Luís Henrique Silva Ferreira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5809670802423789
  • Última atualização do currículo em 06/12/2018


Doutorando em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2015-2019). Mestre em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2012-2014). Bacharel e Licenciado em Geografia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2006-2010). Licenciado em Sociologia pela Universidade Paulista (2016-2018). Foi pesquisador da Estação de Pesquisa de Sinais de Mercado (EPSM), do Núcleo de Educação em Saúde Coletiva (NESCON), da Faculdade de Medicina (FM) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), trabalhando com mercado de trabalho e planejamento em saúde, com enfoque em métodos quantitativos. Tem interesse nos temas: Estratificação Social, Classes Sociais, Classes Socioeconômicas, Sociologia do Trabalho, Mercado de Trabalho e Desigualdades Sociais. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Luís Henrique Silva Ferreira
Nome em citações bibliográficas
FERREIRA, L.H.S.


Formação acadêmica/titulação


2015
Doutorado em andamento em Ciências Sociais.
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
Título: CLASSE SOCIAL E CLASSE SOCIOECONÔMICA: Metodologias de estratificação individual e domiciliar para o Brasil em 2015,
Orientador: André Junqueira Caetano.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: classe social; estratificação social; classe socioeconômica.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político / Especialidade: Classes Sociais e Grupos de Interesse.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Estratificação Social.
2012 - 2014
Mestrado em Ciências Sociais.
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
Título: Mercado de trabalho e informalidade no setor calçadista: um estudo comparativo entre Nova Serrana (MG), Sapiranga (RS) e Camocim (CE) em 2000 e 2010,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: André Junqueira Caetano.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: indústria calçadista; Mercado de Trabalho; Nova Serrana; Sapiranga; Camocim.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Urbana / Especialidade: Sociologia do Trabalho.
2016 - 2018
Graduação em Sociologia.
Universidade Paulista, UNIP, Brasil.
2006 - 2010
Graduação em Geografia.
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
Título: A influência da indústria de calçados na dinâmica espacial em Nova Serrana - MG.
Orientador: Magda Diniz Tezzi.




Formação Complementar


2011
Metrópoles, Trabalho e Desigualdades. (Carga horária: 45h).
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
2011 - 2011
Políticas Públicas de Trabalho,Emprego e Renda. (Carga horária: 45h).
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
2007 - 2007
GIS: "AutoCAD MAP 2000" e noções de GPS. (Carga horária: 16h).
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
2006 - 2007
Vetorização/Georreferenciamento em bases digitais. (Carga horária: 80h).
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Federal Minas Gerais, IFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 3
Outras informações
Professor de Sociologia do Trabalho no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego no curso Técnico de Álcool e Açúcar.


Núcleo de Educação em Saúde Coletiva, NESCON, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40

Atividades

07/2010 - 03/2012
Pesquisa e desenvolvimento , Estação de Pesquisa de Sinais de Mercado em Saúde, .


Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Estagiário do Núcleo de Extensão em Meio Ambiente e Urbanismo da Puc Minas - Belo Horizonte, realizando atividades de Extensão de Educação Ambiental.

Atividades

03/2008 - 07/2008
Estágios , PROEX, .

Estágio realizado
Educação Ambiental.

Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, SEC, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Estagiário da Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, na Diretoria de Programas e Articulação Institucional, realizando diversas atividades no campo cultural, principalmente na Elaboração do Calendário Cultural de Minas Gerais.

Atividades

04/2007 - 10/2007
Estágios , Diretoria de Programas e Articulação Institucional, .

Estágio realizado
Realização de programas culturais.

Escola Nossa Senhora do Carmo, ENSC, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 6


Centro Educacional Conceição Ferreira Nunes, CECON, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 3


Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais, SEE/MG, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 24
Outras informações
Professor designado no Centro Estadual de Educação Continuada (CESEC) nas disciplinas de Sociologia e Filosofia.


Escola de Formação Gerencial - Sebrae Minas, EFG, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 5

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 6


Centro Universitário de Formiga, FUOM, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 12
Outras informações
Professor do Colégio de Aplicação da FUOM. Disciplina: Geografia. Ensino: Fundamental II



Linhas de pesquisa


1.
Escassez e Fixação de Profissionais de Saúde em Áreas Remotas e Desassistidas

Objetivo: Esta linha tem por objetivo a identificação de desequilíbrios e iniquidades no acesso e distribuição de Recursos Humanos em Saúde critérios através da proposição de indicadores e fontes de informação, realização de levantamento de fontes primárias e condução de estudos inovadores. Busca-se especificamente: (i) a identificação de áreas geográficas, territórios e populações com escassez de profissionais de saúde e a mensuração da intensidade dessa escassez; (ii) o diagnóstico e dimensionamento da demanda atual e futura de profissionais de saúde no país; (iii) a análise de fatores de atração e retenção de profissionais de saúde em áreas de escassez; e (iv) a identificação e monitoramento de experiências adotadas e políticas implementadas ou em implementação para o enfrentamento de problemas de escassez e retenção de profissionais de saúde em áreas remotas e desassistidas..
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.
Palavras-chave: Recursos Humanos em Saúde; Mercado de Trabalho em Saúde; Métodos Quantitativos; Métodos Qualitativos.


Projetos de pesquisa


2011 - 2012
Monitoramento da demanda por especialidades e residências médicas no Brasil
Descrição: Esta atividade visa dar continuidade ao processo de identificação de desequilíbrios entre a oferta e a demanda de médicos especialistas no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) a partir de um processo de monitoramento bianual do mercado de especialidades e residências médicas no Brasil. Para o primeiro levantamento em 2011 pretende-se: (i) estimar os estoques e fluxos de profissionais e empregos (postos de trabalho) de médicos, por especialidade de exercício e de vagas em Programas de residência; (ii) realizar um survey por ETAC junto a amostra representativa de estabelecimentos de saúde para monitoramento dos problemas relacionados a dificuldades de recrutamento de especialidades médicas e existência de postos vagos; (iii) desenvolver e aplicar um modelo de projeção da oferta e demanda de especialidades para os próximos 5, 10 e 15 anos (considerando os componentes da demanda e da oferta em separado, inclusive a capacidade instalada nas residências e demais cursos de especialização). A cada dois anos, portanto, as projeções serão revistas à luz dos novos dados analisados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2012
Monitoramento da Qualidade do Emprego no Programa de Saúde da Família no Brasil
Descrição: Este estudo tem como objetivo monitorar a qualidade do emprego no Programa de Saúde da Família, por meio do levantamento das formas de contratação e remuneração utilizadas pelas secretarias municipais de saúde para os profissionais das equipes de saúde da família. As mudanças ocorridas no emprego e nas formas institucionais que cercam as relações de trabalho no âmbito do PSF no Brasil têm sido observadas pelo Observatório de Recursos Humanos em Saúde da Estação de Pesquisa de Sinais de Mercado em Saúde do NESCON/UFMG, desde 2001, com a realização de quatro surveys telefônicos, em 2001, 2006, 2009 e 2010 (cf. relatórios disponíveis neste site). Neste estudo, de 2011, realizado por Entrevistas Telefônicas Assistidas por Computador (ETAC), estão sendo pesquisados municípios que participaram dos surveys anteriores (painel fixo) o que permitirá conhecer as razões para eventuais mudanças de contratação bem como o seu monitoramento, e municípios que não compõem o painel fixo, selecionados por uma amostra probabilística estratificada por região e por porte populacional, no sentido de acompanhar a qualidade do emprego na expansão do PSF (módulo de expansão). As variáveis que compõem o estudo incluem o perfil do município, processos de recrutamento, agentes contratantes, modalidades de contratação/vínculo, salários, jornada de trabalho, tempo médio de permanência no serviço, estratégias utilizadas para retenção de médicos. Respondem ao estudo os gestores e/ou coordenadores do PSF dos municípios entrevistados e os dados abrangem todas as categorias profissionais que compõem a equipe de saúde da família ? médicos, dentistas, enfermeiros, pessoal auxiliar da enfermagem e da odontologia e agentes comunitários de saúde..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2012
Discrete Choice Experiment (DCE): estudo sobre atração e fixação de médicos
Descrição: O objetivo do estudo é conduzir experimento de escolha discreta, ou Discrete Choice Experiment (DCE), sobre atração e fixação de médicos em áreas desassistidas. Os DCE são uma técnica quantitativa para eleger preferências declaradas. Eles permitem descobrir como indivíduos dão valor a determinados atributos de um produto, bem ou serviço quando perguntados no sentido de escolher entre diferentes alternativas hipotéticas. No campo do planejamento e gestão do trabalho em saúde, o método poderá ser usado para avaliar preferências dos profissionais sobre diferentes tipos de empregos, ou seja, aplicar o DCE para o estudo sobre retenção e fixação de profissionais de saúde em áreas de escassez. O estudo requer que profissionais de saúde façam escolhas entre diferentes cenários ocupacionais. Nesse sentido, o DCE fornece informação sobre como indivíduos estão dispostos a trocar um atributo da ocupação pelo outro, possibilitando quantificar o quanto de um incentivo particular (e.g. bônus nas remunerações, subsídios de moradia) é necessário para fazer com que um profissional da saúde aceite trabalhar em uma área de escassez..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2012
Estudo de identificação de áreas de escassez de profissionais de saúde
Descrição: Buscando caracterizar e mensurar a escassez de médicos, enfermeiros e dentistas em municípios brasileiros, identificando a presença e distribuição desses profissionais e os fatores relacionados a esta escassez, propõe-se estudo com a combinação de técnicas quantitativas e qualitativas. Em primeiro lugar, será feita a identificação, crítica, tratamento e análise de dados secundários referentes ao mercado de trabalho dessas ocupações e informações sociodemográficas e geográficas, buscando relacionar a escassez de profissionais a outros aspectos de privação a que estes municípios estiverem expostos. Neste sentido, lançaremos mão de técnicas estatísticas multivariadas que permitirão identificar os principais fatores que se relacionam à escassez ou privação de profissionais de saúde nos municípios, bem como nos territórios contíguos das principais regiões metropolitanas do país. Propõe-se realizar ainda um survey por ETAC dos municípios brasileiros que forem identificados, na análise de dados secundários, segundo existência de escassez de profissionais de saúde. O mesmo será feito com o objetivo de caracterizar a cobertura de assistência de saúde nesses municípios e a sua dependência em relação a outros municípios onde a assistência é buscada. Após a realização do survey telefônico e da análise multivariada dos dados secundários serão produzidos mapas das características explicativas da escassez de profissionais, com base nas análises realizadas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2011
Levantamento sobre a desprecarização do trabalho em saúde no Brasil - 1992 a 2008
Descrição: O presente levantamento tem por objetivo (1) analisar a desprecarização do trabalho de trabalhadores e profissionais da saúde segundo ocupações e profissões selecionadas, no período de 1992 a 2008, a partir de recortes como sexo, faixa etária, escolaridade, atividades econômicas, atributos do trabalho e distribuição geográfica; (2) analisar a evolução dos empregos e salários de ocupações e profissões de saúde selecionadas, no mercado de trabalho formal, no período em questão, segundo recorte de sexo, faixa etária e região geográfica; (3) analisar, exploratoriamente, a percepção de trabalhadores e profissionais da saúde, das ocupações selecionadas, sobre contratação não celetista e estatutária. No 1º componente serão analisados os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), enquanto no 2º, os dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). No último componente, lançaremos mão de Entrevistas Telefônicas Assistidas por Computador (ETAC), a partir de uma amostra aleatória simples com trabalhadores das ocupações e profissões selecionadas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2010
Levantamento da trajetória no mercado de trabalho de egressos dos cursos do PROFAE ? 2000 a 2008
Descrição: O objetivo do levantamento foi o de analisar o impacto da formação no Programa de Profissionalização de Trabalhadores da Área da Enfermagem (PROFAE) no mercado de trabalho dos egressos dos cursos de Técnico e Auxiliar de Enfermagem, ofertados pelo mesmo. Adotou-se uma estratégia metodológica que combinou técnicas quantitativas e qualitativas de análise, possibilitando uma análise desde uma perspectiva econômica e simbólica sobre o resultado da formação para a empregabilidade, melhoria ocupacional e de salário e reconhecimento e valorização do trabalhador. Dessa forma, a partir dos dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), analisou-se estatisticamente o impacto do programa na trajetória do emprego e dos salários dos egressos no mercado de trabalho formal. Por outro lado, a análise de dados primários permitiu conhecer com profundidade os efeitos do PROFAE sobre a empregabilidade e qualidade do trabalho dos profissionais que frequentaram os cursos. Os mesmos foram coletados junto a egressos, a partir de um survey telefônico, e junto a chefes e gerentes de serviços de enfermagem, a partir de grupos focais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2010
Mercado de trabalho dos profissionais de nível superior que atuam no Programa Saúde Família da Bahia
Descrição: Este estudo tem o propósito de analisar o mercado de trabalho dos profissionais de nível superior da Estratégia de Saúde da Família na Bahia e identificar o potencial de fixação e adesão de profissionais à carreira no SUS da Bahia. O desenho do estudo propõe (i) a realização de dois surveys, a serem aplicados, respectivamente, junto a gestores municipais e a profissionais de nível superior (médicos, dentistas e enfermeiros) que atuam na ESF dos municípios baianos, por meio de Entrevista Telefônica Assistida por Computador; e (ii) a realização de grupos focais com participantes dos surveys. O survey com os gestores será aplicado aos 417 municípios existentes no estado da Bahia. Para a pesquisa junto aos profissionais será calculada uma amostra específica para médicos, dentistas e enfermeiros, que atuam na atenção primária, estratificada por porte populacional dos municípios onde os profissionais atuam. A amostra será obtida tendo como base os profissionais inscritos no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES). O estudo está sendo realizado em parceira com a Secretaria de Estado da Saúde da Bahia...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (12) .
Integrantes: Luís Henrique Silva Ferreira - Integrante / Sábado Nicolau Girardi - Coordenador / Lucas Wan Der Maas - Integrante / Cristiana Leite Carvalho - Integrante / Jackson Freire Araujo - Integrante / jaqueline medeiros farah - Integrante.Financiador(es): Secretaria de Saúde do Estado da Bahia - Auxílio financeiro.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Ciências Humanas.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Trabalho.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
FERREIRA, L.H.S.2015 FERREIRA, L.H.S.; CAETANO, A. J. . Mercado de trabalho e informalidade no setor calçadista: Um estudo comparado entre três municípios brasileiros nos anos 2000 e 2010. Trabalho & Educação (UFMG), v. 24, p. 219-235, 2015.

Capítulos de livros publicados
1.
FERREIRA, L.H.S.; FARIA, A. V. ; LEITE, A. F. B. . TRABALHO E MIGRAÇÃO: ANÁLISES SOBRE A POPULAÇÃO OCUPADA NO SETOR CALÇADISTA DO MUNICÍPIO DE NOVA SERRANA-MG. In: Ingrid Aparecida Gomes. (Org.). TRABALHO E MIGRAÇÃO: ANÁLISES SOBRE A POPULAÇÃO OCUPADA NO SETOR CALÇADISTA DO MUNICÍPIO DE NOVA SERRANA-MG. 1ed.Ponta Grossa: Atena, 2018, v. 2, p. 120-135.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
FERREIRA, L.H.S.; CAETANO, A. J. . INFORMALIDADE NO SETOR CALÇADISTA: UM ESTUDO ENTRE TRÊS MUNICÍPIOS BRASILEIROS. In: X Seminário do Trabalho: Trabalho, Crise e Políticas Sociais na América Latina, 2016, Marília. Anais X Seminário do Trabalho: Trabalho, Crise e Políticas Sociais na América Latina, 2016. v. 1. p. 1-2299.

2.
FERREIRA, L.H.S.; CAETANO, A. J. . DESIGUALDADE DE GÊNERO NO TRABALHO: UM ESTUDO SOBRE DIVISÃO SEXUAL DO TRABALHO E TRABALHO A DOMICÍLIO NA INDÚSTRIA CALÇADISTA EM TRÊS MUNICÍPIOS BRASILEIROS NOS ANOS 2000 E 2010. In: X Seminário do Trabalho: Trabalho, Crise e Políticas Sociais na América Latina, 2016, Marília. Anais X Seminário do Trabalho: Trabalho, Crise e Políticas Sociais na América Latina, 2016. v. 1. p. 1-2299.

3.
FERREIRA, L.H.S.; CAETANO, A. J. . Informalidade no setor calçadista brasileiro: Um estudo comparado entre três municípios. In: IV Seminário Internacional do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais e VXI Semana de Ciências Sociais, 2016, Uberlândia. ANAIS DO IV SEMINÁRIO INTERNACIONAL DA PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS ?Desafio das Ciências Sociais para a compreensão do presente?, 2016. v. 1. p. 371-384.

4.
FERREIRA, L.H.S.; FARIA, A. V. ; LEITE, A. F. B. . MIGRAÇÃO E MERCADO DE TRABALHO: UMA ANÁLISE SOBRE O MUNICÍPIO DE NOVA SERRANA-MG E SUA INDÚSTRIA CALÇADISTA. In: VII Congreso de la Asociación Latinoamericana de Población e XX Encontro Nacional de Estudos Populacionais, 2016, Foz do Iguaçú. Anais do XX Encontro Nacional de Estudos Populacionais, 2016. p. 1-19.

5.
FERREIRA, L.H.S.; CAETANO, A. J. . INFORMALIDADE NO SETOR CALÇADISTA: UM ESTUDO ENTRE TRÊS MUNICÍPIOS BRASILEIROS. In: Congresso Nacional de Ciências Sociais - CONACSO, 2015, Vitória. I CONACSO - Congresso Nacional de Ciências Sociais: desafios da inserção em contextos contemporâneos, 2015.

6.
FERREIRA, L.H.S.; CAETANO, A. J. . DESIGUALDADE DE GÊNERO NO TRABALHO: UM ESTUDO SOBRE DIVISÃO SEXUAL DO TRABALHO E TRABALHO A DOMICÍLIO NA INDÚSTRIA CALÇADISTA EM TRÊS MUNICÍPIOS BRASILEIROS NOS ANOS 2000 E 2010. In: IV Simpósio de Ciências Sociais - Desafios contemporâneos: Tensões entre o local e o global, 2015, Belo Horizonte. IV SICS - Desafios contemporâneos: Tensões entre o local e o global ONU, Estados e Sociedade Civil Organizada, 2015. p. 1-20.

7.
FERREIRA, L.H.S.; LEITE, A. F. B. . INDUSTRIALIZAÇÃO E IMIGRAÇÃO: O CASO DE NOVA SERRANA ? MG. In: Seminário Cláudio Peres de Práticas de Ensino e Geografia Aplicada, 2013, Belo Horizonte. Anais do XI SEMINÁRIO CLÁUDIO PERES DE PRÁTICA DE ENSINO E GEOGRAFIA APLICADA: A cidade no contexto da globalização: a reinvenção do urbano, 2013. v. 1.

8.
FERREIRA, L.H.S.; LEITE, A. F. B. . INDÚSTRIA CALÇADISTA E IMIGRAÇÃO: O ESTUDO DE CASO DO MUNICÍPIO DE NOVA SERRANA ? MG ENTRE OS ANOS 2000 E 2008. In: XV Semana de Geografia e II Seminário de Pós Graduação UFJF, 2013, Juiz de Fora. XV Semana de Geografia e II Seminário de Pós Graduação UFJF -, 2013. v. 1.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
FERREIRA, L.H.S.; CAETANO, A. J. . MERCADO DE TRABALHO E INFORMALIDADE NO SETOR CALÇADISTA: UM ESTUDO COMPARADO ENTRE TRÊS MUNICÍPIOS BRASILEIROS NOS ANOS 2000 E 2010. In: 2ª Jornada de Ciências Sociais, 2015, Alfenas. Anais 2ª Jornada de Ciências Sociais - Universidade Federal de Alfenas-MG, 2015. v. Único. p. 36-37.

Apresentações de Trabalho
1.
FERREIRA, L.H.S.; CAETANO, A. J. ; Dias, José Gonçalves . CLASSE SOCIAL E CLASSE SOCIOECONÔMICA: METODOLOGIAS DE ESTRATIFICAÇÃO INDIVIDUAL E DOMICILIAR PARA O BRASIL EM 2015. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
FERREIRA, L.H.S.; CAETANO, A. J. . AS DESIGUALDADES DE GÊNERO NO MUNDO DO TRABALHO: A DIVISÃO SEXUAL DO TRABALHO E O TRABALHO A DOMICÍLIO NA INDÚSTRIA DE CALÇADOS EM TRÊS MUNICÍPIOS BRASILEIROS NOS ANOS 2000 E 2010. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
FERREIRA, L.H.S.; CAETANO, A. J. . MIGRAÇÃO E TRABALHO: UMA ANÁLISE SOBRE OS TRABALHADORES OCUPADOS NA INDÚSTRIA CALÇADISTA NO MUNICÍPIO DE NOVA SERRANA - MG. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
FERREIRA, L.H.S.; CAETANO, A. J. . MERCADO DE TRABALHO E INFORMALIDADE NO SETOR CALÇADISTA: UM ESTUDO SOBRE O MUNICÍPIO DE NOVA SERRANA ? MG NOS ANOS 2000 E 2010. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
FERREIRA, L.H.S.. Classe Social e Consumo: da Sociologia à Administração de Empresas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
FERREIRA, L.H.S.; CAETANO, A. J. . Informalidade no setor calçadista brasileiro: Um estudo comparado entre três municípios. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
FERREIRA, L.H.S.. Informalidade no setor calçadista brasileiro: Um estudo comparado entre três municípios. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
LEITE, A. F. B. ; FERREIRA, L.H.S. ; FARIA, A. V. . Migração e mercado de trabalho: uma análise sobre o município de Nova Serrana-MG e sua indústria calçadista. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
FERREIRA, L.H.S.. PEC 241/55 e seus impactos sociais. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
FERREIRA, L.H.S.; CAETANO, A. J. . Desigualdade de gênero no trabalho: um estudo sobre divisão sexual do trabalho e trabalho a domicílio na indústria calçadista em três municípios brasileiros nos anos 2000 e 2010. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
FERREIRA, L.H.S.; CAETANO, A. J. . Mercado de trabalho e informalidade no setor calçadista: Um estudo comparado entre três municípios brasileiros nos anos 2000 e 2010. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
FERREIRA, L.H.S.; CAETANO, A. J. . Informalidade no setor calçadista: Um estudo entre três municípios brasileiros. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
FERREIRA, L.H.S.; CAETANO, A. J. . Desigualdade de gênero no trabalho: um estudo sobre divisão sexual do trabalho e trabalho a domicilio na indústria calçadista em três municípios brasileiros nos anos 2000 e 2010. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

14.
STRALEN, A. C. S. V. ; WERNECK, A. M. ; CARVALHO, C. L. ; ARAUJO, Jackson Freire ; FERREIRA, L.H.S. ; GIRARDI, L. G. ; GIRARDI, S. N. . Rota da Escassez: Percepção de médicos sobre fatores de atração e fixação em áreas remotas e desassistidas do Brasil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
FERREIRA, L.H.S.; LEITE, A. F. B. . Industrialização e Imigração: O caso de Nova Serrana - MG. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
FERREIRA, L.H.S.; LEITE, A. F. B. . Indústria calçadista e imigração: o estudo de caso do município de Nova Serrana ? MG entre os anos 2000 e 2008. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

17.
FERREIRA, L.H.S.; SOUZA, A. C. C. ; LEITE, A. F. B. ; COUTO OLIVEIRA, L. M. . Educação Geográfica para além do espaço escolar. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Produção técnica
Redes sociais, websites e blogs
1.
FERREIRA, L.H.S.. No caminho certo. 2014; Tema: Trabalho escravo. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
GIRARDI, S. N. ; CARVALHO, C. L. ; MAAS, L. W. D. ; ARAUJO, Jackson Freire ; FERREIRA, L.H.S. ; STRALEN, A. C. S. V. ; WERNECK, A. M. ; RODRIGUES, J. C. . Escassez e Fixação de Profissionais de Saúde em Áreas Remotas e Desassistidas. 2012. (Relatório de Pesquisa).

2.
GIRARDI, S. N. ; CARVALHO, C. L. ; MAAS, L. W. D. ; ARAUJO, Jackson Freire ; FERREIRA, L.H.S. ; WERNECK, A. M. ; STRALEN, A. C. S. V. ; RODRIGUES, J. C. . Monitoramento da Demanda por Especialidades e Residências Médicas no Brasil em 2011. 2012. (Relatório de Pesquisa).

3.
GIRARDI, S. N. ; CARVALHO, C. L. ; MAAS, L. W. D. ; ARAUJO, Jackson Freire ; FERREIRA, L.H.S. ; WERNECK, A. M. ; STRALEN, A. C. S. V. ; RODRIGUES, J. C. . Discrete Choice Experiment: Estudo de Preferência Declarada sobre atributos relevantes para atração e fixação de médicos no Estado de Minas Gerais. 2012. (Relatório de Pesquisa).

4.
GIRARDI, S. N. ; CARVALHO, C. L. ; MAAS, L. W. D. ; FERREIRA, L.H.S. ; ARAUJO, Jackson Freire ; STRALEN, A. C. S. V. ; WERNECK, A. M. ; RODRIGUES, J. C. . Identificação de Áreas de escassez de Recursos Humanos em Saúde no Brasil. 2012. (Relatório de Pesquisa).

5.
GIRARDI, S. N. ; CARVALHO, C. L. ; MAAS, L. W. D. ; ARAUJO, Jackson Freire ; FERREIRA, L.H.S. . Levantamento da trajetória no mercado de trabalho de egressos dos cursos do PROFAE ? 2000 a 2008. 2010. (Relatório de pesquisa).

6.
GIRARDI, S. N. ; CARVALHO, C. L. ; MAAS, L. W. D. ; ARAUJO, Jackson Freire ; FERREIRA, L.H.S. . Levantamento sobre a desprecarização do trabalho em saúde no Brasil - 1992 a 2008. 2010. (Relatório de pesquisa).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I CONACSO - Congresso Nacional de Ciências Sociais: desafios da inserção em contextos contemporâneos. 2015. (Congresso).

2.
As Formas Elementares da Vida Religiosa - 100 anos de um clássico. 2012. (Seminário).

3.
Diálogo Online "Acesso e Acolhimento com Qualidade no SUS".Acesso e Acolhimento com Qualidade no SUS. 2011. (Outra).

4.
Diálogo Online "Regulamento da 14ª Conferência Nacional de Saúde".Regulamento da 14ª Conferência Nacional de Saúde. 2011. (Outra).

5.
VII Seminário Cláudio Peres. 2009. (Seminário).

6.
VI Seminário Cláudio de Peres de Geografia Aplicada. 2008. (Seminário).

7.
V Seminário Cláudio de Peres de Geografia Aplicada. 2007. (Seminário).

8.
V Simpósio de Mostra de Pesquisa Integrada. 2007. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
GIRARDI, S. N. ; FERREIRA, L.H.S. ; ARAUJO, Jackson Freire ; CARVALHO, C. L. ; MAAS, L. W. D. . Convenção Online Sobre Recursos Humanos em Saúde - Escassez e Fixação de Profissionais de Saúde em Àreas Remotas e Desassistidas. 2010. (Outro).



Outras informações relevantes


ORCID: https://orcid.org/0000-0003-2865-4973



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/01/2019 às 7:56:49