Maicon Leopoldino de Andrade

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5264598443893149
  • Última atualização do currículo em 07/08/2017


Membro da Equipe do Centro de Estudos e Ação Social (CEAS) em ações e projetos voltados a defesa do território camponês na região sul e sudoeste do Estado da Bahia, através de projetos produtivos, organizativos, ambientais e sociais dos grupos organizados vinculados aos diversos movimentos e entidades do campo e da cidade nesta região. Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal da Paraíba (2000). Engenheiro Agrônomo do Centro de Estudos e Ação Social. Atua principalmente nos seguintes temas: Direito, Segurança Alimentar e Nutricional, Reforma Agrária, Agroecologia e Soberania Alimentar. Mestre em Geografia pela Universidade Federal da Bahia e pertencente ao Grupo de Pesquisa Geografar. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maicon Leopoldino de Andrade
Nome em citações bibliográficas
ANDRADE, M. L.


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2015
Mestrado em Geografia.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: A monocultura do eucalipto: conflitos socioambientais, resistencias e enfrentamentos na região do sudoeste baiano,Ano de Obtenção: 2016.
Orientador: Prof. Dra. Gilca Garcia de Oliveira.
Coorientador: Prof. Dra. Guiomar Inez Germani.
1995 - 2000
Graduação em Engenharia Agronômica.
Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
Título: Avaliação de Cultivares de Urucum na Mesoregião do Agreste Paraibano.
Orientador: Daniel Duarte.




Formação Complementar


2012 - 2012
Ensino em Geociencias. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2011 - 2011
Ensino em Geociencias. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2011 - 2011
Ensino em Geociencias. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.


Atuação Profissional



Associação Regional de Convivência Apropriada ao Semiárido, ARCAS, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Assessor, Enquadramento Funcional: Assessoria
Outras informações
Curso de 40 horas para 60 agricultores e agricultoras dos municípios de Fátima e Euclides da Cunha coordenado pela a Associação Regional de Convivência apropriada ao Semiárido, fazendo parte do projeto P1+2 no período de 04 a 11 de junho de 2014.


Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Assessoria de Pesquisa, Enquadramento Funcional: Prestador de Serviço, Carga horária: 20
Outras informações
DesenvolvI trabalhos de pesquisa no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar ? PNAE (agosto/2013 a agosto/2014), junto ao Centro Colaborador de Alimentação Escolar ? CECANE, da Escola de Nutrição da Universidade Federal da Bahia.


Centro de Estudos e Ação Social, CEAS, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Assessor de Projetos, Enquadramento Funcional: Engenheiro Agrônomo, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Participante da equipe de Assessoria do CEAS na ação voltada em Projetos e Articulações do Mundo Rural, mais especificamente na região sudoeste e sul do Estado em parceria com os movimentos e entidades de assessoria de luta pela terra, a exemplo da CPT, MPA, CETA, Pastoral da Juventude e do Fórum dos Movimentos Sociais da Região Sudoeste da Bahia.


Programas das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil, PNUD BRASIL, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Prestador de Serviço
Outras informações
Esta consultoria tem a função de promover a participação de empreendimentos da agricultura familiar como fornecedores de produtos da Agricultura Familiar e da Agrobiodiversidade no Programa Nacional de Alimentação Escolar, através da participação da SAF/MDA nos Estados da Bahia e Sergipe pelo Projeto Nutre-Nordeste, coordenando uma equipe multidisciplinar composto por 5(cinco) técnicos.


Ação Brasileira pela Nutrição e Direitos Humanos, ABRANDH, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Facilitador
Outras informações
A presente ação consta de um processo formativo à distância com momentos presenciais, contando com a participação de representantes do Poder Público e da Sociedade Civil com o objetivo de construir e contribuir com o Sistema de Segurança Alimentar do Estado da Bahia.

Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
A ação teve como finalidade de elaboração de uma Pesquisa nos municípios de Pau Brasil (BA), Porto da Folha (SE) e Água Preta (PE) realizada no âmbito do Projeto de Pesquisa "Agricultura Familiar, Alimentação Escolar e a realização do direito humano à alimentação adequada". Teve como enfoque, identificar as potencialidades e as dificuldades encontradas pelos agricultores familiares para fornecimento de alimentos para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), bem como pelas prefeituras e escolas que adquirirem os alimentos desses agricultores.


Escola Família Agrícola de Ribeira do Pombal, EFA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessor, Carga horária: 10
Outras informações
Embora citamos a Escola Família Agrícola, temos o papel de Assessorar tecnica e politicamente mais 4(quatro) organizações populares, que são: Pastoral Rural da Diocese de Paulo Afonso, Cooperativa de Apicultores do Sertão (COAPIS), COOPERACAJU (Cooperativa de cajucultores da Agricultura Familiar) e ARCAS (Associação Regional de Convivência Apropriada a Seca). As funções desenvolvidas diz respeito na Elaboração de projetos, convênios, formação dos grupos e monitoramento dos projetos em curso das entidades.


Cooperativa de Trabalho da Região Sudoeste da Bahia, COOPERSUBA, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Técnico em Desenvolvimento Ambiental
Outras informações
Além do cargo de Técnico em Desenvolvimento Produtivo e Ambiental, ocupávamos a função de Chefia de Escritório Local. A área de abrangência do escritório compreendia 6(seis) municípios do Território Semiárido Nordeste II, que são: Cícero Dantas, Novo Triunfo, Antas, Adustina, Fátima e Paripiranga. Atendendo a cerca de 2000 famílias de agricultores, elaborando e articulando projetos na dimensão da Agroecologia, Economia Solidária e Segurança Alimentar. Neste mesmo perído, assessoramos o Colegiado Territorial da Região na elaboração de Projetos de Desenvolvimento Territorial. O projeto era coordenado pela CAR (Compania de Ação e Desenvolvimento Regional), vinculado a SEDIR (Secretaria de Desenvolvimento e Integração Regional) do Estado da Bahia.


Cáritas Brasileira, CARITAS, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Coordenador Regional
Outras informações
A atividade principal desenvolvida era de Coordenar projetos produtivos em áreas de Assentamento e Acampamentos das Áreas de Reforma Agrária nos Estados da Bahia e Sergipe, compreendendo 80 municípios nesses estados. Uma outra função era de assessorar a Instituição nas discussões de Segurança Alimentar e Nutricional, onde neste período fizemos parte do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional do Estado da Bahia, contribuindo em propostas de políticas públicas na direção de garantir alimentação adequada e em quantidade nos projetos desenvolvidos por organizações governamentais e não governamentais.


Cáritas Brasileira Regional Nordeste II, CÁRITAS, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Articulador, Enquadramento Funcional: Contrato
Outras informações
Desenvolvia atividades de articulação de redes de agricultores familiares na região do Médio Sertão de Alagoas, na perspectiva da produção de sementes crioulas e feiras agroecológicas. No município de Ouro Branco (AL) contribuímos para a formação de fundos rotativos solidários, através de ações de convivência com o semi-árido, na dimensão de acesso á água para consumo e produção, como também na criação de pequenos criatórios. Neste município, desenvolvemos juntamente com a Prefeitura Municipal um projeto pedagógico de educação contextualizada nas escolas do município, na formação de professores e professoras.


Movimento de Organização Comunitária, MOC, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2004
Vínculo: Coordenador Técnico, Enquadramento Funcional: Contrato
Outras informações
Desenvolvia atividades de Assessria técnica e coordenação de projetos de desenvolvimento em comunidades rurais da Região do Piemonte da Diamantina (BA), nos municípios de Serrolândia, Campo Formoso, Jacobina, Miguel Calmon, Mirangaba, Várzea Nova, Umburanas e Ourolândia. Esta ação era desenvolvida em Parceria com a Secretaria do Trabalho e Ação Social do Estado da Bahia (SETRAS). Tinha como foco as famílias do PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil. Com relação aos parceiros locais, tínhamos os Sindicatos dos Trabalhadores Rurais e cooperativas. Contribuímos para a formação da Cooperativa de Crédito em Jacobina, Feira Agroecológica, COFASPI (Cooperativa de Técnicos da Agricultura Familiar) e na elaboração de projetos produtivos para cerca de 2000 famílias, nas áreas de caprinovinocultura, hosrticultura e acesso água para produção e consumo humano.


Conselho Territorial do Médio Sudoeste Baiano, CODETER, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 10
Outras informações
Elaboração do Plano Territorial do Médio Sudoeste Baiano



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Mapeamento das Comunidades de Fundos e Fechos de Pasto no Estado da Bahia
Descrição: O presente trabalho, realizado através do convênio entre a Secretaria de Promoção pela Igualdade Racial (SEPROMI) com a Universidade Federal da Bahia (UFBA), tem como objetivo elaborar uma base de dados georreferenciados das Comunidades Tradicionais de Fundo e Fecho de Pasto (CTFFP) no estado da Bahia, identificadas e com processo aberto, na Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), até 2015. A atividade de pesquisa e extensão a ser desenvolvida, além de permitir à SEPROMI o cumprimento dos compromissos estabelecidos no marco legal (Lei 12.910/2013). Ao mesmo tempo, permitirá dar continuidade às pesquisas desenvolvidas nesta temática e ao processo de sistematização de informações referentes à territorialidade deste grupo social, bem como contribuir com o Movimento das CTFFP no processo de autoafirmação de sua identidade e de defesa dos seus territórios..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Produções



Produção bibliográfica
Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ANDRADE, M. L.; Oliveira. G.G. ; GERMANI, G. I. . A monocultura do eucalipto na Região do Sudoeste Baiano: conflitos sócio ambientais e enfrentamentos. In: I Simpósio Baiano de Geografia Agrária e XI Simpósio de Geografia, 2013, Vitória da Conquista. I Simpósio Baiano de Geografia Agrária e XI Semana de Geografia da UESB. Vitória da Conquista: Editora da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, 2013. v. 1.

Apresentações de Trabalho
1.
ANDRADE, M. L.. Monocultivo do Eucalipto: Conflitos sócio-econômico e ambiental. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
OLIVEIRA, G. G. ; ANDRADE, M. L. . A MONOCULTURA DO EUCALIPTO NA BAHIA: UM RETRATO DA APROPRIAÇÃO PRIVADA DA NATUREZA 2015 (Artigo).

2.
ANDRADE, M. L.; CUNHA, J. S. ; VALVERDE, T. ; NASCIMENTO, M. ; LOPES, C. . CRISE MUNDIAL E A TRAJETÓRIA DO BRASIL, ENTRE 2008 E 20151 2015 (Periódico).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Geografando nas Sextas. 2014. (Outra).

2.
Geografando nas Sextas. 2014. (Outra).

3.
Sociobiodiversidade e Alimentação: o papel da Agricultura Familieriliar.A importância da Agricultura Familiar: limites e potencialidades na atual conjuntura brasileira. 2014. (Simpósio).

4.
Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional.Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutriciona. 2011. (Outra).

5.
Metodologias Participativas para a Integração do Conhecimento Local e Técnico sobre Indicadores de Qualidade de Solos.Metodologias Participativas para a Integração do Conhecimento Local e Técnico sobre Indicadores de Qualidade de Solos. 2010. (Outra).

6.
Políticas Sociais para o Desenvolvimento da Bahia.Políticas Sociais para o Desenvolvimento da Bahia. 2010. (Seminário).

7.
Seminário Estadual de ATER Pública: Realidade, Potencialidade e Desafios.Seminário Estadual de ATER Pública: Realidade, Potencialidade e Desafios. 2010. (Seminário).

8.
V Encontro Nacional do Programa Nacional de Alimentação Escolar.V Encontro Nacional do Programa Nacional de Alimentação Escolar. 2010. (Encontro).

9.
Alcançar a Segurança Alimentar em Época de Crise. 2009. (Seminário).

10.
II Seminário sobre Segurança Alimentar e Nutricional.Segurança Alimentar: Avanços e Perspectivas. 2009. (Seminário).

11.
Oficina de Qualificação- Acesso ao Patrimônio Genético e aos Conhecimentos Tradicionais Associados. 2009. (Oficina).

12.
Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional. 2007. (Outra).

13.
II Encontro Nacional de Agroecologia. 2006. (Congresso).

14.
Congresso Nacional de Segurança Alimentar. A segurança Alimentar na conjuntura atual. 2005. (Congresso).

15.
I Feira do Semi-Árido.Alternativa de Convivência com o Semiárido. 2003. (Encontro).

16.
I Feira do Semi-Árido: Troca de Idéias e Produtos.Fruteiras Nativas da Caatinga com potencial de Aproveitamento Econômico. 2003. (Outra).

17.
Seminário Internacional - Agroecologia: Uma estratégia para a Agricultura Familiar. 2003. (Seminário).

18.
Workshop: Segurança Alimentar e Inclusão Social.Workshop: Segurança Alimentar e Inclusão Social. 2003. (Seminário).



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
ANDRADE, M. L.. Monocultivo do Eucalipto: Conflitos sócio-econômico e ambiental. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/12/2018 às 3:15:45