Michel Almada de Castro Boaventura

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0869207593422812
  • Última atualização do currículo em 22/01/2013


Possui graduação em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2011). , atuando principalmente nos seguintes temas: banco de dados e mineração de dados (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Michel Almada de Castro Boaventura
Nome em citações bibliográficas
BOAVENTURA, M. A. C.


Formação acadêmica/titulação


2013
Mestrado em andamento em Ciências da Computação.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil. Orientador: Wagner Meira Jr..
2004 - 2011
Graduação em Ciência da Computação.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: Sistema de informação para análise de dados dos vestibulandos da UFMG.
Orientador: Antônio Otávio Fernandes.
2001 - 2003
Ensino Médio (2º grau).
Escola Estadual Marcolino de Barros.




Atuação Profissional



Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:



Projetos de pesquisa


2012 - Atual
O trabalho na educação básica no estado de Pernambuco
Descrição: A pesquisa tem o propósito de conhecer e analisar o trabalho realizado nas redes públicas de ensino no estado pernambucano. Pretende-se conhecer quem são os profissionais da educação das escolas, o que fazem e em quais condições realizam o seu trabalho. A investigação consiste na realização de um survey em 17 municípios do Estado de Pernambuco, em unidades escolares de Educação Básica, das redes Municipais, Conveniadas e Estadual de ensino, nas quais são entrevistados os docentes e os funcionários de escola das unidades educacionais amostradas por meio de sorteio aleatório..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - Atual
Trabalho docente na Educação Básica no Brasil Fase II
Descrição: Pesquisa quali-quanti sobre trabalho docente na educação básica no Brasil, realizada em cinco estados brasileiros - MG, PA, PR, GO e RN, que pretende investigar opinião dos docentes, por meio de grupos focais e outras estratégias de investigação, sobre mudanças na organização do trabalho, decorrentes de mudanças introduzidas nas políticas educacionais nos últimos vinte anos. Constitui-se na prespectiva de aprofundamento das informações produzidas na fase 1 da pesquisa de mesmo nome..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2012
Trabalho docente na Educação Básica no Brasil
Descrição: A pesquisa pretende analisar o trabalho docente nas suas dimensões constitutivas, identificando seus atores, o que fazem e em que condições se realiza nas escolas de Educação Básica, com a finalidade de subsidiar a elaboração de políticas públicas no Brasil. Objetiva conhecer quem é, o que faz e em que condições se realiza o trabalho docente nas escolas públicas estaduais e municipais de Educação Básica no Brasil e instituições de educação infantil conveniadas com o poder público. Analisar em que medida as mudanças trazidas por nova regulação educativa impactam na constituição das identidades e dos perfis dos profissionais da educação básica, identificando estratégias desenvolvidas pelos docentes para responder tais exigências. Buscará ainda conhecer e analisar as mudanças promovidas pelas recentes políticas públicas para a educação básica no que se refere à organização e gestão escolar e suas conseqüências para a formação e carreira docente, observando ainda suas conseqüências sobre a saúde dos docentes. Para tanto, espera-se traçar o perfil sócio-econômico e cultural dos docentes em exercício na Educação Básica no Brasil; mapear a divisão técnica do trabalho na escola, a emergência de postos, cargos e funções derivados de novas exigências e atribuições, bem como as atividades desenvolvidas pelos docentes; conhecer as condições de trabalho dos docentes: os meios físicos, os recursos pedagógicos e o acesso a formação continuada, à literatura específica, às tecnologias e a outros bens culturais para o desenvolvimento de seu trabalho; levantar as formas de contratação, as condições salariais e de carreira em diferentes redes de ensino; identificar necessidades de formação continuada dos professores da Educação Básica. A pesquisa será realizada em sete estados brasileiros (Pará, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Goiás, Paraná, Santa Catarina e Espírito Santo) contemplando critérios de abrangência regional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.



Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Alemão
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Capítulos de livros publicados
1.
BOAVENTURA, M. A. C.; SILVA, C. A. S. ; PEREIRA JUNIOR, E. A. ; DUARTE, A. W. B. . Das hipóteses da pesquisa às informações:a operacionalização do trabalho de campoe a produção da base de dados do survey nacional. In: Adriana Maria Cancella Duarte; Savana Dinizi Gomes Melo; Dalila Andrade Oliveira; Lívia Maria Fraga Vieira. (Org.). O trabalho docente na educação básica em Minas Gerais. 1ed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2012, v. , p. 229-245.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/11/2018 às 15:30:21