Rafael Dias de Castro

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0378705018243200
  • Última atualização do currículo em 03/09/2018


Professor da área de Teoria e Metodologia da História no Departamento de História da Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes/MG. Doutor em História das Ciências pela Casa de Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), Mestre em História pela Universidade Federal de São João Del Rei e Licenciado em História pela Universidade Federal de Ouro Preto. Minhas áreas de interesse são: teoria da história, historiografia, história da recepção e circulação de conhecimentos científicos, história dos saberes 'psi', história do pensamento social brasileiro. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Rafael Dias de Castro
Nome em citações bibliográficas
CASTRO;R. D.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual de Montes Claros, Departamento de História.
Avenida Rui Braga
Vila Mauricéia
39401089 - Montes Claros, MG - Brasil
Telefone: (38) 32298000
URL da Homepage: www.unimontes.br


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2014
Doutorado em História das Ciências.
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Título: A sublimação do id primitivo em ego civilizado: o projeto dos psiquiatras-psicanalistas para civilizar o país (1926-1944), Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Cristiana Facchinetti.
Bolsista do(a): Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Palavras-chave: Recepção; Psicanálise; Rio de Janeiro; Psiquiatria; civilização.
Grande área: Ciências Humanas
2008 - 2010
Mestrado em História.
Universidade Federal de São João Del-Rei, UFSJ, Brasil.
Título: A historicidade do pensamento freudiano: a questão da felicidade numa civilização sob os efeitos da Guerra (1914-1932),Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Moisés Romanazzi Torres.
Bolsista do(a): Universidade Federal de São João Del Rei, UFSJ, Brasil.
Palavras-chave: Sigmund Freud; Primeira Guerra Mundial; Noção de felicidade; História Intelectual.
Grande área: Ciências Humanas
2003 - 2007
Graduação em História.
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.




Formação Complementar


2012 - 2012
Capacitação, Integração e Conhecimento Organizacio. (Carga horária: 30h).
Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação, CAED / UFJF, Brasil.
2011 - 2011
A escrita da história em tempos republicanos. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
2010 - 2010
Capacitação de tutores - UAB/MEC. (Carga horária: 90h).
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
2010 - 2010
El conocimiento y las práticas psicológicas. (Carga horária: 16h).
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
2007 - 2007
Caminhos, percursos... nos Museus de Ouro Preto. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
2005 - 2005
Museu e as cidades. (Carga horária: 21h).
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual de Montes Claros, UNIMONTES, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria e Metodologia da História
Teoria da Docência em História
06/2018 - 08/2018
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Econômica Geral
Historiografia Geral

Universidade do Estado de Minas Gerais, UEMG, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2018
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor designado, Carga horária: 40

Atividades

03/2018 - 05/2018
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Formação sócio-histórica do Brasil
História Moderna 2
Teoria, métodos e historiografia
03/2015 - 05/2018
Direção e administração, Unidade Carangola, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do curso de História.
03/2015 - 05/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Unidade Carangola, .

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do curso de História.
03/2017 - 12/2017
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Formação sócio-histórica do Brasil
História Moderna II
Historiografia Brasileira
Teoria e Metodologia da História
03/2016 - 12/2016
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Econômica, Política e Social
História Moderna 2
Historiografia Brasileira
08/2015 - 12/2015
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geohistória
08/2015 - 12/2015
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia científica
03/2015 - 12/2015
Direção e administração, Unidade Carangola, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do curso de História.
03/2015 - 12/2015
Direção e administração, Unidade Carangola, .

Cargo ou função
Representante titular do Departamento de Ciências Humanas no Colegiado do curso de Administração.
03/2015 - 12/2015
Direção e administração, Unidade Carangola, .

Cargo ou função
Representante titular do Departamento de Ciências Humanas no Colegiado do curso de Turismo.
03/2015 - 12/2015
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia
Sociologia
03/2015 - 07/2015
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia
03/2015 - 07/2015
Ensino, Turismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia científica 2

Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2014
Vínculo: Doutorando, Enquadramento Funcional: Doutorando, Carga horária: 40

Atividades

03/2010 - 06/2014
Pesquisa e desenvolvimento , Casa Oswaldo Cruz, .


Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação, CAED / UFJF, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Analista de Formação em EaD, Carga horária: 20

Atividades

06/2013 - 09/2014
Treinamentos ministrados , Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação, .

Treinamentos ministrados
Apropriação dos resultados de Avaliação
07/2012 - 09/2014
Outras atividades técnico-científicas , Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação, Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação.

Atividade realizada
Agente de Suporte Acadêmico.
01/2014 - 01/2014
Ensino, Gestão e Avaliação da Educação Pública, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução a Grupos Focais
01/2012 - 12/2012
Ensino, Gestão da Educação Profissional, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Avaliação e Indicadores Educacionais

Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Professor orientador de TCC, Enquadramento Funcional: Professor Orientador, Carga horária: 20
Outras informações
Este curso de Especialização em Gestão de Políticas Públicas com ênfase em Gênero e Raça visa formar gestores e gestoras para a condução das políticas públicas de gênero e raça. A iniciativa é resultado da parceria entre Ministério da Educação, Secretaria de Políticas para as Mulheres, Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher - UNIFEM Brasil e Cone Sul, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada IPEA e Centro Latino-Americano em Sexualidade e Direitos Humanos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro CLAM/UERJ, sendo a ofertada na Universidade Federal de Ouro Preto conduzida pelo Programa de Educação para a Diversidade, coordenado pela Profª Dra Keila Deslandes, em parceria com a Cátedra UNESCO Água, Mulheres e Desenvolvimento. A formação em gestão de políticas de gênero e raça é uma oportunidade para instrumentalizar gestores, interessados a ingressar na carreira de administração pública ou lideranças de ONGs para intervenção no processo de concepção, elaboração, implementação, monitoramento e avaliação dos programas e ações de forma a assegurar a transversalidade e a intersetorialidade de gênero e raça nas políticas públicas.

Vínculo institucional

2011 - 2014
Vínculo: Tutor, Enquadramento Funcional: Tutor do curso de Especialização GPP GeR, Carga horária: 20
Outras informações
O curso de Especialização em Gestão de Políticas Públicas com Ênfase em Gênero e Raça (GPP GeR) visa formar profissionais aptos/as a atuar no processo de elaboração, monitoramento e avaliação de programas e ações de forma a assegurar a transversalidade e a intersetorialidade de gênero e raça nas políticas públicas.

Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Bolsista/orientador-CAPES-UAB, Enquadramento Funcional: Professor orientador de TCC, Carga horária: 20
Outras informações
Este curso de Especialização em Gestão de Políticas Públicas com ênfase em Gênero e Raça visa formar gestores e gestoras para a condução das políticas públicas de gênero e raça. A iniciativa é resultado da parceria entre Ministério da Educação, Secretaria de Políticas para as Mulheres, Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher - UNIFEM Brasil e Cone Sul, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada IPEA e Centro Latino-Americano em Sexualidade e Direitos Humanos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro CLAM/UERJ, sendo a ofertada na Universidade Federal de Ouro Preto conduzida pelo Programa de Educação para a Diversidade, coordenado pela Profª Dra Keila Deslandes, em parceria com a Cátedra UNESCO Água, Mulheres e Desenvolvimento. A formação em gestão de políticas de gênero e raça é uma oportunidade para instrumentalizar gestores, interessados a ingressar na carreira de administração pública ou lideranças de ONGs para intervenção no processo de concepção, elaboração, implementação, monitoramento e avaliação dos programas e ações de forma a assegurar a transversalidade e a intersetorialidade de gênero e raça nas políticas públicas.

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Aluno Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 12

Atividades

03/2006 - 04/2006
Extensão universitária , Instituto de Ciências Humanas e Sociais, .

Atividade de extensão realizada
Pesquisa, educação e restauração da cantaria em Ouro Preto.

Universidade Federal de São João Del Rei, UFSJ, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Mestrando, Enquadramento Funcional: Bolsista, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2008 - 03/2010
Pesquisa e desenvolvimento , PGHis - Programa de Pós-graduação em História, .

Linhas de pesquisa
Cultura e identidade


Linhas de pesquisa


1.
Cultura e identidade

Objetivo: Lidando com estes dois conceitos, a linha se situa no debate entre a tradição historiográfica que se volta para a estrutura da cultura, isto é, para seu funcionamento interno, e a que privilegia não tanto a sintaxe da cultura, ou a operação de significação, mas as conexões deste universo com determinantes externos, tais como as condições materiais e as relações de poder na sociedade. Debate-se, entre outras, as noções de mentalidades, de representação, e de experiência, tentando o diálogo entre uma história cultural e uma história social da cultura. No terreno da identidade, privilegia-se o estudo de determinadas identidades coletivas, como a nacional, a de classe e a racial ou étnica, entendendo-as como um campo de situação social e de discurso, assim como tendo um mecanismo relacional, com suas funções mediadoras ou interativas. Opta-se, portanto, por algumas identidades em particular, bem como aborda a identidade em articulação com a cultura, como discurso e prática, a depender dos parâmetros cronológicos, geográficos e sociais adotados. Os temas privilegiados são: identidade nacional; intelectuais; historiografia; mídia e industrial cultural; cultura popular e identidades étnicas; história e arte..
2.
História das Ciências Biomédicas

Objetivo: Compreende reflexões sobre a dimensão histórica da ciência, tanto no que se refere aos atores e instituições deste campo específico da vida social, quanto no que diz respeito aos processos e práticas sócio-cognitivos referentes à produção do conhecimento como empreendimento coletivo. Desta perspectiva, busca-se analisar as especificidades da atividade científica como parte constitutiva do mundo moderno em distintos momentos históricos, bem como os processos pelos quais ela se institucionalizou no Brasil. Abrange estudos sobre instituições, idéias, grupos, biografias e trajetórias científicas; a história de campos disciplinares específicos, como a história natural, a medicina, a psiquiatria (e outros saberes psicológicos); as relações entre pensamento social, interpretações do Brasil e instituições e saberes científicos; as relações entre raça, saúde e sociedade; a circulação de conhecimentos e as relações internacionais na ciência; as relações de gênero nas ciências; as concepções científicas e intelectuais sobre a natureza; e as relações entre seres humanos e ambiente..
Grande área: Ciências Humanas
Palavras-chave: psicanálise e cultura; História da saúde mental no Brasil; Saberes sobre o psíquico.


Projetos de pesquisa


2015 - 2016
Corpos em revolução: a questão da aparência e da feminilidade da mulher brasileira através da ?Nova Enciclopédia da mulher? (décadas de 1960 e 1970)
Descrição: Esta pesquisa pretende investigar a questão do corpo e da aparência feminina analisando a visão sobre a mulher nas décadas de 1960 e 1970, tendo como principal fonte a ?Nova Enciclopédia da Mulher?, editada e publicada pela Editora Globo no ano de 1968. A pesquisa se insere na perspectiva teórico-metodológica do campo da História Intelectual, identificando as ideias e atitudes como produtos de uma função social distinta, reconhecendo certa autonomia ao papel histórico das ideias e a necessidade de métodos históricos específicos para sua compreensão (como em Roger Chartier ? A história cultural ? através de uma história das representações coletivas, das categorias intelectuais disponíveis em determinada época). Desta forma, uma vez que a questão da aparência e da feminilidade infere rupturas culturais significativas dentro da sociedade, torna-se primordial sua elucidação simbólica, padronizada e/ou estereotipada, sendo objetos fundamentais desta investigação a mudança do comportamento das mulheres através da tentativa de determinação de padrões de beleza, de concepções modistas e do estilo da vestimenta e da estética da vida, contidos na fonte a ser analisada..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rafael Dias de Castro - Coordenador / Bruna Batista Ferreira - Integrante.Financiador(es): PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À PESQUISA ? PAPq/PROUEMG - Bolsa.
2010 - 2015
Recepção e circulação da teoria psicanalítica no Rio de Janeiro (1926-1944)
Descrição: O objeto desta pesquisa é a recepção da psicanálise pela psiquiatria no Rio de Janeiro. O objetivo principal será o de investigar a recepção da teoria psicanalítica pelos psiquiatras como inserida num amplo contexto de discussão de projetos para a nação brasileira, cujo intuito era assentar o Brasil no mundo moderno e o erguer à condição de país civilizado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2015
Grupo de pesquisa: O físico, o mental e o moral na história dos saberes médicos e psicológicos
Descrição: Os trabalhos deste grupo analisam a produção, recepção e difusão de idéias médico-científicas em torno do físico, do mental e do moral, a partir de fins do século XVIII. Destaca-se aqui como tais idéias são elaboradas em contextos histórico-culturais determinados, ao mesmo tempo em que os estruturam. Tais idéias médico-científicas são estudadas em relação aos campos da medicina, medicina legal, psiquiatria, psicanálise e criminologia, os quais produzem e interagem com práticas sociais (políticas, assistenciais, terapêuticas e artísticas). A repercussão dos trabalhos produzidos tem se dado principalmente na área da história, das ciências sociais e da psicologia, por intermédio da formação de alunos (IC, mestrado e doutorado), da oferta de disciplinas no Programa de PósGraduação em História das Ciências e da Saúde (Casa de Oswaldo Cruz-FIOCRUZ), de publicações, de trabalhos apresentados em congressos nacionais e internacionais e organização de simposios temáticos em eventos cientificos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (8) / Doutorado: (11) .
Integrantes: Rafael Dias de Castro - Integrante / Cristiana Facchinetti - Integrante / Ana Teresa Acatauassú Venancio - Coordenador / Flávio Coelho Edler - Integrante.
2010 - 2011
BIOPOLÍTICA, PSIQUIATRIA E PATRIMÔNIO IMATERIAL: A INVENÇÃO DO BRASILEIRO MODERNO (1900-1930)
Descrição: O projeto faz parte de um conjunto de pesquisas integradas e organizadas sob o título O PATRIMÔNIO IMATERIAL: A invenção do Brasileiro Moderno (1920-1940), coordenada por Robert Wegner com apoio do CNPq (PAPES - CNPq). A minha parte neste projeto maior é compreender de que maneira Sigmund Freud e sua teoria psicanalítica foram utilizados pelos psiquiatras do Estado para apoiar suas propostas para a Nação e para o futuro da mesma..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
A historicidade do pensamento freudiano: a questão da felicidade numa civilização sob os efeitos da Guerra (1914-1932)
Descrição: Este estudo possui como objeto a noção de felicidade para Sigmund Freud. Nosso objetivo principal é analisar, interpretar e explicar tal noção em Freud a partir de suas impressões sobre o impacto causado pela eclosão da Primeira Guerra Mundial na sociedade vienense da Belle Époque, expostas em quatro textos de sua autoria, que são nosso corpus documental: Sobre la guerra y la muerte [1915], El Malestar em la Cultura [1929] e El porqué de la guerra [1932]. Ressalta-se, assim, a intenção de observar a noção de felicidade em Freud a partir de suas reflexões sobre a guerra e o impacto desta na civilização. A partir desta delimitação, tendo como referencial metodológico o proposto pela História Intelectual, seguimos, inicialmente, dois passos: o primeiro, utilizando-se das sugestões de leitura para os textos de Freud, expressas pelo historiador Peter Gay, para a abordagem das fontes em sua relação com o sujeito freudiano e o objeto em questão; num segundo movimento, enfatiza-se nossa abordagem em relação à História Intelectual sob uma perspectiva contextualizada e interdisciplinar, como proposta pelo historiador francês François Dosse. Nossa hipótese central é que para Freud a questão da felicidade, ao se vincular com as conquistas progressivas da humanidade, se torna, ao mesmo tempo, incompatível com o progresso desta mesma civilização..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2007
Retomada do sentido: a psicologia existencial-humanista e a valorização da pessoa.
Descrição: Esta pesquisa teve por objetivo analisar as condições culturais que criaram o problema aqui identificado como crise de sentido. Identificamos, como principal agravante deste problema, a pluralidade de perspectivas a que a pessoa é submetida na contemporaneidade. Analisando a perspectiva buscada pela Psicologia existencial-humanista para a retomada de sentido do homem, entendemos que a saída para tal problema, de acordo com as teorias desta psicologia, seria a busca de sentido através da experiência com o mundo e com os outros, o que acarretaria no sentimento de pertença às 'comunidades', conceito este entendido através da retomada do conceito de pessoa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rafael Dias de Castro - Integrante / PACHECO, Paulo Roberto de Andrada - Coordenador.Financiador(es): Universidade Federal de Ouro Preto - Outra.
Número de produções C, T & A: 4


Projetos de extensão


2017 - 2018
Núcleo de Estudos e Pesquisas em Ensino, Teoria da História e Historiografia
Descrição: O Núcleo de Estudos e Pesquisas em Ensino, Teoria da História e Historiografia tem por finalidade aprofundar os estudos sobre a especificidade do conhecimento histórico, seu estatuto de verdade, seus domínios de atuação e o saber científico que provém de suas reflexões. Tal demanda se apresenta a partir da compreensão de que os aspectos teórico-metodológicos são fundamentais para a formação dos alunos (futuros profissionais da educação), para uma prática docente crítica e ciente da complexidade epistemológica que emana de seu saber. Neste sentido, espera-se que o Núcleo ofereça subsídios para se refletir teoricamente sobre os caminhos e descaminhos da história na atualidade, bem como incentive os alunos a produzir projetos de pesquisa e a conduzir de forma reflexiva sua atuação como professor(a) e pesquisador(a) da História..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (15) / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Rafael Dias de Castro - Coordenador / Bruna Batista Ferreira - Integrante / Thuanne Aparecida Souza - Integrante / Iara de Oliveira Maia - Integrante / Gustavo S. Oliveira - Integrante.Financiador(es): Universidade do Estado de Minas Gerais - Outra.
2015 - 2016
Lei 10.639/2003: perspectivas e desdobramentos na rede estadual de ensino no município de Carangola
Descrição: Proporcionar um local de debate sobre a implantação da Lei 10.639/2003 nas escolas da rede estadual de ensino no município de Carangola ? MG, discutindo com profissionais da Educação e com os alunos da UEMG Unidade Carangola (ainda realizando a formação profissional), subsídios teórico-metodológicos sobre tais desafios, aspectos práticos para sua efetivação e dilemas observados no cotidiano escolar..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rafael Dias de Castro - Coordenador / Patrícia Saturnino Silva - Integrante / Thuanne Aparecida Souza - Integrante / Iara de Oliveira Maia - Integrante.Financiador(es): Universidade do Estado de Minas Gerais - Bolsa.


Outros Projetos


2016 - 2016
Grupo de Estudos e Pesquisas em Teoria e Metodologia da História
Descrição: O Grupo de Estudos e Pesquisas em Teoria e Metodologia da História tem por finalidade aprofundar os estudos sobre a especificidade do conhecimento histórico, seu estatuto de verdade, seus domínios de atuação e o saber científico que provém de suas reflexões. Tal demanda se apresenta a partir da compreensão de que os aspectos teórico-metodológicos são fundamentais para a formação dos alunos (futuros profissionais da educação), para uma prática docente crítica e ciente da complexidade epistemológica que emana de seu saber. Neste sentido, espera-se que o grupo ofereça subsídios para se refletir teoricamente sobre os caminhos e descaminhos da história na atualidade, bem como incentive os alunos a produzir projetos de pesquisa e a conduzir de forma reflexiva sua atuação como professor(a) e pesquisador(a) da História..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (15) .
Integrantes: Rafael Dias de Castro - Coordenador.


Membro de corpo editorial


2018 - 2018
Periódico: Mythos (Cataguases)
2017 - 2017
Periódico: Mythos (Cataguases)
2016 - 2016
Periódico: Mythos (Cataguases)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e metodologia da História.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da Historiografia.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Circulação de conhecimentos cientifícos.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea/Especialidade: História Contemporânea.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2017
Projeto de Extensão premiado de acordo com o edital PAEx 01/2017, Pró-Reitoria de Extensão-UEMG.
2016
Orientador de bolsista premiada entre os 40 melhores trabalhos no XIII ENIC ? Encontro Internacional de Iniciação Científica, FAMINAS.
2015
Projeto de Extensão premiado de acordo com o edital PAEx 01/2015, Pró-Reitoria de Extensão-UEMG..


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
1CASTRO2017CASTRO. A recepção da psicanálise no Rio de Janeiro: subsídios para os debates sobre histeria, nervosismo e sexualidade, 1908-1919. HISTÓRIA, CIÊNCIAS, SAÚDE-MANGUINHOS (IMPRESSO), v. 24, p. 171-177, 2017.

2.
2CASTRO2016 CASTRO. Entre reflexões e apropriações: a difusão da psicanálise para além do meio médico psiquiátrico carioca (décadas de 1910 e 1920). Memorandum (Belo Horizonte), v. 30, p. 63-81, 2016.

3.
3CASTRO2016CASTRO. ?Associação Brasileira de Educação? e a inserção da psicanálise no campo educacional: Julio Porto-Carrero, Pedro Deodato de Moraes e Renato Jardim (1927-1931). Revista HISTEDBR On-line, v. 16, p. 89-108, 2016.

4.
4FACCHINETTI, C.2015 FACCHINETTI, C. ; CASTRO . The historiography of psychoanalysis in Brazil: the case of Rio de Janeiro. Dynamis (Granada), v. 35, p. 13-34, 2015.

5.
5CASTRO2015 CASTRO. Correspondência de Julio Porto-Carrero a Arthur Ramos: a Sociedade Brasileira de Psicanálise e a preocupação com a tradução dos termos psicanalíticos, décadas de 1920 e 1930. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Online), v. 22, p. 1451-1465, 2015.

6.
6CASTRO2015CASTRO; FACCHINETTI, C. . A psicanálise como saber auxiliar da psiquiatria no início do século XX: o papel de Juliano Moreira. Culturas Psi, v. 4, p. 24-52, 2015.

7.
7CASTRO2010CASTRO. As reflexões de Sigmund Freud sobre a guerra e a morte. Mal-Estar e Sociedade, v. 3, p. 93-113, 2010.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CASTRO. A sublimação do id primitivo em ego civilizado: o projeto dos psiquiatras-psicanalistas para civilizar o país (1926-1944). 1. ed. Jundiaí: Paco Editorial, 2015. v. 1. 380p .

Capítulos de livros publicados
1.
FACCHINETTI, C. ; CASTRO . Die Psychoanalyse als psychiatrisches Werkzeug: Die Rolle Juliano Moreira (1900-1930). In: Santos-Stubbe, Chirly; Theiss-Abendroth, Peter; Stubbe, Hannes. (Org.). Psychoanalyse in Brasilien: Historische und aktuelle Erkundungen. 1ed.Gießen: Psychosozial-Verlag, 2015, v. 1, p. 85-112.

2.
TEIXEIRA, Nathalie ; CASTRO . Impactos do Programa Bolsa Família na questão de gênero. In: Keila Deslandes. (Org.). Atos, pactos e impactos: Direitos Humanos e Gestão de Políticas Públicas. 1ed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2015, v. 1, p. 197-212.

3.
CASTRO. Psicanálise e educação sexual na obra de Julio Porto-Carrero: Rio de Janeiro (décadas de 1920 e 1930). In: Mollo, Helena Miranda. (Org.). Biografia e história das ciências: debates com a história da historiografia.. 1ed.Ouro Preto: EDUFOP, 2012, v. 1, p. 185-202.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CASTRO. História da historiografia da psicanálise no Brasil: a recepção da teoria freudiana no início do século XX. In: XXI Encontro Regional de História - ANPUH/MG, 2018, Montes Claros. Anais do XXI Encontro Regional de História, 2018. v. 1. p. 1-8.

2.
FERREIRA, B. B. ; CASTRO . Corpos em revolução: a questão da aparência e da feminilidade da mulher brasileira (décadas de 1960 e 1970). In: 4º Seminário Internacional de Educação e Sexualidade, 2016, Vitória. Anais eletrônicos do 4º Seminário Internacional de Educação e Sexualidade, 2016. v. 1. p. 1-16.

3.
CASTRO. A geração de psiquiatras leitores de Freud no Rio de Janeiro (1926-1944). In: 7ª Simpósio Nacional de História da Historiografia, 2013, Mariana. Anais do 7ª Simpósio Nacional de História da Historiografia, 2013. p. 1-10.

4.
CASTRO. A geração de psiquiatras leitores de Freud no Rio de Janeiro (décadas de 1910 e 1920). In: 2ª Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2013, Rio de Janeiro. Anais Eletrônicos da 2ª Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2013. p. 1-8.

5.
CASTRO. Do ?id primitivo? ao ?ego civilizado?: a psicanálise como ferramenta civilizadora (1926-1944). In: XXIX Semana de História UFJF, 2012, Juiz de Fora. Anais da XXIX Semana de História UFJF, 2012. p. 312-320.

6.
CASTRO. Recepção e circulação da teoria psicanalítica no Rio de Janeiro (1926-1944). In: XVII Encontro Regional Anpuh (MG), 2012, Mariana. Anais do XVII Encontro Regional Anpuh (MG), 2012. p. 1-8.

7.
CASTRO. A recepção da psicanálise no Rio de Janeiro (1914-1944): atores e fontes no projeto para a civilização brasileira. In: XXVIII Semana de História - UFJF, 2011, Juiz de Fora. Anais da XXVIII Semana de História - 2011, 2011.

8.
CASTRO. Recepção da psicanálise pela psiquiatria no Rio de Janeiro (1914-1944): atores, fontes e horizontes de expectativas. In: 5 Seminário Nacional de História da Historiografia: biografia e história intelectual, 2011, Mariana. Caderno de resumo e anais, 2011.

9.
CASTRO. "Psicanálise de uma civilização": os psiquiatras e a recepção da teoria freudiana no Rio de Janeiro (1914-1944). In: Anpocs, 2011, Caxambu. Anais do 35º Encontro Anual da Anpocs, 2011.

10.
CASTRO. Recepção da psicanálise no Rio de Janeiro: o projeto da psiquiatria para civilizar o Brasil. In: Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2011, Rio de Janeiro. Anais eletrônicos da 1ª Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2011.

11.
CASTRO. Os psiquiatras e a recepção da psicanálise no Rio de Janeiro (1914-1944): recorte cronológico, atores, fontes e horizontes de expectativas. In: XXVI Simpósio Nacional de História - Anpuh, 2011, São Paulo. Anais do XXVI simpósio nacional da ANPUH - Associação Nacional de História. São Paulo: Anpuh - SP, 2011.

12.
CASTRO. O caráter histórico das reflexões de Sigmund Freud. In: 3° Seminário Nacional de História da Historiografia: aprender com a história?, 2009, Mariana. Anais do 3° Seminário Nacional de História da Historiografia: aprender com a história?, 2009.

13.
CASTRO. A Primeira Guerra Mundial sob a perspectiva de um não-combatente: Sigmund Freud e suas reflexões. In: IV Congresso Internacional de História, 2009, Maringá. Anais. Textos completos do IV Congresso Internacional de História. Maringá: Uem / Pph / Dhi, 2009. p. 1389-1400.

14.
CASTRO; PACHECO, P. R. A. . História Cultural e História das Idéias Psicológicas: uma compreensão da crise de sentido do homem contemporâneo. In: Seminário Nacional de História da Historiografia: historiografia brasileira e modernidade, 2007, Mariana. Anais do Seminário Nacional de História da Historiografia: historiografia brasileira e modernidade, 2007.

15.
CASTRO. A contribuição da história oral: a importância de "Seu" Antonio Pereira para a permanência da memória de sua comunidade. In: I Seminário de História do ICHS: caminhos da historiografia brasileira contemporânea, 2006, Mariana. Anais do I Seminário de História do ICHS, 2006.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
CASTRO. "Psicanálise de uma civilização": os psiquiatras e a recepção da teoria freudiana no Rio de Janeiro (1914-1944). In: Anpocs, 2011, Caxambu. Anais do 35º Encontro Anual da Anpocs, 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CASTRO. História da historiografia da psicanálise no Brasil: a recepção da teoria freudiana no início do século XX. In: XXI Encontro Regional de História - ANPUH/MG, 2018, Montes Claros. Anais do XXI Encontro Regional de História, 2018. v. 1. p. 1-1.

2.
CASTRO. Original, diletante ou adaptado? A história da historiografia da psicanálise no Rio de Janeiro.. In: 8º Seminário Brasileiro de História da Historiografia, 2014, Mariana. Anais do 8º Seminário Brasileiro de História da Historiografia, 2014.

3.
CASTRO. Psicodiagnóstico de uma nação: os psiquiatras cariocas e a leitura psicanalítica do Brasil (1920-1930). In: XIX Encontro Regional - ANPUH MG, 2014, Juiz de Fora. Anais do XIX Encontro Regional - ANPUH MG, 2014.

4.
CASTRO. A geração de psiquiatras leitores de Freud no Rio de Janeiro (1926-1944). In: 7ª Simpósio Nacional de História da Historiografia, 2013, Mariana. Anais do 7ª Simpósio Nacional de História da Historiografia, 2013.

5.
CASTRO. A geração de psiquiatras leitores de Freud no Rio de Janeiro (décadas de 1910 e 1920). In: 2ª Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2013, Rio de Janeiro. Anais Eletrônicos da 2ª Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2013.

6.
CASTRO. Do ?id primitivo? ao ?ego civilizado?: recepção e institucionalização da psicanálise no Rio de Janeiro (1926-1944). In: XI Encontro de Pesquisadores em História da Psicologia, 2013, São Paulo. XI Encontro de Pesquisadores em História da Psicologia: resumos inscritos, 2013.

7.
CASTRO. Do ?id primitivo? ao ?ego civilizado?: a psicanálise como ferramenta civilizadora (1926-1944). In: XXIX Semana de História UFJF, 2012, Juiz de Fora. Anais da XXIX Semana de História UFJF, 2012.

8.
CASTRO. Recepção e circulação da teoria psicanalítica no Rio de Janeiro (1926-1944). In: XVII Encontro Regional Anpuh (MG), 2012, Mariana. Anais do XVII Encontro Regional Anpuh (MG), 2012.

9.
CASTRO. A recepção da psicanálise no Rio de Janeiro (1914-1944): atores e fontes no projeto para a civilização brasileira. In: XXVIII Semana de História - UFJF, 2011, Juiz de Fora. Anais da XXVIII Semana de História - 2011, 2011.

10.
CASTRO. Recepção da psicanálise pela psiquiatria no Rio de Janeiro (1914-1944): atores, fontes e horizontes de expectativas. In: 5 Seminário Nacional de História da Historiografia: biografia e história intelectual, 2011, Mariana. Caderno de resumo e anais, 2011.

11.
CASTRO. "Psicanálise de uma civilização": os psiquiatras e a recepção da teoria freudiana no Rio de Janeiro (1914-1944). In: Anpocs, 2011, Caxambu. Anais do 35º Encontro Anual da Anpocs, 2011.

12.
CASTRO. Os psiquiatras e a recepção da psicanálise no Rio de Janeiro (1914-1944): recorte cronológico, atores, fontes e horizontes de expectativas. In: XXVI Simpósio Nacional de História - Anpuh, 2011, São Paulo. Anais do XXVI simpósio nacional da ANPUH - Associação Nacional de História. São Paulo: Anpuh - SP, 2011.

13.
CASTRO. Os psiquiatrias e a recepção da psicanálise no Rio de Janeiro (1914-1944). In: Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2011, Rio de Janeiro. Anais eletrônicos da 1ª Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2011.

14.
CASTRO. Civilização em Freud: recepção no Brasil da Primeira República. In: XXXIII Congresso Interamericano de Psicologia, 2011, Medellin. Memorias, 2011.

15.
CASTRO. O caráter histórico das reflexões de Sigmund Freud. In: 3° Seminário Nacional de História da Historiografia: aprender com a história?, 2009, Mariana. Anais do 3° Seminário Nacional de História da Historiografia: aprender com a história?, 2009.

16.
CASTRO. A Primeira Guerra Mundial sob a perspectiva de um não-combatente: Sigmund Freud e suas reflexões "sobre a guerra e a morte" (1915). In: IV Congresso Internacional de História, 2009, Maringá. Anais. Textos completos do IV Congresso Internacional de História. Maringá: Uem / Pph / Dhi, 2009.

17.
CASTRO. História cultural e história das idéias psicológicas: uma compreensão da crise de sentido do homem contemporâneo. In: Seminário Nacional de História da Historiografia: historiografia brasileria e modernidade, 2007, Mariana - MG. Caderno de Resumos e Programação do Seminário Nacional de História da Historiografia: historiografia brasileira e modernidade. Ouro Preto, 2007.

18.
CASTRO; PACHECO, P. R. A. . Crise de sentido da contemporaneidade: Edith Stein e o conceito de pessoa. In: XV Seminário de Iniciação Científica da UFOP, 2007, Ouro Preto. Anais eletrônicos do XV Seminário de Iniciação Científica da UFOP, 2007.

19.
CASTRO; PACHECO, P. R. A. . Análise cultural em tempos de guerra: Victor Frankl e suas reflexões sobre a crise de sentido contemporânea. In: XV Seminário de Iniciação Científica da UFOP, 2007, Ouro Preto. Anais eletrônicos do XV Seminário de Iniciação Científica da UFOP, 2007.

20.
CASTRO. A contribuição da história oral: a importância de "Seu" Antonio Pereira para a permanência da memória de sua comunidade. In: I Seminário de História do ICHS:caminhos da historiografia brasileira contemporânea, 2006, Mariana - MG. Caderno de Resumos e programação, 2006. p. 54-55.

Apresentações de Trabalho
1.
CASTRO. Brasil, Lei 10.639/2003 e a prática e aplicabilidade do Ensino das Relações Etnicorraciais na Educação Básica em Carangola. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
CASTRO; SILVA, P. S. . Iniciativas e dificuldades na aplicação da Lei 10.639/03, na rede estadual de ensino no município de Carangola. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
CASTRO. Reflexões sobre a aplicação da Lei 10.639/2003 na rede estadual de ensino no município de Carangola (MG). 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
CASTRO. Psicodiagnóstico de uma nação: os psiquiatras cariocas e a leitura psicanalítica do Brasil (1920-1930). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
CASTRO. Original, diletante ou adaptado? A história da historiografia da psicanálise no Rio de Janeiro. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
FACCHINETTI, C. ; CASTRO . Juliano Moreira e a psicanálise carioca: novos instrumentos para a psiquiatria (1910-1930). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
CASTRO. Pesquisa histórica em acervos digitalizados: possibilidades e perspectivas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
CASTRO. A geração de psiquiatras leitores de Freud no Rio de Janeiro (1926-1944). 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
CASTRO. A geração de psiquiatras leitores de Freud no Rio de Janeiro (décadas de 1910 e 1920). 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
CASTRO. Do ?id primitivo? ao ?ego civilizado?: a psicanálise como ferramenta civilizadora (1926-1944). 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
CASTRO. Recepção da psicanálise pela psiquiatria no Rio de Janeiro (1914-1944): atores, fontes e horizontes de expectativas. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
CASTRO. A recepção da psicanálise na América Latina. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

13.
CASTRO. "Psicanálise de uma civilização": os psiquiatras e a recepção da teoria freudiana no Rio de Janeiro (1914-1944). 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

14.
CASTRO. Os psiquiatras e a recepção da psicanálise no Rio de Janeiro (1914-1944). 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
CASTRO. A Primeira Guerra Mundial e o fim da Belle Époque: Sigmund Freud e suas reflexões. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
CASTRO. O caráter histórico das reflexões de Sigmund Freud. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
CASTRO. O impacto da Primeira Guerra Mundial sob o sentimento de felicidade da sociedade da ?Belle Époque. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
CASTRO; PACHECO, P. R. A. . História Cultural e História das Idéias Psicológicas: uma compreensão da crise de sentido do homem contemporâneo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
CASTRO; PACHECO, P. R. A. . Crise de sentido e contemporaneidade: uma compreensão através das psicologias Existencial-Humanista e Fenomenológica. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

20.
CASTRO; PACHECO, P. R. A. . Crise de sentido e contemporaneidade: Edith Stein e o conceito de pessoa. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

21.
CASTRO; PACHECO, P. R. A. . Análise cultural em tempos de guerra: Victor Frankl e suas reflexões sobre a crise de sentido contemporânea. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

22.
CASTRO. A contribuição da história oral: a importância de. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
CASTRO; PACHECO, P. R. A. . Crise de sentido e contemporaneidade: o início de um estudo. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
CASTRO. Parecerista de relatório final de projetos do PAEx - Programa Institucional de Apoio a Extensão (2016). 2017.

2.
CASTRO. Parecerista do XII Encontro Clio-Psyché. 2016.

3.
CASTRO. Parecer ad hoc à Revista História, Ciências, Saúde - Manguinhos (ISSN 0104-5970). 2016.

4.
CASTRO. Parecer ad hoc à Revista História, Ciências, Saúde - Manguinhos (ISSN 0104-5970). 2016.

5.
CASTRO. Parecerista de relatório final de projetos do PAEx - Programa Institucional de Apoio a Extensão (2015). 2016.

6.
CASTRO; SILVA, T. G. ; CORREA, R. R. ; OLIVEIRA, G. S. ; AMORIM, E. . Membro da equipe de elaboração do Projeto Político-Pedagógico do Curso de História UEMG/Carangola. 2016.

7.
CASTRO. Parecer ad hoc à Revista Culturas Psi (ISSN 2313-965X). 2015.

8.
CASTRO. Parecerista do I Seminário de Gestão e Avaliação em Educação. 2014.

9.
CASTRO. Parecerista do VIII Encontro Regional Rio de Janeiro da ABRAPSO. 2014.

10.
CASTRO. Parecerista do XI Encontro Clio-Psyché: Discursos e práticas na História da Psicologia. 2014.

11.
PONTES, L. F. ; CASTRO ; LANA, V. ; RIBEIRO, L. V. F. ; LOURENCO, J. L. ; FELICISSIMO, F. B. ; PAULA, T. S. . Relatório Longitudinal Avalie BA - Primeiro Relatório de Atividades. 2013.

12.
PONTES, L. F. ; CASTRO ; LANA, V. ; FELICISSIMO, F. B. ; RIBEIRO, L. V. F. ; LOURENCO, J. L. . Relatório final: aplicação do PISA 2012 no Brasil. 2012.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CASTRO; LYRA, G. H. ; MELO, E. ; COSENZA, B. . Lei 10.639 - perspectivas e desdobramentos. 2015. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

2.
CASTRO; CORREA, R. ; BRAGA, Jezulino . Teoria da História e Ensino de História. 2015. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

3.
CASTRO; RIBEIRO, L. V. F. . Desigualdades e desempenho escolar. 2015. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Demais tipos de produção técnica
1.
CASTRO; RIBEIRO, L. V. F. . Apontamentos sobre as desigualdades e o desempenho escolar. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
CASTRO; LOURENCO, J. L. . Introdução a Grupos Focais. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
CASTRO. Retomada de sentido: a psicologia existencial-humanista e a valorização da pessoa. 2007. (Relatório de pesquisa).

4.
CASTRO. VIII Ciclo de estudos da religião: Cristianismo: Ritos e representações. 2006. (Monitor - exposição artística).

5.
CASTRO. I Encontro Memorial do ICHS: nossa história com todas as letras. 2004. (Monitor - exposição artística).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SANTOS, Marcelo Câmara; ARAUJO, Abraão J.; CASTRO. Participação em banca de Creusa Coelho da Silva Rocha. Análise do baixo desempenho em matemática dos alunos do 6º ano do Ensino Fundamental da Escola Estadual Getúlio Vargas (Belo Horizonte - MG). 2014. Dissertação (Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Qualificações de Mestrado
1.
SOARES, Tufi M.; CASTRO. Participação em banca de Elvis Bruno C. M. de Freitas. Gestão escolar e indicadores educacionais externos - o caso da Escola Dr. Brunilo Jacó. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Gestão e Avaliação da Educação Pública) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

2.
OLIVEIRA JUNIOR, Lourival B.; POLON, Thelma L. P.; CASTRO. Participação em banca de Sandra Regina A. de Almeida. Divulgação dos resultados das avaliações externas: a apropriação dos resultados do Saerjinho pelos gestores. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Gestão e Avaliação da Educação Pública) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
TEIXEIRA, P. C.; RIBEIRO, S. D.; CASTRO. Participação em banca de Adelina Malvina Barbosa Nunes. Panorama do sexismo na comunidade remanescente quilombola de sapé em Minas Gerais. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

2.
TEIXEIRA, P. C.; RIBEIRO, S. D.; CASTRO. Participação em banca de Ana Heide de Lima Celestino. Uma análise sobre os rebatimentos da participação da mulher nos grupos de acompanhamento do serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família - PAIF. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

3.
TEIXEIRA, P. C.; RIBEIRO, S. D.; CASTRO. Participação em banca de Ana Maria Brandão de Jesus. Rede Ativa. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

4.
TEIXEIRA, P. C.; RIBEIRO, S. D.; CASTRO. Participação em banca de Cristiane Gonçalves Martins. Inserção das políticas públicas de gênero: desafios postos a gestão do município de Coronel Fabriciano. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

5.
TEIXEIRA, P. C.; RIBEIRO, S. D.; CASTRO. Participação em banca de Gledson Olimpio Pagung Souza. Diagnóstico da violência na cidade de Ipatinga no ano de 2013. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

6.
TEIXEIRA, P. C.; RIBEIRO, S. D.; CASTRO. Participação em banca de Laila Marta Silva. Profissão docente: a trajetória da profissionalização de professoras universitárias e pardas no Vale do Aço. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

7.
TEIXEIRA, P. C.; RIBEIRO, S. D.; CASTRO. Participação em banca de Marcos Sales Bezerra. Educação e políticas públicas de raça: um estudo sobre a Lei Federal nº 10.639/2003 e sua aplicação prática em uma escola pública no município de Cariacica (ES). 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

8.
TEIXEIRA, P. C.; RIBEIRO, S. D.; CASTRO. Participação em banca de Mariana Lopes Soares. A luta pela tradição do Congado em Ipatinga (MG). 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

9.
TEIXEIRA, P. C.; RIBEIRO, S. D.; CASTRO. Participação em banca de Pedro Caetano Gomes Rodrigues. Lei nº 12.470 de 31 de agosto de 2011: aspectos positivos e negativos da Lei que permite que "donas de casa / baixa renda" contribuam com a Previdência Social com alíquota reduzida. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

10.
PASSOS, D. O. R.; CASTRO; RIBEIRO, S. D.. Participação em banca de Walisson Coelho dos Santos. Educação e homossexualidade: a representatividade homossexual e a homofobia no ambiente escolar. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

11.
PASSOS, D. O. R.; CASTRO; RIBEIRO, S. D.. Participação em banca de Sônia Paula Verona. Considerações sobre o preconceito em relação à mulher. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

12.
PASSOS, D. O. R.; CASTRO; RIBEIRO, S. D.. Participação em banca de Neide dos Reis Neves. A evasão de adolescentes negras nas escolas públicas. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

13.
PASSOS, D. O. R.; CASTRO; RIBEIRO, S. D.. Participação em banca de Mateus Campos Cunha. Análise do projeto de lei Federal nº 6.738/13 que cria cotas raciais em concursos públicos federais, face ao princípio constitucional da igualdade. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

14.
PASSOS, D. O. R.; CASTRO; RIBEIRO, S. D.. Participação em banca de Luziene Rosa da Silva Lobo. Educação Física e igualdade de gênero e raça na Escola Estadual Dr. Antero Chaves. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

15.
PASSOS, D. O. R.; CASTRO; RIBEIRO, S. D.. Participação em banca de Julia Luiza Bento Pereira. O bullying de gênero no ambiente escolar: suas raízes, dimensões e implicações. Há soluções?. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

16.
PASSOS, D. O. R.; CASTRO; RIBEIRO, S. D.. Participação em banca de Geralda Pereira Rodrigues. Famílias monoparentais matrifocais: um estudo de caso. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

17.
PASSOS, D. O. R.; CASTRO; RIBEIRO, S. D.. Participação em banca de Ana Maria Tavares de Paula. Os serviços de atendimento de Conselheiro Lafaiete e a violência doméstica contra a mulher. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

18.
PASSOS, D. O. R.; CASTRO; RIBEIRO, S. D.. Participação em banca de Arinda França Régis. Mulheres em situação de vulnerabilidade e risco social no município de Conselheiro Lafaiete. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

19.
PASSOS, D. O. R.; CASTRO; RIBEIRO, S. D.. Participação em banca de Catlen Nascimento Alves. O sistema de cotas como instrumento de redução das desigualdades raciais no Brasil. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

20.
MARONA, M. C.; CASTRO; FONTES, R. B.. Participação em banca de Tatiana Aparecida da Costa. Violência doméstica contra a mulher e os serviços de atendimento no município de Conselheiro Lafaiete (MG). 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

21.
MARONA, M. C.; CASTRO; FONTES, R. B.. Participação em banca de Vanessa Gonçalves do Carmo Eugênio. Exame preventivo do câncer uterino: um enfoque à saúde da mulher. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

22.
FONTES, R. B.; CASTRO; SILVA, M. D.. Participação em banca de Nelson Jorge Tarabal. Educação e inclusão de pessoas portadoras de doenças mentais: um desafio para as políticas públicas. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

23.
MARONA, M. C.; CASTRO; RIBEIRO, S. D.. Participação em banca de Lucinéa de Souza Pereira. Escolarização das camadas populares: inclusão educacional feminina via reserva de vaga social modalidade renda. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

24.
CASTRO; SOUZA, Eron Geraldo; ALVES, Fernanda Isoni. Participação em banca de Fernando Silveira de Abreu. A inserção do homem negro no mercado de trabalho brasileiro. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

25.
CASTRO; SOUZA, Eron Geraldo; ALVES, Fernanda Isoni. Participação em banca de Maria Jaqueline Duarte. Os aspectos da diversidade etnicoracial na gestão da escola democrática. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

26.
CASTRO; SOUZA, Eron Geraldo; ALVES, Fernanda Isoni. Participação em banca de Nathalie Divina Cornélio Teixeira. Impactos do Programa Bolsa Família na questão de gênero. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

27.
CASTRO; SOUZA, Eron Geraldo; ALVES, Fernanda Isoni. Participação em banca de Oleones Maria Dutra. A abordagem e representação do negro no livro didático. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

28.
CASTRO; SOUZA, Eron Geraldo; ALVES, Fernanda Isoni. Participação em banca de Elci Silveira de Abreu Almeida. A realidade das mulheres negras no Brasil: o caso da cidade de Ipatinga (MG). 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

29.
CASTRO; SOUZA, Eron Geraldo; ALVES, Fernanda Isoni. Participação em banca de Genelice Miranda Silva Pereira. A violência doméstica contra a mulher: a vulnerabilidade nas relações de gênero. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

30.
CASTRO; SOUZA, Eron Geraldo; ALVES, Fernanda Isoni. Participação em banca de Regiane Beatriz Corrêa. Discriminações etnicoraciais e de gênero: o caso da Escola Municipal Silvia Nunes (Casa Grande - MG). 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

31.
SOUZA, Eron Geraldo; CASTRO; ALVES, Fernanda Isoni. Participação em banca de Alzenite de Araújo Verçosa. Racismo na escola: o silêncio fala mais alto. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

32.
SOUZA, Eron Geraldo; CASTRO; ALVES, Fernanda Isoni. Participação em banca de Clever Alves Machado. A trajetória da mulher quilombola mineira. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

33.
SOUZA, Eron Geraldo; CASTRO; ALVES, Fernanda Isoni. Participação em banca de Edmilson Silva Pereira. A lei Maria da Penha: os reflexos do cotidiano das mulheres vítimas de violência. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

34.
SOUZA, Eron Geraldo; CASTRO; ALVES, Fernanda Isoni. Participação em banca de Giuliana Herbert Smith dos Santos. Reserva de vagas para alunos negros no Ensino Superior Público: um instrumento de promoção da cidadania?. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

35.
SOUZA, Eron Geraldo; CASTRO; ALVES, Fernanda Isoni. Participação em banca de Lorena Maciel Costa. Movimentos feministas e políticas para as mulheres: a importância da participação popular para a formulação de políticas públicas de qualidade. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

36.
SOUZA, Eron Geraldo; CASTRO; ALVES, Fernanda Isoni. Participação em banca de Vinício Araújo Martins. Medidas socioeducativas na perspectiva de gênero: a predominância masculina nos serviços de medidas socioeducativas do Vale do Aço. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

37.
ALVES, Fernanda Isoni; CASTRO; SOUZA, Eron Geraldo. Participação em banca de Bruno Cabral França. No mapa da desigualdade: a inserção no mercado de trabalho pelo viés da raça para Minas Gerais no ano de 2009. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

38.
ALVES, Fernanda Isoni; CASTRO; SOUZA, Eron Geraldo. Participação em banca de Iaurea Pereira Marques. O programa Bolsa Família e a geração de renda em Itinga - MG. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

39.
ALVES, Fernanda Isoni; CASTRO; SOUZA, Eron Geraldo. Participação em banca de Jacqueline Macedo dos Santos. A economia solidária como estratégia de desenvolvimento econômico e social para mulheres no município de Ouro Preto. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

40.
ALVES, Fernanda Isoni; CASTRO; SOUZA, Eron Geraldo. Participação em banca de Juarez Horta Fernandes. Refletindo sobre as relações raciais no espaço escolar. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

41.
ALVES, Fernanda Isoni; CASTRO; SOUZA, Eron Geraldo. Participação em banca de Luciana Soares Mendes. Capacitação profissional para mulheres negras inseridas no CRAS Alto da Cruz: problematização do tema com ênfase de gênero e raça. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

42.
ALVES, Fernanda Isoni; CASTRO; SOUZA, Eron Geraldo. Participação em banca de Maria Letícia Chapuis da Costa. Projeto Viva a Infância: plano de ação educativa para a reflexão sobre a constituição de gênero entre crianças e adolescentes. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

43.
ALVES, Fernanda Isoni; CASTRO; SOUZA, Eron Geraldo. Participação em banca de Vanessa Santiago da Silva. População negra em situação de rua e sua exclusão do mercado de trabalho formal: um estudo de caso com usuários de drogas em São Paulo. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CASTRO; LANA, V.; AMORIM, E.. Participação em banca de Bruna Batista Ferreira.Corpos em Revolução: a questão da aparência e da feminilidade da mulher brasileira através da ?Nova Enciclopédia da Mulher? (décadas de 1960 e 1970). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Minas Gerais.

2.
CASTRO; SILVA, T. G.; CHAGAS, Fábio. Participação em banca de Patrícia Saturnino Silva.A Lei 10.639/2003 em Carangola, MG: iniciativas, dilemas e dificuldades no combate à invisibilização da cultura africana na Educação Básica. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Minas Gerais.

3.
OLIVEIRA, G. S.; CASTRO; AMORIM, E.. Participação em banca de Bruna Rosa da Silva."O Dote da Santa": novas perspectivas sobre a formação da cidade de Santa Margarida - MG (1842 - 1866). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Minas Gerais.

4.
AMORIM, E.; CASTRO; CORREA, R. R.. Participação em banca de Luciana do Carmos Narciso.Heavy Metal mineiro dos aos de 1980: expoente de (re)construção identitária. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Minas Gerais.

5.
CHAGAS, Fábio; CASTRO; CORREA, R. R.. Participação em banca de Sauanna Stelle Soares Amorim.A tatuagem em perspectiva histórica e cultural: estudo de caso em Espera Feliz, MG. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Minas Gerais.

6.
CHAGAS, Fábio; CASTRO; CORREA, R. R.. Participação em banca de Anderson B. Souza e Leidiane G. Souza.Educação quilombola na comunidade de São Pedro de Cima, de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Quilombola na Educação Básica. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Minas Gerais.

7.
AMORIM, E.; CASTRO; SILVA, T. G.. Participação em banca de Leonardo Vargas da Silva.América espanhola e América portuguesa: uma análise historiográfica comparativa entre os processos de emancipação dos países latino-americanos. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Minas Gerais.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
CASTRO. Comissão de Avaliação - Edital 01/2018 Papq/UEMG. 2018. Universidade do Estado de Minas Gerais.

2.
CASTRO. Comissão de Avaliação - Edital 01/2018 PAEx/UEMG. 2018. Universidade do Estado de Minas Gerais.

3.
CASTRO. Comitê Avaliador do Edital 07/2017 ? Prêmio de Estímulo ao Desenvolvimento de Projetos de Pesquisa (PEDP). 2017. Universidade do Estado de Minas Gerais.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Congresso Internacional de Educação: Diversidade, Formação e Saberes Docentes. 2018. (Congresso).

2.
XXI Encontro Regional de História - Anpuh/MG.História da historiografia da psicanálise no Brasil: a recepção da teoria freudiana no início do século XX. 2018. (Encontro).

3.
17º Seminário de Pesquisa e Extensão.Reflexões sobre a aplicação da Lei 10.639/2003 na rede estadual de ensino no município de Carangola (MG). 2015. (Seminário).

4.
Semana UEMG - Diversidade e afrodescendência.Iniciativas e dificuldades na aplicação da Lei 10.639/03, na rede estadual de ensino no município de Carangola. 2015. (Outra).

5.
8º Seminário Brasileiro de História da Historiografia.Original, diletante ou adaptado? A história da historiografia da psicanálise no Rio de Janeiro. 2014. (Seminário).

6.
XI Encontro Clio-Psyché: Discursos e práticas na História da Psicologia.Juliano Moreira e a psicanálise carioca: novos instrumentos para a psiquiatria (1910-1930). 2014. (Encontro).

7.
XIX Encontro Regional de História - ANPUH MG.Psicodiagnóstico de uma nação: os psiquiatras cariocas e a leitura psicanalítica do Brasil (1920-1930). 2014. (Encontro).

8.
2ª Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde.A geração de psiquiatras leitores de Freud no Rio de Janeiro (décadas de 1910 e 1920). 2013. (Outra).

9.
7ª Simpósio Nacional de História da Historiografia.Comunicação. 2013. (Simpósio).

10.
XI Encontro de Pesquisadores em História da Psicologia.Do ?id primitivo? ao ?ego civilizado?: recepção e institucionalização da psicanálise no Rio de Janeiro (1926-1944). 2013. (Encontro).

11.
XVII Encontro Regional - ANPUH (MG).Recepção e circulação da teoria psicanalítica no Rio de Janeiro (1926-1944). 2012. (Encontro).

12.
XXIX Semana de História UFJF.Do ?id primitivo? ao ?ego civilizado?: a psicanálise como ferramenta civilizadora (1926-1944). 2012. (Encontro).

13.
5 Seminário Nacional de História da Historiografia: biografia e história intelectual.REcepção da psicanálise pela psiquiatria no Rio de Janeiro (1914-1944): atores, fontes e horizontes de expectativas. 2011. (Seminário).

14.
Anpocs. "Psicanálise de uma civilização": os psiquiatras e a recepção da teoria freudiana no Rio de Janeiro (1914-1944). 2011. (Congresso).

15.
Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde.Os psiquiatras e a recepção da psicanálise no Rio de Janeiro (1914-1944). 2011. (Encontro).

16.
XXVI Simpósio Nacional de História - Anpuh.Os psiquiatras e a recepção da psicanálise no Rio de Janeiro (1914-1944): recorte cronológico, atores, fontes e horizontes de expectativas. 2011. (Simpósio).

17.
XXXIII Congresso Interamericano de Psicología: por la salud de los pueblos. A recepção da psicanálise na América Latina. 2011. (Congresso).

18.
3° Seminário Nacional de História da HIstoriografia: aprender com a história?.O caráter histórico das reflexoes de Sigmund Freud "sobre a guerra e a morte" (1915). 2009. (Seminário).

19.
XXVI Semana de História da UFJF.A Primeira Guerra Mundial e o fim da Belle Époque: Sigmund Freud e suas reflexões "sobre a guerra e a morte" (1915). 2009. (Seminário).

20.
VIII Semana de História da UFSJ.O impacto da Primeira Guerra Mundial sob o sentimento de felicidade da sociedade da ?Belle Époque", segundo Sigmund Freud (1915-1933). 2008. (Seminário).

21.
Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana. 2007. (Oficina).

22.
Seminário Nacional de História da Historiografia: historiografia brasileria e modernidade.História cultural e história das idéias psicológicas: uma compreensão da crise de sentido do homem contemporâneo. 2007. (Seminário).

23.
XV Seminário de Iniciação Científica da UFOP.Crise de sentido e contemporaneidade: Edith Stein e o conceito de pessoa. 2007. (Seminário).

24.
XXXVII Reunião Anual de Psicologia. Crise de sentido e contemporaneidade: uma compreensão através das psicologias Existencial-Humanista e Fenomenológica. 2007. (Congresso).

25.
I Seminário de História do ICHS: caminhos da historiografia brasileira contemporânea.A contribuição da história oral: a importância de "Seu" Antonio Pereira para a permanência da memória de sua comunidade. 2006. (Seminário).

26.
I Simpósio Estado, Região e Sociedade.I Simpósio Estado, Região e Sociedade. 2006. (Simpósio).

27.
VIII Ciclo de Estudos da Religião: Cristianismo: Ritos e Representações. 2006. (Congresso).

28.
XIV Seminário de Iniciação Científica.Crise de sentido e contemporaneidade: o início de um estudo. 2006. (Seminário).

29.
Alternativas Metodológicas para História Econômica e Social.I Colóquio Do Lahes. 2005. (Outra).

30.
Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana.Museu e as Cidades. 2005. (Seminário).

31.
I Encontro Memorial do ICHS. 2004. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CASTRO. 1º Ciclo de Palestras do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Ensino, Teoria da História e Historiografia (NEPETHH). 2017. (Outro).

2.
CASTRO; CORREA, R. R. ; ANDRADE, V. S. ; SOUZA, J. P. . 1º Seminário do Grupo de Pesquisa de História da Zona da Mata mineira. 2016. (Outro).

3.
CASTRO; COSENZA, B. ; LYRA, G. H. ; BITTENCOURT, A. H. C. . 18º Seminário de Pesquisa e Extensão - UEMG. 2016. (Outro).

4.
CASTRO; LYRA, G. H. ; MELO, E. . Semana UEMG - Diversidade e afrodescendência. 2015. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Almerinda de Souza Cunha Oliveira. Fórum permanente de educação étnico-racial do Estado do Acre e a Lei 10.639/2003. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Rafael Dias de Castro.

2.
Francisco Charles Fernandes Falcão. Problemas e importância na aplicação da Lei 11.645/2008 na Rede Estadual de Ensino do município de Rio Branco - Acre. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Rafael Dias de Castro.

3.
Vanessa Alves de Andrade de Souza. A inserção das mulheres de baixa renda como seguradas do regime geral de previdência social: um olhar diferenciado para as mulheres do Alto Acre. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Rafael Dias de Castro.

4.
Pâmera Katrinny Nascimento Silva. A discriminação das mulheres dependentes de substâncias psicoativas: alguns casos no interior do Acre. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Rafael Dias de Castro.

5.
Edilene Pereira de Oliveira. Educação superior: um estudo sobre a política de ação afirmativa na Universidade Federal do Acre - UFAC. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Rafael Dias de Castro.

6.
Jamilla Florêncio da Silva. O papel da mulher provedora do lar. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Rafael Dias de Castro.

7.
Eucilene Ferreira de Lima. A produção de material didático específico na educação escolar indígena do povo Shawãdawa do Estado do Acre. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Rafael Dias de Castro.

8.
Elci Silveira de Abreu Almeida. A realidade das mulheres negras no Brasil: o caso da cidade de Ipatinga (MG). 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Rafael Dias de Castro.

9.
Fernando Silveira de Abreu. A inserção do homem negro no mercado de trabalho brasileiro. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Rafael Dias de Castro.

10.
Genelice Miranda Silva Pereira. A violência doméstica contra a mulher: a vulnerabilidade nas relações de gênero. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Rafael Dias de Castro.

11.
Maria Jaqueline Duarte. Os aspectos da diversidade etnicoracial na gestão da escola democrática. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Rafael Dias de Castro.

12.
Nathalie Divina Cornélio Teixeira. Impactos do Programa Bolsa Família na questão de gênero. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Rafael Dias de Castro.

13.
Oleones Maria Dutra. A abordagem e representação do negro no livro didático. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Rafael Dias de Castro.

14.
Regiane Beatriz Corrêa. Discriminações etnicoraciais e de gênero: o caso da Escola Municipal Silvia Nunes (Casa Grande - MG). 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Rafael Dias de Castro.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Patrícia Saturnino Silva. A Lei 10.639/2003 em Carangola - MG: Iniciativas, dilemas e dificuldades no combate a invisibilização da cultura africana na Educação Básica. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Rafael Dias de Castro.

2.
Bruna Batista Ferreira. Corpos em revolução: a questão da aparência e da feminilidade da mulher brasileira através da Nova Enciclopédia da Mulher (décadas de 1960 e 1970). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Rafael Dias de Castro.

Iniciação científica
1.
Bruna Batista Ferreira. Corpos em revolução: a questão da aparência e da feminilidade da mulher brasileira através da ?Nova Enciclopédia da mulher? (décadas de 1960 e 1970). 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade do Estado de Minas Gerais, PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À PESQUISA ? PAPq/PROUEMG. Orientador: Rafael Dias de Castro.

Orientações de outra natureza
1.
Thuanne Aparecida de Souza e Souza. Núcleo de Estudos e Pesquisas em Ensino, Teoria da História e Historiografia. 2017. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Minas Gerais, UEMG. Orientador: Rafael Dias de Castro.

2.
Thuanne Aparecida de Souza e Souza. Lei 10.639/2003: perspectivas e desdobramentos na rede estadual de ensino no município de Carangola ? Minas Gerais. 2016. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Rafael Dias de Castro.

3.
Patrícia Saturnino Silva. Lei 10.639/2003: perspectivas e desdobramentos na rede estadual de ensino no município de Carangola ? Minas Gerais. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Minas Gerais, UEMG. Orientador: Rafael Dias de Castro.



Outras informações relevantes


Filiado à Associação Nacional de História (ANPUH) desde 2009. 
Pesquisador vinculado a Sociedade Brasileira de Teoria e História da Historiografia (SBTHH), desde 2011.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/10/2018 às 8:22:28