Vitor Hugo Klein Junior

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3937163886065290
  • Última atualização do currículo em 13/10/2018


Vitor Klein é Professor Assistente do Departamento de Governança Pública da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC/CESFI). Vitor é Doutor em Administração (summa cum laude), foco em Organizações e Gestão de Riscos, pela Universidade Helmut Schmidt, Hamburgo, Alemanha. Sua tese analisou as práticas de gestão de riscos de um conglomerado Brasileiro do ramo de energia e infra-estrutura durante um período de mudança estratégica. Vitor também possui mestrado em Gestão Estratégica das Organizações pela Esag/UDESC. Sua dissertação de mestrado investigou o fenômeno liderança em suas características relacionais e socialmente construídas. Seus interesses de pesquisa incluem: gestão de riscos, controle e práticas calculativas nas organizações, liderança, comportamento e análise organizacional. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Vitor Hugo Klein Junior
Nome em citações bibliográficas
KLEIN Jr., Vitor H.;KLEIN, V.H.;KLEIN, V. H.;KLEIN JR., VITOR HUGO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Estado de Santa Catarina.
Av. Madre Benvenuta, 2007
Itacorubi
88035901 - Florianópolis, SC - Brasil
Telefone: (48) 33218039
Ramal: 8039
Fax: (48) 33218040
URL da Homepage: www.udesc.br


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2014
Doutorado em controle, gestão de riscos e organizações.
Helmut Schmidt Universität, HSU, Alemanha.
Título: Organizations and Imagination: The Imaginary Institution of Risk Management, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Tobias Scheytt.
Coorientador: Hugh Willmott.
2007 - 2009
Mestrado em Gestão Estratégica das Organizações.
Escola Superior de Administração e Gerência, ESAG, Brasil.
Título: Processo de liderança e maturidade em processo,Ano de Obtenção: 2009.
Orientador: Francisco Gabriel Heidemann.
Palavras-chave: liderança relacional; liderança; liderança como construção social; dimensões de maturidade; novas abordagens de liderança.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração Pública / Especialidade: Administração de Pessoal.
1998 - 2002
Graduação em Administração - Gestão Empresarial.
Universidade do Planalto Catarinense, UNIPLAC, Brasil.
Título: Normatização e Padronização do Controle de Estoque da Empresa Zanoello.
Orientador: Joao Irineu de Melo Kuster.




Formação Complementar


2012 - 2012
Critical Management Studies. (Carga horária: 210h).
Lund University, LUND, Suécia.
2011 - 2012
Doktorandenseminar Wissenschaftstheorie. (Carga horária: 16h).
Helmut Schmidt Universität, HSU, Alemanha.
2011 - 2011
Doctoral Consortium of the 7th International Criti. (Carga horária: 30h).
Critical Management Studies, CMS, Inglaterra.
2008 - 2008
Ciência da comunicação como facilitador nas relaçõ. (Carga horária: 4h).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
2007 - 2007
Pesquisa em Estudos Organizacionais e Estratégia. (Carga horária: 2h).
Escola Superior de Administração e Gerência, ESAG, Brasil.


Atuação Profissional



Helmut Schmidt Universität, HSU, Alemanha.
Vínculo institucional

2010 - 2014
Vínculo: Doutorando, Enquadramento Funcional: Assistente de Pesquisa, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Doutorando no Institut für Controlling und Unternehmensrechnung (Department of Management Account and Control)


Faculdade de Capivari, FUCAP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 4
Outras informações
Disciplina Ministrada: Introdução a Administração

Atividades

07/2009 - 02/2010
Ensino, Ciências Contábeis, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Administração

Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Planejamento Institucional - PROPLAN, Carga horária: 30

Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Secretaria de Cooperação Internacional UDESC, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Responsável pela implementação de acordos de cooperacao e mobilidade acadêmica com universidades e institutos internacionais.

Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Setor de Compras Campus CAV, Carga horária: 30
Outras informações
Compra e gerenciamento de materiais e serviços. Coordenação de contratos de fornecimento.

Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Setor de Serviços Gerais Campus CAV, Carga horária: 30
Outras informações
Coordenação de serviços terceirizados e internos (limpeza e manutenção, segurança, telecomunicações, energia, restaurante universitário). Coordenação de equipe de 50 pessoas.

Atividades

08/2016 - Atual
Ensino, Administração Pública, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Relações de Trabalho em Organizações Públicas Municipais e Sociais
02/2016 - Atual
Ensino, Administração Pública, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Orçamento Público para a Governança Pública Municipal e Regional
Psicologia Social
11/2016 - 12/2016
Ensino, Administração Pública, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Contabilidade Gerencial
02/2016 - 12/2016
Ensino, Engenharia de Petróleo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Organização e Gestão
03/2007 - 03/2010
Direção e administração, Secretaria de Cooperação Internacional, .

Cargo ou função
Gerente de Contratos Internacionais e Interinstitucionais.
03/2006 - 02/2007
Direção e administração, Centro Agroveterinário, .

Cargo ou função
Comprador e membro do comitê de licitações.
03/2004 - 03/2006
Direção e administração, Centro Agroveterinário, .

Cargo ou função
Coordenador de Serviços Gerais.

Lenzi Brothers, LB, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2003
Vínculo: Musico, Enquadramento Funcional: Musico Guitarrista/compositor, Carga horária: 30
Outras informações
Atuação como musico (guitarrista) em apresentações por diversas cidades de Santa Catarina. Membro compositor do CD durante o período.


Real Video Ltda., RV, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 2002
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Compras e Vendas, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Compra e venda de computadores e periféricos, services e software.


Escola Superior de Administração e Gerência, ESAG, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Mestrado


Ecole Nationale D'Administration, Florianópolis, ENA, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Curso Controle Interno e Gestão de Riscos, Carga horária: 16

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor GPA:Controle no Setor Público, Carga horária: 15

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Curso Controle Interno e Compliance, Carga horária: 16



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Organização pública e risco: Um estudo multicaso da gestão de riscos ambientais, fiscais e da saúde em Santa Catarina
Descrição: O risco tem ganhado centralidade nos modelos de governança contemporâneos (OCDE, 2010). Na arena pública, o termo governança de riscos é utilizado para explicar como diferentes atores cooperam na regulação e administração de riscos públicos. O risco diferencia-se, desse modo, da incerteza; enquanto o risco significa que atores organizacionais possuem informações suficientes para tomar decisões, a incerteza implica decidir e agir de acordo com informações mínimas. Do ponto de vista organizacional, torna-se fundamental compreender como, em arenas públicas, diferentes atores, discursos e expertises contribuem para transformação de incertezas em risco, as ações resultantes desse processo, e as consequentes limitações desse modo de organizar. No Brasil há uma carência de estudos que investiguem o risco sob uma perspectiva organizacional. Com o objetivo de contribuir para a diminuição dessa lacuna, a pesquisa aqui proposta busca compreender como o setor público tem articulado formas de organização para o enfrentamento de riscos públicos. Consideram-se riscos públicos os eventos que podem reverter em prejuízos para sociedade ou grupos da sociedade, em virtude da ação direta ou indireta de atores governamentais e não governamentais. A pesquisa utiliza como material empírico três arenas de práticas e do discurso em Santa Catarina: a reformulação da Defesa Civil e consequente reorganização para o enfrentamento de riscos ambientais, o papel das agências de classificação de risco na organização da gestão de riscos fiscais e seu impacto em termos de políticas públicas, e a gestão de riscos epidemiológicos no estado. Formatada como uma pesquisa qualitativa e multicaso, adotar-se-á na pesquisa a estratégia interpretativa de investigação e o ferramental correspondente: entrevistas com atores, análises de dados primários e secundários, participação como observador em reuniões, audiências, etc..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
Organizational imaginary and the process of organizing: risk management as an imaginary institution
Descrição: Currently, risk management is one among many emerging organizational institutions. The International Organizational for Standardization defines risk as the effect of uncertainty on objectives, whether positive or negative. Risks affect organizational objectives, from strategic initiatives to their operations, processes and projects, reflecting them in terms of strategic, operational, financial and reputational impacts and outcomes. Before its materialization, risk can be seen as an ambiguous concept. Yet, it establishes objective actions in the field of practice and new ways of organizing through the implementation of risk management processes. Moreover, the process of creating new definitions and its formalization are closely linked to the emergence of identities and practitioners. Hence, risk management processes are becoming more and more established in the organizational reality alongside other institutions like governance, management, reporting processes, policies, philosophy and culture. Risk management, therefore, tends to consolidate itself creating objectivity and permanence, like other institutions that have surfaced over the history of organizations. Despite this perennial appearance, ? taken-for-granted ? institutions are social constructs that depend on values and meanings to exist, which are attributed primarily by one society and secondarily by organizations. Risk management serves as an example to demonstrate the transformation of an abstract social category in an organizational institution that has played an important role in the process of organizing. Primary observations suggest, therefore, that risk management institution also has a link with imagination and imaginary as described by Cornelius Castoriadis. Therefore, according to the theory developed by Castoriadis, this study aims to investigate risk management as an imaginary institution along other organizational imaginary institutions. The question to address is, thus, how the organizational.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2009
Liderança e maturidade
Descrição: Pesquisa parte da proposição teórica postulada por Sievers (1994) sobre a ?liderança como perpetuação da imaturidade? dentro das organizações. Abordagens mais recentes estudam o fenômeno sob sua característica processual, distribuída e relacional. O objetivo geral da pesquisa foi verificar como o processo de liderança, de acordo com estas recentes abordagens, pode promover padrões maduros de relações. Estudo caso foi aplicado com o Projeto Amanhecer, um projeto de extensão do Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Revisor de periódico


2012 - Atual
Periódico: Ephemera (Online)
2016 - Atual
Periódico: Journal of Business Ethics


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração Pública/Especialidade: Organizações Públicas.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração de Empresas.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
HUBER, C.2017HUBER, C. ; KLEIN Jr., Vitor H. . Crisis, critique and alternatives: Revolutionary politics as the lost substance of the left? (Book Review). Ephemera, v. 17, p. 205-213, 2017.

2.
KLEIN Jr., Vitor H.2017KLEIN Jr., Vitor H.. Pressupostos para o estudo da liderança como um fenômeno discursivo e socialmente construído. FAROL - REVISTA DE ESTUDOS ORGANIZACIONAIS E SOCIEDADE, v. 04, p. 1317, 2017.

3.
KLEIN, V. H.2013 KLEIN, V. H.. Bringing values back in: the limitations of institutional logics and the relevance of dialectical phenomenology. Organization (London), v. 22, p. 326-350, 2013.

4.
KLEIN Jr., Vitor H.2012KLEIN Jr., Vitor H.. Perseguindo a maturidade nas organizações: dimensões para o desenvolvimento humano integral. Desenvolvimento em Questão, v. 10, p. 196-225, 2012.

5.
KLEIN Jr., Vitor H.2012 KLEIN Jr., Vitor H.; SALM, J. F. ; HEIDEMANN, F. G. ; MENEGASSO, M. E. . Participação e coprodução em política habitacional: estudo de um programa de construção de moradias em SC. Revista de Administração Pública (Impresso), v. 46, p. 25-48, 2012.

Capítulos de livros publicados
1.
KLEIN Jr., Vitor H.; NASCIMENTO, A. R. . The role of the controller in Brazil: Historical Origins, Key Functions and Challenges. In: Lukas Goretzki; Erik Strauss. (Org.). The Role of the Management Accountant: Local Variations and Global Influences. 1ed.: Routledge, 2017, v. , p. 1-.

2.
KLEIN Jr., Vitor H.; HUBER, C. . Imagination and the Political Use of Images (Prefácio Gareth Morgan). In: Anders Örtenblad; Kiran Trehan; Linda L. Putnam. (Org.). Exploring Morgan's Metaphors: Theory, Research and Practice in Organizational Studies. 1ed.Thousand Oaks, CA: SAGE, 2016, v. , p. 184-204.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
KLEIN Jr., Vitor H.. Incerteza e Risco em um Conglomerado Brasileiro. In: Coloquio Internacional de Epistemologia e Sociologia da Ciência da Administração, 2017, Florianópolis. Anais do VI Colóquio Internacional de Epistemologia e Sociologia da Ciência da Administração, 2017.

2.
KLEIN Jr., Vitor H.; HUBER, C. ; SCHEYTT, T. . Risk management as moral work: The values of risk in a Brazilian conglomerate. In: 11th European Network for Research in Organisational & Accounting Change (ENROAC), 2017, Nápoles. The contribution of management accounting to effective risk management, 2017.

3.
KLEIN Jr., Vitor H.; HUBER, C. ; SCHEYTT, T. . Risk management as moral work: The values of risk in a brazilian conglomerate. In: 33rd EGOS Colloquium - The Good Organization, 2017, Copenhague. Sub-theme 16: Risk, Value and Virtue in the Audit Society, 2017.

4.
KLEIN Jr., Vitor H.; HUBER, C. . Sensemaking and imagination: Nuances of creation, interpretation and enactment in organizations. In: 31st European Group for Organizational Studies Colloquium, 2015, Atenas. Sub-theme 48-Organizations and the Imagined Life: Perspectives on Imagination, Creativity and Novelty, 2015.

5.
KLEIN Jr., Vitor H.; HUBER, C. . Financial Markets and the Deadlocks of the Imaginary. In: 28th European Group for Organizational Studies Colloquium, 2012, Helsinki. Stream 39 - Markets in the Making: Observing, Measuring and Performance of Economic Exchange, 2012.

6.
KLEIN Jr., Vitor H.; HEIDEMANN, F. G. . Processo de liderança e Maturidade em Processo. In: EnAnpad 2009, 2009, São Paulo. Anais Enanpad 2009, 2009.

7.
SILVA FILHO, Jose Luiz Fonseca da ; KLEIN Jr., Vitor H. ; LINS, O. ; COSTA, T. . Ergonomia Cognitiva em Ambientes Virtuais de Aprendizagem. In: XXVIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2008, Rio de Janeiro. Anais do XXVIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção. Rio de Janeiro: ABEPRO, 2008. v. 01. p. 76-89.

8.
COSTA, T. ; KLEIN Jr., Vitor H. ; DIAS, J. S. ; ROLT, C.R. . A Universalização do Registro de Nascimento Civil no Brasil: uma Proposta de Virtualização e Integração de Sistemas. In: III Encontro de Administração Pública e Governança, 2008, Salvador. Anais do III Encontro de Administração Pública e Governança, 2008.

9.
KLEIN Jr., Vitor H.; SALM, J. F. ; MENEGASSO, M. E. ; HEIDEMANN, F. G. . Participação e Co-produção em Política Habitacional: Estudo de um Programa de Construção de Moradias em SC. In: III Encontro de Administração Pública e Governança, 2008, Salvador. Anais do III Encontro de Administração Pública e Governança, 2008.

Apresentações de Trabalho
1.
KLEIN Jr., Vitor H.. Controle, Transparência e Burocracia: Desafios, Possibilidades e Limites. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
KLEIN Jr., Vitor H.. Incerteza e Risco em um Conglomerado Brasileiro. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
KLEIN Jr., Vitor H.; HUBER, C. ; SCHEYTT, T. . Risk management as moral work: The values of risk in a Brazilian conglomerate. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
KLEIN Jr., Vitor H.. Key Speaker (Palestrante), PDW: The ?Institutional Logics? Turn in CSR Research: an Opportunity to Engage Power and Values. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
KLEIN Jr., Vitor H.; HUBER, C. . Sensemaking and imagination: Nuances of creation, interpretation and enactment in organizations. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
KLEIN Jr., Vitor H.; HUBER, C. . Financial Markets and the Deadlocks of the Imaginary. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
KLEIN Jr., Vitor H.. Imaginary Institution and the process of organizing: towards a dialectical phenomenological approach to institutions. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).


Produção técnica
Redes sociais, websites e blogs
1.
KLEIN Jr., Vitor H.. Risco e incerteza como formas de governar. 2017. (Blog).

2.
KLEIN Jr., Vitor H.. A realidade dos números: Quatro atitudes. 2016. (Blog).

3.
KLEIN JR., VITOR HUGO. Burocracia, Violência e Estupidez. 2016; Tema: Burocracia. (Blog).

4.
KLEIN Jr., Vitor H.. Ciência e Política em tempos de intolerância. 2016. (Blog).

5.
KLEIN Jr., Vitor H.. Mudanças climáticas e o mito do antropoceno. 2016. (Blog).

6.
KLEIN Jr., Vitor H.. Procura-se líder! Requisito: a extraordinarização das tarefas mundanas. 2015; Tema: Liderança. (Blog).

7.
KLEIN Jr., Vitor H.. On Critical Studies of Organizations and Management in Brazil. 2015. (Site).

8.
KLEIN Jr., Vitor H.. Entre significância estatística e importância científica: Qual a ciência que queremos?. 2014; Tema: Ciência e método. (Blog).

9.
KLEIN Jr., Vitor H.. Por que a ciência precisa da filosofia?. 2014; Tema: Ciência e filosofia. (Blog).

10.
KLEIN Jr., Vitor H.. Cornelius Castoriadis: Legendary obscurity and possible contributions to critical management studies. 2013; Tema: Estudos críticos de gestão e das organizações. (Site).


Demais tipos de produção técnica


Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
JARA, E. J.; RONCALIO, M. P.; KLEIN Jr., Vitor H.. Participação em banca de MAYANA DOS ANJOS DAMIANI. DESPESAS PÚBLICAS: DESENVOLVIMENTO DE MODELO DE PROJEÇÃO DOS GASTOS COM FOLHA DE PAGAMENTO DO PODER EXECUTIVO DO ESTADO DE SANTA CATARINA COM BASE NA REGRESSÃO LINEAR. 2017 - Ecole Nationale D'Administration, Florianópolis.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
KLEIN Jr., Vitor H.. Presidente Banca Professor Efetivo Ciência Política UDESC/CESFI.. 2018. Universidade do Estado de Santa Catarina.

2.
KLEIN Jr., Vitor H.. Banca Professor Substituto Negociação em Governança Pública. 2017. Universidade do Estado de Santa Catarina.

Outras participações
1.
KLEIN Jr., Vitor H.. Professor Substituto Filosofia. 2018. Universidade do Estado de Santa Catarina.. 2018. Universidade do Estado de Santa Catarina.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Academy of Management. The ?institutional logics? turn in corporate social responsibility research: An opportunity to engage power and values. 2016. (Congresso).

2.
28th EGOS Colloquium. Financial Markets and the Deadlocks of the Imaginary. 2012. (Congresso).

3.
Doctoral Consortium - 7th International Critical Management Studies Conference.Imaginary institution and the process of organizing: Towards a Dialectical Phenomenological Approach to Institutions. 2011. (Oficina).

4.
The 7th International Critical Management Studies Conference. 2011. (Congresso).

5.
VI Encontro Nacional dos Estudantes de Administração Pública. 2007. (Congresso).



Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
KLEIN Jr., Vitor H.; HUBER, C. . Imagination and the Political Use of Images (Prefácio Gareth Morgan). In: Anders Örtenblad; Kiran Trehan; Linda L. Putnam. (Org.). Exploring Morgan's Metaphors: Theory, Research and Practice in Organizational Studies. 1ed.Thousand Oaks, CA: SAGE, 2016, v. , p. 184-204.


Redes sociais, websites e blogs
1.
KLEIN Jr., Vitor H.. Entre significância estatística e importância científica: Qual a ciência que queremos?. 2014; Tema: Ciência e método. (Blog).

2.
KLEIN Jr., Vitor H.. Cornelius Castoriadis: Legendary obscurity and possible contributions to critical management studies. 2013; Tema: Estudos críticos de gestão e das organizações. (Site).

3.
KLEIN Jr., Vitor H.. Por que a ciência precisa da filosofia?. 2014; Tema: Ciência e filosofia. (Blog).

4.
KLEIN Jr., Vitor H.. Procura-se líder! Requisito: a extraordinarização das tarefas mundanas. 2015; Tema: Liderança. (Blog).

5.
KLEIN Jr., Vitor H.. On Critical Studies of Organizations and Management in Brazil. 2015. (Site).

6.
KLEIN JR., VITOR HUGO. Burocracia, Violência e Estupidez. 2016; Tema: Burocracia. (Blog).



Outras informações relevantes


Aprovado primeiro lugar no concurso para Administrador da Universidade do Estado de Santa Catarina.

Participou do Doctoral Consortium do 7th International Critical Mangement Studies Conference com os Professores Hugh Willmott, Andre Spicer, Joanne Roberts; foram selecionados 22 estudantes de diferentes universidades do mundo.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/10/2018 às 6:50:02