Carolina Christoph Grillo

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4331600357583727
  • Última atualização do currículo em 14/08/2018


É doutora em Ciências Humanas (Antropologia Cultural) pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2013), com período de estágio de doutorado sanduíche na Université de Lille 1 -Sciences et Technologies. Também obteve o título de Mestre em Sociologia (concentração em Antropologia) (2008) e concluiu a graduação em Ciências Sociais (2006) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Foi bolsista de pós-doutorado (PNPD/CAPES) do Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens culturais do Centro de Pesquisa e Documentação em História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas (CPDOC/FGV-Rio) e bolsista de pós-doutorado (FAPESP) do Departamento de Sociologia da Universidade de São Paulo (USP), vinculada ao projeto temático intitulado "A gestão do conflito na produção da cidade contemporânea". Atua como professora assistente do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal Fluminense em Campos dos Goytacazes e como pesquisadora associada do Núcleo de Estudos da Cidadania Conflito e Violência Urbana (NECVU/IFCS/UFRJ). Possui experiência nas áreas de Antropologia e Sociologia, atuando principalmente nos seguintes temas: crime, violência, mercados ilegais, segurança pública, justiça criminal, direitos humanos e movimentos sociais. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Carolina Christoph Grillo
Nome em citações bibliográficas
GRILLO, C. C.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia.
Avenida Professor Luciano Gualberto
Butantã
05508010 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 30913703
URL da Homepage: http://sociologia.fflch.usp.br/


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2013
Doutorado em Sociologia e Antropologia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
com período sanduíche em Université Lille 1 - Sciences et Technologies (Orientador: Dominique Duprez).
Título: Coisas da Vida no Crime: Tráfico e roubo em favelas cariocas, Ano de obtenção: 2013.
Orientador: Michel Misse.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: violência; tráfico de drogas; roubo; favela; Rio de Janeiro.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Urbana.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Urbana / Especialidade: criminalidade e conflito social urbano.
2006 - 2008
Mestrado em Sociologia e Antropologia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Fazendo o Doze na Pista: um estudo de caso do mercado ilegal de drogas na classe média,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Michel Misse.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: juventude; tráfico de drogas; classe média; mercados ilegais.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Urbana / Especialidade: criminalidade e conflito social urbano.
2002 - 2006
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2001 interrompida
Graduação interrompida em 2002 em Psicologia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Ano de interrupção: 2002


Pós-doutorado


2015 - 2018
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
2013 - 2015
Pós-Doutorado.
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Urbana.


Formação Complementar


2011 - 2012
Français Langue Etrangère. (Carga horária: 72h).
Université Lille 1 - Sciences et Technologies, USTL, França.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Pós-doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista de Pós-doutorado FAPESP do Departamento de Sociologia com o projeto "Crime e gestão de conflitos no Rio de Janeiro e São Paulo em perspectiva comparada" no âmbito do Projeto Temático FAPESP "A Gestão do conflito na produção da cidade contemporânea".

Atividades

08/2016 - Atual
Ensino, PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Etnografias urbanas contemporâneas
09/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia.


Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutoranda
Outras informações
Bolsista de Pós-Doutorado (PNPD/CAPES) do Programa de Pós-Graduação em História Política e Bens Culturais (PPHPBC/CPDOC/FGV).

Atividades

12/2013 - 08/2015
Pesquisa e desenvolvimento , ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS SOCIAIS, .

Linhas de pesquisa
Cidade e Trabalho
07/2014 - 06/2015
Ensino, História, Política e Bens Culturais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
A noção de rede em ciências sociais
Estudos urbanos
01/2014 - 6/2015
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Urbana do Rio de Janeiro
Métodos e Técnicas de Pesquisa II (Qualitativa)

Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora Associada (NECVU/UFRJ)

Atividades

03/2006 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo de Estudos da Cidadania ,Conflito e Violência Urbana, .


INCT - Violência, Democracia e Segurança Cidadã, INCT, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2014
Vínculo: Vínculo livre, Enquadramento Funcional: Pesquisadora

Atividades

2009 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo de Estudos da Cidadania, Conflito e Violência Urbana, .


Université Lille 1 - Sciences et Technologies, USTL, França.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador visitante (Clersé)

Atividades

08/2011 - 06/2012
Pesquisa e desenvolvimento , Clersé - UMR 8019, .


Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor assistente, Carga horária: 40
Outras informações
Professora assistente do Departamento de Ciências Sociais do campus de Campos dos Goytacazes da Universidade Federal Fluminense

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: livre, Enquadramento Funcional: Professora colaboradora
Outras informações
Assistente na disciplina de Antropologia e Epistemologia oferecida pelo Prof. Dr. Antonio Carlos Rafael Barbosa ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia (PPGA/UFF).

Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Treinamento e Capacitação, Carga horária: 40
Outras informações
Bolsista de Treinamento e Capacitação (FAPERJ) do Prof. Dr. Roberto Kant de Lima, para o desenvolvimento do projeto intitulado "O uso de drogas e o sistema de justiça criminal".

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em Teorias Contemporâneas
Teoria Política I
07/2013 - 12/2013
Ensino, Antropologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia e Epistemologia
09/2008 - 03/2009
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo Fluminense de Estudos e Pesquisas, .

07/2008 - 12/2008
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Indivíduo e Sociedade: Abordagens antropológicas sobre substâncias psicoativas

Fórum Brasileiro de Segurança Pública, FBSP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assistente de pesquisa



Linhas de pesquisa


1.
Conflito, violência e criminalidade
2.
A administração judicial de conflitos: macrocriminalidade, conflitualidade social e relações de proximidade
3.
Conflito, violência e criminalidade
4.
Territoires du conflit social
5.
Cidade e Trabalho
6.
Classes, conflitos, vida urbana e movimentos sociais


Projetos de pesquisa


2015 - 2018
Crime e gestão de conflitos no Rio de Janeiro e São Paulo em perspectiva comparada
Descrição: Projeto individual de pesquisa de pós-doutorado desenvolvido no âmbito do projeto temático FAPESP, intitulado "A gestão do conflito na produção da cidade contemporânea: a experiência paulista". A proposta se insere na frente empírica intitulada ?Os mercados ilegais e informais?, em especial, no eixo ?Mercados ilegais, suas redes e territorialidades urbanas?. O objetivo do estudo é analisar, em perspectiva comparada, a questão da criminalidade urbana, no Rio de Janeiro e São Paulo, atentando-se para a estruturação das redes do mercado ilegal de drogas, os processos de organização da criminalidade em ?comandos? e as dinâmicas de sociabilidade em favelas e bairros populares, em sua relação com as instituições de controle social e as políticas segurança pública adotadas. Trata-se de investigar os arranjos de práticas e relações que se configuraram ao longo das últimas décadas entre tráfico de drogas, polícia e território nas duas principais metrópoles do país, de maneira a identificar continuidades e estabelecer contrapontos que sirvam para iluminar os contextos em foco. A pesquisa visa a preencher a lacuna deixada pela ausência de estudos comparativos entre as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo no que se refere ao problema da violência nas grandes cidades. Através da revisão bibliográfica, pesquisa documental (em jornais, revistas e arquivos públicos), entrevistas em profundidade e pesquisa etnográfica, pretende-se organizar o conhecimento acumulado sobre o tema e analisar comparativamente a composição atual do problema da criminalidade urbana e os processos históricos envolvidos na sua constituição..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2018
A gestão do conflito na produção da cidade contemporânea: a experiência paulista
Descrição: Tomando como referência empírica mudanças urbanas recentes ocorridas em São Paulo, capital e cidades do interior, este projeto pretende investigar os diferentes nexos que articulam processos de gestão dos espaços urbanos, governo das populações, instituição de dispositivos securitários e criação de novos mercados, bem como os campos de conflito que se configuram em torno dessas formas de controle e gestão dos espaços urbanos. A análise enfatiza a tendência à adoção de estratégias crescentemente militarizadas de gestão de espaços e territórios urbanos considerados de risco. Essas estratégias estão estreitamente relacionadas a uma expansiva policialização de condutas e ao desenvolvimento de dispositivos jurídicos de exceção. Ao debruçar-se sobre as mudanças que hoje redefinem o funcionamento dos mercados ilegais e informais da cidade, as operações securitárias de intervenção em espaços urbanos e os impactos decorrentes da política de encarceramento em massa, a investigação busca compreender a face atual desse processo de gestão militarizada de espaços urbanos. Sem desconhecer as práticas e as tradições que plasmaram uma concepção militarizada de segurança pública no Brasil, o que importa assinalar é o possível engate contemporâneo entre esse padrão histórico de controle social militarizado e as tendências que impulsionam um urbanismo militar de novo tipo. Desse ponto de vista, trata-se de refletir sobre os desafios que o reforço recíproco entre esses processos a um tempo locais e globais põem para a compreensão da face política das configurações urbanas recentes, bem como das modalidades de conflito e contra-condutas emergentes e que entregam os sinais de uma cartografia política da cidade, que nos interessa reconstruir ao longo das pesquisas contempladas pelo projeto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2014
Avaliação de Operações da Força Nacional de Segurança Pública
Descrição: Tendo em vista o princípio da solidariedade e da não intervenção para a constituição e definição de atuação da Força Nacional nos estados em crise, o ponto nevrálgico e mais sensível dessa inovação institucional, no campo da segurança pública, são as formas efetivas de cooperação estabelecidas entre os integrantes da Força Nacional e seus gestores com os operadores e gestores da Segurança Pública dos Estados e também dos municípios para e durante a realização de operações específicas. Este projeto pretende avaliar a interação da Força Nacional d Segurança Pública (FNSP) com operadores das polícias estaduais. Uma forma de elucidar e compreender melhor os níveis de cooperação ou da disposição para cooperar estabelecidos entre os diferentes atores é conhecer a percepção que estes têm de suas atuações. Interessa então saber, de um lado, quais as percepções dos gestores e profissionais da segurança pública dos estados acerca dos integrantes da Força Nacional durante a sua atuação em operações específicas. De outro lado, como os integrantes da Força avaliam a relação com os profissionais de segurança pública dos Estados e do município que os receberam. Finalmente, um aspecto sensível e que merece investigação é a relação da Força Nacional com as populações do Estado ou do município que os receberam, neste caso, centrada no que pensam os integrantes da Força Nacional da interação que estabelecem com o público e nas expectativas deste público quanto a sua atuação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2015
Um movimento de Narrativas: etnografia do midiativismo no Rio de Janeiro
Descrição: Projeto de pesquisa individual desenvolvido no âmbito do Programa Nacional de Pós-Doutorado (PNPD/CAPES). O objetivo do estudo é compreender as dinâmicas sociais e aspectos sócio-técnicos relacionados à popularização do uso de redes sociais para a militância política, a partir das grandes manifestações de junho de 2013, tomando por referência a cidade do Rio de Janeiro..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2014
Pesquisa sobre Segurança Pública nas Fronteiras
Descrição: Pesquisa de âmbito nacional, cujo universo de pesquisa cobre 588 municípios brasileiros da faixa de fronteira, com base em dados secundários, em survey numa amostra de 178 municípios e trabalho de campo qualitativo em 55 municípios do universo. Coordenação científica nacional de Michel Misse (NECVU-UFRJ)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (8) .
Integrantes: Carolina Christoph Grillo - Integrante / Brígida Reinoldi - Integrante / Michel Misse - Coordenador / Joana Domingues Vargas - Integrante / Felipe Zilli - Integrante / Fernando Rabossi - Integrante / Daniel Veloso Hirata - Integrante / Klarissa Almeida Silva - Integrante.Financiador(es): Ministério da Justiça - Auxílio financeiro.
2012 - 2013
Criminalidad y violencias en ciudades latinoamericanas: México, Colômbia e Brasil

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Michel Misse em 13/03/2013.
Descrição: Pesquisa internacional comparativa sobre a violência nas cidades latino-americanas de Medelín e Bogotá na Colômbia, Ciudad Juarez no México e Rio de Janeiro no Brasil..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2013
Os Mercados Ilegais do Crack: Consumo, cultura e violência
Descrição: Participação enquanto bolsista de doutorado em pesquisa qualitativa sobre o mercado e consumo ilegal de crack na cidade do Rio de Janeiro..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2015
Mercados ilegais, mercadorias políticas e organização local do crime no Rio de Janeiro
Descrição: Este projeto dá prosseguimento à série de pesquisas e estudos sobre mercados ilegais e criminalidade no Rio de Janeiro que venho desenvolvendo desde meados dos anos 90 (Misse, 1995; 1997; 1999; 2006; 2007). Incluido como subprojeto no projeto em rede INCT/CNPq "Violência, Democracia e Segurança Cidadã", terá a duração de cinco anos e tem por objetivo realizar um amplo e rigoroso mapeamento e análise dos mercados ilegais no Rio de Janeiro e de suas formas de organização, com ênfase em quatro setores: 1) o varejo do tráfico de drogas (tanto o territorializado em áreas urbanas de baixa renda quanto os que recorrem a redes de contato envolvendo jovens de classe média); 2) o varejo de mercadorias ilícitas e/ou contrabandeadas (softwares, cds e dvds piratas, eletrônicos; 3) o jogo do bicho e os negócios que lhe estão ligados (caça níqueis, corrupção, lavagem de dinheiro); 4) os grupos de extorsão com base na oferta de proteção ( mercadorias políticas) como as chamadas "milícias", entre outros. Além do trabalho de campo etnográfico, será construido um banco de dados com base em fontes documentais: relatórios de CPIs federais e estaduais, incluindo a análise das transcrições de depoimentos prestados; processos judiciais federais e estaduais; materiais de imprensa; e entrevistas com apenados do sistema penitenciário. Na construção do banco de dados serão utilizados os softwares SPSS 17.0, o Nvida e o UCINET, com vistas a desenvolver uma análise em redes. Este projeto, junto a outros dois projetos, obteve apoio da FAPERJ (Bolsa "Cientista do Nosso Estado") com o título geral de "Conflitos Urbanos, violência e processos de criminalização", e do CNPq (INCT "Violência, Democracia e Segurança Cidadã"), sob o título específico: "Mercados ilegais, mercadorias políticas e organização local do crime no Rio de Janeiro". O projeto está em andamento desde janeiro de 2009...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Os Autos de Resistencia no Rio de Janeiro (2001-2011)
Descrição: Pesquisa que teve por objetivo acompanhar os procedimentos policiais e judiciais que classificam como "autos de resistência" os homicídios cometidos por policiais no Rio de Janeiro. Entrevistas, grupos focais, análise de inquéritos e processos e acompanhamento de julgamentos em tribunais do júri para uma amostra de casos constituiíram a metodologia do projeto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2009
O inquérito policial no Brasil Uma pesquisa empírica
Descrição: Trata-se de projeto inserido em projeto nacional que tem por objetivo compreender o papel e a função do inquérito policial no processo de elucidação e processamento de crimes no Brasill. Não se trata de avaliar a eficiência da investigação policial, mas as características que essa passa a incorporar sob o modelo do inquérito policial e seus resultados no decurso das fases posteriores do processo penal. A pesquisa será realizada em Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e Porto Alegre.. ..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2009
O uso de Drogas e o Sistema de Justiça Criminal
Descrição: Bolsa de Treinamento e Capacitação Técnica.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2008
Produção acadêmica na área de segurança pública
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2014 - 2015
Periódico: Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social


Revisor de periódico


2013 - Atual
Periódico: Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social
2014 - 2014
Periódico: Liinc em Revista
2016 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ciências Sociais (Online)
2015 - Atual
Periódico: Cadernos de Campo (USP. 1991)
2016 - 2016
Periódico: ARACÊ DIREITOS HUMANOS EM REVISTA
2016 - 2016
Periódico: REVISTA BRASILEIRA DE SEGURANÇA PÚBLICA
2017 - 2017
Periódico: HISTÓRIA ORAL (RIO DE JANEIRO)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia urbana.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Sociologia.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Sociologia Urbana.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Estudos de criminalidade e conflito social urbanos.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2017
Aprovação em concurso público de provas e títulos para Professor Doutor na área de Sociologia da Violência, Universidade de São Paulo.
2016
Aprovação em concurso público de provas e títulos para Professor Adjunto A na área de Teoria Antropológica, Universidade Federal Fluminense.
2014
Prêmio Gilberto Velho de Teses da UFRJ, Universidade Federal do Rio de Janeiro.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
HIRATA, D.V.2017 HIRATA, D.V. ; GRILLO, C. C. . Sintonia e amizade entre patrões e donos de morro: perspectivas comparativas entre o comércio varejista de drogas em São Paulo e no Rio de Janeiro. TEMPO SOCIAL (ONLINE), v. 29, p. 75, 2017.

2.
GRILLO, C. C.2016 GRILLO, C. C.. Frontières tacites. Confrontations et accords dans les favelas de Rio de Janeiro. CONFINS (PARIS), v. 28, p. 11246, 2016.

3.
MISSE, M.2015MISSE, M. ; GRILLO, C. C. ; NERI . Les chiffres macabres de la létalité policière.L?évaluation juridique des ?Actes de résistance? à Rio de Janeiro. Sociétés et Jeunesses en Difficulté, v. 15, p. 7948, 2015.

4.
MISSE, M.2015MISSE, M. ; GRILLO, C. C. ; NERI . Letalidade policial e indiferença legal: A apuração judiciária dos ?autos de resistência? no Rio de Janeiro (2001-2011). Dilemas, v. E, p. 43-71, 2015.

5.
BEZERRA, A. C.2014BEZERRA, A. C. ; GRILLO, C. C. . Batalhas nas ruas, guerra nas redes: notas sobre a cobertura midiática da violência em manifestações. Liinc em Revista, v. 10, p. 195-210, 2014.

6.
GRILLO, C. C.2011 GRILLO, C. C.; POLICARPO, Frederico ; VERISSIMO, M. . A 'dura' e o 'desenrolo': efeitos práticos da nova lei de drogas no Rio de Janeiro. Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso), v. 19, p. 135-148, 2011.

7.
MISSE2009MISSE ; NASCIMENTO ; REINOLDI ; GRILLO, C. C. ; NERI . Inquérito Policial na Cidade do Rio de Janeiro - Resultados preliminares. Cadernos Temáticos da Conseg, v. 1, p. 17-28, 2009.

8.
GRILLO, C. C.2008 GRILLO, C. C.. O ?morro? e a ?pista?: Um estudo comparado de dinâmicas do comércio ilegal de drogas. Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social, v. 1, p. 127-148, 2008.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
MISSE, M. ; GRILLO, C. C. ; NERI ; TEIXEIRA, C. P. . Quando a polícia mata: homicídios por "autos de resistência" no Rio de Janeiro". 1. ed. Rio de Janeiro: Booklink, 2013. v. 1.

Capítulos de livros publicados
1.
MISSE, M. ; GRILLO, C. C. ; TEIXEIRA, C. P. . Mundos do crime no Rio de Janeiro. In: MISSE, Michel; ADORNO, Sérgio. (Org.). Mercados ilegais, violência e criminalização. 1ed.São Paulo: Alameda, 2018, v. 1, p. 19-72.

2.
GRILLO, C. C.. O ?morro?e a ?pista?. Um estudo comparado de dinâmicas do comércio ilegal de drogas no Rio de Janeiro. In: MISSE, Michel; ADORNO, Sérgio. (Org.). Mercados ilegais, violência e criminalização. 1ed.São Paulo: Alameda, 2018, v. 1, p. 209-226.

3.
GRILLO, C. C.; BEZERRA, A. C. . Dos 20 centavos à criminalização dos movimentos sociais: desdobramentos das jornadas de junho a partir do caso carioca. In: Kant de Lima, Roberto; Eilbaum, Lucía; Medeiros, Flavia. (Org.). "Casos de repercussão": perspectivas antropológicas sobre rotinas burocráticas e moralidades. 1ed.Rio de Janeiro: Editora Consequência, 2017, v. 1, p. 53-75.

4.
VARGAS, J. D. ; MARTINS, C. ; GRILLO, C. C. ; MISSE, D. ; NASCIMENTO, E. ; PINTO, F. ; OLIVEIRA, T. . Avaliação de operações da Força Nacional de Segurança Pública. In: Ana Carolina Cambreses Pareschi, Cíntia Liara Engel, Gustavo Camilo Baptista. (Org.). Investigação criminal e avaliação de políticas de segurança pública - Coleção Pensando a Segurança Pública Vol 7. 1ed.Brasília: Ministério da Justiça e Cidadania, 2016, v. 7, p. 77-118.

5.
GRILLO, C. C.. Pelo certo: O direito informal do tráfico em favelas cariocas. In: WERNECK, Alexandre [e] CARDOSO DE OLIVEIRA. (Org.). Pensando bem: Estudos de sociologia e antropologia da moral.. 1ed.Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2014, v. , p. 0-.

6.
MISSE, M. ; GRILLO, C. C. . Río de Janeiro: sufrir la violencia, decir la paz. In: Ana María Jaramillo; Carols Mario Perea. (Org.). CIUDADES EN LA ENCRUCIJADA: Violencia y poder criminal en Río de Janeiro, Medellín, Bogotá y Ciudad Juárez. 1ed.Medellín: Corporación Región, 2014, v. , p. 49-118.

7.
GRILLO, C. C.; NERI . Vai, levanta a mão!: a criminalidade vista a partir dos bailes funk em favelas do Rio de Janeiro. In: Antonio Carlos Rafael Barbosa, Brígida Renoldi e Marcos Veríssimo. (Org.). (I)legal. Etnografias em uma fronteira difusa. 1ed.Niterói: Editora da Universidade Federal Fluminense (EDUFF), 2013, v. , p. 89-121.

8.
GRILLO, C. C.. Entre cálculos e dívidas: A dinâmica das relações comerciais no tráfico de drogas praticado por jovens de classe média no Rio de Janeiro. In: Michel Misse; Alexandre Werneck. (Org.). Conflitos de (Grande) Interesse: Estudos sobre crimes, violências e outras disputas conflituosas. 1ed.Rio de Janeiro: Garamond, 2012, v. 1, p. 227-248.

9.
MISSE ; NASCIMENTO ; REINOLDI ; GRILLO, C. C. ; NERI . O Inquérito Policial no Rio de Janeiro: Mudanças recentes, alcances, tradições e especificidades. In: Michel Misse. (Org.). O Inquérito Policial no Brasil: Uma pesquisa empírica. 1ed.Rio de Janeiro: Booklink, 2010, v. , p. 23-101.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
GRILLO, C. C.; HIRATA, D.V. . A Intervenção de interesses privados na segurança pública do Rio de Janeiro. Le Monde Diplomatique Brasil, Brasília, p. 4 - 5, 18 maio 2018.

2.
GRILLO, C. C.. Uma arquitetura de comando e conflito: a intervenção no Rio como um laboratório das disputas de poder. Revista Novos Estudos CEBRAP (blog), São Paulo, 21 mar. 2018.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GRILLO, C. C.. The impact of police repression on drug trafficking dynamics in Rio de Janeiro. In: 6th Annual Conference of the International Society for the Study of Drug Policy, 2012, Canterbury. Sixth Annual Conference of the International Society for the Study of Drug Policy - Canterbury, UK, 30-31 May 2012, 2012.

2.
GRILLO, C. C.; NERI . 'Vai, levanta a mão':Notas sobre criminalidade e bailes funk em favelas do Rio de Janeiro. In: 27ª Reunião Brasileira de Antropologia, 2010, Belém, PA. Anais da 27ª Reunião Brasileira de Antropologia, 2010.

3.
GRILLO, C. C.. A dinâmica das relações comerciais no tráfico da pista. In: XIV Congresso Brasileiro de Sociologia, 2009, Rio de Janeiro. Anais do XV Congresso Brasileiro de Sociologia, realizado em Curitiba-PR, de 26 a 29 de julho de 2011, 2009.

4.
GRILLO, C. C.; NERI ; NASCIMENTO . Autos com ou sem resistência: Uma análise dos inquéritos de homicídios cometidos por policiais. In: 33° Encontro Anual da ANPOCS, 2009, Caxambú. Edição Encontro Anual 2009: 33º Encontro Anual da ANPOCS - 26 a 30 de outubro de 2009, Caxambu, MG, 2009.

5.
GRILLO, C. C.. Uma análise das relações comerciais no tráfico de drogas praticado por jovens de classe média. In: VIII Reunión de Antropologia del Mercosur, 2009, Buenos Aires. Diversidad y Poder en América Latina, 2009.

6.
GRILLO, C. C.. O Encobrimento das Atividades Ilegais no Tráfico da Pista. In: 26 Reunião Brasileira de Antropologia, 2008, Porto Seguro, BA. Desigualdade na Diversidade _ 26 Reunião Brasileira de Antropologia, 2008.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
GRILLO, C. C.; NERI . Resistance Homicide in Rio de Janeiro: A research on the (non)investigation os police killings. In: British Sociological Association Annual Congress, 2012, Leeds. The British Sociological Association, 2012, 2012.

Apresentações de Trabalho
1.
GRILLO, C. C.. Mesa redonda 'Mercados Drogas e Criminalização'. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
GRILLO, C. C.. Funk Proibido, favelas, música e poder. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
GRILLO, C. C.. Mesa redonda: Sistema prisional, 'comandos' e 'guerra às drogas'. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
GRILLO, C. C.. Mesa Redonda: (In) Segurança Pública e expressões da violência nas periferias urbanas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
GRILLO, C. C.. ?The Urban Experience of the ?Criminal-Person? in Rio de Janeiro?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
GRILLO, C. C.. Crime e gestão da violência no Rio de Janeiro e São Paulo em perspectiva comparada. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
HIRATA, D. ; GRILLO, C. C. . Crimen y gestión de la violencia en las márgenes: los casos de São Paulo y Rio de Janeiro. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
GRILLO, C. C.. Mesa redonda: Consumo e tráfico de drogas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
GRILLO, C. C.. As tecnologias do assalto: notas etnográficas sobre o roubo à mão armada no Rio de Janeiro. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
GRILLO, C. C.. Fronteiras Tácitas: Tráfico, roubo e território no Rio de Janeiro. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
GRILLO, C. C.; NERI . Resistance Homicide in Rio de Janeiro: a research on the (non) investigation of Police Killings. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
GRILLO, C. C.. The impact of police repression on drug trafficking dynamics in Rio de Janeiro. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
GRILLO, C. C.. Histoire et etnographie du Comando Vermelho. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
MISSE ; GRILLO, C. C. . Vitimização de jovens em autos de resistência. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

15.
GRILLO, C. C.; NERI . Tráfico e roubo no Rio de Janeiro: um olhar sobre relações de poder e interdependência. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
GRILLO, C. C.; NERI . O processamento legal de 'Homicídios Provenientes de Autos de Resistência' no Rio de Janeiro. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
GRILLO, C. C.; NERI . 'Vai, levanta a mão':Notas sobre criminalidade e bailes funk em favelas do Rio de Janeiro. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
GRILLO, C. C.. O sofá da sala e o plantão da boca: dois contextos para a prática do tráfico de drogas no Rio de Janeiro. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
GRILLO, C. C.. A dinâmica das relações comerciais no tráfico da pista. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
GRILLO, C. C.. Uma análise das relações comerciais no tráfico de drogas praticado por jovens de classe média. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
POLICARPO, Frederico ; BARBOSA, Antônio Carlos Rafael ; GRILLO, C. C. . Da esfera judicial oficial à esfera policial oficiosa: quais são as mudanças trazidas com a implementação da nova Lei de Drogas no Brasil?. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
GRILLO, C. C.. Mesa redonda 'Crime, violência, punição - crime organizado e violência'. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

23.
GRILLO, C. C.. O Encobrimento das Atividades Ilegais no Tráfico da Pista. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

24.
GRILLO, C. C.. Pensando a juventude urbana a partir do tráfico de drogas praticado por jovens de classe média. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

25.
GRILLO, C. C.. Os Sistemas de Reconhecimento no Tráfico de Drogas Entre Jovens de Classe Média. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
GRILLO, C. C.. Lógica carioca e lógica paulista: duas formas de organização criminosa. São Leopoldo: Revista do Instituto Humanitas Unisinos, 2017 (Entrevista).

2.
GRILLO, C. C.. Entre palavras e vidas: Um pensamento de encontro com margens, violências e sofrimentos. Rio de Janeiro: Dilemas: Revista de estudos de conflito e controle social, 2012. (Tradução/Outra).


Demais tipos de produção técnica
1.
ALVAREZ, M. ; GODOI, R. ; GRILLO, C. C. ; LOURENCO, L. C. ; TONCHE, J. . Minicurso: Métodos e técnicas de pesquisa em sociologia da punição. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
GRILLO, C. C.. Curso de Especialização Saberes e Práticas da Educação Básica - CESPEB - Módulo: Direitos Humanos no Brasil. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
NEVES, A. J. ; BAPTISTA, G. C. ; ENGEL, C. L. ; MISSE ; REINOLDI ; HIRATA, D. ; RABOSSI, F. ; ZILLI, F. ; VARGAS, J. D. ; SILVA, K. A. ; GRILLO, C. C. ; SCABIO, J. L. . Segurança pública nas fronteiras, sumário executivo : Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (ENAFRON). 2016. (Relatório de pesquisa).

4.
VARGAS, J.D. ; MISSE, D. ; GRILLO, C. C. ; OLIVEIRA, T. ; NASCIMENTO, E. ; PINTO, F. . Avaliação da Força Nacional de Segurança Pública. 2014. (Relatório de pesquisa).

5.
MISSE ; GRILLO, C. C. ; CARDOSO, B. . Os Mercados Ilegais do Crack: Consumo, cultura e violência. 2013. (Relatório de pesquisa).

6.
MISSE, M. ; GRILLO, C. C. . Rio de Janeiro: dizer a violência, sofrer a paz. 2013. (Relatório de pesquisa).

7.
DUPREZ, D. ; GRILLO, C. C. . Programa de formação de diretores da Protection Judiciaire de la Jeunesse (PJJ). 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
MISSE ; GRILLO, C. C. ; NERI ; TEIXEIRA, C. P. . 'Autos de Resistência': Uma análise dos homicídios cometidos por policiais na cidade do Rio de Janeiro. 2012. (Relatório de pesquisa).

9.
LIMA, R. S. ; NEME, C. ; TAETS, A. ; ZACHER, L. ; GRILLO, C. C. ; NASCIMENTO . Mapeamento das conexões teóricas e metodológicas da produção acadêmica brasileira em torno dos temas da violência e da segurança pública e as suas relações com as políticas públicas da área adotadas nas duas últimas décadas (1990-2000). 2009. (Relatório de pesquisa).

10.
GRILLO, C. C.. Curso de Capacitação em políticas Públicas de Segurança Pública Social e Municipal de São Pedro D'Aldeia. 2008. .

11.
GRILLO, C. C.. Curso de Capacitação em Políticas Públicas de Segurança Pública e Social Municipal - Seminário 3: Administração de Conflitos: o uso e o abuso de substâncias legais e ilegais. 2008. .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
FIQGUEIRA, L. E.; PRADO, G.; HABER, C.; GRILLO, C. C.; MAGALHAES, A.. Participação em banca de Gisela Baer de Albuquerque. A Ordem do crime nas margens do Estado: representações e reflexões sobre a regulação social do tráfico de drogas em favelas do Rio de Janeiro. 2018. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
POLICARPO, Frederico; GRILLO, C. C.; PIRES, L.. Participação em banca de Luana Almeida Martins. Meu crime é lá fora: Um estudo sobre a relação dos adolescentes em internação provisória com o espaço da cidade e o da prisão. 2017. Dissertação (Mestrado em Sociologia e Direito) - Universidade Federal Fluminense.

3.
GRILLO, C. C.. Participação em banca de Ynahê Fendler Höelz. As (im)possibilidades da proximidade na UPP Rocinha: Ser ou não ser policia. 2017. Dissertação (Mestrado em DIREITO) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Teses de doutorado
1.
BARBOSA, A. C. R.; GRILLO, C. C.. Participação em banca de Eleana Paola Catacora. Mulheres em transição: política e gênero no processo de transição política na Tunísia. 2017. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade Federal Fluminense.

Qualificações de Doutorado
1.
BERMUDEZ, R. M.; GRILLO, C. C.. Participação em banca de Gildardo Vanegas Muñoz. Cultura y barbarie. Los avatares de la saga del narcotráfico en Cali, 1965-2005. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidad Del Valle.

2.
TELLES, V. S.; GRILLO, C. C.. Participação em banca de Andrea Roca. Fogo e Asfalto: Protestos, insurgências e a gestão do conflito em Santiago do Chile. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

3.
MACHADO, E.P.; NORONHA, C.V.; GRILLO, C. C.; ALMEIDA, O.L.. Participação em banca de Ivete Maria Santos Oliveira. Estudo sobre as dinâmicas sociais das vitimizações relacionadas ao tráfico de drogas ilícitas. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia.

Qualificações de Mestrado
1.
BARBOSA, A. C. R.; HIRATA, D.V.; GRILLO, C. C.. Participação em banca de Jannyer Mota Santos. Coração de mãe: uma etnografia sobre o tráfico de drogas em Itabuna-BA. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Antropologia) - Universidade Federal Fluminense.

2.
POLICARPO, Frederico; PIRES, L.; GRILLO, C. C.. Participação em banca de Luana Almeida Martins. Meu crime é lá fora: Um estudo sobre a relação dos adolescentes em internação provisória com o espaço da cidade e o da prisão. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia e Direito) - Universidade Federal Fluminense.

3.
GRILLO, C. C.. Participação em banca de Gisela Baer de Almeida. Crime e suas regras: outras formas de regulação. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Direito) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
GRILLO, C. C.. Participação em banca de Douglas da Silva Araújo. Fluxo do Sistema de Justiça Criminal para crimes domésticos: uma análise da impunidade do crime de ameaça a partir do Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a mulher. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Estudos Urbanos e Regionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

5.
CARDOSO, B.; GRILLO, C. C.; MISSE. Participação em banca de Loraine Amaral Nogueira. Do ativismo ao terrorismo: a (re)produção da Violência nas manifestações junho de 2013. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de pós-graduação em sociologia e antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
GRILLO, C. C.. 24º Simpósio de Iniciação Científica e Tecnológica da USP - SIICUSP. 2016. Universidade de São Paulo.

2.
GRILLO, C. C.. Concurso Brasileiro ANPOCS de Obras Científicas e Teses Universitárias em Ciências Sociais ? Edital 2015. 2015. Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Ciclo de Debates Política, violência e sociabilidade urbana..Consumo e tráfico de drogas. 2017. (Seminário).

2.
Espaços públicos, segurança e violência.Mercados, drogas e criminalização. 2017. (Seminário).

3.
III Jornadas em Antropologia do Direito: Sistema prisional, Criminalidade, ?guerra às drogas? e acesso à Justiça,.Sistema prisional, "comandos" e "guerra às drogas". 2017. (Seminário).

4.
O Rio (re)visto de suas margens.(In) Segurança Pública e expressões da violência nas periferias urbanas.. 2017. (Seminário).

5.
V ENADIR - Encontro Nacional de Antropologia do Direito.Pesquisas etnográficas em fronteiras difusas e contextos de (i)legalidades. 2017. (Encontro).

6.
?Como (?) coisas que não existem ― uma exposição a partir da da 31ª Bienal de São Paulo? no Museu de Arte Contemporânea de Serralves.Direito à Cidade ? Criminalização dos Pobres. 2016. (Simpósio).

7.
30ª Reunião Brasileira de Antropologia. GT 031. Etnografias da (des)ordem: ilegalismos, mercados e controles. 2016. (Congresso).

8.
30ª Reunião Brasileira de Antropologia. Desafios metodológicos, éticos e políticos nas pesquisas sobre práticas de uso e comércio de drogas. 2016. (Congresso).

9.
Latin American Studies Association: International Congress. ?The Urban Experience of the ?Criminal-Person? in Rio de Janeiro?. 2016. (Congresso).

10.
Seminário antropologia e direitos humanos: Reflexões etnográficas e a retórica da crise.Burocracia, "violência" e Direitos Humanos. 2016. (Seminário).

11.
Seminário de Pesquisa: ?Gestão da (des)ordem e dinâmicas urbanas?.Gestão da violência em perspectiva comparada: crime e cadeia em São Paulo e no Rio de Janeiro. 2016. (Seminário).

12.
XIII Coloquio Nacional de Sociología: Classes, grupos e individuos en Colombia hoy.Crimen y gestión de la violencia en las márgenes: los casos de São Paulo y Rio de Janeiro. 2016. (Simpósio).

13.
A internacionalização da pesqisa em antropologia: desafios institucionais e perspectivas acadêmicas.A internacionalização da pesqisa em antropologia: desafios institucionais e perspectivas acadêmicas. 2015. (Seminário).

14.
III Oficina de Estudos Urbanos - UFF.Cidade, Crime e Controle Social. 2015. (Oficina).

15.
Oficina de Pesquisa: ?Polícia e gestão da violência?.Fazer resistir ou desaparecer: re/des/construções da letalidade policial. 2015. (Oficina).

16.
OSTERIO.Repensando as políticas de drogas: como parar de enxugar gelo?. 2015. (Seminário).

17.
XI Reunião de Antropologia do Mercosul. Políticas y drogas en América Latina: dinámicas, controles e ilegalidad. 2015. (Congresso).

18.
XI Reunião de Antropologia do Mercosul. As tecnologias do assalto: notas etnográficas sobre o roubo à mão armada no Rio de Janeiro. 2015. (Congresso).

19.
38º Encontro Anual da ANPOCS. Fronteiras Tácitas: Tráfico, roubo e território no Rio de Janeiro. 2014. (Congresso).

20.
Journées d'études "ESPACES URBAINS ET INFORMALITE POLITIQUE AU BRESIL".Citoyenneté, leadership et informalité. 2014. (Simpósio).

21.
Palestra na FGV-Rio.Entre redes e reuniões: A formação dos públicos midiativistas no Rio de Janeiro. 2014. (Outra).

22.
Semana dos Estudantes de História e Ciências Sociais da FGV (SEHCS ).?Autos de Resistência: Letalidade da ação policial?. 2014. (Oficina).

23.
7º Encontro do Forum Brasileiro de Segurança Pública.Criminalidade Urbana Violenta e Facções Criminais. 2013. (Encontro).

24.
X Réunion de Antropología del Mercosur. A moto dos alemão: a trajetória social de um objeto pelo mundo do crime. 2013. (Congresso).

25.
28ª Reunião Brasileira de Antropologia. GT 02 - Abordagens etnográficas de mercados informais ilegalismos comércios ilegais e práticas de controle. 2012. (Congresso).

26.
36º Encontro Anual da ANPOCS. Pelo certo: Uma análise da produção de consenso entre bandidos. 2012. (Congresso).

27.
6th Annual Conference of the International Society for the Study of Drug Policy. The impact of police repression on drug trafficking dynamics in Rio de Janeiro. 2012. (Congresso).

28.
British Sociological Association Annual Conference. Resistance Homicide in Rio de Janeiro: a research on the (non) investigation of police killings. 2012. (Congresso).

29.
Juventude, Violência e Controle SocioEspacial na França e no Brasil.Vitimização de jovens em autos de resistência. 2012. (Seminário).

30.
Le Brésil Contemporain : Enjeux urbains et criminalité.Histoire et etnographie du Comando Vermelho. 2012. (Simpósio).

31.
IX Réunion de Antropología del Mercosur. Tráfico e roubo no Rio de Janeiro: um olhar sobre relações de poder e interdependência. 2011. (Congresso).

32.
IX Réunion de Antropología del Mercosur. O processamento legal dos "autos de resistência". 2011. (Congresso).

33.
27ª Reunião Brasileira de Antropologia. GT-05 Dinâmicas criminais e dispositivos de controle. 2010. (Congresso).

34.
27ª Reunião Brasileira de Antropologia. 'Vai, levanta a mão':Notas sobre criminalidade e bailes funk em favelas do Rio de Janeiro. 2010. (Congresso).

35.
I Congreso Nacional de Antropología Social y Etnologia. O sofá da sala e o plantão da boca: dois contextos para a prática do tráfico de drogas no Rio de Janeiro. 2010. (Congresso).

36.
33° Encontro Anual da ANPOCS. Autos com ou sem resistência: Uma análise dos inquéritos de homicídios dolosos cometidos por policiais. 2009. (Congresso).

37.
II Congresso da ABRAMD. Antropologia e Uso de Drogas. 2009. (Congresso).

38.
VIII Reunión de Antropologia del Mercosur. Uma análise das relações comerciais no tráfico de drogas praticado por jovens de classe média. 2009. (Congresso).

39.
X Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais. Da esfera judicial oficial à esfera policial oficiosa: quais são as mudanças trazidas com a implementação da nova Lei de Drogas no Brasil?. 2009. (Congresso).

40.
XIV Congresso Brasileiro de Sociologia. A dinâmica das relações comerciais no tráfico da pista. 2009. (Congresso).

41.
XIV Congresso Brasileiro de Sociologia. Crime, Violência e Punição - Crime organizado e violência. 2009. (Congresso).

42.
26 Reunião Brasileira de Antropologia. O Encobrimento das Atividades Ilegais no Tráfico da Pista. 2008. (Congresso).

43.
Ciclo de Debates sobre o Pensamento Político: As drogas e seus mercados: usos, abusos, tráfico e injustiça.O. 2008. (Encontro).

44.
Entre o Legal e o Ilegal.O. 2008. (Simpósio).

45.
Jornada dos Alunos PPGSA/PPGAS/PPGSCP.Pensando a juventude urbana a partir do tráfico de drogas entre os jovens de classe média. 2007. (Outra).

46.
XIII Congresso da Sociedade Brasileira de Sociologia. Os sistemas de reaconhecimento no tráfico de drogas entre os jovens de classe média. 2007. (Congresso).

47.
Jornada Científica, Artística e Cultural da Universidade Federal do Rio de Janeiro.O Jongo da Serrinha. 2001. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
TELLES, V. S. ; GRILLO, C. C. ; GODOI, R. . Oficina de Pesquisa "Artes da Guerra". 2017. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
GRILLO, C. C.2016 GRILLO, C. C.. Frontières tacites. Confrontations et accords dans les favelas de Rio de Janeiro. CONFINS (PARIS), v. 28, p. 11246, 2016.


Livros e capítulos
1.
VARGAS, J. D. ; MARTINS, C. ; GRILLO, C. C. ; MISSE, D. ; NASCIMENTO, E. ; PINTO, F. ; OLIVEIRA, T. . Avaliação de operações da Força Nacional de Segurança Pública. In: Ana Carolina Cambreses Pareschi, Cíntia Liara Engel, Gustavo Camilo Baptista. (Org.). Investigação criminal e avaliação de políticas de segurança pública - Coleção Pensando a Segurança Pública Vol 7. 1ed.Brasília: Ministério da Justiça e Cidadania, 2016, v. 7, p. 77-118.


Cursos de curta duração ministrados
1.
DUPREZ, D. ; GRILLO, C. C. . Programa de formação de diretores da Protection Judiciaire de la Jeunesse (PJJ). 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
GRILLO, C. C.. Curso de Capacitação em políticas Públicas de Segurança Pública Social e Municipal de São Pedro D'Aldeia. 2008. .

3.
GRILLO, C. C.. Curso de Capacitação em Políticas Públicas de Segurança Pública e Social Municipal - Seminário 3: Administração de Conflitos: o uso e o abuso de substâncias legais e ilegais. 2008. .

4.
ALVAREZ, M. ; GODOI, R. ; GRILLO, C. C. ; LOURENCO, L. C. ; TONCHE, J. . Minicurso: Métodos e técnicas de pesquisa em sociologia da punição. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
GRILLO, C. C.. Curso de Especialização Saberes e Práticas da Educação Básica - CESPEB - Módulo: Direitos Humanos no Brasil. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/10/2018 às 21:11:14