Lucas Simões Machado

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9109670686109323
  • Última atualização do currículo em 05/09/2018


Atualmente é aluno de mestrado no programa de pós-graduação em Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - Universidade de São Paulo. Durante o mestrado teve oportunidade de realizar um estágio de 6 meses na University of Copenhagen sob orientação do Prof. Dr. Poul Hyttel e Prof. Dr. Kristine Freude pela BEPE (FAPESP). Formado em Medicina Veterinária na Universidade de São Paulo (USP) pela Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA), em Pirassununga - SP. Durante a graduação foi bolsista do programa Ciência Sem Fronteiras com o qual foi aluno de intercâmbio na University of Guelph, e estagiário no Research Laboratory: Reproductive Health and Biotechnology na Ontario Veterinary College. Foi também estagiário no Centre de Recherche en Reproduction animale (CRRA) na Université de Montréal no laboratório do Prof.Dr. Lawrence Smith pela bolsa BEPE-iniciação científica (FAPESP). Possui 2 bolsas FAPESP de iniciação científica e uma do CNPq . Possui experiência em biologia molecular e cultivo celular e seus interesses são na área de neurologia, reprogramação celular, células-tronco e células pluripotentes induzidas (iPS) (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Lucas Simões Machado
Nome em citações bibliográficas
MACHADO, L. S.


Formação acadêmica/titulação


2016
Mestrado em andamento em Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
com período sanduíche em University of Copenhagen (Orientador: Prof. Dr. Poul Hyttel, Prof. Dr. Kristine Freude).
Título: Indução da pluripotência celular e diferencição in vitro no modelo suíno como modelo translacional,Orientador: Fabiana Fernandes Bressan.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
2010 - 2016
Graduação em Medicina Veterinária.
Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos - USP Campus Pirassununga, FZEA - USP, Brasil.
com período sanduíche em University of Guelph (Orientador: Prof. Dr. Jonathan Lamarre).
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2006 - 2008
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Objetivo - Unidade Paulista, OBJETIVO%20SP, Brasil.
2004 - 2005
Ensino Fundamental (1º grau).
Eric Hamber Secondary School - Vancouver, B.C, ERIC HAMBER, Canadá.




Formação Complementar


2016 - 2016
Francisation. (Carga horária: 4h).
Collège d'enseignement général et professionnel, CÉGEP, Canadá.
2015 - 2016
Bolsa de Estágio de Pesquisa no Exterior (BEPE) na Universidade de Montreal.
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
2015 - 2016
Iniciação Científica FAPESP - Reprogramação, indução celular e imprintings.
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
2014 - 2015
Iniciação Científica FHRB- Reprogramação e indução celular.
Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto, FUNDHERP, Brasil.
2014 - 2014
III Curso de Especialidades em Pequenos Animais-NEUROLOGIA do começo ao fim. (Carga horária: 16h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2014 - 2014
Bolsa PEEG - Monitoria na disciplina Patologia Geral e grupo de estudos.
Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos, FZEA, Brasil.
2014 - 2014
Acompanhamento prático. (Carga horária: 168h).
Centro de Fisioterapia e Reabilitação FisioAnimal, FISIOANIMAL, Brasil.
2013 - 2013
minicurso de Veterinária Forense. (Carga horária: 8h).
Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos, FZEA, Brasil.
2013 - 2013
Semana Acadêmica-Módulo de clínica e cirurgia de pequenos animais. (Carga horária: 40h).
Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos, FZEA, Brasil.
2012 - 2013
Estágio no Research Laboratory: Reproductive Health and Biotechnology.
Ontario Veterinary College, OVC, Canadá.
2011 - 2013
Iniciação Científica FAPESP - Isolamento de células-tronco cancerosas.
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
2011 - 2011
Educação Financeira, módulo Máster. (Carga horária: 6h).
B3 Brasil Bolsa Balcão SA, B3, Brasil.
2010 - 2010
Estágio extracurricular no CANIL GRMD-BRASIL. (Carga horária: 8h).
Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - USP, FMVZ-USP, Brasil.
2010 - 2010
Atividade Complementar em células tronco cancerosas. (Carga horária: 168h).
Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos, FZEA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estudante, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Realização de parte do Estágio Curricular durante a graduação no laboratório de Neurofisiologia e células-tronco sob supervisão da Prof. Dr. Beatriz Monteiro Longo


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Pós-graduação, Enquadramento Funcional: aluno de mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2010 - 2016
Vínculo: aluno de graduação, Enquadramento Funcional: estudante, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


University of Copenhagen, UK, Dinamarca.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Exchange masters student, Enquadramento Funcional: Student, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
At the University of Copenhagen for a 6 month period in Professor Hyttel and Professor Freude´s laboratory, funded by BEPE (FAPESP) scholarship


Centre de Recherche en Reproduction Animale - Université de Montréal, CRRA - UDEM, Canadá.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: estagiário, Carga horária: 30
Outras informações
Estágio de 3 meses no laboratório do Prof. Dr. Lawrence Smith pela Bolsa de Estágio de Pesquisa no Exterior (BEPE), FAPESP


University of Guelph, UOGELPH, Canadá.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: estudante, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Exchange student by the Science Without Border Estudande de intercâmbio pelo Ciência Sem Fronteiras


Ontario Veterinary College, OVC, Canadá.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40
Outras informações
Estagiário pelo programa Ciências Sem Fronteiras no Reproductive Health and Biotechnology Research Laboratory sob orientação do Professor Dr. Jonathan LaMarre e Dr. Tara Richards


Centro de Fisioterapia e Reabilitação FisioAnimal, FISIOANIMAL, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: acompanhamento prático, Enquadramento Funcional: Acompanhamento prático, Carga horária: 40
Outras informações
Acompanhamento prático no Centro de Fisioterapia e Reabilitação FisioAnimal, 168 horas


Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - USP, FMVZ-USP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: estagio extra curricular, Enquadramento Funcional: estagiário, Carga horária: 8
Outras informações
Estágio extra curricular no CANIL GRMD - BRASIL - SETOR DE ANATOMIA, do Departamento de Cirurgia na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ- USP)


Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos - USP Campus Pirassununga, FZEA - USP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Atividade Complementar, Enquadramento Funcional: Estagiario, Carga horária: 8
Outras informações
Título: Biologia molecular e celular das células tronco cancerosas Carga horária total: 168 horas



Projetos de pesquisa


2018 - 2018
Generation and functional characterization of neuronal cells derived from iPSCs from patients with neurodegenerative disease
Descrição: Bolsa de estágio e pesquisa no exterior (BEPE-FAPESP/ Processo: 2017/13973-8) Induced pluripotent stem cells (iPSCs) are pluripotent cells derived from differentiated cells that have reacquired pluripotency through expression of specific transcription factors. The process is also referred to as cellular reprogramming. This unique method has enabled us to study diseases for which it was challenging to obtain patient samples. Due to the limitations of accessing brain samples from patients; directed differentiation of iPSC into neural subtypes affected by neurodegenerative diseases are of great value. This technology allowed us to create new in vitro models of neurodegenerative syndromes and diseases and moreover specific neural cell types that can be cultivated over long periods of time. Consequently, these techniques open up for new possibilities of regenerative medicine and drug screening platforms. We have previously successfully reprogrammed fibroblasts from human patients with Alzheimer´s Disease (AD) carrying mutations in the presenilin 1 gene (PSEN1), which is commonly mutated in familial forms of AD. In addition we have repaired the single nucleotide mutations in PSEN1 using the CRISPR/Cas9 system. Therefore, this project proposes to generate AD iPSCs-derived neurons and repaired iPSCs-derived neurons in order to compare their transcriptomic and proteomic profile..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Geração e cultivo celular de células pluripotentes no modelo suíno: a busca pela geração e caracterização diferencial entre células primed x naive
Descrição: É conhecido que CTEs e iPS humanas precisam de bFGF mas não LIF enquanto que CTEs e iPS murinas precisam de LIF mas não bFGF para a manutenção da pluripotência in vitro. O estágio "naive" é representado pela massa celular interna do embrião pré-implantação, exemplificado pelas CTEs murinas, e o estágio "primed" pelo epiblasto pós-implantação e CTEs humanas (Nichols & Smith 2009; Ware et al. 2014). Em iPS de outras espécies, o mecanismo de ação das vias de diferenciação/manutenção de pluripotência como JAK/STAT e MAPK, por exemplo, não é bem conhecido. Em experimentos anteriores, pode ser observado em nosso laboratório que a adição de LIF ou inibidores das vias MEK e GSK3 (PD0325091 e CHIR99021, ou 2i) não influenciou positivamente na produção de colônias reprogramadas em bovinos ou suínos (dados não publicados). Em outro estudo recente em suínos foi reportado que o uso de tais inibidores não se mostraram benéficos para a reprogramação (Petkov et al. 2014). Nesta proposta será utilizado o modelo suíno para a produção de células iPS com e sem suplementação de bFGF, LIF e 2i, em delineamento multifatorial. Além da eficiência de reprogramação serão analisadas possíveis vias de sinalização pós reprogramação nestas condições através do perfil de miRNA em busca de vias metabólicas que caracterizem células naive ou primed nas diferentes condições. A geração e estabelecimento destas células possibilitará os experimentos subsequentes com geração de células germinativas, gametas e análise de sua funcionalidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Indução da pluripotência celular e diferenciação in vitro no modelo suíno como modelo translacional
Descrição: Em 2006, Takahashi e colaboradores demonstraram ser possível a obtenção de células-tronco pluripotentes por indução gênica (induced pluripotent stem cell, iPSC). Desde o surgimento desta técnica muito já foi desenvolvido. Diversos modelos animais foram gerados, ampliando ainda mais as possibilidades na pesquisa. Os métodos iniciais com que células diferenciadas foram induzidas ao estado de pluripotência se baseavam em um sistema integrativo com vetores virais, permanentemente alterando o genoma. Tais métodos podem produzir mutações que interferam com a função das células produzidas e a expressão residual dos transgenes pode influenciar na função, tumorgenicidade e na diferenciação das células. Métodos alternativos à utilização de vírus são almejados pela segurança que fornece na indução à pluripotência por não ser um sistema integrativo. Reconhecendo as vantagens que o modelo suíno traz a pesquisa nas diferentes áreas da biomedicina e agropecuária, e a importância e necessidade de mais estudos na reprogramação de células pluripotentes induzidas, este projeto tem como objetivo a realizar a diferenciação de fibroblastos suínos em iPS pelo uso de vetores epissomais e a subsequente diferenciação induzida in vitro em células progenitoras neurais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Geração in vitro de células germinativas primordiais suínas e avaliação funcional in vivo
Descrição: As células germinativas primordiais (PGCs) são formadas no início do desenvolvimento embrionário no epiblasto, migram, colonizam a crista genital, proliferam e diferenciam em gametas maduros, possibilitando a gametogênese e a geração de um novo indivíduo. Entretanto, os estudos com PGCs são limitados devido à sua localização no embrião e ao fato de que o processo de migração não é bem conhecido em todas as espécies. Foi reportado recentemente que as células embrionárias (ESCs) de camundongos são capazes de diferenciar em PGCs- produzidas in vitro (iPGCs). Outra forma de gerar as PGCs é por meio das células tronco pluripotentes induzidas (iPS), que são células reprogramadas capazes de diferenciar em qualquer tipo celular e apresentam característica de células tronco embrionárias, portanto vem sendo utilizadas em diversos estudos principalmente na biotecnologia. Assim a obtenção de (iPGCs) e de gametas maduros por meio das iPS é de extremo interesse tanto por oferecer uma alternativa nas clínicas de reprodução para pacientes, para a compreensão do complexo mecanismo da gametogênese, além de ser benéfica tanto para aplicações agropecuárias e biomédicas. Entretanto, a produção destas células in vitro vem sendo realizada no modelo animal, com interesse na geração de animais transgênicos e na produção de gametas artificiais maduros. Neste contexto, os suínos são considerados um modelo viável e interessante para pesquisas nesta área, por apresentarem várias características similares aos humanos e por ser um modelo que pode ser incorporado aos interesses clínicos. Portanto, este estudo visa contribuir no entendimento das células germinativas primordiais suína (pPGCs) e no desenvolvimento destas células in vitro, por meio das células tronco pluripotentes induzidas (iPS), e desta maneira, poder em estudos futuros verificar o potencial de viabilidade in vivo destas células, avaliar o potencial do modelo pré-clínico suíno para sua utilização em pesquisas na medicina veterinária..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Geração de células pluripotentes in vitro em modelos de grandes animais visando a medicina regenerativ
Descrição: Considerando a importância e necessidade de mais estudos na reprogramação de células pluripotentes induzidas em animais de grande porte, são propostos neste projeto: 1) A padronização do protocolos reproduzíveis de geração de iPS suínas seguras à terapia celular, 2) A geração in vitro em células progenitoras neurais a partir das iPS, e 3) a geração in vitro de células germinativas primordiais capazes de gerar gametas funcionais a partir de iPS. É esperada com a realização desta proposta a consolidação da pesquisa nacional na temática reprogramação celular em modelos animais, com ênfase na modelagem de doenças e diferenciação celular in vitro a serem utilizadas nas medicinas humana e veterinária. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Ensaio de complementação trofectodérmica para células iPS: uma proposta para avaliação da pluripotência na espécie bovina
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2017
Effect of induced pluripotency reprogramming on genomic imprinting maintenance
Descrição: Reproductive biotechniques such as in vitro embryo production and somatic cell nuclear transfer may greatly contribute for fertility improvements, to enhance animal production or else to contribute to a better understanding of the underlying mechanism involved during initial embryonic development. However, in vitro manipulation of gametes or embryos may lead to possible disruptions on epigenetic regulation, causing high developmental abnormalities and decreased healthy calves born at term. The generation of the induced pluripotency models (induced pluripotent stem cells, or iPS) allowed studying the process of in vitro reprogramming in more a solid and precise manner. OCT4 and SOX2 are fundamental genes for the acquisition and maintenance process of cellular pluripotency. Recently, it has been reported that both factors may have a huge influence on the regulation of some imprinted genes, especially at locus H19/IGF2, known to be important for the normal development of embryo and placenta. It is hypothesized that OCT4 and SOX2 transcription factors may act in order to protect the imprinted locus IGF2/H19 against a possible hypermethylation due to the process of cellular reprogramming. Therefore, this study aims to generate an experimental model where the above transcription factors will be studied together or separately regarding their influence on genomic imprinting regulation. It is expected that the results obtained herein may contribute to enhance the efficiency of reproductive biotechnologies, resulting in the increased success on cellular reprograming, therefore also generating new tools for both regenerative and translational medicine..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
Reprogramação celular à pluripotência e posterior indução à linhagem germinativa e seu efeito na manutenção do imprinting dos genes H19 e IGF2
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2015
Reprogramação celular à pluripotência e posterior indução à linhagem germinativa
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Interleukin 11 expression in the normal canine eye
Descrição: Estagiário por 1 ano no projeto sob supervisão da PhD candidate Tara Richards e Professor Dr. Jonathan Lamarre.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2013
ISOLAMENTO DE CÉLULAS-TRONCO CANCEROSAS EM NEOPLASIAS DE MAMA DE CADELAS
Descrição: Em cães os cânceres são responsáveis por volta de 50% das mortes dos animais que têm mais de 10 anos de idade. Dentre os diversos tipos de cânceres, os tumores de mama são os mais freqüentes em mulheres assim como nas cadelas, onde correspondem a 52% de todos os diferentes tipos de câncer. O acúmulo de alterações genéticas e epigenéticas podem gerar um tumor maligno caracterizado pela invasão tecidual e a formação de metástases. Metástases são possivelmente as maiores complicações do tumor maligno, porém outro grande problema é a recidiva tumoral no paciente. Para ambos os problemas estudos recentes têm apontado como causa a presença de uma população celular tumoral conhecida como células-tronco cancerosas (do inglês Cancer Stem Cells ou CSCs). É postergado que as CSCs possuem características de células-tronco normais como auto-renovação e capacidade de diferenciação. As CSCs ainda possuem habilidade de suportar ataques citotóxicos através de um sistema eficiente de detoxificação (pela expressão de enzimas de fase I e II, como Aldeído-desidrogenase, ALDH) e pela habilidade de rapidamente exportar xenobióticos potencialmente danosos (proteínas transportadoras). Neste projeto objetiva-se caracterizar a presença destas CSCs em tumores de mama de cadelas pela utilização de duas técnicas (Side population e atividade celular de ALDH). Caso os tumores de mama de cadelas apresentem população de células positiva nas técnicas mencionadas, estas serão separadas pelo citômetro de fluxo e validadas em ensaio de formação de colônias em ágar mole..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2012 - 2014
NECRUSP: Grupo de Estudos em Patologia Veterinária
Descrição: Grupo de estudos que reúne alunos de graduação e pós-graduação, com o objetivo de enriquecer os conhecimentos em Patologia Veterinária, por meio de discussões de artigos científicos, realização de necrópsias, leitura de lâminas de cito e histopatologia, e realização de Cursos de Extensão Universitária sobre o tema. O grupo tem reuniões semanais e encontra-se em atividade desde maio de 2012.. Situação: Em andamento; Natureza: Extensão..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (13) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Lucas Simões Machado - Integrante / Ricardo F. Strefezzi - Coordenador / Lidia Hildebrand Pulz - Integrante / Camila Neri Barra - Integrante / Marília Alves Ferreira - Integrante / Thiago Henrique Moroni Vargas - Integrante / Yumi de Barcelos Hayasaka - Integrante / Mariana Mantuanelli Roberto - Integrante / Julia Antongiovanni Joselevitch - Integrante / Pedro Henrique Salles Brito - Integrante / Shirley Jaqueline Szriber - Integrante / Eloise Cristina de Ramos - Integrante / Verônica Nogueira e Silva - Integrante.


Outros Projetos


2014 - 2014
Bolsa PEEG - Monitoria em Patologia Geral e no Grupo de Estudos em Patologia Veterinária (NECRUSP)
Descrição: Bolsa PEEG - Programa de Estímulo de Graduação A monitoria na disciplina de Patologia Geral (ZMV-1322), ministrada no 4o semestre do Curso de Medicina Veterinária tem como objetivo: (1) auxiliar na seleção de lâminas e organização dos roteiros de aula prática; (2) reforçar o atendimento aos alunos em aulas práticas, auxiliando o professor da disciplina no atendimento dos alunos; (3) realizar plantões de dúvidas, de modo a melhorar o desempenho da turma nas avaliações práticas da disciplina; (4) auxiliar na preparação de tópicos e condução das discussões realizadas nos encontros do NECRUSP..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2011
Menção Honrosa Categoria Mestrado em Medicina Veterinária como colaborador de Tatiane M. Giovani, XX Semana Científica Benjamin Eurico Malluceli do Departamento de Patologia da FMVZ-USP., .


Produções



Produção bibliográfica
Resumos publicados em anais de congressos
1.
BRESSAN, F. F. ; LIMA, M. A. ; MACHADO, L. S. ; FANTINATO-NETO, P. ; THERRIEN, J. ; PERECIN, F. ; SMITH, L. C. ; MEIRELLES, F. V. . In Vitro Generation and Characterization of Putative Primordial Germ Cells Derived from Induced Pluripotent Stem Cells in Cattle. In: International Embryo Technology Society (IETS), 2018, Bangkok. Reproduction, Fertility and Development, 2018. v. 30. p. 231-232.

2.
MACHADO, L. S.; BORGES, C. M. ; LIMA, M. A. ; PERECIN, F. ; THERRIEN, J. ; SMITH, L. C. ; FANTINATO-NETO, P. ; MEIRELLES, F. V. ; BRESSAN, F. F. . Influence of OCT4 and SOX2 exogenous expression on imprinting maintenance at H19/IGF2 locus in cattle. In: XXI Reunião anual da Sociedade Brasileira de Tecnologia de Embriões (SBTE), 2017, Cabo de Santo Agostinho, PE. Animal Reproduction, 2017. v. 14.

3.
PIERI, N. C. G. ; SOUZA, A. F. ; BOTIGELLI, R. C. ; MACHADO, L. S. ; AMBROSIO, C. E. ; MARTINS, D. S. ; MEIRELLES, F. V. ; HYTTEL, P. ; BRESSAN, F. F. . Stem cells: an outlook on regenerative and reproductive science in domestic animals. In: XX EVSSAR - European Veterinary Society for Small Animal Reproduction, 2017, Vienna, Austria. Absctract boook - XX EVSSAR - European Veterinary Society for Small Animal Reproduction, 2017.

4.
BRESSAN, F. F. ; MACHADO, L. S. ; PIERI, N. C. G. ; MEIRELLES, F. V. . In vitro generation of primordial germ cells (PGCs) from induced pluripotent stem cells (iPSCs) in cattle. In: XXX Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Tecnologia de Embriões, 2016, Foz do Iguaçu. Animal Reproduction, 2016. v. 13. p. 671.

5.
MEIRELLES, F. V. ; BRESSAN, F. F. ; MACHADO, L. S. ; LIMA, M. A. ; THERRIEN, J. ; SMITH, L. C. . Cellular reprogramming and epigenetic consequences. In: 52 th Annual Meeting Argentine Society for Biochemistry and Molecular Biology, 2016, Córdoba. Biocell, 2016. v. 40. p. 27.

6.
BORGES, C. M. ; MACHADO, L. S. ; MEIRELLES, F. V. ; BRESSAN, F. F. . Overexpression of pluripotency factors OCT4 and SOX2 and cell sorting influence on in vitro induced reprogramming in cattle. In: VI International Symposium on Animal Biology of Reproduction, 2016, Campos do Jordão. Animal Reproduction, 2016. v. 14. p. 273.

7.
MACHADO, L. S.; PIERI, N. C. G. ; MEIRELLES, F. V. ; BRESSAN, F. F. . GERAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE CÉLULAS GERMINATIVAS IN VITRO A PARTIR DE CÉLULAS PLURIPOTENTES INDUZIDAS (iPS). In: 23º Simpósio Internacional de Iniciação Científica USP, 2015, Pirassununga. 23º Siicusp, 2015.

8.
DORICCI, F. L. R. ; MACHADO, L. S. ; CORDEIRO, Y. G. ; FUKUMASU, H. . AVALIAÇÃO DA EXPRESSÃO DE ALDEÍDO DESIDROGENASE EM CÉLULAS DE TUMOR ASCÍTICO DE EHRLICH EM CAMUNDONGOS. In: 21º Simpósio Internacional de Iniciação Científica USP, 2013, Piracicaba. 21º Siicusp, 2013.

9.
MACHADO, L. S.; RICHARDS, T. R. ; LAMARRE J. . THE EFFECT OF IL-11 ON CANINE CORNEAL CELLS USING A WOUND HEALING ASSAY. In: Summer Leadership and Research Program, 2012, Guelph. SLRP 2012, 2012.

10.
GIOVANI, T. M. ; MACHADO, L. S. ; ROCHETTI, A. L. ; GODOY, S. H. S. ; STREFEZZI, R. F. ; FUKUMASU, H. . Isolamento e caracterização de células tronco tumorais em neoplasias mamárias de cadelas. In: XX Semana Científica Benjamin Eurico Malucelli, 2011, São Paulo. Anais da XX Semana Científica Benjamin Eurico Malucelli, 2011.

Apresentações de Trabalho
1.
MACHADO, L. S.; PIERI, N. C. G. ; MEIRELLES, F. V. ; BRESSAN, F. F. . GERAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE CÉLULAS GERMINATIVAS IN VITRO A PARTIR DE CÉLULAS PLURIPOTENTES INDUZIDAS (iPS). 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
MACHADO, L. S.; RICHARDS, T. R. ; LAMARRE J. . The roles of IL-11 in corneal cell migration, proliferation, and survival. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Demais tipos de produção técnica
1.
FREUDE, K. K. ; HALL, V. ; HYTTEL, P. ; CHANDRASEKARAN, A. ; PIERI, N. C. G. ; LIU, Y. ; MACHADO, L. S. ; JENSEN, B. ; CHRISTOFFERSEN, T. ; VARDIA, I. ; PIHL, M. ; ABAY, Z. . PhD specialist course: Human induced pluripotent stem cell culture, neural differentiation and gene editing: in theory and in practice. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XXXII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Tecnologia de Embriões. INTEGRATION-FREE INDUCTION OF CELL PLURIPOTENCY IN THE PORCINE MODEL AS A TRANSLATIONAL MODEL.. 2018. (Congresso).

2.
IV Colóquio da Comissão de Pesquisa da FZEA. 2017. (Seminário).

3.
XXXI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Tecnologia de Embriões. Influence of OCT4 and SOX2 exogenous expression on imprinting maintenance at H19/IGF2 locus in cattle. 2017. (Congresso).

4.
III Simpósio de Biociência Animal FZEA/USP. 2016. (Simpósio).

5.
III Simpósio de Pós-Graduação FZEA/USP. 2016. (Simpósio).

6.
1º Encontro sobre Epigenética e Reprogramação Nuclear. 2015. (Outra).

7.
23º Simpósio Internacional de Iniciação Científica USP.GERAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE CÉLULAS GERMINATIVAS IN VITRO A PARTIR DE CÉLULAS PLURIPOTENTES INDUZIDAS (iPS). 2015. (Simpósio).

8.
21º Simpósio Internacional de Iniciação Científica USP.Avaliação dos efeitos antineoplásicos dos extratos etanólicos de Stachytarpheta cayennensis e Pyrostegia venustta sobre células cancerosas de pulmão. 2013. (Simpósio).

9.
II Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias. 2013. (Congresso).

10.
Summer Leadership and Research Program.THE EFFECT OF IL-11 ON CANINE CORNEAL CELLS USING A WOUND HEALING ASSAY. 2012. (Outra).

11.
Summer Leadership and Research Program.The roles of IL-11 in corneal cell migration, proliferation, and survival. 2012. (Outra).

12.
Ciclo de Palestras Agrárias FZEA/USP. 2011. (Outra).

13.
Conservação de espécies de peixes nativos ameaçados de extinção. 2011. (Seminário).

14.
II Ciclo de Palestras projeto Cãocer - "O uso da imuno-histoquímica para o diagnóstico, prognóstico e tratamento das neoplasias". 2011. (Seminário).

15.
II Ciclo de Palestras projeto Cãocer - "Prevenção e diagnóstico precoce do câncer em animais". 2011. (Seminário).

16.
III Integração Acadêmica Internacional na FZEA. 2011. (Outra).

17.
I Noite de Palestras do Grupo de Estudos em Saúde Animal. 2011. (Outra).

18.
Principais modalidades de diagnóstico por imagem na Medicina Veterinária e suas indicações. 2011. (Seminário).

19.
I Ciclo de Palestras projeto Cãocer - "Bases moleculares do Câncer". 2010. (Seminário).

20.
I Ciclo de Palestras projeto Cãocer - "Conceitos Básicos em Neoplasias". 2010. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BRESSAN, F. F. ; MEIRELLES, F. V. ; PERECIN, F. ; PIERI, N. C. G. ; PESSOAA, L. V. F. ; MACHADO, L. S. ; RECCHIA, K. . Precise genome editing in animal models for regenerative and translational medicine. 2016. (Outro).

2.
STREFEZZI, R. F. ; PULZ, LIDIA H ; BARRA, C. N. ; MACHADO, L. S. ; FERREIRA, M. A. ; VARGAS, T. H. M. ; HAYASAKA, Y. B. ; MACEDO, B. M. ; ROBERTO, M. M ; JOSELEVITCH, J. A. ; BRITO, P. H. S. ; SZRIBER, S. J. ; RAMOS, E. C. ; SILVA, V. N. . minicurso de Veterinária Forense. 2013. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
FREUDE, K. K. ; HALL, V. ; HYTTEL, P. ; CHANDRASEKARAN, A. ; PIERI, N. C. G. ; LIU, Y. ; MACHADO, L. S. ; JENSEN, B. ; CHRISTOFFERSEN, T. ; VARDIA, I. ; PIHL, M. ; ABAY, Z. . PhD specialist course: Human induced pluripotent stem cell culture, neural differentiation and gene editing: in theory and in practice. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Outras informações relevantes


Intercâmbio para Vancouver, B.C - Canadá no ano de 2004 pelo período de 1 ano



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/11/2018 às 9:07:15