Fabricio Dorado Soler

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7897495151691288
  • Última atualização do currículo em 11/12/2018


Possui graduação em Direito (2003), especialização em Gestão Ambiental pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (2004), pós-graduação em Gestão Ambiental e Negócios do Setor Energético pelo Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo (2007), MBA Executivo em Infraestrutura pela Escola de Economia da Fundação Getulio Vargas (2010), Mestre em Direito Ambiental pela PUC (2014). Profissional especializado em Direito dos Resíduos, Direito Ambiental, Direito da Infraestrutura e Direito de Energia. Advogado com notória atuação na área de resíduos sólidos, atuando com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, acordos setoriais, termos de compromisso, sistemas de logística reversa, responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos e pós-consumo. Desde 2010 é indicado por prestigiadas publicações internacionais (Chambers and Partners, Leaders League, Latin Lawyer, Who's Who Legal e The Legal 500) e nacional (Revista Análise Advocacia) dentre "Os Mais Admirados do Direito" pela atuação em Direito Ambiental. Consultor do Banco Mundial e da CNI para estudos em resíduos; Professor, coautor do livro Gestão de Resíduos Sólidos, o que diz a lei e organizador do Código dos Resíduos. Presidente da Comissão de Direito da Energia da OAB/SP. Conselheiro do Conselho Superior de Meio Ambiente da FIESP; www.fabriciosoler.com.br; http://br.linkedin.com/in/fabriciosoler; e E-mail: fabriciosoler@felsberg.com.br e contato@fabriciosoler.com.br (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Fabricio Dorado Soler
Nome em citações bibliográficas
SOLER, F. D.

Endereço


Endereço Profissional
Felsberg e Associados.
Avenida Cidade Jardim - lado ímpar
Itaim Bibi
01453000 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 1131414532
Fax: (11) 31419150
URL da Homepage: www.felsberg.com.br


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2014
Mestrado em Direito.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: Os Acordos Setoriais previstos na Lei Federal Nº 12.305/2010 (Política Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS): desafios jurídicos para a implementação da logística reversa no Brasil,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Profa. Dra. Regina Vera Villas Boas Fessel.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
2008 - 2010
Especialização em MBA Executivo em Infra-Estrutura. (Carga Horária: 432h).
Fundação Getulio Vargas - SP, FGV-SP, Brasil.
Título: Análise Jurídica Crítica da Legislação Ambiental no âmbito do EIA.
Orientador: -.
2005 - 2007
Especialização em Gestão Ambiental e Negócios do Setor Energético. (Carga Horária: 390h).
Instituto de Eletrotecnica e Energia - Universidade de São Paulo, IEE/USP, Brasil.
Título: Bacias Aéreas e o Mecanismo de Compensação em Emissões Atmosféricas: a inovação paulista na gestão da qualidade do ar.
Orientador: Fernando Cardozo Fernandes Rei e Oswaldo dos Santos Lucon.
2004 - 2004
Especialização em Especialização em Gestão Ambiental. (Carga Horária: 500h).
Faculdade de Saúde Pública - Universidade de São Paulo, FSP-USP, Brasil.
Título: Mensuração Contábil dos Impactos Ambientais Industriais.
Orientador: Sabetai Calderoni.
1998 - 2003
Graduação em Direito.
Universidade de Araraquara, UNIARA, Brasil.
Título: Provas Coligidas do Inquérito Civil para Julgamento da Ação Civil Pública.
Orientador: Marco Aurélio Bortolin.




Formação Complementar


2012 - 2012
Summer Session on Environmental Law. (Carga horária: 50h).
American University Washington College of Law, AU, Estados Unidos.
2007 - 2007
Extensão universitária em Técnicas de Negociação. (Carga horária: 32h).
Fundação Getulio Vargas - SP, FGV-SP, Brasil.
2006 - 2006
Direito Penal Ambiental. (Carga horária: 60h).
Escola Paulista da Magistratura, EPM, Brasil.
2003 - 2003
Gestão Ambiental. (Carga horária: 60h).
SENAC, SENAC, Brasil.


Atuação Profissional



Felsberg e Associados, FEA, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Sócio, Enquadramento Funcional: Sócio - Departamento de Meio Ambiente, Regime: Dedicação exclusiva.


Ordem dos Advogados do Brasil _ Seção de Sâo Paulo, OAB-SP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Colaborador _ Membro, Enquadramento Funcional: Presidente da Comissão de Direito da Energia, Carga horária: 8


Fundação Getulio Vargas, FGV, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Direito Ambiental Aplicado


Trevisan Escola Superior de Negócios, TREVISAN, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor da disciplina Direito do Ambiente, Carga horária: 32
Outras informações
Professor do MBA Gestão Estratégica dos Serviços de Saneamento.


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor da disciplina Direito dos Resíduos, Carga horária: 16


Conselho do Meio Ambiente da Federação das Indústrias de São Paulo, COSEMA FIESP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Conselheiro, Enquadramento Funcional: Conselheiro, Carga horária: 2


Conselho Estadual de Política Energética do Estado de São Paulo, CEPE, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Coordenador, Enquadramento Funcional: Coordenador do Comitê Técnico de Legislação, Carga horária: 2


SENAC, SENAC, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor


Complexo Jurídico Damásio de Jesus, CJDJ, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Direito Ambiental


Iinstituto Brasileiro de Resíduos Sólidos, INSTITUTO PNRS, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2018
Vínculo: Associado, Enquadramento Funcional: Presidente, Carga horária: 2


Escola Superior de Advocacia OABSP, ESA OABSP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Coordenador e Professor


Fundação Armando Álvares Penteado, FAAP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Pós-Graduação em Bioenergia, Carga horária: 24


TEAR - Escola de Negócios, TEAR, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante


Sociedade Brasileira de Direito Público, sbdp, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor


Escola Superior de Propaganda e Marketing, ESPM, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Direito Ambiental Aplicado


Siqueira Castro Advogados, SCA/SP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Advogado Associado, Enquadramento Funcional: Advogado do Setor Ambiental, Regime: Dedicação exclusiva.


Pinheiro Pedro Advogados, PPA, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2008
Vínculo: Advogado Associado, Enquadramento Funcional: Advogado do Departamento de Direito Ambiental, Regime: Dedicação exclusiva.


FUNCEFET, FUNCEFET, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2015
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor de Direito Ambiental, Carga horária: 10


Escola Paulista de Negócios, EPN, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Legislação Ambiental Aplicada


UniUDOP, UNIUDOP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2013
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor de Curso de Pós-Graduação


Universidade Paulista, UNIP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Curso de Pós-Graduação, Carga horária: 34


Universidade de Mogi das Cruzes, UMC, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor de Curso de Pós-Graduação


Universidade de Araraquara, UNIARA, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Conteudista


Escola Superior de Direito - Ribeirão Preto, ESD, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor de Direito dos Resíduos, Carga horária: 16



Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Público/Especialidade: Direito Ambiental.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito dos Resíduos.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito da Infraestrutura.
5.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito da Energia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
Eduardo Antonio Licco2008Eduardo Antonio Licco ; SOLER, F. D. . Oportunidades de Negócio Associadas à Expansão do Setor Sucroalcooleiro. Revista Canavieiros, v. 26, p. 08-09, 2008.

2.
SOLER, F. D.2008SOLER, F. D.; NOGUEIRA, S. P. . Planejar é preciso, compensar emissões também será?. Meio Ambiente Industrial (São Paulo), v. 72, p. 90-90, 2008.

3.
SOLER, F. D.2007SOLER, F. D.; TUNDISI, J.G. ; MORAES, L.C.S. ; PEDRO, A.F.P. ; TITTON, L.A. ; COSTA, N. . 1º Workshop Brasileiro sobre Crises Ambientais no Agronegócio - Conclusões e Consolidações de Propostas. Revista Canavieiros, v. 18, p. 22-24, 2007.

4.
LUCON, O.2007LUCON, O. ; SOLER, F. D. ; PENTEADO, L. F. . Compensação de emissões por poluentes atmosféricos em São Paulo: uma visão contratual. Revista Fórum CESA, v. 2, p. 69-74, 2007.

5.
SOLER, F. D.2005SOLER, F. D.; RONQUIM, A.F. . Vote não no referendo e preserve seu direito a segurança. Poesia Sempre, v. 01, p. 04-04, 2005.

6.
RONQUIM, A.F.2005RONQUIM, A.F. ; SOLER, F. D. . Participação Política do Estudante de Direito. Revista UNIARA, v. 1, p. 135-143, 2005.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SOLER, F. D.; MAIA, T. A. (Org.) . Direito Ambiental e os 30 anos da Constituição de 1988. 1. ed. Londrina: Thoth, 2018. v. 1. 544p .

2.
SOLER, F. D.. Política nacional de resíduos sólidos e suas interfaces com os espaços geográficos: entre conquistas e desafios. 1. ed. Porto Alegre/RS: Letra 1, 2016. v. 1. 396p .

3.
SOLER, F. D.; SILVA FILHO, C. R. V. ; CIPRIANO, T. . Código dos Resíduos. 1. ed. São Paulo: , 2016. v. 1. 644p .

4.
SOLER, F. D.. Direito Ambiental e Sustentabilidade. 1º. ed. Barueri: Manole, 2015.

5.
SOLER, F. D.; KODAIRA, P. V. P. . Design, Resíduo & Dignidade - Resíduos Sólidos: matéria em crescente judicialização. 1. ed. São Paulo: Editora Olhares, 2014.

6.
SOLER, F. D.. Aspectos Polêmicos do Agronegócio - Uma Visão Através do Contencioso. 1º. ed. São Paulo: Castro Lopes, 2013. 1117p .

7.
SOLER, F. D.; SILVA FILHO, C. R. V. . Gestão de Resíduos Sólidos, o que diz a lei. 1. ed. São Paulo: Editora Trevisan, 2012. v. 1000. 242p .

8.
SOLER, F. D.; Inglecias Lemos, Patrícia Faga ; Machado Filho, José Valverde . Política nacional, gestão e gerenciamento de resíduos sólidos. 1. ed. São Paulo: Editora Manole, 2012. v. 1. 820p .

Capítulos de livros publicados
1.
SOLER, F. D.; CIPRIANO, T. . A capina química nas faixas de domínio de rodovias no direito ambiental brasileiro. In: Marlene dos Santos Vilhena; Andreza Sibelle H. Souza. (Org.). A contemporaneidade dos direitos civis, difusos e coletivos. 1ed.Volta Redonda/RJ: Jurismestre, 2018, v. 1, p. 1-385.

2.
SOLER, F. D.. Desafios Jurídicos para a Implementação de Sistemas de Logística Reversa no Brasil. In: Marilena Lino de Almeida Lavorato. (Org.). BenchMais3 _ As 311 melhores práticas em gestão socioambiental do Brasil. 1ed.São Paulo: Editora Biografia, 2015, v. 1, p. 53-60.

3.
SOLER, F. D.; Machado Filho, José Valverde ; Inglecias Lemos, Patrícia Faga . Acordos Setoriais, regulamentos e termos de compromisso. In: Arnaldo Jardim, José Valverde Machado Filho, Consuelo Yoshida.. (Org.). Política nacional, gestão e gerenciamento de resíduos sólidos. 1ed.São Paulo: Manole (Coleção Ambiental), 2012, v. 1, p. 1-732.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SOLER, F. D.; BERTOCCELLI, R. P. . MP do saneamento traz inovações para fomentar investimentos no setor. Revista Consultor Jurídico,, 22 jul. 2018.

2.
SOLER, F. D.. Aterro não é lixão. O Globo, Rio de Janeiro, 02 jun. 2018.

3.
SOLER, F. D.. Saneamento pede fim da demagogia. Valor Econômico, 03 maio 2018.

4.
SOLER, F. D.; CIPRIANO, T. . Logística reversa sem desculpas. JOTA, 25 nov. 2017.

5.
SOLER, F. D.; CIPRIANO, T. . Isonomia: um pressuposto da logística reversa. Revista O Papel, São Paulo, p. 41 - 41, 28 set. 2017.

6.
SOLER, F. D.. Política Nacional de Resíduos Sólidos e o Setor Empresarial. O Papel, São Paulo, p. 42 - 42, 22 mar. 2017.

7.
SOLER, F. D.. Logística reversa para todos. Conceito Jurídico, p. 121 - 122, 01 mar. 2017.

8.
SOLER, F. D.. Logística reversa para todos. Valor, 08 dez. 2016.

9.
SOLER, F. D.. Marco legal da biodiversidade é regulamentado. Migalhas, p. 1 - 1, 15 maio 2016.

10.
SOLER, F. D.. O diálogo e a cooperação nortearam a celebração do acordo de embalagens. Revista Ambiente & Resíduos, p. 34 - 35, 14 mar. 2016.

11.
SOLER, F. D.. Direito Ambiental e Sustentabilidade no Setor de Energia. Revista TN Petróleo, Rio de Janeiro, p. 40 - 43, 01 mar. 2016.

12.
SOLER, F. D.. Parceria Público-Privada: um instrumento para cumprir a Política Nacional de Resíduos Sólidos. ARes Ambiente & Resíduos, São Paulo, p. 50 - 52, 06 jul. 2015.

13.
SOLER, F. D.. Logística reversa e o 'oba-oba' para a sustentabilidade. Folha de S. Paulo, 18 maio 2015.

14.
SOLER, F. D.. Síntese da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Revista Ambiente & Resíduos - ARes, São Paulo, 01 maio 2015.

15.
SOLER, F. D.. Chegou a hora? Regulamentação da logística reversa de eletrônicos no País pode sair do papel nos próximos meses. Revista Eletrolar, São Paulo, p. 86 - 87, 01 maio 2015.

16.
SOLER, F. D.. Prazos da Política Nacional de Resíduos Sólidos. L&C Revista de Administração Pública e Política, Brasília, p. 30 - 21, 02 mar. 2015.

17.
SOLER, F. D.. Política Nacional de Resíduos Sólidos e seu impacto na indústria. NEI, 03 mar. 2014.

18.
SOLER, F. D.. A Política Nacional de Resíduos Sólidos. Jornal Valor Econômico, 04 fev. 2014.

19.
SOLER, F. D.. Manejo da fauna de patrulha de cães e pássaros. Valor Econômico, Brasil, p. F4 - F4, 21 ago. 2012.

20.
SOLER, F. D.; CIPRIANO, T. . Os prós e contras do uso do amianto no Brasil. Revista Meio Ambiente Industrial, 09 fev. 2012.

21.
SOLER, F. D.. Código Florestal: ?texto do Senado é melhor?, diz Feldmann. www.souagro.com.br, www.souagro.com.br, 09 fev. 2012.

22.
SOLER, F. D.. Resíduos sólidos - o descarte adequado é responsabilidade de todos. Observatorio Eco, 04 fev. 2011.

23.
SOLER, F. D.. Novas regras sobre resíduos sólidos exigem cautela. Observatório Eco, 01 fev. 2011.

24.
SOLER, F. D.; STEFANELO, Fernanda. . As linhas de financiamento para promoção da regularização ambiental de imóveis rurais no Brasil. Energia Mundo, São Paulo, p. 42 - 44, 01 fev. 2011.

25.
SOLER, F. D.. Direito para quem precisa. De negócios. O Estado de São Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 16 jan. 2011.

26.
SOLER, F. D.. Gestão do Solo - Passo a passo, como proceder o gerenciamento técnico e jurídico ambiental de áreas contaminadas. Revista Equipe de Obra, 10 jan. 2011.

27.
SOLER, F. D.. Direito Empresarial Ambiental. Informativo Migalhas, São Paulo, 07 jan. 2011.

28.
SOLER, F. D.. Declaração de Conformidade da Atividade Agropecuária. União dos Produtores de Bioenergia (UDOP), Araçatuba/SP, 06 jan. 2011.

29.
SOLER, F. D.. Política de resíduos sólidos. Revista Equipe de Obra, 10 dez. 2010.

30.
SOLER, F. D.. Mercado de Poluentes atmosféricos no estado de São Paulo. Newsletter Comitê Jurídico Swisscam, 01 dez. 2010.

31.
SOLER, F. D.. Justiça suspende ampliaçaõ de aterro em Itaquaquecetuba/SP. Migalhas, 31 ago. 2010.

32.
SOLER, F. D.. Desafios da advocacia ambiental no Brasil. Observatório Eco Direito Ambiental, 11 ago. 2010.

33.
SOLER, F. D.. O Desafio da Certificação quanto à Sustentabilidade do Etanol. UDOP - União dos Produtores de Bioenergia, 09 ago. 2010.

34.
SOLER, F. D.. Compensação Ambiental de Unidades Agroindustriais. Energia Mundo - A Revista Sucroenergética, p. 50 - 52, 01 ago. 2010.

35.
SOLER, F. D.; Eduardo Antonio Licco . As oportunidades associadas ao mercado paulista de emissões atmosféricas. Migalhas de Peso, Brasil, 01 jun. 2010.

36.
SOLER, F. D.. O status da Certificação para Sustentabilidade dos Biocombustíveis. Revista Energia Mundo, ~Brasil, p. 26 - 29, 01 jun. 2010.

37.
SOLER, F. D.. O status da Certificação para Sustentabilidade dos Biocombustíveis. Energia Mundo - A Revista Sucroenergética, p. 26 - 29, 01 jun. 2010.

38.
SOLER, F. D.. As oportunidades associadas ao mercado paulista de emissões atmosféricas. Migalhas, 01 jun. 2010.

39.
SOLER, F. D.. Estímulo à Regularização é Único Consenso. Brasil Econômico, Brasil, p. 06 - 07, 31 maio 2010.

40.
SOLER, F. D.. Estímulo à regularização é único consenso. Brasil Econômico, p. 6, 31 maio 2010.

41.
SOLER, F. D.. Mercado de Emissões. Valor, Brasil, p. A15 - A15, 28 maio 2010.

42.
SOLER, F. D.. Mercado de emissões. Valor Econômico, 28 maio 2010.

43.
SOLER, F. D.. Oportunidades no mercado de emissões atmosféricas. Observatório Eco, Brasil, 26 maio 2010.

44.
SOLER, F. D.. Cadastro de atividades poluidoras, prazo até 31/03. Observatório Eco, Brasil, 28 mar. 2010.

45.
SOLER, F. D.. Advocacia ambiental é um mercado promissor. www.observatorioeco.com.br, Brasil, 03 mar. 2010.

46.
SOLER, F. D.. Emissões Veiculares e os Créditos de Emissões Atmosféricas Reduzidas (CEAR). Portal do Meio Ambiente, Portaldomeioambiente, 01 dez. 2009.

47.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . Reserva Legal Florestal e Penalidades Excessivas. Tribuna Impressa, Araraquara e Região, p. 04, 31 out. 2009.

48.
SOLER, F. D.. Nova Lei para Antigos Problemas: Passivos Ambientais. Tribuna Impressa, Araraquara e Região, p. 04, 17 out. 2009.

49.
SOLER, F. D.. O embate florestal continua. Tribuna Impressa, Araraquara/SP, p. 4 - 4, 05 set. 2009.

50.
SOLER, F. D.. Nova Lei para um Antigo Problema: Passivo Ambiental. Revista Energia Mundo, Estado de São Paulo, p. 60 - 62, 01 ago. 2009.

51.
SOLER, F. D.. Contexto Energético Ambiental de Unidades de Bioenergia. Revista Energia Mundo, Estado de São Paulo, p. 48 - 50, 01 jun. 2009.

52.
SOLER, F. D.. Senado debate Institutos do código florestal. Revista Energia Mundo, Estado de São Paulo, p. 38 - 39, 01 maio 2009.

53.
SOLER, F. D.. (DES) Complicando o Licenciamento Ambiental. Revista Energia Mundo, Estado de São Paulo, p. 46 - 47, 01 abr. 2009.

54.
SOLER, F. D.. SP tem novo regulamento para reservas legais. Revista Energia Mundo, Estado de São Paulo, p. 68 - 73, 01 fev. 2009.

55.
SOLER, F. D.; Eduardo Antonio Licco . Oportunidades de negócios associadas à expansão do setor sucroalcooleiro. Portal Agrofit, 28 out. 2008.

56.
SOLER, F. D.. Agência Ambiental de Araraquara. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 13 set. 2008.

57.
SOLER, F. D.. Importante precedente para Reserva Legal Florestal. Jornal Digital Migalhas, São Paulo/ SP, 05 ago. 2008.

58.
SOLER, F. D.. Importante precedente para Reserva Legal Florestal. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 19 jul. 2008.

59.
SOLER, F. D.. Desafios à infra-etrutura elétrica brasileira. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 21 jun. 2008.

60.
SOLER, F. D.. Nova medida fiscal que se alia à proteção do meio ambiente. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 10 maio 2008.

61.
SOLER, F. D.. Precedente para Reserva Legal Florestal. Informe Digital Regulação e Meio Ambiente, São Paulo/ SP, 15 abr. 2008.

62.
SOLER, F. D.. Licenciamento Ambiental Municipal: este é o caminho. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 12 abr. 2008.

63.
SOLER, F. D.. É momento de creditar emissões. Informativo Digital do Escritório Pinheiro Pedro Advogados, São Paulo/ SP, 01 mar. 2007.

64.
SOLER, F. D.. O Crédito de Emissões Amtosféricas Reduzidas (CEAR's) e o Mercado Paulista de Emissões Atmosféricas (MPEA). Informativo Digital do Escritório Pinheiro Pedro Advogados, São Paulo/ SP, 01 dez. 2006.

65.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . A polêmica "taxa do lixo". Jornal: O Imparcial de Araraquara, Araraquara/ SP, 12 out. 2006.

66.
SOLER, F. D.. Acidente de trânsito não é evento, embora a CET entenda o contrário. Informativo Digital do Escritório Pinheiro Pedro Advogados, São Paulo/ SP, 01 out. 2006.

67.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . Pela consciência ambiental de nossa sociedade. Jornal: O Imparcial de Araraquara, Araraquara/ SP, 28 set. 2006.

68.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . Instituição do IPTU Ecológico nos muncípios brasileiros. TrinoleX (Franca. Online), São Paulo/ SP, 24 ago. 2006.

69.
SOLER, F. D.. O lema ambiental é compensar. Informativo Digital do Escritório Pinheiro Pedro Advogados, São Paulo/ SP, 01 ago. 2006.

70.
SOLER, F. D.. Implantação do plano diretor termina em outubro. E agora?. Informativo Digital do Escritório Pinheiro Pedro Advogados, São Paulo/ SP, 01 jun. 2006.

71.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . Da compensação entre áreas de preservação permanente e reserva legal. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 18 maio 2006.

72.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . Pelo fortalecimento dos Conselhos Municipais de Meio Ambiente. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 13 abr. 2006.

73.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . Comitês de bacia hidrográfica: espaço para participação popular. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 06 abr. 2006.

74.
SOLER, F. D.. Entra em vigor norma de contabilidade ambiental. Informativo Digital do Escritório Pinheiro Pedro Advogados, São Paulo/ SP, 01 abr. 2006.

75.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . E a vizinhança, com fica? (O estudo de impacto da vizinhança e a venda de rua). Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 23 mar. 2006.

76.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . A privatização das florestas brasileiras. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 09 mar. 2006.

77.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . A municipalização do ITR. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 23 fev. 2006.

78.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . O reuso da água. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 16 fev. 2006.

79.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . A cobrança da água é instituída no estado de São Paulo. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 09 fev. 2006.

80.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . E a vizinhança, como fica?. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 07 fev. 2006.

81.
SOLER, F. D.. Os incentivos agora são às microdestilarias de álcool. Informativo Digital do Escritório Pinheiro Pedro Advogados, São Paulo/ SP, 01 jan. 2006.

82.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . Os incentivos agora são para as microdestilarias de álcool. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 29 dez. 2005.

83.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . Da transposição das águas do rio São Francisco. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 15 dez. 2005.

84.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . Índice de devastação na Amazônia [ainda] é alarmante. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 08 dez. 2005.

85.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . Mais sobre as Áreas de Preservação Permanente. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 24 nov. 2005.

86.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . STF julga constitucional ei que facilita o desmatamento. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 17 nov. 2005.

87.
SOLER, F. D.; RONQUIM, A.F. . Saúde Pública e Meio Ambiente. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 10 nov. 2005.

88.
SOLER, F. D.; RONQUIM, A.F. . O meio ambiente é multidisciplinar. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, 27 out. 2005.

89.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . Políticas públicas para a redução da poluição veicular. Poesia Sempre, Araraquara/SP, 20 out. 2005.

90.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . Protocolo de Kyoto x Aquecimento Global. Poesia Sempre, Araraquara/SP, 06 out. 2005.

91.
SOLER, F. D.. A variável ambiental e as instituições financeiras. Informativo Digital do Escritório Pinheiro Pedro Advogados, São Paulo/ SP, 01 out. 2005.

92.
SOLER, F. D.; RONQUIM, A.F. . O meio ambiente como uma das preocupações do Plano Diretor. Poesia Sempre, Araraquara/SP, 29 set. 2005.

93.
SOLER, F. D.; RONQUIM, A.F. . Coleta seletiva de lixo requer atuação do poder público e conscientização da sociedade. Poesia Sempre, Araraquara/SP, 22 set. 2005.

94.
SOLER, F. D.; RONQUIM, A.F. . A cultura da agricultura orgânica. Poesia Sempre, Araraquara/SP, 01 set. 2005.

95.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . Pela preservação do Aquífero Guarani. Poesia Sempre, Araraquara/SP, 25 ago. 2005.

96.
SOLER, F. D.; RONQUIM, A.F. . A relevância da ECO-92 para o mundo sustentável. Poesia Sempre, Araraquara/SP, 18 ago. 2005.

97.
SOLER, F. D.; RONQUIM, A.F. . A educação ambiental é fundamental para o planeta terra. Poesia Sempre, Araraquara/SP, 11 ago. 2005.

98.
SOLER, F. D.; RONQUIM, A.F. . O Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SNUC). Poesia Sempre, Araraquara/SP, 04 ago. 2005.

99.
SOLER, F. D.; RONQUIM, A.F. . Arborização e meio ambiente urbano. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, p. 12 - 12, 28 jul. 2005.

100.
SOLER, F. D.. Norma estadual permite intervenções em áreas de preservação permanente (APP). Informativo Digital do Escritório Pinheiro Pedro Advogados, São Paulo/ SP, 01 maio 2005.

101.
SOLER, F. D.. Aterro sanitário: exemplar solução para o destino do lixo. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, p. 04 - 04, 10 mar. 2005.

102.
SOLER, F. D.. Generalidades sobre gestão ambiental. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, p. 04 - 04, 15 fev. 2005.

103.
SOLER, F. D.. IPTU Ecológico: novo instrumento de preservação ambiental. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, p. 04 - 04, 18 jan. 2005.

104.
SOLER, F. D.. Meio ambiente nas diretrizes do Plano Diretor. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, p. 04 - 04, 01 jan. 2005.

105.
SOLER, F. D.. Da compensação entre áreas de preservasção permanente e legal. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, p. 04 - 04, 21 dez. 2004.

106.
SOLER, F. D.. Política nacional de educação ambiental: ensinamentos para o futuro do planeta. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, p. 04 - 04, 16 dez. 2004.

107.
SOLER, F. D.. Panorama da reserva florestal legal no Brasil. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, p. 04 - 04, 09 dez. 2004.

108.
SOLER, F. D.. Implicações legais da Piracema. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, p. 04 - 04, 30 nov. 2004.

109.
SOLER, F. D.; RONQUIM FILHO, A. . Biodiesel: o combustível do futuro é brasileiro. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, p. 04 - 04, 23 nov. 2004.

110.
RONQUIM FILHO, A. ; SOLER, F. D. . Definição do poder público competente para o licenciamento ambiental. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, p. 04 - 04, 09 nov. 2004.

111.
RONQUIM FILHO, A. ; SOLER, F. D. . Rinha de galos: raiz cultural ou crime ambiental?. Poesia Sempre, Araraquara/ SP, p. 04 - 04, 07 nov. 2004.

112.
RONQUIM FILHO, A. ; SOLER, F. D. . O que é Licenciamento Ambiental?. Poesia Sempre, Araraquara, p. 04 - 04, 26 out. 2004.

113.
SOLER, F. D.. O Desafio da Certificação quanto à Sustentabilidade do Etanol. UDOP.

114.
SOLER, F. D.. Felsberg secures landfill-blocking injunction. Latin Lawyer.

115.
SOLER, F. D.. Consórcio irá avaliar seis modelos de usina de processamento de lixo. Tribuna Impressa.

116.
SOLER, F. D.. Reverse Logistics System (take back program) for Electronic Products. Legalink.

117.
SOLER, F. D.. CNM cria exigências para política socioambiental de bancos. ConJur.

118.
SOLER, F. D.. Um olhar atualizado da PNRS, seus riscos e responsabilidades. Revista Infra.

119.
SOLER, F. D.. Prazos da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Prazos da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

120.
SOLER, F. D.. Panorama da Política Nacional de Resíduos Sólidos. RefJur.

121.
SOLER, F. D.. Lei, e não resolução, é que deve tratar de logística reversa de produtos. CONJUR.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SOLER, F. D.. O Setor de Bioenergia e a Geração de Créditos de Emissões Atmosféricas Reduzidas (CEAR's). In: Workshop sobre Avaliação Integrada de Sustentabilidade no Contexto do Etanol, 2010, São Carlos. Programa de Pós Graduação em Ciências da Engenharia Ambiental - PPGSEA, 2010.

2.
SOLER, F. D.. Energetic & environmental framework of biofuel plants. In: 2nd International Workshop Advances in Cleaner Production, 2009, São Paulo. Key elements for a sustainable world: energy, water and climate change. São Paulo: universidade Paulista - UNIP, 2009. v. 1. p. 107-107.

3.
SOLER, F. D.; ETTORI, E. ; MANOR, I. Z. . Compensação ambiental: questões atuais para o empreendedor brasileiro. In: 7º Congresso Brasileiro do Magistério Superior de Direito Ambiental, 2009, Florianópolis. Compensação ambiental: questões atuais para o empreendedor brasileiro, 2009.

4.
SOLER, F. D.; NOGUEIRA, S. P. . O Setor Sucroalcooleiro e os créditos de emissões atmosféricas reduzidas. In: I Congresso Brasileiro de Agrobioenergia & Simpósio Internacional de Biocombustível, 2008, Uberaba/ MG. I Congresso Brasileiro de Agrobioenergia & Simpósio Internacional de Biocombustível, 2008.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SOLER, F. D.. Forum Brasileiro de Resíduos Sólidos reune gestores e especialistas para palestras e debates sobre a PNRS. In: Forum Brasileiro de Resíduos Sólidos, 2011, São Paulo. Planos Municipais de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, 2011.

2.
SOLER, F. D.. Legislação Ambiental Brasileira. In: Seminário de Infraestrutura Aeroportuária da América Latina, 2011, São Paulo. Seminário de Infraestrutura Aeroportuária da América Latina, 2011.

3.
SOLER, F. D.; PEDRO, A.F.P. ; NOGUEIRA, S. P. . Air pollution emissions trade of state of São Paulo. In: 1st International Workshop Advances en Cleaner Production, IV Paulista Week of Cleaner Productions and IV Paulista Conference of Cleaner Production, 2007, São Paulo. 1st International Workshop Advances in Cleaner Production, 2007.

Apresentações de Trabalho
1.
SOLER, F. D.. Acordos setoriais para implantar logística reversa em coleta de resíduos avançam no Brasil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
SOLER, F. D.. Análise Jurídica Interpretativa da Legislação Ambiental aplicável ao EIA. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
SOLER, F. D.. Atuação de entidades envolvidas da administração pública federal envolvidas no licenciamento ambiental. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
SOLER, F. D.. Fabricio Soler é destaque na área de Direito Ambiental do Latin Lawyer. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
SOLER, F. D.. Empresa renova frota e gera créditos por redução de emissão de poluentes. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
SOLER, F. D.. Resposabilidade por incêndio em canavial: acidental, criminosa?. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
SOLER, F. D.. Departamento de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Felsberg e Associados confirma participação em inúmeros eventos ao longo do ano. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
SOLER, F. D.. Análise jurídica interpretativa da legislação ambiental no âmbito do estudo de impacto ambiental(EIA). 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
SOLER, F. D.; ETTORI, E. . Análise Jurídica Interpretativa da Legislação Ambiental para Consolidação do Respectivo Capítulo Jurídico do Estudo de Impacto Ambiental (EIA). 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

10.
SOLER, F. D.. Setor de Bioenergia e a Geração de Créditos de Emissões Atmosféricas Reduzidas (CEAR'S). 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
SOLER, F. D.. Emissões Veiculares, Créditos e a Câmara Paulista de Compensação de Emissões Atmosféricas (CPCEA). 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

12.
SOLER, F. D.. O setor de celulose e papel e os créditos de emissões atmosféricas (CEAR's). 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
SOLER, F. D.; NOGUEIRA, S. P. ; MASCARIN, A. . Entraves do Procedimento de Licenciamento Ambiental de Procedimentos Elétricos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
SOLER, F. D.; PEDRO, A.F.P. ; NOGUEIRA, S. P. . Air pollution emissions trade of state of São Paulo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
SOLER, F. D.; PEDRO, A.F.P. ; NOGUEIRA, S. P. ; TOMYIAMA, S. ; SANTOS, O. R. T. . Resolução de conflitos ambientais. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
SOLER, F. D.; CIPRIANO, T. . Orientações para celebração de acordos de colaboração por empresas 2018 (Aplicativo).

2.
SOLER, F. D.; SILVA FILHO, C. R. V. ; CIPRIANO, T. . Código Brasileiro de Resíduos Sólidos. São Paulo: Instituto PNRS, 2015 (Aplicativo).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SOLER, F. D.. Direito ambiental e sustentabilidade no setor de energia. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
SOLER, F. D.. Sem discalização após licença, benefício ambiental pode ser limitado. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
SOLER, F. D.. Advocacia ambiental é um mercado promissor. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
SOLER, F. D.. Cadastro de atividades poluidoras, prazo até 31/03. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
SOLER, F. D.. Curso Prático de Legislação Ambiental. 2009. .

2.
SOLER, F. D.. Curso de Gestão Ambiental. 2009. .

3.
SOLER, F. D.. Políticas públicas e legislação ambiental. 2006. (Capacitação Técnica - Jurídica).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
23 Congresso Brasileiro de Direito Ambiental. Os desafios do saneamento no Brasil à luz dos ODS. 2018. (Congresso).

2.
2º seminário Paranaense de Logística Reversa.Economia circular, logística fiscal e instrumentos econômicos. 2018. (Seminário).

3.
51° Congresso e Exposição Internacional de Celulose e Papel. Gestão de Resíduos Sólidos. 2018. (Congresso).

4.
Encontro Técnico Gestão dos Resíduos Sólidos no Tocantins.Apresentação da Minuta da Lei Estadual de Resíduos Sólidos do Tocantins. 2018. (Encontro).

5.
Fórum de Sustentabilidade Estre Ambiental.O setor dos resíduos sólidos no Brasil. 2018. (Seminário).

6.
Grupo de Profissionais de Facilities e Gestão de Resíduos.PGRS impactos para grandes geradores, responsabilidades e por onde começar. 2018. (Encontro).

7.
Jurídico em Foco: Indicadores de Desempenho e Inovação no Atendimento.Entenda como são Definidos os Ranqueamentos Nacionais e Internacionais, o que os Terceiros devem fazer para Estarem no Topo da Classificação dos Seus Clientes. 2018. (Seminário).

8.
Licença Ambiental condicionada à Logística Reversa.Licença Ambiental condicionada à Logística Reversa - ABICOL. 2018. (Encontro).

9.
Licença Ambiental condicionada a sistema de logística reversa.Licença Ambiental condicionada a sistema de logística reversa. 2018. (Encontro).

10.
Logística Reversa de Embalagens em Geral.Aspectos Legais - Riscos e Penalidades - Sistema de Logística Reversa de Embalagens. 2018. (Seminário).

11.
Logística reversa e gestão de resíduos sólidos.Logística reversa e gestão de resíduos sólidos. 2018. (Encontro).

12.
O Ministério Público e a Gestão de Resíduos Sólidos e Logística Reversa.Experiências de Logística Reversa no Brasil e Destinação Final de Resíduos. 2018. (Seminário).

13.
O Ministério Público e a Gestão de Resíduos Sólidos e Logística Reversa.Acordo Setorial de Embalagens: realidade ou ficção?. 2018. (Seminário).

14.
Política Nacional de Resíduos Sólidos.Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2018. (Encontro).

15.
Resíduos sólidos na indústria de papel: Processamento, reaproveitamento e a lei nacional dos resíduos sólidos. Discussão do impacto da lei nacional dos resíduos sólidos nos processos de reaproveitamento de resíduos no setor. 2018. (Exposição).

16.
Resíduos Sólidos Urbanos: da logística reversa à economia circular.A Gestão da Cadeia Pós-Consumo. 2018. (Seminário).

17.
Semana de Meio Ambiente FIESP.Programa de logística reversa de embalagens ?Dê a mão para o futuro". 2018. (Seminário).

18.
Seminário do Plano Estadual de Resíduos Sólidos.Resíduos Sólidos: Governança. 2018. (Seminário).

19.
Seminário PNRS ? Os desafios da indústria de tintas.Embalagens pós-consumo: Cenário no Mundo e no Brasil. 2018. (Outra).

20.
Simpósio Nacional de Obras Públicas (SINAOP) 2018.Logística Reversa de Embalagens. 2018. (Simpósio).

21.
Workshop Comitê de Presidentes - Visão de Futuro do Setor de Cosméticos.Questões Ambientais. 2018. (Outra).

22.
Workshop sobre a PNRS - ABPO.Política Nacional de Resíduos Sólidos e as ACPs de Mato Grosso do Sul. 2018. (Seminário).

23.
19a Semana de Meio Ambiente da FIESP.Acordos Setoriais e Sistemas de Logística Reversa. 2017. (Seminário).

24.
2º Simpósio Internacional de Resíduos de Serviço de Saúde.Legislação e Acordos Setoriais. 2017. (Simpósio).

25.
ABINEE TEC - 29° FIEE.Aspectos jurídicos e financeiros da logística reversa de eletroeletrônico. 2017. (Outra).

26.
Aspectos jurídicos da Decisão de Diretoria CETESB nº 038/2017/C ? Procedimento de Gerenciamento de Áreas Contaminadas - AESAS.Aspectos jurídicos da Decisão de Diretoria CETESB nº 038/2017/C ? Procedimento de Gerenciamento de Áreas Contaminadas. 2017. (Encontro).

27.
Cenários eleitorais para 2018.Cenários eleitorais para 2018. 2017. (Encontro).

28.
Congresso de Sustentabilidade Corporativa. Os Desafios da Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2017. (Congresso).

29.
Congresso Mundial da IDA 2017. The Water Challenge in the State of Sao Paulo. 2017. (Congresso).

30.
Direito da Energia OAB/SP - Damásio.Direito da Energia OAB/SP - Damásio. 2017. (Encontro).

31.
Direito dos Resíduos - PUC-SP.Direito dos Resíduos - PUC-SP. 2017. (Encontro).

32.
Ecoenergy.Aspectos regulatórios e simplificação nas regras para crédito de energia gerada estimularam consumidores a instalar microgeradores eólicos e solares?. 2017. (Seminário).

33.
Evento sobre Resíduos com técnicos do Programa Ambientes Verdes Saudáveis.Evento sobre Resíduos com técnicos do Programa Ambientes Verdes Saudáveis. 2017. (Seminário).

34.
Fórum Brasil de Gestão Ambiental.Aspectos Legais: Gestão de Áreas Contaminadas e Gestão de Resíduos Sólidos. 2017. (Outra).

35.
Fórum Revista O Papel.A legislação de resíduos sólidos e sua entrada em vigor com todas as novas exigências às empresas do setor. 2017. (Seminário).

36.
Gestão de Resíduos e Logística Reversa.Gestão de Resíduos e Logística Reversa. 2017. (Seminário).

37.
I Fórum de Diálogo Intersetorial - Subsídios para a Legislação Nacional de Água para Consumo Humano.Legislações, responsabilidades e competências. 2017. (Outra).

38.
II Congresso Internacional de Contas Públicas - TCE SE. Gestão pública na era da transparência - Resíduos Sólidos. 2017. (Congresso).

39.
II Seminário Nacional de Direito Ambiental.Judicialização das Questões Ambientais - ACPs Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2017. (Seminário).

40.
ISWA 2017 World Congress. View of International Adoption of Extended Producer Responsibility. 2017. (Congresso).

41.
IV EMDS - Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável.Capacitação de gestores municipais: a PNRS e os ODS 2030. 2017. (Encontro).

42.
Lançamento da 2ª edição do Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana ? ISLU 20.Limpeza urbana no Brasil: desafios para a implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). 2017. (Encontro).

43.
Logística Reversa, Economia Circular e Empresas "B".Acordos Setoriais e Sistemas de Logística Reversa no Brasil. 2017. (Seminário).

44.
Logística Reversa e Gerenciamento de Resíduos.A importância dos acordos setoriais para a implementação dos sistemas de logística reversa da PNRS. 2017. (Seminário).

45.
Novo código Florestal - OAB-SP.Novo código Florestal. 2017. (Seminário).

46.
Palestra - Novos Ramos do Direito - Faculdade Damásio.Novos Ramos do Direito - Faculdade Damásio. 2017. (Encontro).

47.
Política Ambiental e Aspectos Polêmicos do Agronegócio.Política Ambiental e Aspectos Polêmicos do Agronegócio. 2017. (Simpósio).

48.
Semana de Produção e Consumo Sustentável na FIEMG.PNRS ? Desafios e oportunidades para sociedade. 2017. (Encontro).

49.
Seminário Meio Ambiente - OAB Petrolina/PE.Direito Ambiental, Responsabilidade e Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2017. (Seminário).

50.
Seminário O Catador Autônomo na Zona Leste de São Paulo.Cooperativas de catadoras e catadores e a Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2017. (Seminário).

51.
Sistema de Logística Reversa e o Papel dos Distribuidores - ABVED.Sistema de Logística Reversa e o Papel dos Distribuidores - ABVED. 2017. (Encontro).

52.
Status de implementação dos sistemas de logística reversa em SP e no Brasil.Status de implementação dos sistemas de logística reversa em SP e no Brasil. 2017. (Encontro).

53.
Sustentabilidade Einstein ? Vamos todos Semear.Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2017. (Encontro).

54.
VI Semana da Engenharia Ambiental (SEAMB).Legislação Ambiental dos Resíduos Sólidos. 2017. (Simpósio).

55.
VI Semana da Engenharia Ambiental (SEAMB) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro.Legislação Ambiental dos Resíduos Sólidos. 2017. (Simpósio).

56.
V Simpósio de Resíduos Sólidos (SIRS) da EESC-USP (Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo),.Poder Público e a Gestão Integrada de Resíduos Sólidos. 2017. (Simpósio).

57.
Workshop Brasil - Portugal sobre Gestão de Resíduos Sólidos.A legislação de Resíduos Sólidos no Brasil e em Portugal. 2017. (Seminário).

58.
Workshop Brasil - Portugal Sobre Gestão de Resíduos Sólidos.A legislação de Resíduos Sólidos no Brasil e em Portugal. 2017. (Simpósio).

59.
XVII Congresso Brasileiro do Ministério Público de Meio Ambiente. O papel do Ministério Público na implementação da Logística Reversa. 2017. (Congresso).

60.
XVIII Painel de Debates sobre Gerenciamento de Áreas Contaminadas.Aspectos Jurídicos DD CETESB 38/2017. 2017. (Seminário).

61.
18ª Semana do Meio Ambiente FIESP ? Economia Circular.ECONOMIA CIRCULAR ? Uma mudança no modelo econômico tradicional. 2016. (Seminário).

62.
1º Concurso CIESP de Ações Socioambientais.Responsabilidade Compartilhada, Logística Reversa e Economia Circular. 2016. (Encontro).

63.
2º Junho Verde - Arteris 2016.PGRS, PNRS, Gestão e Logística Reversa. 2016. (Seminário).

64.
49º Congresso Internacional de Celulose e Papel. Logística reversa, responsabilidade compartilhada, acordo setorial de embalagens e a Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2016. (Congresso).

65.
Acordo Setorial, Termo de Compromisso, Responsabilidade Pós-Consumo, Setor Empresarial, Poder Público, Cooperativas e Parcerias.Sistema de Logística Reversa de Embalagens. 2016. (Seminário).

66.
Aspectos jurídicos referentes à remuneração das concessionárias de serviços de coleta de resíduos sólidos. Aspectos jurídicos referentes à remuneração das concessionárias de serviços de coleta de resíduos sólidos. 2016. (Exposição).

67.
Como o Design pode ajudar na gestão do LIXO?.Como o Design pode ajudar na gestão dos resíduos sólidos? Economia Circular e PNRS. 2016. (Seminário).

68.
Conferência de Direito Ambiental.Logística Reversa nos Ambientes Empresarias: Como Trabalhar de Formas Alternativas?. 2016. (Seminário).

69.
Conferencia Internacional ISWA Beacon ?Responsabilidad Extendida del Productor?. Responsabilidad Extendida del Productor _ Brazil. 2016. (Congresso).

70.
Conselho Temático de Meio Ambiente e Sustentabilidade CNI.Acordo Setorial de Embalagens em Geral: Perspectivas e Alternativas (Proposta da Coalizão Empresarial). 2016. (Encontro).

71.
Curso de Legislação Ambiental aplicada ao Setor Elétrico _ ABCE _ CHESF.Curso de Legislação Ambiental aplicada ao Setor Elétrico _ ABCE _ CHESF. 2016. (Outra).

72.
Debate: Acordo Setorial e Logística Reversa de Embalagens.Questões legais relacionadas ao Acordo Setorial de Embalagens. 2016. (Encontro).

73.
Diálogos Abrelpe: 10 visões para o aprimoramento da gestão de resíduos.Modelos de Contratação e Cobrança dos Serviços de Limpeza Urbana e Manejo de Resíduos Sólidos. 2016. (Seminário).

74.
Ecoenergy - VI Congresso de Tecnologias Limpas e Renováveis para Geração de Energia. Incentivos tributários para a geração de energia solar. 2016. (Congresso).

75.
Formação em PPPs 2016.Resíduos Sólidos e Limpeza Urbana ? Prefeitura de Itu. 2016. (Seminário).

76.
Fórum Connected Smart Cities.Visão da economia circular para cidades inteligentes e competitivas. 2016. (Seminário).

77.
Gerenciamento de resíduos em diferentes ramos de atividades _ BenchMais3.Gerenciamento de resíduos em diferentes ramos de atividades. 2016. (Encontro).

78.
Gestão de Resíduos Sólidos _ PUC SP.Gestão de Resíduos Sólidos. 2016. (Encontro).

79.
Logística Reversa, Reciclagem e Gerenciamento de Resíduos.A importância dos acordos setoriais para a implementação dos sistemas de logística reversa previstos na PNRS. 2016. (Outra).

80.
Melhores práticas na gestão e monetização de resíduos.Diretrizes da Resolução SMA 45/15, de 24/6/15, e os desdobramentos para implementação no Estado de SP. 2016. (Seminário).

81.
Melhores Práticas na Gestão e Monetização de Resíduos.Diretrizes da Resolução SMA nº 45/2015, de 24/06/2015, e os desdobramentos para implementação no Estado de São Paulo. 2016. (Seminário).

82.
Novo Código Florestal.Novo Código Florestal. 2016. (Seminário).

83.
O que diz a Lei? Os Desafios na Implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos.O que diz a Lei? Os Desafios na Implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2016. (Seminário).

84.
o XVI Congresso Brasileiro do Ministério Público de Meio Ambiente. PMGIRS, Grande Gerador de Resíduos e Sistema de Logística Reversa. 2016. (Congresso).

85.
Política Nacional de Resíduos Sólidos.Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2016. (Seminário).

86.
Política Nacional de Resíduos Sólidos: Plano, Coleta Seletiva, Logística e Cooperativas.Política Nacional de Resíduos Sólidos: Plano, Coleta Seletiva, Logística e Cooperativas. 2016. (Seminário).

87.
Política Nacional de Resíduos Sólidos e Logística Reversa.Política Nacional de Resíduos Sólidos e Logística Reversa. 2016. (Seminário).

88.
Responsabilidade Ambiental Civil, Administrativa e Penal.Responsabilidade Ambiental Civil, Administrativa e Penal. 2016. (Seminário).

89.
Responsabilidade Objetiva no Direito Ambiental.Responsabilidade Objetiva no Direito Ambiental. 2016. (Seminário).

90.
Semana Jurídica.Direito Ambiental - Crimes Ambientais. 2016. (Seminário).

91.
Seminário Desafios e Oportunidades para a Implementação da Logística Reversa de Embalagen.Seminário Desafios e Oportunidades para a Implementação da Logística Reversa de Embalagen. 2016. (Seminário).

92.
Valorização do papel do reciclador na implementação do Acordo Setorial da Política Nacional dos Resíduos Sólidos.Valorização do papel do reciclador na implementação do Acordo Setorial da Política Nacional dos Resíduos Sólidos. 2016. (Encontro).

93.
"Os Desafios na Implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos"."Os Desafios na Implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos". 2015. (Seminário).

94.
14º Fórum Nacional Jurídico e Regulatório do Setor Elétrico. Estruture Métodos Eficazes de Apresentação e Acompanhamento do Plano Ambiental e Obtenha Maior Agilidade do Processo de Aprovação junto aos Vários Órgãos e Garanta o Cumprimento do Cronograma dos Projetos de Energia. 2015. (Congresso).

95.
1º Ciclo de Palestras Sinrecicle.Logística Reversa e Responsabilidade Compartilhada: obrigações, desafios, riscos, oportunidades e atuação de entidades de classe. 2015. (Outra).

96.
6º Forum Internacional de Resíduos Sólidos e Feira de Ciência e Tecnologia para Reciclagem/Recuperação de Resíduos.Painel: Desafios e oportunidades da Logística Reversa como Instrumento da Política de Resíduos Sólidos. 2015. (Outra).

97.
AbineeTEC 2015: Um debate sobre o futuro do setor eletroeletrônico.Seminário Sustentabilidade - Acordos Setoriais - Painel Jurídico. 2015. (Seminário).

98.
Acordo Setorial, Logística Reversa e Inovação para Gestão de Resíduos Sólidos.Acordo Setorial, Logística Reversa e Inovação para Gestão de Resíduos Sólidos. 2015. (Encontro).

99.
Acordo Setorial Assinado. E agora?.Acordo Setorial Assinado ? quem deve fazer e porquê?. 2015. (Outra).

100.
Acordo Setorial e Logística Reversa de Embalagens. Acordo Setorial e Logística Reversa de Embalagens. 2015. (Congresso).

101.
Agenda Jurídico-Ambiental Contemporânea.Agenda Jurídico-Ambiental Contemporânea - Desafios Legais. 2015. (Encontro).

102.
A Política Nacional de Resíduos Sólidos aliada à Logística Reversa.A Política Nacional de Resíduos Sólidos aliada à Logística Reversa. 2015. (Seminário).

103.
Aspectos Controversos do Novo Código Florestal.Aspectos Controversos do Novo Código Florestal. 2015. (Seminário).

104.
Conferência ETHOS 360º.Tributação na Gestão de Resíduos Sólidos como forma de Acelerar a Implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos no Brasil. 2015. (Outra).

105.
Direito Ambiental.Política Nacional de Resíduos Sólidos ? Entenda como Adequar sua Empresa a esta Nova Política e Evite Multas e Passivos Ambientais em seu Projeto. 2015. (Seminário).

106.
Diretrizes e Tomada de Decisões sobre Projetos de Reúso de Água.Aspectos legais, Programas e Políticas Públicas de Eficiência, Incentivo e Fomento ao Reúso de Água. 2015. (Seminário).

107.
Diretrizes e Tomada de Decisões sobre Projetos de Reúso de Água.Discussões acerca dos aspectos legais, avanços rumo ao arcabouço para incentivar a água de reúso e regulamentar a comercialização. 2015. (Seminário).

108.
Fórum ABRELPE-RWM de Gestão de Resíduos: Gestão de Resíduos com Otimização de Recursos.Recursos Tecnológicos para Gestão de Resíduos Sólidos. 2015. (Outra).

109.
Gestão de Resíduos Sólidos.Sistema de Logística Reversa. 2015. (Outra).

110.
Gestão de Sustentabilidade e Responsabilidade Social em Empresas e Instituições Financeiras.Responsabilidade Pós Consumo e Sistema de Logística Reversa. 2015. (Outra).

111.
GT Sustentabilidade Febraban.TI Verde - Logística Reversa de Equipamentos Eletroeletrônicos. 2015. (Encontro).

112.
III Jornada de Direito Ambiental EPM-OAB "Energia e Meio Ambiente".Energia e Desenvolvimento Sustentável. 2015. (Seminário).

113.
Novo Código Florestal.Novo Código Florestal. 2015. (Seminário).

114.
Novo Código Florestal e Cadastro Ambiental Rural.Novo Código Florestal e Cadastro Ambiental Rural. 2015. (Seminário).

115.
Novo Código Florestal e Cadastro Ambiental Rural.Novo Código Florestal e Cadastro Ambiental Rural. 2015. (Seminário).

116.
Novo Código Florestal e o Cadastro Ambiental Rural.Novo Código Florestal e o Cadastro Ambiental Rural. 2015. (Seminário).

117.
Novo marco regulatório de Biodiversidade.Novo marco regulatório de Biodiversidade. 2015. (Encontro).

118.
O setor têxtil e o sistema de logística reversa.O setor têxtil e o sistema de logística reversa. 2015. (Outra).

119.
Política Nacional de Resíduos Sólidos. Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2015. (Congresso).

120.
Política Nacional de Resíduos Sólidos.Sistema de Logística Reversa e o Setor de Colchões. 2015. (Encontro).

121.
Política Nacional de Resíduos Sólidos - Agenda de Tributação (GT Ethos).Política Nacional de Resíduos Sólidos - Agenda de Tributação (GT Ethos). 2015. (Encontro).

122.
Resíduos Sólidos: oportunidades e desafios para os municípios..O Plano Nacional de Resíduos Sólidos e suas implicações jurídicas para as Prefeituras. 2015. (Simpósio).

123.
Semana de Produção e Consumo Sustentável - Painel Resíduos Sólidos - Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais - FIEMG.Logística Reversa ? Os desafios de um processo irreversível. 2015. (Outra).

124.
Treinamento em Saúde e Segurança (SMS).Responsabilidade Ambiental Civil, Administrativa e Criminal. 2015. (Outra).

125.
Treinamento Especializado de Resíduos Sólidos.Sistema de Logística Reversa. 2015. (Outra).

126.
Treinamento Especializado em Resíduos Sólidos - Instituto PNRS.Treinamento Especializado em Resíduos Sólidos. 2015. (Outra).

127.
Workshop Segurança e Meio Ambiente EHS.Responsabilidade Ambiental, PNRS e Logística Reversa. 2015. (Simpósio).

128.
X Seminário Reciclagem e Valorização de Resíduos Sólidos.Acordos Setoriais ? Logística Reversa. 2015. (Seminário).

129.
1º Workshop Internacional sobre ?A realidade dos Resíduos Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos? será uma das atrações da Eletrolar Show 2014.Precedentes e Penalidades (judicialização): promotoria, leis e penalidades. 2014. (Outra).

130.
2º Edição GM Direito Ambiental.Política Nacional de Resíduos Sólidos ? Entenda como Adequar sua Empresa a esta Nova Política e Evite Multas e Passivos Ambientais em seu Projeto. 2014. (Seminário).

131.
Acompanhamento da implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos nos estados e municípios.Acompanhamento da implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos nos estados e municípios. 2014. (Encontro).

132.
Acordos Setoriais, Riscos e Precedentes da Lei de Resíduos Sólidos.Acordos Setoriais, Riscos e Precedentes da Lei de Resíduos Sólidos. 2014. (Encontro).

133.
Acordos Setoriais - PNRS - Responsabilidade Pós Consumo.Acordos Setoriais - PNRS - Responsabilidade Pós Consumo. 2014. (Encontro).

134.
Arq.Futuro: A Cidade e a Água | Piracicaba. Tratamento de Lixo: novas articulações entre o setor público e privado.. 2014. (Congresso).

135.
Café da Manhã: Limpeza Urbana, Logística Reversa e Acordos Setoriais.Limpeza Urbana, Logística Reversa e Acordos Setoriais. 2014. (Outra).

136.
Comissão de Sustentabilidade AHK.PNRS e seus desdobramentos no âmbito da Logística Reversa. 2014. (Encontro).

137.
Congresso Mundial de Resíduos Sólidos ISWA. Legislation and Regulation - Session 30. 2014. (Congresso).

138.
Congresso Mundial de Resíduos Sólidos ISWA 2014. Acordos Setoriais: Desafios e Obstáculos à Implementação da Logística Reversa no Brasil. 2014. (Congresso).

139.
Construindo a Sustentabilidade em seus Negócios.A PNRS e a Logística Reversa: como reduzir custos e ganhar novos mercados. 2014. (Seminário).

140.
Desafios Jurídicos do Agronegócio. Apresentação e impactos da Políticas Públicas de Resíduos Sólidos com foco em pós-consumo e logística para empresas envolvidas em negócios agrícolas. 2014. (Congresso).

141.
Direito Ambiental - Como sua empresa pode minimizar os riscos de passivos ambientais.Política Nacional de Resíduos Sólidos - Entenda como adequar sua empresa a esta nova Política e evite multas e passivos ambientais em seu projeto. 2014. (Encontro).

142.
Direito Ambiental - Como sua empresa pode minimizar os riscos de passivos ambientais.Como a Legislação Ambiental em âmbito federal e estadual impactam nas atividades das emrpesas. 2014. (Encontro).

143.
Direito Empresarial Ambientale e TAC Ambiental.Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2014. (Outra).

144.
Gestão de Resíduos Sólidos, com ênfase na Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS),.Gestão de Resíduos Sólidos, com ênfase na Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). 2014. (Encontro).

145.
GPMAI - Acordos Setoriais de Embalagens e a Legislação para a Logística Reversa.Acordos Setoriais de Embalagens e a Legislação para a Logística Reversa. 2014. (Encontro).

146.
Logística reversa e o papel das cooperativas.Logística reversa e o papel das cooperativas. 2014. (Encontro).

147.
Loteamento Aspectos Legais.Licenciamento Ambiental de Loteamentos. 2014. (Seminário).

148.
Novo Código Florestal: Agronegócio e Energia.Novo Código Florestal: Agronegócio e Energia. 2014. (Outra).

149.
Novo Código Florestal e Áreas de Preservação Permanente (APP).Novo Código Florestal e Áreas de Preservação Permanente (APP). 2014. (Encontro).

150.
Novo Código Florestal e Cadastro Ambiental Rural.Novo Código Florestal e Cadastro Ambiental Rural. 2014. (Seminário).

151.
Novo Código Florestal e Cadastro Ambiental Rural.Novo Código Florestal e Cadastro Ambiental Rural. 2014. (Seminário).

152.
Novo Código Florestal e Cadastro Ambiental Rural.Novo Código Florestal e Cadastro Ambiental Rural. 2014. (Encontro).

153.
Novo Código Florestal e Cadastro Ambiental Rural.Novo Código Florestal e Cadastro Ambiental Rural. 2014. (Encontro).

154.
Novo Código Florestal e o Cadastro Ambiental Rural.Novo Código Florestal e o Cadastro Ambiental Rural. 2014. (Seminário).

155.
Novo Código Florestal e o Cadastro Ambiental Rural.Novo Código Florestal e o Cadastro Ambiental Rural. 2014. (Seminário).

156.
Novo Código Florestal e o Cadastro Ambiental Rural.Novo Código Florestal e o Cadastro Ambiental Rural. 2014. (Seminário).

157.
Novo Código Florestal e o Cadastro Ambiental Rural.Novo Código Florestal e o Cadastro Ambiental Rural. 2014. (Simpósio).

158.
Novo Código Florestal e o Cadastro Ambiental Rural (CAR) - OAB Santo Amaro.Novo Código Florestal e o Cadastro Ambiental Rural (CAR). 2014. (Seminário).

159.
Novo Código Florestal e o Cadastro Ambiental Rural - CAR.Novo Código Florestal e o Cadastro Ambiental Rural - CAR. 2014. (Seminário).

160.
Novo Código Florestal e Propriedades Rurais.Novo Código Florestal e Propriedades Rurais. 2014. (Outra).

161.
O Novo Código Florestal e o CAR.O Novo Código Florestal e o CAR. 2014. (Seminário).

162.
PNRS.Aplicação Prárica da Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2014. (Encontro).

163.
Política Nacional de Resíduos Sólidos.A lei de política nacional de resíduos sólidos e seus aspectos jurídicos e operacionais.. 2014. (Seminário).

164.
Política Nacional de Resíduos Sólidos.Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2014. (Outra).

165.
Política Nacional de Resíduos Sólidos: Setor Empresarial, Poder Público e Sociedade.Política Nacional de Resíduos Sólidos: Setor Empresarial, Poder Público e Sociedade. 2014. (Encontro).

166.
Política Nacional de Resíduos Sólidos e Impactos Ambientais.Política Nacional de Resíduos Sólidos e Impactos Ambientais. 2014. (Seminário).

167.
Política Nacional de Resíduos Sólidos - Embratel.Política Nacional de Resíduos Sólidos e o Setor de Eletroeletrônicos. 2014. (Seminário).

168.
Política Nacional de Resíduos Sólidos - GPMAI - Grupo de Profissionais de Meio Ambiente das Indústrias do Vale do Paraíba.Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2014. (Encontro).

169.
Política Nacional de Resíduos Sólidos - Logística Reversa.Política Nacional de Resíduos Sólidos - Logística Reversa. 2014. (Seminário).

170.
Reponsabilidade dos Adminstradores por Passivos Ambientais.Termos de ajustamento de conduta, e medidas judiciais como instrumentos viabilizadores de remediação de áreas contaminadas. 2014. (Seminário).

171.
Semana do Meio Ambiente da Faculdade de Jaguariúna.Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2014. (Encontro).

172.
Semana Lixo Zero.Políticas Públicas e Acordos Setoriais para manejo de resíduos sólidos urbanos. 2014. (Seminário).

173.
Seminário Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade.A implementação da PNRS nas empresas brasileiras - um olhar sobre as questões legislativas. 2014. (Seminário).

174.
Seminário Nacional de Tributação Ambiental.Tributação Ambiental no Brasil e sua contribuição para Polícia Nacional de Resíduos Sólidos. 2014. (Seminário).

175.
Sustain Total III.Desafios da Inclusão das Cooperativas de Catadores nos Planos Municipais de Gestão Integrada. 2014. (Simpósio).

176.
Termos de ajustamento de conduta e medidas judiciais como instrumentos viabilizadores de remediação de áreas contaminadas.Termos de ajustamento de conduta e medidas judiciais como instrumentos viabilizadores de remediação de áreas contaminadas. 2014. (Seminário).

177.
Treinamento sobre Novo Código Florestal e Política Nacional de Resíduos Sólidos.Treinamento sobre Novo Código Florestal e Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2014. (Outra).

178.
WEEE.Legal background to the PNRS reverse logistics policy for WEEE ? outstanding issues for implementation. 2014. (Encontro).

179.
12 Fórum de Direito de Energia Elétrica.Processo de Judicialização na Construção e Licenciamento Ambiental de Grandes Obras de Energia, Reflexos no Cronograma dos Projetos e Responsabilidade dos Agentes no Descumprimento de Prazos. 2013. (Outra).

180.
6º Encontro do FIS - FGV.Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS. 2013. (Encontro).

181.
Ação Civil Pública e TAC na esfera ambiental.Condutas e atividades lesivas ao meio ambiente. 2013. (Seminário).

182.
Ação Civil Pública e TAC na esfera ambiental.Condutas e atividades lesivas ao meio ambiente. 2013. (Seminário).

183.
Balanço da PNRS 2013 Acordos Setoriais, Planos de Gerenciamento e Eliminação de Lixões.Balanço da PNRS 2013 Acordos Setoriais, Planos de Gerenciamento e Eliminação de Lixões. 2013. (Encontro).

184.
Brazil Energy Frontiers 2013. A variável indígena no licenciamento ambiental de empreendimentos hidrelétricos. 2013. (Congresso).

185.
Café com Parcerias.Gestão de Resíduos Sólidos e a Parceria Público-Privada. 2013. (Encontro).

186.
Café da Manhã sobre Resíduos Sólidos.Resíduos Sólidos: Judicialização X Gestão. 2013. (Encontro).

187.
Congresso Nacional de Bioenergia. Gestão de resíduos sólidos: situação atual e os impactos para o setor produtivo. 2013. (Congresso).

188.
Descarte ilegal de efluentes industriais na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP).Descarte ilegal de efluentes industriais na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP). 2013. (Encontro).

189.
Diálogo Sustentável na Região do Araripe.Oportunidades do setor privado na política de resíduos sólidos. 2013. (Encontro).

190.
Direito Ambiental Empresarial.Em Debate Litígios Ambientais: Entenda Como Diminuir as Pendências Pertinentes às Ações Civis Públicas, Estabeleça as Reais Necessidades de Assinar o TAC e Trate de Conflitos Ambientais Utilizando Contratos com Arbitragem. 2013. (Outra).

191.
Encontro Técnico ABIMAQ.PNRS aplicada ao Setor de Fabricantes de Embalagens. 2013. (Encontro).

192.
Feira RWM Brasil. A extensão e o compartilhamento de responsabilidade: o papel do setor privado na logística reversa. 2013. (Feira).

193.
I Encontro Técnico sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos.Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2013. (Encontro).

194.
II Seminário Internacional - Além da Sustentabilidade.Plano de Gerenciamento de Resíduos Industrial e Coletivo no Polo Gesseiro. 2013. (Seminário).

195.
IV Congresso de Boas Práticas de Sustentabilidade. Inovações Verdes e Ganhos Ambientais. 2013. (Congresso).

196.
Licenciamento Ambiental de Loteamentos.Licenciamento Ambiental de Loteamentos. 2013. (Seminário).

197.
Licenciamento Ambiental em Obras. Licenciamento Ambiental de Rodovias. 2013. (Congresso).

198.
Licenciamento Ambiental para Empreendimentos Imobiliários.Licenciamento Ambiental para Empreendimentos Imobiliários. 2013. (Seminário).

199.
Licenciamento Ambiental para Empreendimentos Imobiliários.Licenciamento Ambiental de Empreendimentos Imobiliários. 2013. (Seminário).

200.
Licenciamento Ambiental para Empreendimentos Imobiliários.Licenciamento Ambiental de Empreendimentos. 2013. (Seminário).

201.
Licenciamento Ambiental para Empreendimentos Imobiliários.Licenciamento Ambiental para Empreendimentos Imobiliários. 2013. (Encontro).

202.
lmoço com o Governador do Estado Martin O?Malley e Empresários do Estado de Maryland dos Setores de Meio ambiente, Segurança, Defesa e Farmacêutico/ Biotecnologia.Environmental Law in Brazil. 2013. (Encontro).

203.
Nova Lei de Resíduos Sólidos e Oportunidades para o Facility.Responsabilidades na Gestão de Resíduos Sólidos. 2013. (Encontro).

204.
PNRS aplicada ao Setor de Eletroeletrônicos.Responsabilidade Compartilhada e Logística Reversa de Equipamentos Eletroeletrônicos. 2013. (Encontro).

205.
PNRS aplicada ao setor de máquinas e equipamentos.PNRS aplicada ao setor de máquinas e equipamentos. 2013. (Simpósio).

206.
Política Nacional de Resíduos Sólidos.Responsabilidades Ambientais conforme a Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2013. (Encontro).

207.
Política Nacional de Resíduos Sólidos.Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2013. (Encontro).

208.
Remediação de Áreas Contaminadas.A nova regulamentação da legislação nacional de áreas contaminadas - âmbito federal e estadual. 2013. (Seminário).

209.
Roda de Conversa sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos.Roda de Conversa sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2013. (Outra).

210.
Roda de Debates sobre Resíduos Sólidos - PNRS - FGV - FIS.Roda de Debates sobre Resíduos Sólidos - PNRS - FGV - FIS. 2013. (Outra).

211.
Simpósio de Adequação à PNRS.Obrigações do Setor Empresarial e do Poder Público frente à PNRS. 2013. (Simpósio).

212.
Simpósio de Adequação à PNRS.Sistema de Logística Reversa de Eletroeletrônicos. 2013. (Simpósio).

213.
Virada Sustentável - Contaí.Aspectos Controvertidos do Direito Ambiental. 2013. (Encontro).

214.
XIX Simpósio Jurídico ABCE.O repasse tarifário dos custos da energia elétrica após a Lei 12.783/13 (sobrecontratação, glosas, perdas comerciais). 2013. (Simpósio).

215.
10 Congresso Ambiental. O Atual Código Florestal e as Implicações em sua Mudança: Visualize Quais os Reais Impactos para as Empresa e suas Possibilidades de Ação. 2012. (Congresso).

216.
11º Fórum de Direito da Energia Elétrica.A Incidência da Legislação Ambiental nos Empreendimentos de Energia Elétrica: Riscos Reais ou Inflexibilidade dos Órgãos Ambientais?. 2012. (Outra).

217.
1º Encontro de Discussões sobre a Política Municipal de Resíduos Sólidos.1º Encontro de Discussões sobre a Política Municipal de Resíduos Sólidos. 2012. (Encontro).

218.
1º Encontro Trevisan de Sustentabilidade.A Política Nacional de Resíduos Sólidos e a Logística Reversa. 2012. (Encontro).

219.
20 Simpósio de Direito Tributário.Créditos decorrentes da aquisição de insumos recicláveis e a possibilidade de compensação com dívidas tributárias. 2012. (Simpósio).

220.
2ª Conferência - Direito Empresarial Ambiental.Os Desafios e as Soluções Jurídicas para a Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2012. (Outra).

221.
Ação Civil Pública e TAC na Esfera Ambiental.TAC e Perícia Ambiental. 2012. (Seminário).

222.
Ambientec.Gestão de Resíduos Sólidos, o que diz a Lei. 2012. (Seminário).

223.
Aspectos Jurídico-Ambientais B2Blue - Plataforma de Resíduos Sólidos.B2Blue. 2012. (Seminário).

224.
Aviation Day.Comprometimento da Indústria da Aviação com o Meio Ambiente. 2012. (Seminário).

225.
Benefícios e Custos do Código Florestal: como se adaptar à nova legislação.Regime tributário, multas, adequação ao novo Código e efeitos para a indústria. 2012. (Seminário).

226.
Caminhos para uma gestão energética urbana de excelência nas cidades brasileiras de pequeno e médio porte.Caminhos para uma gestão energética urbana de excelência nas cidades brasileiras de pequeno e médio porte. 2012. (Encontro).

227.
Congresso internacional de tecnologias limpas e renováveis para geração de energia - Congresso Ecoenergy 2012. Entraves ao licenciamento ambiental de empreendimentos de energia. 2012. (Congresso).

228.
Congresso Nacional de Bioenergia. Gestão de Resíduos Sólidos, o que diz a Lei. 2012. (Congresso).

229.
Da Polêmica ao Impasse: O Novo Código Florestal.Implicações do Novo Código Florestal. 2012. (Encontro).

230.
Direito Ambiental em Grandes Obras. Quais são as exigências legais do licenciamento ambiental para projetos de infraestrutura. 2012. (Congresso).

231.
Energias Renováveis Brasil - Alemanha: Aplicação de Tecnologia para Uso Energético da Biomassa e do Biogás.Aspectos jurídicos para abertura de empresas no Brasil. 2012. (Seminário).

232.
Especialistas Debatem Novo Código Florestal.Principais alterações do marco legal proposto. 2012. (Encontro).

233.
Evento Especial ? Encontro de Fornecedores SABESP.Análise Jurídica Interpretativa do EIA. 2012. (Encontro).

234.
I Seminário de Direito, Meio Ambiente e Economia Sustentabilidade e Transição Energética.I Seminário de Direito, Meio Ambiente e Economia Sustentabilidade e Transição Energética. 2012. (Seminário).

235.
I Seminário de Resíduos Sólidos.Responsabilidade Compartilhada. 2012. (Seminário).

236.
Licenciamento Ambiental de Empreendimentos Imobiliários.Licenciamento Ambiental de Loteamentos. 2012. (Outra).

237.
Perícia Ambiental e Estratégia Legal nos Negócios.Pericias Judiciais Ambientais. 2012. (Seminário).

238.
Planejamento e Adequação de Loteamentos.Licenciamento Ambiental de Empreendimentos Imobiliários. 2012. (Seminário).

239.
Política Nacional de Resíduos Sólidos e Áreas Contaminadas.Política Nacional de Resíduos Sólidos e Áreas Contaminadas. 2012. (Encontro).

240.
Política Nacional de Resíduos Sólidos e seu Impacto na Indústria de Autopeças - Moto.Política Nacional de Resíduos Sólidos e seu Impacto na Indústria de Autopeças - Moto. 2012. (Encontro).

241.
Política Nacional de Resíduos Sólidos e seu Impacto na Indústria de Eletroeletrônico.O impacto jurídico da Lei 12305/2010 (política nacional de resíduo sólido) e do Decreto Regulamentador 7404/2010 na indústria eletro-eletrônica. 2012. (Encontro).

242.
Remediação de Áreas Contaminadas. A nova regulamentação da legislação nacional de áreas contaminadas. 2012. (Congresso).

243.
Responsabilidade Ambiental pela Gestão de Resíduos.Responsabilidade Ambiental pela Gestão de Resíduos. 2012. (Outra).

244.
Seminário: Licenciamento Ambiental para Empreendimentos Imobiliários.Seminário: Licenciamento Ambiental para Empreendimentos Imobiliários. 2012. (Seminário).

245.
Seminário - Debate - Políticas Públicas Ambientais - Análise Crítica.Seminário - Debate - Políticas Públicas Ambientais - Análise Crítica. 2012. (Seminário).

246.
VIII SPMCH - Simpósio sobre Pequenas e Médias Centrais Hidrelétricas.Atuação de Entidade da Administração Pública Federal envolvidas no Licenciamento Ambiental. 2012. (Simpósio).

247.
V Workshop de Meio Ambiente - Votorantim Cimentos.Política Nacional de Resíduos Sólidos aplicada ao Setor Empresarial. 2012. (Encontro).

248.
13º Encontro Anual do Fórum dos Líderes de Mercado de Energia Brasileiro.Licenciamento Ambiental e seus Desafios tratando de Macro-tendências Ambientais. 2011. (Encontro).

249.
1º Seminário Internacional de Infraestrutura Aeroportuária da América Latina.Legislação ambiental brasileira. De quem é a responsabilidade?. 2011. (Seminário).

250.
9º Congresso Ambiental. Implicações Legais da Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2011. (Congresso).

251.
Acordos Setoriais (PNRS) e Termos de Compromisso (Resolução SMA nº 38/11).Acordos Setoriais (PNRS) e Termos de Compromisso (Resolução SMA nº 38/11). 2011. (Encontro).

252.
A Lei de Resíduos Sólidos de SP e a Lei nº 12.305/2010 (Política Nacional de Resíduos).A Lei de Resíduos Sólidos de SP e a Lei nº 12.305/2010 (Política Nacional de Resíduos). 2011. (Encontro).

253.
Aspectos Jurídicos: Sustentabilidade e Finanças.Aspectos Jurídicos: Sustentabilidade e Finanças. 2011. (Encontro).

254.
Biomass Investing Brazil Summit. Conheça melhor o processo de certificação de biocombustíveis e suas implicações. 2011. (Congresso).

255.
Café da manhã - Palestra: Impactos da Política Nacional de Resíduos Sólidos no Setor Empresarial.Desafios na aplicação da nova lei de resíduos sólidos. 2011. (Outra).

256.
Direito Empresarial Ambiental. As Mudanças Climáticas Formando Novos Mercados: Crédito de Carbono e Poluentes Controlados. 2011. (Congresso).

257.
Energy Summit 2011. Diretrizes da Política Nacional de Resíduos Sólidos e Seus Reflexos na Área de Energia. 2011. (Congresso).

258.
Energy Trends Summit 2011.Tendências Jurídico-Ambientais para Implantação de Aproveitamentos Hidrelétricos .. 2011. (Seminário).

259.
Fórum Brasileiro de Resíduos Sólidos.Planos Municipais de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos. 2011. (Outra).

260.
Gestão de Resíduos Sólidos e Responsabilidade Pós-Consumo.Gestão de Resíduos Sólidos e Responsabilidade Pós-Consumo. 2011. (Encontro).

261.
II Simpósio sobre Resíduos Sólidos.Responsabilidade Compartilhada e os Riscos de Infração Ambiental. 2011. (Seminário).

262.
Infraestrutura Energética para Copa e Olimpíada. Infraestrutura Energética para Copa e Olimpíada. 2011. (Congresso).

263.
Os municípios e a nova lei de resíduos sólidos.Os municípios e a nova lei de resíduos sólidos. 2011. (Encontro).

264.
Perícia Ambiental e Estratégia Legal nos Negócios.Perícia Ambiental e Estratégia Legal nos Negócios. 2011. (Encontro).

265.
Política de Gestão de Resíduos Sólidos.Política de Gestão de Resíduos Sólidos. 2011. (Encontro).

266.
Política Nacional de Resíduos Sólidos: Legislação e Regulamentação. Política Nacional de Resíduos Sólidos: Legislação e Regulamentação. 2011. (Congresso).

267.
Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305): Adequação das empresas ao Plano Governamental, Acordos Setoriais e Logística Reversa.Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305): Adequação das empresas ao Plano Governamental, Acordos Setoriais e Logística Reversa. 2011. (Seminário).

268.
Remediação de Áreas Contaminadas para Construção. Aspectos Legais da Remediação de Áreas Contaminadas para Construção. 2011. (Congresso).

269.
Requisitos legais para implementação de Políticas Ambientais. Requisitos legais para implementação de Políticas Ambientais. 2011. (Congresso).

270.
Semana do Meio Ambiente de Maringá.Responsabilidade Civil e Criminal sobre os Geradores de Resíduos. 2011. (Encontro).

271.
Seminário de Direito Empresarial Ambiental.As Mudanças Climáticas Formando Novos Mercados: Crédito de Carbono e Poluentes Controlados. 2011. (Seminário).

272.
Seminário InterNews Política Nacional de Resíduos Sólidos ? PNRS.Aspectos Legais da Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2011. (Seminário).

273.
Sessão Especial do Grupo de Economia do Saneamento, Energia e Soluções Ambientais.Acordos Setoriais e Termos de Compromisso - Interface entre a Política Nacional de Resíduos Sólidos e a Resolução SMA nº 38/11. 2011. (Seminário).

274.
Superando os Desafios da Implantação de Sistemas de Logística Reversa.Estruturação da Logística Reversa Conforme a PNRS. 2011. (Outra).

275.
Sustentabilidade na gestão de Resíduos Sólidos, Logística Reversa e Reciclagem.Percepções dos empresários face aos encontros promovidos pelo escritório. 2011. (Outra).

276.
SUSTENTABILIDADE na gestão de Resíduos Sólidos, Logística Reversa e Reciclagem.Percepções dos Empresários face aos encontros promovidos pelo Escritório. 2011. (Encontro).

277.
Terceiro Encontro Técnico Latino-Americano de Alto Nível: Gestão de Resíduos Sólidos.Responsabilidade Ambiental Compartilhada. 2011. (Encontro).

278.
Workshop incentivos fiscais e econômicos verdes.Incentivos fiscais e econômicos - Impasses e oportunidades legais para a criação de políticas públicas que fomentam o uso destas fontes energéticas. 2011. (Outra).

279.
Brazil Windpower 2010 Conference & Exhibition. Análise regulatória de aspectos da legislação ambiental com base no Estudo de Impacto Ambiental. 2010. (Congresso).

280.
Congresso Nacional da Bioenergia. Gestão do impacto ambiental: legislação, licenciamento e remediação. 2010. (Congresso).

281.
Congresso Nacional de Direito em Energia e Gás. Aspectos legais para a implantação de aproveitamento do potencial hídrico na região Amazônica. 2010. (Congresso).

282.
Congresso Nacional de Direito em Energia e Gás. Workshop Aspectos Legais para Implantação de Aproveitamento do Potencial Hídrico na Região Amazônia. 2010. (Congresso).

283.
Educação Ambiental Integrada à Gestão Ambiental no Saneamento.Aspectos Jurídicos do Saneamento Ambiental. 2010. (Outra).

284.
Gestão de Segurança do trabalho em Empreendimentos de energia.Implicações da Portaria Conjunta MMA/IBAMA nº259/08 em Programas de SMS do Trabalhador no âmbito dos Estudos Ambientais do Setor Elétrico. 2010. (Seminário).

285.
VI Conferência de PCH Mercado & Meio Ambiente. Análise Jurídica Interpretativa da Legislação Interpretativa da Legislação Ambiental para Consolidação do Respectivo Capítulo Jurídico no Estatuto de Impacto Ambiental (EIA). 2010. (Congresso).

286.
VII Simpósio sobre Pequenas e Médias Centrais Hidrelétricas.Análise Jurídica Interpretativa da Legislação Ambiental para Consolidação do Respectivo Capítulo Jurídico do Estudo de Impacto Ambiental (EIA). 2010. (Simpósio).

287.
Workshop sobre Avaliação Integrada de Sustentabilidade no Contexto do Etanol.O Setor de Bioenergia e a Geração de Créditos de Emissões Atmosféricas Reduzidas (CEAR's). 2010. (Outra).

288.
XII Encontro Internacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambiente (XII Engema).Análise Jurídica Crítica no Estudo de Impacto Ambiental. 2010. (Encontro).

289.
Aspectos Polêmicos do Código Florestal.Aspectos Polêmicos do Código Florestal. 2009. (Encontro).

290.
Congresso Nacional de Bioenergia. Aspectos Polêmicos das Alterações do Código Florestal. 2009. (Congresso).

291.
Fórum de Sustentabilidade Intermodal - Gazeta Mercantil, Intermodal South America 2009. Entraves ambientais de empreendimentos de infraestrutura. 2009. (Congresso).

292.
Seminário Atualizações Ambientais.Impactos das Alterações do Decreto Federal nº 6.514/08 no Procedimento de Licenciamento Ambiental. 2009. (Seminário).

293.
XII Semana Jurídica Luso Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado.Câmara Paulista de Compensação de Emissões Atmosféricas: um Mercado em Potencial. 2009. (Outra).

294.
XVII Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva - SIMEA.Emissões Veiculares, Créditos e a Câmara Paulista de Compensação de Emissões Atmosféricas (CPCEA). 2009. (Simpósio).

295.
41º Congresso e Exposição Internacional de Celulose e Papel da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP). O setor de celulose e papel e os créditos de emissões atmosféricas reduzidas (CEAR?s). 2008. (Congresso).

296.
6ª Conferência de Crédito de Carbono.Crédito de Carbono. 2008. (Outra).

297.
Comitê de Gestão Ambiental da União dos Produtores de Bioenergia (UDOP).Política nacional e estadual de fomento à bioenergia e respectivo procedimento de licenciamento ambiental. 2008. (Encontro).

298.
Conferência Instrumento Técnicos e Jurídicos para Atuação em Áreas Protegidas.Como as empresas têm gerenciado suas interfaces com as Unidades de Conservação. 2008. (Outra).

299.
Congresso Nacional de Bioenergia. Novo Decreto de Infrações Ambientais e os Reflexos para o Setor Agroindustrial. 2008. (Congresso).

300.
I Congresso Brasileiro de Agrobioenergia & Simpósio Internacional de Biocombustivel. O Setor Sucroalcooleiro e os Créditos de Emissões Atmosféricas Reduzidas. 2008. (Congresso).

301.
IV Conferência de PCH Mercado & Meio Ambiente.Entraves do Procedimento de Licenciamento Ambiental de Empreendimentos Hidrelétricos. 2008. (Outra).

302.
Reunião do Comitê de Gestão Ambiental da UDOP.Política Ambiental Paulista e Nacional para o Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Setor de Bioenergia. 2008. (Encontro).

303.
Seminário Créditos por Emissões Atmosféricas Reduzidas - Presente e Futuro.Delineamento da Câmara Paulista de Compensação de Emissões Atmosféricas. 2008. (Seminário).

304.
12º Seminário de Orientação Profissional - Projeto Rumo.A Carreira do Advogado. 2007. (Encontro).

305.
1st International Workshop Advances in Cleaner Production. Air Pollution Emissions Trade of State of São Paulo. 2007. (Congresso).

306.
1º Workshop Brasileiro sobre Crises Ambientais no Agronegócio.Propriedade e Reserva Legal: Função Social e Licenciamento Ambiental. 2007. (Simpósio).

307.
5º Congresso Ambiental - Workshop Entraves à Averbação da Reserva Legal. Entraves à Averbação da Reserva Legal. 2007. (Congresso).

308.
ECONORTE - Congresso de Comunicação e Responsabilidade Sócio-Ambiental da Região Norte do Brasil. Legislação e Sustentabilidade. 2007. (Congresso).

309.
Licenciamento Ambiental.Os Créditos de Emissões Atmosféricas Reduzidas (CEAR?s) e o Licenciamento Ambiental no Estado de São Paulo. 2007. (Seminário).

310.
Redução dos Gases de Efeito Estufa. Mercado Paulista de Emissões Atmosféricas. 2007. (Congresso).

311.
UNESP, OAB, Prefeitura Municipal de Presidente Epitácio e Comitês de Bacias Hidrográficas regionais.Reserva Legal e Áreas de Preservação Permanente: aspectos polêmicos. 2007. (Encontro).

312.
Fórum de Debates sobre a Lei de Compensação Financeira.Efeitos da Lei de Compensação Financeira. 2006. (Encontro).

313.
Fórum Gerenciamento de Riscos: melhores Práticas em Governança Corporativa, SOX, Auditoria Interna e Controles Internos. 2006. (Encontro).

314.
Gestão Ambiental Participativa - Conexão Água.Políticas Públicas e Legislação Ambiental. 2006. (Oficina).

315.
I Fórum Regional do Meio Ambiente.Instituição do IPTU Ecológico no Município de Araraquara. 2006. (Encontro).

316.
Linhas de Crédito para Projetos de Reúso de Água - Como viabilizar o projeto em sua empresa.Resolução de Reúso Direto Não Potável de Água: Proposta do Conselho Nacional de Recursos Hídricos. 2006. (Seminário).

317.
Seminário de Licenciamento Ambiental.Aspectos Jurídicos da Compensação Ambiental e Resolução CONAMA nº 371/06. 2006. (Seminário).

318.
XVIII Seminário das Sociedades Amigos de Bairros e Entidades Comunitárias do Estado de São Paulo.Capacitação de Lideranças. 2006. (Seminário).

319.
Aula inaugural ministrada no Curso de Direito do Centro Universitário Salesiano (UNISAL).Perspectivas para Profissionais especializados em Direito Ambiental. 2005. (Encontro).

320.
IX Congresso Internacional e X Congresso Brasileiro de Direito Ambiental. 2005. (Congresso).

321.
Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.Plano Diretor Ambiental e Patrimônio Cultural. 2005. (Seminário).

322.
VIII ENGEMA ? Encontro Nacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambiente, Escola de Administração de Empresas de São Paulo ? Fundação Getulio Vargas.Resolução de Conflitos Ambientais. 2005. (Encontro).

323.
Gestão da Qualidade do Ar: Benefícios para a Saúde Pública e para as Mudanças Climáticas. 2004. (Seminário).

324.
Seminário Licenciamento, Proteção Ambiental e Desenvolvimento. 2004. (Seminário).

325.
II Congresso Brasileiro de Legislação Ambiental, Bioética e Biodireito. 2003. (Congresso).

326.
Simpósio Brasileiro de Direito Ambiental: Recursos Hídricos - Da Legislação à Ação. 2003. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SOLER, F. D.; Eduardo Antonio Licco . Seminário de créditos por emissões atmosféricas reduzidas - presente e futuro. 2008. (Congresso).

2.
SOLER, F. D.; SANCHES, L. . Comitê de Gestão Ambiental da União dos Produtores de Bioenergia (UDOP). 2008. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Natalia Paganotti Antonucci Antonucci. Análise da legislação ambiental no município de São Paulo com enfoque no manejo de árvores localizadas na calçada. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gerenciamento Ambiental) - Universidade de São Paulo. Orientador: Fabricio Dorado Soler.

2.
Fernando Dorado Soler. Gestão de Propriedades Rurais conforme o Código Florestal. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gerenciamento Ambiental) - Universidade de São Paulo. Orientador: Fabricio Dorado Soler.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Flávia Dorado Soler. Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica nos Crimes Ambientais. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade de Araraquara. Orientador: Fabricio Dorado Soler.



Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
SOLER, F. D.; SILVA FILHO, C. R. V. . Gestão de Resíduos Sólidos, o que diz a lei. 1. ed. São Paulo: Editora Trevisan, 2012. v. 1000. 242p .

2.
SOLER, F. D.; Inglecias Lemos, Patrícia Faga ; Machado Filho, José Valverde . Política nacional, gestão e gerenciamento de resíduos sólidos. 1. ed. São Paulo: Editora Manole, 2012. v. 1. 820p .

3.
SOLER, F. D.. Aspectos Polêmicos do Agronegócio - Uma Visão Através do Contencioso. 1º. ed. São Paulo: Castro Lopes, 2013. 1117p .

4.
SOLER, F. D.. Direito Ambiental e Sustentabilidade. 1º. ed. Barueri: Manole, 2015.


Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SOLER, F. D.. Manejo da fauna de patrulha de cães e pássaros. Valor Econômico, Brasil, p. F4 - F4, 21 ago. 2012.

2.
SOLER, F. D.. Política Nacional de Resíduos Sólidos e seu impacto na indústria. NEI, 03 mar. 2014.

3.
SOLER, F. D.. A Política Nacional de Resíduos Sólidos. Jornal Valor Econômico, 04 fev. 2014.

4.
SOLER, F. D.. CNM cria exigências para política socioambiental de bancos. ConJur.

5.
SOLER, F. D.. Um olhar atualizado da PNRS, seus riscos e responsabilidades. Revista Infra.

6.
SOLER, F. D.. Prazos da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Prazos da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

7.
SOLER, F. D.. Panorama da Política Nacional de Resíduos Sólidos. RefJur.


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SOLER, F. D.. Direito ambiental e sustentabilidade no setor de energia. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).



Outras informações relevantes


Consultor do Banco Mundial tendo composto equipes que elaboraram os estudos: (a) Metropolitan Pollution Management in Brazil: A Case for Inclusive Green Growth, sendo responsável pelo Annex I: Legal Framework for Environmental Management in Brazil; (b) Licenciamento Ambiental de Empreendimentos Hidrelétricos no Brasil: Uma Contribuição para o Debate;

Consultor jurídico do estudo Estimativas dos Custos para Viabilizar a Universalização da Destinação Adequada de Resíduos Sólidos no Brasil, elaborado pela GO Associados em parceria com a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Urbana e Resíduos Sólidos (Abrelpe);



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/12/2018 às 11:02:10