Kátia Fernanda Rito Pereira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3816663445521130
  • Última atualização do currículo em 03/01/2019


Possui graduação em Ciências Biológicas - Bacharelado pela Universidade Federal de Pernambuco, mestrado e doutorado em Biologia Vegetal com ênfase em Ecologia e Conservação pelo Programa de Pós-graduação em Biologia Vegetal pela mesma universidade.Tem experiência na área de Ecologia, desenvolvendo estudos nas grandes áreas de ecologia de paisagens e ecologia de comunidades e populações. Investiga principalmente a influência de pertubações antrópicas e mudanças climáticas na organização de comunidades e nas diversidades taxonômica e filogenética em populações e comunidades vegetais. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Kátia Fernanda Rito Pereira
Nome em citações bibliográficas
RITO, K. F.;PEREIRA, K.F.R.;Rito, Kátia F.;Rito, Kátia Fernanda

Endereço


Endereço Profissional
Universidad Nacional Autónoma de Mexico, Instituto de Investigaciones en Ecosistemas y Sustentabilidad.
Antigua Caretera a Pátzcuaro, n°8701
Ex Hacienda San José de la Huerta
58190 - Morelia, - México
Telefone: (01) 4433222777
Ramal: 42609


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2016
Doutorado em Biologia Vegetal.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
com período sanduíche em Instituto de Investigaciones en Ecosistema y Sustentabilidad - UNAM (Orientador: Víctor Arroyo-Rodríguez).
Título: Estrutura de comunidades de plantas lenhosas na Caatinga: o efeito dos distúrbios humanos em um gradiente de precipitação, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Marcelo Tabarelli.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco, FACEPE, Brasil.
2010 - 2012
Mestrado em Biologia Vegetal.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: Influência de perturbações antrópicas sobre populações de Euphorbiaceae na Caatinga.,Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Inara Roberta Leal.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2006 - 2009
Graduação em Ciencias Biologicas Bacharelado.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: As sementes de mandacaru têm memória hídrica?.
Orientador: Inara Roberta Leal.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2016 - 2018
Pós-Doutorado.
Universidad Nacional Autónoma de Mexico, UNAM, México.
Bolsista do(a): Dirección General de Asuntos del Personal Académico, DGAPA - UNAM, México.
Grande área: Ciências Biológicas


Formação Complementar


2015 - 2015
Introducción al Meta-análisis en Ecología. (Carga horária: 20h).
Instituto de Investigaciones en Ecosistema y Sustentabilidad - UNAM, IIES - UNAM, México.
2015 - 2015
Curso de Campo Ecología y Conservación del Bosque Tropical húmedo. (Carga horária: 120h).
Instituto de Investigaciones en Ecosistema y Sustentabilidad - UNAM, IIES - UNAM, México.
2013 - 2013
Curso de SIG Aplicado ao Planejamento de Paisagens. (Carga horária: 40h).
Núcleo de Formação em Ciência e Tecnologia Ambiental do Nordeste, CEPAN, Brasil.
2010 - 2010
Curso de Campo Ecologia da floresta Amazônica. (Carga horária: 120h).
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
2010 - 2010
Curso de Campo Ecologia e Conservação da Caatinga. (Carga horária: 120h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2008 - 2008
Entre bytes, células e informações.. (Carga horária: 6h).
Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami, LIKA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidad Nacional Autónoma de Mexico, UNAM, México.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Pós-doutoral - Colaborador, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor convidado

Atividades

09/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Investigaciones en Ecosistemas y Sustentabilidad, .

Linhas de pesquisa
Ecologia

Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Professor colaborador, Enquadramento Funcional: Professor convidado

Atividades

07/2017 - 08/2017
Ensino, Ecologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia da Floresta Amazônica

Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2016
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Doutoranda, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Mestrado (Bolsista CNPq), Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica (Bolsista CNPq), Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica (Bolsista CNPq), Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Monitoria, Enquadramento Funcional: Monitor voluntário, Carga horária: 12
Outras informações
Disciplina: Ecologia de Populações (ZO321)

Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Estagiária - Depto. de Botânica (Voluntária), Carga horária: 20

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica (Voluntária), Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Estagiária - Depto. de Botânica(Voluntária), Carga horária: 20


Instituto Agronômico de Pernambuco, IPA, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Estágio extracurricular, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 16




Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Impacto de la estructura del paisaje sobre la regeneración de plantas en bosques tropicales secundarios
Descrição: Los bosques tropicales han sido ampliamente deforestados y fragmentados a nivel global. Sin embargo, el abandono de tierras está promoviendo la expansión de bosques secundarios (en regeneración) inmersos en paisajes con diferente composición y configuración espacial. Aunque un número creciente de estudios han evaluado los factores que determinan la regeneración de bosques secundarios, la mayoría se enfoca en factores locales (e.g., edad, tipo de suelo y tipo de disturbio) y no miden (ni controlan) el impacto potencial de la estructura del paisaje sobre los patrones de regeneración. En este proyecto se probará la hipótesis de que tanto la velocidad de recuperación de los atributos de las comunidades de plantas (i.e., densidad de individuos, riqueza y diversidad de especies, área basal total y composición de especies), como la variación en las trayectorias sucesionales de cada atributo, dependen de la composición y configuración espacial del paisaje que rodea a los bosques secundarios, siendo las respuestas diferentes entre bosques tropicales húmedos y secos. Los resultados de este estudio contribuirán a entender mejor (a) la respuesta de las comunidades de plantas al disturbio humano, (b) el valor de conservación de los bosques secundarios en el trópico húmedo y seco, y (c) algunas estrategias urgentes de conservación y manejo de bosques tropicales secundarios..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Kátia Fernanda Rito Pereira - Coordenador / Víctor Arroyo-Rodríguez - Integrante.
Financiador(es): Universidad Nacional Autónoma de Mexico - Bolsa.
2013 - Atual
Como a biota da Caatinga responde às atividades humanas? Efeitos do aumento da perturbação e da redução da pluviosidade

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Inara Roberta Leal em 10/02/2014.
Descrição: A ecologia há muito já sabe que as espécies evoluem, as comunidades se organizam e os ecossistemas apresentam padrões de funcionamento (fluxo de energia e ciclagem de nutrientes) em resposta a regimes de perturbações que são intrínsecos de cada ecossistema ou ambiente natural. Contudo, os ecossistemas estão cada vez mais expostos a perturbações de origem antrópica, causados por duas grandes forças estruturadoras (1) mudanças na dinâmica de uso do solo, principalmente a conversão de paisagens naturais em paisagens antrópicas e (2) mudanças climáticas globais, com repercussão nos perfis climáticos regionais. Sendo assim, o objetivo geral desta proposta é examinar como perturbações antrópicas, incluindo redução na pluviosidade, a principal expectativa das mudanças climáticas para o semiárido brasileiro, afetam as comunidades de e as interações entre plantas, herbívoros e predadores de herbívoros da Caatinga. O projeto está distribuído em três módulos (1) Padrões de diversidade das comunidades, que testará hipóteses sobre como perturbações antrópicas modificam a estrutura e composição de espécies bem como os padrões de diversidade taxonômica, funcional e filogenética das comunidades de plantas, herbívoros e predadores de herbívoros; (2) Processos estruturadores das comunidades, cujo objetivo é verificar a contribuição relativa das interações bióticas e dos filtros ambientais na estruturação das comunidades biológicas; e (3) Interações planta-animal, que investigará como interações planta-animal antagônicas (planta-herbívoro) e mutualísticas (planta-formiga) são reorganizadas em resposta às perturbações antrópicas e simular sua resposta às mudanças climáticas, mais especificamente, à redução na pluviosidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Kátia Fernanda Rito Pereira - Integrante / Inara Roberta Leal - Coordenador / Marcelo Tabarelli - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Auxílio financeiro.
2013 - Atual
Perturbações antrópicas, mudanças climáticas e a biota futura da Caatinga (Programa de Pesquisa Ecológica de Longa Duração CNPq processo número 403770/2012-2)
Descrição: A presente proposta objetiva examinar como perturbações antrópicas e mudanças no regime de precipitação afetam a biota da Caatinga em diferentes níveis de organização biológica (i.e., de populações ao nível de ecossistema), tendo como referência teórica algumas macrotendências já documentadas nos trópicos. Para alcançar este objetivo geral, são propostos sete objetivos específicos, os quais constituem os módulos de execução do projeto: (1) padrões de diversidade das comunidades, (2) processos estruturadores das comunidades, (3) interações planta-animal, (4) ciclagem de nutrientes, (5) regeneração natural e restauração florestal, (6) sistema de informação geográfica, e (7) capacitação e transferência de informação. A execução do projeto e o alcance de seus objetivos baseiam-se no: (1) estabelecimento de um conjunto de 30 parcelas permanentes (unidades experimentais), (2) inventários multitaxa periódicos, (3) monitoramento contínuo de variáveis ambientais e antrópicas, (4) consolidação das informações biológicas, de uso do solo e ambientais em uma base do tipo SIG e (5) disseminação/transferência das informações, através de um conjunto amplo de instrumentos. O projeto será desenvolvido no Parque Nacional do Catimbau, um polígono de ca. 70.000 ha, e uma das mais importantes unidades de conservação da Caatinga. O PARNA Catimbau apresenta vocação para estudos ecológicos de longa duração e, assim, para tornar-se um Sítio PELD, pois: (1) reúne um patrimônio biológico, arqueológico e paisagístico de valor inestimável, (2) abriga áreas com diferentes históricos de uso do solo e de pressão antrópica sobre a vegetação de caatinga, (3) existem iniciativas de pesquisa e formação de recursos humanos já em curso, e (4) a gestão da unidade, logística e infra-estrutura são favoráveis às iniciativas de longa duração..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Kátia Fernanda Rito Pereira - Integrante / Inara Roberta Leal - Integrante / Marcelo Tabarelli - Coordenador / Felipe Pimentel Lopes de Melo - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2009 - 2012
Influência de perturbações antrópicas na rede de interações e ecologia da dispersão de sementes na Caatinga Espaço (Edital Universal CNPq processo número 477290/2009-4)
Descrição: Os animais atuam como os principais agentes transportadores durante as duas fases dispersivas do ciclo de vida dos vegetais, a polinização e a dispersão de sementes. O benefício mútuo gerado por estas relações tem sido um fator chave na evolução de angiospermas, insetos e vários grupos de animais vertebrados, atuando como força modeladora da biodiversidade terrestre. Essa importância das relações mutualísticas na manutenção da diversidade pode ser bastante evidenciada pelas conseqüências catastróficas causadas por perturbações antrópicas, onde o desaparecimento de animais provoca a extinção das plantas que dependem desses vetores para seu sucesso reprodutivo. Esse efeito cascata já foi bem descrito em florestas tropicais úmidas, mas tem sido completamente negligenciado para florestas secas como a Caatinga. O objetivo geral deste projeto é investigar as relações entre plantas e seus agentes dispersores na Caatinga, avaliando as variações na rede de interações ao longo das estações chuvosa e seca e em áreas com diferentes graus de perturbação (Módulo 1). Paralelo a essa caracterização geral da rede de interações planta-dispersor, será estudada a ecologia da dispersão de sementes das duas principais famílias botânicas da Caatinga (i.e., Cactaceae e Euphorbiaceae) em áreas com diferentes graus de perturbação, desde a caracterização das espécies dispersores até a distribuição espacial das plântulas e a estrutura e dinâmica das populações vegetais. Mais especificamente, investigaremos qual a eficiência dos diferentes dispersores que estão utilizando uma mesma espécie de planta em áreas com diferentes graus de perturbação (Módulo 2), qual o resultado da interação com os diferentes dispersores em termos de estabelecimento das plântulas nestas áreas (Módulo 3) e quais as conseqüências dos tipos de dispersores e do distúrbio antrópico na estrutura e dinâmica das populações (Módulo 4).
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (4) .

Integrantes: Kátia Fernanda Rito Pereira - Integrante / Inara Roberta Leal - Coordenador / Laura Carolina Leal - Integrante / Marcos Vinicius Meiado - Integrante / José Domingos Ribeiro Neto - Integrante / Elâine Maria dos Santos Ribeiro - Integrante / Talita Câmara dos Santos Bezerra - Integrante / Fernanda Pereira Oliveira - Integrante / Larissa Sátiro - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2009 - 2011
Redes de interações e ecologia da dispersão de sementes na Caatinga (APQ-0140- 2.05/08)
Descrição: Animais atuam como os principais agentes transportadores durante as duas fases dispersivas do ciclo de vida dos vegetais: a polinização de flores e a dispersão de propágulos. O benefício mútuo gerado por esta relação tem sido o fator chave na evolução de angiospermas e de muitos grupos de animais vertebrados e invertebrados, atuando como força modeladora da biodiversidade terrestre. A importância de relações mutualísticas na manutenção da diversidade em ecossistemas terrestres pode ser bastante evidenciada pelas conseqüências catastróficas causadas por perturbações antrópicas, cada vez mais freqüente nos últimos séculos. A extinção de espécies tem sido uma conseqüência bastante evidente da perda de habitat. Contudo, uma outra importante conseqüência tem sido pouco explorada nos estudos de conservação: a perda de interações biológicas. Com o desaparecimento de animais, muitas plantas que dependem desses vetores para seu sucesso reprodutivo também desaparecerão. Esse efeito cascata já foi bem descrito em florestas úmidas, porém, para florestas secas, poucos estudos visando às conseqüências da perda de habitat foram conduzidos, principalmente com objetivo de compreender efeitos de processos deletérios nas interações entre espécies. Assim, pretendemos com este projeto estudar as relações entre diásporos e seus agentes dispersores no contexto de comunidade, avaliando as suas variações ao longo do tempo, em áreas sob diferentes níveis de perturbação e as conseqüências destas variações nas redes de interação e no sucesso reprodutivo da comunidade vegetal. Os resultados obtidos contribuirão de forma bastante significativa na corroboração de diversos estudos teóricos acerca do tema. Além disso, o projeto contribuirá para o conhecimento sobre os processos ecológicos ocorrentes na Caatinga, os quais são praticamente inexplorados no cenário mundial e podem auxiliar o entendimento dos padrões das relações mutualísticas entre plantas e animais nos demais ecossistemas estudados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) .

Integrantes: Kátia Fernanda Rito Pereira - Integrante / Inara Roberta Leal - Coordenador / Laura Carolina Leal - Integrante / Marcos Vinicius Meiado - Integrante / Karla Viviane de Figueiredo - Integrante / José Domingos Ribeiro Neto - Integrante / Poliana Figueroa Falcão - Integrante / Elâine Maria dos Santos Ribeiro - Integrante / Talita Câmara dos Santos Bezerra - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Auxílio financeiro.
2007 - 2009
Influência das formigas cortadeiras na estrutura da vegetação da Floresta Atlântica Nordestina (Projeto PROBRAL CAPES/DAAD processo número 257/07)
Descrição: O objetivo principal deste estudo é caracterizar o impacto direto e indireto das formigas cortadeiras sobre populações e, conseqüentemente, sobre a comunidade de plantas arbóreas em fragmentos de Floresta Atlântica Nordestina. Serão testadas duas hipóteses principais: (1) formigas cortadeiras reduzem o sucesso reprodutivo de espécies vegetais, tornando estas espécies menos abundantes (efeito direto) e (2) formigas cortadeiras ampliam as modificações do ambiente físico causadas pela fragmentação, reduzindo a área disponível para o estabelecimento de árvores tolerantes à sombra (efeito indireto). Para alcançar este objetivo principal, seis objetivos específicos foram definidos, os quais representam os módulos deste projeto. No módulo I e II serão quantificadas e caracterizadas as áreas ocupadas pelas formigas cortadeiras na Floresta Atlântica Nordestina. No módulo III será examinada a influência das áreas criadas pelas formigas cortadeiras no recrutamento de espécies de árvores selecionadas. No módulo IV será avaliada a influência da atividade de forrageamento das formigas cortadeiras no sucesso reprodutivo de espécies de árvores selecionadas. No módulo V será analisada a influência das formigas cortadeiras na estrutura da comunidade de plantas arbóreas da Floresta Atlântica Nordestina. Por fim, no módulo VI as clareiras das formigas serão comparadas física e biologicamente com clareiras naturais da floresta..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (5) .

Integrantes: Kátia Fernanda Rito Pereira - Integrante / Inara Roberta Leal - Coordenador / Laura Carolina Leal - Integrante / Elâine Maria dos Santos Ribeiro - Integrante / Talita Câmara dos Santos Bezerra - Integrante / Rainer Wirth - Integrante / Marcelo Tabarelli - Integrante / Manoel Vieira de Araújo Júnior - Integrante / Sebastian Meyer - Integrante / Veralucia Santos Barbosa - Integrante / Bruno Ximenes Pinho - Integrante / Walkiria Rejane de Almeida - Integrante / Michele Martins Correa - Integrante / Ursula Andres Silveira da Costa - Integrante / Burkhard Büdel - Integrante.
Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / DAAD - Cooperação / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / DAAD - Bolsa.
2006 - 2008
Prospecção e incorporação de genes envolvidos no mecanismo de defesa a estresses bióticos e abióticos em culturas de interesse socioeconômico.
Descrição: A adoção de tecnologias que minimizem os custos de produção e melhorem a qualidade do produto final é pré-requisito para o incremento do agronegócio. A obtenção de plantas geneticamente modificadas é uma estratégia viável, principalmente quando a incorporação de características favoráveis não é possível via melhoramento convencional, ou quando a abreviação do tempo de desenvolvimento de tais cultivares é componente indispensável. Contudo, características relacionadas à maioria dos estresses ambientais e biológicos em plantas não são simples, mas um complexo de mecanismos que, em conjunto ou isolados, propiciam a tolerância da planta à situação de estresse. Genótipos que expressam diferentes níveis de tolerância devem apresentar diferenças qualitativas e quantitativas na expressão gênica quando submetidos a essas condições. Com este trabalho objetiva-se identificar e caracterizar genes diferencialmente expressos em genótipos de culturas de interesse socioeconômico submetidos a estresses bióticos e/ou abióticos. A metodologia será baseada na construção de bibliotecas subtrativas e na metodologia de cDNA-AFLP. No caso desta estratégia não ser bem-sucedida (Construção das Bibliotecas Subtrativas), um RT-PCR com diferentes primers que amplificam genes de resposta a estresses bióticos e abióticos já clonados será realizado. Os produtos obtidos serão seqüenciados. A técnica do diferencial display (DD-PCR) será realizada de acordo com Liang e Pardee (1992). Os procedimentos para clivagem de DNA com enzimas de restrição, polimerização pelo fragmento de Klenow, ligação de fragmentos a vetor plasmidial, preparação de células competentes de Escherichia coli, de acordo com Sambrook & Roosell, 2001. Nesta busca de genes que poderão servir como marcadores moleculares em programas de melhoramento convencional, a determinação da função desses candidatos abre concomitante a possibilidade para conquistas significativas na área da genômica comparativa e funcional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) .

Integrantes: Kátia Fernanda Rito Pereira - Integrante / Carolina Barbosa Malafaia - Integrante / Túlio Diego da Silva - Integrante / Clébia Maria Alves de Almeida - Integrante / Virgínia Maria Tenório Sabino Donato - Coordenador / Adália Mergulhão - Integrante / Márcia Vanusa da Silva - Integrante / Felipe Ferreira da Silva - Integrante / Daniel Amaral - Integrante / Antônio Félix da Costa - Integrante / Marleide Magalhães de Andrade Lima - Integrante.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.


Revisor de projeto de fomento


2016 - Atual
Agência de fomento: Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidde Estadual de Santa Cruz


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Fisiologia Vegetal/Especialidade: Ecofisiologia Vegetal.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Vegetal.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SOUZA, DANIELLE GOMES2019SOUZA, DANIELLE GOMES ; SFAIR, JULIA C. ; DE PAULA, ALEXANDRE SOUZA ; BARROS, MARIA FABÍOLA ; Rito, Kátia F. ; TABARELLI, MARCELO . Multiple drivers of aboveground biomass in a human-modified landscape of the Caatinga dry forest. FOREST ECOLOGY AND MANAGEMENT, v. 435, p. 57-65, 2019.

2.
ARNAN, XAVIER2018ARNAN, XAVIER ; LEAL, INARA R. ; TABARELLI, MARCELO ; ANDRADE, JANETE F. ; BARROS, MARIA FABÍOLA ; CÂMARA, TALITA ; JAMELLI, DAVI ; KNOECHELMANN, CLARISSA M. ; MENEZES, TATIANE G.C. ; MENEZES, ARTUR G.S. ; OLIVEIRA, FERNANDA M.P. ; DE PAULA, ALEXANDRE S. ; PEREIRA, SÍLVIA C. ; Rito, Kátia F. ; SFAIR, JULIA C. ; SIQUEIRA, FELIPE F.S. ; SOUZA, DANIELLE G. ; SPECHT, MARIA J. ; VIEIRA, LIGIA A. ; ARCOVERDE, GABRIELA B. ; ANDERSEN, ALAN N. . A framework for deriving measures of chronic anthropogenic disturbance: Surrogate, direct, single and multi-metric indices in Brazilian Caatinga. ECOLOGICAL INDICATORS, v. 94, p. 274-282, 2018.

3.
Rito, Kátia F.2017Rito, Kátia F.; TABARELLI, MARCELO ; LEAL, INARA R. . Euphorbiaceae responses to chronic anthropogenic disturbances in Caatinga vegetation: from species proliferation to biotic homogenization. Plant Ecology (Dordrecht. Online), v. 218, p. 1-11, 2017.

4.
Rito, Kátia F.2016Rito, Kátia F.; HANASHIRO, FABIO T.T. ; PEIXOTO, PAULO E.C. ; GONZAGA, MARCELO O. . Optimal foraging or predator avoidance: why does the Amazon spider Hingstepeira folisecens (Araneae: Araneidae) adopt alternative foraging behaviors?. Zoologia (Curitiba. Online), v. 33, p. 1, 2016.

5.
Rito, Kátia F.2016Rito, Kátia F.; ARROYO-RODRÍGUEZ, VÍCTOR ; QUEIROZ, RUBENS T. ; LEAL, INARA R. ; TABARELLI, MARCELO . Precipitation mediates the effect of human disturbance on the Brazilian Caatinga vegetation. Journal of Ecology (Print), v. 105, p. 1-10, 2016.

6.
MERGULHÃO, A.C.E.S.2013MERGULHÃO, A.C.E.S. ; RITO, K. F. ; ALMEIDA, C. M. A. ; AMARAL, D. ; SILVA, M. L. R. B. ; SILVA, M. V. . Identification of genes expressed during the interaction between prickly pear cactus and carmine cochineal by differential display-RT-PCR. Agricultural Science Research Journals, v. 3, p. 1-5, 2013.

7.
MERGULHÃO, ADÁLIA CAVALCANTI DO ESPÍRITO SANTO2012MERGULHÃO, ADÁLIA CAVALCANTI DO ESPÍRITO SANTO ; Rito, Kátia Fernanda ; CORDEIRO, DJALMA DOS SANTOS ; SILVA, MARIA LUIZA RIBEIRO BASTOS DA ; LYRA, MARIA DO CARMO CATANHO PEREIRA DE ; SILVA, MÁRCIA VANUSA DA . Marcadores moleculares para detecção de variabilidade genética em variedades de palma forrageira. Pesquisa Agropecuária Pernambucana, v. 17, p. 78-82, 2012.

8.
RITO, K. F.;PEREIRA, K.F.R.;Rito, Kátia F.;Rito, Kátia Fernanda2009RITO, K. F.; ROCHA, E. A. ; LEAL, I. R. ; MEIADO, M. V. . As sementes de mandacaru têm memória hídrica?.. Boletín de la Sociedad Latinoamericana y del Caribe de Cactáceas y otras Suculentas, v. 6, p. 26-31, 2009.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
RITO, K. F.; SPECHT, J. M. S. ; PORTES, P. V. A. . A Produção de frutos afeta o investimento em defesas, crescimento e produção de folhas em Laguncularia racemosa (L.) Gaerten (Combretaceae)?. In: X Congresso de Ecologia do Brasil, 2011, São Lourenço-MG. Anais do X Congresso de Ecologia do Brasil, 2011.

2.
PORTUGAL, M. P. ; RITO, K. F. ; COELHO, M. S. ; OLIVEIRA, F. M. P. ; SANTO-SILVA, E. E. . Maximização do fitness em plantas: o efeito Allee em Sida sp. (Malvaceae). In: X Congresso de Ecologia do Brasil, 2011, São Lourenço-MG. Anais do X Congresso de Ecologia do Brasil, 2011.

3.
PEREIRA, K.F.R.; LEAL, I. R. . Clareiras naturais e de formigas cortadeiras como agentes causadores de estresse hídrico em espécies vegetais da Floresta Atlântica Nordestina. In: XVII Congresso de Iniciação Científica da UFPE, 2009, Recife. XVII Congresso de Iniciação Científica da UFPE, 2009.

4.
RITO, K. F.; RIBEIRO, E. M. S. . Influência das clareiras naturais e de formigas cortadeiras no conteúdo hídrico de Licania tomentosa (Benth.) Fritsch. (Crysobalanaceae) em Floresta Atlântica Nordestina. In: IX Congresso de Ecologia do Brasil, 2009, São Lourenço. Anais do IX Congresso de Ecologia do Brasil, 2009. v. 1. p. 1-1.

5.
RITO, K. F.; SOUSA SOBRINHO, M. ; ROCHA, E. A. ; LEAL, I. R. ; MEIADO, M. V. . Sementes de mandacaru têm memória hídrica?. In: IX Congresso de Ecologia do Brasil, 2009, São Lourenço. Anais do IX Congresso de Ecologia do Brasil, 2009. v. 1. p. 1-1.

6.
RITO, K. F.; SILVA, M. V. . Identificação de Marcadores Moleculares associados ao gene de tolerância à cochonilha do carmim em clones de palma forrageira.. In: XVI CONIC - Congresso de Iniciação Científica da UFPE, 2008, Recife. XVI CONIC - Congresso de Iniciação Científica da UFPE, 2008. v. 1. p. 1-1.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
RITO, K. F.; LEAL, I. R. . Human disturbance increases Euphorbiaceae populations and leads to high community similarity in Brazilian Caatinga. In: 49th 9th Annual Meeting of the Association for Tropical Biology and Conservation 2012, 2012, Bonito, MS. 49th Annual Meeting of the Association for Tropical Biology and Conservation 2012, 2012.

2.
RIBEIRO NETO, J. D. ; ARCOVERDE, G. B. ; LEAL, L. C. ; PEREIRA, K.F.R. . Effects of human disturbance on seasonally dry tropical forests. In: 49th Annual Meeting of the Association for Tropical Biology and Conservation 2012, 2012, Bonito, MS. 49th Annual Meeting of the Association for Tropical Biology and Conservation 2012, 2012.

3.
Kloss, T. G. ; PEREIRA, K.F.R. ; Carvalho, S. L. ; Francisco, A. L. ; Amorim, T. A. ; Oliveira, R. S. . A deposição de material particulado diminui as trocas gasosas em folhas inundáveis de Abarema sp. Pittier (Fabaceae). In: XXX Encontro Regional de Botânicos MG/BA/ES II Jornada Capixaba de Botânica, 2010. Anais do XXX Encontro Regional de Botânicos MG/BA/ES II Jornada Capixaba de Botânica, 2010.

4.
LEMOS, A. O. ; RITO, K. F. ; ALBUQUERQUE, L. S. C. ; MEIADO, M. V. . Efeito da luz e da temperatura na germinação de espécies de Pilosocereus Byles & G. D. Rowley (Cactaceae).. In: XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2009, Fortaleza. Livro de Resumos do XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal.. Fortaleza: SPH Comunicação Visual, 2009. v. 1. p. 140-140.

5.
MEIADO, M. V. ; LIMA NETO, M. C. ; FIGUEIREDO, K. V. ; RITO, K. F. ; OLIVEIRA, A. F. M. ; LEAL, I. R. . A polpa dos frutos de espécies do gênero Pilosocereus Byles & G. D. Rowley (Cactaceae) possui ação alelopática?. In: XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2009, Fortaleza. Livro de Resumos do XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal. Fortaleza: SPH Comunicação Visual, 2009. v. 1. p. 129-129.

6.
RITO, K. F.; MALAFAIA, C. B. ; SILVA, T. D. ; ALMEIDA, C. M. A. ; SILVA, A. G. . Diversidade genética de Epidendrum cinnabarinum (Orchidaceae) provenientes de inselbergue utilizando marcador molecular. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 31ª Reunião Nordestina de Botânica, 2008, Natal. Anais do 59º Congresso Nacional de Botânica, 31ª Reunião Nordestina de Botânica, 2008. v. 1. p. 1-1.

7.
MALAFAIA, C. B. ; SILVA, T. D. ; RITO, K. F. ; SILVA, A. G. ; DONATO, V. M. T. S. . Diversidade genética de Mandevilla tenuifolia (J. C. Mikan) Woodson (Apocynaceae Juss.) de um inselberg no município de Taquaritinga do Norte, PE. In: 59° Congresso Nacional de Botânica, 2008, Natal. Anais do 59° Congresso Nacional de Botânica, 2008. v. 1. p. 1-1.

8.
RITO, K. F.; SANTOS, D. C. ; SILVA, D. M. P. ; DONATO, V. M. T. S. ; SILVA, M. V. ; MERGULHÃO, A.C.E.S. . Expressão gênica diferencial durante tolerância à cochonilha do carmim em palma forrageira. In: 54° Congresso Brasileiro de Genética, 2008, Salvador. Anais do 54° Congresso Brasileiro de Genética, 2008. v. 1. p. 1-1.

9.
MERGULHÃO, A.C.E.S. ; RITO, K. F. ; FARIAS, I. ; SANTOS, D. C. ; DONATO, V. M. T. S. ; SILVA, M. V. . ISSR marker to detect genetic variability in forage palm clones. In: IV International Congress on Cactus Pear and Cochineal and VI General Meeting of FAO-CACTUSNET, 2007, João Pessoa. Annals of IV International Congress on Cactus Pear and Cochineal and VI General Meeting of FAO-CACTUSNET, 2007. v. 1. p. 1-1.

Apresentações de Trabalho
1.
Rito, Kátia F.; ARROYO-RODRIGUEZ, V. ; SANTO-SILVA, E. E. ; LEAL, I. R. ; TABARELLI, M. . Response of plant species diversity to forest cover, water availability and chronic disturbance. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
Rito, Kátia F.. Disturbios humanos crónicos y su impacto sobre las comunidades de plantas a escala de paisaje. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
RITO, K. F.; SANTO-SILVA, E. E. ; ARROYO-RODRIGUEZ, V. ; TABARELLI, M. . Respuestas filogenéticas a la perturbación antropogénica y la precipitación en la Caatinga, Brasil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
RITO, K. F.; LEAL, I. R. . Human disturbance increases Euphorbiaceae populations and leads to high community similarity in Brazilian Caatinga. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
PORTUGAL, M. P. ; RITO, K. F. ; COELHO, M. S. ; OLIVEIRA, F. M. P. ; SANTO-SILVA, E. E. . Maximização do fitness em plantas: o efeito Allee em Sida sp. (Malvaceae). 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
RITO, K. F.; SPECHT, J. M. S. ; PORTES, P. V. A. . A Produção de frutos afeta o investimento em defesas, crescimento e produção de folhas em Laguncularia racemosa (L.) Gaerten (Combretaceae)?. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
PEREIRA, K.F.R.; LEAL, I. R. . Clareiras Naturais e de formigas cortadeiras como agentes causadores de estresse hídrico em espécies vegetais de Floresta Atlântica Nordestina. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
RITO, K. F.; RIBEIRO, E. M. S. ; LEAL, I. R. . Influência das clareiras naturais e de formigas cortadeiras no conteúdo hídrico de Licania tomentosa (Benth.) Fristch. (Chrysobalanaceae) em Floresta Atlântica Nordestina. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
RITO, K. F.; SOUSA SOBRINHO, M. ; ROCHA, E. A. ; LEAL, I. R. ; MEIADO, M. V. . As sementes de mandacaru têm memória hídrica?. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
PEREIRA, K.F.R.; MALAFAIA, C. B. ; SILVA, T. D. ; ALMEIDA, C. M. A. ; SILVA, A. G. . Diversidade genética de uma população de Epidendrum cinnabarinum Salzm. Ex Lindl(Orchidaceae) provinientes de inselbergue utilizando marcador molecular. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
MALAFAIA, C. B. ; SILVA, T. D. ; PEREIRA, K.F.R. ; SILVA, M. V. ; SILVA, A. G. . Diversidade genética de Mandevila tenuifolia (J.C.Mikan) Woodson (Apocynaceae Juss.) de um inselbergue no município de Taquaritinga do Norte, PE. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
RITO, K. F.. Flores do Campus da Universidade Federal de Pernambuco - Balsaminaceae. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

13.
PEREIRA, K.F.R.; SILVA, M. V. . Identificação de Marcadores Moleculares associados ao gene de tolerância à cochonilha do carmim. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
MERGULHÃO, A.C.E.S. ; RITO, K. F. ; SANTOS, D. C. ; SILVA, M. V. . ISSR marker to detect genetic variability in forage palm clones. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Demais tipos de produção técnica
1.
CAMARGO, J. L. ; PEIXOTO, P. E. C. ; BOBROWIEC, P. E. D. ; RITO, K. F. . Curso de Campo Ecologia da Amazônia. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
RITO, K. F.; SANTO-SILVA, E. E. . Ações Antrópicas na Caatinga: Histórico e Implicações para a flora. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Rito, Kátia F.; LAS-CASAS, F. M. G.. Participação em banca de Lucas Rodrigues Bueno Godinho.O papel da estrutura da vegetação na diversidade e composição da avifauna em uma área de Caatinga. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciencias Biologicas Bacharelado) - Universidade Federal de Pernambuco.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
54th Annual Meeting of the Association for Tropical Biology and Conservation. Response of plant species diversity to forest cover, water availability and chronic disturbance. 2017. (Congresso).

2.
V Congreso Mexicano de Ecología. Respuestas filogenéticas a la perturbación antropogénica y la precipitación en la Caatinga, Brasil. 2015. (Congresso).

3.
49th Annual Meeting of the Association for Tropical Biology and Conservation 2012. Human disturbances Increases Euphorbiaceae populations and leads to high community similarity in Brazilian Caatinga. 2012. (Congresso).

4.
X Congresso de Ecologia do Brasil. A Produção de frutos afeta o investimento em defesas, crescimento e produção de folhas em Laguncularia racemosa (L.) Gaerten (Combretaceae)?. 2011. (Congresso).

5.
XVII CONIC - Congresso de Iniciação Científica da UFPE. Clareiras naturais e de formigas cortadeiras como agentes causadores de estresse hídrico em espécies vegetais da Floresta Atlântica Nordestina.. 2009. (Congresso).

6.
1º Simpósio de Inovação em Ciências Biológicas. 2008. (Simpósio).

7.
54 Congresso Brasileiro de Genética. Expressão gênica diferencial durante tolerância à cochonilha do carmim em palma forrageira. 2008. (Congresso).

8.
59º Congresso Nacional de Botânica.. DIVERSIDADE GENÉTICA DE Epidendrum cinnabarinum (ORCHIDACEAE)  PROVENIENTES DE INSELBERGUE UTILIZANDO MARCADOR MOLECULAR. 2008. (Congresso).

9.
I Workshop Internacional em Biotecnologia; III Encontro Alfa-Valnatura; III Jornada Científica do Lika. 2008. (Outra).

10.
Plantas Trangênicas na Agricultura: Benefícios e Precauções a Considerar. 2008. (Outra).

11.
XVI CONIC - Congresso de Iniciação Científica da UFPE. Identificação de Marcadores Moleculares associados ao gene de tolerância à cochonilha do carmim em clones de palma forrageira.. 2008. (Congresso).

12.
IV International Congress on Cactus Pear and Cochineal And VI General Meeting of FAO-CACTUSNET. ISSR Marker to Detect Genetic Variability in Forage Palm Clones. 2007. (Congresso).

13.
Semana para Reflexão Ambiental: Construindo um novo olhar sobre a natureza. 2006. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CAMARGO, J. L. ; PEIXOTO, P. E. C. ; BOBROWIEC, P. E. D. ; RITO, K. F. . XXIV Curso de Ecologia da Amazônia. 2015. (Outro).

2.
LEAL, I. R. ; PEREIRA, K.F.R. ; BEZERRA, T. C. S. ; PINHO, B. X. . Criação e manutenção de formigueiros em laboratório.. 2009. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/02/2019 às 9:42:13