Waldemir dos Passos Martins

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8732066073455831
  • Última atualização do currículo em 01/11/2018


Possui graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual do Maranhão (1987), mestrado em Engenharia de Materiais pelo Instituto Federal do Maranhão (2008) e doutorado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia (2013). Atualmente é chefe do Departamento de Mecânica e Materiais/DMM e professor de Ensino de Terceiro Grau do IFMA - Instituto Federal do Maranhão/ Campus Monte Castelo. Tem experiência na área de Engenharia Mecânica, com ênfase em Engenharia Mecânica, atuando principalmente nos seguintes temas: Soldagem dos Aços ARBL, comportamento microestrutural e propriedades mecânicas de juntas soldadas, processo de soldagem MIG/MAG, TIG, arame tubular e revestimento duro. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Waldemir dos Passos Martins
Nome em citações bibliográficas
MARTINS, W. P.;PASSOS MARTINS, WALDEMIR;MARTINS, WALDEMIR DOS P.

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Federal do Maranhão, Departamento de Mecânica e Materiais - DMM.
Avenida Getúlio Vargas, nº.04
Monte Castelo
65030005 - São Luís, MA - Brasil
Telefone: (98) 32189044
Fax: (98) 32189051
URL da Homepage: www.ifma.edu.br


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2013
Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica.
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
Título: Utilização da Técnica de Emissão Acústica no Estudo da Trinca de Hidrogênio na soldagem de um Aço de Alta Resistência, Ano de obtenção: 2013.
Orientador: Valtair Antonio Ferraresi.
Coorientador: Valdemar Silva Leal.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Emissão Acústica; Trinca de Hidrogênio; Ensaio Implante; Ensaio Tekken; Aço API X80.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Processos de Fabricação.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Tecnologia e Processos de Soldagem.
Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico; Fabricação de produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos; Fabricação de máquinas e equipamentos.
2005 - 2008
Mestrado em Engenharia de Materiais.
Instituto Federal do Maranhão, IFMA, Brasil.
Título: INFLUÊNCIA DOS PARÂMETROS DE SOLDAGEM NA MICROESTRUTURA E PROPRIEDADES MECÂNICAS DE JUNTAS SOLDADAS EM AÇOS DE ALTA RESISTÊNCIA E BAIXA LIGA SOLDADAS PELO PROCESSO ARAME TUBULAR,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Valdemar Silva Leal.
Palavras-chave: Parâmetros de Soldagem; Aços ARBL; Eletrodo Tubular; Tração; Dureza; Tenacidade.
Grande área: Engenharias
Setores de atividade: Indústrias de Transformação; Educação.
1988 interrompida
Mestrado interrompido em 2000 em Engenharia Mecânica.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Título: Análise de Travamento em Estruturas de Placas e Cascas Modeladas por Elementos Finitos,Orientador: Selma Hissae Shimura da Nóbrega.
Ano de interrupção: 2000
Palavras-chave: Estruturas de Placas; Estruturas de Cascas; Elementos Finitos; travamento.
Grande área: Engenharias
Setores de atividade: Fabricação de Estruturas Metálicas, Caldeiraria Pesada, Tanques, Reservatórios e Outros Produtos de Metal, Exclusive Máquinas e Equipamentos; Desenvolvimento de Programas (Software) e Prestação de Serviços em Informática; Educação.
1988 - 2000
Especialização em Engenharia Mecânica. (Carga Horária: 375h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Título: Não houve defesa de monografia.
1994 - 1995
Especialização em Metodologia para o Ensino de 3º. Grau. (Carga Horária: 360h).
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
Título: não houve defesa de monografia.
2007 - 2007
Aperfeiçoamento em Extensão. (Carga Horária: 9h).
Instituto Federal do Maranhão, IFMA, Brasil.
Título: CONPET na escola. Ano de finalização: 2007.
1994 - 1996
Graduação em Licenciatura Plena _ ESQUEMA I.
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
Título: Não houve defesa de monografia.
1982 - 1987
Graduação em Engenharia Mecânica.
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
Título: Não Houve Defesa de Monografia.




Formação Complementar


2008 - 2008
Líquido Penetrante Nível 2. (Carga horária: 69h).
IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, IFMA, Brasil.
2007 - 2007
Formação de Téc. Administrativos na Educ. Profis.. (Carga horária: 100h).
TREINAMENTOS LÍDER - Excelência em Capacitação Institucional, LÍDER, Brasil.
2007 - 2007
O Uso Eficiente de Energia - Projeto CONPET. (Carga horária: 8h).
PETROBRÁS (MA), PETROBRÁS, Brasil.
2005 - 2005
Composição de Custos e Formação de Preços e Serviç. (Carga horária: 16h).
TREIDE - Apoio Empresarial ltda, TREIDE, Brasil.
2002 - 2002
Programação de Operação de Centro de Usinagem. (Carga horária: 40h).
Indústrias Romi, ROMI S/A, Brasil.
1997 - 1997
Informática. (Carga horária: 60h).
Master Solution, MASTER SOLUTION, Brasil.
1997 - 1997
Informática Básica. (Carga horária: 60h).
Microcenter Informática, MICROCENTER, Brasil.
1996 - 1996
Soldagem no Processo MAG.
Centro de Tecnologia da Solda Orlando Barbosa, CETEC RJ, Brasil.
1996 - 1996
Soldagem no Processo TIG. (Carga horária: 184h).
Centro de Tecnologia de Solda Orlando Barbosa, CETEC RJ, Brasil.
1996 - 1996
Manutenção Preditiva. (Carga horária: 12h).
Instituto Euvaldo Lodi, IEL MA, Brasil.
1995 - 1995
Soldagem no Processo Eletrodo Revestido. (Carga horária: 240h).
Centro de Tecnologia de Solda Orlando Barbosa, CETEC RJ, Brasil.
1994 - 1994
Introdução à Informática. (Carga horária: 20h).
Instituto Federal do Maranhão, IFMA, Brasil.
1994 - 1994
Gerenciamento do Desenpenho. (Carga horária: 14h).
Instituto Federal do Maranhão, IFMA, Brasil.
1993 - 1993
Extensão universitária em Dimensionamento de Bombas Centrífugasl. (Carga horária: 20h).
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
1988 - 1991
Curso Básico de Inglês. (Carga horária: 400h).
Yes Instituto de Idiomas, YES, Brasil.
1988 - 1988
Extensão universitária em Manutenção de Equipamentos Científicos. (Carga horária: 90h).
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.


Atuação Profissional



IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, IFMA, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Chefe do Departamento de Mecânica e Materiais, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Portaria nº.2.132, de 29 de julho de 2014.

Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Presidente do NDE - Núcleo Docente Estruturan, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Portaria nº.217, de 26 de maio de 2014. Portaria nº.238, de 15 de abril de 2015.


Instituto Federal do Maranhão, IFMA, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor de ensino de terceiro grau, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

01/2005 - Atual
Extensão universitária , Departamento de Pesquisa e Extensão - DEPE, .

Atividade de extensão realizada
Chefe do Departamento de Pesquisa e Extensão - DEPE.
03/1994 - Atual
Ensino, Engenharia Industrial Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Mecânica 2
Mecanismos
Processos de Soldagem
02/2004 - 12/2004
Direção e administração, Departamento de Mecânica e Materiais - DMM, .

Cargo ou função
Chefe de Departamento.
10/1996 - 03/1998
Direção e administração, Departamento de Mecânica e Materiais - DMM, .

Cargo ou função
Chefe de Departamento.
10/1994 - 10/1996
Direção e administração, Coordenadoria de Mecânica e Materiais - CMM, .

Cargo ou função
Coordenador de Curso.
06/1992 - 12/1993
Ensino, Engenharia Industrial Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Elementos de Máquinas
Processos de Fabricação Mecânica

Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 1996
Vínculo: Professor Substituto, Enquadramento Funcional: Professor de Ensino de Terceiro grau, Carga horária: 40


Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, SENAC MA, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 1992
Vínculo: Professor Contratado, Enquadramento Funcional: Instrutor de Matemática Comercial, Carga horária: 40


São Marcos Manutenção Industrfial e Naval, SÃO MARCOS, Brasil.
Vínculo institucional

1988 - 1990
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Engenheiro Mecânico, Carga horária: 40

Atividades

08/1988 - 01/1990
Serviços técnicos especializados , Departamento de Engenharia, .

Serviço realizado
Orçamento de Serviços de Usinagem e Caldeiraria. Manutenção Industrial...
08/1988 - 01/1990
Serviços técnicos especializados , Departamento de Engenharia, .

Serviço realizado
Projetos de Usinagem e Caldeiraria.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Mapa das características microestruturais e mecânicas da junta soldada de um aço ASTM A36 soldado por vários processos
Descrição: O presente trabalho propõe um mapeamento das propriedades microestruturais e mecânicas de uma junta soldada de uma aço estrutural ASTM A36 empregando os processos de soldagem Arame Tubular (FCAW), Eletrodo Revestido (SMAW) e MIG/MAG (GMAW). Os procedimentos de soldagem seguirão as determinações contidas no Código de Soldagem Estrutural ? Aço (Structural Welding Code? Steel) AWS D1.1/D1.1M:2010 EPS (Especificação do Procedimento de Soldagem). A geometria da junta soldada, para corpos de prova nas dimensões com 200,0 mm x 150,0 mm x 15,0 mm, é em chanfro tipo ?V?. A solda será multipasses de topo na posição horizontal. O mapeamento proposto compreenderá os resultados obtidos das análises metalográficas e de dureza Vickers. Para inspeção das juntas soldadas será utilizado o ensaio não destrutivo de Ultrassom convencional, bastante utilizado na inspeção das estruturas metálicas. Os resultados obtidos indicarão a importância da seleção do processo de soldagem em termos de produção e formação da junta, constituindo-se assim em importante referência para os profissionais da área de soldagem..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Coordenador / Jenifer Lais Matos Moreno - Integrante / Luzia Emanuelle Rodrigues Valentim da Silva - Integrante.
2017 - 2018
MANUTENÇÃO CORRETIVA EM MÁQUINAS ROTATIVAS DE CORTE A DISCO ABRASIVO
Descrição: Este projeto trata da recuperação, através da manutenção corretiva, de equipamentos de corte a disco abrasivo, importantes no complemento das atividades práticas realizadas no Laboratório de Tecnologia e Processos de Soldagem do DMM/IFMA/Monte Castelo. Apesar de ser uma manutenção corretiva, quando bem realizada, gera bons resultados e reaproveitamento de equipamentos que poderiam ser descartados sem necessidade. Na realização deste projeto o aluno confronta conhecimentos teóricos de manutenção industrial, tais como os conceitos de manutenção preventiva, corretiva e preditiva, além, de exercitar a prática em desmontagem, manutenção e montagem, de forma a gera maior disponibilidade do equipamento, e em consequência, tem-se um aumento no nível de utilização, vida útil e diminuição do custo unitário dessa manutenção. Logo, este projeto tem por objetivo disponibilizar para uso, dois equipamentos, atualmente parados, para uso exclusivo em corte de materiais metálicos, por professores e alunos dos diversos níveis, como meio de pesquisa e aprendizado além de que, ao final deste projeto, os futuros engenheiros estarão aptos para integrar e coordenar uma equipe de manutenção de uma unidade fabril..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Coordenador / Jenifer Lais Matos Moreno - Integrante.
2017 - Atual
DESENVOLVIMENTO DE UMA BANCADA DIDÁTICA DE CONFORMAÇÃO MECÂNICA: Corte e dobra
Descrição: Em função da temperatura e do material utilizado, a conformação mecânica pode ser classificada como trabalho a frio, a morno e a quente. Cada um destes trabalhos fornecerá características especiais ao material e à peça obtida. Estas características serão funções da matéria prima utilizada como composição química e estrutura metalúrgica (natureza, tamanho, forma e distribuição das fases presentes) e das condições impostas pelo processo tais como o tipo e o grau de deformação, a velocidade de deformação e a temperatura em que o material é deformado. O número dos diferentes processos unitários de conformação mecânica, desenvolvidos para aplicações específicas, atinge atualmente algumas centenas. Não obstante, é possível classificá-los num pequeno número de categorias, com base em critérios tais como: o tipo de esforço que provoca a deformação do material, a variação relativa da espessura da peça, o regime da operação de conformação, o propósito da deformação. Por se tratar de processo de fabricação, os conteúdos teóricos são bastante importantes e bem explorados nos cursos técnicos, entretanto, existe uma dificuldade muito grande na aplicação da relação ?Teoria x Prática? a esses conteúdos no âmbito do IFMA ? Instituto Federal do Maranhão/Campus Monte Castelo. Uma das dificuldades em transmitir-se conceitos, práticas de laboratório e informações sobre a conformação plástica refere-se à grande variedade de processos existentes associada a uma grande diversidade de materiais trabalhados, produtos fabricados e diversidade de equipamentos, que envolvem conhecimentos específicos fortemente relacionados à experiência adquirida industrialmente nas áreas de planejamento de processos e de produção. Na tentativo de minimizar essa deficiência, este trabalho apresenta um projeto de construção de um equipamento manual multifuncional para desenvolvimento de aulas de conformação mecânica, especificamente, que corta, dobra e faz embutimento, em chapas e barras redondas e barras chatas, influenciando na melhoria da qualidade do profissional formado..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Coordenador / Paulo Victor Cunha Caetano - Integrante / José dos Santos Correa Júnior - Integrante.
2016 - 2017
PROJETO DE UM DISPOSITIVO MANUAL PARA DESENVOLVIMENTO DE AULAS PRÁTICAS DE CONFORMAÇÃO MECÂNICA EM CURSOS TÉCNICOS
Descrição: Em função da temperatura e do material utilizado a conformação mecânica pode ser classificada como trabalho a frio, a morno e a quente. Cada um destes trabalhos fornecerá características especiais ao material e à peça obtida. Estas características serão funções da matéria prima utilizada como composição química e estrutura metalúrgica (natureza, tamanho, forma e distribuição das fases presentes) e das condições impostas pelo processo tais como o tipo e o grau de deformação, a velocidade de deformação e a temperatura em que o material é deformado. O número dos diferentes processos unitários de conformação mecânica, desenvolvidos para aplicações específicas, atinge atualmente algumas centenas. Não obstante, é possível classificá-los num pequeno número de categorias, com base em critérios tais como: o tipo de esforço que provoca a deformação do material, a variação relativa da espessura da peça, o regime da operação de conformação, o propósito da deformação. Por se tratar de processo de fabricação, os conteúdos teóricos são bastante importantes e bem explorados nos cursos técnicos, entretanto, existe uma dificuldade muito grande na aplicação da relação ?Teoria x Prática? a esses conteúdos no âmbito do IFMA ? Instituto Federal do Maranhão/Campus Monte Castelo. Uma das dificuldades em transmitir-se conceitos, práticas de laboratório e informações sobre a conformação plástica refere-se à grande variedade de processos existentes associada a uma grande diversidade de materiais trabalhados, produtos fabricados e diversidade de equipamentos, que envolvem conhecimentos específicos fortemente relacionados à experiência adquirida industrialmente nas áreas de planejamento de processos e de produção. Na tentativo de minimizar essa deficiência, este trabalho apresenta um projeto de construção de um equipamento manual multifuncional para desenvolvimento de aulas de conformação mecânica, especificamente, de tubos e barras, influenciando na melhoria da qualidade do técnico formado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Coordenador / Paulo Victor Cunha Caetano - Integrante.
2016 - 2017
ESTUDO DA TRINCA DE HIDROGÊNIO NA SOLDAGEM DE AÇOS COM DIFERENTES TAXAS DE RESFRIAMENTO
Descrição: Os aços ligados quando submetidos a processos de soldagem a arco elétrico afetam termicamente a estrutura do material. A mais importante característica física de uma soldagem é o seu comportamento térmico oriundo do fluxo de calor. Podemos detalhar este comportamento através do ciclo térmico. Devido ao fato de que a utilização de um processo de soldagem com fusão envolve a geração de ciclos térmicos que conduzem a mudanças no estado de tensão, microestrutura e propriedades na zona fundida (ZF) e na zona termicamente afetada pelo calor (ZTA), temos a ocorrência das trincas. As trincas de hidrogênio são um dos mais graves e persistentes defeitos encontrados na soldagem dos aços ligados, e refere-se à perda de ductilidade do material, normalmente logo após a soldagem ter terminado. No entanto, a trinca de hidrogênio pode também ocorrer mais tarde, em até 48 horas após a soldagem. O comportamento perigoso da trinca de hidrogênio é complexo de ser entendido e dependendo da microestrutura do metal, da concentração de hidrogênio difusível da solda, da temperatura e do nível de tensão residual, o risco origina-se quando o resfriamento da junta atinge a região de temperatura entre 150 ºC e ?100 ºC. Desta forma, para avaliar se um material quando soldado é suscetível ou não a trinca de hidrogênio, um grande número de testes tem sido desenvolvido há várias décadas para a compreensão e a caracterização das diversas formas de trincas que podem ocorrer em uma solda visto que, a ocorrência destas é um evento complexo que depende de inúmeros aspectos e vários deles de difícil caracterização. O teste Implante é um exemplo. Do exposto, propõem-se um estudo da trinca de hidrogênio na soldagem de dois aços com diferentes taxas de resfriamento e uso do teste Implante. Destas conclusões espera-se ter uma resposta que possa se estender para uma aplicação prática real quando da soldagem de aços suscetíveis à trinca de hidrogênio..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Coordenador / Victor Hugo Barbosa Santos - Integrante / Carmem Célia Francisco Nascimento - Integrante / Alice Maria Albuquerque Costa - Integrante / Kaio Lourenço Teixeira Barbosa - Integrante.
2015 - 2016
Avaliação das variáveis da torção a quente na susceptibilidade à corrosão de um aço inoxidável ferrítico 410D
Descrição: Fazer uma avaliação da influência das variáveis da torção a quente, simulando condições de conformação em elevadas temperaturas, na susceptibilidade a corrosão do aço inoxidável ferrítico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Integrante / Carmem Célia Francisco do Nascimento - Coordenador / Éden Santos Silva - Integrante.
2015 - 2016
AVALIAÇÃO DA SUSCEPTIBILIDADE À CORROSÃO EM ZAC SIMULADA DE AÇO INOXIDÁVEL AUSTENÍTICO
Descrição: A proposta desta pesquisa surgiu da necessidade de complementação de uma das fases do projeto da coordenadora de número 00020/14 aprovado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Maranhão (FAPEMA), intitulado ?Efeito do Tamanho de Grão das Regiões da ZAC sobre a Susceptibilidade à Corrosão em Estruturas Soldadas? o qual surge da necessidade de extensão da pesquisa desenvolvida no doutorado da referida coordenadora, visando comparar a susceptibilidade à corrosão da ZAC por diferentes tamanhos de grão com auxílio de um simulador de ZAC desenvolvido no Centro para Pesquisa e Desenvolvimento de Processos de Soldagem (LAPROSOLDA) da Universidade Federal de Uberlândia. Desta forma, espera-se através desta proposta acrescentar informações sobre a viabilidade de processos de soldagem que proporcione um tamanho médio de grãos que minimize os efeitos da corrosão nesta região..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Integrante / Carmem Célia Francisco do Nascimento - Coordenador.
2014 - 2016
Automação do Processo de Soldagem MIG/MAG Através do Acionameno de uma Mesa de Coordenadas XYZ com Motores de Passo
Descrição: Para ser competitiva, a pesquisa tecnológica em soldagem requer um grau de automação maior ou menor, dependendo das condições geométricas da peça de trabalho, da disponibilidade de investimento e da avaliação de objetivos. Existem desde equipamentos simples, que são manipulados manualmente, até sistemas sofisticados com controle numérico computadorizado (CNC). A soldagem pode partir do sistema manual e evoluir até o automatizado, este último como uma característica diferenciada quando comparado ao sistema automático. O sistema automatizado exige capacidade de decisão quando as variáveis externas e de parâmetros durante a soldagem estiverem desajustadas ou interferindo negativamente; isso somente é possível graças a recursos sensoriais que monitoram e informam o equipamento para que seja tomada a decisão correta. Quando se deseja automatizar, os níveis de evolução devem ser preferencialmente graduais para que não ocorram frustrações e comprometimento de investimentos. Uma mesa coordenada tem inúmeras aplicações, esta, no entanto, é similar a uma ponte rolante, que será usada para transporte aéreo de cargas. Os dispositivos e manipuladores mais comuns usados em uma mesa de coordenadas são voltados para os processos TIG, MIG/MAG, arame tubular e principalmente arco submerso; o processo com eletrodo revestido é utilizado raramente. Sempre que possível, aconselha-se a executar soldagens na posição plana, pois é a mais favorável no que diz respeito a melhores taxas de deposição por Kg/h, significando tempos menores de execução. Desta forma, este projeto tem a vantagem de obter um baixo nível de interferência humana, sendo esta necessária apenas em sua programação, com isso tem-se um baixo índice de desgaste humano e de doenças decorrentes de esforços físicos. Desta forma, o IFMA investe ao apoiar o desenvolvimento deste projeto e por outro lado diminui seus custos quanto a funcionários, acidentes de trabalho, aumentam o número de aulas práticas e rendimento, tendo por fim um ótimo retorno do apoio a este projeto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Coordenador / Carmem Célia Francisco Nascimento - Integrante / Valdemar Silva Leal - Integrante / David Berg da Conceição Pinho - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Tecnológico do Maranhão - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2014 - 2015
COMPARAR TECNICAS DE ACABAMENTO SUPERFICIAL DE USINAGEM E TIG DRESSING NA RESISTÊNCIA A CORROSÃO DA ZAC
Descrição: Dentre as regiões que compõem uma solda, a zona afetada pelo calor (ZAC) é a mais susceptível à corrosão. Além das variações microestruturais, a susceptibilidade à corrosão desta região é aumentada pelas tensões que agem sobre ela (residuais, ligadas aos ciclos térmicos de soldagem, somadas às tensões externas) e também fatores de concentração de tensão, ligados a geometria da borda do cordão de solda (interface superior entre cordão e metal de base). Adoçamento por Usinagem é usado na indústria para aumentar o raio de concordância entre o metal de solda e o metal de base, aumentando a resistência à fadiga, por minimizar a concentração de tensões na região de concordância. Pode-se imaginar que este mesmo efeito possa contribuir também para um aumento na resistência à corrosão desta região. Além disto, estudos têm mostrado que o adoçamento feito com esta técnica altera as condições morfológicas da superfície, proporcionando um acabamento superficial com menor rugosidade. Espera-se que o uso deste procedimento possa mudar o fator de forma e o acabamento superficial, alterando a susceptibilidade à corrosão na ZAC em meios contendo íons cloretos. Para tanto, o adoçamento será realizado na borda de cordões de solda MIG/MAG depositados sob chapa de aço inoxidável ferrítico ACE P410D. Será usada a técnica TIG Dressing para aumentar o raio de concordância entre o metal de solda e o metal de base. Em seguida esta condição será avaliada por microscopia óptica para verificar o efeito de melhoria proporcionado por esta técnica na corrosão da ZAC. Dos resultados obtidos, deverá ser observado que as superfícies adoçadas com esta técnica apresente um desgaste menor da região estudada..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Integrante / Carmem Célia Francisco do Nascimento - Coordenador.
2014 - 2015
Efeito do Tamanho de Grão da ZAC sobre a Susceptibilidade à Corrosão em Estruturas Soldadas
Descrição: O objetivo global dessa proposta é verificar efeito das diferentes regiões da ZAC (zona afetada pelo calor), especificamente quanto ao tamanho de grão, sobre a susceptibilidade à corrosão de juntas soldadas de estruturas metálicas em meios contendo íons cloretos. Como objetivos colaterais tem-se a formação e aperfeiçoamento de recursos humanos no estado do maranhão, através do envolvimento de alunos de graduação (iniciação científica) e pós graduação (mestrado) promovendo a interdisciplinaridade, através de outras IES envolvidas no projeto...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Integrante / Carmem Célia Francisco do Nascimento - Coordenador.
2014 - 2015
AVALIAÇÃO DA SUSCEPTIBILIDADE À CORROSÃO EM ZAC SIMULADA DE AÇO INOXIDÁVEL AUSTENÍTICO
Descrição: A proposta desta pesquisa surgiu da necessidade de complementação de uma das fases do projeto da coordenadora de número 00020/14 aprovado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Maranhão (FAPEMA), intitulado ?Efeito do Tamanho de Grão das Regiões da ZAC sobre a Susceptibilidade à Corrosão em Estruturas Soldadas? o qual surge da necessidade de extensão da pesquisa desenvolvida no doutorado da referida coordenadora, visando comparar a susceptibilidade à corrosão da ZAC por diferentes tamanhos de grão com auxílio de um simulador de ZAC desenvolvido no Centro para Pesquisa e Desenvolvimento de Processos de Soldagem (LAPROSOLDA) da Universidade Federal de Uberlândia. Desta forma, espera-se através desta proposta acrescentar informações sobre a viabilidade de processos de soldagem que proporcione um tamanho médio de grãos que minimize os efeitos da corrosão nesta região...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Integrante / Carmem Célia Francisco do Nascimento - Coordenador / Ferdinando Marco Rodrigues Borges - Integrante.
2014 - 2015
AVALIAÇÃO DO POTENCIAL ELETROQUÍMICO DE CORROSÃO NA BORDA DO CORDÃO DE SOLDA DE UM AÇO INOXIDÁVEL FERRÍTICO COM ACABAMENTO SUPERFICIAL USANDO TÉCNICA DE SOLDAGEM TIG DRESSING
Descrição: A técnica TIG Dressing tem sido bastante utilizada em junta soldada para minimizar tensões residuais resultantes do processo de soldagem aumentando a vida de fadiga dos conjuntos soldados. Além disto, esta técnica promove variações microestruturais e granulométricas tanto na ZF quanto na ZAC que podem afetar a resistência à corrosão dessas regiões, sendo considerada a mais sensível de uma junta soldada. Por outro lado, as propriedades de uma junta de materiais dissimilares que sofrem acabamento superficial com esta técnica podem ser influenciadas também pelo gás de proteção, podendo apresentar tanto variações microestruturais quanto mudança na adsorção dos elementos químicos que compõem o gás. Desta forma, este trabalho faz uma avaliação da susceptibilidade à corrosão da borda do cordão de solda com uso da técnica TIG Dressing variando o gás de proteção com objetivo de diminuir a susceptibilidade à corrosão nesta região. Para tanto, foi usado como metal de base, o aço inoxidável ferrítico 410D, como metal de solda, o aço inoxidável austenítico 308L e como gás de proteção, 100% Ar e as misturas (1% N2 + 99% Ar; 3,8% N2 + 96,2% Ar). Medidas eletroquímicas de polarização potenciodinâmica foram utilizadas para avaliar a susceptibilidade à corrosão desta região. A partir dos experimentos, espera-se que o nitrogênio presente no gás de proteção possa alterar o modo de solidificação da zona fundida e da zona afetada pelo calor alterando a formação da camada passivadora, contribuindo para diminuir a susceptibilidade à corrosão da região em estudo, ressaltando o potencial deste elemento na formação do filme que protege os aços inoxidáveis contra corrosão...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Integrante / Carmem Célia Francisco do Nascimento - Coordenador / Ferdinando Marco Rodrigues Borges - Integrante.
2013 - 2016
MELHORIA DE UM EQUIPAMENTO PARA TESTE DE IMPLANTE UTILIZADO NA AVALIAÇÃO DA SUSCETIBILIDADE DOS AÇOS À TRINCA DE HIDROGÊNIO
Descrição: Para o desenvolvimento deste trabalho propõem-se uma modificação na máquina de ensaio implante desenvolvida pelo LABSOLDA da FEMEC/UFU. O equipamento é dividido em duas partes. O sistema de tração, composto por um sistema hidráulico e pela estrutura metálica do equipamento, com a finalidade de tracionar o corpo de prova, simulando um estado de tensões internas na junta soldada. E um sistema de monitoramento, com a função de monitorar o alívio de tensões e eventuais ocorrências de trincas. Com as alterações propostas se objetiva obter um equipamento mais versátil e de fácil manuseio..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Coordenador / Victor Hugo Barbosa Santos - Integrante / Roberta Adrielle Lima Vieira - Integrante / Valdemra Silva Leal - Integrante.

Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2010 - 2011
Influência do Aporte de Calor na Soldagem de Revestimento Duro com Arames Tubulares Autoprotegidos a Base de Titânio
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Integrante / Carmem Célia Francisco do Nascimento - Coordenador / Valter Alves de Meneses - Integrante / Sílvio Rogério de Freitas Batista - Integrante / Daniele Rodrigues Freitas - Integrante.
2010 - 2010
Centro de Pesquisas Tecnológicas em Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis: Corrosão, Soldagem e Ensaios Mecânicos. CPPGB
Descrição: Construção de um Centro de Pesquisas Tecnológicas em Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis: Corrosão, Soldagem e Ensaios mecânicos, que possibilite a execução de análises e desenvolvimento de pesquisas no setor de energia dos combustíveis minerais e biocombustíveis no estado do Maranhão..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Integrante / Carmem Célia Francisco do Nascimento - Coordenador / Valdemar Silva Leal - Integrante / Sílvio Rogério de Freitas Batista - Integrante.


Projetos de desenvolvimento


2017 - Atual
DESENVOLVIMENTO DE UMA BANCADA DIDÁTICA DE CONFORMAÇÃO MECÂNICA: Corte e dobra
Descrição: Em função da temperatura e do material utilizado, a conformação mecânica pode ser classificada como trabalho a frio, a morno e a quente. Cada um destes trabalhos fornecerá características especiais ao material e à peça obtida. Estas características serão funções da matéria prima utilizada como composição química e estrutura metalúrgica (natureza, tamanho, forma e distribuição das fases presentes) e das condições impostas pelo processo tais como o tipo e o grau de deformação, a velocidade de deformação e a temperatura em que o material é deformado. O número dos diferentes processos unitários de conformação mecânica, desenvolvidos para aplicações específicas, atinge atualmente algumas centenas. Não obstante, é possível classificá-los num pequeno número de categorias, com base em critérios tais como: o tipo de esforço que provoca a deformação do material, a variação relativa da espessura da peça, o regime da operação de conformação, o propósito da deformação. Por se tratar de processo de fabricação, os conteúdos teóricos são bastante importantes e bem explorados nos cursos técnicos, entretanto, existe uma dificuldade muito grande na aplicação da relação ?Teoria x Prática? a esses conteúdos no âmbito do IFMA ? Instituto Federal do Maranhão/Campus Monte Castelo. Uma das dificuldades em transmitir-se conceitos, práticas de laboratório e informações sobre a conformação plástica refere-se à grande variedade de processos existentes associada a uma grande diversidade de materiais trabalhados, produtos fabricados e diversidade de equipamentos, que envolvem conhecimentos específicos fortemente relacionados à experiência adquirida industrialmente nas áreas de planejamento de processos e de produção. Na tentativo de minimizar essa deficiência, este trabalho apresenta um projeto de construção de um equipamento manual multifuncional para desenvolvimento de aulas de conformação mecânica, especificamente, que corta, dobra e faz embutimento, em chapas e barras redondas e barras chatas, influenciando na melhoria da qualidade do profissional formado..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Coordenador / Paulo Victor Cunha Caetano - Integrante / José dos Santos Correa Júnior - Integrante.
Financiador(es): IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo - Bolsa.
2016 - 2017
Projeto de um dispositivo manual para desenvolvimento de aulas práticas de conformação mecânica em cursos técnicos
Descrição: Em função da temperatura e do material utilizado a conformação mecânica pode ser classificada como trabalho a frio, a morno e a quente. Cada um destes trabalhos fornecerá características especiais ao material e à peça obtida. Estas características serão funções da matéria prima utilizada como composição química e estrutura metalúrgica (natureza, tamanho, forma e distribuição das fases presentes) e das condições impostas pelo processo tais como o tipo e o grau de deformação, a velocidade de deformação e a temperatura em que o material é deformado. O número dos diferentes processos unitários de conformação mecânica, desenvolvidos para aplicações específicas, atinge atualmente algumas centenas. Não obstante, é possível classificá-los num pequeno número de categorias, com base em critérios tais como: o tipo de esforço que provoca a deformação do material, a variação relativa da espessura da peça, o regime da operação de conformação, o propósito da deformação. Por se tratar de processo de fabricação, os conteúdos teóricos são bastante importantes e bem explorados nos cursos técnicos, entretanto, existe uma dificuldade muito grande na aplicação da relação ?Teoria x Prática? a esses conteúdos no âmbito do IFMA ? Instituto Federal do Maranhão/Campus Monte Castelo. Uma das dificuldades em transmitir-se conceitos, práticas de laboratório e informações sobre a conformação plástica refere-se à grande variedade de processos existentes associada a uma grande diversidade de materiais trabalhados, produtos fabricados e diversidade de equipamentos, que envolvem conhecimentos específicos fortemente relacionados à experiência adquirida industrialmente nas áreas de planejamento de processos e de produção. Na tentativo de minimizar essa deficiência, este trabalho apresenta um projeto de construção de um equipamento manual multifuncional para desenvolvimento de aulas de conformação mecânica, especificamente, de tubos e barras, influenciando na melhoria da qualidade do técnico formado..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Coordenador / Paulo Victor Cunha Caetano - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Tecnológico do Maranhão - Bolsa.
2013 - 2014
MELHORIA DE UM EQUIPAMENTO PARA TESTE DE IMPLANTE UTILIZADO NA AVALIAÇÃO DA SUSCETIBILIDADE DOS AÇOS À TRINCA DE HIDROGÊNIO
Descrição: O ensaio de implante é frequentemente aplicado na avaliação da trinca de hidrogênio na ZTA de aços ARBL. O corpo de prova do teste é formado por uma chapa com a espessura de avaliação. Nesta chapa é inserido um extremo de uma barra, usualmente de seção circular roscada. A extremidade superior da barra fica paralela à face sobre a qual se aplica um cordão de solda reto no sentido longitudinal da chapa. O cordão aplicado tem uma largura superior ao diâmetro da barra cobrindo totalmente a junção. Imediatamente após a soldagem, o corpo de prova é submetido a tração estática pela aplicação de uma carga na extremidade livre da barra, condição que reproduz a restrição mecânica na junção soldada. O teste tem como propósito estabelecer relações entre o tempo, o esforço de ruptura (obtido sob aplicação da carga) e os parâmetros utilizados. Neste caso, se considera a rosca como local de nucleação das trincas. Entre as desvantagens deste teste destacam-se a necessidade de usinagem mais precisa em comparação aos demais ensaios existentes, o uso de equipamentos adicionais requeridos para aplicação da tensão. Os valores das cargas aplicadas e o tempo de ruptura ou não do corpo de prova serão monitorados através do indicador digital da célula de carga, inserida na instalação para o caso do teste implante e mediante uma placa A/D, instalada num microcomputador. Para o desenvolvimento deste trabalho propõem-se uma modificação na máquina de ensaio implante desenvolvida pelo LABSOLDA da FEMEC/UFU. O equipamento é dividido em duas partes. O sistema de tração, composto por um sistema hidráulico e pela estrutura metálica do equipamento, com a finalidade de tracionar o corpo de prova, simulando um estado de tensões internas na junta soldada. E um sistema de monitoramento, com a função de monitorar o alívio de tensões e eventuais ocorrências de trincas. Com as alterações propostas se objetiva obter um equipamento mais versátil e de fácil manuseio..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Waldemir dos Passos Martins - Coordenador / Victor Hugo Barbosa Santos - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA - Bolsa.


Revisor de projeto de fomento


2014 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Tecnológico do Maranhão


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Produção.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
LOPES, BRUNO LEONARDY S.2018LOPES, BRUNO LEONARDY S. ; RODRIGUES, SAMUEL F. ; SILVA, EDEN S. ; REIS, GEDEON S. ; MARTINS, WALDEMIR DOS P. ; DAMASCENA, JUVENILSON COSTA ; LEAL, VALDEMAR S. . Influence of MIG/MAG Welding Process on Mechanical and Pitting Corrosion Behaviors on the Super-Duplex Stainless Steel SAF 2507 Welded Joints. MATERIALS SCIENCES AND APPLICATIONS (PRINT), v. 09, p. 228-245, 2018.

2.
MARTINS, W. P.2011MARTINS, W. P.; NASCIMENTO, C. C. F. ; MENESES, V. A. ; PAIVA, A. E. M. ; LEAL, V. S. ; MARTINS, W. P. . INFLUÊNCIA DOS PARÂMETROS DE SOLDAGEM NO COMPORTAMENTO MICROESTRUTURAL E NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE JUNTAS SOLDADAS EM AÇOS ARBL. Corte e Conformação de Metais, v. 1, p. 62-75, 2011.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
BARBOSA SANTOS, VICTOR HUGO ; PASSOS MARTINS, WALDEMIR ; LEAL, VALDEMAR ; VIEIRA, ROBERTA ADRIELLE . USO DO TESTE IMPLANTE PARA AVALIAÇÃO DA TRINCA DE HIDROGÊNIO EM CORDÃO DE SOLDA DE AÇO CA50. In: Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação, 2017, Joinville. Anais do IX Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação, 2017.

2.
VIEIRA, ROBERTA ADRIELLE ; PASSOS MARTINS, WALDEMIR ; LEAL, VALDEMAR ; PAIVA, ANTONIO ; BARBOSA SANTOS, VICTOR HUGO . HYDROGEN CRACK RESEARCH IN WELDED JOINTS WITH ACOUSTIC EMISSION AND IMPLANT TEST. In: Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação, 2017, Joinville. Anais do IX Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação, 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
MARTINS, W. P.. Entendendo a física do arco de soldagem: da ignição à manutenção. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
VIEIRA, R. A. L. ; MARTINS, W. P. . Influência do gás de purga na geração da trinca de hidrogênio em juntas soldadas de um aço ARBL. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
MARTINS, W. P.; COSTA, J. J. ; CAETANO, P. V. C. ; NASCIMENTO, C. C. F. ; LEAL, V. S. . INFLUÊNCIA DA GEOMETRIA DO CHANFRO NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE UM AÇO ESTRUTURAL ASTM A36 SOLDADO COM O PROCESSO MIG/MAG. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
MARTINS, W. P.; CAETANO, P. V. C. ; NASCIMENTO, C. C. F. ; LEAL, V. S. . INFLUÊNCIA DOS PARÂMETROS DO PROCESSO DE SOLDAGEM INNERSHIELD NAS CARACTERÍSTICAS DA SOLDA DE UM AÇO ESTRUTURAL ASTM - A36. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
SILVA, P. C. R. ; MENESES, V. A. ; SILVA, A. P. O. ; MARTINS, W. P. . AVALIAÇÃO DO NÍVEL DE CALOR DE FORNOS UTILIZADOS PARA QUEIMA DE PEÇAS CERÂMICA ESMALTADA NA CIDADE DE SÃO LUÍS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
MARTINS, W. P.; PINHO, D. B. C. ; SOUSA, J. C. V. . AUTOMAÇÃO DO PROCESSO DE SOLDAGEM MIG/MAG ATRAVÉS DO ACIONAMENTO DE UMA MESA DE COORDENADAS XYZ COM MOTORES DE PASSO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
MARTINS, W. P.; LEAL, V. S. ; PAIVA, A. E. M. ; FERRARESI, V. A. . ESTUDO DA VIABILIDADE DO USO DA TÉCNICA DA EMISSÃO ACÚSTICA NA INVESTIGAÇÃO DE TRINCAS DE HIDROGÊNIO EM JUNTAS SOLDADAS DE UM AÇO ARBL. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
MARTINS, W. P.; SANTOS, V. H. B. . AFERIÇÃO DAS MELHORIAS REALIZADAS EM UM EQUIPAMENTO PARA TESTE DE IMPLANTE UTILIZADO NO ESTUDO DA SUSCEPTIBILIDADE DOS AÇOS A TRINCA DE HIDROGENIO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
MARTINS, W. P.. Técnicas dos Processos de Soldagem. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
MARTINS, W. P.. O uso da técnica de emissão acústica como forma de validação das respostas de testes de suscetibilidade a trinca de hidrogênio em juntas soldadas.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
MARTINS, W. P.; Leal, V.S. ; PAIVA, A. E. M. ; FERRARESI, V. A. . USO DA TÉCNICA DA EMISSÃO ACÚSTICA NA INVESTIGAÇÃO DE TRINCAS DE HIDROGÊNIO EM JUNTAS SOLDADAS DE AÇOS ARBL. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
MARTINS, W. P.; PAIVA, A. E. M. ; LEAL, V. S. ; FERRARESI, V. A. . STUDY OF FRACTURE IN WELDED JOINT OF A STEEL API 5L X80 USING ACOUSTIC EMISSION TECHNIQUE. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
COSTA, I. S. ; FREITAS, N. C. ; GONCALVES, R. S. ; MARTINS, W. P. . PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL A DUAS VARIÁVEIS APLICADO AO PROCESSO DE SOLDAGEM COM ARAME TUBULAR. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
FERREIRA, N. R. ; BOLFARINI, C. ; KIMINAMI, C. S. ; BOTTA FILHO, W. J. ; MARTINS, W. P. ; Leal, V.S. . FABRICAÇÃO DE MATRIZES DE FORJAMENTO A QUENTE POR CONFORMAÇÃO POR SPRAY. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
MARTINS, W. P.; NASCIMENTO, C. C. F. ; MENESES,V.A.(Valter Alves de Meneses) ; PAIVA, A. E. M. ; LEAL, V. S. . INFLUÊNCIA DOS PARÂMETROS DE SOLDAGEM NO COMPORTAMENTO MICROESTRUTURAL E NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE JUNTAS SOLDADAS EM AÇOS ARBL. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
MARTINS, W. P.; NASCIMENTO, C. C. F. ; MENESES,V.A.(Valter Alves de Meneses) ; FERRARESI, V. A. ; Leal, V.S. . Influência da variação da energia de soldagem e temperatura de pré-aquecimento no comportamento microestrutural e mecânico de juntas soldadas em aço ARBL. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
NASCIMENTO, C. C. F. ; VILARINHO, L. O. ; RODRIGUES, J. R. P. ; MARTINS, W. P. ; MENESES,V.A.(Valter Alves de Meneses) ; RODRIGUES, J. R. P. . Estudo da influência do acabamento superficial de revestimento de aço inoxidável na resistência à corrosão por pite. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
NASCIMENTO, C. C. F. ; VILARINHO, L. O. ; RODRIGUES, J. R. P. ; MARTINS, W. P. ; MENESES,V.A.(Valter Alves de Meneses) ; RODRIGUES, J. R. P. . Estudo da influência do acabamento superficial de revestimento de aço inoxidável na resistência à corrosão por pite. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
MARTINS, W. P.; NASCIMENTO, C. C. F. ; MENESES,V.A.(Valter Alves de Meneses) ; FERRARESI, V. A. ; Leal, V.S. . Influência da variação da energia de soldagem e temperatura de pré-aquecimento no comportamento microestrutural e mecânico de juntas soldadas em aço ARBL. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
MARTINS, W. P.; NASCIMENTO, C. C. F. ; MENESES,V.A.(Valter Alves de Meneses) ; FERRARESI, V. A. ; LEAL, V. S. . INFLUÊNCIA DA VARIAÇÃO DA ENERGIA DE SOLDAGEM E TEMPERATURA DE PRÉ-AQUECIMENTO NO COMPORTAMENTO MICROESTRUTURAL E MECÂNICO DE JUNTAS SOLDADAS EM AÇO ARBL. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
NASCIMENTO, C. C. F. ; VILARINHO, L. O. ; OLIVEIRA, A. M. ; MARTINS, W. P. ; MENESES,V.A.(Valter Alves de Meneses) ; RODRIGUES, J. R. P. ; RODRIGUES, J. R. P. . ESTUDO DA INFLUÊNCIA DO ACABAMENTO SUPERFICIAL DE REVESTIMENTO DE AÇO INOXIDÁVEL NA RESISTÊNCIA À CORROSÃO POR PITE. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SILVA, A. V. ; MARTINS, W. P. . Entrevista técnica sobre integração das novas tecnologias no ensino da engenharia mecânica. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
MARTINS, W. P.. Maranhão deverá integrar grupo seleto que trabalha no desenvolvimento de tecnologia na área de soldagem. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
MARTINS, W. P.. Ventilação aplicada à engenharia de Segurança no Trabalho. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
LEAL, V. S.; MARTINS, W. P.; PAIVA, A. E. M.. Participação em banca de Vitor dos Santos Cordeiro. Caracterização mecânica, microestrutural e de corrosão de juntas soldadas de aço duplex SAF2205 através do processo MIG pulsado. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo.

2.
PAIVA, A. E. M.; MARTINS, W. P.; SILVA, E. S.. Participação em banca de Eric Pretti Serafim. Caracterização e desempenho da alumina-zircônia como material abrasivo no esmerilhamento de trilhos ferroviários. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo.

3.
Leal, V.S.; MARTINS, W. P.; PAIVA, A. E. M.; REIS, G. S.. Participação em banca de Emmanuel Claudio Deiró Nunes da Silva. Estudo dos defeitos da variação dos parâmetros de soldagem nas propriedades mecânicas de juntas soldadas em trilhos ferroviários. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo.

4.
LEAL, V. S.; PAIVA, A. E. M.; MARTINS, W. P.; SILVA, E. S.. Participação em banca de Alessandro Macio Sousa Alves. Caracterização mecânica, microestrutural e da corrosão dos aços duplex ASTM A890 grau 5A e 2205/UNS S31803 conformado por spray. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo.

Qualificações de Mestrado
1.
NASCIMENTO, C. C. F.; MARTINS, W. P.; SILVA, E. S.. Participação em banca de Juvenilson Costa Damascena. Comparar a resistência à corrosão sobre a ZAC de um aço inoxidável ferrítico por diferentes técnicas de acabamento superficial. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo.

2.
NASCIMENTO, C. C. F.; MARTINS, W. P.; REIS, G. S.. Participação em banca de Jorge Augusto Simas Maia Lopes. Amaciamento estático de um aço inoxidável austenítico alto nitrogênio ASTM F1586 sob compressão. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo.

3.
NASCIMENTO, C. C. F.; SILVA, E. S.; MARTINS, W. P.. Participação em banca de Bruno Leonardy Sousa Lopes. Avaliação da resistência mecânica e da sensitização de juntas soldadas pelo processo GMAW em aço inox duplex 2507. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
MARTINS, W. P.; MENESES, V. A.; Maria Amália. Participação em banca de Franknilda Pereira Araújo. Segurança e saúde do trabalhador em espaços confinados: trabalhe de forma segura. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Estadual do Maranhão.

2.
MARTINS, W. P.; MENESES, V. A.; GUILHON, D. R. R.. Participação em banca de Euclides Itassandro de Oliveira Ferreira. Gerenciamento de risco:um estudo de caso do procedimento de operação de equipamentos móveis no pátio de gusa do porto de São Luís/Ma. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Estadual do Maranhão.

3.
GUILHON, D. R. R.; MENESES, V. A.; MARTINS, W. P.. Participação em banca de Diogo Henrique Paixão dos Santos. Estudo de caso: prevenção e proteção nos trabalhos em altura com análise preliminar de riscos nas instalações de antenas YAGI-UDA. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Estadual do Maranhão.

4.
FRANCA, J. H.; MENESES, V. A.; MARTINS, W. P.. Participação em banca de Thiago Ferreira Silva. Importância da padronização no processo para saúde e segurança do trabalho: um estudo de caso na gestão de combustível, VALE S.A. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Estadual do Maranhão.

5.
FRANCA, J. H.; MENESES, V. A.; MARTINS, W. P.. Participação em banca de Luís César Lima Penha. Sistema de gestão da saúde e segurança no trabalho, uma solução para a redução de custos com acidentes de trabalho. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Estadual do Maranhão.

6.
MARTINS, W. P.; MENESES, V. A.; FRANCA, J. H.. Participação em banca de Patrícia da Conceição Rodrigues da Silva. Avaliação do nível de calor de fornos utilizados para queima de peças de cerâmica esmaltada na cidade de São Luís. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Estadual do Maranhão.

7.
MARTINS, W. P.; MENESES, V. A.; ARAUJO JUNIOR, A. S.. Participação em banca de Deborah Muniz Espindola. Critérios arquitetônicos para implantação do sistema de combate a incêndio em pousada. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Estadual do Maranhão.

8.
ARAUJO JUNIOR, A. S.; MENESES, V. A.; MARTINS, W. P.. Participação em banca de Thiago Henrique Sousa Oliveira. Plano de atendimento de emergência numa usina termoelétrica. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Estadual do Maranhão.

9.
MARTINS, W. P.; MENESES, V. A.; ARAUJO JUNIOR, A. S.. Participação em banca de Isael Santos Gonçalves. Percepção da segurança ocupacional na atividade cemiterial: estudo de caso em um cemitério parque na cidade de São Luís. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Estadual do Maranhão.

10.
SILVA, J. P. E.; MENESES, V. A.; MARTINS, W. P.. Participação em banca de Luís Adriano Ribeiro Barbosa. Avaliar sob o aspecto da norma regulamentadora nº.26, os centros de formação técnicas em escolas públicas do Maranhão. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Estadual do Maranhão.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
MENESES, V. A.; ARAUJO JUNIOR, A. S.; MARTINS, W. P.; MEDEIROS, M. A.. Participação em banca de Eduardo José Chaves de Lima.Avaliação do nível de calor nas dependências da cozinha do IFMA - Campus Monte Castelo. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Industrial Mecânica) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo.

2.
GONCALVES, R. S.; MARTINS, W. P.; MENESES, V. A.. Participação em banca de Kleriston Silva de Aquino.Desenvolvimento de controle automatizado via arduino para uma mesa de coordenadas CNC. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Industrial Mecânica) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo.

3.
MARTINS, W. P.; RAUTA, R. P.; MENESES,V.A.(Valter Alves de Meneses). Participação em banca de DANIEL DOMINICES BAIA GOMES DE SOUZA.ESTUDO DA INFLUÊNCIA DOS PARÂMETROS DE SOLDAGEM NA MICROESTRUTURA E MICRODUREZA DE JUNTAS SOLDADAS DE UM AÇO API X80 SOLDADOS PELO PROCESSO MIG/MAG E ARAME TUBULAR.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Industrial Mecânica) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo.

4.
NASCIMENTO, C. C. F.; OLIVEIRA, A. M.; MARTINS, W. P.. Participação em banca de Thiago Mário Lima Gléria.Influência do aporte de calor na soldagem de revestimento duro com arame tubular autoprotegido à base de titânio. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Industrial Mecânica) - Instituto Federal do Maranhão.

5.
Figueiredo, K.M.; Leal, V.S.; MARTINS, W. P.. Participação em banca de Fabio Henrique Borges Pereira.Influência na microestrutura e na microdureza do processo MIG/MAG na Soldagem do Aço API 5L comparado com o Processo Eletrodo Revestido. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Industrial Mecânica) - Instituto Federal do Maranhão.

6.
Figueiredo, K.M.; Leal, V.S.; MARTINS, W. P.. Participação em banca de Carlos César Correia Aranha Júnior.Comparativo entre os processos de soldagem MIG/MAG e eletrodo revestido na soldagem de aços ARBL. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Industrial Mecânica) - Instituto Federal do Maranhão.

7.
Lúcia Barros; Maria Amália; MARTINS, W. P.. Participação em banca de Lúcia Helena Nobre Barros.Materiais Cerâmicos:refratários comuns,processos de conformação e tratamentos térmicos.. 1994. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura Plena _ ESQUEMA I) - Universidade Estadual do Maranhão.

8.
MARTINS, W. P.; Maria Amália; MENESES,V.A.(Valter Alves de Meneses). Participação em banca de Elinaldo Coutinho Moraes.A importância dos Planos e Direções Cristalográficas no Estudo da Deformação Permanente de um Metal Cristalizado na Estrutura Cúbica de Face Centrada do Sistema Cúbico.. 1994. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura Plena _ ESQUEMA I) - Universidade Estadual do Maranhão.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
RIBEIRO, J. R. S.; FRAZAO, R. R.; GOMES, A. P. M.; CHAGAS, E. L.; MARTINS, W. P.; ALMEIDA, E. C.. Processo seletivo para contratação de professor substituto. 2017. IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo.

Outras participações
1.
MARTINS, W. P.. SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CAMPUS SÃO LUÍS MONTE CASTELO ? SEMIC 2016. 2016. IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo.

2.
MARTINS, W. P.. SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CAMPUS SÃO LUÍS MONTE CASTELO ? SEMIC 2016. 2016. IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo.

3.
MARTINS, W. P.. Processo Seletivo para o Ensino Médio do CEFET/MA. 2004. Instituto Federal do Maranhão.

4.
MARTINS, W. P.. Processo Seletivo para o Ensino Técnico do CEFET/MA. 2004. Instituto Federal do Maranhão.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VI Semana de Engenharia do Maranhão. Entendendo a física do arco de soldagem: da ignição à manutenção. 2018. (Congresso).

2.
CIBEM - Congresso Iberoamericano de Engenharia Mecânica. Influência do gás de purga na geração da trinca de hidrogênio em junta soldada de um aço ARBL. 2017. (Congresso).

3.
Cobef - 9º Congresso Brasileiro de Fabricação. USO DO TESTE IMPLANTE PARA AVALIAÇÃO DA TRINCA DE HIDROGÊNIO EM CORDÃO DE SOLDA DE AÇO CA50. 2017. (Congresso).

4.
Cobef - 9º Congresso Brasileiro de Fabricação. HYDROGEN CRACK RESEARCH IN WELDED JOINTS WITH ACOUSTIC EMISSION AND IMPLANT TEST. 2017. (Congresso).

5.
Congresso Nacional de Engenharia Mecânica. AVALIAÇÃO DO NÍVEL DE CALOR DE FORNOS UTILIZADOS PARA QUEIMA DE PEÇAS CERÂMICA ESMALTADA NA CIDADE DE SÃO LUÍS. 2016. (Congresso).

6.
Congresso Nacional de Engenharia Mecânica. INFLUÊNCIA DA GEOMETRIA DO CHANFRO NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE UM AÇO ESTRUTURAL ASTM A36 SOLDADO COM O PROCESSO MIG/MAG. 2016. (Congresso).

7.
Congresso Nacional de Engenharia Mecânica. INFLUÊNCIA DOS PARÂMETROS DO PROCESSO DE SOLDAGEM INNERSHIELD NAS CARACTERÍSTICAS DA SOLDA DE UM AÇO ESTRUTURAL ASTM - A36. 2016. (Congresso).

8.
8º COBEF - Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação. Investigação da influência da geometria do chanfro nas propriedades mecãnicas de juntas soldadas de um aço ARBL. 2015. (Congresso).

9.
8º COBEF - Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação. Estudo da viabilidade do uso da técnica da emissão acústica na investigação de trincas de hidrogênio em juntas soldadas de um aço ARBL. 2015. (Congresso).

10.
COBEM2013 - 22nd International Congress of Mechanical Engineering. STUDY OF FRACTURE IN WELDED JOINT OF A STEEL API 5L X80 USING ACOUSTIC EMISSION TECHNIQUE. 2013. (Congresso).

11.
VII Congresso Nacional de Engenharia Mecânica. FABRICAÇÃO DE MATRIZES DE FORJAMENTO A QUENTE POR CONFORMAÇÃO POR SPRAY. 2012. (Congresso).

12.
6º Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação. INFLUÊNCIA DOS PARÂMETROS DE SOLDAGEM NO COMPORTAMENTO MICROESTRUTURAL E NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE JUNTAS SOLDADAS EM AÇOS ARBL. 2011. (Congresso).

13.
CONEM2010 - VI Congresso Nacional de Engenharia Mecânica. Influência da variação da energia de soldagem e temperatura de pré-aquecimento no comportamento microestrutural e mecânico de juntas soldadas em aço ARBL. 2010. (Congresso).

14.
CONEM2010 - VI Congresso Nacional de Engenharia Mecânica. Estudo da influência do acabamento superficial de revestimento de aço inoxidável na resistência à corrosão por pite. 2010. (Congresso).

15.
SEPPIE - Seminário de Pesquisa, Pós-graduação, Inovação e Extensão do IFMA.O Uso da Técnica de Emissão Acústica como Forma de Validação das respostas de Testes de Suscetibilidade a Trinca a Frio em Juntas Soldadas. 2010. (Seminário).

16.
VI Congresso Nacional de Engenharia Mecânica. www.conem2010.ufcg.edu.br. 2010. (Congresso).

17.
Programa de Formação Profissional CVRD_2005.Ensaios Mecânicos não destrutivos - END. 2005. (Outra).

18.
I Workshop sobre Concepção e Formulação de Plano de Negócios. 2001. (Outra).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Bruno Duarte. Uso do método dinâmico no monitoramento das propriedades mecânicas da junta soldada do aço estrutural ASTM A36. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA. (Orientador).

2.
Amadeu Santos Nunes Júnior. Caracterização mecânico-elástico de uma junta soldada de aços estruturais dissimilares de diferentes classificações. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA. (Orientador).

3.
Roberta Adrielle Lima Vieira. Estudo da Influência da Variação da Energia de Soldagem na Geração da Trinca de Hidrogênio em Juntas Soldadas de um Aço ARBL com uso do Teste Implante. Início: 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Monografias de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
ARLEU JORGE MELO. INFLUÊNCIA DA GEOMETRIA DO CHANFRO NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE UM AÇO ARBL SOLDADO COM O PROCESSO ARAME TUBULAR NA CONDIÇÃO OVERMATCHED. Início: 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Engenharia Mecânica Industrial) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
JACILENE DE JESUS COSTA. INFLUÊNCIA DA GEOMETRIA DO CHANFRO NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE UM AÇO ESTRUTURAL ASTM A36 SOLDADO COM O PROCESSO MIG/MAG E ARAME TUBULAR. Início: 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Industrial Mecânica) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo. (Orientador).

2.
Victor Hugo Barbosa Santos. AVALIAÇÃO DO EQUIPAMENTO DE TESTE IMPLANTE DESEMVOLVIDO PELO LABSOLDA DO DMM/IFMA PARA USO NO ESTUDO DA OCORRÊNCIA DE TRINCA DE HIDROGÊNIO EM JUNTA SOLDA DE AÇO BAIXA LIGA. Início: 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Industrial Mecânica) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Jenifer Laís Matos Moreno. Mapa das características microestruturais e mecânicas da junta soldada de um aço ASTM A36 soldado por vários processos. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Industrial Mecânica) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA. (Orientador).

2.
José dos Santos Correa Júnior. DESENVOLVIMENTO DE UMA BANCADA DIDÁTICA DE CONFORMAÇÃO MECÂNICA: Corte e dobra. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Industrial Mecânica) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, Instituto Federal do Maranhão. (Orientador).

3.
Jenifer Lais Matos Moreno. MANUTENÇÃO CORRETIVA EM MÁQUINAS ROTATIVAS DE CORTE A DISCO ABRASIVO. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Industrial Mecânica) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Tecnológico do Maranhão. (Orientador).

4.
Paulo Victor Cunha Caetano. PROJETO DE UM DISPOSITIVO MANUAL PARA DESENVOLVIMENTO DE AULAS PRÁTICAS DE CONFORMAÇÃO MECÂNICA EM CURSOS TÉCNICOS. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Industrial Mecânica) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Tecnológico do Maranhão. (Orientador).

5.
Victor Hugo Barbosa Santos. ESTUDO DA TRINCA DE HIDROGÊNIO NA SOLDAGEM DE AÇOS COM DIFERENTES TAXAS DE RESFRIAMENTO. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Industrial Mecânica) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Tecnológico do Maranhão. (Orientador).

6.
Ivanilson Sousa da Costa. Planejamento Fatorial a Duas Variáveis Aplicado a Soldagem com Eletrodo Tubular. Início: 2010. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Industrial Mecânica) - Instituto Federal do Maranhão, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Roberta Adrielle Lima Viera. Influência do gás de purga na geração da trinca de hidrogênio em junta soldada de um aço ARBL. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

2.
Ronan Geraldo Moreira. Estudo da susceptibilidade a trinca induzida pelo hidrogênio em juntas soldadas em aços ARBL API 5L X80. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, . Coorientador: Waldemir dos Passos Martins.

3.
Karinne Fernanda Menezes de Freitas. Avaliação da soldabilidade do aço API 5LX80 soldado pelo processo arame tubular usando os ensaios WIC,TEKKEN e CTS. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Waldemir dos Passos Martins.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
VICTOR HUGO BARBOSA SANTOS. AVALIAÇÃO DA SUSCETIBILIDADE AO TRINCAMENTO A FRIO EM JUNTAS SOLDADAS DE AÇOS CA-50 COM DIFERENTES ENERGIAS DE SOLDAGEM ATRAVÉS DO ENSAIO IMPLANTE. 2017. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Engenharia Mecânica Industrial) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

2.
Franknilda Pereira Araújo. Segurança e saúde do trabalhador em espaços confinados: trabalhe com segurança. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Estadual do Maranhão. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

3.
Euclides Itassandro de Oliveira Ferreira. Gerenciamento de risco: um estudo de caso do procedimento de operação de equipamentos móveis no pátio de gusa do porto de São Luís/Ma.. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Estadual do Maranhão. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

4.
Deborah Muniz Espindola. Critérios arquitetônicos para implantação do sistema de combate a incêndio e pousada. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Estadual do Maranhão. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

5.
Patrícia da Conceição Rodrigues da Silva. Avaliação do nível de calor de fornos utilizados para queima de peças de cerâmica esmaltada na cidade de São Luís. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Estadual do Maranhão. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

6.
Isael Santos Gonçalves. Percepção da segurança ocupacional na atividade cemiterial: estudo de caso em um cemitério parque na cidade de São Luís. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Estadual do Maranhão. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Arleu Jorge Melo. Influência da geometria do chanfro nas propriedades mecânicas de um aço ARBL soldado com o processo Arame tubular no candição overmatched. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Industrial Mecânica) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

2.
Waldemir dos Passos Martins. ESTUDO DA INFLUÊNCIA DOS PARÂMETROS DE SOLDAGEM NA MICROESTRUTURA E MICRODUREZA DE JUNTAS SOLDADAS DE UM AÇO API X80 SOLDADOS PELO PROCESSO MIG/MAG E ARAME TUBULAR.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Industrial Mecânica) - Instituto Federal do Maranhão. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

3.
Viviane Antonia Santos Costa. Tensões Residuais Desenvolvidas em Juntas Soldadas:como,quando e porquê ocorrem.. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Industrial Mecânica) - Instituto Federal do Maranhão. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

4.
Manoel Mário Carvalhal. Características dos Eletrodos Revestidos utilizados no Processo de Soldagem a Arco Elétrico.. 1997. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura Plena _ ESQUEMA I) - Universidade Estadual do Maranhão. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

5.
Alberto Jorge Sá Damasceno. Gases e Equipamentos para Solda e Corte Oxi-Acetilênico. 1997. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura Plena _ ESQUEMA I) - Universidade Estadual do Maranhão. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

6.
Maria do Perpétuo Socorro Herênio Almeida. A Fundição e seus Processos como Importante Técnica de Uso Industrial. 1996. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura Plena _ ESQUEMA I) - Universidade Estadual do Maranhão. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

7.
Silvio Herênio Almeida. Uma Análise sobre Estiramento e Trefilação como Processo de Conformação Mecânica dos Metais.. 1996. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura Plena _ ESQUEMA I) - Universidade Estadual do Maranhão. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

8.
Elinaldo Coutinho Moraes. A importância dos Planos e Direções Cristalográficas no Estudo da Deformação Permanente de um Cristal Cristalizado na Estrutura Cúbica de Face Centrada do Sistema Cúbico. 1994. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura Plena _ ESQUEMA I) - Universidade Estadual do Maranhão. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

Iniciação científica
1.
PAULO VICTOR CUNHA CAETANO. PROJETO DE UM DISPOSITIVO MANUAL PARA DESENVOLVIMENTO DE AULAS PRÁTICAS DE CONFORMAÇÃO MECÂNICA EM CURSOS TÉCNICOS. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Industrial Mecânica) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

2.
DAVID BERG DA CONCEIÇÃO PINHO. AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE UM AÇO ESTRUTURAL ASTM A36 SOLDADO COM O PROCESSO MIG/MAG E ARAME TUBULAR. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Industrial Mecânica) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

3.
VICTOR HUGO BARBOSA SANTOS. MELHORIA DE UM EQUIPAMENTO PARA TESTE DE IMPLANTE UTILIZADO NA AVALIAÇÃO DA SUSCETIBILIDADE DOS AÇOS À TRINCA DE HIDROGÊNIO. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Industrial Mecânica) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.

4.
DAVID BERG DA CONCEIÇÃO PINHO. AUTOMAÇÃO DO PROCESSO DE SOLDAGEM MIG/MAG ATRAVÉS DO ACIONAMENTO DE UMA MESA DE COORDENADAS XYZ COM MOTORES DE PASSO. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Industrial Mecânica) - IFMA - Instituto Federal do Maranhão.Campus São Luís.Monte Castelo, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA. Orientador: Waldemir dos Passos Martins.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de desenvolvimento tecnológico


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
MARTINS, W. P.2011MARTINS, W. P.; NASCIMENTO, C. C. F. ; MENESES, V. A. ; PAIVA, A. E. M. ; LEAL, V. S. ; MARTINS, W. P. . INFLUÊNCIA DOS PARÂMETROS DE SOLDAGEM NO COMPORTAMENTO MICROESTRUTURAL E NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE JUNTAS SOLDADAS EM AÇOS ARBL. Corte e Conformação de Metais, v. 1, p. 62-75, 2011.

2.
LOPES, BRUNO LEONARDY S.2018LOPES, BRUNO LEONARDY S. ; RODRIGUES, SAMUEL F. ; SILVA, EDEN S. ; REIS, GEDEON S. ; MARTINS, WALDEMIR DOS P. ; DAMASCENA, JUVENILSON COSTA ; LEAL, VALDEMAR S. . Influence of MIG/MAG Welding Process on Mechanical and Pitting Corrosion Behaviors on the Super-Duplex Stainless Steel SAF 2507 Welded Joints. MATERIALS SCIENCES AND APPLICATIONS (PRINT), v. 09, p. 228-245, 2018.


Apresentações de Trabalho
1.
MARTINS, W. P.; NASCIMENTO, C. C. F. ; MENESES,V.A.(Valter Alves de Meneses) ; FERRARESI, V. A. ; LEAL, V. S. . INFLUÊNCIA DA VARIAÇÃO DA ENERGIA DE SOLDAGEM E TEMPERATURA DE PRÉ-AQUECIMENTO NO COMPORTAMENTO MICROESTRUTURAL E MECÂNICO DE JUNTAS SOLDADAS EM AÇO ARBL. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
NASCIMENTO, C. C. F. ; VILARINHO, L. O. ; OLIVEIRA, A. M. ; MARTINS, W. P. ; MENESES,V.A.(Valter Alves de Meneses) ; RODRIGUES, J. R. P. ; RODRIGUES, J. R. P. . ESTUDO DA INFLUÊNCIA DO ACABAMENTO SUPERFICIAL DE REVESTIMENTO DE AÇO INOXIDÁVEL NA RESISTÊNCIA À CORROSÃO POR PITE. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
MARTINS, W. P.; NASCIMENTO, C. C. F. ; MENESES,V.A.(Valter Alves de Meneses) ; PAIVA, A. E. M. ; LEAL, V. S. . INFLUÊNCIA DOS PARÂMETROS DE SOLDAGEM NO COMPORTAMENTO MICROESTRUTURAL E NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE JUNTAS SOLDADAS EM AÇOS ARBL. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
COSTA, I. S. ; FREITAS, N. C. ; GONCALVES, R. S. ; MARTINS, W. P. . PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL A DUAS VARIÁVEIS APLICADO AO PROCESSO DE SOLDAGEM COM ARAME TUBULAR. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
FERREIRA, N. R. ; BOLFARINI, C. ; KIMINAMI, C. S. ; BOTTA FILHO, W. J. ; MARTINS, W. P. ; Leal, V.S. . FABRICAÇÃO DE MATRIZES DE FORJAMENTO A QUENTE POR CONFORMAÇÃO POR SPRAY. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
MARTINS, W. P.; Leal, V.S. ; PAIVA, A. E. M. ; FERRARESI, V. A. . USO DA TÉCNICA DA EMISSÃO ACÚSTICA NA INVESTIGAÇÃO DE TRINCAS DE HIDROGÊNIO EM JUNTAS SOLDADAS DE AÇOS ARBL. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
MARTINS, W. P.; PAIVA, A. E. M. ; LEAL, V. S. ; FERRARESI, V. A. . STUDY OF FRACTURE IN WELDED JOINT OF A STEEL API 5L X80 USING ACOUSTIC EMISSION TECHNIQUE. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
MARTINS, W. P.. Técnicas dos Processos de Soldagem. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
MARTINS, W. P.. O uso da técnica de emissão acústica como forma de validação das respostas de testes de suscetibilidade a trinca de hidrogênio em juntas soldadas.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
MARTINS, W. P.; LEAL, V. S. ; PAIVA, A. E. M. ; FERRARESI, V. A. . ESTUDO DA VIABILIDADE DO USO DA TÉCNICA DA EMISSÃO ACÚSTICA NA INVESTIGAÇÃO DE TRINCAS DE HIDROGÊNIO EM JUNTAS SOLDADAS DE UM AÇO ARBL. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
MARTINS, W. P.; SANTOS, V. H. B. . AFERIÇÃO DAS MELHORIAS REALIZADAS EM UM EQUIPAMENTO PARA TESTE DE IMPLANTE UTILIZADO NO ESTUDO DA SUSCEPTIBILIDADE DOS AÇOS A TRINCA DE HIDROGENIO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
MARTINS, W. P.; COSTA, J. J. ; CAETANO, P. V. C. ; NASCIMENTO, C. C. F. ; LEAL, V. S. . INFLUÊNCIA DA GEOMETRIA DO CHANFRO NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE UM AÇO ESTRUTURAL ASTM A36 SOLDADO COM O PROCESSO MIG/MAG. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
MARTINS, W. P.; CAETANO, P. V. C. ; NASCIMENTO, C. C. F. ; LEAL, V. S. . INFLUÊNCIA DOS PARÂMETROS DO PROCESSO DE SOLDAGEM INNERSHIELD NAS CARACTERÍSTICAS DA SOLDA DE UM AÇO ESTRUTURAL ASTM - A36. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
SILVA, P. C. R. ; MENESES, V. A. ; SILVA, A. P. O. ; MARTINS, W. P. . AVALIAÇÃO DO NÍVEL DE CALOR DE FORNOS UTILIZADOS PARA QUEIMA DE PEÇAS CERÂMICA ESMALTADA NA CIDADE DE SÃO LUÍS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
MARTINS, W. P.; PINHO, D. B. C. ; SOUSA, J. C. V. . AUTOMAÇÃO DO PROCESSO DE SOLDAGEM MIG/MAG ATRAVÉS DO ACIONAMENTO DE UMA MESA DE COORDENADAS XYZ COM MOTORES DE PASSO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
VIEIRA, R. A. L. ; MARTINS, W. P. . Influência do gás de purga na geração da trinca de hidrogênio em juntas soldadas de um aço ARBL. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
MARTINS, W. P.. Entendendo a física do arco de soldagem: da ignição à manutenção. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
MARTINS, W. P.. Ventilação aplicada à engenharia de Segurança no Trabalho. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SILVA, A. V. ; MARTINS, W. P. . Entrevista técnica sobre integração das novas tecnologias no ensino da engenharia mecânica. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
MARTINS, W. P.. Maranhão deverá integrar grupo seleto que trabalha no desenvolvimento de tecnologia na área de soldagem. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).



Outras informações relevantes


Projeto de Iniciação Científica ? PRPGI IFMA/CNPq/FAPEMA ? 2014/2015
EDITAL PRPGI Nº 02, de 7 de maço de 2014
Título
AUTOMAÇÃO DO PROCESSO DE SOLDAGEM MIG/MAG ATRAVÉS DO ACIONAMENTO DE UMA MESA DE COORDENADAS XYZ COM MOTORES DE PASSO
Início: agosto/2014
Término: agosto/2016



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/02/2019 às 17:24:23