Cléber de Mesquita Andrade

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6366550343886595
  • Última atualização do currículo em 29/05/2018


Graduado em Medicina pela Universidade Federal de Rio Grande do Norte - UFRN (1998). Residência em Clínica Médica pelo Hospital Santa Marcelina- São Paulo/SP (2001-2002), com títulos de especialista em clínica médica e medicina de urgência (AMB/SBCM). Residência em Cardiologia (2003-2004) e Ecocardiografia (2005-2006) pelo Instituto "Dante Pazzanese" de Cardiologia- São Paulo/SP, com títulos de especialista (AMB/SBC). Doutorado em Ciências da Saúde pela UFRN. Atualmente atua como Professor Adjunto de Doenças Cardiovasculares e do Programa de Pós Graduação em Saúde e Sociedade (PPGSS) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN, pesquisador do Departamento de Biociências do curso de medicina da UERN, chefe do referido departamento e coordenador do curso. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Cléber de Mesquita Andrade
Nome em citações bibliográficas
ANDRADE, C. M.;ANDRADE, CLÉBER M.;DE MESQUITA ANDRADE, CLÉBER;ANDRADE, CLÉBER DE MESQUITA;ANDRADE, CLÉBER MESQUITA DE

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Faculdade de Ciências da Saúde- FACS.
Rua: Atirador Manoel da Silva Neto, S/N
Aeroporto
59607360 - Mossoró, RN - Brasil
Telefone: (84) 33175837


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2015
Doutorado em Ciências da Saúde (Conceito CAPES 5).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Título: DOENÇA DE CHAGAS: CARACTERIZAÇÃO DE FORMAS CLÍNICAS E ESTRATIFICAÇÃO DO RISCO DE MORTE NO OESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL, Ano de obtenção: 2015.
Orientador: Lúcia Maria da Cunha Galvão.
Coorientador: Rosiane Viana Zuza Diniz.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Doença de Chagas; Trypanosoma cruzi; cardiomiopatia chagásica; megaesôfago; megacólon; acidente vascular encefálico isquêmico.
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.
2003 - 2005
Especialização - Residência médica.
Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, IDPC, Brasil. Residência médica em: CARDIOLOGIA
Número do registro: 682371.
Bolsista do(a): FUNDAP, FUNDAP, Brasil.
Palavras-chave: CARDIOLOGIA.
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Saúde Humana.
2001 - 2003
Especialização - Residência médica.
Hospital Santa Marcelina, HSM, Brasil. Residência médica em: Clínica Médica
Número do registro: 30346/3.
Bolsista do(a): Fundação de Desenvolvimento Administrativo, FUNDAP, Brasil.
Palavras-chave: CLÍNICA MÉDICA.
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Saúde Humana.
2006 - 2007
Especialização em Ultra-sonografia Vascular.
Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, IDPC, Brasil.
Título: ULTRA-SONOGRAFIA VASCULAR.
2005 - 2007
Especialização em Ecocardiografia.
Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, IDPC, Brasil.
Título: ECOCARDIOGRAFIA.
1992 - 1998
Graduação em Medicina.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Título: Marcadores Virais de Hepatite.
Orientador: Linduarte Varela de Morais.
1987 - 1989
Ensino Médio (2º grau).
Escola Estadual Prof. Abel Freire Coelho, EEAFC, Brasil.
1984 - 1986
Ensino Fundamental (1º grau).
Escola Estadual Dr. Lavoisier Maia, EELM, Brasil.
1979 - 1983
Ensino Fundamental (1º grau).
Escola Estadual Gov.Walfredo Gurgel, EEWG, Brasil.




Formação Complementar


2012 - 2012
III Curso de Bioestatística. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
2010 - 2010
Ecocardiografia Pediátrica. (Carga horária: 20h).
Ecokid, ECOKID, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em 65º Curso Intensivo de Cardiologia. (Carga horária: 26h).
Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, IDPC, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em XII PRONAM- Prog. Nac. de Atualização em MAPA.
Sociedade Brasileira de Cardiologia, SBC, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em XV Curso Nacional de Reciclagem em Cardiologia.
Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, SOCESP, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em Curso "24 horas de Holter em São Paulo".
Instituto Cardios de Ensino e Pesquisa em Holter e M.A.P.A., CARDIOS, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em 64º Curso Intensivo de Cardiologia IDPC.
Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, IDPC, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em X PRONAM - Prog. Nac. de Atualização em MAPA.
Sociedade Brasileira de Cardiologia, SBC, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em 63º Curso Intensivo de Cardiologia IDPC.
Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, IDPC, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em "XIII Curso Nacional de Reciclagem em Cardiologia".
Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, SOCESP, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em FCCS - Fundamental Critical Care Support Course.
Associação de Medicina Intensiva Brasileira, AMIB, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em 62º Curso Intensivo de Cardiologia IDPC.
Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, IDPC, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em Atualização em Dislipidemia.
Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, IDPC, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Diagnóstico por Imagem em Cardiologia.
Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, SOCESP, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Arritmias Cardíacas: o Essencial para o Clínico.
Assoc. Cultural Latino-Americana de Pesquisa e Estudos Médicos-Científicos, OMNI, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Atualização em Dislipidemia.
Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, IDPC, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em 61º Curso Intensivo de Cardiologia IDPC.
Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, IDPC, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Métodos Diagnósticos em Cardiologia.
Centro de Medicina Diagnóstica FLEURY, FLEURY, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em ACLS - Suporte Avançado de Vida em Cardiologia.
Sociedade Brasileira de Cardiologia, SBC, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Eletrocardiograma.
Instituto do Coração, INCOR, Brasil.
2001 - 2001
Extensão universitária em O Eletrocardiograma.
Dr. Enéas Carneiro, EFC, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, UERN, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto II, Carga horária: 40
Outras informações
Professor do quadro efetivo de Docentes da UERN, aprovado em Concurso Público de Provas e Títulos para Docentes e Técnicos Especializados, publicado no Diário Oficial do Estado, em 05 de abril de 2007, tomando posse no dia 04 de maio de 2007. Atualmente dedica 20 horas da sua carga horária à condição de Chefe do Departamento de Biociências- Faculdade de Ciências da Saúde, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Atividades

08/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências da Saúde- FACS, .


Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2014
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Estudante de Pós-graduação

Atividades

06/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências da Saúde, .


Prefeitura Municipal de Mossoró, PMM, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Médico Cardiologista, Carga horária: 20
Outras informações
Médico Cardiologista, do Grupo Ocupacional da Saúde, aprovado no Concurso Público n° 001/2007-PMM, realizado em 07 de outubro de 2007 e classificado em Primeiro lugar, tomando posse no dia 24 de abril de 2008.


Hospital Santa Marcelina, HSM, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Plantonista, Enquadramento Funcional: Intensivista, Carga horária: 12


Hospital São Rafael, HSR, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2007
Vínculo: Plantonista, Enquadramento Funcional: Intensivista, Carga horária: 36


Amico Saúde LTDA, AMICO SAÚDE, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Plantonista, Enquadramento Funcional: Médico Clínico, Carga horária: 24



Linhas de pesquisa


1.
Epidemiologia das Doenças Infecciosas e Parasitárias

Objetivo: As pesquisas nessa linha, buscam o entendimento da dinâmica de distribuição dos principais problemas de saúde pública do município de Mossoró e região. Destacam-se as investigações dos fatores desencadeantes, caracterização epidemiológica, sazonalidade e análise da distribuição espacial como vertentes principais dos trabalhos..
Grande área: Ciências da Saúde
2.
Imunobiologia, Diagnóstico e Quimioterapia da Doença de Chagas

Objetivo: Avaliação de métodos parasitológico, sorológico e molecular para o estabelecimento de critérios para avaliar o sucesso ou insucesso após a quimioterapia específica na infecção chagásica experimental e humana..


Projetos de pesquisa


2012 - Atual
Análise da soroprevalência de doença de Chagas por transmissão vertical em gestantes em gestantes da região oeste do Rio grande do Norte
Descrição: O neglengeciamento da doença de Chagas ainda se apresenta considerável em áreas endêmicas. Entendendo que a verticalização da doença pode acontecer, passa-se assim a torna-se de importância " se ne qua non" e de interesse para a saúde pública...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Cléber de Mesquita Andrade - Integrante / Wogelsanger Oliveira Pereira - Integrante / Márcio Adriano Fernandes Barreto - Coordenador.
2012 - Atual
Estudo da soroprevalência da Doença de Chagas no município de Felipe Guerra-RN
Descrição: A Doença de Chagas (DC) é uma doença crônica caracterizada pela infecção sistêmica causada pelo protozoário T. cruzi. A doença afeta cerca de 8 milhões de pessoas na América Latina, dos quais 30% evoluem para cardiomiopatia ou síndromes do trato digestivo. No estado do RN, localiza-se, nas áreas de zona rural, onde reside boa parte da população potiguar. A estimativa da soroprevalência da infecção pelo T. cruzi para a mesorregião oeste é de 5,7%. Alguns desafios permanecem a DC que se tornou um problema emergente de saúde em áreas não endêmicas por causa dos movimentos de população em crescimento e pela subutilização na detecção e dos tratamentos precoces. Dessa forma o estudo visa estabelecer um estudo de investigação da prevalência da doença de chagas na população oriunda da zona rural do município de Felipe Guerra-RN....
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Cléber de Mesquita Andrade - Integrante / Wogelsanger Oliveira Pereira - Integrante / AnTônio Carlos de Medeiros - Coordenador / Renan Flávio de França Nunes - Integrante.
2012 - Atual
Perfil clínico, parasitológico e imunológico correlacionados com a evolução e o tratamento específico da doença de Chagas em área endêmica associada à transmissão vetorial não domiciliar
Descrição: O perfil epidemiológico da doença de Chagas no Nordeste é bastante peculiar em função das principais espécies de vetores que são endêmicas, das características sociais, políticas e econômicas, fatores que são compreendidos como complicadores do sucesso do programa de controle. Apesar da redução da incidência da infecção pelo T. cruzi outras espécies poderão invadir e/ou colonizar as moradias como, o T. brasiliensis, predominante e relevante na transmissão do parasito na região Nordeste e que ainda permanece em contato com o homem e animais domésticos no peri e intradomicílio da zona rural. Dados demonstram que a distribuição das populações do T. cruzi II no estado do Rio Grande do Norte (RN) pode ser considerada diferente das demais regiões endêmicas do país. Por exemplo, no estado de Minas Gerais, o TcII apresenta elevada heterogeneidade predominando populações monoclonais do parasito associadas a forma cardíaca da doença humana. No Rio Grande do Norte tem sido detectada uma homogeneidade entre as populações policlonais do TcII circulando tanto em humanos como no T. brasiliensis. As implicações dessa similaridade do parasito em relação às manifestações clinícas, resposta imune e a terapêutica ainda não foram determinadas. Esta proposta visa detectar a infecção pelo T. cruzi em moradores da zona rural de diferentes municípios no oeste desse estado por métodos sorológico e parasitológico-molecular e, avaliar clinicamente a evolução da infecção os indivíduos sororreativos e caracterizar as formas clínicas. Estes indivíduos serão tratados com benznidazol e as alterações radiológicas cardíacas, digestivas, eletrocardiográficas e ecocardiográficas serão avaliadas antes e após o tratamento. Eles também serão acompanhados para verificar a cura parasitológica por sorologia, PCR e/ou hemocultura, o perfil da resposta imunológica celular em leucócitos do sangue periférico (Th1, Th2, Th17 e linfócitos T reguladores) e humoral no soro (autoanticorpos anti-troponina T)....
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Cléber de Mesquita Andrade - Integrante / Wogelsanger Oliveira Pereira - Integrante / Antônia Cláudia Jácome Câmara - Integrante / Daniela Ferreira Nunes - Integrante / Paulo Marcos da Matta Guedes - Integrante / Egler Chiari - Integrante / Lúcia Maria da Cunha Galvão - Coordenador / Rosiane Viana Zuza Diniz - Integrante / Kiev Martins - Integrante / Eliane Lages Silva - Integrante / Paulo roberto Medeiros de Azevedo - Integrante.
2012 - Atual
Infecção natural em triatomíneos pelo Trypanosoma cruzi e variabilidade genética do T. brasiliensis e avaliação da resposta imune em indivíduos chagásicos no semiárido do estado do Rio Grande do Norte
Descrição: Esta proposta visa identificar as espécies de triatomíneos e avaliar a infecção natural pelo Trypanosoma cruzi dos insetos capturados em diferentes ecótopos do semiárido potiguar por exame do conteúdo intestinal pelos métodos: direto, xenocultura e PCR e, determinar a variabilidade de populações da espécie T. brasiliensis usando parâmetros como, a morfometria e marcador genético. Paralelamente serão avaliadas as concentrações de IgM, IgG total e subclasses IgG1, IgG2, IgG3 e IgG4, frente à proteínas recombinantes tais como, miosina, actina, troponina-I, troponina-T e antígenos do T. cruzi, para verificar o perfil de imunoglobulinas e, investigar a existência de anticorpos anti-proteínas cardíacas e a possível associação com as diferentes formas clínicas da doença de Chagas em indivíduos sororreativos residentes na zona rural da mesorregião oeste do estado do Rio Grande do Norte. Os resultados poderão contribuir para a definição de padrões de risco epidemiológico com envolvimento do T. brasiliensis para o melhor conhecimento do comportamento da infecção humana pelo T. cruzi. A avaliação da resposta imune dos indivíduos e a caracterização das formas clínicas permitirão o encaminhamento precoce dos infectados às equipes de saúde da família dos diferentes municípios da mesorregião para o acompanhamento clínico e tratamento específico, com a finalidade de reduzir a morbidade e hospitalizações dentro do Sistema Único de Saúde-SUS....
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Cléber de Mesquita Andrade - Integrante / Antônia Cláudia Jácome Câmara - Integrante / Daniela Ferreira Nunes - Integrante / Paulo Marcos da Matta Guedes - Integrante / Egler Chiari - Integrante / Lúcia Maria da Cunha Galvão - Coordenador / Kiev Martins - Integrante / Eliane Lages Silva - Integrante / Paulo roberto Medeiros de Azevedo - Integrante.
2011 - Atual
Morbidade da doença de Chagas e avaliação do perfil imunológico de indivíduos sororreativos procedentes de área endêmica no oeste potiguar
Descrição: Entre as formas clínicas da doença de Chagas a cardiomiopatia chagásica crônica é a forma mais grave da infecção humana pelo Trypanosoma cruzi e representa uma entidade clínica heterogênea, variando desde quadros assintomáticos à insuficiência cardíaca avançada e/ou morte súbita. Esta proposta visa avaliar a morbidade da doença de Chagas e o perfil da resposta imune e correlacionar o risco de morte em pacientes com cardiopatia chagásica crônica, usando o escore descrito por Rassi Jr. Serão avaliados indivíduos sororreativos para T.cruzi procedentes da zona rural dos municípios de Mossoró, Caraúbas, Governador Dix-Sept Rosado, Apodi, Severiano Melo e Felipe Guerra, além de pacientes com infecção chagásica pertencentes à mesorregião Oeste Potiguar que procurarem atendimento no Hospital Regional Rafael Fernandes (Mossoró, RN). A infecção pelo T. cruzi será confirmada pela técnica de PCR em tempo real e hemocultura. Após avaliação clínica, todos os sujeitos serão submetidos à realização de eletrocardiograma e radiografia simples de tórax para a caracterização das formas clínicas da doença de Chagas. Os pacientes com sintomas cardíacos, cardiomegalia à radiografia de tórax e/ou alterações eletrocardiográficas serão submetidos aos exames de ecocardiograma transtorácico e Holter 24h. Após estes exames, os pacientes serão selecionados e subdivididos em quatro grupos: (1) indivíduos com forma indeterminada; (2) cardiopatas com baixo risco; (3) cardiopatas com risco moderado e (4) cardiopatas com risco elevado de morte nos próximos 10 anos. A resposta imune celular dos diferentes grupos de pacientes será avaliada por meio da expressão de RNA mensageiro de citocinas e fatores de transcrição das respostas Th1, Th2, Th17 e linfócitos T reguladores. A caracterização das formas clínicas dos indivíduos infectados correlacionados a resposta imune, poderá contribuir no desenvolvimento de terapias alternativas visando reduzir o risco de morte associada à cardiopatia chagásica crônica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Cléber de Mesquita Andrade - Coordenador / Wogelsanger Oliveira Pereira - Integrante / Antônia Cláudia Jácome Câmara - Integrante / Daniela Ferreira Nunes - Integrante / Paulo Marcos da Matta Guedes - Integrante / Egler Chiari - Integrante / Lúcia Maria da Cunha Galvão - Integrante / Rosiane Viana Zuza Diniz - Integrante.
2011 - Atual
Avaliar a infecção natural pelo Trypanosoma cruzi em diferentes hospedeiros vertebrados e invertebrados do Estado do Rio Grande do Norte e caracterizar os isolados do parasito por parâmetros biológicos in vivo e in vitro
Descrição: Avaliação biológica e epidemiológica de amostras do T. cruzi recém isoladas de indivíduos soro reativos e de triatomíneos no seridó e oeste potiguar. Verificar a infecção natural de animais no peri e intra-domicílio, ampliar a captura das espécies de triatomíneos para determinar a infestação intra e peridomiciliar e o índice de infecção natural, além de identificar os parasitos diferenciando o T. cruzi do T. rangeli e outros membros da família Tripanossomatidae....
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Cléber de Mesquita Andrade - Integrante / Antônia Cláudia Jácome Câmara - Integrante / Paulo Marcos da Matta Guedes - Integrante / Lúcia Maria da Cunha Galvão - Coordenador / Kiev Martins - Integrante / Andressa Noronha Barbosa da Silva - Integrante.
2010 - 2012
Eco-epidemiologia da infecção pelo Trypanosoma cruzi na mesorregião oeste potiguar
Descrição: Apesar dos inquestionáveis avanços no controle da transmissão vetorial e transfusional da infecção, cerca de 7,7 milhões de indivíduos encontram-se infectados e 25-30% desses evoluem para formas mais graves da doença. Na região Nordeste os fatores que contribuem e determinam a interação parasito/hospedeiro e podem resultar em infecção humana com ou sem manifestações clínicas em diferentes mesorregiões do semiárido ainda não estão elucidados. No Rio Grande do Norte (RN), os dados sobre a doença de Chagas e outros aspectos referentes ao T. cruzi se resumem aos inquéritos sorológicos e aos dados entomológicos nacionais. A infecção natural dos triatomíneos pelo T. cruzi é 2,61%, o segundo maior índice da região Nordeste (DIAS et al., 2000). Devido a ausência de estudos sobre a infecção humana no RN e não conhecermos bem a dinâmica da epidemiologia da doença de Chagas na mesorregião oeste, essa área deve ter uma abordagem diferenciada na vigilância epidemiológica dependente de conhecimento prévio das possíveis fontes de infecção, caracterização molecular dos isolados do parasito predominantes na região e, as formas de contato do vetor infectado com o homem e/ou animais susceptíveis. Assim, os inquéritos soro-epidemiológicos para determinação da infecção pelo T. cruzi no homem, triatomíneos e animais domésticos e silvestres atuam como parte da vigilância epidemiológica, possibilitando monitorar a situação e esclarecer diversos aspectos relacionados a doença de Chagas nessa área. Uma das questões atuais mais intrigantes na doença de Chagas relaciona-se aos fatores determinantes das diferentes formas clínicas e morbidade da doença. Até o presente, as causas que levam a evolução diferencial para uma das formas clínicas são obscuras. Certamente fatores associados ao indivíduo estão envolvidos, mas está cada vez mais evidente a existência de um papel fundamental associado aos aspectos genéticos do parasito. Todavia, ainda não foi possível correlacionar diversidade genética do parasito..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Cléber de Mesquita Andrade - Integrante / Antônia Cláudia Jácome Câmara - Integrante / Daniela Ferreira Nunes - Integrante / Paulo Marcos da Matta Guedes - Integrante / Egler Chiari - Integrante / Lúcia Maria da Cunha Galvão - Coordenador / Kiev Martins - Integrante / Eliane Lages Silva - Integrante.


Projetos de extensão


2012 - Atual
Ambulatório de Doença de Chagas da UERN- ADOC/ UERN
Descrição: O ADOC/UERN realiza suas atividades, obedecendo à seguinte sequência de etapas: avaliação clínica inicial, solicitação de exames sorológicos e se reativos, solicitação de exames funcionais e de imagem, indicação do tratamento etiológico e acompanhamento clínico a curto e longo prazos..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2009 - 2010
Bem Viver- Educação em Saúde para Hipertensos e Diabéticos da Comunidade de Funcionários da UERN
Descrição: O projeto BEM VIVER, desenvolvido em parceria com a UNIMED Mossoró, tem como objetivo geral traçar o perfil dos funcionários da UERN e pessoas da comuidade selecionadas, portadoras de Diabetes Mellitus e/ou Hipertensão Arterial Sistêmica, promovendo ações para melhoria da qualidade de vida destes indivíduos e prevenção das complicações decorrentes destas doenças..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) .
Integrantes: Cléber de Mesquita Andrade - Integrante / Antônio Leite da Costa - Integrante / Andréa Taborda Ribas da Cunha - Coordenador / Ana Cláudia de Oliveira - Integrante / Patrícia Jovelina de Freitas - Integrante.
2008 - 2009
Alcoolismo e suas Consequências Biopsicopatológicas
Descrição: O projeto tem como objetivo conhecer a problemática do alcoolismo e exercer ações que venham diminuir suas consequências Biopsicopatológicas. Realizado por 10 alunos do curso de mediciina sob a orientação do Prof° Francisco Xavier Dantas Lins, com o auxílio dos professores Cléber de Mesquita Andrade e João Batista de Sousa..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) .
Integrantes: Cléber de Mesquita Andrade - Integrante / Francisco Xavier Dantas Lins - Coordenador / João Batista de Sousa - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina.
2.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica.
3.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica/Especialidade: Cardiologia.
4.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica/Especialidade: Ecocardiografia.
5.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica/Especialidade: Ultra-sonografia Vascular.


Idiomas


Inglês
Compreende RazoavelmenteLê Bem.
Espanhol
Compreende BemLê Bem.


Prêmios e títulos


2007
Certificado de Atuação na Área de Ecocardiografia, Associação Médica Brasileira(AMB)/ Sociedade Brasileira de Cardiologia(SBC).
2006
Título de Especialista em Cardiologia, Associação Médica Brasileira(AMB)/ Sociedade Brasileira de Cardiologia(SBC).
2004
Certificado de Atuação na Área de Medicina de Urgência, Associação Médica Brasileira(AMB)/ Sociedade Brasileira de Clínica Médica(SBCM).
2003
Título de Especialista em Clínica Médica, Associação Médica Brasileira(AMB)/ Sociedade Brasileira de Clínica Médica(SBCM).


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
GUEDES, PAULO MARCOS MATTA2016GUEDES, PAULO MARCOS MATTA ; ANDRADE, CLÉBER MESQUITA DE ; NUNES, DANIELA FERREIRA ; DE SENA PEREIRA, NATHALIE ; QUEIROGA, TAMYRES BERNADETE DANTAS ; MACHADO-COELHO, GEORGE LUIZ LINS ; NASCIMENTO, MANUELA SALES LIMA ; DO-VALLE-MATTA, MARIA ADELAIDE ; CÂMARA, ANTÔNIA CLÁUDIA JÁCOME DA ; CHIARI, EGLER ; GALVÃO, LÚCIA MARIA DA CUNHA . Inflammation Enhances the Risks of Stroke and Death in Chronic Chagas Disease Patients. PLoS Neglected Tropical Diseases (Online), v. 10, p. e0004669, 2016.

2.
ANDRADE, CLÉBER DE MESQUITA2015 ANDRADE, CLÉBER DE MESQUITA; CÂMARA, ANTÔNIA CLÁUDIA JÁCOME DA ; NUNES, DANIELA FERREIRA ; GUEDES, PAULO MARCOS DA MATTA ; PEREIRA, WOGELSANGER OLIVEIRA ; CHIARI, EGLER ; DINIZ, ROSIANE VIANA ZUZA ; GALVÃO, LÚCIA MARIA DA CUNHA . Chagas disease: morbidity profile in an endemic area of Northeastern Brazil. Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Revista, v. 48, p. 706-715, 2015.

3.
MARTINS, KIEV2015 MARTINS, KIEV ; ANDRADE, CLÉBER DE MESQUITA ; BARBOSA-SILVA, ANDRESSA NORONHA ; NASCIMENTO, GERSON BARBOSA DO ; CHIARI, EGLER ; GALVÃO, LÚCIA MARIA DA CUNHA ; CÂMARA, ANTONIA CLÁUDIA JÁCOME DA . Trypanosoma cruzi III causing the indeterminate form of Chagas disease in a semi-arid region of Brazil. International Journal of Infectious Diseases, v. 39, p. 68-75, 2015.

4.
NASCIMENTO, MANUELA S.L.2013NASCIMENTO, MANUELA S.L. ; ALBUQUERQUE, TALYTA D.R. ; DO-VALLE-MATTA, MARIA A. ; CALDAS, IVO S. ; DINIZ, LÍVIA F. ; TALVANI, ANDRÉ ; BAHIA, MARIA T. ; ANDRADE, CLÉBER M. ; GALVÃO, LÚCIA M.C. ; CÂMARA, ANTÔNIA C.J. ; GUEDES, PAULO M.M. . Naturally Leishmania infantum-infected dogs display an overall impairment of chemokine and chemokine receptor expression during visceral leishmaniasis. Veterinary Immunology and Immunopathology (Print), v. 153, p. 202-208, 2013.

5.
NUNES, DANIELA FERREIRA2013 NUNES, DANIELA FERREIRA ; GUEDES, PAULO MARCOS DA MATTA ; DE MESQUITA ANDRADE, CLÉBER ; CÂMARA, ANTONIA CLÁUDIA JÁCOME DA ; CHIARI, EGLER ; GALVÃO, LÚCIA MARIA DA CUNHA . Troponin T autoantibodies correlate with chronic cardiomyopathy in human Chagas disease. TM & IH. Tropical Medicine and International Health (Print), v. 18, p. 1180-1192, 2013.

6.
XAVIER, T. T. G.2012XAVIER, T. T. G. ; NOGUEIRA, F. S. ; MOISES, M. S. ; ANDRADE, C. M. ; BARISIC JUNIOR, S. ; VERAS, F. H. A. P. . Avaliação da Espessura do Complexo Mediointimal das Carótidas em Idosos Portadores de Esclerose Valvar Aórtica. Revista Brasileira de Ecocardiografia e Imagem Cardiovascular, v. 25, p. 285-291, 2012.

7.
Guilherme Veras2005Guilherme Veras ; Nabil Ghorayeb ; Giuseppe ; ANDRADE, C. M. . Impacto do 'Jet Lag' no Desempenho Atlético. Revista da Sociedade de Cardiologia do Estado de Sao Paulo, v. 15, p. 226-230, 2005.

8.
PIMENTA, E.2004PIMENTA, E. ; ANDRADE, C. M. ; YAMAGUCH, D. ; Daniele Peixoto ; Fabíola Sandoval ; Flávio Borelli ; PASSARELLI JUNIOR, O. ; AMODEO, C. . Hipertensão Renovascular em paciente portador de rim único. Revista Brasileira de Hipertensão, v. 11, p. 76-78, 2004.

Capítulos de livros publicados
1.
ANDRADE, C. M.; CARDOSO, A. B. ; MOURA NETO, A. C. ; MEDEIROS, M. M. ; RIBEIRO, V. M. . Ambulatório de doença de Chagas: atenção integral aos pacientes da mesorregião Oeste Potiguar. In: Auris Martins de Oliveira; Rosa Maria Rodrigues Lopes; Suzaneide Ferreira da Silva Menezes. (Org.). Extensão universitária: diálogos e praticas. 1ed.Mossoró: , 2013, v. 1, p. 139-150.

2.
LINS, F.X.D. ; ANDRADE, C. M. ; SOUSA, J.B. . Alcoolismo e suas Consequências Cardiovasculares. In: Francisco Xavier Dantas Lins. (Org.). Alcoolismo: Reais Efeitos no Organismo e na Sociedade. 01ed.Mossoró: Queima Bucha, 2009, v. 01, p. 45-54.

3.
ASSEF,J.E. ; MALDONADO,M. ; ANDRADE, C. M. ; MASCENA, G. V. ; JÚNIOR, S.C.P. . O Ecocardiograma na Avaliação das Valvopatias. In: Zilda Machado Meneghelo; Auristela Isabel de Oliveira Ramos. (Org.). Lesões das Valvas Cardíacas: do Diagnóstico ao Tratamento. 1ªed.São Paulo: Atheneu, 2007, v. 01, p. 69-107.

4.
ANDRADE, C. M.; Daniel Yamaguch ; Daniele Peixoto ; Eduardo Pimenta ; Fabíola Sandoval . Estenose Aórtica: aspectos atuais do tratamento clínico e cirúrgico. In: Amanda G. M. R. Sousa; Leopoldo S. Piegas; J. Eduardo M. R. Sousa. (Org.). Série Monografias Dante Pazzanese. 04ed.Rio de Janeiro: REVINTER Ltda, 2004, v. II, p. 01-40.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ANDRADE, C. M.. O Coração Feminino. Revista Saúde Mulher, Mossoró, p. 30, 09 abr. 2012.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
PEREIRA, N. S. ; ANDRADE, C. M. ; NUNES, D. F. ; CAMARA, A. C. J. ; GALVAO, L. M. C. ; GUEDES, P. M. M. ; CHIARI, E. . Correlação entre a expressão de RNAm dos receptores Toll-TLRs e as formas clínicas na doença de Chagas humana. In: 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015, Fortaleza. Anais do 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015.

2.
MARINHO, M. J. M. ; PAIVA, D. C. C. ; OLIVERA, E. F. ; ALVES, C. R. N. ; CASIMIRO, N. L. ; ANDRADE, C. M. ; PEREIRA,W.O. . Doença de chagas: da ausência de diagnóstico ao transtorno psiquiátrico. In: 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015, Fortaleza. Anais do 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015.

3.
JACOME, M. G. A. M. ; SILVA, A. N. A. ; DANTAS, A. J. S. ; FREIRE, A. R. C. ; COELHO, M. C. ; ANDRADE, C. M. . Diminuição de mobimortalidade com tratamento da sintomatologia cardíaca da doença de Chagas na forma cardiodigestiva crônica ? Relato de caso. In: 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015, Fortaleza. Anais do 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015.

4.
SILVA, A. N. A. ; SOUSA, R. C. ; SOARES, D. E. ; FREIRE, A. R. C. ; SPERANDIO, C. R. ; SILVA, A. P. M. ; ANDRADE, C. M. . Doença de chagas: desproporção entre os sintomas e a extensão da doença. In: 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015, Fortaleza. Anais do 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015.

5.
SILVA, A. N. A. ; SOUSA, R. C. ; SPERANDIO, C. R. ; SOARES, D. E. ; SILVA, A. P. M. ; FREIRE, A. R. C. ; ANDRADE, C. M. . Estudo de caso como método de reflexão acerca de patologias negligenciadas e associadas à pobreza: doença de Chagas e febre reumática. In: 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015, Fortaleza. Anais do 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015.

6.
ANDRADE, C. M.; CAMARA, A. C. J. ; NUNES, D. F. ; GUEDES, P. M. M. ; PEREIRA,W.O. ; CHIARI, E. ; GALVAO, L. M. C. . Doença de Chagas: da caracterização de formas clínicas à estratificação do risco de morte no oeste do Estado do Rio Grande do Norte, Brasil. In: 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015, Fortaleza. Anais do 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015.

7.
NASCIMENTO, E. G. C. ; BARRETO, M. A. F. ; ANDRADE, C. M. ; PEREIRA,W.O. ; HENRIQUE JUNIOR, J. W. A. ; GOIS, A. A. ; PESSOA JUNIOR, J. M. . Relato de experiência do rastreio sorológico da infecção chagásica em gestantes no semiárido do Rio Grande do Norte. In: 51º Congresso Brasileiro da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2015, Fortaleza. Anais do 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015.

8.
MARINHO, M. J. M. ; OLIVERA, E. F. ; PAIVA, D. C. C. ; ANDRADE, C. M. ; FERNANDES, T. A. A. M. ; PEREIRA,W.O. . Investigation of potential biomarkers non-invasive to chronic chagasic cardiomyopathy. In: 23rd International Congress of the IUBMB and 44th Annual Meeting of the Brazilian Society for Biochemistry and Molecular Biology (SBBq), 2015, Foz de Iguaçu. Annals of the 23rd International Congress of the IUBMB and 44th Annual Meeting of the Brazilian Society for Biochemistry and Molecular Biology (SBBq), 2015.

9.
SILVA, A. N. A. ; SPERANDIO, C. R. ; SOARES, D. E. ; SILVA, A. P. M. ; ANDRADE, CLÉBER M. . Importância da atenção primária no acompanhamento dos portadores de doença de Chagas. In: 13º Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade, 2015, Natal. Anais do 13º Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade, 2015.

10.
PEREIRA, N. S. ; NUNES, D. F. ; NASCIMENTO, MANUELA S.L. ; DO-VALLE-MATTA, MARIA A. ; ANDRADE, C. M. ; CAMARA, A. C. J. ; GALVAO, L. M. C. ; GUEDES, P. M. M. ; CHIARI, E. . NLP3 inflammasome and IL1B are correlated with chonic chagasic cardiomyopathy. In: XXXI Annual Meeting in Brazilian Society of Protozoology / XLII Annual Meeting on Basic Research in Chagas Disease, 2015, Caxambu. Annaus of XXXI Annual Meeting in Brazilian Society of Protozoology / XLII Annual Meeting on Basic Research in Chagas Disease, 2015.

11.
BARRETO, M. A. F. ; MEDEIROS, A. C. ; NASCIMENTO, E. G. C. ; ANDRADE, C. M. ; QUEIROZ, J.W. ; PEREIRA,W.O. . Fatores associados à infestação domiciliar dos triatomíneos no interior do Estado do Rio Grande do Norte. In: 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015, Fortaleza. Anais do 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015.

12.
MEDEIROS, A. C. ; BARRETO, M. A. F. ; ANDRADE, C. M. ; OLIVEIRA, L. O. S. ; NUNES, R. F. F. ; OLIVEIRA, JC ; CAMARA, A. C. J. ; PEREIRA,W.O. . Soroprevalência da Infecção Chagásica no Município de Felipe Guerra na Mesoregião Oeste do Rio Grande do Norte. In: Congresso Brasileiro de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular, 2014, Florianópolis/SC. Congresso Brasileiro de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular, 2014.

13.
BARRETO, M. A. F. ; MEDEIROS, A. C. ; ANDRADE, C. M. ; BESSA, N. A. D. ; CAMARA, A. C. J. ; PEREIRA,W.O. . Testes Sorológicos Como uma Ferramenta para o Rastreio da infecção por T cruzI em gestantes de Áreas Endêmicas da Mesoregião Oeste do Rio Grande do Norte. In: Congresso Brasileiro de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular, 2014, Florianópolis/SC. Congresso Brasileiro de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular, 2014. p. 336-336.

14.
ANDRADE, C. M.; NUNES, D. F. ; CAMARA, A. C. J. ; CHIARI, E. ; GUEDES, P. M. M. ; GALVAO, L. M. C. . IL-10 and foxp3 expression in patients with chronic chagasic cardiomypathy is correlated with death and cerebral vascular accident risk. In: XXVIII Annual meeting of the brazilian society of protozoology and XXXIX Annual meeting on basic research in Chagas disease, 2013, Caxambu-MG. Anais das XXVIII Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology and XXXIX Annual Meeting on Basic Research in Chagas Disease, 2013.

15.
NUNES, D. F. ; GUEDES, P. M. M. ; ANDRADE, CLÉBER M. ; CAMARA, A. C. J. ; CHIARI, E. ; GALVAO, L. M. C. . Autoantibodies anti-troponin T and anti-myosin are correlated with development of chagasic cardiomyopathy. In: XXIII Congresso Brasileiro de Parasitologia e III Encontro de Parasitologia do Mercosul, 2013, Florianópolis/SC. Anais do XXIII Congresso Brasileiro de Parasitologia e III Encontro de Parasitologia do Mercosul. SBP, 2013.

16.
NUNES, D. F. ; GUEDES, P. M. M. ; ANDRADE, C. M. ; OLIVEIRA, P. I. C. ; CAMARA, A. C. J. ; CHIARI, E. ; GALVAO, L. M. C. . Troponin T autoantibodies correlated wirh chronic cardiomyophathy in human chagas diseiase. In: XXVIII Annual meeting of the brazilian society of protozoology and XXXIX Annual meeting on basic research in Chagas disease, 2012, Caxambu-MG. XXVIII Annual meeting of the brazilian society of protozoology and XXXIX Annual meeting on basic research in Chagas disease, 2012.

17.
FERREIRA, P. D. O. ; ANDRADE, C. M. ; ROCHA, T. R. D. ; CHAGAS, A. F. ; JALES JUNIOR, M. D. . Obesidade e hipertensão arterial sistêmica em período de sono: há alguma relação?. In: VI Congresso Paraibano dos Estudantes de Medicina, 2012, João Pessoa-PB. Resumo dos Pôsteres Aprovados - MEDICINA INTERNA, 2012. v. 16. p. 43-43.

18.
HOJO-SOUZA, N. S. ; KOH, C. C. ; ALVES, J. F. C. S. ; GOLLOB, K. J. ; CAMARA, A. C. J. ; NASCIMENTO, G. B. ; ANDRADE, C. M. ; GALVAO, L. M. C. ; DUTRA, W. O. . Polimorphisms in the IL-1 cluster are associated with different vlinical outcome of Chagas disease in patients from Rio Grande do Norte. In: XXVIII Annual meeting of the brazilian society of protozoology and XXXIX Annual meeting on basic research in Chagas disease, 2012, Caxambu, MG. XVIII Annual meeting of the brazilian society of protozoology, 2012, 2012. p. 113-113.

19.
FERREIRA, P. D. O. ; ANDRADE, C. M. ; ROCHA, T. R. D. ; CHAGAS, A. F. ; JALES JUNIOR, M. D. . Hipertensão do Avental Branco em jovem com síndrome metabólica: como proceder?. In: Revista Brasileira de Ciências da Saúde, 2012, João Pessoa-PB. Anais do VI Congresso Paraibano dos Estudantes de Medicina, 2012. v. 16. p. 43-43.

20.
NUNES, D. F. ; GUEDES, P. M. M. ; ANDRADE, CLÉBER M. ; OLIVEIRA, P. I. C. ; CAMARA, A. C. J. ; CHIARI, E. ; GALVAO, L. M. C. . Troponin T autoantibodies correlated with chronic cardiomyopathy in human Chagas disease. In: XXVIII Annual meeting of the brazilian society of protozoology and XXXIX Annual meeting on basic research in Chagas disease, 2012, Caxambu-MG. Anais das XXVIII Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology and XXXIX Annual Meeting on Basic Research in Chagas Disease. São Paulo: SBPz, 2012. p. 166-166.

21.
XAVIER, T. T. G. ; ROCHA, T. R. D. ; ANDRADE, C. M. ; CARRILLO, S. E. L. ; SOUZA, A. C. R. ; FREITAS JUNIOR, L. M. . Comunicação Interatrial em adulto: como investigar e tratar?. In: I Simpósio Mossoroense de Anatomia Clínico-Cirúrgica - SMACC Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN, 2011, Mossoró- RN. I simpósio mossoroense de anatomia clínico-cirúrgica, 2011. p. 23-24.

Apresentações de Trabalho
1.
NUNES, D. F. ; GUEDES, P. M. M. ; ANDRADE, C. M. ; CAMARA, A. C. J. ; CHIARI, E. ; GALVAO, L. M. C. . Autoantibodies anti-troponin T and anti-myosin are correlated with development of chagasic cardiomyopathy. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
ANDRADE, C. M.; NUNES, D. F. ; CAMARA, A. C. J. ; CHIARI, E. ; GUEDES, P. M. M. ; GALVAO, L. M. C. . IL-10 and foxp3 expression in patients with chronic chagasic cardiomypathy is correlated with death and cerebral vascular accident risk. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
ANDRADE, CLÉBER M.; DINIZ, R. V. Z. ; NUNES, D. F. ; GUEDES, P. M. M. ; CAMARA, A. C. J. ; PEREIRA,W.O. ; CHIARI, E. ; GALVAO, L. M. C. . Doença de Chagas: morbidade da enfermidade no semiárido do Rio Grande do norte. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
BARRETO, M. A. F. ; MEDEIROS, A. C. ; NUNES, R. F. F. ; ANDRADE, CLÉBER M. ; CAMARA, A. C. J. ; PEREIRA,W.O. . Aspectos epidemiológicos dos triatomíneos na zona rural do semiárido do oeste potiguar. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
MEDEIROS, A. C. ; BARRETO, M. A. F. ; NASCIMENTO, E. G. C. ; ANDRADE, CLÉBER M. ; CAMARA, A. C. J. ; PEREIRA,W.O. . Inquérito sorológico da prevalência da Doença de Chagas no município de Felipe Guerra. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
MEDEIROS, A. C. ; NUNES, R. F. F. ; SOUZA, M. A. ; BARRETO, M. A. F. ; ANDRADE, CLÉBER M. ; PEREIRA,W.O. . Avaliação do conhecimento da população residente de áreas endêmicas sobre a doença de Chagas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
MOURA NETO, A. C. ; MEDEIROS, M. M. ; CARDOSO, A. B. ; RIBEIRO, V. M. ; ANDRADE, CLÉBER M. . Ambulatório de doença de Chagas: Atenção integral aos pacientes da mesorregião Oeste potiguar. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

8.
MARTINS, K. ; CHIARI, E. ; ANDRADE, CLÉBER M. ; SILVA, A. N. B. ; NUNES, D. F. ; NASCIMENTO, G. B. ; GALVAO, L. M. C. ; CAMARA, A. C. J. . Trypanosoma cruzi and populations in northeastern Brazil causing chronic chagas disease in humans. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

9.
MARTINS, K. ; CHIARI, E. ; ANDRADE, CLÉBER M. ; SILVA, A. N. B. ; NUNES, D. F. ; NASCIMENTO, G. B. ; GALVAO, L. M. C. ; CAMARA, A. C. J. . Trypanosoma cruzi I and III populations in northeastern Brazil causing chronic Chagas disease in human. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
NUNES, D. F. ; GUEDES, P. M. M. ; ANDRADE, CLÉBER M. ; CAMARA, A. C. J. ; CHIARI, E. ; GALVAO, L. M. C. . Autoantibodies anti-troponin T and anti-myosin are correlated with development of chagasic cardiomyopathy. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
FERREIRA, P. D. O. ; JALES JUNIOR, M. D. ; ROCHA, T. R. D. ; CHAGAS, A. F. ; ANDRADE, C. M. . Obesidade e Hipertensão Arterial Sistêmica em período de Sono: Há alguma relação?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
FERREIRA, P. D. O. ; ANDRADE, C. M. ; ROCHA, T. R. D. ; CHAGAS, A. F. ; JALES JUNIOR, M. D. . Hipertensão do Avental Branco em jovem com síndrome metabólica: como proceder?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
ROCHA, T. R. D. ; JALES JUNIOR, M. D. ; FERREIRA, P. D. O. ; CHAGAS, A. F. ; ANDRADE, C. M. . 'Avaliação dos conhecimentos de pacientes hipertensos sobre sal de cozinha na alimentação em uma Unidade Básica de Saúde'. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
ANDRADE, C. M.; CAMARA, A. C. J. . O diagnóstico da Doença de Chagas sob uma perspectiva histórico-epidemiológica, estratificação de risco e a importância do clínico no tratamento precoce ao chagásico. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
FARIAS, L. M. ; BARROS, H. L. S. ; AGUIAR, A. A. ; VERAS, F. H. A. P. ; BARISIC JUNIOR, S. ; ANDRADE, C. M. . 'Descenso noturno e pressão de pulso pela MAPA: qual a importância, relação e significado?'. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
ANDRADE, C. M.. Infarto Agudo do Miocárdio. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
NUNES, D. F. ; GUEDES, P. M. M. ; ANDRADE, CLÉBER M. ; OLIVEIRA, P. I. C. ; CAMARA, A. C. J. ; CHIARI, E. ; GALVAO, L. M. C. . Troponin T autoantibodies correlate with chronic cardiomyopathy in human Chagas disease. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

18.
ANDRADE, C. M.; ROCHA, T. R. D. ; FERREIRA, P. D. O. ; VERAS, F. H. A. P. ; CHAGAS, A. F. ; JUNIOR, S.B. ; BARISIC JUNIOR, S. ; SOUZA, A. C. R. ; BEZERRA, T. V. C. . Efetividade de anti-hipertensivos avaliada pela monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA). 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
XAVIER, T. T. G. ; ROCHA, T. R. D. ; ANDRADE, C. M. ; CARRILLO, S. E. L. ; SOUZA, A. C. R. ; FREITAS JUNIOR, L. M. . Comunicação Interatrial em adulto: como investigar e tratar?. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

20.
ANDRADE, C. M.; SILVA, R. T. ; OLIVEIRA, C. M. O. ; SOUZA, A. C. R. ; COSTA, P. M. S. ; MEDEIROS JUNIOR, R. C. C. ; ALVEZ, M. T. B. . Síndrome de Marfan: Quando suspeitar e como proceder?. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ANDRADE, C. M.. Pacote de ações prevê mudanças na saúde. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
PEREIRA,W.O. ; ANDRADE, C. M. . Fomento à pesquisa. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
ANDRADE, C. M.. Eu faço Extensão. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
NASCIMENTO, E. G. C. ; CAMARA, A. C. J. ; ANDRADE, C. M. . Doença de Chagas preocupa autoridades. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
NASCIMENTO, E. G. C. ; ANDRADE, C. M. . Pesquisa revela que, em cada 100 pessoas, 8,5 estão contaminadas. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica


Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
GUEDES, P. M. M.; CAMARA, A. C. J.; ANDRADE, C. M.. Participação em banca de Tamyres Bernadete Dantas Queiroga. Avaliação da expressão de receptores da imunidade inata durante a infecção experimental pelo Trypanosoma cruzi utilizando cepas/isolados com diferentes graus de virulência e patogenicidade. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Biologia Parasitária do Centro de Biociências) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

2.
PEREIRA, H.S.G; MORAIS, F.R.R.; ANDRADE, C. M.. Participação em banca de Celso Lourenço de Arruda Neto. Caracterização do Perfil Nutricional de Gestantes de uma Comunidade de Remanescentes Quilombolas: um Caso-Controle. 2016. Dissertação (Mestrado em Saúde e Sociedade) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

3.
GUEDES, P. M. M.; CAMARA, A. C. J.; ANDRADE, C. M.. Participação em banca de Janete Cunha Lima. Avaliação da expressão de receptores da imunidade inata em linhagens de camundongos susceptíveis e resistentes à infecção pelo Schistosoma mansoni. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Biologia Parasitária do Centro de Biociências) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ANDRADE, C. M.; TAMASHIRO, D.G.C.; PAIVA, D. C. C.. Participação em banca de Alexia B. Cardoso; Antônio C. M. Neto; Vinícius M. Ribeiro.Cardiomiopatia chagásica e mecanismos de morte no semiárido do Nordeste brasileiro. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

2.
ANDRADE, C. M.; CAMURÇA, A.C.; MARINHO, M. J. M.. Participação em banca de Melka R. B. Medeiros; Micaelly M. Medeiros; Zuíla C. Brito.Estudo dos aspectos clínico-epiemiológicos da forma digestiva da doença de Chagas no semiárido do Nordeste brasileiro. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

3.
PEREIRA,W.O.; LUCENA, E. E. S.; ANDRADE, C. M.. Participação em banca de Emídio Germano da S. Neto; Karina Kelly Mendes Negromonte.Soroprevalência e fatores correlatos com a infecção de Trypanosoma cruzi na zona rural de Felipe Guerra, Rio Grande do Norte, Brasil. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

4.
ANDRADE, C. M.; MEDEIROS, A. C.; BARRETO, M. A. F.. Participação em banca de CHAGAS A F; OLIVEIRA P D; ROCHA T R.Riscos de morte e acidente vascular encefálico em chagásicos da mesorregião Oeste Potiguar. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

5.
BARISIC JUNIOR, S.; ANDRADE, C. M.; DANTAS, A. A. P. H.. Participação em banca de Maria Zilda e Nancy Medeiros.Cardiotoxicidade e Quimioterapia. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

6.
ANDRADE, C. M.; VERAS, F. H. A. P.; BEZERRA, F. A.. Participação em banca de BARROS FILHO, A. O.; BARCA, F. N. T. V.; AQUINO, R. C..Doença de Chagas: de onde viemos e para onde vamos. O que aprendemos no século XXI. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

7.
ANDRADE, C. M.; BARISIC JUNIOR, S.; GADELHA, H. P.. Participação em banca de SILVA, D. H. V.; SILVA, F. I..Perfil epidemiológico dos pacientes submetidos à revascularização miocárdica na Casa de saúde Dix-Sept Rosado em Mossoró, RN.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
DINIZ, R.V.Z.; FREIRE FILHO, C. C.; ANDRADE, C. M.. Banca Examinadora de nível superior - Área Cardiologia. 2012. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

2.
ANDRADE, C. M.; JUNIOR, S.B.; MAXIMINO, F. R.. Banca Examinadora da Área de Clínica Médica/Urgências Clínicas, do XV Concurso Público de Provas e Títulos para Docentes. 2010. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

3.
DINIZ, R.V.Z.; FILHO, L.M.S.; ANDRADE, C. M.. Banca Examinadora de Concurso Público de Provas e Títulos para Docentes, Agentes Administrativos e Técnicos Especializados. 2008. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

4.
DINIZ, R.V.Z.; ANDRADE, C. M.; NOGUEIRA, I.A.M.. Banca Examinadora do Concurso Público de Provas e Títulos para Docentes. 2007. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Avaliação de cursos
1.
COSTA, A L.; FREIRE,J.H.; SIMONETTI,P.A.; FERREIRA,S.M.; ANDRADE, C. M.. Comissão para Avaliação Interna do Curso de Medicina da UERN. 2009. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Outras participações
1.
COSTA, A L.; NOGUEIRA, I.A.M.; PEREIRA,W.O.; ANDRADE, C. M.. Comissão de Pesquisa para Acompanhamento de Trabalhos Científicos. 2007. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical-MEDTROP. 2015. (Congresso).

2.
VI Colóquio de extensão da UERN:.Ambulatório de doença de Chagas: Atenção integral aos pacientes da mesorregião Oeste potiguar. 2013. (Simpósio).

3.
XXIX Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas as e XVII Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Leishmanioses.Avaliação do conhecimento da população residente de áreas endêmicas sobre a doença de Chagas. 2013. (Encontro).

4.
XXIX Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas as e XVII Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Leishmanioses.Doença de Chagas: morbidade da enfermidade no semiárido do Rio Grande do norte. 2013. (Encontro).

5.
XXIX Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas as e XVII Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Leishmanioses. 2013. (Encontro).

6.
XXIX Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas as e XVII Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Leishmanioses.IL-10 and foxp3 expression in patients with chronic chagasic cardiomypathy is correlated with death and cerebral vascular accident risk. 2013. (Encontro).

7.
XXIX Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas as e XVII Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Leishmanioses.Inquérito sorológico da prevalência da Doença de Chagas no município de Felipe Guerra. 2013. (Encontro).

8.
XXIX Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas as e XVII Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Leishmanioses.Aspectos epidemiológicos dos triatomíneos na zona rural do semiárido do oeste potiguar. 2013. (Encontro).

9.
67º Congresso Brasileiro de Cardiologia. 2012. (Congresso).

10.
XVIII Congresso Cearense de Cardiologia. 2012. (Congresso).

11.
"24 h de Holter em São Paulo"-Diagnóstico Eletrocardiográfico das Arritmias Cardíacas. 2011. (Outra).

12.
"24 h de Holter em São Paulo"-Treinamento Operacional de Sistemas de Holter. 2011. (Outra).

13.
16º Congresso Paraibano de Cardiologia. 2011. (Congresso).

14.
VIII Congresso do Departamento de Hipertensão Arterial da SBC. 2011. (Congresso).

15.
XLVII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. 2011. (Congresso).

16.
XVII Congresso Cearense de Cardiologia. 2011. (Congresso).

17.
XVII Congresso Norteriograndense de Cardiologia. 2011. (Congresso).

18.
Ecocardiografia Pediátrica. 2010. (Outra).

19.
Curso de Urgência e Emergência- Atendimento Pré- Hospitalar II.Parada Cárdio- Respiratória. 2009. (Outra).

20.
XXI Congresso Brasileiro de Ecocardiografia e I Simpósio do Departamento de Imagem da SBC. 2009. (Congresso).

21.
XXIX Congresso Norte/Nordeste de Cardiologia, XXI Congresso da Sociedade Norte/Nordeste de Cirurgia Cardiovascular e XV Congresso Norteriograndense de Cardiologia. 2009. (Congresso).

22.
Curso de Atendimento Pré-Hospitalar.Coordenador Pedagógico. 2008. (Outra).

23.
Curso de Atendimento Pré-Hospitalar.Parada Cárdio-Respiratória. 2008. (Outra).

24.
I Simpósio de Cardiologia Intervencionista, Arritmias e Marcapasso de Mossoró/RN.Coordenador da Mesa: Insuficiência Cardíaca. 2008. (Simpósio).

25.
XVII Jornada Norteriograndense de Anestesiologia, X Jornada de Anestesiologia de Mossoró e I Simpósio de Cardiologia Intervencionista de Mossoró.Coordenador da Mesa: Arritmias no Pronto Socorro- Benignas e Malignas.. 2008. (Simpósio).

26.
XVII Jornada Norteriograndense de Anestesiologia, X Jornada de Anestesiologia de Mossoró e I Simpósio de Cardiologia Intervencionista de Mossoró. 2008. (Simpósio).

27.
XIX Congresso Brasileiro de Ecocardiografia. 2007. (Congresso).

28.
"24 h de Holter em São Paulo"-Diagnóstico Eletrocardiográfico das Arritmias Cardíacas. 2006. (Outra).

29.
"24 h de Holter em São Paulo"-Treinamento Operacional de Sistemas de Holter. 2006. (Outra).

30.
XVIII Congresso Brasileiro de Ecocardiografia. 2006. (Congresso).

31.
XXVII Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo. 2006. (Congresso).

32.
XVII Congresso Brasileiro de Ecocardiografia. 2005. (Congresso).

33.
"Simpósio SBC de Coronariopatia e Aterosclerose". 2004. (Simpósio).

34.
Fóruns de Cardiologia "Dante Pazzanese". 2004. (Encontro).

35.
"XXIV Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo". 2003. (Congresso).

36.
Fóruns de Cardiologia "Dante Pazzanese". 2003. (Encontro).

37.
Tratamento Atual das Doenças Cardiovasculares. 2003. (Simpósio).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
DIEGO HENRIQUE JALES BENEVIDES. A REALIDADE PREVIDENCIÁRIA-TRABALHISTA DA DOENÇA DE CHAGAS NA MESORREGIÃO OESTE POTIGUAR. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Saúde e Sociedade) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. (Orientador).

2.
MARÍLIA ABRANTES FERNANDES CAVALCANTI. AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA E PERCEPÇÕES DO INDIVÍDUO CHAGÁSICO MEDIANTE O ADOECIMENTO E ENFRENTAMENTO DA DOENÇA. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Saúde e Sociedade) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Alexia B. Cardoso, Antônio C. M. Neto, Vinícius M. Ribeiro. Cardiomiopatia chagásica e mecanismos de morte no semiárido do Nordeste brasileiro. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cléber de Mesquita Andrade.

2.
Melka R. B. Medeiros; Micaelly M. Medeiros; Zuíla C. Brito. Estudo dos aspectos clínico-epiemiológicos fa forma digestiva da doença de Chagas no semiárido do Nordeste brasileiro. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cléber de Mesquita Andrade.

3.
Aglagilson Fernandes ; Paulo Diogo Oliveira;Talles Rocha. Riscos de morte e acidente vascular encefálico em chagásicos da mesorregião Oeste Potiguar. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cléber de Mesquita Andrade.

4.
Délio Henrique Vieira da Silva e Francisco Isaías da Silva. Perfil epidemiológico dos pacientes submetidos a revascularização miocárdica na Casa de Saúde Dix- Sept Rosado em Mossoró/RN. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cléber de Mesquita Andrade.

5.
Alcides de Oliveira, Francisco Napoleão e Rodrigo Carvalho. Doença de Chagas: de onde viemos e para onde vamos. O que aprendemos no século XXI. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cléber de Mesquita Andrade.

Orientações de outra natureza
1.
QUATORZE MEMBROS EFETIVOS- alunos UERN. Liga Norte Riograndense de Cardiologia -LINORC-UERN. 2007. Orientação de outra natureza. (Medicina) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cléber de Mesquita Andrade.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/10/2018 às 22:15:20