Bárbara da Costa e Silva

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5772805685940277
  • Última atualização do currículo em 26/09/2018


Doutoranda em Letras Clássicas pela Universidade de São Paulo (USP). Mestre em Letras Clássicas pela Universidade de São Paulo (2013-2015) com dissertação intitulada "Tal pai, tal filho: estudo e tradução das declamações O Jovem Herói (Decl. 5) e O Velho Sovina (Decl. 6) de Corício de Gaza". Graduada em Letras (Português/Grego) pela Universidade de São Paulo (2009-2012). Em 2016, atuou como Professora Substituta ao Departamento de Letras Clássicas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), lecionando os cursos de "Grego Genérico I" e "Grego Genérico II". Em 2011, foi monitora bolsista (bolsa PEEG) para Língua Grega I e Língua Grega II. Em 2012, desenvolveu pesquisa de Iniciação Científica (FAPESP) sobre écfrase no período helenístico, focando, sobretudo, no poema "Europa" de Mosco de Siracusa (II.a.C.). Atualmente desenvolve pesquisa de doutorado cujo foco é o estudo da recepção de Menandro em textos escolares dos séculos IV - VI d.C., quais sejam as declamações de Libânio e de Corício. Seus interesses são: retórica greco-latina (discursos e tratados), história da Retórica, a influência da retórica na poesia greco-latina, retórica escolar (declamações e tratados) e recepção da poesia clássica grega em textos retóricos tardios. Trabalha, sobretudo, com textos de retórica tardo-antigos. Membro dos Grupos de Pesquisa "Hellenistica", "IAC - Imagens da Antiguidade Clássica", "Rhetor" (UnB) e colaborado do grupo "L'École de Gaza" (Nantes - França). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Bárbara da Costa e Silva
Nome em citações bibliográficas
SILVA, Barbara da Costa;SILVA, BARBARA DA COSTA;SILVA, B.C.;SILVA, BÁRBARA DA COSTA E


Formação acadêmica/titulação


2018
Doutorado em andamento em Philologie.
Rheinische Friedrich-Wilhelms-Universität Bonn, UNI-BONN, Alemanha.
com período sanduíche em Rheinische Friedrich-Wilhelms-Universität Bonn (Orientador: Thomas Schmitz).
Orientador: José Marcos Mariani de Macedo.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2016
Doutorado em andamento em Letras (Letras Clássicas).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Menandro vai à escola: personagens cômicas nas declamações de Libânio e de Corício,
Orientador: José Marcos Mariani de Macedo.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Retórica; Declamação; Corício de Gaza; Libânio de Antioquia; Menandro.
2013 - 2015
Mestrado em Letras (Letras Clássicas).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Tal pai, tal filho: estudo e tradução das declamações O Jovem Herói (Decl. 5) e O Velho Sovina (Decl. 6) de Corício de Gaza,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: José Marcos Mariani de Macedo.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Declamação; Corício de Gaza; Retórica.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
2009 - 2012
Graduação em Letras - Grego.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A écfrase no período helenístico: o caso do epílio Europa de Mosco de Siracusa.
Orientador: Paula da Cunha Côrrea.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.




Atuação Profissional



Université de Nantes, UNIV-NANTES, França.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro


Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutorando

Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestrando

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor bolsista PEEG para Grego I e II, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2015 - Atual
L'École de Gaza
Descrição: Actuellement une équipe de recherche internationale, sous l?égide d?E. Amato (Université de Nantes et Institut Universitaire de France) et A. Corcella (Università della Basilicata), composée de membres, professeurs initiés et doctorants, partagent leur enthousiasme et leurs compétences spécifiques afin de combler les lacunes qui empêchent encore d?embrasser intégralement ce mouvement culturel. Parrainé par l?Institut Universitaire de France, l?Université de Nantes dont le Laboratoire EA 4276 L?antique le Moderne (L?AMo) et la Région des Pays de la Loire, le collectif s?attache notamment à faire connaître l?École de Gaza par la mise sur pied de colloques et de journées d?études et à faire connaître l?avancement de la question par le biais de publications d?articles et de recueils d?actes relayés et réunis sur un site internet spécialisé..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
A declamação grega: Libânio e Corício
Descrição: O projeto tem por objetivo o estudo, a tradução ao português brasileiro e a divulgação das declamações creditadas a Libânio e a Corício..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Rhetor - Grupo de Estudos sobre Retórica e Oratória Grega
Descrição: O RHETOR, Grupo de Estudos de Retórica e Oratória Grega, iniciou suas atividades em 2009 na Universidade de Brasília e obteve credenciamento junto ao CNPq em 2011, sob a coordenação da Prof. Sandra Rocha. A proposta inicial do RHETOR foi motivada pelo sentido tradicional de grupo de estudos, ou seja, de reuniões periódicas dedicadas à leitura e discussão tanto das técnicas argumentativas em uso nos textos antigos, quanto das reflexões teóricas sobre elas. Tais reuniões acabaram por dar forma a uma equipe de pesquisa que congrega interessados em línguas e literaturas clássicas, de diversas universidades brasileiras, desenvolvendo projetos em três linhas de pesquisa. São elas : 1.Oratória e reflexões críticas sobre a literatura na Antiguidade, que visa a investigar as formas de recepção dos textos dos oradores gregos na Antiguidade, bem como a recepção de outros gêneros na oratória; 2.Retórica e historiografia antiga, que se dedica a observar as influências recíprocas entre as reflexões teóricas sobre retórica e as práticas historiográficas, bem como a verificar em que medida categorias retóricas influenciam processos de ficcionalização na historiografia; 3.Tradução de textos de oratória e retórica grega, cujo foco - o nome já diz - são as traduções, com comentários e ensaios temáticos sobre textos de retórica e oratória grega para publicação em língua portuguesa. Ao final de 2013, o grupo atingiu um nível de aprofundamento em suas pesquisas que demandava o diálogo com especialistas de nível nacional e internacional nessa área, além da divulgação de seus trabalhos para um público mais amplo. O I Seminário RHETOR teve o objetivo de cumprir essa função, propiciando à audiência a aquisição de conhecimento coerente e detalhado sobre aspectos da cultura grega que não são vistos em cursos regulares..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - Atual
A imagem das palavras e a palavra das imagens
Descrição: O Projeto de Pesquisa em questão está inserido na Linha de Pesquisa Discurso Teórico Greco-Latino do PPGLC do DLCV da FFLCH/USP. Seus objetivos são: 1) O mapeamento terminológico-conceitual das práticas artísticas plásticas e pictóricas da Antiguidade Clássica Greco-Romana, observando suas especificidades, diferenças e semelhanças, sob uma perspectiva diacrônica de suas aplicações e usos lingüísticos. 2) O levantamento e a análise de textos gregos e latinos que se referenciam a partir das homologias entre as artes visuais e as artes letradas. 3) A compilação e interpretação de mecanismos cognitivos, aplicados às artes visuais e textuais que se sustentem a partir da visualização perceptiva física ou anímica. 4) A leitura e a tradução de textos e tratados que pautem as práticas fisiognômicas na Antiguidade grega e romana. 5) A descritividade e a narratividade ecfrástica em chave genérica diversa. 6) Reflexão e análise da figuração discursiva histórica e poética.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (4) .
Integrantes: Bárbara da Costa e Silva - Integrante / Paulo Martins - Coordenador.


Projetos de extensão


2013 - Atual
Projeto Minimus: Grego e Latim no Ensino Fundamental
Descrição: O projeto visa introduzir, durante o período experimental de um ano, o estudo do latim e do grego, respectivamente no 6º e 4º ano do Ensino Fundamental, na grade curricular da EMEF Desembargador Amorim Lima. Pesquisas realizadas desde 1920 nos EEUU comprovam a eficácia do estudo do latim e do grego como forma de aperfeiçoar a proficiência dos alunos na língua materna, de facilitar a aprendizagem de outras línguas estrangeiras e de desenvolver o raciocínio lógico e o pensamento crítico (DeVane, A. K, 1997). Além disso, notou-se uma melhoria na auto-estima e motivação desses alunos, provavelmente devido ao melhor desempenho nas matérias básicas (no caso, em inglês e matemática) e por causa da adquisição de noções de cultura clássica, às quais não tinham acesso. Dois métodos de ensino, largamente empregados na Inglaterra e EEUU ("Athenaze", Oxford University Press, 2011; "Minimus", Cambridge University Press, 1999) e criados especificamente para alunos dessas faixas etárias, serão traduzidos e adaptados pelos discentes que ministrarão as aulas de língua. Portanto, o Projeto Minimus visa ministrar aulas de língua grega e latina, duas vezes por semana durante o período de um ano letivo, de modo a verificar em que medida, na EMEF Desembargador Amorim Lima, após um ano de estudo, verifica-se (ou não) um melhor desempenho acadêmico dos alunos quanto à leitura, à compreensão da gramática e à resolução de problemas, e se esses métodos são eficazes em nosso contexto. Além das aulas de língua, o Projeto inclui aulas "especiais" no final de cada mês, ministradas por 16 professores doutores da FFLCH, sobre mitos para o 4o ano e, para o 6o ano, aulas sobre o teatro, a filosofia, a historiografia, a épica e a lírica da antiguidade clássica..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (7) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Bárbara da Costa e Silva - Integrante / Paula da Cunha Côrrea - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Línguas Clássicas.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2016
Aprovada em 1º Lugar no Processo Seletivo Público para Contratação de Professor Substituto para Língua e Literatura Grega, UFRJ.
2015
Mestre em Letras Clássicas, USP.
2012
Bacharela em Letras - Português/Grego, USP.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SILVA, BÁRBARA DA COSTA E2018SILVA, BÁRBARA DA COSTA E. -A estrela cadente da comédia nova- (ap 2. 362): sobre o sucesso de Menandro no período imperial. CADERNOS DE LETRAS DA UFF, v. 28, p. 187-202, 2018.

2.
1SILVA, BARBARA DA COSTA2017SILVA, BARBARA DA COSTA. Declamação e Comédia Nova: estereótipos cômicos de velho avarento em exercícios retóricos gregos. Nuntius Antiquus, v. 12, p. 7-25, 2017.

3.
2SILVA, Barbara da Costa2016SILVA, Barbara da Costa; RODRIGUES JUNIOR, F . Europa de Mosco: tradução e estudo dos elementos eróticos. Translatio, v. 11, p. 36-61, 2016.

4.
3UGARTEMENDIA, C.2016UGARTEMENDIA, C. ; SILVA, B.C. . Ovidius Declamans: the influence of declamation in Ovid's Heroides IV. Phaos (UNICAMP), v. 15, p. 33-47, 2016.

5.
SILVA, B.C.2016SILVA, B.C.. Declamação, arte mimética: tradução e breve comentário de dialexis 12 (xxi) e de dialexis 21 (xxxiv) de Corício de Gaza. Letras Clássicas (USP), v. 19, p. 99-113, 2016.

6.
4SILVA, BARBARA DA COSTA2013SILVA, BARBARA DA COSTA. Declamação como gênero: definição, origens e prática. Letras Clássicas (USP), v. 17, p. 77-100, 2013.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SILVA, B.C.; RODRIGUES JUNIOR, F (Org.) ; SEBASTIANI, B.B. (Org.) . Estudos de Poesia e Prosa Helenística. 1ª. ed. São Paulo: Humanitas, 2017. 204p .

2.
SILVA, B.C.; RODRIGUES JUNIOR, F (Org.) ; HASEGAWA, A. (Org.) ; SEBASTIANI, B.B. (Org.) ; OLIVA NETO, J.A. (Org.) . Helenismo. 1ª. ed. São Paulo: Humanitas, 2017. 208p .

Capítulos de livros publicados
1.
SILVA, B.C.. Medicus dorique loquens: paródia dialetal e representação do falso médico em Aspis (vv. 439-464) de Menandro. In: Silva, B.C.; Rodrigues Junior, F.; Sebastiani, B.B.. (Org.). Estudos de Poesia e Prosa Helenística. 1ªed.São Paulo: Humanitas, 2017, v. 1, p. 179-203.

2.
SILVA, B.C.. A Narrativa da Écfrase em Teócrito (Id. I) e em Mosco (Europa). In: Silva, B.C.; Rodrigues Junior, F.; Sebastiani, B.B.; Hasegawa, A.; Oliva Neto, J.A.. (Org.). Helenismo. 1ªed.São Paulo: Humanitas, 2017, v. 1, p. 68-91.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, Barbara da Costa. Ovidius declamans: the influence of declamation in Ovid's Heroides. In: Augustan Poetry: trends and revaluations, 2015, São Paulo. Augustan Poetry: trends and revaluations, 2015.

2.
SILVA, BARBARA DA COSTA. As origens gregas de uma prática latina: a declamação antes do século Ia.C. In: III Congresso Brasileiro de Retórica, 2014, São Paulo. III Congresso Brasileiro de Retórica - Caderno de Resumos, 2014.

Apresentações de Trabalho
1.
SILVA, B.C.. Parasita, orador: personagens cômicas na retórica da Segunda Sofística, o caso de Libânio. Decl. 28. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
SILVA, B.C.. Entre comédia e retórica escolar: o velho avarento nas declamações de Libânio e de Corício. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
SILVA, Barbara da Costa. Corício, declamador, e a Escola de Gaza. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
SILVA, Barbara da Costa. Ovidius declamans: the influence of declamation in Ovid's Heroides. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
SILVA, Barbara da Costa. A teoria do kephalaion e a argumentação em duas declamações gregas tardias. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
SILVA, Barbara da Costa. Análise da argumentação de duas declamações gregas: os pontos capitais e arquitetura do discurso. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
SILVA, Barbara da Costa. Mimesis and Fiction in Choricius' Declamations: what can we learn from tyrannicides and murderes?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
SILVA, Barbara da Costa. Crítica Social e Identidade Cultural nas Declamações Gregas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
SILVA, BARBARA DA COSTA. As origens gregas de uma prática latina: a declamação antes do século Ia.C.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
SILVA, Barbara da Costa. Homero aos olhos de Nono de Panópolis: considerações sobre a figura mítica de Homero no século V d.C.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
SILVA, Barbara da Costa. Écfrase e Retórica no período helenístico: fórmulas tradicionais de construção da écfrase épica em Europa de Mosco. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
SILVA, Barbara da Costa. A Narratologia da écfrase no Idílio I de Teócrito e na Europa de Mosco. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
SILVA, Barbara da Costa. Quando a descrição passa a ser chamada de écfrase? A definição do termo técnico, uma contribuição dos retóricos dos séculos I-IV d.C.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
SILVA, Barbara da Costa. A écfrase no período helenístico: a 'Europa' de Mosco. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
SILVA, Barbara da Costa. Sententiae na Épica Latina. São Paulo: Humanitas, 2013. (Tradução/Artigo).


Demais tipos de produção técnica
1.
SILVA, Barbara da Costa; CORREA, P. C. ; ANDERSON, S. M. M. ; BRUNHARA, R. M. ; BENTIVOGLIO, T. ; TREUK, M. ; LOPES, C. E. . Athenaze. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material Didática).

2.
SILVA, Barbara da Costa. A écfrase no Período Helenístico: o caso do epílio Europa de Mosco de Siracusa. 2012. (Relatório de pesquisa).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III Seminário Rhetor.Parasita, orador: personagens cômicas na retórica da Segunda Sofística, o caso de Libânio, Decl. 28. 2017. (Seminário).

2.
XIII Semana de Estudos Clássicos e Educação da FEUSP. Entre comédia e retórica escolar: o velho avarento nas declamações de Libânio e de Corício. 2016. (Congresso).

3.
Augustan Poetry: new trends and revaluations. Ovidius declamans: the influence of declamation in Ovid's Heroides. 2015. (Congresso).

4.
IV Semana Helenística. 2015. (Simpósio).

5.
VII Simpósio de Pós-Graduação em Letras Clássicas.A teoria do kephalaion e a argumentação em duas declamações gregas tardias. 2015. (Seminário).

6.
XII Semana de Estudos Clássicos e Educação da FEUSP. Corício, declamador, e Escola de Gaza. 2015. (Congresso).

7.
Classical Association Conference. Mimesis and Fiction in Choricius' Declamations: what can we learn from tyrannicides and murderes?. 2014. (Congresso).

8.
I Encontro Ibero-Americano de Retórica. Critíca social e identidade cultural nas declamações gregas. 2014. (Congresso).

9.
III Congresso Brasileiro de Retórica. As origens gregas de uma prática latina: a declamação antes do século Ia.C.. 2014. (Congresso).

10.
IV Colóquio Internacional Visões da Antiguidade Clássica. A narratologia da écfrase no Idílio I de Teócrito e na Europa de Mosco. 2013. (Congresso).

11.
IV Jornada de Estudos Clássicos da UFES. Écfrase e Retórica no período helenístico: fórmulas tradicionais de construção da écfrase épica em Europa de Mosco. 2013. (Congresso).

12.
IXI Semana de Estudos Clássicos de Educação da FEUSP. Homero aos olhos de Nono de Panópolis: considerações sobre a figura mítica de Homero no século V d.C.. 2013. (Congresso).

13.
20º Simpósio Internacional de Iniciação Científica.A écfrase no período helenístico: o caso do epílio Europa de Mosco de Siracusa. 2012. (Simpósio).

14.
Colóquio Internacional Revisitar o Mito. 2012. (Outra).

15.
I° Simpósio de Iniciação Científica em Letras Clássicas da Universidade de São Paulo.A écfrase no período helenístico: o caso do epílio Europa de Mosco de Siracusa. 2012. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SILVA, B.C.; RODRIGUES JUNIOR, F ; SEBASTIANI, B.B. ; BENINI, F. ; SCATOLIN, A. ; OLLIVEIRA, J. . Jornada de Historiografia Helenística: novas abordagens teórico-metodológicas. 2016. (Congresso).

2.
SILVA, Barbara da Costa; RODRIGUES JUNIOR, F ; SEBASTIANI, B.B. ; OLIVA NETO, J.A. ; HASEGAWA, A. ; BENINI, F. ; OLIVEIRA, J. . IV Semana Helenística. 2015. (Congresso).

3.
RODRIGUES JUNIOR, F ; SEBASTIANI, B.B. ; OLIVA NETO, J.A. ; HASEGAWA, A. ; SILVA, Barbara da Costa . Terceira Semana de Estudos sobre o Período Helenístico. 2013. (Outro).

4.
MARTINS, P. ; AMATO, R.S. ; DIBBERN, C.H. ; Rodolpho, M ; FIEBIG, H ; BORGHI, G ; PEREIRA, M ; GORAB, F ; SERIGNOLLI, L. V. G. ; SILVA, Barbara da Costa . IV Colóquio Internacional "Visões da Antiguidade" - Enargeia and Euidentia under the Spotlights. 2013. 2013. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
SILVA, B.C.. Parasita, orador: personagens cômicas na retórica da Segunda Sofística, o caso de Libânio. Decl. 28. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).



Outras informações relevantes


Aprovada em primeiro lugar no processo de seleção público para contratação de professor substituto de grego junto a Universidade Federal do Rio de Janeiro (URFJ) em janeiro de 2016.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 4:25:12