Felipe Augusto dos Santos Ribeiro

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6163520222612305
  • Última atualização do currículo em 01/05/2018


Realiza estágio de Pós-Doutorado pelo Instituto Multidisciplinar da UFRRJ, com financiamento da FAPERJ (desde 2015). Possui licenciatura em História pela Faculdade de Formação de Professores da UERJ (2006), mestrado em História Social pela UERJ (2009) e doutorado em História, Política e Bens Culturais pelo CPDOC/FGV (2015). Principais áreas de interesse e atuação: história contemporânea, história do Brasil, ensino de história, história social, história do trabalho (rural e urbano), história global, história local, história política, história dos movimentos sociais e história da (i)migração. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Felipe Augusto dos Santos Ribeiro
Nome em citações bibliográficas
RIBEIRO, Felipe;RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Reitoria, Instituto Multidisciplinar.
Avenida Governador Roberto Silveira, S/N
Moquetá
26020740 - Nova Iguaçu, RJ - Brasil
Telefone: (21) 26690817
URL da Homepage: http://r1.ufrrj.br/im/wp/


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2015
Doutorado em História, Política e Bens Culturais.
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
Título: A foice, o martelo e outras ferramentas de ação política: os trabalhadores rurais e têxteis de Magé (1956-1973), Ano de obtenção: 2015.
Orientador: Paulo Roberto Ribeiro Fontes.
2007 - 2009
Mestrado em História Social.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: Operários à Tribuna: vereadores comunistas e trabalhadores têxteis de Magé (1951-1964). TRABALHO PREMIADO COM O 3º LUGAR NO CONCURSO DE MONOGRAFIAS DO APERJ - 2011,Ano de Obtenção: 2009.
Orientador: Marcelo de Souza Magalhães.
Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.
Palavras-chave: História do Brasil República; História Política; História da Classe Operária; História Fluminense.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação Superior.
2002 - 2006
Graduação em Licenciatura Plena em História.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: Astério dos Santos, o operário: processo de acumulação política, memória e identidade dos trabalhadores têxteis de Santo Aleixo (1941-1964).
Orientador: Marcelo de Souza Magalhães.


Pós-doutorado


2015
Pós-Doutorado.
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da América.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História do Brasil República.


Formação Complementar


2005 - 2005
Treinamento para Visitação Didática. (Carga horária: 4h).
Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro, IP/JBRJ, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-Doutorando, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Realização de pesquisa sobre indústrias e trabalhadores têxteis no Brasil, membro de grupo de pesquisa sobre História Global do Trabalho e atuação como professor visitante.

Atividades

03/2016 - Atual
Ensino, História - Licenciatura Ou Bacharelado, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Trabalho no Brasil Republicano
11/2015 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Reitoria, Reitoria.

Atividade realizada
Orientação de Monografias e Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC).
08/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, Instituto Multidisciplinar.

08/2015 - Atual
Ensino, História, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Os Historiadores Marxistas Britânicos
Industrialização e Classe Trabalhadora no Brasil Republicano
08/2015 - Atual
Estágios , Reitoria, Instituto Multidisciplinar.

Estágio realizado
Professor Visitante e colaborador no Programa de Pós-Graduação em História.

Museu da Imigração da Ilha das Flores, MIIF, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro do Conselho Técnico

Atividades

06/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Museu da Imigração da Ilha das Flores, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Técnico do Museu.
02/2016 - 07/2016
Pesquisa e desenvolvimento , Museu da Imigração da Ilha das Flores, .

02/2016 - 07/2016
Outras atividades técnico-científicas , Museu da Imigração da Ilha das Flores, Museu da Imigração da Ilha das Flores.

Atividade realizada
Curadoria, pesquisa e produção de texto para exposições.

Fundação Educacional Duque de Caxias, FEUDUC, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor visitante, Carga horária: 4

Atividades

03/2016 - Atual
Ensino, Licenciatura em História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Contemporânea I
História Contemporânea II
03/2016 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE DUQUE DE CAXIAS, FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE DUQUE DE CAXIAS.

Atividade realizada
Orientação de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC).

Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro de Laboratório de Pesquisa
Outras informações
Membro do Laboratório de Estudos dos Mundos do Trabalho e Movimentos Sociais (LEMT).

Atividades

2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , CENTRO DE PESQUISA E DOCUMENTAÇÃO DE HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA DO BRASIL, .

05/2017 - 12/2017
Extensão universitária , CENTRO DE PESQUISA E DOCUMENTAÇÃO DE HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA DO BRASIL, .

Atividade de extensão realizada
Planejamento e execução do Minicurso "Trabalhadoras e Trabalhadores na História do Brasil".

Centro de Memória da Imigração da Ilha das Flores, CMIIF, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Auxiliar do Centro de Memória, Carga horária: 40
Outras informações
Elemento de ligação entre a Marinha do Brasil (MB) e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) no Projeto Imigrantes, integrando a comissão executiva do Centro de Memória da Imigração da Ilha das Flores.


Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Tutor na Pós-graduação a Distância, Carga horária: 20
Outras informações
Tutor de Pós-Graduação no curso de Gestão em Saúde Pública, oferecido no Pólo CEDERJ (município de Magé/RJ), em convênio com a Universidade Aberta do Brasil (UAB), na modalidade de Ensino a Distância (EAD). Disciplinas ministradas: Desenvolvimento e Mudança no Estado Brasileiro; Indicadores Sócio-Econômico na Gestão Pública; Estado, Governo e Mercado; O Público e o Privado na Gestão Pública; Políticas Públicas; Planejamento Estratégico Governamental; Estado e os Problemas Contemporâneos; Metodologia; Políticas de Saúde: Fundamentos e Diretrizes do SUS; Gestão da Vigilância à Saúde; Organização e Funcionamento do SUS; Gestão Logística em Saúde; e Gestão dos Sistemas e Serviços de Saúde.


Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro de Grupo de Pesquisa

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Orientador de TCC, Carga horária: 20
Outras informações
Orientador dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) na Especialização ?Tecnologias em Educação?, oferecida pela PUC-Rio na modalidade à distância.

Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Professor-tutor de Ensino à Distância, Carga horária: 20
Outras informações
Professor tutor no Curso de Graduação em História à Distância. Disciplinas ministradas: História Contemporânea II e III; Laboratório de Ensino e Aprendizagem de História; Ética Cristã e Ética Profissional; História do Brasil IV, V e VIII; História Regional e História da África.

Atividades

03/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, Departamento de História.


Colégio AlfaCem, CAC, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor de História (Ensino Médio), Carga horária: 4


Museu do Corpo de Fuzileiros Navais, MCFN, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2012
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Auxiliar do Museu do CFN, Carga horária: 40
Outras informações
Responsável pela pesquisa histórica, assessoria/produção cultural e monitoria de visitação.

Atividades

03/2009 - 10/2009
Outras atividades técnico-científicas , Museu do Corpo de Fuzileiros Navais - RJ - Brasil, Museu do Corpo de Fuzileiros Navais - RJ - Brasil.

Atividade realizada
Pesquisa para a palestra/artigo intitulados "Tomada de Caiena: seu significado para a História do Corpo de Fuzileiros Navais".
09/2008 - 12/2008
Outras atividades técnico-científicas , Museu do Corpo de Fuzileiros Navais - RJ - Brasil, Museu do Corpo de Fuzileiros Navais - RJ - Brasil.

Atividade realizada
Assessoria técnica (pesquisa história) para a produção do livro "Os Fuzileiros Navais na História do Brasil".

Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador mestrando em História Social, Carga horária: 20
Outras informações
Título da Pesquisa: "Operários à Tribuna: Identidades e Representações dos Trabalhadores Têxteis de Santo Aleixo no período Pré-1964"


Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor de História Fluminense I e II, Carga horária: 20

Atividades

10/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Educação e Humanidades, Faculdade de Formação de Professores de São Gonçalo.



Linhas de pesquisa


1.
Grupo de Estudos e Pesquisa em História Social e Ditaduras

Objetivo: Este grupo de estudos procura reunir pesquisadores que têm como foco a atuação de trabalhadores assalariados e informais; de moradores de favelas e suas comunidades em relação às reformas urbanas promovidas pelas ditaduras; a organização de movimentos sociais, com destaque para aqueles articulados em torno de identidades subalternas, como o feminismo, movimento negro, indígena e LGBT, entre outros; as relações entre trabalho, o não trabalho/ o lazer e comunidades de bairro; as manifestações culturais populares e a intervenção dos regimes ditatoriais; as transformações nos sindicatos e da política sindical; as transformações das memórias e interpretações sobre os eventos políticos e sociais na versão destes setores sociais; o movimento de trabalhadores rurais e camponeses e suas conexões com o mundo urbano; e a participação desses diferentes grupos nos processos políticos que marcaram os períodos ditatoriais e as redemocratizações..
2.
Laboratório de Estudos dos Mundos do Trabalho e Movimentos Sociais

Objetivo: O LEMT reúne professores e estudantes interessados nos debates e na pesquisa de temáticas relacionadas ao estudo dos mundos do trabalho e dos movimentos sociais em perspectiva interdisciplinar. Para além da história das organizações formais e informais dos trabalhadores e dos movimentos sociais em geral, um amplo arco de questões compõe o universo de interesses dos pesquisadores vinculados a este laboratório, incluindo temas como os processos produtivos, as migrações, as conexões do mundo do trabalho com o espaço urbano, a importância do cotidiano, as múltiplas dimensões culturais do universo das classes populares, as disputas políticas, as relações entre capital e trabalho, e ainda a atuação dos movimentos sociais no espaço público e sua interação com as diversas esferas do Estado. Além disso, nossos debates têm dado particular atenção aos processos de formação de classe e sua articulação com diferentes dimensões identitárias, tais como as de gênero, etnia, religião, origem regional e nacional, entre outras. Por fim, o laboratório tem incentivado cada vez mais abordagens comparativas e transnacionais que dialoguem com as recentes abordagens que procuram enfatizar as dimensões globais da história do trabalho e dos movimentos sociais. Professores e alunos ligados ao LEMT têm estabelecido um profícuo diálogo com pesquisadores e instituições acadêmicas vinculadas a este campo de estudos no Brasil e no exterior. Em 2012, tivemos um papel fundamental na organização do II Seminário Internacional Mundos do Trabalho, realizado na FGV e promovido pelo GT Mundos do Trabalho da Associação Nacional de História (ANPUH) e uma série de universidades brasileiras e instituições internacionais. O LEMT organiza periodicamente seminários de apresentação de pesquisas, palestras, mesas-redondas, oficinas e mantém um grupo de estudos regular envolvendo professores e alunos da pós-graduação e graduação.
3.
Centro de Memória da Imigração da Ilha das Flores
4.
"Deu Pano pra Manga": Experiências de trabalhadores em fábricas de tecidos, da Segunda Guerra Mundial ao processo de desindustrialização

Objetivo: O presente projeto tem como objetivo principal investigar experiências de trabalhadores têxteis no Brasil, buscando também traçar conexões com outros países da América do Sul, abarcando desde o período ?próspero? da Segunda Guerra Mundial até o processo de desindustrialização do ramo têxtil de algodão, que se intensificou entre as décadas de 1980 e 90. A pesquisa terá como fonte principal estudos acadêmicos realizados sobre o tema, no intuito de mapeá-los e cotejá-los a partir de dois movimentos distintos, porém complementares: traçar um panorama mais abrangente da produção historiográfica sobre os têxteis no Brasil, permitindo pensar a categoria mais a nível ?nacional?; e relacioná-lo com estudos sobre esses trabalhadores em países sul-americanos, visando contribuir para os debates mais recentes sobre história global do trabalho..
5.
Os migrantes nacionais na Hospedaria da Ilha das Flores


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Higher Education and Social Mobility in the Baixada Fluminense
Descrição: This project team will work collaboratively with faculty, graduate students and undergraduates at the Multidisciplinary Institute of the Federal Rural University of Rio de Janeiro (IM/UFRRJ) in Novo Iguaçu, a county of 829,000 people in the Baixada region on the outskirts of Rio de Janeiro. The collaborative team will develop data, ideas and methods for Duke Brazil Initiative/Global Brazil Humanities Lab Signature Projects that will be pitched to funding agencies in the fall of 2017. The Baixada focus in this project is designed to develop better tools to understand the enhanced social mobility made possible by the implantation of a unit of the expanding Federal University system in Novo Iguaçu in 2006. This was the first-ever investment by the central government to address the demand for tuition-free higher education in the Baixada as part of the inclusionary policies of center-left presidential administrations since 2002. Enrollment in higher education in Brazil has tripled in the last decade; three quarters of this growth has taken place in tuition-charging private institutions, whose racial and class composition was unrepresentative of the country. The IM/UFRRJ occupies three new buildings, has an energetic and recently hired faculty and enrolls 3,500 students in ten areas of study. The demand for higher education?and the scope of the challenge in delivering it?can be seen in looking at the census estimates for the seven counties closest to the IM/UFRRJ with 353,653 young people between the ages of 18 and 25. Given the 2016 objectives established by the National Plan of Education, 116,705 of these young people should have access to a university education, with 40% of the slots to be generated at the new public universities like the IM/UFFRJ, which at present reaches only 1% of the local population of the age group defined as the primary target for university education..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro - Coordenador / Alexandre Fortes - Integrante / Adriana Serafim - Integrante / John D French - Integrante.
2015 - Atual
Os impactos da Segunda Guerra Mundial na reconfiguração das relações de classe no Brasil
Descrição: A proposta do presente projeto é analisar os impactos da Segunda Guerra Mundial sobre o operariado brasileiro, focalizando fundamentalmente em três dimensões. A primeira delas diz respeito às mudanças geradas pela guerra na articulação entre relações de classe e relações interétnicas. A segunda aborda as transformações geradas pela evolução da inserção brasileira no conflito internacional para a atuação das correntes políticas que disputavam a adesão do crescente contingente de trabalhadores urbanos do país. Já a terceira está voltada à análise do imbricamento entre os conflitos que perpassam a cúpula do Estado Novo no processo que leva à entrada do Brasil na Guerra ao lado dos Aliados (Seitenfus 1985, 2000) e a adoção de uma política mais pró-ativa de incorporação do operariado à cidadania. Busco oferecer uma contribuição ao debate historiográfico sobre os processos transnacionais como elementos constitutivos das relações sociais e políticas nos níveis nacional e local (Lucassen and International Institute of Social History. 2008), com forte impacto nas transformações das identidades coletivas de trabalhadores e de sua relação com o Estado e a política (Heerma van Voss and Linden 2002; Linden 2002) A redefinição do caráter do Estado brasileiro e de sua relação com o ?trabalhador nacional? é vista aqui como parte do processo de emergência de projetos de desenvolvimento nacional de base industrializante na periferia do sistema capitalista impulsionado pela conflagração global que redefinia a face do planeta (Arrighi 1994; Wallerstein 2004). No Brasil, esse processo assumiu a forma da ?barganha nacionalista? que deu a Vargas condições para impulsionar o projeto de industrialização do país como contrapartida pelo apoio aos Aliados (Vizentini 2003). Desse modo, a marcada inflexão da relação do regime varguista com os trabalhadores, já identificada em trabalhos de diversos autores (French 1995; Gomes 1988; Paoli, 1987), é revista na nossa pesquisa à luz do diálogo com outros campos historiográficos, tais como a história econômica, a história das relações internacionais e a história militar. Ao mesmo tempo, essa abordagem possibilita a análise do caso brasileiro como um exemplo dentre muitos, fartamente estudados na bibliografia internacional, em que experiências de guerra total, em geral, e a Segunda Guerra Mundial, em particular, geraram alterações decisivas na regulação das relações de trabalho, nas concepções de direitos sociais e na participação política dos trabalhadores (Skocpol 1992; Pavilack 2011; Lichtenstein 2000; Lichtenstein 2003; Lichtenstein e Arnesen 2006; Hobsbawm 1996; Eley 1995; Alexander 1997). Trata-se, portanto, de repensar a emergência do trabalhismo brasileiro tanto como expressão local de um processo global de transformação quanto na sua especificidade nacional irredutível..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro - Coordenador / Alexandre Fortes - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3
2015 - Atual
Centro de Referência em História do Trabalho
Descrição: O presente projeto objetiva constituir, no âmbito do Instituto Multidisciplinar da UFRRJ, sediado em Nova Iguaçu, um conjunto de acervos e instrumentos de referência sobre a história do trabalho no Brasil que contribuam para o desenvolvimento de pesquisas históricas sistemáticas e abrangentes nesta área tanto na UFRRJ e instituições parceiras no projeto quanto no país como um todo. Os acervos e referências a serem processados e disponibilizados serão de três ordens: 1. Textuais: conjunto de documentos relativos à história do trabalho no estado do Rio de Janeiro e em outras regiões do Brasil, a serem digitalizados e catalogados, sendo as referências e eventualmente os próprios documentos disponibilizados online; 2. Orais: depoimentos de atores sociais relevantes do mundo do trabalho, realizados especificamente para este projeto ou gerados a partir de atividades de outros pesquisadores, a serem processados e disponibilizados de forma similar aos documentos textuais; 3. Bibliografia comentada: será realizado um levantamento abrangente de livros, teses, artigos, capítulos sobre temas relevantes para o estudo da história do trabalho no Brasil. Com base nesse levantamento, será elaborada e disponibilizada uma bibliografia comentada, que servirá como instrumento de referência para o desenvolvimento de futuras pesquisas na área. Para cada uma dessas linhas de acervo serão desenvolvidas estratégias de captação e processamento específicas, conforme explicado no item ?Metodologia?. Ao final dos trabalhos, além de instrumentos de acervos organizados e disponibilizados ao público e de instrumentos de referência para pesquisas futuras, serão gerados diversos trabalhos científicos analisando a temática geral do projeto..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (6) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro - Coordenador / Paulo Fontes - Integrante / Alexandre Fortes - Integrante / Adriana Serafim - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3
2014 - 2014
Artur da Távola: o intelectual e o político

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Luís Reznik em 25/01/2016.
Descrição: O projeto visa produzir um livro sobre a trajetória pública de Paulo Alberto Moretzsohn Monteiro de Barros, mais conhecido como Artur da Távola (1936-2008). Envolve professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. É financiado pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. Está inserido no Programa Perfis Políticos Fluminenses.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Hospedaria de imigrantes da Ilha das Flores: história e memória

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Luís Reznik em 25/01/2016.
Descrição: A Hospedaria de Imigrantes da Ilha das Flores, situada no estado do Rio de Janeiro, foi a primeira do gênero instituída no país. Sua criação oficial, em 1883, relacionava-se às políticas imigratórias do Estado Imperial. Suas atividades encerraram-se em 1966. Em quase cem anos de existência por ela passaram milhares de portugueses, espanhóis, gregos, alemães, italianos, letões, russos, poloneses, eslovenos, sírios, judeus, entre outros. A ilha das Flores hoje sedia o Comando da Tropa de Reforço dos Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil. Através de um convênio firmado entre a UERJ e a Marinha do Brasil, foi criado o Centro de Memória da Imigração. Foi organizado um circuito de visitação pública às instalações da antiga Hospedaria de Imigrantes, com espaços de exposições permanentes; editado um vídeo institucional; e criado uma home-page, que será um espaço de divulgação das atividades do Centro de Memória, de disponibilização do acervo documental e de interação de todos aqueles envolvidos com a experiência da imigração. A pesquisa sobre a história da hospedaria e a reflexão sobre a memória dos imigrantes e funcionários que ali estiveram se desdobra em quatro objetivos: a) produção de conhecimento sobre a história da Hospedaria; b) constituir um núcleo de referência sobre o tema hospedaria/imigração, através do levantamento documental e historiográfico; c) mobilizar materiais para subsidiar as exposições do Museu e do Centro de Memória da Imigração; d) produção de material pedagógico para ser mobilizado dentro e fora da escola..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro - Integrante / Luís Reznik - Coordenador / Márcia de Almeida Gonçalves - Integrante / Rui Aniceto Nascimento Fernandes - Integrante / Henrique Mendonça da Silva - Integrante / Julianna Carolina Oliveira Costa - Integrante / Guilherme dos Santos Cavotti Marques - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
2006 - 2007
Caixa de História

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Luís Reznik em 25/01/2016.
Descrição: O projeto Caixa da História busca propiciar metodologia para a elaboração de atividades didáticas relacionadas à História local. Constitui um instrumento voltado tanto para o resgate e a constituição do patrimônio material e imaterial do Município, como para a reelaboração de memórias históricas relacionadas à localidade. São objetivos da pesquisa: a) apresentar metodologias de sistematização e análise dos mais variados materiais de memória, aqui entendidos como vestígios documentais do passado. Espera-se que, a partir da realização das atividades propostas, os alunos possam criar suas próprias atividades através da reunião de novos materiais por eles recolhidos. Dessa forma, as atividades ensinam sobre como se elabora o conhecimento histórico e permite a qualquer um narrar a sua própria história; b) Constituir e reelaborar, por meio do conhecimento histórico, identidades e pertencimentos locais. Com isso, pretende-se reavaliar e deslocar estigmas sociais acerca do município, das suas localidades e de suas gentes; c) valorizar o patrimônio material e imaterial do município; d) propiciar a integração da escola com a comunidade circundante, através da mobilização dos alunos junto às famílias, às instituições e aos cidadãos em geral para a realização das atividades; e) contribuir para o conhecimento da História do Município..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2017 - 2017
Minicurso "Trabalhadoras e Trabalhadores na História do Brasil"

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Paulo Roberto Ribeiro Fontes em 19/02/2018.
Descrição: No âmbito das atividades de extensão da Escola de Ciências Sociais da Fundação Getulio Vargas, o Laboratório de Estudos dos Mundos do Trabalho e Movimentos Sociais (LEMT), nos meses de setembro e outubro de 2017, promoverá o minicurso Trabalhadoras e trabalhadores na História do Brasil. O minicurso é gratuito e voltado para alunas e alunos do ensino médio da rede pública e privada. A proposta do minicurso procura articular a pesquisa de excelência sobre história social do trabalho realizada no CPDOC/FGV com a área de ensino em história e ciências sociais. O incremento da qualidade da educação brasileira, a ampliação do espaço de reflexão crítica entre alunos/as, professores/as e comunidade escolar em geral, a construção de uma cultura escolar democrática, bem como uma maior integração entre os conhecimentos produzidos na Universidade e nas escolas de ensino fundamental e médio são todas preocupações e questões articuladas à missão da Fundação Getulio Vargas em geral, e aos interesses e projetos da Escola de Ciências Sociais da FGV em particular. Estas discussões ganham ainda maior relevância em um momento de debates e implementação de uma nova proposta da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), patrocinada pelo Ministério da Educação. Neste contexto, o lugar da disciplina de História (bem com como das Ciências Sociais em geral) e de seu potencial papel como um dos componentes estruturadores da cultura escolar do Ensino Médio têm provocado acirradas disputas políticas e acadêmicas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (8) .
Integrantes: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro - Integrante / Paulo Fontes - Coordenador / Flávia Veras - Integrante / Claudiane Torres da Silva - Integrante / Alejandra Luisa Magalhães Estevez - Integrante / Eduardo Ãngelo da Silva - Integrante / Leonardo Ângelo da Silva - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: Ensino de História.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Trabalho.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende PoucoLê Pouco.
Francês
Compreende PoucoLê Pouco.


Prêmios e títulos


2016
XV Prêmio Baixada, no segmento Produção Acadêmica, com o livro "Memórias da Moscouzinho" (Paco Editorial, 2016), Fórum Cultural da Baixada Fluminense.
2011
Menção Honrosa (3º lugar) no Concurso de Monografias - Prêmio APERJ, com a dissertação "Operários à Tribuna" (FFP/UERJ, 2009), Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro (APERJ).


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
RIBEIRO, Felipe2016RIBEIRO, Felipe; AMARAL, L. P. W. . Militância sindical têxtil e alianças políticas: comunismo, trabalhismo e nacionalismo. PERSEU: História, Memória e Política, v. 7, p. 196-232, 2016.

2.
RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS2015 RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS. Uma greve que pôs em risco a segurança nacional: o caso do açúcar e a luta dos trabalhadores por melhores condições de vida. Revista Brasileira de História (Online), v. 35, p. 233-257, 2015.

3.
RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS2015 RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS. 'Quem é mais útil ao país: aquele que planta ou o que fica na cidade só comendo?': os trabalhadores rurais fluminenses e a luta por desapropriação de terras (1962-1963). Estudos Historicos (Rio de Janeiro), v. 28, p. 305-322, 2015.

4.
RIBEIRO, A. M.2015RIBEIRO, A. M. ; RIBEIRO, Felipe . 'Menor atenção das autoridades' versus maior produção acadêmica: novos estudos sobre os movimentos sociais na Baixada Fluminense durante a Ditadura. Recôncavo Revista de História da UNIABEU, v. 5, p. 72-93, 2015.

5.
RIBEIRO, Felipe;RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS2013RIBEIRO, Felipe. Uma cidade entre o rural e o urbano: Fábricas, fazendas, tecelões e camponeses em Magé. Iluminuras (Porto Alegre), v. 14, p. 11-26, 2013.

6.
MELLO, JUÇARA DA SILVA BARBOSA DE2013MELLO, JUÇARA DA SILVA BARBOSA DE ; RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS . Um complexo de redes bem tecido: os tecelões da Fábrica Santo Aleixo e suas relações para além do local de trabalho. Revista Mundos do Trabalho, v. 5, p. 163-182, 2013.

7.
RIBEIRO, Felipe2013RIBEIRO, Felipe; VERAS, F. ; AMARAL, L. P. W. ; MATOS, L. . John French: um brasilianista diferente. Mosaico (Rio de Janeiro), v. 4, p. 25-41, 2013.

8.
RIBEIRO, Felipe2012RIBEIRO, Felipe. O levante dos posseiros: a Revolta Camponesa de Porecatu e a ação do Partido Comunista Brasileiro no Campo (Resenha). Revista Mundos do Trabalho, v. 4, p. 314-318, 2012.

9.
RIBEIRO, Felipe;RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS2011RIBEIRO, Felipe. PRONTA PARA AJUDAR OS OPERÁRIOS QUE A ELEGERAM : Vereadora Ilza Gouvêa e a militância das tecelãs de Magé/RJ. Tempo e Argumento, v. 03, p. 199-209, 2011.

10.
RIBEIRO, Felipe;RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS2011RIBEIRO, Felipe. Moscouzinho em Magé: eleição dos primeiros vereadores comunistas (1947). Revista Pilares da História, v. 10, p. 17-28, 2011.

11.
RIBEIRO, Felipe;RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS2011RIBEIRO, Felipe. 'Moscouzinhos' no Brasil: a militância do PCB na pequena cidade. Cadernos Arquivo Edgard Leuenroth (UNICAMP), v. 18, p. 47-78, 2011.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
RIBEIRO, Felipe; OLIVEIRA, A. C. ; LOPES, J. C. . "Meu Alvinegro Amado": o Centenário do Andorinhas Futebol Clube. 1. ed. Rio de Janeiro: Kirios, 2017. v. 1. 64p .

2.
RIBEIRO, Felipe. Memórias da Moscouzinho: os tecelões de Santo Aleixo e a liderança de Astério dos Santos. 01. ed. Jundiaí: Paco Editorial, 2016. v. 01. 184p .

3.
RIBEIRO, Felipe. Metodologia do Ensino de História. 1. ed. Niterói/RJ: EAD/UNIVERSO, 2011. v. unico. 93p .

Capítulos de livros publicados
1.
RIBEIRO, Felipe. 1964 em Magé: memória e ação política dos trabalhadores durante a repressão. In: Jean Sales; Alexandre Fortes. (Org.). A Baixada Fluminense e a Ditadura Militar: movimentos sociais, repressão e poder local. 1ed.Curitiba/PR: Prismas, 2016, v. 1, p. 17-54.

2.
RIBEIRO, Felipe. O PCB na luta com os trabalhadores rurais e urbanos de Magé. In: Andréa Telo da Côrte (Museu do Ingá). (Org.). Novos Capítulos de História Fluminense. 01ed.Niterói/RJ: Museu do Ingá / FUNARJ, 2014, v. , p. 229-258.

3.
RIBEIRO, Felipe; MAGALHÃES, M. de S. ; MENDES, F. . Artur da Távola: o político do parlamento (1987-2003). In: Luis Reznik; Tania Carvalho Netto. (Org.). Artur da Távola: o intelectual e o político. 01ed.Rio de Janeiro/RJ: EdUERJ, 2014, v. , p. 249-307.

4.
RIBEIRO, Felipe. Os tecelões e o mundo do trabalho em Magé. In: Jacqueline Lima; Ângela Roberti; Edna Santos. (Org.). Pensando a História: reflexões sobre as possibilidades de se escrever a História através de perspectivas interdisciplinares. 1ed.Rio de Janeiro: Letra Capital, 2013, v. , p. 79-96.

5.
RIBEIRO, Felipe. A Magé de diferentes tempos. In: Helenice Aparecida Bastos Rocha; Luís Reznik; Marcelo de Souza Magalhães; Márcia de Almeida Gonçalves; Rui Aniceto Nascimento Fernandes. (Org.). Caixa da História: Magé: Guia do Professor. 1ed.Rio de Janeiro: Imprinta Express, 2007, v. 2, p. 59-70.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
RIBEIRO, Felipe. Imbricações entre o rural e o urbano e seus desdobramentos no Mundo do Trabalho: o caso da Fazenda São José da Cachoeira. In: XXVII Simpósio Nacional da História, 2013, Natal/RN. Anais eletrônicos do XXVII Simpósio Nacional da História, 2013. v. único.

2.
RIBEIRO, Felipe; AMARAL, P. W. . Contribuições para uma História Social do Trabalho: um balanço da produção acadêmica discente do Programa de Pós-Graduação em História Social da FFP/UERJ. In: XV Encontro Regional de História da ANPUH-Rio, 2012, São Gonçalo/RJ. Anais do XV Encontro Regional de História da ANPUH-Rio. Rio de Janeiro: Anpuh-Rio, 2012.

3.
RIBEIRO, Felipe. 'Companhia grileira e latifundiária': a luta dos trabalhadores rurais de Magé contra a fábrica de tecidos Pau Grande. In: XXI Encontro Estadual de História: trabalho, cultura e memória ? ANPUH-SP, 2012, Campinas/SP. Anais do XXI Encontro Estadual de História: trabalho, cultura e memória ? ANPUH-SP. São Paulo: ANPUH-SP, 2012.

4.
RIBEIRO, Felipe. "Não sabe que uma faísca incendeia uma floresta?": campanhas, greves e comícios organizados pelos trabalhadores comunistas em Magé. In: XXVI Simpósio Nacional da ANPUH, 2011, São Paulo. Anais do XXVI Simpósio Nacional da ANPUH - Associação Nacional de História. São Paulo: ANPUH-SP, 2011.

5.
RIBEIRO, Felipe. Pesquisando os ?Operários à tribuna?: vereadores comunistas e trabalhadores têxteis de Magé/RJ. In: II Seminário de História Social: Relações de Poder e Identidades, 2011, São Gonçalo/RJ. II Seminário de História Social: Relações de Poder e Identidades - Anais. São Gonçalo: Faculdade de Formação de Professores da UERJ, 2011. v. 1. p. 28-39.

6.
RIBEIRO, Felipe. Trabalhadores à tribuna: memória operária e atuação dos vereadores comunistas em Magé.. In: XIV Encontro Regional da ANPUH-RIO: Memória e Patrimônio, 2010, Rio de Janeiro. Anais do XIV Encontro Regional da ANPUH-RIO: Memória e Patrimônio. Rio de Janeiro: Associação Nacional de História (ANPUH), 2010. v. único.

7.
RIBEIRO, Felipe. De operário têxtil a lider camponês: a atuação do vereador Manoel Ferreira de Lima e a luta por Reforma Agrária no município de Magé (1954-1958). In: 2º Simpósio Nacional: O Rural e o Urbano no Brasil, 2009, Rio de Janeiro/RJ. Simpósio Nacional o Rural e o Urbano no Brasil. Rio de Janeiro/RJ: Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), 2009. p. 01-22.

8.
RIBEIRO, Felipe. Câmara Municipal, sindicato e comissões de fábrica: formas de organização e lutas dos trabalhadores têxteis de Magé (1947-1964). In: VI Simpósio de História: revoluções, repúblicas e utopias, 2009, São Gonçalo/RJ. Anais do VI Simpósio de História: Revoluções, Repúblicas e Utopias. São Gonçalo/RJ: Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO), 2009.

9.
RIBEIRO, Felipe. Em nome do Operários: concorrência pelo poder no Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Fiação e Tecelagem de Santo Aleixo e Magé (1941-1964). In: I Seminário Nacional de Pós-Graduandos em História das Instituições: Instituições, Cultura e Poder, 2008, Rio de Janeiro. Anais do I Seminário Nacional de Pós-Graduandos em História das Instituições: textos completos, 2008. v. único.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
RIBEIRO, Felipe. Experiências de trabalhadores têxteis no Brasil: notas parciais de um balanço bibliográfico. In: XVII Encontro de História da Anpuh-Rio, 2016, Nova Iguaçu/RJ. Caderno de resumos. XVII Encontro de História da Anpuh ? Rio: entre o local e o global. Rio de Janeiro/RJ: ANPUH-RIO, 2016. v. único. p. 463-463.

2.
RIBEIRO, Felipe. Operários-Vereadores em Magé: a atuação do jornal. In: III Simpósio de Política e Cultura: Relações de Poder e Práticas Culturais, 2008, Vassouras. Simpósios de Política e Cultura: textos completos de 2006; resumos de 2008, 2008.

Artigos aceitos para publicação
1.
RIBEIRO, Felipe; PIRES, I. C. S. . 'A Alma da mulher brasileira explodiu em vibrante protesto': Condições de trabalho feminino e formas de resistência em fábricas têxteis do Rio de Janeiro nas primeiras décadas do século XX. TRASHUMANTE: REVISTA AMERICANA DE HISTORIA SOCIAL, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
RIBEIRO, Felipe. A importância do Ensino Superior para a sociedade. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
RIBEIRO, Felipe. 'Deu pano pra manga': experiências de trabalhadores em fábricas de tecidos, da Segunda Guerra Mundial ao processo de desindustrialização. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
RIBEIRO, Felipe. Novas possibilidades de fontes e acervos para a História da Baixada Fluminense. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
RIBEIRO, Felipe. Uma cidade entre o rural e o urbano. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
RIBEIRO, Felipe. Experiências com História Oral. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
RIBEIRO, Felipe. 'Memórias Periféricas': Ditadura, mundos do trabalho e pesquisa histórica sobre a Baixada Fluminense. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
RIBEIRO, Felipe. Oficina 'Novas fontes para Pesquisa na Baixada Fluminense'. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
RIBEIRO, Felipe. A atuação do judiciário no golpe de 1964: o caso de Magé, memórias da ditadura e suas relações com Volta Redonda. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
RIBEIRO, Felipe; SILVA, L. A. ; OLIVEIRA, S. S. R. ; VERAS, F. ; RAMALHO, J. R. . Fórum ? Trabalhador como categoria analítica entre múltiplas identidades. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
RIBEIRO, Felipe; REIST, S. ; KIDD, G. . Mesa de Debate 'Diálogos com Duke'. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
RIBEIRO, Felipe. Os 60 Anos do Livro 'Magé: Terra do Dedo de Deus' e as pesquisas sobre a história da cidade hoje. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
RIBEIRO, Felipe. Experiências de trabalhadores têxteis no Brasil: notas parciais de um balanço bibliográfico. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
RIBEIRO, Felipe. Baixada Fluminense e Ditadura Militar: novas perspectivas de pesquisa. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
RIBEIRO, Felipe. 1964 em Magé: memória e ação dos trabalhadores durante a repressão. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
RIBEIRO, Felipe; RIBEIRO, A. M. ; SERAFIM, A. . Oficina sobre a História da Ditadura Militar na Baixada Fluminense. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
RIBEIRO, Felipe. A 'Greve do Pano' de 1918: uma experiencia 'anarquista' como ícone na memória operária e na militância de esquerda brasileira. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
RIBEIRO, Felipe. Fábricas com vila operária no interior: as lutas dos trabalhadores da grande indústria nas pequenas cidades de Moreno (PE) e Magé (RJ) entre as décadas de 1950 e 60. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
RIBEIRO, Felipe. Mundos do trabalho e história da Baixada Fluminense: o município de Magé como objeto de pesquisa. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
RIBEIRO, Felipe. Um dos tripés da militância dos trabalhadores rurais na Baixada Fluminense: a atuação de Manoel Ferreira de Lima e os debates sobre 'aliança operário-camponesa'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
RIBEIRO, Felipe. A rearticulação das forças políticas frente ao golpe: o caso dos trabalhadores rurais e têxteis de Magé/RJ. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
RIBEIRO, Felipe. Migrações e trabalho: um estudo sobre Magé no contexto pós Segunda Guerra Mundial. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
RIBEIRO, Felipe. Os soldados da produção e a 'prática de relações de classe de novo tipo': reflexos da Segunda Guerra Mundial na vida dos trabalhadores brasileiros. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
RIBEIRO, Felipe. Palestra/Debate sobre o documentário 'Tear'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

24.
RIBEIRO, Felipe; MELLO, J. S. B. . Industrialização, fluxos migratórios e identidades: entre roçados operários e trabalhadores na 'roça da fábrica'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
RIBEIRO, Felipe. Para além da foice e do martelo: um estudo sobre a ação política de trabalhadores rurais e têxteis. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
RIBEIRO, Felipe. Do subterrâneo ao audiovisual: memórias de trabalhadores têxteis em documentário. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
RIBEIRO, Felipe. ?Trabalhar nas fábricas e lutar nas trincheiras?: a entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial, o surgimento dos comitês democráticos e as transformações no mundo do trabalho têxtil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
RIBEIRO, Felipe. Uma greve que pôs em risco a Segurança Nacional: o caso do açúcar e a luta dos trabalhadores por melhores condições de vida. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
RIBEIRO, Felipe; AMARAL, L. P. W. . Militância sindical têxtil e alianças políticas: comunismo, trabalhismo e nacionalismo na experiência operária fluminense (1955-1964). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
RIBEIRO, Felipe. 'Comuna que é comuna não precisa de orientação, ele vai lá e faz!': a trajetória política do médico Irun Sant'Anna e os estudos sobre o PCB. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
RIBEIRO, Felipe. A liderança de Waldemar Lima Teixeira e o capital político do Partido Social Democrático (PSD) em Magé. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
RIBEIRO, Felipe. Uma cidade entre o rural e o urbano: fábricas, fazendas, tecelões e camponeses em Magé. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
RIBEIRO, Felipe. A foice, o martelo e outras ferramentas de ação política: os trabalhadores rurais e urbanos de Magé (1956- 1970). 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
RIBEIRO, Felipe. Imbricações entre o rural e o urbano e seus desdobramentos no Mundo do Trabalho: o caso da Fazenda São José da Cachoeira. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

35.
RIBEIRO, Felipe. A foice, o martelo e outras ferramentas políticas. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
RIBEIRO, Felipe. Enfrentando outro 'Muro de Berlim historiográfico': conexões entre o rural e o urbano no Mundo do Trabalho. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
RIBEIRO, Felipe; AMARAL, L. P. W. . Contribuições para uma história social do trabalho: um balanço da produção acadêmica discente do Programa de Pós-Graduação em História Social da FFP/UERJ. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

38.
RIBEIRO, Felipe. 'Companhia grileira e latifundiária': a luta dos trabalhadores rurais de Magé contra a fábrica de tecidos Pau Grande. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

39.
RIBEIRO, Felipe. O PCB na luta com os trabalhadores rurais e urbanos de Magé. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

40.
RIBEIRO, Felipe. Pesquisando os ?Operários à tribuna?: vereadores comunistas e trabalhadores têxteis de Magé/RJ. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

41.
RIBEIRO, Felipe. Não sabe que uma faísca incendeia uma floresta?: campanhas, greves e comícios organizados pelos trabalhadores comunistas em Magé. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

42.
RIBEIRO, Felipe. Tecelões na luta por direitos: o caso de Magé para a História Social do Trabalho (1945?64). 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

43.
RIBEIRO, Felipe. Vereadores Comunistas e o Mundo do Trabalho em Magé. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
RIBEIRO, Felipe; AMARAL, P. W. ; VERAS, F. ; MATOS, L. . John French: um brasilianista diferente. Rio de Janeiro/RJ: Revista Mosaico, 2013 (Entrevista).

2.
RIBEIRO, Felipe. Os bastidores de uma resistência armada no campo. Florianópolis, SC: Revista Mundos do Trabalho, 2012 (Resenha).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
RIBEIRO, Felipe; SOUSA, E. G. . Exposição 'Um Trem de Histórias: Viajando nas Notícias da Estrada de Ferro Mauá'. 2018.

2.
RIBEIRO, Felipe. Projeto do Museu do Trabalho e dos Trabalhadores de São Bernardo do Campo (MTT). 2015.

Trabalhos técnicos
1.
RIBEIRO, Felipe. Parecerista ad hoc da revista Trilhas da História. 2018.

2.
RIBEIRO, Felipe. Parecerista ad hoc da revista História Oral. 2018.

3.
RIBEIRO, Felipe. Parecerista ad hoc da revista Perseu. 2017.

4.
RIBEIRO, Felipe. Parecerista ad hoc da revista Dia-Logos. 2017.

5.
RIBEIRO, Felipe. Parecerista ad hoc da revista Mundos do Trabalho. 2017.

6.
RIBEIRO, Felipe. Parecerista ad hoc da revista Estudos Históricos. 2016.

7.
RIBEIRO, Felipe. Parecerista ad hoc da revista Perseu. 2015.

8.
RIBEIRO, Felipe. Parecerista ad hoc da revista Mosaico (CPDOC). 2013.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
RIBEIRO, Felipe. Programa Documentando - Tema: Ilha das Flores, a primeira hospedaria de imigrantes do Brasil (entrevista concedida à TV Win). 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
RIBEIRO, Felipe. Debate sobre o Documentário 'Tear' (entrevista concedida ao FestFIC). 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
RIBEIRO, Felipe; AMARAL, L. P. W. . Programa Unidiversidade - Tema 'Greves e Trabalhadores'. 2015.

4.
RIBEIRO, Felipe; LINHARES, T. . Documentário 'Tear'. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
RIBEIRO, Felipe. Comunistas longe do paraíso (entrevista concedida à Revista Rio Pesquisa). 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
RIBEIRO, Felipe. Projeto conta trajetória política dos comunistas em Magé (entrevista concedida ao site da FAPERJ). 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
RIBEIRO, Felipe; CAMPOS, S. M. . Baixada Fluminense: História e Cultura Afrodescendente. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

2.
RIBEIRO, Felipe. Os Tecelões e o Mundo do Trabalho. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
RIBEIRO, Felipe; AMARAL, D. . Mundos do Trabalho e lutas por direitos. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
RIBEIRO, Felipe; ALEXANDRE, M. L. B. S. . Um panorama da política fluminense na segunda metade do século XX (1950-1990). 2017. (Coordenação de Simpósio Temático).

5.
RIBEIRO, Felipe. Imprensa e Militância Anarquista no Brasil República. 2017. (Debatedor de mesa).

6.
RIBEIRO, Felipe; KIDD, G. ; REIST, S. . Diálogos com Duke University. 2017. (Debatedor de mesa).

7.
RIBEIRO, Felipe. Mundos do Trabalho: novos estudos e abordagens. 2016. (Coordenação de Simpósio Temático).

8.
RIBEIRO, Felipe. Trabalho, Direitos e Atividades Econômicas. 2016. (Debatedor de mesa).

9.
RIBEIRO, Felipe. Relatório da Comissão Nacional da Memória, Verdade e Justiça da CUT. 2015. (Pesquisa História (assessoria técnica)).

10.
RIBEIRO, Felipe. Metodologia do Ensino de História. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - MaterialdidátcoparaEnsinoaDstância(EAD)).

11.
RIBEIRO, Felipe. Metodologia do Ensino de História. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didátco para Ensino a Dstância (EAD)).

12.
BIELINSKI, A. C. ; RIBEIRO, Felipe . Os Fuzileiros Navais na História do Brasil. 2008. (Pesquisa História (assessoria técnica)).

13.
RIBEIRO, Felipe; ROCHA, H. A. B. ; REZNIK, L. ; MAGALHÃES, M. de S. ; FERNANDES, R. A. N. . Caixa de História: Magé. 2007. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - MaterialdidáticosobreHistóriaLocaldestinadoaosensinosFundamentaleMédio.).

14.
REZNIK, L. ; MAGALHÃES, M. de S. ; GONÇALVES, M. de A. ; ROCHA, H. A. B. ; FERNANDES, R. A. N. ; RIBEIRO, Felipe . Caixa da História: Magé. 2007. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático sobre História Local destinado aos ensinos Fundamental e Médio.).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
RIBEIRO, Felipe; FORTES, A.; FONTES, P.; SILVA, L. H. P.. Participação em banca de Carolina Bittencourt Mendonça. Família Compactor?: a trajetória da Cia de Canetas Compactor e a relação com os trabalhadores no processo de industrialização da Baixada Fluminense (1954-1974). 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

2.
RIBEIRO, Felipe; FORTES, A.; CORREA, L. R.; NASCIMENTO, A. P.. Participação em banca de Guilherme Santos Cabral de Oliveira. A política vai à praia: assistência, previdência e cidadania aos operários estivadores do Rio de Janeiro nas décadas de 1930 e 1940. 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

3.
RIBEIRO, Felipe; GOMES, C. T. A. C.; FRONZA, M.; RIBEIRO, R. R.. Participação em banca de Rodolfo Souza Costa. Trabalho e vivência cotidiana no complexo canavieira da região do Vale do São Lourenço - Mato Grosso (1972-2012). 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Teses de doutorado
1.
RIBEIRO, Felipe; QUELHAS, I. T. G.; KAUSS, V. L. T.; MARTINS, A. M. R.; LIMA, J. C. P.. Participação em banca de Tania Maria da Silva Amaro de Almeida. "Trilhas, Roteiros e Legendas de uma Cidade chamada Duque de Caxias": Memória e Representações de Francisco Barboza Leite (1950-1990). 2017. Tese (Doutorado em Humanidades, Culturas e Artes) - Universidade do Grande Rio.

Qualificações de Doutorado
1.
RIBEIRO, Felipe; LIMA, J. C. P.; FELIX, I. P. F.; QUELHAS, I. T. G.; KAUSS, V. L. T.; MARTINS, A. M. R.. Participação em banca de Tania Maria da Silva Amaro de Almeida. "Trilhas, roteiros e legendas de uma cidade chamada Duque de Caxias": memória e representações de Francisco Barboza Leite (1950-1990). 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Humanidades, Culturas e Artes) - Universidade do Grande Rio.

Qualificações de Mestrado
1.
RIBEIRO, Felipe; FONTES, P.; REZNIK, L.. Participação em banca de Rodrigo Sampaio Pinto. Memória e Identidade do Migrante Nordestino em Duque de Caxias/RJ (1943-1960). 2017. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
RIBEIRO, Felipe; HEYMANN, L. Q.; FONTES, P.. Participação em banca de Ronaldo Vicente Pereira. Memória Operária e Patrimônio Industrial em Paracambi (RJ): uma proposta de roteiro cultural. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em História, Política e Bens Culturais) - Fundação Getúlio Vargas.

3.
RIBEIRO, Felipe; FERNANDES, R. A. N.; REZNIK, L.. Participação em banca de Filipe de Lima Alves. O Ensino de História em Nova Iguaçu: Panorama atual e uma nova perspectiva para a outrora ?cidade perfume?. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Curso de Mestrado Profissional em Ensino de História/UERJ) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
RIBEIRO, Felipe; FERREIRA, A. S.. Participação em banca de Allan Felipe Santana Fernandes. A mobilização de intelectuais católicos no Rio de Janeiro entre 1910 e 1930: o movimento de recatolização e o periódico "A Ordem". 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História Social e Cultural do Brasil) - Fundação Educacional Unificada Campograndense.

2.
RIBEIRO, Felipe; FERREIRA, A. S.; CARVALHO, M. N.. Participação em banca de Eduardo Cunha Vianna. A formação da cidadania no Brasil (1889-1910). 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História Social e Cultural do Brasil) - Fundação Educacional Unificada Campograndense.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
RIBEIRO, Felipe; FORTES, A.; SILVA, E. A.; SILVA, L. A.. Participação em banca de Mayara Celestino de Souza.Mulheres nos Tribunais: Acórdãos do TRT-RJ (1941). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História - Licenciatura Ou Bacharelado) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

2.
RIBEIRO, Felipe; POPINIGIS, F.. Participação em banca de Vinícius Kleiton de Andrade Brito.Indústria e trabalho no século XIX: a Imperial Companhia Seropédica Fluminense. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

3.
RIBEIRO, Felipe; SILVA, M. V. R.. Participação em banca de Sandra Paula Alves da Costa.As Beguinas: a ambiguidade em relação ao seu trabalho assistencial. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em História) - Fundação Educacional Duque de Caxias.

4.
RIBEIRO, Felipe; SALES, J.; SERAFIM, A.; ALEXANDRE, M. L. B. S.. Participação em banca de Marcia de Fátima Villar Moreira Pinto Rodrigues.A sombra comunista na cidade de Nova Iguaçu: Ismael Ramos e sua atuação política nos anos de 1950 e 60. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História - Licenciatura Ou Bacharelado) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

5.
RIBEIRO, Felipe; NOVA, C.. Participação em banca de Raymundo Soares Filho.Adolf Hitler e a ideologia do Nazismo. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em História) - Fundação Educacional Duque de Caxias.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
5° Seminário Fluminense de Pós-Graduandos em História.Imprensa e Militância Anarquista no Brasil República. 2017. (Seminário).

2.
I Encontro de Pós-Graduandos em História e Patrimônio.Um panorama da política fluminense na segunda metade do século XX (1950-1990). 2017. (Encontro).

3.
IV Seminário Fluminense de Pós-Graduandos em História.Trabalho, Direitos e Atividades Econômicas. 2016. (Seminário).

4.
IV Seminário Internacional Mundos do Trabalho / VII Jornada Nacional de História do Trabalho.Pensando os trabalhadores têxteis no Brasil: diálogos e conexões entre estudos de caso. 2016. (Seminário).

5.
XVII Encontro de História da Anpuh-Rio.Simpósio Temático 038. Mundos do Trabalho: novos estudos e abordagens. 2016. (Encontro).

6.
Ciclo de Palestras sobre História Recente da Baixada Fluminense.Mundos do trabalho e história da Baixada Fluminense: o município de Magé como objeto de pesquisa. 2015. (Outra).

7.
Festival Interuniversitário de Cultura (FestFIC).Debate sobre o Documentário "Tear". 2015. (Outra).

8.
I Seminário Internacional Mundos do Trabalho e Ditaduras no Cone Sul.A rearticulação das forças políticas frente ao golpe: o caso dos trabalhadores rurais e têxteis de Magé/RJ. 2015. (Seminário).

9.
Mostra 'Vai Passar': o Cinema Pensando as Ditaduras Militares no Brasil e Cone Sul.Palestra/Debate sobre o documentário 'Tear". 2015. (Outra).

10.
Projeto Histórias em Debate.Migrações e trabalho: um estudo sobre Magé no contexto pós Segunda Guerra Mundial. 2015. (Encontro).

11.
Reunión de Antropología del Mercosur (RAM). Industrialização, fluxos migratórios e identidades: entre roçados operários e trabalhadores na ?roça? da fábrica. 2015. (Congresso).

12.
Seminário História da Resistência Camponesa, Luta pela Terra e Temas sobre a Baixada Fluminense.Um dos tripés da militância dos trabalhadores rurais na Baixada Fluminense: a atuação de Manoel Ferreira de Lima e os debates sobre 'aliança operário-camponesa'. 2015. (Seminário).

13.
XII Ciclo de Debates Históricos.Do subterrâneo ao audiovisual: memórias de trabalhadores têxteis em documentário. 2015. (Simpósio).

14.
XIV Simpósio de História - 70 anos da Segunda Guerra Mundial e seus desdobramentos.Os soldados da produção e a 'prática de relações de classe de novo tipo': reflexos da Segunda Guerra Mundial na vida dos trabalhadores brasileiros. 2015. (Simpósio).

15.
XXVIII Simpósio Nacional de História.Para além da foice e do martelo: um estudo sobre a ação política de trabalhadores rurais e têxteis. 2015. (Simpósio).

16.
III Seminário Internacional Mundos do Trabalho.Militância sindical têxtil e alianças políticas: comunismo, trabalhismo e nacionalismo na experiência operária fluminense (1955-1964). 2014. (Seminário).

17.
XII International Congress of the Brazilian Studies Association. ?Trabalhar nas fábricas e lutar nas trincheiras?: a entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial, o surgimento dos comitês democráticos e as transformações no mundo do trabalho têxtil. 2014. (Congresso).

18.
XXXII International Congress of the Latin American Studies Association. Uma greve que pôs em risco a Segurança Nacional: o caso do açúcar e a luta dos trabalhadores por melhores condições de vida. 2014. (Congresso).

19.
Encontro da Linha de Pesquisa em História Social do Trabalho do Programa de Pós-Graduação em História.A foice, o martelo e outras ferramentas de ação política: os trabalhadores rurais e urbanos de Magé (1956- 1970). 2013. (Encontro).

20.
III Jornada de Estudos Fluminenses do Museu do Ingá.A liderança de Waldemar Lima Teixeira e o capital político do Partido Social Democrático (PSD) em Magé. 2013. (Seminário).

21.
Seminário Discente: Biografias, Autobiografias e Trajetórias."Comuna que é comuna não precisa de orientação, ele vai lá e faz!": a trajetória política do médico Irun Sant'Anna e os estudos sobre o PCB. 2013. (Seminário).

22.
X Reunión de Antropología del Mercosur (RAM). Uma cidade entre o rural e o urbano: fábricas, fazendas, tecelões e camponeses em Magé. 2013. (Congresso).

23.
XXVII Simpósio Nacional da História.Imbricações entre o rural e o urbano e seus desdobramentos no Mundo do Trabalho: o caso da Fazenda São José da Cachoeira. 2013. (Simpósio).

24.
A Baixada Fluminense em Foco: múltiplas perspectivas.A foice, o martelo e outras ferramentas políticas: os trabalhadores de Magé em foco. 2012. (Seminário).

25.
II Jornada de Estudos Fluminenses do Museu do Ingá.O PCB na luta com os trabalhadores rurais e urbanos de Magé. 2012. (Seminário).

26.
II Seminário Internacional Mundos do Trabalho - VI Jornadas de História do Trabalho.Enfrentando outro "Muro de Berlim historiográfico": conexões entre o rural e o urbano no Mundo do Trabalho em Magé/RJ. 2012. (Seminário).

27.
XV Encontro Regional de História.Contribuições para uma história social do trabalho: um balanço da produção acadêmica discente do Programa de Pós-Graduação em História Social da FFP/UERJ. 2012. (Encontro).

28.
XXI Encontro Estadual de História."Companhia grileira e latifundiária": a luta dos trabalhadores rurais de Magé contra a fábrica de tecidos Pau Grande. 2012. (Encontro).

29.
II Seminário de História Social: Relações de Poder e Identidades.Pesquisando os ?Operários à tribuna?: vereadores comunistas e trabalhadores têxteis de Magé/RJ. 2011. (Seminário).

30.
Seminário Trabalhadores / Trabajadores: II Workshop da Rede de História Social e Cultural do Trabalho na Argentina e no Brasil. 2011. (Seminário).

31.
VIII CICLO DE DEBATES HISTÓRICOS.Vereadores Comunistas e o Mundo do Trabalho em Magé. 2011. (Seminário).

32.
V Jornada de História da Universidade Estácio de Sá.Tecelões na luta por direitos: o caso de Magé para a História Social do Trabalho. 2011. (Outra).

33.
Worshop Internacional: Work and Human Lifecycle in Global History. 2011. (Outra).

34.
XXVI Simpósio Nacional de História.Não sabe que uma faísca incendeia uma floresta?: campanhas, greves e comícios organizados pelos trabalhadores comunistas em Magé. 2011. (Simpósio).

35.
XXXVI Congresso Internacional de História Militar. 2010. (Congresso).

36.
2º Simpósio Nacional: O Rural e o Urbano no Brasil.De operário têxtil a líder camponês: a atuação do vereador Manoel Ferreira de Lima e a luta por Reforma Agrária no município de Magé (1954-1958). 2009. (Simpósio).

37.
Fórum Pedagógico da Marinha. 2009. (Outra).

38.
I Seminário de Poder, Trabalho e Movimentos Sociais - Cruzando Fronteiras: novos olhares sobre a História do Trabalho.Operários à tribuna: militância comunista e capital político dos trabalhadores têxteis na Câmara Municipal de Magé/RJ. 2009. (Seminário).

39.
Seminário Comemorativo do Bicentenário da Tomada de Caiena. 2009. (Seminário).

40.
Seminário de História Militar comemorativo aos 120 anos da Proclamação da República. 2009. (Seminário).

41.
VI Simpósio de História: revoluções, repúblicas e utopias.Câmara Municipal, sindicato e comissões de fábrica: formas de organização e lutas dos trabalhadores têxteis de Magé (1947-1964). 2009. (Simpósio).

42.
II Encontro de Ensino de História: Currículo, Sociedade e Cidadania (Universidade Salgado de Oliveira - UNIVERSO).Falas em torno do Processo Migratório para o Brasil: Interpretações (Tema apresentado pelo autor:. 2008. (Encontro).

43.
III Simpósio de Política e Cultura: Relações de Poder e Práticas Culturais.Operários-Vereadores em Magé: a atuação do jornal. 2008. (Simpósio).

44.
II Simpósio de História: Estado, Poder e Conflito (Universidade Salgado de Oliveira - UNIVERSO).Territórios e Representações do Poder: temas de pesquisa em discussão. (Tema apresentado pelo autor:. 2008. (Simpósio).

45.
I Seminário Nacional de Pós-Graduandos em História das Instituições: Instituições, Cultura e Poder.Em nome dos operários: concorrência pelo poder no Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Fiação e Tecelagem de Santo Aleixo e Magé (1941-1964). 2008. (Seminário).

46.
Simpósio Comemorativo do Bicentenário do Visconde de Inhaúma. 2008. (Simpósio).

47.
V Simpósio de História: Nação, Identidade e Território.Epidemia Comunista: saúde pública e ação política no cotidiano dos trabalhadores têxteis de Magé na década de 1940. 2008. (Simpósio).

48.
Mini-curso História Local e Ensino de História para as Séries Iniciais (Instituto de Educação Clélia Nanci - IECN).Memória, Patrimônio Histórico e Ensino de História. 2006. (Oficina).

49.
I Seminário Brasil Republicano. 2005. (Seminário).

50.
Feira Multidisciplinar: "Você quer algo Novo?" (CIEP 260 José Barbosa Porto).Você conhece a História de Magé?. 2001. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
RIBEIRO, Felipe; SOUSA, E. G. . Um Trem de Histórias: Viajando nas Notícias da Estrada de ferro Mauá. 2018. (Exposição).

2.
RIBEIRO, Felipe; MARQUES, G. S. C. ; SILVA, H. M. ; COSTA, J. C. O. ; REZNIK, L. ; FERNANDES, R. A. N. . Experiências (I)migratórias. 2016. (Exposição).

3.
RIBEIRO, Felipe; MARQUES, G. S. C. ; SILVA, H. M. ; COSTA, J. C. O. ; REZNIK, L. ; FERNANDES, R. A. N. . História da Hospedaria. 2016. (Exposição).

4.
RIBEIRO, Felipe; REZNIK, L. ; FERNANDES, R. A. N. ; SILVA, H. M. ; COSTA, J. C. O. ; MARQUES, G. S. C. . Circuito expositivo "Museu a Céu Aberto". 2015. (Exposição).

5.
RIBEIRO, Felipe; SILVA, H. M. ; MARQUES, G. S. C. ; COSTA, J. C. O. ; REZNIK, L. ; FERNANDES, R. A. N. ; NASCIMENTO, T. R. . Exposição ?Os moradores, suas fotos e suas memórias: a Hospedaria de Imigrantes da Ilha das Flores pelas coleções fotográficas de seus funcionários?. 2015. (Exposição).

6.
RIBEIRO, Felipe; MARQUES, G. S. C. ; SILVA, H. M. ; COSTA, J. C. O. ; REZNIK, L. ; FERNANDES, R. A. N. . Semana de Museus do IBRAM no Centro de Memória. 2015. (Outro).

7.
RIBEIRO, Felipe; MARQUES, G. S. C. ; COSTA, J. C. O. ; REZNIK, L. ; FERNANDES, R. A. N. ; SILVA, H. M. . Circuito Expositivo ?Cais do Bote?. 2014. (Exposição).

8.
RIBEIRO, Felipe; MARQUES, G. S. C. ; SILVA, H. M. ; COSTA, J. C. O. ; REZNIK, L. ; FERNANDES, R. A. N. ; NASCIMENTO, T. R. . Semana de Museus do IBRAM no Centro de Memória. 2014. (Outro).

9.
RIBEIRO, Felipe; REZNIK, L. ; FERNANDES, R. A. N. ; SILVA, H. M. ; NASCIMENTO, T. R. ; COSTA, J. C. O. . Exposição ?Hospedaria de Imigrantes da Ilha das Flores?. 2013. (Exposição).

10.
RIBEIRO, Felipe; MARQUES, G. S. C. ; SILVA, H. M. ; REZNIK, L. ; COSTA, J. C. O. ; FERNANDES, R. A. N. . Seminário Internacional Hospedarias de Imigrantes. 2013. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Luciana Andrade. A Militância feminina dentro das disputas agrárias em Pedra Lisa, Xerém e Magé (1948-1964). Início: 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. (Coorientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Hugo Leonardo Costa Azevedo. Repressão da ditadura civil-militar na Baixada Fluminense. Início: 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História - Licenciatura Ou Bacharelado) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Michele Pacheco Schumacker. Profissionais de Saúde: o avanço na gestão. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão em Saúde Pública) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

2.
Micheli Carvalho da Silva. PSF: Profissionais da Atenção Básica atuando com a perspectiva da Vigilância à Saúde. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão em Saúde Pública) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

3.
Natália Ferreira Cardoso Moraes. A violência sexual infanto-juvenil e a proteção social básica. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão em Saúde Pública) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

4.
Siméia dos Santos Pina. O (a) Assistente Social como Profissional de Saúde atuando na Educação. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão em Saúde Pública) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

5.
Sueli Maria Gonçalves Albuquerque. Os novos modelos de Gestão da Saúde e os impactos do trabalho do Serviço Social. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão em Saúde Pública) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

6.
Valéria Ferreira da Silva Lúcio. A evolução do componente especializado na Gestão da Assistência Farmacêutica. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão em Saúde Pública) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

7.
Virginia Teles da Costa. Gestão Logística de Insumos em Hemoterapia. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão em Saúde Pública) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

8.
Antonia Cleomar Rabelo Souza. Formação de professor para utilização de recursos midiáticos nas séries iniciais do Ensino Fundamental. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

9.
Anunciação de Jesus Santos Neves. Planejamento de Formação dos Professores para o uso das Mídias. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

10.
Celine Maria de Sousa Azevedo. O Papel dos Núcleos de Tecnologia Educacional ? NTE na formação de professores para o uso das mídias na escola. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

11.
Deuzanira dos Santos Montelo. A contribuição do Curso Introdução à Educação Digital na formação de professores no Maranhão. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

12.
Humberto Costa Silva. Recursos Educacionais Digitais e o Processo e Aprendizagem. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

13.
Magda Márcia Ferreira Mafra. Tecnologia Educacional: uma nova lógica na prática educativa. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

14.
Maria José Cordeiro de Sousa. Tutoria online: uma experiência inovadora com as TIC. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

15.
Teresinha de Jesus Chaves e Silva. A formação de professores para o uso das mídias no Centro de Ensino Amaral Raposo na cidade de Imperatriz-MA. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

16.
Vilma Lopes Araújo. Gestão das Mídias: Dimensão Pedagógica, Administrativa e Tecnológica. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

17.
Welison Leandro Mendes Batalha. Uso pedagógico de mídias na escola ? práticas inovadoras. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

18.
Ellen de Lourdes Peliciari. O Professor de Arte Educação e o uso das novas mídias. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

19.
Kátia Cantão Mundim. Quais as Práticas Inovadoras devem ser adotadas para melhor utilização da informática como ferramenta pedagógica?. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

20.
Lourdes Alves de Souza. A utilização de um Blog como ferramenta interativa na Educação. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

21.
Marizete Alves Neves Ten Caten. O uso pedagógico de mídias na escola: práticas inovadoras, focalizando o Blog como ambiente virtual de aprendizagem. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

22.
Noemi dos Reis Corrêa. Mídias e Tecnologias na Educação: Projetos Inovadores. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

23.
Salma Maria Lemes Martins. Formação de Professores para o Uso das TICs em Juína-MT. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

24.
Sirlene da Silva Souto. Políticas Públicas para o Uso das Mídias. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

25.
Cláudia de Moraes Sousa Ribeiro. Uso Pedagógico de Mídias na Educação: Práticas Inovadoras. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Jéssica Roberta Lara. Crítica Social através das charges no Jornal da Baixada (1979?1980) e o papel dos comunistas. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História - Licenciatura Ou Bacharelado) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

2.
Mayara Celestino de Souza. Mulheres nos tribunais: Acórdãos do TRT-RJ (1941). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História - Licenciatura Ou Bacharelado) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

3.
Jackson Eduardo da Silva. Homens Livres da Freguesia do Pilar: a micro sociedade de homens livres (Séc. XVIII-XIX). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em História) - Fundação Educacional Duque de Caxias. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

4.
Mariana Silva Cruz. O Hospício D. Pedro II e a assistência psiquiátrica na Capital Federal (1852-1889). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História - Licenciatura Ou Bacharelado) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

5.
Alessandra Arantes Borges. O Rio de Janeiro de Araribóia (século XVI). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em História) - Fundação Educacional Duque de Caxias. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

6.
Daniel de Almeida e Silva. Um tabuleiro na mesa e uma câmera na mão: relato de experiência do PIBID de História da UFRRJ-IM. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História - Licenciatura Ou Bacharelado) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

7.
Marcia de Fátima Villar Moreira Pinto Rodrigues. A sombra comunista na cidade de Nova Iguaçu: Ismael Ramos e sua atuação política nos anos de 1950 e 60. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História - Licenciatura Ou Bacharelado) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

8.
Tamires Santos de Almeida. Rio-Petrópolis, Presidente Kennedy e Leonel Brizola: três nomes e uma avenida no desenvolvimento da cidade de Duque de Caxias. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em História) - Fundação Educacional Duque de Caxias. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

9.
Margareth da Silva Sanxes. A cidade de Duque de Caxias durante o governo de Juscelino Kubitschek: a construção da REDUC e as relações com Tenório Cavalcante. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em História) - Fundação Educacional Duque de Caxias. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

10.
Mardoqueu Albino. Uma fábrica e suas múltiplas aprendizagens: da FNM ao Colégio Estadual Barão de Mauá. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em História) - Fundação Educacional Duque de Caxias. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

11.
Patrícia Teixeira Ferreira. A história da fundação da Comunidade Santa Helena. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em História) - Fundação Educacional Duque de Caxias. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

12.
Salvador Gomes da Silva Filho. Emancipação de Duque de Caxias. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em História) - Fundação Educacional Duque de Caxias. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.

13.
Evodes Oliveira da Silva. Os trabalhadores rurais da Cidade dos Motores e suas relações com a FNM (1944-1950). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em História) - Fundação Educacional Duque de Caxias. Orientador: Felipe Augusto dos Santos Ribeiro.



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
RIBEIRO, Felipe;RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS2011RIBEIRO, Felipe. PRONTA PARA AJUDAR OS OPERÁRIOS QUE A ELEGERAM : Vereadora Ilza Gouvêa e a militância das tecelãs de Magé/RJ. Tempo e Argumento, v. 03, p. 199-209, 2011.

2.
RIBEIRO, Felipe;RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS2011RIBEIRO, Felipe. Moscouzinho em Magé: eleição dos primeiros vereadores comunistas (1947). Revista Pilares da História, v. 10, p. 17-28, 2011.

3.
RIBEIRO, Felipe;RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS2013RIBEIRO, Felipe. Uma cidade entre o rural e o urbano: Fábricas, fazendas, tecelões e camponeses em Magé. Iluminuras (Porto Alegre), v. 14, p. 11-26, 2013.

4.
RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS2015 RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS. Uma greve que pôs em risco a segurança nacional: o caso do açúcar e a luta dos trabalhadores por melhores condições de vida. Revista Brasileira de História (Online), v. 35, p. 233-257, 2015.

5.
RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS2015 RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS. 'Quem é mais útil ao país: aquele que planta ou o que fica na cidade só comendo?': os trabalhadores rurais fluminenses e a luta por desapropriação de terras (1962-1963). Estudos Historicos (Rio de Janeiro), v. 28, p. 305-322, 2015.

6.
RIBEIRO, A. M.2015RIBEIRO, A. M. ; RIBEIRO, Felipe . 'Menor atenção das autoridades' versus maior produção acadêmica: novos estudos sobre os movimentos sociais na Baixada Fluminense durante a Ditadura. Recôncavo Revista de História da UNIABEU, v. 5, p. 72-93, 2015.

7.
RIBEIRO, Felipe;RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS2011RIBEIRO, Felipe. 'Moscouzinhos' no Brasil: a militância do PCB na pequena cidade. Cadernos Arquivo Edgard Leuenroth (UNICAMP), v. 18, p. 47-78, 2011.

8.
MELLO, JUÇARA DA SILVA BARBOSA DE2013MELLO, JUÇARA DA SILVA BARBOSA DE ; RIBEIRO, FELIPE AUGUSTO DOS SANTOS . Um complexo de redes bem tecido: os tecelões da Fábrica Santo Aleixo e suas relações para além do local de trabalho. Revista Mundos do Trabalho, v. 5, p. 163-182, 2013.

9.
RIBEIRO, Felipe2013RIBEIRO, Felipe; VERAS, F. ; AMARAL, L. P. W. ; MATOS, L. . John French: um brasilianista diferente. Mosaico (Rio de Janeiro), v. 4, p. 25-41, 2013.

10.
RIBEIRO, Felipe2012RIBEIRO, Felipe. O levante dos posseiros: a Revolta Camponesa de Porecatu e a ação do Partido Comunista Brasileiro no Campo (Resenha). Revista Mundos do Trabalho, v. 4, p. 314-318, 2012.


Livros e capítulos
1.
RIBEIRO, Felipe. Memórias da Moscouzinho: os tecelões de Santo Aleixo e a liderança de Astério dos Santos. 01. ed. Jundiaí: Paco Editorial, 2016. v. 01. 184p .

2.
RIBEIRO, Felipe. Metodologia do Ensino de História. 1. ed. Niterói/RJ: EAD/UNIVERSO, 2011. v. unico. 93p .

1.
RIBEIRO, Felipe. A Magé de diferentes tempos. In: Helenice Aparecida Bastos Rocha; Luís Reznik; Marcelo de Souza Magalhães; Márcia de Almeida Gonçalves; Rui Aniceto Nascimento Fernandes. (Org.). Caixa da História: Magé: Guia do Professor. 1ed.Rio de Janeiro: Imprinta Express, 2007, v. 2, p. 59-70.

2.
RIBEIRO, Felipe. Os tecelões e o mundo do trabalho em Magé. In: Jacqueline Lima; Ângela Roberti; Edna Santos. (Org.). Pensando a História: reflexões sobre as possibilidades de se escrever a História através de perspectivas interdisciplinares. 1ed.Rio de Janeiro: Letra Capital, 2013, v. , p. 79-96.

3.
RIBEIRO, Felipe. O PCB na luta com os trabalhadores rurais e urbanos de Magé. In: Andréa Telo da Côrte (Museu do Ingá). (Org.). Novos Capítulos de História Fluminense. 01ed.Niterói/RJ: Museu do Ingá / FUNARJ, 2014, v. , p. 229-258.

4.
RIBEIRO, Felipe; MAGALHÃES, M. de S. ; MENDES, F. . Artur da Távola: o político do parlamento (1987-2003). In: Luis Reznik; Tania Carvalho Netto. (Org.). Artur da Távola: o intelectual e o político. 01ed.Rio de Janeiro/RJ: EdUERJ, 2014, v. , p. 249-307.

5.
RIBEIRO, Felipe. 1964 em Magé: memória e ação política dos trabalhadores durante a repressão. In: Jean Sales; Alexandre Fortes. (Org.). A Baixada Fluminense e a Ditadura Militar: movimentos sociais, repressão e poder local. 1ed.Curitiba/PR: Prismas, 2016, v. 1, p. 17-54.


Apresentações de Trabalho
1.
RIBEIRO, Felipe. Mundos do trabalho e história da Baixada Fluminense: o município de Magé como objeto de pesquisa. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
RIBEIRO, Felipe. A rearticulação das forças políticas frente ao golpe: o caso dos trabalhadores rurais e têxteis de Magé/RJ. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
RIBEIRO, Felipe. Migrações e trabalho: um estudo sobre Magé no contexto pós Segunda Guerra Mundial. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
RIBEIRO, Felipe. Os soldados da produção e a 'prática de relações de classe de novo tipo': reflexos da Segunda Guerra Mundial na vida dos trabalhadores brasileiros. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
RIBEIRO, Felipe. Palestra/Debate sobre o documentário 'Tear'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
RIBEIRO, Felipe; MELLO, J. S. B. . Industrialização, fluxos migratórios e identidades: entre roçados operários e trabalhadores na 'roça da fábrica'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
RIBEIRO, Felipe. Do subterrâneo ao audiovisual: memórias de trabalhadores têxteis em documentário. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
RIBEIRO, Felipe. Experiências de trabalhadores têxteis no Brasil: notas parciais de um balanço bibliográfico. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
RIBEIRO, Felipe. 1964 em Magé: memória e ação dos trabalhadores durante a repressão. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
RIBEIRO, Felipe; RIBEIRO, A. M. ; SERAFIM, A. . Oficina sobre a História da Ditadura Militar na Baixada Fluminense. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
RIBEIRO, Felipe. Novas possibilidades de fontes e acervos para a História da Baixada Fluminense. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
RIBEIRO, Felipe. Experiências com História Oral. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
RIBEIRO, Felipe. Os 60 Anos do Livro 'Magé: Terra do Dedo de Deus' e as pesquisas sobre a história da cidade hoje. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
RIBEIRO, Felipe; CAMPOS, S. M. . Baixada Fluminense: História e Cultura Afrodescendente. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

2.
RIBEIRO, Felipe. Os Tecelões e o Mundo do Trabalho. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
RIBEIRO, Felipe; AMARAL, D. . Mundos do Trabalho e lutas por direitos. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
RIBEIRO, Felipe; ROCHA, H. A. B. ; REZNIK, L. ; MAGALHÃES, M. de S. ; FERNANDES, R. A. N. . Caixa de História: Magé. 2007. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - MaterialdidáticosobreHistóriaLocaldestinadoaosensinosFundamentaleMédio.).

2.
RIBEIRO, Felipe. Metodologia do Ensino de História. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - MaterialdidátcoparaEnsinoaDstância(EAD)).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
RIBEIRO, Felipe. Programa Documentando - Tema: Ilha das Flores, a primeira hospedaria de imigrantes do Brasil (entrevista concedida à TV Win). 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
RIBEIRO, Felipe. Comunistas longe do paraíso (entrevista concedida à Revista Rio Pesquisa). 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
RIBEIRO, Felipe; LINHARES, T. . Documentário 'Tear'. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
RIBEIRO, Felipe; AMARAL, L. P. W. . Programa Unidiversidade - Tema 'Greves e Trabalhadores'. 2015.

5.
RIBEIRO, Felipe. Projeto conta trajetória política dos comunistas em Magé (entrevista concedida ao site da FAPERJ). 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
RIBEIRO, Felipe; REZNIK, L. ; FERNANDES, R. A. N. ; SILVA, H. M. ; NASCIMENTO, T. R. ; COSTA, J. C. O. . Exposição ?Hospedaria de Imigrantes da Ilha das Flores?. 2013. (Exposição).

2.
RIBEIRO, Felipe; REZNIK, L. ; FERNANDES, R. A. N. ; SILVA, H. M. ; COSTA, J. C. O. ; MARQUES, G. S. C. . Circuito expositivo "Museu a Céu Aberto". 2015. (Exposição).

3.
RIBEIRO, Felipe; MARQUES, G. S. C. ; COSTA, J. C. O. ; REZNIK, L. ; FERNANDES, R. A. N. ; SILVA, H. M. . Circuito Expositivo ?Cais do Bote?. 2014. (Exposição).

4.
RIBEIRO, Felipe; SILVA, H. M. ; MARQUES, G. S. C. ; COSTA, J. C. O. ; REZNIK, L. ; FERNANDES, R. A. N. ; NASCIMENTO, T. R. . Exposição ?Os moradores, suas fotos e suas memórias: a Hospedaria de Imigrantes da Ilha das Flores pelas coleções fotográficas de seus funcionários?. 2015. (Exposição).

5.
RIBEIRO, Felipe; MARQUES, G. S. C. ; SILVA, H. M. ; REZNIK, L. ; COSTA, J. C. O. ; FERNANDES, R. A. N. . Seminário Internacional Hospedarias de Imigrantes. 2013. (Congresso).

6.
RIBEIRO, Felipe; MARQUES, G. S. C. ; SILVA, H. M. ; COSTA, J. C. O. ; REZNIK, L. ; FERNANDES, R. A. N. ; NASCIMENTO, T. R. . Semana de Museus do IBRAM no Centro de Memória. 2014. (Outro).

7.
RIBEIRO, Felipe; MARQUES, G. S. C. ; SILVA, H. M. ; COSTA, J. C. O. ; REZNIK, L. ; FERNANDES, R. A. N. . Experiências (I)migratórias. 2016. (Exposição).

8.
RIBEIRO, Felipe; MARQUES, G. S. C. ; SILVA, H. M. ; COSTA, J. C. O. ; REZNIK, L. ; FERNANDES, R. A. N. . História da Hospedaria. 2016. (Exposição).

9.
RIBEIRO, Felipe; SOUSA, E. G. . Um Trem de Histórias: Viajando nas Notícias da Estrada de ferro Mauá. 2018. (Exposição).

10.
RIBEIRO, Felipe; MARQUES, G. S. C. ; SILVA, H. M. ; COSTA, J. C. O. ; REZNIK, L. ; FERNANDES, R. A. N. . Semana de Museus do IBRAM no Centro de Memória. 2015. (Outro).



Outras informações relevantes


Atuo profissionalmente em instituições de ensino há mais de dez anos, tendo trabalhado como docente no Ensino Médio e em cursos de Graduação e Pós-Graduação nas áreas de História, Pedagogia e Gestão, inclusive na Educação à Distância (EAD). Também atuo, desde 2008, como pesquisador, curador e consultor em espaços museográficos. Desse modo, aliando a formação em História com a experiência no campo museal, busco intensificar minha atuação enquanto professor-pesquisador.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/11/2018 às 16:43:13