Rafael Lacerda Ruschel

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8054848210388627
  • Última atualização do currículo em 24/08/2012


Graduando em Psicologia pela UFCSPA. Bolsista de Iniciação Científica FAPERGS 2011/2012 e Bolsista de Iniciação Científica CNPq 2012 no Centro de Memória da PUCRS. Membro do grupo de pesquisa Centro de Neurologia Cognitiva e do Comportamento do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. http://www.cenecc.com/index.php?dest=equipe (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Rafael Lacerda Ruschel
Nome em citações bibliográficas
RUSCHEL, R. L.


Formação acadêmica/titulação


2010
Graduação em andamento em Psicologia.
Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, UFCSPA, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul.
2006 - 2009
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Mãe De Deus.




Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:



Projetos de pesquisa


2012 - Atual
Relação do Volume da Amígdala e do Hipocampo com Viés de Resposta Emocional de Memória em Pacientes com Doença de Alzheimer Leve, Comprometimento Cognitivo Leve devido à Doença de Alzheimer e Pacientes com Transtorno Depressivo Maior.
Descrição: A investigação nas demências tem classicamente focado os déficits cognitivos associados ao início e progressão de doença. No entanto, tem ocorrido um crescente entendimento de como a demência influencia o processamento dos estímulos emocionais aumentando o interesse no papel da amígdala. Poucos estudos tem avaliado os efeitos do envelhecimento, da doença de Alzheimer e da depressão sobre o reconhecimento emocional verdadeiro, falso, e viés de resposta de reconhecimento, sendo que o viés de reconhecimento induzido por emoção em adultos mais velhos já foi demonstrado. Os achados nos pacientes com DA mostram ainda muitas discrepâncias, e as avaliações dos pacientes com comprometimento cognitivo leve são muito incipientes. De uma forma geral, os autores sugerem que adultos saudáveis apresentam uma troca no viés de resposta modulado pela amígdala, enquanto a patologia da amígdala presente mesmo precocemente na doença de Alzheimer poderia alterar a influência da emoção na tarefa de reconhecimento emocional. Desta forma, o objetivo deste projeto é avaliar os volumes da amígdala e hipocampo e relacionar com o desempenho diferencial no reconhecimento verdadeiro e falso de memória emocional (negativo, positivo e neutro) em indivíduos idosos saudáveis, pacientes com CCL devido à doença de Alzheimer, pacientes com doença de Alzheimer leve, e pacientes com transtorno do humor depressivo visando um marcador clínico mais precoce e específico da patologia Alzheimer. Um estudo transversal controlado com quatro grupos representando o fator em estudo (idosos saudáveis, pacientes com transtorno depressivo maior, pacientes com comprometimento cognitivo leve devido à doença de Alzheimer, e pacientes com doença de Alzheimer leve) será realizado para avaliar os objetivos estabelecidos. O paradigma DRM de reconhecimento de memória emocional validado para a população brasileira será empregado, bem como uma outra tarefa de memória episódica sem valência emocional. Análise.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Rafael Lacerda Ruschel - Coordenador / Renata Kochhann - Integrante / Ivan Izquierdo - Integrante / márcia l. f. chaves - Integrante.
2011 - Atual
Avaliação da persistência da memória: efeitos da intenção de lembrar e da aquisição incidental de informação da vida quotidiana em indivíduos saudáveis
Descrição: Avaliar a persistência, em dias, de memória episódica formal e incidental e avaliar o efeito da intenção de lembrar informações sobre a quantidade de material armazenado..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Rafael Lacerda Ruschel - Coordenador / Renata Kochhann - Integrante / Ivan Izquierdo - Integrante / márcia l. f. chaves - Integrante / Letícia M. K. Forster - Integrante.
2011 - Atual
Extinção do medo condicionado: Estruturas, mecanismos e farmacologia
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
8º Congresso Brasileiro de Cérebro, Comportamento e Emoções. Avaliação da persistência da memória: efeitos da intenção de lembrar e da aquisição incidental de informação da vida quotidiana em indivíduos saudáveis. 2012. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/11/2018 às 16:26:27