Joao Marcos do Nascimento Cardoso

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8663840069738952
  • Última atualização do currículo em 10/09/2018


Graduado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp). Tem experiência em Educação Ambiental, elaboração de Mapas, Maquetes e recursos didáticos. Atuou com Gerenciamento de banco de dados Geográficos, Geoprocessamento e PDI aplicado ao Planejamento Urbano e Regional, atuando nos seguintes temas: cartografia tematica, exclusao social, mapeamento urbano, softwares livres. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Joao Marcos do Nascimento Cardoso
Nome em citações bibliográficas
CARDOSO, J. M. N.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus Presidente Prudente.
Universidade Estadual Paulista - Campus Presidente Prudente
Vila Santa Helena
19060900 - Presidente Prudente, SP - Brasil
Telefone: (18) 32295857
URL da Homepage: www.fct.unesp.br


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2016
Graduação em Geografia.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2015 - 2015
Extensão universitária em Introdução ao Processamento de Imagens - ENVI. (Carga horária: 40h).
GeoEduc, GEOEDUC, Brasil.
2014 - 2014
Tecnicas de Recuperação de Áreas Degradadas. (Carga horária: 3h).
Faculdade de Ciências e Tecnologia de Presidente Prudente, FCT UNESP, Brasil.
2014 - 2014
Introdução ao ArcGis aplicado a estudos ambientais. (Carga horária: 20h).
Faculdade de Ciências e Tecnologia de Presidente Prudente, FCT UNESP, Brasil.
2014 - 2014
Estudos Socioeconômicos utilizando dados do Censo. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2013 - 2014
Extensão universitária em Diretrizes Cadastro Territorial Multifinalitário. (Carga horária: 32h).
Institute Lincoln of landy Police, INSTITUTE LINCOL, Estados Unidos.
2013 - 2014
Extensão universitária em Introdução à coleta de dados SNIS - Água e Esgoto. (Carga horária: 20h).
Ministério das Cidades, MC, Brasil.
2013 - 2014
Técnicas de Sensoriamento Remoto no Ensino. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2013 - 2014
Planejamento, Manejo e Gestão de Bacias Hidrográfi. (Carga horária: 40h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2013 - 2014
Monitoramento da Qualidade da Água em Rios e Reser. (Carga horária: 40h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2013 - 2014
Publicação de Dados em Formato Aberto. (Carga horária: 40h).
Escola de Politicas Publicas, EPP, Brasil.
2013 - 2014
Cadastro Territorial Multifinalitário. (Carga horária: 20h).
Ministério das Cidades, MC, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em Processos de Colonização da Região Norte de Mato. (Carga horária: 30h).
Universidade do Estado de Mato Grosso, UNEMAT, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em Amazônia : Relações na produção da riqueza. (Carga horária: 30h).
Universidade do Estado de Mato Grosso, UNEMAT, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em Didática Aplcada. (Carga horária: 12h).
Universidade Gama Filho, UGF, Brasil.
2013 - 2013
Iniciação Politica. (Carga horária: 20h).
Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, ASSEMBLÉIA SP, Brasil.
2013 - 2013
Introdução á Filosofia. (Carga horária: 60h).
UNIVERSITY OF EDINBURGH, UEA, Estados Unidos.
2013 - 2013
Novas Plataformas. (Carga horária: 12h).
Universidade Gama Filho, UGF, Brasil.
2013 - 2013
Desenvolvimento Economico, meio ambiente e a Const. (Carga horária: 20h).
Instituto Brasileiro de Sustentabilidade, IBS, Brasil.
2013 - 2013
Água em Jogo. (Carga horária: 12h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2013 - 2013
Direito de Propriedade. (Carga horária: 6h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - MS, SENAR/MS, Brasil.
2013 - 2013
Ética e Administração Publica. (Carga horária: 40h).
Instituto do Legislativo Brasileiro, ILB, Brasil.
2013 - 2013
Abastecimento e Renda. (Carga horária: 6h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - MS, SENAR/MS, Brasil.


Atuação Profissional



Fundação Ulysses Guimarães, FUG, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Docente Mediador, Carga horária: 6
Outras informações
Para o EAD/FUG, a palavra formação significa saber questionar a si e a sua realidade. E nosso objetivo é fornecer as ferramentas que viabilizam este questionamento. Proporcionar aperfeiçoamento e atualização àqueles que desejam obtê-lo, incentivar o exercício da cidadania como canal de troca de experiências e instigar a criação de uma massa crítica na sociedade brasileira é a missão do Programa de Formação Política do EAD/FUG. O Programa prevê encontros presenciais periódicos nas telessalas locais. A aprendizagem acontece tanto à distância, através do autoestudo, quanto em momentos presenciais, nas telessalas. A idéia pressupõe um perfil de professor e um método de ensino aprendizagem ?diferentes?, bem como um aluno com uma postura diferenciada e mais autônoma frente à aprendizagem. O trabalho realizado ao longo de dois anos, que atingiu cerca de 100.000 alunos, demonstra que a escolha pelo método de ensino a distância foi acertada. A formação rompeu as barreiras geográficas e atingiu desde pequenas comunidades no interior do Acre, passando por aldeias indígenas em Roraima, até as grandes capitais.


Faculdade de Ciências e Tecnologia de Presidente Prudente, FCT UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Cientifíca, Carga horária: 12, Regime: Dedicação exclusiva.


EMEIF Alzira Correa Miras, EMEIF ALZIRA, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Voluntario, Enquadramento Funcional: Voluntario, Carga horária: 12
Outras informações
Atividades Relacionadas a Gestão e Auxilio Escolar e a Elaboração da programação das atividades da secretaria, mantendo-a articulada com as demais programações da escola; ? Atribuição tarefas ao pessoal auxiliar da secretaria, orientando e controlando as atividades de registro e escrituração, assegurando o cumprimento de normas e prazos relativos ao processamento de dados; ? Verificação a regularidade da documentação referente à matrícula e transferência de alunos, encaminhando os casos especiais à deliberação do Diretor; ? Providencia dos levantamento e encaminhamento aos órgãos competentes de dados e informações educacionais;


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Aluno Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 12
Outras informações
Bolsa de Apoio Acadêmico e Extensão I Relatório Parcial - Agosto/2011 Relatório Final - Fev/2012 Titulo : Para Aprender Matemática Área : Ciências Exatas/Educação


E.E Maria José Barbosa Castro Toledo, E.E MARIA JOSÉ, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20
Outras informações
Professor Eventual durante os meses de Fevereiro á Novembro-2011 Inscrito na Diretoria de Ensino de Presidente Prudente-SP Ministrou aulas de Geografia na Escola Estadual Maria Jose Barbosa Castro Toledo no município de Pirapozinho-SP


Meridian Geoprocessamento, MERIDIAN, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Analista Geoprocessamento, Carga horária: 40



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Mapeamento e análise das desigualdades territoriais em cidades de porte médio do interior do Paraná
Descrição: Diante da crescente valorização da dimensão territorial na análise das políticas públicas, especialmente as políticas sociais, o presente projeto de pesquisa visa compreender os processos de exclusão social, da pobreza e das desigualdades em cidades de porte médio do interior do Estado do Paraná. Sabe-se que essas cidades tem importância destacada na dinâmica das regiões e cumprem papel importantíssimo no processo de desenvolvimento territorial. Apesar disso, elas constituem-se em realidades muito diversas e precisam ser analisadas a partir das suas dinâmicas internas. Para dar conta dessa problemática, este projeto propõe a aplicação de uma metodologia já consolidada a partir de diversas pesquisas feitos pelo Centro de Estudos e Mapeamento da Exclusão Social para Políticas Públicas (CEMESPP), da Universidade Estadual Paulista. Essa metodologia permitirá lançar as bases para pensar as cidades paranaenses em suas dinâmicas espaciais e temporais, quer dizer, como as desigualdades se manifestam territorialmente, e como essas desigualdades territoriais evoluíram no tempo. Mais que isso, permitirá analisar a pertinência dos indicadores sociais para caracterizar as mudanças ocorridas na última década. Para tanto, essa pesquisa discutirá os processos e fenômenos envolvidos na análise da desigualdade territorial, como a pobreza e a exclusão social e terá como base os dados do Censo Demográfico do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) dos anos de 2000 e 2010. Essa proposta é apresentada por pesquisadores do ?Grupo de Estudos e Pesquisas Ambiente, Sociedade e Geotecnologias?, da Universidade Estadual de Maringá, criado no ano de 2014, e espera contribuir para o debate da Geografia Social, das desigualdades territoriais e para as políticas públicas, uma vez que os resultados dessa pesquisa possuem grande potencial de apropriação por gestores das políticas públicas. Além disso, fornece bases para outras pesquisas científicas que tenham a necessidade de identificar espaços específicos para análises e trabalhos de campo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - 2017
Produção do espaço urbano e política habitacional do Programa Minha Casa Minha Vida: O enfoque a partir da mobilidade residencial intra-urbana em Marília e São José do Rio Preto-SP
Descrição: Os circuitos espaciais de mobilidade residencial assumem papel preponderante no processo de estruturação intra-urbana, na qual a questão da habitação, de sua produção, acesso, consumo é fundamental. Estas processualidades envolvem uma ampla gama de agentes, escalas e desafios que incidem sobre a dinâmica urbana, primeiro por agravar e intensificar as desigualdades socioespaciais, e segundo por contrapor à sociedade um direito básico e universal, que se trata da moradia e da cidade. Através desta problemática, o presente relatório parcial traz em seu escopo os desdobramentos do percurso inicial que busca avaliar as transformações socioespaciais promovidas pela política habitacional do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) em particular a mobilidade residencial nas cidades de Marília (SP) e São José do Rio Preto, cidades médias que ocupam posição de influência na hierarquia da rede urbana brasileira. O relatório tem como fio condutor a política habitacional, seus agentes, estratégias e ações vis-à-vis os processos de reprodução ampliada da desigualdade socioespacial, a partir da identificação e análise de padrões espaciais de mobilidade residencial intra-urbana das famílias beneficiárias, discriminando, sobretudo, aquelas relativas à Faixa 1 do Programa (menor estrato de renda contemplado) na perspectiva de sua distribuição territorial e de seu ?movimento forçado? na busca pela casa própria. No que tange aos procedimentos metodológicos, o estudo partiu de instrumentos de análise espacial e técnicas de geoprocessamento nos softwares livres (TerraView, QGIS) tratando os dados e informação de endereço de origem das famílias o que permitirá extrair informações cruciais, seja do ponto de vista dos setores censitários, do setor geográfico ou na escala das cidades..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
Produção do espaço urbano e Política Habitacional do Programa MInha Casa MInha Vida em cidades médias paulistas
Descrição: O presente projeto visa analisa os projetos habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) vis-à-vis aos processos de reprodução ampliada da desigualdade socioespacial, tendo como objetivo articular as interações e sinergias entre Estado e dinâmica imobiliária, e seus rebatimentos frente a desigualdades socioespaciais. O estudo parte da análise s cidades médias que exercem importantes funções no bojo da rede urbana. Os procedimentos metodológicos confluem para o levantamento dos dados censitários e mapeamento de suas varivaveis, bem como a compilação de banco de dados sobre o PMCMV, e por último e não menos importante, a análise espacial, para analisar a intensidade e padrão espacial do fenômeno..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
ATLAS AMBIENTAL ESCOLAR DE PRESIDENTE PRUDENTE - São Paulo, Brasil
Descrição: A pesquisa Atlas Ambiental Escolar de Presidente Prudente-SP além de produzir conhecimento científico sobre as condições ambientais do município, será um material pedagógico, em formato digital e analógico, que poderá contribuir com o planejamento, gestão e educação ambiental em Presidente Prudente. Numa perspectiva ambiental que integra os conhecimentos físicos, históricos, sociais e culturais do ambiente, tem ainda o potencial de buscar compreender as questões ambientais na sua complexidade, considerando a interação da sociedade e da natureza nos processos que condicionam a qualidade do ambiente. Integrando pesquisa científica a produção de conhecimentos que possam resultar em processos de Educação Ambiental, a pesquisa está a serviço das demandas sociais e ambientais, colocando os conhecimentos produzidos a disposição dos educadores para atividades pedagógicas sobre o ambiente local, além de poder subsidiar ações no âmbito da gestão e do planejamento municipal. Considerando a carência de materiais científicos e culturais produzidos sobre a realidade local, certamente o resultado da pesquisa será uma fonte importante para diferentes segmentos sociais que queiram compreender os processos ambientais no município de Presidente Prudente, mas também para demais pesquisadores que queiram desenvolver novos materiais pedagógicos voltados para a educação ambiental, reproduzindo ou aprimorando, em outros locais, as técnicas e documentos produzidos a partir do Atlas Ambiental Escolar de Presidente Prudente-SP. A contribuição dos atlas escolares municipais está em disponibilizar às escolas um importante material de apoio didático-pedagógico, que permite o estudo do lugar de vivência, dando significado aos conteúdos ensinados e possibilitando a compreensão de processos históricos, ambientais e de apropriação do território de forma não convencional e enriquecedora, pois ao integrar textos, imagens e mapas oportunizam a construção de diferentes raciocínios sobre a temática estudada, que ainda tem com importância o fato de construir a identidade dos sujeitos com os lugares de convívios. O atlas ambiental escolar ainda pode ser um importante mecanismo de sensibilização e chamada à corresponsabilidade para com o ambiente. Além dos objetivos educativos, também o Atlas poderá ser apropriado pelo poder público ou iniciativa privada como fonte de análise para a gestão e planejamento territorial, uma vez que permitirá o conhecimento integrado da realidade ambiental do município...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Joao Marcos do Nascimento Cardoso - Coordenador / Encarnita Salas Martin - Integrante / Jose Mariano Caccia Gouveia - Integrante / JOÃO OSVALDO RODRIGUES NUNES - Integrante / MARAGRETE CRISTINA DA COSTA TRINDADE AMORIM - Integrante / José Tadeu Garcia Tommaselli - Integrante / Arthur Magon Whitacker - Integrante / Paulo César Rocha - Integrante / Rosangela Aparecida de Medeiros Hespanhol - Integrante.
2014 - 2015
Desigualdades socioespaciais intraurbanas: O enfoque a partir dos processos sociais excludentes em Marília e São José do Rio Preto - SP
Descrição: A investigação direcionou-se à proposta de identificar, analisar e problematizar os recentes desdobramentos das desigualdades socioespaciais e dos processos de exclusão/inclusão social, com vistas a elaborar estratégias de ações, via políticas públicas, que considerem o território como elemento ativo dos processos sociais, tendo como estudo de caso, as cidades médias de Marília e São José do Rio Preto (SP) Como ponto de partida, procurou-se entender as diferentes expressões da exclusão social nas cidades analisadas, que tem se tornado uma tarefa árdua, dado os complexos e multifacetados processos que ocorrem no espaço urbano capitalista, que acirram cada vez mais a disputa territorial, redesenhando relações sociais da mais variada gama de situações, seja a pobreza, exclusão, vulnerabilidade, precariedade, resiliência, e riscos etc., que se caracterizam em noções que passaram a fazer parte do arcabouço teórico das ciências sociais visando dar conta de processos ancorados no crescimento e acirramento das desigualdades em diferentes escalas nas últimas décadas. Neste sentido, a proposta parte do conjunto de procedimentos colocados ao entendimento da sociedade, em múltiplas dimensões, porém, para que tais elementos se concretizem é necessário que se reconheçam os alcances e limitações da tecnologia na representação da realidade socioterritorial. Os produtos gerados visam buscar formas de representação das desigualdades socioespaciais nas citadas cidades, que sejam mais adequadas a este processo social, permitiram avaliar com acuidade o desafio de se incorporar o território como elemento central para a elaboração de políticas públicas adequadas e direcionadas às características do setor geográfico de cada cidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Joao Marcos do Nascimento Cardoso - Coordenador / Everaldo Santos Melazzo - Integrante.
2013 - 2014
Mapeando e interpretando desigualdades territoriais urbanas: Conhecimentos e tecnologias para políticas públicas.
Descrição: Trata-se de pesquisa que visa, de maneira articulada, dar continuidade à reflexão de cunho teórico, de método e de procedimentos relacionados ao debate crítico sobre situações de desigualdade socioespacial e processos de exclusão social em realidades urbanas não metropolitanas no Estado de São Paulo, bem como à elaboração e difusão de suas representações, através de mapas temáticos que permitam ampliar a efetividade de políticas públicas na escala intra-urbana. Tal continuidade se dará, fundamentalmente, através da atualização do conjunto de análises e mapas já produzidos pelo Grupo com base nos dados censitários do ano de 2000, utilizando-se agora daqueles divulgados pelo IBGE, relativos ao Censo 2010. Deste ponto de vista, trata-se de investigar a evolução de indicadores selecionados, as mudanças em cada uma das vinte e duas cidades a serem analisadas e, inquirir sobre condições atuais das situações de desigualdade socioespacial e os processos de exclusão social vigentes nesses espaços urbanos. Ao se observar a crescente incorporação da dimensão territorial em diferentes políticas públicas no período mais recente, exigindo um olhar atento e análises aprofundadas sobre o real e potencial uso deste conceito geográfico na organização da ação sobre realidades tão complexas, o material a ser produzido pela análise comparativa deverá permitir o avanço do CEMESPP em duas frentes concomitantes: na primeira, a partir de revisão da produção nacional e internacional da área pretende-se avançar e refinar o uso de indicadores sociais mais sensíveis e eficientes dadas as transformações sociais da última década, ainda pouco analisadas na denominada escala intra-urbana, através da elaboração de mapeamentos e representações cartográficas variadas; na segunda frente de trabalho, o Grupo coloca-se o desafio de sistematizar rotinas de construção de indicadores sociais acessíveis e a disponibilização de resultados, em um primeiro momento, a partir de uma plataforma de livre consulta..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Joao Marcos do Nascimento Cardoso - Integrante / Everaldo Santos Melazzo - Coordenador / Sergio Braz Magaldi - Integrante / Encarnita Salas Martin - Integrante / Paula Fonseca do Nascimento - Integrante / Pedro Henrique Agudo Rolo Ferraz - Integrante / Vitor Augusto Luizari Camacho - Integrante / Oséias da Silva Martinucci - Integrante / Renilton José Pizzol - Integrante.


Projetos de extensão


2013 - 2013
Conhecer a Cidade: As teorias de Freinet e cidadania na educação fundamental.
Descrição:  O Projeto atua em Escola pública, no nível fundamental, e sua proposta pedagógica está alicerçada nos estudos de Celestin Freinet. O principal norteador desta nova pedagogia era definido por uma pedagogia essencialmente prática e cooperativa . Havia em Freinet como uma necessidade biológica e moral para conviver com uma classe social(dos docentes, principalmente), refletir com eles sobre os elementos do meio de que ele mesmo fazia parte, para propor uma escola democrática, capaz de formar seres livres para decidir o seu destino coletivo e pessoal.. .
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Planejamento Urbano e Regional.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geociências.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geoprocessamento.
6.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Sensoriamento Remoto.


Idiomas


Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2017
Aprovado para Segunda Fase Congresso de Iniciação Cientifica da Universidade Estadual Paulista, Pro Reitoria de Pesquisa e Extensao.


Produções



Produção bibliográfica
Capítulos de livros publicados
1.
MELAZZO, E. S. ; MAGALDI, S. B. ; CARDOSO, J. M. N. . Dados e Indicadores Demográficos e Sociais. In: João Osvaldo Rodrigues Nunes;Izabel Cristina Moroz Caccia Gouveia;Mariano Caccia Gouveia;Jurandyr Luciano Sanches Ross. (Org.). Atlas Ambiental Escolar de Presidente Prudente - SP. 1ed.Presidente Prudente: UNESP, 2017, v. 1, p. 1-.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CARDOSO, J. M. N.. Produção do espaço urbano e Política Habitacional do Programa MInha Casa MInha Vida em Marília e São José do Rio Preto (SP). In: XXVIII COngresso de Iniciação Cientifíca, 2016, Presidente Prudente. Anais do XVIII COngresso de INiciação Cientifica, 2016.

2.
CARDOSO, J. M. N.. ANÁLISE DA EXPANSÃO URBANA DO MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO PRETO - SP NOS ANOS DE 1980 - 2015 UTILIZANDO TÉCNICAS DE SENSORIAMENTO REMOTO.. In: Congresso de Iniciação científica da Faculdade Adamantinense Integrada, 2016, Adamantina. Anais Ciências Humanas, 2016.

3.
CARDOSO, J. M. N.; MELAZZO, E. S. . Intra urban socio-spatial inequalities: The focus from exclusionary social processes in Marilia (SP) and São José do Rio Preto (SP). In: XXVII Congresso de Iniciação Científica da Unesp, 2015, PRESIDENTE PRUDENTE. Anais do XXVII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Estadual Paulista, 2015.

4.
DZIURA FILHO, C. ; CAMACHO, V. A. L. ; CARDOSO, J. M. N. . Uso de softwares de informação geográfica open source no mapeamento das desigualdades socioespaciais nas cidades de Marília e São Carlos (SP). In: IX Congresso de Iniciação Cientifica, 2015, Adamantina. OMNIA Humanas, 2015.

5.
CARDOSO, J. M. N.; SANTOS, C. R. . Análise Espacial da Ocorrência de Focos de Incêndio em Presidente Prudente - SP entre os anos de 2008 à 2014. In: III Simpósio de Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional, 2015, Presidente Prudente. III Simpósio de Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional, 2015.

6.
CARDOSO, J. M. N.; MELAZZO, E. S. . Mapear para Intervir: Contribuições das Geotecnologias para o planejamento e políticas públicas. In: Congresso de Iniciação Científica, 2014, Presidente Prudente. XXVI CIC - Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2014.

Apresentações de Trabalho
1.
CARDOSO, J. M. N.; MELAZZO, E. S. . Padrões espaciais de Mobildiade Residencial: O enfoque a partir dos beneficiarios do Minha Casa Minha Vida em cidades médias. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
CARDOSO, J. M. N.; MELAZZO, E. S. . Produção do espaço urbano e Política Habitacional do Programa MInha Casa MInha Vida em Marília e São José do Rio Preto (SP). 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
CARDOSO, J. M. N.; MELAZZO, E. S. . Intra urban socio-spatial inequalities: The focus from exclusionary social processes in Marilia (SP) and São José do Rio Preto (SP). 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
CARDOSO, J. M. N.; SANTOS, C. R. . Análise Espacial da Ocorrência de Focos de Incêndio em Presidente Prudente - SP entre os anos de 2008 à 2014. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
CARDOSO, J. M. N.; MELAZZO, E. S. . Mapear para Intervir: Contribuições das Geotecnologias para o planejamento e políticas públicas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Demais tipos de produção técnica
1.
CARDOSO, J. M. N.; COLOMBO, L. F. ; DZIURA FILHO, C. . Introdução a Geocartografia e Prática com softwares livres. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
CARDOSO, J. M. N.. Curso Análise Espacial utilizando software livre QGIS. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
CARDOSO, J. M. N.; OLIVEIRA, P. M. . Presidente Prudente: Importação e Países de Origem 2013 em (US$). 2014. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

4.
CARDOSO, J. M. N.; SILVA, B. L. B. . Mapa de Localização da cidade de Ribeirão Preto dentro do Estado de São Paulo. 2014. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

5.
CARDOSO, J. M. N.; OLIVEIRA, P. M. . São Carlos: Importação e Países de Origem 2013 em (US$). 2014. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

6.
CARDOSO, J. M. N.; SILVA, B. L. B. . Mapa com Chefes de Família com Rendimento acima de 20 salários mínimos. São Carlos. 2000 e 2010. 2014. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

7.
CARDOSO, J. M. N.; OLIVEIRA, P. M. . Marilia: Exportação e Países de Destino 2013 em (US$). 2014. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

8.
CARDOSO, J. M. N.; OLIVEIRA, P. M. . Presidente Prudente: Exportação e Países de Destino 2013 em (US$). 2014. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

9.
CARDOSO, J. M. N.; OLIVEIRA, P. M. . São Carlos: Exportação e Países de Destino 2013 em (US$). 2014. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

10.
CARDOSO, J. M. N.; SILVA, B. L. B. . Mapa com Chefes de Família com Rendimento até 2 salários mínimos. São Carlos. 2000 e 2010. 2014. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

11.
CARDOSO, J. M. N.; SILVA, B. L. B. . Mapa de Localização da cidade de São Carlos dentro do Estado de São Paulo. 2014. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

12.
CARDOSO, J. M. N.; OLIVEIRA, P. M. . Marilia: Importação e Países de Origem 2013 em (US$). 2014. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

13.
CARDOSO, J. M. N.; MELAZZO, E. S. . Relatório Final de Iniciação Científica. 2014. (Relatório de pesquisa).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XVIII Congresso de INiciação Cientifica da UNESP. 2016. (Congresso).

2.
XXII Semana de Geografia e II Encontro INternacional de Integração. 2016. (Simpósio).

3.
II Encontro Internacional de Integração Graduação e Pós Graduação em Geografia. 2015. (Encontro).

4.
Novidades do GvSig. 2015. (Encontro).

5.
Webinar Análise Geográfica com MapInfo. 2015. (Outra).

6.
XXVII Congresso de Iniciação Científica da Unesp. 2015. (Congresso).

7.
Acesso e Uso de Imagens RapidEye do MMA pelos Órgãos Públicos do Brasil via Geo Catálogo. 2014. (Seminário).

8.
Administração Municipal de Precisão. 2014. (Simpósio).

9.
Cadastro Ambiental Rural. 2014. (Outra).

10.
Dia Nacional de Conservação dos Solos. 2014. (Seminário).

11.
Formação e Mercado de Trabalho do Geógrafo em POR e BRA. 2014. (Seminário).

12.
Geotecnologias na Gestão Pública. 2014. (Congresso).

13.
Gerenciamento de Dados Geocientificos. 2014. (Seminário).

14.
I Foro Mundo UniGis Rio 2014. 2014. (Congresso).

15.
Manejo dos Solos em Usinas Hidrelétricas. 2014. (Outra).

16.
Serviços Ecossistemico em Avaliação de Impacto Ambiental. 2014. (Seminário).

17.
Webinar: Conceitos e aplicação da Geoestatistica. 2014. (Outra).

18.
Webinar: FOSS4GIS aplicado à Gestão de Recursos Hídricos. 2014. (Outra).

19.
Webinar: Sensoriamento remoto aplicado na vegetação. 2014. (Outra).

20.
Webinar Georreferenciamento e CAR Automatizados. 2014. (Outra).

21.
Webinar Mapas, Gráficos e Redes: A Representação Grafica T. 2014. (Outra).

22.
Webinar Modelo Digital de Elevação a partir de Novos Sensores de Alta Resolução. 2014. (Outra).

23.
XV Semana de Geografia e X Encontro de Estudantes de Licenciatura em Geografia. 2014. (Simpósio).

24.
Mini Curso: Ecologia política agrária: introdução crítica a interface contra-hegemonica proposta pelo ecossocialismo e pelos movimentos socioterritoriais de luta pela terra.. 2013. (Encontro).

25.
Mini Curso: O semiárido nordestino brasileiro, conflitos pelo uso da água e a transposição do rio São Francisco.. 2013. (Encontro).

26.
Mini Curso: Politicas Publicas e Espaço Rural. 2013. (Encontro).

27.
Praticas Agroecologicas no Pontaldo Paranapanema. 2013. (Seminário).

28.
SEMINÁRIO INTERNACIONAL ?QUESTÕES DO TRABALHO, AMBIENTAIS E DA SAÚDE DO TRABALHADOR. 2013. (Seminário).

29.
XIV Semana da Geografia e IX Encontro de Estudantes de Licenciatura em Geografia. 2013. (Outra).

30.
XV Encontro de Educadores em Defesa da Agua. 2013. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SPOSITO, E. S. ; SANTANNA NETO, J. L. ; MELAZZO, E. S. ; CARDOSO, J. M. N. . XI Encontro Nacional da Anpege. 2015. (Congresso).

2.
PAULA, R. P. ; GOUVEIA, J. M. C. ; GOUVEIA, I. C. M. C. ; MACHADO, A. J. ; CARDOSO, J. M. N. . I Seminário Nacional de Integração da Graduação e Pós-Graduação em Geografia. XV Semana de Geografia e X Encontro de Estudantes de Licenciatura em Geografia. 2014. (Congresso).



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
CARDOSO, J. M. N.. Curso Análise Espacial utilizando software livre QGIS. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
CARDOSO, J. M. N.; COLOMBO, L. F. ; DZIURA FILHO, C. . Introdução a Geocartografia e Prática com softwares livres. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Outras informações relevantes


Participou como voluntário no Projeto "Mapa de Valores do Solo Urbano na América Latina" em 2016, realizado no âmbito do Lincoln Institute of Land Policy, o projeto é coordenado por Mario Piumetto, Diego Erba e Sergio Quilaleo, e tem como objetivo central construir um mapa de valores de referência do solo urbano na América Latina e Caribe a partir de dados levantados por voluntários como marco de uma participação social maciça, livre e aberta (crowdsourcing). O registro e a sistematização dos dados se realizaram em plataforma SIG na nuvem, e está dirigida a profissionais, academicos e funcionarios públicos vinculados com as políticas de solo.

Pode ser obtido na íntegra através do sítio: http://editor.giscloud.com/map/482036/valores-del-suelo-al e; https://valorsueloamericalatina.org/lincoln-institute-of-land-policy/

Experiência em softwares: Pacote ESRI ArcGis, ArcView, Arc-Info, Global Mapper, MapInfo Professional, IDRISI Taiga
Experiência em softwares open source: TerraView, Spring (INPE), TerraView Política Social (INPE e Centro de Estudos da Metrópole), Qgis Chugiak, Qgis Valmiera, Qgis London, Qgis Lisboa, Qgis Lyon
Processamento Digital Imagens: ENVI, ERDAS

Realizou diversos treinamentos personalizados realizados conforme demanda, sem fins lucrativos, em prol de desenvolvimento de estudos científicos, atribui-se esta categoria como formação complementar.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 10/12/2018 às 20:18:55