Talita Moreira Câmara

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0542281310700533
  • Última atualização do currículo em 24/05/2017


Possui graduação em Engenharia Florestal pelo Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Salinas (2015). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Talita Moreira Câmara
Nome em citações bibliográficas
CÂMARA, T. M.


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2015
Graduação em Engenharia Florestal.
Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Salinas, IFNMG- SALINAS, Brasil.




Formação Complementar


2015 - 2015
Água e Floresta: Uso Sustentável na Caatinga. (Carga horária: 10h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2014 - 2014
Lei das Águas. (Carga horária: 20h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2014 - 2014
Planejamento, gestão e manejo de Bacias Hidrográficas. (Carga horária: 40h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2014 - 2014
Comitê de Bacias: Práticas e Procedimentos. (Carga horária: 20h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais, IFNMG, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:



Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Estimativa da Biomassa, do Estoque de Madeira e Carbono em Plantios de Eucalipto na Região do Alto Rio Pardo via Sensoriamento Remoto Orbita
Descrição: Este projeto tem por objetivo avaliar a aplicabilidade do sensoriamento remoto à estimação do volume de madeira e dos estoques de biomassa e carbono em plantios de Eucalipto na região do Alto Rio Pardo...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Talita Moreira Câmara - Integrante / Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Vinícius Orlandi Barbosa Lima - Integrante / Henrique Cordeiro Ramalho - Integrante / Cecilia Cristina Almeida Mendes - Integrante.
2014 - 2015
Estimativa da biomassa e do estoque de carbono em ocorrências de cerrado na porção mineira da bacia do Rio Pardo via sensoriamento remoto orbital
Descrição: Este projeto tem como objetivo estimar e mapear a distribuição espacial da biomassa e do estoque de carbono em ocorrências de cerrado na porção mineira da bacia do rio Pardo, a partir da utilização de imagens de sensoriamento remoto orbital. A metodologia da presente proposta compreenderá trabalhos de campo e de escritório, abrangendo campanhas para a estimação do estoque de biomassa e de carbono em ocorrências de cerrado na área de estudos e processamento digital de imagens orbitais, para a geração de índices de vegetação e construção de modelos para a estimativa e espacialização da variável ambiental em questão...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Talita Moreira Câmara - Integrante / Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Vinícius Orlandi Barbosa Lima - Integrante / Liliane Pereira Cruz - Integrante / Leiliane Pereira Cruz - Integrante / Cecilia Cristina Almeida Mendes - Integrante / Eduardo Cordeiro Ramalho - Integrante.
2014 - 2015
COMPOSIÇÃO E FUNÇÃO DE QUINTAIS AGROFLORESTAIS NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO BANANAL, SALINAS/M
Descrição: Os quintais agroflorestais, são um tipo de SAFs que apresenta grande diversidade vegetal, com o objetivo de fornecer várias formas de bens e serviços. São também sistemas ecologicamente estáveis e sustentáveis caracterizados por uma ciclagem de nutrientes altamente eficientes. A presença dos agrossistemas na Bacia Hidrográfica do Rio Bananal é uma alternativa sustentável para a agricultura familiar, pois possibilita a produção de alimento durante todo o ano, é capaz de favorecer aos pequenos agricultores o abastecimento da farmácia caseira, e ainda proporcionar a reciclagem de resíduos orgânicos. A prática do cultivo de quintais agroflorestais deve ser algo valorizado pelos agricultores familiares e, portanto deve ser estimulada pelas Instituições de ensino e órgãos ambientais. Essa proposta de valorização e conhecimentos sobre estes agrossistemas poderá ser uma importante ferramenta de sensibilização aos agricultores familiares da Bacia do Rio Bananal, induzindo a reflexões sobre sua importância ambiental. Desta forma, o objetivo do trabalho será caracterizar e avaliar a composição botânica dos quintais agroflorestais, buscando compreender sua diversidade de espécies, sua importância ambiental e os seus principais usos pelas famílias...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Talita Moreira Câmara - Integrante / Liliane Pereira Cruz - Integrante / Leiliane Pereira Cruz - Integrante / MARIA CLARA OLIVEIRA DURÃES - Coordenador.
2013 - 2015
ANÁLISE MULTI-TEMPORAL DAS MUDANÇAS NO USO/COBERTURA DA TERRA NA BACIA DE CONTRIBUIÇÃO DA REPRESA DO RIO SALINAS, MINAS GERAIS: implicações à erosão, produção de sedimentos, e assoreamento do lago
Descrição: O projeto tem por objetivo analisar o impacto das mudanças no uso/cobertura da terra na bacia hidrográfica da represa do Rio Salinas, Minas Gerais, aos processos de erosão, na referida área, e de assoreamento do lago. A metodologia da presente proposta compreenderá atividades de mapeamento do uso/cobertura da terra para diferentes épocas, da formação do lago até o tempo presente, mapeamento da distribuição espacial da perda de solo devido à erosão e estudo da relação entre as mudanças no uso/cobertura da terra, potencial de erosão e produção de sedimentos. Será buscada uma estimativa preliminar aproximada do aporte anual de sedimentos à represa do Rio Salinas, por meio de um método alternativo que associe a conectividade entre os focos de erosão e a rede de drenagem, com o objetivo de se chegar a um valor percentual da taxa de conversão de erosão em sedimentos...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Talita Moreira Câmara - Integrante / Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Bárbara Mendes Oliveira - Integrante / Rhagnya Sharon Ferreira Martins - Integrante / Vinícius Orlandi Barbosa Lima - Integrante / Marcelo Rossi Vicente - Integrante.
2013 - 2014
Protótipo de um Sistema de Informações Geográficas para o Gerenciamento de Dados Cadastrais de Imóveis Urbanos e Cálculo Automático do IPTU para a Cidade de Salinas - MG
Descrição: A maioria dos municípios brasileiros tem em repasses da União e do estado a fonte principal de suas receitas, o que se deve, em parte, ao fato de que não há tradição em cultura de arrecadação do IPTU por parte dos mesmos. Em muitos casos, isto se revela na falta de organização e estruturação dos setores municipais responsáveis, ou até mesmo na inexistência destes. Dessa forma, observa-se um potencial não explorado de arrecadação, que em muito poderia contribuir para o desenvolvimento sócio-econômico das cidades. Neste cenário, os sistemas de informações geográficas representam uma alternativa por meio da qual a gestão da informação cadastral pode ser implementada ou aperfeiçoada, ocasionando um aumento na arrecadação do referido tributo. O objetivo desse projeto consiste em implementar um protótipo de um sistema de informações geográficas para o gerenciamento de dados cadastrais de imóveis urbanos e cálculo automático do IPTU para a cidade de Salinas MG. A metodologia da presente proposta compreenderá etapas de campo e de escritório, por meio das quais serão coletados dados cadastrais de imóveis urbanos, construído o sistemas de informações geográficas cadastrais e implementada a automatização do cálculo do IPTU, seguindo o método estabelecido no código tributário municipal...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Talita Moreira Câmara - Integrante / Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Karoline Rodrigues Costa - Integrante / Hugo Henrique Cardoso dos Santos - Integrante / Liliane Pereira Cruz - Integrante / Leiliane Pereira Cruz - Integrante.


Projetos de extensão


2015 - 2016
Levantamento de espécies arbóreas e arbustivas do IFNMG-campus Salinas, e a conscientização dos estudantes e funcionários quanto a importância da manutenção da arborização
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2015 - Atual
A educação ambiental no processo de recuperação e conservação da vegetação ciliar do rio Salinas - Proposta de atividades com alunos de escolas públicas
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Talita Moreira Câmara - Integrante / Liliane Pereira Cruz - Integrante / Leiliane Pereira Cruz - Coordenador / Renan Alves Santos - Integrante / Eliana Ramos Figueiredo - Integrante / Romulo Ewerton Gomes Souza - Integrante.


Produções



Produção bibliográfica
Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, R. M. ; CÂMARA, T. M. ; LIMA, V. O. B. ; VICENTE, M. R. . Mapeamento e análise multi-temporal da perda de solo por erosão na bacia de contribuição da represa do Rio Salinas, MG.. In: XVII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2015, João Pessoa. XVII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2015.

2.
SANTOS, R. M. ; OLIVEIRA, B. M. ; CÂMARA, T. M. ; VICENTE, M. R. ; LIMA, V. O. B. . Modelagem da Taxa de Geração de Sedimentos (SDR) e do Aporte de Sedimentos Para a Bacia de Contribuição do Lago da Represa de Salinas Utilizando Lógica Fuzzy e SIG. In: XXI Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2015, Brasilia. XXI Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2015.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, R. M. ; CÂMARA, T. M. ; COSTA, K. R. ; CRUZ, L. P. ; CRUZ, L. P. ; SANTOS, H. H. C. . Protótipo de um Sistema de Informações Geográficas para o Gerenciamento de Dados Cadastrais de Imóveis Urbanos e Cálculo Automático do IPTU para a Cidade de Salinas - MG. In: III SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E III MOSTRA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO IFNMG, 2014, Januária. SIC simpósio de iniciação Cientifica, 2013.

2.
SANTOS, R. M. ; CÂMARA, T. M. ; OLIVEIRA, B. M. ; LIMA, V. O. B. ; MARTINS, R. S. F. . Análise multi-temporal da perda de solo por erosão devido a mudança no uso/cobertura do solo na bacia de contribuição da represa do Rio Salinas ? Minas Gerais. In: III SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E III MOSTRA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO IFNMG, 2014, Januária. SIC simpósio de iniciação Cientifica, 2014.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Simpósio sobre produção de sementes e mudas. 2014. (Simpósio).

2.
Engenharia Floresal e Agroecologia, uma perspectiva de desenvolvimento socioambiental. 2013. (Congresso).

3.
5° fórum de Silvicultura do Alto Rio Pardo. 2012. (Congresso).

4.
Fórum Brasil sobre Agrossilvilcultura. 2012. (Congresso).

5.
2° Seminário de Silvicultura para Agricultura Familiar. 2011. (Seminário).

6.
3° Fórum Regional da Silvicultura na Área Mineira Sudene. 2011. (Congresso).

7.
Alteração do Código Florestal. 2011. (Seminário).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/01/2019 às 17:21:11