Vanessa Pereira da Silva e Mello

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2057166520045135
  • Última atualização do currículo em 21/08/2018


Graduada em História (Bacharelado e Licenciatura) pela Universidade Federal Fluminense (2009), com mestrado (2012) e doutorado (2017) em História das Ciências e da Saúde pelo Programa de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde da Casa de Oswaldo Cruz/ Fundação Oswaldo Cruz. Tem experiência na área de História, com ênfase na História do Brasil República. Suas principais áreas de interesse são: história da ciência e história ambiental. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Vanessa Pereira da Silva e Mello
Nome em citações bibliográficas
MELLO, V. P. S.

Endereço


Endereço Profissional
Fundação Oswaldo Cruz, Casa Oswaldo Cruz.
Av. Brasil, 4036, Prédio da Expansão, 4° andar
20040-361 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 38829085
Fax: (21) 38829096
URL da Homepage: /http://fiocruz.br


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2017
Doutorado em História das Ciências e da Saúde.
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Título: A Embrapa na Amazônia Oriental: ditadura militar, desenvolvimento e ambientalismo (1972-1993), Ano de obtenção: 2017.
Orientador: Dominichi Miranda de Sá.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2010 - 2012
Mestrado em História das Ciências e da Saúde.
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Título: O "agricultor progressista": ciência e proteção à natureza nas revistas do Ministério da Agricultura, Indústria e Comércio (1897-1932),Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Dominichi Miranda de Sá.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Ciências.
2005 - 2009
Graduação em História.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: O sertão pelos intelectuais sertanejos: idéias de progresso e atraso no periódico goiano O Planalto (1910-1916).
Orientador: Beatriz Kusnhir.




Atuação Profissional



Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Prestador de Serviços, Enquadramento Funcional: Assistente de Pesquisa

Vínculo institucional

2013 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutorando do PPGHCS/Fiocruz, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Prestador de Serviços, Enquadramento Funcional: Assistente de Pesquisa

Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestranda, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica


Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Estágio Docênia

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Estágio Docência



Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Água, saúde e ambiente na história de projetos de desenvolvimento no Brasil do século XX
Descrição: Saúde, ambiente, desenvolvimento e recursos hídricos são temas candentes na atualidade. Estão presentes em conjunto no noticiário diário, agenda política, ação governamental, fóruns científicos, cláusulas de acordos internacionais, e no cotidiano de populações, rurais e urbanas, em todo o mundo. A história recente do Brasil tampouco pode ser compreendida sem a referência a essas temáticas, ainda que a historiografia não tenha se ocupado de modo integrado desses objetos. A equipe deste projeto de pesquisa pretende, exatamente, articulá-los de modo a analisar o seu papel nos projetos políticos e na produção científica brasileira das últimas décadas. A aliança entre Estado e ciência tem sido promovida como motor essencial da modernização do país, mas há tensões constantes entre esses setores em todo o período. Que relações se estabeleceram entre política, conhecimento científico, saúde e recursos naturais no âmbito de projetos desenvolvimentistas realizados no Brasil do século XX? Com vistas a responder a essa questão de pesquisa, o projeto possui quatro linhas de pesquisa: i) a análise dos médicos e cientistas, e de disciplinas emergentes, como protagonistas de grandes projetos desenvolvimentistas do Estado brasileiro, em contextos democráticos e ditatoriais, sobretudo aqueles relacionados à integração do território, ao manejo de recursos hídricos e à expansão de fronteiras agrícolas no Cerrado e na Amazônia; ii) o exame dos impactos ambientais e de saúde de projetos desenvolvimentistas; iii) análise das ações sanitárias como promotoras do desenvolvimento e mitigadoras de seus efeitos, e iv) a compreensão do nascimento de ideias, atores e redes internacionais de pesquisa de cunho conservacionista como contrapartidas a projetos desenvolvimentistas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Vanessa Pereira da Silva e Mello - Integrante / Dominichi Miranda de Sá - coordenadora - Coordenador / Ingrid Casazza - Integrante / Magali Romero Sá - Integrante / Érika Marques de Carvalho - Integrante / Alda Heizer - Integrante / Júlia Gorges - Integrante / André Felipe Cândido da Silva - Integrante / André Vasquez - Integrante / Rômulo de Paula Andrade - Integrante / Steven Palmer - Integrante / Nelson Sanjad - Integrante / Jó Klanovicz - Integrante / Claiton Marcio da Silva - Integrante / Sandro Dutra - Integrante / Renato Gama Rosa - Integrante / Simone Cynamon - Integrante / Tamires Saint Martin Fonseca - Integrante.
2013 - 2016
Agricultura e Ecologia no Brasil: desenvolvimentismo e conservacionismo em trajetórias e instituições (1938-1972)
Descrição: A pesquisa analisa a criação e a remodelação de instituições estatais ocupadas com a formação de quadros profissionais e a produção científica em ecologia agrícola para a racionalização e otimização da agricultura nacional, com ênfase na incorporação de engenheiros agrônomos em postos-chave do Estado brasileiro. Pessoas e instituições atravessaram décadas e diferentes governos, autoritários e democráticos, dos anos 1930 a 1970, sob a égide do desenvolvimentismo. Examinamos a circulação de profissionais e saberes biológicos mobilizados para a implementação de políticas de conhecimento do território e planejamento de ocupação e exploração de áreas de florestas, introdução de espécies, animais e vegetais, e gerência da economia rural em período que se estende da criação do Centro Nacional de Ensino e Pesquisas Agronômicas (1938) à fundação da Embrapa (1972). Nesse período, também é possível acompanhar forte recrudescimento de políticas conservacionistas no âmbito do Ministério da Agricultura. Quais relações e combinações se estabeleceram de modo a tornar possível o tratamento concomitante, por parte do Estado, do meio natural tanto como recurso econômico quanto patrimônio a ser protegido? A pesquisa pretende responder a essa questão e realizar a análise conjugada de ambas as políticas de modo a elucidar ênfases diferenciadas na abordagem dos recursos naturais e explicar as razões pelas quais as vertentes "desenvolvimentista" e "conservacionista" se opuseram e se combinaram em determinados períodos e contextos institucionais específicos...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Vanessa Pereira da Silva e Mello - Integrante / Dominichi Miranda de Sá - coordenadora - Coordenador / Ingrid Casazza - Integrante / Magali Romero Sá - Integrante / Érika Marques de Carvalho - Integrante / Alda Heizer - Integrante / Marcos Chor Maio - Integrante / Ricardo Waizbort - Integrante / Júlia Gorges - Integrante / Júlio Schweickardt - Integrante / André Felipe Cândido da Silva - Integrante / André Vasquez - Integrante.
2009 - 2012
Inventário da natureza do Brasil: as atividades científicas da Comissão Rondon (1907-1930)
Descrição: Este projeto de pesquisa pretende demonstrar a importância das atividades científicas realizadas pela Comissão de Linhas Telegráficas Estratégicas de Mato Grosso ao Amazonas, mais conhecida como Comissão Rondon (1907-1930), em suas diferentes viagens de exploração. A proposta é analisar a relação entre o inventário da natureza do noroeste brasileiro, realizado no âmbito da Comissão Rondon, e os propósitos do regime republicano, por meio do Ministério da Agricultura, de modernização do interior, ocupação, povoamento, diversificação das lavouras e expansão da pecuária, delimitação de fronteiras, terras indígenas e áreas de proteção de floresta. Nossa hipótese é a de que seus membros não estavam encarregados apenas da expansão da rede telegráfica nacional, mas da definição das distintas potencialidades do território da porção norte do país para a discriminação entre áreas de exploração e conservação de recursos naturais e humanos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2008
Uma viagem, um novo Brasil: o relatório científico de Arthur Neiva e Belisário Penna e sua repercussão na produção intelectual brasileira (1916-1940)
Descrição: O principal objetivo do projeto é analisar a repercussão do relatório originado na expedição científica realizada por Arthur Neiva e Belisário Penna em 1912 pelo norte da Bahia, Sudoeste de Pernambuco, Sul do Piauí e norte e sul de Goiás, por requisição da Inspetoria de Obras Contra as Secas. A publicação do mesmo nas Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, em 1916, teve uma ampla repercussão na produção intelectual contribuindo para a elaboração de um novo imaginário sobre as populações rurais e fomentando uma série de discussões na imprensa. O projeto pretende abranger alguns dos temas desenvolvidos em duas linhas de pesquisa do Programa de Pós-Graduação em História das Ciências da Saúde da COC, a saber História das Políticas, Instituições e Profissões em Saúde e História das Ciências Biomédicas, sobretudo os relacionados às idéias, movimentos e políticas públicas de saúde na sua articulação mais geral à discussão sobre a identidade nacional no Brasil..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil República.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Ciências e da Saúde.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende RazoavelmenteLê Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MELLO, V. P. S.2016 MELLO, V. P. S.; SÁ, Dominichi Miranda de . O 'agricultor progressista': ciência e proteção à natureza em A Lavoura.. FRONTEIRAS: REVISTA CATARINENSE DE HISTÓRIA, v. 1, p. 27-63, 2016.

2.
MELLO, V. P. S.2012 MELLO, V. P. S.. A Sociedade Nacional de Agricultura em revista: divulgação científica e uso racional da natureza em A Lavoura (1897-1926). Revista Brasileira de História da Ciência, v. 5, p. 118-130, 2012.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MELLO, V. P. S.. Agricultura e meio ambiente na EMBRAPA Amazônia Oriental. In: 3ª Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2015, Rio de Janeiro. Anais Eletrônicos da 3ª Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2015. p. 1-9.

2.
MELLO, V. P. S.. EMBRAPA: Pesquisa Científica para o Desenvolvimento? (1972-2002). In: XVI Simpósio Regional de História ANPUH Rio - Saberes e Práticas Científicas, 2014, Rio de Janeiro. Anais do XVI Encontro Regional de História Anpuh- Rio: saberes e práticas científicas.

3.
MELLO, V. P. S.. EMBRAPA: pesquisa científica, meio ambiente e desenvolvimento. In: 14º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 2014, Belo Horizonte. Anais do 14º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 2014.

4.
MELLO, V. P. S.. Ciência e Desenvolvimento na EMBRAPA (1972-2002). In: 2ª Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2013, Rio de Janeiro. Anais eletrônicos da 2ª Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2013.

5.
MELLO, V. P. S.. Contra o fogo e o machado: a Revista Florestal e a defesa do 'patrimônio nacional'. In: 2° Simpósio Internacional de História Ambiental e Migrações, 2012, Florianópolis. Anais do 2° Simpósio Internacional de História Ambiental e Migrações, 2012.

6.
MELLO, V. P. S.. Debates sobre proteção à natureza e o papel dos cientistas na criação do Código Florestal de 1934. In: I Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2011, Rio de Janeiro. Anais eletrônico da I Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2011, Rio de Janeiro. Anais do I Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2011, Rio de Janeiro. Anais eletrônico da I Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2011.

7.
MELLO, V. P. S.. A Ciência na Agricultura e a Proteção da Natureza em A Lavoura (1897-1926). In: XIV Encontro Regional de História - ANPUH RJ, 2010, Rio de Janeiro. Anais do XIV Encontro Regional de História - ANPUH RJ, 2010.

8.
MELLO, V. P. S.. Divulgação Científica em A Lavoura. In: XII Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 2010, Salvador. Anais do XII Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia- SBHC, 2010.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MELLO, V. P. S.. O Centro de Pesquisa Agropecuária do Trópico Úmido: aumento da produtividade, expansão da fronteira agrícola e meio ambiente. In: XVII Encontro de História da Anpuh-Rio, 2016, Nova Iguaçu. Caderno de Resumos do XVII Encontro de História da Anpuh-Rio: Entre o local e o glogal, 2016. p. 451-452.

2.
MELLO, V. P. S.. Divulgação Científica em A Lavoura. In: XII Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia,, 2010, Salvador. Caderno de Resumos do XII Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 2010. p. 1.

3.
MELLO, V. P. S.. A Ciência Brasileira Como Projeto de Estado: viagens científicas e integração nacional na primeira década do século XX. In: XIII Encontro de História Anpuh-Rio, 2008. Caderno de Resumos e Programação, 2008. p. 28.

Apresentações de Trabalho
1.
MELLO, V. P. S.. A Embrapa na Amazônia Oriental: pesquisa científica para o desenvolvimento? (1972-1993). 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
MELLO, V. P. S.. As pesquisas da Embrapa na Amazônia Oriental (1972-1993). 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
MELLO, V. P. S.. O Centro de Pesquisa Agropecuária do Trópico Úmido: aumento da produtividade, expansão da fronteira agrícola e meio ambiente. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
MELLO, V. P. S.. A EMBRAPA na Amazônia Oriental: pesquisa científica, agricultura e meio ambiente (1972-1998). 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
MELLO, V. P. S.. Agricultura, ciência e meio ambiente nas pesquisas da EMBRAPA Amazônia Oriental. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
MELLO, V. P. S.. Agricultura e meio ambiente nas pesquisas da EMBRAPA Amazônia Oriental. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
MELLO, V. P. S.. EMBRAPA: pesquisa científica, meio ambiente e desenvolvimento. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

8.
MELLO, V. P. S.. EMBRAPA: Pesquisa Científica para o Desenvolvimento? (1972-2002). 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
MELLO, V. P. S.. Do regime militar aos anos 2000: meio ambiente, agricultura e desenvolvimento na EMBRAPA (1972-2002). 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

10.
MELLO, V. P. S.. Meio ambiente e desenvolvimento nas pesquisas da EMBRAPA (1972-2002). 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
MELLO, V. P. S.. Ciência e desenvolvimento na EMBRAPA (1972-2002). 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
MELLO, V. P. S.. Ciência, agricultura e meio ambiente nas pesquisas da Embrapa (1972-2002). 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

13.
MELLO, V. P. S.. Contra o fogo e o machado: a Revista Florestal e a defesa do 'patrimônio nacional'. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

14.
MELLO, V. P. S.. Debates sobre proteção à natureza e a participação dos cientistas na criação do Código Florestal de 1934. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

15.
MELLO, V. P. S.. A Ciência na Agricultura e a Proteção da Natureza em A Lavoura (1987-1926). 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

16.
MELLO, V. P. S.. Divulgação Científica em A Lavoura. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

17.
MELLO, V. P. S.. A Ciência Brasileira como Projeto de Estado: os ministérios da Agricultura e da Viação e Obras Públicas na primeira metade do século XX. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

18.
MELLO, V. P. S.. A Ciência Brasileira como Projeto de Estado: os ministérios da Agricultura e da Viação e Obras Públicas na primeira metade do século XX. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
MELLO, V. P. S.. A Ciência Brasileira Como Projeto de Estado: viagens científicas e integração nacional na primeira década do século XX. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

20.
MELLO, V. P. S.. .A Ciência Brasileira como Projeto de Estado: viagens científicas e integração nacional nas primeiras décadas do século XX.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

21.
MELLO, V. P. S.. A Ciência Brasileira como Projeto de Estado: viagens científicas e integração nacional nas primeiras décadas do século XX. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Demais tipos de produção técnica
1.
SÁ, Dominichi Miranda de ; MELLO, V. P. S. ; ANAYA, G. ; LIGNANI, L. . A educação ambiental e o movimento Escola Sem Partido. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
MELLO, V. P. S.. História Ambiental: temas, perspectivas e abordagens. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
MELLO, V. P. S.. Avaliação de pôsteres de Iniciação Científica no 14º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia. 2014. (Parecer).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IV Seminário Fluminense de Pós-Graduandos em História.As pesquisas da Embrapa na Amazônia Oriental (1972-1993). 2016. (Seminário).

2.
Workshop Água, Saúde e Ambiente na história de projetos de desenvolvimento no Brasil do século XX.A Embrapa na Amazônia Oriental: pesquisa científica para o desenvolvimento? (1972-1993). 2016. (Outra).

3.
XVII Encontro de História da Anpuh-Rio.O Centro de Pesquisa Agropecuária do Trópico Úmido: aumento da produtividade, expansão da fronteira agrícola e meio ambiente. 2016. (Encontro).

4.
2ª Escola de Pós-Graduação em História Ambiental da América Latina e do Caribe.Agricultura, ciência e meio ambiente na EMBRAPA Amazônia Oriental. 2015. (Outra).

5.
3ª Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde.Agricultura e meio ambiente nas pesquisas da EMBRAPA Amazônia Oriental. 2015. (Outra).

6.
Curso de Extensão Procesos Socio-Ambientales en Gran Caribe desde 1492. 2015. (Outra).

7.
XXVIII Simpósio Nacional de História.A EMBRAPA na Amazônia Oriental: pesquisa científica, agricultura e meio ambiente (1972-1998). 2015. (Simpósio).

8.
14º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia.EMBRAPA: pesquisa científica, meio ambiente e desenvolvimento. 2014. (Simpósio).

9.
VII Simposio de la Sociedad Latinoamericana y Caribeña de Historia Ambiental.Meio ambiente e desenvolvimento nas pesquisas da EMBRAPA (1972-2002). 2014. (Simpósio).

10.
XVI Encontro Regional de História da Anpuh-Rio: Saberes e práticas científicas..EMBRAPA: Pesquisa Científica para o Desenvolvimento? (1972-2002). 2014. (Simpósio).

11.
XXII Encontro Estadual de História - História: da produção ao espaço público.Do regime militar aos anos 2000: meio ambiente, agricultura e desenvolvimento na EMBRAPA (1972-2002). 2014. (Simpósio).

12.
2ª Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde.Ciência e Desenvolvimento na EMBRAPA (1972-2002). 2013. (Outra).

13.
Simpósio Diálogo Brasil-EUA em História Ambiental. 2013. (Simpósio).

14.
Workshop Estado, Intelectuais e Modernização no Brasil: perspectivas da história das ciências e da saúde. 2013. (Outra).

15.
XXVII Simpósio Nacional de História.Ciência, agricultura e meio ambiente nas pesquisas da Embrapa (1972-2002). 2013. (Simpósio).

16.
2° Simpósio Internacional de História Ambiental e Migrações.Contra o fogo e o machado: a Revista Florestal e defesa do "patrimônio nacional". 2012. (Simpósio).

17.
I Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde.Debates sobre proteção à natureza e o papel dos cientistas na criação do Código Florestal de 1934. 2011. (Outra).

18.
XII Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia- SBHC.Divulgação Científica em A Lavoura. 2010. (Seminário).

19.
XIV Encontro Regional de História - ANPUH RJ.A Ciência na Agricultura e a Proteção da Natureza em A Lavoura (1987-1926). 2010. (Simpósio).

20.
Jornada de Iniciação Científica da Casa de Oswaldo Cruz.A Ciência Brasileira como Projeto de Estado: os ministérios da Agricultura e da Viação e Obras Públicas na primeira metade do século XX. 2009. (Outra).

21.
XVII Reunião Anual de Iniciação Científica - RAIC.A Ciência Brasileira como Projeto de Estado: os ministérios da Agricultura e da Viação e Obras Públicas na primeira República. 2009. (Outra).

22.
Jornada de Iniciação Científica da Casa de Oswaldo Cruz- Fiocruz.A Ciência Brasileira como Projeto de Estado: viagens científicas e integração nacional nas primeiras décadas do século XX. 2008. (Outra).

23.
Mini-curso História da Saúde no Basil: Idéias, Políticas e Atores Sociais. 2008. (Outra).

24.
RAIC-XVI Reunião Anual de Iniciação Científica-Fiocruz.A Ciência Brasileira como Projeto de Estado: viagens científicas e integração nacional nas primeiras décadas do século XX. 2008. (Outra).

25.
XIII Encontro Regional de História AnpuhRio - Identidades.A Ciência Brasileira Como projeto de Estado: viagens científicas e integração nacional na primeira década do século XX. 2008. (Simpósio).

26.
Mês de Integração de Bolsistas. 2007. (Outra).

27.
RAIC-XV Reunião Anual de Iniciação Científica-Fiocruz. 2007. (Outra).

28.
Seminário internacional na Trama das Redes: Políticas e Negócois no Império Português nos Séculos XVI-XVIII. 2006. (Seminário).

29.
Seminário NUPEHC-Cultura Política e Cultura Histórica: Pesquisa e Ensino. 2006. (Seminário).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Iniciação científica
1.
Tamires Saint Martin Fonseca. Agrotóxicos em perspectiva histórica: ciência, saúde e controle de pragas agrícolas na revista A Lavoura (1934-1960). 2017. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vanessa Pereira da Silva e Mello.



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
SÁ, Dominichi Miranda de ; MELLO, V. P. S. ; ANAYA, G. ; LIGNANI, L. . A educação ambiental e o movimento Escola Sem Partido. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/11/2018 às 15:24:42