Diego Luiz dos Santos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4178073428894320
  • Última atualização do currículo em 18/11/2018


Licenciado em História pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2014) e mestre em História, Poder e Práticas Sociais (2017) pela mesma instituição. Atualmente é doutorando em História das Ciências e da Saúde pela Casa de Oswaldo Cruz (COC-Fiocruz) e discente da pós-graduação em História, Arte e Cultura da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Tem experiência em pesquisas nos campos da História Cultural e História das Ciências, com destaque para a História da Loucura e da Psiquiatria. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Diego Luiz dos Santos
Nome em citações bibliográficas
SANTOS, D. L.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual do Oeste do Paraná.
Rua Pernambuco, 1777
85960-000 - Marechal Candido Rondon, PR - Brasil
Telefone: (45) 32847878


Formação acadêmica/titulação


2018
Doutorado em andamento em História das Ciências e da Saúde.
Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz, COC-FIOCRUZ, Brasil.
Título: Histórias de Mulheres Loucas: Uma análise historiográfica dos escritos autobiográficos de quatro mulheres da segunda metade do século XX,
Orientador: Cristiana Facchinetti.
Bolsista do(a): Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
2015 - 2017
Mestrado em História, Poder e Práticas Sociais.
Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Brasil.
Título: 'Eu era oficialmente uma artista louca': Uma análise da autobiografia em quadrinhos de Ellen Forney,Ano de Obtenção: 2017.
Orientador: Yonissa Marmitt Wadi.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Autobiografia; Quadrinhos; História da loucura e da psiquiatria.
2017
Especialização em andamento em História, Arte e Cultura.
Universidade Estadual de Ponta Grossa, UEPG, Brasil.
2016 - 2017
Especialização em Educação, Diversidade e Cidadania.
Faculdade Educacional da Lapa, FAEL, Brasil.
Título: A História da África Contada por meio dos Quadrinhos: Possibilidades de Ensino e Pesquisa em Sala de Aula.
Orientador: Gilmar Dias.
2011 - 2014
Graduação em História.
Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Brasil.
Título: Memória Comunicativa e Geração: Análise das memórias familiares na Colônia de Entre Rios (Guarapuava-PR).
Orientador: Méri Frotscher Kramer.
2008 interrompida
Graduação interrompida em 2010 em Tecnologia em Marketing.
FACULDADE ALFA BRASIL, FAAB, Brasil.
Título: Expomarketing 2009 - Feira de NEgócios.
Orientador: Clemilson Ribeiro.
Ano de interrupção: 2010




Formação Complementar


2017 - 2017
ética, Valores e Saúde na Escola. (Carga horária: 2h).
Learncafe Ensino, LEARNCAFE, Brasil.
2016 - 2016
Michel Foucault. (Carga horária: 9h).
Buzzero Marketing Internacional, BUZZERO, Brasil.
2016 - 2016
História do Jornalismo. (Carga horária: 8h).
Buzzero Marketing Internacional, BUZZERO, Brasil.
2016 - 2016
Ética Empresarial. (Carga horária: 5h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2016 - 2016
Cinema: Representação e Loucura. (Carga horária: 18h).
Learncafe Ensino, LEARNCAFE, Brasil.
2016 - 2016
Indústria Cultural. (Carga horária: 4h).
Learncafe Ensino, LEARNCAFE, Brasil.
2016 - 2016
Espaço da Universidade na Sociedade. (Carga horária: 5h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2016 - 2016
A Configuração do Jeitinho Brasileiro em Narrativas Literárias. (Carga horária: 17h).
Learncafe Ensino, LEARNCAFE, Brasil.
2014 - 2014
História e antropologia: conexões e distanciamentos. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Brasil.
2013 - 2013
Una mirada de género sobre la salud mental. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Brasil.
2013 - 2013
História, memória e gênero. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Brasil.
2012 - 2012
O conceito em História em Walter Benjamin. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Brasil.



Projetos de pesquisa


2016 - 2017
O ponto de vista dos loucos em percursos historiográficos e antologias de vidas
Descrição: Assistimos atualmente, no campo denominado de História da Loucura e da Psiquiatria, a uma ampliação e inovação teórico-metodológica e temática, conduzida por uma gama de estudiosos/as de diferentes países, possibilitada, dentre outras coisas, por um novo olhar lançado a fontes usuais (como documentos administrativos ou clínicos, relatórios médicos etc.), mas também pela agregação de novas e importantes fontes, como as narrativas que expressam de formas variadas (em escritos, imagens ou apenas falas) os pontos de vista de pessoas tidas como loucas. A problematização de experiências diversas, como as do processo de internação e da vida cotidiana nas instituições de assistência, da atribuição/assunção de diagnósticos e do estigma, das relações de gênero, dos processos de subjetivação, são algumas das dimensões que aparecem nestas narrativas sob perspectivas novas e até surpreendentes. A proposta deste projeto é justamente debruçar-se sobre tais narrativas, tornadas fontes históricas, ou seja, singularidades que, em espaços e temporalidades diversos, oferecem certas e diferentes respostas, a certos e diferentes problemas, congregados sob o rótulo da "loucura". Desta forma, como primeiro eixo da investigação, foi necessário realizar um levantamento bibliográfico e uma problematização historiográfica de trabalhos acadêmicos (artigos, livros, teses e dissertações), no campo da História da Loucura e da Psiquiatria, produzidas no âmbito ibero-americano. Os trabalhos que propõe-se levantar e problematizar são os que postulam uma nova história (da loucura, da psiquiatria, até mesmo da medicina) considerando as experiências e pontos de vista de pessoas consideradas loucas, visíveis em grande parte em suas próprias narrativas. Como segundo eixo foi necessário construir antologias de vidas de pessoas consideradas loucas, pelo trabalho mais direto com fontes de pesquisa relativas a suas experiências e pontos de vista. Neste sentido, buscou-se levantar levantar e selecionar, para análise, cartas, bilhetes, diários, autobiografias, poesias, desenhos, pinturas, romances etc., ou seja, uma gama de materiais produzidos por pessoas tidas como loucas. A intenção é buscar, inicialmente, documentos produzidos em instituições psiquiátricas especializadas, sob guarda destas ou de instituições de pesquisa (arquivos, centros de documentação, bibliotecas), localizadas na cidade do Rio de Janeiro / Brasil e na Cidade do México / México. Será dada atenção, também, à busca de narrativas produzidas em espaços institucionais diferentes das instituições fechadas ou fora de qualquer instituição psiquiátrica ou seja, materiais publicizados em blogs e e-books, em textos ou jornais impressos produzidos por associações de usuários ou outras de apoio, entre outras possíveis. Nestas realidades, muitos dos que escrevem, escrevem ainda como pacientes psiquiátricos, ora inseridos nas chamadas modalidades assistenciais alternativas, centros comunitários de saúde mental (como os Centros de Atenção Psicossocial/CAPS), ambulatórios, hospitais-dia, hospitais-noite, residências terapêuticas, ora apenas sendo acompanhados por psiquiatras, psicólogos, psicanalistas e outros terapeutas em tratamentos sem nenhuma institucionalização ou assistência pública..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Diego Luiz dos Santos - Integrante / Yonissa Marmitt Wadi - Coordenador / Ana Teresa Acatauassú Venancio - Integrante / Teresa Ordorika Sacristán - Integrante / Abigail Duarte Petrini - Integrante / Jakeline Santos Carvalho - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2015 - 2015
Gênero, instituições e saber psiquiátrico em narrativas da loucura
Descrição: Este projeto tem como objetivo geral problematizar, do ponto de vista do conhecimento histórico e a partir de um conjunto de narrativas de pessoas consideradas loucas, a constituição de um pensamento da loucura, relacionado à experiência da loucura e sua internação em espaços especializados, acontecimentos estes situados no bojo de determinadas configurações da assistência e da ciência psiquiátricas, entre as décadas de 1950 e 2000, privilegiando a dimensão de gênero (em seu intercruzamento com as de classe, raça/etnia e geração), bem como as descontinuidades históricas. As narrativas da loucura privilegiadas como fontes principais e tema/problema desta pesquisa foram gestadas por duas mulheres e um homem, em três momentos históricos diferentes: 1) De Maura Lopes Cançado (1929-1993), o livro Hospício é Deus, produzido como diário entre outubro de 1959 e março de 1960 e publicado pela primeira vez em 1965 e o livro de contos O sofredor do ver, de 1968, que reuniu contos esparsos publicados no suplemento dominical do Jornal do Brasil; 2) De Stela do Patrocínio (1941-1992), Reino dos Bichos e dos Animais é o Meu Nome, oriundo do 'falatório' da autora gravado entre os anos de 1986-1989 e no ano 1991, posteriormente transcrito, e publicado em 2001; 3) De Rodrigo de Souza Leão (1965-2009), Todos os Cachorros são Azuis, livro de estreia do autor publicado em 2008; os livros póstumos, Me roubaram uns dias contados e O Esquizoide, lançados respectivamente em 2010 e 2011 e as publicações do autor nos blogs Lowcura (que reúne poesias, fotografias, textos, alimentado por ele até sua morte) e Rodrigo de Souza Leão (que reúne textos e imagens do autor e sobre ele). Considera-se que a problematização destes três conjuntos textuais oferece informações, pistas, vestígios, que ampliam significativamente a compreensão historiográfica sobre os espaços institucionais, sobre o papel e o significado das instituições, de sua constituição em tempos passados até a contemporaneidade. A coordenadora recebe bolsa PQ2-CNPq (2013-2015) com este projeto (sob o título A loucura por escrito: as subjetividades, as instituições e os saberes em narrativas de loucos)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Diego Luiz dos Santos - Integrante / Méri Frotscher - Integrante / Yonissa Marmitt Wadi - Coordenador / Cezar Karpinski - Integrante / Ana Teresa Acatauassú Venancio - Integrante / Solange Cordeiro - Integrante / Thamara Parteka - Integrante / Teresa Ordorika Sacristán - Integrante / Telma Beiser de Melo Zara - Integrante.
2013 - 2014
Memórias sobre a II Guerra Mundial na família: memória comunicativa em entrevistas com três gerações em Entre Rios (Guarapuava, PR) - Iniciação Científica
Descrição: A pesquisa em questão faz parte de um de uma investigação de maior abrangência intitulada 'Deslocamentos e (des)encontros: refugiados da Segunda Guerra Mundial e brasileiros em Entre Rios', financiada pelo CNPq e desenvolvida por pesquisadores da UNIOESTE e da UNICENTRO. O projeto de iniciação científica buscou compreender as relações que envolvem as histórias de vida narradas por diferentes gerações de uma mesma família. A pesquisa se baseia em entrevistas de história de vida realizadas com imigrantes e descendentes de alemães conhecidos como Donauschwaben (suábios do Danúbio), oriundos da ex-Iugoslávia, Romênia e Hungria, e que ao final da II Guerra Mundial fugiram ou foram expulsos de seus territórios. Esta investigação trata de histórias de vida produzidas em situação de entrevista com pessoas de duas ou três gerações de uma família e objetivou analisar como o passado é narrado e ressignificado pelas gerações de uma mesma família..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2012
Colônias agrícolas no Paraná (Séculos XIX E XX)
Descrição: Trata-se de uma pesquisa financiada pelo CNPq e pela Fundação Araucária por meio do "Programa de Infraestrutura para Jovens Pesquisadores Programa Primeiros Projetos". O objetivo é localizar, coletar, analisar e constituir um fundo documental sobre a formação de colônias agrícolas no Paraná durante os séculos XIX e XX, além de produzir artigos e apresentar resultados em comunicações orais de eventos científicos. Espera-se que o fundo documental constituído possibilite a realização de futuras pesquisas pelo proponente desta proposta e também sirva como fonte para outros docentes e alunos de graduação e pós-graduação da Unioeste, pesquisadores de outras instituições e professores da rede de ensino fundamental e médio da região Oeste do Paraná..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Diego Luiz dos Santos - Integrante / Raiane Clair Ramirez dos Santos - Integrante / Lidiane Karina Wentz - Integrante / Dr. Marcos Nestor Stein - Coordenador.


Projetos de extensão


2014 - 2015
Ações para a Preservação e Digitalização do Acervo Fotográfico do Museu da Imagem e do Som (MIS) do Município de Cascavel, PR
Descrição: A presente atividade de extensão visa higienizar, identificar, catalogar e digitalizar o acervo de documentos do Museu de Imagem e Som (MIS) do município de Cascavel-PR. O acervo, que é formado por cerca de 40.000 mil fotografias, é enviado ao campus da Unioeste de Marechal Cândido Rondon-PR, onde será executada a atividade. Primeiramente é feita a higienização, processo que consiste na limpeza do material extração da poeira, fragmentos de papéis, metais e outros resíduos. Em seguida, o material é identificado, catalogado e enviado a digitalização, que consiste na conversão do documento impresso papel em imagens eletrônicas, por meio de um scanner, e seu armazenamento em sistema digital. Ao final da atividade, os documentos são devolvidos ao MIS juntamente com a cópia digital. Além de contribuir para a preservação do acervo, espera-se que a atividade facilite o acesso de pesquisadores e da população em geral aos documentos..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2012 - 2013
Ações para a Preservação e Digitalização do Acervo Fotográfico do Museu da Imagem e do Som (MIS) do Município de Cascavel, PR
Descrição: A presente atividade de extensão visa higienizar, identificar, catalogar e digitalizar o acervo de documentos do Museu de Imagem e Som (MIS) do município de Cascavel-PR. O acervo, que é formado por cerca de 40.000 mil fotografias, é enviado ao campus da Unioeste de Marechal Cândido Rondon-PR, onde será executada a atividade. Primeiramente é feita a higienização, processo que consiste na limpeza do material extração da poeira, fragmentos de papéis, metais e outros resíduos. Em seguida, o material é identificado, catalogado e enviado a digitalização, que consiste na conversão do documento impresso papel em imagens eletrônicas, por meio de um scanner, e seu armazenamento em sistema digital. Ao final da atividade, os documentos são devolvidos ao MIS juntamente com a cópia digital. Além de contribuir para a preservação do acervo, espera-se que a atividade facilite o acesso de pesquisadores e da população em geral aos documentos..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
WADI, Y. M.2018WADI, Y. M. ; SANTOS, D. L. . 'O que é normal e o que é louco?': A vida com transtorno bipolar na autobiografia em quadrinhos Parafusos de Ellen Forney. REVISTA ELETRÔNICA DA ANPHLAC, v. 24, p. 281-318, 2018.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, D. L.. 'O verdadeiro artista é o artista louco': Arte, loucura e psiquiatria na autobiografia em quadrinhos 'Parafusos' de Ellen Forney (Estados Unidos, 1998-2012). In: XXIX Simpósio Nacional de História, 2017, Brasília - DF. Anais do XXIX Simpósio Nacional de História, 2017. p. 01-11.

2.
SANTOS, D. L.. Bem vinda ao 'Clube Van Gogh': arte e loucura na autobiografia em quadrinhos 'Parafusos'. In: XV Encontro Regional de História, 2016, Curitiba-PR. Anais do XV Encontro Regional de História, 2016. p. 1-13.

3.
SANTOS, D. L.. Loucura, psiquiatria e arte: uma análise da autobiografia em quadrinhos de Ellen Forney. In: V Simpósio Paranaense de Ciências Sociais, 2016, Toledo-PR. Anais do V Simpósio Paranaense de Ciências Sociais, 2016. v. Único. p. 322-335.

4.
SANTOS, D. L.. A arte de ser louco: análise da autobiografia em quadrinhos 'Parafusos' de Ellen Forney. In: VII Congresso internacional de História e XXXV Encuentro de Geohistoria Regional, 2015, Maringá-PR. Anais do VII Congresso internacional de História e XXXV Encuentro de Geohistoria Regional, 2015. p. 239-248.

5.
SANTOS, D. L.. Loucura em quadrinhos: uma análise da autobiografia de uma paciente psiquiátrica. In: XVIII Simpósio Nacional de História, 2015, Florianópolis-SC. Anais do XVIII Simpósio Nacional de História, 2015. p. 1-9.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, D. L.. Loucura e Psiquiatrização no livro 'Parafusos': uma análise da história da loucura por meio dos quadrinhos. In: IX Jornada de Sociologia da Saúde, 2015, Curitiba-PR. Anais 2015 da Jornada de Sociologia da Saúde: Migração e Saúde, 2015. p. 2-6.

2.
SANTOS, D. L.. Memórias de uma sobrevivente: histórias de vida, memória e geração (Colônia de Entre Rios, Guarapuava-PR). In: XIV Encontro regional de História, 2014, Campo Mourão-PR. Anais do XIV Encontro regional de História, 2014. p. 2034-2045.

Apresentações de Trabalho
1.
SANTOS, D. L.. 'O verdadeiro artista é o artista louco': arte, loucura e psiquiatria na autobiografia em quadrinhos 'Parafusos' de Ellen Forney (Estados Unidos, 1998-2012). 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
SANTOS, D. L.. Bem vinda ao 'Clube Van Gogh': arte e loucura na autobiografia em quadrinhos Parafusos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
SANTOS, D. L.. Loucura, psiquiatria e arte: uma análise da autobiografia em quadrinhos de Ellen Forney. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
SANTOS, D. L.. Cruzando o portal de fogo: a criatividade e a loucura na autobiografia em quadrinhos de Ellen Forney (EUA, 1990-2000). 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
SANTOS, D. L.. Loucura em quadrinhos: uma análise da autobiografia em quadrinhos de uma paciente psiquiátrica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
SANTOS, D. L.. A arte de ser louca: análise da autobiografia em quadrinhos 'Parafusos' de Ellen Forney. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
SANTOS, D. L.. Loucura e diagnóstico: um estudo da loucura por meio da autobiografia em quadrinhos de Ellen Forney. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
SANTOS, D. L.. Psiquiatria em quadrinhos: breve analise da autobiografia em quadrinhos de Ellen Forney. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
SANTOS, D. L.. Uma análise da loucura por meio dos quadrinhos: bipolaridade, arte e história na obra 'Parafusos' de Ellen Forney. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
SANTOS, D. L.. 'Eu era oficialmente uma artista louca': A 'loucura' na autobiografia em quadrinhos 'Parafusos' de Ellen Forney. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
SANTOS, D. L.. Loucura e Psiquiatização em quadrinhos: uma análise da autobiografia em quadrinhos 'Parafusos'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
SANTOS, D. L.. Memórias de uma sobrevivente: histórias de vida, memória e geração (Colônia de Entre Rios, Guarapuava-PR). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
SANTOS, D. L.. Memória comunicativa com netos de imigrantes alemães (Colônia de Entre Rios, Guarapuava-PR). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
SANTOS, D. L.. Histórias de vida, memória e geração (colônia de Entre Rios, Guarapuava-PR). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
SANTOS, D. L.. História de vida e memória intergeracional (Colônia de Entre Rios, Guarapuava-PR). 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
SANTOS, D. L.. Apontamentos sobre a construção de uma identidade para o município de Cascavel através da música. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
SANTOS, D. L.; SANTOS, R. C. R. . Colônias agrícolas nos campos gerais do Paraná: reflexões sobre fontes históricas e experiências de pesquisa. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
SANTOS, D. L.. Anarquismo e comemoração: análise de narrativas comemorativas presentes na minissérie Colônia Cecília - Uma história de Amor e Utopia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
SANTOS, D. L.. Resenha de: CAMPOS, Ricardo. El Caso Morillo: Crimen, Locura y Subjetividad en la España de la Restauración. Cascavel-PR: Edunioste, 2017 (Resenha Crítica na Revista Tempos Históricos).

2.
SANTOS, D. L.. Revista Tempos Históricos, vol. 18, nº 2, ano XVI. 2º Semestre de 2014.. Cascavel-PR: Edunioeste, 2014 (Produção da Capa da Revista Tempos Históricos).

3.
SANTOS, D. L.. Revista Tempos Históricos, vol 18, nº 01, ano XV. 1º semestre/2014.. Cascavel-PR: Edunioeste, 2014 (Produção da Capa da Revista Tempos Históricos).

4.
SANTOS, D. L.. Revista Tempos Históricos, vol 17, nº 02, ano XV. 2º semestre/2013.. Cascavel-PR: Edunioeste, 2013 (Produção da Capa da Revista Tempos Históricos).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Conferência. 2018. (Outra).

2.
Conferencias Internacionais Histórias Transculturais das Psicoterapias. 2018. (Outra).

3.
Psicologia e História: Fontes. 2018. (Oficina).

4.
XIII Encontro Clio-Psyché. 2018. (Encontro).

5.
Dos impasses da modernidade no Brasil: a questão da degeneração. 2017. (Outra).

6.
Memória social e patrimônio: os museus em questão. 2017. (Outra).

7.
Ditadura, memória, verdade e justiça: ontem e hoje. 2016. (Outra).

8.
Gênero e memoria: experiências de pesquisa no laboratório de estudos de gênero e história - LEGH/UFSC. 2016. (Outra).

9.
História regional em foco: Aula Magna do curso de História (Unipar). 2016. (Outra).

10.
Memória, verdade e justiça: as políticas de memória no Brasil pós-ditadura. 2016. (Outra).

11.
V Simpósio Paranaense de Ciências Sociais. 2016. (Simpósio).

12.
XV Encontro Regional de História da Anpuh/PR. 2016. (Encontro).

13.
18º Jornada de Estudos Linguísticos e Literários. 2015. (Outra).

14.
3as Jornadas Internacionais de Histórias em Quadrinhos. 2015. (Outra).

15.
Ditaduras militares no Cone Sul: uma reflexão comparativa. 2015. (Outra).

16.
II Colóquio de Pós-Graduação de História, Poder e Práticas Sociais. 2015. (Outra).

17.
IX Jornada de Sociologia da Saúde.Loucura e psiquiatrização no livro. 2015. (Outra).

18.
IX Jornada de Sociologia da Saúde: Migração e Saúde. 2015. (Outra).

19.
VII Congresso Internacional de História e XXXV Encuentro de Geohistoria Regional. 2015. (Congresso).

20.
XXVIII Simpósio Nacional de História. 2015. (Simpósio).

21.
23º Encontro Anual de Iniciação Científica. 2014. (Encontro).

22.
Grupo de estudos e oficinas do Laboratório de Pesquisas Práticas Culturais e Identidades. 2014. (Oficina).

23.
XIV Encontro Regional de História - 1964-2014: 50 anos do golpe militar no Brasil. 2014. (Encontro).

24.
Do nacional-desenvolvimentismo ao neoliberalismo: intelectuais na América Latina entre os anos 1950 e 1980. 2013. (Outra).

25.
Fotografias do Museu de Imagem e do Som de Cascavel (MIS): possibilidades de pesquisa e ensino de História. 2013. (Oficina).

26.
I Congresso Internacional de História - Unicentro - UEPG: História e cultura: identidades e regiões. A identidade polonesa nas páginas da imprensa paranaense. 2013. (Congresso).

27.
XIII SEU - Seminário de Extensão da Unioeste.Digitalização de fotografias: projeto ?ações para a preservação do acervo do Museu da Imagem e do Som (MIS) do município de Cascavel?. 2013. (Seminário).

28.
X Semana Acadêmica de História: História e as crises do Capital. 2013. (Outra).

29.
2º Simpósio Internacional de História Ambiental e Migrações.Natureza, discursos e identidades: indagações acerca de narrativas da trajetória de imigrantes menonitas em Santa Catarina e no Paraná (século XX). 2012. (Simpósio).

30.
2º Simpósio Internacional de História Ambiental e Migrações. 2012. (Simpósio).

31.
III Simpósio de pesquisa Estado e Poder: Processos de construção de hegemonia no Brasil Contemporâneo. 2011. (Simpósio).

32.
Propriedade Intelectual na Era da Informação. 2009. (Outra).

33.
Semana Acadêmica da Faculdade Alfa Brasil. 2009. (Outra).

34.
Semana da comunicação FAG e feira do livro SESC Cascavel. 2009. (Outra).

35.
Práticas de mercado na atualidade. 2008. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FACCHINETTI, C. ; SANTOS, D. L. . Conferências Internacionais Histórias Transculturais das Psicoterapias. 2018. (Outro).

2.
SANTOS, D. L.. Tarde Cultural: Arte em Movimento - Arte por fazer Arte na Universidade. 2014. (Outro).

3.
SANTOS, D. L.. X Semana Acadêmica de História: História e as Crises do Capital. 2013. (Outro).

4.
SANTOS, D. L.. IX Semana Acadêmica de História: História e Movimentos Sociais no Brasil Contemporâneo. 2012. (Outro).

5.
FIUZA, A. F. ; VAILLÕES, S. ; SANTOS, D. L. . Henfil - Que país foi este?. 2012. (Exposição).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 10/12/2018 às 20:19:47