Sabine Borges da Rocha

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2976468594561914
  • Última atualização do currículo em 07/01/2019


Sou Bióloga (Licenciada e Bacharela), Mestre em Biologia Animal (UFMS). Atualmente faço Doutorado em Ecologia e Conservação (UFMS/Universidadde Córdoba). Tenho experiência na área de Ecologia, atuando principalmente com pesquisas ligadas a populações de anfíbios e répteis. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Sabine Borges da Rocha
Nome em citações bibliográficas
ROCHA, S. B.;S. B. ROCHA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.
Cidade Universitária, s/nº
Universitário
79070900 - Campo Grande, MS - Brasil
Telefone: (67) 33457000
URL da Homepage: www.ufms.br


Formação acadêmica/titulação


2015
Doutorado em andamento em Ecologia e Conservação.
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
Título: Ocupação e área de uso de tartarugas de água doce em ambiente antropizado,
Orientador: Vanda Lúcia Ferreira.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Área de vida; Urbanização; QUELÔNIO.
Grande área: Ciências Biológicas
2012 - 2014
Mestrado em Biologia Animal.
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
Título: Identificação por marcas naturais e estimativa de parâmetros populacionais de Phyllomedusa azurea em uma área de Cerrado,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: José Sabino.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia.
2008 - 2011
Graduação em Ciências Biológicas.
Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal, UNIDERP, Brasil.
Título: CARACTERÍSTICAS AMBIENTAIS E SUA INFLUÊNCIA SOBRE COMPOSIÇÃO DE ESPÉCIES DE ANFÍBIOS ANUROS EM UMA ÁREA ECOTURÍSTICA, BONITO, MATO GROSSO DO SUL.
Orientador: José Sabino.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2016
Introdução ao uso de dados espaciais em Ecologia. (Carga horária: 80h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2014 - 2014
Curso línguas. (Carga horária: 30h).
Kaplan Internetional English, KAPLAN, Austrália.
2012 - 2012
Modelagem populacional e Inferência Estatística. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2011 - 2011
III Curso de férias em Ecologia. (Carga horária: 50h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2010 - 2010
Ecologia de Campo. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2010 - 2010
Delineamento experimental e bioestatística. (Carga horária: 20h).
Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal, UNIDERP, Brasil.
2010 - 2010
Herpetologia em Mato Grosso do Sul. (Carga horária: 40h).
Universidade Católica Dom Bosco, UCDB, Brasil.


Atuação Profissional



Colégio Almirante Tamandaré Ltda., ALM. TAMANDARÉ, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 12
Outras informações
Professor de Ciências e Física para turmas do Ensino Fundamental.


Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Colaboradora, Enquadramento Funcional: Monitora/Orientadora, Carga horária: 68
Outras informações
Orientação de projeto prático durante a disciplina Ecologia de Campo, ministrada aos alunos do curso de Ciências Biológicas.

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Colaboradora, Enquadramento Funcional: Monitora/Orientadora, Carga horária: 8
Outras informações
Orientação de projeto prático durante a disciplina Ecologia de Sistemas Regionais, ministrada aos alunos do 7º semestre do curso de Ciências Biológicas.

Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluna de Mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaboradora, Enquadramento Funcional: Monitora/Orientadora, Carga horária: 8
Outras informações
Orientação de projeto prático durante a disciplina Ecologia de Sistemas Regionais, ministrada aos alunos do 7º semestre do curso de Ciências Biológicas.

Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Colaboradora, Enquadramento Funcional: Monitora/Orientadora, Carga horária: 40
Outras informações
Orientação de projeto prático na disciplina Ecologia de Campo ministrada aos alunos do 7º semestre do curso de Ciências Biológicas.

Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Monitoria, Enquadramento Funcional: Monitora, Carga horária: 8
Outras informações
Monitora em aulas práticas na disciplina de Parasitologia Veterinária, no curso de Medicina Veterinária.


CITTA Planejamento urbano e ambiental, CITTA, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2014
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Consultor Ambiental
Outras informações
Responsável pelo levantamento e monitoramento de répteis e anfíbios em Estudo de Impacto Ambiental e Monitoramento Ambiental em Porto Murtinho/MS, área em atividade de supressão vegetal.


Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal, UNIDERP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Monitoria, Enquadramento Funcional: Monitora:disciplina Eco. População/Comunidade, Carga horária: 8
Outras informações
Monitora voluntária da disciplina de Ecologia de Populações e Comunidades, para o curso de Ciências Biológicas.


Arater Consultoria e Projetos Ltda, ARATER, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Colaboradora, Enquadramento Funcional: Revisora, Carga horária: 5
Outras informações
Revisão de relatórios de Monitoramento Ambiental de répteis e anfíbios (herpetofauna) de Usinas de açúcar e álcool do Estado de Mato Grosso do Sul.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor Ambiental, Carga horária: 20
Outras informações
Bióloga responsável pela elaboração do Plano Básico Ambiental (PBA) dos grupos de mamíferos (mastofauna) e répteis e anfíbios (herpetofauna) de Usinas de açúcar e álcool do Estado de Mato Grosso do Sul.

Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária (área: Monitoramento Ambiental), Carga horária: 22
Outras informações
Atuação na área de Monitoramento Ambiental de Usinas Sucroalcoooleiras em diversas regiões do Estado de Mato Grosso do Sul. Revisão de relatórios de Fauna e Flora; Elaboração e execução de eventos de Educação Ambiental; Auxílio em trabalhos de campo.


Escola Estadual Lúcia Martins Coelho, E.E. LÚCIA M. C., Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Profesor substituto, Carga horária: 20
Outras informações
Professora de Biologia do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).


Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 4
Outras informações
Aula teórico-prática sobre Ecologia de Testudines ministrada para o curso de Ciências Biológicas durante a disciplina de Zoologia de Coordados.


Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Consultora, Enquadramento Funcional: Consultora para avaliação de projetos, Carga horária: 3
Outras informações
Avaliadora de trabalhos e projetos de Iniciação científica.


Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Palestrante, Enquadramento Funcional: Ministrante de curso, Carga horária: 8
Outras informações
Curso ministrado na XXVI Semana Acadêmica de Biologia sobre Tartarugas Continentais da América do Sul.


Centro de Ensino Superior de Maringá, CESUMAR, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Palestrante, Enquadramento Funcional: Ministrante de curso, Carga horária: 8
Outras informações
Curso ministrado na IX Jornada de Estudos de Biologia sobre Tartarugas continentais da América do Sul.


Universidad de Córdoba - Espanha, UCO, Espanha.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Colaboradora, Enquadramento Funcional: Aluno Doutorado Sanduíche, Carga horária: 6
Outras informações
Doutorado sanduíche - CAPES.



Projetos de pesquisa


2018 - 2018
Dieta de duas espécies congenéricas de quelônios em um Parque Urbano
Descrição: The species Trachemys dorbigni dorbigni and Trachemys scripta elegans are chelonians belonging to the family Emydidae (Order Testudines). their diet is composed by invertebrates, vertebrates and decomposing material, being known as onicarnivorous species . In an urban environment, the diet of these animals can chagedue to anthropic influence, and consequently can cause problems in their physiology. Therefore, the objective of the present study is: I) To analyze the diet of T. d. dorbigni and T. s. elegans in urban environment; II) To compare the data obtained with literature (no anthropogenic influence); III) To verify the similarity of the diet of the congeneric species..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Probabilidade de ocupação de hábitat e área de uso de tartarugas de água doce em ambiente urbano
Descrição: A urbanização representa uma considerável ameaça aos ecossistemas aquáticos, uma vez que pode afetar as espécies silvestres alterando sua movimentação, distribuição, ocupação e área de uso. Algumas espécies conseguem habitar ambientes antropizados, como tartarugas de água doce que podem viver associadas a recursos hídricos urbanos. O presente projeto tem como objetivo compreender os padrões de ocupação e uso do ambiente de duas espécies sintópicas de quelônios em corpos d´água sob influência de ambiente urbano no sul do Brasil (Maringá, Paraná). As principais questões norteadoras deste projeto são (1) Qual a técnica mais adequada para detectar T. dorbigni e P. geoffroanus? Observação direta ou rede de arrasto? (2) As variáveis climáticas (temperatura e precipitação) influenciam a taxa de detecção de ambas as espécies? (3) A ocupação de habitat por ambas as espécies é influenciada pela cobertura vegetal ripária dos corpos d´água, abundância de alimento e sítios de assoalhamento? (4) O deslocamento diário e área de uso são influenciados pela integridade das APP, abundância de alimento, distintos entre espécies e sexos? O presente estudo irá gerar informações inéditas de como a urbanização pode influenciar a ecologia espacial de P.geoffroanus e T. dobigni..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Sabine Borges da Rocha - Coordenador / Vanda L. Ferreira - Integrante / Carlos Eduardo V. Grou - Integrante.
2012 - 2014
Identificação por marcas naturais e estimativa de parâmetros populacionais de Phyllomedusa azurea (Anura, Hylidae) em uma área de Cerrado
Descrição: O projeto tem como objetivo (1) verificar se as marcas naturais presentes na porção lateral de Phyllomedusa azurea pode ser utilizado para distinguir os indivíduos; (2) analisar a estabilidade temporal das marcas naturais dos flancos de P. azurea, de modo a validar o método de foto-identificação; (3) quantificar os parâmetros populacionais (probabilidade de sobrevivência e recaptura) de P. azurea ao longo de um período reprodutivo da espécie em lagoas temporárias, no Município de Bonito, Mato Grosso do Sul..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Sabine Borges da Rocha - Coordenador / Fernando Ibanez martins - Integrante / José Sabino - Integrante.
2010 - 2011
Características ambientais e sua influência sobre a composição de espécies de anfíbios anuros em uma área ecoturística, Bonito, Mato Grosso do Sul
Descrição: O projeto tem como objetivo estudar a relação das características ambientais sobre a composição de espécies de anfíbios anuros de uma área ecoturística..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Sabine Borges da Rocha - Integrante / Fernando Ibanez martins - Integrante / José Sabino - Coordenador.


Projetos de extensão


2018 - 2018
Se todos camPEArem (Capacitação e Ação Motivada à Preservação, Educação Ambiental e Recuperação de Ecossistemas aquáticos), a conservação acontece
Descrição: Problemas ambientais intensificam-se em todo o planeta diante do crescimento populacional, urbano e tecnológico. Impactos relacionados ao uso descontrolado de recursos naturais, destinação inadequada de resíduos e poluição de corpos hídricos têm sido cada vez mais discutidos. A presença de resíduos sólidos em ambientes aquáticos de áreas urbanas ainda é muito significativa, gerando problemas de ordem estética, de saúde pública, e potencializando epidemias. Dessa forma, ações voltadas para preservação e restauração de recursos hídricos dependem da interação do conhecimento científico, desenvolvido na universidade, e do ensino, para conduzir estas informações até a comunidade. A educação ambiental é instrumento básico para a conquista da sustentabilidade dos processos de gestão ambiental considerando questões de cidadania a partir do universo cognitivo, comunicativo e sociopolítico dos sujeitos. Por meio deste processo, objetiva-se uma transformação de valores sociais, de conhecimento e novas atitudes voltadas para a conservação do ambiente e a construção da conscientização ambiental. Para sensibilizar as pessoas em termos dos preceitos da educação ambiental serão realizadas palestras e mutirões com toda a população nos ambientes próximos ou até mesmo nos bairros em que vivem, na tentativa de instigar a comunidade de que práticas de sustentabilidade geram melhor qualidade de vida e garantia de saúde e bem estar. A construção da cidadania desenvolvida pela educação ambiental promove relações entre a comunidade, o poder público, a iniciativa privada e o meio acadêmico, garantindo a transformação social. Então, propomos desenvolver atividades de extensão universitária atingindo tanto toda a comunidade adulta, nos mutirões e palestras, quanto crianças da rede municipal de educação de Maringá-PR..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2017 - 2017
VIII Congresso Brasileiro de Herpetologia
Descrição: Apoio Institucional para a realização do VIII Congresso Brasileiro de Herpetologia.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - 2013
Curso de Ecologia de Campo na Serra de Maracaju
Descrição: O ?Curso de Ecologia de Campo na Serra de Maracaju? tem o objetivo de complementar a formação de estudantes de graduação em atividades relacionadas às disciplinas de ecologia e conservação. Através de projetos de pesquisa e palestras os alunos desenvolverão a habilidade de responder e planejar questões em ecologia e conhecerão as principais ameaças a biodiversidade na serra de Maracaju. Adicionalmente, o curso proporciona grande oportunidade de ampliar os contatos profissionais com pessoas de outras partes do país e com programas de pós-graduação em ecologia. Por fim, os estudantes terão a oportunidade de desenvolver projetos que auxiliarão no entendimento dos processos ecológicos que garantem a manutenção da biodiversidade na serra de Maracaju. O público alvo do curso são alunos de graduação de ciências biológicas e áreas afins de qualquer universidade brasileira..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Projetos de ensino


2018 - Atual
PROYECTO DE INICIACIÓN A LA INVESTIGACIÓN: Te vea o no, sabré lo que haces
Descrição: En este proyecto se brinda la oportunidad de adquirir habilidades para poder identificar diferentes especies de animales así como la determinación de su edad. Se emplearan estructuras físicas de diferentes especies, así como las huellas que dejan en el medio, y finalmente se manipularán los excrementos que depositan en el medio para poder estudiar su dieta. De esta manera se pretende mostrar las diferentes aplicaciones de los métodos directos e indirectos para el estudio y gestión de las especies silvestres. Ya que además de identificar a la especie, su edad y su dieta, los métodos mencionados con anterioridad también permiten conocer la abundancia, el comportamiento y el estado de salud de los diferentes individuos estudiados..
Situação: Em andamento;
É um projeto em cooperação com: Instituição de Ensino.
Em relação a temática: Aprendizagem por projetos, Integração social(escola, familia, comunidade), Ensino e aprendizagem.
Natureza: Ensino.
Objetivos e metas: La identificación de diferentes especies de vertebrados terrestres ibéricos, estima de su edad, así como el estudio de su dieta a través del empleo de métodos directos y métodos no invasivos, y su aplicabilidad para la investigación del comportamiento y los hábitos de las diferentes especies de animales que ayuda a la gestión de la mismas..
Alunos envolvidos: Ensino médio: (10) Doutorado: (1) .
Integrantes: Sabine Borges da Rocha - Coordenador / Carlos Rouco Zufiaurre - Integrante / Juan Antonio Aguayo - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2015
Menção honrosa na categoria "Apresentação de Pôster", UFMS.
2014
Student of the Month (September), Kaplan International English.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ROCHA, S. B.2018 ROCHA, S. B.; GROU, C. E. V. ; TAKEMOTO, R. M. ; FERREIRA, V. L. . Phrynops geoffroanus (Geoffroy?s Side-necked Turtle). MORTALITY FROM FISHING HOOK.. HERPETOLOGICAL REVIEW, v. 49, p. 321-322, 2018.

2.
NEVES, M. O.2018 NEVES, M. O. ; PEREIRA, E. A. ; SUGAI, J. L. M. M. ; ROCHA, S. B. ; FEIO, R. N. ; SANTANA, D. J. . Distribution pattern of anurans from three mountain complexes in southeastern Brazil and their conservation implications. ANAIS DA ACADEMIA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS (ONLINE), v. 90, p. 1611-1623, 2018.

3.
SANTANNA, A. C.2017 SANTANNA, A. C. ; ROCHA, S. B. ; AKIEDA, P. S. ; GALVAO, C. ; NEVES, M. O. . Distribution extension of Ameerega berohoka Vaz-Silva and Maciel, 2011 (Amphibia, Anura, Dendrobatidae): a new state record in the Central-West Region of Brazil. Herpetology Notes, v. 10, p. 41-43, 2017.

4.
Martins, F. I.2014 Martins, F. I. ; SUGAI, J. L. M. M. ; LEONEL, B. F. ; ROCHA, S. B. . Geografic distribution: Rhinella azarai (Azara's granulated toad). Herpetological Review, v. 1, p. 88, 2014.

5.
ROCHA, S. B.2013ROCHA, S. B.; Martins, F. I. . Physalaemus gracilis (Graceful dwarf forg). Defensive behavior.. HERPETOLOGICAL REVIEW, v. 44, p. 299-299, 2013.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ROCHA, S. B.; SUGAI, J. L. M. M. ; Martins, F. I. ; Sabino, J. . Anfíbios do Mato Grosso do Sul - Guia ilustrado. 00. ed. Campo Grande: Natureza em foco, 2015. v. 1. 46p .

Capítulos de livros publicados
1.
CICCHETO, J. ; GROU, C. E. V. ; ROCHA, S. B. . Novos registros de ocorrência de Trachemys dorbigni (Emydidae, Testudines) no Brasil. In: Daiane Patricia Oldiges. (Org.). Estudo da Herpetofauna Brasileira. 1ed.Ponta Grossa: Editora Atena, 2018, v. 1, p. 42-50.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ROCHA, S. B.; Martins, F. I. ; Sabino, J. . Identificação da perereca-macaco (Phyllomedusa azurea) por meio de suas marcas naturais. Informativo Sociedade Brasileira de Zoologia, http://www.sbzoologia.org.br, p. 10 - 11, 25 abr. 2014.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
GOMES, P. S. ; ROCHA, S. B. . Ocorrência de Lontra Neotropical (Lontra longicaudis, OLFERS 1818) em área urbana no Município de Maringá. In: II Encontro da Biologia Comparada - UEM, 2017, Maringá. II Encontro da Biologia Comparada - UEM, 2017.

2.
SUGAI, L. S. M. ; COSTA-PEREIRA, R. ; ROCHA, S. B. . Incorporating biodiversity expert knowledge in landscape conservation planning: a case study involving the Pantanal. In: 5º Simpósio de Geotecnologias no Pantanal, 2014, Campo Grande. Anais 5º Simpósio de Geotecnologias no Pantanal, 2014. p. 542-553.

3.
ROCHA, S. B.; Martins, F. I. . Composição de espécies de anfíbios anuros em uma área ecoturística em Bonito, Mato Grosso do Sul. In: X Congresso de Ecologia do Brasil, 2011, São Lourenço/MG. X Congresso de Ecologia do Brasil, 2011.

4.
ROCHA, S. B.; VANESSA, V. D. L. ; FERREIRA, S. ; BLUM, G. B. ; ALENCAR, J. P. S. V. . Influência da luminosidade na herbivoria em folhas de guavira Campomanesia sp.. In: X Congresso de Ecologia do Brasil, 2011, São Lourenço/MG. X Congresso de Ecologia do Brasil, 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BORGES, T. F. ; ROCHA, S. B. ; GROU, C. E. V. ; AFFONSO, I. P. . MÚLTIPLAS VANTAGENS COMPETITIVAS DE UMA ESPÉCIE INVASORA DE QUELÔNIO SOB A NATIVA. In: XVIII Encontro Maringaense de Biologia e XXXI Semana de Biologia da UEM, 2018, Maringá. XVIII Encontro Maringaense de Biologia e XXXI Semana de Biologia da UEM, 2018.

2.
SILVA, G. A. C. ; URSEN, F. ; GROU, C. E. V. ; RAFAEL, L. ; ROCHA, S. B. . COMPOSIÇÃO DA ANUROFAUNA EM REMANESCENTE FLORESTAL DE MARINGÁ, PARANÁ. In: VIII Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2017, Campo Grande. VIII Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2017.

3.
BORGES, T. F. ; GROU, C. E. V. ; ROCHA, S. B. . Primeiro registro de associação entre Hydromedusa tectifera (Testudines, Chelidae) e Helobdella adiastola (Hirudinea, Glossiphoniidae) no Brasil. In: VIII Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2017, Campo Grande. VIII Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2017.

4.
ROCHA, S. B.; GROU, C. E. V. ; TAKEMOTO, R. M. ; FERREIRA, V. L. . Pesca recreativa e as ameaças a fauna nativa. In: VIII Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2017, Campo Grande. VIII Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2017.

5.
GROU, C. E. V. ; ROCHA, S. B. . PRIMEIRO REGISTRO DE OCORRÊNCIA DE Platemys platycephala, SCHNEIDER, 1792 (TESTUDINES, CHELIDAE) NO ESTADO DO PARANÁ, BRASIL. In: VIII Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2017, Campo Grande. VIII Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2017.

6.
CICCHETO, J. ; GROU, C. E. V. ; ROCHA, S. B. . Primeiro registro de Trachemys dorbigni (Emydidae, Testudines) na região norte do Paraná. In: VIII Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2017, Campo Grande. VIII Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2017.

7.
SANTANNA, A. C. ; ROCHA, S. B. ; AKIEDA, P. S. ; GALVAO, C. ; NEVES, M. O. . Ampliação da distribuição geográfica de Ameerega berohoka Vaz-Silva & Maciel, 2011 (Anura: Dendrobatidae): um novo registro no Brasil Central. In: I Congreso Argentino-Paraguayo de Herpetología, XVII Congreso Argentino de Herpetología y II Congreso Paraguayo de Herpetología, 2016, Posadas, Misiones. I Congreso Argentino-Paraguayo de Herpetología, 2016.

8.
NEVES, M. O. ; PEREIRA, E. A. ; SUGAI, J. L. M. M. ; ROCHA, S. B. ; FEIO, R. N. ; SANTANA, D. J. . Padrões de distribuição e conservação dos anuros dos complexos serranos da Mantiqueira, Canastra e sul do Espinhaço. In: I Congreso Argentino-Paraguayo de Herpetología, XVII Congreso Argentino de Herpetología y II Congreso Paraguayo de Herpetología, 2016, Posadas, Misiones. I Congreso Argentino-Paraguayo de Herpetología, 2016.

9.
ROCHA, S. B.; Martins, F. I. ; LIMA, V. S. S. . Influence of fertigation on the composition of anuran community in vocalization activity. In: I Congreso Argentino-Paraguayo de Herpetología, XVII Congreso Argentino de Herpetología y II Congreso Paraguayo de Herpetología, 2016, Posadas, Misiones. I Congreso Argentino-Paraguayo de Herpetología, 2016.

10.
GROU, C. E. V. ; SANTOS, D. A. ; ROCHA, S. B. . FRESHWATER TURTLES OF MARINGÁ, PARANÁ, BRAZIL. In: I Congreso Argentino-Paraguayo de Herpetología, XVII Congreso Argentino de Herpetología y II Congreso Paraguayo de Herpetología, 2016, Posadas, Misiones. I Congreso Argentino-Paraguayo de Herpetología, 2016.

11.
Martins, F. I. ; ROCHA, S. B. ; MOURAO, G. M. ; CAMPOS, Z. . Monitoramento da área de uso de javalis asselvajados no sul do Mato Grosso do Sul. In: 5º BioIndex - Bioindicadores para tomadas de decisão, 2015, Campo Grande. 5º BioIndex - Bioindicadores para tomadas de decisão, 2015.

12.
ROCHA, S. B.; Martins, F. I. ; Sabino, J. . Individualização de Phyllomedusa azurea (Anura, Hylidae) por meio de foto-identificação. In: VI Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2013, Salvador. VI Congresso Brasileiro de Herpetologia - Herpetologia integrativa, 2013.

13.
ROCHA, S. B.; Martins, F. I. . Herpetofauna em uma área de transição Cerrado - Chaco. In: VI Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2013, Salvador. VI Congresso Brasileiro de Herpetologia - Herpetologia integrativa, 2013.

14.
POLIZEI, T. T. S. ; JESUS, P. H. P. ; ROCHA, S. B. ; VIEIRA, B. M. ; GARCIA, C. M. ; RIBEIRO, M. V. ; COSTA, L. S. M. . Efeito do tamanho corpóreo e do ambiente sobre o diâmetro de funis em larvas de Myrmeleon (Insecta:Neuroptera). In: 16 Semana Temática da Biologia, 2013, São Paulo/SP. 16 Semana Temática da Biologia, 2013.

15.
ROCHA, S. B.; Martins, F. I. ; Sabino, J. . Environmental attributes and their influence onthe amphibians species composition in an ecoturism area, Bonito, Mato Grosso do Sul State, Brazil. In: 49th Annual Meeting of the Association for Tropical Biology, 2012, Bonito/MS. ATBC - Annual Meeting of the Association for Tropical Biology, 2012.

16.
ROCHA, S. B.; Martins, F. I. . Anfíbios anuros em plantações de cana-de-açucar no Centro-Sul e Nordeste do Estado de Mato Grosso do Sul. In: IX CONGRESSO LATINOAMERICANO DE HERPETOLOGIA E V CONGRESSO BRASILEIRO DE HERPETOLOGIA, 2011, Curitiba. IX CONGRESSO LATINOAMERICANO DE HERPETOLOGIA, 2011.

17.
ROCHA, S. B.; Martins, F. I. ; MULLER, M. M. P. ; SOUZA, F. L. . Relato de frutos de Vitex cimosa (Tarumã) na dieta do cágado Phrynops geoffroanus (TESTUDINES: CHELIDAE), em uma área urbana de Campo Grande, MS. In: IX CONGRESSO LATINOAMERICANO DE HERPETOLOGIA E V CONGRESSO BRASILEIRO DE HERPETOLOGIA, 2011, Curitiba. IX CONGRESSO LATINOAMERICANO DE HERPETOLOGIA, 2011.

18.
ROCHA, S. B.; Martins, F. I. . Comportamento de defesa com postura ?Stiff legged' em Physalaemus cf. gracilis (Anura:Leiuperidae): Novo relato para a ordem Anura. In: V JORNADA ACADÊMICA INTEGRADA DE BIOLOGIA E V ENCONTRO ESTADUAL DE BIOLOGIA, 2010, Campo Grande/MS. V ENCONTRO ESTADUAL DE BIOLOGIA, 2010.


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
ROCHA, S. B.. Monitoramento de anfíbios e répteis em usinas sucro-alcooleiras,. 2015.

2.
ROCHA, S. B.. Monitoramento de anfíbios e répteis em área em atividade de supressão vegetal. 2014.

3.
ROCHA, S. B.. Monitoramento de anfíbios e répteis em área em atividade de supressão vegetal. 2013.

Trabalhos técnicos

Demais tipos de produção técnica
1.
ROCHA, S. B.; TERRA, J. S. . Técnicas de marcação para estudos populacionais de anfíbios e répteis. 2017. .

2.
GROU, C. E. V. ; ROCHA, S. B. . Tartarugas continentais da América do Sul: Evolução, taxonomia geral dos quelônios, métodos de coletas, identificação e reconhecimento dos principais grupos de quelônios brasileiros. 2017. .

3.
GROU, C. E. V. ; ROCHA, S. B. . Tartarugas continentais da América do Sul: Evolução, taxonomia geral dos quelônios, métodos de coletas, identificação e reconhecimento dos principais grupos de quelônios brasileiros. 2017. .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ZAWADZKI, C. H.; RAGONHA, F. H.; ROCHA, S. B.. Participação em banca de Vinicius H. N. Bonassoli.Influência da estrutura vegetal sobre a distribuição de Picídeos na bacia do rio Ivaí. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Maringá.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
ROCHA, S. B.. Dieta de morcegos fitófagos do Pantanal e entorno. 2012. Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal.

2.
ROCHA, S. B.. Biologia reprodutiva da Arara-Canindé (Ara ararauna, Aves, Pscitacidea) em Campo Grande/MS. 2012. Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal.

3.
ROCHA, S. B.. Análise morfoanatômica e abordagem fitoquímica de Porophyllum ruderale (Jacq.) Cass.. 2012. Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal.

4.
ROCHA, S. B.. Avaliação molecular de Streptococcus agalactiae no sangue do cordão umbilical. 2012. Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE HERPETOLOGIA. Técnicas de marcação para estudos populacionais de anfíbios e répteis. 2017. (Congresso).

2.
I Congreso Argentino-Paraguayo de Herpetología. FRESHWATER TURTLES OF MARINGÁ, PARANÁ, BRAZIL. 2016. (Congresso).

3.
5º BioIndex - Bioindicadores para tomadas de decisão.Monitoramento da área de uso de javalis asselvajados no sul do Mato Grosso do Sul. 2015. (Simpósio).

4.
VI Feira Socioambiental de Bonito. Guia ilustrado de Anfíbios do Mato Grosso do Sul. 2015. (Feira).

5.
VI Congresso Brasileiro de Herpetologia. Individualização de Phyllomedusa azurea (Anura, Hylidae) por meio de foto-identificação; Herpetofauna em uma área de transição Cerrado - Chaco.. 2013. (Congresso).

6.
49th Annual Meeting of the Association for Tropical Biology. Environmental attributes and their influence on the amphibians species composition in an ecotourism area, Bonito, Mato Grosso do Sul State, Brazil. 2012. (Congresso).

7.
IX CONGRESSO LATINOAMERICANO DE HERPETOLOGIA E V CONGRESSO BRASILEIRO DE HERPETOLOGIA. ANFÍBIOS ANUROS EM PLANTAÇÕES DE CANA-DE-AÇÚCAR NO CENTRO-SUL E NORDESTE DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL. 2011. (Congresso).

8.
X CONGRESSO DE ECOLOGIA DO BRASIL. COMPOSIÇÃO DE ESPÉCIES DE ANFÍBIOS ANUROS EM UMA ÁREA ECOTURÍSTICA EM BONITO, MATO GROSSO DO SUL. 2011. (Congresso).

9.
V JORNADA ACADÊMICA INTEGRADA DE BIOLOGIA E V ENCONTRO ESTADUAL DE BIOLOGIA.COMPORTAMENTO DE DEFESA COM POSTURA "STIFF LEGGED" EM Physalaemus cf. gracilis (ANURA: LEIUPERIDAE): NOVO RELATO PARA A ORDEM ANURA. 2010. (Encontro).

10.
4º Seminário Interno de Iniciação Científica. 2009. (Seminário).

11.
III CONGRESSO LATINO AMERICANO DE ECOLOGIA E IX CONGRESSO DE ECOLOGIA DO BRASIL. 2009. (Congresso).

12.
IV Jornada Acadêmica Integrada de Biologia (JAIB). 2009. (Encontro).

13.
XII Simpósio de Biologia Marinha. 2009. (Simpósio).

14.
III Jornada Acadêmica Integrada de Biologia (JAIB) e IV Encontro Estadual de Biologia de Mato Grosso do Sul (ENEBIO/MS). 2008. (Encontro).

15.
I Simpósio Jurídico Ambiental. 2008. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SANTANA, D. J. ; FERREIRA, V. L. ; NEVES, M. O. ; ROCHA, S. B. . VIII Congresso Brasileiro de Herpetologia. 2017. (Congresso).

2.
ROCHA, S. B.. 49th Annual Meeting of the Association for Tropical Biology and Conservation. 2012. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Tatiane Ferreira Borges. Dieta de duas espécies congenéricas de quelônios em um Parque Urbano. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Sabine Borges da Rocha.

Orientações de outra natureza
1.
Carolina Maria de Oliveira Pinheiro. Estágio supervisionado - bacharelado. 2017. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Sabine Borges da Rocha.



Inovação



Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
ROCHA, S. B.; SUGAI, J. L. M. M. ; Martins, F. I. ; Sabino, J. . Anfíbios do Mato Grosso do Sul - Guia ilustrado. 00. ed. Campo Grande: Natureza em foco, 2015. v. 1. 46p .


Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ROCHA, S. B.; Martins, F. I. ; Sabino, J. . Identificação da perereca-macaco (Phyllomedusa azurea) por meio de suas marcas naturais. Informativo Sociedade Brasileira de Zoologia, http://www.sbzoologia.org.br, p. 10 - 11, 25 abr. 2014.


Cursos de curta duração ministrados
1.
ROCHA, S. B.; TERRA, J. S. . Técnicas de marcação para estudos populacionais de anfíbios e répteis. 2017. .

2.
GROU, C. E. V. ; ROCHA, S. B. . Tartarugas continentais da América do Sul: Evolução, taxonomia geral dos quelônios, métodos de coletas, identificação e reconhecimento dos principais grupos de quelônios brasileiros. 2017. .

3.
GROU, C. E. V. ; ROCHA, S. B. . Tartarugas continentais da América do Sul: Evolução, taxonomia geral dos quelônios, métodos de coletas, identificação e reconhecimento dos principais grupos de quelônios brasileiros. 2017. .


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ROCHA, S. B.. 49th Annual Meeting of the Association for Tropical Biology and Conservation. 2012. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/01/2019 às 11:05:58