Lídia Campos Gomes Boy

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6836850221446809
  • Última atualização do currículo em 22/09/2016


É mestre em educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação da UFMG na linha de Políticas Públicas: Concepção, Implementação e Avaliação (2011). Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2008). Atuou como professora municipal e coordenadora pedagógica na Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte. É atualmente membro e pesquisadora no Grupo de Estudos Sobre Política Educacional e Trabalho Docente (GESTRADO) filiado a Rede Estrado (REDE LATINO-AMERICANA DE ESTUDOS SOBRE TRABALHO DOCENTE). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Lídia Campos Gomes Boy
Nome em citações bibliográficas
BOY, Lídia. C. G.

Endereço


Endereço Profissional
Prefeitura Municipal de Belo Horizonte.
Rua Vinte e Oito
Conjunto Felicidade
31770-280 - Belo Horizonte, MG - Brasil


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2011
Mestrado em Educação.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: TRABALHO COLETIVO ENTRE DOCENTES EM ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE BELO HORIZONTE: concepções, permanências e rupturas,Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: Adriana Maria Cancella Duarte.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: trabalho coletivo; trabalho docente; rede municipal de educação de belo horizonte.
2004 - 2008
Graduação em Pedagogia.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: O Trabalho Coletivo Docente na Escola Plural: entre a teoria e a prática.
Orientador: Lúcia Helena Alvarez Leite.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais, FAPEMIG, Brasil.




Atuação Profissional



Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, P/BELO HORIZONTE, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Municipal


Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Integrante do Grupo de Estudos sobre Política Educacional e Trabalho Docente - GESTRADO

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Docência na graduação, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 8
Outras informações
Atividades de ensino na graduação, na disciplina POLITICA EDUCACIONAL, sob supervisão da Professora Adriana Maria Cancella Duarte, desempenhando as seguintes atividades: ? Auxílio na seleção da bibliografia apresentada no cronograma da disciplina. ? Elaboração dos trabalhos realizados em sala de aula pelos alunos em pequenos grupos. ? Organização dos recursos didáticos utilizados pela professora. ? Organização da disciplina na plataforma moodle. ? Apoio na organização e apresentação dos seminários em grupo. ? Registro de participação e presença dos alunos nas aulas. ? Auxílio na correção dos fichamentos e trabalhos elaborados pelos alunos. ? Presença e participação nas aulas, durante os dias propostos no cronograma.


Colégio Magnum Agostiniano, CMA, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária do Magnum Escola Integral, Carga horária: 30


Colégio Presbiteriano de Belo Horizonte, CPBH, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professora do Maternal I e II, Carga horária: 25



Projetos de pesquisa


2009 - 2012
Trabalho Docente na Educação Básica no Brasil
Descrição: A pesquisa pretende analisar o trabalho docente nas suas dimensões constitutivas, identificando seus atores, o que fazem e em que condições se realiza nas escolas de Educação Básica, com a finalidade de subsidiar a elaboração de políticas públicas no Brasil. Objetiva conhecer quem é, o que faz e em que condições se realiza o trabalho docente nas escolas públicas estaduais e municipais de Educação Básica no Brasil e instituições de educação infantil conveniadas com o poder público. Analisar em que medida as mudanças trazidas por nova regulação educativa impactam na constituição das identidades e dos perfis dos profissionais da educação básica, identificando estratégias desenvolvidas pelos docentes para responder tais exigências. Buscará ainda conhecer e analisar as mudanças promovidas pelas recentes políticas públicas para a educação básica no que se refere à organização e gestão escolar e suas conseqüências para a formação e carreira docente, observando ainda suas conseqüências sobre a saúde dos docentes. Para tanto, espera-se traçar o perfil sócio-econômico e cultural dos docentes em exercício na Educação Básica no Brasil; mapear a divisão técnica do trabalho na escola, a emergência de postos, cargos e funções derivados de novas exigências e atribuições, bem como as atividades desenvolvidas pelos docentes; conhecer as condições de trabalho dos docentes: os meios físicos, os recursos pedagógicos e o acesso a formação continuada, à literatura específica, às tecnologias e a outros bens culturais para o desenvolvimento de seu trabalho; levantar as formas de contratação, as condições salariais e de carreira em diferentes redes de ensino; identificar necessidades de formação continuada dos professores da Educação Básica. A primeira fase da pesquisa foi realizada em sete estados brasileiros (PA, RN, MG, GO, PR, SC e ES) e a segunda está em andamento em quatro estados (MG, PR, PA e PE)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Trabalho Docente na América Latina: análise das produções acadêmicas-1988-2008
Descrição: Este Projeto dá continuidade à pesquisa Regulação Educacional e a Complexidade do Trabalho Docente: Formulações Conceituais que buscou fazer um mapeamento inicial das investigações sobre o trabalho docente realizadas por pesquisadores brasileiros e argentinos inscritos na Rede Latino Americana de Estudos sobre Trabalho Docente Rede Estrado CLACSO. Neste sentido, elegeu-se como fonte de pesquisa os trabalhos apresentados no VI Seminário da Rede Estrado, realizado em novembro de 2006, na UERJ. Buscou-se identificar aspectos e dimensões do trabalho docente que vêm sendo analisadas; levantar os diferentes enfoques sobre a concepção de trabalho docente adotados pelos pesquisadores e atividades que configuram essa profissão na atualidade, além de apontar as principais tendências para essa profissão. A proposta atual intitulada: Trabalho docente na América Latina: análise das produções acadêmicas é dar continuidade a este estudo inicial, mapeando e discutindo a produção acadêmica no campo do trabalho docente e ampliando o foco para os demais países latino americanos. Ou seja, o atual projeto tem por objetivo realizar um balanço crítico da produção de conhecimento sobre o tema do trabalho docente na América Latina e suas relações com aos processos de reforma e novas regulações educacionais, após a segunda metade dos anos 1980 até os dias atuais, período em que se concentra a maioria das reformas nos países latino-americanos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Lídia Campos Gomes Boy - Integrante / Adriana Duarte - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.
2007 - 2008
Regulação educacional e a complexidade do trabalho docente: formulações conceituais
Descrição: Este projeto apresenta como objetivo central contribuir com as formulações teóricas sobre o trabalho docente na contemporaneidade tomando-se por base a análise de pesquisas comparadas realizadas sobre as transformações econômicas atuais e seus reflexos na educação e no trabalho docente na América Latina e em países europeus. Trata-se de um estudo de caráter teórico que busca identificar aspectos que possam delinear as novas dimensões do trabalho docente em suas diferentes denominações, tais como profissão docente, condição docente, vida de professores, com base nas reformas educativas realizadas nas últimas décadas. Entre os aspectos a ser observados, podem-se salientar: os contrastes e as convergências nos diferentes contextos nacionais ou mesmo continentais entre as atribuições e práticas docentes; as exigências de novas competências; a autonomia dos professores e o controle exercido sobre eles; as dificuldades presentes; as principais tendências apontadas para essa profissão em nível internacional e outros elementos que possam ajudar a entender a complexa situação do trabalhador docente em nossos dias. Pretende-se dispor de estudos realizados em grupos de pesquisa consolidados, como o Regulation and Inequalities in European Education Systems: a European Comparision 2001-2004 Reguleducnetwork (GIRSEF) e a Rede Latino Americana sobre Trabalho Docente (Redestrado). Inicialmente, propõe-se colocar o foco da pesquisa nos relatórios sobre o sistema educativo português realizado no contexto da pesquisa Reguleducnetwork e nos relatórios do Gestrado/FaE/UFMG, filiado à Redestrado. Posteriormente, pretende-se ampliar os estudos para os demais países que compõem o projeto Reguleducnetwork. Tomando-se por base os resultados dessa revisão, buscar-se-á delinear que fatores contribuem para a redefinição do trabalho docente, hoje, considerando as tendências atuais e a desestruturação e reestruturação das práticas e formas do trabalho..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Lídia Campos Gomes Boy - Integrante / Adriana Duarte - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.
2006 - 2008
O Estado do Conhecimento: Produções acadêmicas sobre a Rede Municipal de Ensino de Belo Horizonte (1986-2005) - Foco Temático: Trabalho Docente
Descrição: Trata-se de um projeto de pesquisa que tem como objetivo produzir o estado do conhecimento acerca da produção acadêmica (dissertações e teses) que envolve as escolas municipais de Belo Horizonte. Também será produzido um banco de dados tomando como fontes as dissertações e teses apresentadas e defendidas no período entre 1986 e 2005 nos programas de pós-graduação da UFMG, PUC-MG e outras instituições do país. Esse projeto é coordenado pelo PRODOC/FAE/UFMG, com participação de outros grupos de pesquisa entre eles o GESTRADO/FAE/UFMG e conta com os seguintes apoios: Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte (SMED/PBH); do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (SINDREDE); Faculdade de Educação da UFMG..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2007
Projeto de Pesquisa - Convergências e Divergências entre o modelo gerencialista de reforma do aparelho de estado e as reformas educacionais dos governos democrático populares: a experiência de Belo Horizonte
Descrição: Esta pesquisa compõe o eixo que analisa os condicionantes das reformas educacionais em curso nas redes públicas de ensino - o texto e o contexto, do projeto integrado de pesquisa (CNPq) denominado Gestão escolar e trabalho docente: as reformas educacionais em curso nas redes públicas de ensino de Minas Gerais. Propõe-se como objeto estudar o processo de democratização da gestão no sistema de educação municipal e das escolas, contida na proposta de reforma educacional realizada pelo governo democrático-popular de Belo Horizonte, a partir de 1994, no governo Patrus Ananias, até o momento atual. Pretende-se verificar qual o marco conceitual em que esse processo de democratização da gestão se apóia; em que medida se consegue manter os princípios norteadores das concepções teóricas adotadas na implementação de fato dessa reforma; as influências que ela recebe da reforma administrativa promovida pelo próprio município e que prevê um novo paradigma para a administração pública; e, finalmente, a presença de aspectos convergentes e divergentes do modelo gerencialista da reforma do aparelho de Estado proposto pelo MARE, não só na concepção como também na execução dessa reforma. No caso de se apresentarem aspectos convergentes, pretende-se verificar, qual o grau de interferência desses aspectos na implementação do projeto original e quais os princípios que se desvirtuam ao se adotar o modelo gerencialista..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Planejamento e Avaliação Educacional/Especialidade: Política Educacional.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BOY, Lídia. C. G.2014 BOY, Lídia. C. G.; DUARTE, A. . A dimensão coletiva do trabalho docente em escolas da Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte. Educação em Revista (UFMG. Impresso), v. 30, p. 81-104, 2014.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
BOY, Lídia. C. G.; DUARTE, A. . O trabalho coletivo entre docentes: a experiência de duas escolas da Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte. In: IX Seminário Internacional de La Red ESTRADO, 2012, Santiago de Chile. Anais do VI Encontro Brasileiro da Rede Estrado. Lima - Peru: UCH - Univerdidad, 2012. v. 1. p. 1-15.

2.
BOY, Lídia. C. G.; DUARTE, A. . Reflexões sobre o trabalho coletivo entre docentes em escolas da Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte. In: I Encontro Luso-Brasileiro sobre Trabalho Docente e VI Encontro Brasileiro da Rede Estrado, 2011, Maceió. Anais do I Encontro Luso Brasileiro sobre Trabalho Docente. Maceió - AL: UFAL, 2011. v. 1. p. 1-15.

3.
BOY, Lídia. C. G.; DUARTE, A. . O foco das pesquisas sobre o trabalho coletivo docente. In: VIII Seminário Internacional RED ESTRADO - UCH - CLACSO y II Seminário de Políticas Educativas en Lationoamérica- UCH, 2010, Lima. Anais do VI Encontro Brasileiro da Rede Estrado. Lima - Peru: Universidad Maio, 2010. p. 1-16.

4.
BOY, Lídia. C. G.. O trabalho coletivo docente em uma escola de tempo integral da Rede Municipal de Ensino de Belo Horizonte. In: I Encontro dos pesquisadores em Educação dos Programas de Pós-Graduação em Belo Horizonte, 2009, Belo Horizonte. I Encontro dos Pesquisadores em Educação dos Programas de Pós-Graduação em Belo Horizonte, 2009.

5.
BOY, Lídia. C. G.. O trabalho coletivo docente na escola de tempo integral - um estudo de caso. In: O Trabalho Coletivo Docente na Escola de Tempo Integral - um estudo de caso, 2009, Belo Horizonte. VI Simpósio Internacional sobre trabalho e educação, 2009.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BOY, Lídia. C. G.; ROMANO, P. . Carreira, condição e trabalho docente: 20 anos de produção acadêmica no Brasil. In: XXIV Simpósio Brasileiro III Congresso Interamericao de Política e Administração da Educação, 2009, Vitória. Cadernos ANPAE, 2009.

2.
BOY, Lídia. C. G.; ROMANO, P. . Duas décadas de produção acadêmica no Brasil: a reestruturação do trabalho docente. In: V Simpósio sobre Trabalho e Educação, 2009, Belo Horizonte. VI Simpósio Internacional sobre trabalho e educação, 2009.

Apresentações de Trabalho
1.
BOY, Lídia. C. G.; DUARTE, A. . Reflexões sobre o trabalho coletivo entre docentes em escolas da Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
BOY, Lídia. C. G.; DUARTE, A. . O foco das pesquisas sobre o trabalho coletivo docente. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
BOY, Lídia. C. G.. O Trabalho Coletivo Docente na Escola de Tempo Integral - um estudo de caso. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
BOY, Lídia. C. G.; ROMANO, P. . Duas décadas de produção acadêmica no Brasil: a reestruturação do trabalho docente. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
BOY, Lídia. C. G.; ROMANO, P. . Carreira, condição e trabalho docente: 20 anos de produção acadêmica no Brasil. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
BOY, Lídia. C. G.. O trabalho coletivo docente em uma escola de tempo integral da Rede Municipal de Ensino de Belo Horizonte. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
BOY, Lídia. C. G.; ROMANO, P. . Trabalho e Condição Docente: produção acadêmica no Brasil (1987-2007). 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
BOY, Lídia. C. G.; SILVA, A. M. C. J . O trabalho Docente na legislação Educacional Brasileira e em Pesquisas Acadêmicas. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
BOY, Lídia. C. G.. Atividades extra-classe. Belo Horizonte: GESTRADO/FAE/UFMG, 2010 (Verbete).

2.
BOY, Lídia. C. G.. O Trabalho Coletivo Docente na Escola Plural: entre a teoria e a prática. Belo Horizonte: Faculdade de Educação/ UFMG, 2008 (Monografia de Graduação).


Demais tipos de produção técnica
1.
BOY, Lídia. C. G.. Termos da Legislação Educacional Brasileira. 2007. (Auxiliar de Pesquisa).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Seminário Internacional Políticas Educacionais e Trabalho Docente: perspectiva comparada. 2010. (Seminário).

2.
Seminário Nacional: O Trabalho Docente na Educação Básica no Brasil. 2010. (Seminário).

3.
VIII Seminário Internacional RED ESTRADO - UCH - CLACSO y II Seminário de Políticas Educativas en Latinoamérica - UCH.O foco das pesquisas sobre o trabalho coletivo docente. 2010. (Seminário).

4.
XV ENDIPE. 2010. (Seminário).

5.
I Encontro dos pesquisadores em Educação dos Programas de Pós-Graduação em Belo Horizonte.O trabalho coletivo docente em uma escola de tempo integral da Rede Municipal de Ensino de Belo Horizonte. 2009. (Encontro).

6.
V Simpósio sobre Trabalho e Educação.O Trabalho Coletivo Docente na Escola de Tempo Integral - um estudo de caso. 2009. (Simpósio).

7.
XXIV Simpósio Brasileiro III Congresso Interamericao de Política e Administração da Educação. Carreira, condição e trabalho docente: 20 anos de produção acadêmica no Brasil. 2009. (Congresso).

8.
31a. Reunião Anual da ANPEd. 2008. (Congresso).

9.
VII Seminário Redestrado - Novas Regulações na América Latina. 2008. (Seminário).

10.
XVII Semana de Iniciação Científica.Trabalho e Condição Docente: produção acadêmica no Brasil (1987-2007). 2008. (Encontro).

11.
30a. Reunião Anual da ANPEd. 2007. (Congresso).

12.
Formação de professores para a educação básica ? 10 anos da LDB. 2007. (Seminário).

13.
IV Simpósio Trabalho e Educação: Gramsci, Política e Educação. 2007. (Simpósio).

14.
XVI Semana de Iniciação Científica.O Trabalho Docente na Legislação Educacional Brasileira e em Pesquisas Acadêmicas. 2007. (Encontro).

15.
Ser criança: encontro e encantos, ação e educação. 2005. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
OLIVEIRA, Dalila Andrade ; DUARTE, A. ; FELDFEBER, M ; SAFORCADA, Fernanda ; BOY, Lídia. C. G. . VII Seminario de la Red Estrado "Nuevas regulaciones en América Latina". 2008. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/11/2018 às 16:06:46