Alfredo Passalacqua

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1981637775038445
  • Última atualização do currículo em 07/12/2010


Possui graduação em Medicina pela Fundação Técnico Educacional Souza Marques (1995). Atualmente é méidco responsável pelo serviço de atendimento especializado - SAE / HIV AIDS no Hospital Estadual Rafael Fernandes e professor da Faculdade de Medicina da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Alfredo Passalacqua
Nome em citações bibliográficas
PASSALACQUA, A.


Formação acadêmica/titulação


1996 - 1998
Especialização - Residência médica.
Intituto Estadual de Infectologia São Sebastião. Residência médica em: infectologia
Número do registro: 006539.
1987 - 1995
Graduação em medicina.
Fundação Técnico Educacional Souza Marques, FTESM, Brasil.




Formação Complementar


2007 - 2007
Proficiency Course. (Carga horária: 60h).
SKILL.


Atuação Profissional



Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, UERN, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Auxiliar III, Carga horária: 20
Outras informações
Disciplina de Infectologia Preceptor em Infectologia

Atividades

11/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências da Saúde, .

02/2008 - Atual
Ensino, Medicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Infectologia
10/2009 - 12/2010
Extensão universitária , Faculdade de Ciências da Saúde, .

Atividade de extensão realizada
Professor do Módulo Necropsia Aplicada à Infectologia no curso de técnicas anatômicas e necropsia.

Centro de Referência para Tratamento de Hepatites Virais da Região Oeste, CRTHV, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - Atual
Vínculo: Médico, Enquadramento Funcional: Auditor Técnico


Hospital Estadual Rafael Fernandes, HERF, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - Atual
Vínculo: Médico, Enquadramento Funcional: Resp pelo ambulatório de HIV/AIDS

Atividades

04/2003 - Atual
Direção e administração, Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, .

Cargo ou função
Presidente do CCIH (Comissão de Infecção Hospitalar).

Hospital Pedro Ernesto, HPE, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 1999
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Enfermaria de doenças infecto-parasitárias


Hospital Universitário Pedro Ernesto, HUPE/DIP, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 1999
Vínculo: Médico, Enquadramento Funcional: Setor quimioterapia


Hospital Central do Exército, HCE, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1997
Vínculo: 2º Tenente Médico, Enquadramento Funcional: Médico na área de Infectologia


Polícia Militar da Praia Vermelha, PMPV, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 1996
Vínculo: Médico, Enquadramento Funcional: Clínica Médica



Linhas de pesquisa


1.
Análise das Alterações Sensitivas e Motoras emPacientes com Hanseníase do Centro Clínico Professor Vingt-Un Rosado da Cidade de Mossoró no Estado do Rio Grande do Norte


Projetos de pesquisa


2010 - 2012
Análise das Alterações Sensitivas e Motoras em Pacientes Portadores de Hanseníase do Centro Clínico Professor Vingt-Un Rosado da Cidade de Mossoró no Estado do Rio Grande do Norte.
Descrição: A hanseníase é uma doença infecciosa crônica causada pelo Mycobacterium leprae, este, foi descrito em 1873 pelo Norueguês Amauer Hansen, o qual consiste num bacilo álcool-ácido resistente parasita intracelular com predileção pela pele e nervos periféricos conferindo características peculiares a esta moléstia, tornando o seu diagnóstico simples. Em contrapartida, o dano neurológico responsabiliza-se pelas sequelas que podem surgir. O Brasil continua sendo o segundo país em número de casos no mundo, após a Índia. Aproximadamente 94% dos casos conhecidos nas Américas e 94% dos novos diagnosticados são notificados pelo Brasil. A doença manifesta-se em dois pólos estáveis e opostos (virchowiano e tuberculóide) e dois grupos instáveis (indeterminado e dimorfo). Em outra classificação a doença é dividida em forma tuberculóide, borderline ou dimorfa que são subdivididos em dimorfa-tuberculóide, dimorfa-dimorfa e dimorfa-virchowiana, e virchowiana. A palpação de nervos e a avaliação do comportamento motor têm como objetivo pesquisar possíveis alterações neurológicas provocadas pela hanseníase. Na palpação deve ser avaliado o calibre do nervo em comparação com o contra-lateral, a presença de dor, fibrose ou nodulações. Os nervos que serão avaliados pela palpação e peloestesiômetro são: nos membros superiores (nervo ulnar, mediano, radial e radial cutâneo), nos membros inferiores (nervo tibial posterior e fibular comum) e no segmento cefálico (nervo auricular e facial). A avaliação da função motora de grupos musculares específicos deve ser feita principalmente nos pacientes em tratamento, com a finalidade de detecção precoce de incapacidades. Seqüelas bem definidas podem ser encontradas já no período do diagnóstico, tais como: paralisia facial do tipo periférico unilateral ou bilateral, ou paralisia do ramo orbicular do nervo zigomático, provocando o lagoftalmo, epífora e exposição da córnea; mão em garra (garra do quarto e quinto quirodátilos ou garra completa); mão caída; pé.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Alfredo Passalacqua - Coordenador / Fausto Pierdoná Guzen - Integrante / José Rodolfo Lopes de Paiva Cavalcanti - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
MAXIMINO, F.; PASSALACQUA, A.. Participação em banca de Késsia Larissa e Ticiana Batista.Avaliação padrão de adequação do uso de antimicrobianos no HRTM no município de Mossoró/RN. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
PASSALACQUA, A.; DIAS, M. C. F. S.. Dermatologia. 2010. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III conferência brasileira de HIV/AIDS e hepatites virais, 5 simpósio sobre avanços na patogenia e manejo da AIDS, III congresso norte/nordeste de infectologia e V jornada bajiana de infectologia. 2010. (Encontro).

2.
III Congresso Cearense de Infectologia. 2010. (Congresso).

3.
III Oficina de Atualização dos médicos de referência em genotipagem. 2010. (Oficina).

4.
I Jornada Mossoroense de Infectologia.Tuberculose que há de Novo?. 2010. (Outra).

5.
I Jornada Mossoroense de Infectologia.AIDS: Uma Epidemia Fora de Controle. 2010. (Outra).

6.
IX conferência brasil-johns hopkins university em HIV/AIDS. 2010. (Encontro).

7.
Seminário Nacional para Atualização das Co-Morbilidades Relacionadas a Infecção do HIV para Região Norte, Nordeste e Centro Oeste. 2010. (Seminário).

8.
II congresso norte-nordeste de epidemiologia e controle das infecções hospitalares. 2009. (Congresso).

9.
Oficina de atualização dos médicos de referência em genotipagem. 2009. (Oficina).

10.
Programa de educação permanente do centro de oncologia e hematologia de Mossoró - PEP-COHM.Protocolo de Cuidados Contra Gripe H1N1. 2009. (Encontro).

11.
Seminário de mnanejo da resistência viral e toxicidade do tratamento antirretroviral para as regiões norte, nordeste e centro-oeste. 2009. (Seminário).

12.
XII simpósio internacional de terapêutica em hepatite viral e da I reunião monotemática sobre interrelações entre a infectologia, a hepatologia e a endocrinologia. 2009. (Simpósio).

13.
XVI congresso brasileiro de infectologia. Análise crítica dos ensaios clínicos I. 2009. (Congresso).

14.
XVI congresso brasileiro de infectologia. 2009. (Congresso).

15.
II congresso cearense de infectologia. 2008. (Congresso).

16.
VIII conferência Brasil-Johns Hopkins University em HIV/AIDS. 2008. (Encontro).

17.
III reciclagem para médicos de referência em genotipagem. 2007. (Encontro).

18.
I Reunião Monotemática sobre Infecções Bacterianas em Cirróticos da SBH, SBI e da SBMT. 2007. (Congresso).

19.
IV Curso de Atualização Terapêutica em Hepatologia. 2007. (Congresso).

20.
Smart Living. 2007. (Encontro).

21.
X Simpósio Intrenacional de Terapêutica em Hepatite Viral. 2007. (Congresso).

22.
XV congresso brasileiro de infectologia. 2007. (Congresso).

23.
XV congresso brasileiro de infectologia. Manejo das hepatites virais. 2007. (Congresso).

24.
CAPACITAÇÃO DE MANEJO CLINICO DE PACIENTE COM DENGUE. 2006. (Oficina).

25.
CAPACITAÇÃO EM VIGILANCIA EPIDEMIOLOGICA DAS HEPATITES VIRAIS. 2006. (Oficina).

26.
IX SIMPOSIO INTERNACIONAL DE TERAPEUDICA EM HEPATITE VIRAL. 2006. (Congresso).

27.
V CURSO DE ATUALIZAÇÃO TERAPEUTICA EM HEPATOLOGIA E PROGRAMA NACIONAL DE HEPATITE VIRAIS. 2006. (Congresso).

28.
VII CONFERENCIA BRASIL JOHNS HOPKINS UNIVERSITY EM HIV/AIDS. 2006. (Congresso).

29.
I ENCONTRO DE MEDICINA TROPICAL DO CONE SUL. 2005. (Encontro).

30.
OFICINA DE REFLEXÃO PEDAGOGICA PARA INSTRUTORES E FACILITADORES DO CURSO BASICO DE MANEJO CLINICO EM HIV/AIDS. 2005. (Oficina).

31.
XIV CONGRESSO BRASILEIRO DE INFECTOLOGIA. 2005. (Congresso).

32.
XLI CONGRESSO BRASILEIRO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL. 2005. (Congresso).

33.
I CONGRESSO BRASILEIRO DE AIDS. 2004. (Congresso).

34.
V CONGRESSO BRASILEIRO DE PREVENÇÃO EM DST E AIDS. 2004. (Congresso).

35.
V CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE DST. 2004. (Congresso).

36.
VI CONFERENCIA BRASIL JOHNS HOPKINS UNIVERSITY EM HIV/AIDS. 2004. (Congresso).

37.
XIII CONGRESSO BRASILEIRO DE INFECTOLOGIA. 2003. (Congresso).

38.
I CURSO AVANÇADO SOBRE MANEJO CLINICO DE HIV/AIDS E HEPATITES VIRAIS. 2002. (Outra).

39.
II CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM DOENÇAS INFECCIOSAS. 2002. (Outra).

40.
V CONFERENCIA BRASIL JOHNS HOPKINS UNIVERSITY EM HIV/AIDS. 2002. (Congresso).

41.
III OFICINA DE CAPACITAÇÃO PARA DOCUMENTOS DO CONSENSO TERAPEUTICO EM ARV. 2001. (Oficina).

42.
XXXVII CONGRESSO BRASILEIRO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL. 2001. (Congresso).

43.
III CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSIVEIS. 2000. (Congresso).

44.
IV CONFERENCIA BRASIL JOHNS HOPKINS UNIVERSITY EM HIV/AIDS. 2000. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/10/2018 às 23:10:22