIRE, Carlos - Coordenador / Maria Carolina Vasconcelos Oliveira - Integrante / Daniela Costanzo - Integrante / Luísa Adib Dino - Integrante / Graziela Castello - Integrante.
2016 - Atual
Pesquisa comparada de sistemas internacionais de compartilhamento de bicicletas
Descrição: A pesquisa buscou compreender os diferentes modelos e usos de sistemas de compartilhamento de bicicletas em diversas cidades do mundo. Procurou-se entender os modelos de financiamento, as diferentes tecnologias utilizadas nos sistemas, a localização geográfica das estações e o uso dos sistemas de forma geral...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Análise documental de planos e projetos para uso da bicicleta em São Paulo
Descrição: A pesquisa, com documentos da CET-SP e análise da bibliografia pertinente, busca compreender como a bicicleta foi tratada pela burocracia que cuida da engenharia de tráfego na cidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Boletim Mensal dos Sistemas de Compartilhamento de Bicicletas
Descrição: O acompanhamento mensal busca analisar as principais mudanças nos padrões de uso de seis sistemas de compartilhamento de bicicletas no Brasil (São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Porto Alegre, Recife e Belo Horizonte)...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
Monitoramento de sistemas de compartilhamento de bicicleta
Descrição: Pesquisa para investigar o funcionamento dos sistemas de compartilhamento de bicicletas em cidades do país, com etapas qualitativas e quantitativas. O objetivo era compreender os padrões de viagens e suas relações com o meio urbano...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2015
Monitoramento de sistemas de compartilhamento de bicicleta
Descrição: Projeto com o objetivo de compreender como os sistemas de bicicleta compartilhada funcionam em 5 cidades do país (São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador e Recife)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2015
Cadeia produtiva e mercado: um estudo sobre a produção e a venda de moda varejista na cidade de São Paulo
Descrição: ascensão de um grande contingente de pessoas a um determinado patamar de consumo trouxe uma série de oportunidades para a indústria têxtil nacional. Não apenas o comércio varejista de roupas se sofisticou como também a cadeia têxtil-vestuário precisou se adaptar a uma nova realidade: um modelo de produção que tem como base a velocidade e o preço. Este trabalho, a partir de uma análise que engloba os processos produtivos e a venda de vestuário na capital paulista, busca explicar de que maneira o varejo legitima seu produto enquanto moda. Assim, elencamos três fatores essenciais para a análise de nosso objeto, a moda varejista: i) como nasceu e se desenvolveu o modelo de varejo existente até hoje. Nesta etapa abordamos a história de três magazines extremamente relevantes para história do varejo da cidade e mesmo do país ?Casa Alemã, Mappin e Mesbla -além de dois bairros fundamentais para a formação da indústria têxtil de São Paulo ?o Brás e o Bom Retiro. ii) o modo como a cadeia têxtil-vestuário paulistana adaptou seus meios de produção para acompanhar as mudanças do mercado. Aqui, analisamos dados quantitativos oriundos da RAIS além de material bibliográfico sobre o tema e,iii) como operam os atores envolvidos na fabricação e na venda da moda varejista. Para isso, abordamos dois representantes de funções centrais na produção de moda varejista, a produção e a distribuição: uma confecção, a R ?Confecções e um magazine, a saber, a Riachuelo.Nossa pesquisa é balizada pelo referencial teórico de Patrik Aspers, pesquisador suíço cujo foco de investigação é o mercado de moda varejista europeu. O instrumental apresentado por este autor nos permite compreender como se formam e se organizam os mercados de moda varejista..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Victor Callil - Coordenador.
2007 - 2008
Artesanatoe Inclusão Social - Estudo sobre o artesanato em Nova Porto XV (Bataguassu - MS)
Descrição: Este trabalho consiste em um projeto de pesquisa qualitativa, inserido na sub-área das ciências sociais aplicadas, na área das ciências humanas, tendo como temáticas gerais o turismo, a preservação cultural e identidade cultural. O objeto de estudo é a atividade de artesanato na vila de Nova Porto XV, situada na cidade de Bataguassu no sudeste do Estado do Mato Grosso do Sul. O objetivo é conhecer o processo de implantação no distrito, desde os cursos de ministrados pelo SEBRAE até o desempenho atual desta atividade. De modo que permita verificar, enquanto objetivos específicos, se houve alterações nas condições sócio-econômicas dos artesãos após o exercício desta atividade; e se exercício da técnica implicações na representação da identidade cultural da comunidade. Enfim, avaliar os desdobramentos sócio-culturais da atividade artesã. Pretende-se com este trabalho verificar a hipótese do treinamento em atividades de artesanato e capacitação turísticas seriam ferramentas viáveis na compensação de obras desse tipo (usinas hidroelétricas); e se isto poderia ocorrer através de cursos e atividades, como o exemplo de Nova Porto XV..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CALLIL, VICTOR2017 CALLIL, VICTOR; COSTANZO, D. . ANÁLISE COMPARADA DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA BICICLETA: Nova York, Cidade do México e São Paulo. Revista de Politica Públicas da UFMA, v. 21, p. 915-937, 2017.

2.
TORRES-FREIRE, Carlos2014 TORRES-FREIRE, Carlos ; GOLGHER, D. ; CALLIL, V. . Biotecnologia em saúde humana no Brasil: produção cientí fica e pesquisa e desenvolvimento. Novos Estudos CEBRAP (Impresso), v. 1, p. 68, 2014.

3.
TORRES-FREIRE, Carlos2014TORRES-FREIRE, Carlos ; ABDAL, Alexandre ; CALLIL, V. . A geografia da atividade econômica no estado de São Paulo: Para uma regionalização baseada na tecnologia e conhecimento.. ESTUDOS DE SOCIOLOGIA (SÃO PAULO), v. 19, p. 317-347, 2014.

4.
FREIRE, CARLOS TORRES2013FREIRE, CARLOS TORRES ; ABDAL, Alexandre ; CALLIL, VICTOR . Science, technology and innovation in the Brazilian State of São Paulo: the need for public policies for region-based development. INTERNATIONAL JOURNAL OF TECHNOLOGICAL LEARNING, INNOVATION AND DEVELOPMENT (ONLINE), v. 6, p. 225, 2013.

5.
CALLIL, V.;CALLIL, VICTOR2009CALLIL, V.; OLIVEIRA, Eduardo Romero de . RELAÇÃO: ARTESÃOS X TRABALHO EM NOVA PORTO XV- BATAGUASSU. Revista Acadêmica Observatório de Inovação do Turismo, v. 3, p. 1-13, 2009.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
FREIRE, CARLOS TORRES ; CALLIL, VICTOR ; CASTELLO, G. . Impacto social do uso da bicicleta em São Paulo. 1. ed. São Paulo: Cebrap, 2018. v. 1. 48p .

2.
CALLIL, VICTOR; COSTANZO, D. (Org.) . Estudos de Mobilidade por Bicicleta. 1. ed. São Paulo: Cebrap, 2018. v. 1. 200p .

3.
BARBOSA, A. F. ; FREITAS, G. G. ; DOWBOR, M. ; AMORIM, R. L. C. ; BARBOSA, R. J. ; CALLIL, V. . O Brasil real: a desigualdade para além dos indicadores. 1. ed. São Paulo: Outras Expressões, 2012.

4.
TORRES-FREIRE, Carlos ; ABDAL, Alexandre ; CALLIL, V. . Desenvolvimento Econômico (no prelo). São Paulo: Cebrap, 2011. v. 1. 50p .

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CALLIL, VICTOR; COSTANZO, D. . Padrões de uso de bike-sharing em 3 grandes cidades brasileiras. In: 21º Congresso Brasileiro de Transporte e Trânsito, 2017, São Paulo. 21º Congresso Brasileiro de Transporte e Trânsito, 2017.

2.
TORRES-FREIRE, Carlos ; ABDAL, Alexandre ; CALLIL, V. . Infraestrutura de ciência, tecnologia e inovação no Estado de São Paulo e a necessidade de políticas públicas de desenvolvimento baseadas no território. In: 36º Encontro Anual da Anpocs, 2012, Águas de Lindóia - SP. ANAIS DO ENCONTRO (GTS, MRS E SPS), 2012.

3.
TORRES-FREIRE, Carlos ; ABDAL, Alexandre ; CALLIL, V. . Padrões territoriais dos serviços intensivos em conhecimento e da indústria de mais alta tecnologia no estado de São Paulo.. In: XVII Reunião Anual da Rede Pymes Mercosul: PMEs, Clusters e Inovação: uma agenda para o MERCOSUL., 2012, São Paulo-SP. Anais da XVII Reunião Anual da Rede Pymes Mercosul: PMEs, Clusters e Inovação: uma agenda para o MERCOSUL., 2012.

Artigos aceitos para publicação
1.
CALLIL, VICTOR; COSTANZO, D. . Inserção e padrões de viagens de sistemas de bike-sharing em três cidades: São Paulo, Cidade do México e Nova York. REVISTA TRANSPORTE Y TERRITORIO, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
CALLIL, VICTOR. Mobilidade a pé e a relação com a cidade em São Paulo. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
CALLIL, VICTOR; COSTANZO, D. . Padrões de uso de bike sharing em 3 grandes cidades brasileiras. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
CALLIL, VICTOR. Mobilidade urbana por bicicleta e o bike sharing. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
TORRES-FREIRE, Carlos ; ABDAL, Alexandre ; CALLIL, V. . Infraestrutura de ciência, tecnologia e inovação no Estado de São Paulo e a necessidade de políticas públicas de desenvolvimento baseadas no território. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
ABDAL, Alexandre ; TORRES-FREIRE, Carlos ; CALLIL, V. . A geografia da atividade econômica no estado de São Paulo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
CALLIL, V.. Artesanato e Inclusão Social - Estudo sobre o artesanato em Nova Porto XV (Bataguassu - MS). 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
CALLIL, VICTOR; TORRES-FREIRE, Carlos ; COSTANZO, D. ; OLIVEIRA, M. C. V. ; DINO, L. A. . Análise de sistemas de bicicleta compartilhada em 6 sistemas. 2016.

2.
TORRES-FREIRE, Carlos ; CALLIL, V. ; OLIVEIRA, M. C. V. ; COSTANZO, D. . Análise de sistemas de bicicleta compartilhada em 7 cidades brasileiras. 2015.

3.
TORRES-FREIRE, Carlos ; CALLIL, V. ; OLIVEIRA, M. C. V. ; TORINI, D. . Análise de sistemas de bicicleta compartilhada em 5 sistemas. 2014.

4.
TORRES-FREIRE, Carlos ; CALLIL, VICTOR ; OLIVEIRA, M. C. V. . Perfil dos usuários de bicicleta compartilhada em 5 cidades do Brasil. 2014.

5.
TORRES-FREIRE, Carlos ; CALLIL, VICTOR ; OLIVEIRA, M. C. V. ; TORINI, D. . Perfil dos usuários de bicicleta compartilhada de São Paulo. 2013.

6.
TORRES-FREIRE, Carlos ; CALLIL, VICTOR ; OLIVEIRA, M. C. V. . Perfil dos usuários de bicicleta compartilhada de São Paulo. 2012.


Demais tipos de produção técnica
1.
CALLIL, VICTOR; COSTANZO, D. . Introdução à metodologia de pesquisa e métodos quantitativos. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
CALLIL, VICTOR; COSTANZO, D. . Sistemas de informações geográficas e abordagens. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
CALLIL, VICTOR; COSTANZO, D. . Contagem de ciclistas na Rua da Consolação. 2017. (Mapa publico de vias ciclaveis).

4.
CALLIL, VICTOR. Curso de formação em ciclomobilidade. 2016. .

5.
CALLIL, VICTOR; COSTANZO, D. ; OLIVEIRA, M. C. V. ; TORRES-FREIRE, Carlos ; DINO, L. A. . Análise de sistemas de bicicleta compartilhada em 6 sistemas. 2016. (Mapa publico de vias ciclaveis).

6.
COSTANZO, D. ; CALLIL, VICTOR ; TORRES-FREIRE, Carlos . Sistemas de compartilhamento de bicicletas: casos internacionais. 2016. (Mapa publico de vias ciclaveis).

7.
CALLIL, VICTOR; COSTANZO, D. ; TORRES-FREIRE, Carlos ; OLIVEIRA, M. C. V. . Análise de sistemas de bicicleta compartilhada em 7 cidades brasileiras. 2015. (Mapa publico de vias ciclaveis).

8.
CALLIL, VICTOR; COSTANZO, D. . Contagem de ciclistas no município de São Paulo. 2015. (Mapa publico de vias ciclaveis).

9.
FREIRE, CARLOS TORRES ; VALVERDES, L. ; OLIVEIRA, M. C. V. ; LABADIA, D. ; ARAGONEZ, F. ; CAMPOS, M. ; CALLIL, V. . Ciclorrotas SP 2013. 2013. (Mapa publico de vias ciclaveis).

10.
TORRES-FREIRE, Carlos ; et al ; CALLIL, V. . Brazil Biotech Map 2011.. 2011. (Relatório de pesquisa).

11.
BARBOSA, A. de F ; DOWBOR, M. ; TORINI, D. ; CALLIL, V. . Trabalho e Qualificação no Estado de São Paulo: Trabalho Pesquisa Qualitativa com Egressos do Programa Estadual de Qualificação Profissional de 2010. 2010. (Relatório de pesquisa).

12.
CALLIL, V.. Relatório Final. 2008. (Relatório de pesquisa).

13.
CALLIL, V.. Relatório Parcial. 2007. (Relatório de pesquisa).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Bicicultura.Painel ? Bicicletas compartilhadas: desafios da operação e o papel do Estado. 2016. (Encontro).

2.
Seminários Escola do Parlamento - Cebrap.Transporte não motorizado: Mobilidade por bicicleta. 2016. (Seminário).

3.
SP2030.Cidade em movimento. 2016. (Encontro).

4.
III Workshop TA.Como analisar os sistemas de compartilhamento de bicicletas?. 2015. (Encontro).

5.
36º encontro anual da Anpocs. Infraestrutura de ciência, tecnologia e inovação no Estado de São Paulo e a necessidade de políticas públicas de desenvolvimento baseadas no território. 2012. (Congresso).

6.
II Semana de Turismo. 2008. (Congresso).

7.
Oficina de documentação Museológica. 2008. (Oficina).

8.
Seminário de Pesquisa "Políticas Públicas de Patrimônio: Meio Ambiente e Cultura". 2008. (Seminário).

9.
Semana do Turismo 2007. 2007. (Congresso).

10.
I Simpósio UNESP sobre o Rio Paraná como Espaço Turístico: "Turismo Náutico: Convergências e Divergências". 2006. (Simpósio).

11.
IV Semana de Turismo ECA-USP. 2006. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Orientações de outra natureza
1.
Guilherme Braga Alves. O Uso da Bicicleta em Santa Cruz, Rio de Janeiro. Início: 2017. Orientação de outra natureza. Centro Brasileiro de Análise e Planejamento. (Orientador).



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
CALLIL, VICTOR. Mobilidade urbana por bicicleta e o bike sharing. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 13/12/2018 às 10:11:45