Adir de Almeida Mota

Bolsista de Mestrado do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3546905301239303
  • Última atualização do currículo em 23/11/2018


Possui experiência como professor de História para Educação Básica. Licenciado em História (UnG), Especialista em História: política, cultura e sociedades (UnG). Realizou cursos de extensão na PUC-SP e no CBEAL/Memorial da América Latina voltados à compreensão do passado e presente latino-americano. No momento, desenvolve pesquisa vinculada ao Programa de Pós Graduação em História Econômica da FFLCH-USP (Mestrado), atuando principalmente nos seguintes temas: Ditadura e Repressão Militar no Chile, Degredados, Direitos Humanos, Jornadas Nacionais de Protesto, Neoliberalismo. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Adir de Almeida Mota
Nome em citações bibliográficas
MOTA, Adir de Almeida

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, FFLCH-USP.
Cidade Universitária
Butantã
05508900 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 30913760
URL da Homepage: http://historia.fflch.usp.br/


Formação acadêmica/titulação


2016
Mestrado em andamento em História Econômica.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Neoliberalismo e repressão militar: os degredados na ditadura chilena (1973-1990),Orientador: Darío Horacio Gutiérrez Gallardo.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: América Latina.
Grande área: Ciências Humanas
2009 - 2011
Especialização em História: política, cultura e sociedade. (Carga Horária: 360h).
Universidade de Guarulhos, UNG, Brasil.
Título: A questão da terra no Vale do Paraiba: história de um assentamento do MST.
Orientador: Everaldo de Oliveira Andrade.
2004 - 2007
Graduação em História.
Universidade de Guarulhos, UNG, Brasil.
Título: O perigo vermelho: a repressão imposta pelo Estado Novo sobre o PCB.
Orientador: José Rodrigues Mào Jr.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2016
Linguaguem audiovisual para professores. (Carga horária: 20h).
Centro Brasileiro de Estudos da América Latina, CBEAL, Brasil.
2014 - 2014
Extensão universitária em Processos políticos na AL contemporânea. (Carga horária: 40h).
Centro Brasileiro de Estudos da América Latina, CBEAL, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em A universidade na AL e os desafios do século XXI. (Carga horária: 40h).
Centro Brasileiro de Estudos da América Latina, CBEAL, Brasil.
2012 - 2012
Quantificação em História. (Carga horária: 120h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2011 - 2011
Extensão universitária em A.L: problemas historicos perspectivas do presente. (Carga horária: 36h).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
2011 - 2011
Extensão universitária em América Latina:ditaduras e revoluções no século XX. (Carga horária: 32h).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.


Atuação Profissional



Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP, FFLCH-USP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Aluno de Mestrado, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 0
Outras informações
Estágio Didático do Programa de Aperfeiçoamento de Ensino Superior (PAE) concluído junto à disciplina "História Contemporânea II", ministrada pelo professor Dr. Everaldo de Oliveira Andrade aos alunos do curso de Graduação em História da Universidade de São Paulo.


Realidade Latino Americana, RLA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Colaborador, Carga horária: 0


Colégio Paulo VI, COL. PAULO VI, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: CLT, Enquadramento Funcional: Professor de Educação Básica II - História, Carga horária: 12



Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Neoliberalismo e repressão militar: os degredados na ditadura chilena (1976-1990)
Descrição: Esta investigação científica pretende discutir, fundamentalmente, a penalidade de degredo como pratica constante do governo militar chileno, entre os anos 1976-1990. Consistia no translado compulsório de ativistas aos locais remotos do Chile, em relação às regiões de origem, devendo permanecer nestas localidades num período variável, em geral de três meses. Muitos eram enviados à região sul, ao arquipélago de Chiloé, ou, ao norte, às vilas situadas no altiplano, de temperatura extremamente baixa. Nesta, o mesmo deveria se apresentar diariamente na delegacia local para comprovar o cumprimento da pena. Estes ativistas eram principalmente professores e estudantes considerados sem influência no cenário nacional, prejudicados pelas reformas neoliberais no que tange a educação. Esta circunstância impulsionou a fundação, em 1980, do Agrupamento de Familiares de Relegados e Ex-Relegados (AFAREL), cuja função foi fornecer solidariedade aos degredados e seus familiares enquanto estes estiveram cumprindo pena..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Adir de Almeida Mota - Coordenador / Dario Horácio Gutierrez Gallardo - Integrante.


Outros Projetos


2016 - Atual
Realidade Latino americana
Descrição: Propõe o estudo, pesquisa e difusão de conhecimento sobre um ou mais países do continente em cada ano, a partir da constituição de grupos multidisciplinares e pluriinstitucionais de estudantes em diferentes estágios de formação acadêmica, bem como professores. Este projeto resulta na constituição de diferentes projetos anuais vinculados ao programa: em 2014, foram enfocados Colômbia e Venezuela; em 2015, Peru e Bolívia; 2016, Cuba; e para 2017, Argentina e/ou Chile..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (30) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Adir de Almeida Mota - Integrante / Joana Salem Vasconcelos - Integrante / Fabio Luis Barbosa dos Santos - Coordenador / Carlos Cordovano Vieira - Integrante / Fabiana Dessotti - Integrante / Vivian Urquidi - Integrante / Osmany Porto de Oliveira - Integrante.


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: Revista Escrita da História


Revisor de periódico


2016 - Atual
Periódico: Revista Escrita da História


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da América/Especialidade: História Latino-Americana.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Neoliberalismo.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Ditadura Militar.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Defesa dos Direitos Humanos.


Idiomas


Espanhol
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Lê Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MOTA, Adir de Almeida2011MOTA, Adir de Almeida. A questão da terra no Vale do Paraíba: história de um assentamento do MST. Espaço Plural (Unioeste), v. 12, p. 38-50-190, 2011.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MOTA, Adir de Almeida. Assis, presente!. O Diário de Mogi das Cruzes, Mogi das Cruzes, 30 jan. 2018.

2.
MOTA, Adir de Almeida. A greve continua!. O diário de Mogi das Cruzes, Mogi das Cruzes, 20 maio 2015.

3.
MOTA, Adir de Almeida. Passado e presente. O diário de Mogi das Cruzes, 09 set. 2014.

4.
MOTA, Adir de Almeida. A palavra do povo. O diário de Mogi das Cruzes, Mogi das Cruzes, 03 set. 2014.

5.
MOTA, Adir de Almeida. Espectro da democracia. O diário de Mogi das Cruzes, Mogi das Cruzes, 01 abr. 2014.

6.
MOTA, Adir de Almeida. Os índios do Alto Tietê. O diário de Mogi das Cruzes, Mogi das Cruzes, 06 nov. 2013.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MOTA, Adir de Almeida. Reforma Agrária e a Revolução Boliviana de 1952: história e historiografia. In: X Encontro Internacional da ANPHLAC, 2012, São Paulo. Reforma Agrária e a Revolução Boliviana de 1952: história e historiografia. São Paulo: ANPHLAC, 2012.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MOTA, Adir de Almeida. A questão da terra no Vale do Paraíba: história de um assentamento do MST. In: XXVI Simpósio Nacional de História, 2011, São Paulo. Anais do XXVI simpósio nacional da ANPUH - Associação Nacional de História. São Paulo: ANPUH-SP, 2011.

2.
MOTA, Adir de Almeida. O perigo vermelho: a repressão imposta pelo Estado Novo sobre o PCB. In: V colóquio Marx e Engels, 2007, Campinas. O perigo vermelho: a repressão imposta pelo Estado Novo sobre o PCB. Campinas: Unicamp/Cemarx, 2007.

Apresentações de Trabalho
1.
MOTA, Adir de Almeida. Reforma agrária e a Revolução boliviana de 1952: história e historiografia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
MOTA, Adir de Almeida. A criminalização ao MST no Vale do Paraíba: os assassinatos de Roberto e Jurandir. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
MOTA, Adir de Almeida. A questão da terra no Vale do Paraíba: história de um assentamento do MST. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

Outras produções bibliográficas
1.
MOTA, Adir de Almeida. Reforma agrária e a revolução boliviana: história e historiografia. São Paulo: ANPHLAC, 2012 (Programação e Caderno de resumos).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
MOTA, Adir de Almeida. Organizador de Dossiê para a Revista Escrita da História: Revoluções e movimento operário no século XX.. 2017.

2.
MOTA, Adir de Almeida. Parecerista ad hoc para a Revista Escrita da História. 2015.


Demais tipos de produção técnica
1.
MOTA, Adir de Almeida. Neoliberalismo e repressão militar: os degredados na ditadura chilena (1973-1990). 2018. (Relatório de pesquisa).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III Jornada de Estudos Latino-Americanos - Migrações, diásporas e exílios na América Latina. O degredo como método de violação aos Direitos Humanos na Ditadura Militar chilena. 2018. (Congresso).

2.
Semana Filosofica da Faculdade de Filosofia e Teologia Paulo VI.A Revolução Russa e a América Latina: encontros e desencontros sobre a construção do partido operário. 2017. (Oficina).

3.
VIII Congresso de Pós-Graduandos do Programa de Pós-graduação em História Econômica. Neoliberalismo e autoritarismo militar: o degredo como método de repressão na ditadura chilena. 2017. (Congresso).

4.
Já se passaram 52 anos - O Golpe Civil Militar de 1964 e Resistência Democrática: um relato por suas vozes.. 2016. (Outra).

5.
Os arquivos do Comunismo e a problemática de sua preservação. 2016. (Outra).

6.
Revolução Francesa e a Social Democracia. 2016. (Outra).

7.
A Casa da Vovó. Uma biografia do DOI-Codi (1969-1991). 2015. (Outra).

8.
Militares e militância - uma relação dialeticamente conflituosa. 2015. (Outra).

9.
Revolução Russa - um balanço necessário. 2015. (Exposição).

10.
Segunda Guerra Mundial - 70 anos.O Chile e a Segunda Guerra Mundial. 2015. (Simpósio).

11.
A cultura e as artes no regime militar - 50 anos do golpe. 2014. (Seminário).

12.
O poder cultural e a ditadura militar chilena. 2014. (Exposição).

13.
X Encontro Internacional da ANPHLAC.Reforma agrária e a Revolução boliviana de 1952: história e historiografia. 2012. (Encontro).

14.
IV Coloquio Marx e os marxismos. A criminalização ao MST no Vale do Paraíba: os assassinatos de Roberto e Jurandir. 2011. (Congresso).

15.
XXVI Simpósio Nacional de História.A Questão da Terra no Vale do Paraíba: história de um assentamento do MST. 2011. (Simpósio).

16.
1º Forum de pesquisa em História (UnG).A questão da terra no Vale do Paraíba: história de um assentamento do MST. 2009. (Encontro).

17.
1º Simpósio de Arquitetura e Urbanismo, Geografia e História - Cidades do Alto Tietê. 2007. (Simpósio).

18.
História e Historiografia nos 90 anos da Revolução Russa. 2007. (Encontro).

19.
V colóquio Marx e Engels. O perigo vermelho: a repressão imposta pelo Estado Novo sobre o PCB. 2007. (Congresso).

20.
VI Congresso Nacional de Iniciação Cientifica(CONIC-SEMESP). O perigo vermelho: a repressão imposta pelo Estado Novo sobre o PCB. 2007. (Congresso).

21.
IV congresso internacional de Iniciação Cientifíca (COINT-SEMESP). O perigo vermelho: a repressão imposta pelo o Estado Novo sobre o P.C.B. 2006. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MOTA, Adir de Almeida; CONSENZA, A. C. ; QUADROS, C. F. ; RAMOS, E. S. ; SOUZA, J. L. L. ; TASSO, L. O. P. . VIII Congresso de Pós-graduandos do Programa de Pós-graduação em História Econômica. 2017. (Congresso).



Outras informações relevantes


Desenvolvi pesquisa de Iniciação Científica (PIBIC-UnG/CNPq) entre aos anos de 2006 e 2007, sendo o titulo do trabalho o seguinte: O perigo vermelho: a repressão imposta pelo Estado Novo sobre o PCB, sob a orientação do Professor Dr. José Rodrigues Máo Junior.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 10/12/2018 às 18:51:55