Eduardo Jordão de Achilles Mello

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2344872099250513
  • Última atualização do currículo em 10/10/2018


Meus interesses de pesquisa envolvem a aplicação de métodos experimentais e quasi-experimentais para o estudo de questões relativas à pobreza e ao desenvolvimento internacional. Em especial, aplico estes métodos ao estudo de temas como corrupção, clientelismo e políticas sociais. Utilizo também métodos quantitativos para a avaliação da eficácia de políticas públicas. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Eduardo Jordão de Achilles Mello
Nome em citações bibliográficas
MELLO, E.

Endereço


Endereço Profissional
Fundação Getúlio Vargas, FGV São Paulo, Escola de Ciências Sociais.
Avenida Paulista, 1471
Bela Vista
01311200 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 37993755
URL da Homepage: www.fgv.br


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2017
Doutorado em Ciência Política.
London School of Economics, LSE, Grã-Bretanha.
Título: Explaining Success and Failure of Rules-Based Social Spending, Ano de obtenção: 2017.
Orientador: Lloyd Gruber.
2012 - 2013
Mestrado em Ciência Política (MPhil).
London School of Economics, LSE, Grã-Bretanha.
Título: Explaining Success and Failure of Rules-Based Social Spending,Ano de Obtenção: 2013.
Orientador: Lloyd Gruber.
Bolsista do(a): London School of Economics, LSE, Grã-Bretanha.
2008 - 2010
Mestrado em Relações Internacionais.
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Título: Democracia, democratização e política externa: um estudo sobre a formulação da política de segurança no Brasil (1985-2002),Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Leticia Pinheiro.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional / Especialidade: Política e instituições domésticas e relações internacionais.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas / Especialidade: Análise Institucional.
2003 - 2007
Graduação em Relações Internacionais.
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.




Atuação Profissional



Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2010 - 2017
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Assistente de Pesquisa, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Entre outubro de 2012 e agosto de 2017 fui pesquisador colaborador (não residente) no Centro de Relações Internacionais da FGV (sediado no CPDOC).


London School of Economics, LSE, Grã-Bretanha.
Vínculo institucional

2012 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Research Student


Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro, IUPERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Assistente de Pesquisa, Carga horária: 15
Outras informações
Assistente de pesquisa no Observatório Político Sul-Americano - Participação em projeto financiada por bolsa FINEP.



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Clientelism and Cooptation of Social Movements in Brazil and Colombia
Descrição: In this project we analyse the long-term effects of social mobilisation and state cooptation of social movements on the incidence of clientelism in Brazil and Colombia.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Eduardo Jordão de Achilles Mello - Coordenador / Maria del Pilar Lopez Uribe - Integrante.
2017 - Atual
Reexaminando o sistema político brasileiro: Lições da Lava Jato
Descrição: Esse projeto reexamina as instituições políticas brasileiras à luz das evidências de escândalos de corrupção ocorridos durante os últimos anos. Nosso objetivo é oferecer uma nova interpretação da política brasileira que explique a prevalência de corrupção endêmica no país..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Eduardo Jordão de Achilles Mello - Coordenador.Financiador(es): Fundação Getúlio Vargas - Remuneração.


Revisor de periódico


2016 - Atual
Periódico: Journal of Development Studies


Revisor de projeto de fomento


2017 - Atual
Agência de fomento: Economic and Social Research Council


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Economia Política Internacional.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Desenvolvimento Internacional.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Comparada.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2012
LSE Postgraduate Research Scholarship, London School of Economics.
2012
Ambassadorial Scholarship, The Rotary Foundation.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MELLO, E.2018MELLO, E.; SPEKTOR, M. . The Costs of Multiparty Presidentialism. Journal of Democracy, v. 29, p. 113-127, 2018.

2.
MELLO, E.2016MELLO, E.; SPEKTOR, M. . How to Fix Brazil: Breaking an Addiction to Bad Government. FOREIGN AFFAIRS, v. 95, p. 102, 2016.

Capítulos de livros publicados
1.
MELLO, E.. Bens públicos e política externa. In: Matias Spektor. (Org.). 10 Desafios da Política Externa Brasileira. 1ed.Rio de Janeiro: CEBRI, 2016, v. , p. 97-110.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MELLO, E.. The Decline and Fall of Brazil?s Political Establishment. Foreign Affairs, Washington, D.C., 01 out. 2018.

2.
MELLO, E.. How a Candidate's Stabbing Will Further Radicalize Brazil. Foreign Affairs, Washington, D.C., p. 1 - 5, 07 set. 2018.

3.
MELLO, E.; SPEKTOR, M. . Will Brazil's Crackdown on Corruption Continue?. Foreign Affairs, Washington, D.C., 07 maio 2018.

4.
MELLO, E.; SPEKTOR, M. . A sociedade rendida: como o presidencialismo de coalizão condena o Brasil ao atraso. Folha de São Paulo, São Paulo, 03 dez. 2017.

5.
MELLO, E.; SPEKTOR, M. . Why Brazilian Politics Needs a Radical Makeover. Americas Quarterly, http://www.americasquarterly.o, p. 1, 25 abr. 2017.

6.
MELLO, E.; SPEKTOR, M. . A sociedade da meia-entrada. Valor Econômico, 23 dez. 2016.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MELLO, E.; SPEKTOR, M. . Rent-seeking, Political Corruption, and Development in New Democracies. In: Interdisciplinary Corruption Research Network Forum, 2018, Gotemburgo. Interdisciplinary Corruption Research Network Forum, 2018.

2.
MELLO, E.; RUIZ, N. . De que é feito um bom político? Formação profissional e a eficácia das políticas públicas no Brasil. In: VIII Congresso da Associação Portuguesa de Ciência Política, 2016, Lisboa. Anais do VIII Congresso da Associação Portuguesa de Ciência Política, 2016.

3.
MELLO, E.; RUIZ, N. . What Makes a Good Politician? Politicians? Education and Policy Effectiveness in Brazil. In: New Approaches and Issues in Comparative Political Economy, 2016, Londres. New Approaches and Issues in Comparative Political Economy, 2016.

4.
MELLO, E.. The Electoral Consequences of Anti-Poverty Spending in Brazil. In: LSE Comparative Politics Workshop, 2015, Londres. Comparative Politics Workshop, 2015.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MELLO, E.. Public Administration and Governance in Brazil. In: Institutions, actors and policy change in Brazil: Current challenges and future scenarios, 2018, Londres. Institutions, actors and policy change in Brazil: Current challenges and future scenarios, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
MELLO, E.. Novas experiências curriculares em Relações Internacionais. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
MELLO, E.. Regras eleitorais, accountability e desenvolvimento no Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
MELLO, E.. Bens Públicos e Política Externa. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Monografias de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Juliana Mizga. A definir. Início: 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em MBA em Relações Internacionais) - Fundação Getúlio Vargas. (Orientador).



Educação e Popularização de C & T



Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MELLO, E.; SPEKTOR, M. . A sociedade rendida: como o presidencialismo de coalizão condena o Brasil ao atraso. Folha de São Paulo, São Paulo, 03 dez. 2017.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/01/2019 às 5:14:30