Edite Luiz Diniz

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5929121132569232
  • Última atualização do currículo em 26/02/2016


Possui graduação em Geografia pela Universidade Católica do Salvador(1993) e mestrado em Geografia pela Universidade Federal da Bahia(2007). Atualmente é Professor do Colégio Estadual Alaor Coutinho. Atuando principalmente nos seguintes temas:resistência, terra, conflito. (Texto gerado automaticamente pela aplicação CVLattes)


Identificação


Nome
Edite Luiz Diniz
Nome em citações bibliográficas
DINIZ, E. L.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal da Bahia, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, GeografAR.
Rua Barão de Geremoabo, Campus Universitário de Ondina, S/N. Instituto de Geociências - Sl 210 B.
Federação
40170-290 - Salvador, BA - Brasil
Telefone: (71) 32838572


Formação acadêmica/titulação


2004 - 2007
Mestrado em Geografia.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: Tapera, Pau Grande e Barreiro: Uma Geohistória de Resistência das Comunidades Tradicionais no Litoral Norte da Bahia,Ano de Obtenção: 2007.
Orientador: Maria Auxiliadora da Silva.
Palavras-chave: resistência; terra; conflito.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Humana / Especialidade: Geografia Agrária.
Setores de atividade: Desenvolvimento Rural; Desenvolvimento Urbano.
1989 - 1993
Graduação em Geografia.
Universidade Católica do Salvador, UCSAL, Brasil.
Título: Evolução Urbano dos Alagados.
Orientador: Lourival Cardoso da Silva Júnior.




Formação Complementar


2014 - 2014
Caldas e Defensivos Naturais. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
2010 - 2010
Extensão universitária em Astronomia Moderna VIII. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2004 - 2005
Extensão universitária em Orientador pedagógico de alfabetização. (Carga horária: 360h).
Universidade Estadual de Feira de Santana, UEFS, Brasil.
1999 - 1999
Fromação de Multiplicadores em Educação Ambiental. (Carga horária: 72h).
SENAI - Departamento Regional da Bahia, SENAI/DR/BA, Brasil.
1989 - 1989
Introdução ao Marxismo. (Carga horária: 30h).
Universidade Católica do Salvador, UCSAL, Brasil.
1988 - 1988
Jornada em Geografia Regional. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
1979 - 1979
Padrão Nut. dos Al. Básicos. (Carga horária: 24h).
Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Bahia, EBDA, Brasil.
1979 - 1979
Técnicas de Dinâmica de Grupo e Recursos Audio Vis. (Carga horária: 28h).
Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Bahia, EBDA, Brasil.
1973 - 1973
Técnicas de Alfabetização. (Carga horária: 400h).
Universidade Presbiteriana Mackenzie, MACKENZIE, Brasil.
1972 - 1972
Educação Integral. (Carga horária: 24h).
Universidade Presbiteriana Mackenzie, MACKENZIE, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Tirocínio Docente, Carga horária: 75


Colégio Estadual Alaor Coutinho, CEAC, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40


Escola Francisco da Conceição Menezes, EFCM, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 1999
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20


Escola Professor Manoel Devoto, EPMD, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 1993
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20


Comissão Pastoral da Terra - BA, CPT/BA, Brasil.
Vínculo institucional

1989 - 1996
Vínculo: Carteira assinada, Enquadramento Funcional: Documentação e Arquivo, Carga horária: 20


Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Bahia, EBDA, Brasil.
Vínculo institucional

1976 - 1978
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Auxiliar de Extensionista Social, Carga horária: 40


Escola Polivalente de Irecê, EPI, Brasil.
Vínculo institucional

1976 - 1976
Vínculo: Contrato temporário, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Questão Agrária e Movimentos Sociais nos Jornais da Bahia: dentro da notícia, fora da terra e dos territórios
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Comunidades Tradicionais, Políticas Públicas e Desenvolvimento Territorial na Bahia: indígenas e quilombolas
Descrição: Identificar e analisar as políticas públicas para comunidades indígenas e quilombolas do estado da Bahia e compreender os impactos da implantação e implementação dessas políticas na organização socioterritorial dessas comunidades.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2012
Diagnóstico e mapeamento do trabalho escravo na Bahia
Descrição: A ação dos Movimentos Sociais do Campo, as Políticas Públicas e a Produção do Espaço, constituem-se como eixos de análise do Projeto GeografAR. Por estes eixos de pesquisa perpassa a estrutura fundiária do Estado e as relações de produção presentes no campo baiano. Neste sentido, o trabalho escravo surge como uma preocupação mais do que emergente nas discussões do GeografAR e de seus parceiros. Segundo dados da CPT (2009), de 1995 a 2009, foram resgatados 38.052 trabalhadores no Brasil. O Estado com maior percentual de resgates foi o Pará com 29,9%, enquanto que, no estado da Bahia teve-se 7,1% do total, ou seja, 2.706 trabalhadores resgatados. De acordo com dados da Lista suja do Trabalho Escravo, na Bahia, até julho de 2009, foram autuadas 41 propriedades, localizadas prioritariamente no Oeste baiano, com maior concentração em São Desidério, seis em Correntina e seis em Formosa do Rio Preto. Tem-se como objetivo, neste projeto de pesquisa e de denúnica, em parceria com a CPT, realizar um diagnóstico sobre o trabalho escravo no Estado da Bahia, assim como contribuir com o debate sobre o tema, esclarecendo a sociedade sobre a sua cruel ocorrência.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Prêmios e títulos


2014
1° Concurso Literário Nacional Milton Santos, PEU/POSGEO/UFBA.


Produções



Produção bibliográfica
Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
DINIZ, E. L.; Germani ; MATTOS, P. A. ; MACHADO, S. M. M. . Comunidade Negra Rural Quilombola Porto Dom João: a Habitação no Contexto do Conflito por Terra. In: III Colóquio Habitat e Cidadania, 2015, Brasília-DF. Anais III Colóquio Habitat e Cidadania: Habitação no Campo, nas Águas e nas Florestas, 2015.

2.
DINIZ, E. L.; Oliveira, G. G. de ; Germani ; MOURA, P. V. ; Aguiar, J. H. S. ; MATTOS, P. A. . Tipologia das barragens do estado da Bahia. In: III Encontro Latinoamericano de Ciências Sociais e Barragens, 2010, Belém-PA. Anais III Encontro Latinoamericano de Ciências Sociais e Barragens, 2010. p. 1-21.

3.
DINIZ, E. L.; Oliveira, G. G. de ; Germani ; MATTOS, P. A. ; MOURA, P. V. ; Aguiar, J. H. S. . O processo de construção de barragens e açudes no estado da Bahia: o inventário socioambiental das barragens da Bahia. In: III Encontro Latinoamericano de Ciências Sociais e Barragens, 2010, Belém-PA. Anais III Encontro Latinoamericano de Ciências Sociais e Barragens, 2010. p. 1-20.

4.
DINIZ, E. L.; Aguiar, J. H. S. ; Oliveira, G. G. de ; Germani ; MOURA, P. V. ; MATTOS, P. A. . Análise das Compensações Financeiras pela Utilização de Recursos Hídricos (CFURH) no Estado da Bahia, o caso da Barragem de Sobradinho. In: III Encontro Latinoamericano de Ciências Sociais e Barragens, 2010, Belém-PA. Anais III Encontro Latinoamericano de Ciências Sociais e Barragens, 2010. p. 1-18.

Apresentações de Trabalho
1.
DINIZ, E. L.. Saber Indígena. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
DINIZ, E. L.. A questão agrária Indígena na Bahia: terra e conflito. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
DINIZ, E. L.; Germani ; SANTOS JUNIOR, A. A. ; ALVES, T. S. ; RIOS, K. A. N. ; SANTOS, T. R. ; ALCANTARA, D. M. . Questão Indígena e Quilombola. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
DINIZ, E. L.. Uma geohistória de resistência das comunidades tradicionais no Litoral Norte - BA. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
Germani ; DINIZ, E. L. ; Oliveira, G. G. de ; MATTOS, P. A. ; MOURA, P. V. ; Aguiar, J. H. S. . O processo de Construçãoi de Barragnes e Açudes no Estado da Bahia: o Inventário socioambiental das Barragens na Bahia.. Pará: NAEA/Universidade Federal do Pará, 2010 (Completo).

2.
DINIZ, E. L.; Rabinovich, E. P. . Leituras Afro-Brasileiras: prática e saberes na promoção da equidade social. Salvador: EDUFBA, 2009 (Completo).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
DINIZ, E. L.. Comitê Cientifico - II Seminário Internacional de Educação do Campo na Bahia.. 2015.


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
DINIZ, E. L.; Germani ; ANTONINO, L. Z. . Quilombo Porto Dom João. 2014. Filme.

Outras produções artísticas/culturais
1.
DINIZ, E. L.. O homem que permitiu lapidar-se: Milton Santos. 2015 (Completo).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Discussão: da Vale ao caos, do Caos à lama. 2015. (Outra).

2.
Geografando nas Sextas: 30 anos de memória e rebeldia dos povos do campo. 2015. (Outra).

3.
Geografando nas Sextas: Um alerta sobre os impactos dos agrotóxicos na saúde: Dossiê ABRASCO. 2015. (Outra).

4.
QUINTA INQUIETANTE - Ajuste fiscal, MP's 664 e 665/2014: ?ataque? aos direitos dos (as) trabalhadores (as) e negação da identidade do (a) pescador (a) artesanal. 2015. (Outra).

5.
Geografando nas Sextas: A Convenção 169 da OIT e os direitos territoriais ameaçados. 2014. (Outra).

6.
Geografando nas Sextas: Balanço da Reforma Agrária na Bahia. 2014. (Outra).

7.
Geografando nas Sextas: Conjuntura e conflitos no campo Brasil e Bahia. 2014. (Outra).

8.
Geografando nas Sextas: Monocultura de Eucalipto. 2014. (Outra).

9.
11° Acampamento das Trabalhadoras Rurais da Bahia.Questão Fundiária e Reforma Agrária. 2012. (Encontro).

10.
Geografando nas Sextas: Povos indígenas e questões territoriais. 2012. (Outra).

11.
Geografando nas Sextas: Questão Agrária na Bahia. 2012. (Outra).

12.
VI Seminário Cultural dos Jovens Indígenas do Regional Leste. 2012. (Seminário).

13.
Conflitos de Terra no Brasil. 2011. (Seminário).

14.
Dez Anos Sem Milton Santos. 2011. (Seminário).

15.
Geografando nas Sextas: Código Florestal: meio ambiente, agricultura e sociedade. 2011. (Seminário).

16.
Geografando nas Sextas: Conflitos no Campo Brasil 2010. 2011. (Outra).

17.
Geografando nas Sextas: Relatório da Missão Caetité, violações de direitos humanos no ciclo nucleqar. 2011. (Outra).

18.
Geografando nas Sextas: Trabalho Escravo na Bahia. 2011. (Seminário).

19.
A produção do Espaço e a Conflitualidade Territorial no Campo Baiano..Terra e Água: territórios em conflitos. 2010. (Seminário).

20.
Geografando nas Sextas: Mapeamento e Atualização Cartográfica do Estado da Bahia. 2010. (Outra).

21.
Geografando nas Sextas: Territórios Étnicos e Regularização Fundiária indígenas e quilombolas. 2010. (Outra).

22.
III Encontro Latino Americano de Ciências Sociais e Barragens. 2010. (Encontro).

23.
III SEMANA DE CONSCIÊNCIA NEGRA DO IFBA CAMPUS CAMAÇARI.Quilombos: espaço de luta e resistência negra. 2010. (Outra).

24.
Geografando nas Sextas: estado, natureza e sociedade: o pólo Naval na Baía do Iguape em debate. 2009. (Outra).

25.
Geografando nas Sextas: os biocombustíveis e suas repercussões sócsócioespaciais. 2009. (Outra).

26.
Geografando nas Sextas: "desde o raiar da aurora o sertão tonteia": caminhos e descaminhos da trajetória sócio-jurídica das Comunidades de Fundos de Pasto pelo reconhecimento de seus direitos territoriais. 2008. (Outra).

27.
IX Encontro de Biologia / IV Encontro Nordestino de Etnoecologia e Etnobiologia na Universidade Estatual de Feira de Santana.Meio Ambiente e Quilombola. 2008. (Encontro).

28.
Diálogo das Águas / Água e Religiosidade. 2007. (Outra).

29.
Seminário Quilombos História e Experiências Negras.Quilombos no Litoral Norte da Bahia. 2007. (Seminário).

30.
III Encontro com o Pensamento de Milton Santos: o lugar fundamentando o período popular da história. 2005. (Encontro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/12/2018 às 3:16:03