José Eduardo Vargas

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9525858900171217
  • Última atualização do currículo em 05/11/2018


José Eduardo Vargas possui graduação em Licenciatura en Genética pela Universidad Nacional de Misiones- Argentina (2007) com o título de graduação revalidado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) em 2012, correspondendo ao título de "Bacharel em Ciências Biológicas". Concluiu seu mestrado e doutorado em Biologia Celular e Molecular pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul-UFRGS no ano 2009 e 2013, respectivamente. Realizou pós-doutorado no Centre for Research in Environmental Epidemiology (Barcelona- España) no ano 2015, como membro do bioinformatic group in genetic epidemiology (BRGE). Atualmente, esta realizando atividades de pesquisa no Centro Infant, na Pontificia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), focadas ao estudo dos aspectos genéticos que levam ao desenvolvimento da asma e comorbidades associadas. Professor colaborador no Programa de Pós-Graduação em Pediatria e Saúde da Criança na PUCRS desde 2017. No mesmo ano, foi integrado, após concurso, ao corpo docente da Universidade de Passo Fundo (UPF) e na mesma universidade criou e coordena a especialização em Biologia Computacional e Exploração de Dados. Possui experiência na área de Biologia Molecular, Genética, com ênfase em clonagem (construção de ferramentas biotecnológicas para terapia ou transferência genica), cultura de células e montagem de modelos preditivos utilizando Biologia de Sistemas. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
José Eduardo Vargas
Nome em citações bibliográficas
Vargas, José Eduardo;VARGAS, JOSE;Vargas, J.E

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de Passo Fundo.
BR 285, São José
São José
99052900 - Passo Fundo, RS - Brasil
Telefone: (54) 33168317


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2013
Doutorado em Biologia Celular e Molecular.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Estudos in vitro e in silico para determinar os mecanismos moleculares associados á senescência celular em glioblastomas, Ano de obtenção: 2013.
Orientador: Guido Lenz.
Coorientador: Diego Bonatto.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2007 - 2009
Mestrado em Biologia Celular e Molecular.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Criação de uma série de lentivetores de expressão genica regulada,Ano de Obtenção: 2009.
Orientador: Guido Lenz.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2018
Especialização em andamento em Docência no Ensino Superior.
Universidade Cruzeiro do Sul, UNICSUL, Brasil.
2001 - 2007
Graduação em licenciatura en genética.
Universidad Nacional de Misiones, UNaM, Argentina.
Título: " Criação de uma serie de lentivetores para tranferência gênica estavél".
1994 - 2000
Ensino Médio (2º grau).
Colegio Nacional de Monserrat, CNM, Argentina.


Pós-doutorado


2016
Pós-Doutorado.
Pontificia Universidade católica de Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2015 - 2015
Pós-Doutorado.
Centre for research in environmental epidemiology, CREAL, Espanha.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2013 - 2014
Pós-Doutorado.
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.


Formação Complementar


2017 - 2017
Extensão universitária em Hot Topics em Doenças Respiratórias Pediátricas. (Carga horária: 18h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
2015 - 2016
BREATHWORKS MINDFULNESS FOR HEALTH AND MINDFULNESS FOR STRESS COURSES. (Carga horária: 684h).
Respira Vida Breathworks, RESPIRAVIDA, Inglaterra.
2015 - 2016
professor de Mindfulness Respira Vida Breathworks. (Carga horária: 684h).
Respira Vida Breathworks, RESPIRAVIDA, Espanha.
2015 - 2015
Extensão universitária em Curso de Análisis Estadístico de datos "ómicos". (Carga horária: 18h).
Centre for research in environmental epidemiology, CREAL, Espanha.
2014 - 2014
Extensão universitária em Lenguaje R. Modelos Lineares y programação. (Carga horária: 50h).
Universidad Nacional de Córdoba - Argentina, UNC, Argentina.
2014 - 2014
Extensão universitária em Caracterização metagenômica através sequenciamento. (Carga horária: 15h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
2013 - 2013
Curso de Imunofenotipagem na plataforma BD FACS. (Carga horária: 20h).
Centro de Conhecimento Aplicado BD, CCABD, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em 1 International Meeting of Laboratory Animals. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2010 - 2010
Extensão universitária em Latin American School of Human/Medical Genetics.. (Carga horária: 40h).
Hospital de Clínicas de Porto Alegre, HCPA, Brasil.
2010 - 2010
Extensão universitária em Verdades, falácias, angustias -radicais livres. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2010 - 2010
Extensão universitária em Introdução a Microscopia confocal fluorescência. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2008 - 2008
Simpósio Gaúcho de Terapia Gênica e Celular. (Carga horária: 9h).
Hospital de Clínicas de Porto Alegre, HCPA, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Ciclo de palestras em terapia gênica. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2006 - 2006
ASESORAMIENTO GENÉTICO Y CÁLCULO DE RIESGO. (Carga horária: 12h).
Universidad Nacional de Misiones, UNaM, Argentina.
2006 - 2006
PESQUISA PRÉ E CLÍNICA EM TERAPIA GÊNICA E CELULAR. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2006 - 2006
DESENVOLVIMIENTO EN EL LABORATORIO QCA BIOLOGICA. (Carga horária: 60h).
Universidad Nacional de Misiones, UNaM, Argentina.
2006 - 2006
II CURSO DE EPIDEMIOLOGIA E APLICAÇÃO CLÍNICA.
Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul, IC/FUC, Brasil.
2004 - 2004
INT. A LA GENÓMICA, TRANSCRIPTÓMICA Y PROTEÓMICA. (Carga horária: 20h).
Universidad Nacional de Misiones, UNaM, Argentina.
2002 - 2002
HERRAMIENTAS BIOTECNOLOGICAS Y MAPEAMIENTO GENICO. (Carga horária: 12h).
Universidad Nacional de Misiones, UNaM, Argentina.


Atuação Profissional



Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 4
Outras informações
Disciplina: Princípios de Biologa Molecular. Esta disciplina está destinada a alunos de pós-graduação dos programas: Biologica Celular como Pediatría e Sáude da Criança, ambos pertencentes á Pontificia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista


Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Tutor na disciplina Atividade Orientada II
Outras informações
José Eduardo Vargas colaborou na ministração da disciplina Atividade Orientada II (BTC99003) do curso de Biotecnologia da UFRGS, sob orientação do professor Diego Bonatto.

Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Tutor na disciplina Biologia Molecular Básica, Carga horária: 5
Outras informações
Esta atividade está incluída dentro de Programa de integração entre Graduação e Pós-graduação (PROIN). Nesta atividade, o tutor ministrou todo o conteúdo teórico e prático da disciplina para 03 (três) alunos de graduação do curso de Ciências Biológicas da UFRGS, o que apresentou um total de 60 horas/aula presenciais teórico-práticas, além de 10 horas/aula destinadas á preparação dos procedimentos práticos.


Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul, IC/FUC, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Co-orientação


Universidad Nacional de Misiones, UNaM, Argentina.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: AUXILIAR DOCENTE DE SEGUNDA, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Nesta atividade José Eduardo Vargas ajudou na ministração das disciplinas Química Biológica dos cursos: Profesorado en Biologia y Licenciatura en Genética na Universidad Nacional de Misiones (Argentina)

Atividades

05/2005 - 05/2006
Ensino, licenciatura en genética, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
QUIMICA BIOLOGICA

Centre for research in environmental epidemiology, CREAL, Espanha.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade de Passo Fundo, UPF, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Atividades

12/2018 - Atual
Ensino, Especialização em Biologia Computacional e Exploração de Dados, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Redes Biológicas e Biologia de Sistemas
12/2018 - Atual
Ensino, Especialização em Biologia Computacional e Exploração de Dados, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Farmacogenética e Farmacologia de Sistemas
8/2018 - Atual
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
GENÉTICA APLICADA À AGRONOMIA
7/2018 - Atual
Ensino, Especialização em Biologia Computacional e Exploração de Dados, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa Científica
04/2018 - Atual
Ensino, Especialização em Biologia Computacional e Exploração de Dados, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Princípios de Genética e Biologia Molecular
10/2017 - Atual
Direção e administração, Pós- Graduação em nível de especialização, .

Cargo ou função
Coordenação na Especialização de Biologia Computacional e Exploração de dados.
07/2017 - Atual
Ensino, Farmácia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Genética Molecular e Clínica
07/2017 - Atual
Ensino, Odontologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Genética e Biologia Molecular
07/2017 - Atual
Ensino, Medicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Histologia, Embriologia e Genética II
07/2017 - Atual
Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Citogenética
07/2017 - Atual
Ensino, Fonoaudiologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Genética
07/2017 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia Celular I
02/2017 - 07/2017
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Genética Básica
02/2017 - 07/2017
Ensino, Nutrição, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Citogenética
02/2017 - 07/2017
Ensino, Fisioterapia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Citogenética
02/2017 - 07/2017
Ensino, Medicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Histologia, Embriologia e Genética
02/2017 - 07/2017
Ensino, Odontologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Genética e Biologia Molecular


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Identificação das vias metabólicas associadas á patologia de asma severo

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Paulo Márcio Condessa Pitrez em 14/04/2016.
Descrição: Anormalidades no metabolismo de lipídios e/ou da glicose podem estar associadas ao desenvolvimento de asma na infância. O objetivo deste projeto é identificar alterações próprias nas vias metabólicas de pacientes de asmáticos graves. Para isto, dados de expressão gênica de pacientes com asma grave serão cruzados com dados de metabôlomica. Assim, neste projeto pretende-se identificar genes-chave que participam de processos metabólicos alterados em asmáticos graves quando comparados a asmáticos leves ou moderados..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Procura de biomarcadores a partir de análise de microbiomas de pacientes asmáticos

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Paulo Márcio Condessa Pitrez em 14/04/2016.
Descrição: A microbiota intestinal contribui substancialmente na homeostasia do organismo humano, sendo necessária para um adequado desenvolvimento das respostas imunes inatas e adaptativas. Alterações em sua composição são associadas a desordens gastrointestinais e, mais recentemente, também a doenças crônicas distantes do intestino, como a asma. A asma é uma doença crônica complexa das vias aéreas desencadeada pela interação entre fatores ambientais e genéticos. O aumento nos casos desta doença está relacionado ao crescimento da urbanização e à adoção de hábitos de vida modernos, que incluem pouca exposição a micróbios, uso de antibióticos e padrões nutricionais como a incorporação de alimentos ricos em gordura e açúcar aliados à reduzida ingestão de frutas, vegetais e fibras. Todos esses fatores ambientais citados, juntamente com a genética do hospedeiro, interferem com a microbiota intestinal, cujos produtos metabólicos finais são essenciais para a modulação da resposta imunológica. O objetivo deste projeto é utilizar dados de metagenômica para identificar micro-organismos responsáveis da indução ou manutenção de fenótipo asmático em pacientes..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Avaliação da modulação das células dendriticas por ácidos graxos de cadeia curta durante a infecção pelo vírus sincicial respiratório

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ana Paula Duarte de Souza em 24/07/2018.
Descrição: A bronquiolite causada pelo vírus sincicial respiratório (VSR) apresenta um desfecho clínico com alta taxa de mortalidade e custos para a saúde pública. Além disso, ainda não se tem elucidada uma maneira eficiente e eficaz de proteção contra o vírus e diminuição de sua intensidade de sintomatologia clínica. Desta forma, investigar alternativas de imunoterapia com o uso de componentes obtidos através da dieta se faz necessário. Assim neste projeto temos como objetivo avaliar a capacidade de ácidos graxos de cadeia curta (butirato de sódio, propionato e acetato) derivados do metabolismo da fibra alimentar no intestino, em modular a diferenciação e a maturação das células dendríticas durante a infecção pelo VSR e a capacidade de induzir uma resposta do tipo Th2 in vivo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: José Eduardo Vargas - Integrante / Renato Tetelbom Stein - Integrante / Ana Paula Souza - Coordenador / Krist Helen Antunes Fernandes - Integrante.
2016 - Atual
Predição de redes regulatórias transcricionais em asma

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Paulo Márcio Condessa Pitrez em 14/04/2016.
Descrição: A asma é uma doença prevalente em crianças, tendo como principal característica a inflamação e hiper-responsividade das vias aéreas. Além das células Th2, as células Th17, Th1 e Treg são envolvidas na patologia da doença pela função que elas e as citocinas por elas secretadas exercem. Além disso, a plasticidade das células T para diferenciar entre estes fenótipos dificulta a compreensão do ambiente celular que promove a inflamação nas vias aéreas. O objetivo deste projeto é combinar dados de genômica e expressão gênica para identificar fatores de transcrição próprios de células T que sejam chaves na indução ou manutenção de processos inflamatórios que possam ser modulados farmacologicamente para reduzir a inflamação no pulmão..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2017
Análise de associação do genoma na procura de SNPs epistáticos responsáveis da doença de Alzheimer
Descrição: A doença Alzheimer (DA) é uma desordem neurodegenerativa complexa e a forma mais comum de demência em idosos, sendo caracterizada pela perda progressiva da memória e da função cognitiva. Ainda que sua causa seja desconhecida, os fatores genéticos e o estresse oxidativo desempenham um papel importante na patogênese da DA e alguns estudos citogenéticos mostraram que células de pacientes com DA apresentam níveis aumentados de danos aos cromossomos. Além disso, diversos polimorfismos parecem ser os responsáveis do estabelecimento da patologia. Neste projeto temos como objetivo utilizar os dados genômicos de diferentes coortes completando o número total de 5393 casos e 3746 controles com o intuito de encontrar efeito epistáticos, entre estes polimorfismos que ajudem a desvendar possíveis mecanismos moleculares ainda não descritos nesta doença..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Identificação de marcador de asma severo por biologia de sistemas

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Paulo Márcio Condessa Pitrez em 14/04/2016.
Descrição: A asma de difícil controle é uma condição clínica de elevada morbi-mortalidade em todo o mundo, resultando em custos altos para a sociedade. Além disso, a qualidade de vida dos pacientes é comprometida e há necessidade de centros especializados para o manejo da doença. A falta de um método diagnóstico de detecção precoce da doença dificulta o início dos tratamentos adequados. Isto se deve ao fato de que a esteroide-resistência, embora bem caracterizada em adultos, continua sendo pouco entendida em crianças. Diferente do que acontece com adultos, o diagnóstico de asma de difícil controle em crianças escolares pode levar mais tempo, pois é necessário realizar uma série de etapas sistemáticas até se obter o diagnóstico definitivo. Neste contexto, apresenta-se aqui o projeto ?Identificação de biomarcadores para o diagnóstico precoce da asma de difícil controle em crianças? no qual serão utilizadas ferramentas de biologia de sistemas (bioinformática) para identificar potenciais biomarcadores para a detecção de ADC, auxiliando no diagnóstico precoce da doença. Dados de expressão gênica de crianças resistentes a corticoides serão utilizados para criar redes de interação gene-gene através de programas de metabusca. Após, estas redes serão analisadas topologicamente com o intuito de encontrar genes-chave que promovam a doença, e que podem ser potenciais biomarcadores. Finalmente, a expressão diferencial destes genes será validada por PCR arrays em amostras de sangue periférico de crianças brasileiras com ACD e que apresentam resistência ao tratamento com esteroides. Os resultados poderão não só ajudar a encontrar biomarcadores precoces, como facilitarão o entendimento das bases moleculares desta patologia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2017
Efeitos do resveratrol sobre as redes extracelulares liberadas por neutrófilos (NETs) durante infecções respiratórias

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Renato Tetelbom Stein em 24/04/2016.
Descrição: Os neutrófilos são as primeiras células a atingir os locais de infecção ou inflamação nos pulmões. O acúmulo massivo destas células está associado à lesão pulmonar aguda e crônica. Por isso, eles têm sido implicados na patogênese de muitas doenças pulmonares através da libertação de intermediários de oxigênio reativo, enzimas proteolíticas e redes extracelulares de DNA nuclear de neutrófilos (NETS). Os flavonoides são compostos de origem natural que inibem a proliferação de neutrófilos. No entanto, um destes flavonóides, o resveratrol possui uma propriedade química particular. Este composto reduz cobre Cu (II) à forma de Cu (I) com concomitante formação de espécies reativas de oxigênio, o que pode produzir quebras de DNA. Neste projeto é explorada a administração de resveratrol diretamente nos pulmões para clivar DNA das NETs, com o intuito de melhorar a função pulmonar durante infecções das vias aéreas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2014
Desenvolvimento de redes químico-proteicas e validação in vitro na busca de compostos naturais para o tratamento da infecção pelo Vírus Sincicial Respiratório
Descrição: A infecção pelo vírus sincicial respiratório ocupa um papel relevante na sociedade com forte impacto nos serviços de saúde privados e públicos. A descoberta de novas moléculas químicas para evitar o diminuir a capacidade infectante do VSR é fundamental. Apresenta-se aqui o projeto ?Farmacologia de sistemas na busca de compostos naturais para o tratamento da infecção pelo Vírus Sincicial Respiratório? no qual serão utilizadas ferramentas de biologia e farmacologia de sistemas para sugerir compostos químicos de origem vegetal com potencial de suprimir as vias de sinalização da infecção por VSR. Além disso, este projeto possibilitará a descoberta de novos alvos proteicos que sejam passíveis de serem modulados farmacologicamente. Nesta proposta, também estão incluídas validações in vitro para confirmar os dados obtidos in silico. Em nível industrial, a escolha de compostos de origem vegetal facilita o desenvolvimento de compostos-protótipos em escala laboratorial específicos para o tratamento da infecção por VSR, devido à disponibilidade de material vegetal. Isto pode implicar na diminuição do valor de custo da produção de uma droga ou combinação de drogas que afetem a infecção de VSR, como também na redução do impacto socioeconômico causado pelos tratamentos convencionais das doenças produzidas por este vírus..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: José Eduardo Vargas - Integrante / Diego Bonatto - Integrante / Renato Tetelbom Stein - Coordenador / Paulo Márcio Condessa Pitrez - Integrante / Osmar Norberto de Souza - Integrante / Bárbara Nery Porto - Integrante.Número de orientações: 1
2013 - 2014
Perfil de resposta imune e de desenvolvimento pulmonar em estudo longitudinal de crianças nascidas prematuras
Descrição: O impacto da expressão de citocinas na resposta à agressão viral nos primeiros anos de vida tem papel relevante na morbidade de doenças respiratórias. As razões pelas quais o mesmo vírus provoca respostas clínicas diferentes em crianças aparentemente com os mesmos fatores de risco ainda não estão bem elucidadas. Para definir um fenótipo de risco mais completo de doença por vírus respiratórios, neste projeto será realizada coleta de sangue de cordão ao nascimento e coletas na fase aguda de doença de vias aéreas inferiores por vírus respiratórios e no período de convalescença com o intuito de realizar a caracterização imunológica das crianças nas diferentes fases da doença..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2012
Efeito da transdução da atividade NTPDásica2 sobre a morfologia e proliferação in vitro do glioma U87
Descrição: A NTPDase2 é uma ectonucleotidase ancorada na membrana plasmática por dois domínios transmembrana, com o sítio catalítico voltado para o meio extracelular. Sua principal função é a hidrólise de nucleotídeos trifosfatados transformando‐os em difosfatados, mais fosfato inorgânico. Em menores proporções, também é capaz de hidrolisar nucleotídeos difosfatados. Sua função é remover ATP do meio extracelular, sendo que sua ausência causa acúmulo do nucleotídeo. Trabalhos anteriores demonstram que gliomas com superexpressão da NTPDase2 passaram a apresentar características de maior malignidade e agressividade. Tais peculiaridades, geralmente, são devido a alterações nas atividades de adesão, migração e proliferação celular, processos nos quais já foi demonstrado envolvimento de outras enzimas da mesma família, como a NTPDase1 e a Ecto‐5?‐nucleotidase in vitro. O envolvimento de proteínas com domínios ATPásicos na adesão celular é antigo na literatura. Entretanto, funções da NTPDase2 nestes mecanismos celulares ainda não foram estudadas in vitro. Por isso, nesse trabalho, a NTPDase2 foi superexpressa em células U87, GL261, Cos‐7 e Hek293 a fim de se estudar seu envolvimento nos processos biológicos de adesão, migração e proliferação celular in vitro. Nossos estudos mostraram que a superexpressão de NTPDase2 não altera a proliferação nem modula a migração celular. Entretanto, sua expressão diminui de maneira geral a adesão da linhagem Hek293 transduzidas sobre matrizes extracelulares, mas não modula a adesão sobre monocamada. A análise das imagens de microscopia confocal sugere que a enzima não se concentra na superfície de contato célula‐célula, sendo que quando as células estão sobre colágeno tipo I e fibronectina há uma concentração nas regiões de membrana livre. A medida do tempo para recuperação da fluorescência após ?photobleaching? indica que sobre colágeno tipo I há uma velocidade de recuperação da fluorescência maior nas regiões de membrana livre. Nossos resultados demonstram que a NTPDase2 não co‐localiza com proteínas de complexos ou de adesão focal. Assim podemos concluir que a NTPDase2 fisicamente não modula a adesão célula‐célula ou célula‐matriz..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2012
Estudos in vitro e in silico para determinação de mecanismos moleculares associados à senescência celular em glioblastoma
Descrição: Os gliomas representam a maioria dos tumores do sistema nervoso central, sendo o glioblastoma o mais maligno entre eles. O tratamento destes tumores ainda é ineficiente e a sobrevivida média dos pacientes é de aproximadamente um ano após diagnóstico. A remoção cirúrgica, quando possível, acompanhada de radioterapia e quimioterapia é o tratamento padrão. A tendência é que a quimioterapia assuma um papel mais importante, uma vez que possibilita a ativação de mecanismos endógenos antitumorais, como senescência celular. Este mecanismo possui potencial de induzir a perda irreversível da capacidade da divisão celular de células tumorais. o Resveratrol e a quercetina (dois polifenóis naturais) induzem senescência em diferentes linhagens tumorais, incluidos glioblastomas. O resveratrol tem efeitos pleiotropicos e induze a ativação de vários alvos moleculares, um desses alvos é a Sirt1. Sirt1 é uma histona desacetilase (HDAC) associada ao desenvolvimento de numeroos tipo de tumores. Por este motivo, foi avaliada a indução de senescência em células em glioblastomas pelo resveratrol combinada com butirato de sódio, um inibidor de HDAC da classe I e II . Da mesma forma, a quercetina funciona como inibidor de HDAC em células de vários modelos de câncer. Neste estudo, foi analisada a capacidade de butirato de sódio combinada com resveratrol ou quercetina para induzir a senescência em células de glioblastoma..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: José Eduardo Vargas - Integrante / Guido Lenz - Coordenador / Diego Bonatto - Integrante / Silva, Andrew Oliveira - Integrante / Fillipi-Chiela eduardo - Integrante / Suhre, Tais - Integrante.
2009 - 2012
Efeito dos polifenóis no crescimento e morte de glioma em modelo in vivo
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2012
Criação de um plasmídeo para estudo de promotores in vitro através do uso de proteínas fluorescentes
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: José Eduardo Vargas - Coordenador / Andrés Delgado Cañedo - Integrante.
2007 - 2012
Criação de uma série de lentivetores para transferência genica estável e troca de promotores
Descrição: A transferência gênica baseada em retrovírus permite o carregamento e integração de um material genético exógeno ao genoma de uma célula alvo, o que permite a expressão estável do transgene tanto in vitro quanto in vivo. Até o momento não existiam lentivetores que permitam a clonagem de diferentes genes sob promotores de expressão gênica regulada por tetraciclina e também a análise de expressão através do IRES - sistema repórter. No presente trabalho, foi criada uma série de lentivetores contendo plasticidade estrutural para permitir a clonagem de diferentes genes, sítios únicos de clivagem para clonagem de diferentes promotores.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: SM Journal of Biology
2016 - Atual
Periódico: SciTz Pediatrics & Therapeutics
2016 - Atual
Periódico: International Journal of Advances in Biology IJAB
2016 - Atual
Periódico: EC Pulmonology and Respiratory Medicine


Revisor de periódico


2014 - Atual
Periódico: British Journal of Mathematics & Computer Science
2014 - Atual
Periódico: British Journal of Pharmaceutical Research
2015 - Atual
Periódico: Journal of Disease and Global Health
2015 - Atual
Periódico: Journal of Scientific Research and Reports
2015 - Atual
Periódico: British Journal of Medicine and Medical Research
2015 - Atual
Periódico: Journal of Advances in Biology & Biotechnology
2015 - Atual
Periódico: Journal of Basic and Applied Research international
2015 - Atual
Periódico: British Microbiology Research Journal
2015 - Atual
Periódico: Annual Research & Review in Biology
2015 - Atual
Periódico: Journal of International Research in Medical and Pharmaceutical Sciences
2016 - Atual
Periódico: Central Nervous System Agents in Medicinal Chemistry
2016 - Atual
Periódico: European Journal of Medicinal Plants
2016 - Atual
Periódico: International Journal of Plant & Soil Science
2017 - Atual
Periódico: Oxidative Medicine and Cellular Longevity (Print)
2017 - Atual
Periódico: Journal of Negative Results In Biomedicine
2017 - Atual
Periódico: Mathematical Problems in Engineering (Print)
2017 - Atual
Periódico: Oncotarget
2017 - Atual
Periódico: ENVIRONMENTAL HEALTH PERSPECTIVES
2017 - Atual
Periódico: JOURNAL OF INTERNATIONAL MEDICAL RESEARCH
2018 - Atual
Periódico: FUNCTIONAL & INTEGRATIVE GENOMICS
2018 - Atual
Periódico: JOURNAL OF PEDIATRICS
2018 - Atual
Periódico: JOURNAL OF PEDIATRICS
2018 - Atual
Periódico: JOURNAL OF PEDIATRIC INFECTIOUS DISEASES


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Biologia de sistemas.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2015
Bolsa de Pesquisa Pós-Doutoral no Exterior, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
2013
Bolsa do Programa Nacional de Pós Doutorado - PNPD, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
2009
Bolsa de doutorado -Programa de Estudantes-Convênio de Pós-Graduação (PEC-PG), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
2008
Melhor apresentação da Sessão, Instituto Universitário de cardiologia.
2008
Bolsa de mestrado MCT/CNPq-027/2007, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SCOPUS
Total de trabalhos:14
Total de citações:54
José Eduardo Vargas  Data: 22/07/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
2Corrêa, T.2018Corrêa, T. ; Mergener, R. ; Leite, J. C. ; Galera, M. F. ; Azevedo Moreira, L. M. A. ; Vargas, José Eduardo ; Riegel, M. . Cytogenomic integrative network analysis of the critical region associated with Wolf-Hirschhorn syndrome. Biomed Research International, v. 2018, p. 2018-5436187, 2018.

2.
RISPOLI, T.2018RISPOLI, T. ; CASTRO, S. M. ; GRANDI, T. ; PRADO, M. ; FILIPPON, L. ; SILVA, C. M. D. ; ROSSETTI, L. M. R. ; VARGAS, JOSE . A Low-Cost and Simple Genetic Screening for Cystic Fibrosis Provided by the Brazilian Public Health System. JOURNAL OF PEDIATRICS, v. 199, p. 272-277, 2018.

3.
Vargas, José Eduardo2018Vargas, José Eduardo; Kubesch, N. ; Hernandéz- Ferrer, C ; Carrasco-Turigas, G. ; Bustamante, M. ; Nieuwenhuijsen, M. ; González Ruiz, J.R . A systemic approach to identify signaling pathways activated during short-term exposure to traffic-related urban air pollution from human blood. Environmental Science and Pollution Research, v. 25, p. 29572-29583, 2018.

4.
1Fazolo, T.2018Fazolo, T. ; Gassen, R. B. ; Freitas, D. N. ; Borges, T. ; Rigo, M. M. ; Silva, R. D. ; Maito, F. ; Cunha, A. ; Mendes, D. A. G. B. ; Báfica, A. ; Vargas, José Eduardo ; Souza, Ana Paula ; Bonorino, C . Vaccination with RSV M 209-223 peptide promotes a protective immune response associated with reduced pulmonary inflammation. ANTIVIRAL RESEARCH, v. 157, p. 102-110, 2018.

5.
5Muraro, S2017Muraro, S ; PITREZ, P. M. C. ; Souza, A. P. D. ; PORTO, B. N. ; Vargas, José Eduardo ; Ewald, I ; Heinzmann Filho, J. ; Santos, G ; Baptista, T ; Gandolfi, T ; Machado, F ; Jones, M. H ; Bonorino, C ; STEIN, R. T. . Immune response of toddlers with history of prematurity. Allergologia et Immunopathologia (Ed. impresa), v. 45, p. xx-xx, 2017.

6.
4Volkart, P. A.2017Volkart, P. A. ; Gassen, R. B. ; Nogueira, B. M. ; PORTO, B. N. ; Vargas, José Eduardo ; Souto, A. A. . Antitumor activity of resveratrol is independent of Cu(II) complex formation in MCF-7 cell line. BIOORGANIC & MEDICINAL CHEMISTRY LETTERS, v. 27, p. 3238-3242, 2017.

7.
3KIPPER, F. C.2017KIPPER, F. C. ; TAMAJUSUKU, A. ; MINUSSI, D. ; VARGAS, JOSE ; BATTASTINI, A. ; KACZMAREK, E. ; ROBSON, S. ; LENZ, G. ; WINK, M. . Analysis of NTPDase2 in the cell membrane using fluorescence recovery after photobleaching (FRAP). CYTOMETRY PART A, v. xx, p. xx-xx, 2017.

8.
6Cáceres, A.2016 Cáceres, A. ; Vargas, José Eduardo ; González Ruiz, J.R . APOE and MS4A6A interact with GnRH signaling in Alzheimer's disease: Enrichment of epistatic effects. Alzheimer's & Dementia, v. xx, p. xxx-xxx, 2016.

9.
7Vargas, José Eduardo2016Vargas, José Eduardo; Bárbara N. Porto ; Puga, Renato ; STEIN, R. T. ; Paulo Márcio C. Pitrez . Identifying a biomarker network for corticosteroid resistance in asthma from bronchoalveolar lavage samples. Molecular Biology Reports, p. xxx-xxx, 2016.

10.
9Vargas, José Eduardo2016Vargas, José Eduardo; Arigony Souto, A ; Paulo Márcio C. Pitrez ; STEIN, R. T. ; PORTO, B. N. . Modulatory potential of Resveratrol during lung inflammatory disease. Medical Hypotheses, v. xx, p. xx-xx, 2016.

11.
10Vargas, José Eduardo2016 Vargas, José Eduardo; Chicaybam, L. ; STEIN, R. T. ; Tanuri, A ; Delgado Cãnedo, A. ; Bonamino, Martin . Retroviral vectors and transposons for stable gene therapy: advances, current challenges and perspectives. Journal of Translational Medicine, v. 14, p. 1-15, 2016.

12.
8Pinto, L. A.2016Pinto, L. A. ; Leitão, L. ; Mocelin, M. ; Acosta, P. ; Caballero, M. ; Libster, R. ; Vargas, José Eduardo ; Polack, F. ; Comaru, T. ; STEIN, R. T. ; Souza, A. P. D. . IL-8/IL-17 gene variations and the susceptibility to severe viral bronchiolitis. Epidemiology and Infection (Print), v. 28, p. 1-5, 2016.

13.
11Vargas, José Eduardo2015Vargas, José Eduardo; Puga, Renato ; Poloni, J. F. ; Timmers, L. F. S. M. ; Bárbara N. Porto ; Osmar N. de Souza ; Bonatto,D ; Paulo Márcio C. Pitrez ; Renato T. Stein . A Network Flow Approach to Predict Protein Targets and Flavonoid Backbones to Treat Respiratory Syncytial Virus Infection. Biomed Research International, v. 2015, p. 1-9, 2015.

14.
12Vargas, José Eduardo2015Vargas, José Eduardo; Souza, Ana Paula ; PORTO, B. N. ; Fazolo, T. ; Mayer, F. Q. ; PITREZ, P. M. C. ; STEIN, R. T. . Immunomodulator plasmid projected by systems biology as a candidate for the development of adjuntive therapy for respiratory syncytial virus infection. Medical Hypotheses, v. 0306-9, p. 26601594, 2015.

15.
14ZAMIN, LAUREN L.2014ZAMIN, LAUREN L. ; FILIPPI-CHIELA, EDUARDO C. ; VARGAS, JOSE ; DEMARTINI, DIOGO RIBEIRO ; MEURER, LUISE ; SOUZA, ANA PAULA ; BONORINO, CRISTINA ; SALBEGO, CHRISTIANNE ; Lenz, Guido . Quercetin promotes glioma growth in a rat model. Food and Chemical Toxicology, v. 63, p. 205-211, 2014.

16.
13Vargas, José Eduardo2014 Vargas, José Eduardo; Fillipi-Chiela, E ; Suhre, T ; KIPPER, F. ; Bonatto,D ; Lenz G . Inhibition of HDAC increases the senescence induced by natural polyphenols in glioma cells. Biochemistry and Cell Biology (Print), v. 92, p. 297-304, 2014.

17.
16Vargas, José Eduardo;VARGAS, JOSE;Vargas, J.E2012Vargas, José Eduardo; FELTES, B. C. ; POLONI, J. F. ; Lenz G ; Bonatto,D . Senescence; an endogenous anticancer mechanism. Frontiers in Bioscience-Landmark, v. 17, p. 2616-2643, 2012.

18.
15Vargas, José Eduardo;VARGAS, JOSE;Vargas, J.E2012Vargas, José Eduardo; Salton, Gabrielle ; Sodré de Castro Laino, Andressa ; Pires, Tiago Dalberto ; Bonamino, Martin ; Lenz, Guido ; Delgado-Cañedo, Andrés . pLR: A lentiviral backbone series to stable transduction of bicistronic genes and exchange of promoters. PLASMID, v. 68, p. 179-185, 2012.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Vargas, José Eduardo. How did computers help us to find biomarkers for corticosteroid resistance in asthma through systems biology approach?. Atlas of Science, p. 1 - 1, 04 out. 2016.

2.
Vargas, José Eduardo. Para respirar melhor. PUCRS informação - O novo idoso, PUCRS, p. 22 - 23, 01 nov. 2013.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Vargas, José Eduardo; Lenz G ; Delgado C. A . CRIAÇÃO DE UMA SÉRIE DE LENTIVETORES COMO FERRAMENTA PARA TRANSFERÊNCIA GÊNICA ESTÁVEL. In: XVIII SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - XV FEIRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - I SALÃO DE UFRGS JOVEM, 2006, PORTO ALEGRE. XVIII SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - XV FEIRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - I SALÃO DE UFRGS JOVEM, 2006.

2.
Vargas, José Eduardo; Lenz G ; Delgado C. A . CRIAÇÃO DE UMA SÉRIE DE LENTIVETORES COMO FERRAMENTA PARA TRANSFERÊNCIA GÊNICA ESTÁVEL. In: 26 SEMANA CIENTÍFICA DO HCPA - 5º REUNIÃO DA REDE NACIONAL DE PESQUISA CLÍNICA EM HOSPITAL DE ENSINO - 13ºCONGRESSO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM SAÚDE DO MERCOSUL, 2006, PORTO ALEGRE. 26 SEMANA CIENTÍFICA DO HCPA - 5º REUNIÃO DA REDE NACIONAL DE PESQUISA CLÍNICA EM HOSPITAL DE ENSINO - 13ºCONGRESSO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM SAÚDE DO MERCOSUL, 2006.

3.
Vargas, José Eduardo; Lenz G ; Delgado C. A . CRIAÇÃO DE UMA SÉRIE DE LENTIVETORES COMO FERRAMENTA PARA TRANSFERÊNCIA GÊNICA ESTÁVEL. In: FEIRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E SALÃO DE EXTENSÃO - 2006, 2006, NOVO HAMBURGO. FEIRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E SALÃO DE EXTENSÃO - 2006, 2006.

Apresentações de Trabalho
1.
Vargas, José Eduardo. As estrelas em nós. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
Vargas, José Eduardo. Diagnóstico molecular. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Vargas, José Eduardo. Biologia Computacional e Explorção de Dados. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Vargas, José Eduardo. Computadores entendendo o funcionamento das células: Biologia de sistemas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Vargas, José Eduardo. Biologia de sistemas para compreender doenças respiratórias complexas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
Vargas, José Eduardo. Envelhecimento celular: um mecanismo antitumoral. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
Vargas, José Eduardo. Câncer e envelhecimento celular. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
Vargas, José Eduardo. Criação de uma série de lentivectores estáveis para estudo de doenças geneticas. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
Vargas, José Eduardo. PROGRAMA DE ARTICULACION UNIVERSIDAD ESCUELA MEDIA II. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Vargas, José Eduardo. Sindrome de Down UPFTV. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
Vargas, José Eduardo. Especialização Biologia Computacional e Exploração de Dados. 2018. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

3.
Vargas, José Eduardo; KIRKLAND, J. ; LEMAITRE, J. . Avanços científicos podem eliminar células danificadas e prevenir doenças. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
Vargas, José Eduardo. Bioinformática para iniciantes (teoria e prática). 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
Lenz G ; Lopez, L ; Silva, A.O ; Fillipi-Chiela, E ; Ledur, P ; Kipper, F ; Vargas, José Eduardo . Curso Estudo da Sinalização Celular no Câncer. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
Vargas, José Eduardo. Microorganismos: Mocinhos ou Bandidos. 2009. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Curso de férias).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Vargas, José Eduardo; Grando, M. F.; Torres, G. A. M.; Brammer, S. P.. Participação em banca de Camila Vancini. Caracterização dos alelos de gluteninas de alto peso molecular, influência da qualidade de uso final do trigo no Brasil e análise de marcadores moleculares. 2018. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade de Passo Fundo.

2.
Vargas, José Eduardo; Leonardo A. Pinto. Participação em banca de Gabriela Acevedo Ferreira. MECANISMOS DE MORTE UTILIZADOS PELAS CÉLULAS EPITELIAIS ALVEOLARES INFECTADAS COM O VÍRUS SINCICIAL RESPIRATÓRIO. 2016. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em Medicina e Ciências da Sáude) - Pontificia Universidade católica de Rio Grande do Sul.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Vargas, José Eduardo. Participação em banca de Gustavo Kellermann Reolon.Criação de imagens em pirâmides de projeção para o ensino de biologia celular. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Avaliação de cursos
1.
Souza, A. P. D.; TUANA, F. M. B.; Vargas, José Eduardo. Redes extracelulares de DNA de células granulocíticas no escarro de crianças com asma. 2017. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Outras participações
1.
Vargas, José Eduardo; Marcus H. Jones. Efeitos do transplante das populações celulares CD45+ e CD90+ da fração mononuclear da medula óssea no tratamento da epilepsia experimental: comportamentais e moleculares. 2016. Pontificia Universidade católica de Rio Grande do Sul.

2.
Vargas, José Eduardo; Marcus H. Jones. A relação entre a síntese e a degradação de proteínas na memóriade reconhecimento de objetos. 2016. Pontificia Universidade católica de Rio Grande do Sul.

3.
Vargas, José Eduardo; Marcus H. Jones. Avaliação da Biodistribuição das Células Mononucleares de Medula Óssea em Ratos Submetidos a Esplenectomia e ao Modelo de Pilocarpina. 2016. Pontificia Universidade católica de Rio Grande do Sul.

4.
Vargas, José Eduardo; Marcus H. Jones. Estudo electrofisiológico e potencial terapêutico de neurotoxinas da epilepsia experimental. 2016. Pontificia Universidade católica de Rio Grande do Sul.

5.
Vargas, José Eduardo; Marcus H. Jones. Papel dos receptores 5-HT6 na consolidação ereconsolidação da memória de medo condicionado aocontexto. 2016. Pontificia Universidade católica de Rio Grande do Sul.

6.
Vargas, José Eduardo; Marcus H. Jones. Mecanismos Moleculares da Interação Neutrófilo-CélulaEpitelial Alveolar na Infecção pelo Vírus Sincicial Respiratório:implicações para a patogênese da doença. 2016. Pontificia Universidade católica de Rio Grande do Sul.

7.
Vargas, José Eduardo. Avaliação da expressão de marcadores de autofagia no carcionoma epidermóide de esôfago. 2016.

8.
Vargas, José Eduardo; Marcus H. Jones. Participação do peptídeo PACAP na memória de Reconhecimento Social. 2016. Pontificia Universidade católica de Rio Grande do Sul.

9.
Vargas, José Eduardo; BERIA, J. U.; SARRIA, E.. Análise da expressão proteica do inflamossomo NLRP3 em pacientes com evento cardiológico e síndrome metabólica. 2014. Pontificia Universidade católica de Rio Grande do Sul.

10.
Vargas, José Eduardo; BERIA, J. U.; SARRIA, E.. Validação do uso de FOTO-ECG como alternativa de baixo custo para a interpretação de eletrocardiograma a distância. 2014. Pontificia Universidade católica de Rio Grande do Sul.

11.
Vargas, José Eduardo; SARRIA, E.; BERIA, J. U.. Polimorfismo Genético e Proteico da Enzima Conversora de Angiotensina na Síndrome de Pré-Eclâmpsia. 2014. Pontificia Universidade católica de Rio Grande do Sul.

12.
Vargas, José Eduardo; SARRIA, E.; BERIA, J. U.. Aumento dos níveis plasmáticos do receptor solúvel da Interleucina-6 em pacientes com pré-eclâmpsia. 2014. Pontificia Universidade católica de Rio Grande do Sul.

13.
Vargas, José Eduardo; SARRIA, E.; BERIA, J. U.. Investigando as Bases Neurais da Dislexia e Dificuldades de Leitura em Estudos de Neuroimagem. 2014. Pontificia Universidade católica de Rio Grande do Sul.

14.
Vargas, José Eduardo; SARRIA, E.; BERIA, J. U.. Mecanismos de Sinalização e Produção de Neurotrofinas Durante a Neurodifereciação, Neurogênese e Desdiferenciação de CélulasTronco Adultas de Cordão Umbilical e Fibroblastos Humanos. 2014. Pontificia Universidade católica de Rio Grande do Sul.

15.
Vargas, José Eduardo; SARRIA, E.; BERIA, J. U.. Neurodiferenciação e Neurogênese: papel dos receptores de tirosina quinases e produção de neurotrofinas. 2014. Pontificia Universidade católica de Rio Grande do Sul.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SIMPÓSIO DE PESQUISA EXPERIMENTAL E TRANSLACIONAL EM SAÚDE DA CRIANÇA,.HIGH FIBER DIET AND MICROBIOTA-DERIVED SODIUM ACETATE INDUCES TYPE-1 INTERFERON PRODUCTION PROTECTING AGAINST RESPIRATORY SYNCYTIAL VIRUS INFECTION. 2017. (Simpósio).

2.
Europe-Brazil Meeting on Systems and Synthetic Biology. A network flow approach to predict new protein targets and natural chemical backbones to treat RSV infection. 2014. (Congresso).

3.
Imuno Búzios 2014. Immune response and lung development in a longitudinal study of children born prematurely. 2014. (Congresso).

4.
VII Simpósio Sul de Imunologia.VII Simpósio Sul de Imunologia. 2014. (Simpósio).

5.
Advancing Vaccines in the Genomics Era.Advancing Vaccines in the Genomics Era. 2013. (Simpósio).

6.
VI congresso internacional de Bionálise, IX congresso sulbrasileiro de Biomedicina e XIII semana gaúcha de biomediciana. Perfil de Resposta Imune e de Desenvolvimento Pulmonar em Estudo Longitudinal de Crianças Nascidas Prematuras e a Termo. 2013. (Congresso).

7.
II CICLO DE PLAESTRAS EN IMUNOLOGIA.particpante. 2009. (Simpósio).

8.
Inova UFRGS.Lentivirais e RNAi ( RNA de interferência). 2007. (Encontro).

9.
III JORNADAS CIENTIFICO TECNOLÓGICAS DE LA UNIVERSIDAD NACIONAL DE MISIONES - V JORNADAS CIENTIFICO TECNOLOGICAS DE LA FACULTAD DE CS. EXACTAS QCAS Y NATURALES " INTRODUCCION A LA TERAPIA GÉNICA, ANGIOGÉNESIS Y MIOCARDIOGÉNESIS POR TERAPIA GÉNICA". 2005. (Simpósio).

10.
VII CONGRESO ARGENTINO DE VIROLOGÍA. 2005. (Congresso).

11.
" LA EXPRESIÓN GENÉTICA DIFERENCIAL EN LA CONSTRUCCIÓN Y MANTENIMIENTO DE UN ORGANISMO". 2003. (Simpósio).

12.
2 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTÍFICO TECNOLÓGICAS / 4 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTÍFICO TECNOLÓGICAS " VIRUS ONCOGÉNICOS: LA VARIABILIDAD GENÉTICA DEL VIRUS PAPILOMA HUMANO TIPO 16 (HPV16) ABORÍGENES DE MISIONES". 2003. (Simpósio).

13.
2 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTÍFICO TECNOLÓGICAS 4 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTIFÍCO TECNOLÓGICAS "CONOCIMIENTO Y CULTURA EN LA EVOLUCIÓN CIENTÍFICA Y TÉCNICA". 2003. (Simpósio).

14.
2 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTÍFICO TECNOLÓGICAS 4 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTIFÍCO TECNOLÓGICAS " CONOCIMIENTO Y CULTURA EN LA EVOLUCIÓN Y TÉCNICA". 2003. (Simpósio).

15.
2 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTÍFICO TECNOLÓGICAS 4 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTIFÍCO TECNOLÓGICAS " EL EFECTO DE LA FORTIFICACIÓN CON ÁCIDO FÓLICO Y LA PREVENCIÓN DE LOS DEFECTOS DEL TUBO NEURAL". 2003. (Simpósio).

16.
2 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTÍFICO TECNOLÓGICAS 4 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTIFÍCO TECNOLÓGICAS " ESCHERICHIA COLI ENTEROHEMORRÁGICA. PORQUÉ CONOCERLO". 2003. (Simpósio).

17.
2 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTÍFICO TECNOLÓGICAS -4 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTIFÍCO TECNOLÓGICAS " ESTUDIOS DE ADN EN LA INVESTIGACIÓN CRIMINAL Y DETERMINACIÓN DE VÍNCULOS BIOLÓGICOS". 2003. (Simpósio).

18.
2 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTÍFICO TECNOLÓGICAS 4 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTIFÍCO TECNOLÓGICAS" INFECCIONES FÚNGICAS. UNA REALIDAD IN CRESCENTE EN EL SIGLO XXI". 2003. (Simpósio).

19.
2 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTIFICO TECNOLÓGICAS - 4 JORNADAS DE INVESTIGACION CIENTIFICO TECNOLOGICAS " LA EXPRESIÓN DIFERENCIAL EN LA CONSTRUCCIÓN Y MANTENIMIENTO DE UN ORGANISMO". 2003. (Simpósio).

20.
2 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTÍFICO TECNOLÓGICAS- 4 JORNADAS DE INVESTIGACIÓN CIENTÍFICO TECNOLÓGICAS (UNAM)" ESTUDIOS DE ADN EN LA INVESTIGACIÓN CRIMININAL Y DETERMINACIÓN DE VÍNCULOS BIOLÓGICOS". 2003. (Simpósio).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Tese de doutorado
1.
Thaiane Rispoli Serrano. Análise in silico dos genes modificadores da fibrose cística. Início: 2016. Tese (Doutorado em Biologia Celular e Molecular) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Coorientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Aline Santos. Exploração dos mecanismos moleculares da fibrose cisitica. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade de Passo Fundo. (Orientador).

2.
Sofia Forcellini. Estudo in sílico da variabilidade da asma em pacientes tratados com futicazone. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade de Passo Fundo. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Ana Vitória Lucion Didóne. ANÁLISE IN SILICO DA VARIABILIDADE DOS PERFIS DE EXPRESSÃO GÊNICA DE ASMÁTICOS TRATADOS COM CORTICOIDES. Início: 2018 - Universidade de Passo Fundo, UPF. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Priscylla volkart. Análise da localização de cobre intracelular por MET-EDS em células MCF-7 tratadas com CuSO4 e resveratrol. 2015. Dissertação (Mestrado em PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR MES) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, . Coorientador: José Eduardo Vargas.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
João Batista Ilgenfritz Zimmermann. Entendendo o resveratrol: Uma revisão critica sobre seus efeitos terapêuticos para doenças da pele. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Dermatologia) - INSTITUTO BRASILEIRO DE ENSINO. Orientador: José Eduardo Vargas.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Matheus Marques da Costa. Modelos in silico das principais vias de sinalização envolvidas no desenvolvimento do asma. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade de Passo Fundo. Orientador: José Eduardo Vargas.

2.
Darlei Gaieski. Predição de novos compostos de natureza não esteróide para o tratamento da asma. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade de Passo Fundo. Orientador: José Eduardo Vargas.

Iniciação científica
1.
Lais Bridi. Identificação de um biomarcador precoce para asma esteróide resistente. 2016. Iniciação Científica - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: José Eduardo Vargas.

2.
Hariel Giacomuzzi. Marcadores diagnóstico para doenças infecciosas a partir de dados genômicos. 2016. Iniciação Científica - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: José Eduardo Vargas.

3.
Guilherme Noschang Bacchi. Desenvolvimento de redes químico-proteicas e validação in vitro na busca de compostos naturais para o tratamento da infecção pelo Vírus Sincicial Respiratório. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Eduardo Vargas.

4.
Tais Suhre. Senescência e cancer. 2011. Iniciação Científica - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: José Eduardo Vargas.

5.
Lucinara Dadda Dias. ESTUDO DE PROMOTORES IN VITRO ATRAVÉS DA CRIAÇÃO DE UM PLASMIDEO BICOLOR. 2008. Iniciação Científica - Instituto Universitário de Cardiologia. Orientador: José Eduardo Vargas.

6.
Lucinara Dadda Dias. Criação de um plasmídeo para estudo de promotores in vitro através do uso de proteínas fluorescentes. 2008. Iniciação Científica - Instituto Universitário de Cardiologia. Orientador: José Eduardo Vargas.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
Vargas, José Eduardo. Envelhecimento celular: um mecanismo antitumoral. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
Vargas, José Eduardo. Câncer e envelhecimento celular. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Vargas, José Eduardo; KIRKLAND, J. ; LEMAITRE, J. . Avanços científicos podem eliminar células danificadas e prevenir doenças. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).



Outras informações relevantes


1) José Eduardo Vargas possui o nível intermediário de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras), com validade em todo o território brasileiro, adjudicado pelo Ministério da Educação (MEC) no ano 2007. 2) Aprovado em 1 lugar no Concurso de professor de Genética na Universidade de Passo Fundo (UPF)- Edital Comsel Nº 01/2016.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 20:51:37