Tayla Gabrieli Rodrigues Antunes

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2212014033836106
  • Última atualização do currículo em 08/04/2016


É mestre em História pelo Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGHIS/UFRJ), tendo sido bolsista do CNPq durante o período 2013-2015. Possui graduação plena em História (Bacharelado e Licenciatura) pela UFRJ. Atua nas áreas de História do Brasil Republicano e História Ambiental. Dedica-se aos seguintes temas de estudo: ideias de proteção à natureza; desflorestamento no Brasil; debate político, científico e intelectual na Primeira República; natureza, ciência e nacionalismo; Códigos Florestais Brasileiros; mapeamento e aspectos do estudo e da produção em História Ambiental na América Latina. Participou do Laboratório de História e Natureza (IH/UFRJ) e contribuiu com os seguintes projetos de pesquisa: História Ambiental Comparada do Território Brasileiro e Bibliografia Online de História Ambiental da América Latina. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Tayla Gabrieli Rodrigues Antunes
Nome em citações bibliográficas
ANTUNES, Tayla.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de História.
Largo de São Francisco de Paula, 01.
Centro
20051-070 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 22210034
URL da Homepage: www.historia.ufrj.br


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2015
Mestrado em História Social.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Pensando a devastação: a gênese histórica do primeiro Código Florestal Brasileiro,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: José Augusto Valladares Pádua.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2012
Graduação em andamento em Geografia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2008 - 2013
Graduação em Licenciatura em História.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2008 - 2012
Graduação em História.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Entre os maciços da Tijuca e da Pedra Branca, um Rio de Janeiro incógnito: a natureza da Capital da República no Sertão Carioca de Armando Magalhães Corrêa.
Orientador: José Augusto Valladares Pádua.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2008 interrompida
Graduação interrompida em 2009 em Relações Internacionais.
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Ano de interrupção: 2009




Formação Complementar


2014
Formação de Professores em Pedagogia Waldorf.
Instituto Waldorf, IDF, Brasil.
2013 - 2013
"Pensar a história da ciência através do cinema. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em Formação de alfabetizadores de jovens e adultos. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2012 - 2012
Tópicos de Historiografia das Ciências no Brasil. (Carga horária: 6h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2011 - 2011
Fotografia Profissional. (Carga horária: 210h).
Senac Rio, SENAC, Brasil.
2006 - 2011
Espanhol. (Carga horária: 225h).
Fundação Richard Hugh Fisk, FISK, Brasil.
2005 - 2011
Francês. (Carga horária: 650h).
Aliança Francesa, AF, Brasil.
2008 - 2008
Advanced English. (Carga horária: 120h).
Vancouver English Centre - BC, VEC, Canadá.
2008 - 2008
Intensif de français au niveau avancé. (Carga horária: 100h).
Académie Linguistique Internationale de Montréal - QC, ALI, Canadá.
2000 - 2006
Inglês. (Carga horária: 600h).
Brasas English Course, BRASAS, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária Docente, Carga horária: 10
Outras informações
Cumpriu estágio de docência na disciplina "História e Natureza" oferecida para a graduação em História do turno noturno na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) no segundo semestre de 2013, ministrada pelo prof. Dr. José Augusto Pádua e pela profª. Drª. Lise Sedrez.

Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Bolsista FAPERJ, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Participação no Laboratório de História e Ecologia do Instituto de História da UFRJ coordenado pelos professores doutores José Augusto Pádua e Lise Sedrez.

Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Bolsista CNPq, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Participação no Laboratório de Estudos Africanos (LeÁfrica) do Instituto de História da UFRJ coordenado pelos professores doutores Silvio de Almeida Carvalho Filho e Monica Lima e Souza.

Atividades

2011 - 2011
Estágios , Instituto de História, .

Estágio realizado
Monitoria voluntária - Tópico Especial em em História do Brasil II: História e Ecologia na Construção do Brasil (disciplina eletiva da graduação em História ministrada pelo professor José Augusto Pádua).

Colégio Estadual Brigadeiro Schorcht, CEBS, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiária de Prática de Ensino de História, Carga horária: 20


Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, RIO+20, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Voluntariado, Enquadramento Funcional: Voluntário - Organização das Nações Unidas, Carga horária: 30
Outras informações
Concluiu o curso de formação do Programa de Voluntariado da Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável e atuou no setor de Relações Institucionais do evento.


Revista de História da Biblioteca Nacional, RHBN, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora Assistente, Carga horária: 30
Outras informações
Atividades: Pesquisadora assistente (estagiária) do setor de Iconografia. Realizou uma série de pesquisas iconográficas para compor a Revista de História da Biblioteca Nacional, especializada em História do Brasil. Apoiou no controle do email da revista, no contato e comunicação com autores e instiuições, na autorização para publicação de imagens e suporte geral em pesquisa. Total de horas estagiadas: 670 horas.


Pré Vestibular Comunitário Resgate da Cidadania, PVC RESGATE, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora estagiária, Carga horária: 10
Outras informações
Estágio extra curricular como professora em pré vestibular comunitário. Disciplinas lecionadas: História da América, Língua Inglesa e Língua Espanhola.


Colégio Sul Americano, CSA, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora de História do Ensino Fundamental, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2011 - 2012
Banco de Dados Bibliográfico Online de História Ambiental Latino-Americana
Descrição: O projeto tem por objetivo a construção de um "Banco de Dados Bibliográfico Online de História Ambiental", incluindo websites, artigos e livros, produzidos na Latina ou sobre a América Latina. O campo de história ambiental tem demonstrado um crescimento vigoroso na América Latina nos últimos dez anos, e já estabeleceu fortes conexões interdisciplinares com as ciências biológicas, história urbana, história agrária, história da ciência e outros campos de conhecimento. O Banco de Dados oferecerá a profissionais da área, alunos do ensino superior, professores do ensino médio, formadores de opinião e outros interessados, um recurso fundamental para o ensino, a divulgação e o desenvolvimento da história ambiental. O uso de tecnologias colaborativas deve promover maior integração entre centros de produção de história ambiental no Brasil e na América Latina em geral. O Banco de Dados, acessível online sem necessidade de instalação de software, contará com sistemas de busca e será facilmente atualizado. O projeto continua uma experiência bem sucedida iniciada na California State University, Long Beach, nos Estados Unidos, que obteve o apoio da Sociedad Latinoamericana y Caribeña de História Ambiental..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Tayla Gabrieli Rodrigues Antunes - Integrante / Lise Fernanda Sedrez - Coordenador.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa.
2011 - Atual
História Ambiental Comparada do Território Brasileiro
Descrição: - Construir uma geografia histórica comparada das dinâmicas de transformação ambiental ocorridas no processo de constituição das principais eco-regiões do território brasileiro - com foco na Mata Atlântica - incluindo os macro-processos de apropriação e exploração dos recursos naturais e os principais problemas ambientais com eles relacionados (desflorestamento, esgotamento dos solos, perda de biodiversidade, desequilíbrios climáticos etc.). - Ampliar o entendimento histórico sobre os vínculos existentes entre os processos de mudança e degradação ambientais observados na construção histórica das diversas eco-regiões e as estruturas e dinâmicas sociais em sentido mais amplo, incluindo formas tecnológicas, relações de produção, conflitos sociais, modelos institucionais, políticas públicas e manifestações científico-culturais. - Reconstituir o debate social, político, cultural e acadêmico sobre os processos de mudança ambiental que ocorreram nas diferentes regiões, incluindo a história das idéias e imagens sobre o mundo natural brasileiro e seu aproveitamento e/ou conservação. - Promover o diálogo interdisciplinar - com foco na História, Antropologia, Geografia e Ecologia - no sentido de produzir explicações históricas densas e inclusivas sobre os processos de mudança ambiental ocorridos ao longo do tempo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Tayla Gabrieli Rodrigues Antunes - Integrante / Lise Fernanda Sedrez - Integrante / José Augusto Valladares Pádua - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2010 - 2011
Pepetela: o pensamento político e social em um intelectual angolano
Descrição: Esta investigação objetiva analisar a trajetória intelectual e o pensamento político e social de Pepetela, um dos maiores escritores angolanos da atualidade em seus livros de literatura, artigos, entrevistas publicadas em jornais e na rede virtual. Sendo um indivíduo extremamente engajado na crítica das questões políticas, sociais, econômicas e culturais que percorrem o construir da nação angolana, seus textos oferecem ricos subsídios sobre umas das formas como se compreende e narra as temáticas fulcrais da história e da sociedade de seu país. Temos como objeto a análise do pensamento político-social e da práxis do escritor Pepetela, pseudônimo de Artur Carlos Maurício Pestana dos Santos, um dos maiores intelectuais angolanos, com a finalidade de compreender uma das visões mais questionadoras sobre Angola. Embora Pepetela seja mais conhecido como literato de renome, premiado em seu país e no estrangeiro, tendo, sua obra editada em diversos países de língua portuguesa e traduzida em vários idiomas, tem produzido vários artigos sobre a sociedade e política angolana, inúmeras entrevistas impressas e em hipertexto, assim como tem participado das mais importantes organizações culturais de seu Angola. Escolhemos, também, esse escritor, seu engajamento na luta pela independência de seu país, dentro de um dos três grandes movimentos políticos que engendraram a luta anticolonialista, o Movimento pela Libertação de Angola (MPLA), ao qual sempre esteve ligado. Pepetela compôs aquela parcela de brancos e da quase totalidade dos escritores angolanos que, então, se posicionou a favor da independência, sob a égide socialista, lutando contra o sistema colonial. Pepetela tem gerado uma literatura que problematiza o social, delineando retratos históricos, iluminados por um arrazoar fruto de uma matriz de pensamento predominantemente socialista da história. Especificamente no subprojeto de pesquisa "Ideologias e Práticas Sociais em Pepetela: uma análise de 'A geração da utopia'" bu.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Tayla Gabrieli Rodrigues Antunes - Integrante / Silvio de Almeida Carvalho Filho - Coordenador / Gabriela Graciosa da Fonseca - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa.


Projetos de desenvolvimento


2011 - 2012
Os Caminhos da Meteorologia no Rio de Janeiro do Período Colonial ao Século XXI
Descrição: O presente projeto intitulado "Os Caminhos da Meteorologia no Rio de Janeiro do Período Colonial ao Século XXI" pretende realizar uma série de três documentários didáticos e inéditos, tendo como foco o desenvolvimento da Meteorologia no Rio de Janeiro a partir do período colonial até o presente momento. Esta pesquisa se propõe a enfocar primeiramente os acontecimentos históricos desde 1781, com as campanhas das medições meteorológicas realizadas no Rio de Janeiro pelos portugueses: Francisco de Oliveira Barbosa e Bento Sanchez d'Orta até 1900, procurando enfatizar os momentos marcantes tanto no que se refere às pesquisas iniciais da atmosfera e climatologia no Rio de Janeiro. Na segunda parte o filme enfocará o período de 1909 até 1957 destacando a criação da Diretoria de Meteorologia e Astronomia atualmente Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). O terceiro documentário mostrará a criação do primeiro curso de Meteorologia até a inauguração do radar meteorológico pertencente ao sistema de Alerta-Rio na cidade do Rio de Janeiro. Assim, este projeto pretende preencher uma lacuna em relação à história da Meteorologia no Rio de Janeiro, onde e quando só nos lembramos dessa ciência quando nos defrontamos com grandes tragédias como as que ocorreram na região Serrana em janeiro de 2011, e atualmente estamos sujeitos a esses eventos extremos principalmente devido aos efeitos das mudanças climáticas...
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Tayla Gabrieli Rodrigues Antunes - Integrante / Nilo José do Nascimento Franco - Integrante / Isimar de Azevedo Santos - Coordenador.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Ambiental.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ANTUNES, Tayla.. Pensando a devastação: a gênese histórica e a trajetória do Código Florestal Brasileiro. In: V Simpósio Nacional de Ciência e Meio Ambiente, 2014, Anápolis. Anais do V Simpósio Nacional de Ciência e Meio Ambiente, 2014.

2.
ANTUNES, Tayla.. Armando Magalhães Corrêa, natureza e ciência: o Rio de Janeiro no início do século XX. In: Congresso de História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia Scientiarum Historia VI, 2013, Rio de Janeiro. Anais do Congresso de História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia Scientiarum Historia VI, 2013.

3.
ANTUNES, Tayla.. A capital da República tem seu sertão: pensamento e crítica de um intelectual carioca nos de 1930. In: II EPHIS - Encontro de Pesquisa em História da UFMG, 2013, Belo Horizonte. Anais Eletrônicos do II Encontro de Pesquisa em História da UFMG, 2013.

4.
ANTUNES, Tayla.. Pela 'boa conservação do Patrimônio Florestal da Nação': o debate político-científico em torno da criação do Código Florestal Brasileiro. In: História Ambiental: debates interdisciplinares, 2013, Recife. Anais do Encontro História Ambiental: debates interdisciplinares da UFPE, 2013.

5.
ANTUNES, Tayla.. 'Pela boa conservação do patrimônio florestal da nação': o papel das instituições, cientistas e intelectuais na criação do código florestal brasileiro de 1934. In: III Encontro Nacional de História do Pensamento Geográfico e I Encontro Nacional de Geografia Histórica, 2012, Rio de Janeiro. Anais do III Encontro Nacional de História do Pensamento Geográfico e I Encontro Nacional de Geografia Histórica, 2012.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ANTUNES, Tayla.. O Código Florestal Brasileiro em debate: da devastação à proteção legal das florestas do Brasil (1909 - 1934). In: 2º Simpósio Internacional de História Ambiental e Migrações, 2012, Florianópolis. Simposio Internacional de Historia Ambiental e Migrações - Florianópolis - SC ? Brasil, 2012.

2.
ANTUNES, Tayla.. Os cientistas, as florestas e o nacionalismo: debate em torno da criação do Código Florestal Brasileiro (1909-1934). In: Scientiarum Historia V - Filosofia, Ciências e Artes: Conexões Interdisciplinares - 5º Congresso de História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia, 2012, Rio de Janeiro. Anais do 5º Congresso de História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia - Scientiarum Historia V, 2012.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ANTUNES, Tayla.. Conservação, Nação e Patrimônio Natural: Conservacionismo e criação de Parques Nacionais nos Estados Unidos e no Brasil. In: I Encontro de Graduandos e Pós-Graduandos em História dos Estados Unidos, 2013, Rio de Janeiro. Anais do I Encontro de Graduandos e Pós-Graduandos em História dos Estados Unidos, 2013.

2.
ANTUNES, Tayla.. Armando Magalhães Corrêa, natureza e ciência: o Rio de Janeiro no início do século XX. In: Congresso de História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia Scientiarum Historia VI, 2013, Rio de Janeiro. Anais do Congresso de História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia Scientiarum Historia VI, 2013.

3.
ANTUNES, Tayla.. História Ambiental Latino-Americana: Um Projeto de Banco de Dados Bibliográfico Online. In: VI Simposio de la Sociedad Latinoamericana y Caribeña de Historia Ambiental, 2012, Villa de Leyva. Libro de Resúmenes del VI Simposio de la Sociedad Latinoamericana y Caribeña de Historia Ambiental, 2012. v. 1.

4.
ANTUNES, Tayla.. O Desenvolvimento da História Ambiental no Brasil: Temas, Enfoques e Objetos. In: XXXIV Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural, 2012, Rio de Janeiro. Livro de Resumos dos Centros de Letras e Artes; Filosofia e Ciências Humanas; Ciências Jurídicas e Econômicas, 2012.

5.
ANTUNES, Tayla.. O Código Florestal Brasileiro em Debate: Da Devastação à Proteção Legal das Florestas do Brasil (1906-1934). In: XXXIV Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural, 2012, Rio de Janeiro. Livro de Resumos dos Centros de Letras e Artes; Filosofia e Ciências Humanas; Ciências Jurídicas e Econômicas, 2012.

6.
ANTUNES, Tayla.. O papel científico na criação do Código Florestal Brasileiro: idéias, práticas e instituições.. In: 13º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 2012, São Paulo. 13º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia: Caderno de Resumos. São Paulo: Sociedade Brasileira de História da Ciência, 2012.

7.
ANTUNES, Tayla.. Ideologias e Práticas Sociais em Pepetela: uma análise de A geração da Utopia. In: XXXIII Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural UFRJ, 2011, Rio de Janeiro. LIivro de Resumos dos Centros de Letras e Artes; Filosofia e Ciências Humanas; Ciências Jurídicas e Econômicas, 2011.

Apresentações de Trabalho
1.
ANTUNES, Tayla.. O papel científico na criação do Código Florestal Brasileiro: idéias, práticas e instituições.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
ANTUNES, Tayla.. O Código Florestal Brasileiro no debate político, científico e intelectual: da devastação à proteção legal das florestas do Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
ANTUNES, Tayla.. O Desenvolvimento da História Ambiental no Brasil: Temas, Enfoques e Objetos. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
ANTUNES, Tayla.. Os cientistas, as florestas e o nacionalismo: debate em torno da criação do Código Florestal Brasileiro (1909-1934). 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
ANTUNES, Tayla.. 'Pela boa conservação do patrimônio florestal da nação': o papel das instituições, cientistas e intelectuais na criação do código florestal brasileiro de 1934. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
ANTUNES, Tayla.. O Código Florestal Brasileiro em debate: da devastação à proteção legal das florestas do Brasil (1909 - 1934). 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
ANTUNES, Tayla.. Ideologias e Práticas Sociais em Pepetela: uma análise de A geração da Utopia. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Demais tipos de produção técnica
1.
ANTUNES, Tayla.. Bibliografia online de História Ambiental da América Latina e mapeamento dos principais aspectos do campo de estudos em História Ambiental no Brasil. 2012. (Relatório de pesquisa).

2.
ANTUNES, Tayla.. Ideologias e Práticas Sociais em Pepetela: uma análise de A geração da Utopia. 2011. (Relatório de pesquisa).

3.
ANTUNES, Tayla.. Ideologias e Práticas Sociais em Pepetela: uma análise de A geração da Utopia. 2010. (Relatório de pesquisa).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Agenda Acadêmica 2014. Educação Popular Caiçara: relatos de Experiência na Praia de Martim de Sá. 2014. (Exposição).

2.
V Simpósio Nacional de Ciência e Meio Ambiente.Pensando a devastação: a gênese histórica e a trajetória do Código Florestal Brasileiro. 2014. (Simpósio).

3.
Congresso de História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia Scientiarum Historia VI. Armando Magalhães Corrêa, natureza e ciência: o Rio de Janeiro no início do século XX. 2013. (Congresso).

4.
Festival de História de Diamantina - FHIST. 2013. (Encontro).

5.
História Ambiental: debates interdisciplinares. Pela "boa conservação do Patrimônio Florestal da Nação": o debate político-científico em torno da criação do Código Florestal Brasileiro. 2013. (Congresso).

6.
I Encontro de Graduandos e Pós-Graduandos em História dos Estados Unidos.Conservação, Nação e Patrimônio Natural: Conservacionismo e criação de Parques Nacionais nos Estados Unidos e no Brasil. 2013. (Encontro).

7.
II Encontro de Pesquisa em História da UFMG.A capital da República tem seu sertão: pensamento e crítica de um intelectual carioca nos anos de 1930. 2013. (Encontro).

8.
Simpósio Diálogo Brasil - EUA em História Ambiental. 2013. (Simpósio).

9.
VIII Jornada de Estudos Históricos Professor Manoel Salgado.Pela "boa conservação do Patrimônio Florestal da Nação": o debate político-científico em torno da criação do Código Florestal Brasileiro (1906-1934). 2013. (Encontro).

10.
13º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia.O papel científico na criação do Código Florestal Brasileiro: idéias, práticas e instituições. 2012. (Seminário).

11.
2º Simpósio Internacional de História Ambiental e Migrações.O Código Florestal Brasileiro em debate: da devastação à proteção legal das florestas do Brasil (1909 - 1934). 2012. (Simpósio).

12.
Corpo: Sujeito Objeto. 2012. (Simpósio).

13.
III Encontro Nacional de História do Pensamento Geográfico e I Encontro Nacional de Geografia Histórica. 'Pela boa conservação do patrimônio florestal da nação': o papel das instituições, cientistas e intelectuais na criação do código florestal brasileiro de 1934. 2012. (Congresso).

14.
Scientiarum Historia V - 5º Congresso de História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia. Os cientistas, as florestas e o nacionalismo: debate em torno da criação do Código Florestal Brasileiro (1909-1934). 2012. (Congresso).

15.
VII Semana de História Política da UERJ.O Código Florestal Brasileiro no debate político, científico e intelectual: da devastação à proteção legal das florestas do Brasil. 2012. (Encontro).

16.
XXXIV Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural UFRJ.O Desenvolvimento da História Ambiental no Brasil: Temas, Enfoques e Objetos. 2012. (Outra).

17.
Congresso Contrapontos Transatlânticos. 2011. (Congresso).

18.
Uma teoria da política do cotidiano na diáspora negra. 2011. (Encontro).

19.
XXXIII Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural. Ideologia e práticas sociais em Pepetela: Uma análise de 'A geração da Utopia'. 2011. (Congresso).

20.
Itinerários letrados entre dois mundos. 2010. (Encontro).

21.
XXXII Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural. 2010. (Congresso).

22.
II Seminário Internacional do CEO/PRONEX - Dimensões da cidadania no século XIX. 2009. (Seminário).

23.
Os Espaços e os Limites do Mito em Hesíodo. 2009. (Encontro).

24.
XIX Ciclo de Debates em História Antiga. 2009. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ANTUNES, Tayla.. Educação Popular Caiçara: relatos de experiências na Praia de Martim de Sá. 2014. (Exposição).

2.
sedrez, l. ; PÁDUA, José Augusto. ; ANTUNES, Tayla. ; CESCO, S. . Simpósio de História Ambiental: Diálogos Brasil - Estados Unidos. 2013. (Congresso).



Educação e Popularização de C & T



Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ANTUNES, Tayla.. Educação Popular Caiçara: relatos de experiências na Praia de Martim de Sá. 2014. (Exposição).



Outras informações relevantes


Aprovada em 1º lugar no processo seletivo de mestrado no Programa de Pós-Graduação em História Social da UFRJ. (2012)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 11/12/2018 às 6:09:39