Márcio Peres de Souza

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9505563014375470
  • Última atualização do currículo em 13/06/2018


Atualmente é Professor Adjunto A1 da Faculdade de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Uberlândia, atuando principalmente na área de projetos e sistemas mecânicos. Possui graduação, mestrado e doutorado em engenharia mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia. Como aluno de mestrado e doutorado, na grande área de mecânica dos sólidos e vibrações, atuou principalmente na área de tecnologia assistiva com foco no desenvolvimento de dispositivos e acessórios, no Laboratório de Projetos Mecânicos Prof. Henner A. Gomide (LPM) e Núcleo de Habilitação/Reabilitação em Esportes Paralímpicos (NH/RESP). Como engenheiro mecânico, trabalhou na área de projeto estrutural no dimensionamento de estruturas metálicas. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Márcio Peres de Souza
Nome em citações bibliográficas
SOUZA, M. P.;PERES DE SOUZA, MÁRCIO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Uberlândia, Centro de Ciências Exatas e Tecnologia, Faculdade de Engenharia Mecânica.
Av Joao Naves de Avila, 2121
Aparecida
38408-100 - Uberlandia, MG - Brasil


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2016
Doutorado em Engenharia Mecânica.
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
Título: VLIS ? EQUIPAMENTO VIBRACIONAL DE BAIXA INÉRCIA PARA MUSCULAÇÃO, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Cleudmar Amaral de Araújo.
Coorientador: Marcos Pinotti Barbosa.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Engenharia Biomecânica; treinamento muscular; vibração.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Mecânica dos Sólidos / Especialidade: Análise de Tensões.
2010 - 2012
Mestrado em Engenharia Mecânica.
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
Título: Projeto de um dispositivo de treinamento de resitência com vibração,Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Cleudmar Amaral de Araújo.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: biomecânica; vibração; treinamento muscular.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Educação Física.
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Fisioterapia e Terapia Ocupacional.
Setores de atividade: Educação.




Formação Complementar


2014 - 2014
VI CURSO DE CAPACITAÇÃO TÉCNICA. (Carga horária: 16h).
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DESPORTO PARA DEFICIENTES, ANDE, Brasil.
2012 - 2012
ESCOLA DE ENGENHARIA BIOMECÂNICA I. (Carga horária: 12h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
2012 - 2012
OFICINA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES. (Carga horária: 8h).
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2010 - 2010
MATLAB. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor do magistério superior, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2012 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluno de doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluno de mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

12/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas e Tecnologia, Faculdade de Engenharia Mecânica.

Cargo ou função
Membro da Comissão de Acompanhamento e Supervisão para cursos de especialização.

Faculdade Pitágoras de Uberlândia, PIT, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Mestre, Carga horária: 8
Outras informações
Disciplinas: Ensaios Mecânicos para Eng. Mecânica Estruturas Metálicas para Eng. Civil

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 1
Outras informações
Responsável por ministrar o módulo de 16 horas sobre Conformação Mecânica/Esforços Mecânicos no curso de Especialização em Engenharia de Manutenção durante 4 semestres.


Universidade Presidente Antônio Carlos, UNIPAC, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I-A, Carga horária: 8
Outras informações
Disciplinas: Física III para Eng. Civil Cálculo I para Eng. Civil Cálculo III para Eng. Civil


Universidade Federal do Triângulo Mineiro, UFTM, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40



Projetos de pesquisa


2015 - Atual
INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS EM ESPORTES E SAÚDE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA OU COM MOBILIDADE REDUZIDA
Descrição: A Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República - SEDH/PR, através da portaria nº 142, instituiu o Comitê de Ajudas Técnicas/CAT formado por um grupo de especialistas brasileiros e representantes de órgãos governamentais. Para o CAT, Tecnologia Assistiva é uma área do conhecimento, de característica interdisciplinar, que engloba produtos, recursos, metodologias, estratégias, práticas e serviços que objetivam promover a funcionalidade, relacionada à atividade e participação, de pessoas com deficiência, incapacidades ou mobilidade reduzida, visando sua autonomia, independência, qualidade de vida e inclusão social. O Brasil possui cerca de 25 milhões de pessoas com deficiência, e menos de 1% desse grupo praticam esportes. Paralelo a esta realidade, estudos comprovam que a prática esportiva, para pessoas com deficiência, é de extrema eficácia para a reabilitação, promoção da qualidade de vida, melhoria da autoconfiança e inclusão social. O esporte também é uma excelente oportunidade de testar seus limites e de desenvolver suas potencialidades, ampliando suas habilidades e capacidades. Aliado a este contexto, vem crescendo no Brasil o número de pessoas com deficiência praticando esportes e consequentemente esportes de alto rendimento, o que se reflete diretamente nos excelentes resultados de certas modalidades paralímpicas. Neste aspecto, foi criado em 2012, no âmbito da Universidade Federal de Uberlândia, o NÚCLEO DE HABILITAÇÃO/REABILITAÇÃO EM ESPORTES PARALÍMPICOS ? NH/RESP, no âmbito da FEMEC/UFU, que tem como objetivo organizar, estruturar e planejar ações de pesquisas em tecnologia assistiva voltadas para o desenvolvimento de atividades físicas e esporte, em especial ao desporto paralímpico, visando uma atenção á saúde e a inclusão social das pessoas com deficiência. O NH/RESP é formado por uma equipe multidisciplinar envolvendo mais de 20 Professores das Faculdades de Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção, Mecatrônica, Medicina, Educação Física, Fisioterapia e Odontologia. Além de pesquisadores de várias universidades brasileiras e do exterior. Da Universidade Federal de Uberlândia são envolvidos 03 programas de pós-graduação. Além disso, existem associações beneficentes como AACD/Uberlândia, Minas Paralímpica, CEFEP/Uberlândia, Associação dos amigos do Instituto São Rafael/BH e empresas. Esta proposta submetida ao PGPTA No 59/2014 inclui ações direcionadas para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida nos temas, esporte e lazer, adequação postural, saúde, órteses e próteses e auxílios de mobilidade para autonomia pessoal. Para um melhor gerenciamento das várias atividades de pesquisa a serem desenvolvidas nos 05 anos, o projeto global foi subdividido em 7 subprojetos. Os diversos subprojetos enquadram-se no tema geral da proposta que é direcionado para inovações tecnológicas em esportes e saúde, novos métodos e processos de avaliação dedicados para as pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Pessoas com mobilidade reduzida, em particular, os idosos necessitam de cuidados especiais relacionados com a prevenção de agravos e deficiências relacionadas, principalmente, na questão da segurança do paciente. Associadas com estas importantes questões para os idosos, está o problema de adequação postural em cadeiras de rodas e leitos cirúrgicos. Pesquisas sobre este tema serão também desenvolvidas e serão propostas melhorias em equipamentos, processos e novos materiais. Conforme pode ser observado nos vários subprojetos existe a previsão de desenvolvimento de novos equipamentos de avaliação do condicionamento físico para cadeirantes, dispositivos de treinamento com novas tecnologias envolvendo vibração mecânica, dispositivos médicos e novos protocolos em atenção à saúde, tecnologias aplicadas a próteses, sistemas prototipados e materiais bioreabsorviveis..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (14) .
Integrantes: Márcio Peres de Souza - Integrante / Cleudmar Amaral de Araújo - Coordenador / Gilmar Guimarães - Integrante / Sônia A. Goulart Oliveira - Integrante / Francisco Paulo Lépore Neto - Integrante / Sérgio Augusto Albino Vieira - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2015 - Atual
MODELAGEM DE UM SISTEMA DE TREINAMENTO MUSCULAR PARA O PARADESPORTO
Descrição: Em um mundo cada vez mais moderno e industrializado, a busca por melhor qualidade de vida tem se tornado uma necessidade mundial principalmente nos aspectos relacionados à saúde. Neste cenário, a prática de exercícios físicos é importante para a melhoria da saúde e prevenção de doenças, proporcionando uma melhor qualidade de vida às pessoas. Paralelamente, a promulgação da Lei Federal 7853/89 promoveu uma considerável mudança para as pessoas com deficiência. Recentemente, O plano ?Viver sem Limites?, lançado pelo governo Federal em 2011, sob a tutela da Secretaria de Direitos Humanos e com forte interação com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e com a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência estabeleceu diversas ações, a nível nacional, relacionadas aos direitos da pessoa com deficiência. Neste aspecto, o plano pretende investir em diversas áreas e segmentos do Brasil visando melhorar as condições de acesso à educação, inclusão social, saúde e acessibilidade das pessoas com deficiência. É um programa extremamente inovador e de grande importância para os quase 45 milhões de portadores de necessidades especiais no Brasil. Neste aspecto, existe uma grande carência de métodos e processos para a avaliação e análise de capacidades físicas para as pessoas portadoras de deficiências, o que motiva o desenvolvimento de projetos voltados para esta população. Neste caso, o esporte é uma importante atividade para promover a inclusão social das pessoas com deficiência e melhorar sua saúde. Em particular, dispositivos de treinamento muscular convencionais formados por sistemas de cabos, pesos e polias, por causa da inercia, impossibilita o treinamento de fibras musculares rápidas. Para contornar este problema foi projetado um novo dispositivo para treinamento/reabilitação muscular que têm como característica principal a baixa inércia, a simplicidade, o baixo custo e a variação infinitesimal do carregamento. A grande vantagem é que este dispositivo pode ser utilizado para treinamento das fibras rápidas através da execução de exercícios de treinamento em velocidades mais altas. O dispositivo composto de um sistema came/seguidor/mola pode ser facilmente acoplado a uma máquina convencional de musculação/reabilitação. O dispositivo a ser projetado, fabricado e testado neste projeto é o mesmo desenvolvido anteriormente, porém, as curvas dos perfis dos cames serão otimizadas para funcionar adequadamente aplicando níveis corretos de resistência na direção das fibras musculares durante a realização de exercícios. Diversos aspectos do treinamento muscular utilizando este novo mecanismo ainda não foram completamente esclarecidos, e merecem estudos que possam investigar de forma mais detalhada sua aplicabilidade. Para validação do novo perfil do came, o dispositivo será projetado para auxiliar atletas da modalidade paralímpica de halterofilismo e, consequentemente, todos os testes, análises, treinamentos serão executados sob a supervisão do CEFEP/UFU (Centro de Formação Especializada em Educação Física Adaptada e Paradesporto) e dos responsáveis técnicos ligados à modalidade de Halterofilismo ligada ao Comitê Paralímpico Brasileiro. Portando, na visão deste grupo de pesquisa, multidisciplinar, formado por pesquisadores da Universidade Federal do Triangulo Mineiro (UFTM) e Universidade Federal de Uberlândia (UFU), ações no sentido de buscar novos equipamentos, processos, protocolos e métodos que auxiliem a adaptação ou inclusão no esporte são muito importantes, incluindo o próprio processo de reabilitação das pessoas com deficiência já praticantes de esporte..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (8) .
Integrantes: Márcio Peres de Souza - Coordenador / Cleudmar Amaral de Araújo - Integrante / Marcos Moraes de Sousa - Integrante / Silvio Soares dos Santos - Integrante / Sônia A. Goulart Oliveira - Integrante / Lidiane Sartini de Oliveira - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
2014 - Atual
NOVAS TECNOLOGIAS PARA AVALIAÇÃO, TREINAMENTO E REABILITAÇÃO UTILIZADAS NO PARADESPORTO

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Cleudmar Amaral de Araújo em 16/08/2016.
Descrição: A promulgação da Lei Federal 7853/89 promoveu uma considerável mudança para as pessoas com deficiência. Passou-se de uma visão assistencialista para outra que garante os direitos individuais e coletivos com uma melhoria nos aspectos relacionados com a inclusão social destas pessoas. Recentemente, O plano ?Viver sem Limites?, lançado pelo governo Federal em 2011, sob a tutela da Secretaria de Direitos Humanos e com forte interação com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e com a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência estabelece diversas ações, a nível nacional, relacionadas aos direitos da pessoa com deficiência. Neste aspecto, o plano pretende investir em diversas áreas e segmentos do Brasil visando melhorar as condições de acesso à educação, inclusão social, saúde e acessibilidade das pessoas com deficiência. É um programa extremamente inovador e de grande importância para os quase 45 milhões de portadores de necessidades especiais no Brasil. Existe uma grande carência de métodos e processos para a avaliação e análise de capacidades físicas, bem como, treinamento físico para as pessoas portadoras de necessidades especiais, o que motiva o desenvolvimento de projetos voltados para esta população. Neste caso, o esporte é uma importante atividade para promover a inclusão social das pessoas com deficiência e melhorar sua saúde. Visando auxiliar as pessoas necessidades especiais e fomentar as pesquisas na área de esportes paralímpicos foi, recentemente criado na UFU, com o apoio do MCTI/CNRTA, um novo núcleo de referência em tecnologias assistiva voltadas para o esporte, denominado de NÚCLEO DE HABILITAÇÃO/REABILITAÇÃO EM ESPORTES PARALÍMPICOS (NH/RESP), recentemente criado junto ao MCTI/CNRTA e UFU. A missão deste novo núcleo é dar atenção especial à saúde possibilitando uma maior inclusão social, através de ações direcionadas para a melhoria do condicionamento físico e de práticas desportivas em suas diversas modalidades, com o objetivo de aprimorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência em geral, e em especial, aumentar e melhorar o desempenho de nossos atletas paralímpicos. Dentro desta visão, o grupo de pesquisa desenvolveu os primeiros protótipos iniciante com o desenvolvimento de um ergômetro de cadeira de rodas em 2007. A proposta deste protótipo era ser totalmente nacional e tinha o objetivo de disponibilizar para as pessoas com deficiência um equipamento dedicado à avaliação de seu condicionamento físico. Nesta primeira fase, o protótipo foi desenvolvido com melhorias adicionais à proposta original do projeto. No edital CNPq Universal de 2008, foram solicitados recursos para dar continuidade à fase 2 do projeto, visando implementar modificações estruturais que foram detectadas na fase de construção, análise e testes do equipamento. Nesta 2ª fase, diversas modificações foram implementadas na parte estrutural, sistemas eletrônicos e novo aplicativo LabView. Conforme poderá ser observado nas justificativas desta proposta, várias melhorias foram feitas na 2ª versão do protótipo do ergômetro. Este equipamento, além de estar disponível para usuários de cadeira de rodas em geral, também estará sendo utilizado em diversas pesquisas da linha de engenharia biomecânica, educação física, fisioterapia e terapia ocupacional. Até o momento, desde o inicio deste projeto em 2007 foram formados 03 alunos de mestrado e 03 alunos de iniciação científica. Pretende-se agora, com o apoio do CNPq, passar para a 3ª fase do protótipo. Neste caso, novas soluções e alternativas serão implementadas neste novo protótipo, principalmente, em função da avaliação do condicionamento físico de atletas paralímpicos e utilização, também, do equipamento para treinamento em condições específicas de competição e avaliação cardiovascular de pessoas com deficiência de membros inferiores e cadeirantes..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Márcio Peres de Souza - Integrante / Cleudmar Amaral de Araújo - Coordenador / Marcos Moraes de Sousa - Integrante / Elton Diêgo Bonifácio - Integrante / Silvio Soares dos Santos - Integrante / Sônia A. Goulart Oliveira - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2014 - Atual
ATIVIDADES DE PESQUISA DO NH/RESP NA LINHA DO DESPORTO PARALÍMPICO

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Cleudmar Amaral de Araújo em 16/08/2016.
Descrição: Tecnologia Assistiva é uma área do conhecimento que abrange recursos e serviços com o objetivo de proporcionar maior qualidade de vida aos indivíduos com perdas funcionais advindas de deficiência ou como resultado do processo de envelhecimento. A Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República - SEDH/PR, através da portaria nº 142, instituiu o Comitê de Ajudas Técnicas ? CAT formado por um grupo de especialistas brasileiros e representantes de órgãos governamentais. Para o CAT, Tecnologia Assistiva é uma área do conhecimento, de característica interdisciplinar, que engloba produtos, recursos, metodologias, estratégias, práticas e serviços que objetivam promover a funcionalidade, relacionada à atividade e participação, de pessoas com deficiência, incapacidades ou mobilidade reduzida, visando sua autonomia, independência, qualidade de vida e inclusão social. Os recursos de tecnologia assistiva são organizados ou classificados de acordo com objetivos funcionais. Dentre estas classificações podemos direcionar ações para o ?esporte e lazer?. Neste aspecto, foi criado em 2012, o NÚCLEO DE HABILITAÇÃO/REABILITAÇÃO EM ESPORTES PARALÍMPICOS ? NH/RESP, no âmbito da UFU, que tem como objetivo organizar, estruturar e planejar ações de pesquisas em tecnologia assistiva voltadas para o desenvolvimento de atividades físicas e esporte, em especial ao desporto paralímpico, visando uma atenção á saúde e a inclusão social das pessoas com deficiência. O NH/RESP é formado por uma equipe multidisciplinar envolvendo mais de 20 Professores das Faculdades de Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção, Mecatrônica, Medicina, Educação Física, Fisioterapia e Odontologia. Além de pesquisadores de várias universidades brasileiras e do exterior. Da Universidade Federal de Uberlândia são envolvidos 03 programas de pós-graduação. Além disso, existem associações beneficentes como AACD/Uberlândia, Minas Paralímpica, CEFEP/Uberlândia, Associação dos amigos do Instituto São Rafael/BH e empresas. Nesta proposta são apresentados 04 subprojetos que serão desenvolvidos no NH/RESP ao longo destes 02 anos e que estão relacionados com a avaliação do atleta, reabilitação e melhora da performance. No subprojeto 1 será projetado e construído um novo dispositivo para treinamento muscular do músculo bíceps braquial, em substituição ao sistema convencional de pilha de pesos. O dispositivo inicialmente projetado possui um caráter inovador (registro de patente: PI1003925-2, data depósito 28/06/2011) e permite treinamento/reabilitação utilizando maiores velocidades em função da diminuição da inércia. Neste dispositivo será adaptado um novo sistema para aplicar vibrações mecânicas no sentido do encurtamento das fibras musculares. O dispositivo será projetado, fabricado e adaptado a uma máquina de musculação convencional. No subprojeto 2 será projetada e fabricada uma nova cadeira de arremesso utilizada na modalidade de atletismo paralímpico de arremesso de peso e dardo. O objetivo é auxiliar a melhora da performance dos atletas paralímpicos dessa categoria através de um equipamento que forneça mais estabilidade, modularidade e adaptação aos movimentos. Finalmente, no subprojeto 3 será desenvolvido um novo ergômetro para cadeirantes adaptado com um novo dispositivo de pressão no assento. Este protótipo vem sendo desenvolvido no laboratório desde 2007 e encontra-se em sua 3ª versão onde diversas tecnologias serão utilizadas para melhorar a avaliação do condicionamento físico e proporcionar novas avaliações, como o dispositivo de medição de pressão a ser adaptado no assento. Este equipamento, além de estar disponível para usuários de cadeira de rodas em geral, também estará sendo utilizado em diversas pesquisas da linha de engenharia biomecânica, educação física, fisioterapia e terapia ocupacional..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (8) .
Integrantes: Márcio Peres de Souza - Integrante / Cleudmar Amaral de Araújo - Coordenador / Marcos Moraes de Sousa - Integrante / Silvio Soares dos Santos - Integrante / Sônia A. Goulart Oliveira - Integrante / Lucas de Souza Cardoso - Integrante / Deny Gomes de Freitas - Integrante / Francisco Paulo Lépore Neto - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Mecânica dos Sólidos.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Mecânica dos Sólidos/Especialidade: Análise de Tensões.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Projetos de Máquinas.
4.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Projetos de Máquinas/Especialidade: Fundamentos Gerais de Projetos das Máquinas.


Idiomas


Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2015
4º Lugar na 3ª FEICINTEC (Feira de Ciências e Inovações Tecnológicas) 2015, CREA-MG.


Produções



Produção bibliográfica
Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ALVES, D. A. ; DONEGA, T. J. ; SOUZA, M. P. ; ARAUJO, C. A. . Comparativo de volume e peso entre uma calha paralímpica convencional e uma calha fabricada em ABS por manufatura aditiva. In: 6º Encontro Nacional de Engenharia Biomecânica - ENEBI 2018, 2018, Águas de Lindóia. Anais do 6º Encontro Nacional de Engenharia Biomecânica - ENEBI 2018, 2018.

2.
BONIFACIO, E. D. ; GUIMARAES, M. V. ; SOUZA, M. P. ; TORRES, L. A. G. ; ARAUJO, C. A. . Mecanobiologia da Regeneração Óssea: Fatores Importantes e Métodos de Estudo. In: 6º Encontro Nacional de Engenharia Biomecânica (ENEBI 2018), 2018, Águas de Lindóia. Anais do 6º Encontro Nacional de Engenharia Biomecânica (ENEBI 2018), 2018.

3.
ARRUDA NETO, J. E. ; ARAUJO, C. A. ; SOUZA, M. P. ; DONEGA, T. J. . Validação de um Dispositivo de Alinhamento Adaptado nas Saídas de Calhas de Bocha. In: 6º Encontro Nacional de Engenharia Biomecânica (ENEBI 2018), 2018, Águas de Lindóia. Anais do 6º Encontro Nacional de Engenharia Biomecânica (ENEBI 2018), 2018.

4.
LEITE, G. F. ; ALVES, D. A. ; DONEGA, T. J. ; SOUZA, M. P. . Análise do Deslocamento Final da Bola de Bocha no Solo com o Uso da Calha para a Classe BC3. In: 6º Encontro Nacional de Engenharia Biomecânica - ENEBI 2018, 2018, Águas de Lindóia. Anais do 6º Encontro Nacional de Engenharia Biomecânica - ENEBI 2018, 2018.

5.
CARDOSO, T. G. ; REZENDE, L. P. F. ; SOUZA, M. P. ; OLIVEIRA, L. S. . desenvolvimento de uma Metodologia para a Determinação dos Perfis Cinemáticos de um Movimento de Flexão do Cotovelo - Um Estudo de Caso. In: 6º Encontro Nacional de Engenharia Biomecânica - ENEBI 2018, 2018, Águas de Lindóia. Anais do 6º Encontro Nacional de Engenharia Biomecânica - ENEBI 2018, 2018.

6.
CARDOSO, T. G. ; SOUZA, M. P. ; ARAUJO, C. A. ; REZENDE, L. P. F. . OBTENTION OF THE ANGULAR VELOCITY AND ACCELERA TION PROFILES OF AJUDO TRAINING MOVEMENT, 2017.

7.
NOVAIS, D. V. ; SOUZA, M. P. ; ARAUJO, C. A. ; GUIMARAES, M. V. ; ALVES, D. A. . AN ANALYTICAL APPROACH FOR THE PREDICTION OF THE PROFILE OF FORCES OF A MANUAL WHEELCHAIR PROPULSION. In: 24th ABCM International Congress of Mechanical Engineering, 2017, Curitiba. 24th ABCM International Congress of Mechanical Engineering, 2017.

8.
SOUZA, M. P.; DONEGA, T. J. ; BONIFACIO, E. D. ; LEITE, G. F. ; ARAUJO, C. A. . AVALIAÇÃO DE UM DISPOSITIVO DE ALINHAMENTO PARA CALHAS UTILIZADAS NA BOCHA PARALÍMPICA. In: V ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA BIOMECÂNICA - ENEBI 2015, 2015, UBERLÂNDIA - MG. ANAIS DO V ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA BIOMECÂNICA - ENEBI 2015, 2015.

9.
FREITAS, D. G. ; ABREU, C. L. G. ; SOUZA, M. P. ; DONEGA, T. J. ; ARAUJO, C. A. . EFFECT OF ANTROPHOMETRIC ASPECTS OF F56 CLASS ATHLETES IN THE PRESSURE DISTRIBUTION ON THE THROWING FRAME SEAT. In: V ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA BIOMECÂNICA - ENEBI 2015, 2015, UBERLÂNDIA - MG. ANAIS DO V ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA BIOMECÂNICA - ENEBI 2015, 2015.

10.
LEITE, G. F. ; SOUZA, M. P. ; DONEGA, T. J. ; FREITAS, D. G. ; ARAUJO, C. A. . INFLUÊNCIA DO PEDESTAL E ESTRUTURA DA CALHA NA MODALIDADE BOCHA PARALÍMPICA. In: V ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA BIOMECÂNICA - ENEBI 2015, 2015, UBERLÂNDIA - MG. ANAIS DO V ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA BIOMECÂNICA - ENEBI 2015, 2015.

11.
GONCALVES, V. C. ; FERREIRA, P. V. ; SOUZA, M. P. ; DONEGA, T. J. ; LEITE, G. F. ; ARAUJO, C. A. . EFEITOS DAS CURVAS DE CALHAS UTILIZADAS NA BOCHA PARALÍMPICA. In: V ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA BIOMECÂNICA - ENEBI 2015, 2015, UBERLÂNDIA - MG. ANAIS DO V ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA BIOMECÂNICA - ENEBI 2015, 2015.

12.
ARRUDA NETO, J. E. ; SOUZA, M. P. ; SANTOS, S. S. ; GONCALVES, V. C. ; ARAUJO, C. A. . ANÁLISE MUSCULAR DOS FLEXORES DO COTOVELO UTILIZANDO SINAIS ELETROMIOGRÁFICOS. In: V ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA BIOMECÂNICA - ENEBI 2015, 2015, UBERLÂNDIA - MG. ANAIS DO V ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA BIOMECÂNICA - ENEBI 2015, 2015.

13.
AMARAL DE ARAÚJO, CLEUDMAR ; SIQUIEROLI, WARNER ARTUR ; GOULART OLIVEIRA, SONIA A. ; LOURENÇO DE SOUZA, FERNANDO ; SARTINI DE OLIVEIRA, LIDIANE ; PERES DE SOUZA, MÁRCIO . Spring-Follower-Cam Assembly for Muscular Training at Different Speeds. In: ASME 2015 International Mechanical Engineering Congress and Exposition, 2015, Houston. Volume 3: Biomedical and Biotechnology Engineering. p. V003T03A091.

14.
BONIFACIO, E. D. ; GUIMARAES, M. V. ; GUIMARAES, G. ; SOUZA, M. P. ; ARAUJO, C. A. . ESTIMATIVA DO GRADIENTE TÉRMICO NA PELE UTILIZANDO SOLDAGEM A LASER - UM ESTUDO IN VITRO. In: V ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA BIOMECÂNICA, 2015, UBERLÂNDIA - MG. LIVRO DE RESUMOS DO 5 ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA BIOMECÂNICA, 2015.

15.
DONEGA, T. J. ; SOUZA, M. P. ; FREITAS, D. G. ; CARVALHO, M. R. ; ARAUJO, C. A. . CALHA PARA BOCHA PARALÍMPICA - MODULAR, COM CURVA OTIMIZADA E FABRICADA EM IMPRESSORA 3D. In: 3ª FEICINTEC - FEIRA DE CIÊNCIAS E INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS, 2015, BELO HORIZONTE - MG. ANAIS DA 3ª FEICINTEC - FEIRA DE CIÊNCIAS E INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS, 2015.

16.
BONIFACIO, E. D. ; ARAUJO, C. A. ; BELETTI, M. E. ; GUIMARAES, G. ; GUIMARAES, M. V. ; PINOTTI, M. B. ; CANDIDO, I. F. ; SOUZA, M. P. . SKIN SUTURE MODELING USING LASER WELDING. In: 22º International Congress of Mechanical Engineering, 2013, Ribeirão Preto. 22º International Congress of Mechanical Engineering, 2013.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SOUZA, M. P.; SIQUIEROLI, W. A. ; SANTOS, S. S. ; BONIFACIO, E. D. ; ARRUDA NETO, J. E. ; ARAUJO, C. A. . MUSCULAR REHABILITATION AND TRAINING USING A LOW-INERTIA DEVICE. In: REHABILITATION: MOBILITY, EXERCISE & SPORTS. 5th International State-of-the-Art Congress, 2014, GRONINGEN. 5th International State-of-the-Art Congress, 2014.

2.
FREITAS, D. G. ; ABREU, C. L. G. ; SOUZA, M. P. ; ARAUJO, C. A. . SEAT POSITIONING EFFECT ON LOAD DISTRIBUTION IN MANUAL WHEELCHAIR PROPULSION. In: Rehabilitation:Mobiity, Exercise & Sports, 2014, Groningen. Rehabilitation:Mobiity, Exercise & Sports. Groningen: Wenckebach Instituut, 2014. v. 1. p. 1-429.

3.
SOUZA, M. P.; SIQUIEROLI, W. A. ; ARAUJO, C. A. ; SANTOS, S. S. ; OLIVEIRA, S. A. G. . DISPOSITIVO DE TREINAMENTO MUSCULAR ISOTÔNICO - AJUSTE DO PERFIL DO CAME. In: 4º Encontro nacional de engenharia biomecânica, 2013, Vitória - ES. Livro de resumos do 4º Encontro nacional de engenharia biomecânica, 2013.

4.
SOUZA, M. P.; SIQUIEROLI, W. A. ; ARRUDA NETO, J. E. ; BONIFACIO, E. D. ; ARAUJO, C. A. . METODOLOGIA DE OBTENÇÃO DA CURVA DE TORQUE DISPONÍVEL MÁXIMO NA FLEXÃO CONCÊNTRICA DO COTOVELO. In: SIMPÓSIO DO PROGRAMA DE PÓS - GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA, 2013, UBERLÂNDIA - MG. SANAIS DO SIMPÓSIO DO PROGRAMA DE PÓS - GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA, 2013.

5.
SOUZA, M. P.; ARAUJO, C. A. ; SANTOS, S. S. ; SIQUIEROLI, W. A. ; ARRUDA NETO, J. E. . MODULADOR MECÂNICO DE TORQUE PARA MÁQUINAS DE MUSCULAÇÃO E FISIOTERAPIA UTILIZADAS PARA O TREINAMENTO E REABILITAÇÃO DE ATLETAS PARALÍMPICOS. In: III Congresso paralímpico brasileiro e II Congresso paradesportivo internacional, 2012, Natal. III Congresso paralímpico brasileiro e II Congresso paradesportivo internacional, 2012.

6.
SOUZA, M. P.; ARAUJO, C. A. ; PINOTTI, M. B. ; ARRUDA NETO, J. E. ; SOUSA, M. M. . EFEITOS DA VIBRAÇÃO MECÂNICA NO TREINAMENTO MUSCULAR - PROJETO DE UM NOVO DISPOSITIVO. In: 3º Encontro nacional de engenharia biomecânica, 2011, Foz do Iguaçu. 3º Encontro nacional de engenharia biomecânica, 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ARRUDA NETO, J. E. ; LEITE, G. F. ; FREITAS, D. G. ; SOUZA, M. P. ; ARAUJO, C. A. . VERIFICAÇÃO DA POTÊNCIA, ÍNDICE DE FADIGA E AGILIDADE DE JOGADORES DE FUTEBOL DE 7. In: IV SEMINÁRIO INTERNACIONAL E VIII CURSO DE CAPACITAÇÃO TÉCNICA DA ANDE, 2016, MACEIÓ - AL. ANAIS DO IV SEMINÁRIO INTERNACIONAL E VIII CURSO DE CAPACITAÇÃO TÉCNICA DA ANDE, 2016.

2.
SOUZA, M. P.; DONEGA, T. J. ; GONCALVES, V. C. ; LEITE, G. F. ; ARAUJO, C. A. . PROJETO E AVALIAÇÃO DE UM DISPOSITIVO DE ALINHAMENTO DE SAÍDA PARA CALHAS DE BOCHA. In: III SEMINÁRIO E VII CURSO DE CAPACITAÇÃO DA ANDE, 2015, SÃO PAULO - SP. ANAIS DO III SEMINÁRIO E VII CURSO DE CAPACITAÇÃO DA ANDE, 2015.

3.
DONEGA, T. J. ; SOUZA, M. P. ; FREITAS, D. G. ; LEITE, G. F. ; ARAUJO, C. A. . FORÇA DE IMPACTO DA BOLA NA BOCHA PARALÌMPICA CLASSE BC3. In: III SEMINÁRIO E VII CURSO DE CAPACITAÇÃO DA ANDE, 2015, SÃO PAULO- SP. ANAIS DO III SEMINÁRIO E VII CURSO DE CAPACITAÇÃO DA ANDE, 2015.

4.
SOUZA, M. P.. A UTILIZAÇÃO DE UM NOVO DISPOSITIVO DE TREINAMENTO MUSCULAR PARA TREINAMENTO E REABILITAÇÃO DE ATLETAS DE FUTEBOL DE SETE. In: II Seminário Internacional e VI Curso de Capacitação Técnica da ANDE, 2014, Salvador. II Seminário Internacional e VI Curso de Capacitação Técnica da ANDE, 2014.

Artigos aceitos para publicação
1.
BONIFACIO, E. D. ; ARAUJO, C. A. ; BELETTI, M. E. ; GUIMARAES, M. V. ; SOUZA, M. P. ; GUIMARAES, G. . Estimate of thermal gradient in skin using laser welding - an in vitro study. Artificial Organs (Online), 2016.

Apresentações de Trabalho
1.
SOUZA, M. P.. A UTILIZAÇÃO DE UM NOVO DISPOSITIVO DE TREINAMENTO MUSCULAR PARA TREINAMENTO E REABILITAÇÃO DE ATLETAS DE FUTEBOL DE SETE. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
SOUZA, M. P.; ARAUJO, C. A. ; SANTOS, S. S. ; SIQUIEROLI, W. A. ; ARRUDA NETO, J. E. . Modulador mecânico de torque para máquinas de musculação e fisioterapia utilizadas para treinamento e reabilitação de atletas paralímpicos. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
SOUZA, M. P.; ARAUJO, C. A. ; PINOTTI, M. B. ; SOUSA, M. M. ; ARRUDA NETO, J. E. . EFEITOS DA VIBRAÇÃO MECÂNICA NO TREINAMENTO MUSCULAR - PROJETO DE UM NOVO MECANISMO. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SOUZA, M. P.; PEREIRA, A. A. ; ESPINDOLA, F. S. ; PUGA, G. M. . IV WORKSHOP EM CIÊNCIA DO EXERCÍCIOE SAÚDE (IV CIEXS). 2014. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Demais tipos de produção técnica
1.
SOUZA, M. P.. INTRODUÇÃO À ENGENHARIA. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
SOUZA, M. P.. FOTOELASTICIDADE DE TRANSMISSÃO PLANA. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
SOUZA, M. P.. INTRODUÇÃO À ENGENHARIA. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
SOUZA, M. P.. FOTOELASTICIDADE DE TRANSMISSÃO PLANA. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
SOUZA, M. P.. FOTOELASTICIDADE DE TRANSMISSÃO PLANA. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Patentes e registros



Patente

A Confirmação do status de um pedido de patentes poderá ser solicitada à Diretoria de Patentes (DIRPA) por meio de uma Certidão de atos relativos aos processos
1.
 SOUZA, M. P.; BONIFACIO, E. D. ; ARAUJO, C. A. ; ARRUDA NETO, J. E. ; OLIVEIRA, S. A. G. . DISPOSITIVO TIPO CALHA PARA JOGO DE BOCHA ADAPTADA. 2015, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020150179871, título: "DISPOSITIVO TIPO CALHA PARA JOGO DE BOCHA ADAPTADA" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 28/07/2015

2.
 SOUZA, M. P.; DONEGA, T. J. ; BONIFACIO, E. D. ; ARAUJO, C. A. . DISPOSITIVO TIPO CALHA, PARA USO EM JOGO DE BOCHA ADAPTADA, COM PERFIL TRAPEZOIDAL. 2015, Brasil.
Patente: Modelo de Utilidade. Número do registro: BR2020150207170, título: "DISPOSITIVO TIPO CALHA, PARA USO EM JOGO DE BOCHA ADAPTADA, COM PERFIL TRAPEZOIDAL" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 27/08/2015

3.
 SOUZA, M. P.; SIQUIEROLI, W. A. ; LIMA, R. M. . DISPOSITIVO PARA TREINAMENTO E REABILITAÇÃO DOS FLEXORES DO COTOVELO COM SISTEMA MODULADOR DE TORQUE. 2015, Brasil.
Patente: Modelo de Utilidade. Número do registro: BR2020150204715, título: "DISPOSITIVO PARA TREINAMENTO E REABILITAÇÃO DOS FLEXORES DO COTOVELO COM SISTEMA MODULADOR DE TORQUE" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 25/08/2015Instituição(ões) financiadora(s): CNPQ; CAPES.

4.
 SOUZA, M. P.; CARDOSO, T. G. ; REZENDE, L. P. F. ; BONIFACIO, E. D. . EQUIPAMENTO PARA TREINAMENTO E REABILITAÇÃO MUSCULAR DE MEMBROS SUPERIORES DESTINADO A CADEIRANTES. 2016, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020160047854, título: "EQUIPAMENTO PARA TREINAMENTO E REABILITAÇÃO MUSCULAR DE MEMBROS SUPERIORES DESTINADO A CADEIRANTES" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 03/03/2016Instituição(ões) financiadora(s): CNPQ; CAPES.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Qualificações de Mestrado
1.
ARAUJO, C. A.; Hattori, W. T.; SOUZA, M. P.. Participação em banca de José Eduardo Arruda Neto. Qual a Influência de um Teste de Potência Realizado em Velocidade Constante e Torque Crescente em Parâmetros Fisiológicos de Lesados Medulares. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia.

2.
ARAUJO, C. A.; Hattori, W. T.; SOUZA, M. P.. Participação em banca de Glênio Fernandes Leite. Fadiga Muscular em Atletas da Bocha Paralímpica Utilizando Calha Desenvolvida em Impressora 3D. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
L. Sanches; Venson, G. G.; SOUZA, M. P.. Participação em banca de Bruno Barcelo Carneiro.Projeto de uma Bancada Experimental para Avaliação do Controle de um Drone. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeronáutica) - Universidade Federal de Uberlândia.

2.
ARAUJO, C. A.; SOUZA, M. P.; SOUZA, A. M.. Participação em banca de Thiago Gomes Cardoso e Lucas Pereira Ferreira de Rezende.DESENVOLVIMENTO DE UM EQUIPAMENTO PARA TREINAMENTO E REABILITAÇÃO MUSCULAR DE CADEIRANTES. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Uberlândia.

3.
SOUZA, M. P.; ARAUJO, C. A.; SANTOS, S. S.. Participação em banca de José Eduardo Arruda Neto.Treinamento do músculo bíceps braquial - Revisão da literatura e proposta de protocolos de testes. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física - Licenciatura Ou Bacharelado) - Universidade Federal de Uberlândia.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
6º Encontro Nacional de Engenharia Biomecânica - ENEBI 2018. 2018. (Congresso).

2.
FEIRA INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA - FINIT. Inovações em Tcnologia Assistiva. 2017. (Feira).

3.
Fórum Regional de Tecnologia Assistiva de Uberlândia. 2017. (Outra).

4.
V Congresso Brasileiro de Eletromiografia e Cinesiologia e X Simpósio de Engenharia Biomédica. 2017. (Congresso).

5.
ENCONTRO REGIONAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA. 2014. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SOUZA, M. P.; MENAGAZ, G. L. ; BONIFACIO, E. D. ; FREITAS, D. G. . IV ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA BIOMECÂNICA - ENEBI 2015. 2015. (Congresso).

2.
SOUZA, M. P.; MENAGAZ, G. L. ; ARAUJO, C. A. ; BONIFACIO, E. D. ; GUIMARAES, M. V. ; CANDIDO, I. F. . POSMEC 2013 - SIMPÓSIO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA. 2013. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
MATHEUS ROSA PEREIRA DO COUTO. Otimização Estrutural de uma Calha de Bocha Fabricada em Manufatura Aditiva para Classe BC3. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Uberlândia. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Thiago Gomes Cardoso e Lucas P. Ferreira de Rezende. DESENVOLVIMENTO DE UM EQUIPAMENTO PARA TREINAMENTO E REABILITAÇÃO MUSCULAR DE CADEIRANTES. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Uberlândia. Orientador: Márcio Peres de Souza.

Iniciação científica
1.
Vitor Costa Gonçalves. Equipamento de treinamento muscular com vibrações mecânicas. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Uberlândia. Orientador: Márcio Peres de Souza.

2.
José Eduardo Arruda Neto. Treinamento do músculo bíceps braquial - Revisão da literatura e proposta de protocolos de testes. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Uberlândia. Orientador: Márcio Peres de Souza.

3.
Paulo Vítor Ferreira Marques. Equipamento de treinamento dos flexores do cotovelo. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Uberlândia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Márcio Peres de Souza.



Inovação



Patente
1.
 SOUZA, M. P.; BONIFACIO, E. D. ; ARAUJO, C. A. ; ARRUDA NETO, J. E. ; OLIVEIRA, S. A. G. . DISPOSITIVO TIPO CALHA PARA JOGO DE BOCHA ADAPTADA. 2015, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020150179871, título: "DISPOSITIVO TIPO CALHA PARA JOGO DE BOCHA ADAPTADA" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 28/07/2015

2.
 SOUZA, M. P.; DONEGA, T. J. ; BONIFACIO, E. D. ; ARAUJO, C. A. . DISPOSITIVO TIPO CALHA, PARA USO EM JOGO DE BOCHA ADAPTADA, COM PERFIL TRAPEZOIDAL. 2015, Brasil.
Patente: Modelo de Utilidade. Número do registro: BR2020150207170, título: "DISPOSITIVO TIPO CALHA, PARA USO EM JOGO DE BOCHA ADAPTADA, COM PERFIL TRAPEZOIDAL" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 27/08/2015

3.
 SOUZA, M. P.; SIQUIEROLI, W. A. ; LIMA, R. M. . DISPOSITIVO PARA TREINAMENTO E REABILITAÇÃO DOS FLEXORES DO COTOVELO COM SISTEMA MODULADOR DE TORQUE. 2015, Brasil.
Patente: Modelo de Utilidade. Número do registro: BR2020150204715, título: "DISPOSITIVO PARA TREINAMENTO E REABILITAÇÃO DOS FLEXORES DO COTOVELO COM SISTEMA MODULADOR DE TORQUE" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 25/08/2015Instituição(ões) financiadora(s): CNPQ; CAPES.

4.
 SOUZA, M. P.; CARDOSO, T. G. ; REZENDE, L. P. F. ; BONIFACIO, E. D. . EQUIPAMENTO PARA TREINAMENTO E REABILITAÇÃO MUSCULAR DE MEMBROS SUPERIORES DESTINADO A CADEIRANTES. 2016, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020160047854, título: "EQUIPAMENTO PARA TREINAMENTO E REABILITAÇÃO MUSCULAR DE MEMBROS SUPERIORES DESTINADO A CADEIRANTES" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 03/03/2016Instituição(ões) financiadora(s): CNPQ; CAPES.


Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
SOUZA, M. P.. FOTOELASTICIDADE DE TRANSMISSÃO PLANA. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
SOUZA, M. P.. INTRODUÇÃO À ENGENHARIA. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
SOUZA, M. P.. INTRODUÇÃO À ENGENHARIA. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
SOUZA, M. P.. FOTOELASTICIDADE DE TRANSMISSÃO PLANA. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
SOUZA, M. P.. FOTOELASTICIDADE DE TRANSMISSÃO PLANA. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SOUZA, M. P.; PEREIRA, A. A. ; ESPINDOLA, F. S. ; PUGA, G. M. . IV WORKSHOP EM CIÊNCIA DO EXERCÍCIOE SAÚDE (IV CIEXS). 2014. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).



Outras informações relevantes


_Experiência como professor no ensino médio, graduação e pós graduação;

_Membro do Comitê Organizador do POSMEC 2013;

_Membro do Comitê Organizador do ENEBI 2015.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/01/2019 às 7:55:32