Glaucia Regina Vianna

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4494064730870886
  • Última atualização do currículo em 15/03/2018


Possui graduação em Psicologia pela Universidade Gama Filho (2001), Especialização em Psicanálise e Saúde Mental pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (2003), Mestrado em Memória Social pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2010), Doutorado em Memória Social pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2014) e Pós-doutoranda na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Pesquisadora do Laboratório de Práticas Sociais e Pesquisas sobre a Violência. PPGMS/UNIRIO. Publicou pela Editora Contracapa: Apontamentos em Memória Social; pela Editora Juruá: Trauma, Memória e Violência em coautoria com Francisco Ramos de Farias; Melancolia e Memória em coautoria com Francisco Ramos de Farias. Capítulos de livros e artigos em periódicos nacionais. Tem experiência na área de Psicologia clínica e Atua principalmente nos seguintes temas: Estados melancólicos, memória social, violência, experiência traumática e criação. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Glaucia Regina Vianna
Nome em citações bibliográficas
VIANNA, G. R.


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2014
Doutorado em Memória Social.
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Título: Do estado de impotência à prática da violência: vestígios e rastros de memória, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Francisco Ramos de Farias.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: truama; violência; impotência; exclusão; vestígios de memória.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicanálise.
Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.
2008 - 2010
Mestrado em Memória Social.
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Título: Estados melancólicos: 0 poder da criação nas ruínas de memória,Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Francisco Ramos de Farias.
2002 - 2002
Especialização em Psicanálise e saúde mental. (Carga Horária: 510h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: Considerações sobre o fenômeno psicossomático na clínica psicanalítica.
Orientador: Márcia Mello de Lima.
1996 - 2001
Graduação em Psicologia.
Universidade Gama Filho, UGF, Brasil.


Pós-doutorado


2017
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
2016
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
2015
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Outros


Formação Complementar


1999 - 1999
Curso de Curta Duração.
Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro, SCM/RJ, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pos-doutorando, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PNPD, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor- Psicologia Institucional, Carga horária: 60, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor de Introdução a Psicologia, Carga horária: 60

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor- Psicologia Institucional, Carga horária: 60, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor de Teorias Psicológicas, Carga horária: 60

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor- Psicologia Institucional, Carga horária: 60, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor- Psicologia Institucional, Carga horária: 60, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2011 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Proessor tutor a distância, Carga horária: 10

Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Tutor a distânia, Enquadramento Funcional: Tutor a distância, Carga horária: 20


Universidade Gama Filho, UGF, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 5
Outras informações
Trata-se de um projeto de reintegração social, realizado em parceria entre a UGF e II Vara da infância e juventude

Atividades

08/2000 - 07/2001
Estágios , Serviço de Psicologia Aplicada, .

Estágio realizado
Psicoterapia infantil.
08/2000 - 07/2001
Estágios , Serviço de Psicologia Aplicada, .

Estágio realizado
Atendimento na justiça da infância e juventude.
04/1999 - 01/2001
Estágios , Secretária Municipal de desenvolvimento social, .

Estágio realizado
Reintegração familiar e social para crianças em situação de risco social.
03/1999 - 12/1999
Estágios , Serviço de Psicologia Aplicada, .

Estágio realizado
Atendimento à vítimas da violência.
03/1999 - 06/1999
Estágios , Serviço de Psicologia Aplicada, .

Estágio realizado
Atividades didáticas referentes a disciplina Prática laboratorial de psicofisiologia.
08/1997 - 12/1997
Estágios , Sociedade Pestalozzi do Brasil, .

Estágio realizado
Psicologia aplicada.


Projetos de pesquisa


2013 - Atual
O ato de educar e suas incidências no campo da criminalidade
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Glaucia Regina Vianna - Integrante / Francisco Ramos de Farias - Coordenador / BRAZ, José Mauro de Oliveira - Integrante.
2012 - 2017
A construção da memória da educação prisional no Estado do Rio de Janeiro

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Francisco Ramos de Farias em 14/03/2018.
Descrição: Pretende-se, nesta pesquisa, produzir uma reflexão acerca da política pública de educação em prisões considerando a criação, implementação, funcionamento e seus resultados em termos da remissão da pena e da possibilidade de construção de alternativas que possibilitem a recuperação do sujeito criminoso para a sociedade. Para tanto será feito um rastreamento em decretos, leis, resoluções e outros documentos oficinais, como também uma revisão de literatura sobre o assunto. Em seguida será realizado o registro desses documentos por intermédio de vídeo gravação. Enfim será montado um laboratório de práticas sociais e pesquisas sobre a violência para a produção de um acervo sobre a temática da escola em prisões e será criado também um espaço de orientação para presos em regime semiaberto e em liberdade condicional que demonstrem interesse pela educação escolar. Além disso, espera-se também orientar aqueles que desejam encaminhar-se pela inserção no mercado de trabalho. Ainda aventa-se a possibilidade de encaminhamento a instituições de saúde pública para aqueles que trazem visivelmente marcas indeléveis da estadia nas prisões, bem como aqueles que pretendem elaborar a condição de criminoso. A parceria de instituições distintas com profissionais de diversas áreas pode ser considerada em termos de estratégias para esta finalidade. Com isso, esperamos produzir visibilidade sobre a iniciativa pioneira do estado do Rio de Janeiro em criar condições para a criação de escolas em prisões visando à profissionalização dos presos no sentido de prepara-los para o mercado de trabalho. Nesse sentido, serão feitos registros fotográficas e imagéticos das escolas nas prisões para a confecção de um dossiê que será vertido em DVD, livros, artigos entre outros produtos que poderão ser encaminhados a outros estados do país. Assim far-se-á circular pelos meios midiáticos e em fóruns de divulgação científica um retrato da realidade da educação nas prisões...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Glaucia Regina Vianna - Integrante / Francisco Ramos de Farias - Coordenador / José Paulo de Morais Souza - Integrante / Diana de Souza Pinto - Integrante / Lobélia da Silva Faceira - Integrante / José Mauro de Oliveira Braz - Integrante.Financiador(es): FAPERJ - Auxílio financeiro.
2011 - 2016
Reclusão, desinternação e desinstitucionalização do loucocriminoso no contexto das instituições de custódia e tratamento: a construção da memória do manicômio Heitor Carrilho

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Francisco Ramos de Farias em 14/03/2018.
Descrição: Este projeto insere-se na rubrica interdisciplinar, especialmente na confluência das seguintes subáreas do saber científico: memória social, criminologia clínica, psicologia jurídica, psicopatologia forense e saúde mental, visando também a subsidiar reflexões sobre os debates que cercam a vertente histórica da produção da categoria loucocriminoso e o processo de sua reclusão, rastreando elementos para a construção de memória social dos manicômios judiciários, em especial, o Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico Heitor Carrilho. A proposta sobre a construção da memória do Hospital Heitor Carrilho à luz do cenário das instituições de custódia e tratamento tem como suporte as seguintes metas: em primeiro lugar, situar a produção social da categoria loucocriminoso considerando a conjunção do saber médico com o saber jurídico. Em segundo lugar, refletir sobre o processo de criação de instituições híbridas de reclusão com finalidade de tratamento em regime de custódia seguindo o modelo das instituições prisionais e das instituições destinadas aos doentes mentais. Em terceiro lugar, analisar o impacto da lei 10216 da Reforma Psiquiátrica de 2001 em sua proposta de desospitalização dos doentes mentais rompendo com o modelo assistencialista de saúde mental que teve como efeito principal o esquecimento e o abandono dos loucos segregados em instituições. Além disso, a Reforma Psiquiátrica, apresentou uma modalidade de a sociedade se relacionar com a loucura considerando que os usuários de saúde mental podem conviver nas cidades, ocupar postos de trabalho e participar de atividades culturais. A política de saúde pública, embutida na Reforma Psiquiátrica, confronta-se então com as diretrizes que regem os manicômios judiciários, visto que são os espaços que apresentam as mais poderosas formas de repressão e controle, mesclando a cultura das instituições prisionais com a cultura das instituições psiquiátricas...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Glaucia Regina Vianna - Integrante / Francisco Ramos de Farias - Coordenador / Diana de Souza Pinto - Integrante / Lobélia da Silva Faceira - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2010 - Atual
Do estado de impotência à prática da violência: vestígios e rastros de memória
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Glaucia Regina Vianna - Coordenador / Francisco Ramos de Farias - Integrante.


Revisor de periódico


2016 - 2016
Periódico: Mouseion (UniLasalle)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Memória Social.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Jurídica.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicanálise.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Social.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
VIANNA, G. R.2017VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . Memórias violentas: a persistência da vivência traumática nos vácuos do esquecimento. MOUSEION (UNILASALLE), v. 0, p. 113-127, 2017.

2.
VIANNA, G. R.2015VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . A Experiência traumática do desamparo e impotência:circuitos repetitivos da violência. CADERNOS DE PSICANALISE, v. 31, p. 205-222, 2015.

3.
VIANNA, G. R.2011VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . Da passagem ao ato ao ato de criação. PSICANÁLISE & BARROCO EM REVISTA, v. 10, p. 78-97, 2011.

4.
VIANNA, G. R.2008VIANNA, G. R.. A dor de existir nas ruinas da memória. ACTAS FREUDIANAS, v. 3, p. 97-132, 2008.

5.
VIANNA, G. R.2008VIANNA, G. R.. Narradores melancólicos: literatura testemunhal e a construção de uma memória. MORPHEUS (UNIRIO. ONLINE), v. 8, p. 56-68, 2008.

6.
VIANNA, G. R.2006VIANNA, G. R.. Considerações sobre o fenômeno psicossomático na clínica psicanalítica. ACTAS FREUDIANAS, v. 2, p. 68-93, 2006.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . Melancolia e Memória. O poder da criação em Estados de ruínas. 1ª. ed. Herstellung: Novas edições acadêmicas, 2017. v. 1. 87p .

2.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . Trauma, memória e violência. 1. ed. Curitiba: Juruá, 2015. v. 1. 141p .

3.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . Trauma, Memória e violência. 1. ed. Curitiba: Juruá, 2015. v. 1. 178p .

4.
FARIAS, F. R. ; VIANNA, G. R. ; Scaffo,F ; OROZCO, R. A. P. . Quatro questionamentos sobre a violência. 1. ed. Rio de Janeiro: Contra Capa, 2014. v. 1. 174p .

5.
FACEIRA, L. S. ; FARIAS, F. R. ; VIANNA, G. R. ; Souza, J ; Scaffo,F . Faces e interfaces da violência: contexto social, criminalização e controle dos excluídos. 1. ed. ARACAJÚ: TVMED, 2013.

Capítulos de livros publicados
1.
VIANNA, G. R.. Desigualdade e Segregação: engrenagens para o circuito repetitivo do crime. In: Lobélia da Silva Faceira; Francisco Ramos de Farias. (Org.). Punição e prisão: ensaios críticos. 1ed.Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2015, v. 1, p. 105-122.

2.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . Presos nas cadeias de Memória. In: TRIMBOLI, A.; FANTIN, J. C.; RAGGI, S.; GRANDE, E.; FRIEDMAN, P. e BERTRAN. (Org.). Lecturas de le memória: ciência, clínica y política. 1ed.Buenos Aires: AASM, 2015, v. 1, p. 226-228.

3.
OROZCO, R. A. P. ; FARIAS, F. R. ; VIANNA, G. R. . Violência, sociedade e memória em contextos contemporâneos. In: TRIMBOLI, A.; FANTIN, J. C.; RAGGI, S.; GRANDE, E.; FRIEDMAN, P. e BERTRAN, G. (org.) Lecturas de la memória. Ciência, clínica y politica. (Org.). Lecturas de la memória. Ciência, clínica y política. 1ed.Buenos Aires: AASM, 2015, v. 1, p. 228-234.

4.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. ; FACEIRA, L. S. . A ESCOLA NO SISTEMA PRISIONAL: IMPASSES E CONTRADIÇÕES. In: TRIMBOLI, A.; FANTIN, J. C.; RAGGI, S.;GRANDE, E.; FRIDMAN, P. e BERTRAN, G. (ORG.). (Org.). Lecturas de la memória. Ciência, clínica y política. 1ed.Buenos Aires: AASM, 2015, v. 1, p. 462-465.

5.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . O homo violens e suas memórias melnacólicas. In: TRIMBOLI, A. et al.. (Org.). Diagnostico o estigma?. 1ed.Buenos Aires: AASM, 2012, v. 1, p. 231-233.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
FARIAS, F. R. ; VIANNA, G. R. ; Luana Mara Nunes ; BATISTA, B. C. . Os efeitos da educação de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social: punição e criminalização. In: VI Seminário internacional Direitos Humanos, violência e pobreza: a situação de crianças e adolescentes na América Latina, 2016, Rio de Janeiro. VI Seminário internacional Direitos Humanos, violência e pobreza: a situação de crianças e adolescentes na América Latina. Rio de Janeiro: editora rede Sirius/UERJ, 2016.

2.
VIANNA, G. R.; LEVY, S. D. ; FARIAS, F. R. . A experiência traumatica na vida de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. In: IV Jornada Mercosul: Memória, amabiente e patrimônio, 2016, Canoas. IV Jornada Mercosul: Memória, amabiente e patrimônio. Canoas/RS: La Salle, 2016. v. 1. p. 347-354.

3.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. ; Scaffo,F . Memórias traumáticas: incremento para o fortalecimento do circuito repetitivo da violência. In: 45ª Reunião anual da sociedade brasilira de Psicologia, 2015, Belo Horizonte. 45ª Reunião anual da sociedade brasileira de Psicologia. São Paulo: TV MED, 2015.

4.
FARIAS, F. R. ; VIANNA, G. R. ; OROZCO, R. A. P. . Contradições e impasses sociais das práticasem ambientes prisionais. In: 45ª Reunião anual da sociedade brasileira de Psicologia, 2015, Belo Horizonte. 45ª Reunião da sociedade brasielira de Psicologia. Belo Horizonte: TV MED, 2015.

5.
VIANNA, G. R.. Reações a experiência de impotência: signos da violência. In: II CONINTER, 2013, Belo Horizonte. Anais e Cadernos de Resumos. Belo Horizonte: Aniter-SH, 2013. v. 1.

6.
VIANNA, G. R.. Trauma, estados melancólicos, memória e criação: de Aristóteles a Freud uma luz na escuridão.. In: IV Congresso de ULAPSI, 2012, Montevideo. Construindo La Identidade Latinoamericana de la Psicologia. Montevideo, 2012.

7.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. ; Scaffo,F . A violência e práticas prisionais: rastros de memória e transmissão de hábitos. In: IV Congresso de ULAPSI, 2012, Montevideo. Construindo La Identidade Latinoamericana de la Psicologia. Montevideo, 2012.

8.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . Experiência traumática, impotência, violência e criação. In: IV Congresso de ULAPSI, 2012, Montevideo. Construindo La Identidade Latinoamericana de la Psicologia. Montevideo, 2012.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . A escola no sistema prisional: impasses e contradições. In: Lecturas de la memória. Ciência, clínica e política, 2015, Buenos Aires. Lecturas de la memória. Ciência, clínica y política. Buenos Aires: cidade autônoma de Buenos Aires: AASM, 2015. v. 1. p. 462-465.

2.
VIANNA, G. R.. Trauma e violência: engrenagens para o circuito repetitivo do crime. In: Leituras da memória. Ciência, clínica e política, 2015, Buenos Aires. Leituras da memória. Ciência, clínica e política. Buenos Aires: cidade autonoma de Buenos Aires: AASM, 2015. v. 1.

3.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . Presos nas cadeias de memória. In: Lecturas de la memória. Ciência, clínica y política, 2015, Buenos Aires. Leiturtas da memória. Ciência, clínica e política. Buenos Aires: Cidade autonoma de Buenos Aires: AASM, 2015. v. 1. p. 226-228.

4.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . A experiência de impotência como propulsora do circuito repetitivo da violência. In: 3 Congresso Internacional e Interdisciplinar em Sociais e humanidades, 2014, Salvador. CONINTER 3 Congresso Internacional e interdisciplinar em Sociais e Humanidades, 2014. v. 18.

5.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . O homo violens e suas memórias melancólicas. In: Diagnóstico o estigma?, 2012, Buenos Aires. DIAGNOSTICO O ESTIGMA? ENCRUZILHADAS ÉTICAS. BUENOS AIRES: BUENOS AIRES: AASM, 2012. v. 1. p. 231-233.

6.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . A experiência de impotência e a violência: trauma e memória. In: IX Semana de Integração Acadêmica, 2011, Rio de Janeiro. Anais IX Semana de Integração Acadêmica. Rio de Janeiro: UNIRIO, 2011. v. 1. p. 127-130.

7.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . A construção de memória diante dos estados melancólicos: narradores e testemunhos. In: VII Semana de Integração Acadêmica, 2010, Rio de Janeiro. Produção Acadêmica e Visibilidade: a quem atingimos?. Rio de Janeiro: UNIRIO, 2010. v. 1. p. 79-82.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
VIANNA, G. R.. Dá impotência à reincidência: o circuito repetitivo da violência. In: 47ª Reunião da Sociedade Brasileira de Psicologia, 2017, São Paulo. 47ª Reunião da Sociedade Brasileira de Psicologia. São Paulo: SBP, 2017. v. 1. p. 204.

2.
VIANNA, G. R.. Violência praticada contra a infância e adolescência: os efeitos da exclusão social. In: 47ª Reunião da Sociedade Brasileira de Psicologia, 2017, São Paulo. 47ª Reunião da Sociedade Brasileira de Psicologia. São Paulo: SBP, 2017. v. 1. p. 239-239.

3.
VIANNA, G. R.. A infância e adolescência excluída: à banalidade da vida. In: 46ª Reunião anual da Sociedade Brasileira de Psicologia, 2016, Fortaleza. 46ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia. Brasília: SBP, 2016. v. 1. p. 49-49.

4.
VIANNA, G. R.. A violência desvelada na escrita sobre a experiência traumática: enunciação ou denúncia?. In: 46ª Reunião anual da sociedade brasileira de Psicologia, 2016, Fortaleza. 46ª Reunião anual da sociedade brasileira de Psicologia. Brasília: SBP, 2016. v. 1. p. 12-12.

5.
VIANNA, G. R.. A violência das práticas educacionais no contexto da infância e adolescência em situação de vulnerabilidade social. In: 46ª Reunião anual da sociedade brasilaira de Psicologia, 2016, Fortaleza. 46ª Reunião anual da Sociedade Brasileira de Psicologia. BRASILIA: SBP, 2016. v. 1. p. 178-178.

6.
VIANNA, G. R.. A segregação nas raias da loucura: presos do lado de dentro e por fora também. In: Queering Paradigms 4, 2012, Rio de Janeiro. QP4. Rio de Janeiro: QP4, 2012. v. 1. p. 199-200.

7.
Freire, A ; VIANNA, G. R. ; Souza, J ; Pinto, D. . Different voices in the construction on the off a lost child. In: 12º European Congress of Psychology, 2011, Istambul. Abstracts and list of Authors. Istambul: ECP, 2011. v. 1. p. 1187-1187.

8.
FARIAS, F. R. ; VIANNA, G. R. ; Scaffo,F . Social Prodruction on the criminal insane category. In: 12º European Congress of Psychology, 2011, Istambul. Abstracts and list of Authors. Istambul: ECP, 2011. v. 1. p. 1189-1189.

9.
VIANNA, G. R.. About the crime. In: 12º European Congress of Psychology, 2011, Istambul. Abstracts and list of Authors. Istambul: ECP, 2011. v. 1. p. 1186-1186.

Artigos aceitos para publicação
1.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . Memórias violentas: a persistência da vivência traumática nos vácuos do esquecimento. Mouseion (UniLasalle), 2017.

2.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . A experiência traumática do desamparo e impotência: circuitos repetitivos da violência. Cadernos de Psicanalise, 2015.

Apresentações de Trabalho
1.
VIANNA, G. R.; FACEIRA, L. S. ; ALMEIDA, S. F. ; LEVY, Sofia Débora . Violência praticada contra a infância e adolescência: os efeitos da exclusão social. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
VIANNA, G. R.; FACEIRA, L. S. ; ALMEIDA, S. F. . Dá impotência à reincidência: o circuito repetitivo da violência. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
VIANNA, G. R.. A vulnerabilidade social na infância e adolescência: rastros e vestígios da violência. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
FARIAS, F. R. ; VIANNA, G. R. ; BATISTA, B. C. ; Luana Mara Nunes . OS EFEITOS DA EDUCAÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE SOCIAL:PUNIÇÃO E CRIMINALIZAÇÃO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
VIANNA, G. R.; BRAZ, J. M. O. . A escrita sobre a experiência traumática como enunciação de memória. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
VIANNA, G. R.. A violência das práticas educacionais no contexto da infância e adolescência em situação de vulnerabilidade social. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
VIANNA, G. R.. A infância e a adolescência excluída: a banalidade da vida. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
VIANNA, G. R.. A Memória da violência desvelada na escrita sobre a experiência traumática: enunciação ou denuncia?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
VIANNA, G. R.; LEVY, S. D. ; FARIAS, F. R. . A experiência traumática do abandono na vida de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

10.
BATISTA, B. C. ; FARIAS, F. R. ; VIANNA, G. R. . Transformações subjetivas e contradições das escolas em prisões. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
FACEIRA, L. S. ; VIANNA, G. R. ; SCAFFO, M. F. ; BRAZ, J. M. O. ; VARELLA, I. B. ; BARRETO, S. E. . Universidade e prisão: diálogos em cena. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
VIANNA, G. R.. Precisamos falar sobre...crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade: exposição de visão psicologica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . Infâncias traumatizadas: a potência da impotência. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . Presos nas cadeias de memória. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
FARIAS, F. R. ; VIANNA, G. R. ; FACEIRA, L. S. . A Escola no sistema prisional: impasses e contradições. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

16.
FARIAS, F. R. ; OROZCO, R. A. P. ; VIANNA, G. R. . Violência, sociedade e memória em contextos contemporâneos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

17.
VIANNA, G. R.. Trauma e violência: o sujeito aprisionado nas cadeias de memória. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

18.
VIANNA, G. R.. Nos descaminhos da prisão: os limites da educação na escola situada no sistema prisional. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
VIANNA, G. R.. Trauma e violência: engrenages para o circuito repetitivo do crime. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

20.
VIANNA, G. R.. Experiência traumática e vestígios de memória: a potência da impotência. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
VIANNA, G. R.. Crianças em experiência e rua: abandono e infâncias traumáticas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
VIANNA, G. R.. Do Estado de impotência à prática de açōes violentas: o circuito repetitivo da violência. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . Experiência traumática e o circuito repetitivo da violência. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
VIANNA, G. R.. Violência e crime: possíveis respostas ao desamparo por via da reinserção social. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
VIANNA, G. R.. Práticas de Reinserção Social: Impasses e Contradições. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

26.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . Memórias de um duplo homicídio: delírio e destruição. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

27.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . Violência e desamparo: memórias traumáticas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. ; Scaffo,F . Violência conjugal: implicações deletérias para a sexualidade feminina. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
VIANNA, G. R.. Produção e desintegração no vazio melancólico: fendas na memória nos escombros da vida. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
VIANNA, G. R.. ABANDONO E EXCLUSÃO: INFÂNCIAS VIOLENTADAS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

31.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. ; Scaffo,F . A violência e as práticas prisionais: rastros de memória e transmissão de hábitos. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

32.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. ; Scaffo,F . Trauma, estados melancólicos, memória e criação: de Aristóteles a Freud uma luz na escuridão.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

33.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . Experiência traumática, impotência, violência e criação. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . ESTADOS MELANCÓLICOS: O SENTIMENTO DE PERDA E DE PERDIÇÃO. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

35.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. ; Silva, Marcelo Augusto . O processo de desinternação no Hospital Heitor Carrilho: dilemas e conflitos. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
Silva, Marcelo Augusto ; FARIAS, F. R. ; VIANNA, G. R. . Crimes e diagnósticos em um hospital de custódia e tratamento psiquiatrico: levantamentos acerca do resgate da memória social do ilhoHeitor Carr. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . O homo violens e suas memórias melancólicas. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

38.
VIANNA, G. R.. A SEGREGAÇÃO NAS RAIAS DA LOUCURA: PRESOS DO LADO DE FORA E POR DENTRO TAMBÉM. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

39.
VIANNA, G. R.. ESTADOS MELANCÓLICOS: ENTRE A DOR E O SOFRIMENTO O PODER DA CRIAÇÃO NAS RUÍNAS DA MEMÓRIA. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

40.
VIANNA, G. R.. VIOLENTAS MEMÓRIAS: DA EXPERIÊNCIA DE IMPOTÊNCIA À PRÁTICA DA VIOLÊNCIA. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

41.
Silva, Marcelo Augusto ; FARIAS, F. R. ; VIANNA, G. R. . Mecanismos de resgate da Memória Social no hospital de custódia e tratamento psiquiátrico: a produção do video reaprendendo a viver no hospital Heitor Carrilho. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

42.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . A experiência de impotência e a violência: trauma e memória. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

43.
Souza, J ; VIANNA, G. R. ; Pinto, D. ; Freire, A . Different voices in the construction on the memory off a lost chiald. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

44.
FARIAS, F. R. ; VIANNA, G. R. . Social Production on criminal insane category. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

45.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . About the crime. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

46.
FARIAS, F. R. ; VIANNA, G. R. ; Scaffo,F . Trauma, violência e memória social: Elaboração de marcas não simbolizáveis. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

47.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . A construção de memória diante dos estados melancólicos: narradores e testemunhos. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

48.
VIANNA, G. R.. O ataque ao Eu causado pelo vazio melancólico. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

49.
VIANNA, G. R.. Acerca da responsabilidade: condenação e tratamento. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

50.
VIANNA, G. R.. A violência da perda: impossibilidade de elaboração e vazio melacólico. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

51.
VIANNA, G. R.. Narradores melancólicos: literatura testemunhal e a construção da memória. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

52.
VIANNA, G. R.. A visão da Psicologia sobre a estética. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

53.
VIANNA, G. R.. I Congresso Nacional do imaginário e das Representações Sociais em Educação Física. 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

54.
VIANNA, G. R.. Luto e Melancolia. 2000. (Apresentação de Trabalho/Outra).

55.
VIANNA, G. R.. Meninos de rua: a possível reintegração à sociedade. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
VIANNA, G. R.. Trauma e violência. 2017.

2.
VIANNA, G. R.; FACEIRA, L. S. ; ALMEIDA, S. F. . Reincidência na Prática de atos criminosos: A repetição do retorno a prisão. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

3.
VIANNA, G. R.. Intolerância religiosa. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. ; Souza, J . Memórias de um duplo homicídio: delírio e destruição. 2013. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Demais tipos de produção técnica
1.
VIANNA, G. R.. TRAUMA, ESQUECIMENTO E COMPULSÃO À REPETIÇÃO: O APRISIONAMENTO EM CADEIAS DE MEMÓRIA. 2017. (Relatório de pesquisa).

2.
VIANNA, G. R.. TRAUMA, COMPULSÃO A REPETIÇÃO E IDENTIFICAÇÃO COM O AGRESSOR: SUJEITOS APRISIONADOS NAS CADEIAS DE MEMÓRIA. 2016. (Relatório de pesquisa).

3.
VIANNA, G. R.. Práticas sociais no cenário da violência e da criminalidade. 2016. (Mediador).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
FARIAS, F. R.; FACEIRA, L. S.; AZEVEDO, I. S.; FREITAS, R. C. S.; VIANNA, G. R.. Participação em banca de Fernanda Santos Curcio. Mulher, tráfico de drogas e memória: entre a submissão e a resistência?. 2016. Dissertação (Mestrado em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

2.
GEIGER, A.; COELHO, E. L. M.; FACEIRA, L. S.; Scaffo,F; VIANNA, G. R.. Participação em banca de Isabela Gonçalves Farias. A metalinguagem da narrativa silenciosa nas resignificações da Hollywood atual. 2016.

Teses de doutorado
1.
FARIAS, F. R.; FACEIRA, L. S.; VIANNA, G. R.; PINHEIRO, J.L.A.. Participação em banca de José Paulo de Moraes Souza. A escola na prisão: uma abordagem crítica sob a ótica do profissional em educação. 2017. Tese (Doutorado em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

2.
FACEIRA, L. S.; LEVY, S. D.; VIANNA, G. R.; SILVA, A. P.; UZIEL, A. P.. Participação em banca de Sandra de Almeida Figueira. As causas da persistência na prática de atos criminosos. 2017. Tese (Doutorado em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

3.
FACEIRA, L. S.; FARIAS, F. R.; RIBEIRO, L. B.; SERRA, G. M. A.; Oliveira, A. J. B.; GRAEFF, L.; Scaffo,F; VIANNA, G. R.. Participação em banca de Mônica Valle de Carvalho. Tão perto e tão longe dos jardins de Epicuro: memória social e violência sutil. Um olhar sobre os alunos de origem popular nas universidades publicas brasileiras. 2016. Tese (Doutorado em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
RIBEIRO, L. B.; FARIAS, F. R.; RENDEIRO, M. E. L. S.; JAIME, R. R.; VIANNA, G. R.. Participação em banca de Kelly Castelo Branco da Silva Melo. Coleção e melancolia: universos mnemônicos. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

2.
VIANNA, G. R.; Silva, Palma Alexandre; SOUZA , Marcia Cristina Rodrigues. Participação em banca de Sandra de Almeida Figueira. As causas da reincidência nas prisões. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

3.
FARIAS, F. R.; FACEIRA, L. S.; RIBEIRO, L. B.; Oliveira, A. J. B.; GRAEFF, L.; Scaffo,F; VIANNA, G. R.. Participação em banca de Mônica Valle de Carvalho. Tão perto e tão longe dos jardins de Epicuro: memória social e violência sutil. Um olhar sobre os alunos de origem popular nas universidades públicas brasileiras.. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
GEIGER, A.; FACEIRA, L. S.; TAVARES, J.; COSTA, F. C.; VIANNA, G. R.. Participação em banca de Mariana Pereira Sacramento. POVOS TRADICIONAIS DE TERREIRO: MEMÓRIA, RESISTÊNCIA E CONSTRUÇÃO DAS RELAÇÕES NAS POLÍTICAS PÚBLICAS. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós graduação em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
FACEIRA, L. S.; VIANNA, G. R.; SOUZA, Bezerra Vanessa. Participação em banca de Isadora Barbosa Varella.Trabalho e prisão: as mediações sociais do trabalho na penitenciária. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

2.
VIANNA, G. R.; Mariana Leiras. Participação em banca de Luana Mara Nunes.Identidade e prisão: a interface da cultura prisional no âmbito das relações sociais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
VIANNA, G. R.. 47ª Reunião anual da sociedade brasileira de Psicologia. 2017. Universidade Nove de Julho.

2.
VIANNA, G. R.. 1ª Jornada de Iniciação científica de Pós- graduação da UNIRIO. 2015. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

3.
VIANNA, G. R.. 45ª Reunião da Sociedade brasileira de Psicologia. 2015.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VI Congresso Internacional y XI Nacional de Psicologia Clinica. Violência e desamparo: memórias traumáticas. 2013. (Congresso).

2.
VI CONGRESSO INTERNACIONAL Y XI NACIONAL DE PSICOLOGIA CLÍNICA. Produção e desintegração no vazio melancólico: fendas na memórias nos escombros da vida. 2013. (Congresso).

3.
VI CONGRESSO INTERNACIONAL Y XI NACIONAL DE PSICOLOGIA CLÍNICA. Memórias de um duplo homicídio: delírios e destruição. 2013. (Congresso).

4.
VI CONGRESSO INTERNACIONAL Y XI NACIONAL DE PSICOLOGIA CLÍNICA. Violência conjugal: implicações deletérias para a sexualidade feminina. 2013. (Congresso).

5.
XLIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia. Abandono e exclusão: infâncias violentadas. 2013. (Congresso).

6.
IV Congresso de ULAPSI. Trauma, estados melancólicos, memória e criação: de Aristóteles a Freud uma luz na escuridão.. 2012. (Congresso).

7.
ULAPSI. Experiência traumática, impotência, violência e criação.. 2012. (Congresso).

8.
7 CONPSI. 2011. (Congresso).

9.
XII European Congress of Psychology. 2011. (Congresso).

10.
III Congresso Brasileiro Psicologia: ciência e profissão. O ATAQUE AO EU CAUSADO PELO VAZIO MELANCÓLICO. 2010. (Congresso).

11.
III Congresso Brasileiro Psicologia: ciência e profissão. 2010. (Congresso).

12.
II Seminàrio memòria, Subjetividade e Criação- Afecções e reflexões acerca da memòria social. 2008. (Seminário).

13.
Conferência Nacional do imaginàrio e das representações sociais em educação física, esporte e lazer. 2001. (Congresso).

14.
II Jornada Reichiana- Universidade Santa Úrsula. 2001. (Outra).

15.
O inconsciente- Centro de estudos da UGF. 2001. (Outra).

16.
Segundo encontro de psicólogos jurídicos do Estado do Rio de Janeiro. 2001. (Encontro).

17.
Primeiro encontro de psicólogos jurídicos do Estado do Rio de Janeiro- EMERJ. 2000. (Encontro).

18.
II Psigama- UGF. 1998. (Congresso).

19.
IV Jornada de psicológia da UGF. 1998. (Outra).

20.
Uso abusivo de drogas como sintoma social: aspectos clínicos políticos e éticos. 1998. (Outra).

21.
I Psigama. 1997. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FORTI, V. L. ; GUERRA, Y. A. D. ; VIANNA, G. R. . VI Encontro com autores. 2017. (Outro).

2.
Souza, J ; FARIAS, F. R. ; FACEIRA, L. S. ; VIANNA, G. R. . I SEMINÁRIO NACIONAL DE PESQUISAS EM PRISÕES. 2016. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Valéria Bernini Peron. Vestígios e atualizações de memórias no processo de retorno de pessoas egressas do sistema prisional à vida fora da prisão. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Biblioteconomia) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Barbara de Castro Batista. A educação em espaços de privação e restrição de liberdade: memórias do crime. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Serviço Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Tese de doutorado
1.
Sandra de Almeida Figueira. As causas da persistência na prática de atos criminosos. 2017. Tese (Doutorado em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, . Coorientador: Glaucia Regina Vianna.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Heloisa Rodrigues Antunes da Silva. A influência da arte no desenvolvimento do aluno com necessidades educativas especiais- Aspectos psicológicos. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Especial) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Glaucia Regina Vianna.

2.
Ligia Rodrigues Antunes da Silva. A educação musical como elemento facilitador no desenvolvimento do aluno com necessidades educacionais especiais. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Especial) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Glaucia Regina Vianna.

3.
Luciana Maria Silva de Ramos. Inclusão do aluno com necessidades educativas especiais e Práticas pedagógicas. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Especial) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Glaucia Regina Vianna.

4.
Luis Henrique Belge. O PAPEL DA ESCOLA COMO AGENTE DE INCLUSÃO E DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DOS ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Especial) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Glaucia Regina Vianna.

5.
Tatiana Salmeron Boschi. Letramento em deficientes mentais: passaporte para o exercício da cidadania. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Especial) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Glaucia Regina Vianna.

6.
Michele Cristina Rodrigues de Almeida. Escola inclusiva de alunos com deficiência mental. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Especial) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Glaucia Regina Vianna.

Iniciação científica
1.
Luana Mara Nunes. A perda da identidade no âmbito prisional e seus reflexos pós-cárcere. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Serviço Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Glaucia Regina Vianna.

2.
Barbara de Castro Batista. A educação em espaços de privação e restrição de liberdade: memórias do crime. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Serviço Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Glaucia Regina Vianna.

3.
Barbara de Castro Batista. A educação em espaços de privação e restrição de liberdade: memórias do crime. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Serviço Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Glaucia Regina Vianna.

4.
Luana Mara Nunes. A perda de identidade no âmbito prisional e seus reflexos pós-cárcere. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Serviço Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Glaucia Regina Vianna.



Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
FARIAS, F. R. ; VIANNA, G. R. ; Scaffo,F ; OROZCO, R. A. P. . Quatro questionamentos sobre a violência. 1. ed. Rio de Janeiro: Contra Capa, 2014. v. 1. 174p .

1.
VIANNA, G. R.; FARIAS, F. R. . O homo violens e suas memórias melnacólicas. In: TRIMBOLI, A. et al.. (Org.). Diagnostico o estigma?. 1ed.Buenos Aires: AASM, 2012, v. 1, p. 231-233.


Apresentações de Trabalho
1.
VIANNA, G. R.. Precisamos falar sobre...crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade: exposição de visão psicologica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).



Outras informações relevantes


Atualmente realizo atendimento clínico no seguinte endereço:Rua divisória,10 -sala303- Bento Ribeiro



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/11/2018 às 3:57:47