Cristiano Bento da Silva

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2321195651645596
  • Última atualização do currículo em 18/01/2019


Bacharel e Licenciado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará (UFPA/campus de Marabá); mestre em Dinâmicas Territoriais e Sociedade na Amazônia pela Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA); doutorando em antropologia pelo Programa de Pós - Graduação em Sociologia e Antropologia vinculado à Universidade Federal do Pará (PPGSA/UFPA). Atua como pesquisador do "Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia" e, nesse âmbito, estuda questões atinentes a povos e comunidades tradicionais particularmente referenciadas aos processos de gestão do território, mobilização de saberes, bem como o desenho social dos conflitos no entorno das disputas sócio - territoriais. Trabalhou como assessor comunitário para o "Movimento Interestadual das Mulheres Quebradeiras de Coco Babaçu" (MIQCB) entre 2014 e 2015. Trabalhou como assistente de pesquisa para a "Rede Integrada para Combater o Trabalho Escravo" (RAICE), vinculado à Comissão Pastoral da Terra e ao Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos Carmem Báscarán entre 2015 e 2016. É, ainda, membro do grupo de pesquisa "Núcleo de Cartografia Social do Sul e Sudeste do Pará", vinculado à faculdade de Educação do Campo e de História da UNIFESSPA. Desde 2017 integra a equipe do projeto de pesquisa "As lutas dos atingidos pela usina hidrelétrica de Tucuruí - das primeiras mobilizações em contexto autoritário às condições de mobilização subsequentes à redemocratização do país", coordenado pelo professor Dr. Henri Acselrad (IPPUR/UFRJ); além desses compõem o grupo de pesquisa "Sociedade, Ambiente e Ação Pública", coordenado pela professora Drª Sônia Magalhães (UFPA). Temas de pesquisa em que atua: Território e Conflitos Socioambientais; Efeitos sociais de grandes projetos; Migração e trabalho escravo; Cartografia e Mapeamento Social. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Cristiano Bento da Silva
Nome em citações bibliográficas
SILVA, C. B.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Pará, Programa de Pós - Graduação em Sociologia e Antropologia.
Rua Augusto Corrêa - até 937 - lado ímpar
Guamá
66075110 - Belém, PA - Brasil
Telefone: (91) 32017000


Formação acadêmica/titulação


2016
Doutorado em andamento em Programa de Pós - Graduação em Sociologia e Antropologia.
Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
Título: "A ÁGUA DO RIO VAI CRESCER": a construção da hidrovia Araguaia - Tocantins e os sentidos vividos no entorno dessa experiência pela comunidade ribeirinha extrativista vila Tauiry (PA),
Orientador: Sônia Maria Simões Barbosa Magalhães Santos.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
2012 - 2014
Mestrado em Dinâmicas Territoriais e Sociedade na Amazônia.
Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
Título: A comunicação da Usina hidrelétrica de Marabá traduzindo uma situação social de conflito: reflexões a partir da vila Espírito Santo (território ribeirinho do sudeste paraense),Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Alexandre Silva dos Santos Filho.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Conflito Social; Hidrelétrica de Marabá; Território; Efeitos Sociais.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia.
2007 - 2012
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
Título: Entre o recurso e a vida: territorialidades em disputa na dinâmica de construção da Usina Hhidrelétrica de Marabá.
Orientador: Bruno Cezar Pereira Malheiro.
2003 - 2005
Ensino Médio (2º grau).
Escola de Ensino Fundamental e Médio Anísio Teixeira, ANÍSIO TEIXEIRA, Brasil.




Formação Complementar


2017 - 2017
Convenção 169 e o direito à Consulta Prévia, Livre e Informada. (Carga horária: 9h).
Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
2015 - 2015
II módulo do curso sobre Teoria do Campesinato. (Carga horária: 48h).
Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, UNIFESSPA, Brasil.
2014 - 2014
Teorias Antropológicas. (Carga horária: 24h).
Sistema de Ensino Dr. Micro Ltda, SEDRM-LTDA, Brasil.
2014 - 2014
curso autoinstrucional Sociologia. (Carga horária: 30h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2009 - 2009
Modernidade e Colonialidade na ocup. da Amazônia. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
2007 - 2007
Resgate social e político da Guerrilha do Araguaia. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Comissão Pastoral da Terra, CPT, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Assistente de pesquisa

Atividades

08/2015 - 02/2016
Pesquisa e desenvolvimento , Comissão Pastoral da Terra, .


Associação Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu, AMIQCB, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: ASSESSORIA, Enquadramento Funcional: ASSESSOR COMUNITÁRIO, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Assessor comunitário do Projeto Pindova: Gente Nova na Vida dos Babaçuais, o qual incentiva, acompanha e qualifica os jovens interessados em tomar as rédeas do seu processo de geração de renda. O alvo aqui é, sobretudo, jovens provenientes de comunidades tradicionais ligados a atividade extrativa do babaçu.


Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, UNIFESSPA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor orientador, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista CNPQ EXP-C atuando em atividades de monitoria/orientação na especialização em "Educação do Campo Agroecologia e Questão Agraria", Turma 2013, vinculado ao Instituto de Agroecologia Latino Americano- IALA.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Professor convidado, Enquadramento Funcional: Professor convidado

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Outros, Enquadramento Funcional: Professor convidado

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Outros, Enquadramento Funcional: Professor convidado

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Outros, Enquadramento Funcional: Professor Monitor, Carga horária: 60
Outras informações
Monitor na disciplina: "Tópicos Temáticos em Ciências Sociais". Carga horária total: 60 horas. Curso: Ciências Sociais. Turma: 2008.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Outros, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 60

Atividades

10/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ, .

10/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ, .

10/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ, .

02/2015 - 02/2015
Ensino, Educação do Campo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Culturas e identidades na Amazônia- 1º semestre de 2015
08/2014 - 08/2014
Ensino, Educação do Campo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Economia política vista pela experiência Latino - Americana- 2º semestre
02/2014 - 02/2014
Ensino, Educação do Campo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Economia politica vista pela experiência Latino - Americana - 1º semestre
2013 - 2013
Ensino, Educação do Campo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Culturas e identidades na Amazônia- 2º semestre

Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CAPES, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista CAPES durante o mestrado em Dinâmicas Territoriais e Sociedade na Amazônia.

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador colaborador, Carga horária: 20

Atividades

2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo de Estudos da Agricultura Familiar, .


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÃ?, UFPA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CAPES, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista CAPES com vinculo no Programa de Pós - Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Pará (PPGSA/UFPA).


Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CAPES, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista CAPES com vinculo no Programa de Pós - Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Pará (PPGSA/UFPA).



Linhas de pesquisa


1.
Efeitos sociais de grandes projetos
2.
Território e Conflitos Sociambientais
3.
Cartografia e Mapeamento Social
4.
Produção da Arte e Cultura Estética na Amazônia
5.
Migração e trabalho escravo


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
As lutas dos atingidos pela usina hidrelétrica de Tucuruí: das primeiras mobilizações em contexto autoritário às condições de mobilização subsequentes à redemocratização do país
Descrição: O presente projeto pretende recuperar e sistematizar o conhecimento relativo às lutas dos atingidos pela Hidrelétrica de Tucuruí, no estado do Pará, dando ênfase às condições comparativas das mobilizações entre o contexto autoritário em que as primeiras ações de deslocamento compulsório foram realizadas e o período aberto pela redemocratização do país. Pretende-se assim recuperar a memória que não pôde ser devidamente registrada pelas pesquisas até aqui desenvolvidas no campo das Ciências Sociais Aplicadas em razão da vigência da ditadura civil-militar, que limitou a circulação de informação no período mais crítico da construção da obra, no que diz respeito aos impactos sobre a estabilidade das condições de vida das populações atingidas. Serão assim levantados os respectivos repertórios de ação do movimento de atingidos antes do ano de 1985 e posteriores à instalação, quando foram restabelecidas formalmente as liberdades democráticas no país..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
Rede de Ação Integrada para Combater a Escravidão- RAICE
Descrição: O projeto em destaque nasceu de uma preocupação compartilhada entre vários atores sociais. Dentre eles está a Comissão Pastoral da Terra(CPT), Justiça do Trabalho, O Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos "Carmen Bascarán" e vários outros. A sua missão é diagnosticar, nos estados do Pará, Tocantins, Maranhão e Piaui, as comunidades de onde saem os trabalhadores que são submetidos a relações de trabalho escravo. Busca-se, com isto, trazer a luz as problemáticas socioeconômicas que impulsionam a saída dos trabalhadores para, com isto, pensar em soluções coletivas em vista de minorar essas questões..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Cristiano Bento da Silva - Integrante / Marcelo Melo dos Santos - Integrante / Carolina Motoki - Coordenador.
2014 - Atual
Sociedade, Ambiente e Ação Pública
Descrição: Descrição: Durante muito tempo, hidrelétricas foram tema das engenharias. Vistas como eventos essencialmente técnicos, o debate a seu respeito desconhecia as dinâmicas sociais e ambientais deflagradas pelos processos de decisão, planejamento, implantação e operação destes grandes projetos de investimento. A partir do final dos anos 1970, os deslocamentos compulsórios, a destruição das bases físico-territoriais de que depende a sobrevivência de populações indígenas e comunidades tradicionais, e, sempre é bom lembrar, a resistência das populações atingidas trouxeram as grandes barragens para a pauta dos cientistas sociais. Hidrelétricas estão previstas no planejamento nacional para os diferentes estados da Amazônia, observando-se projetos nos estados de Roraima (2), Amapá (1), Pará (9), Rondônia (2) e Mato Grosso (1). Os objetivos deste projeto são: produzir conhecimento sobre o licenciamento e a implantação de projetos de infraestrutura energética; analisar os efeitos da implantação de um grande empreendimento de infraestrutura considerando o crescimento econômico; a melhoria dos serviços públicos, como saúde, educação, mobilidade urbana e saneamento; a melhoria dos indicadores sociais, inclusive os índices de apropriação e regularização da terra em áreas urbanas e rurais; arrecadação de impostos e compensação financeira; analisar os efeitos do projeto sobre os recursos naturais, notadamente a água, com relação à qualidade e ao acesso; à alteração da dinâmica do rio; e também entender a extensão do processo de transformação sobre os recursos naturais (floresta, uso do solo, biodiversidade) e seus efeitos; produzir conhecimento sobre as dificuldades de gestão dos órgãos municipais e estaduais; e analisar os efeitos do empreendimento sobre a dinâmica social local, inclusive anseios, expectativas e problemas, considerando os diversos grupos sociais e étnicos. A metodologia do projeto considera as relações entre agentes institucionais e individuais que atuam nos processos de licenciamento e de construção, numa perspectiva espacial e temporal capaz de acompanhar as mudanças em curso no território. Tomamos para pesquisa de campo três regiões (Marabá, Altamira e Itaituba). Considerando as dinâmicas sociais, econômicas e ambientais, a metodologia proposta se estrutura em sete Eixos Temáticos distribuídos em duas Áreas de Pesquisa: AREA I ? PROCESSO DE LICENCIAMENTO: Eixo 1 - Estudos de impacto ambiental e risco; Eixo 2 - Dispositivos Legais, competências e legitimidades. AREA II - PROCESSO DE CONSTRUCÃO: Eixo 3 ? Estado, Planejamento e Gestão; Eixo 4 ?Biodiversidade e Gestão de Recursos Naturais; Eixo 5 - Migração, Trabalho, Emprego e Desemprego; Eixo 6 ? Território, Identidades e Conflitos; Eixo 7 ? Cultura, Direitos e Política. Com a abordagem de eixos corresponde também à opção metodológica de estudar os processos de licenciamento e de implantação/construção de hidrelétricas, de forma realística, considerando todos os atores envolvidos no processo, e introduzir na análise os critérios de dimensões como complexidade, interconectividade e complementaridade. Com este projeto, espera-se contribuir para a construção de um referencial epistemológico para elaboração de estudos e relatórios de impacto ambiental; reunir e divulgar informações e análises que possam subsidiar agências governamentais e organizações da sociedade civil no debate público e na implementação de políticas; contribuir para capacitar as populações para dialogar com as instituições públicas sobre direitos; interagir com novos atores...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (6) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (11) .
Integrantes: Cristiano Bento da Silva - Integrante / Antonio Carlos Magalhães Lourenço dos Santos - Integrante / Edna Maria Ramos de Castro - Integrante / Elielson Pereira da Silva - Integrante / Flavia Sousa Garcia Sanz - Integrante / Francisco Del Moral Hernandez - Integrante / Genisson Paes Chaves - Integrante / Janice Muriel Fernandes Lima da Cunha - Integrante / Sergio Roberto Moraes Corrêa - Integrante / Sônia Maria Simões Barbosa Magalhães Santos - Coordenador / Albino José Eusébio - Integrante / Ana Julia Mourão Salheb do Amaral - Integrante / Arleth de Jesus Fiel Gonçalves - Integrante / Camila Quaresma Rodrigues - Integrante / Cleice da Luz Vidal - Integrante / Geldes de Campos Castro - Integrante / Glaucy Learte da Silva - Integrante / Kelly Naiane Pinheiro Gaia - Integrante / Matheus Benassuly Maués de Medeiros - Integrante / Rosemberg Batista de Araujo - Integrante / Thiago Luan Bessa Martins - Integrante.
2014 - Atual
Grupo de Pesquisa Núcleo de Cartografia do Sul e Sudeste do Pará
Descrição: O projeto e Plano de trabalho visam apresentar as atividades que vem sendo desenvolvidas e acompanhadas por pesquisadores na região desde 2007. As atividades de Pesquisa do Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia no Sul do Pará têm concatenado demandas de agentes e movimentos sociais (Quebradeiras de Coco Babaçu do MIQCB e assentadas, MAB, Indígenas, Agroextrativistas, Jovens assentados e acampados e moradores da cidade, moradores do bairro Cabelo Seco, Atingidos pela mineração e trilho, atingidos por hidrelétricas, Agroextrativistas do PAE; Assentados da Reforma Agrária,Acampados do MST. Esse diálogo com os agentes sociais tem sido possibilitado pela equipe de pesquisadores de diversas formações (Antropologia, geografia, sociólogo, historiador, economista) e potencializado o interesse de estudantes da graduação e pós-graduacão e professores para as iniciativas de oficinas, seminários. E a participação em jornadas, Colóquio e as atividades do Café com Ciência do Campus Universitário de Marabá através de debate de diversos temas de pesquisa e a partir e problemáticas socioambientais na Amazônia. Nesse sentido, o projeto situa as condições e contexto para a constituição e das atividades do Núcleo de Cartografia Social do Sul e Sudeste do Pará..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (4) .
Integrantes: Cristiano Bento da Silva - Integrante / Janailson Macêdo Luiz - Integrante / Mayka Danielle Brito Amaral - Integrante / Rista de Cássia Pereira da Costa - Coordenador / Maria Raimunda Barbosa - Integrante.
2011 - 2013
Programa de Educação Tutorial - PET: Observatório de estudos da fronteira- Movimento sociais, Políticas Territoriais e sistema familiar de produção
Descrição: O observatório visa a construir um núcleo de pesquisa, ensino e extensão em torno da problemática da fronteira no sudeste do Pará, construindo conhecimento acerca dos arranjos de relações em torno do agronegócio e da mineração na região, suas estratégias discursivas e territoriais para construção de uma hegemonia, bem como a formas de mobilização, organização e luta dos movimentos sociais no enfrentamento contra-hegemônico.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Cristiano Bento da Silva - Integrante / Bruno Cezar Pereira Malheiro - Coordenador / Adriele Sales - Integrante / ADRIANA SILVA DE SOUZA - Integrante / Mayra Barbosa Sindeaux Lima - Integrante / Josilene Nunes de Lima - Integrante.


Projetos de extensão


2015 - 2016
PROGRAMA DE EXTENSÃO: Língua em narrativas: território, práticas culturais e a cosmologia Akrãtikatêjê
Descrição: O programa Língua em narrativas: território, práticas culturais e a cosmologia Akrãtikatêjê se propõe a entender a trajetória histórica desse povo, com ênfase na importância da língua intrinsecamente conectada às práticas culturais e a relação com o território. Para isso busca-se um repertório de experiências em cujas práticas, saberes e cosmovisões formam, imbricadamente, parte desse universo social. Substancialmente o interesse é de promover o conhecimento e a valorização da língua mediante o registro e documentação sob a perspectiva de mapeamento e de autocartografia dos aspectos culturais e da trajetória Akrãtikatêjê. De maneira que enseje,sobretudo, a participação dos agentes sociais protagonizada na discussão e realização das atividades. Nesse foco assume um caráter formativo de estratégia participativa, concomitante a mediação das ações com o conhecimento sistematizado..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Cristiano Bento da Silva - Integrante / Marcelo Melo dos Santos - Integrante / Rita de Cássia Pereira da Costa - Coordenador / Janailson Macêdo Luiz - Integrante / Jurandir Santos de Novaes - Integrante / Paola Giraldo-Herrera - Integrante / Rosa Elizabeth Acevedo Marin - Integrante / Edilson da Silva Gondim - Integrante / Kátia Cilene Costa Vandenilson - Integrante / Penpkoti Hompryti Vandenilson - Integrante / Maxwell Gomes Miranda - Integrante / Larissa Cordeiro da Costa - Integrante / Márcia de Carvalho de Lima - Integrante / Maria Raimunda Barbosa - Integrante.
2010 - 2011
Às margens do rio e nas margens sociais: representações sociais e educação ambiental de comunidades ameaçadas pelo projeto de construção da UHE de Marabá.
Descrição: O projeto, quando em andamento, visou compreender as representações e a importância do rio para comunidades que serão atingidas diretamente pela UHE de marabá, sendo que o objetivo foi construir fasciculos de cartografia social sobre as comunidades, para que estes se transformassem em instrumentos de luta pela permanência no lugar..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Rural.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Teoria Antropológica.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Desenvolvimento.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Rural.


Idiomas


Inglês
Compreende RazoavelmenteLê Razoavelmente.
Espanhol
Compreende BemLê Bem.
Francês
Compreende RazoavelmenteLê Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2016
Arte e cultura, modalidade produção audiovisual., (Edital PROEX n° 002/2015 (Resoluções nº 003/2014 e nº 031/2015 CONSEPE e o Decreto nº 7.234/2010 P.
2014
Arte e cultura, modalidade produção audiovisual., Edital N°06/2014 ? PROEX, Diretoria de Ação Intercultural/Pró-Reitoria de Extensão - PROEX/UNIFESSP.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
1SILVA, C. B.2017SILVA, C. B.; SANTOS FILHO, A. S. . A construção social do conflito: reflexões a partir da vila Espírito Santo - território ribeirinho do sudeste paraense. 1, v. 1, p. 12-32, 2017.

Capítulos de livros publicados
1.
SILVA, C. B.; SANTOS FILHO, A. S. . Representações da ameaça: povos e comunidades tradicionais no eixo da UHE de Marabá. In: Rosa Elizabeth Acevedo Marin; Jurandir Santos de Novaes. (Org.). Povos Tradicionais em colisão com estratégias empresariais no Maranhão e Pará. 1ed.Manaus: UEA Edições, 2015, v. 1, p. 231-247.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, C. B.; CRUZ, T. M. . Colonialidade e resignação: a tentativa de legitimação social da barragem de Marabá. In: Seminário Internacional América Latina: políticas e conflitos contemporâneos, 2017, Belém. II Seminário Internacional América Latina: Políticas e conflitos contemporâneos SIALAT - Colonialidade, Poder e Territórios, 2017. v. II. p. 1493-1507.

2.
SILVA, C. B.; SANTOS FILHO, A. S. . A barragem de Marabá no contexto da vila Espírito Santo: considerações sobre a noção de atingido a partir da perspectiva dos ribeirinhos. In: Seminário Produção e Incorporação da Interdisciplinaridade na concepção da Pesquisa no PDTSA, 2014, Marabá. Produção e Incorporação da Interdisciplinaridade na concepção da Pesquisa no PDTSA, 2014. v. 1. p. 1-15.

3.
SILVA, C. B.; SOUSA, M.M. . 'Consumir' a feira: um estudo a partir da feira da agricultura familiar situada no município de Marabá-PA. In: II Seminário de Antropologia da UFSCAR, 2013, São Carlos. II Seminário de Antropologia da UFSCAR, 2013. v. II.

4.
SILVA, C. B.. A manifestação do conflito social frente ao anúncio da UHE de Marabá: uma análise a partir da vila Apinagés. In: IV Seminário Amazônia: Interações entre o Local e o Global- O pensamento Social Crítico Contemporâneo, 2013, Marabá. Anais do IV Seminário Amazônia: Interações entre o Local e o Global- O pensamento Social Crítico Contemporâneo, 2013.

5.
SILVA, C. B.; LOPES, R. R. ; SANTOS, M. M. ; SILVA, L. S. E. ; CABRAL, R.S. ; CRUZ, R.M. . A intervenção do Estado no espaço indígena Kyikateje: dissonancias quanto ao uso e representação do território. In: III Seminário Internacional Amazônia: Interações entre o Local o Global- Identidade, Território e Desenvolvimento., 2011, Marabá. Anais do III Seminário Internacional Amazônia: Interações entre o Local o Global- Identidade, Território e Desenvolvimento., 2011. v. 3.

6.
SILVA, C. B.; MALHEIRO, B. C. P. . R-esistência e organização social de comunidades ameaçadas pela hidrelétrica de Marabá. In: II Seminário Amazônia- Interações entre o Global e o Local, 2010, Marabá. II Seminário Amazônia- Interações entre o Global e o Local, 2010.

7.
SILVA, C. B.. R-existência e organização social de comunidades ameaçadas pela hidrelétrica de Marabá. In: Congresso do Campus de Marabá, 2009, Marabá. Anais do Congresso do Campus Universítário de Marabá, 2009. v. 1.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
COSTA, R. C. P. ; SILVA, C. B. . Práticas Tradicionais e Experiências Agroecológicas no Sudeste Paraense: Um Estudo a Partir das Mulheres Quebradeiras de Coco Babaçu. In: IX Congresso Brasileiro de Agroecologia, 2015, Belém. IV Seminário Estadual de Agroecologia, 2015. v. 10.

Apresentações de Trabalho
1.
SILVA, C. B.. Povos tradicionais, memória e prática política no debate sobre a Hidrovia Araguaia - Tocantins. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Costa, Rita P. da. ; SILVA, C. B. . Novas Tecnologias para a pesquisa: um olhar para a fonte documental e a produção audiovisual. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
SILVA, C. B.. Pesquisa-Ação: a pesquisa como instrumento de intervenção social na realidade. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
SILVA, C. B.; COSTA, R. C. P. . Situações sociais e relações de pesquisa entre indígenas, quilombolas, quebradeiras de coco babaçu e agroextrativistas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
SILVA, C. B.. A UHE de Marabá na dinâmica de acumulação de capital na região sudeste do Pará. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
SILVA, C. B.; MALHEIRO, B. C. P. . O confronto de territorialidade na dinâmica da fronteira: a UHE de Marabá e a comunidade ribeirinha de Apinagés no front sudeste do Pará. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
SILVA, C. B.; SOUSA, M.M. ; LOPES, R. R. ; CRUZ, R.M. ; CABRAL, R.S. ; SILVA, L. S. E. . Projetos Governamentais: impactos territoriais e sociais na comunidade indígena Kyikatêjê. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
SILVA, C. B.; SANTOS FILHO, A. S. . Estratégias Ideológicas e Territoriais em curso na órbita da UHE Marabá. Marabá: Fundação Casa da Cultura de Marabá, 2015 (Boletim).

2.
ALMEIDA, A. W. B. ; MARIN, R. E. A. ; Costa, Rita P. da. ; AMARAL, M. D. B. ; BARBOSA, M. R. ; SILVA, C. B. . Quebradeiras de Coco Babaçu e Agroextrativistas: sudeste do Pará 2014 (Fascículo).

3.
ALMEIDA, A. W. B. ; MARIN, R. E. A. ; GONCALVES, P. R. ; ALMEIDA, R. C. M. ; Costa, Rita P. da. ; SILVA, A. V. ; ARAUJO, F. O. ; LUZ, M. C. C. ; BARBOSA, M. R. D. ; TENORIO, M. A. R. ; CONRADO, E. D. C. ; SILVA, C. B. . Quilombolas da Ilha de São Vicente: Araguatins, Tocantins 2014 (Fascículo).

4.
SILVA, C. B.; Costa, Rita P. da. ; MARIN, R. E. A. ; ALMEIDA, A. W. B. ; SABINO, T. A. G. ; NOVAES, Jurandir Santos de . Mapeamento social como instrumento de gestão territorial contra o desmatamento e a devastação : processo de capacitação de povos e comunidades tradicionais : aldeia indígena Akrãtikatêjê, Pará. 2014 (Boletim).

5.
SILVA, C. B.; SOUSA, M.M. ; SILVA, L. S. E. ; SANTOS, R. L. ; MATAYOSHI, R. ; CABRAL, R.S. . Projetos Governamentais: impactos sociais e territoriais na comunidade Kyikateje. Marabá: Fundação Casa da Cultura de Marabá, 2010 (Boletim).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
SILVA, C. B.; SILVA JUNIOR, A. L.. Participação em banca de Maria de Jesus Nonato Farias. A AGRICULTURA SUSTENTÁVEL: explorando possibilidades de relações com a natureza. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educ. do Campo, Agroec. e Questão Agrária na Amazô) - Universidade Federal do Pará.

2.
SILVA, C. B.. Participação em banca de Raimundo Conceição da Silva. IMPORTÂNCIA DA PESQUISA EM INSTITUIÇÕES ESCOLARES- o que é e como pesquisar. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educ. do Campo, Agroec. e Questão Agrária na Amazô) - Universidade Federal do Pará.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SILVA, C. B.; Costa, Rita P. da.; POSSAS, H. M.; CUNHA, C. V.. Participação em banca de Maria Raimunda Dias Barbosa.COMUNIDADE DA VILA DIAMANTE: ABORDAGEM DAS PRÁTICAS SOCIECOLÓGICAS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará.

2.
CUNHA, C. V.; MELO, L. S.; SILVA, C. B.; HERRERA, P. G.. Participação em banca de Ligiane Vieira Lima.EDUCAÇÃO POPULAR: A DIMENSÃO DO TRABALHO DA PESCA NA COMUNIDADE DE APINAJÉS, SÃO JOÃO DO ARAGUAIA, PARÁ, BRASIL. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará.

3.
MELO, L. B.; MENDES, T.; SILVA, C. B.. Participação em banca de Caroline Borges da Silva.RELATO DE MINHA HISTÓRIA DE VIDA E FORMAÇÃO. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará.

4.
MELO, L. B.; MENDES, T.; SILVA, C. B.. Participação em banca de Neiriane da Silva Monteiro.VIVÊNCIA DE UMA EDUCAÇÃO NO CAMPO. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará.

5.
MELO, L. B.; MENDES, T.; SILVA, C. B.. Participação em banca de Sofia Moreira Santos.MEMÓRIAS E LEMBRANÇAS DE MINHA TRAJETÓRIA FORMATIVA. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará.

6.
SILVA, C. B.; BARBOSA, C.. Participação em banca de Leandro de Sousa e Silva.MARCAS DO PASSADO E A DINÂMICA DO PRESENTE: migração, pecuarização e a política de ATER na vila Capistrano de Abreu, sudeste do Pará. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará.

7.
SILVA, C. B.; SILVA, I.S.; Costa, Rita P. da.. Participação em banca de Josilene Nunes de Lima.FOLIA DE REIS NA VILA AÇAIZAL, SÃO DOMINGOS DO ARAGUAIA: DINÂMICAS SOCIOCULTURAIS E ASPECTOS HISTÓRICOS DA REGIÃO. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará.

8.
SILVA, C. B.; PADILHA, S. C. C.; BARBOSA, C.. Participação em banca de JOÃO PEREIRA DA SILVA.MUNICIPALIZAÇÃO DO TRANSITO: A DESCENTRALIZAÇÃO DA GESTÃO E CRISE URBANA NO MUNICÍPIO DE MARABÁ. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Pará.

9.
PANTOJA, P. S. S.; SILVA, C. B.; BARBOSA, C.. Participação em banca de Gilcilene Serafim de Carvalho.A FUNÇÃO SOCIAL DA PASTORAL DA CRIANÇA NA ARQUIDIOCESE DE MARABÁ: AS BASES DE UMA AÇÃO ECLESIAL. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Pará.

10.
SILVA, C. B.; BARBOSA, C.. Participação em banca de Gilmara da Silva Souza.GESTÃO DEMOCRÁTICA A SERVIÇO DA TRANSFORMAÇÃO SOCIAL NO CONTEXTO DA ESCOLA PÚBLICA. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Pará.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
MARGARIDA, A.; SILVA, C. B.. COMISSÃO JULGADORA DA 2ª ETAPA DO PSE/FECAMPO/UNIFESSPA. 2018. Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
?APRENDIZAGEM TERRITORIAL, INDICAÇÃO GEOGRÁFICA E O MAPEAMENTO PARTICIPATIVO?. 2017. (Outra).

2.
CAFÉ COM CIÊNCIA: SOCIALIZAÇÃO DE EXPERIÊNCIA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. 2017. (Outra).

3.
I Seminário sobre os impactos da hidrovia Araguaia - Tocantins: o rio Tocantins para além do uso como via de transporte. 2017. (Seminário).

4.
SEMINÁRIO INTERNACIONAL AMÉRICA LATINA: POLÍTICAS E CONFLITOS CONTEMPORÂNEOS- II SIALAT.Colonialidade e resignação: a tentativa de legitimação social do projeto de construção da barragem de Marabá. 2017. (Seminário).

5.
CAFÉ COM CIÊNCIA:MÍDIAS COMPARTILHADAS- UMA EXPERÊNCIA DE CONSTRUÇÃO COTIDIANA NO DOCUMENTÁRIO. 2015. (Outra).

6.
CONJUNTURA ECONÔMICA DO BRASIL. 2015. (Outra).

7.
DEBATE DO VIDEO DOCUMENTÁRIO "SEM PENA", FILME DE EUGÊNIO UP. 2015. (Outra).

8.
IX CONFGRESSO DE AGROECOLOGIA E IV SEMINÁRIO DE AGROECOLOGIA. PRÁTICAS TRADICIONAIS E EXPERIÊNCIAS AGROECOLÓGIAS NO SUDESTE PARAENSE: UM ESTUDO A PARTIR DAS MULHERES QUEBRADEIRAS DE COCO BABAÇU. 2015. (Congresso).

9.
AS CIDADES MÉDIAS DA AMAZÔNIA: DINÂMICAS ECONÔMICAS, CENTRALIDADE URBANO-REGIONAL E MODERNIZAÇÃO SÓCIO-ESPACIAL. 2014. (Outra).

10.
PROJETO: MAPEAMENTO SOCIAL COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO TERRITORIAL CONTRA O DESMATAMENTO E A DEVASTAÇÃO: PROCESSO DE CAPACITAÇÃO DE POVOS E COMUNIDADES TRADICIONAIS. 2014. (Seminário).

11.
SEMINÁRIO NACIONAL "DITADURA CIVIL-MILITAR NO BRASIL E A RESISTENCIA ARMADA NO ARAGUAIA". 2014. (Seminário).

12.
CIDADES AMAZÔNICAS, PASSIVOS E PERSPECTIVAS. 2013. (Outra).

13.
DESCONTROLE DA AÇÃO DO ESTADO: SITUAÇÕES DA ECONOMIA DA MANDIOCA NO PARÁ. 2013. (Outra).

14.
OFICINA DE CARTOGRAFIA E MAPEAMENTO SOCIAL.OFICINA DE CARTOGRAFIA E MAPEAMENTO SOCIAL. 2013. (Oficina).

15.
TREINAMENTO DO PORTAL DE PERIÓDICOS DA CAPES. 2013. (Outra).

16.
ECONOMIA SOLIDÁRIA: GÊNESE, DESAFIOS E PERSPECTIVAS. 2012. (Outra).

17.
I CONFERÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE AMBIENTAL - ETAPA MARABÁ. 2009. (Encontro).

18.
I JORNADA DE CIÊNCIAS SOCIAIS: ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO DO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE MARABÁ. 2009. (Encontro).

19.
SEMINÁRIO INTERAÇÕS INTERAÇÕES ENTRE O LOCAL E O GLOBAL. 2009. (Seminário).

20.
I ENCONTRO INTERNACIONAL LUSO - AMAZÔNICO: A LUTA PELOS DIREITOS NA AMAZÔNIA.. 2008. (Encontro).

21.
VII SEMINÁRIO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA INTITULADO ?EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA E DIVERSIDADE NO SUL E SUDESTE PARAENSE: VIVÊNCIAS E TRAJETÓRIAS?. 2008. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SILVA, C. B.; Costa, Rita P. da. . CAFÉ COM CIÊNCIA:MÍDIAS COMPARTILHADAS- UMA EXPERÊNCIA DE CONSTRUÇÃO COTIDIANA NO DOCUMENTÁRIO. 2015. (Outro).

2.
SILVA, C. B.; Costa, Rita P. da. . CAFÉ COM CIÊNCIA. CULTURA E IDENTIDADES NA AMAZÔNIA- CARTOGRAFIA E MAPEAMENTO SOCIAL: RELAÇÕES DE PESQUISA E EDUCAÇÃO DO CAMPO. 2014. (Outro).

3.
Costa, Rita P. da. ; SILVA, C. B. . EXPERIÊNCIAS SOCIAIS E QUESTÕES SOCIOAMBIENTAIS NO SUDESTE DO PARÁ. 2014. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Raimundo Conceição da Silva. A importância da pesquisa emtituições escolares- o que é e como pesquisar?. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Educ. do Campo, Agroec. e Questão Agrária na Amazô) - Universidade Federal do Pará. Orientador: Cristiano Bento da Silva.

2.
Maria de Jesus Nonato Farias. A Agricultura Sustentável: explorando possibilidades de relações com a natureza. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Educ. do Campo, Agroec. e Questão Agrária na Amazô) - Universidade Federal do Pará. Orientador: Cristiano Bento da Silva.



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
SILVA, C. B.. Pesquisa-Ação: a pesquisa como instrumento de intervenção social na realidade. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
SILVA, C. B.. Povos tradicionais, memória e prática política no debate sobre a Hidrovia Araguaia - Tocantins. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Costa, Rita P. da. ; SILVA, C. B. . Novas Tecnologias para a pesquisa: um olhar para a fonte documental e a produção audiovisual. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/01/2019 às 5:07:27