Lorena Lopes Ferreira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7392546815324100
  • Última atualização do currículo em 15/01/2019


Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Goiás (2010). Mestrado (2013) e Doutorado (2017) em Ciência Animal pela Universidade Federal de Goiás na área de Sanidade Animal, Higiene e Tecnologia de Alimentos. Atuou na área de ecologia química de carrapatos ixodídeos de importância médico-veterinária, tem experiência em eletrofisiologia gustativa em sensila única e ensaios comportamentais. Atualmente é professora do ensino superior da Faculdade União de Goyazes (FUG) e do Centro Universitário de Goiás- UNI-ANHANGUERA. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Lorena Lopes Ferreira
Nome em citações bibliográficas
FERREIRA, L. L.;Ferreira, Lorena Lopes


Formação acadêmica/titulação


2014 - 2017
Doutorado em Ciência Animal.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Título: Amblyomma sculptum: IDENTIFICAÇÃO DE ALOMÔNIO EM HOSPEDEIRO RESISTENTE (Equus asinus) e E OLFATOMETRIA PARA CANDIDATOS À SEMIOQUÍMICOS, Ano de obtenção: 2017.
Orientador: Lígia Miranda Ferreira Borges.
Coorientador: Éverton Kort Kamp Fernandes / Mara Cristina Pinto.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2011 - 2013
Mestrado em Ciência Animal.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Título: Respostas eletrofisiológicas das porossensilas das quelíceras de Rhipicephalus microplus frente a fagoestimulantes e soros de bovinos,Ano de Obtenção: 2013.
Orientador: Lígia Miranda Ferreira Borges.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: bovinos; eletrofisiologia; fagoestimulantes; ixodídeo; quimiorreceptores de contato.
Grande área: Ciências Agrárias
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados.
2006 - 2010
Graduação em Medicina Veterinária.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Título: Acompanhamento da rotina do Laboratório de Parasitologia da Embrapa Gado de Leite - Juíz de Fora - MG.
Orientador: Dra. Carla Cristina Braz Louly.




Formação Complementar


2018 - 2018
Atualizações no diagnóstico parasitológico veterinário e confecção de lâmin. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2016 - 2016
Montagem de artrópodes em lâminas permanentes. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2008 - 2008
Cirurgias gastrointestinais e genitourinárias. (Carga horária: 8h).
Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais - GO, ANCLIVEPA-GO, Brasil.
2008 - 2008
Oftalmologia de Pequenos Animais. (Carga horária: 8h).
Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais - GO, ANCLIVEPA-GO, Brasil.
2008 - 2008
Reprodução em cães e gatos. (Carga horária: 8h).
Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais - GO, ANCLIVEPA-GO, Brasil.
2008 - 2008
Cardiologia de pequenos animais. (Carga horária: 8h).
Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais - GO, ANCLIVEPA-GO, Brasil.


Atuação Profissional



Embrapa Gado de Leite, CNPGL, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Estágio Curricular Obrigatório, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40
Outras informações
Estágio curricular obrigatório realizado no Laboratório de Parasitologia do Centro Nacional de Pesquisa em Gado de Leite sob supervisão da pesquisadora Drª Marcia Prata. Atividades desenvolvidas: testes de resistência carrapaticida; manutenção colônia de Tenebrio molitor; manutenção de colônias de nematóides entomoptogênicos; realização de exames de fezes (OPG); auxílio a condução de pesquisa no Campo Experimental de Santa Mônica (CESM).


Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2017
Vínculo: Estágio Docência, Enquadramento Funcional: Professora Voluntária
Outras informações
Nível Graduação. Disciplinas: Parasitologia Veterinária - Medicina Veterinária Parasitologia Zootécnica - Zootecnia Parasitologia Humana - Nutrição

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Monitoria, Enquadramento Funcional: Monitora de Parasitologia Veterinária, Carga horária: 12

Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 8
Outras informações
Estágio Curricular Não Obrigatório realizado no Centro Parasitologia Veterinária no Laboratório de Acarologia da Escola de Veterinária da Universidade Federal Goiás. Com carga horária total de 150 horas sob orientação da Profª Drª Lígia Miranda Ferreira Borges. Atividades desenvolvidas: manejo do biotério; manutenção da colônia de carrapatos; teste de repelência.


Faculdade União de Goyazes, FUG, Brasil.
Vínculo institucional

2019 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 4
Outras informações
Graduação - Microbiologia Veterinária

Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Núcleo Docente Estruturante, Enquadramento Funcional: Membro do NDE Medicina Veterinária

Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 12
Outras informações
Disicplina Ciências Morfofuncionais I Cursos graduação: Ciências Biológicas, Enfermagem, Biomedicina, Educação Física, Farmácia e Nutrição

Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 8
Outras informações
Disciplina: Parasitologia Veterinária - Medicina Veterinária Disciplina: Ciências Morfofuncionais Citohistológica. Cursos: Educação Física, Enfermagem, Nutrição, Fisioterapia, Farmácia


Centro Universitário de Goiás, Uni-ANHANGÜERA, Brasil.
Vínculo institucional

2019 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 12
Outras informações
Graduação Medicina Veterinária Disciplina: Vigilância Epidemiológica e Saúde Coletiva



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Estratégia push-pull para controle do carrapato Rhipicephalus sanguineus sensu lato
Descrição: Rhipicephalus sanguineus sensu lato é uma das principais espécies de carrapato que ocorre no mundo, pois tem uma das maiores distribuições geográficas e transmite doenças para o seu principal hospedeiro, o cão, assim como para humanos. O uso de acaricidas sintéticos ainda se constitui na principal forma de controle deste carrapato e apresenta os problemas usuais deste tipo de controle tais como, contaminação do meio ambiente e desenvolvimento de resistência. Desta forma, novas formas de controle que diminuam ou substituam o uso de acaricidas devem ser pesquisadas. Em projeto recente desenvolvido por nosso grupo de pesquisa (UFG e Rothamsted Research, UK) foi demonstrado que repelentes produzidos naturalmente por cães resistentes ao carrapato, quando manipulados em formulações de liberação lenta, podem controlar infestações em animais sensíveis. Este conhecimento abriu a possibilidade de avaliar a estratégia ?push-pul? a qual se baseia no uso de um repelente nos animais e um atraente associado a um acaricida no meio ambiente. Esta estratégia tem controlado com sucesso pragas que atingem o milho e sorgo na África, mas até o que se sabe, nunca foi testada em carrapatos. Diante do exposto este projeto tem como objetivos aperfeiçoar compostos repelentes e encontrar compostos atraentes para avaliação da estratégia push-pull no controle de R. sanguineus s.l. em animais infestados naturalmente por este carrapato..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Lorena Lopes Ferreira - Integrante / John A. Pickett - Integrante / Andre Franceschini Sarria - Integrante / BIRKETT, MICHAEL A. - Integrante / Lígia Miranda Ferreira Borges - Coordenador / Fernanda De Oliveira Silva - Integrante / OLIVEIRA FILHO, JAIRES GOMES DE - Integrante / Lorrayne Honório de Paula - Integrante.
2017 - Atual
DINÂMICA POPULACIONAL DE Rhipicephalus microplus EM VACAS LEITEIRAS NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA, GOIÁS
Descrição: caracterizar a dinâmica populacional de Rhipicephalus microplus em vacas leiteiras mestiças naturalmente infestadas, mantidos em sistema de pastejo rotacionado, durante 12 meses, em uma propriedade no município de Goiânia, estado de Goiás.Espera-se relacionar os resultados obtidos com os aspectos biológicos, ecológicos, populacionais e comportamentais de Rhipicephalus microplus para traçar um perfil epidemiológico na região e definir estratégias futuras de controle e manejo correto do parasito.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
IDENTIFICAÇÃO DAS ESPÉCIES DE Eimeria spp. PARASITANDO BOVINOS EM GOIÁS, E AVALIAÇÃO DE DIFERENTES TRATAMENTOS QUÍMICOS CONTRA ESTES AGENTES
Descrição: identificação as espécies de Eimeria sp. e a sazonalidade do parasitismo deste coccídeo em bovinos, Bos taurus e Bos indicus, provenientes de propriedades rurais do estado de Goiás, assim como avaliar a eficácia do toltrazuril 5% e da lasalocida 15% contra este protozoário..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
ASPECTOS CLÍNICO-EPIDEMIOLÓGICO E GENÉTICO DA TRIPANOSSOMOSE BOVINA POR Trypanosoma vivax NO ESTADO DE GOIÁS
Descrição: realizar investigação epidemiológica em surtos de Tripanossomose bovina que for registrado no estado de Goiás, comparando diferentes métodos de diagnóstico e caracterizando molecularmente os isolados obtidos. Analisar os fatores de risco associado à infecção por T. vivax, bem como determinar o período de reaparecimento da parasitemia em bovinos, após estes serem tratados com dose única Diaceturato de diminazene e com Cloridrato de cloruro de isometamidium..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
DINÂMICA POPULACIONAL E AVALIAÇÃO DO TRATAMENTO SELETIVO DE BOVINOS Bos taurus NATURALMENTE INFESTADOS POR Riphicephalus (Boophilus) microplus
Descrição: o presente estudo avaliara a dinâmica populacional do Rhipicephalus (Boophilus) microplus em diferentes categorias animal de bovinos Bos taurus (Simental) naturalmente infestados, mantidos em sistema de pastejo extensivo (Coast croos), durante 24 meses, de uma propriedade rural localizada no Estado de São Paulo, Brasil. O presente trabalho também avaliará a viabilidade do possível tratamento seletivo dos bovinos para R. (B.) microplus, em relação ao percentual de animais do rebanho que deveria ser tratado, levando-se em consideração as contagens de carrapatos (entre 4,5 e 8,0mm) realizadas em cada animal. Além disso, o percentual da população de R. (B.) microplus, presentes nos animais, que deixaria de ter contato com o produto químico, caso o tratamento seletivo fosse adotado, também será determinado neste estudo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2017
Uma saúde: novas tecnologias para o controle de carrapatos e de doenças transmitidas por carrapatos
Descrição: Este projeto interdisciplinar utiliza o conceito de "Uma Saúde" para conduzir pesquisas que irão transpor conhecimentos científicos de tecnologias inovativas que poderão ser desenvolvidos e comercializados visando mitigar o impacto dos carrapatos e doenças transmitidas por carrapatos afetando humanos e animais. Carrapatos e as doenças transmitidas por estes vetores são causas significativas de morbidade e mortalidade entre populações humanas e animais ao redor do mundo, incluindo o Brasil. Várias doenças transmitidas por carrapatos são classificadas como zoonoses porque elas são transmitidas entre animais e humanos. O carrapato cosmopolita, Rhipicephalus sanguineus, pode parasitar e transmitir doenças para cães e humanos enquanto que Amblyomma cajennense parasita e serve como vetor de patógenos que afetam humanos e animais de produção. Assim como em outras espécies de carrapatos, a resistência acaricida está se desenvolvendo aceleradamente nestes ixodídeos. Nossa abordagem única de pesquisa para compreender a biologia, ecologia química e epidemiologia de carrapatos e doenças transmitidas tem revelado várias vulnerabilidades que podem ser usadas para o controle destes ectoparasitos. Em face deste problema, novas tecnologias de controle que possam diminuir ou mesmo evitar o uso de carrapaticidas são altamente recomendadas. Recentemente foi observado que cães da raça beagle desenvolvem resistência ao R. sanguineus e que um dos aspectos desta resistência está relacionado com a produção de repelentes naturais por estes hospedeiros. Usando cromatografia gasosa associada à espectrometria de massa, alguns compostos como 2-hexanona, nonano, undecano, decano e benzaldeido foram exclusivamente encontrados no extrato de beagle e foram testados em uma placa de Petri e em olfatômetro para avaliar o seu potencial repelente. Percentuais estatisticamente similares ao DEET (repelente padrão) foram observados com a mistura de 2-hexanona e benzaldeido. Um antígeno recombinante baseado numa sequência de uma nova molécula do carrapato descoberta através de vacinologia reversa e produzida em um sistema de expressão em levedura foi testado. Foi observada uma a resposta imune humoral de animais imunizados com este antígeno recombinante e um efeito prejudicial em R. sanguineus. Diante do exposto, este projeto visa avaliar o uso potencial de uma vacina e/ou de um repelente natural (produzido por hospedeiros resistentes) no controle de R. sanguineus, em cães infestados artificialmente por este carrapato. Especificamente, um conceito de proteção dupla usando um repelente e uma vacina será testado contra carrapatos de cães. Uma patente foi depositada para as vacinas e uma patente está em preparação para proteger a tecnologia do repelente. A mistura repelente será uma formulação de liberação lenta contendo 2-hexanona e benzaldeido. A vacina se refere a uma patente depositada que cobre antígenos para a vacinação de cães. Para determinação da melhor formulação repelente, comparação da taxa de liberação de repelentes de cães será feita com diferentes formulações de liberação lenta. Posteriormente, a melhor formulação repelente será testada juntamente com a vacina. A duração da proteção de cada tratamento será comparada com um grupo controle negativo. Aproveitando o conceito da produção de repelentes naturais por hospedeiros resistentes mostrado acima no modelo R. sanguineus e cães beagle, estudos serão desenvolvidos em A. cajennense. Sabe-se que asininos desenvolvem resistência ao A. cajennense sendo menos parasitados por este carrapato que equinos. Desta forma, é bastante provável que estes animais produzam também repelentes naturais. Estudos comportamentais em olfatometria e de identificação de compostos voláteis utilizando a técnica de cromatografia-gasosa associada à espectrometria de massa serão conduzidos visando avaliar esta hipótese..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Lorena Lopes Ferreira - Integrante / Lígia Miranda Ferreira Borges - Coordenador / Jaires Gomes de Oliveira Filho - Integrante / Rafael Cavalcante Sanguanini - Integrante.
2013 - 2017
AVALIAÇÃO COMPORTAMENTAL DE Amblyomma cajennense FRENTE A FEROMÔNIOS E ALELOQUÍMICOS
Descrição: Amblyomma cajennense, popularmente conhecido como carrapato estrela é um carrapato trioxênico que afeta a saúde humana e animal. Os carrapatos são capazes de reconhecer substâncias, denominadas semioquímicos, emitidas por seus hospedeiros e parceiros para cópula com auxílio de seus órgãos sensoriais. Sendo os odores essenciais para a o início da vida parasitária desses ectoparasitas. Devido à importância em saúde pública armadilhas de gelo seco são utilizadas na vigilância epidemiológica deste carrapato, porém há algumas limitações quanto ao seu uso o que torna a busca de novas substâncias desejável. Vários compostos foram isolados de extratos de machos de A. cajennense (benzaldeído, ácido benzoico, ácido nanóico, ácido salicílico, 2,6-diclorofenol, limoleno e metil salicilato) e outros foram eletrofisiologicamente ativos para as sensilas olfativas do mesmo carrapato (nonanal, 2,6 diclorofenol, 2-nitrofenol e 1-octen-3-ol), no entanto, nem todos tiveram seu papel comportamental definido para este carrapato. Em estudos recentes descobriu-se que cães da raça Beagle, os quais são resistentes para o carrapato Rhipicephalus sanguineus, apresentam repelentes naturais em seus odores. Asininos (Equus asinus) são considerados mais resistentes ao A. cajennense do que equinos (Equus caballus) e seus cruzamentos. Desta forma, é razoável supor que os asininos também possuem repelentes naturais contra este carrapato. A técnica de olfatometria permite avaliar a resposta de carrapatos frente a diferentes substâncias podendo caracterizá-las como atraentes ou repelentes. Este projeto objetiva avaliar a resposta comportamental, em laboratório e a campo, de A. cajennense para substâncias isoladas do extrato de machos não alimentados, substâncias eletrofisiologicamente ativas para os receptores olfativos do A. cajennense, odores de asininos e equinos. Objetiva ainda caracterizar quimicamente os odores de equinos e asininos e posteriormente realizar testes comportamentais com compostos exclusivamente identificados no odor de asininos visando avaliar a presença de repelentes naturais. Serão colhidos odores de asininos e equinos e estes odores serão submetidos a cromatografia gasosa associada a espectrofotometria de massa (CG/EM).Cinco compostos exclusivamente de asininos serão selecionados para testes de repelência. Os testes comportamentais (n=20 machos e n=20 fêmeas) serão conduzidos em olfatômetro de quatro vias. Após os testes de olfatometria os compostos que apresentarem maior atratividade serão testados a campo em armadilhas de captura. Os dados serão submetidos a uma ANOVA. Será aplicado o teste do Chi-quadrado (X2) para avaliar a escolha do carrapato no olfatômetro de quatro vias e para os testes de campo será utilizada a regressão de Poisson. A diferença entre tratamentos será analisada pelo teste de Tukey. Para comparar os controles positivo e negativo será utilizado o teste de Dunnett-Hsu. Todos com nível de significância de 5%. Com o desenvolvimento deste projeto espera-se descobrir substâncias que possam atrair ou repelir esses carrapatos, desta forma viabilizando novas estratégias de controle deste parasito.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Lorena Lopes Ferreira - Integrante / Lígia Miranda Ferreira Borges - Coordenador / Jaires Gomes de Oliveira Filho - Integrante / Rafael Cavalcante Sanguanini - Integrante / Michael Birkett - Integrante / John Pickett - Integrante.
2011 - 2014
Comparação da resposta eletrofisiológica de sensilas gustativas de Rhipicephalus (Boophilus) microplus para o sebo de hospedeiros resistentes (Nelore, Bos taurus indicus) e sensíveis (Holandês, Bos taurus taurus)
Descrição: Descrição: Rhipicephalus (Boophilus) microplus, popularmente conhecido como carrapato-do-boi afeta a saúde humana e animal e é responsável por inúmeros prejuízos na pecuária mundial. O hospedeiro é localizado pelo odor, pelas vibrações, pelo sombreamento, pelo estímulo visual e pela concentração de CO2 e podem se tornar muito numerosos em rebanhos bovinos, principalmente naqueles com baixo grau de resistência. A gustação é importante no comportamento de alimentação de carrapatos, nas fases de exploração do hospedeiro e fixação, etapas estas que precedem o ingurgitamento. Compostos presentes na pele e sangue estimulam os órgãos gustativos dos carrapatos. Através da técnica de eletrofisiologia em sensila única (RSU) é possível registrar o potencial elétrico característico de cada célula para substâncias específicas. Objetiva-se avaliar a resposta eletrofisiológica de sensilas gustativas do R. microplus em relação a fagoestimulantes e substâncias anti-alimentares ou não presentes no sangue e sebo de hospedeiros susceptíveis (Holandês) e resistentes (Nelore). Serão colhidos sangue e sebo destes hospedeiros e estas substâncias e os fagoestimulantes serão submetidas a eletrofisiologia de RSU nas sensilas gustativas das quelíceras. Com isso visa o desenvolvimento de novas estratégias de controle destes parasitos e o estabelecimento da eletrofisiologia como um método auxiliar na busca de químicos que contribuam para o controle deste ixodídeo...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Lorena Lopes Ferreira - Integrante / Sara Fernandes Soares - Integrante / Lígia Miranda Ferreira Borges - Coordenador.
2008 - 2011
Neosporose bovina e resistência a carrapatos em raças crioulas

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Andréa Caetano da Silva em 27/05/2014.
Descrição: O projeto visa estudar a prevalência e transmissão de Neospora caninum e a resistência a carrapatos, das raças Curraleiro e Pantaneiro, como parte da avaliação do potencial destas raças como fonte de material genético para programas de melhoramento, que visem o desenvolvimento sustentável dos produtores da região Centro-Oeste..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Amblyomma cajennense (Acari: Ixodidae): eletrofisiologia e resposta comportamental para diferentes odores e identificação do seu feromônio de atração-agregação-fixação
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Lorena Lopes Ferreira - Integrante / Lígia Miranda Ferreira Borges - Coordenador / Kennedy Kiriira Gachoka - Integrante / Arnaldo Ferreira dos Santos Junior - Integrante.


Projetos de extensão


2016 - Atual
Produção e Difusão de Material de Apoio Acadêmico Relacionado à Parasitologia Veterinária
Descrição: A educação à distância surge como alternativa na difusão de conhecimentos. A popularização e crescimento deste tipo de atividade no ambiente web facilitam a distribuição de conteúdo e material de apoio acadêmico. Neste cenário, estão disponíveis diversos recursos que podem ser empregados para estimular o estudo da parasitologia veterinária, bem como difundir conteúdos relacionados ao assunto de forma livre. Deste modo, este trabalho tem como objetivo a produção e difusão online de material de apoio acadêmico voltado à parasitologia veterinária..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Lorena Lopes Ferreira - Coordenador / Jaires Gomes de Oliveira Filho - Integrante / BORGES, LIGIA MIRANDA FERREIRA - Integrante / Adriana Marques Faria - Integrante / Fernanda De Oliveira Silva - Integrante / THIAGO SOUZA AZEREDO BASTOS - Integrante / Guido Fontgalland Coelho Linhares - Integrante / KAROLINA MARTINS FERREIRA - Integrante / VALERIA DE SÁ JAYME - Integrante / MARIA AUXILIADORA ANDRADE - Integrante / LUIZA GABRIELLA FERREIRA DE PAULA - Integrante / DARLING MELANY DE CARVALHO MADRID - Integrante / WELBER DANIEL ZANETTI LOPES - Integrante / LEONARDO BUENO CRUVINEL - Integrante / JOÃO EDUARDO NICARETTA - Integrante / PEDRO HENRIQUE MIRANDA PASSOS - Integrante.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2013
3º lugar no Concurso de apresentação oral de estudantes do VIII EBEQ, Embrapa Tabuleiros Costeiros, EMPARN.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
OLIVEIRA FILHO, JAIRES GOMES DE2018OLIVEIRA FILHO, JAIRES GOMES DE ; Ferreira, Lorena Lopes ; SILVA, FERNANDA DE OLIVEIRA ; MENEZES, KAROLINA MARTINS FERREIRA ; MUNIZ, ELEN REGOZINO ; PAULA, LUIZA GABRIELLA FERREIRA DE ; SARRIA, ANDRÉ LUCIO FRANCESCHINI ; PICKETT, JOHN ANTHONY ; BIRKETT, MICHAEL ALEXANDER ; MASCARIN, GABRIEL MOURA ; BORGES, LÍGIA MIRANDA FERREIRA . Persistence and efficacy of a new formulation based on dog allomonal repellents against Rhipicephalus sanguineus sensu lato tick. REVISTA BRASILEIRA DE PARASITOLOGIA VETERINARIA, v. 1, p. 1984-2961, 2018.

2.
DE OLIVEIRA FILHO, JAIRES GOMES2017DE OLIVEIRA FILHO, JAIRES GOMES ; Ferreira, Lorena Lopes ; SARRIA, ANDRÉ LUCIO FRANCESCHINI ; PICKETT, JOHN A. ; BIRKETT, MICHAEL A. ; MASCARIN, GABRIEL MOURA ; DE LEÓN, ADALBERTO A. PÉREZ ; BORGES, LÍGIA MIRANDA FERREIRA . Brown dog tick, Rhipicephalus sanguineus sensu lato, infestation of susceptible dog hosts is reduced by slow release of semiochemicals from a less susceptible host. Ticks and Tick-borne Diseases, v. 8, p. 139-145, 2017.

3.
Ferreira, Lorena Lopes2017Ferreira, Lorena Lopes; OLIVEIRA FILHO, JAIRES GOMES DE ; MASCARIN, GABRIEL MOURA ; LEÓN, ADALBERTO A. PÉREZ DE ; BORGES, LÍGIA MIRANDA FERREIRA . In vitro repellency of DEET and β-citronellol against the ticks Rhipicephalus sanguineus sensu lato and Amblyomma sculptum. VETERINARY PARASITOLOGY, v. 239, p. 42-45, 2017.

4.
FARIA, ADRIANA MARQUES2017FARIA, ADRIANA MARQUES ; SANTOS, ADRIANA DA SILVA ; Ferreira, Lorena Lopes ; BASTOS, THIAGO SOUZA AZEREDO ; LOULY, CARLA CRISTINA BRAZ ; MATOS, MOEMA PACHECO CHEDIAK ; CONCEIÇÃO, EDEMILSON CARDOSO DA ; MOURA, VERIDIANA MARIA BRIANEZI DIGANAI DE . Acaricidal activity of ethanolic extracts of Stryphnodendron adstringens and Lafoensia pacari and oil resins from Copaifera sp. and Pterodon emarginatus against Sarcoptes scabiei var. suis. PESQUISA VETERINARIA BRASILEIRA, v. 37, p. 1411-1415, 2017.

5.
OLIVEIRA FILHO, J. G.2016OLIVEIRA FILHO, J. G. ; SARRIA, A. F. ; FERREIRA, L. L. ; CAULFIELD, J. C. ; POWERS, S. S. ; PICKETT, J. A. ; PÉREZ DE LEÓN, ADALBERTO A. ; BIRKETT, M. A. ; BORGES, L.M.F. . Quantification of brown dog tick repellent, 2-hexanone and benzaldehyde, release and from tick-resistant Beagle dogs, Canis lupus familiaris. Journal of Chromatography. B (Print), p. 64-65, 2016.

6.
Ferreira, Lorena Lopes2015 Ferreira, Lorena Lopes; SOARES, SARA FERNANDES ; DE OLIVEIRA FILHO, JAIRES GOMES ; OLIVEIRA, THAYNARA TATIELLY ; PÉREZ DE LEÓN, ADALBERTO A. ; BORGES, LÍGIA MIRANDA FERREIRA . Role of Rhipicephalus microplus cheliceral receptors in gustation and host differentiation. Ticks and Tick-borne Diseases, v. 6, p. 228-233, 2015.

7.
BORGES, LÍGIA MIRANDA FERREIRA2015BORGES, LÍGIA MIRANDA FERREIRA ; OLIVEIRA FILHO, J. G. ; FERREIRA, L. L. ; LOULY, C.C.B. ; PICKETT, J. A. ; BIRKETT, M. A. . Identification of non-host semiochemicals for the brown dog tick, Rhipicephalus sanguineus sensu lato (Acari: Ixodidae), from tick-resistant beagles, Canis lupus familiaris. Ticks and Tick-borne Diseases, v. 6, p. 676-682, 2015.

8.
MARCHIORI, CARLOS HENRIQUE2014MARCHIORI, CARLOS HENRIQUE ; BORGES, LIGIA MIRANDA FERREIRA ; Ferreira, Lorena Lopes . Parasitoids of dipterous collected in cattle dung in the Regions Southern and Central of Goiás, Brazil. Advances in Entomology, v. 02, p. 20-23, 2014.

9.
MARCHIORI, C. H.2013MARCHIORI, C. H. ; BORGES, L.M.F. ; FERREIRA, L. L. . Cyrtoneurina pararescita (Diptera: Muscidae) (Couri, 1995) como novo hospedeiro de Nasonia vitripennis (Walker) (Hymenoptera: Pteromalidae).. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia (Online), v. 65, p. 1581-1583, 2013.

10.
MARCHIORI, C. H.2013MARCHIORI, C. H. ; BORGES, L.M.F. ; FERREIRA, L. L. . Dipterous parasitoids collected from cattle dung in Goiania, Goias, Brazil.. La Pensée (Paris), v. 75, p. 418-426, 2013.

11.
MARCHIORI, C. H.2013MARCHIORI, C. H. ; BORGES, L.M.F. ; FERREIRA, L. L. . Hosts of the parasitoid Pachycrepoideus vindemmiae (Rondani) (Hymenoptera: Pteromalidae) of medical-veterinary and economic importance collected in the State of Goiás, Brazil. American Journal of Life Sciences, v. 1, p. 228-231, 2013.

12.
MARCHIORI, C. H.2013MARCHIORI, C. H. ; BORGES, L.M.F. ; FERREIRA, L. L. . The First occurrence of Spalangia drosophilae Ashmead (Hymenoptera: Pteromalidae) as parasitoid of Brontaea debilis (Thomson) (Diptera: Muscidae). Agricultural Science Research Journals, v. 3, p. 369-371, 2013.

13.
GACHOKA, K. K.2012GACHOKA, K. K. ; LOULY, C.C.B. ; FERREIRA, L. L. ; FERRI, P.H. ; SILVA, A.C. ; BORGES, L.M.F. . Chemical composition and biological characterization of extracts of male-produced pheromone from Amblyomma cajennense (Fabricius, 1787) (Acari: Ixodidae) by gc/ms-sim and behavioral responses. International Journal of Acarology, v. 1, p. 1-9, 2012.

14.
GACHOKA, K. K.2011GACHOKA, K. K. ; LOULY, C.C.B. ; FERREIRA, L. L. ; BORGES, L.M.F. . Induction of complete courtship ritual in Amblyomma cajennense using 2,6-dichlorophenol at female-equivalent quantities. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária (Impresso), v. 20, p. 347-350, 2011.

15.
SOARES, S.F.2010SOARES, S.F. ; BORGES, L.M.F. ; de Sousa Braga, Raquel ; FERREIRA, L. L. ; LOULY, C.C.B. ; TRESVENZOL, L.M.F. ; de Paula, José Realino ; FERRI, P.H. . Repellent activity of plant-derived compounds against Amblyomma cajennense (Acari: Ixodidae) nymphs. Veterinary Parasitology (Print), v. 167, p. 67-73, 2010.

16.
SOARES, S.F.2010SOARES, S.F. ; BRAGA, R. S. ; FERREIRA, L. L. ; LOULY, C.C.B. ; SOUSA, L. A. D. ; SILVA, A.C. ; BORGES, L.M.F. . Repellent activity of DEET against Amblyomma cajennense (Acari: Ixodidae) nymphs submitted to different laboratory bioassays. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária (Impresso), v. 19, p. 12-17, 2010.

17.
GACHOKA, K. K.2010GACHOKA, K. K. ; LOULY, C.C.B. ; FERREIRA, L. L. ; BORGES, L.M.F. ; FERRI, P.H. . Comparison of two methods to quantify 2,6-dichlorophenol from tick Amblyomma cajennense by GC/MS-SIM. Journal of the Brazilian Chemical Society (Impresso), v. 21, p. 1642-1647, 2010.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, T. T. ; FERREIRA, L. L. ; BORGES, L.M.F. . ELETROFISIOLOGIA GUSTATIVA NAS POROSSENSILAS DA QUELÍCERA DE Rhipicephalus microplus FRENTE À FAGOESTIMULANTES. In: X CONPEEX, 2013, Goiânia. Anais do X CONPEEX - Conhecimento e Riquezas. p. 5082-5093.

2.
FERREIRA, L. L.; BORGES, L.M.F. ; LOULY, C.C.B. ; SOARES, S.F. ; OLIVEIRA, T. T. . Eletrofisiologia em sensilas gustativas das quelíceras de Rhipicephalus microplus frente a substâncias fagoestimulantes. In: XI CONPEEX UFG, 2012, Goiânia. IX CONPEEX ? Economia verde, sustentabilidade e desenvolvimento social, 2012. p. 11338-11342.

3.
MARCHIORI, C. H. ; BORGES, L.M.F. ; FERREIRA, L. L. . OCORRÊNCIA DE Aleochara notula ERICHSON (COLEOPTERA: STAPHILINIDAE) NA REGIÃO CENTRAL DE GOIÁS. In: IX CONPEEX, 2012, Goiânia. XII CONPEEX, 2012. p. 13724-13726.

4.
GACHOKA, K. K. ; LOULY, C.C.B. ; FERREIRA, L. L. ; FERRI, P.H. ; BORGES, L.M.F. . Amblyomma cajennense (Acari:Ixodidae): Caracterização do feromônio de machos e quantificação do feromônio sexual. In: VI Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão - UFG, 2009, Goiânia. Anais do VI Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2009. p. 7632-7636.

5.
SOARES, S.F. ; BRAGA, R. S. ; FERREIRA, L. L. ; LOULY, C.C.B. ; TRESVENZOL, L.M.F. ; de Paula, José Realino ; FERRI, P.H. ; BORGES, L.M.F. . Estudo da repelência de extratos de plantas e do DEET (N,N diethyl-3-m-toluamide) em Amblyomma cajennense. In: IV Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão (CONPEEX), 2007, Goiânia. Anais do IV Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, Campus Samambaia UFG, 2007. p. 2850-2854.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA FILHO, J. G. ; FERREIRA, L. L. ; ZERINGOTA, V. ; SILVA, F. O. ; PAULA, L. H. ; BORGES, LIGIA MIRANDA FERREIRA . PRESENCE OF ARRESTMENT PHEROMONE ON THE TROPICAL LINEAGE OF THE BROWN DOG TICK. In: III Congresso Latinoamericano de Acarologia e VI Simpósio Brasileiro de Acarologia, 2018, Pirenópolis. Anais do III Congresso Latinoamericano de Acarologia e VI Simpósio Brasileiro de Acarologia, 2018.

2.
BARRETO, L. P. ; OLIVEIRA FILHO, JAIRES GOMES DE ; FILGUEIRAS, M. D. G. ; FERREIRA, L. L. ; BORGES, L. M. F. ; FERNANDES, E. K. K. . FORMULAÇÕES DE Metarhizium anisopliae sensu stricto PARA O CONTROLE DE LARVAS E NINFAS INGURGITADAS DE Rhipicephalus sanguineus sensu lato. In: III Congresso Latinoamericano de Acarologia e VI Simpósio Brasileiro de Acarologia, 2018, Pirenópolis. Anais do III Congresso Latinoamericano de Acarologia e VI Simpósio Brasileiro de Acarologia, 2018.

3.
OLIVEIRA FILHO, J. G. ; FERREIRA, L. L. ; ZERINGOTA, V. ; SILVA, F. O. ; BORGES, L. M. F. . SOLVENTES INTERFEREM NA ATIVIDADE DOS REPELENTES DEET E β-CITRONELOL CONTRA O CARRAPATO: MARROM DOS CÃES. In: III Congresso Latinoamericano de Acarologia e VI Simpósio Brasileiro de Acarologia, 2018. Anais do III Congresso Latinoamericano de Acarologia e VI Simpósio Brasileiro de Acarologia.

4.
FERREIRA, L. L.; OLIVEIRA FILHO, J. G. ; SILVA, F. O. ; ZERINGOTA, V. ; BORGES, L.M.F. . RESPOSTA COMPORTAMENTAL DE NINFAS DE Amblyomma sculptum FRENTE AO DEET EM TRÊS CONCENTRAÇÕES E TESTADO EM DIFERENTES PERÍODOS DO DIA. In: III Congresso Latinoamericano de Acarologia e VI Simpósio Brasileiro de Acarologia, 2018. Anais do III Congresso Latinoamericano de Acarologia e VI Simpósio Brasileiro de Acarologia.

5.
PAULA, L. G. F. ; OLIVEIRA FILHO, J. G. ; MENEZES, K. F. M. ; MUNIZ, E. R. ; FERREIRA, L. L. ; SILVA, F. O. ; MARRETO, R. N. ; BORGES, L. M. F. ; MONTEIRO, C. M. O. . EFICÁCIA IN VIVO DE FORMULAÇÃO COM TIMOL E EUGENOL PARA CONTROLE DE INFESTAÇÃO DE Rhiphicephalus sanguineus sensu lato EM CÃES. In: III Congresso Latinoamericano de Acarologia e VI Simpósio Brasileiro de Acarologia, 2018. Anais do III Congresso Latinoamericano de Acarologia e VI Simpósio Brasileiro de Acarologia, 2018.

6.
SILVA, F. O. ; FERREIRA, L. L. ; OLIVEIRA FILHO, JAIRES GOMES DE ; BORGES, L.M.F. . COMPORTAMENTO DE Rhipicephalus sanguineus sensu lato FRENTE A ODORES REPELENTES PARA MOSQUITO HEMATÓFAGO. In: 15º CONPEEX, 2018, Goiânia. CIÊNCIA PARA A REDUÇÃO DA DESIGUALDADE, 2018.

7.
BORGES, LIGIA MIRANDA FERREIRA ; OLIVEIRA FILHO, J. G. ; SARRIA, ANDRÉ LUCIO FRANCESCHINI ; FERREIRA, L. L. ; ZERINGOTA, V. ; PAULA, L. H. ; SILVA, FERNANDA DE OLIVEIRA ; CAULFIELD, JOHN C. ; BIRKETT, MICHAEL A. . Arrestment pheromone on the tropical lineage of Rhipicephalus sanguineus sensu lato. In: 5th ALAEQ, 2018, Valparaiso - Chile. 5th ALAEQ Book of Abstracts, 2018. p. 132.

8.
SARRIA, A. F. ; OLIVEIRA FILHO, JAIRES GOMES DE ; Ferreira, Lorena Lopes ; BORGES, LIGIA MIRANDA FERREIRA ; PICKETT, JOHN A. ; BIRKETT, MICHAEL A. . Defining the semiochemical basis of tick resistance in farmed livestock and companion animals. In: 3rd Agriscience Chemical Biology, 2017, Londres. 3rd Agriscience Chemical Biology Postgraduate Symposium, 2017. p. 25-25.

9.
SILVA, F. O. ; FERREIRA, L. L. ; OLIVEIRA FILHO, J. G. ; BORGES, L. M. F. . Comportamento de Amblyomma sculptum frente a semioquímicos. In: Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2017, Goiânia. A matemática está em tudo, 2017. p. 71-71.

10.
FERREIRA, L. L.; OLIVEIRA FILHO, J. G. ; LEON, A. A. P. ; BORGES, L.M.F. . Comparison between b-citronellol and DEET against the tick Amblyomma cajennense sensu lato. In: IX Encontro Brasileiro de Ecologia Química, 2015, Belo Horizinte. Livros de Resumos do IX EBEQ, 2015. p. 58-58.

11.
OLIVEIRA FILHO, J. G. ; FERREIRA, L. L. ; SARRIA, A. F. ; PICKETT, J. A. ; BIRKETT, M. A. ; LEON, A. A. P. ; BORGES, L.M.F. . EFFICACY OF SLOW-RELEASE FORMULATION OF REPELLENTS PRODUCED BY RESISTANT HOST BREED AGAINST Rhipicephalus sanguineus SENSU LATO INFESTATIONS ON DOGS. In: IX Encontro Brasileiro de Ecologia Química, 2015, Belo Horizonte. Livro de Resumos do IX EBEQ, 2015. p. 56-56.

12.
BORGES, L.M.F. ; FERREIRA, L. L. ; OLIVEIRA FILHO, J. G. ; BIRKETT, M. ; PICKETT, J. . Presence of natural repellents and deterrents in tick-resistant hosts. In: Joint 8th International Ticks and Tick-borne pathogens (TTP-8) and 12th Biennial Society for Tropical Veterinary Medicine (STVM) Conference, 2014, Cape Town. Programme Handbook, 2014.

13.
OLIVEIRA FILHO, J. G. ; BORGES, L.M.F. ; SILVA, A.C. ; LOULY, C.C.B. ; FERREIRA, L. L. ; OLIVEIRA, T. T. . USO DE ALOMÔNIOS, DEET E ß-CITRONELOL NA REPELÊNCIA DE Rhipicephalus sanguineus. In: 1º Congresso Argentino de Biología del Comportamiento - COMPORTA 2013, 2013, Mar del Plata. COMPORTA 2013 1er Congreso Argentino de Biología del Comportamiento, 2013. p. 70-70.

14.
FERREIRA, L. L.; BORGES, L.M.F. ; LOULY, C.C.B. ; SOARES, S.F. ; OLIVEIRA, T. T. . RESPOSTA ELETROFISIOLÓGICA DE PORO-SENSILAS GUSTATIVAS DAS QUELÍCERAS DE RHIPICEPHALUS MICROPLUS A COMPOSTOS FAGOESTIMULANTES. In: International Symposium on Tick Control and Tick-borne diseases, 2013, Campo Grande. International Symposium on Tick Control and Tick-borne diseases, 2013. p. 48-49.

15.
FERREIRA, L. L.; BORGES, L.M.F. ; SOARES, S.F. ; OLIVEIRA, T. T. . Eletrofisiologia gustativa na quelícera de Rhipicephalus microplus frente a soro de bovinos resistentes e sensíveis ao carrapato. In: VIII Encontro Brasileiro de Ecologia Química, 2013, Natal. Anais do Encontro Brasileiro de Ecologia Química, 2013. p. 5-5.

16.
OLIVEIRA FILHO, J. G. ; BORGES, L.M.F. ; FERREIRA, L. L. ; OLIVEIRA, T. T. . Presença de repelentes naturais no odor de cães da raça Beagle contra o carrapato Rhipicephalus sanguineus. In: VIII Encontro Brasileiro de Ecologia Química, 2013, Natal. Anais do Encontro Brasileiro de Ecologia Química, 2013. p. 11.

17.
ARAUJO, I. C. S. ; MESQUITA, M. A. ; LEANDRO, N. S. M. ; FERREIRA, L. L. ; CASTEJON, F. ; H, C. ; GONZALES, E. . Condutância da casca de ovos de matrizes pesadas de diferentes idades obtida a partir de fragmentos de casca de ovos.. In: 30ª Conferência FACTA, 2013, Campinas. Anais 30ª Conferência FACTA, 2013.

18.
OLIVEIRA FILHO, J. G. ; BORGES, L.M.F. ; Ferreira, Lorena Lopes ; OLIVEIRA, T. T. . PRESENÇA DE REPELENTES NATURAIS NO ODOR DE CÃES DA RAÇA BEAGLE CONTRA O CARRAPATO Rhipicephalus sanguineus. In: X CONPEEX, 2013, Goiânia. Anais do X CONPEEX - Conhecimento e Riquezas, 2013. p. 10653-10654.

19.
MARCHIORI, C. H. ; BORGES, L.M.F. ; FERREIRA, L. L. . Spalangia drosophilae ASHMEAD (HYMENOPTERA: PTEROMALIDAE) como parasitóide de Brontaea debilis (THOMSON) (DIPTERA: MUSCIDAE).. In: X Seminário de Patologia Tropical e Saúde Pública, 2012, Goiânia. Revista de Patologia Tropical. Goiânia: Editora UFG, 2012. v. 41. p. 62-62.

20.
MARCHIORI, C. H. ; BORGES, L.M.F. ; Ferreira, Lorena Lopes . Nasonia vitripennis (WALKER) (HYMENOPTERA: PTEROMALIDAE) COMO PARASTOIDE DE Cyrtoneurina pararescita (DIPTERA: MUSCIDAE) (COURI, 1995). In: X Seminário de Patologia Tropical e Saúde Pública, 2012, Goiânia. Revista de Patologia Tropical. Goiânia: UFG, 2012. v. 41. p. 63-63.

21.
LOULY, C.C.B. ; MELO, D. G. P. ; GUIMARÃES, M.S. ; FERREIRA, L. L. ; BARBOSA, C.S. ; BORGES, L.M.F. ; SILVA, A.C. . Comparison of resistance to Rhipicephalus (Boophilus) microplus (Canestrini, 1887) between Curraleiro (Bos taurus taurus), nelore (Bos taurus indicus) and Holstein (Bos taurus taurus) cattle. In: XXVI World Buiatrics Congress, 2010, Santiago. Anais do XXVI World Buiatrics Congress, 2010.

22.
GACHOKA, K. K. ; LOULY, C.C.B. ; FERREIRA, L. L. ; BORGES, L.M.F. ; FERRI, P.H. . Quantificação do feromônio 2,6-diclorofenol de fêmeas de Amblyomma cajennense Fabricius (Acari: Ixodidae) por CG/EM e monitoramento de íons simples. In: XXI Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária e II Encontro de Parasitologia do Mercosul, 2009, Foz do Iguaçu. Anais do XXI Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária, 2009.

23.
GACHOKA, K. K. ; LOULY, C.C.B. ; FERREIRA, L. L. ; BORGES, L.M.F. . Caracterização biológica do feromônio de atração-agregação-fixação produzido pelo carrapato estrela Amblyomma cajennense Fabricius (Acari: Ixodidae). In: XXI Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária e II Encontro de Parasitologia do Mercosul, 2009, Foz do Iguaçu. Anais do XXI Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária e II Encontro de Parasitologia do Mercosul, 2009.

24.
SOARES, S.F. ; LOULY, C.C.B. ; BRAGA, R. S. ; FERREIRA, L. L. ; TRESVENZOL, L.M.F. ; de Paula, José Realino ; FERRI, P.H. ; BORGES, L.M.F. . Repellence of DEET and plant-derived compounds against Amblyomma cajennense (Acari: ixodidae) ticks. In: VI International Conference on Ticks and Tick-borne Pathogens, 2008, Buenos Aires. Book of proceedings VI International Conference on Ticks and tick borne-pathogens., 2008. p. 104-104.

25.
SOARES, S.F. ; PIRES JR, H.B. ; LOULY, C.C.B. ; FERREIRA, L. L. ; TRESVENZOL, L.M.F. ; BRAGA, R. S. ; de Paula, José Realino ; FERRI, P.H. ; BORGES, L.M.F. . Repelência do DEET e de compostos derivados de plantas contra Amblyomma cajennense (Acari: Ixodidae). In: XV Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária e II Seminário de Parasitologia Veterinária dos países do Mercosul, 2008, Curitiba. Anais do XV Congresso brasileiro de Parasitologia Veterinária e II Seminário de Parasitologia Veterinária dos países do Mercosul. Rio de Janeiro, 2008.

Apresentações de Trabalho
1.
FERREIRA, L. L.. Controle de vetores e prevenção de doenças. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
FERREIRA, L. L.; OLIVEIRA FILHO, J. G. ; LEON, A. A. P. ; BORGES, L.M.F. . Comparison between b-citronellol and DEET repellence against the tick Amblyomma cajennense sensu lato. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
FERREIRA, L. L.; BORGES, L.M.F. ; SOARES, S.F. ; OLIVEIRA, T. T. . Eletrofisiologia gustativa na quelícera de Rhipicephalus microplus frente a soro de bovinos resistentes e sensíveis ao carrapato. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
FERREIRA, L. L.; BORGES, L.M.F. ; SOARES, S.F. ; LOULY, C.C.B. ; OLIVEIRA, T. T. . Eletrofisiologia em sensilas gustativas das quelíceras de Rhipicephalus microplus frente a substâncias fagoestimulantes. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Demais tipos de produção técnica
1.
FERREIRA, L. L.. Mini Curso: Controle de carrapatos em bovinos. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Patentes e registros



Patente

A Confirmação do status de um pedido de patentes poderá ser solicitada à Diretoria de Patentes (DIRPA) por meio de uma Certidão de atos relativos aos processos
1.
 BORGES, L. M. F. ; SARRIA, ANDRÉ LUCIO FRANCESCHINI ; FERREIRA, L. L. ; OLIVEIRA FILHO, JAIRES GOMES DE ; BIRKETT, MICHAEL A. ; PICKETT, JOHN A. . Repelente natural para controle de infestações por carrapatos. 2018, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR10201806747, título: "Repelente natural para controle de infestações por carrapatos" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 03/09/2018



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Qualificações de Doutorado
1.
LOPES, W. D. Z.; LINHARES, G. F. C.; JAYME, V. S.; TEIXEIRA, W. F. P.; FERREIRA, L. L.. Participação em banca de Thiago Souza Azeredo Bastos. ASPECTOS CLÍNICO-EPIDEMIOLÓGICO E GENÉTICO DA TRIPANOSSOMOSE BOVINA POR Trypanosoma vivax NO ESTADO DE GOIÁS. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal) - Universidade Federal de Goiás.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ARAUJO, I. C. S.; FARIA, A. M.; FERREIRA, L. L.. Participação em banca de Amanda Aparecida Gaia.Relato de caso: Linfoma cutâneo em cão SRD.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinaria) - Faculdade de Ciencias da Saude de Unaí.

2.
ARAUJO, I. C. S.; FERREIRA, L. L.; FARIA, A. M.. Participação em banca de Carlos Henrique Silva Luiz.Frequência da helmintofauna em cães naturalmente infectados, e o nível de conhecimento da população acadêmica sobre zoonoses parasitárias na cidade de Unaí-MG.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinaria) - Faculdade de Ciencias da Saude de Unaí.

3.
FERREIRA, L. L.; FARIA, A. M.; ARAUJO, I. C. S.. Participação em banca de Carlos Henrique Silva Luiz.Relato de caso: Eutanasia em cão SRD em decorrência de hérnia cerebelar.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinaria) - Faculdade de Ciencias da Saude de Unaí.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I WORKSHOP SOBRE ENSINO DE SAÚDE PÚBLICA NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO DA MEDICINA VETERINÁRIA. 2018. (Outra).

2.
XX Congresso de Parasitologia Veterinária. 2018. (Congresso).

3.
I Workshop Internacional - Tecnologias para o Controle de Ectoparasitos. 2. 2017. (Outra).

4.
Pesquisa no controle alternativo de carrapatos de importância médico-veterinária.Pesquisa no controle alternativo de carrapatos de importância médico-veterinária. 2017. (Outra).

5.
3ª Escola de Inverno em Ecologia Química. 2015. (Encontro).

6.
IX Encontro Brasileiro de Ecologia Química. 2015. (Congresso).

7.
VI Congresso de Iniciação Científica. Mini Curso: Controle de carrapatos em bovinos. 2015. (Congresso).

8.
VIII Encontro Brasileiro de Ecologia Química.Eletrofisiologia gustativa na quelícera de Rhipicephalus microplus frente a soro de bovinos resistentes e sensíveis ao carrapato. 2013. (Encontro).

9.
Seminário de Responsabilidade Técnica. 2010. (Seminário).

10.
Seminário de Saúde Pública Veterinária: SAÚDE E MEIO AMBIENTE - raiva, dengue, leishmaniose e febre amarela. 2010. (Seminário).

11.
36º Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária (CONBRAVET). 2009. (Congresso).

12.
VI Congresso de pesquisa, ensino e extensão. 2009. (Congresso).

13.
XXII SEMANA ACADÊMICA DE VETERINÁRIA (SEVET) - Tópicos na Produção de Aves e Suínos. 2009. (Encontro).

14.
IV Congresso do Centro-Oeste de Clínicos de Veterinários de Pequenos Animais. 2008. (Congresso).

15.
V Congresso de pesquisa, ensino e extensão (CONPEEX). 2008. (Congresso).

16.
IV Congresso de pesquisa, ensino e extensão (CONPEEX). 2007. (Congresso).

17.
Palestra Sobre Raiva Canina. 2006. (Outra).



Inovação



Patente
1.
 BORGES, L. M. F. ; SARRIA, ANDRÉ LUCIO FRANCESCHINI ; FERREIRA, L. L. ; OLIVEIRA FILHO, JAIRES GOMES DE ; BIRKETT, MICHAEL A. ; PICKETT, JOHN A. . Repelente natural para controle de infestações por carrapatos. 2018, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR10201806747, título: "Repelente natural para controle de infestações por carrapatos" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 03/09/2018



Outras informações relevantes


Classificação em terceiro lugar no Concurso Público realizado pelo Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública da Universidade Federal de Goiás (IPTSP/UFG), para o cargo de professor substituto na área de Parasitologia, publicado na página do IPTSP no dia 18 de outubro de 2013. Publicado em: Pg. 85. Seção 3. Diário Oficial da União (DOU) de 04/11/2013.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/01/2019 às 14:26:42