Clara Miho Narukawa Iwabe

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9639813273966060
  • Última atualização do currículo em 27/03/2018


Possui graduação em Meteorologia (2005) pela Universidade de São Paulo (IAG-USP). Mestrado (2008) e Doutorado (2012) em Meteorologia pela Universidade de São Paulo (IAG-USP). Atualmente é professora assistente doutora da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP-Bauru. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Meteorologia Dinâmica, Meteorologia Sinótica, Climatologia e Modelagem Numérica atuando principalmente nos seguintes temas: análise sinótica e dinâmica de ciclones extratropicais/tropicais e ciclogênese secundária, climatologia de ciclones secundários, modelagem numérica, intrusão estratosférica e vorticidade potencial. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Clara Miho Narukawa Iwabe
Nome em citações bibliográficas
IWABE, C. M. N.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências de Bauru.
Avenida Engenheiro Luiz Edmundo Carrijo Coube, 14-01
Vargem Limpa
17033360 - Bauru, SP - Brasil
Telefone: (14) 31036030
Ramal: 9348
URL da Homepage: http://www.fc.unesp.br/


Formação acadêmica/titulação


2008 - 2012
Doutorado em Meteorologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Ciclones Secundários no Sudoeste do Atlântico Sul: Climatologia e Simulação Numérica, Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Rosmeri Porfírio da Rocha.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: ciclone secundário; climatologia; Modelo WRF; vorticidade potencial.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia / Especialidade: Climatologia.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia / Especialidade: Meteorologia Sinótica.
Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.
2006 - 2008
Mestrado em Meteorologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Intrusão estratosférica associada com ciclogêneses na costa do Sul do Brasil: uma análise utilizando o conceito de vorticidade potencial,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Rosmeri Porfírio da Rocha.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: ciclogênese; ciclone secundário; costa sul do Brasil; vorticidade potencial; intrusão estratosférica.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia / Especialidade: Meteorologia Sinótica.
Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.
2001 - 2005
Graduação em Meteorologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Contribuição da vorticidade potencial na formação de ciclones sobre o leste do sul do Brasil.
Orientador: Rosmeri Porfírio da Rocha.


Pós-doutorado


2013 interrompida
Pós-Doutorado.
Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, IAG, Brasil.
Bolsista do(a): Agência Energética do Ceará, COELCE, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia / Especialidade: Meteorologia Física.
Ano de interrupção: 2014


Formação Complementar


2009 - 2009
Extensão universitária em Message Passing Interface - MPI. (Carga horária: 20h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Principles and Applications of Fluid Dynamics. (Carga horária: 24h).
Universidad de Buenos Aires, UBA, Argentina.
2008 - 2008
Extensão universitária em Linux Básico. (Carga horária: 20h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Aplicações do MatLab em Meteorologia e Climatologi. (Carga horária: 10h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Tópicos de Matemática. (Carga horária: 60h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente Doutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

02/2018 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências de Bauru, .

Cargo ou função
Membro suplente do Conselho de Departamento de Física.
01/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Pesquisas Meteorológicas - Campus Bauru, .

Cargo ou função
Membro Titular do Conselho Deliberativo do IPMet (Portaria FC.C.BRU n. 08 de 26.01.2015).
09/2014 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências de Bauru, .

Cargo ou função
Parecerista de projeto de extensão universitária PROEX.
08/2017 - 01/2018
Ensino, Meteorologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Métodos Matemáticos em Meteorologia - 6 créditos - 90 horas/aula
08/2017 - 01/2018
Ensino, Meteorologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Meteorologia Dinâmica II - 4 créditos - 60 horas/aula
04/2017 - 08/2017
Ensino, Meteorologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Meterologia Dinâmica I - 6 créditos - 90 horas/aula
10/2015 - 08/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências de Bauru, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Local da Faculdade de Ciências para estudar a Flexibilidade nos Currículos de Graduação (Portaria FC.C.BRU n. 96 de 19.10.2015).
05/2017 - 06/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências de Bauru, .

Cargo ou função
Presidente de Comissão de Análise de Transferência Interna - Meteorologia.
04/2017 - 06/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências de Bauru, .

Cargo ou função
Presidente de Comissão de Análise de Transferência Externa - Meteorologia.
10/2015 - 05/2017
Direção e administração, Faculdade de Ciências de Bauru, .

Cargo ou função
Coordenador do Curso de Meteorologia (Portaria FC.C.BRU n. 106 de 29.10.2015).
10/2015 - 05/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências de Bauru, .

Cargo ou função
Membro Titular da Comissão Permanente de Ensino CPE (Portaria FC.C.BRU n. 107 de 04.11.2015).
10/2016 - 02/2017
Ensino, Meteorologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Física Computacional II - 2 créditos - 30 horas/aula
Meteorologia Dinâmica II - 6 créditos - 90 horas/aula
Métodos Matemáticos em Meteorologia - 6 créditos - 90 horas/aula
10/2016 - 02/2017
Ensino, Meteorologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Meteorologia Dinâmica II - atendimento a recuperação - 1 hora/aula
Métodos Matemáticos em Meteorologia - atendimento a recuperação - 6 horas/aula
Física Computacional II - atendimento a recuperação - 2 horas/aula
03/2015 - 08/2016
Direção e administração, Faculdade de Ciências de Bauru, .

Cargo ou função
Coordenador de Pesquisa do Centro de Meteorologia de Bauru - IPMet (Portaria FC.C.BRU n.11 de 05.02.2016).
02/2016 - 07/2016
Ensino, Meteorologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Meteorologia Dinâmica I - 6 créditos - 90 horas/aula
Métodos Estatísticos em Meteorologia e Climatologia - 1 créditos - 15 horas/aula
Trabalho de Conclusão de Curso I - 6 créditos - 90 horas/aula
02/2016 - 07/2016
Ensino, Meteorologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Meteorologia Dinãmica I - atendimento a recuperação - 6 horas/aula
Métodos Estatísticos em Meteorologia e Climatologia - atendimento a recuperação - 6 horas/aula
12/2015 - 02/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências de Bauru, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão Responsável pelo Processo Seletivo para preenchimento de vagas por Transferência Externa no Curso de Bacharelado em Meteorologia (Portaria FC.C.BRU n. 124 de 15.12.2015).
09/2015 - 02/2016
Ensino, Meteorologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Meteorologia Dinâmica 2 - 6 créditos - 90 horas/aula
Métodos Matemáticos em Meteorologia e Climatologia - 6 créditos - 90 horas/aula
11/2015 - 01/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências de Bauru, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão Responsável pelo Processo Seletivo para preenchimento de vagas por Transferência Interna do Curso de Bacharelado em Meteorologia (Portaria FC.C.BRU n. 112 de 11/11/2015).
11/2015 - 01/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências de Bauru, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão Responsável pelo Processo Seletivo para Portador de Diploma de Ensino Superior para preenchimento de vagas do curso de Bacharelado em Meteorologia (Portaria FC.C.BRU n. 113 de 12.11.2015).
12/2014 - 12/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências de Bauru, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Responsável pela Recepção dos Alunos Ingressantes da Faculdade de Ciências no ano de 2015 (Portaria FC.C.BRU n. 88 de 02.12.2014).
12/2014 - 09/2015
Direção e administração, Faculdade de Ciências de Bauru, .

Cargo ou função
Vice-coordenadora do curso de Meteorologia (Portaria FC.C.BRU n. 95 de 18.12.2014).
04/2015 - 07/2015
Ensino, Meteorologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Meteorologia Dinâmica 1 - 6 créditos - 90 horas/aula
Física Computacional 1 - 4 créditos - 60 horas/aula
09/2014 - 01/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Pesquisas Meteorológicas - Campus Bauru, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Provisório do IPMet - Centro de Meteorologia de Bauru (Portaria FC.C.BR 059 de 03.09.2014).
08/2014 - 12/2014
Ensino, Meteorologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Física Computacional II - 4 créditos - 60 horas/aula
Métodos Matemáticos em Meteorologia e Climatologia - 6 créditos - 90 horas/aula
03/2014 - 12/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências de Bauru, .

Cargo ou função
Membro Titular do Conselho de Curso - Baharelado em Meteorologia (Portaria FC.C.BRU n. 25 de 24.03.2014).
02/2014 - 06/2014
Ensino, Meteorologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Física Computacional I - 4 créditos - 60 horas/aula
Observações Meteorológicas II - 2 créditos - 30 horas/aula
Viagem Didática dentro da disciplina de Observações Meteorológicas II para Estação Agrometeorológica da USP de Piracicaba - ESALQ - atividade com duração de 6 horas, incluindo palestras, seminários e visitas às estações meteorológicas)

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: colaborador
Outras informações
Apresentação de seminário - Previsão Climática para o Brasil: Jun-Jul-Ago/2011 do Grupo de Estudos Climáticos - GREC- USP em 17/06/2011. Apresentação de seminário - Previsão Climática para o Brasil: Dez-Jan-Fev/2011 do Grupo de Estudos Climáticos - GREC- USP em 17/12/2010 Apresentação de seminário - Previsão Climática para o Brasil: Jun-Jul-Ago/2010 do Grupo de Estudos Climáticos - GREC- USP em 18/06/2010. Apresentação de seminário - Previsão Climática para o Brasil: Dez-Jan-Fev/2012 do Grupo de Estudos Climáticos - GREC- USP em 20/04/2012.

Vínculo institucional

2006 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: pos-graduando/pesquisador, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2011 - 08/2011
Ensino, Meteorologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Apresentação de uma aula na disciplina de Meteorologia Física 1
08/2010 - 08/2010
Ensino, Meteorologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Apresentação de uma aula no curso de Meteorologia Física 1
08/2007 - 12/2007
Estágios , Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, .

Estágio realizado
Estágio no Programa de Aperfeiçoamento de Ensino (PAE) junto a disciplina de Meteorologia Dinâmica 1.


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Sistema de monitoramento de alerta para eventos hidrológicos extremos do tipo inundação
Descrição: Desastres naturais podem ser definidos como o resultado do impacto de fenômenos naturais extremos ou intensos sobre um sistema social, causando sérios danos e prejuízos que excede a capacidade da comunidade ou da sociedade atingida em conviver com o impacto. No Brasil, os principais fenômenos relacionados a desastres naturais são derivados da dinâmica externa da Terra, tais como, inundações e enchentes, escorregamentos de solos e/ou rochas e tempestades, geralmente associados a eventos pluviométricos intensos e prolongados. No Brasil, o fenômeno de inundação brusca causa o segundo maior número de vítimas relacionadas à desastres naturais, totalizando mais de 32% dos óbitos. Inundações e enchentes são eventos naturais frequentemente deflagrados por chuvas fortes e rápidas ou chuvas de longa duração, geralmente associadas à elevação do volume de precipitação sobre a bacia de drenagem, levando o rio a ultrapassar sua cota máxima. No estado de São Paulo, por exemplo, eventos de inundação brusca e graduais apresentaram ocorrências em praticamente todas mesorregiões, com a inundação brusca apresentando o maior número de ocorrências no estado. Para a análise da probabilidade e a ocorrência de inundação, enchente e de alagamento torna-se necessário analisar naturais e antrópicos, como por exemplo, formas do relevo, características da rede de drenagem, além da intensidade, quantidade, distribuição e frequência das chuvas. Considerando que a ocorrência de desastres naturais no Brasil está aumentando nos últimos anos, o uso de ferramentas mais precisas para o auxílio no monitoramento de eventos hidrológicos extremos torna-se necessária, visando sempre diminuir o número de perdas humanas e materiais. Neste contexto, o projeto proposto tem como principal objetivo desenvolver e implementar um sistema de alerta e monitoramento de eventos extremos relacionados diretamente à valores extremos de precipitação e à processos hidrológicos. Sendo assim, no escopo desta pesquisa pretende-se caracterizar eventos hidrológicos em micro-bacias através de dados climatológicos de nível, vazão e precipitação, caracterizar os principais sistemas meteorológicos associados à eventos hidrológicos extremos sobre as bacias estudadas, desenvolver de ferramentas para o monitoramento de bacias, realizar previsão hidrológica para as bacias em estudo e finalmente elaborar um sistema automático para auxílio no monitoramento e alerta de desastres naturais relacionados à eventos hidrológicos. Considerando os objetivos e metas propostas para o desenvolvimento do projeto, serão utilizadas diversas fontes de informações meteorológicas e hidrológicas como, por exemplo, dados de estimativas de precipitação por radar, além de ferramentas já existentes, como modelos atmosféricos e modelos de previsão de cheias combinadas através de uma metodologia de multiferramentas que auxiliem no objetivo principal proposto. Além do objetivo principal e objetivos específicos apresentados, o projeto proposto visa implementar uma parceria entre as instituições estaduais e centros de pesquisas de meteorologia e de monitoramento de desastres naturais buscando o desenvolvimento de produtos operacionais específicos, tanto de monitoramento como de modelagem numérica, que permitam a rápida identificação de áreas com a probabilidade da ocorrência de extremos meteorológicos e hidrológicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Processos Dinâmicos de Formação de Ciclones Secundários e Precipitação Associada nas Regiões Sul e Sudeste do Brasil
Descrição: Na costa leste da América do Sul também ocorrem os chamados ciclones secundários, que são intensamente estudados no Hemisfério Norte. Estes sistemas não são tão conhecidos no Hemisfério Sul, como no Hemisfério Norte, mas os poucos estudos que existem mostram que este tipo de sistema não é raro no Hemisfério Sul. Na América do Sul, este tipo de evento produz um bloqueio do anticiclone da retaguarda, obrigando seu deslocamento para norte, provocando quedas de temperatura no interior do continente. Estudos mostram que ciclones secundários estão frequentemente associados à presença de fluxos intensos de superfície que por sua vez intensifica o sistema, bem como, aumenta o volume e duração da precipitação na região de atuação, devido ao aumento de tempo de exposição aos sistemas precipitantes. Este projeto tem o objetivo de conhecer os processos dinâmicos de desenvolvimento e manutenção de ciclones secundários através de várias metodologias que permitirão extrair informações importantes para a previsão destes sistemas no Sul e Sudeste do Brasil. Resultarão deste projeto vários algoritmos que serão úteis para estudos futuros. O programa de identificação e rastreamento tridimensional de ciclones secundários no Hemisfério Sul, que poderá ser utilizado também para identificação de ciclones não secundários e o algoritmo de identificação de frentes. Além disso, os resultados das análises darão aos previsores do tempo importantes informações na tomada de decisões no caso de ocorrência de ciclogênese secundária. Um ponto importante deste projeto é a participação de alunos de graduação na execução do projeto para que tenham a oportunidade de ampliar seus conhecimentos e também parcerias com pesquisadores que contribuirão com seus conhecimentos específicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2014
Antenas Especialistas para Sistemas de Detecção de Raios
Descrição: Desenvolvimento de antenas de detecção de raios, de custo reduzido, capaz de descriminar os diferentes tipos de descargas atmosféricas de forma a emitir alertas de aproximação ou incidência de descargas atmosféricas de uma área de 20-50 km de distância. Medidas de raios da rede de detecção de descargas atmosféricas em VLF ? STARNET e em VHF do LMA em conjunto com medidas de sensores de campo elétrico são empregadas para identificar as assinaturas da variação temporal do campo elétrico que precedem a ocorrência de raios intra-nuvem e nuvem-terra..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2012
Ciclones Secundários no Sudoeste do Atlântico Sul: Climatologia e Simulação Numérica

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Rosmeri Porfírio da Rocha em 30/01/2013.
Descrição: A passagem de ciclones extratropicais sobre o Atlântico Sul tem um impacto direto e significativo nas atividades humanas. Um tipo particular de ciclone foi observado na costa leste do Sul do Brasil caracterizado pela sua formação secundária, logo após a passagem de um ciclone principal. A previsibilidade de tais ciclones secundários é considerada um desafio, devido à dificuldade em identificar o sinal (ou sinais) prévio (s) que indiquem a sua formação. Portanto, há necessidade de esclarecer e identificar os mecanismos físicos envolvidos nestas ciclogêneses secundárias através de uma avaliação climatológica, que busque identificar tais mecanismos, seguida de experimentos numéricos que permitam isolar a importância relativa destes mecanismos. Desta forma, o presente projeto tem como objetivo elaborar um modelo conceitual de ciclogênese secundária na costa leste da América do Sul. Isto possibilitará um entendimento maior dos processos de formação, bem como, uma visão climatológica destes sistemas. A primeira etapa do projeto consiste em realizar uma climatologia de ciclones secundários, identificando e rastreando todos os ciclones (secundários e não secundários) para o período entre 1990 e 2005 através de algoritmos objetivos. Análises subjetivas, considerando critérios para identificação de ciclone secundário, selecionarão os sistemas secundários, com o que será construída a climatologia destes sistemas e modelo conceitual. A segunda etapa irá avaliar o modelo conceitual de desenvolvimento dos ciclones secundários através de experimentos numéricos utilizando um modelo de mesoescala, que avaliará a contribuição dos processos físicos de altos e baixos níveis durante o desenvolvimento dos ciclones secundários..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2008
ESTUDO DO DOBRAMENTO DA TROPOPAUSA E SUA RELAÇÃO COM A FORMAÇÃO DE CICLONES À LESTE DO SUL DO BRASIL UTILIZANDO O CONCEITO DE VORTICIDADE POTENCIAL

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Rosmeri Porfírio da Rocha em 05/03/2013.
Descrição: A dobra da tropopausa caracterizada pela intrusão de ar estratosférico para níveis médios da troposfera, têm sido uma das causas da formação de alguns ciclones na superfície. Tem-se notado haver um espaço de tempo entre a ocorrência do dobramento e a ciclogênese. Por esta razão, estudos da dobra da tropopausa e sua relação com a formação de ciclones em superfície, podem contribuir para melhorar o entendimento da dinâmica atmosférica responsável pelas modificações nas condições do tempo. O presente projeto irá estudar o desenvolvimento dos ciclones associados com a dobra da tropopausa sobre a região Leste do Sul do Brasil. Pretendemos obter informações de intensidade e duração entre o início da dobra e a ciclogênese na superfície. A principal ferramenta de localização e trajetória das dobras será a Vorticidade Potencial (VP). Para localizar os ciclones, vorticidade relativa a uma altura de 10 metros será utilizado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2015 - Atual
Divulgação da importância e funcionamento de uma estação meteorológica para alunos de escolas públicas de Bauru e região.
Descrição: A coleta de dados meteorológicos, tanto de superfície como de níveis superiores, vem sendo automatizada com o advento de novas tecnologias. A automatização das estações meteorológicas trouxe muitas vantagens, tais como, dados em resolução temporal mais alta, menos descontinuidade nas séries de dados e isenção de erros humanos, sempre lembrando que a constante calibração e manutenção é essencial para o bom funcionamento dos sensores de coleta de dados automáticos. O princípio de funcionamento dos sensores de estações automáticas é baseado nos instrumentos meteorológicos de estações convencionais, por isso, apesar do avanço da tecnologia é importante manter o conhecimento e ensino dos instrumentos convencionais. Os dados meteorológicos são a base dos estudos na meteorologia e disso depende o conhecimento real dos diversos fenômenos atmosféricos e sua previsão para minimizar os impactos que causam na sociedade. Mas, muitos estudos têm mostrado que estes dados meteorológicos, muitas vezes, apresentam erros de diversas fontes. E análises baseadas nestes dados podem resultar em conclusões errôneas. Existem várias técnicas para corrigir ou minimizar alguns dos erros ou descontinuidades em séries de dados, mas deve se tomar cuidado na aplicação destes testes para não retirar ou mascarar informações importantes que representam a realidade (Peterson et al. 1998). Em um recente estudo de dados de precipitação de Sugahara et al., 2014, observou-se que em vários períodos, numa série longa de dados, não houve registro de dados de chuvas abaixo de 1-2 mm/dia. Isto pode resultar em maior números de dias secos, sendo que isto não retrata a realidade. Portanto, a divulgação, tanto da importância como do funcionamento das estações meteorológicas convencionais para as crianças e adolescentes das escolas de nível fundamental e médio é essencial para formar gerações futuras conscientes da valorização da área de coleta de dados meteorológicos. Com a criação do curso de bacharel em Meteorologia da Unesp de Bauru e a anexação do IPMet ? Centro de Meteorologia de Bauru à Faculdade de Ciências de Bauru, há uma grande necessidade de divulgação correta do curso e despertar o interesse dos jovens pelo curso. Dentro deste contexto, a participação de alunos de graduação do curso de meteorologia será de suma relevância para a efetiva realização do projeto. O objetivo principal deste projeto é a divulgação da meteorologia para a sociedade e a conscientização da importância desta área da ciência para sobrevivência e bem-estar dos seres vivos no planeta Terra. Entre os objetivos específicos estão: mostrar o funcionamento dos instrumentos meteorológicos de uma estação meteorológica para alunos de escolas públicas do ensino fundamental e médio; enfatizar a importância da coleta de dados meteorológicos de qualidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Clara Miho Narukawa Iwabe - Coordenador / Marina Piacenti da Silva - Integrante / Samantha Novaes Santos Martins Almeida - Integrante / Matheus Silva Morandi - Integrante.


Outros Projetos


2017 - Atual
Influência da Oscilação Semianual na precipitação e centros de baixa pressão no Sudeste do Brasil
Descrição: A oscilação semianual do Hemisfério Sul (SAO) é uma oscilação identificada em pressão ao nível médio do mar e temperatura do ar nas latitudes de 50º S e 65ºS ou no gradiente de temperatura em 500 hPa entre estas duas latitudes. Sua oscilação apresenta dois máximos, um no outono e outro na primavera, e os mínimos, um no verão e outro no inverno. Em superfície, de março a junho e de setembro a outubro exibe um padrão de expansão/enfraquecimento do cavado ao redor da Antártica, enquanto que de junho a setembro e de dezembro a março por uma contração/intensificação do círculo polar de baixa pressão. Alguns trabalhos mostram que a SAO está direta ou indiretamente relacionadas com o aumento ou diminuição da baroclinicidade nas médias e altas latitudes do Hemisfério Sul e que o pico máximo da baroclinicidade coincide com um dos meses de pico máximo no gradiente de temperatura e mínimo de pressão ao nível médio do mar. Desta forma, o objetivo deste projeto é verificar qual é o impacto da SAO na precipitação e na atuação de centros de baixa pressão sobre a região Sudeste do Brasil. Para atingir este objetivo o aluno irá trabalhar com dados climatológicos, programação de algoritmos e análise de séries temporais, além de adquirir conhecimento em climatologia e dinâmica de fenômenos sinóticos e de grande escala..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Clara Miho Narukawa Iwabe - Coordenador / Isabella Talamoni Lima - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.


Revisor de periódico


2015 - Atual
Periódico: Revista Terrae Didatica
2014 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Meteorologia (Impresso)
2018 - Atual
Periódico: Revista brasileira de climatologia


Revisor de projeto de fomento


2014 - Atual
Agência de fomento: PRO-REITORIA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia/Especialidade: Meteorologia Dinâmica.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia/Especialidade: Meteorologia Sinótica.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia/Especialidade: Meteorologia Aplicada.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Modelagem Numérica.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia/Especialidade: Meteorologia Física.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Japonês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2018
Paraninfa da Turma de formandos 2017 do Curso de Bacharelado em Meteorologia, Faculdade de Ciências de Bauru - UNESP.
2017
Paraninfa da Turma de formandos 2016 do Curso de Bacharelado em Meteorologia, Faculdade de Ciências de Bauru - UNESP.
2017
Prêmio de melhor trabalho na área de Biometeorologia Humana para Fernanda Rodrigues Diniz, VII Congresso Brasileiro de Biometeorologia, Ambiência, Comportamento e Bem-estar Animal.
2013
Menção Honrosa do Prêmio Capes de Tese 2013, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
2006
Melhor Pôster Júnior na Área Temática SISTEMAS METEOROLÓGICOS E PREVISÃO DE TEMPO, XIV Congresso Brasileiro de Meteorologia.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SciELO
Total de trabalhos:3
Total de citações:3
Iwabe, C. M. N.  Data: 30/01/2013

Artigos completos publicados em periódicos

1.
3IWABE, C. M. N.2011IWABE, C. M. N.; REBOITA, M. S. ; CAMARGO, R. . Estudo de caso de uma situação atmosférica entre 12 e 19 de setembro de 2008, com algumas características semelhantes ao evento Catarina. Revista Brasileira de Meteorologia (Impresso), v. 26, p. 67-84, 2011.

2.
1IWABE, C. M. N.2009 IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . An event of stratospheric air intrusion and its associated secondary surface cyclogenesis over the South Atlantic Ocean. Journal of Geophysical Research, v. 114, p. 1-15, 2009.

3.
2REBOITA, M. S.2009REBOITA, M. S. ; IWABE, C. M. N. ; ROCHA, R. P. ; Ambrizzi, T. . Análise de um Ciclone Semi-Estacionário na Costa Sul do Brasil Associado a Bloqueio Atmosférico. Revista Brasileira de Meteorologia (Impresso), v. 24, p. 407-422, 2009.

Capítulos de livros publicados
1.
BONACHELA, G. S. ; Silva, M. P. ; IWABE, C. M. N. . Em busca da agricultura natural: Modificação do uso da terra e seus impactos. In: Lourenço Magnoni Júnior; Oswaldo Massambani; David Stevens; Wilson Tadeu Lopes da Silva; Sérgio Roberto de Moura Purini; Maria da Graça Mello Magnoni; José Misael Ferreira do Vale; Wellington dos Santos Figueiredo. (Org.). Ciência Alimentando o Brasil. 1ed.São Paulo: Centro Paula Souza, 2016, v. 1, p. 84-89.

2.
ROCHA, R. P. ; Ambrizzi, T. ; REBOITA, M. S. ; GOZZO, L. F. ; IWABE, C. M. N. . Mecanismos dinâmicos e físicos associados às ciclogêneses no Atlântico Sul: Estudos observacionais e numéricos. In: Ambrizzi, Tercio; Jacobi, Pedro Roberto; Dutra, Lívia Márcia Mosso. (Org.). Ciência das mudanças climáticas e sua interdisciplinaridade. 1ed.São Paulo: Annablume, 2015, v. 1, p. 3-13.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
DINIZ, F. R. ; IWABE, C. M. N. ; Silva, M. P. . Avaliação do índice de desconforto térmico humano e sensação térmica para as cinco regiões brasileiras em período de el niño oscilação sul (ENOS). In: VII Congresso Brasileiro de Biometeorologia, Ambiência, Comportamento e Bem-estar Animal, 2017, Jaboticabal. VII Congresso Brasileiro de Biometeorologia, Ambiência, Comportamento e Bem-estar Animal, 2017.

2.
ALBRECHT, R. I. ; RODRIGUEZ, C. A. M. ; IWABE, C. M. N. ; SABA, M. F. ; HOLLER, H. . Using Lightning Mapping Array to evaluate the lightning detection signatures at different technologies. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON ATMOSPHERIC ELECTRICITY, 2014, Norman, OKlahoma.. INTERNATIONAL CONFERENCE ON ATMOSPHERIC ELECTRICITY, 2014.

3.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Secondary Cyclogenesis Associated with stratospheric intrusion over South East Coast of Brazil. In: 9th International Conference on Southern Hemisphere Meteorology and Oceanography, 2009, Melbourne. Extremes Climate and Water in the Southern Hemisphere, 2009.

4.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Contribuição da dobra da tropopausa na itensificação de um ciclone à leste do Sul do Brasil. In: XIV Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2006, Florianópolis. XIV Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2006.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
IWABE, C. M. N.; Fusco, D. . A Simple Algorithm to Identify and Track Trough and Ridge in Reanalysis Data. In: AGU Fall Meeting 2015, 2015, São Francisco - Califórnia. AGU Fall Meeting 2015, 2015.

2.
Maciel, A. H. C. ; IWABE, C. M. N. . Análise Sinótica de uma Tempestade na Região de Bauru no dia 02/09/14. In: VI Simpósio Internacional de Climatologia, 2015, Natal. VI Simpósio Internacional de Climatologia, 2015.

3.
Fusco, D. ; IWABE, C. M. N. . Algoritmo de Rastreamento de Eixos de Cavados e Cristas no Hemisfério Sul. In: VI Simpósio Internacional de Climatologia, 2015, Natal. VI Simpósio Internacional de Climatologia, 2015.

4.
Cardoso, A. A. ; IWABE, C. M. N. . Climatologia da Duração e Intensidade da Chuva em Bauru. In: VI Simpósio Internacional de Climatologia, 2015, Natal. VI Simpósio Internacional de Climatologia, 2015.

5.
Miguel, B. H. ; IWABE, C. M. N. ; Bourscheidt, V. . Análise de uma Frente Fria e a sua Influência sobre a Hidrografia do Município de Bauru-SP. In: VI Simpósio Internacional de Climatologia, 2015, Natal. VI Simpósio Internacional de Climatologia, 2015.

6.
Morandi, M. S. ; IWABE, C. M. N. . Posicionamento da Alta Subtropical do Atlântico Sul (ASAS) e Regime de Precipitação no Estado de São Paulo. In: VI Simpósio Internacional de Climatologia, 2015, Natal. VI Simpósio Internacional de Climatologia, 2015.

7.
Vernini, R. ; IWABE, C. M. N. . Análise da Série Histórica de Temperatura do Ar da Estação Meteorológica da ESALQ, Piracicaba. In: VI Simpósio Internacional de Climatologia, 2015, Natal. VI Simpósio Internacional de Climatologia, 2015.

8.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Análise do Desenvolvimento de Ciclone Secundário no Sul/Sudeste do Brasil utilizando o método de Separação de Fatores. In: XVIII Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2014, Recife. XVIII Congresso Brasiliero de Meteoroloiga, 2014.

9.
Fusco, D. ; IWABE, C. M. N. . Avaliação da queda de temperatura no Brasil devido ao evento de um ciclones secundário no Atlântico Sul. In: I Simpósio de Física, Astronomia e Meteorologia da Unesp, 2014, Bauru. I Simpósio de Física, Astronomia e Meteorologia da Unesp, 2014.

10.
Vernini, R. ; Held, A. M. G. ; Held, G. ; IWABE, C. M. N. . Análise de evento com granizo e ventos fortes no município de Bauru. In: I Simpósio de Física, Astronomia e Meteorologia da Unesp, 2014, Bauru. I Simpósio de Física, Astronomia e Meteorologia da Unesp, 2014.

11.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Influence of surface heat fluxes for the secondary cyclone intensification over the South Atlantic Ocean. In: Japan Geoscience Union Meeting 2012, 2012, Chiba. Japan Geoscience Union Meeting 2012, 2012.

12.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Nmerical evaluation of potential vorticity anomaly at upper levels on the secondary cyclogenesis event. In: European Geosciences Union General Assembly 2011, 2011, Viena. European Geosciences Union General Assembly 2011, 2011.

13.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Climatology of Secondary Cyclone in the East Coast of South America. In: American Geophysical Union Fall Meeting 2011, 2011, San Francisco. AGU Fall Meeting 2011, 2011.

14.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Numerical Simulation of Secondary Cyclogenesis over the Southeast Coast of the South America. In: American Geophysical Union The Meeting of the Americas 2010, 2010, Foz do Iguaçú. American Geophysical Union The Meeting of the Americas 2010, 2010.

15.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Characterization of stratospheric air intrusion by potential vorticity over the South Atlantic Ocean. In: Tenth J. J. Giambiagi Winter School, 2008, Buenos Aires. Tenth J. J. Giambiagi Winter School - Principles and Applications of Fluid Dynamics, 2008.

Apresentações de Trabalho
1.
IWABE, C. M. N.; Fusco, D. . A Simple Algorithm to Identify and Track Trough and Ridge in Reanalysis Data. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Análise do Desenvolvimento de Ciclone Secundário no Sul/Sudeste do Brasil utilizando o método de Separação de Fatores. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Influence of surface heat fluxes for the secondary cyclone intensification over the South Atlantic Ocean. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Climatology of Secondary Cyclone in the East Coast of South America. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Numerical evaluation of potential vorticity anomaly at upper levels on the secondary cyclogenesis event. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Numerical Simulation of Secondary Cyclogenesis over the Southeast Coast of the South America. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Secondary cyclogenesis associated with stratospheric intrusion over the East coast South of Brazil. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Characterization of stratospheric air intrusion by potential vorticity over the South Atlantic Ocean. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Contribuição da dobra da tropopausa na formação e intensificação de ciclones em superfície na costa leste do sul do Brasil. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

10.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . Contribuição da dobra da tropopausa na itensificação de um ciclone à leste do Sul do Brasil. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
Souza, D. O. ; Nascimento, M. G. ; IWABE, C. M. N. . Geologia de Engenharia e Ambiental. São Paulo: ABGE, 2018 (Capítulo de Livro).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
IWABE, C. M. N.. Emissão de parecer técnico junto a resumos submetidos ao XXIX Congresso de Iniciação Científica da Unesp. 2017.

2.
IWABE, C. M. N.. Emissão de parecer de projeto de Iniciação Científica do PIBIC. 2017.

3.
IWABE, C. M. N.. Emissão de parecer de relatório de Iniciação Científica do PIBIC. 2017.

Trabalhos técnicos
1.
IWABE, C. M. N.. Parecer em Relatório final de Projeto de Evento da Unesp. 2016.

2.
IWABE, C. M. N.. Parecer em Revisão de Artigo Científico para Revista Brasileira de Meteorologia. 2016.

3.
IWABE, C. M. N.. Sistema PROEX - Parecer Relator Ad Hoc I - 11/2014. 2014.

4.
IWABE, C. M. N.. Sistema PROEX - Parecer relator do Departamento - 09/2014. 2014.

5.
IWABE, C. M. N.. Sistema PROEX - Parecer relator do Departamento - 09/2014. 2014.

6.
IWABE, C. M. N.. Sistema PROEX - Parecer Relator Ad Hoc I - 11/2014. 2014.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
IWABE, C. M. N.. Conheça o curso de Meteorologia da UNESP Bauru. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
IWABE, C. M. N.. Meteorologia - Estudo da atmosfera terrestre e seus fenômenos. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
IWABE, C. M. N.; KONDRASKI, L. . Diário Agrícola - Revelando segredos da natureza. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
IWABE, C. M. N.. Divulgação do II Encontro de Meteorologia da Unesp. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
IWABE, C. M. N.; Morandi, M. S. . Círculo_On - Unesp Bauru realiza 2º Encontro de Meteorologia. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica


Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Boiaski, N. T.; FERRAZ, S. E. T.; IWABE, C. M. N.; Dal Piva, E. Participação em banca de Elisângela Finotti. Perfil Vertical da Temperatura Oceânica em anos de Eventos de ENOS. 2015. Dissertação (Mestrado em Meteorologia) - Universidade Federal de Santa Maria.

2.
ROCHA, R. P.; Ynoue, R. Y.; IWABE, C. M. N.. Participação em banca de NATÁLIA MACHADO CRESPO. Contribuição da interação troposfera-estratosfera nas ciclogêneses em superfície sobre a América do Sul. 2015. Dissertação (Mestrado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

3.
REBOITA, M. S.; ASSIREU, A. T.; IWABE, C. M. N.. Participação em banca de Esmeraldo David da Silva. Estudo da Precipitação no Estado de Minas Gerais - MG. 2013. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Itajubá.

Teses de doutorado
1.
Freitas, E. D.; Ynoue, R. Y.; Martins, L. D.; IWABE, C. M. N.; Freitas, S. R.. Participação em banca de VIVIANA VANESA URBINA GUERRERO. Condições atmosféricas associadas à dispersão de poluentes nas cidades de São Paulo e Santiago. 2016. Tese (Doutorado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Silva, M. P.; GONCALVES, F. L. T.; IWABE, C. M. N.. Participação em banca de Fernanda Rodrigues Diniz.Análise dos efeitos da poluição atmosférica e desconforto térmico humano sobre internações hospitalares por esclerose múltipla em São Paulo-SP. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
MACHADO, J. P.; IWABE, C. M. N.; LLOPART, M. P.. Participação em banca de Caio Brandão Schiewaldt.Análise de eventos extremos de precipitação para o município de Bauru. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

3.
GOZZO, L. F.; CUSTODIO, M. S.; IWABE, C. M. N.. Participação em banca de Pedro Henrique Melo de Souza.Climatologia de eventos extremos secos e chuvosos no centro oeste do estado de São Paulo. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

4.
GOZZO, L. F.; IWABE, C. M. N.; MACHADO, J. P.. Participação em banca de Tayná Domingues de Almeida.Avaliação do modelo WRF para eventos de tempestade nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
IWABE, C. M. N.; TABATA, A. S.; MACHADO, J. P.. Concurso público para contratação de professor substituto para o conjunto de disciplinas: Meteorologia e Sociedade, Técnicas e Comunicação Oral e Escrita em Meteorologia e Meteorologia Tropical. 2016. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
Silva, M. P.; IWABE, C. M. N.; Scalvi, R. M. F.. Concurso público para contratação de professor substituto para o conjunto de disciplinas: Meteorologia Sinótica I e Meteorologia Sinótica II. 2015. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IV Encontro de Meteorologia da Unesp. 2017. (Encontro).

2.
American Geophysical Union - AGU Fall Meeting 2015. A Simple Algorithm to Identify and Track Trough and Ridge in Reanalysis Data. 2015. (Congresso).

3.
II Encontro de Meteorologia da Unesp. 2015. (Encontro).

4.
VI Simpósio Internacional de Climatologia. 2015. (Simpósio).

5.
I Simpósio de Física, Astronomia e Meteorologia da Unesp. 2014. (Simpósio).

6.
VI Workshop de Ensino de Meteorologia. 2014. (Outra).

7.
WORKSHOP DE METEOROLOGIA.Curso de Meteorologia. 2014. (Encontro).

8.
XVIII Congresso Brasileiro de Meteorologia. Análise do Desenvolvimento de Ciclone Secundário no Sul/Sudeste do Brasil utilizando o método de Separação de Fatores. 2014. (Congresso).

9.
Japan Geosciences Union - International Symposium 2012.Influence of surface heat fluxes for the secondary cyclone intensification over the South Atlantic Ocean. 2012. (Simpósio).

10.
American Geophysical Union - 2011 Fall Meeting.Climatology of Secondary Cyclone in the East Coast of South America. 2011. (Encontro).

11.
European Geosciences Union General Assembly. Numerical evaluation of potential vorticity anomaly at upper levels on the secondary cyclogenesis event. 2011. (Congresso).

12.
American Geophysical Union - The Meeting of the Americas.Numerical Simulation of Secondary Cyclogenesis over the Southeast Coast of the South America. 2010. (Encontro).

13.
9th International Conference on Southern Hemisphere Meteorology and Oceanography. Secondary Cyclogenesis Associated with Stratospheric Intrusion over South East Coast of Brazil. 2009. (Congresso).

14.
1 Simpósio Brasileiro de Mudanças Ambientais Globais. 2007. (Simpósio).

15.
1st Ibero-American Workshop on Climate Dynamics, Climate Change and Regional Climate Modeling.1st Ibero-American Workshop on Climate Dynamics, Climate Change and Regional Climate Modeling. 2007. (Encontro).

16.
Mudanças Climáticas e Estratégias Empresariais - FEA-USP. 2007. (Seminário).

17.
XXXVI Programa de Verão-IME-USP: Mecânica de Fluidos Computacionais. 2007. (Oficina).

18.
XIV Congresso Brasileiro de Meteorologia. Contribuição da dobra da tropopausa na itensificação de um ciclone à leste do Sul do Brasil. 2006. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Ruggiero, L. O. ; Silva, M. P. ; Scalvi, R. M. F. ; IWABE, C. M. N. . III Simpósio de Física, Astronomia e Meteorologia - III SIFAM. 2016. (Outro).

2.
SILVA FILHO, L. C. ; Silva, M. P. ; LEGENDRE, A. O. ; IWABE, C. M. N. . 13ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. 2016. (Outro).

3.
IWABE, C. M. N.; Scalvi, R. M. F. . II Encontro de Meteorologia da Unesp. 2015. (Outro).

4.
Ruggiero, L. O. ; IWABE, C. M. N. ; Scalvi, R. M. F. . II Simpósio de Física, Astronomia e Meteorologia da UNESP - II SIFAM. 2015. (Outro).

5.
Ruggiero, L. O. ; Scalvi, R. M. F. ; IWABE, C. M. N. . I Simpósio de Física, Astronomia e Meteorologia da Unesp - I SIFAM. 2014. (Outro).

6.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. . NVIDIA - Compute Unified Device Architecture (CUDA). 2010. (Outro).

7.
IWABE, C. M. N.; ROCHA, R. P. ; Krusche, N. . Princípios Básicos de MatLab e Aplicações. 2010. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Monografias de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Gabriel Azevedo Canevari. Estudo sinótico do ciclone secundário na costa leste do Brasil ocorrido em março de 2010. Início: 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Matheus Bernardino da Luz. Avaliação numérica do evento de setembro de 2008, caso semelhante ao ciclone Catarina. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. (Orientador).

2.
Isabella Talamoni Lima. Oscilação Semianual e atuação de sistemas ciclônicos no Sudeste do Brasil. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. (Orientador).

3.
João Gabriel Brito Freitas. Estudo de caso de evento meteorológico de setembro de 2015. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. (Orientador).

4.
Ana Claudia Cardoso de Jesus. Estudo de caso de evento meteorológico de maio de 2011.. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
José Scolar Junior. Posicionamento da Alta Subtropical do Atlântico Sul e Precipitação no estado de São Paulo. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Clara Miho Narukawa Iwabe.

2.
Andressa Andrade Cardoso. CARACTERIZAÇÃO DA TAXA DE PRECIPITAÇÃO DOS SISTEMAS METEOROLÓGICOS ATUANTES NA CIDADE DE BAURU. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Clara Miho Narukawa Iwabe.

3.
Matheus Silva Morandi. UM ESTUDO DINÂMICO DAS FRENTES FRIAS QUE ATINGEM O ESTADO DE SÃO PAULO. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Clara Miho Narukawa Iwabe.

4.
Rafael Vernini Padovani. ALGORITMO DE IDENTIFICAÇÃO DE ZONAS FRONTAIS FRIAS E CLIMATOLOGIA PARA O ESTADO DE SÃO PAULO. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Clara Miho Narukawa Iwabe.

5.
Diogo Fusco. ANÁLISE OBJETIVA DA INFLUÊNCIA DAS CARACTERÍSTICAS DO CAVADO DE NÍVEIS MÉDIOS NOS CICLONES EXTRATROPICAIS DE SUPERFÍCIE NA REGIÃO DO ATLÂNTICO SUL. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Clara Miho Narukawa Iwabe.

Iniciação científica
1.
Rafael Vernini Padovani. ALGORITMO DE IDENTIFICAÇÃO DE ZONAS FRONTAIS FRIAS E CLIMATOLOGIA PARA O ESTADO DE SÃO PAULO. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Clara Miho Narukawa Iwabe.

2.
Diogo Fusco. ANÁLISE OBJETIVA DA INFLUÊNCIA DAS CARACTERÍSTICAS DO CAVADO DE NÍVEIS MÉDIOS NOS CICLONES EXTRATROPICAIS DE SUPERFÍCIE NA REGIÃO DO ATLÂNTICO SUL. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Clara Miho Narukawa Iwabe.

3.
Andressa Andrade Cardoso. CARACTERIZAÇÃO DA TAXA DE PRECIPITAÇÃO DOS SISTEMAS METEOROLÓGICOS ATUANTES NA CIDADE DE BAURU. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Clara Miho Narukawa Iwabe.

Orientações de outra natureza
1.
Fernanda Ferreira Verdelho. Atualização do Banco de Dados do IPMet com as coordenadas geográficas de cada ponto que sofreu com danos referentes a desastres naturais decorrentes de chuva na cidade de Bauru. 2016. Orientação de outra natureza. (Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Bauru. Orientador: Clara Miho Narukawa Iwabe.

2.
Patricia Barbosa de Almeida. Análise do padrão atmosférico do Furacão Catarina. 2015. Orientação de outra natureza. (Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, PRO-REITORIA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Orientador: Clara Miho Narukawa Iwabe.

3.
Jadson Junior Rios Figueiredo. Análise de campos meteorológicos com o software GRADS. 2015. Orientação de outra natureza. (Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, PRO-REITORIA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Orientador: Clara Miho Narukawa Iwabe.

4.
Matheus Silva Morandi. Divulgação da importância e funcionamento de uma estação meteorológica para alunos de escolas públicas de Bauru e região.. 2015. Orientação de outra natureza. (Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, PRO-REITORIA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Orientador: Clara Miho Narukawa Iwabe.

5.
Diogo Fusco. Avaliação da queda de temperatura no Brasil devido ao evento de um ciclone secundário no Atlântico Sul. 2014. Orientação de outra natureza. (Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, PRO-REITORIA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Orientador: Clara Miho Narukawa Iwabe.

6.
Patricia Barbosa de Almeida. Ciclones Tropicais. 2014. Orientação de outra natureza. (Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, PRO-REITORIA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Orientador: Clara Miho Narukawa Iwabe.

7.
Jadson Junior Rios Figueiredo. Divulgação da importância e funcionamento de uma estação meteorológica para alunos de escolas públicas de Bauru e região.. 2014. Orientação de outra natureza. (Meteorologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Clara Miho Narukawa Iwabe.

8.
Barbara Hass. Análise Sinótica de um evento de frente fria e sua consequência hidrológica em Bauru. 2014. Orientação de outra natureza. (Gestão e Análise Ambiental) - Universidade Federal de São Carlos. Orientador: Clara Miho Narukawa Iwabe.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
IWABE, C. M. N.. Divulgação do II Encontro de Meteorologia da Unesp. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).



Outras informações relevantes


Segundo semestre/2003 - Monitoria da disciplina Climatologia I
Primeiro semestre/2004 - Monitoria da disciplina Meteorologia Física II
Segundo semestre/2004 - Monitoria da disciplina Meteorologia Dinâmica I
Segundo semestre/2007 - Estágio no Programa de Aperfeiçoamento de Ensino - PAE junto a disciplina Meteorologia Dinâmica I supervisionada pela Profa. Dra. Rosmeri Porfírio da Rocha
Experiência nos ambientes Windows e Linux. Conhecimento em linguagem de programação C e Fortran, e aplicativo GrADS.
Aprovada em primeiro lugar no concurso público para Professor Assistente Doutor da Universidade Estadual Paulista (UNESP) no conjunto de disciplinas Meteorologia Dinâmica I, Meteorologia Dinâmica II e Métodos Matemáticos em Meteorologia.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/10/2018 às 4:32:21