Inti Doraci Cavalcanti Montano

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8547423775951223
  • Última atualização do currículo em 09/04/2018


Possui graduação em Engenharia Química - Universidad Del Valle (2007), mestrado em Engenharia Química pela Universidade Federal de São Carlos (2010) e doutorado em Engenharia Química pela Universidade Federal de São Carlos (2013). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal de Goiás. Tem experiência na área de Engenharia Química, com ênfase em Modelagem e Simulação de Processos, atuando principalmente nos seguintes temas: cultivos microbianos em biorreator, otimização dinâmica de processos, produção de etanol de segunda geração, Pichia pastoris recombinante, Saccharomyces cerevisiae, biologia de sistemas. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Inti Doraci Cavalcanti Montano
Nome em citações bibliográficas
MONTANO, I. D. C.;Inti Doraci Cavalcanti-Montaño;Inti Doraci Cavalcanti Montano;I. D. C. MONTAÑO;CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI;MONTANO, INTI DORACI CAVALCANTI

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Goiás, Instituto de Química.
Campus II Samambaia Bloco IQ 2, sala 115
Samambaia
74001970 - Goiânia, GO - Brasil
Telefone: (62) 35211016
Ramal: 262
URL da Homepage: http://www.quimica.ufg.br/


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2013
Doutorado em Engenharia Química.
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
com período sanduíche em Universidade do Minho (Orientador: Eugénio M. de F. Campos Ferreira).
Título: APLICAÇÃO DE TÉCNICAS DE MODELAGEM E SIMULAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO, Ano de obtenção: 2013.
Orientador: Roberto de Campos Giordano.
Coorientador: Ruy de Sousa Jr..
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Etanol 2G; Hidrólise enzimática; Fluxos Metabolicos; Cultivo semi-continuo; Bagaço de cana de açúcar.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica.
2008 - 2010
Mestrado em Engenharia Química.
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Título: Otimização dinâmica de processo semi-contínuo para produção de penicilina G acilase recombinante,Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Roberto de Campos Giordano.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Controle ótimo; cinetica de cultivo; Pichia pastoris recombinante.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Processos Industriais de Engenharia Química.
2001 - 2007
Graduação em Engenharia Química.
Universidad Del Valle, UNIVALLE, Colômbia.
Título: MODULO EDUCATIVO PARA LA ENSEÑANZA DE LA DINÁMICA DE UN SISTEMA DE TANQUES EN SERIE.
Orientador: FIDERMAN MACHUCA.




Formação Complementar


2010 - 2010
Microscopia Óptica. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
2009 - 2009
Engenharia de Cultivo Microbiano: da Teoria à Prát. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
2008 - 2008
Curso de Capacitação em Tutoria Virtual. (Carga horária: 120h).
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
2008 - 2008
Planejamento Estatístico de Experimentos. (Carga horária: 32h).
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

3/2014 - Atual
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Modelagem e Simulação de Processos
10/2013 - Atual
Ensino, Química Industrial, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução ás Operações Unitárias
10/2013 - 12/2013
Ensino, Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Química Geral

Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Tutor virtual, Enquadramento Funcional: Tutor Virtual, Carga horária: 10
Outras informações
Tutor Virtual do curso de Laboratório de Fundamentos da Engenharia Ambiental da Universidade Aberta do Brasil (UAB), no âmbito da Universidade Federal de São Carlos



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
OTIMIZAÇÃO DA PRODUÇÃO DE ETANOL 1G E 2G POR S. Cerevisiae: UMA ABORDAGEM BASEADA EM BIOLOGIA DE SISTEMAS
Descrição: O etanol é considerado uma importante fonte de energia alternativa, que contribui para amenizar problemas energéticos e ambientais. Muitos estudos e investimentos estão sendo realizados a fim de melhorar o desempenho da produção de etanol. Neste sentido, a produção de etanol a partir de materiais lignocelulósicos, conhecido como etanol de segunda geração (2G), vem se destacando por apresentar vantagens ambientais e econômicas. Entretanto, a viabilidade econômica desse processo depende do aproveitamento de todas as frações fermentescíveis presentes nos diferentes materiais lignocelulósicos em estudo, permitindo a conversão tanto da celulose (C6) quanto da hemicelulose (C5) em etanol. Após a etapa de hidrólise desses materiais gera-se, principalmente, glicose e xilose, respectivamente. É importante, portanto, que o microrganismo empregado na produção de etanol 2G seja capaz de metabolizar ambos os açúcares. A levedura Saccharomyces cerevisiae é o principal microrganismo utilizado na produção indústria de bioetanol. Embora esta levedura não seja capaz de fermentar xilose, pode fermentar seu isômero D-xilulose, produzindo etanol e/ou xilitol, dependendo das condições de cultivo empregadas. Sendo assim, é fundamental identificar as condições de cultivo que favorecem a produção de etanol por S. cerevisiae. Neste contexto, este projeto tem como objetivo estudar o metabolismo de D-xilulose por S. cerevisiae in silico, utilizando o modelo metabólico em escala genômica iND750 modificado a fim de obter os fluxos adequados de fornecimento de substrato (glicose e xilulose) e oxigênio que proporcionem uma elevada produção de etanol. As melhores estratégias de cultivo obtidas nas simulações serão avaliadas experimentalmente. Através destas análises, espera-se otimizar as condições de cultivo, e assim maximizar a produção de biomassa e de bioetanol, viabilizando sua produção industrial. Os estudos in silico serão conduzidos utilizando o software livre Optflux que dispõe de diversas ferramentas para a simulação e otimização de vias metabólicas. Entre as ferramentas disponíveis no software, encontra se a opção de simular modificações genéticas (superexpressão de genes) para obter um microrganismo modificado geneticamente que apresente altas taxas de produção de etanol. Técnicas da biologia molecular serão usadas para a obtenção dessa levedura modificada e experimentos em câmara rotativa serão realizados no IQ/UFG para avaliar sua produção de etanol..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Inti Doraci Cavalcanti Montano - Integrante / Inti Doraci Cavalcanti Montaño - Coordenador / Carlos Alberto Galeano Suarez - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2015 - Atual
OTIMIZAÇÃO DA HIDRÓLISE DE BAGAÇO DE MALTE PARA PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO
Descrição: A utilização de combustíveis fósseis tem um significativo impacto no meio ambiente, tornando os biocombustíveis uma alternativa renovável e ambientalmente amigável. O Brasil, por ser um dos principais produtores de cerveja, gera como principal subproduto dessa indústria, o bagaço de malte, que é geralmente destinado para ração animal. Entretanto, esta biomassa pode ser reaproveitada como matéria-prima para produção de bioetanol de segunda geração (2G). O bagaço de malte representa cerca de 85% do total dos subprodutos gerados na indústria cervejeira, é considerado um material lignocelulósico rico em fibras e proteínas, contendo aproximadamente 17% de celulose, 28% de hemicelulose e 28% de lignina (MUSSATTO et al., 2006). Para aumentar a viabilidade econômica do processo de produção de bioetanol 2G, é importante que celulose (fração C6) e hemicelulose (fração C5) sejam fermentados. Neste âmbito geral, este projeto aborda um aspecto que impacta os custos da rota bioquímica para a produção de bioetanol 2G: desenvolvimento de algoritmos de otimização dinâmica para definição de políticas operacionais ótimas para reatores de hidrólise, elegendo como estudo de caso para validação de algoritmos, a hidrólise enzimática do bagaço de malte..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
APLICAÇÃO DE TÉCNICAS DE MODELAGEM E SIMULAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO
Descrição: A utilização de combustíveis fósseis tem um significativo impacto no meio ambiente, tornando os biocombustíveis uma alternativa renovável e ambientalmente amigável. O Brasil, por ser um dos principais produtores de açúcar e etanol, gera como principal subproduto dessa indústria, o bagaço de cana de açúcar, que é geralmente queimado para geração de energia. Entretanto, esta biomassa pode ser reaproveitada como matéria-prima para produção de bioetanol de segunda geração (2G). A consolidação da produção industrial de bioetanol 2G baseia-se na melhoria econômica do processo. É importante, assim, o uso de ambas as frações fermentáveis presentes no bagaço de cana, de celulose (C6) e de hemicelulose (C5), para viabilizar economicamente o processo. Neste âmbito geral, este projeto aborda dois aspectos que impactam os custos da rota bioquímica para a produção de bioetanol 2G: (i) Definição de políticas operacionais ótimas para um reator de hidrólise enzimática da fração C6 do bagaço de cana de açúcar; (ii) utilização de xilose, principal açúcar encontrado na fração C5, para fermentação a etanol pela levedura Saccharomyces cerevisiae. Neste último, a otimização da produção de etanol requer a análise do metabolismo. Neste contexto, experiências da área de Biologia de Sistemas in silico com o software OptFlux, utilizando o modelo metabólico em escala genômica para S. cerevisiae iND750 serão realizadas com o propósito de estabelecer relações entre os fluxos de assimilação de xilulose e de oxigênio e a seletividade na produção de etanol em relação ao principal metabólito inibidor (xilitol)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Inti Doraci Cavalcanti Montano - Integrante / Inti Doraci Cavalcanti Montaño - Coordenador / Carlos Alberto Galeano Suarez - Integrante.Número de orientações: 1


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Modelagem e Simulação de Processos.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Engenharia Bioquimica.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Biologia de Sistemas.
4.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Processos Fermentativos.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2013
Aprovação em concurso público para professor Adjunto DE, Universidade Federal de Goiás - UFG..


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
Horta, A.C.L.2015Horta, A.C.L. ; Silva, A.J. ; SARGO, C. R. ; Inti Doraci Cavalcanti-Montaño ; SUAREZ, C. A. G. ; VELEZ, A. M. ; SANTOS, M. P. ; GIORDANO, RAQUEL DE LIMA CAMARGO ; ZANGIROLAMI, T. C. . On-line monitoring of biomass concentration based on a capacitance sensor: assessing the methodology for different bacteria and yeast high cell density fed-batch cultures. Brazilian Journal of Chemical Engineering (Impresso), v. 32, p. 821-829, 2015.

2.
SUAREZ, C. A. G.2014SUAREZ, C. A. G. ; MONTANO, I. D. C. ; DA COSTA MARQUES, RENAN GUSTAVO ; FURLAN, FELIPE FERNANDO ; DA MOTA E AQUINO, PEDRO LUIZ ; DE CAMPOS GIORDANO, ROBERTO ; DE SOUSA, RUY . Modeling the Kinetics of Complex Systems: Enzymatic Hydrolysis of Lignocellulosic Substrates. Applied Biochemistry and Biotechnology (Online), v. 1, p. 1, 2014.

3.
CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI2013 CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI ; SUAREZ, CARLOS ALBERTO GALEANO ; RODRÍGUEZ-ZÚÑIGA, URSULA FABIOLA ; LIMA CAMARGO GIORDANO, RAQUEL ; CAMPOS GIORDANO, ROBERTO ; SOUSA JÚNIOR, RUY . Optimal Bioreactor Operational Policies for the Enzymatic Hydrolysis of Sugarcane Bagasse. BIOENERG RES, v. ,, p. 1-785, 2013.

4.
SUAREZ, C. A. G.2012SUAREZ, C. A. G. ; MONTANO, I. D. C. ; Nucci, E.R. ; Iemma, M.R.C. ; LIMA CAMARGO GIORDANO, RAQUEL ; Giordano, R.C. . Assessment of the metabolism of different strains of Bacillus megaterium. Brazilian Archives of Biology and Technology (Impresso), v. 55, p. 485-490, 2012.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GOMES, C. L. ; RODRIGUES, D. S. ; GALEANO-SUAREZ, C. A. ; CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI . Caracterização e pré-tratamento alcalino do bagaço de malte como potencial matéria-prima para produção de etanol 2G. In: 10° Encontro nacional de Tecnologia Química, 2017, Goiânia. 10° Encontro nacional de Tecnologia Química, 2017.

2.
GALEANO-SUAREZ, C. A. ; CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI ; COSTA, L. ; FREITAS, F. F. ; FONTOURA, R. S. ; PEREIRA, M. B. ; NOGUEIRA, D. P. ; ROSA, P. R. F. . ANALYSIS OF PRE-TREATMENT OF PINEAPPLE WASTE WITH HYDROGEN PEROXIDE IN THE OBTAINATION OF TOTAL REDUCING SUGARS. In: XXI SIMPÓSIO NACIONAL DE BIOPROCESSOS XII Simpósio de Hidrólise Enzimática de Biomassas, 2017, Aracaju. XXI SIMPÓSIO NACIONAL DE BIOPROCESSOS XII Simpósio de Hidrólise Enzimática de Biomassas, 2017.

3.
CAMARINHA, A. B. ; PICELLI, E. C. M. ; SOUZA, F. M. ; AITA, G. E. ; CORREA, L. N. ; WINKLER, N. W. ; AKISUE, R. A. ; CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI ; PRATTO, B. ; SOUSA JR, R. . BIOREACTOR OPERATIONAL POLICY FOR THE ENZYMATIC HYDROLYSIS OF SUGARCANE STRAW: FED-BATCH OF SUBSTRATE AND ENZYMES Autoria: Co-autor Associação do produto: Projeto de pesquisa. In: XXI SIMPÓSIO NACIONAL DE BIOPROCESSOS XII Simpósio de Hidrólise Enzimática de Biomassas, 2017, Aracaju - SE. XXI SIMPÓSIO NACIONAL DE BIOPROCESSOS XII Simpósio de Hidrólise Enzimática de Biomassas, 2017.

4.
SUAREZ, C. A. G. ; ALVES, K. ; CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI . MÓDULO EDUCATIVO PARA ENSINO EM ENGENHARIA QUÍMICA: SISTEMA DE TANQUES EM SÉRIE E REATOR BIOQUÍMICO. In: XII COBEQ-IC 2017 Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica, 2017. XII COBEQ-IC 2017 Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica, 2017.

5.
PINTO, V. D. P. ; PRATTO, B. ; GALEANO-SUAREZ, C. A. ; CRUZ, A. J. G. ; SOUSA JR, R. ; CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI . ESTRATÉGIA DE CONTROLE ÓTIMO APLICADA À HIDRÓLISE ENZIMÁTICA DA PALHA DE CANA-DE-AÇÚCAR EM BATELADA ALIMENTADA. In: XXI CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA QUÍMICA, 2016, FORTALEZA. XXI Congresso Brasileiro de Engenharia Química, 2016.

6.
FONTOURA, R. S. ; FERREIRA, M. M. P. ; FREITAS, F. F. ; GALEANO-SUAREZ, C. A. ; CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI . ESTUDO DA SECAGEM NA QUANTIFICAÇÃO DE ART APÓS HIDRÓLISE ÁCIDA DO RESÍDUO ÚMIDO DE MALTE DE CEVADA DAS INDÚSTRIAS CERVEJEIRAS. In: XXI Congresso Brasileiro de Engenharia Química, 2016, FORTALEZA. XXI Congresso Brasileiro de Engenharia Química, 2016.

7.
ROSA, M. F. ; CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI ; Horta, A.C.L. . DEFINIÇÃO DE UM MODELO NÃO ESTRUTURADO PARA SIMULAÇÃO DE CULTIVOS EM BATELADA DE E.COLI RECOMBINANTE COM VÁRIOS SUBSTRATOS. In: XIX JORNEQ ? Jornada em Engenharia Química, 2014, Uberlândia ? MG. XIX JORNEQ ? Jornada em Engenharia Química, 2014.

8.
I. D. C. MONTAÑO ; SUAREZ, C. A. G. ; SOUSA JR, R. ; GIORDANO, R. C. ; FERREIRA, E. C. ; ZANGIROLAMI, T. C. ; ROCHA, I. . Análise dos Fluxos Metabólicos em Saccharomyces cerevisiae a partir de D-Xilulose Como Fonte de Carbono Utilizando Optflux.. In: XIX Simpósio Nacional de Bioprocessos (SINAFERM), 2013, Foz de iguaçu. Anais do SINAFERM-SHEB, 2013. v. .. p. ..

9.
SUAREZ, C. A. G. ; MONTANO, I. D. C. ; Horta, A.C.L. ; SOUSA JR, R. ; ZANGIROLAMI, T. C. . Adaptação de uma Linhagem Comercial de Saccharomyces cerevisiae para Produção de Etanol a Partir de D-Xylulose. In: XIX Simpósio Nacional de Bioprocessos (SINAFERM), 2013, Foz de iguaçu. Anais do SINAFERM-SHEB, 2013. v. .. p. ..

10.
MORAES, G. S. ; AQUINO, P. M. ; SILVA, C. R. ; RODRIGUES, J. P. ; SUAREZ, C. A. G. ; MONTANO, INTI DORACI CAVALCANTI ; SOUSA JR, R. ; GIORDANO, R. L. C. ; GIORDANO, R. C. ; ZANGIROLAMI, T. C. . PRODUÇÃO DE ETANOL A PARTIR DE XILOSE POR ISOMERIZAÇÃO E FERMENTAÇÃO SIMULTÂNEAS: AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE DIFERENTES CEPAS DE S. cerevisiae.. In: XIX Congresso Brasileiro de Engenharia Química, 2012. Anais do XIX Congresso Brasileiro de Engenharia Química.

11.
MONTANO, I. D. C. ; SUAREZ, C. A. G. ; Iemma, M.R.C. ; Giordano, R.C ; Giordano, R.L.C. . CULTIVO DE Pichia pastoris RECOMBINANTE EM BATELADA ALIMENTADA PARA A EXPRESSÃO CONSTITUTIVA DE ENZIMA RECOMBINANTE. In: XVIII Congreso de Engenharia Quimica, 2010, Foz de iguaçu. COBEQ 2010, 2010.

12.
SUAREZ, C. A. G. ; MONTANO, I. D. C. ; Iemma, M.R.C. ; Giordano, R.L.C. ; Giordano, R.C . AVALIAÇÃO DE MEIOS DE CULTIVO PARA CRESCIMENTO CELULAR DE Bacillus megaterium PV 361. In: XVIII Congreso de Engenharia Quimica, 2010, Foz de iguaçu. COBEQ 2010, 2010.

13.
MONTANO, I. D. C. ; SUAREZ, C. A. G. ; Iemma, M.R.C. ; Torres, F.A.G. ; Giordano, R.L.C. ; Giordano, R.C . Perfil metabólico de Pichia Pastoris durante a expressão de Alfa-Amilase de Bacillus subtillis. In: XVII Simpósio Nacional de Bioprocessos (SINAFERM), 2009, Natal. Anais do XVII Sinaferm, 2009. v. unico. p. 1-6.

14.
SUAREZ, C. A. G. ; MONTANO, I. D. C. ; Nucci, E.R. ; Nogueira, F.P ; Giordano, R.L.C. ; Giordano, R.C . Avaliação do Metabolismo de diferentes linhagens de Bacillus megaterium. In: XVII Simpósio Nacional de Bioprocessos (SINAFERM), 2009, Natal. Anais do XVII Sinaferm, 2009. v. unico. p. 1-6.

15.
MONTANO, I. D. C. ; SUAREZ, C. A. G. ; Silva, A.J. ; Horta, A.C.L. ; Torres, F.A.G. ; Iemma, M.R.C. ; Giordano, R.L.C. ; Giordano, R.C . Cultivo de Pichia pastoris para a expressão constitutiva de Alfa-Amilase de Bacillus subtilis. In: IX Simpósio de Hidrólise Enzimática de Biomassa (SHEB), 2009, Maringá. Anais do IX SHEB, 2009. v. unico. p. 1-11.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MAGALHAES, M. O. V. ; CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI . APLICAÇÃO DE TÉCNICAS DE MODELAGEM E SIMULAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO. In: 13º CONPEEX - Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão., 2016, Goiânia. 13º CONPEEX, 2016.

2.
SUAREZ, C. A. G. ; MONTANO, I. D. C. ; Silva, A.J. ; Horta, A.C.L. ; SOUSA JR, R. ; Giordano, R.C ; ROCHA, I. ; ZANGIROLAMI, T. C. . Application of Systems Biology for Optmizing Oxygen Uptake in xylulose fermentation by an adapted strains of S. cerevisae. In: Applied Synthetic Biology in Europe - 2013, 2013, Málaga. Applied Synthetic Biology in Europe - 2013, 2013.

3.
CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI ; SUAREZ, C. A. G. ; RODRÍGUEZ-ZÚÑIGA, URSULA FABIOLA ; GIORDANO, R. C. ; GIORDANO, R. L. C. ; SOUSA JR, R. . Hydrolysis of Sugar Cane Bagasse: Optimal Operation of Fed-batch Bioreactors. In: 34th Symposium on Biotechnology for Fuels and Chemicals, 2012. New Orleans. anais.

4.
MONTANO, I. D. C. ; SUAREZ, C. A. G. ; ZUNIGA, U. F. R. ; Sousa Jr., R. ; Giordano, R.L.C. ; Giordano, R.C . Hydrolysis of Sugar Cane Bagasse: Optimal Feed Policies for Fed-Batch Reactors. In: International symposium on alcohol fuels, 2011, Verona. ISAF 2011, 2011.

Apresentações de Trabalho
1.
CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI . Modelagem e Simulação de Processos na Indústria de Alimentos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).



Patentes e registros



Patente

A Confirmação do status de um pedido de patentes poderá ser solicitada à Diretoria de Patentes (DIRPA) por meio de uma Certidão de atos relativos aos processos
1.
 GIORDANO, R. L. C. ; GIORDANO, R. C. ; ZANGIROLAMI, T. C. ; TARDIOLI, P. W. ; KOPP, W. ; MILESSI, T. S. S. ; SILVA, C. R. ; CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI ; GALEANO-SUAREZ, C. A. ; ROJAS, M. J. ; AQUINO, P. M. ; SILVA, F. A. . SISTEMA CATALÍTICO E PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIOETANOL 2G A PARTIR DE XILANA/OLIGÔMEROS DE XILOSE. 2014, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR102014023394, título: "SISTEMA CATALÍTICO E PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIOETANOL 2G A PARTIR DE XILANA/OLIGÔMEROS DE XILOSE" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 19/09/2014



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SOUSA JR, R.; FREITAS, F. F.; CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI. Participação em banca de Vitor Debiazzi Pereira Pinto. OTIMIZAÇÃO DE REATOR BATELADA ALIMENTADA PARA HIDROLISE DE PALHA DE CANA DE AÇÚCAR APLICANDO A TEORIA DE CONTROLE ÓTIMO. 2016. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás.

2.
Silva, F. A; Tatianne Ferreira de Oliveira; Inti Doraci Cavalcanti Montano. Participação em banca de Marianny Silva Canedo. Enriquecimento proteico do bagaço de malte por Rhizopus oligosporus CCT 4134 e adição em dietas de Juvenis de Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus). 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Goiás.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Inti Doraci Cavalcanti Montano; OSTROSKI, I. C.; FERREIRA, M. M. P.. Participação em banca de Lorena Alcântara Corrêa de Siqueira.Integração energética em processos industriais: análise Pinch. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás.

2.
Inti Doraci Cavalcanti Montano; SOUTO, L. R. F.; SOUZA, T. L.. Participação em banca de ELISEU MACEDO SILVA NETO.Revisão do Pré-tratamento do Bagaço de malte para a produção de Bioetanol. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás.

3.
Inti Doraci Cavalcanti Montano; FREITAS, F. F.; FERREIRA, M. M. P.. Participação em banca de CARLOS HENRIQUE JARDIM FIGUEREDO.Fermentação de Hidrolisados Lignocelulósicos. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás.

4.
FREITAS, F. F.; SEOLATTO, A. A.; Inti Doraci Cavalcanti Montano. Participação em banca de ALLINE CORREA FRAZAO.Influência da mistura dos ácidos sulfúrico, nítrico e perclórico na hidrólise do bagaço de malte. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás.

5.
CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI; FERREIRA, M. M. P.; PEREZ, C. N.. Participação em banca de Pedro Henrique Rodrigues da Silva.PRODUÇÃO E CARATERIZAÇÃO DE CARVÃO ATIVADO A PARTIR DE CASCA DE PEQUI CARYOCAR BRASILIENSE.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás.

6.
PEREZ, C. N.; CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI; SANTOS, D. A.. Participação em banca de Artur Franco Silva Alves.Produção de aromáticos a partir de biomassa lignocelulósica utilizando zeólita como catalizador. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás.

7.
CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI; PEREZ, C. N.; SANTOS, D. A.. Participação em banca de Edrey César Santana Mendes.Produção de etanol de segunda geração a partir de pentoses (xilose) pelo processo de isomerização e fermentação simultânea (SIF). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás.

8.
SANTOS, D. A.; Inti Doraci Cavalcanti Montano; ALONSO, C. G.. Participação em banca de Matheus Antoniel Felix de Carvalho.Estudo Exploratório das Caraterísticas, Processos de fabricação e Aplicações de sistemas microfluídicos. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás.

9.
PEREZ, C. N.; SANTOS, D. A.; Inti Doraci Cavalcanti Montano. Participação em banca de Gabryelly Machado Costa.Processos de purificação de água por membranas. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás.

10.
Inti Doraci Cavalcanti Montano; PEREZ, C. N.; SANTOS, D. A.. Participação em banca de Jofre de Pina Ferreira Brito.Processos de Produção de Biodiesel por Microalgas. 2016.

11.
PEREZ, C. N.; Inti Doraci Cavalcanti Montano; FERREIRA, M. M. P.. Participação em banca de Renato Rodrigues Ribeiro.Estudos e perspectivas para utilização do glicerol residual da produção de biodiesel como matéria prima de processos industriais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás.

12.
GALEANO-SUAREZ, C. A.; FREITAS, F. F.; Inti Doraci Cavalcanti Montano. Participação em banca de Mariana Lopes nFerreira Gomes.Destilarias Brasileiras: controle microbiológico e boas práticas operacionais como ferramentas fundamentais no aumento da produtividade no processo de fermentação alcoólica utilizando levedura S. cerevisiae. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás.

13.
Inti Doraci Cavalcanti Montano; FERREIRA, M. M. P.; SOUZA, T. L.. Participação em banca de Júlio Rodrigues de Brito Neto.Estudo compreensivo da cadeia produtiva de biocombustíveis de terceira geração. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás.

14.
Horta, A.C.L.; MONTANO, I. D. C.; FERREIRA, M. M. P.. Participação em banca de RODRIGO RAMELLO DE CARVALHO.Tratamento de águas para caldeiras. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás.

15.
Horta, A.C.L.; FERREIRA, M. M. P.; MONTANO, I. D. C.. Participação em banca de Rafael Fernades Barros.: Principais derivados, composição, aplicações e exploração OFFSHORE com enfâsis em FPSO. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI; OSTROSKI, I. C.; PEREZ, C. N.. Concurso público para professores efetivos na Universidade do Estado do Amapá- Área Controle de Processos.. 2014. Universidade do Estado do Amapá.

2.
CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI; OSTROSKI, I. C.; PEREZ, C. N.. Concurso público para professores efetivos na Universidade do Estado do Amapá- Área Termodinâmica. 2014. Universidade do Estado do Amapá.

3.
CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI; OSTROSKI, I. C.; PEREZ, C. N.. Concurso público para professores efetivos na Universidade do Estado do Amapá- Área Processos Químicos. 2014. Universidade do Estado do Amapá.

4.
CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI; OSTROSKI, I. C.; PEREZ, C. N.. Concurso público para professores efetivos na Universidade do Estado do Amapá- Área Química Orgânica. 2014. Universidade do Estado do Amapá.

5.
CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI; OSTROSKI, I. C.; PEREZ, C. N.. Concurso público para professores efetivos na Universidade do Estado do Amapá- Área Química Geral. 2014. Universidade do Estado do Amapá.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Congresso Brasileiro de Engenharia Quimica (COBEQ). CULTIVO DE Pichia pastoris RECOMBINANTE EM BATELADA ALIMENTADA PARA A EXPRESSÃO CONSTITUTIVA DE ENZIMA RECOMBINANTE. 2010. (Congresso).

2.
IV Semana de Segurança. 2010. (Seminário).

3.
IX Simpósio de Hidrólise Enzimática de Biomassa (SHEB).Cultivo de Pichia pastoris para a expressão constitutiva de alfa-amilase de Bacillus subtilis. 2009. (Simpósio).

4.
XVII Simpósio Nacional de Bioprocessos (SINAFERM).Perfil metabólico de Pichia pastoris durante a expressão constitutiva de alfa-amilase de Bacillus subtilis. 2009. (Simpósio).

5.
XVII Simpósio Nacional de Bioprocessos (SINAFERM).Avaliação do metabolismos de diferentes linhagens de Bacillus megaterium. 2009. (Simpósio).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
ALEX DE SOUZA BORGES. AUTOMAÇAO DE UM REATOR DE HIDROLISE DE MATERIAIS LIGNOCELULOSICOS OPERANDO EM BATELADA ALIMENTADA. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás. (Coorientador).

2.
ELIZABETH GONÇALVES DA SIVA. APLICAÇÃO DE TÉCNICAS DE ENGENHARIA EVOLUTIVA PARA À SELEÇÃO DE UMA LINHAGEM DIFERENCIADA DE S. CEREVISIAE, ADAPTADA À ASSIMILAÇÃO DE HIDROLISADO DE HEMICELULOSE.. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

3.
Nathanna Sales. Biologia de sistemas aplicada á produção de etanol e xilitol por S. cerevisiae. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

4.
MARIANA BISINOTTO PEREIRA. ESTRATÉGIAS DE IMOBILIZAÇÃO PARA SUBSTRATOS LIGNOCELULÓSICOS. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

5.
Nicole Ribeiro Maione. Otimização da produção de etanol 2G a partir de Bagaço de Malte: Uma abordagem de Otimização dinâmica. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

6.
Carla Lobo Gomes. CARACTERIZAÇÃO E PRÉ-TRATAMENTO DO BAGAÇO DE MALTE PARA PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás. (Orientador).

Iniciação científica
1.
GABRIEL SILVA DE MENEZES. Experimentos in silico utilizando OptFlux aplicados na produção de etanol 1G e 2G por S. cerevisiae. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Vitor Debiazzi Pereira Pinto. OTIMIZAÇÃO DE REATOR BATELADA ALIMENTADA PARA HIDROLISE DE PALHA DE CANA DE AÇÚCAR APLICANDO A TEORIA DE CONTROLE ÓTIMO. 2016. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Inti Doraci Cavalcanti Montano.

2.
Vitor Debiazzi Pereira Pinto. DESENVOLVIMENTO DE ESTRATÉGIAS APLICADAS Á HIDRÓLISE DE BAGAÇO DE MALTE PARA PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO. 2014. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Inti Doraci Cavalcanti Montano.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Cíntia Regina Sargo. 2016. Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Inti Doraci Cavalcanti Montano.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
LORENA ALCÂNTARA CORREA DE SIQUEIRA. INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA EM PROCESSOS INDUSTRIAIS: ANÁLISE PINCH. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Inti Doraci Cavalcanti Montano.

2.
CARLOS HENRIQUE JARDIM FIGUEREDO. FERMENTAÇÃO DE HIDROLISADOS LIGNOCELULÓSICOS. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Inti Doraci Cavalcanti Montano.

3.
ELISEU MACEDO SILVA NETO. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA DO PRÉ TRATAMENTO DO BAGAÇO DE MALTE PARA A PRODUÇÃO DE BIOETANOL. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Inti Doraci Cavalcanti Montano.

4.
Edrey César Santana Mendes. Produção de etanol de segunda geração a partir de pentoses (xilose) pelo processo de isomerização e fermentação simultânea (SIF): uma revisão. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Inti Doraci Cavalcanti Montano.

5.
JOFRE DE PINA FERREIRA BRITO. PRODUÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS USANDO ALGAS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Inti Doraci Cavalcanti Montano.

6.
JULIO RODRIGUES DE BRITO NETO. ESTUDO COMPREENSIVO DA CADEIA PRODUTIVA DE BIOCOMBUSTÍVEIS DE TERCEIRA GERAÇÃO. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Inti Doraci Cavalcanti Montano.

Iniciação científica
1.
María Olivia Villarroel Magalhães. APLICAÇÃO DE TÉCNICAS DE MODELAGEM E SIMULAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Inti Doraci Cavalcanti Montano.

2.
Maria Olivia Villarroel. ESTIMATIVA DE PARÂMETROS CINÉTICOS DA HIDRÓLISE ENZIMÁTICA DE MATERIAIS LIGNOCELULÓSICOS PARA PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Inti Doraci Cavalcanti Montano.

3.
Matheus Ferreira Rosa. ESTIMATIVA DE PARÂMETROS CINÉTICOS PARA CULTIVO DE Escherichia coli RECOMBINANTE. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Inti Doraci Cavalcanti Montano.

Orientações de outra natureza
1.
CARLOS HENRIQUE JARDIM FIGUEREDO. UNILEVER. 2017. Orientação de outra natureza. (Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Inti Doraci Cavalcanti Montano.

2.
ELISEU MACEDO SILVA NETO. AMBEV. 2017. Orientação de outra natureza. (Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Inti Doraci Cavalcanti Montano.

3.
MATHEUS ANTONIEL FELIX DE CARVALHO. GEOLAB INDÚSTRIA FARMACÊUTICA S/A. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia Química) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Inti Doraci Cavalcanti Montano.

4.
Maykon Adriell Dutra. MODELAGEM, SIMULAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS. 2014. Orientação de outra natureza. (Engenharia Física) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Inti Doraci Cavalcanti Montano.



Inovação



Patente
1.
 GIORDANO, R. L. C. ; GIORDANO, R. C. ; ZANGIROLAMI, T. C. ; TARDIOLI, P. W. ; KOPP, W. ; MILESSI, T. S. S. ; SILVA, C. R. ; CAVALCANTI-MONTAÑO, INTI DORACI ; GALEANO-SUAREZ, C. A. ; ROJAS, M. J. ; AQUINO, P. M. ; SILVA, F. A. . SISTEMA CATALÍTICO E PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIOETANOL 2G A PARTIR DE XILANA/OLIGÔMEROS DE XILOSE. 2014, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR102014023394, título: "SISTEMA CATALÍTICO E PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIOETANOL 2G A PARTIR DE XILANA/OLIGÔMEROS DE XILOSE" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 19/09/2014




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 09/12/2018 às 23:50:17