Laís Silveira Santos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7404934122101196
  • Última atualização do currículo em 11/01/2019


Doutoranda em Administração, linha de pesquisa de Administração Pública e Sociedade, no Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas da Universidade do Estado de Santa Catarina (ESAG/UDESC) e short-term scholar na University of North Florida, Jacksonville (Estados Unidos), até fevereiro de 2019. Pesquisadora do Núcleo de Pesquisa em Inovações Sociais na Esfera Pública (NISP). Possui Mestrado em Administração pelo Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal de Santa Catarina PPGA/UFSC (2012) e Graduação em Administração Pública pela ESAG/UDESC (2009). Servidora pública federal na UFSC, cargo de Administradora e lotada na Pró-Reitoria de Graduação, em período de licença formação. Tem interesse nos estudos sobre a Racionalidade nas Organizações, Ética na Administração Pública e Estudos Organizacionais. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Laís Silveira Santos
Nome em citações bibliográficas
SANTOS, L. S.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Santa Catarina, Pró-Reitoria de Graduação.
UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina
Trindade
88040900 - Florianópolis, SC - Brasil
Telefone: (48) 37219973


Formação acadêmica/titulação


2015
Doutorado em andamento em Administração.
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
com período sanduíche em University of North Florida (Orientador: Gaylord George Candler).
Título: A Ética da Gestão Pública em evidência: como os Dilemas Morais são vivenciados na Gestão de Riscos e de Desastres em Santa Catarina,
Orientador: Maurício Custódio Serafim.
2010 - 2012
Mestrado em Administração.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: A Tensão entre a Racionalidade Substantiva e a Racionalidade Instrumental na Gestão Pública: Novos caminhos de um campo de estudo,Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Maurício Roque Serva de Oliveira.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: tensão; racionalidades; gestor público.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
2006 - 2009
Graduação em Administração Pública.
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Título: A Percepção do Servidor Técnico-Administrativo da Universidade Federal de Santa Catarina sobre o Processo de Avaliação de Desempenho.
Orientador: Simone Ghisi Feuerschütte.
2006 interrompida
Graduação interrompida em 2006 em Pedagogia.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Ano de interrupção: 2006




Formação Complementar


2018 - 2018
Produção Oral: interações acadêmicas - nível B2 (Idioma sem Fronteiras). (Carga horária: 32h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2017 - 2017
Extensão universitária em Curso de Inglês Extracurricular - nível 6. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2017 - 2017
Análise Qualitativa de Dados com Apoio do ATLAS/ti. (Carga horária: 15h).
Universidade do Vale do Itajaí, UNIVALI, Brasil.
2015 - 2016
Extensão universitária em Curso de Espanhol Extracurricular - nível 1 ao 3. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2012 - 2014
Extensão universitária em Curso de Francês Extracurricular- nível 1 ao 5. (Carga horária: 300h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2010 - 2010
Extensão universitária em Curso de Leitura em Inglês. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2009 - 2009
Capacitação de Educadores - IVA. (Carga horária: 10h).
Comitê para Democratização da Informática de Santa Catarina, CDI-SC, Brasil.
2008 - 2008
Inglês - nível intermediário. (Carga horária: 80h).
Centro de Comunicação Inglesa, CCI, Brasil.
2006 - 2006
Curso de EXCEL para Administradores - avançado. (Carga horária: 12h).
Diretório Acadêmico de Administração e Gerência - ESAG, DAAG/ESAG, Brasil.


Atuação Profissional



University of North Florida, UNF, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Short Term Scholar, Enquadramento Funcional: Dpt Political Science & Public Administration, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Estudante de Doutorado, Enquadramento Funcional: Pesquisadora

Atividades

09/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Escola Superior de Administração e Gerência, Núcleo de Pesquisa e Extensão em Inovações Sociais na Esfera Pública.

12/2007 - 04/2008
Extensão universitária , Escola Superior de Administração e Gerência, ESAG Sênior.

Atividade de extensão realizada
Programa ESAG Sênior - Coordenação Acadêmica do Curso de Extensão de Formação em Administração e desenvolvimento do 2º Processo de Seleção para ingresso no Curso.
07/2007 - 12/2007
Extensão universitária , Escola Superior de Administração e Gerência, ESAG Sênior.

Atividade de extensão realizada
Programa ESAG Sênior - Coordenação Acadêmica do Curso de Extensão de Formação em Administração.
03/2007 - 07/2007
Extensão universitária , Escola Superior de Administração e Gerência, ESAG Sênior.

Atividade de extensão realizada
Programa ESAG Sênior - Projeto de Parcerias.

Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Estatutária, Carga horária: 40
Outras informações
Administradora no Departamento de Ensino da Pró-Reitoria de Graduação - DEN/PROGRAD/UFSC, em período de licença formação até o término do doutorado (setembro de 2019).

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Tutora a distância, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20
Outras informações
Tutora no curso de Administração Pública, na modalidade a distância, das disciplinas de Informática para Administradores, Metodologia da Pesquisa, Filosofia e Ética e Teorias da Administração.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Aluna de mestrado, Enquadramento Funcional: Bolsista, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
- Membro do Núcleo de Pesquisa Organizações, Racionalidade e Desenvolvimento - ORD, sob coordenação do Prof. Maurício Serva. - Realizou Estágio Docência na disciplina de Formação Profissional III (temas de Desenvolvimento Territorial Sustentável e Gestão Ambiental) com orientação do Prof. Maurício Serva.

Atividades

02/2016 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Pró-Reitoria de Graduação, Pró-Reitoria de Graduação.

Atividade realizada
Licença Formação para Curso de Doutorado em Administração.
01/2015 - 09/2015
Direção e administração, Pró-Reitoria de Graduação, .

Cargo ou função
Coordenadora de Registros e Atividades Docentes.
05/2012 - 12/2014
Direção e administração, Pró-Reitoria de Graduação, .

Cargo ou função
Chefe da Divisão de Educação Básica.
10/2011 - 05/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .

Cargo ou função
Grupo de Trabalho "Reorganiza UFSC" designado pela Reitora para realizar o Diagnóstico e Dimensionamento Prospectivo dos Servidores Técnico-Administrativos em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina..

Instituto Federal Catarinense - Campus Camboriú (SC), IFC, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Administrador, Carga horária: 40
Outras informações
- 21/06/2011 até 28/12/2011: lotada no Gabinete da Direção Geral. - 03/12/10 a 20/06/2011: lotada na Coordenação Geral de Ensino, pertencente ao Departamento de Ensino.


Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis, SMS, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Assistente Administrativo, Carga horária: 30
Outras informações
Assistete Administrativo da Diretoria de Atenção Primária à Saúde e Diretoria de Média Complexidade. Iniciou em fevereiro de 2010 o projeto denomiando "Estruturação da atenção de Média Complexidade no Sistema Único de Saúde de Florianópolis" que tinha como objetivo o fornecimento de subsídios para facilitar a gestão da Diretoria de Média Complexidade, bem como as unidades que a compõem, a partir de sua definição e estruturação.


Instituto Voluntários em Ação, IVA, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Atividades desenvolvidas: - capacitação do público-alvo, organizações não governamentais e potenciais voluntários sobre o voluntariado online; - estabelecimento e sistematização de indicadores e metas do Portal Voluntários Online; gerenciamento de grupos de voluntários de experiência piloto em voluntariado online; - gerenciamento de voluntários para atuar nas enchentes de Santa Catarina - 2008; - elaboração de relatórios periódicos com análise de resultados.



Linhas de pesquisa


1.
Ética, epistemologia e sociologia da ciência na administração pública

Objetivo: Compreender os processos de enfrentamento de dilemas éticos e morais na esfera pública. Realizar estudos epistemológicos ou sociológicos sobre as práticas e/ou sobre a produção científica enfocando sobretudo a pós-graduação e a geração de conhecimento no campo da administração pública no Brasil..
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Palavras-chave: Ética na Administração Pública; Epistemologia da Administração Pública; ? Sociologia da ciência da Administração Pública.


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Na prática a ética é outra: Compreendendo os dilemas morais vivenciados na gestão pública
Descrição: As organizações e seus gestores parecem ter dificuldade em lidar com situações nas quais um dilema moral entre as éticas da responsabilidade e do valor absoluto (ou convicção) está presente numa situação de tensão existencial. Em algumas dessas situações pode ocorrer com o indivíduo um afastamento de suas convicções pessoais e a adoção de comportamentos mecanomórficos estimulados por um conjunto de normas de conduta da esfera política/pública ou hábitos arraigados na gestão da organização na qual exerce suas atividades. É justamente nos dilemas morais que envolvem tensões entre as éticas e as racionalidades nas organizações públicas que está a problemática deste projeto de pesquisa. Para fundamentá-lo teoricamente utilizaremos referenciais sobre dilemas morais e gestão pública, tensão existencial, ética e racionalidade nas organizações, bem como a Teoria do Desenvolvimento Moral (TDM). Em 2014 iniciamos a aproximação dos estudos sobre a racionalidade com a perspectiva teórico-prática, de natureza mista qualitativa e quantitativa, da TDM, particularmente no que diz respeito aos estágios de desenvolvimento moral. Pressupomos inicialmente que o reconhecimento de dilemas morais - especialmente aqueles que podem ser vinculados às tensões entre a ética da convicção e a ética da responsabilidade - pode auxiliar no desenvolvimento de melhores práticas de gestão para as organizações públicas. Assim, diante desta contextualização, temos como objetivo compreender de que forma o estudo sobre dilemas morais pode contribuir para o debate sobre as racionalidades nas organizações públicas e sua gestão. A maior parte da pesquisa será constituída por estudos teóricos, a partir de levantamento bibliográfico em fontes nacionais e internacionais, complementada por uma etapa quanti-qualitativa de análise, adaptação e aplicação de instrumentos já existentes de análise de desenvolvimento moral..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Laís Silveira Santos - Integrante / Maurício Custódio Serafim - Coordenador / Marcello Beckert Zappellini - Integrante / Lucas Carregari Carneiro - Integrante / Maria Clara Ames - Integrante.
2015 - Atual
Contribuições da Teoria do Desenvolvimento Moral para a compreensão de dilemas morais na gestão pública
Descrição: As organizações e, consequentemente, seus gestores parecem ter dificuldade em lidar com situações nas quais um dilema moral entre éticas e/ou racionalidades está presente numa situação de tensão existencial. A discussão teórica e prática da tensão entre essas éticas e/ou entre racionalidades tornou-se objeto de pesquisa na Ciência da Administração no Brasil, especialmente após a publicação da obra A Nova Ciência das Organizações do sociólogo brasileiro Alberto Guerreiro Ramos. Visando enriquecer esse campo de estudo a partir de uma proposta inovadora e numa perspectiva de complementaridade teórico-prática, pretende-se trabalhar a Teoria do Desenvolvimento Moral (TDM) do psicólogo norte-americano Lawrence Kohlberg, particularmente no que diz respeito aos estágios de desenvolvimento moral identificados pelo autor e valorizando suas aplicações de natureza mista qualitativa e quantitativa. Espera-se que a abordagem da TDM possa permitir possíveis aproximações entre as linhas teóricas racionalidade substantiva e desenvolvimento moral, buscando-se atingir ao objetivo geral de compreender as possibilidades de dilemas morais vivenciados por gestores públicos com vistas ao desenvolvimento de instrumental analítico para a gestão de tais dilemas. Este objetivo se insere e dá sequência a uma série de estudos que vem sendo desenvolvido no campo da Ciência da Administração, segundo a abordagem de Guerreiro Ramos. Porém, busca inovar ao trazer a discussão do dilema moral e a fundamentação na TDM como arcabouço teórico e ferramenta de análise. Assim, há uma hipótese inicial de trabalho de que os pressupostos epistemológicos são congruentes e de que a identificação dos estágios morais pertencente à TDM pode sugerir uma interpretação mais acurada da manifestação prática das racionalidades nas organizações, a partir de dilemas morais. Para atingir ao objetivo proposto, pretende-se realizar um estudo de cunho exploratório com gestores públicos vinculados a uma instituição federal da administração pública indireta. A pesquisa é composta por métodos mistos sequenciais, ou seja, por duas fases: a primeira, qualitativa, na qual serão realizadas entrevistas em profundidade com gestores buscando conhecer o contexto que os cerca, características e dinâmicas da organização e onde e como os dilemas morais são mais evidentes; já a segunda, de caráter predominantemente quantitativo, corresponde à aplicação do instrumento chamado DIT-2, em sua versão em português. Este questionário foi desenvolvido pelos estudos neo-kohlberguianos e baseado em dilemas morais que possibilitam a identificam do estágio de desenvolvimento moral. Destaca-se a opção pela utilização da triangulação metodológica, ou seja, entre métodos, ao combinar as análises da entrevista em profundidade com o questionário DIT-2. Pretende-se comparar os resultados entre ambos os métodos de coleta para verificar semelhanças e diferenças quanto à forma de justificar suas ações e suas possíveis evidências da racionalidade predominante. A triangulação se mostra pertinente para uma análise que relaciona as informações obtidas empiricamente, com o estudo teórico e resultados científicos anteriores. Também possibilita comparar as descobertas sobre o esquema de raciocínio moral dos entrevistados - obtidos através da aplicação do teste DIT-2 - com o relato de dilemas morais enfrentados na prática. Neste sentido, espera-se que a análise do resultado das entrevistas exploratórias e da aplicação do instrumento de dilemas morais (DIT-2) permita que eles sejam avaliados em sua congruência (se os resultados entre eles estão de acordo) e se inicie a discussão de dilemas morais na atividade profissional de gestores públicos e seu quadro funcional, a partir da tensão existencial entre as éticas da convicção e da responsabilidade, e a aplicabilidade desse conhecimento no campo da prática administrativa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Laís Silveira Santos - Integrante / Maurício Custódio Serafim - Coordenador / Marcello Beckert Zappellini - Integrante / Lucas Carregari Carneiro - Integrante / Maria Clara Ames - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Revisor de periódico


2016 - Atual
Periódico: RGO. Revista Gestão Organizacional (Online)
2016 - Atual
Periódico: Revista de Gestão e Secretariado
2018 - Atual
Periódico: Revista de Educação, Gestão e Sociedade


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração Pública.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Ética na Administração.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Estudos Organizacionais.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2010
Prêmio Melhor Estágio, ESAG/UDESC.
2010
Destaque Acadêmico, Conselho Regional de Administração de SC.
2010
Honra ao Mérito - Prêmio SAESC Universitário, Sindicado dos Administradores do Estado de Santa Catarina.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SANTOS, L. S.2019 SANTOS, L. S.; SERAFIM, M. C. ; PINHEIRO, Daniel . Bernard Lonergan and Alberto Guerreiro Ramos: Dialogues between the existential subject and the parenthetical man. ORGANIZAÇÕES & SOCIEDADE (ONLINE), v. 26, p. 96-113, 2019.

2.
SANTOS, L. S.2018 SANTOS, L. S.; SERAFIM, M. C. ; ZAPPELLINI, M. B. ; ZAPPELLINI, S. M. K. C. ; BORGES, M. K. . Ensino de ética em cursos do campo de públicas: Uma análise a partir de Projetos Pedagógicos de Curso e das Diretrizes Curriculares Nacionais. ARCHIVOS ANALÍTICOS DE POLÍTICAS EDUCATIVAS / EDUCATION POLICY ANALYSIS ARCHIVES, v. 26, p. 18, 2018.

3.
SANTOS, L. S.2018SANTOS, L. S.; SERAFIM, M. C. ; LORENZI, L. . Dilemas Morais na Gestão Pública: o estado do conhecimento sobre o tema. REVISTA DE GESTÃO E SECRETARIADO, v. 9, p. 182-207, 2018.

4.
SANTOS, L. S.2018 SANTOS, L. S.; LEAL, F. G. ; SERAFIM, M. C. ; MORAES, M. C. B. . VALUES AND PUBLIC ADMINISTRATION: A DISCUSSION ON RATIONALITY AND PARENTHETICAL ATTITUDE. RAM. REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO MACKENZIE (ONLINE), v. 19, p. 1-25, 2018.

5.
SANTOS, L. S.2018SANTOS, L. S.; LEAL, F. G. ; ALPERSTEDT, G. D. ; FEUERSCHUTTE, S. G. . O método fenomenográfico na pesquisa científica em administração no Brasil: análise e discussão sobre seu uso em Administração no Brasil. Revista de Ciências da Admistração, p. 129-146, 2018.

6.
NUNES, T. S.2018NUNES, T. S. ; SANTOS, L. S. ; TOLFO, S. R. . Percepção dos servidores públicos sobre as crenças presentes no cotidiano da Universidade Federal de Santa Catarina: práticas, comportamentos e cultura na instituição. Revista Eletrônica Gestão e Sociedade, v. 12, p. 2 4 8 0-2507, 2018.

7.
LEAL, F. G.2018LEAL, F. G. ; SANTOS, L. S. ; MORAES, M. C. B. . CONHECE-TE A TI MESMO?: UM OLHAR PARA O CAMPO DE PESQUISA EM SECRETARIADO EXECUTIVO NO BRASIL. REVISTA EXPECTATIVA, v. 17, p. 142-167, 2018.

8.
SERVA, M.2015 SERVA, M. ; CAITANO, D. O. ; SANTOS, L. S. ; SIQUEIRA, Gabriel . A análise da racionalidade nas organizações - um balanço do desenvolvimento de um campo de estudos no Brasil. CADERNOS EBAPE.BR (FGV), v. 13, p. 414-437, 2015.

9.
SANTOS, L. S.2011SANTOS, L. S.; FEUERSCHUTTE, S. G. . O processo de avaliação de desempenho sob o olhar do avaliado: estudo da percepção de servidores da Universidade Federal de Santa Catarina. Análise (PUCRS), v. 22, p. 134-145, 2011.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
NUNES, T. S. ; SANTOS, L. S. . A Presença e Infuência do Código de Étca do Servidor Público Federal na Gestão Pública de uma Instituição de Ensino Superior. In: II Congresso Internacional de Desempenho do Setor Público, 2018, Florianópolis. Anais do II Congresso Internacional de Desempenho do Setor Público, 2018.

2.
SANTOS, L. S.; SERAFIM, M. C. ; ZAPPELLINI, M. B. ; ZAPPELLINI, S. M. K. C. ; BORGES, M. K. . Ensino de Ética em Cursos do Campo de Públicas: uma análise a partir de Projetos Pedagógicos de Curso e das Diretrizes Curriculares Nacionais. In: XLI Encontro da ANPAD, 2017, São Paulo. Anais do XLI Encontro da ANPAD, 2017.

3.
SANTOS, L. S.; LEAL, F. G. ; SERAFIM, M. C. ; MORAES, M. C. B. . Valores, Racionalidade e Administração Pública. In: I Congresso Internacional de Desempenho do Setor Público, 2017, Florianópolis. Anais do I Congresso Internacional de Desempenho do Setor Público, 2017.

4.
LEAL, F. G. ; SANTOS, L. S. ; MORAES, M. C. B. . Uma Perspectiva Paradigmática para o Campo Teórico-Empírico do Secretariado Executivo. In: Congresso Internacional de Secretariado, 2017, São Paulo. Anais do Congresso Internacional de Secretariado, 2017.

5.
NUNES, T. S. ; SANTOS, L. S. ; TOLFO, S. R. . As crenças presentes no cotidiano dos servidores públicos da Universidade Federal de Santa Catarina: do controle e cobrança à subordinação. In: XVII Colóquio Internacional de Gestão Universitária, 2017, Mar del Plata. Anais do XVII Colóquio Internacional de Gestão Universitária, 2017.

6.
SANTOS, L. S.; SERAFIM, M. C. ; LORENZI, L. . Dilemas Morais na Gestão Pública: o Estado do Conhecimento sobre o tema. In: I Congresso Internacional de Desempenho do Setor Público, 2017, Florianópolis. Anais do I Congresso Internacional de Desempenho do Setor Público, 2017.

7.
SANTOS, L. S.; SERAFIM, M. C. ; PINHEIRO, Daniel . Bernard Lonergan e Alberto Guerreiro Ramos: Diálogos entre o sujeito existencial e o homem parentético. In: XL Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, 2016, Costa do Sauípe. Anais do XXXVII EnANPAD, 2016.

8.
SANTOS, L. S.; SERAFIM, M. C. . O Comércio Justo e sua interface com a Sociologia Econômica: algumas possíveis interpretações desta relação. In: SemeAd - Seminários em Administração, 2016, São Paulo. Anais do XIX SemeAd - Seminários em Administração, 2016.

9.
LEAL, F. G. ; SANTOS, L. S. . O Uso do Método Fenomenográfico na Pesquisa Científica em Administração no Brasil. In: XL Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, 2016, Costa do Sauípe. Anais do XL EnANPAD, 2016.

10.
SANTOS, L. S.; SERVA, M. . A Tensão entre a Racionalidade Substantiva e a Racionalidade Instrumental na Gestão Pública: novos caminhos de um campo de estudo. In: XXXVII Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, 2013, Rio de Janeiro. Anais do XXXVII EnANPAD. Rio de Janeiro, 2013.

11.
SIQUEIRA, Gabriel ; SANTOS, L. S. ; MACIEL, . Contribuições de Alberto Guerreiro Ramos para o Ecodesenvolvimento. In: Encontro da Associação Nacional de Programas de Pós- Graduação em Administração - EnANPAD, 2011, Rio de Janeiro. Anais do XXXV EnANPAD, 2011.

12.
SANTOS, L. S.; FEUERSCHUTTE, S. G. . A Percepção do Servidor Técnico-Administratrivo da Universidade Federal de Santa Catarina sobre o Processo de Avaliação de Desempenho.. In: Encontro Nacional de Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho - EnGPR, 2009, Curitiba - PR. Anais do EnGPR 2009. Rio de Janeiro - RJ: ANPAD, 2009.

Artigos aceitos para publicação
1.
SANTOS, L. S.; SERAFIM, M. C. ; PINHEIRO, Daniel ; AMES, M. C. . Razão e Administração: Revisitando alguns elementos fundamentais. CADERNOS EBAPE.BR (FGV), 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
SANTOS, L. S.. A Ética da Gestão Pública em evidência: como os Dilemas Morais são vivenciados na Gestão de Riscos e de Desastres em Santa Catarina. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
SANTOS, L. S.. Apresentação de Tese: Dilemas Morais na Gestão Pública: um estudo multicaso na área de Proteção e Defesa Civil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
SANTOS, L. S.. A racionalidade do gestor público. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
SANTOS, L. S.. Parecer de trabalhos submetidos ao II CIDESP. 2018.

2.
SANTOS, L. S.. Parecer de trabalhos submetidos ao XLII EnANPAD - áreas 'ensino e pesquisa' e 'administração pública'. 2018.

3.
SANTOS, L. S.. Parecer de trabalhos submetidos ao X EGEPE. 2018.

4.
SANTOS, L. S.. Parecer de 02 artigos submetidos ao VI Colóquio Internacional de Epistemologia e Sociologia da Ciência da Administração. 2017.

5.
SANTOS, L. S.. Parecer de trabalhos submetidos ao XLI EnANPAD - área de ensino e pesquisa. 2017.

6.
SANTOS, L. S.. Parecer de trabalhos submetidos ao I CIDESP. 2017.

7.
SANTOS, L. S.. Parecer de trabalhos submetidos ao XL EnANPAD - área de ensino e pesquisa. 2016.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
3a Semana Acadêmica de Administração Pública.Dilemas Morais na Defesa Civil. 2018. (Outra).

2.
Consórcio Doutoral do EnANPAD 2017.Dilemas Morais na Gestão Pública: um estudo multicaso na área de Proteção e Defesa Civil. 2017. (Outra).

3.
Encontro Catarinense de Gestão de Riscos de Desastres e Logística Humanitária. 2017. (Encontro).

4.
I Congresso Internacional de Desempenho do Setor Público. "Valores, Racionalidade e Administração Pública" e "Dilemas Morais na Gestão Pública: o Estado do Conhecimento sobre o tema". 2017. (Congresso).

5.
II Seminário Regional de Proteção e Defesa Civil: A gente não pode mudar o passado, mas pode prevenir o futuro. 2017. (Seminário).

6.
Seminário: Doutorado Sanduíche e Coleta de Campo no exterior: Compartilhando Experiências - Consórcio Doutoral do EnANPAD 2017. 2017. (Seminário).

7.
VI Colóquio Internacional de Epistemologia e Sociologia da Ciência da Administração,. 2017. (Outra).

8.
III Encontro Nacional de Administração Pública ? III EBAP. 2016. (Encontro).

9.
XL Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração.Bernard Lonergan e Alberto Guerreiro Ramos: Diálogos entre o sujeito existencial e o homem parentético. 2016. (Encontro).

10.
III Colóquio Internacional de Epistemologia e Sociologia da Ciência da AdAdministraão. 2013. (Outra).

11.
XXXVII Encontro da ANPAD.A Tensão entre a Racionalidade Substantiva e a Racionalidade Instrumental na Gestão Pública: novos caminhos de um campo de estudo. 2013. (Encontro).

12.
II Colóquio Internacional de Epistemologia e Sociologia da Ciência da Administração. 2012. (Encontro).

13.
II Seminário de Gestão Social e Desenvolvimento. 2012. (Seminário).

14.
Cenário Imobiliário. 2011. (Encontro).

15.
I Colóquio de Epistemologia e Sociologia da Ciência da Administração. 2011. (Congresso).

16.
"Panorama Nacional e Internacional da Avaliação de Programas Sociais. 2010. (Seminário).

17.
3° Seminário Regional de Administração Pública e Desenvolvimento. 2010. (Seminário).

18.
TiB'10 - Seminário Internacional de Tecnologia para a Mudança Social. 2010. (Seminário).

19.
V Feira das Profissões do Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires.O Curso de Administração Pública. 2010. (Outra).

20.
IV Feira das Profissões do Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires.O Curso de Administração Pública. 2009. (Outra).

21.
7º Encontro Nacional de Estudantes de Administração Pública. 2008. (Encontro).

22.
IV Encontro Catarinense do Terceiro Setor. 2008. (Encontro).

23.
V Semana Esaguiana. 2008. (Outra).

24.
III Encontro Catarinense do Terceiro Setor. 2007. (Encontro).

25.
IV Semana Esaguiana. 2007. (Outra).

26.
Visita Técnica ao Município de Urupema. 2007. (Outra).

27.
XV Encontro Sul-brasileiro de Empresas Juniores. 2007. (Encontro).

28.
32º ENEAD - Encontro Nacional dos Estudantes de Administração. 2006. (Encontro).

29.
Ciclo de Palestras em Administração Pública sob o tema "Gestão Participativa". 2006. (Outra).

30.
III Semana Esaguiana. 2006. (Outra).

31.
Seminário de Administração Pública: "O Modelo do Novo Serviço Público". 2006. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SANTOS, L. S.. I Congresso Internacional de Desempenho do Setor Público. 2017. (Congresso).

2.
SERAFIM, M. C. ; SANTOS, L. S. ; CASTRO, B. C. ; AMES, M. C. ; MARTINS, F. F. . Evento da disciplina de Estudos Organizacionais Avançados, do Programa de Pós-Graduação em Administração da ESAG-UDESC. 2017. (Outro).

3.
SERVA, M. ; PINHEIRO, Daniel ; MELO, Danilo ; SIQUEIRA, Gabriel ; SANTOS, L. S. ; SCHLICKMANN, Raphael ; REBELO, Sabrina . I COLÓQUIO DE EPISTEMOLOGIA E SOCIOLOGIA DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO. 2011. (Outro).

4.
SANTOS, L. S.; DAHMER, J. ; DAMASIO, L. ; KEUNECKE, L. P. ; CASTRO, W. N. F. ; PEDROSO, M. C. ; PIAZZA, D. R. ; AMORIM, F. ; FILOMENO, B. ; REUS, I. ; MATTOS, V. ; OSTTETO, M. . VI ENCONTRO NACIONAL DOS ESTUDANTES DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. 2007. (Congresso).

5.
SANTOS, L. S.; SCHMITT, K. V. ; DELPIZZO, A. E. . III Seminário de Integração ESAG Sênior. 2007. (Outro).



Outras informações relevantes


Aprovada no concurso público da Universidade do Estado de Santa Catarina para o cargo de Assistente Administrativo (2011).
Aprovada no concurso público da Secretaria de Turismo de Santa Catarina para o cargo de Assistente Administrativo (2011).
Aprovada no concurso público da Agência Reguladora de Serviços Públicos de Santa Catarina para o cargo de Assistente Administrativo (2011).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/01/2019 às 14:14:22