Rodrigo Henrique Ferreira da Silva

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6201270581568810
  • Última atualização do currículo em 14/11/2018


Doutorando em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Mestre em História pelo PPGHis da Universidade Estadual Paulista (UNESP), com pesquisa financiada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Graduado em História (Licenciatura e Bacharelado) pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Atualmente concentra pesquisas em História Ibero-Americana, mais especificamente em Bom Governo/tomismo e razão de estado nos vice-reinados da Nova Espanha e do Peru, e no Governo Geral do Brasil, entre a segunda metade do século XVI e as primeiras décadas do XVII. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Rodrigo Henrique Ferreira da Silva
Nome em citações bibliográficas
SILVA, R. H. F.


Formação acadêmica/titulação


2018
Doutorado em andamento em História.
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
Título: Entre tensões reais e vice reais: o Bom Governo nos vice reinados da Nova Espanha e do Peru (1568-1615),
Orientador: Luiz Estevam de Oliveira Fernandes.
Coorientador: Marco Antonio Silveira.
2014 - 2016
Mestrado em Historia.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: A linguagem política do bom governo nas Leis Novas: Francisco de Vitoria e o tomismo espanhol, 1493-1543,Ano de Obtenção: 2016.
Orientador: Ana Raquel Marques da Cunha Martins Portugal.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Vitoria, Francisco de, 1492-1546; Tomismo espanhol; Bom governo; Lei natural.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Hispano-Americana.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da América.
2009 - 2013
Graduação em História - Licenciatura e Bacharelado.
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
Título: Um apóstolo na América: São Tomé e a crônica de Diego Durán.
Orientador: Luiz Estevam de Oliveira Fernandes.




Formação Complementar


2016 - 2016
Global History e a História da América: debates e perspectivas. (Carga horária: 6h).
Associação Nacional de Pesquisadores e Professores de História das Américas, ANPHLAC, Brasil.
2014 - 2014
Os índios na história das Américas. (Carga horária: 3h).
Associação Nacional de Pesquisadores e Professores de História das Américas, ANPHLAC, Brasil.
2014 - 2014
Inquisição e Jesuítas na América portuguesa. (Carga horária: 4h).
Encontro Internacional de História Colonial, EIHC, Brasil.
2013 - 2013
Filhos de Adão: o problema da origem dos indígenas. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
2011 - 2011
O Antigo Testamento no Brasil colonial. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
2011 - 2011
Jesuítas na Idade Moderna. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
2010 - 2010
Teoria da História - Estevão de Rezende Martins. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
2009 - 2009
Gestão Documental e Leitura Paleográfica. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
2009 - 2009
Descobrimentos e expansão portuguesa na Ásia. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Mestrado
Outras informações
Dissertação defendida em outubro de 2016.

Atividades

03/2014 - 10/2016
Pesquisa e desenvolvimento , UNESP - Campus de Franca, .

Linhas de pesquisa
História e Cultura Social

Centro de Apoio Popular Estudantil, CAPE, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Professor de História Geral e Sociologia, Carga horária: 2
Outras informações
O CAPE é uma instituição voluntária, na cidade de Ribeirão Preto/SP, com o objetivo de fornecer um curso "pré-vestibular" para alunos que não possuem condições financeiras de estudarem em instituições privadas de ensino.


Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Aluno de Pós-Graduação, Enquadramento Funcional: Aluno de Doutorado

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitoria de História da América I, Carga horária: 12
Outras informações
O projeto de monitoria para a disciplina História da América I, coordenado pelo Professor Doutor Luiz Estevam de Oliveira Fernandes, tem por objetivos gerais contribuir para a melhoria do ensino na graduação, para o processo de formação do próprio estudante, e despertar no monitor o interesse pela carreira docente.

Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 12
Outras informações
Este projeto de pesquisa, coordenado pelo Professor Doutor Luiz Estevam de Oliveira Fernandes do Departamento de História da Universidade Federal de Ouro Preto, pretende analisar a crônica (escrita entre 1565-1581) de um padre dominicano espanhol, Diego Durán, sobre os povos indígenas do México antigo e colonial; objeto de estudo ainda pouco privilegiado no Brasil em estudos sobre a América Espanhola, no que diz respeito às crônicas, o que pode suscitar novas possibilidades de pesquisas.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Pró-Ativa, Carga horária: 8
Outras informações
O trabalho "História da historiografia brasileira: balanço da produção acadêmica dos últimos 10 anos", coordenado pelo Professor Doutor Valdei Lopes de Araujo do Departamento de História da Universidade Federal de Ouro Preto, pretende fazer um levantamento de artigos da área de História da Historiografia, Metodologia e Teoria da História, publicados em revistas eletrônicas entre os anos de 2000 a 2009. O objetivo deste trabalho é possibilitar aos graduandos o acesso às fontes bibliográficas e inúmeros artigos que já foram publicados nessa área; tanto para estudos em geral quanto para quem pretende seguir na área de História da Historiografia e Teoria da História.

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Voluntário, Carga horária: 8
Outras informações
Participante dos trabalhos de higienização e identificação da documentação avulsa pertencente ao Arquivo Histórico da Câmara Municipal de Mariana.

Atividades

08/2010 - 08/2010
Estágios , Instituto de Ciências Humanas e Sociais, .

Estágio realizado
Monitor do IV Seminário Nacional de História da Historiografia: Tempo Presente e Usos do Passado.
08/2009 - 06/2010
Estágios , Instituto de Ciências Humanas e Sociais, .

Estágio realizado
Bolsista do Núcleo de Estudos em História da Historiografia e Modernidade - NEHM.


Linhas de pesquisa


1.
História e Cultura Social


Projetos de pesquisa


2014 - 2016
A linguagem política do bom governo nas Leis Novas: Francisco de Vitoria e o tomismo espanhol, 1493-1543
Descrição: O projeto de pesquisa, sob a orientação da Profª. Drª. Ana Raquel Portugal, do Programa de Pós-Graduação em História pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), pretende compreender como a doutrina escolástica-tomista foi concebida pela monarquia espanhola através das ideias defendidas pelo padre dominicano Francisco de Vitoria (1492-1546), por meio de sua obra Relectio de Indis. Nesse período de discussões intelectuais sobre o Novo Mundo, muitos teólogos e juristas procuraram estabelecer diretrizes sobre as populações indígenas e o modo de governar da Coroa castelhana. No caso de Vitoria, líder e mestre catedrático da Universidade de Salamanca, as soluções para o problema das Indias foram pensadas pelas suas teses tomistas de colonização, tendo como base a prática do bom governo que administra a justiça para o bem comum dos ?bárbaros? a fim de garanti-los na ?civilização? cristã espanhola e ?inseri-los? nos corpora da hierarquia universal ordenada moralmente pelas leis eterna, divina, natural e humana positiva, sendo as leis naturais mediadoras de toda a justiça e direito do bom governo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rodrigo Henrique Ferreira da Silva - Coordenador / Ana Raquel Marques da Cunha Martins Portugal - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2011 - 2013
Um apóstolo na América: São Tomé e a crônica de Diego Durán
Descrição: O projeto de pesquisa foi desenvolvido sob a orientação do Prof. Dr. Luiz Estevam de Oliveira Fernandes, da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Instituto de Ciências Humanas e Sociais. A obra "Historia de las Indias y islas de la tierra firme", escrita pelo frade dominicano Diego Durán, no século XVI, foi redescoberta por José Fernando Ramírez, no século XIX, no clássico episódio denominado "o resgate da crônica", o que suscitou diversas interpretações pela historiografia para com o autor e a obra, de acordo com as questões do seu contexto histórico. Desde então, foram produzidas diversas opiniões sobre o religioso e sua obra, entre a escrita das duas crônicas na segunda metade do século XVI e as análises recentes do século XX. Uma das questões centrais da crônica do frade é o problema da origem do mito de São Tomé na América, onde em cada região do continente, a figura do apóstolo de Cristo foi apropriada e ressignificada através da associação às divindades indígenas locais. No caso de Durán, a ênfase é dada à região da Nova Espanha..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rodrigo Henrique Ferreira da Silva - Coordenador / Luiz Estevam de Oliveira Fernandes - Integrante.


Membro de corpo editorial


2014 - 2016
Periódico: História e Cultura


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História e Cultura.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História e Política.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Livros publicados/organizados ou edições
1.
SILVA, R. H. F.. Um apóstolo na América: São Tomé e a crônica de Diego Durán. 1. ed. Novas Edições Acadêmicas, 2016. v. 1. 84p .

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, R. H. F.. A Segunda Escolástica no modo de governar da monarquia espanhola nas Índias: Francisco de Vitoria e as Leyes Nuevas em meados do século XVI. In: Encontro Internacional de História Colonial, 2014, Maceió. 5º Encontro Internacional de História Colonial: Cultura, Escravidão, e Poder na Expansão Ultramarina (Séculos XVI ao XIX). Maceió: Edufal, 2014. p. 1090-1095.

2.
SILVA, R. H. F.. A passagem de São Tomé pelo Novo Mundo: Diego Durán e a catequese pré-hispânica das Américas, 1565-1581. In: Seminário Nacional de História da Historiografia, 2012, Mariana. Caderno de resumos & Anais do 6º. Seminário Brasileiro de História da Historiografia ? O giro-linguístico e a historiografia: balanço e perspectivas. Ouro Preto: EdUFOP, 2012.

Apresentações de Trabalho
1.
SILVA, R. H. F.. Entre tensões reais e vice-reais: o Bom Governo nos vice-reinados da Nova Espanha e do Peru (1568-1615). 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
SILVA, R. H. F.. Uma relección para o Bom Governo das Indias: os indígenas de Francisco de Vitoria. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
SILVA, R. H. F.. Um novo modo de governar nas Índias: a Segunda Escolástica e o Bom Governo em Francisco de Vitoria. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
SILVA, R. H. F.. O modo de governar da Coroa Espanhola nas Índias: as 'leyes nuevas' e a Segunda Escolástica na primeira metade do século XVI. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
SILVA, R. H. F.. A Segunda Escolástica no modo de governar da monarquia espanhola nas Índias: Francisco de Vitoria e as Leyes Nuevas em meados do século XVI. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
SILVA, R. H. F.. A passagem de São Tomé pelo Novo Mundo: Diego Durán e a catequese pré-hispânica das Américas, 1565-1581. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
SILVA, R. H. F.. A passagem de São Tomé pelo Novo Mundo: Diego Durán e a catequese pré-hispânica das Américas, 1565-1581. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
SILVA, R. H. F.; MAGALHÃES, R. V. ; SILVA, W. R. . Criacionismo x Evolucionismo: uma polêmica nas aulas de História. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
SILVA, R. H. F.. História da historiografia brasileira: balanço da produção acadêmica dos últimos 10 anos. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
SILVA, R. H. F.. Parecerista ad-hoc para a Revista Temporalidades (UFMG). 2018.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Congresso de América Colonial: Historiografia, Acervos e Documentos. Uma relección para o Bom Governo das Indias: os indígenas de Francisco de Vitoria. 2017. (Congresso).

2.
XII Encontro Internacional da ANPHLAC.Um novo modo de governar nas Índias: a Segunda Escolástica e o Bom Governo em Francisco de Vitoria. 2016. (Simpósio).

3.
V Encontro Internacional de História Colonial.A Segunda Escolástica no modo de governar da monarquia espanhola nas Índias: Francisco de Vitoria e as Leyes Nuevas em meados do século XVI. 2014. (Simpósio).

4.
XI Encontro Internacional da ANPHLAC.O modo de governar da Coroa Espanhola nas Índias: as "leyes nuevas" e a Segunda Escolástica na primeira metade do século XVI. 2014. (Simpósio).

5.
VI Seminário Nacional de História da Historiografia.A passagem de São Tomé pelo Novo Mundo: Diego Durán e a catequese pré-hispânica das Américas, 1565-1581. 2012. (Seminário).

6.
Ensinar o passado na liquidez pós-moderna. 2011. (Outra).

7.
I Mostra de Ensino de História.Criacionismo x Evolucionismo: uma polêmica nas aulas de História. 2011. (Outra).

8.
Patrimônio e Ensino de História. 2011. (Outra).

9.
III Mostra Pró-Ativa da Universidade Federal de Ouro Preto / SIC-UFOP.História da historiografia brasileira: balanço da produção acadêmica dos últimos 10 anos. 2010. (Outra).

10.
III Simpósio ILB - Itinerários da Pesquisa Histórica: Métodos, Fontes e Campos Temáticos. 2010. (Simpósio).

11.
IV Seminário Nacional de História da Historiografia: Tempo Presente e Usos do Passado. 2010. (Seminário).

12.
Igreja, Estado e Educação: Minas Gerais no início do período republicano. 2009. (Encontro).

13.
II Encontro Memorial do ICHS - Nossas Letras na História da Educação. 2009. (Encontro).

14.
III Seminário Nacional de História da Historiografia - Aprender com a História?. 2009. (Seminário).

15.
Olhares sobre o negro: educação das relações étnico-raciais historiografia e literatura.. 2009. (Outra).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/11/2018 às 6:56:26