Stefanny Barros Portela

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4623438301679213
  • Última atualização do currículo em 09/07/2018


Possui graduação em Agronomia pela Universidade Estadual do Maranhão (2013) e mestrado em Agroecologia pela Universidade Estadual do Maranhão (2016). Atualmente é doutoranda do Curso de Pós-Graduação em Agroecologia (Sistemas de produção agroecológicos) da Universidade Estadual do Maranhão. Atua principalmente na área de intensificação ecológica da agricultura do trópico úmido, com ênfase na melhoria dos indicadores químicos do solo para aumentar a disponibilidade e a eficiência do uso de nutrientes em solos de baixa fertilidade natural. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Stefanny Barros Portela
Nome em citações bibliográficas
PORTELA, S. B.;PORTELA, STEFANNY


Formação acadêmica/titulação


2016
Doutorado em andamento em Agroecologia.
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
Título: Aumento da eficiência do uso da água e do nitrogênio para a intensificação sustentável da agricultura em Argissolos estruturalmente frágeis do Maranhão.,
Orientador: Emanoel Gomes de Moura.
Coorientador: Heder Braun.
2014 - 2016
Mestrado em Agroecologia.
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
Título: Uso de gesso e resíduos de leguminosas para melhorar a enraizabilidade de um solo tropical coeso e aumentar a produtividade do milho,Ano de Obtenção: 2016.
Orientador: Emanoel Gomes de Moura.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Níveis de Cálcio e Carbono Orgânico no solo; Absorção de Nitrogênio; Resistência a Penetração; Rendimento do milho.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo / Especialidade: Manejo e Conservação do Solo.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados.
2007 - 2013
Graduação em Agronomia.
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
Título: Efeito do gesso sobre as características químicas de um argissolo coeso após dois anos de aplicação.
Orientador: Dr. Emanoel Gomes de Moura.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2017 - 2017
Inventário Florestal. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2015 - 2015
Sistemas Silvipastoris. (Carga horária: 15h).
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
2013 - 2015
Regular Flex. (Carga horária: 174h).
Minds English School, MINDS, Brasil.
2014 - 2014
Jornada Pedagógica das Ciências Agrárias. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
2011 - 2011
Projeto e Dimensionamento de Sistemas de Irrigação. (Carga horária: 16h).
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
2010 - 2010
EMPRETEC. (Carga horária: 60h).
Serviço Barsileiro de Apoio as Micro e Pequena Empresas do Maranhão, SEBRAE/MA, Brasil.
2009 - 2009
Sítio Ecológico. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.


Atuação Profissional



Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Estado do Maranhão, SEMA, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Analista Ambiental, Carga horária: 30


Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora Colaboradora
Outras informações
Professora colaboradora do curso de Agronomia da Universidade Estadual do Maranhão (15 horas/aulas) na disciplina Forragicultura.

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora Colaboradora, Carga horária: 15
Outras informações
Professora colaboradora do curso de Zootecnia da Universidade Estadual do Maranhão (15 horas/aulas) na disciplina Forragicultura.

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora Colaboradora, Carga horária: 15
Outras informações
Professora colaboradora do curso de Veterinária da Universidade Estadual do Maranhão (15 horas/aulas) na disciplina Forragicultura.

Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Bati Nível III, Carga horária: 20
Outras informações
Esta proposta tem como objetivo principal contribuir para a intensificação sustentável da agricultura tropical, a partir da ampliação da espessura da camada enraizável nos solos de estrutura frágil e propensos à coesão. Pretende dessa forma, melhorar a estrutura e a enraizabilidade do solo, aumentar a eficiência do uso da água e do nitrogênio, a produtividade e a sustentabilidade dos agrossistemas tropicais.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Bati Nível II, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Apoio técnico aos projetos de pesquisas realizados nos laboratórios do Núcleo Tecnológico de Engenharia Rural da Universidade Estadual do Maranhão.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Docente
Outras informações
Professora colaboradora do curso de Zootecnia da Universidade Estadual do Maranhão (15 horas/aulas) na disciplina Culturas de interesse Zootécnico.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Docente
Outras informações
Professora colaboradora (18 horas/aulas) da disciplina de graduação do curso de agronomia-Sistema de Produção de Cana-de-Açúcar e Oleaginosa.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Docente
Outras informações
Professora colaboradora do curso de Agronomia da Universidade Estadual do Maranhão (18 horas/aulas) na disciplina Sistema de Produção de Cana-de-Açúcar, Algodão, Soja e Sorgo.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitora, Carga horária: 12
Outras informações
Monitora ? Março de 2013 à Junho de 2013. Monitoria remunerada na disciplina de Agricultura Geral na Universidade Estadual do Maranhão. Ministrava aulas de agricultura básica para a turma de graduação do curso de engenharia agronômica.

Vínculo institucional

2007 - 2013
Vínculo: graduando, Enquadramento Funcional: Aluno

Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 12
Outras informações
Estágio extracurricular realizado no período de agosto de 2009 a agosto de 2010 na Universidade Estadual do Maranhão, sob orientação do Professor Dr. Chistoph Gehring, na área de Ecologia. O objetivo do estágio foi aprender técnicas de estimação de biomassa aérea, amostragem de serrapilheira e de solo, fracionamento de matéria orgânica, determinação de carbono orgânico e nitrogênio total.

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 12
Outras informações
Estágio Extra-curricular na área de Produção de Mudas, sob orientação da Profª.Dr.ª Ariadne Enes Rocha.


Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20
Outras informações
O fogo é o principal fator degradante na agricultura itinerante de subsistência ( roça queimada ) na região de estudo, a periferia leste da Amazônia no Maranhão. As queimadas frequentes resultam em severa degradação ambiental, baixa fertilidade do solo, baixa produtividade agrícola, e consequentemente grave pobreza rural. A carbonização in-situ da vegetação de pousio ( slash-and-char ) tem sido proposta como manejo alternativo de grande potencial para substituição do fogo, para melhoria das principais características físicas, químicas e biológicas do solo e para um sequestro duradouro de carbono no solo. Este projeto avaliou o potencial do carbono preto (carvão vegetal) como uma saída para esta crise sócio-ambiental. Foram executados ensaios experimentais envolvendo a aplicação experimental de diferentes doses de carvão vegetal (do casco de babaçu) moído, tanto em casa de vegetação e no cultivo de feijão, como em ensaio com arroz irrigado (condições anaeróbicas). Foram avaliados os efeitos na qualidade física, química e biológica do solo, na retenção de fertilizantes, na redução das emissões de metano e na produtividade agrícola. Também foram estimados as entradas atuais de carbono preto pelas queimadas repetidas na região (taxas de transformação da biomassa aérea em carvão). O projeto dá continuidade às pesquisas sobre a dinâmica da matéria orgânica do solo sob manejo melhorado (CNPq CT-Universal 2007). A equipe está centrada no Curso de Mestrado em Agroecologia da UEMA, com o coordenador, duas estudantes de mestrado, um estudante de Iniciação Científica e um bolsista recém-doutor, e envolve ainda um pesquisador da Embrapa-Agrobiologia (RJ) e um agrônomo experiente para a experimentação de campo em Arari.


Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA, FAPEMA, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista BATI nível II, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
APOIO TÉCNICO AOS PROJETOS DE PESQUISAS REALIZADAS NOS LABORATÓRIOS DO NÚCLEO TECNOLÓGICO DE ENGENHARIA RURAL DA UEMA. Orientador: Emanoel Gomes de Moura. Instituição: Programa de Pós-Graduação em Agroecologia/Universidade Estadual do Maranhão ? UEMA.DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES; Determinação dos macronutrientes (N, P, K, Ca, Mg), em amostras de planta; Determinação das várias frações de matéria orgânica do solo; Determinação de elementos metálicos dos solos e das plantas por Espectrometria de emissão atômica em plasma ICP-AES; Determinação dos vários pools de fósforo do solo por espectrometria ultra-violeta; Determinação de Ca, Mg e P do solo, extraídos com resina trocadora de íons; Determinação de Al, Na e K trocáveis em extrato de cloreto de amônio; Determinação dos micronutrientes de plantas no solo por Titulação com EDTA; Determinação de Na e K por fotometria de chama; Determinação do Al trocável, por Espectrometria de emissão atômica em plasma ICP-AES.


Banco do Nordeste - CENOP, BNB, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Auxiliar de Analista de Projetos, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista de nível superior na Central de Apoio Operacional do Banco do Nordeste em São Luís/MA. O estágio teve duração de um ano e meio com 20 horas semanais. Obtendo experiência em análise de projetos de grande porte no ramo da agropecuária.


Master Logística LTDA, ML, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Consultora
Outras informações
Acompanhamento técnico para processo de Licenciamento Ambiental de área de estocagem de insumos agrícolas no porto de Itaqui.


PROATIVA, PROATIVA, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Consultora, Enquadramento Funcional: Consultora
Outras informações
Consultoria ambiental prestada a empresa PROATIVA, com a finalidade de elaboração de um Plano de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD) em uma área com aproximadamente 12.500 metros quadrados, pertencente ao Consórcio de Alumínio do Maranhão ? ALUMAR. O PRAD além de exigência da Legislação Brasileira constitui uma ferramenta indispensável de planejamento para implantação de um programa de recuperação de áreas degradadas, em qualquer que seja a situação que levou a degradação. O PRAD em questão constitui a explicação formal das propostas de soluções técnicas de recuperação definida por equipe profissional, baseada nos conhecimentos da realidade do ambiente e nos aspectos causadores, bem como, os impactos sofridos no processo de extração de material na área de empréstimo da Área de Resíduos de Bauxita número 6, pertencente ao Consórcio de Alumínio do Maranhão ? ALUMAR.


Sempre Verde, SV, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Consultora, Enquadramento Funcional: Consultora
Outras informações
Consultoria ambiental prestada a empresa Sempre Verde, com a finalidade de elaboração de um plano de recuperação de áreas degradadas (PRAD) em uma área com aproximadamente 9.000 metros quadrados, localizada na empresa MPX - UTE PORTO DE ITAQUI/São Luís.


Faculdade Laboro, LABORO, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 12
Outras informações
Professora da Faculdade Laboro no Curso de MBA em Gestão, Perícia e Auditoria Ambiental, na disciplina de Proteção ao Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e Ecologia Social com carga horária de 12 horas.



Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Intensificação sustentável da agricultura no trópico, com ênfase no aumento da eficiência do uso da água e do nitrogênio em solos estruturalmente frágeis, propensos à coesão.
Descrição: Esta proposta tem como objetivo principal contribuir para a intensificação sustentável da agricultura tropical, a partir da ampliação da espessura da camada enraizável nos solos de estrutura frágil e propensos à coesão. Pretende dessa forma, melhorar a estrutura e a enraizabilidade do solo, aumentar a eficiência do uso da água e do nitrogênio, a produtividade e a sustentabilidade dos agrossistemas tropicais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Stefanny Barros Portela - Integrante / Vinicius Ribamar Alencar Macedo - Integrante / Emanoel Gomes de Moura - Coordenador / Alana das Chagas Ferreira Aguiar - Integrante / Sacha Jon Mooney - Integrante.
2016 - Atual
Aumento da eficiência do uso da água e do nitrogênio para a intensificação sustentável da agricultura nos solos estruturalmente frágeis do Maranhão
Descrição: Esta proposta tem como objetivo principal contribuir para a intensificação sustentável da agricultura tropical, a partir da ampliação da espessura da camada enraizável nos solos de estrutura frágil e propensos à coesão. Pretende dessa forma, melhorar a estrutura e a enraizabilidade do solo, aumentar a eficiência do uso da água e do nitrogênio, a produtividade e a sustentabilidade dos agrossistemas tropicais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Stefanny Barros Portela - Integrante / Vinicius Ribamar Alencar Macedo - Integrante / Emanoel Gomes de Moura - Coordenador / Alana das Chagas Ferreira Aguiar - Integrante / Lorena SIlva Campos - Integrante / Amanda Sales Alves - Integrante / Ilisandra Zanandrea - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA - Auxílio financeiro.
2015 - Atual
NUCLEUS: A virtual joint centre to deliver enhanced Nitrogen Use Efficiency via an integrated SoiL-Plant Systems approach for the UK & Brazil
Descrição: We propose a Joint Virtual Centre, NUCLEUS, which will focus primarily on enhancing our understanding of the key agronomic aspects of nitrogen use efficiency (NUE) and improve the synchronicity between plants need for N and soil N availability at an adequate rate and support an optimal soil-plant environment that diminishes N losses (addressing research theme A of the scientific scope). We aim to achieve this via investigating the main nitrogen pathways in the soil-plant-atmosphere continuum and identifying how N pools least prone to losses can be managed aiming at a more efficient use of N by crop plants. Our vision is ambitious, involving 13 institutions and 30 scientists, and highly interdisciplinary involving soil scientists, agronomists, environmental biologists and social scientists. Our specific aims are to: 1. Bring together some of the UK and Brazil?s top ranked institutes and leading researchers (in terms of funded research and publication records), some of them for the first time, to work jointly in this important area. 2. To deploy specific work packages (WP) that address important research gaps in our understanding to improve NUE and priorities for Brazil including WP1: Use of Sensor Technologies to Improve NUE in Crop Production; WP2: Linking the Impacts of Soil Physical Condition and N Cycling on Plant Growth; WP3: Manipulating Plant Root Systems for Improved NUE; WP4: Enhancing NUE through applications of Soil Amendments; WP5: Increasing Agronomic NUE in flooded and rain-fed rice production. 3. A sixth and overarching WP focused on Capacity Building, Training and an Outreach Programme ensuring we maximise the impact of our research, meet the ODA requirements and ensure the legacy of the project. 4. Complementary field and laboratory experiments in both UK and Brazil (including equipment sharing) utilising state of the art technologies e.g. sensors, Electrical Resistance Tomography & X-ray Computed Tomography imaging etc. to probe the soil-plant response to nutrient stress and subsequent development of exciting remedial interventions to enhance NUE in agronomic systems in both countries. 5. To focus not solely on a single crop but on a diverse range of cropping systems including maize, rice, beans and wheat, both in commercial and subsistence agriculture, that has relevance for both countries. 6. A strong focus on capacity building, engagement and support of Early Career Scientists in partner institutes through exchange, joint-supervision, training activities and collaborative research. 7. To hold a series of workshops, training activities and other dissemination events over the duration of the project, linked to the individual work packages AND the project as a whole, to focus on establishing the current state of the art in understanding between the two partner countries for scientists, stakeholders and farmers ensuring the maximum possible impact for the research. 8. To undertake cutting edge research that can also be used to inform policy and practice on the ground. This challenge will be met by feeding directly into existing and new links to agronomic extension and policymaker networks..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Stefanny Barros Portela - Integrante / Christoph Gehring - Integrante / Emanoel Gomes de Moura - Coordenador / VIRLEY GARDENY LIMA SENA - Integrante / Sacha Jon Mooney - Integrante.
2010 - 2011
Potencial do carvão na horticultura familiar do Maranhão: Melhorias na produtividade e na qualidade física do solo
Descrição: A carbonização in-situ da vegetação de pousio ( slash-and-char ) tem sido proposta como manejo alternativo de grande potencial para substituição do fogo, para melhoria das principais características físicas, químicas e biológicas do solo e para um sequestro duradouro de carbono no solo. Este projeto avaliou o potencial do carbono preto (carvão vegetal) como uma saída para esta crise sócio-ambiental. Foram executados ensaios experimentais envolvendo a aplicação experimental de diferentes doses de carvão vegetal (do casco de babaçu) moído, tanto em casa de vegetação e no cultivo de feijão, como em ensaio com arroz irrigado (condições anaeróbicas). Foram avaliados os efeitos na qualidade física, química e biológica do solo, na retenção de fertilizantes, na redução das emissões de metano e na produtividade agrícola. Também foram estimados as entradas atuais de carbono preto pelas queimadas repetidas na região (taxas de transformação da biomassa aérea em carvão). O projeto dá continuidade às pesquisas sobre a dinâmica da matéria orgânica do solo sob manejo melhorado (CNPq CT-Universal 2007). A equipe está centrada no Curso de Mestrado em Agroecologia da UEMA, com o coordenador, duas estudantes de mestrado, um estudante de Iniciação Científica e um bolsista recém-doutor, e envolve ainda um pesquisador da Embrapa-Agrobiologia (RJ) e um agrônomo experiente para a experimentação de campo em Arari..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Stefanny Barros Portela - Coordenador / Gerbeli de Mattos Salgado - Integrante / Christoph Gehring - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Pastagem e Forragicultura.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
DE MOURA, EMANOEL2018DE MOURA, EMANOEL ; PORTELA, STEFANNY ; MACEDO, VINICIUS ; SENA, VIRLEY ; SOUSA, CARLOS ; AGUIAR, ALANA . Gypsum and Legume Residue as a Strategy to Improve Soil Conditions in Sustainability of Agrosystems of the Humid Tropics. Sustainability, v. 10, p. 1006, 2018.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
MOURA, E. G. ; AGUIAR, A. C. F. ; SOUSA, C. C. M. ; NUNES, J. F. ; PORTELA, S. B. ; Macedo, V. R. A. ; SENA, V. G. L. ; ALMEIDA, L. A. V. . Os desafios da intensificação ecológica aplicada a agricultura tropical - Experimentos e experiências. 1. ed. São Luís: EDUEMA, 2017. 52p .

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
PORTELA, S. B.; SILVA, F. R. ; Macedo, V. R. A. ; SENA, V. G. L. ; Ferraz, A. Jr. . Variabilidade espacial do cálcio e magnésio em um Argissolo sob diferentes agroecossistemas. In: IV Simpósio Mineiro de Ciência do Solo, 2017, Viçosa. Solos no espaço e tempo: trajetórias e tendências. Viçosa: UFV, 2017.

2.
Almeida, L. A. V. ; PORTELA, S. B. ; SENA, V. G. L. ; Macedo, V. R. A. ; SOUSA, C. C. M. ; ALVES, A. S. ; ROCHA, D. L. ; MOURA, E. G. . Componentes de produção do milho, sob efeito residual do gesso e cobertura do solo. In: V Semana Acadêmica das Ciências Agrárias e III Workshop Pós-Graduaçao das Ciências Agrárias, 2016, SÃO LUÍS - MA. Inovação Tecnológica e Economia Criativa na Agropecuária, 2016.

3.
Almeida, L. A. V. ; PORTELA, S. B. ; SENA, V. G. L. ; Macedo, V. R. A. ; SOUSA, C. C. M. ; ALVES, A. S. ; ROCHA, D. L. ; MOURA, E. G. . Avaliaçao da resistência a penetração de um ARGISSOLO Distrocoeso arênico, sob efeito do gesso e da cobertura do solo com leguminosas arbóreas. In: V Semana Acadêmica das Ciências Agrárias e III Workshop Pós-Graduação das Ciências Agrárias, 2016, SÃO LUÍS - MA. Inovação Tecnológica e Economia Criativa na Agropecuária, 2016.

4.
ALVES, A. S. ; PORTELA, S. B. ; Almeida, L. A. V. ; ROCHA, D. L. ; NUNES, J. F. ; SENA, V. G. L. ; Macedo, V. R. A. ; MOURA, E. G. . Análise do índice de área foliar e absorçao total de nitrogênio sobre o efeito do gesso e cobertura de resíduos de leguminosas na cultura do milho. In: V Semana Acadêmica das Ciências Agrárias e III Workshop Pós-Graduação das Ciências Agrárias, 2016, SÃO LUÍS - MA. Inovação Tecnológica e Economia Criativa na Agropecuária, 2016.

5.
Macedo, V. R. A. ; SENA, V. G. L. ; PORTELA, S. B. ; Silva, T. M. B. ; SILVA, E. L. M. ; MOURA, E. G. . QUALIDADE DO FEIJÃO CAUPI BIOFORTIFICADO SOB EFEITO RESIDUAL DE GESSO E LEGUMINOSAS EM ARGISSOLO COESO. In: Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2015, Natal-RN. O SOLO E SUAS MÚLTIPLAS FUNÇÕES, 2015.

6.
SENA, V. G. L. ; Macedo, V. R. A. ; SOUSA, C. C. M. ; COELHO, M. J. A. ; PORTELA, S. B. ; MOURA, E. G. . Eficiência do uso do Fósforo sob efeito residual de gesso e aplicação de leguminosas arbóreas em um Argissolo coeso. In: XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 2015, NATAL/RN. O SOLO E SUAS MÚLTIPLAS FUNÇÕES, 2015.

7.
Carvalho, J. F. A. ; PORTELA, S. B. ; PAIXAO, L. R. R. S. ; SILVA, L. M. A. ; MOURA, E. G. . Teor de macronutrientes na soja após efeito do gesso e da cobertura do solo. In: Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2015, NATAL/RN. O SOLO E SUAS MÚLTIPLAS FUNÇÕES, 2015.

8.
Carvalho, J. F. A. ; PORTELA, S. B. ; PAIXAO, L. R. R. S. ; VIANA, J. S. ; BRASIL, E. P. ; MOURA, E. G. . Resposta do milho ao sistema de plantio direto e à aplicação residual de gesso. In: XXXV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2015, NATAL/RN. O SOLO E SUAS MÚLTIPLAS FUNÇÕES, 2015.

9.
PORTELA, S. B.; SILVA, F. R. ; NUNES, J. F. ; BRASIL, E. P. ; MOURA, E. G. . Resposta do milho à adubação nitrogenada, cobertura do solo e ao turno de rega. In: XXXV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2015, NATAL/RN. O SOLO E SUAS MÚLTIPLAS FUNÇÕES, 2015.

10.
OLIVEIRA, A. S. ; PORTELA, S. B. ; NASCIMENTO, F. K. S. ; Carvalho, J. F. A. ; NUNES, J. F. ; MOURA, E. G. . Resposta da soja ao sistema de plantio direto e à aplicação residual de gesso. In: XXXV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2015, NATAL/RN. O SOLO E SUAS MÚLTIPLAS FUNÇÕES, 2015.

11.
SENA, V. G. L. ; SOUSA, C. C. M. ; Macedo, V. R. A. ; PORTELA, S. B. ; AGUIAR, A. C. F. ; MOURA, E. G. . Densidade de raiz e acúmulo de matéria seca sob efeito residual de gesso e leguminosas arbóreas em um Argissolo coeso. In: XXXV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2015, NATAL/RN. O SOLO E SUAS MÚLTIPLAS FUNÇÕES, 2015.

12.
PORTELA, S. B.; Carvalho, J. F. A. ; SENA, V. G. L. ; Macedo, V. R. A. ; COELHO, M. J. A. ; MOURA, E. G. . Atributos químicos de um argissolo coeso após adubação verde e efeito residual do gesso. In: XXXV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2015, NATAL/RN. O SOLO E SUAS MÚLTIPLAS FUNÇÕES, 2015.

13.
SILVA, L. M. A. ; PORTELA, S. B. ; Carvalho, J. F. A. ; SILVA, F. R. ; NUNES, J. F. ; Almeida, L. A. V. ; MOURA, E. G. . Componentes de produção da soja em resposta ao efeito residual do gesso, cobertura do solo e a aplicação de potássio. In: IV Semana Acadêmica das Ciências Agrárias, 2015, SÃO LUÍS - MA. Anais da IV Semana Acadêmica das Ciências Agrárias, 2015., 2015.

14.
Ramos, A. ; PORTELA, S. B. ; Araújo, A. ; Macedo, V. R. A. ; Ferraz, A. Jr. . Variabilidade espacial na fertilidade de um Argissolo sob manejo orgânico comparado à mata nativa. In: IX CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROECOLOGIA, 2015, Belém. Diversidade e soberania na construçao do bem viver, 2015. v. 10.

15.
NASCIMENTO, F. K. S. ; GUISCEM, J. M. ; Fonseca, P. H ; PORTELA, S. B. ; DOS SANTOS, F. N. . GERMINAÇÃO E VIGOR DE SEMENTES DE ALFACE TRATADAS COM ÁCIDO ASCÓRBICO. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 2014, PALMAS-TO. A OLERICULTURA NA AMAZÔNIA LEGAL: PERSPECTIVAS E DESAFIOS, 2014.

16.
COELHO, M. J. A. ; PORTELA, S. B. ; Carvalho, J. F. A. ; NASCIMENTO, F. K. S. ; CHAGAS, L. ; MOURA, E. G. . EFEITOS DO CARVÃO SOBRE ATRIBUTOS FÍSICOS DO SOLO E DESENVOLVIMENTO DA CULTURA DA ALFACE.. In: Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2013, Florianópolis. Para que e para quem? Programa & Resumos.. Florianópolis: Epagri e SBCS, 2013. v. 4.

17.
NASCIMENTO, F. K. S. ; Carvalho, Gabriel A. ; Fonseca, P. H ; PORTELA, S. B. ; ZELARAYAN, M. ; Rodrigues, E. F . Efeito Alelopático do Babaçu (Attalea speciosa Mart.) Na Germinação do Melão (Cucumis melo L.) Tipo Péle de Sapo. In: Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2012, Bento Gonçalves - RS. Efeito Alelopático do Babaçu (Attalea speciosa Mart.) Na Germinação do Melão (Cucumis melo L.) Tipo Péle de Sapo, 2012.

18.
PORTELA, S. B.; Sousa, S. R. C. ; Silva, T. M. B. ; Macedo, V. R. A. ; Costa, E. A. C. ; Araújo, J. R. G. . Qualidade Pós-Colheita de Frutos de Laranja de Diferentes Áreas Comerciais em São Luís/MA. In: Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2012, Bento Gonçalves - RS. Qualidade Pós-Colheita de Frutos de Laranja de Diferentes Áreas Comerciais em São Luís/MA, 2012.

19.
CARVALHO, G. A. ; PORTELA, S. B. ; NASCIMENTO, F. K. S. ; Fonseca, P. H ; COELHO, M. J. A. ; Rodrigues, E. F . POTENCIAL ALELOPÁTICO DO BABAÇU (Attalea speciosa Mart.) NA GERMINAÇÃO DE MELANCIA (Citrullus lanatus Schrad.).. In: XXII Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2012, Bento Gonçalves/RS. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2012. p. 6006-6009., 2012.

20.
PORTELA, S. B.. Efeitos do carvão na cultura da rúcula e na fìsica do solo. In: Congresso Brasileiro de Ciências do Solo 2011, 2011, Uberlândia. PORTELA, S. B. ; COSTA, M. ; SALGADO, G. M. ; Zelarayán, M.L.C. ; GEHRING, C. . EFEITOS DO CARVÃO NA CULTURA DA RÚCULA E NA FÍSICA DO SOLO.. In: XXXIII Congresso Brasileiro de Ciências do Solo, 2011, Uberlândia - MG. Solos nos biomas brasileiros: Sustenta, 2011.

21.
ZELARAYAN, M. ; SALGADO, G. M. ; PORTELA, S. B. ; GEHRING, C. . A PALMEIRA BABAÇU (ARECAEAE: ATTALEA SPECIOSA MART) INFLUENCIA O ACÚMULO DE MATÉRIA ORGÂNICA E SEQUESTRO DE CARBONO NO SOLO.. In: XXXIII Congresso Brasileiro de Ciências do Solo, 2011, Uberlândia. Zelarayán, M.L.C. ; SALGADO, G. M. ; DIAS, C.W.S. ; MELO, D.M. ; DADALTO, D. L. ; ALMEIDA, R. B. ; PORTELA, S. B. ; GEHRING, C. . A PALMEIRA BABAÇU (ARECAEAE: ATTALEA SPECIOSA MART) INFLUENCIA O ACÚMULO DE MATÉRIA ORGÂNICA E SEQUESTRO DE CARBONO NO SOLO.., 2011.

22.
SALGADO, G. M. ; COSTA, M. ; PORTELA, S. B. ; ZELARAYAN, M. ; GEHRING, C. . RESPOSTA DO MILHO (ZEA MAYS) A ASSOCIAÇÃO DO RESÍDUO DO CARVÃO VEGETAL (BIOCHAR) COM DIFERENTES FONTES DE ADUBAÇÃO.. In: XXXIII Congresso Brasileiro de Ciências do Solo, 2011, Uberlândia. SALGADO, G. M. ; COSTA, M. ; PORTELA, S. B. ; Zelarayán, M.L.C. ; GEHRING, C. . RESPOSTA DO MILHO (ZEA MAYS) A ASSOCIAÇÃO DO RESÍDUO DO CARVÃO VEGETAL (BIOCHAR) COM DIFERENTES FONTES DE ADUBAÇÃO.. In: XXXIII Congresso Brasileiro de Ciências do Solo, 2011,, 2011.

23.
PORTELA, S. B.; GEHRING, C. ; COSTA, M. ; SALGADO, G. M. ; BATISTA, M. C. . POTENCIAL DO CARVÃO NA HORTICULTURA FAMILIAR DO MARANHÃO: MELHORIAS NA PRODUTIVIDADE E NA QUALIDADE FÍSICA DO SOLO. In: XXIII SEMIC e III Seminário de Pós-Graduação, 2011, São Luís. Resumos do 23º Seminário de Iniciação Científica da Universidade Estadual do Maranhão. São Luís: EDUEMA-CPG, 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ALMEIDA, L. A. V. ; PORTELA, S. B. ; SILVA, F. R. ; Macedo, V. R. A. ; ALVES, A. S. ; MOURA, E. G. . ADIÇÃO DE GESSO E ADUBO VERDE AUMENTA PRODUTIVIDADE DO MILHO EM SOLO COESO. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2017, Belém. Amazônia e seus Solos: Peculiaridades e Potencialidades, 2017.

2.
ALMEIDA, L. A. V. ; SENA, V. G. L. ; Macedo, V. R. A. ; PORTELA, S. B. ; MOURA, E. G. ; CALONEGO, J. C. . O USO BIOMASSA DE LEGUMINOSAS ARBÓREAS PARA INCREMENTO DA MASSA SECA E PRODUÇÃO DE MILHO EM SOLO COESO. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2017, Belém. Amazônia e seus Solos: Peculiaridades e Potencialidades, 2017.

3.
ALVES, A. S. ; PORTELA, S. B. ; SILVA, F. R. ; ALMEIDA, L. A. V. ; SENA, V. G. L. ; MOURA, E. G. . TEOR DE CÁLCIO NO SOLO EM RESPOSTA A COBERTURA VEGETAL E O EFEITO RESIDUAL DO GESSO. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2017, Belém. Amazônia e seus Solos: Peculiaridades e Potencialidades, 2017.

4.
ALVES, A. S. ; PORTELA, S. B. ; SILVA, F. R. ; ALMEIDA, L. A. V. ; Macedo, V. R. A. ; MOURA, E. G. . ABSORÇÃO DE NITROGÊNIO NA CULTURA DO MILHO, SOB EFEITO RESIDUAL DO GESSO E COBERTURA DE LEGUMINOSAS. In: XXXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 2017, Belém. Amazônia e Seus Solos: Peculiaridades e Potencialidades, 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
PORTELA, S. B.; Carvalho, J. F. A. ; SENA, V. G. L. ; Macedo, V. R. A. ; COELHO, M. J. A. ; MOURA, E. G. . Atributos químicos de um argissolo coeso após adubação verde e efeito residual do gesso. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
PORTELA, S. B.; Sousa, S. R. C. ; Silva, T. M. B. ; Macedo, V. R. A. ; Costa, E. A. C. ; Araújo, J. R. G. . Qualidade Pós-Colheita de frutos de laranja de diferentes áreas comerciais de São Luís/MA. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
PORTELA, S. B.; Marliane da Costa ; Gerbeli Salgado ; ZELARAYAN, M. ; Dr. Christoph Gehring . EFEITOS DO CARVÃO NA CULTURA DA RÚCULA E NA FÍSICA DO SOLO. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
PORTELA, S. B.; Dr. Christoph Gehring ; Marliane da Costa ; Gerbeli Salgado ; BATISTA, M. C. . POTENCIAL DO CARVÃO NA HORTICULTURA FAMILIAR DO MARANHÃO: MELHORIAS NA PRODUTIVIDADE E NA QUALIDADE FÍSICA DO SOLO.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Ferraz, A. Jr.; PORTELA, S. B.; GUISCEM, J. M.. Participação em banca de Jozimara Viegas Campos.Efeito do Condicionamento fisiológico e do tamanho de sementes sob a germinação do espinafre (tretagonia tetragoniodes). 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual do Maranhão.

2.
PORTELA, S. B.; GUISCEM, J. M.; DOS SANTOS, F. N.. Participação em banca de CRISTIANO AMORIM MESQUITA.USO DE MATURADORES QUÍMICOS EM CANA-DE-AÇÚCAR: revisão de literatura. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual do Maranhão.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
II WORKSHOP BRAZIL-UNITED KINGDOM FOR INCREASED EFFICIENCY OF NITROGEN USE IN INTEGRATED AGRICULTURAL PRODUCTION SYSTEMS.Gypsum and leguminous residue to improve rootability of cohesive tropical soils and to increase maize yield. 2017. (Encontro).

2.
IV Semana Acadêmica das Ciências Agrárias.Componentes de produção da soja em resposta ao efeito residual do gesso, cobertura do solo e a aplicação de potássio. 2015. (Outra).

3.
XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO. Atributos químicos de um argissolo coeso após adubação verde e efeito residual do gesso. 2015. (Congresso).

4.
II Workshop de Agroecologia do Maranhão. 2013. (Outra).

5.
I Workshop de Valorização e Inovação da Cadeia Produtiva do Arroz no Maranhão. 2013. (Outra).

6.
Workshop e Dia de Campo sobre Intensificação Ecológica da Agricultura no Trópico Úmido. 2013. (Outra).

7.
Congresso Brasileiro de Fruticultura. Qualidade Pós-Colheita de Frutos de Laranja de Diferentes Áreas Comerciais em São Luís/MA. 2012. (Congresso).

8.
Inovação em Gestão com Prof. Idalberto Chiavenato. 2012. (Outra).

9.
Dia de Campo (Disponibilidade e eficiência do uso de nutrientes para o manejo sustentável dos solos do trópico úmido). 2011. (Outra).

10.
IV Congresso Panamericano de Engenheiros Agrônomos. 2011. (Congresso).

11.
XVII Semana de Agronomia da UEMA. 2011. (Outra).

12.
XXVII Congresso Brasileiro de Agronomia. 2011. (Congresso).

13.
XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. Efeitos do carvão na cultura da rúcula e na física do solo. 2011. (Congresso).

14.
XXI Congresso Brasileiro de Fruticultura. 2010. (Congresso).

15.
II Simpósio Internacional Amazônico sobre Plantas Daninhas. 2009. (Simpósio).

16.
Reunião Técnica da Cajucultura no Maranhão. 2009. (Congresso).

17.
XV Semana da Agronomia. 2009. (Oficina).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PORTELA, S. B.. XVII Semana de Agronomia da UEMA. 2011. (Outro).



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
MOURA, E. G. ; AGUIAR, A. C. F. ; SOUSA, C. C. M. ; NUNES, J. F. ; PORTELA, S. B. ; Macedo, V. R. A. ; SENA, V. G. L. ; ALMEIDA, L. A. V. . Os desafios da intensificação ecológica aplicada a agricultura tropical - Experimentos e experiências. 1. ed. São Luís: EDUEMA, 2017. 52p .




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/01/2019 às 10:56:51