Moisés Monteiro de Melo Neto

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5055163637714957
  • Última atualização do currículo em 17/10/2018


Possui graduação em Letras (1992), mestrado em Letras pela Universidade Federal de Pernambuco (2004) e doutorado em Letras pela Universidade Federal de Pernambuco (2011). Atualmente é professor da Universidade Estadual de Alagoas e da UPE (Universidade Estadual de Pernambuco). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Letras, atuando principalmente nos seguintes temas: Dramaturgia, Literatura Comparada, Estudos Culturais, Produção Textual, Literaturas em Língua Portuguesa. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Moisés Monteiro de Melo Neto
Nome em citações bibliográficas
MELO NETO, M. M.


Formação acadêmica/titulação


2008 - 2011
Doutorado em Letras.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: Do Escrevivendo aos Atentados poéticos. Abismos da Poeticidade em Jomard Muniz de Britto, Ano de obtenção: 2011.
Orientador: Lucila Nogueira Rodrigues.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: autor pernambucano.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
2002 - 2004
Mestrado em Letras.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: Manguetown: a representação do Recife na obra de chico science e outros poetas da cena recifense,Ano de Obtenção: 2004.
Orientador: Roland Mike Walter.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
1998 - 1999
Especialização em LITERATURA BRASILEIRA. (Carga Horária: 450h).
Fundação de Ensino Superior de Olinda, FUNESO, Brasil.
Título: Experimentalismo e Pós-Modernismo no Movimento Mangue.
Orientador: Lucila Nogueira.
1989 - 1992
Graduação em Letras.
Faculdade Frassinetti do Recife, FAFIRE, Brasil.




Formação Complementar


2014 - 2014
A interpretação da imagem: subsídios para o ensino. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2008 - 2008
MÁRIO PEDROSA E A CRÍTICA DE ARTE NO BRASIL. (Carga horária: 5h).
Fundação Joaquim Nabuco, FUNDAJ, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual de Alagoas, UNEAL, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40


Sociedade Recifense de Estudos de Ciências Humanas, SORECH, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: PROFESSOR no Ensino Superior, Carga horária: 9
Outras informações
professor na área de Cultura e Produção Textual (Cursos de Admnistração e Publicidade)


Governo do Estado de Pernambuco, GOVERNO/PE, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 2018
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20
Outras informações
Núcleo de Estudos de Língua


Escola Superior de Relações Públicas, ESURP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2013
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 6


Colégio de São José - Recife, CSJ, Brasil.
Vínculo institucional

1992 - 2018
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 6
Outras informações
Professor na área de Letras


Universidade de Pernambuco, UPE, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: PROFESSOR no Ensino Superior, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Núcleo de Pesquisa em Estudos Literários, Artes e Ensino: NELIEN
Descrição: LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Moisés Monteiro de Melo Neto - Coordenador / Helenice Fragoso dos Santos - Integrante / Juliana Silva Dias - Integrante / Rosilene Pimentel Santos rangel - Integrante.


Projetos de extensão


2017 - Atual
PROJETO TUPI FORMAÇÃO DO TEATRO UNIVERSITÁRIO EM PALMEIRA DOS ÍNDIOS (TUPI) Pesquisa e atuação: Teatro como ferramenta pedagógica na prática do ensino de Literatura
Descrição: Numa encruzilhada de culturas e individualidades rizomáticas o projeto TUPI promove ciclo de eventos que terão como base os textos literários adaptados para sala de aula. Através de adaptações de obras da literatura brasileira, não necessariamente peças originais, mas encenações de poemas, romances, contos, crônicas levar obras literárias à cena com dramatização, palestra e debate, para aproximar mais a literatura da comunidade de maneira ágil e problematizadora. Com um custo mínimo, abriremos o Campus III da UNEAL também ao público externo, com a realização de Seminários que discutirão as relações humanas através dos Grandes Mestres das Letras. Numa série de leituras dramatizada e palestras, trabalharemos com os nossos alunos do curso de Letras uma nova vivência que eles poderão aplicar com sucesso em sala de aula. O teatro foi o primeiro antídoto contra o tédio. Os gregos e outros povos o utilizaram com maestria para expressar nossos anseios. Mais um grupo de teatro universitário, simplesmente? Não. Um núcleo de pesquisa e teoria. Nem Constantin Stanislavski, nem Bertolt Brecht, nem Guarniere, Boal, Antunes Filho, mas um pouco de todos esses (e outros) que fizeram valer a força da cena como catalisadora de entendimento artístico do mundo (mundividência). Esse primeiro projeto do TUPI é um SEMINÁRIO INTERDISCIPLINAR no CAMPUS III da UNEAL, seminário interligando os departamentos de Pedagogia, Geografia, História e Letras uma leitura dramatizada aberta à comunidade como um todo. Inicialmente, palestras com professores da UNEAL e mesa redonda com alunos deste campus e do campus de Arapiraca (Administração) e a seguir a exibição da leitura dramatizada e um debate regrado. A primeira obra a ser levada à cena seria Caetés, de Graciliano Ramos. Em 2018, completam-se 90 anos da Gestão dele como Prefeito da Cidade, e é essa visão que buscamos nessa fase documentada em seus famosos relatórios. O PROJETO CONTINUARÁ EM 2018(2 semestres)..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (15) .
Integrantes: Moisés Monteiro de Melo Neto - Coordenador / Elson da Silva Porto - Integrante / Jéssica Leite dos Santos - Integrante / Williams Ferreira Araújo - Integrante / Eduardo Santos - Integrante / Marcos Apolinário Barros - Integrante / Marizete Sales da Silva - Integrante / Aline da Silva Oliveira - Integrante / Alexanndre Souza de Oliveira Terto - Integrante / Nayara Maria dos Santos - Integrante / Maria Letícia Bernardino Santos - Integrante / Emanuelle Maria da Silva Piancó - Integrante / Anayla Gomes Lucena - Integrante / Elissandra Guedes de Magalhães - Integrante / Darlene Silva dos Santos - Integrante / Sandra Francisca dos Santos - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Teatro/Especialidade: Dramaturgia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende BemLê Bem.


Prêmios e títulos


2007
Prêmio Klaus Vianna pelo Roteiro de Dança "Recife Paralelo 8", FUNARTE - MINC.
2006
Prêmios Ari Severo / Firmo Neto pelo Curta Metragem Incenso, Governo do Estado de Pernambuco e Prefeitura da Cidade do Recife.
1986
Prêmio Governo do Estado de Pernambuco pelo texto "Um Certo Delmiro Gouveia", Governo do Estado de Pernambuco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MELO NETO, M. M.2008MELO NETO, M. M.. Chico science encontra josué de castro. Le Monde Diplomatique (Online), v. set, p. 1-8, 2008.

2.
MELO NETO, M. M.2007MELO NETO, M. M.. A obra de Hermilo Borba Filho. Diário Oficial da União. Seção 1 (Online), v. 2007, p. 23168-23170, 2007.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
MELO NETO, M. M.. Literatura Dramática Através dos Textos. 1. ed. Recife: Corisco Editora, 2018. v. 1. 363p .

2.
MELO NETO, M. M.. ABISMOS DA poeticidade em Jomard Muniz de Britto. Do escrevivendo aos atentados poéticos. 1ª. ed. Jaboatão dos Guararapes: Sesc, 2015. v. 1000. 376p .

3.
MELO NETO, M. M.. CONTRACULTURA: A POESIA DO DESBUNDE NA LITERATURA BRASILEIRA. 1. ed. Recife: Livro Rápido, 2015. v. 200. 80p .

4.
MELO NETO, M. M.. O épico brasileiro no século XXI: notícias americanas. 1. ed. Recife: Livro Rápido, 2015. v. 200. 106p .

5.
MELO NETO, M. M.. Tetralogia do amor cruel. 1ª. ed. Recife: Livro Rápido/ Edições Ilusionistas, 2013. v. 1. 265p .

6.
NETO, M. ; MELO NETO, M. M. . Poemas de Moisés Neto publicados em jornal. 1. ed. Recife: Livro Rápido/ Edições Ilusionistas, 2012. 59p .

7.
MELO NETO, M. M.. PEQUENA HISTÓRIA DA LITERATURA BRASILEIRA. 1ª. ed. Recife: Editora Livro Rápido- Elógica. Edições Ilusionistas, 2011. v. 1. 316p .

8.
MELO NETO, M. M.. ANTICÂNONE Literatura em Pernambuco a partir do século XX. 1. ed. Recife: Editora Livro rápido- Elógica, 2010. v. 1. 216p .

9.
MELO NETO, M. M.. Passagem: Contos & Poemas. 1. ed. Recife: Edições Ilusionistas / Livro Rápido - Elógica, 2005. v. 1. 121p .

10.
MELO NETO, M. M.. Chico Science, Zeroquatro & Faces do Subúrbio. 1. ed. Recife: Livro Rápido / Edições Ilusionistas, 2004. v. 1. 198p .

11.
MELO NETO, M. M.. Teatro Ilusionista. 1. ed. Recife: Edições Ilusionistas / Livro Rápido, 2004. v. 1. 227p .

12.
MELO NETO, M. M.. A Rapsódia Afrociberdélica. 1. ed. Recife: Comunicarte, 2000. v. 1. 194p .

Capítulos de livros publicados
1.
MARIA NETA, F. ; PEIXOTO, J. A. L. ; MELO NETO, M. M. . Por uma dramaturgia nordestina: um estudo de caso. In: Francisca Maria Neta; Josés Adelson Lopes Peixoto. (Org.). ECOS DO SILÊNCIO: o saber e o fazer da pesquisa. 1ed.Recife: LIBERTAS Editora, 2018, v. 1, p. 93-106.

2.
Francisca Maria Neta ; José Adelson Lopes Peixoto ; MELO NETO, M. M. . Posicionamento crítico, desafio constante dos professores: o caso do poema épico e as diferenças de gênero da poesia. In: Francisca Maria Neta; José Adelson Lopes Peixoto. (Org.). Saberes Compartilhados: múltiplos olhares na contemporaneidade. 1ed.Recife: Libertas, 2018, v. , p. 227-242.

3.
MELO NETO, M. M.. A representação do Recife na obra de Chico Science e outros poetas do Movimento Mangue. In: Sônia Lúcia Ramalho de Farias e João Denys Araújo Leite. (Org.). Imagens do Brasil na Literatura. 1ed.Recife: Editora da UFPE, 2005, v. 1, p. 231-255.

4.
MELO NETO, M. M.. Barthes e a revolução pela linguagem. In: Alfredo Cordiviola. (Org.). A Câmara de Ecos: Ensaios sobre Roland Barthes. 1ed.Recife: Associação de Estudos Portugueses Jordão Emerenciano, 2003, v. 1, p. 55-64.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MELO NETO, M. M.. "Caetano Veloso titubeia entre a modéstia e a empáfia". jornal do commercio, Recife, p. 6 - 6, 15 fev. 1998.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MELO NETO, M. M.. Jomard Muniz de Britto e Chico Science: dois pernambucanos resistentes. In: IV CONGRESSO INTERNACIONAL SESC E UFPE DE ARTE / EDUCAÇÃO, 2014, RECIFE. ECOS DE RESISTÊNCIAS NA AMÉRICA LATINA. SESC: SESC, 2014. v. 1. p. 689-698.

2.
MELO NETO, M. M.. O ROMANCE DO PAVÃO MISTERIOSO, ALAU?DDIN E A LÂMPADA MÁGICA: INTERSECÇÕES E DISJUNÇÕES. FICÇÕES EM TRÂNSITO. In: XIII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada, 2013, Campina Grande. ANAIS ABRALIC INTERNACIONAL (2013) - Volume 1, Número 2. Campina Grande: Realize eventos científicos & editora ltda, 2013. v. 1. p. 1-7.

3.
MELO NETO, M. M.. Poesia, política e pedagogia: a trangressão no Recife de Jomard Muniz de Britto. In: Colóquio Internacional Crimes, Delitos e Transgressões, 2013, Belo Horizonte. Colóquio Internacional Crimes, Delitos e Transgressões. Belo Horizonte: UFMG, 2013. v. Único. p. 367-372.

4.
MELO NETO, M. M.. As vozes na poeticidade de Jomard Muniz de Britto. In: FLIPORTO, 2009, Ipojuca. LEGADO FLIPORTO 2008:TRILHAS DA DIÁSPORA. RECIFE: CARPE DIEM/ BAGAÇO, 2009. p. 312-315.

Apresentações de Trabalho
1.
MELO NETO, M. M.. Sobre A GAIVOTA, peça de Anton Tchekhov. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
MELO NETO, M. M.. A poeticidade na obra de Jomard Muniz de Britto. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
Lira, João Augusto ; MELO NETO, M. M. . Poética do Grito & Geografia da Vertigem: um olhar sobre a dramaturgia de João Denys. Recife, 2018. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
MELO NETO, M. M.. Patrícia Melo - Valsa Negra. Recife: Le Mangue, 2003 (Resenha).

3.
MELO NETO, M. M.. MARCUS ACCIOLY - Latinomérica. Recife: Le Mangue, 2002 (Resenha).

4.
MELO NETO, M. M.. JOMARD MUNIZ DE BRITTO-Atentados Poéticos. Recife: Le Mangue, 2002 (Resenha).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MELO NETO, M. M.. Moisés Neto entrevista Gilvan Lemos. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
MELO NETO, M. M.. http://moisesneto.blogspot.com.br/. 2013; Tema: arte, política, afetividade. (Rede social).

2.
MELO NETO, M. M.. www.moisesneto.com.br. 2009; Tema: Literatura, teatro. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
MELO NETO, M. M.. OFICINA DA LAMA ÀS LETRAS. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Produção artística/cultural
Artes Cênicas
1.
MELO NETO, M. M.; RODRIGUEZ, M. . RICARDO III. 2018. Teatral.

2.
MELO NETO, M. M.. Nova Branca de Neve. 2018. Teatral.

3.
MELO NETO, M. M.. TRÊS TRISTES GREGAS. 2017. Teatral.

4.
MELO NETO, M. M.. Cosmos e o Menino Mágico. 2017. Teatral.

5.
MELO NETO, M. M.; NAVARRO, L. . Um minuto para dizer que te amo. 2017. Teatral.

6.
MELO NETO, M. M.; NAVARRO, L. . UM MINUTO PARA DIZER QUE TE AMO. 2017. Teatral.

7.
MELO NETO, M. M.. Como tem Zé!. 2015. Teatral.

8.
MELO NETO, M. M.. Orgia: Túlio Carella e o Teatro do Insólito. 2015. Teatral.

9.
MELO NETO, M. M.. O Som da Esperança, musical infanto juvenil. 2014. Teatral.

10.
MELO NETO, M. M.. Natal da Esperança. 2014. Teatral.

11.
MELO NETO, M. M.. O CIRCO DO FUTURO. 2011. Teatral.

12.
MELO NETO, M. M.. BENTO TEIXEIRA. 2010. Teatral.

13.
MELO NETO, M. M.. BRUNO E O CIRCO. 2010. Teatral.

14.
MELO NETO, M. M.. Sonho de Primavera. 2009. Teatral.

15.
MELO NETO, M. M.. ANJOS DE FOGO E GELO- A VIDA DE ARTHUR RIMBAUD. 2008. Teatral.

16.
MELO NETO, M. M.. RECIFE-PARALELO 8. 2007. Teatral.

17.
MELO NETO, M. M.. PARA UM AMOR NO RECIFE. 1999. Teatral.

18.
MELO NETO, M. M.. UM CERTO DELMIRO GOUVEIA. 1985. Teatral.

Música
1.
MELO NETO, M. M.. Show Edilza Aires. 2016. Outra.

Outras produções artísticas/culturais
1.
MELO NETO, M. M.. CHICO SCIENCE: MONÓLOGO AO PÉ DO OUVIDO. 2017 (Transmissão radiofônica).

2.
MELO NETO, M. M.. DOM CASMURRO. 2017 (Transmissão Radiofônica).

3.
MELO NETO, M. M.. O JULGAMENTO DE PADRE CÍCERO. 2016 (Rádio).

4.
MELO NETO, M. M.. O Circo do Futuro (2ª temporada de Bruno e o Circo). 2011 (TEXTO PEÇA TEATRAL).

5.
MELO NETO, M. M.. RECIFE PARALELO 8. 2007 (DANÇA (ROTEIRO E DIREÇÃO)).

6.
MELO NETO, M. M.. INCENSO(a poesia de Ascenso Ferreira). 2007 (filme).

7.
MELO NETO, M. M.. Sonho de Primavera. 2004 (Peça teatral).

8.
MELO NETO, M. M.. A Ilha do Tesouro. 2002 (Peça teatral).

9.
MELO NETO, M. M.. Para um Amor no Recife. 1999 (Peça teatral).

Demais trabalhos
1.
MELO NETO, M. M.. Moisés Neto. 2000 (Site na internet) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Teses de doutorado
1.
MELO NETO, M. M.. Participação em banca de JOÃO AUGUSTO DE MEDEIROS LIRA. Poética do Grito & Geografia da Vertigem: Contradiscurso e Perfomatização na Dramaturgia de João Denys Araújo Leite. 2017. Tese (Doutorado em Pos-Grduação em Letras) - Universidade Federal de Pernambuco.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
MELO NETO, M. M.; TAVARES, M. G.; LEITE, R. G.. Participação em banca de Weudson Pereira da Silva.Graciliano Ramos e Vidas Secas: memórias, histórias e representações sobre o Nordeste. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual de Alagoas.

2.
MELO NETO, M. M.; TAVARES, M. G.; LEITE, R. G.. Participação em banca de Maria Luísa Pereira de Melo.Ensino de História e possíveis usos da Literatura. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual de Alagoas.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Semana de Estudos Literários (Semali) da Universidade Estadual de Alagoas.Teatro como ferramenta pedagógica. 2018. (Outra).

2.
VI CONGRESSO INTERNACIONAL SESC E UFPE DE ARTE / EDUCAÇÃO. Visões da dramaturgia de João Denys Araújo Leite como gesto de (re) Existência. 2018. (Congresso).

3.
1ª FESTA LITERÁRIA PALMEIRA DOS ÍNDIOS FLIPAL.A obra de Graciliano Ramos e o uso do Teatro como ferramenta pedagógica. 2017. (Encontro).

4.
Fantasias e fetiches: do saudável ao patológico, uma leitura interdesciplinar.Erotismo e Neurose na peça teatral UM BONDE CHAMADO DESEJO. 2016. (Seminário).

5.
V CONGRESSO INTERNACIONAL SESC DE ARTE / EDUCAÇÃO. O POEMA ÉPICO E AS DIFERENÇAS DE GÊNERO DA POESIA. 2016. (Congresso).

6.
vítimas do holocausto.Tolerância, minorias e direitos humanos. 2016. (Outra).

7.
Evento sobre Kafka Pen Clube Associação Mundial de Escritores res.A última noite de Kafka. 2015. (Encontro).

8.
IV CONGRESSO INTERNACIONAL SESC-PE E UFPE DE ARTE-EDUCAÇÃO. Jomard Muniz de Britto e Chico Science: dois pernambucanos resistentes. 2014. (Congresso).

9.
2º Congresso de Literatura Fantástica de Pernambuco. Heranças, preconceitos e truques. Reflexos do Fantástico em Ala'uddin e a lâmpada mágica, Murilo Rubião (O ex-mágico da taberna minhota e José Camelo (Romance do pavão Misterioso). 2013. (Congresso).

10.
Colóquio Internacional CRIMES, TRANSGRESSÕES DELITOS.Poesia, política e pedagogia: a trangressão no Recife de Jomard Muniz de Britto. 2013. (Outra).

11.
XIII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada. O conto árabe Ala´uddin e o cordel: Pavão misterioso, intersecções e disjunções: ficções em trânsito. 2013. (Congresso).

12.
Festival A Letra e a Voz.Outros Vestidos de Noiva: Nelson Rodrigues em cena. 2012. (Seminário).

13.
Mutações- A condição humana. 2009. (Seminário).

14.
O UNIVERSO DE ANTUNES FILHO.A POÉTICA DE NELSON RODRIGUES NA MONTAGEM DE A FALECIDA POR ANTUNES FILHO. 2009. (Seminário).

15.
VII BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE PERNAMBUCO.Os abismos da poeticidade em Jomard Muniz de Britto. 2009. (Outra).

16.
FLIPORTO.As múltiplas etnias na obra de Jomard Muniz de Britto. 2008. (Outra).

17.
Mostra Paulista de Dramaturgia Nordestina.Dramturgia Nordestina. 2008. (Encontro).

18.
SEMINÁRIO CULTURAS POPULARES:Memória e Diversidade. 2008. (Seminário).

19.
II COLÓQUIO DE ESTUDOS LITERÁRIOS CONTEMPORÂNEOS.ABISMOS DA POETICIDADE EM JOMARD MUNIZ DE BRITTO. 2007. (Outra).

20.
VI CICLO DE ESTUDOS LINGÜÍSTICOS LITERÁRIOS.O TRABALHO DIDÁTICO COM ADAPTAÇÕES DE TEXTOS LITERÁRIOS. 2006. (Seminário).

21.
VI Ciclo de Estudos Lingüísticos Literários da Faculdade de Ciências Humanas de Olinda.O trabalho didático com adaptações de textos literários. 2006. (Seminário).

22.
II SEMINÁRIO LITERATURA EM CURSO.A ESTRUTURA ENGANOSA DO BEST-SELLER. 2005. (Seminário).

23.
I SEMINÁRIO LITERATURA EM CURSO.CAUSAS E EFEITOS DO MANGUEBEAT: ETNOCENOLOGIA NA CENA RECIFENSE. 2004. (Seminário).

24.
I SEMINÁRIO AMÉRICA-AMÉRICAS: CULTURA, PODER E IDENTIDADE.CULTURA, PODER E IDENTIDADE. 2003. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MELO NETO, M. M.; SANTOS, H. F. ; OLIVEIRA, A. A. . Seminário UNEAL de Dramaturgia Brasileira. 2018. (Outro).

2.
MELO NETO, M. M.. Seminário Interdisciplinar:Palmeira dos Índios em Graciliano Ramos (1928-1933). 2017. (Outro).

3.
MELO NETO, M. M.; José Francisco de Paula Cavalcanti Filho . Exposição Ruy Barbosa e Castro Alves. 2009. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Jéssika Mascaro. A medievalização do sertão na obra de Ariano Suassuna numa perspectiva intersemiótica. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras) - Universidade Estadual de Alagoas. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Alunos do Curso de Letra da UNEAL Campus III. Projeto TUPI (Teatro Universitário em Palmeira dos Índios). Início: 2017. Orientação de outra natureza. Universidade Estadual de Alagoas. (Orientador).



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MELO NETO, M. M.. Moisés Neto entrevista Gilvan Lemos. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).



Outras informações relevantes


Teve seu texto "As vozes na poeticidade de Jomard Muniz de Britto" publicado nos Anais da FLIPORTO 2008 (isbn 978-85-62648-04-5) EM 2009.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/10/2018 às 12:02:00