Breno Marques Bringel

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5681987657897099
  • Última atualização do currículo em 03/01/2019


Doutor pela Faculdade de Ciência Política e Sociologia da Universidade Complutense de Madri (UCM), onde também realizou Mestrado e Graduação e foi Professor. Foi pesquisador visitante na University of Cambridge (Reino Unido), Universidade de Lisboa (Portugal), UFBA e UNICAMP, bem como professor visitante na Universidad de la República (Uruguai), Universidad Nacional de Cuyo (Argentina), Universidad Alberto Hurtado e Universidade de Santiago do Chile (ambas no Chile), UCM (Espanha), Universitat Basel (Suíça) e École des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris (França). Em 2015 foi nomeado "Directeur d'études associé" pela Fondation Maison des Sciences de l'Homme de Paris. Na atualidade é professor do Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde atua nos Programas de Pós-Graduação em Ciência Política e Sociologia, sendo coordenador deste último. Também é Professor do Programa Internacional de Pós-Graduação em "Estudos Contemporâneos da América Latina" da Universidad Complutense de Madrid. Coordena, com José Mauricio Domingues, o Núcleo de Estudos de Teoria Social e América Latina (NETSAL), no IESP-UERJ. Coordenou o GT de Movimentos Sociais da Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS) e o GT de Teoria Social da Associação Latino-americana de Sociologia (ALAS). Atualmente, coordena o GT de Ações Coletivas e Movimentos Sociais da ALAS, o GT de Investigación Militante do Conselho Latino-americano de Ciências Sociais (CLACSO) e é Presidente do Research Committee on Social Classes and Social Movements (RC-47) da Associação Internacional de Sociologia (ISA), eleito para o período 2018-2022. No âmbito da editoração e da divulgação científica, foi editor-chefe de DADOS - Revista de Ciências Sociais, entre 2012 e 2018 (permanecendo agora como editor associado) e é editor e fundador de Open Movements (Open Democracy), além de membro do Conselho da Área de Ciências Humanas do Comitê Consultivo do SciELO. Bolsista PROCIÊNCIA (UERJ), Jovem Cientista do Nosso Estado (FAPERJ) e Produtividade em Pesquisa do CNPq. Suas principais áreas de atuação são a sociologia política e a sociologia latino-americana e suas pesquisas atuais abordam dois temas centrais: as transformações do ativismo e dos movimentos sociais contemporâneos; e a construção teórica e geopolítica da sociologia e do pensamento latino-americano. Site com publicações: http://uerj.academia.edu/BrenoBringel (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Breno Marques Bringel
Nome em citações bibliográficas
BRINGEL, Breno;BRINGEL, Breno M.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP).
Rua da Matriz, 82
Botafogo
22260100 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 22668300
Ramal: 8328
Fax: (21) 22668345
URL da Homepage: http://www.iesp.uerj.br/docentes-soc/


Formação acadêmica/titulação


2006 - 2010
Doutorado em Ciência Política.
Universidad Complutense de Madrid, UCM, Espanha.
com período sanduíche em Universidade Estadual de Campinas (Orientador: Maria da Gloria Gohn).
Título: Geografías de la acción colectiva: el Movimiento de los Sin Tierra de Brasil y el activismo rural transnacional (1978-2008), Ano de obtenção: 2010.
Orientador: Heriberto Cairo Carou.
Bolsista do(a): Fundación General Unviersidad Complutense de Madrid, FGUCM, Espanha.
Palavras-chave: movimentos sociais; ação coletiva transnacional; internacionalismo.
2006 - 2008
Mestrado em Estudios Contemporáneos de América Latina.
Universidad Complutense de Madrid, UCM, Espanha.
Título: De la transición democrática a la democracia en transición. Ciclos de acción colectiva y política contestataria en el Brasil postdictatorial,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Heriberto Cairo Carou.
Bolsista do(a): Comissão Europeia, UE, Espanha.
Palavras-chave: movimentos sociais; democracia; Estudos multidisciplinares.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Geografia.
2005 - 2006
Especialização em Estudos da América Latina.
Universidad Complutense de Madrid, UCM, Espanha.
2001 - 2006
Graduação em Ciencia Política.
Universidad Complutense de Madrid, UCM, Espanha.




Formação Complementar


2006
Curso de Verão "El Escorial". (Carga horária: 40h).
Universidad Complutense de Madrid, UCM, Espanha.
2008 - 2009
Seminario em Teoria Política. (Carga horária: 40h).
Universidad Complutense de Madrid, UCM, Espanha.
2007 - 2007
Extensão universitária em Escola de Pesquisa em Estudos da América Latina. (Carga horária: 90h).
Universidad de la Republica Uruguay, UDELAR, Uruguai.
2004 - 2005
Curriculum Development. (Carga horária: 1800h).
Utrecht University, UU, Holanda.


Atuação Profissional



Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Desde março de 2012, Professor Adjunto do IESP-UERJ, aprovado em concurso público (Port. no 083/2012, publicada no DOERJ, 23/02/2012), atuando como docente permanente no Programa de Pós-Graduação em Sociologia. Desde junho de 2014, após renunciar à minha posição de Professor concursado do Departamento de Ciência Política III da Universidad Complutense de Madrid, me integrei ao regime de Dedicação Exclusiva, sendo beneficiado pela Bolsa PROCIÊNCIA (UERJ/FAPERJ). A partir de 2016, passei a atuar também como Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política do IESP-UERJ.

Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante, Carga horária: 40
Outras informações
Em 2011, Professor-Visitante do Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), para onde migrou o conjunto de professores do antigo IUPERJ.

Atividades

08/2018 - Atual
Direção e administração, Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP), .

Cargo ou função
Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Sociologia.
08/2018 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Credenciamento de Periódicos da UERJ.
06/2016 - Atual
Direção e administração, Editora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (EdUERJ), .

Cargo ou função
Coordenador, com João Feres Junior, da Coleção Sociedade e Política da EdUERJ.
02/2014 - Atual
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia I
03/2012 - Atual
Ensino, Sociologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Pensamento Social Latino-americano
Teorias dos Movimentos Sociais
Sociologia Transnacional
Teoria Crítica do Estado
América Latina: Movimentos Sociais e Transformações Regionais
Estudos Exemplares
Seminário de Tese
05/2011 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo de Estudos de Teoria Social e América Latina - NETSAL, .

01/2016 - 06/2018
Direção e administração, Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP), .

Cargo ou função
Diretor de Divulgação Científica.
06/2012 - 06/2018
Serviços técnicos especializados , Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP), .

Serviço realizado
Editor de Dados - Revista de Ciências Sociais.
01/2012 - 01/2015
Extensão universitária , Núcleo de Estudos de Teoria Social e América Latina - NETSAL, .

Atividade de extensão realizada
Coordenação do Projeto de Extensão Universitária Universidades e Movimentos Sociais no Rio de Janeiro.
06/2013 - 12/2013
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Pensamento Social
03/2011 - 03/2012
Ensino, Mestrado/Doutorado Sociologia e Ciência Política, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Movimentos Sociais e Contestação Política
Teoria Crítica e Contestações Sociais

Editora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, EDUERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Editor, Enquadramento Funcional: Editor de coleção
Outras informações
Diretor, com João Feres Jr., da Coleção Sociedade e Política, do IESP-UERJ em parceria com a EdUERJ.


openDemocracy, OD, Grã-Bretanha.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Editor, Enquadramento Funcional: Editor
Outras informações
Fundador e Editor, com Geoffrey Pleyers, de "Open Movements", uma iniciativa do Research Committee on Social Classes and Social Movements (RC-47) da International Sociological Association (ISA) juntamente com openDemocracy, publicação on-line de análise político de referência mundial. A parceria conta com financiamento de agências internacionais e com o respaldo institucional de três instituições universitárias no Brasil (IESP-UERJ), na França (Collège d'études Mondiales de Paris/Fondation Maison des Sciences de l'homme) e no Reino Unido (London School of Economics and Political Science). Embora seja mais lida na Inglaterra e nos Estados Unidos, seu público abrange praticamente todos os países do mundo (com as exceções de China e Irã, onde é proibida). Os artigos de openDemocracy alimentam meios como BBC, CNN, Al Jazeera, Washington Post, The New York Times, Bloomberg, NPR, Russia Today, The Guardian, The Observer, Le Monde Diplomatique, El Mundo, Sky News, ITV, CBC, ABC, Channel4, Islam channel e USA Today. Publica mais de 60 artigos por semana e tem uma media de 9 milhões leitores/ano. Acesso direto a openMovements: https://www.opendemocracy.net/openmovements


Universidad Complutense de Madrid, UCM, Espanha.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Colaborador
Outras informações
Após renunciar à minha posição de Professor do Departamento de Ciência Política III concursado na Universidad Complutense de Madrid (UCM) para assumir dedicação exclusiva e bolsa Prociência UERJ, passei a atuar como Professor Colaborador em dois Programas de Pós-Graduação da UCM: - Programa Internacional Interuniversitário de Pós-Graduação em "Estudos Contemporâneos da América Latina" (Universidad Complutense de Madri, Universidad de la República e Universidad de Costa Rica); - Doutorado em Ciência Política; Desde então, ministro um curso por ano e oriento dissertações de mestrado e teses de doutorado.

Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor visitante
Outras informações
Professor visitante convidado pela Facultad de Ciencias Políticas y Sociología da Universidad Complutense de Madrid durante o primeiro semestre de 2018. Atividades desenvolvidas no período: docência no Mestrado Internacional de Estudos Contemporâneos da América Latina; preparação de livro em inglês publicado pela editora Routledge; colaboração editorial com a Revista Geopolítica(s); participação nas atividades do Grupo de Investigación sobre Espacio y Poder da Universidad Complutense de Madrid.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor visitante, Carga horária: 20
Outras informações
Convidado como professor visitante da Faculdade de Ciência Política e Sociologia da Universidade Complutense de Madri durante janeiro e fevereiro de 2016. As atividades incluíram um Seminario sobre "Geopolítica e Desenvolvimento", um workshop na Escola de Pesquisa de Estudos Contemporâneos da América Latina e apresentações no Grupo de Investigación Espacio y Poder.

Vínculo institucional

2011 - 2014
Vínculo: Professor/Pesquisador, Enquadramento Funcional: Professor Titular (Interino - parcial)
Outras informações
Fui Professor do Departamento de Ciência Política III da Faculdade de Ciência Política e Sociologia da Universidade Complutense de Madri, aprovado em primeiro lugar no concurso público número 0131/INT/01.Em julho de 2014 renunciei para assumir Dedicação Exclusiva no IESP-UERJ e Bolsa PROCIÊNCIA (UERJ), mantendo-me, no entanto, como professor colaborador na pós-graduação em Estudos Latino-americanos e Ciência Política da UCM. Atuo como Pesquisador de dois grupos de pesquisa oficialmente cadastrados e reconhecidos na Universidade Complutense de Madrid: - Grupo de Estudos Contemporâneos da América Latina (desde 2006); - Grupo de Pesquisa sobre Espaço e Poder (desde 2012): https://www.ucm.es/espacio-y-poder/breno-bringel-1

Vínculo institucional

2007 - 2011
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20
Outras informações
- Nomeado Pesquisador Honorífico do Departamento de Ciencia Política III da Faculdade de Ciência Política e Sociologia entre 2008 e 2011.

Atividades

03/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Grupo de Investigación sobre Espacio y Poder, .

2011 - Atual
Ensino, Máster Internacional de Estudios de Am. Latina, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Geografía del Poder
Geopolítica y Desarrollo
Movimientos Sociales en América Latina
Taller de Investigación I
Taller de Investigación II
Brasil: política, desarrollo y sociedad civil
06/2009 - Atual
Ensino, Mestrado de Cooperação Internacional, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Movimientos Sociales en América Latina
Geopolítica y Desarrollo
Desenvolvimento Rural e Soberania Alimentar
Geografia Política e Geopolítica da América Latina
Novos Processos de Integração Regional na América Latina
09/2008 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Grupo de Estudos Contemporâneos da América Latina - GECAL, .

Linhas de pesquisa
Estudios Latinoamericanos
01/2016 - 02/2016
Outras atividades técnico-científicas , Facultad de Ciencias Políticas y Sociología, Facultad de Ciencias Políticas y Sociología.

Atividade realizada
Professor/Pesquisador convidado Janeiro/Fevereiro de 2016.
02/2011 - 06/2014
Ensino, Graduação em Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia Política
03/2011 - 06/2013
Ensino, Graduaçãp em Sociologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografía Política
10/2009 - 06/2013
Ensino, Graduação em Ciência Política e Sociologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia Política e Geopolítica da América Latina
08/2009 - 09/2010
Ensino, Master Estudios Contemporáneos de América Latina, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Movimientos Sociales y Política Social
07/2008 - 06/2009
Ensino, Gobernabilidad y Reforma del Estado en Am. Latina, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Movimientos sociales y democracia
01/2006 - 07/2006
Outras atividades técnico-científicas , Fac. Ciencias Políticas y Sociología. Departamento de Ciencia Política III, Fac. Ciencias Políticas y Sociología. Departamento de Ciencia Política III.

Atividade realizada
Secretario Acadêmico do Mestrado de Estudos da América Latina.

Fondation Maison Sciences de l'Homme, FMSH, França.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Pesquisador associado, Enquadramento Funcional: Chercheur Associé
Outras informações
Pesquisador associado à linha "Movimentos Sociais na Era Global": http://www.fmsh.fr/fr/college-etudesmondiales/27988

Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Directeur d'Etudes Associé, Carga horária: 10
Outras informações
Nomeado Directeur d'Etudes Associé da Fondation Maison des Sciences de l'Homme (FMSH) em outubro de 2015. Criado por Fernand Braudel, é o mais antigo e importante programa internacional da FMSH destinado a Pesquisadores Senior. Realizou uma estadia de um mês em junho de 2016 em Paris, que incluiu docência na EHESS e o desenvolvimento da pesquisa "The sociology of social movements: a public and global perspective", no Collège d'études Mondiales, do qual permanece como pesquisador associado: http://www.fmsh.fr/fr/chercheur/breno-bringel


International Sociological Association, ISA, Espanha.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Presidente, Enquadramento Funcional: Presidente de Research Committee, Carga horária: 8
Outras informações
Presidente do Research Committee on Social Classes and Social Movements (RC-47) da Associação Internacional de Sociologia / International Sociological Association (ISA). Eleito no XIX Congresso Mundial de Sociologia realizado em Toronto (Canadá) para o periodo 2018-2022.

Vínculo institucional

2014 - 2018
Vínculo: Membro de Comitê Executivo, Enquadramento Funcional: Membro do Comitê Executivo - RC-47
Outras informações
Reeleito, no XVIII ISA World Congress of Sociology realizado em Yokohama (Japão), como Membro do Board/Comitê Executivo do RC-47 da ISA para o mandato 2014-2018: http://www.isa-sociology.org/en/research-networks/research-committees/rc47-social-classes-and-social-movements/

Vínculo institucional

2010 - 2014
Vínculo: Membro de Comitê Executivo, Enquadramento Funcional: Membro do Comitê Executivo - RC-47
Outras informações
Membro do Board/Comitê Executivo do Research Committee on Social Classes and Social Movements (RC-47) da International Sociological Association (ISA), eleito em 2010 no Congresso Mundial da Suécia para o mandato 2010-2014: http://www.isa-sociology.org/rc47.htm


Consejo Latino-Americano de Ciencias Sociales - Argentina, CLACSO, Argentina.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Docente
Outras informações
- Professor do Curso Internacional e da Especialização "Políticas públicas para a igualdade na América Latina", oferecido pelo CLACSO e pela FLACSO Brasll (https://www.clacso.org.ar/red_de_posgrados/Politicas_Publicas_para_la_Igualdad_en_America_Latina_4.php?s=4&idioma=); - Professor do Curso Internacional e da Especialização "Medios y Política", oferecido pelo CLACSO e pelo IESP-UERJ (https://www.clacso.org.ar/red_de_posgrados/Especializacion_Curso_Medios_Politica.php?s=4&idioma=)

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Coordenador, Enquadramento Funcional: Coordenador de Grupo de Trabalho - CLACSO
Outras informações
Coordenador, com Humberto Tomassino (UDELAR, Uruguai) do Grupo de Trabalho "Investigación militante: teoría, práctica y método" (período 2016-2019) que conta com 28 pesquisadores de dez países da América Latina (Argentina, Brasil, Cuba, Equador, Honduras, Paraguai e Uruguai) e da Europa (Bélgica, Espanha e França).

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro de Grupo de Trabalho Internacional
Outras informações
Pesquisador associado ao GT "Teoria Social y Realidad Latinoamericana", coordenado por Edelberto Torres-Rivas (Guatemala) e Esteban Torres Castaños (Argentina): período 2016-2019.

Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Juri Internacional de Concursos


Scientific Electronic Library Online, SCIELO, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Conselheiro, Enquadramento Funcional: Comitê Consultivo
Outras informações
Membro Suplente do Comitê Consultivo SciELO Brasil - Área de Ciências Humanas

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador
Outras informações
Membro do Comitê Editorial do Blog SciELO em Perspectiva Humanas (http://humanas.blog.scielo.org/sobre/comite-editorial/)

Atividades

11/2013 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, SciELO Brasil, .

Cargo ou função
Membro eleito do Conselho Editorial do Blog SciELO em Perspectiva Humanas..

Instituto de Estudios Avanzados, IDEA, Chile.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante
Outras informações
Professor visitante convidado no Instituto de Estudios Avanzados (IDEA) na Universidade de Santiago do Chile (USACH) - IDEA-USACH (http://idea.usach.cl). Workshop ministrado em novembro de 2016: "Movimientos sociales contemporáneos: nuevos escenarios y desafíos teórico-metodológicos


Universidade de Lisboa, UL, Portugal.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Investigador Visitante
Outras informações
Pesquisador Visitante convidado pelo Instituto de Ciências Sociais (ICS) da Universidade de Lisboa durante os meses de janeiro e fevereiro de 2015.


Universidad Alberto Hurtado, UAH, Chile.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor visitante / convidado, Carga horária: 12
Outras informações
Professor visitante, convidado pelo Departamento de Sociologia da Universidad Alberto Hurtado no Chile, ministrando em Novembro de 2015 o curso "Sociología de los movimientos sociales latinoamericanos" para o Programa de Doutorado em Sociologia desta universidade.


Universidad de la Republica Uruguay, UDELAR, Uruguai.
Vínculo institucional

2013 - 2016
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Profesor Visitante, Carga horária: 20
Outras informações
Em 2013, convidado como Professor Titular Visitante, nomeado pela Facultad de Ciencias Sociales da Universidad de la República - Uruguai como equivalente a "Grado 5" para ministrar a disciplina "Geografía del Poder en América Latina" (24 horas) na Maestría de Estudios Contemporáneos de América Latina. Tanto este curso como outras atividades realizadas em Montevidéu foram co-organizadas pelo Núcleo Interdisciplinario Pensamiento crítico en América Latina y sujetos colectivos. Em 2016, convidado como Professor Visitante na Maestría en Educación y Extensión Rural.

Atividades

12/2016 - Atual
Ensino, Maestría en Educación y Extensión Rural, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Pensamiento crítico
Investigación Acción en América Latina
10/2013 - Atual
Ensino, Estudios Contemporáneos de América Latina, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia del Poder en América Latina

Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 24
Outras informações
Professor visitante durante o curso acadêmico 2013-2014 para ministrar a disciplina/seminário de 24 horas (6 créditos ECTS) de Pós-Graduação "Mouvements sociaux et globalisation" (com Geoffrey Pleyers).

Atividades

08/2013 - 06/2014
Ensino, Centre d?analyse et d?intervention sociologique, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Mouvements sociaux et globalisation

Universidad Nacional de Cuyo, UNCuyo, Argentina.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante, Carga horária: 25
Outras informações
Professor Visitante do Doctorado en Ciencias Sociales, Facultad de Ciencias Políticas y Sociales, Universidad Nacional de Cuyo

Atividades

11/2014 - 12/2014
Ensino, Doctorado en Ciencias Sociales, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Sociología de los movimientos sociales: América Latina en perspectiva comparada y global

Universidade Internacional de Andalucia, UNIA, Espanha.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor colaborador
Outras informações
Professor/pesquisador do Curso "Bienes Comunes: más allá del Estado y del mercado" dirigido na UNIA por Angel Calle Collado (Universidad de Córdoba). Participante de rede de pesquisa sobre o mesmo tema que aglutina organizações acadêmicas e sociais da Espanha e da América Latina.

Atividades

02/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Sede Antonio Machado, .


Instituto de Pesquisa Direitos e Movimentos Sociais, IPDMS, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Membro/colaborador, Enquadramento Funcional: Sócio
Outras informações
Membro do IPDMS e da coordenação do Grupo Temático "Pensamento Crítico e Pesquisa Militante na América Latina"


Universidade Federal de Alagoas, UFAL, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante
Outras informações
Mini-curso sobre "Teorias da Ação Coletiva" (Outubro de 2013) oferecido no Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFAL.


Asociacion Latinoamericana de Sociologia, ALAS*, Argentina.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador de GT
Outras informações
A partir de 2018, é um dos coordenadores (com Federico Schuster da Argentina e Rudis Flores de El Salvador) do GT Acciones Colectivas y Movimientos Sociales da Associação Latino-americana de Sociologia - ALAS.

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador de Grupo de Trabalho
Outras informações
Coordenador do Grupo de Trabalho de Teoria Social da Associação Latino-americana de Sociologia - ALAS.


Sociedade Brasileira de Sociologia, SBS, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2017
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador de GT
Outras informações
Coordenador (com Maria da Glória Gohn) do GT Movimentos Sociais Contemporâneos da Sociedade Brasileira de Sociologia desde 2010 até 2018, coordenando o grupo nos congressos de Curitiba (2011), Salvador (2013), Porto Alegre (2015) e Brasília (2017).


Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais, FLACSO, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador/Consultor
Outras informações
Coordenador brasileiro do projeto "Gobernabilidad y Convivencia Democrática en América Latina", centralizado pela Secretaria Geral da FLACSO (Costa Rica), e desenvolvido de forma simultânea em 18 países da América Latina e do Caribe.


University of Cambridge, CAM, Inglaterra.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Visiting Scholar, Enquadramento Funcional: Visiting Scholar
Outras informações
Visiting Scholar no Centre of Latin American Studies, University of Cambridge, Reino Unido, durante o primeiro trimestre de 2010. No Departamento de Geografia realizei, em parceria com Sarah Radcliffe, parte da pesquisa "The Geographies of Transnational Rural Activism".

Atividades

01/2010 - 04/2010
Pesquisa e desenvolvimento , Department of Geography, .


Columbia University, COLUMBIA, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Membro de Rede de Pesquisa Internacional
Outras informações
Membro do "European Social Movements Research Network", vinculado ao Council for European Studies da Columbia University/Estados Unidos. Trata-se de uma rede de pesquisa internacional com pesquisadores de todo o mundo e de várias disciplinas, cujo objetivo é o estudo dos movimentos sociais, sociedade civil, protestos e política contestatória na Europa, incluindo estudos comparados e de movimentos transnacionais.


Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador visitante
Outras informações
Durante os anos 2006-2008 realizei "doutorado sanduíche" na Unicamp, acolhido pelo DEPASE da Faculdade de Educação, sob a orientação da Profª. Dra. Maria da Glória Gohn. O intercâmbio foi fruto de um convênio entre a Unicamp e a Universidad Complutense de Madrid. Desde então atuo como Pesquisador do GEMDEC (Grupo de Estudos, Movimentos Sociais, Demandas Educativas e Cidadania)

Atividades

08/2006 - 06/2008
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Educação, .


Centro de Estudios Políticos y Sociales, CEPS, Espanha.
Vínculo institucional

2006 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessor
Outras informações
Pesquisador do Centro de Estudios Políticos y Sociales, atuando em duas áreas: 1) Pesquisa: participei, como responsável da parte do Brasil, em um projeto sobre "Observação eleitoral internacional", que teve como resultado a celebração de seminários e a publicação de um livro sobre o tema. 2) Observação eleitoral internacional: atuei como Observador Internacional acreditado pelo Centro em missões eleitorais na América Latina. Em outubro de 2006 participei, a través de um convite do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil para acompanhar as eleições brasileiras, como delegado da Fundación CEPS no país. Participo na comissão de MOE, além de ter realizado o Curso Oficial do Ministério de Assuntos Exteriores da Espanha sobre o tema. 3) Análise de conjuntura


Organização dos Estados Americanos, OEA, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessor em Missões de Observação Eleitoral
Outras informações
Participação em missões da OEA de Observação Eleitoral Internacional em países da América Latina, tanto no âmbito local como nacional. Durante os meses de Setembro/Outubro de 2007 acompanhei o processo eleitoral da Guatemala, na região de Chimaltenango, Antigua e Guatemala capital. Um dos objetivos principais foi realizar um seguimento do Plano de Descentralização do voto nas zonas rurais da Guatemala.


Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Colaborador em pesquisa e docência
Outras informações
Pesquisador associado à linha de pesquisa "Democracia, Estado e Contestação Política", dentro do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA (Campus São Lázaro). Atuei também como Professor-visitante, exercendo colaboração em Docência na Disciplina "Representação Política e Movimentos Sociais" (1º Semestre de 2008), 60 horas.


Utrecht University, UU, Holanda.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista da União Europeia
Outras informações
Bolsista da União Européia e da Comunidade de Madri. Acolhido para "curriculum development" na Faculdade de Ciências Sociais da University of Utrecht.

Atividades

09/2004 - 06/2005
Outras atividades técnico-científicas , Faculty of Social Sciences, Faculty of Social Sciences.

Atividade realizada
Seminarios sobre Resolução de Conflitos, Construção da Paz, Interculturalidade e sobre a obra de José Saramago..


Linhas de pesquisa


1.
Estudios Latinoamericanos
2.
Espacio, poder y resistencias
3.
Movimentos sociais no Brasil
4.
Teorias das ações coletivas e dos movimentos sociais
5.
Internacionalismo Contemporâneo e Ativismo Transnacional
6.
América Latina Contemporânea
7.
Teoria Social
8.
Movimentos Sociais e Contestações Sociais
9.
Bienes Comunes: más allá del Estado y del mercado


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
A luta popular urbana pelo direito à cidade vista por seus protagonistas: trajetórias e inovações em RJ, PE e PA
Descrição: Este projeto visa a realizar um levantamento participativo dos sujeitos políticos urbanos em luta nos territórios urbanos de RJ, PE e PA, buscando reconhecer práticas de auto-organização dos movimentos, coletivos e grupos de defesa do direito à cidade; práticas de enfrentamento aos impactos e às transformações sobre seus territórios; práticas de articulação e de interlocução política com outros grupos e coletivos, bem como propostas e elaborações sobre tais práticas e outras incidências sobre programas públicos de garantia do direito à cidade (e seus desdobramentos setoriais). O projeto articula pesquisa, extensão e educação popular e é fruto de uma parceria entre a FASE e a Fundação Rosa Luxemburgo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
O pensamento social sobre a América Latina no Brasil (1950-2010): produção e circulação de conhecimento na (semi)periferia
Descrição: Projeto de pesquisa aprovado pelo edital 04/2016 - Grupos Emergentes de Pesquisa do Rio de Janeiro - FAPERJ (Ref.211/138/2016) e pelo Programa de Incentivo à Produção Científica, Técnica e Artística da UERJ - Prociência (Edital 2017) , que busca examinar o pensamento social sobre a América Latina no Brasil entre as décadas de 1950 e 2010 a partir de uma interpretação processual e longitudinal sobre os percursos da sociologia latino-americana. Seu objetivo principal é construir um mapa e uma interpretação abrangente sobre os estudos latino-americanos no Brasil e sobre a sociologia latino-americana em geral, sensível a sua transformação ao longo do tempo e às conexões transnacionais entre ideias, redes e intelectuais. Para tal fim, parte-se do acumulo coletivo dos pesquisadores do grupo e de uma pesquisa previa, financiada pela FAPERJ, sobre a experiência do CLAPCS no Rio de Janeiro entre 1957 e 1976, ampliando-a, no entanto, no tempo, no espaço e em seu escopo analítico. Ainda que o interesse pela genealogia e pela originalidade do pensamento social latino-americano venha ganhando destaque internacionalmente, pode-se observar que, no Brasil, os estudos latino-americanos não adquiriram a densidade institucional que se observa alhures. Embora em alguns casos com significativa projeção internacional, a pesquisa na área permanece estruturada sobremaneira por investigadores individuais, com seus respectivos orientandos e projetos. Espera-se com esta pesquisa reverter essa lógica atomizada e fortalecer as redes de trabalho, debate e produção acadêmica. Ao fortalecer uma comunidade de pesquisa em estudos latino- americanos, através da presente proposta, pretendemos resgatar e atualizar uma tradição de pensamento social latino-americano no Brasil, de forma a pensar sobre os desafios sociais contemporâneos em uma chave mais ampla, regional e cosmopolita..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (8) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Coordenador / ECHART, Enara - Integrante / Alfredo Falero - Integrante / Heriberto Cairo Carou - Integrante / DOMINGUES, José Mauricio - Integrante / MARCO ANTONIO PERRUSO - Integrante / Fabricio Pereira da Silva - Integrante / Fernanda Beigel - Integrante / Juan Pedro Blois - Integrante / Guilherme Leite Gonçalves - Integrante / joao marcelo maia - Integrante / João Marcio Mendes Pereira - Integrante / Alexis Cortes - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro / Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Bolsa.
2017 - Atual
Movimentos Sociais e Confronto Político no Brasil Contemporâneo
Descrição: A presente pesquisa, vinculada a bolsa Jovem Cientista do Nosso Estado da FAPERJ (2017-2020) e a Bolsa de Produtividade do CNPq (2017-2020) busca gerar uma interpretação teórica sobre a dinâmica de contestação política e os campos de ação em confronto no Brasil contemporâneo. Parte-se da hipótese de que as mobilizações iniciadas em Junho de 2013 marcam, no curto prazo, a emergência de um novo ciclo de protestos que coincide com o fim de um ciclo político mais amplo, de médio/longo prazo, iniciado na redemocratização. A partir de um ângulo de análise que privilegia a sociologia política, pretende-se associar as trajetórias dos movimentos sociais nas últimas décadas com os movimentos societários que implicam alterações de elementos estruturais e deslocamentos subjetivos da sociedade ou de parte dela. Isso implica abrir a agenda de pesquisa sobre movimentos sociais tanto para dinâmicas societárias mais amplas como para atores habitualmente desconsiderados dentro de um campo relacional de confronto. Como consequência, espera-se entender os campos de ação em disputa e extrair um sentido histórico e social de mais amplo fôlego acerca das transformações sociais ora em curso na sociedade brasileira, em cujo contexto modalidades e composições de conflitos, movimentos sociais e contra-movimentos têm lugar. Esta pesquisa é um desdobramento do projeto coletivo "Junho de 2013 e as transformações do aticismo no Brasil"..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (10) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa.
2016 - Atual
Transformações do ativismo no Brasil: junho de 2013 em perspectiva comparada
Descrição: Projeto de pesquisa interinstitucional aprovado pelo edital 012/2015 da CAPES (Memórias Brasileiras/Conflitos Sociais) que ambiciona compreender os sentidos e significados dos protestos ocorrentes no Brasil em 2013, de modo a contextualizá-los, empírica e teoreticamente, em um marco de transformações sociais mais amplas no país e em um contexto global de reconfiguração do ativismo e das lutas sociais. O ânimo da investigação é acrescentar à plêiade de trabalhos referentes às manifestações multitudinárias observadas no Brasil em 2013 um enfoque que possibilite o suprimento das seguintes lacunas, até aqui detectadas na produção histórica e científico-social sobre o assunto: i) a devida localização dos atores, das práticas e das gramáticas notadas nas ruas em 2013 diante de processos e transformações sociais de maior amplitude e alcance, de modo a se entender as mobilizações como componentes de conflitos sociais cuja processualidade os precede e os sucede; ii) o entendimento comparativo das distintas dinâmicas associadas aos protestos de 2013 em diferentes localidades, com o objetivo de se entender o que há de geral nas práticas ativistas do Brasil contemporâneo, assim como as demandas, formas organizativas e interações sociais específicas nas cinco localidades a serem pesquisadas, quais sejam, Rio de Janeiro, Vitória, Goiânia, Porto Alegre e Belo Horizonte e; iii) a compreensão dos repertórios, reivindicações e padrões de relação entre Estado, mídia, mercado e ativistas, para além de clivagens como ?novo? e ?velho?, com vistas ao entendimento das relações sincrônicas entre diferentes perspectivas e tradições de processamento dos conflitos sociais no contexto das manifestações de 2013..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Mestrado acadêmico: (15) / Doutorado: (13) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Coordenador / Cristiana Losekann - Integrante / VARELLA, RENATA VERSIANI SCOTT - Integrante / Ricardo Fabrino Mendonça - Integrante / Franck Tavares Machado - Integrante / Luciana Ballestrin - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2015 - 2018
Institucionalización académica y Capacidades Linguísticas en el Cono Sur: estudio comparativo de universidades de Argentina, Brasil y Chile
Descrição: Projeto internacional e interinstitucional (Universidad Alberto Hurtado - Chile; IESP-UERJ e Unicamp, Brasil; Universidad Nacional de La Plata e Univesidad Nacional de Cuyo - Argentina) aprovado pela Convocatoria 2015 de Núcleos de Estudos e Pesquisas de Edudação Superior do Mercosul. El objetivo general del proyecto consiste en realizar un estudio exploratorio de las disposiciones a la internacionalización y las capacidades lingüísticas de los académicos de Chile, Brasil, y Argentina, con el fin de diseñar un estudio comparativo de mayor alcance que permita elaborar sugerencias de políticas públicas para la educación superior en los países del Mercosur. Mediante el estudio exploratorio se construirá el enfoque y marco conceptual del estudio, analizando la relación entre las capacidades lingüísticas de los académicos, su circulación internacional (becas, estudios de posgrado, congresos y redes científicas) y la consagración mediante la publicación en distintos circuitos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Integrante / Fernanda Beigel - Coordenador / Claudio Ramos - Integrante / Ana Maria Almeida - Integrante / Juan Piovani - Integrante / Denis Baranger - Integrante.Financiador(es): Mercado Comum do Sul - Auxílio financeiro.
2014 - 2017
Movimentos sociais latino-americanos: uma interpretação sociológica
Descrição: Este projeto, ligado a bolsa de Produtividade em Pesquisa do CNPq para o período 2014-2017, tem como objetivo a elaboração de uma interpretação sociológica abrangente sobre os movimentos sociais latino-americanos que conecte de forma renovada a sociologia das ações coletivas e dos movimentos sociais com temas centrais do debate teórico na América Latina. Seu principal produto consiste na produção de um livro sobre "Campo popular e Movimentos Sociais na América Latina" em parceria com Alfredo Falero..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (5) Doutorado: (20) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 5
2014 - 2016
As Ciências Sociais em perspectiva sul-americana
Descrição: Projeto de cooperação internacional entre o Doutorado em Ciências Sociais da Universidad de Cuyo e o Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UERJ, financiado pelo Edital CGCI n.007/2013 (?Centros Associados para o Fortalecimento da Pós-Graduação ? CAFP), fruto da cooperação entre a CAPES e a Secretaria de Políticas Universitárias da Argentina..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (8) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Integrante / DOMINGUES, José Mauricio - Integrante / CARDOSO, Adalberto - Integrante / carlos antonio costa ribeiro - Integrante / Christian Lynch - Integrante / Fernanda Beigel - Coordenador.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Cooperação.
2014 - Atual
A experiência do Centro Latino-americano de Pesquisas em Ciências Sociais (CLAPCS) e os estudos latino-americanos no Brasil
Descrição: Este projeto, vinculado a Bolsa Jovem Cientista do Nosso Estado (FAPERJ) e Bolsa Prociência (UERJ), se insere nas fronteiras da história da sociologia, a geopolítica do conhecimento e os estudos latino-americanos. Busca discutir a trajetória dos estudos sobre a América Latina no Brasil, enfatizando, como um de seus principais capítulos iniciais, a experiência pioneira do Centro Latino-americano de Pesquisa em Ciências Sociais (CLAPCS), fundado em 1957 no Rio de Janeiro. Parte-se da hipótese de que há uma relação intrínseca entre as reconfigurações geopolíticas/geoeconômicas/geoculturais (baseadas nas alterações das relações entre espaço e poder e na posição da América Latina no sistema mundial ao longo do tempo) e a emergência de geopolíticas do conhecimento que configuram um olhar das Ciências Sociais, e particularmente da Sociologia, para a América Latina como região. Embora o foco principal seja a análise dessa relação entre geopolítica do poder e geopolítica do conhecimento entre as décadas de 1950 e 1970 (período de funcionamento do CLAPCS), serão explorados também, após o fechamento do centro, os novos rumos dos estudos latino-americanos no Brasil em consonância com as transformações geopolíticas e com as mudanças acontecidas no interior das ciências sociais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (4) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Coordenador / Renata Versiani - Integrante / Leonardo Nóbrega - Integrante / Lilia Maria Silva Macêdo - Integrante / Juan Pedro Blois - Integrante / Felipe Macedo - Integrante / Humberto Machado - Integrante.Financiador(es): Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Bolsa / FAPERJ - Bolsa.
2013 - 2017
Classe, Voto e Participação Política no Brasil (1983 a 2013)
Descrição: Este projeto têm três objetivos principais inter-relacionados. O primeiro objetivo é o avanço do conhecimento sobre a relação entre classe, voto e participação política nos últimos 30 anos no Brasil. Os dois outros objetivos estão diretamente ligados ao primeiro na medida em que criam a infra-estrutura para o avanço do conhecimento científico proposto. O segundo objetivo é viabilizar as atividades pesquisa e intercâmbio entre seis núcleos de pesquisa situados entre as universidades estaduais do Rio de Janeiro. O terceiro objetivo é coletar e analisar três grandes bancos de dados sobre: (1) características do sistema político brasileiro; (2) voto, opinião e classe (pesquisas de intenção de voto); e (3) participação e contestação popular. Este último objetivo está vinculado a outras pesquisas minhas e consiste, particularmente, na construção de um base de dados de eventos de protesto no Brasil durante as últimas décadas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (3) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Integrante / FERES JR., João - Integrante / Nelson do Valle - Integrante / carlos antonio costa ribeiro - Coordenador / Fabiano Santos - Integrante / Hugo Borsani - Integrante / Felipe Borba - Integrante / Wanderley Guilherme dos Santos - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2013 - 2015
Actores y discursos geopolíticos transnacionales en la frontera hispano-portuguesa
Descrição: En la actualidad, el incremento de los flujos transnacionales y de los mecanismos y dinámicas de difusión que conectan ideas, lugares, actores e intereses ha contribuido a hacer visibles nuevas tensiones entre diferentes territorialidades. Tensiones que se han manifestado en las transformaciones de las fronteras ibéricas. Este proyecto de I+D+I da continuación a una investigación colectiva previa sobre cómo el proceso de integración europea ha transformado las fronteras entre Estados de la UE y cómo esto ha afectado a la imaginación geopolítica de los Estados, profundizando ahora en cuáles han sido los actores no estatales más importantes de ese proceso, así como los discursos geopolíticos que ponen en acción. El principal enfoque en esta fase se encuentra en los agentes sociales de la fronterización y desfronterización, atendiendo a dos movimientos: de arriba abajo, o sea de los centros de poder a las fronteras, y de abajo arriba, a partir de las energías locales, de su carácter complejo y a veces contradictorio. Se utilizarán diversas escalas de aproximación a la realidad, desde las que permiten estudiar el Estado-nación y sus agregaciones regionales hasta las que observan em detalle los indivíduos y los grupos sociales locales..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (5) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Integrante / Heriberto Cairo Carou - Coordenador / CABEZAS, Almudena - Integrante / Dulce Simões - Integrante / Paula Godinho - Integrante / Joao Baía - Integrante / Maria Lois - Integrante / Lorenzo Lopez Trigal - Integrante / Marian Morán - Integrante / Pedro Limón - Integrante / Argimiro Rojo - Integrante / Rosa de la Fuente - Integrante / MARINA ALEJANDRA DIAZ Sanz - Integrante / Enrique Varela - Integrante / William Kavanagh - Integrante.Financiador(es): Ministerio de Ciencia e Innovación (España) - Auxílio financeiro.
2013 - 2014
Reconfigurações geopolíticas e modernidade global: América Latina e Europa em perspectiva comparada

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) José Maurício Castro Domingues da Silva em 07/10/2013.
Descrição: Projeto de Cooperação Internacional financiado pelo Programa de Cooperação Internacional Brasil-Espanha (CAPES - Dirección General de Universidades/Ministerio de Educación), edital 40/2012, que busca examinar as reconfigurações geopolíticas da América Latina e da Europa na atual fase global da modernidade, com ênfase para as relações entre espaço e poder no atual cenário de crise financeira global. O projeto prevê a realização de dois seminários internacionais: o primeiro em Madri (dezembro de 2013) e o segundo no Rio de Janeiro (abril de 2014), bem como uma publicação conjunta entre as equipes do Brasil e da Espanha..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (4) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Integrante / Heriberto Cairo Carou - Integrante / DOMINGUES, José Mauricio - Coordenador / Carlos Milani - Integrante / CABEZAS, Almudena - Integrante / Maria Lois - Integrante / Rosa de la Fuente - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Cooperação.
2012 - 2015
Percepções, discursos e práticas da sociedade civil e as agendas da Cooperação Sul-Sul brasileira
Descrição: Esta pesquisa integra um projeto mais amplo financiado pelo edital Pensa Rio da FAPERJ, intitulado "A Inserção do Rio de Janeiro nas Agendas da Cooperação Sul-Sul", e visa analisar as percepções, discursos e práticas da sociedade civil em uma seleção de países beneficiários da CSS brasileira (Paraguai, Haiti, Moçambique, Angola, por exemplo), bem como examinar a articulação entre atores públicos e privados envolvidos ou relacionados com esse tipos de cooperação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (7) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Integrante / ECHART, Enara - Integrante / Carlos Milani - Coordenador / Maria Regina Soares Lima - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3
2012 - 2015
As dinâmicas do desenvolvimento, da modernização e dos conflitos (Procad Casadinho MCTI - CNPQ - MEC - CAPES)
Descrição: Projeto de pesquisa e cooperação interinstitucional aprovado na Ação Transversal 06/2011 MCTI-CNPQ-MEC-CAPES, envolvendo missões de docência e pesquisa entre a Universidade Federal de Alagoas (Programa de Pós-Gaduação em Sociologia), a Universidade Federal do Rio de Janeiro (Programa de Pos-Graduação em Sociologia e Antropologia) e o Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Programa de Pós-Graduação em Sociologia e o Núcleo de Estudos sobre Teoria Social e América Latina/NETSAL)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2014
Democracia e Desigualdade: Instituições, Sociabilidade e Políticas Públicas
Descrição: Projeto de pesquisa de carácter institucional financiado pela Financiadora de Estudos e Projetos - FINEP (Convênio n. 01.12.0065.00), envolvendo vários subprojetos. O programa de pesquisas proposto justifica-se tanto por sua relevância teórica e analítica, quanto por suas consequências práticas. A sociedade brasileira contemporânea, pós-Constituição de 1988, vem experimentando, simultaneamente, maior participação e democratização das relações sociais, caminhando, portanto, para a construção de uma ordem social equilibrada na qual heranças de desigualdades seculares vão sendo cada vez mais inibidas. Esta nova ordem em construção exige reflexão sobre as teorias que fundamentaram, no passado, a ordem liberal democrática e suas instituições. Exige a avaliação do alcance e das consequências das políticas públicas em curso no combate a desigualdades ainda persistentes e menos aparentes. A grande contribuição do conjunto de projetos aqui reunidos é oferecer modelos analíticos que, a partir de abordagens teóricas diversas e por meio de vários instrumentos metodológicos, permitem avançar no conhecimento e na reflexão sobre os mecanismos políticos e sociais que constituem empecilhos ou abrem possibilidades para a consolidação dessa nova ordem..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Gobernabilidad y Convivencia Democrática en América Latina
Descrição: Coordenador da equipe brasileira deste projeto da FLACSO sobre "Gobernabilidad y convivencia democrática en América Latina", realizado de forma simultânea em 18 países da América Latina e do Caribe. O projeto realizou um survey quantitativo e entrevistas semi-estruturadas com personalidades para discutir desafios centrais para as relações entre Estado e sociedade na América Latina em diferentes âmbitos, tais como: - confiança nos políticos e nas instituições - Tolerância e respeito à diferença - Segurança pública e pessoal - Participação, representação política e grupos de interesse - Contestação social, movimentos e protestos.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Coordenador / GENTILI, Pablo - Integrante / Juany Guzmán - Integrante / Pedro Borba - Integrante / Luiz Otávio Ribas - Integrante.Financiador(es): Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales - Remuneração / Agencia Española de Cooperación Internacional para el Desarrollo - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 1
2011 - 2013
Cooperação Sul-Sul e Direitos Humanos na América Latina: o caso do direito à alimentação
Descrição: Esta pesquisa é parte de um projeto de pesquisa mais amplo, titulado "El papel de los nuevos donantes y los mecanismos de cooperación triangular en el marco de las prioridades de la cooperación española con los países de renta media de América Latina", financiado pela Convocatória Aberta e Permanente (CAP) da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento. A partir de um estudo comparativo entre diferentes países da América Latina, seu objetivo é analisar a aplicação do enfoque baseado em direitos humanos nas políticas de Cooperação Sul-Sul a partir do estudo de caso do direito à alimentação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Especialização: (2) / Mestrado profissional: (4) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Integrante / Enara - Integrante / Bruno Ayllón Pino - Coordenador / Javier Surasky - Integrante / Juncal Gilsanz - Integrante.Financiador(es): Agencia Española de Cooperación Internacional para el Desarrollo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 4
2011 - 2013
Desafios teórico-metodológicos na sociologia dos movimentos sociais do Sul Global
Descrição: Este projeto a ser desenvolvido no Núcleo de Estudos de Teoria Social e América Latina (NETSAL) do IESP-UERJ parte de quatro pressupostos inter-relacionados: a) Nas duas últimas décadas a sociologia dos movimentos sociais renovou-se profundamente, abrindo-se a novas disciplinas, áreas de estudos, tipos de contestação e visões de mundo; b) De forma paralela à renovação teórica, houve uma rearticulação das práticas e dos atores sociais, das gerações de militantes e sujeitos políticos relevantes que tem levado a um protagonismo crescente de um ativismo transnacional e dos processos de transformação social no denominado ?Sul Global?; c) Os referenciais metodológicos no campo dos movimentos sociais necessitam ser reinventados para se enfrentar à abertura disciplinar e ao nacionalismo metodológico imperante; d) O debate entre recepção/criação é constituinte da sociologia dos movimentos sociais dos países periféricos e uma das alternativas para gerar uma interpretação não ?ocidentrocêntrica? e criativa é partir de um diálogo sincrônico com o contexto global, a literatura e as lutas internacionais. Em parceria com centros e especialistas no tema do Uruguai, Estados Unidos, Canadá, Espanha e África do Sul busca-se então realizar um mapa das principais teorizações emergentes no estudo dos movimentos sociais nas últimas duas décadas; interpretar esse mapa, na interação com a rearticulação das práticas dos movimentos sociais; estudar as implicações metodológicas das perspectivas teóricas mapeadas, com especial atenção para aquelas que analisam os movimentos sociais para além das fronteiras do Estado-nação, explorando o desenho de "etnografias dos atores globais"..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (6) Doutorado: (6) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Coordenador.Financiador(es): Instituto de Estudos Sociais e Políticos - Outra / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3
2011 - 2012
Movimentos sociais na América Latina: releituras contemporâneas
Descrição: O presente projeto busca: a) mapear a produção acadêmica sobre os movimentos sociais latino-americanos, construída na primeira década do século XXI, com ênfase para aqueles estudos que buscam gerar uma interpretação da América Latina como região e para as diferentes interpretações nacionais e sub-regionais sobre os movimentos sociais no subcontinente; b) realizar uma comparação entre os estudos regionais clássicos sobre o tema e aqueles que buscam captar as novas práticas sociais e contestatórias dos movimentos contemporâneos; c) gerar um primeiro ensaio de interpretação sociológica sobre os movimentos sociais na América Latina. A importância desta pesquisa reside em dois elementos relacionados: por um lado, tecer um diálogo construtivo na interpretação sociológica sobre os movimentos sociais que permita uma maior conexão entre o debate brasileiro com o restante dos países latino-americanos; e, por outro lado, contribuir a uma inserção sincrônica e a um debate crítico entre as interpretações sobre os movimentos sociais geradas na América Latina e aquelas de outros lugares e regiões do mundo. O projeto está financiado pela FAPERJ e será desenvolvido como uma das atividades do Núcleo de Estudos Teoria Social e América Latina (NETSAL) do Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP) da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ): http://netsal.iesp.uerj.br/.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (6) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Coordenador.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2008 - 2010
Geografias da contestação política na América Latina: transnacionalismo e redes camponesas
Descrição: A pesquisa versa sobre as transformações das ações coletivas dentro de uma perspectiva que reivindica a importância do espaço para a teoria social e política e para o estudo dos movimentos sociais contemporâneos. São dois os macro-objetivos principais: 1) Análise da alteração das práticas espaciais dos movimentos sociais e das formas de relacionamento com o espaço e o lugar, entendido tanto em termos territoriais como relacionais, em diferentes coordenadas temporais; 2) Análise dos novos mapas interpretativos que rompem ou questionam os enfoques sociológicos clássicos no estudo dos movimentos sociais. O marco geográfico da análise é a América Latina e os atores privilegiados as redes transnacionais de organizações camponesas que tem se constitudo na região durante as últimas décadas. Ainda que vem sendo dado especial ênfase à CLOC e a Via Campesina, o projeto busca ir além das redes formais para analisar tamém redes informais e fluxos que conectam os atores sociais. Para além da América Latina, serão consideradas as articulações mais amplas na Europa e na África a partir de trabalho de campo que vêm sendo desenvolvido por nós em pesquisas prévias principalmente na Espanha e em Moçambique. O contraste das redes latino-americanas com as européias e africanas permitirá visualizar os diferentes repertórios de ação coletiva utilizado, as estratégias de cooperação e conflito, as dinâmicas históricas e espaciais de luta pela terra e pelo território, a construção da identidade local/global a partir do sentido de lugar e de pertencimento às redes transnacionais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2009
El Espacio Iberoamericano de Educación Superior: diagnóstico y propuestas institucionales
Descrição: Tendo em conta a educação superior como um bem público central para o desenvolvimento, a formação de valores, a transmissão de conhecimento e a formação de uma cidadania responsável (e não como uma mercadoria orientada primordialmente como mão de obra qualificada para o mercado), esta pesquisa busca analisar a educação superior latino-americana em um mundo de interdependências complexas. De forma particular, são abordados os modelos educativos e de cooperação interregional, a evolução histórica e a situação atual tanto da educação superior na região como como dos processos de cooperação neste âmbito. Com isso, busca-se diagnosticar as carências, obstáculos e possibilidades na construção de um Espaço Ibero-americano de Educação superior (que conecta a região com Espanha e Portugal), oferecendo algumas possíveis saídas a partir dos resultados encontrados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (2) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Integrante / ECHART, Enara - Integrante / Jose Angel Sotillo - Coordenador.Financiador(es): Fundación Carolina - Centro de Estudos Hispanicos e Iberoamericanos - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1


Projetos de extensão


2016 - Atual
Grupo CLACSO "Investigación Militante: teoría, práctica y método" (2016-2019)
Descrição: Grupo aprovado pelo Conselho Latino-americano de Ciências Sociais (CLACSO) para o período 2016-2019 que reune uma articulação de pesquisadores, redes formais e informais, ativistas, projetos de extensão, movimentos sociais, centros de formação política e iniciativas de educação popular de dez países da América Latina e do Caribe. Busca recuperar e atualizar experiências históricas de pesquisa militante e suas elaborações teórico-metodológicas, bem como realizar um mapeamento e uma sistematização de experiências contemporâneas, muitas das quais vinculadas a processos coletivos aos quais os membros do grupo estão envolvidos..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2012 - 2015
Movimentos Sociais e Universidades no Rio de Janeiro
Descrição: Desde o final dos anos noventa, os movimentos sociais vêm de forma sistemática construindo cursos que escolarizam sua militância e que possibilitam o acesso de jovens e adultos ao conhecimento sistematizado produzido nas universidades públicas brasileiras. A demanda suscitada pelos movimentos sociais fomentou a construção de experiências regulares de cursos universitários no Rio de Janeiro e em outros estados brasileiros - fenômeno este também identificado em diversos outros países da América Latina. Particularmente no caso do Rio de Janeiro, foco deste projeto, a última década foi palco de uma série de iniciativas que abrem as universidades aos movimentos sociais, através da criação de cursos de extensão e especialização e de cursos de graduação regulares em regime de alternância, buscando, por intermédio deste expediente, adaptar-se à realidade dos seus participantes. Apesar de sua relevância, ainda não houve um esforço sistemático de avaliação dessas experiências, lacuna esta que o presente projeto de pesquisa e extensão pretender preencher. Esta iniciativa integra esforços já em andamento para a construção de um espaço permanente de diálogo entre movimentos sociais e universidades no Estado do Rio de Janeiro, voltando-se para analisar e discutir os limites e possibilidades desses cursos, em particular, bem como avaliar novas propostas de interação entre movimentos sociais e universidades, de forma mais abrangente. Problematizando a função social cumprida pelas universidades e concebendo pesquisa e extensão como atividades indissociáveis do ponto de vista metodológico, propõe-se discutir desafios teóricos e práticos em torno à tensão entre os movimentos sociais considerados como objeto (de estudo) e como sujeito (político-social), partindo para isso, de um horizonte epistemológico de diálogo entre saberes e entre formas de entendimento da realidade..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Coordenador / Enara Echart - Integrante / Debora Franco Lerrer - Integrante / MARCO ANTONIO PERRUSO - Integrante / Javier Walter Ghibaudi - Integrante / Flávia Braga Vieira - Integrante / Carmen Verônica dos Santos Castro - Integrante / Mariana Trotta - Integrante / Isabel Brasil - Integrante / Leonardo Brasil Bueno - Integrante / Carolina Burle de Niemeyer - Integrante / Renata Versiani - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2010 - 2012
Aula Rural: projeto de inovação docente
Descrição: Projeto de extensão e novação docente que tem o objetivo de criar um espaço de reflexão, formação e pesquisa sobre agroecologia, soberania alimentar e as transformações do mundo rural (Aula Rural), bem como um espaço de ação e socialização para aprender a produzir alimentos de forma respeituosa com o meio ambiente, contribuir à recuperação da biodiversidade cultivando e reproduzindo variedades locais e aumentar a fertilidade da terra urbana, ao mesmo tempo que intercambiar experiências pessoais e coletivas (Huerta Agroecológica Comunitaria). Composto por um grupo variado de estudantes, professores, pesquisadores e pessoal administrativo e de serviços da Universidade Complutense de Madri, de outras universidades públicas de Madri, individuos e redes sociais, o projeto visa um amplo diálogo disciplinar (entre os seus participantes estão alunos e professores de faculdades de Ciências Sociais, Humanas e Exatas) e de saberes (incluindo também pequenos agricultores e coletivos que atuam fora do âmbito universitário) que permita um processo horizontal, plural e participativo de construção de conhecimento sobre ruralidades e soberania alimentar na Comunidade de Madri..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Integrante / Jon Sanz Landaluze - Integrante / Carmen Belén Martínez Madrid - Coordenador.Financiador(es): Universidad Complutense de Madrid - Auxílio financeiro.
2005 - 2009
Red Eurolatinoamericana de Sensibilización Social y Comunicación Ciudadana
Descrição: O projeto pretende ampliar a cooperação Norte-Sul potenciando a colaboração universidade-sociedade no contexto da "sociedade da informação". Em um mundo globalizado com graves assimetrias esta aproximação entre atores sociais e instituições educativas pretende impulsar tanto processos de sensibilização social sobre os principais problemas político-econômicos contemporâneos como coadjuvar numa reflexão sobre a democratização da comunicação e o acesso à informação. Neste sentido, o projeto busca estabelecer um elo de ligação entre núcleos universitários (dedicados ao cinema-documentário e às novas ferramentas didáticas nas ciências sociais), entidades sociais (com iniciativas em produção audiovisual e educação popular) e produtores independentes (de documentários social e político). Pretende-se promover a circulação de materiais audiovisuais de recente produção, de interesse social e pedagógico, para que possam ser difundidos além dos círculos de ativismo político e/ou especialistas. Com isto, a iniciativa procura gerar um espaço de visibilidade para as novas iniciativas de comunicação social, assim como disponibiliza-las para os vários níveis educacionais (do ensino médio à universidade, passando pela educação não-formal). O projeto lançou 6 Coleções Multimedia agrupadas nos seguintes eixos: 1) Territórios, Migrações e Interculturalidade; 2) Violência, Pobreza e Direitos Humanos; 3) Crise do Trabalho, Modernização Econômica e Organismos Internacionais; 4) Meio ambiente, Recursos Naturais e Desenvolvimento Sustentável; 5) Participação, Dinâmicas Comunitarias e Movimentos Sociais; 6) Inovação Política e Reconstrução Público-estatal na Globalização..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (8) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Integrante / Ariel Jerez Novara - Coordenador / Juan Carlos Monedero - Integrante.Financiador(es): Agencia Española de Cooperación Internacional para el Desarrollo - Cooperação / Fundación General UCM - Auxílio financeiro.


Outros Projetos


2016 - Atual
50 anos da Revista Dados: memória, trajetórias e desafios para os periódicos de Ciências Sociais no Brasil
Descrição: Este projeto tem como objetivo fazer um balanço geral dos 50 anos de Dados-Revista de Ciências Sociais dentro de um quadro mais geral do papel das revistas científicas no debate das Ciências Sociais no Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Breno Marques Bringel - Coordenador / DOMINGUES, José Mauricio - Integrante / Carlos Milani - Integrante / Charles Pessanha - Integrante / Argelina Cheibub - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro / Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 10
2014 - 2015
Criminalização dos protestos e novos mecanismos de controle social na América Latina
Descrição: Projeto de cooperação internacional com a University of Ottawa (Canadá), cujo objetivo principal é analisar, de forma comparativa, a emergência de novas ferramentas de supressão dos protestos, criminalização dos movimentos sociais, bem como mecanismos de controle social na América Latina. Ao contrário de boa parte das pesquisas que analisaram esta questão em regimes autoritários, o projeto busca discutir o controle social e a criminalização em contextos democráticos e de democratização político-social..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2010 - 2012
Fondo de Unidades Didácticas con contenidos prácticos
Descrição: Projeto de inovação docente premiado duas vezes pela Vice-reitoria de Avaliação da Qualidade da Universidade Complutense de Madri. O objetivo do projeto é criar um fundo de material didático, em diversos formatos (principalmente escrito e audiovisual), que facilite a docência de conteúdos práticos..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Membro de corpo editorial


2017 - Atual
Periódico: e-l@tina: Revista de Estudios Latinoamericanos (Universidad de Buenos Aires
2016 - Atual
Periódico: Boletín de la Asociación Latinoamericana de Sociología
2015 - Atual
Periódico: InSURgência: Revista de Direitos e Movimentos Sociais
2014 - Atual
Periódico: Geopolitica(s): revista de estudios sobre espacio y poder
2013 - Atual
Periódico: NORUS: novos rumos sociológicos
2013 - Atual
Periódico: Caderno Eletrônico de Ciências Sociais (CADECS/UFES)
2013 - Atual
Periódico: Cadernos de Trabalho NETSAL
2012 - Atual
Periódico: Dados (Rio de Janeiro. Impresso)
2011 - Atual
Periódico: REALIS: Revista de Estudos AntiUtilitaristas e Pós-Coloniais
2011 - 2014
Periódico: Newsletter - Research Committee on Social Movements - ISA
2008 - 2014
Periódico: New Cultural Frontiers


Revisor de periódico


2009 - Atual
Periódico: Revista Intratextos (UERJ)
2010 - Atual
Periódico: Íconos (Quito)
2011 - Atual
Periódico: Caderno CRH (UFBA. Impresso)
2011 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos
2011 - Atual
Periódico: Geopolítica(s): Revista de Estudios sobre Espcio y Poder
2011 - Atual
Periódico: Revista Habitus
2012 - Atual
Periódico: Dados (Rio de Janeiro. Impresso)
2012 - Atual
Periódico: Latin American Research Review
2012 - Atual
Periódico: Análise Social
2012 - Atual
Periódico: Current Sociology (Print)
2012 - Atual
Periódico: Cadernos de Estudos Sociais e Políticos
2012 - Atual
Periódico: Revista Latinoamericana de ciencias sociales, niñez y juventud
2013 - Atual
Periódico: Revista Latinoamericana de Estudios del Trabajo
2013 - Atual
Periódico: Sociologia & Antropologia
2013 - Atual
Periódico: Realis Revista de Estudos Antiutilitaristas e Poscoloniais
2013 - Atual
Periódico: Sociedade e Estado (UnB. Impresso)
2013 - Atual
Periódico: Estudos de Sociologia (Recife)
2013 - Atual
Periódico: Revista de Estudos e Pesquisas Sobre as Américas
2013 - Atual
Periódico: Opinião Pública (UNICAMP. Impresso)
2013 - Atual
Periódico: Cuadernos de Geografía - Revista Colombiana de Geografía
2014 - Atual
Periódico: Cadernos de Estudos Sociais
2014 - Atual
Periódico: Revista Enfoques (Rio de Janeiro)
2014 - Atual
Periódico: Etnográfica (Lisboa
2014 - Atual
Periódico: Social Forces
2014 - Atual
Periódico: Sociologia (Lisboa)
2014 - Atual
Periódico: Civitas: Revista de Ciências Sociais (Impresso)
2015 - Atual
Periódico: Sociological Review
2015 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ciências Sociais (Impresso)
2015 - Atual
Periódico: Revista Española de Desarrollo y Cooperación
2015 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ciência Política (Impresso)
2016 - Atual
Periódico: Brazilian Political Science Review
2016 - Atual
Periódico: Interface (Maynooth)
2017 - Atual
Periódico: CANADIAN JOURNAL OF SOCIOLOGY-CAHIERS CANADIENS DE SOCIOLOGIE
2017 - Atual
Periódico: Revista de Ciências Sociais - UFC
2017 - Atual
Periódico: Afro-Ásia
2017 - Atual
Periódico: BIB Revista Brasileira de Informacao Bibliografica em Ciencias Sociais


Revisor de projeto de fomento


2018 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo
2018 - Atual
Agência de fomento: Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ
2017 - Atual
Agência de fomento: Fondation Maison des Sciences de l'homme
2014 - Atual
Agência de fomento: Secretaria de Estado de Investigación, Desarrollo e Innovación (España)
2014 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2014 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2014 - Atual
Agência de fomento: Comissão Europeia
2014 - Atual
Agência de fomento: Conselho Latino-americano de Ciências Sociais
2012 - Atual
Agência de fomento: Agencia Nacional de Evaluación y Prospectiva (Ministerio de Economia)
2012 - Atual
Agência de fomento: Comisión Sectorial de Investigación Científica


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Política.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia latino-americana.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Outras Sociologias Específicas/Especialidade: Sociologia das ações coletivas e dos movimentos sociais.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Holandês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Catalão
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2017
Bolsista PROCIÊNCIA, UERJ.
2017
Jovem Cientista do Nosso Estado, FAPERJ.
2015
Directeur d'études associé, Fondation Maison des Sciences de l'Homme, Paris.
2014
Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
2014
Bolsista PROCIÊNCIA (Programa de Incentivo à Produção Científica), Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FAPERJ.
2014
Bolsista Jovem Cientista do Nosso Estado, FAPERJ.
2011
"European PhD" Mention, Universidad Complutense de Madrid.
2010
Membro eleito do Board do Research Committee on Social Classes and Social Movements (ISA), Associação Internacional de Sociologia.
2009
Pesquisador Honorífico do Departamento de Ciência Política III, Universidad Complutense de Madrid.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BRINGEL, Breno2017BRINGEL, Breno; DOMINGUES, José Mauricio . Teoría social, extroversión y autonomía: dilemas de la sociología (semi)periférica contemporánea. Prácticas de Oficio (CIDES - Argentina), v. 1, p. 22-35, 2017.

2.
BRINGEL, Breno2017BRINGEL, Breno; DOMINGUES, JOSÉ MAURÍCIO . Social Theory, Extroversion and Autonomy: Dilemmas of Contemporary (Semi) Peripheral Sociology. Méthod(e)s: African Review of Social Sciences Methodology, v. 2, p. 108-126, 2017.

3.
BRINGEL, Breno2017BRINGEL, Breno. 1966-2016: Cinco Décadas de DADOS - Revista de Ciências Sociais. DADOS-REVISTA DE CIENCIAS SOCIAIS, v. 60, p. 589-604, 2017.

4.
BRINGEL, Breno;BRINGEL, Breno M.2017BRINGEL, Breno; ECHART MUÑOZ, E. . Imaginarios sobre el desarrollo en América Latina: entre la emancipación y la adaptación al capitalismo. Revista Española de Desarrollo y Cooperación, v. 39, p. 9-24, 2017.

5.
BRINGEL, Breno2016BRINGEL, Breno; MALDONADO, Emiliano ; VERSIANI, Renata . Pensamento Crítico Latino-americano, pesquisa militante e perspectivas subversivas do(s) direito(s): introdução. Revista Direito e Práxis, v. 7, p. 4-17, 2016.

6.
BRINGEL, Breno2016BRINGEL, Breno; MALDONADO, Emiliano . Pensamento Crítico Latino-Americano e Pesquisa Militante em Orlando Fals Borda: práxis, subversão e libertação / Latin American Critical Thought and Militant Research by Orlando Fals Borda: praxis, subversion and liberation.. Revista Direito e Práxis, v. 7, p. 389-413, 2016.

7.
BRINGEL, Breno2016BRINGEL, Breno; VARELLA, RENATA VERSIANI SCOTT . A pesquisa militante na América Latina hoje: reflexões sobre as desigualdades e as possibilidades de produção de conhecimentos. Revista Digital de Direito Administrativo, v. 3, p. 474-489, 2016.

8.
BRINGEL, Breno2016BRINGEL, Breno; FALERO, ALFREDO . MOVIMIENTOS SOCIALES, GOBIERNOS PROGRESISTAS Y ESTADO EN AMÉRICA LATINA: transiciones, conflictos y mediaciones. Caderno CRH (Online), v. 29, p. 27-45, 2016.

9.
BRINGEL, Breno2015BRINGEL, Breno; DOMINGUES, José Mauricio . Teoria social, extroversão e autonomia: impasses e horizontes da sociologia (semi)periférica contemporânea. Caderno CRH (Online), v. 28, p. 59-76, 2015.

10.
BRINGEL, Breno2015BRINGEL, Breno; PLEYERS, Geoffrey . Les mobilisations de 2013 au Brésil: vers une reconfiguration de la contestation. Bresil(s), v. 7, p. 7-18, 2015.

11.
BRINGEL, Breno2015BRINGEL, Breno; LYNCH, Christian ; MAIO, Marcos Chor . Sociologia periférica e questao racial: revisitando Guerreiro Ramos. Caderno CRH (Online), v. 28, p. 9-13, 2015.

12.
BRINGEL, Breno2015BRINGEL, Breno. 15-M, Podemos e os movimentos sociais na Espanha: trajetórias, conjuntura e transições. Novos estudos CEBRAP (Online), v. 103, p. 59-77, 2015.

13.
BRINGEL, Breno2015BRINGEL, Breno. Desafios para os periódicos de Ciências Sociais no Brasil: cenários, atores e políticas. Pensata Revista dos Alunos do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UNIFESP, v. 2, p. 53-64, 2015.

14.
BRINGEL, Breno;BRINGEL, Breno M.2015BRINGEL, Breno; VIEIRA, Flávia Braga . Movimientos internacionalistas y practicas de cooperacion sur-sur: brigadas y experiencias formativas del Movimiento de los Sin Tierra de Brasil y La Via Campesina. Revista Española de Desarrollo y Cooperación, v. 36, p. 65-80, 2015.

15.
BRINGEL, Breno2015BRINGEL, Breno; PLEYERS, Geoffrey . Junho de 2013? dois anos depois: polarização, impactos e reconfiguração do ativismo no Brasil. Nueva Sociedad, v. 259, p. 4-17, 2015.

16.
BRINGEL, Breno2014BRINGEL, Breno; FALERO, A. . Movimientos sociales y gobiernos en América Latina: nuevos escenarios, ejes de conflicto y tipología de relaciones. Cadernos de Trabalho NETSAL, v. 2, p. 1-21, 2014.

17.
BRINGEL, Breno2013BRINGEL, Breno; STRONZAKE, Janaina . Presentación. Derecho a la alimentación y soberanía alimentaria en tiempos de crisis global. Revista Española de Desarrollo y Cooperación, v. 32, p. 7-13, 2013.

18.
BRINGEL, Breno2013BRINGEL, Breno; ECHART, Enara ; GILSANZ, Juncal ; SURASKY, Javier . Cooperación Sur-Sur y Derechos Humanos: el derecho a la alimentación en la cooperación brasileña y argentina. Revista Española de Desarrollo y Cooperación, v. 32, p. 98-117, 2013.

19.
BRINGEL, Breno2013BRINGEL, Breno. Miopias, sentidos e tendências do levante brasileiro de 2013. Insight Inteligência (Rio de Janeiro), v. 62, p. 42-53, 2013.

20.
BRINGEL, Breno2012BRINGEL, Breno. Le Sans Terre du Brésil, l'activisme transnational et la souveraineté alimentaire comme alternative à la faim. CERISCOPE (Sciences Po-Paris), v. 2, p. 1-9, 2012.

21.
BRINGEL, Breno2012BRINGEL, Breno; PLEYERS, Geoffrey . Becoming actors in the global age. International Sociology, v. 27, p. 658-661, 2012.

22.
BRINGEL, Breno2012BRINGEL, Breno; CLAPP, Jennifer . Food. Journal of International Development, v. 25, p. 145-146, 2012.

23.
BRINGEL, Breno2012BRINGEL, Breno. Ciclos de protesto e lutas estudantis no Brasil. Revista Perspectiva Histórica, v. 2, p. 29-43, 2012.

24.
BRINGEL, Breno2012BRINGEL, Breno. Com, contra e para além de Charles Tilly: mudanças teóricas no estudo das ações coletivas e dos movimentos sociais. Sociologia & Antropologia, v. 2, p. 43-67, 2012.

25.
BRINGEL, Breno2011BRINGEL, Breno. Ativismo transnacional, o estudo dos movimentos sociais e as novas geografias pós-coloniais. Estudos de Sociologia (Recife), v. 16, p. 185-215, 2011.

26.
BRINGEL, Breno2011BRINGEL, Breno. A busca de uma nova agenda de pesquisa sobre os movimentos sociais e o confronto político: diálogos com Sidney Tarrow. POLÍTICA & SOCIEDADE (IMPRESSO), v. 10, p. 51-73, 2011.

27.
CAIRO, Heriberto2010CAIRO, Heriberto ; BRINGEL, Breno . Articulaciones del Sur global: afinidad cultural, internacionalismo solidario e Iberoamérica en la globalización contra-hegemónica. Geopolitica(s): revista de estudios sobre espacio y poder, v. 1, p. 41-63, 2010.

28.
BRINGEL, Breno2010BRINGEL, Breno; ECHART, E. . Dez anos de Seattle, o movimento antiglobalização e a ação coletiva transnacional. Ciências Sociais Unisinos, v. 46, p. 28-36, 2010.

29.
BRINGEL, Breno2009BRINGEL, Breno. O futuro anterior: continuidades e rupturas nos movimentos estudantis do Brasil. Eccos. Revista Científica, v. 11, p. 97-121, 2009.

30.
BRINGEL, Breno2009BRINGEL, Breno. El lugar de Brasil en América Latina: convergencias y tensiones internas/externas al final de la era Lula. Papeles de Trabajo America Latina en el siglo XXI, v. 3, p. 1-33, 2009.

31.
BRINGEL, Breno2008BRINGEL, Breno; LANDALUZE, J. S. ; BARRERA, M. . Solidaridades para el desarrollo. La política de cooperación activista con el MST brasileño. Revista Española de Desarrollo y Cooperación, v. 22, p. 195-209, 2008.

32.
BRINGEL, Breno2008BRINGEL, Breno; FALERO, A. . Redes transnacionais de movimentos sociais na América Latina e o desafio de uma nova construção socioterritorial. Cadernos do CRH (UFBA), v. 21, p. 269-288, 2008.

33.
BRINGEL, Breno2008BRINGEL, Breno; ECHART, Enara . Movimentos sociais e democracia: os dois lados das fronteiras. Cadernos do CRH (UFBA), v. 21, p. 457-475, 2008.

34.
BRINGEL, Breno2008BRINGEL, Breno; ESPIÑEIRA GONZALEZ, M. V. . Movimentos sociais e política: releituras contemporâneas. Introdução. Cadernos do CRH (UFBA), v. 21, p. 419-422, 2008.

35.
BRINGEL, Breno2007BRINGEL, Breno. O lugar nos movimentos sociais e o lugar da geografia na teoria dos movimentos sociais. Boletim Goiano de Geografia, v. 27, p. 35-49, 2007.

36.
BRINGEL, Breno2006BRINGEL, Breno. El lugar tambiém importa. Las diferentes relaciones entre Lula y el MST. Revista NERA (UNESP), v. 9, p. 27-48, 2006.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
BRINGEL, Breno; CAIRO, Heriberto (Org.) . Critical Geopolitics and Regional (Re)Configurations: interregionalism and transnationalism between Latin America and Europe. 1. ed. Londres: Routledge, 2019. 230p .

2.
BRINGEL, Breno; DOMINGUES, José Mauricio . Brasil: cambio de era. Crisis, protestas y ciclos políticos. 1. ed. Madri: Catarata / Instituto Universitario de Desarrollo y Cooperación - Universidad Complutense de Madrid, 2018. 175p .

3.
BRINGEL, Breno; BRASIL JR., Antônio . Antología del pensamiento crítico brasileño. 1. ed. Buenos Aires: CLACSO, 2018. 730p .

4.
BRINGEL, Breno; BRASIL JR., Antônio . Antologia do pensamento crítico brasileiro. 1. ed. Bueo Aires: CLACSO, 2018. 736p .

5.
BRINGEL, Breno; PLEYERS, Geoffrey (Org.) . Protesta e indignación global: los movimientos sociales en el nuevo orden mundial. 1. ed. Buenos Aires: CLACSO, 2017. 297p .

6.
BRINGEL, Breno; DOMINGUES, José Mauricio (Org.) . Global Modernity and Social Contestation. 1. ed. Londres/California/New Delhi: SAGE, 2015. 272p .

7.
BRINGEL, Breno; PLEYERS, Geoffrey (Org.) . Les mobilisations de juin 2013 au Brésil. 1. ed. Paris: Éditions de la Maison des Sciences de l'homme, 2015. v. 1. 250p .

8.
BRINGEL, Breno; LYNCH, Christian (Org.) ; MAIO, Marcos Chor (Org.) . Sociologia periférica e questão racial: revisitando Guerreiro Ramos. 1. ed. Salvador: Caderno CRH / UFBA, 2015. v. 1. 125p .

9.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. (Org.) . Movimentos Sociais na Era Global (3a edição). 3. ed. Rio de Janeiro / Petrópolis: Vozes, 2015. 250p .

10.
BRINGEL, Breno M.; GOHN, M.G. (Org.) . Movimentos sociais na era global (2a edição). 2. ed. Rio de Janeiro / Petrópolis: Vozes, 2014. v. 1. 250p .

11.
BRINGEL, Breno; STRONZAKE, Janaina (Org.) . Derecho a la Alimentación, Cooperación y Soberanía Alimentaria en Tiempos de Crisis Global. 1. ed. Madrid: IUDC-UCM, 2013. 208p .

12.
BRINGEL, Breno; CABEZAS, Almudena ; CAROU, H. C. ; LOIS, M. . Prácticas de Geografía Política. 1. ed. Madrid: Trama Editorial / Universidad Complutense de Madrid, 2013. v. 2. 136p .

13.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. (Org.) . Movimentos sociais na era global. 1. ed. Rio de Janeiro / Petrópolis: Vozes, 2012. v. 1. 250p .

14.
BRINGEL, Breno; ESPIÑEIRA GONZALEZ, M. V. (Org.) . Movimentos Sociais e Política. 1. ed. Salvador: Caderno CRH, 2008. 206p .

Capítulos de livros publicados
1.
BRINGEL, Breno; PLEYERS, Geoffrey . June 2013, five years later: polarization, reconfiguration of activism and challenges for the Brazilian left. In: Luis Felipe Miguel; Vladmir Puzone. (Org.). The Brazilian Left in the 21st Century. 1ed.New York: Palgrave MacMillan, 2019, v. , p. 200-220.

2.
BRINGEL, Breno; CAIRO, Heriberto . Interregionalism from Below: Cultural Affinity, Translation and Solidarities in the Ibero-American Space. In: Heriberto Cairo; Breno Bringel. (Org.). Critical Geopolitics and Regional (Re)Configurations: interregionalism and transnationalism between Latin America and Europe. 1ed.London: Routledge, 2019, v. , p. 150-170.

3.
ALCANTARA, Livia ; BRINGEL, Breno . New configurations in the Geopolitics of Transnational Solidarities: Mexico inside Barcelona, from Zapatistas to Indignados. In: Heriberto Cairo; Breno Bringel. (Org.). Critical Geopolitics and Regional (Re)Configurations: interregionalism and transnationalism between Latin America and Europe. 1ed.London: Routledge, 2019, v. , p. 205-225.

4.
BRINGEL, Breno; CAIRO, Heriberto . Introduction. The Geopolitics of Interregionalism and Transnationalism. In: Heriberto Cairo; Breno Bringel. (Org.). Critical Geopolitics and Regional (Re)Configurations: interregionalism and transnationalism between Latin America and Europe. 1ed.London: Routledge, 2019, v. , p. 5-20.

5.
BRINGEL, Breno M.; MCKENNA, Elizabeth . Social Movements in a Global Perspective: History, Content, and Form. In: Walter W. Powell; Patricia Bromley. (Org.). The Nonprofit Sector: A Research Handbook. 3aed.California: Stanford University Press, 2019, v. , p. 600-625.

6.
BRINGEL, Breno. New Trends in Critical Theory and Social Movements in Latin America. In: Federico Rossi. (Org.). The Oxford Handbook of Latin American Social Movements. 1ed.Oxford: Oxford University Press, 2019, v. , p. 100-120.

7.
BRINGEL, Breno. Latin American perspectives on Social Movement Studies. In: Fernanda Beigel. (Org.). Latin American Sociologies: Key-Texts from Latin American Sociologists. 1ed.Londres: Sage, 2019, v. , p. 180-200.

8.
BRINGEL, Breno. Movimientos sociales y el nuevo ciclo político en América Latina. In: Nora Garita. (Org.). Pueblos en Movimiento. 1ed.San José (Costa Rica): Universidad de Costa Rica / Asociación Latinoamericana de Sociología, 2018, v. , p. 351-373.

9.
BRINGEL, Breno. Del "otro mundo es posible" a la "era de la indignación": una sociología de los movimientos sociales de nuestro tiempo. In: Geoffrey Pleyers. (Org.). Movimientos sociales en el siglo XXI: perspectivas y herramientas analíticas. 1ed.Buenos Aires: CLACSO, 2018, v. , p. 201-205.

10.
BRINGEL, Breno; BRASIL JR., Antônio . Introducción al pensamiento crítico brasileño. In: Breno Bringel; Antonio Brasil Jr.. (Org.). Antología del pensamiento crítico brasileño. 1ed.Buenos Aires: CLACSO, 2018, v. , p. 11-30.

11.
BRINGEL, Breno. Movimientos sociales en América Latina: matrices político-ideológicas, cartografía de las resistencias y conflictos societarios. In: José Angel Sotillo; Bruno Ayllón. (Org.). Las transformaciones de América Latina: cambios políticos, socioeconómicos y protagonismo internacional. 1ed.Madri: Catarata, 2017, v. , p. 96-119.

12.
BRINGEL, Breno. Movimientos sociales y la nueva geopolítica de la indignación global. In: Breno Bringel; Geoffrey Pleyers. (Org.). Protesta e indignación global: los movimientos sociales en el nuevo orden mundial. 1ed.Buenos Aires: CLACSO, 2017, v. , p. 23-30.

13.
BRINGEL, Breno. Crisis política y polarización en Brasil: de las protestas de 2013 al golpe de 2016. In: Breno Bringel; Geoffrey Pleyers. (Org.). Protesta e indignación global: los movimientos sociales en el nuevo orden mundial. 1ed.Buenos Aires: CLACSO, 2017, v. , p. 135-148.

14.
BRINGEL, Breno; PLEYERS, Geoffrey . Movimientos sociales en el mundo contemporáneo. In: Breno Bringel; Geoffrey Pleyers. (Org.). Protesta e indignación global: los movimientos sociales en el nuevo orden mundial. 1ed.Buenos Aires: CLACSO, 2017, v. , p. 11-22.

15.
BRINGEL, Breno. México en el espejo global: crisis múltiples y luchas contemporáneas. In: Geoffrey Pleyers; Manuel Garza Cepeda. (Org.). México en movimientos: resistencias y alternativas. 1ed.México: Porrúa / Universidad Autónoma de Ciudad Juarez / Universidad Autónoma Benito Juarez de Oaxaca, 2017, v. , p. 147-154.

16.
BRINGEL, Breno M.; PLEYERS, Geoffrey . Para una sociología pública y global de los movimientos sociales. In: Geoffrey Pleyers; Manuel Garza Zepeda. (Org.). México en Movimientos: Resistencias y Alternativas. 1ed.México: Universidad Autónoma Benito Juárez de Oaxaca / Universitdad Autónoma de Ciudad Juárez, 2017, v. , p. 155-160.

17.
BRINGEL, Breno. The long June: the 2013 mobilizations and the future of social movements in Brazil. In: Simin Fadaee. (Org.). Understanding Southern Social Movements. 1ed.Londres: Routledge, 2016, v. 1, p. 153-167.

18.
BRINGEL, Breno. Convialismo, pensamento crítico e o ativismo contemporâneo. In: Alain Caillé, Frédéric Vandenberghe e Jean-François Veran. (Org.). Manifesto Convivialista: declaração de interdependência (edição brasileira comentada). 1ed.São Paulo: Annablume, 2016, v. , p. 147-154.

19.
BRINGEL, Breno. Convivialismo, pensiero critico e attivismo contemporaneo. In: Frédéric Vandenberghe; Jean-François Veran; Francesco Fistetti; Ugo M. Olivieri. (Org.). Globalizzazione e movimenti sociali - Il Manifesto Convivialista in Brasile. 1ed.Lecce (Italia): Pensa MultiMedia Editore, 2016, v. , p. 53-60.

20.
BRINGEL, Breno; CABEZAS, Almudena . América Latina en la geopolítica de la indignación global: movimientos-red y corporalidad de la acción. In: Jaime Preciado Coronado. (Org.). Anuario de la Integración Latinoamericana y Caribeña 2012. 1ed.New Orleans / Guadalajara: University Press of the South / Ediciones la Noche, 2015, v. , p. 413-432.

21.
BRINGEL, Breno. Social movements and contemporary modernity: internationalism and patterns of global contestation. In: Breno Bringel; José Maurício Domingues. (Org.). Global Modernity and Social Contestation. 1ed.Londres/California/New Delhi: SAGE, 2015, v. 1, p. 122-138.

22.
BRINGEL, Breno M.; DOMINGUES, José Mauricio . Introduction. In: Breno Bringel; José Maurício Domingues. (Org.). Global Modernity and Social Contestation. 1ed.Londres/California/New Delhi: SAGE, 2015, v. , p. 1-18.

23.
BRINGEL, Breno; TEIXEIRA, Marco Antônio . Repertórios de ação e repertórios de interpretação: trinta anos de estudos sobre os movimentos sociais no Brasil. In: Ilse Scherer Warren e Ligia Luchmann. (Org.). Movimentos Sociais e Engajamento Político: trajetórias e tendências analíticas. 1ed.Florianópolis: Editora UFSC, 2015, v. , p. 43-76.

24.
BRINGEL, Breno. Fronteiras difusas: movimentos sociais, intelectuais e a construção de conhecimentos no Brasil. In: Marco Antonio Perruso e Mônica da SIlva Araujo. (Org.). Ciência e Politica: memórias de intelectuais. 1ed.Rio de Janeiro: Mauad X, 2015, v. 1, p. 57-70.

25.
BRINGEL, Breno; ECHART, Enara . Movimientos sociales, desarrollo y emancipación. In: José Angel Sotillo; Tahina Ojeda. (Org.). Antología del Desarrollo. 1ed.Madri: Los Libros de La Catarata / IUDC-UCM, 2015, v. , p. 579-675.

26.
BRINGEL, Breno; STRONZAKE, Janaina . Las luchas continentales contra el ALCA: aprendizajes, resistencias y construcciones colectivas. In: Unai Vázquez Puente; Luis Miguel Uharte Pozas. (Org.). La década ganada en América Latina: una mirada analítica a las luchas populares. 1ed.Bilbao: Editorial de la Universidad del País Vasco, 2015, v. , p. 83-94.

27.
BRINGEL, Breno; PLEYERS, Geoffrey . Movimentos sociais, conjuntura política e as transformações do ativismo no Brasil: 2013-2015. In: Cláudio André de Souza; Jaime Barreiros Neto. (Org.). #DemocraciaBR: o momento político atual. 1ed.Salvador: Faculdade Baiana de Direito, 2015, v. , p. 201-216.

28.
BRINGEL, Breno; CABEZAS, Almudena . Geopolítica de los movimientos sociales latinoamericanos: espacialidades, ciclos de contestación y horizontes de posibilidades. In: Jaime Preciado Coronado. (Org.). Anuario de integración latinoamericana y caribeña 2011. 1ed.New Orleans / Guadalajara: University Press of the South / Ediciones la Noche, 2014, v. , p. 323-342.

29.
BRINGEL, Breno. MST´s agenda of emancipation: interfaces of national politics and global contestation. In: Jan Nederveen Pieterse; Adalberto Cardoso. (Org.). Brazil Emerging: Inequality and Emancipation. 1ed.London / New York: Routledge, 2014, v. 1, p. 89-126.

30.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. . Apresentação: a discussão contemporânea sobre os movimentos sociais. In: Breno Bringel e Maria da Glória Gohn. (Org.). Movimentos Sociais na Era Global. 2aed.Rio de Janeiro / Petrópolis: Vozes, 2014, v. , p. 7-16.

31.
BRINGEL, Breno; DOMINGUES, José Mauricio . Teoría crítica e movimentos sociais: intersecções, impasses e alternativas. In: Breno Bringel; Maria da Glória Gohn. (Org.). Movimentos Sociais na Era Global. 2aed.Rio de Janeiro / Petrópolis: Vozes, 2014, v. , p. 47-76.

32.
BRINGEL, Breno. La construcción espacial de los Estados en el centro y en la periferia. In: María Lois. (Org.). Prácticas de Geografía Política. 1ed.Madrid: Trama Editorial, 2013, v. 2, p. 29-30.

33.
BRINGEL, Breno. Imperialismo formal e informal. In: María Lois. (Org.). Prácticas de Geografía Política. 1ed.Madrid: Trama Editorial, 2013, v. 2, p. 41-42.

34.
BRINGEL, Breno. (Sub)imperialismo y (semi)periferia en el sistema mundo contemporáneo. In: María Lois. (Org.). Prácticas de Geografía Política. 1ed.Madrid: Trama Editorial, 2013, v. 2, p. 43-44.

35.
BORBA, Pedro ; BRINGEL, Breno ; RIBAS, Luiz Otávio . Gobernabilidad y Convivencia Democrática en América Latina: el caso de Brasil. In: Juany Guzmán León; Stella Sáenz Breckenridge. (Org.). Voces latinoamericanas sobre gobernabilidad democrática : Países Andinos-Cono Sur. 1ed.San José (Costa Rica): FLACSO, 2013, v. 2, p. 85-114.

36.
BRINGEL, Breno. Movimentos Sociais e Desenvolvimento. In: Anete Ivo. (Org.). Dicionário Temático "Desenvolvimento e Questão Social". 1ed.São Paulo: Annablume, 2013, v. 1, p. 319-325.

37.
BRINGEL, Breno; DOMINGUES, José Mauricio . Teoría crítica e movimentos sociais: intersecções, impasses e alternativas. In: Breno Bringel e Maria da Glória Gohn. (Org.). Movimentos sociais na era global. 1ed.Rio de Janeiro / Petrópolis: Vozes, 2012, v. , p. 57-76.

38.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. . Apresentação: a discussão contemporânea sobre os movimentos sociais. In: Breno Bringel e Maria da Glória Gohn. (Org.). Movimentos sociais na era global. 1ed.Rio de Janeiro / Petrópolis: Vozes, 2012, v. 1, p. 7-16.

39.
BRINGEL, Breno. Soberanía alimentaria: la práctica de un concepto. In: Pablo Martínez Osés. (Org.). Las políticas globales importan. Informe Anual de Social Watch 2010. Madrid: IEPALA, 2011, v. 1, p. 95-102.

40.
BRINGEL, Breno. Paraguay. In: George Barnett. (Org.). Encyclopedia of Social Networks. 1ed.Londres/California: SAGE Publications, 2011, v. , p. 694-696.

41.
BRINGEL, Breno. El estudio de los movimientos sociales en América Latina: reflexiones sobre el debate posticolonial y las nuevas geografías del activismo transnacional. In: Yamandú Acosta; Alfredo Falero; Alicia Rodríguez; Isabel Sans; Gerardu Sarachu. (Org.). Pensamiento Crítico y Sujetos Colectivos en América Latina: perspectivas interdisciplinarias. Montevideo: Ediciones Trilce / UDELAR, 2011, v. 1, p. 35-55.

42.
BRINGEL, Breno. Geografías de la acción colectiva. In: Maria Lois. (Org.). Fichas de Geografía Política. Madrid: Editorial Universidad Complutense, 2011, v. , p. 50-51.

43.
BRINGEL, Breno. La geografía electoral: la observación electoral internacional. In: Maria Lois. (Org.). Fichas de Geografía Política. Madrid: Editorial Universidad Complutense, 2011, v. , p. 85-87.

44.
BRINGEL, Breno. Geografía Política de los Movimientos Sociales. In: Maria Lois. (Org.). Fichas de Geografía Política. Madri: Editorial Universidad Complutense, 2011, v. , p. 52-54.

45.
BRINGEL, Breno; CAIRO, Heriberto . Articulaciones del Sur global: afinidad cultural, internacionalismo solidario e Iberoamérica en la globalización contra-hegemónica. In: CAIRO, Heriberto; GROSFOGUEL, Ramón. (Org.). Descolonizar la modernidad, descolonizar Europa: un diálogo Europa - América Latina. Madri: IEPALA, 2010, v. , p. 233-255.

46.
BRINGEL, Breno; ECHART, E. . De Seattle a Copenhague (con escala en la Amazonia): o del movimiento antiglobalización al nuevo activismo transnacional. In: IBARRA, Pedro; GRAU, Elena. (Org.). Jóvenes en la red. Anuario de Movimientos Sociales 2010. Barcelona: Icaria, 2010, v. , p. 191-201.

47.
BRINGEL, Breno; ECHART, Enara ; LOPEZ, S. . Crisis globales y luchas transnacionales. In: IBARRA, Pedro; GRAU, Elena. (Org.). Crisis y Respuestas en la Red, Anuario de Movimientos Sociales 2009. Barcelona: Icaria, 2009, v. 1, p. 210-220.

48.
BRINGEL, Breno. La democracia en Brasil: entre los mecanismos de garantía de transparencia y la democratización inconclusa. In: MECO, F.; BALLESTER, A.. (Org.). Observación electoral internacional: sentido, actores y retos. Valencia: Ediciones del CEPS, 2008, v. , p. 115-132.

49.
BRINGEL, Breno; ECHART, E. ; LOPEZ, S. . Del actor en movimiento a los movimientos en acción. La rearticulación de la lucha antiglobalización. In: IBARRA, Pedro; GRAU, Elena. (Org.). La red en la ciudad. Anuario de Movimientos Sociales 2008.. Barcelona: Icaria Editorial; Betiko Fundazioa, 2008, v. , p. 178-188.

50.
BRINGEL, Breno; Echart, E. ; LOPEZ, S. . Movimiento antiglobalización. Las venas abiertas del 2006. In: Ibarra, Pedro; Grau, Elena. (Org.). La red en el conflicto. Anuario de movimientos sociales 2007. 1ªed.Barcelona: Icaria Editorial, 2007, v. , p. 186-196.

51.
BRINGEL, Breno. Mapa teórico para los movimientos sociales y la participación ciudadana. In: JEREZ, A.. (Org.). Red Eurolatinoamericana de Sensibilización Social y Comunicación Ciudadana. Madri: AECI, 2007, v. , p. -.

52.
BRINGEL, Breno. Guía didáctica de participación ciudadana, dinámicas comunitarias y movimientos sociales. In: JEREZ, A.. (Org.). Red Eurolatinoamericana de Sensibilización Social y Comunicación Ciudadana. Madri: AECI, 2007, v. , p. -.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
BRINGEL, Breno. Hintergrund: Marielle Franco und die Zukunft in Brasilien: Hoffnung oder Barbarei. Nachrichtenpool Lateinamerika - NPLA, Berlim, 29 mar. 2018.

2.
BRINGEL, Breno. Marielle Franco and Brazil's future: hope or barbarity. openDemocracy, Londres, 21 mar. 2018.

3.
BRINGEL, Breno. Marielle y el futuro de Brasil. El País, Madri, 18 mar. 2018.

4.
BRINGEL, Breno M.. Esperanza o barbarie. Open Democracy, Londres, 17 mar. 2018.

5.
BRINGEL, Breno M.. De las protestas de 2013 al golpe de 2016. Viento Sur, Madri, 08 dez. 2016.

6.
DALMASES, Francesc ; SANTAMARIA, Gema ; GIBERT, Abel ; VELEZ, Alejandro ; MESA, Carlos ; BRINGEL, Breno . Trump vs Hillary: Consequences of US presidential elections for Latin America. openDemocracy, Londres, 08 nov. 2016.

7.
BRINGEL, Breno; VIEIRA, Flávia Braga . We must never forget, so it never happens again: Brazil's peasant internationalism. Open Democracy, Londres, 17 abr. 2016.

8.
BRINGEL, Breno. 2013-2016: polarização e protestos no Brasil. openDemocracy, Londres, 18 fev. 2016.

9.
BRINGEL, Breno. 2013-2016: polarización y protestas en Brasil. openDemocracy, Londres, 18 fev. 2016.

10.
BRINGEL, Breno. 2013-2016: polarization and protests in Brazil. openDemocracy, Londres, 18 fev. 2016.

11.
BRINGEL, Breno; PLEYERS, Geoffrey . openMovements: social movements, global outlooks and public sociology. Open Democracy, London, 14 mar. 2015.

12.
BRINGEL, Breno. Impactos e apropriações das mobilizações sociais no Brasil. Jornal O Globo, Rio de Janeiro, p. 18, 12 set. 2014.

13.
BRINGEL, Breno. Le Brésil et la géopolitique de l?indignation. La Vie des Idées (Collège de France), Paris, 25 jul. 2013.

14.
BRINGEL, Breno. Indignación a la brasileña: una mirada comparativa y global. Red Seca - Revista de Actualidad Política, Social y Cultural, Santiago de Chile, 08 jul. 2013.

15.
BRINGEL, Breno. Brazil within the Geopolitics of Global Outrage. Global Express/Global Dialogue - Newsletter for the International Sociological Association, 01 jul. 2013.

16.
BRINGEL, Breno. O Brasil na geopolítica da indignação global. Brasil de Fato, São Paulo, 27 jun. 2013.

17.
BRINGEL, Breno. Chávez y América Latina. Boletín ALAS (Asociación Latinoamericana de Sociología), Latinoamérica, p. 38 - 41, 01 abr. 2013.

18.
BRINGEL, Breno. Chávez, América Latina y el chavismo sin chauvinismo. Observatório Político Sul-Americano (OPSA), Rio de Janeiro, p. 1 - 4, 09 mar. 2013.

19.
BRINGEL, Breno. Socialistas sob novo comando. Correio Brasiliense, Brasilia, 29 maio 2011.

20.
BRINGEL, Breno. A voz dos descontentes. Correio Brasiliense, Brasilia, 29 maio 2011.

21.
BRINGEL, Breno; STRONZAKE, Janaina . Bem-vindos ao Terceiro Mundo!. Brasil de Fato, São Paulo, 22 out. 2010.

22.
BRINGEL, Breno. Movimentos estudantis: a nova militância (entrevista). O Estado de São Paulo, São Paulo, 28 set. 2010.

23.
BRINGEL, Breno. Senado paraguaio institui estado de exceção (entrevista). WebJornal - Mundo Digital (UNESP), Bauru / São Paulo, 30 abr. 2010.

24.
BRINGEL, Breno. Venezuela e Colômbia: tensão perigosa (entrevista). Livrevista: a revista do senso incomum, Bauru/São Paulo, 16 nov. 2009.

25.
BRINGEL, Breno. Soberanía alimentaria: la práctica de un concepto. Observatorio de Políticas de Desarrollo (Boletín de análisis de políticas públicas de cooperación y desarrollo), Madrid, , v. 7, 29 out. 2009.

26.
BRINGEL, Breno. "La Via" hacia un nuevo campesinado. Diagonal Periodico, Madrid, p. 18 - 18, 29 out. 2009.

27.
BRINGEL, Breno; LANDALUZE, J. S. . "Con La Vía construimos relaciones horizontales entre los pueblos". Entrevista a Magui Balbuena de CONAMURI. Diagonal Periodico, Madrid, p. 19 - 19, 29 out. 2009.

28.
BRINGEL, Breno; LANDALUZE, J. S. . Entrevista a Soraia Soriano. Diagonal Periodico, Madrid, p. 18 - 19, 25 jun. 2009.

29.
BRINGEL, Breno. Mauricio Funes é eleito presidente de El Salvador (entrevista). WebJornal - Mundo Digital (UNESP), São Paulo, 04 jun. 2009.

30.
BRINGEL, Breno. España: transgénicos a debate. Observatorio de Políticas de Desarrollo (Boletín de análisis de políticas públicas de cooperación y desarrollo), Madrid, , v. 6, 24 maio 2009.

31.
BRINGEL, Breno. Dos espacios, dos foros diferentes. Diagonal Periodico, Madri, p. 16 - 17, 05 fev. 2009.

32.
BRINGEL, Breno. Vía Campesina propone la soberanía alimentaria como alternativa global a la crisis. Diagonal Periodico, Madri, p. 12 - 12, 30 out. 2008.

33.
BRINGEL, Breno. Breno Bringel entrevista a Marina dos Santos, de la Dirección Nacional del MST y Via Campesina. Diagonal Periodico, Madri, 10 jul. 2008.

34.
BRINGEL, Breno. Hay vida en Brasil más allá de los Sin Tierra. Diagonal Periódico, Madri, 09 jan. 2008.

35.
BRINGEL, Breno. Eleições e luta indígena na Guatemala. O vulcão que (ainda) não entrou em erupção. Porantim. Conselho Indígena MIssionário (CIMI), Brasília, p. 13 - 13, 03 out. 2007.

36.
BRINGEL, Breno. Reforma Agraria, Justicia Social y Soberania Popular. Diagonal Periodico, Madri, 04 jul. 2007.

37.
BRINGEL, Breno. Les mouvements sociaux en pleine expansion. IPS France, Paris, 10 maio 2007.

38.
BRINGEL, Breno. Homeless Join Month of Protests. MST Brasil, 25 abr. 2007.

39.
BRINGEL, Breno. Ay-liike jää muun aktivismin jalkoihin Brasiliassa. Maailma.net, Finlandia, 25 abr. 2007.

40.
BRINGEL, Breno. Caminhos divergentes. Revista Foco Economia e Negócios, São Paulo, 21 abr. 2007.

41.
BRINGEL, Breno. La izquierda brasileña se mueve. Diagonal Periodico, Madrid, 21 dez. 2006.

42.
BRINGEL, Breno. A crise da democracia: um convite à reflexão. Jornal OPopular, Goiânia, 02 nov. 2006.

43.
BRINGEL, Breno; URBAN, M. ; BERDUGO, I. . De Florença a Atenas: notas sobre o Fórum Social Europeu. Jornal Opção, Goiania, 21 maio 2006.

44.
BERDUGO, I. ; BRINGEL, Breno ; URBAN, M. . El Foro Social Europeo se abre al Este. Diagonal Periódico, Madri, 11 maio 2006.

45.
BRINGEL, Breno. ETA: crônica de uma morte anunciada?. Jornal OPopular, Goiania, Brasil, 31 mar. 2006.

46.
BRINGEL, Breno. Resistencias y alternativas desde abajo. Jornal EnLucha, 01 fev. 2006.

47.
BRINGEL, Breno; GALVAN, I. E. . O Brasil na mira dos países ricos. Jornal Opção, Goiânia, Brasil, , v. 1592, 08 jan. 2006.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
BRINGEL, Breno; MARQUES, Teresa . O exilio como ativismo transnacional na América Latina: padrões de ação política e redes (in)formais. In: 10 Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política - ABCP, 2016, Belo Horizonte. Ciência Política e a Política: Memória e Futuro, 2016.

2.
BRINGEL, Breno; FALERO, A. . Movimentos sociais e governos na América Latina: novos cenários, tipologia de relações e forma Estado/movimento. In: 38 Encontro Anual da ANPOCS, 2014, Caxambu. 38 Encontro Anual da ANPOCS - GT "Entre as ruas e os gabinetes: institucionalização e contestação nos movimentos sociais latino-americanos", 2014.

3.
BRINGEL, Breno. De São Paulo a Maputo (y de vuelta a São Paulo): espacialidad, traducción y difusión en el activismo rural transnacional. In: International Conference of Land Reforms and Management of Natural Resources in Africa and Latin America, 2010, Lleida. Acts of Land Reforms and Management of Natural Resources in Africa and Latin America Conference. Lleida: Edicions de la Universitat de Lleida, 2010. p. 1-21.

4.
BRINGEL, Breno. Acción colectiva y democracia. La contribución de Charles Tilly para el debate sobre el ensanchamiento del campo democrático. In: Jornadas Internacionales Homenaje a Charles Tilly. Conflicto, poder y acción colectiva, 2009, Madrid. Conflicto, poder y acción colectiva: contribuciones al análisis sociopolítico de las sociedades contemporáneas. Homenaje a Charles Tilly. Madri, 2009.

5.
BRINGEL, Breno. De la resistencia del 1968 al despertar autónomo del 2008: acción colectiva, ciclos de protesta y flujos del movimiento estudiantil brasileño. In: Congreso Internacional de la Asociación de Historiadores Latinoamericanistas Europeos, 2008, Leiden. XV CONGRESO INTERNACIONAL DE AHILA - Crisis y Problemas en el Mundo Atlántico. Leiden: Universiteit Leiden - Holanda, 2008.

6.
BRINGEL, Breno. La "cuestión democrática" en las teorías de los movimientos sociales. In: I Jornadas de Análisis Político Crítico, 2008, Bilbao. Jornadas de Análisis Político Crítico. Repensando los cuarenta desde Mayo de 1968. Bilbao, 2008.

7.
BRINGEL, Breno. Ação coletiva e autonomia no movimento estudantil brasileiro: rupturas e sentidos das ocupações das reitorias em 2007.. In: Conferência Internacional, 2008, João Pessoa. Educação, Globalização e Cidadania. Novas perspectivas da Sociologia da Educação. (International Sociological Association), 2008.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. . Estudos sobre os movimentos sociais na academia no Brasil: pesquisas e abordagens teórico-metodológicas. In: 18 Congresso Brasileiro de Sociologia (SBS), 2017, Brasilia. Que Sociologias Fazemos?, 2017.

2.
BRINGEL, Breno. Pablo Gonzalez Casanova e Rodolfo Stavenhagen no Brasil: circulação internacional e a construção intelectual do conceito de colonialismo interno. In: 41 Encontro Anual da ANPOCS, 2017, Caxambu. 41 Encontro Anual da ANPOCS, 2017.

3.
BRINGEL, Breno; MACEDO, Lilia . Fronteiras do pensamento social brasileiro e latino-americano: reconstrução institucional e circulação intelectual na experiência do CLAPCS (1957-1976). In: 40 Encontro Anual da ANPOCS, 2016, Caxambu. Encontro Anual da ANPOCS. São Paulo: ANPOCS, 2016. p. 12-215.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BRINGEL, Breno. Movements and Scholars as Knowledge Producers in the Global South. In: XIX ISA World Congress of Sociology, 2018, Toronto. Power, Violence and Justice: reflections, responses and responsabilities. Madrid: International Sociological Association, 2018. p. 5.

2.
BRINGEL, Breno. Five years after June 2013: progressive and conservative movements in Brazil. In: XIX ISA World Congress of Sociology, 2018, Toronto. Power, Violence and Justice: reflections, responses and responsabilities. Madrid: International Sociological Association, 2018. p. 163.

3.
BRINGEL, Breno. Trayectorias, experiencias y encuentros transnacionales de la investigación militante: diálogos América Latina ? Europa:. In: LASA2018 ? XXXVI International Congress of the Latin American Studies Association, 2018, Barcelona. Latin American Studies in a Globalized World, 2018.

4.
BRINGEL, Breno. Municipalismo, movimientos sociales y agroecología. In: Diálogos Iberoamericanos Ciudades, Territorios y Cultura para la Sostenibilidad, 2018, Madrid. Ciudades, Territorios y Cultura para la Sostenibilidad. Buenos Aires: CLACSO, 2018.

5.
BRINGEL, Breno. Social Actors and Latin American Social Thought: contributions for decentring social movement studies. In: III International Sociological Association - ISA Forum of Sociology, 2016, Viena. The Futures we want: global sociology and the struggles for a better world. Viena: International Sociological Association, 2016. p. 108-109.

6.
BRINGEL, Breno; ALCANTARA, Livia . Social movements, Digital Activism and Patterns of Global Contestation. In: III International Sociological Association - ISA Forum of Sociology, 2016, Viena. The Futures we want: global sociology and the struggles for a better world. Viena: International Sociological Association, 2016. p. 108-109.

7.
BRINGEL, Breno. Geopolítica da indignação global: desafios teórico-metodológicos. In: XII Congresso Luso-Afro-Brasileiro (CONLAB), 2015, Lisboa. Imaginar e Repensar o Social: Desafios às Ciências Sociais em Língua Portuguesa. Lisboa: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas - Universidade Nova de Lisboa, 2015. p. 1106-1285.

8.
BRINGEL, Breno; FALERO, A. . Latin American Social Movements: Research Agendas and Regional Constructions. In: XVIII ISA World Congress of Sociology, 2014, Yokohama (Japan). Facing an unequal world: challenges for global sociology, 2014.

9.
BRINGEL, Breno. South-South Dialogues: Social Movements and Intellectual Movements. In: XVIII ISA World Congress of Sociology, 2014, Yokohama (Japan). Facing an unequal world: challenges for global sociology, 2014.

10.
BRINGEL, Breno; VIEIRA, Flávia Braga . Educational processes, transnational exchanges and the reconfiguration of internationalism in Brazil's MST and La Via Campesina. In: XXXI International Congress of the Latin American Studies Association (LASA), 2013, Washington D.C.. LASA2013 / Towards a New Social Contract?, 2013.

11.
BRINGEL, Breno. Hacia una sociología de los movimientos sociales latinoamericanos: una interpretación teórica. In: VII Congreso Internacional del Consejo Europeo de Investigaciones Sociales de América Latina (CEISAL), 2013, Porto. América Latina: memoria, presente y porvenir. Porto: Universidade Fernando Pessoa, 2013.

12.
BRINGEL, Breno. Movimentos sociais no Brasil contemporâneo: agendas políticas e de pesquisa. In: XVI Congresso Brasileiro de Sociologia, 2013, Salvador. A sociologia como artesanato intelectual. Salvador: UFBA, 2013.

13.
BRINGEL, Breno; VIEIRA, Flávia Braga . Educación, formación política e internacionalismo en los movimientos sociales rurales latinoamericanos contemporáneos. In: II International Sociological Association Forum of Sociology, 2012, Buenos Aires. ISA Abstracts, 2012.

14.
BRINGEL, Breno. Construyendo alternativas, negociando significados: Luchas por el desarrollo y traducción en el activismo transnacional. In: II International Sociological Association Forum of Sociology, 2012, Buenos Aires. ISA Abstracts, 2012.

15.
BRINGEL, Breno. De São Paulo a Guatemala y de vuelta a São Paulo: activismo transnacional en América Latiina. In: XVIII Congresso Internacional da Associação Latino-Americana de Sociologia, 2011, Recife. ALAS, 2011.

16.
BRINGEL, Breno. A roundtrip: the spatialities of transnational activism in Latin America. In: XVII International Sociological Association WORLD CONGRESS OF SOCIOLOGY, 2010, Goteborg. Sociology on the Move. San Diego (USA): CSA Sociological Abstracts, 2010. p. 66-66.

17.
BRINGEL, Breno. Multiple crises and multiple spatialities: transnational networks of peasant movements in Latin America and spatial histories of collective action. In: International Conference - Royal Geographical Society, 2010, Londres. Confronting the challenges of the post crisis global economy and environment. Institute of British Geographe: Londres, 2010.

18.
BRINGEL, Breno. Towards a spatial history of collective action: limits and possibilities through Brazilian narratives. In: 4th International Interdisciplinary Conference "The Politics of Place and Space", 2009, Brighton. The Politics of Place and Space, 2009.

19.
BRINGEL, Breno. Crisis, cities and food: urban and rural social movements connections through food sovereignty. In: 2009 ISA-RC21 Conference "Inequality, Inclusion and the Sense of Belonging", 2009, São Paulo. Urban Confict, 2009.

20.
BRINGEL, Breno. Linking theoretical challenges into the experience of Latin American social movements. In: First ISA Forum of Sociology, 2008, Barcelona. Sociological Research and Public Debate. San Diego: CSA Sociological Abstract, 2008. p. 29-29.

21.
BRINGEL, Breno. Las relaciones Europa-América Latina en el siglo XXI: redes y movimientos sociales. In: V Congreso Europeo de Latinoamericanistas, 2007, Bruxelas. Las relaciones Europa-América Latina en el siglo XXI: redes y movimientos sociales, 2007.

22.
BRINGEL, Breno. La Comunidad Sudamericana de Naciones: hacia una resistencia espacial supranacional. In: 52º International Congress of Americanists, 2006, Sevilla, Espanha. 52 ICA Sevilla, 2006.

23.
BRINGEL, Breno. El lugar también importa. Las diferentes relaciones entre Lula y el MST. In: XII Encuentro de Latinoamericanistas Españoles, 2006, Santander. XII Encuentro de Latinoamericanistas Españoles, 2006.

Artigos aceitos para publicação
1.
BRINGEL, Breno. Movimentos sociais, padrões de contestações globais e o internacionalismo contemporâneo. Sociedade e Estado, 2019.

2.
BRINGEL, Breno; SPOSITO, Marilia . Movimentos sociais e novas formas de ativismo. EDUCAÇÃO & SOCIEDADE, 2019.

3.
BRINGEL, Breno M.. Los fantasmas de la teoría social crítica en/desde América Latina. Questiones de Ruptura (Colombia), 2018.

4.
ALCANTARA, Livia ; BRINGEL, Breno . Activismo digital, movimientos sociales y patrones globales de contestación. Revista Latinoamericana de Investigación Crítica, 2018.

Outras produções bibliográficas
1.
BRINGEL, Breno. Del ?Otro mundo es posible? a la ?era de la indignación?: una sociología de los movimientos sociales de nuestro tiempo. Buenos Aires, 2018. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

2.
BRINGEL, Breno. 1966-2016: 50 Anos de DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.59, n.1). Rio de Janeiro: IESP-UERJ, 2016 (Nota Editorial).

3.
BRINGEL, Breno. Política e Fluxo editorial da Dados (vol.59, n.2). Rio de Janeiro: IESP-UERJ, 2016 (Nota Editorial).

4.
BRINGEL, Breno. Orelha do livro 'Estudos de Teoria Social e América Latina: novos debates e perspectivas'. Rio de Janeiro, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

5.
BRINGEL, Breno; NOBREGA, Leonardo ; MACEDO, Felipe ; MACEDO, Lilia ; MACHADO, Humberto . Notas sobre o CLAPCS na ?era Costa Pinto? (1957-1961): construção institucional, circulação intelectual e pesquisas sobre América Latina no Brasil. Rio de Janeiro: NETSAL (IESP-UERJ), 2015 (Dossiê Temático NETSAL "Sociologia latino-americana II: desenvolvimento e atualidade").

6.
BRINGEL, Breno; NOBREGA, Leonardo ; MACEDO, Lilia . A experiência do Centro Latino-americano de Pesquisas em Ciências Sociais (CLAPCS) e os estudos sobre a América Latina no Brasil. Rio de Janeiro: IESP-UERJ, 2014 (Dossiê Temático NETSAL "Sociologia latino-americana: originalidade e difusão").

7.
BRINGEL, Breno; ECHART, Enara ; GILSANZ, Juncal ; SURASKY, Javier . Cooperación Sur-Sur y Derechos Humanos: el derecho a la alimentación en la Cooperación argentina y brasileña desde un enfoque basado en derechos humanos. Madrid: IUDC-UCM, 2013 (Documento de Trabajo N.25 (Instituto Universitario de Desarrollo y Cooperación - Universidad Complu).

8.
BRINGEL, Breno. Reforma Agraria y Movimientos Sociales: perspectivas a partir de los movimientos sociales. Madri: Universidad Complutense de Madrid, 2013. (Tradução/Artigo).

9.
BRINGEL, Breno. Geopolítica(s). Revista de estudios sobre espacio y poder. Madrid: Universidad Complutense de Madrid, 2013. (Tradução/Outra).

10.
BRINGEL, Breno. Cúpulas, cúpulas paralelas e contracúpulas: a Cúpula dos Povos em perspectiva histórica e global. Rio de Janeiro: IESP-UERJ, 2012 (Dossiê NETSAL "Rio + 20 e a Cúpula dos Povos").

11.
BRINGEL, Breno. Prefácio do livro Impressões sociológicas interdisciplinares. Saarbrücken (Alemanha), 2012. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

12.
BRINGEL, Breno. Amérique latine: Les sans terre et les sans toit au Brésil. Paris: Centre d?études et de recherches internationales (CERI) et Atelier de cartographie de Sciences Po, 2011 (Deuxième édition du CERISCOPE - publication en ligne Science Po Paris).

13.
BRINGEL, Breno; FREITAS, C.B. . Muros políticos y puentes de solidariedad en la frontera luso-española: Salazar y los refugiados de la guerra civil española (1936). Madrid: Ministerio de Ciencia y Tecnologia (Proyecto I+D), 2011. (Tradução/Artigo).

14.
BRINGEL, Breno. Migrações e movimentos sociais: transnacionalismo, mobilidades e mobilizações. Rio de Janeiro/Petrópolis: Vozes, 2011. (Tradução/Artigo).

15.
BRINGEL, Breno. As geografias do poder dos movimentos sociais em um periodo de crise. Rio de Janeiro/Petrópolis: Vozes, 2011. (Tradução/Artigo).

16.
BRINGEL, Breno; LANDALUZE, J. S. ; ESTEVAM, Douglas ; STRONZAKE, Janaina . Agronegocio: el capital europeo (y la Europa del capital) en el campo brasileño. Madrid: Rompamos el Silencio, 2010 (Dossiê "Voces disidentes ante la VI Cumbre América Latina y Caribe - Unión Europea").

17.
BRINGEL, Breno; SOTILLO, J. A. ; RODRIGUEZ, I. ; ECHART, Enara ; OJEDA, T. . El Espacio Iberoamericano de Educación Superior. Diagnóstico y Propuestas Institucionales. Madri: Fundación Carolina / CEALCI, 2009 (Documento de Trabajo número 39 - Fundación Carolina/CEALCI (colaboração na elaboração teórica)).

18.
BRINGEL, Breno. Seminario Internacional de Articulación de la Red Hispano-brasileña en el contexto de atención a las brasileñas víctimas de trata. Madri: Instituto Universitario de Desarrollo y Cooperación / Universidad Complutense de Madrid, 2008. (Tradução/Outra).

19.
BRINGEL, Breno. II Encuentro Internacional de Universidades con África. Madrid / Maputo: Fundación Complutense (Espanha) / Universidade Eduardo Mondlane (Moçambique), 2008. (Tradução/Outra).

20.
BRINGEL, Breno. O Brasil e o processo de redemocratização: sociedade, política e desenvolvimento. Projeto ALFA-AMELAT XXI- União Européia, 2008. (Tradução/Outra).

21.
BRINGEL, Breno. Contestación política y movimientos sociales transnacionales en América Latina: el caso de Vía Campesina. San José: Alma Mater, 2008. (Tradução/Artigo).

22.
BRINGEL, Breno. A nova configuração do poder global. Salvador: Caderno CRH, 2008. (Tradução/Artigo).

23.
BRINGEL, Breno. Novas reflexões sobre a "idéia da América Latina": a direita, a esquerda e a opção descolonial. Salvador: Caderno CRH, 2008. (Tradução/Artigo).

24.
BRINGEL, Breno. La acción de los movimientos contestatarios en los conflictos socioambientales relativos a la industria de celulosa y papel en América Latina. San Jose: Alma Mater, 2008. (Tradução/Artigo).

25.
BRINGEL, Breno. Las relaciones Europa-América Latina en el siglo XXI: redes y movimientos sociales. Paris: Université de la Sorbonne Nouvelle - Paris III, 2007 (Documento de Trabajo do Centre de Recherche et de documentation sur l'Amérique Latine - IHEAL.).

26.
BRINGEL, Breno. European Social Forum, 2006. (Tradução/Outra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
BRINGEL, Breno. Consultor ad hoc - processo decisório Bolsas FUNCAP. 2016.

Trabalhos técnicos
1.
BRINGEL, Breno M.. Quatorze (14) pareceres para SciELO Brasil (solicitações de incorporação de periódicos à Coleção). 2018.

2.
BRINGEL, Breno. Parecer ad hoc 01 para a FAPESP (Grupo de Financiamento: Bolsa no País). 2018.

3.
BRINGEL, Breno. Parecer para o artigo 01-2018 da Revista Opinião Pública. 2018.

4.
BRINGEL, Breno M.. Parecer para o artigo 01-2018 da Revista Sociologia & Antropologia. 2018.

5.
BRINGEL, Breno. Parecer ad hoc para Bolsas de Pós-Doutorado da Associação Latino-americana de Sociologia (ALAS). 2018.

6.
BRINGEL, Breno. Parecer Programa PROCAD/UERJ: afastamento para pós-doutorado no exterior com manutenção de bolsa Prociência - UERJ. 2018.

7.
BRINGEL, Breno. Parecer ad hoc 02 para a FAPESP (Grupo de Financiamento: Bolsa de Pós-doutorado). 2018.

8.
BRINGEL, Breno. Parecer de livro para a Editora da Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM). 2018.

9.
BRINGEL, Breno M.. Parecer Revisa Afro-Ásia. 2017.

10.
BRINGEL, Breno. Parecer BIB (ANPOCS). 2017.

11.
BRINGEL, Breno. Parecer Canadian Journal of Sociology. 2017.

12.
BRINGEL, Breno. Avaliação de Periódicos para Ingresso na Rede Scielo - Costa Rica. 2017.

13.
BRINGEL, Breno. Parecer - Revista de Ciências Sociais (UFC). 2017.

14.
BRINGEL, Breno. Parecer CNPq - Doutorado no Exterior - GDE. 2017.

15.
BRINGEL, Breno. Parecer CNPq 1 - Chamada CNPq N º 12/2017 - Bolsas de Produtividade em Pesquisa - PQ. 2017.

16.
BRINGEL, Breno. Parecer CNPq 2 - Chamada CNPq N º 12/2017 - Bolsas de Produtividade em Pesquisa - PQ. 2017.

17.
BRINGEL, Breno. Parecer CNPq 3 - Chamada CNPq N º 12/2017 - Bolsas de Produtividade em Pesquisa - PQ. 2017.

18.
BRINGEL, Breno. Parecer CNPq 4 - Chamada CNPq N º 12/2017 - Bolsas de Produtividade em Pesquisa - PQ. 2017.

19.
BRINGEL, Breno. Parecer de livro para a Editora da FIOCRUZ. 2017.

20.
BRINGEL, Breno. Parecer para Seleção de Bolsa Pós-Doutoral (Fondation Maison des sciences de l?homme & Gerda Henkel Foundation). 2017.

21.
BRINGEL, Breno. Parecer CNPq - Pós Doutorado Junior. 2017.

22.
BRINGEL, Breno. Oito (8) Pareceres para Prêmio do Conselho Latino-americano de Ciências Sociais (CLACSO) de Ensaio. 2017.

23.
BRINGEL, Breno. Avaliação de Periódicos para Ingresso na Rede Scielo - Costa Rica. 2016.

24.
BRINGEL, Breno. Parecer ad hoc - Brazilian Political Science Review. 2016.

25.
BRINGEL, Breno. Parecer ad hoc - Educação em Revista (UFMG). 2016.

26.
BRINGEL, Breno. Parecer ad hoc - Revista Española de Desarrollo y Cooperación. 2016.

27.
BRINGEL, Breno. Parecer ad hoc - INTERFACE: a journal for and about social movements. 2016.

28.
BRINGEL, Breno. Parecer Chamada CNPq N o 12/2016 - Bolsas de Produtividade em Pesquisa - PQ. 2016.

29.
BRINGEL, Breno. Avaliação de periódicos para ingresso no SciELO. 2016.

30.
BRINGEL, Breno. Parecer - The Sociological Review. 2015.

31.
BRINGEL, Breno. Parecer - Sociologia, Problemas e Práticas (Revista do ISCTE-IUL, Lisboa). 2015.

32.
BRINGEL, Breno. Parecer - Geopolitica(s): Revista de Estudios sobre Espacio y Poder. 2015.

33.
BRINGEL, Breno. Parecer - Civitas: Revista de Ciências Sociais. 2015.

34.
BRINGEL, Breno. 2o parecer Geopolitica(s): Revista de Estudios sobre Espacio y Poder. 2015.

35.
BRINGEL, Breno. Parecer - Revista Brasileira de Ciências Sociais (RBCS-ANPOCS). 2015.

36.
BRINGEL, Breno. Parecer - Revista Ciências Sociais - Unversidade Federal do Ceará. 2015.

37.
BRINGEL, Breno. Parecer - Caderno CRH. 2015.

38.
BRINGEL, Breno. Parecer - Revista Opinião Pública (Unicamp). 2015.

39.
BRINGEL, Breno M.. Parecerista do Concurso Brasileiro ANPOCS de Obras Científicas e Teses Universitárias em Ciências Sociais ? Edital 2015.. 2015.

40.
BRINGEL, Breno M.. Parecer - Análise Social (Portugal). 2015.

41.
BRINGEL, Breno. Parecer CNPq 2015 - Chamada Apoio a Eventos Científicos. 2015.

42.
BRINGEL, Breno. Parecer CNPq 1 - Edital CNPq/ MCTI No 25/2015 Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas. 2015.

43.
BRINGEL, Breno. Parecer CNPq 2 - Edital CNPq/ MCTI No 25/2015 Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas. 2015.

44.
BRINGEL, Breno. Parecer - Revista Brasileira de Ciência Política. 2015.

45.
BRINGEL, Breno M.. Parecer - Revista Española de Desarrollo y Cooperación. 2015.

46.
BRINGEL, Breno. Parecer - Current Sociology. 2014.

47.
BRINGEL, Breno. Parecer - Revista Enfoques (IFCS-UFRJ). 2014.

48.
BRINGEL, Breno. Parecer - Caderno de Estudos Sociais (FUNDAJ). 2014.

49.
BRINGEL, Breno. Parecer - Cadernos de Estudos Sociais e Políticos. 2014.

50.
BRINGEL, Breno. Parecer - Etnográfica (Lisboa). 2014.

51.
BRINGEL, Breno. Avaliação CNPq - PBIC. 2014.

52.
BRINGEL, Breno. Emissão de Parecer Ad Hoc para Bolsa de Produtividade CNPq. 2014.

53.
BRINGEL, Breno. Parecer - projeto CLACSO. 2014.

54.
BRINGEL, Breno. Emissão de Parecer CNPq - Edital Apoio a Eventos Científicos no Exterior. 2014.

55.
BRINGEL, Breno. Parecer - Social Forces / Oxford Journals. 2014.

56.
BRINGEL, Breno. Parecer - Revista Sociologia, Problemas e Práticas (CIES-Instituto Universitário de Lisboa). 2014.

57.
BRINGEL, Breno. Parecer para publicação de livro - Routledge. 2014.

58.
BRINGEL, Breno. Parecer de nove artigos para Current Sociology (International Sociological Association) - special issues. 2013.

59.
BRINGEL, Breno. Parecer - Revista Latinoamericana de Estudios del Trabajo (RELET). 2013.

60.
BRINGEL, Breno. Parecer - Revista Sociologia & Antropologia (UFRJ). 2013.

61.
BRINGEL, Breno. Parecer - Revista Sociedade & Estado (UnB). 2013.

62.
BRINGEL, Breno. Parecer - Latin American Research Review (LARR - Latin American Studies Association). 2013.

63.
BRINGEL, Breno. Comissão de Seleção de Teses de Doutorado da ANPOCS. 2013.

64.
BRINGEL, Breno. Parecer - Revista Colombiana de Geografía. 2013.

65.
BRINGEL, Breno. Parecer - Revista Estudos de Sociologia. 2013.

66.
BRINGEL, Breno. Parecer - SCIELO Brasil. 2013.

67.
BRINGEL, Breno. Parecer para a Revista DADOS. 2012.

68.
BRINGEL, Breno. Parecer para Latin American Research Review (Revista da Latin American Studies Association - LASA). 2012.

69.
BRINGEL, Breno. Parecer para a Revista "Análise Social" (Instituto de Ciências Sociais - Universidade de Lisboa). 2012.

70.
BRINGEL, Breno. Parecer para Doutorado Sanduíche - Estados Unidos. 2012.

71.
BRINGEL, Breno. Parecer para a Revista Dados (Segundo Parecer de 2012). 2012.

72.
BRINGEL, Breno. Parecer para Current Sociology Monograph Issues of SSIS Series (SAGE - International Sociological Association). 2012.

73.
BRINGEL, Breno. Parecer para a Revista Caderno CRH. 2012.

74.
BRINGEL, Breno. Avaliador da Área de Ciencias Sociales de la Agencia Nacional de Evaluación y Prospectiva (ANEP) - Ministerio de Economia - Espanha. 2012.

75.
BRINGEL, Breno. Avaliador externo para o programa de Projetos I+D (CSIC - Uruguai). 2012.

76.
BRINGEL, Breno. Parecer para Doutorado em Ciências Sociais UFBA. 2011.

77.
BRINGEL, Breno. Parecer para a Revista Intratextos. 2011.

78.
BRINGEL, Breno. Parecer para CADERNO CRH (UFBA). 2011.

79.
BRINGEL, Breno. Parecerista ad hoc Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. 2011.

80.
BRINGEL, Breno. Parecer para Geopolítica(s): Revista de Estudios sobre Espacio y Poder (Universidad Complutense de Madrid). 2011.

81.
BRINGEL, Breno. Parecer para a Revista Habitus - UFRJ. 2011.

82.
BRINGEL, Breno. Parecer de projeto de pesquisa para o Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais da UFBA. 2010.

83.
BRINGEL, Breno. Parecer para "Íconos - Revista de Ciencias Sociales" (FLACSO - Equador). 2010.

84.
BRINGEL, Breno. Parecer para publicação de livro - Zed Books (London / New York). 2010.

85.
BRINGEL, Breno; TARROW, Sidney . Outsiders inside e insiders outside: entre a ação pública nacional e transnacional em prol dos direitos humanos. 2009.

86.
BRINGEL, Breno. Parecer para a Revista Intratextos. 2009.

87.
BRINGEL, Breno; ARDITI, Benjamin . Sobre o político: com Schmitt e apesar de Schmitt. 2008.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
BRINGEL, Breno; IGLESIAS, Pablo ; SOLANO, Esther ; AYLLON ; VASQUES, Beto ; CEDILLO, Raul Sanchez . Brasil 2018: vuelve Lula?. 2018.

2.
BRINGEL, Breno. Las claves del triunfo de Bolsonaro en Brasil. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
BRINGEL, Breno. Sem PT como alvo, protestos da direita se diluem. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
BRINGEL, Breno. Podemos e Movimentos Cidadãos na Espanha apontam reflexões também para América Latina. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

5.
BRINGEL, Breno. Brasil: resurgen movimientos sociales ante la crisis política. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
BRINGEL, Breno. 4 anos das Jornadas de Junho: como a militância política se transformou?. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
BRINGEL, Breno. Brasil: el que siembra vientos cosecha tempestades. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

8.
BRINGEL, Breno. Homenaje a Aníbal Quijano. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

9.
BRINGEL, Breno. Na oposição, PT deverá dialogar com novos movimentos. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

10.
BRINGEL, Breno. Crisis politica reimpulsa movimientos sociales en Brasil. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

11.
BRINGEL, Breno. La hora de la sociedad civil. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

12.
BRINGEL, Breno. Entrevista a Russia Today - 'El Gobierno Temer: impopular e ilegítimo'. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

13.
BRINGEL, Breno. Protestos de 2013 produziu uma ruptura na esquerda brasileira. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

14.
BRINGEL, Breno. Franceses lutam contra a perda de direitos. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

15.
BRINGEL, Breno. Austeridade e desestabilização política no Brasil. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

16.
BRINGEL, Breno. As semelhanças políticas da América Latina. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

17.
BRINGEL, Breno. Movimentos socias e crise de representação política. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

18.
BRINGEL, Breno. Entrevista en la Radio Chile. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

19.
BRINGEL, Breno. Podemos: das ruas às urnas (entrevista). 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

20.
BRINGEL, Breno. Engajamento militante: onde estão os manifestantes?. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

21.
BRINGEL, Breno. Documentário - Cuando Gobiernan Los Compañeros. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

22.
BRINGEL, Breno. A relação entre o Poder Executivo e os Movimentos Sociais. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

23.
BRINGEL, Breno. Ecos pelo mundo: as mídias, as ruas e as redes. 2013.

24.
BRINGEL, Breno. 'Copa para quem?' Las protestas en Brasil. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

25.
BRINGEL, Breno. Dois padrões de mobilizações: entre os protestos da indignação e a greve. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

26.
BRINGEL, Breno M.. A la vuelta de la esquina: las movilizaciones en Brasil. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

27.
BRINGEL, Breno. Debate sobre a crise econômica na Espanha. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

28.
BRINGEL, Breno. Os movimentos sociais e a política brasileira. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

29.
BRINGEL, Breno. Entrevista sobre eleições em El Salvador. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

30.
BRINGEL, Breno. Debate sobre "Un otro mundo posible en tiempos de crisis". 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

31.
BRINGEL, Breno. TVE Bahia entrevista cientista político Breno Bringel. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

32.
BRINGEL, Breno. Programa de Atualidade da América Latina "Diferente Pero No Mucho" entrevista Breno Bringel. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

33.
BRINGEL, Breno. La actualidad del MST. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

34.
BRINGEL, Breno. Congreso Nacional del MST. 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

35.
BRINGEL, Breno. Participación y elecciones en Guatemala. 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

36.
BRINGEL, Breno. La participación vecinal en la política madrileña. 2006. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

37.
BRINGEL, Breno. O voto eletrônico no Brasil. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

38.
BRINGEL, Breno. O papel das missões de observação eleitoral internacional. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
BRINGEL, Breno; MEDEIROS, Marcelo . Desigualdade de renda é mais alta e estável do que se imaginava no Brasil. 2015; Tema: Blog Scielo em Perspectiva - Humanas. (Blog).

2.
BRINGEL, Breno; NASCIMENTO, M. B. . DADOS discute a recepção e a atualidade de Max Weber em seu 150 aniversário. 2014; Tema: Blog Scielo em Perspectivas - Humanas. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
BRINGEL, Breno M.. Geopolítica del desarrollo y cartografía de los conflictos: movimientos sociales, desarrollo y cooperación (Master en Cooperación Internacional IUDC-UCM). 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
BRINGEL, Breno M.. Séminaire de Recherche EHESS Paris. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
BRINGEL, Breno; ARATA, Nicolás ; STUBRIN, Florencia . Especialização e Curso Internacional 'Políticas Públicas para la Igualdad en América Latina'. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

4.
BRINGEL, Breno; DOMINGUES, JOSÉ MAURÍCIO . Curso de Especialização UERJ 'Política e Sociedade' (Curso Movimentos Sociais, Cidadania e Participação). 2018. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

5.
BRINGEL, Breno; RIBEIRO, Carlos Antonio Costa . DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.61, n.1, 2018). 2018. (Editoração/Periódico).

6.
BRINGEL, Breno. Movimientos sociales y desarrollo (Magíster en Coperación Internacional IUDC-UCM). 2017. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

7.
BRINGEL, Breno; MARTINS, Paulo Henrique . Mini Curso 'Sociologia latino-americana' (SBS - Sociedade Brasileira de Sociologia). 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
BRINGEL, Breno; GARITA, Nora . Workshop Bolsistas de Pós-Doutorado da Associação Latino-americana de Sociologia (ALAS). 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
BRINGEL, Breno; BEIGEL, Fernanda . Seminario de Intercambio / Investigación 'Trabajando en un archivo latinoamericano: la construcción histórica y geopolítica de la sociología' (Doctorado en Ciencias Sociales - Universidad Nacional de Cuyo). 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

10.
BRINGEL, Breno; MICHI, Norma ; VERSIANI, Renata . Mini-curso de Pesquisa Militante na América Latina. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

11.
BRINGEL, Breno; PESSANHA, Charles . DADOS - Revista de Ciências Sociais (n.3, vol.60, especial 50 anos: 1966-2016). 2017. (Editoração/Periódico).

12.
BRINGEL, Breno. DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.60, n.1, 2017). 2017. (Editoração/Periódico).

13.
BRINGEL, Breno. DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.60, n.2, 2017). 2017. (Editoração/Periódico).

14.
BRINGEL, Breno M.. DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.60, n.4, 2017). 2017. (Editoração/Periódico).

15.
BRINGEL, Breno; de la FUENTE, R . Escuela de Técnicas de Investigación. 2016. .

16.
BRINGEL, Breno. Minicurso Pensamiento Crítico e Investigación Acción en América Latina. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

17.
BRINGEL, Breno. DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.59, n.1, 2016). 2016. (Editoração/Periódico).

18.
BRINGEL, Breno. DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.59, n.2, 2016). 2016. (Editoração/Periódico).

19.
BRINGEL, Breno. DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.59, n.3, 2016). 2016. (Editoração/Periódico).

20.
BRINGEL, Breno. DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.59, n.4, 2016). 2016. (Editoração/Periódico).

21.
BRINGEL, Breno; DOMINGUES, José Mauricio . Dossiê NETSAL ? 'Imaginário Moderno e Tendências de Desenvolvimento'. 2016. (Editoração/Outra).

22.
BRINGEL, Breno. DINTER IESP/UERJ-CEFOR - Curso Política Brasileira e Latino-americana. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

23.
BRINGEL, Breno; VERSIANI, Renata ; MALDONADO, Emiliano . Minicurso Pensamento Crítico e Pesquisa Militante na América Latina. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

24.
BRINGEL, Breno. Curso 'Sociología de los movimientos sociales latino-americanos' (Doutorado em Sociologia - UAH Chile). 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

25.
BRINGEL, Breno. DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.58, n.1, 2015). 2015. (Editoração/Periódico).

26.
BRINGEL, Breno; PLEYERS, Geoffrey ; SANTOS, Boaventura de Sousa ; SCHULZ, Markus ; WIEVIORKA, Michel ; Tarrow, Sidney ; ABAZA, Mona ; DELLA PORTA, Donatella ; De SCHUTER, Olivier ; SMITH, Jackie ; BURAWOY, Michael . openMovements: a new project of openDemocracy. 2015. (Editoração/Outra).

27.
BRINGEL, Breno. DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.58, n.2, 2015). 2015. (Editoração/Periódico).

28.
BRINGEL, Breno. DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.58, n.3, 2015). 2015. (Editoração/Periódico).

29.
BRINGEL, Breno. DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.58, n.4, 2015). 2015. (Editoração/Periódico).

30.
BORBA, Pedro ; BRINGEL, Breno ; DOMINGUES, José Mauricio . Dossiê NETSAL 'Sociologia latino-americana II: desenvolvimento e atualidade'. 2015. (Editoração/Outra).

31.
BRINGEL, Breno. Curso 'Mudança social, cidadania e movimentos sociai' (DINTER em Ciência Política - IESP-UERJ e UNEMAT). 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

32.
BRINGEL, Breno. Curso 'Sociología de los movimientos sociales' (Doutorado em Ciências Sociais - Universidad Nacional de Cuyo, Argentina). 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

33.
BRINGEL, Breno. DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.57, n.1, 2014). 2014. (Editoração/Periódico).

34.
BRINGEL, Breno. DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.57, n.2, 2014). 2014. (Editoração/Periódico).

35.
BRINGEL, Breno. DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.57, n.3, 2014). 2014. (Editoração/Periódico).

36.
BORBA, Pedro ; BRINGEL, Breno ; DOMINGUES, José Mauricio . Dossiê NETSAL 'Sociologia latino-americana: originalidade e difusão'. 2014. (Editoração/Outra).

37.
BRINGEL, Breno. DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.57, n.4, 2014). 2014. (Editoração/Periódico).

38.
BRINGEL, Breno. Séminaire Mouvements sociaux et globalisation - École des hautes études en sciences sociales. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

39.
BRINGEL, Breno. Crise Global e Movimentos Sociais (Curso de Especialização - Escola de Políticas Públicas e Governo). 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

40.
BRINGEL, Breno. Geografía del Poder en América Latina. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

41.
BRINGEL, Breno. Teorias das ações coletivas. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

42.
BRINGEL, Breno; PESSANHA, Charles . DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.56, n.1, 2013). 2013. (Editoração/Periódico).

43.
BRINGEL, Breno M.; PESSANHA, Charles . DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.56, n.2, 2013). 2013. (Editoração/Periódico).

44.
BRINGEL, Breno; PESSANHA, Charles . DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.56, n.3, 2013). 2013. (Editoração/Periódico).

45.
BRINGEL, Breno; FARRO, Antimo . Newsletter on Social Movements (Research Committee on Social Classes and Social Movements - ISA) - issue 1/2013. 2013. (Editoração/Outra).

46.
BRINGEL, Breno M.; PESSANHA, Charles . DADOS - Revista de Ciências Sociais (vol.56, n.4, 2013). 2013. (Editoração/Periódico).

47.
ALCANTARA, Livia ; BENZAQUEN, G. ; BORBA, Pedro ; BRINGEL, Breno ; GOMES, Simone . Dossiê NETSAL 'As Jornadas de Junho em perspectiva global'. 2013. (Editoração/Outra).

48.
BRINGEL, Breno. Crisis alimentaria, geopolítica del hambre y resistencias sociales. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

49.
BRINGEL, Breno. Crise global e contestações sociais (Curso de Especialização - Escola de Políticas Públicas e Governo). 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

50.
BRINGEL, Breno. Ativismo social, Indignação e Contestação Política no Mundo Contemporâneo. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

51.
BRINGEL, Breno. Geografia del Poder en América Latina. 2012. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material Didático para Mestrado Virtual sobre Estudos Contemporâneos da América Latina).

52.
BRINGEL, Breno; FARRO, Antimo . Newsletter on Social Movements (Research Committee on Social Classes and Social Movements) - issue 3/2012. 2012. (Editoração/Outra).

53.
BRINGEL, Breno; PESSANHA, Charles . DADOS - Revista de Ciências Sociais (v.55, n.3, 2012). 2012. (Editoração/Periódico).

54.
BRINGEL, Breno; FARRO, Antimo . Newsletter on Social Movements (Research Committee on Social Classes and Social Movements) - issue 4/2012. 2012. (Editoração/Outra).

55.
BRINGEL, Breno; PESSANHA, Charles . DADOS - Revista de Ciências Sociais (v.55, n.4, 2012). 2012. (Editoração/Periódico).

56.
BRINGEL, Breno. Movimientos Sociales en América Latina. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material Didático para Mestrado Virtual sobre Estudos Contemporâneos da América Latina).

57.
BRINGEL, Breno; TOSCANO, Emanuele ; COBURN, Elaine ; GANDU, Yohanna ; HAMANISHI, Eiji ; REBUGHINI, Paola . Crisis, subjectivities and inequalities. 2011. (Editoração/Periódico).

58.
BRINGEL, Breno; JURCZYSZYN, Lukaz . Newsletter on Social Movements (RC-47 - International Sociological Association) - Winter 2011/ Issue 2. 2011. (Editoração/Outra).

59.
BRINGEL, Breno. Movimientos Sociales y Política Social. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material Didático para Mestrado Virtual sobre Estudos Contemporâneos da América Latina).

60.
BRINGEL, Breno; TOSCANO, Emanuele ; COBURN, Elaine ; GANDU, Yohanna ; HAMANISHI, Eiji ; REBUGHINI, Paola . Sociology Upside Down: from System to subjects. 2010. (Editoração/Periódico).

61.
BRINGEL, Breno. Gestão urbana: políticas, planos, planejamentos. 2009. (Debate).

62.
BRINGEL, Breno. Intervenções públicas no urbano. 2009. (Debate).

63.
BRINGEL, Breno. Escuela Complutense de Verano. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

64.
BRINGEL, Breno. Geopolítica de América Latina. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

65.
BRINGEL, Breno. Introdução às teorias dos movimentos sociais. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

66.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. . Ciclos de protesto e ação coletiva no Brasil pós-ditatorial: 1978-2007 (Núm. 2). 2008. (Relatório de pesquisa).

67.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. . Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em Gestão de Projetos Sociais. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

68.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. . Ciclos de protesto e ação coletiva no Brasil pós-ditatorial. 2007. (Relatório de pesquisa).

69.
BRINGEL, Breno. Instituciones y ruralidad en América Latina. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
BRINGEL, Breno; LIMA, Maria Regina Soares; GOMES, Simone. Participação em banca de Marília Bernardes Closs. Violência, Autoridade e Território: ascensão e consolidação do narcotráfico na Colômbia (1975-1990). 2018. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
BRINGEL, Breno; DOMINGUES, José Mauricio; BRASIL JR., Antônio. Participação em banca de Felipe Brito Macedo. Uma Sociologia das Ciências Sociais Latino-americanas: o CLAPCS como movimento intelectual periférico. 2017. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

3.
MARTIN, Eloísa; BRINGEL, Breno; BOTELHO, André. Participação em banca de Raphael Aristide Lebigre. As academias centrais e periféricas na divisão internacional do trabalho intelectual da sociologia: o caso do Cahiers Internacionaux de Sociologie (1950-1980). 2017. Dissertação (Mestrado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
GENTILI, Pablo; BRINGEL, Breno; ALGEBAILE, Eveline; STUBRIN, Florencia. Participação em banca de Betty Ramona Solano Espinosa. Redes empresariais na política educacional: os casos do Brasil e da Colômbia. 2017. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas e Formação Humana) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

5.
VANDENBERGHE, Frédéric; BRINGEL, Breno; ABREU, Maria. Participação em banca de Carolina Peterli. E se a cidade fosse das mulheres?. 2017. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

6.
PERRUSO, Marco Antonio; JORGE, V. L.; BRINGEL, Breno; VIEIRA, Flávia Braga. Participação em banca de Fernanda Moraes Teixeira. Para onde vão as ruas: uma leitura dos protestos de junho de 2013 no Rio de Janeiro. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

7.
TAVARES, Franck; BRINGEL, Breno; MUNDIM, Pedro. Participação em banca de Emilia Gluck de Podestà. Junho de 2013: o impacto das ruas na ciência política brasileira. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Goiás.

8.
BRINGEL, Breno; SOARES, Eliane Veras; CASTRO, Ronaldo Oliveira. Participação em banca de Lília Maria Silva Macêdo. Entre a sociologia e a literatura: Simón Bolívar e a independência em O general em seu labirinto. 2016. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

9.
BRINGEL, Breno; DOMINGUES, José Mauricio; SILVA, Fabricio Pereira. Participação em banca de Rafael Rezende Borges de Araújo. Movimentos Sociais e Estados na América do Sul: Uma análise crítica das pesquisas sobre suas interações. 2016. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

10.
ALONSO, Angela; BRINGEL, Breno; SALLUM, Brasilio. Participação em banca de Maria Mercedes Salgado de Azevedo. Recrutamento em movimentos de alto risco: o caso da Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN). 2016. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

11.
DOMINGUES, José Mauricio; BRINGEL, Breno; MAIA, João Marcelo. Participação em banca de Gabriela de Brito Caruso. Debates sobre a dependência acadêmica. 2016. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

12.
MEDEIROS, Leonilde Servolo de; BRINGEL, Breno; SCHMITT, Claudia. Participação em banca de Ligia Scarpa Bensadon. Tecendo projetos políticos: a trajetória da Articulação Nacional de Agroecologia. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

13.
PINHEIRO, Leticia; BRINGEL, Breno; MALUF, Renato. Participação em banca de Nicolle Garcia Berti. Disputa de hegemonia na integração regional. 2016. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

14.
MIGLIEVICH, Adelia; BRINGEL, Breno; ZORZAL, Marta. Participação em banca de Felipe Moura de Andrade. Os confrontos de Junho de 2013 no Brasil: causas prováveis, significados em disputa, possibilidades históricas. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

15.
BRINGEL, Breno; CAMPOS, Luiz Augusto; ERNANDEZ, Marcelo Macedo. Participação em banca de Ramon Torres Araujo. A redução das ocupações de terra e as mudanças no confronto em torno da reforma agrária no Brasil. 2015. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

16.
CARDOSO, Adalberto; BRINGEL, Breno; FACINA, Adriana. Participação em banca de Hugo Yukio Fujioka Noguchi. Música, tecnologia, informalidade e direitos do autor. 2015. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

17.
JORGE, V. L.; VIEIRA, Flávia Braga; BRINGEL, Breno; PINTO, N. M.. Participação em banca de Maria Julia Giménez. Direitos humanos e(ou) democracia no Brasil: a ação do Instituto Millenium no âmbito do PNDH3. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

18.
Machado, Luiz Antonio; BRINGEL, Breno; SERRA, C. H. A.. Participação em banca de Julio Cesar de Mendonça Santos Filho. Sociedade de controle, guerra às drogas e as favelas do Rio de Janeiro: o caso do Centro de Comando e Controle da UPP da Rocinha. 2015. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

19.
BRINGEL, Breno; CORDEIRO, Andrey; GUIMARAES, Cesar. Participação em banca de Guilherme Figueredo Benzaquen. A revolução como projeto autonomista. 2015. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

20.
BRINGEL, Breno; ZUQUETE, José Pedro; STEIN, Elizabeth. Participação em banca de Livia Moreira Alcântara. Ciberativismo e a dimensão comunicativa dos movimentos sociais: repertórios, organização e difusão. 2014. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

21.
SILVA, Marcelo Kunrath; BRINGEL, Breno; COTANDA, Fernando Coutinho; NAUJORKS, Carlos José. Participação em banca de Matheus Mazzilli Pereira. Enquadramento interpretativo, lógicas de ação e dinâmicas interativas: dilemas em interações entre o movimento dos direitos animais e a grande mídia. 2014. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

22.
BRINGEL, Breno; FERES JR., João; GIORDANO, Veronica. Participação em banca de Pedro dos Santos de Borba. Sociologia histórica como teoria política: a formação dos Estados modernos na Europa e na América Latina. 2014. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

23.
GOMEZ, José Maria; BRINGEL, Breno; ABRAO, Paulo. Participação em banca de Vanessa Gomes Zanella. Movimentos sociais de imigrantes bolivianas/os em São Paulo: uma análise cartográfica e crítica sobre as transformações recentes no campo das migrações. 2014. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

24.
BRINGEL, Breno; ABONIZIO, J.. Participação em banca de Mariana Freitas Gomes de Oliveira. A Marcha da Liberdade e a ação coletiva de confronto na contemporaneidade. 2013. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea) - Universidade Federal de Mato Grosso.

25.
ALONSO, Angela; BRINGEL, Breno; SALLUM, Brasilio. Participação em banca de Rafael de Souza. Saindo do gueto: o movimento homossexual no Brasil (1978-1982). 2013. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

26.
ARAUJO, Clara; BRINGEL, Breno; SCOTTO, Gabriela; ROCHA, Lia. Participação em banca de Joana Emmerick Seabra. Usos da categoria "atingido": o caso dos atingidos pela Vale. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

27.
BRINGEL, Breno; MILANI, Carlos R.S.; MOTTA, Luiz Eduardo. Participação em banca de Humberto Machado de Lima Junior. Ideologias do desenvolvimento: o ISEB e o IPEA como centros produtores de ideologia para o desenvolvimento. 2013. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

28.
DOMINGUES, José Mauricio; BRINGEL, Breno; HOLLANDA, Cristina Buarque de. Participação em banca de Fabricio Cardoso de Mello. O verbo da nação: Movimentos de Liberação da África do Sul do século XX. 2011. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

29.
BRINGEL, Breno; SOTILLO, J. A.. Participação em banca de Cesar Palomino. Comercio justo como estrategia de desarrollo en las zonas rurales del África subsahariana. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado de Cooperação Internacional) - Universidad Complutense de Madrid.

30.
BRINGEL, Breno; SOTILLO, J. A.. Participação em banca de Andrea Baya Saavedra. Mujeres, soberanía alimentaria y estrategia de desarrollo en Bolivia. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado de Cooperação Internacional) - Universidad Complutense de Madrid.

31.
CARDOSO, Adalberto; BRINGEL, Breno; LEITÃO PINHEIRO, Marcia. Participação em banca de Renata Versiani Scott Varella. A Vila Acaba Mundo e a construção de mundos possíveis: reflexões sobre uma experiência de luta pela moradia. 2011. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Teses de doutorado
1.
MANCANO, Bernardo; BRINGEL, Breno M.; GIRARDI, Eduardo P.; SOBREIRO FILHO, José; PAULA, Ricardo Pires. Participação em banca de Carlos Maximiliano Macías Fernández. O processo de transnacionalização dos movimentos socioterritoriais: estudo das transterritorialidades da Via Campesina sobre as proposições de agroecologia e soberania alimentar no confronto político. 2018. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
SILVA, Marcelo Kunrath; BRINGEL, Breno; MARQUES, Teresa; FLEURY, Lorena; NAUJORKS, Carlos José. Participação em banca de Bianca de Oliveira Ruskowski. Ativismo tecnologicamente mediado: transformações do ativismo em plataformas de redes sociais. 2018. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
BRINGEL, Breno; DOMINGUES, JOSÉ MAURÍCIO; GUARNIERI, Fernando; PERRUSO, Marco Antonio; MEDEIROS, Josué. Participação em banca de Gabriel Fernandes Rocha Guimarães. Ascensão e Declínio dos Partidos-Movimento na América Latina: os casos do MAS (Bolívia), Pachakutik (Equador) e Tekojojá (Paraguai). 2018. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

4.
BRINGEL, Breno; VANDENBERGHE, Frédéric; BRENNER, Ana Karina; ARAUJO, Kathya; LOSEKANN, Cristiana. Participação em banca de Livia Moreira de Alcantara. Indignad@s do mundo, uni-vos!: Provas ativistas e os desafios da solidariedade internacionalista com o México na era da individualização. 2018. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

5.
BRINGEL, Breno; GARCIA, Afrânio; DAVILA FILHO, Paulo; PALMEIRA, Moacir; MEDEIROS, Leonilde Servolo de. Participação em banca de Marco Antonio dos Santos Teixeira. Movimentos sociais, ações coletivas e reprodução social: a experiência da Contag (1963-2015). 2018. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

6.
MILANI, Carlos R.S.; LIMA, Maria Regina Soares; BRINGEL, Breno; FUSER, Igor; POMEROY, Melissa. Participação em banca de Renata Albuquerque Ribeiro. Cooperação Sul-Sul em biocombustíveis: interesses e contradições da Política Externa Brasileira em Moçambique (2003-2015). 2018. Tese (Doutorado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

7.
CAROU, H. C.; CABEZAS, Almudena; COLLADO, Angel Calle; BRINGEL, Breno; DEL CAMPO, Esther; TOMAS, Jordi; LOPEZ, Rosa Mecha. Participação em banca de Gabriela Pinheiro Machado Brochner. Articulaciones feministas y procesos de reescalado en América Latina: un estudio del trabajo en red del Movimiento de Mujeres Campesinas (MMC) de Brasil. 2018. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidad Complutense de Madrid.

8.
DOMINGUES, José Mauricio; BRINGEL, Breno; Machado, Luiz Antonio; BRASIL JR., Antônio; MIAGUSKO, Edson. Participação em banca de Fabricio Cardoso de Mello. Assimetria e Contestação: Uma Sociologia Pragmatista das Subjetividades Coletivas. 2017. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

9.
SANTOS, Suzy; BRINGEL, Breno; CABRAL FILHO, Adilson Vaz; RAMOS, Murilo Cesar; MURTINHO, Rodrigo. Participação em banca de Luiz Felipe Ferreira Stevanim. A luta pela comunicação democrática: atores, concepções e práticas do movimento pela democratização da comunicação no Brasil. 2017. Tese (Doutorado em COMUNICAÇÃO E CULTURA) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
POGREBINSCHI, T.; BRINGEL, Breno; SANTOS, Fabiano; SILVA, Fabricio Pereira; SOUZA, Alvaro. Participação em banca de Antonio Armando Ulian do Lago Albuquerque. Comparação entre a participação indígena boliviana e brasileira: a inserção da atuação indígena brasileira no debate democrático e descolonial latino-americano. 2017. Tese (Doutorado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

11.
BRINGEL, Breno; CARDOSO, Adalberto; CAMPOS, Luiz Augusto; LIMA, Marcia; LANDIM, L.. Participação em banca de Uvanderson Vitor da Silva. Cidadania em negro e branco: racialização e (luta contra a) violência de Estado no Brasil. 2017. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

12.
ALONSO, Angela; BRINGEL, Breno; GUIMARAES, Antônio Sergio; LIMA, Marcia; von BULOW, Marisa. Participação em banca de Catalina González Zambrano. Mulheres negras em movimento: ativismo transnacional na América Latina (1980-1995). 2017. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

13.
VELEZ, Fredy Rivera; BRINGEL, Breno; BEIGEL, Fernanda; OTAMENDI, Alejandra; TOUZA, Sebastián. Participação em banca de Gilda Alicia Guerrero Salgado. Redes sociales, segurización y acción colectiva: virtualidad y realidad en el 30S ecuatoriano y en el 15M español. 2017. Tese (Doutorado em Doctorado en Ciencias Sociales) - Universidad Nacional de Cuyo.

14.
COLLADO, Angel Calle; BRINGEL, Breno; LANDALUZE, J. S.; GALLAR, David; CUELLAR, María del Carmen. Participação em banca de Valdemar Arl. Desafios para uma metodologia transformadora na transição agroecológica: uma experiencia de construção social do conhecimento de entidades de ATER no Paraná. 2016. Tese (Doutorado em Doctorado en Agroecología) - Universidad de Córdoba - Espanha.

15.
COLLADO, Angel Calle; BRINGEL, Breno; GALLAR, David; CUELLAR, María del Carmen; CARDOSO, Irene Maria. Participação em banca de Guilherme de Freitas Ewald Strauch. Redes sociotécnicas camponesas: inovações agroecológicas, autonomia, e articulação territorial em Paraty, estado do Rio de Janeiro. 2016. Tese (Doutorado em Doctorado en Agroecología) - Universidad de Córdoba - Espanha.

16.
FALBO, Ricardo; BRINGEL, Breno; COUTINHO, D.; CUNHA, José Ricardo; GONCALVES, Guilherme Leite. Participação em banca de Carolina Alves Vestena. Desigualdade, Direito e Estratégias Políticas: uma análise do processo de institucionalização do Programa Bolsa Família. 2016. Tese (Doutorado em Direito) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

17.
FERES JR., João; BRINGEL, Breno; CAMPOS, Luiz Augusto; WERNECK, Jurema; CARDOSO, Claudia Pons. Participação em banca de Ana Claudia Jaquetto Pereira. Pensamento social e político do movimento e mulheres negras: o lugar do ialodês, orixás e empregadas domésticas em projetos de justiça social. 2016. Tese (Doutorado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

18.
POGREBINSCHI, T.; BRINGEL, Breno; CHEIBUB, Argelina; LOSEKANN, Cristiana; BERNARDES, Marcia Nina. Participação em banca de Adriana Marques Aidar. O Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoção de Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (CNCD/LGBT): entraves e possibilidades de participação na elaboração e implementação de políticas públicas. 2016. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

19.
ESPIÑEIRA GONZALEZ, M. V.; BRINGEL, Breno; ROMAO, Wagner; OLIVEIRA, A. E. A.; BRITO, A. M. F.. Participação em banca de Claudio André de Souza. Partidos políticos e repertórios de mobilização: os novos personagens e o movimento estudantil da UFBA. 2016. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia.

20.
GUIMARAES, Cesar; BRINGEL, Breno; SANTOS, Fabiano; GUIMARAES, Juarez; MONTENEGRO, Darlan. Participação em banca de Josué Medeiros. Para além do lulismo: o fazer-se do petismo na política brasileira (1980-2016). 2016. Tese (Doutorado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

21.
BRINGEL, Breno; SILVA, Marcelo Kunrath; SOARES, Cassio Cunha; CAVALCANTI, Mariana; Machado, Luiz Antonio. Participação em banca de Simone da Silva Ribeiro Gomes. Oportunidades políticas e estratégias militantes em contextos de violência rotinizada: uma comparação entre a Zona Oeste do Rio de Janeiro (Brasil) e Guerrero (México). 2016. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

22.
GUIMARAES, Cesar; BRINGEL, Breno; LIMA, Maria Regina Soares; SCHAVELZON, Salvador; SARTI, Ingrid. Participação em banca de Clayton Mendonça Cunha Filho. A construção do horizonte plurinacional: liberalismo, indianismo e nacional-popular na formação do Estado boliviano. 2015. Tese (Doutorado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

23.
VANDENBERGHE, Frédéric; BRINGEL, Breno; SAFATLE, Vladimir; JOURDAN, Camila; PERRUSI, Artur. Participação em banca de Marcos Aurélio Lacerda da Silva. Discurso sociológico da modernidade. 2015. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

24.
BRINGEL, Breno; BURITY, Joanildo; SOARES, Eliane Veras; MARTINS, Paulo Henrique; COSTA LIMA, Marcos. Participação em banca de Vamberto Fernandes Spinelli Júnior. Configurações do "movimento vicinal" na cidade de El Alto (Bolívia): práticas articulatórias, contextos de conflitividade e sociabilidades políticas emergentes. 2014. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de Pernambuco.

25.
Machado, Luiz Antonio; BRINGEL, Breno; DOMINGUES, José Mauricio; LEITE, Márcia Pereira; ESPINOZA, Vicente. Participação em banca de Alexis Omar Cortés Morales. Favelados e pobladores nas ciências sociais: A construção teórica de um Movimento Social. 2014. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

26.
MEDEIROS, Leonilde Servolo de; BRINGEL, Breno; COCCO, Giuseppe; ANTOUN, Henrique; WILKINSON, John; SCHMITT, Claudia. Participação em banca de Marcelo Castañeda de Araujo. Ação coletiva com a internet: reflexões a partir da Avaaz. 2014. Tese (Doutorado em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

27.
SILVA, Sérgio Luiz Pereira da; BRINGEL, Breno; MELLO, D. M.; PIRES, Maria da Conceição Francisca; CAMURCA, M. A.; PIMENTA, R. M.. Participação em banca de Eladir Fátima Nascimento dos Santos. Disputas de memórias: memória e identidade do Movimento Revolucionário Oito de Outubro (1975-1985). 2014. Tese (Doutorado em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

28.
DOMINGUES, José Mauricio; BRINGEL, Breno; FERES JR., João; MAYORGA, Claudia; FIGUEIREDO, Angela. Participação em banca de Cristiano dos Santos Rodrigues. Movimentos Negros, Estado e Participação Institucional no Brasil e Colômbia em Perspectiva Comparada. 2014. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

29.
DOMINGUES, José Mauricio; BRINGEL, Breno; LAZARO, André; SILVA, Fabricio Pereira; BARTOLOZZI, Eliza. Participação em banca de Florencia Stubrin. Mobilização social e reformas do Estado: alternativas políticas e educação na América Latina contemporânea. 2014. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

30.
FERES JR., João; BRINGEL, Breno; CENEVIVA, Ricardo; COLLACO, Janine; BURLANDY, Luciane. Participação em banca de Thiago Gomide Nasser. Comer e Poder: o lugar da política no discurso gastronômico contemporâneo. 2014. Tese (Doutorado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

31.
BRINGEL, Breno; Machado, Luiz Antonio; DOMINGUES, José Mauricio; MEDEIROS, Leonilde Servolo de; ROSA, Marcelo. Participação em banca de Carolina Burle de Niemeyerr. Movimentos sociais como produtores de conhecimento: a Soberania Alimentar no Movimento de Pequenos Agricultores. 2014. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

32.
BRINGEL, Breno; ARAUJO, F. G. B.; ACSELRAD, Henri; FAVERO, Osmar; MEDEIROS, Leonilde Servolo de; PERRUSO, Marco Antonio. Participação em banca de Carmen Verônica dos Santos Castro. A Dimensão Social da Experiência entre o Movimento Sem Terra e a Universidade: o caso do curso Teorias Sociais e Produção do Conhecimento na UFRJ. 2013. Tese (Doutorado em Planejamento Urbano e Regional) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

33.
DOMINGUES, José Mauricio; BRINGEL, Breno; STEIN, Elizabeth; GERSCHMAN, Silvia; MENDONCA, M. H.. Participação em banca de Daniela Tranches de Melo. A influência dos movimentos sociais na normatização e efetivação das políticas públicas: a experiência do Movimento Sanitário e do SUS. 2013. Tese (Doutorado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

34.
GUIMARAES, Cesar; ANTUNES, Ricardo; BRINGEL, Breno M.; VANDENBERGHE, Frédéric; CERQUEIRA FILHO, Gisalio. Participação em banca de Clarisse Toscano de Araújo Gurgel. O espelho do invisível: a constituição do sujeito revolucionário em tempos de ação performática. 2013. Tese (Doutorado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

35.
SCHERER-WARREN, Ilse; BRINGEL, Breno; LUCHMAN, Ligia Helena; MUNANGA, Kabengele; SILVA, Vânia Beatriz. Participação em banca de Marilise Luiza Martins dos Reis. Diáspora como movimento social: políticas de combate do racismo numa perspectiva transnacional. 2012. Tese (Doutorado em Sociologia Política) - Universidade Federal de Santa Catarina.

36.
FERES JR., João; BRINGEL, Breno; GENTILI, Pablo; JOHNSON, Ollie; MENDES, Amauri. Participação em banca de Márcio André de Oliveira dos Santos. Políticas Raciais Comparadas: Movimentos negros e Estado no Brasil e na Colômbia. 2012. Tese (Doutorado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

37.
CARVALHO, Maria Alice; BRINGEL, Breno; BURGOS, Marcelo; WERNECK VIANNA, Luiz; EISENBERG, José. Participação em banca de Ana Paula Soares Carvalho. Estatuto da Cidade e juridificação da reforma urbana no Brasil. 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

38.
GUIMARAES, Cesar; BRINGEL, Breno; TRAJANO, João; SARTI, Ingrid; FIGUEIREDO, André. Participação em banca de Cassio Cunha Soares. Sobre o significado da experiência de autogoverno zapatista. 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

39.
POGREBINSCHI, T.; BRINGEL, Breno; FERES JR., João; MACHADO, F.; GUIZARDI, F.. Participação em banca de Felipe Dutra Asensi. Práticas sociais de efetivação e reivindicação do direito à saúde: uma análise do Brasil e Portugall. 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

40.
CUNHA, L. H. H.; BRINGEL, Breno; BARONE, Luis Antonio; GOMES, R. A.; LIMA, E. C. A.. Participação em banca de Fabya dos Reis Santos. A construção da representação política do MST na Bahia e sua contribuição ao processo de democratização da ampla política: uma experiência no fio da navalha. 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Campina Grande.

Qualificações de Doutorado
1.
SZWAKO, José; ADELMAN, Miriam; BRINGEL, Breno. Participação em banca de Mariane Silva Reghim. Mulheres em teorias, mulheres em movimentos: uma crítica feminista das teorias e dos teóricos dos movimentos sociais. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
FAZITO, Dimitri; SALEJ, Silvio; BRINGEL, Breno; MENDONCA, Ricardo Fabrino. Participação em banca de Alexandre Silva Nogueira. Mudanças no ativismo de direita no Brasil: uma análise a partir do caso de Belo Horizonte-MG (2013 ? 2018). 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
BRINGEL, Breno; ERNANDEZ, Marcelo Macedo; MAGALHAES, Eleonora. Participação em banca de Raul Nunes de Oliveira. História do ciberativismo no Brasil. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

4.
BRINGEL, Breno; GARCIA, Afrânio; ROSA, Marcelo. Participação em banca de Felipe Macedo. Produções discursivas e mobilizações políticas periféricas: o campo intelectual tanzaniano e o desenvolvimento do socialismo africano. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

5.
VANDENBERGHE, Frédéric; BRINGEL, Breno; BRASIL JR., Antônio. Participação em banca de Alberto Luis Cordeiro. Sociologia e imaginação: elementos para uma sociologia da imaginação sociológica clássica. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

6.
BRINGEL, Breno; CIRIZA, Alejandra; DAFLON, Veronica Toste. Participação em banca de Lilia Maria Silva Macedo. América independente, mulheres independentes: as mulheres nas lutas pela independência política a partir de imaginários literários contemporâneos. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

7.
BRINGEL, Breno; GONCALVES, Guilherme Leite; VIEIRA, Flávia Braga. Participação em banca de Rafael Rezende Borges de Araujo. Transgredindo fronteiras: ação política e movimentos sociais para além da comunidade política territorializada. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

8.
DOMINGUES, José Mauricio; BRINGEL, Breno; SORJ, Bila. Participação em banca de Gabriela de Brito Caruso. A institucionalização dos estudos de gênero no Brasil. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

9.
SILVA, Graziella Moraes; BRINGEL, Breno; WERNECK, Alexandre. Participação em banca de Gabriela Montez. Entre a 'educação para a diversidade' e a 'ideologia de gênero': a disputa entre movimentos sociais e a construção de fronteiras simbólicas. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
BRINGEL, Breno; DOMINGUES, José Mauricio; MENDONCA, Ricardo Fabrino. Participação em banca de Natasha Bachini Pereira. Movimentos sociais, indignação e transformações das identidades coletivas: Jornadas de Junho e 15M em perspectiva comparada. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

11.
VILLAS BOAS, Pedro; BRINGEL, Breno; ROMANELLI, San. Participação em banca de Marcelo Barbosa Miranda Borel. Sociedade civil e violência política: justificativas em torno do uso da violência como instrumento de ação política. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

12.
CARDOSO, Adalberto; BRINGEL, Breno; ROMANI, Carlo. Participação em banca de Pedro Faria Cazes. Intelectuais e militantes libertários no movimento operário do Rio de Janeiro na Primeira República: circulação de ideias e modernidade política. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

13.
CARDOSO, Adalberto; BRINGEL, Breno; LOPES, José Sergio Leite. Participação em banca de Miriam Starosky. Governos petistas: projeto de bem-estar social e formação de classe. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

14.
BRINGEL, Breno M.; GERBAUDO, Paolo; SZWAKO, José. Participação em banca de Livia Moreira de Alcântara. Práticas comunicativas e movimentos sociais: ações coletivas de migrantes mexicanos. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

15.
MILANI, Carlos R.S.; BRINGEL, Breno; LIMA, Maria Regina Soares. Participação em banca de Juliana Ramos Luiz. O germinar de um meta-poder brasileiro? Uma análise multinivel do processo decisório de política externa sobre a agenda da agricultura familiar em organismos internacionais. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

16.
ALONSO, Angela; BRINGEL, Breno; BLAY, Eva. Participação em banca de Catalina Gonzalez Zambrano. Ativismo transnacional e redes de ativismo na América Latina: as mulheres negras em movimento. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA) - Universidade de São Paulo.

17.
ZALUAR, Alba; BRINGEL, Breno; VANDENBERGHE, Frédéric. Participação em banca de Maria Eduarda Ota. Mães na linha de frente: maternidade e ativismo político a partir de mães de vítimas da violência do Estado. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

18.
GENTILI, Pablo; BRINGEL, Breno; SANTOS, Boaventura de Sousa; SANTOS, Theotônio; GUELMAN, Leonardo. Participação em banca de Ana Lucia Ribeiro Pardo. Jovens Protestam nas ruas do Brasil. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Políticas Públicas e Formação Humana) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

19.
BRINGEL, Breno; GENTILI, Pablo; ALIMONDA, Héctor. Participação em banca de Tania Mara dos Santos Bernardelli. Movimentos sociais e agroecologia na América Latina: um estudo comparado entre as Escolas Latino-americanas de CLOC-Via Campesina. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

20.
BRINGEL, Breno; REIS, Elisa; GUIMARAES, Cesar. Participação em banca de Pedro dos Santos de Borba. Política moderna como processo histórico: análise comparada dos Estados pós-coloniais na América Latina. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

21.
RAMALHO, José Ricardo; BRINGEL, Breno; PESSANHA, Elina. Participação em banca de Rosina Pérez Menafra. Catadores de materiais recicláveis no Brasil e no Uruguai. Estudo da construção de um movimento social e seu contexto em perspectiva comparada. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

22.
BRINGEL, Breno; BOSCHI, Renato; MEDEIROS, Leonilde Servolo de. Participação em banca de Marcos Paulo Campos. Os sentidos da reforma agrária no Lulismo. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

23.
BRINGEL, Breno; CARDOSO, Adalberto; PALMEIRA, Moacir. Participação em banca de Marco Antônio dos Santos Teixeira. Movimentos sociais no Brasil contemporâneo: dicotomias analíticas, temporalidade da ação e perspectivas relacionais. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

24.
BRINGEL, Breno; SANTOS, Fabiano; FALERO, A.. Participação em banca de Gabriel Fernandes Rocha Guimarães. Partidos-movimento, etnicidade e mobilização na América Latina: as bases sociais das experiências paraguaia e equatoriana em perspectiva comparada. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

25.
BRINGEL, Breno; BOCAYUVA, Cunca; DOMINGUES, José Mauricio. Participação em banca de Humberto Machado Lima Junior. O Movimento Passe Livre e a reconfiguração do campo democrático-popular no Brasil. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

26.
CARDOSO, Adalberto; BRINGEL, Breno; PESSANHA, Elina. Participação em banca de Alexander David Anton Couto Englander. Democracia e conflito social no Brasil: uma complexa relação entre ação coletiva e formação da cidadania. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

27.
BRINGEL, Breno M.; Machado, Luiz Antonio; PERRUSO, Marco Antonio. Participação em banca de Simone da Silva Ribeiro Gomes. As oportunidades políticas para jovens da Zona Oeste do Rio de Janeiro. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

28.
BRINGEL, Breno; GENTILI, Pablo; COLLADO, Angel Calle. Participação em banca de Renata Versiani Scott Varella. A pesquisa militante na América Latina: uma proposta interpretativa para a compreensão dos movimentos sociais latino-americanos. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

29.
DOMINGUES, José Mauricio; BRINGEL, Breno; ROSA, Marcelo. Participação em banca de Fabricio Cardoso de Mello. Modernidade, Desenvolvimento e Política na África Contemporânea: A Difusão Transnacional do Programa de Confronto da Boa Governança e os Casos do LPM e do NCA. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

30.
BRINGEL, Breno; CARDOSO, Adalberto; PAIVA, Angela. Participação em banca de Uvanderson Vitor da Silva. Em nome de "outras" juventudes: mobilização política de combate à violência contra a juventude negra. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

31.
MEDEIROS, Leonilde Servolo de; BRINGEL, Breno; SCHMITT, Claudia; ANTOUN, Henrique. Participação em banca de Marcelo Castañeda. Ação coletiva e internet: um estudo sobre a Avaaz. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Curso de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

32.
CARDOSO, Adalberto; BRINGEL, Breno; Machado, Luiz Antonio. Participação em banca de Rachel Barros de Oliveira. A produção sócio-histórica de Manguinhos e as perspectivas do feminino na constituição do direito à cidade. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

33.
DOMINGUES, José Mauricio; BRINGEL, Breno; SILVA, Fabricio Pereira. Participação em banca de Joyce Louback Lourenço. Democracia e Direito na América Latina: um estudo comparativo das constituições de Equador, Argentina e Brasil. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

34.
MUTZENBERG, Remo; BRINGEL, Breno; WEBER, Silke; SOARES, Eliane Veras. Participação em banca de Vamberto Fernandes Spinelli Júnior. Configurações do movimento indígena-popular boliviano, sociabilidades alternativas e novas institucionalidades democráticas: um enfoque desde a dinâmica movimentalista na cidade de El Alto. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal de Pernambuco.

35.
SILVA, Sérgio Luiz Pereira da; BRINGEL, Breno; ALEXANDRE, A.F.; ORRICO, E. G. D; PIRES, Maria da Conceição Francisca. Participação em banca de Eladir Fátima Nascimento dos Santos. Memória e Identidade do Movimento Revolucionário Oito de Outubro (1975-1985). 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

36.
Machado, Luiz Antonio; BRINGEL, Breno; LEITE, Márcia Pereira. Participação em banca de Alexis Cortés Morales. ?Uma luta maior que uma casa?: Pobladores e Favelados como atores políticos. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

37.
FERES JR., João; BRINGEL, Breno; HERINGER, R.R.. Participação em banca de Ana Claudia Jaquetto Pereira. Discursos, atores e disenso no debate sobre política de saúde da população negra. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
ALONSO, Angela; BRINGEL, Breno; BOTELHO, André. Banca/Comissão Examinadora de Concurso Público para Professor Adjunto de Sociologia Política no IESP-UERJ. 2015. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Avaliação de cursos
1.
BRINGEL, Breno; VEIGA, Danilo. Avaliação Programas Universitários - Comisión Sectorial de Investigación Científica (Uruguai). 2014. Comisión Sectorial de Investigación Científica.

Outras participações
1.
HOFFMANN, Andrea; MOTTA, Antonio; BRINGEL, Breno; FERREIRA, Bernardo; TEIXEIRA, Carla; CARVALHO, Maria Alice; SCHUCH, Patrice; DANTAS NETO, Paulo Fabio; MEUCCI, Simone. Comissão Julgadora do Concurso de Melhores Teses e Dissertações da ANPOCS. 2018. Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais.

2.
BRINGEL, Breno. Comitê Avaliador 2017-2018 da Bolsa Presidente Néstor Kirchner (Universidad Nacional de San Martín/Argentina e The New School/Estados Unidos). 2017. New School for Social Research.

3.
BRINGEL, Breno. Comissão Julgadora dos Concursos ANPOCS (2017-2018). 2017. Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais.

4.
BRINGEL, Breno; LAVALLE, Adrian Gurza; MENEGHINI, Rogério; PACKER, Abel. XLVIII Reunião do Comitê Consultivo SciELO Brasil (comissão de avaliação de periódicos científicos para possível ingresso na Coleção SciELO. 2017. Scientific Electronic Library Online.

5.
BRINGEL, Breno. Comissão Julgadora dos Prêmios "Sociólogos do Futuro" - Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS). 2017. Sociedade Brasileira de Sociologia.

6.
BRINGEL, Breno. Comissão Julgadora do Prêmio Pedro Krotsch de Estudos Sobre a Universidad (CLACSO e Instituto Gino Germani - Universidad de Buenos Aires). 2017. Universidad de Buenos Aires.

7.
PACKER, Abel; LAVALLE, Adrian Gurza; BRINGEL, Breno. XLIX Reunião do Comitê Consultivo SciELO Brasil (comissão de avaliação de periódicos científicos para possível ingresso na Coleção SciELO) - setembro. 2017. Scientific Electronic Library Online.

8.
BRINGEL, Breno; VALLE SILVA, Nelson do; CAVALCANTI, Mariana. Banca de Seleção de Pós-doutorado PNPD-CAPES. 2016. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

9.
BRINGEL, Breno; LAVALLE, Adrian Gurza; PACKER, Abel. XLVII Reunião do Comitê Consultivo SciELO Brasil (julgamento de periódicos científicos brasileiros para ingresso no SciELO Brasil). 2016. Scientific Electronic Library Online.

10.
BRINGEL, Breno; GUTMAN, Margarita. Comitê Avaliador da 4a Edição da Bolsa Presidente Néstor Kirchner (Universidad Nacional de San Martín/Argentina e The New School/Estados Unidos). 2014. Universidad Nacional de General San Martín.

11.
BRINGEL, Breno; BARREIRA, Cesar; GIANATELLI, Natalia; GOHN, M.G.. Concurso Prêmio de Ensaios CLACSO Eder Sader. 2014. Consejo Latino-Americano de Ciencias Sociales - Argentina.

12.
BRINGEL, Breno; CHEIBUB, Argelina; SANTOS, Fabiano; VILLAS BOAS, Pedro; ZALUAR, Alba. Banca de seleção - Mestrado e Doutorado IESP-UERJ. 2014. Instituto de Estudos Sociais e Políticos.

13.
BRINGEL, Breno. Avaliação Prêmio de Iniciação Científica UNIRIO. 2014. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

14.
BRINGEL, Breno M.; CHEIBUB, Argelina; VANDENBERGHE, Frédéric. Comissão de seleção de melhor tese de doutorado. 2013. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

15.
BRINGEL, Breno. Comissão do Concurso Brasileiro ANPOCS de Obras Científicas e Teses Universitárias em Ciências Sociais. 2013. Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais.

16.
BRINGEL, Breno; GUIMARAES, Cesar; LIMA, D.. Comissão de seleção de melhor tese de doutorado. 2012. Instituto de Estudos Sociais e Políticos.

17.
BRINGEL, Breno; DOMINGUES, José Mauricio; FRIDMAN, L.. Banca Examinadora de Revalidação de Diploma de Doutorado em Sociologia. 2012. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

18.
BRINGEL, Breno; FERES JR., João; MILANI, Carlos R.S.; GUIMARAES, Cesar; VALLE SILVA, Nelson do. Banca de Seleção Mestrado IESP-UERJ. 2011. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

19.
BRINGEL, Breno; FERES JR., João; GUIMARAES, Cesar; MILANI, Carlos R.S.; VALLE SILVA, Nelson do. Banca de Seleção Doutorado IESP-UERJ. 2011. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
42 Encontro Anual da ANPOCS. Forum SBS-ANPOCS Internacionalização da Sociologia no Brasil. 2018. (Congresso).

2.
42 Encontro Anual da ANPOCS. Coloquio Aferindo a qualidade dos periódicos no Brasil e a geopolítica do conhecimento. 2018. (Congresso).

3.
42 Encontro Anual da ANPOCS. Mesa Redonda "Cinco anos depois de Junho de 2013: política, democracia e as esquerdas no Brasil". 2018. (Congresso).

4.
8 Conferencia Latinoamericana y Caribeña de Ciencias Sociales - CLACSO. La política de las calles. 2018. (Congresso).

5.
Debate Fondo de Cultura Ecónomica. Cambio de era en Brasil. 2018. (Exposição).

6.
Diálogos Iberoamericanos Ciudades, Territorios y Cultura para la Sostenibilidad.Municipalismo, movimientos sociales y agroecología. 2018. (Seminário).

7.
Encontro "Defendendo a terra: extrativismo, conflitos e alternativas na América Latina e no Caribe".Geopolítica do poder e das resistências. 2018. (Encontro).

8.
Segundas Jornadas Internacionales Populismos y Nacionalismos en la Nueva Esfera Pública.El agotamiento de la Nueva República en Brasil: ciclos políticos y trayectorias de (des)encuentros entre lo nacional y lo popular. 2018. (Seminário).

9.
Seminaire EHESS Paris - Mouvements sociaux à l?âge global: démocratie et environnement.Les mouvements sociaux dans un monde polarisé. 2018. (Seminário).

10.
Seminaire Le coup d?état de 2016 et l?avenir de la démocratie au Brésil.Dérive réactionnaire et crise des gauches. 2018. (Seminário).

11.
Seminário OPSA "América do Sul em debate: perspectivas dos últimos 15 anos".Movimentos sociais na América do Sul: 2003-2018. 2018. (Seminário).

12.
Seminario Retos de las Agendas de Investigación en América Latina.Construyendo un proyecto latinoamericano: el CLAPCS y la construcción histórica y geopolítica de las ciencias sociales en/de la región. 2018. (Seminário).

13.
VII Congreso Internacional de Agroecología. Investigación participativa y militante. 2018. (Congresso).

14.
VII Congreso Internacional de Agroecología. Diálogo de saberes y agroecología política: construcción colectiva de caminos para la soberanía alimentaria. 2018. (Congresso).

15.
VI Seminário da Educação Brasileira. Movimentos sociais e educação no cenário atual. 2018. (Congresso).

16.
XIX ISA World Congress of Sociology. Movements and Scholars as Knowledge Producers in the Global South (com Boaventura de Sousa Santos e Sujata Patel). 2018. (Congresso).

17.
XIX World Congress of Sociology. Five Years after June 2013: Progressive and Conservative Movements in Brazil. 2018. (Congresso).

18.
XXXVI Congresso Internacional da LASA. Trayectorias, experiencias y encuentros transnacionales de la investigación militante: diálogos América Latina ? Europa. 2018. (Congresso).

19.
18 Congresso Brasileiro de Sociologia. Estudos sobre os movimentos sociais na academia no Brasil: pesquisas e abordagens teórico-metodológicas - com Maria da Glória Gohn. 2017. (Congresso).

20.
18 Congresso Brasileiro de Sociologia. Mesa Redonda "Da indignação à polarização: cultura, protestos e movimentos sociais no mundo contemporâneo" (com Angela Alonso, Maria da Gloria Gohn e Alfredo Falero). 2017. (Congresso).

21.
20 años no es nada: aportes de la sociología en la Universidad Nacional de Villa Maria - UNVM.Trayectorias de la sociología latinoamericana. 2017. (Encontro).

22.
38 Encontro Nacional ANPEd. Movimentos sociais e ações coletivas: o contexto latino-americano de lutas e resistências (Sessão Especial com Marilia Sposito e Veronica Filardo). 2017. (Congresso).

23.
41 Encontro Anual da ANPOCS. Entre as ruas e os gabinetes: institucionalização e contestação nos movimentos sociais (debatedor). 2017. (Congresso).

24.
41 Encontro Anual da ANPOCS.Experiências e estratégias dos periódicos das ciências sociais perante o novo cenário de editoração cientifica. 2017. (Encontro).

25.
41 Encontro Anual da ANPOCS.Pablo González Casanova e Rodolfo Stavenhagen no Brasil: circulação internacional e a construção intelectual do conceito de colonialismo interno (GT23 - Pensamento Social Brasileiro). 2017. (Encontro).

26.
41 Encontro Anual da ANPOCS.Desdemocratizações do Norte ao Sul Global: a onda das pós-democracias? (Mesa Redonda com Céli Pinto, Luis Felipe Miguel e Luciana Ballestrin). 2017. (Encontro).

27.
Coloquio 50 años de CLACSO - Miradas al Futuro de América Latina. La ciencia, el saber y la colonialidad del saber (Sesión Especial de Homenaje a Aníbal Quijano - con Joanne Rappaport, Catalina Toro e Juan Manuel Delgado). 2017. (Congresso).

28.
Conferencia Brasil Contemporáneo - Instituto Gino Germani, Universidade de Buenos Aires).Crisis, protestas y polarización política en Brasil (com José Mauricio Domingues, Lorena Soler e Julián Rebón). 2017. (Encontro).

29.
Encuentro del GT CLACSO Teoría Social y Realidad Latinoamericana.Matrices político-ideológicas, movimientos sociales y conflictos societales: una lectura teórica desde América Latina. 2017. (Encontro).

30.
Encuentro MERCOSUR Internacionalización Académica en el Cono Sur.El estado de las investigaciones sobre internacionalización académica en Brasil, Argentina y Chile. 2017. (Seminário).

31.
III Encontro Internacional Participação, Democracia e Politicas Publicas.Movimentos sociais em interação com o Estado: dinâmicas e efeitos (debatedor grupo de trabalho). 2017. (Encontro).

32.
III Encontro Internacional Participação, Democracia e Políticas Públicas.Movimentos sociais, protestos e democracia. 2017. (Encontro).

33.
III Encontro Internacional Participação, Democracia e Políticas Públicas.Anticapitalismo, democracia radical e sociabilidades emergentes (debatedor grupo de trabalho). 2017. (Encontro).

34.
Jornadas Latinoamericanas de Sociología (Córdoba, Argentina) - La Teoría Social Hoy en América Latina. Poder, desigualdad y desarrollo en América Latina: el compromiso de la práctica sociológica. 2017. (Congresso).

35.
Jornadas Latinoamericanas de Sociología - La Teoría Social Hoy en América Latina. Sociologías del presente en América Latina. 2017. (Congresso).

36.
Palestra PPGCP-UFG.A construção teórica e geopolítica das ciências sociais latino-americanas. 2017. (Encontro).

37.
Pre ALAS 2017 - As Encruzilhadas Abertas da América Latina.Movimentos sociais, redes e espaços de empoderamento de sujeitos coletivos e de participação cidadã na América Latina. 2017. (Seminário).

38.
Seminario.Geopolitica das (semi)periferias - com Theotônio do Santos e Maria Lois. 2017. (Seminário).

39.
Seminário Comparação e Circulação de Ideias - USP.O CLAPCS e a circulação da sociologia latino-americana. 2017. (Seminário).

40.
Seminario Latinoamericano de Investigación Militante.Investigación Militante: teoría, práctica y método (conferencia inaugural - com Carlos Rodrigues Brandão e Humberto Tomassino). 2017. (Seminário).

41.
Seminário Pensamento Social IFCS-UFRJ. Fronteiras das ciências sociais: a experiência do CLAPCS e o lugar do Brasil na América Latina. 2017. (Exposição).

42.
Seminário Pensar a América Latina: panorama político e cultural.Movimentos sociais e disputas pela terra e pelo território na América Latina (aula inaugural). 2017. (Seminário).

43.
Seminario Postdoctoral ALAS - Costa Rica.Movimientos sociales y el nuevo ciclo político en América Latina. 2017. (Seminário).

44.
Seminário Regimes e Instituições Políticas - Instituto de Ciências Sociais (ICS) - Lisboa.Movimentos sociais, polarização e crise política no Brasil. 2017. (Seminário).

45.
Seminario Universidad y Movimientos Sociales en América Latina: actualidad de un vínculo tenso.Muros y/o puentes: ambivalencias en las relaciones entre movimientos sociales y universidades. 2017. (Encontro).

46.
Taller Retos de las Agendas de Investigación en América Latina - Universidad Complutense de Madrid.Movimientos sociales, gobiernos progresistas y Estado en América Latina: mediaciones políticas y desafíos teórico-metodológicos. 2017. (Encontro).

47.
XXX Congreso de la Asociación Latinoamericana de Sociología - ALAS Uruguay. Movimientos sociales en la década de 2010. 2017. (Congresso).

48.
XXXV International Congress of the Latin American Studies Association. From June 2013 protests to the coup d?état: polarization, social movements and political crisis in Brazil. 2017. (Congresso).

49.
10 Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política. 50 anos da Dados: revistas científicas, memória e tendências da Ciência Política brasileira (Sessão Especial com Cesar Guimarães, Charles Pessanha e André Marenco). 2016. (Congresso).

50.
10 Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política. O exilio como ativismo transnacional na América Latina: padrões de ação política e redes (in)formais. 2016. (Congresso).

51.
40 Encontro Anual da ANPOCS.Sessão Especial "50 anos da Revista DADOS: trajetórias das Ciências Sociais e da editoração científica no Brasil" - com Adrian Gurza Lavalle, Charles Pessanha, João Feres Jr e José Ricardo Ramalho. 2016. (Encontro).

52.
40 Encontro Anual da ANPOCS.Simpósio de Conjuntura Social da ANPOCS - com Angela Alonso, Regina Novaes e Antonio Carlos de Souza Lima. 2016. (Encontro).

53.
40 Encontro Anual da ANPOCS.Fronteiras do pensamento social brasileiro e latino-americano: reconstrução institucional e circulação intelectual na experiência do CLAPCS (1957-1976). 2016. (Encontro).

54.
Clase Magistral IDEA-USACH Chile.Polarización, movimientos sociales y crisis política en Brasil: de las protestas de Junio de 2013 al golpe de Estado de 2016". 2016. (Encontro).

55.
Conferencia Instituto de Estudios Avanzados (IDEA) - Chile. Movimientos Sociales Contemporáneos. 2016. (Exposição).

56.
Conferência Internacional "O Imaginário Moderno e as Tendências de Desenvolvimento da Modernidade".Modern social movements and imaginaries of development. 2016. (Seminário).

57.
Debate Fondation Maison des Sciences de l'homme - Paris.Mouvement sociaux: quand le sujet devient acteur (debate com Geoffrey Pleyers, Michel Wieviorka e Alain Touraine). 2016. (Outra).

58.
Groupe de Réflexion sur le Brésil Contemporaine - EHESS Paris (coordenado por Afrânio Garcia).Mouvements sociaux dans le Brésil contemporain. 2016. (Seminário).

59.
III International Sociological Association - ISA Forum of Sociology. Social Actors and Latin American Social Thought: contributions for decanting social movement studies. 2016. (Congresso).

60.
III International Sociological Association - ISA Forum of Sociology. Social Movements, Digital Activism and Patterns of Global Contestation. 2016. (Congresso).

61.
II Seminário Discente IESP-UERJ.Desafios da democracia brasileira. 2016. (Seminário).

62.
International Conference "Social Movements in the 2010s".Cultural perspectives on social movements. 2016. (Seminário).

63.
Séminaire "Mouvements sociaux à l'âge global : démocratie et écologie", coordenado por Geoffrey Pleyers (Collège d'études mondiales Paris).Coup d'Etat Brésil : Polarisation politique et mouvements sociaux. 2016. (Seminário).

64.
Séminaire "Mouvements sociaux à l'âge global : démocratie et écologie", coordenado por Geoffrey Pleyers (Collège d'études mondiales Paris).Mouvements globaux et formes d'internationalisation des mouvements contemporains. 2016. (Seminário).

65.
Seminaire CRBC-EHESS - Regards croisés sur la crise politique de 2016: où en est la démocratie au Brésil?.Les mouvements sociaux et la crise au Brésil: de Juin 2013 au coup d'Etat. 2016. (Seminário).

66.
Seminário Diálogos Latino-americanos "Movimentos Sociais, relações étnico-raciais e bem-viver na América Latina".Movimentos Sociais e Bem Viver na América Latina (Conferência Inaugural). 2016. (Seminário).

67.
Seminário Futuros do Brasil - Crise atual e alternativas de longo prazo.O horizonte do futuro. 2016. (Seminário).

68.
Seminário Internacional Freie Universitat Berlin - Interacciones, disputas y conflictos entre el Estado y la sociedad en América Latina.Movimientos sociales, gobiernos y Estados en América Latina. 2016. (Seminário).

69.
Seminario Temático "Sociologia, Política e História" - Departamento de Sociologia da USP.Transformações do ativismo social no Brasil. 2016. (Seminário).

70.
Seminario Universidad Complutense de Madrid - Geopolítica, seguridad y desarrollo en América Latina.Experiencias de investigación desde la geopolítica en América Latina. 2016. (Seminário).

71.
X Colloque de la Association pour la Recherche sur le Brésil en Europe - "Sports e Societé au Brésil" (Maison de l'Amérique Latine - IHEAL - Sorbonne Nouvelle).Les mobilisations de Juin 2013 et le spectre de la méga-événements. 2016. (Seminário).

72.
مناقشة كتاب.الحداثة العالمية والطعن الاجتماعية. 2015. (Outra).

73.
39 Encontro Anual da Anpocs - Mesa Redonda com Angela Alonso, Marcelo Kunrath e Ricardo Fabrino. Movimentos sociais e as transformações do ativismo contemporâneo no Brasil: repertórios, engajamento e identidades. 2015. (Congresso).

74.
39 Encontro Anual da Anpocs - Sessão Especial com Adrian Gurza Lavalle, Anete Ivo e Peter Fry. As políticas para a publicação científica: perspectivas para os periódicos de ciências sociais. 2015. (Congresso).

75.
Aula Inaugural 2015.1 - CPDA/UFRRJ.As mobilizações de 2013 e a reconfiguração dos movimentos sociais no Brasil. 2015. (Outra).

76.
Aula Inaugural 2015.1 - Programa de Pós-Graduação em Ciência Política da UFG.Movimentos sociais e a reconfiguração do ativismo contemporâneo. 2015. (Outra).

77.
Colóquio "Jornadas de Junho... 2 anos depois".Mesa Origens, Dinâmicas e Efeitos das Manifestações: 2013-2015. 2015. (Outra).

78.
Coloquio Internacional Movimientos Sociales en América Latina: trayectorias y rupturas.Movimientos sociales y gobiernos en América Latina: lecciones de experiencias recientes y desafíos teóricos. 2015. (Seminário).

79.
Coloquio Internacional Movimientos Sociales en América Latina: trayectorias y rupturas.Las movilizaciones de 2013 y la transformación del activismo en Brasil. 2015. (Seminário).

80.
Conference - American University of Beirut (Líbano).Global Modernity and Social Contestation: reconnecting social theory and social movement studies. 2015. (Encontro).

81.
Conferencia Facultad de Ciencias Sociales - Universidad Alberto Hurtado (Chile).Movimientos sociales y la geopolítica de la indignación global. 2015. (Outra).

82.
Conferência - Instituto de Ciências Sociais (ICS), Universidade de Lisboa.Movimentos Sociais e Geopolítica da Indignação: Brasil e Espanha em perspectiva comparada. 2015. (Seminário).

83.
Fórum Friedrich Ebert Stiftung - Apenas protestos ou inovação organizativa?.O desafio dos movimentos sociais para os partidos políticos. 2015. (Seminário).

84.
I Congresso Nacional de Ciências Sociais (CONACSO). Protestos, Contestações Sociais e Ambivalências. 2015. (Congresso).

85.
I Seminário "Anarquismo: pensamento e práticas insurgentes".Mobilizações sociais e autonomismo na contemporaneidade: o caso do 15-M. 2015. (Seminário).

86.
I Seminario de Pesquisa em Segurança Alimentar e Nutricional no Rio de Janeiro.Questões metodológicas e temas de pesquisas em SAN. 2015. (Seminário).

87.
IV Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política. Movimentos sociais, participação e instituições políticas. 2015. (Congresso).

88.
Research Seminar on Global Capitalism and Democratic Struggles in Brazil (University of Helsinki).2013 demonstrations and Contemporary Social Movements in Brazil. 2015. (Seminário).

89.
Séminaire Mouvements sociaux et globalisation - Collège d'études mondiales (Fondation Maison des sciences de l'homme).Social Movements and Global Modernity. 2015. (Seminário).

90.
Seminário "Novas formas de ação e participação" - Semana de Ciências Sociais PUC-Rio.Entre o partido e a multidão. 2015. (Seminário).

91.
Seminario Diálogos de um Pensamento em Movimento: Ana C Clara Torres Ribeiro.Resistências e insurgências no enfrentamento do tempo presente. 2015. (Seminário).

92.
Seminário Movimentos Sociais e Ação Política - CIES - Instituto Universitário de Lisboa.O longo Junho: as mobilizações de 2013 e o horizonte dos movimentos sociais no Brasil. 2015. (Seminário).

93.
Seminário Política Judicial Latino-americana (Fórum Justiça).O Acesso à Justiça na América Latina. 2015. (Seminário).

94.
VI Simpósio Internacional de História do Brasil.Brasil: hoje e amanhã. 2015. (Simpósio).

95.
V Seminário Nacional Direitos, Pesquisa e Movimentos Sociais.Movimentos sociais e giros epistêmicos. 2015. (Seminário).

96.
XII Congresso Luso-Afro-Brasileiro. Geopolítica da indignação global: desafios teóricos e metodológicos. 2015. (Congresso).

97.
XVII Congresso Brasileiro de Sociologia. Movimentos Sociais, Ativismo Transnacional e o Internacionalismo Contemporâneo (Mesa SBS - com Teivo Teivainen, Ruy Braga e Flávia Braga Vieira). 2015. (Congresso).

98.
XVII Congresso Brasileiro de Sociologia. Gestão, Avaliação e Financiamento de Periódicos - Mesa Redonda SBS (com Anete Ivo e Maíra Baumgarten). 2015. (Congresso).

99.
38 Encontro Anual da ANPOCS. Coloquio "O Brasil nas ruas: movimentos, demandas e conflitos" (Mesa Redonda com Ruy Braga, Marco Antonio Perruso e Cristiana Losekann). 2014. (Congresso).

100.
38 Encontro Anual da ANPOCS. Movimentos Sociais e governos na América Latina: novos cenários, tipologia de relações e forma Estado/movimento. 2014. (Congresso).

101.
IX Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP). #Vem para Rua: protestos, partidos políticos e movimentos sociais em contexto internacional (Sessão Especial da ABCP - com Ann Mische, Marisa von Bulow e Rebecca Abers). 2014. (Congresso).

102.
Palestra Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UnB.Do movimento antiglobalização à indignação global: movimentos sociais e o internacionalismo contemporâneo. 2014. (Encontro).

103.
Seminário Internacional Desafios da Diversidade e da Desigualdade.Protestos, Movimentos Sociais e Política. 2014. (Seminário).

104.
Seminario Nacional Movimentos sociais e participação no Brasil: diálogos transversais.Revisitando temáticas e enfoques das pesquisas sobre os movimentos sociais e a sociedade civil no Brasil. 2014. (Seminário).

105.
Seminário Política Judicial Latino-americana - Fórum de Justiça.Movimentos sociais, Estado e justiça social no espaço ibero-americano. 2014. (Seminário).

106.
VI Encontro da Rede de Estudos Rurais. Movimentos Sociais no Brasil contemporâneo: os atores rurais (Mesa Redonda com Moacir Palmeira e Marcelo Rosa). 2014. (Congresso).

107.
XVIII ISA World Congress of Sociology. South-South Dialogues: Social Movements and Intellectual Movements. 2014. (Congresso).

108.
XVIII ISA World Congress of Sociology. Latin American Social Movements: Research Agendas and Regional Constructions. 2014. (Congresso).

109.
Ciclo de debates: Brasil: do país do futuro ao futuro do país.Movimentos Sociais e Desigualdades. 2013. (Encontro).

110.
Conferencia - Núcleo Interdisciplinario Pensamiento crítico en América Latina y sujetos colectivos (UDELAR - Uruguai).Del movimiento antiglobalización a los indignados, con escala en las movilizaciones de Brasil. Formas y patrones de acción colectiva en la era global. 2013. (Outra).

111.
Fórum de Debates "Movimentos e Reformas".Movimentos e reformas: um balanço provisório. 2013. (Outra).

112.
III Seminário de Gestão Pública do Estado do Rio de Janeiro.Manifestações populares no Brasil e serviços públicos. 2013. (Seminário).

113.
International Workshop Social Movements and the Position of the Researcher.How global are global movements?. 2013. (Simpósio).

114.
International Workshop Social Movements and the Position of the Researcher.Against a catch-all concept: Clarifying the meaning and context of social movements. 2013. (Encontro).

115.
Séminaire EHESS Mouvements sociaux et globalisation.Du local au global. Articulation des échelles d?action et d?analyse. 2013. (Seminário).

116.
Seminário École des hautes études en sciences sociales (EHESS-Paris).Défis théoriques pour l'étude des mouvements sociaux dans l'ère globale. 2013. (Seminário).

117.
Seminário Escola de Ciência Política (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro).O lugar do Brasil na América Latina. 2013. (Outra).

118.
Seminario Hispano-brasileño Reconfiguraciones Geopolíticas y Modernidad Global: América Latina y Europa en Perspectiva Comparada.Indignación global y geopolítica de la acción colectiva. 2013. (Seminário).

119.
Tentando entender a conjuntura política (Instituto Casa Grande e EPPG)."Indignação" em perspectiva comparada: Espanha, EUA e Primaveras. 2013. (Encontro).

120.
VII Congreso Internacional del Consejo Europeo de Investigaciones Sociales de América Latina (CEISAL). Hacia una sociología de los movimientos sociales latinoamericanos: una interpretación teórica. 2013. (Congresso).

121.
XIV Jornada do Programa de Pós-Graduação em Sociologia & Antropologia (PPGSA - UFRJ)."Amanhã vai ser maior": os atos de junho e os horizontes dos movimentos sociais no Brasil. 2013. (Encontro).

122.
XVI Congresso Brasileiro de Sociologia - SBS. A internacionalização de periódicos acadêmicos brasileiros. 2013. (Congresso).

123.
XVI Congresso Brasileiro de Sociologia - SBS. Movimentos sociais contemporâneos no Brasil: agendas políticas e de pesquisa. 2013. (Congresso).

124.
XXIX Congreso Latinoamericano de Sociología (ALAS). Movimientos sociales en América Latina: crisis global, cambio cultural y redes transnacionales. 2013. (Congresso).

125.
XXXI International Congress of the Latin American Studies Association (LASA). Educational processes, transnational exchanges and the reconfiguration of internationalism in Brazil's MST and La Via Campesina. 2013. (Congresso).

126.
36 Encontro Anual da ANPOCS.Movimentos sociais contemporâneos: novas práticas e desafios teórico-metodológicos. 2012. (Encontro).

127.
Congreso Internacional XV Encuentro de Latinoamericanistas CEEIB. América Latina: la autonomía de una región. 2012. (Congresso).

128.
Curso Monthly Review/UCM.La crisis del agua, de los medicamentos y alimentaria. 2012. (Oficina).

129.
Foro Sur-Sur Ciencias Sociales y Colonialidad del Poder. Teoría y Práxis.Praxis del intelectual colectivo intercontinental y activismo transnacional. 2012. (Encontro).

130.
I Ciclo International de Seminários Afro-Latino-Américas Compartilhadas.Descentrando o estudo dos movimentos sociais: perspectivas latino-americanas. 2012. (Seminário).

131.
III Encontro Internacional de Ciências Sociais "Crise e Emergência de novas Dinâmicas Sociais.Movimentos sociais, fronteiras e transnacionalismo. 2012. (Encontro).

132.
II Seminario Interdisciplinar em Sociologia e Direito.Movimentos sociais na América Latina contemporânea. 2012. (Seminário).

133.
II Seminário Nacional Direito, Pesquisa e Movimentos Sociais.Conferencista na Mesa Redonda sobre Movimentos sociais. 2012. (Seminário).

134.
International Conference Global Modernity and Social Contestation.From antiglobalization to "global indignation": spatialities, dynamics of diffusion and transnational contestation. 2012. (Seminário).

135.
Jornadas de Ciências Sociais da Universidade Federal de Juiz de Fora.Movimentos sociais e democracia em uma era de contestação global - Conferência de Abertura. 2012. (Seminário).

136.
Second International Sociological Association (ISA) Forum. Construyendo alternativas, negociando significados: Luchas por el (anti)desarrollo y traducción en el activismo transnacional. 2012. (Congresso).

137.
Second International Sociological Association (ISA) Forum. Educación, formación política e internacionalismo en los movimientos sociales rurales latinoamericanos contemporáneos. 2012. (Congresso).

138.
Seminário 30 anos sem Guerreiros Ramos.Guerreiro Ramos e a sociologia periférica. 2012. (Seminário).

139.
Seminario FLACSO-ALACIP Política e Sociedade na América Latina.Estado, sociedade e paradoxos democráticos: o Brasil em perspectiva latino-americana. 2012. (Seminário).

140.
Seminário Fluminense de Sociologia.Identidades, conflito e movimentos sociais. 2012. (Seminário).

141.
Seminário Programa de Pós-Graduação em Memória Social (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro).Movimentos sociais, espaço e memória na América Latina. 2012. (Outra).

142.
Ciclo de Palestras IESP.Novos horizontes no estudo dos movimentos sociais e a contestação política. 2011. (Outra).

143.
Debates de la Fundación CEPS (Centro de Estudios Políticos y Sociales).América Latina: una región geoestratégica. 2011. (Encontro).

144.
I Seminário dos Estudantes de Pós-Graduação em Ciências Sociais do Estado do Rio de Janeiro (SEPOCS).Ação coletiva e cultura democrática. 2011. (Seminário).

145.
XV Congresso Brasileiro de Sociologia. Ação coletiva, movimentos sociais e participação. 2011. (Congresso).

146.
XV Congresso Brasileiro de Sociologia. Movimentos Sociais: desafios teórico-metodológicos. 2011. (Congresso).

147.
XVIII Congresso Internacional da Associação Latino-Americana de Sociologia. De São Paulo a Guatemala y de vuelta a São Paulo: activismo transnacional en América Latiina. 2011. (Congresso).

148.
XVIII Congresso Internacional da Associação Latino-Americana de Sociologia. Movimientos Sociales en América Latina y los procesos de transformación en el Sur Global (Mesa Redonda com Maria da Glória Gohn, Céli Regina Jardim Pinto, Alfredo Falero e Lúcio Oliver). 2011. (Congresso).

149.
Cambridge University Open Seminar.Brazil's MST Aand the Geographies of Transnational Rural Activism. 2010. (Seminário).

150.
Foro ALAS - Asociación Latinoamericana de Sociologia.Movimentos sociais e democracia nas fronteiras latino-americanas. 2010. (Outra).

151.
II Jornadas Internacionales Movimientos Campesinos y Transformaciones Agrarias. Las luchas del campesinado entre la modernidad y la globalización. 2010. (Congresso).

152.
International Conference of Land Reforms and Management of Natural Resources in Africa and Latin America. De São Paulo a Maputo (y de vuelta a São Paulo): espacialidad, traducción y difusión en el activismo rural transnacional. 2010. (Congresso).

153.
International Meeting - Royal Geographical Society. Multiple crises and multiple spatialities: transnational networks of peasant movements in Latin America and spatial histories of collective action. 2010. (Congresso).

154.
I Seminario Internacional e III Seminario Nacional "Movimentos sociais, Participação e Democracia".Movimentos sociais e estudos pós-coloniais. 2010. (Seminário).

155.
I Seminario Internacional e III Seminario Nacional "Movimentos sociais, Participação e Democracia" (Comentador da Conferência Inaugural de Sidney Tarrow).Global, conventional and warring movements and the suppression of contention: themes in contentious politics research. 2010. (Seminário).

156.
Jornadas "Las actividades de la sociedad civil en torno a las principales temáticas de la agenda Unión Europea - América Latina y el Caribe".Espacios de participación de los movimientos sociales de base: redes y movilizaciones eurolatinoamericanas. 2010. (Encontro).

157.
Jornadas "Ventanas Abiertas a América Latina" (OMAL - UPV - HEGOA).América Latina en el mundo. Bloques de poder y geopolítica de las resistencias. 2010. (Encontro).

158.
Seminario de Sociologia - Programa de Pós-Graduação em Sociologia UFPE.Movimentos sociais e teoria pós-colonial. 2010. (Outra).

159.
XI Jornadas Universitarias de Cooperación al Desarrollo "Africa".Movimientos campesinos africanos. 2010. (Encontro).

160.
XVII International Sociological Association WORLD CONGRESS OF SOCIOLOGY. A roundtrip: the spatialities of transnational activism in Latin America. 2010. (Congresso).

161.
Forum Social Mundial 2009. Painel do RC 47 da Associação Internacional de Sociologia.Movimentos sociais: entre as experiências e a construção de pensamento crítico. 2009. (Outra).

162.
IV International Interdisciplinary Conference "The Politics of Space and Place". Towards a spatial history of collective action: limits and possibilities through Brazilian narratives. 2009. (Congresso).

163.
Jornadas "La Unión Europea y su relación con América Latina y el Caribe".Integración regional, resistencias y alternativas. 2009. (Encontro).

164.
Jornadas Internacionales Homenaje a Charles Tilly. Conflicto, poder y acción colectiva..Acción colectiva y democracia. La contribución de Charles Tilly para el debate sobre el ensanchamiento del campo democrático. 2009. (Seminário).

165.
Jornadas Internacionales Movimientos Campesinos y Transformaciones Agrarias.Revisitando las teorías de los movimientos sociales a partir del nuevo activismo agrario transnacional. 2009. (Outra).

166.
Tertulias "Movimientos Sociales reivindicativos en América Latina".Los movimientos sociales brasileños en la 'era Lula': decepción, cooptación y conflicto. 2009. (Encontro).

167.
XIV Congresso Brasileiro de Sociologia. O Fórum Social Mundial e a relação com a sociologia. Participação na Mesa Redonda 26 com Paulo Henrique Martins, Neide Esterci e Andre Mombach. Coordenação: José Vicente Tavares dos Santos. 2009. (Congresso).

168.
XIV Congresso Brasileiro de Sociologia. Ações coletivas, movimentos e redes sociais na contemporaneidade. Participação na Mesa Redonda 04 com Ilse Scherer-Warren, Maria da Glória Gohn e Gilsela Taschner. Coordenação: Carlos Gadea. 2009. (Congresso).

169.
Conferência Internacional Educação, Globalização e Cidadania. Ação coletiva e autonomia no movimento estudantil brasileiro: rupturas e sentidos das ocupações das reitorias em 2007. 2008. (Congresso).

170.
Congreso Internacional de la Asociación de Historiadores Latinoamericanistas Europeos. De la resistencia del 1968 al despertar autónomo de 2008": acción colectiva, ciclos de protesta y flujos del movimiento estudianil brasileño. 2008. (Congresso).

171.
I Foro Internacional de Sociologia. International Sociological Association. Ampliando el espectro democrático y la esfera pública. Movimientos sociales y política radical en Brasil. 2008. (Congresso).

172.
I Foro Internacional de Sociologia - International Sociological Association. Linking theoretical challenges into the experience of Latin American social movements:interdisciplinary studies, political frontiers and social change. 2008. (Congresso).

173.
II Encontro Internacional entre Universidades Espanholas e Africanas.Luta contra a fome e crise alimentar. 2008. (Encontro).

174.
I Jornadas de Análisis Político Crítico.La "cuestión democrática" en las teorías de los movimientos sociales. 2008. (Seminário).

175.
Los procesos constituyentes en América Latina: divergencias y similitudes.Los procesos constituyentes en América Latina: divergencias y similitudes. 2008. (Oficina).

176.
Maio de 1968 - 40 anos de um movimento que não morreu (GEMDEC - UNICAMP).Ação coletiva e autonomia no movimetno estudantil brasileiro.. 2008. (Seminário).

177.
Seminario Nacional Movimentos Sociais e os Novos Sentidos da Política.Mutações da política e do político e os novos desafios teóricos no estudo dos movimentos sociais. 2008. (Seminário).

178.
Curso de Projetos Sociais SENAC.Um marco teórico para interpretar a globalização. 2007. (Outra).

179.
Foro Complutense 2007: Globalización y Desarrollo Desigual. 2007. (Encontro).

180.
Geografia e teoria dos movimentos sociais.Geografia, poder e movimentos sociais. 2007. (Outra).

181.
II Seminario Nacional "Movimentos Sociais, Participação e Democracia".Debator no GT1 (Movimentos sociais: novos olhares, desafios e perspectivas). 2007. (Seminário).

182.
Mapas da Diversidade. 2007. (Encontro).

183.
Reestruturação do ensino superior a debate: o Modelo de Bolonha.A educação como negócio: o modelo de Bolonha e suas resistências. 2007. (Outra).

184.
Seminário de Pesquisa GRUPERFE.Novos desafios teóricos para o estudo dos movimentos sociais e os processos de democratização na América Latina. 2007. (Oficina).

185.
V Congresso Europeu de Latinoamericanistas CEISAL. Las relaciones entre América Latina y Europa en el siglo XXI: redes y movimientos sociales. 2007. (Congresso).

186.
V Seminario Paulo Freire. 2007. (Seminário).

187.
52 Congreso Internacional de Americanistas. 52 Congreso Internacional de Americanistas. 2006. (Congresso).

188.
Curso de Verano El Escorial - El pensamiento des-colonial y el surgimiento de los indígenas como nuevo sujeto político en América Latina. 2006. (Encontro).

189.
Doutorado de Estudos Iberoamericanos da Universidade Complutense de Madri.El MST como actor político en la ruralidad latinoamericana. 2006. (Seminário).

190.
II Seminario Internacional de Educação. 2006. (Seminário).

191.
Jornadas Ideas para Cambiar el Mundo.América Latina: luchando por otro mundo. 2006. (Seminário).

192.
Jornadas por la Educación Pública.El Plan Bolonia y la mercantilización de la educación. 2006. (Outra).

193.
Seminário Internacional de Açoes Culturais em Zonas de Conflito.Repressao policial em zonas de risco. 2006. (Seminário).

194.
Seminário Século XX. 2006. (Seminário).

195.
XII Encuentro de Latinoamericanistas Españoles.El lugar también importa. Las diferentes relaciones entre Lula y el MST. 2006. (Encontro).

196.
Anti-G8 Conference.Reclaim the World: from Seattle to Gleneagles, voiceless are everywhere. 2005. (Outra).

197.
The European International Model United Nations.The European International Model United Nations. 2005. (Encontro).

198.
Fifth Pan-European International Relations Conference. 2004. (Congresso).

199.
VII Congresso Internacional do CLAD sobre Reforma do Estado e da Administração Pública. 2002. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BRINGEL, Breno; PLEYERS, Geoffrey . XIX ISA World Congress of Sociology (Program Coordinator - ISA RC47). 2018. (Congresso).

2.
BRINGEL, Breno; CUELLAR, Mamen ; LOPEZ, Daniel . VII Congreso Internacional de Agroecología (Coordenação do GT de Investigación militante y participativa). 2018. (Congresso).

3.
BRINGEL, Breno; HAMANISHI, Eiji . XIX World Congress of Sociology (Session Coordination - Epistemological Assumptions of the Sociology of Social Movements and Social Theory. 2018. (Congresso).

4.
LOSEKANN, Cristiana ; RIBAS, Luiz Otávio ; BRINGEL, Breno . Seminário Interações entre Movimentos Sociais e o Direito. 2018. (Outro).

5.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. . 18 Congresso Brasileiro de Sociologia (SBS) - Coordenação GT Movimentos Sociais Contemporâneos -. 2017. (Congresso).

6.
BRINGEL, Breno; PLEYERS, Geoffrey . XIX International Sociological Association World Congress of Sociology (RC-47 Program Coordinator). 2017. (Congresso).

7.
BRINGEL, Breno; TOMASSINO, Humberto ; MEDINA, Juan Manuel . Seminario Latinoamericano de Investigación Militante. 2017. (Congresso).

8.
BRINGEL, Breno; MOTTA, Renata ; TEIXEIRA, Marco Antônio . Simpósio Brasil-Alemanha "O poder dos alimentos: diálogos entre saberes e fronteiras". 2017. (Outro).

9.
BRINGEL, Breno; DOMINGUES, JOSÉ MAURÍCIO . O Capital de Marx, 150 anos depois. 2017. (Outro).

10.
BRINGEL, Breno; FADAAE, Simin . III International Sociological Association - ISA Forum - Session Genesis of Social Movements in the Global South. 2016. (Congresso).

11.
BRINGEL, Breno; PLEYERS, Geoffrey ; BENSKI, Tova ; SASSEN, Saskia ; DELLA PORTA, Donatella ; RANDERIA, Shalini . III International Sociological Association - ISA Forum - Opening Session. 2016. (Congresso).

12.
BRINGEL, Breno. Seminário 50 anos DADOS - Revista de Ciências Sociais (1966-2016) - IESP-UERJ. 2016. (Outro).

13.
LAVALLE, Adrian Gurza ; BRINGEL, Breno . 50 anos da Revista Dados: Trajetórias das Ciências Sociais e da Editoração Científica no Brasil (Sessão Especial - ANPOCS). 2016. (Outro).

14.
BRINGEL, Breno. 50 anos da Dados: revistas científicas, memória e tendências da Ciência Política brasileira (Sessão Especial ABCP com Cesar Guimarães, Charles Pessanha e André Marenco). 2016. (Outro).

15.
BRINGEL, Breno; BORBA, Pedro ; CANDIDO, Marcia Rangel ; ALCANTARA, Livia ; REGHIM, Mariane . Feminismos: debates latinoamericanos y perspectivas críticas.. 2016. (Outro).

16.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. ; ZUQUETE, José Pedro . Jornadas de Junho e Geração à Rasca: mobilizações sociais no Brasil e em Portugal em perspectiva comparada (GT do XII CONLAB - Congresso Luso-Afro-Brasileiro). 2015. (Congresso).

17.
BRINGEL, Breno. Colóquio Jornadas de Junho... 2 anos depois. 2015. (Outro).

18.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. . GT Movimentos Sociais na Atualidade - SBS. 2015. (Congresso).

19.
BRINGEL, Breno M.. Coordenador do GT Movimentos Sociais - VI Simpósio Internacional Sobre a Juventude Brasileira. 2015. (Congresso).

20.
BRINGEL, Breno; VERSIANI, Renata ; MALDONADO, Emiliano . Coordenação do GT Pensamento Crítico e Pesquisa Militante na América Latina - V Seminário Nacional Direitos, Pesquisa e Movimentos Sociais. 2015. (Congresso).

21.
SILVA, Fabricio Pereira ; DOMINGUES, José Mauricio ; BRINGEL, Breno . I Seminário Internacional Teoria Social e América Latina. 2015. (Congresso).

22.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. ; ZUQUETE, José Pedro . Contestações globais, ativismo transnacional e diálogos lusófonos (GT do XX CONLAB - Congresso Luso-Afro-Brasileiro). 2015. (Congresso).

23.
BRINGEL, Breno; DOMINGUES, José Mauricio ; MILANI, Carlos R.S. . Seminario Hispano-brasileiro "Reconfigurações Geopolíticas e Transformações Regionais: diálogos Europa-América Latina". 2014. (Outro).

24.
BRINGEL, Breno; CASTRO, Carmen V.S. ; NIEMEYER, Carolina ; VERSIANI, Renata . Seminário Internacional Universidades e Movimentos Sociais na América Latina: pesquisa militante, produção de conhecimentos e bens comuns. 2014. (Congresso).

25.
TEJERINA, Benjamín ; FARRO, Antimo ; NOMIYA, Dai ; PLEYERS, Geoffrey ; BRINGEL, Breno M. ; TOSCANO, Emanuele ; HAMANISHI, Eiji . Pre-ISA Conference on Social Movements - International Sociological Association (RC-47 and RC-48), Science Council of Japan, Sociological Forum of Japan. 2014. (Congresso).

26.
BRINGEL, Breno M.; YAZAWA, Shujiro . Theorizing social movements and expressions of contestation: towards a global dialogue (RC-47 Session - XVIII ISA World Congress of Sociology). 2014. (Congresso).

27.
BRINGEL, Breno; CASTILLO, Silvia . Coloquio Internacional "Circulación, transferencias e intercambios de ideas personas, bienes y capitales en el espacio interamericano y caribeño - Université Paris-Sorbonne. 2013. (Outro).

28.
BRINGEL, Breno; MASCARENO, Aldo ; MARINIS, Pablo ; ROBLES, Fernando . XXIX Congreso Latinoamericano de Sociologia (Coordenador do GT de Teoria Social). 2013. (Congresso).

29.
BRINGEL, Breno; CARBALLO, María . VII Congreso Internacional de CEISAL - Coordenador do Simpósio "Movimientos Sociales en América Latina: diálogos disciplinares y de saberes". 2013. (Congresso).

30.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. . XVI Congreso Brasileiro de Sociologia - SBS (Coordenador do GT Movimentos sociais contemporâneos). 2013. (Congresso).

31.
BRINGEL, Breno; DOMINGUES, José Mauricio . Seminário Brasil: do país do futuro ao futuro do país. 2013. (Outro).

32.
BRINGEL, Breno; BAUMGARTEN, Britta . International Workshop "Transnational public participation and social movement activism: Ambiguities of global spread, professionalization and standardization" (Membro do Comitê Científico). 2013. (Congresso).

33.
BRINGEL, Breno; GARRETON, M. A. ; GOHN, M.G. ; PRECIADO, Jaime ; LAGO, Silvia . Panel Movimientos Sociales en América Latina (XXIX Congreso Latinoamericano de Sociología). 2013. (Congresso).

34.
BRINGEL, Breno; DORAN, Marie Christine ; GUNCE, D. ; JURCZYSZYN, Lukaz ; LE BOT, Yvon. ; MCDONALD, Kevin ; NOMIDIA, Dai ; PLEYERS, Geoffrey ; TOSCANO, Emanuele ; GOHN, M.G. ; FARRO, Antimo . Second ISA Forum of Sociology (RC-47 programme committee member). 2012. (Congresso).

35.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. . Latin American social movements and social justice in the Global South (II International Sociological Association Forum). 2012. (Congresso).

36.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. . Authors meets actors: Dialogues between academia and Latin American social movements (II International Sociological Association Forum). 2012. (Congresso).

37.
BRINGEL, Breno. International Conference "From social to politics: new forms of mobilization and democratization" (Member of the Scientific Committee). 2012. (Congresso).

38.
BRINGEL, Breno; LANDALUZE, J. S. . XV Congreso de Latinoamericanistas Españoles (Coordenador de Área). 2012. (Congresso).

39.
BRINGEL, Breno; DOMINGUES, José Mauricio . International Conference Global Modernity and Social Contestation. 2012. (Outro).

40.
BRINGEL, Breno; MARTINS, Paulo Henrique ; BIALAKOWSKY, Alberto ; PALERMO, Alicia . Foro Sur-Sur. Ciencias Sociales y Colonialidad del Poder:Teoría y Práxis. 2012. (Congresso).

41.
BRINGEL, Breno. Movimentos sociais contemporâneos (Coordenação Mesa Redonda ANPOCS). 2012. (Congresso).

42.
BRINGEL, Breno; SOARES, Glaucio . Seminário FLACSO-ALACIP Política e Sociedade na América Latina. 2012. (Outro).

43.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. . "Social Movements in a crisis period: theoretical and empirical evidences" - Panel at the IPSA/ECPR International Joint Conference. 2011. (Congresso).

44.
BRINGEL, Breno. III Jornadas Internacionales Movimientos Campesinos y Transformaciones Agrarias. 2011. (Congresso).

45.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. . Movimentos sociais na atualidade: reconfigurações das práticas e novos desafios teóricos (Coordenação GT-SBS). 2011. (Congresso).

46.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. . Painel "Social movements in Latin America" - XVII Congresso Mundial da Associação Internacional de Sociologia -ISA. 2010. (Congresso).

47.
BRINGEL, Breno. II Jornadas Internacionales Movimientos Campesinos y Transformaciones Agrarias. 2010. (Congresso).

48.
BRINGEL, Breno. Panel "Nuevo activismo rural y redes transnacionales: diálogos América Latina - África" - International Conference Land Reform and Management of Natural Resources. 2010. (Congresso).

49.
BRINGEL, Breno; SCHERER-WARREN, Ilse ; LUCHMAN, Ligia Helena ; BORBA, Julián ; SELL, Carlos Eduardo . I Seminario Internacional e III Seminario Nacional "Movimentos Sociais, Participação e Democracia" (Membro do Comitê Científico). 2010. (Congresso).

50.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. . Painel do RC47 da Associação Internacional de Sociologia no Fórum Social Mundial 2009. 2009. (Outro).

51.
BRINGEL, Breno; LANDALUZE, J. S. . Jornadas Internacionales Movimientos Campesinos y Transformaciones Agrarias. 2009. (Congresso).

52.
BRINGEL, Breno; GOHN, M.G. . Sessões do Grupo de Trabalho "Questão Urbana" no XIV Congresso Brasileiro de Sociologia. 2009. (Outro).

53.
BRINGEL, Breno; ESPIÑEIRA GONZALEZ, M. V. . Seminário Nacional Movimentos Sociais e os Novos Sentidos da Política. 2008. (Congresso).

54.
BRINGEL, Breno. Seminario Política y sociedad en el México actual. 2006. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Lucía Cobos Tribiño. Identidad barrial y protestas en Argentina. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Master Estudios Contemporáneos de América Latina) - Universidad Complutense de Madrid. (Orientador).

2.
Henriqueta Souza Sampaio. Movimentos sociais e a representatividade do parlamento brasileiro: comparando os impeachments de 1992 e 2016. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciência Política) - Instituto Universitário de Lisboa. (Coorientador).

Tese de doutorado
1.
Lara Sartorio Gonçalves. A definir. Início: 2018. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Raul Nunes de Oliveira. Ciberativismo no Brasil. Início: 2017. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. (Orientador).

3.
Felipe Brito Macedo. Produções discursivas e mobilizações políticas periféricas: o campo intelectual tanzaniano e o desenvolvimento do Socialismo Africano. Início: 2017. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

4.
Rafael Rezende Borges de Araujo. Movimentos sociais, fronteiras e migrações. Início: 2016. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

5.
Lília Maria Silva Macêdo. Mulheres e as independências políticas na América Latina. Início: 2016. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

6.
Natasha Bachini Pereira. Movimentos Sociais, indignação e transformações das identidades coletivas: Jornadas de Junho (Brasil) e 15M (Espanha) em perspectiva comparada. Início: 2015. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

7.
Pedro dos Santos de Borba. Política moderna como processo histórico: análise comparada dos Estados pós-coloniais na América Latina. Início: 2014. Tese (Doutorado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

8.
Tânia Mara dos Santos Bernardelli. Movimentos sociais e agroecologia na América Latina. Início: 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Marília Bernardes Closs. Violência, Autoridade e Território: ascensão e consolidação do narcotráfico na Colômbia (1975-1990). 2018. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Breno Marques Bringel.

2.
Niury Novacek Gonçalves de Faria. Projetos de educação em disputa no Brasil: ciclos, campos e competição. 2018. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Breno Marques Bringel.

3.
Felipe Brito Macedo. Uma Sociologia das Ciências Sociais Latino-americanas: o CLAPCS como movimento intelectual periférico. 2017. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Breno Marques Bringel.

4.
Lara Sartorio Gonçalves. Afetos, corpos e territórios: medo e violência na Maré e na Palestina. 2017. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Breno Marques Bringel.

5.
Rafael Rezende Borges de Araújo. Movimentos Sociais e Estados na América do Sul: Uma análise crítica das pesquisas sobre suas interações. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Breno Marques Bringel.

6.
Lília Maria Silva Macêdo. Entre a sociologia e a literatura: Simón Bolívar e a independência em "O general em seu labirinto". 2016. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Breno Marques Bringel.

7.
Guilherme Figueredo Benzaquen. A revolução como projeto autonomista. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Breno Marques Bringel.

8.
Ramon Torres de Araujo. A redução das ocupações de terra e as mudanças no confronto em torno da reforma agrária no Brasil. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Breno Marques Bringel.

9.
Livia Moreira Alcantara. Ciberativismo e a dimensão comunicativa dos movimentos sociais: repertórios, organização e difusão. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Breno Marques Bringel.

10.
Pedro dos Santos de Borba. Sociologia histórica como teoria política: a formação dos Estados modernos na Europa e na América Latina. 2014. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Breno Marques Bringel.

11.
Alejandro Sanz Angulo. La construcción de América Latina a través de las prácticas educativas y formativas del MST. 2013. Dissertação (Mestrado em Master Estudios Contemporáneos de América Latina) - Universidad Complutense de Madrid, . Orientador: Breno Marques Bringel.

12.
Humberto Machado Lima Junior. Ideologias do desenvolvimento: o ISEB e o IPEA como centros produtores de ideologias para o desenvolvimento no Brasil. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Breno Marques Bringel.

13.
Clarice Pesanha Peixoto. Articulaciones entre cultura política y territorio: el caso del Quilombo Sacopã en Río de Janeiro. 2013. Dissertação (Mestrado em Master Estudios Contemporáneos de América Latina) - Universidad Complutense de Madrid, . Orientador: Breno Marques Bringel.

14.
Laura Serrano Huerta. Expresiones artístico-culturales como formas de contestación social en América Latina. 2013. Dissertação (Mestrado em Master Estudios Contemporáneos de América Latina) - Universidad Complutense de Madrid, . Orientador: Breno Marques Bringel.

15.
Ernesto García Leiva. La articulación de las demandas y los intereses de los movimientos sociales durante el gobierno MAS en Bolivia. 2012. Dissertação (Mestrado em Master Estudios Contemporáneos de América Latina) - Universidad Complutense de Madrid, . Orientador: Breno Marques Bringel.

16.
Pascual Verdejo Rico. Geopolítica crítica de las alianzas en el Sur Global: relaciones y proyecciones de Brasil hacia Sudáfrica en la primera década del siglo XXI. 2012. Dissertação (Mestrado em Master Estudios Contemporáneos de América Latina) - Universidad Complutense de Madrid, . Orientador: Breno Marques Bringel.

17.
Cesar Palomino. Comercio justo como estrategia de desarrollo en las zonas rurales del África subsahariana. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado de Cooperação Internacional) - Universidad Complutense de Madrid, . Orientador: Breno Marques Bringel.

18.
Andrea Baya Saavedra. Mujeres, soberanìa alimentaria y estrategias de desarrollo en Bolivia. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado de Cooperação Internacional) - Universidad Complutense de Madrid, Agencia Española de Cooperación Internacional para el Desarrollo. Orientador: Breno Marques Bringel.

Tese de doutorado
1.
Marcos Paulo Campos Cavalcanti de Mello. Os Sentidos da Reforma Agrária no Lulismo. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Breno Marques Bringel.

2.
Marco Antonio dos Santos Teixeira. Movimentos sociais, ações coletivas e reprodução social: a experiência da Contag (1963-2015). 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Breno Marques Bringel.

3.
Gabriel Fernandes Rocha Guimarães. Ascensão e Declínio dos Partidos-Movimento na América Latina: os casos do MAS (Bolívia), Pachakutik (Equador) e Tekojojá (Paraguai). 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Breno Marques Bringel.

4.
Livia Moreira Alcantara. Indignad@s do mundo, uni-vos!: Provas ativistas e os desafios da solidariedade internacionalista com o México na era da individualização. 2018. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Breno Marques Bringel.

5.
Uvanderson Vitor da Silva. Cidadania em negro e branco: racialização e (luta contra a) violência de Estado no Brasil. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Breno Marques Bringel.

6.
Renata Versiani Scott Varella. Pesquisa militante: uma chave para a compreensão dos movimentos sociais latino-americanos. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Breno Marques Bringel.

7.
Simone da Silva Ribeiro Gomes. Oportunidades políticas e estratégias militantes em contextos de violência rotinizada: uma comparação entre a Zona Oeste do Rio de Janeiro (Brasil) e Guerrero (México). 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Breno Marques Bringel.

8.
Carolina Burle de Niemeyer. Movimentos sociais como produtores de conhecimento: a Soberania Alimentar no Movimento de Pequenos Agricultores. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Breno Marques Bringel.

9.
Carmen Verônica dos Santos Castro. A Dimensão da Experëncia Social nas Relações entre o MST e a Universidade: o caso do curso Teorias Sociais e Produção do Conhecimento da UFRJ. 2013. Tese (Doutorado em Planejamento Urbano e Regional) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Breno Marques Bringel.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Luiz Otávio Ribas. 2018. Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Breno Marques Bringel.

2.
José Pedro Zúquete. 2014. Universidade do Estado do Rio de Janeiro, FAPERJ. Breno Marques Bringel.

Orientações de outra natureza
1.
Miguel Leone. Indigenismos en Brasil y Argentina en perspectiva comparada (1972-1988). 2016. Orientação de outra natureza. (Doctorado en Ciencias Sociales) - Universidad Nacional de General Sarmiento, FAPERJ. Orientador: Breno Marques Bringel.

2.
Barbara Stefan. GEGEN-HEGEMONIE UND EMANZIPATION? Eine praxeologische Studie von Demokratisierungsbewegungen in Österreich. 2015. Orientação de outra natureza. (Sociology) - Universität Wien. Orientador: Breno Marques Bringel.

3.
Jacob Geuder. Images of movements and right to the city: Rio de Janeiro and Cape Town in comparative perspective. 2015. Orientação de outra natureza. (Sociology) - Universität Basel, Swiss National Science Foundation. Orientador: Breno Marques Bringel.

4.
Laura Nudelman. Movimientos sociales, universidades y diálogo de saberes: la experiencia de la Universidad Trashumante. 2015. Orientação de outra natureza. (Doctorado en Ciencias Sociales) - Universidad Nacional de Cuyo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Breno Marques Bringel.

5.
Nathalie Monot. Les ONG d?assistance aux mouvements sociaux au Brésil. 2014. Orientação de outra natureza. (Pós-Graduação) - Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, Embaixada da França no Brasil. Orientador: Breno Marques Bringel.

6.
Guillermo Barón. Matriz ideológico-política cristiana e izquierda social: la crítica a la modernidad en la revista Alternativa Latinoamericana. 2014. Orientação de outra natureza. (Doctorado en Ciencias Sociales) - Universidad Nacional de Cuyo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Breno Marques Bringel.

7.
Agustín Zanotti. La industria del software en Córdoba: nuevos actores y formas de producción en disputa. 2012. Orientação de outra natureza. (Doctorado en Estudios Sociales de América Latina) - Universidad Nacional de Córdoba - Argentina, CONICET. Orientador: Breno Marques Bringel.



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
BRINGEL, Breno. DINTER IESP/UERJ-CEFOR - Curso Política Brasileira e Latino-americana. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
BRINGEL, Breno. Documentário - Cuando Gobiernan Los Compañeros. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).



Outras informações relevantes


Sócio da International Sociological Association (ISA), da International Political Science Association (IPSA), da Associação Latino-americana de Sociologia (ALAS), da Latin American Studies Association (LASA), da Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS) e Membro Pleno da Alianza Latinoamericana de Estudios Críticos sobre el Desarrollo.

Livros no prelo (2019) 
* Después de la indignación global: autoritarismos, cambio social y el futuro de la izquierda (editado con Alexis Cortes y Geoffrey Pleyers)
* La investigación militante en el siglo XXI: lecturas y experiencias desde América Latina. Rosario: Editora de la Universidad Nacional de Rosario (editado com Humberto Tomassino);
* Movimentos sociais e o ativismo transnacional. Rio de Janeiro: EdUERJ.
* Geopolítica de las solidaridades transnacionales: movimientos sociales y el internacionalismo contemporáneo. Madrid: Catarata.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/01/2019 às 8:50:42