Michelle Andrade Furtado

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4395105298004501
  • Última atualização do currículo em 01/12/2016


Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade de Franca (2008). Mestre em Promoção de Saúde (2011) com a dissertação intitulada em Uma visão sobre a eco-epidemiologia da Hantavirose: revisão sistemática e fatores sociocambientais associados. Atualmente é doutoranda no curso de Ciência do Sistema Terrestre no Instituto Nacional de Pesquisas espacias - INPE. Atua em pesquisas multi e interdisciplinares, utiizando abordagem ecossistêmica em saúde. Bolsista de Desenvolvimento Tecnológico do Cnpq - Nível B pela sub-rede Saúde e Mudanças Climáticas do Projeto ?Rede Brasileira de Pesquisas sobre Mudanças Climáticas Globais? (Rede Clima), sediada no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE de 2011 a 2013. Seu projeto é sobre Estudo Ecológico de corte Exploratório sobre as Novas Possibilidades associadas aos Padrões Espaço-temporais de Ocorrência da Hantavirose: Investigando a História Natural da Doença a partir dos Novos Mosaicos de Uso e Cobertura da Terra, dos Aspectos Climáticos e Sociodemográficos para as microrregiões de Ribeirão Preto e São Carlos entre 2000 e 2010 do Estado de São Paulo. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Michelle Andrade Furtado
Nome em citações bibliográficas
FURTADO, M. A.;Furtado, Michelle;FURTADO, M

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Ciência do Sistema Terrestre.
Av. dos Astronautas
Jd. da Granja
12227-010 - Sao Jose dos Campos, SP - Brasil - Caixa-postal: 12215580
Telefone: (16) 81365024


Formação acadêmica/titulação


2011
Doutorado em andamento em CIÊNCIA DO SISTEMA TERRESTRE.
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
Título: Padrões Espaciais de Ocorrência da Hantavirose: Investigando a História Natural da Doença a partir da análise da estrutura da paisagem.,
Orientador: Antonio Miguel Vieira Monteiro.
Palavras-chave: Paisagens Patogénicas; Hantavirose; modelagem.
2009 - 2011
Mestrado em Promoção de Saúde.
Universidade de Franca, UNIFRAN, Brasil.
Título: UMA VISÃO SOBRE A ECO-EPIDEMIOLOGIA DA HANTAVIROSE: REVISÃO SISTEMÁTICA E FATORES SOCIOAMBIENTAIS ASSOCIADOS,Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: Profa Dra Mônica de Andrade Morraye.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Ambientes saudáveis; Distribuição espacial; Hantavirose; Promoção de saúde; uso e ocupação do solo.
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
2008 - 2008
Graduação em Ciências Biológicas Licenciatura.
Universidade de Franca, UNIFRAN, Brasil.
Título: Tecnologia aplicada na prevenção de doenças metabólicas.
Orientador: Dra. Denise Crispim Tavares.
2005 - 2008
Graduação em Ciências Biológicas.
Universidade de Franca, UNIFRAN, Brasil.
Título: Estudo In vitro da possível mutagenicidade do tratamento de 3 horas com gel contendo própolis para queimadura.
Orientador: Denise Crispim Tavares.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.




Formação Complementar


2010 - 2010
Extensão universitária em 4º Escola de Verão do LAC. (Carga horária: 24h).
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Cartografia e Georreferenciamento de dados de saúd. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Jornada de Ciências Biológicas. (Carga horária: 20h).
Universidade de Franca, UNIFRAN, Brasil.
2007 - 2007
Citogenética molecular no diagnóstico e pesquisa. (Carga horária: 3h).
Sociedade Brasileira de Genética, SBG, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade de Franca, UNIFRAN, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2011
Vínculo: aluno, Enquadramento Funcional: parcial, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2010 - 2011
Aspectos Ecológicos e Climáticos da Febre Maculosa Brasileira
Descrição: : Atualmente cada vez mais evidências apontam para as consequências de riscos provocados por impactos de ecossistemas em deterioração e pelas mudanças climáticas na epidemiologia das doenças. A febre maculosa, uma doença infecciosa reemergente, tem como agente etiológico a Rickettsia rickettsii, vetor os carrapatos do gênero Amblyomma SP e animais domésticos e silvestres como potenciais reservatórios. Essa pesquisa tem como objetivo descrever os possíveis padrões ecológicos e climáticos da Febre Maculosa Brasileira.. ..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Equidade em saúde: uma revisão com vistas à Promoção de Saúde
Descrição: O objetivo do presente estudo é fazer a revisão dos artigos científicos publicados sobre eqüidade em saúde, visando verificar quais as temáticas mais abordadas nos estudos e quais as mais carentes de conhecimento; qual o direcionamento dos atuais estudos da área e qual a proporção de estudos que visam a promoção de saúde como ferramenta para se alcançar a eqüidade em saúde...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Epidemiologia da hospitalização por pneumonia associada a vacinação contra influenza em idosos.
Descrição: A gripe está associada ao aumento da mortalidade em populações vulneráveis sendo assim vacinação anual recomendada para idosos e para indivíduos mais jovens susceptíveis. Dados revelam que a vacinação contra influenza é a principal forma de prevenir e reduzir a morbimortalidade entre idosos. No Brasil, a Campanha Nacional de Vacinação do Idoso teve início em 1999, a partir de então, a vacina é oferecida gratuitamente a população idosa, para povos indígenas a partir de seis meses de idade, para trabalhadores de saúde e para a população carcerária. O objetivo do presente estudo será descrever a epidemiologia das hospitalizações por pneumonia em idosos e associar essas com a vacinação contra influenza no município de Dores do Indaiá MG. Para tanto serão consultados dados dos prontuários de atendimento da Santa Casa de Dores do Indaiá e dados sobre a cobertura vacinal contra influenza da Secretária de Saúde do município. O detalhamento de dados de internação das causas prevalentes entre os idosos no decorrer do tempo pode evidenciar grupos de maior risco e subsidiar programas de promoção, prevenção e assistência à saúde desse segmento populacional...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Uma visão sobre a Eco-epidemiologia da Hantavirose: Revisão Sistemática e Fatores Socioambientais Associados
Descrição: As discussões atuais tratam de novas estratégias de produção, integração e intervenção dos conhecimentos oriundos da possibilidade de ação interdisciplinar. Neste sentido, este estudo se propôs a verificar as consequências das alterações ambientais na saúde humana. Para isto, este estudo foi dividido em duas etapas. A primeira foi referente à revisão sistemática sobre a Hantavirose. Isto mostrou que poucos estudos tratam da relação dos ambientes com os episódios de Hantavirose quando comparados aos estudos moleculares sobre o vírus. A segunda parte deste estudo tem como objetivo identificar os aspectos sociais e ambientais relacionados às áreas de transmissão da Hantavirose no Brasil. Os resultados mostraram que desmatamento resultante do avanço das fronteiras agrícolas reduziu grandes extensões de florestas a pequenos fragmentos e essa fragmentação favorece espécies generalistas, como as dos roedores silvestres. Estes são reservatórios do Hantavírus e essas alterações ambientais contribuem para surtos de doenças, como a Hantavirose, em populações humanas, pois promovem a aproximação entre o homem e roedores...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2011
O perfil do paciente acometido com hantavirose no estado de São Paulo
Descrição: : A síndrome pulmonar e cardiovascular por hantavírus tem uma elevada taxa de mortalidade (50%), sendo transmitida aos seres humanos pela inalação do vírus em aerossol presente na urina, fezes ou saliva de roedores infectados. Foram notificados, no Estado de São Paulo, 134 casos entre os anos de 1993 a 2009. O objetivo deste estudo será investigar o perfil do paciente acometido com Hantavirose no Estado de São Paulo, através de consulta às fichas de notificação compulsória do Sistema de informação de agravos de notificação e buscar as variáveis ambientais do local provável de infecção...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2008
Análise in vivo do potencial mutagênico e/ou antimutagênico do extrato hidroalcoólico de frutos de Solanum lycocarpum St. Hill
Descrição: Este trabalho tem como objetivos avaliar a possível atividade mutagênica e/ou antimutagênica do extrato hidroalcóolico de S.L através do teste de micronúcleo, utilizando medula óssea de camundongos Sw iss. Os parâmetros de análise serão as freqüências de micronúcleos em eritrócitos policromáticos e índices de divisão nuclear, para a avaliação da citotoxicidade....
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2008
Análise da frequência de micronúcleos induzidos por ácido rosmarínico em camundongos Sw iss
Descrição: Este trabalho tem como objetivos avaliar a possível atividade mutagênica e/ou antimutagênica do ácido rosmarínico AR através do teste de micronúcleo, utilizando sangue periférico de camundongos Sw iss. Os parâmetros de análise serão as freqüências de micronúcleos em eritrócitos policromáticos e índices de divisão nuclear, para a avaliação da citotoxicidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2008
Estudo do efeito protetor dos ácidos ursólico e oleanólico sobre focos de criptas aberrantes em ratos Wistar
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2008
Estudo da possível mutagenicidade do gel contendo própolis para queimadura em células de mamíferos in vivo e in vitro
Descrição: A própolis é uma substância resinosa que possui coloração e consistência intimamente ligada a flora visitada pelas abelhas. A utilização da própolis já existe desde a antiguidade, apresentando uma ampla atividade biológica, como antioxidante, antibiótica, antiinflamatória, dentre outras. A variedade de propriedades terapêuticas da própolis e sua complexidade fez com que as pesquisas se intensificassem nos últimos anos. Devido ao pouco que se conhece sobre o potencial genotóxico da própolis e para se estabelecer a avaliação e o registro de novos agentes químicos e farmacêuticos no mercado, o presente trabalho tem como objetivo avaliar a possível mutagenicidade do gel contendo própolis para queimadura. Serão realizados experimentos com sistemas-testes in vivo e in vitro, com 1,2%, 2,4% e 3,6% de própolis no gel para queimadura. No tratamento in vivo será utilizado como parâmetro de análise a freqüência de micronúcleos em sangue periférico de ratos Wistar. Para a realização do experimento com tempo de exposição subcrônico serão utilizados 30 animais do sexo masculino, que serão lesados dorsalmente e tratados via dérmica com géis com diferentes concentrações de própolis. Os esfregaços de sangue periférico serão realizados 30 dias após o início da aplicação dos géis e será feita a análise das freqüências de micronúcleos em eritrócitos policromáticos e os índices de divisão nuclear. No tratamento in vitro será utilizado células de ovário de hamster Chinês, onde os parâmetros de análise serão as freqüências de aberrações cromossômicas e os índices mitóticos....
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Mutagenese.
2.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública/Especialidade: Promoção de Saúde.
3.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BEZERRA, K. R. A.2014BEZERRA, K. R. A. ; MARTINS, M. A. ; VELLOSO, M. F. A. ; FURTADO, M. A. . Índice de adaptabilidade à economia verde: avaliação da cana-de-açúcar na Microrregião de Ribeirão Preto/SP. Sustentabilidade em Debate, v. 5, p. 51-75, 2014.

2.
RIBEIRO, M. D.2013RIBEIRO, M. D. ; FURTADO, M. A. ; FERRAUDO, A. S. ; CESARIO, M. ; MORRAYE, M. A. . FATORES AMBIENTAIS ENVOLVIDOS NA EPIDEMIOLOGIA DA FEBRE MACULOSA NO ESTADO DE SÃO PAULO. Hygeia : Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde (Uberlândia), v. 9, p. 103-114, 2013.

3.
FURTADO, M. A.2011FURTADO, M. A.; Hermones-Silva, Rodrigo ; ZAIA, J. E. ; Nascif-Júnior, Iucif Abrão . Influência da vacinação contra influenza em idosos na epidemiologia da hospitalização por pneumonia. INVESTIGAÇÃO, v. 11, p. 17-23, 2011.

4.
Tavares, Denise2011 Tavares, Denise ; Munari, Carla ; de Freitas Araújo, Marcelo ; Beltrame, Mariana ; Furtado, Michelle ; Gonçalves, Camila ; Jorge Tiossi, Renata ; Bastos, Jairo ; Cunha, Wilson ; Sola Veneziani, Rodrigo . Antimutagenic Potential of Solanum lycocarpum against Induction of Chromosomal Aberrations in V79 Cells and Micronuclei in Mice by Doxorubicin. Planta Medica, v. 77, p. 1489-1494, 2011.

5.
SENEDESE, J. M.2008 SENEDESE, J. M. ; Rodrigues, A. R. ; FURTADO, M. A. ; FAUSTINO, V. D. ; Berretta, A. A. ; Marchetti, J. M. ; TAVARES, D. C. . Assessment of the Mutagenic Activity of Extracts of Brazilian Propolis in Topical Pharmaceutical Formulations on Mammalian Cells In Vitro and In Vivo. Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine (Print), p. 1-7, 2008.

6.
FURTADO, R. A.2008 FURTADO, R. A. ; Rodrigues, E. P. ; Araujo, F. R. R. ; Oliveira, W. L. ; FURTADO, M. A. ; Castro, M. B. ; Cunha, W. R. ; TAVARES, D. C. . Ursolic Acid and Oleanolic Acid Suppress Preneoplastic Lesions Induced by 1,2-Dimethylhydrazine in Rat Colon. Toxicologic Pathology (Print), v. 36, p. 576-580, 2008.

7.
FURTADO, M2008 FURTADO, M; DEALMEIDA, L ; FURTADO, R ; CUNHA, W ; TAVARES, D . Antimutagenicity of rosmarinic acid in Swiss mice evaluated by the micronucleus assay. Mutation Research. Genetic Toxicology and Environmental Mutagenesis, v. 657, p. 150-154, 2008.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
FURTADO, M. A.; MONTEIRO, A. M. V. ; ESCADA, M. I. S. . Padrões de paisagem espaço-temporais nas microrregiões de Ribeirão Preto e SãoCarlos: Investigando a história natural da hantavirose a partir da análise daestrutura da paisagem. In: XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, 2013, Foz do Iguaçu. Anais XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, 2013. p. 2384-2391.

2.
FURTADO, M. A.; MORRAYE, M. A. . Hantavirose e as Unidades de Conservação. In: I Simpósio Internacional de Saúde Ambiental e a Construção de Cidades Saudáveis, 2010, uberlândia. CD-Rom do I Simpósio Internacional de Saúde Ambiental e a Construção de Cidades Saudáveis. Uberlândia: Universidade Federal de Uberlândia, 2010. p. 411-417.

3.
FURTADO, M. A.; MORRAYE, M. A. . Epidemiological aspects of hantaviruses disease in Ribeirão Preto.. In: 4th International Sympossium of Pos-graduation and Research ? SINPOSPEq, 2010, Ribeirão Preto. 4th International Sympossium of Pos-graduation and Research ? SINPOSPEq, 2010.

4.
FURTADO, M. A.; MORRAYE, M. A. . O Mapa da Distribuição Espaço-Temporal da Hantavirose no Estado de São Paulo de 1993-2008. In: II Congresso Internacional & IV Simpósio Nacional de Geografia da Saúde, 2009, Uberlândia. CD-Rom do II Congresso Internacional & IV Simpósio Nacional de Geografia da Saúde. Uberlândia: Universidade Federal de Uberlândia, 2009. v. 1. p. 1960-1974.

5.
Almeida, Lenita Caetano Fernandes de ; FURTADO, M. A. ; FURTADO, R. A. ; Cunha, W. R. ; TAVARES, D. C. . Efeito antimutagênico do ácido rosmarínico em células do sangue periférico de camundongos Swiss.. In: 8o. Congresso Nacional de Iniciação Científica e 6o. Congresso Internacional de Iniciação Científica, 2008, 2008, Botucatu/SP.. Cd-Rom do 8o. Congresso Nacional de Iniciação Científica e 6o. Congresso Internacional de Iniciação Científica.. São Paulo/SP: Semesp, 2008, 2008. v. 1. p. 1-10.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Ribeiro, MD ; Castro, DP ; FURTADO, M. A. ; MORRAYE, M. A. . Distribuição Espacial e Sazonal da Febre Maculosa em Minas Gerais. In: IV Conferência Regional sobre Mudanças Climáticas Globais: O Plano Brasileiro para um Futuro Sustentável, 2011, São Paulo. IV Conferência Regional sobre Mudanças Climáticas Globais: O Plano Brasileiro para um Futuro Sustentável, 2011.

2.
FURTADO, M. A.; Ribeiro, MD ; MORRAYE, M. A. . A influência das mudanças climáticas e ambientais sobre a expansão dos casos de Hantavírose. In: IV Conferência Regional sobre Mudanças Climáticas Globais: O Plano Brasileiro para um Futuro Sustentável, 2011, São Paulo. IV Conferência Regional sobre Mudanças Climáticas Globais: O Plano Brasileiro para um Futuro Sustentável, 2011.

3.
FURTADO, M. A.; MORRAYE, M. A. . Land use and land cover changes contribution in the emergence of infectious diseases: Hantaviruses. In: Environmental Health 2011: Resetting our Priorities, 2011, Salvador. Environmental Health 2011: Resetting our Priorities, 2011.

4.
FURTADO, M. A.; Hermones-Silva, Rodrigo ; Nascif-Júnior, Iucif Abrão . EPIDEMIOLOGIA DA HOSPITALIZAÇÃO POR PNEUMONIA COMPARADO COM A VACINAÇÃO CONTRA A INFLUENZA EM IDODOS. In: XLVI CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2010, FOZ DO IGUAÇU. MEDTROP 2010 MUDANÇAS AMBIENTAIS E AS DOENÇAS TROPICAIS: DESAFIOS DO MILÊNIO, 2010. v. XLVI. p. 591-591.

5.
FURTADO, M. A.; MORRAYE, M. A. ; MILLS, J. N. . A SYSTEMATIC REVIEW OF HANTAVIRUS LITERATURE. In: VIII International Conference on HFRS, HPS & Hantaviruses, 2010, Athens. VIII International Conference on HFRS, HPS & Hantaviruses. Athens: INTERNATIONAL SOCIETY FOR HANTAVIRUSES AND HANTAVIRAL DISEASES, 2010. p. 194-194.

6.
MORRAYE, M. A. ; FURTADO, M. A. ; Silva, S.C.A. . Equity in health: A review with a view to Health Promotion. In: 20th IUHPE World Conference on Health Promotion, 2010, Genebra. 20th IUHPE World Conference on Health Promotion, 2010. p. 1-1.

7.
FURTADO, M. A.; MORRAYE, M. A. . Landscape ecology and epidemiology of hantavirusis in São Paulo state.. In: International Conference: Getting post 2010 Biodiversity Targets Right,, 2010, Bragança Paulista. International Conference: Getting post 2010 Biodiversity Targets Right, 2010.

8.
FURTADO, M. A.; MORRAYE, M. A. . Epidemiological Aspects of Hantaviruses disease in Ribeirao Preto. In: SinPosPq, 2010, Ribeirão Preto. 4th International Symposium of Pos-graduation and research. Ribeirão Preto: Faculdade de ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto, 2010.

9.
FURTADO, M. A.; MORRAYE, M. A. . DISTRIBUIÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL DA HANTAVIROSE NO BRASIL. In: XLVI CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2010, FOZ DO IGUAÇU. MEDTROP 2010 MUDANÇAS AMBIENTAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPOICAL, 2010. v. XLVI. p. 946-946.

10.
Almeida, Lenita Caetano Fernandes de ; FURTADO, M. A. ; FURTADO, R. A. ; Cunha, W. R. ; TAVARES, D. C. . Frequência de micronúcleos induzidos 24 horas após os tratamentos com ácido rosmarínico e o quimiterápico doxorubicina.. In: 12ª Jornada de Biomedicina, 2008, Franca. Anais da 12ª Jornada de Biomedicina. Franca/SP: Editora da Universidade de Franca, 2008, 2008. v. 1. p. 1-1.

11.
CORREA, M. B. ; FURTADO, M. A. ; ARAUJO, M. G. F. E. ; TAVARES, D. C. . Estudo do potencial mutagênico e antimutagênico do extrato hidroalcoólico de frutos de Solanum lycocarpum St. Hill. em medula óssea de camundongo Swiss.. In: 5° Encontro de Iniciação científica e de Professores Pesquisadores, 2008, Franca. 5° Encontro de Iniciação científica e de Professores Pesquisadores. Franca: Unifran, 2008.

12.
FURTADO, M. A.; SENEDESE, J. M. ; FAUSTINO, V. D. ; RODRIGUES, A. R. S. ; Berrretta, A.A. ; TAVARES, D. C. . Análise in vivo e in vitro da frequência de danos cromossômicos induzidos pela própolis em formulações tópicas para queimadura. In: 53° Congresso Brasieleiro de Genética, 2007, Águas de Lindóia. CD-ROM do 53° Congresso Brasieleiro de Genética. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 2007. p. 11-11.

13.
Araújo, F.R.R. ; FURTADO, R. A. ; Rodrigues, E.P. ; Oliveira, W.L. ; FURTADO, M. A. ; Castro, M.B. ; Cunha, W. R. ; TAVARES, D. C. . CHEMOPREVENTIVE EFFECT OF A MIXTURE OF URSOLIC AND OLEANOLIC ACID TOWARD 1,2-DIMETHYLHYDRAZINE-INDUCED PRENEOPLASTIC LESIONS IN RAT. In: 6 Intenational Congress of Pharmaceutical Sciences, 2007, Ribeirão Preto. CD-ROM do 6 Intenational Congress of Pharmaceutical Sciences. Ribeirão Preto: CIFARP, 2007.

14.
FURTADO, R. A. ; Rodrigues, E.P. ; Araújo, F.R.R. ; Oliveira, W.L. ; FURTADO, M. A. ; Castro, M.B. ; Cunha, W. R. ; TAVARES, D. C. . Ursolic acid and Oleanolic acid supress preneoplastic lesions induced by 1,2-dimethylhydrazine in rat collon. In: III Encontro de Pós-graduação da Faculdade de Medicina de Botucatu, 2007, Botucatu. cd-rom do III Encontro de Pós-graduação da Faculdade de Medicina de Botucatu. Botucatu: UNESP, 2007.

15.
FURTADO, R. A. ; Rodrigues, E.P. ; Araújo, F.R.R. ; Oliveira, W.L. ; FURTADO, M. A. ; Castro, M.B. ; Cunha, W. R. ; TAVARES, D. C. . Efeito quimiopreventivo do ácido oleanólico sobre a carcinogênese em colón de ratos. In: 53 Congresso Brasileiro de Genética, 2007, Águas de Lindóia. CD-ROM do 53 Congresso Brasileiro de Genética. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 2007. p. 56-56.

16.
ARAUJO, M. G. F. E. ; FURTADO, M. A. ; CORREIA, M. B. ; TAVARES, D. C. ; VENEZIANI, R. C. S. ; DE PAULA, A. C. C. F. F. . Estudo da atividade mutagênica do estrato hydroalcoólico de frutos de Solanum lycocarpum St. hill. em medula ossea de camundongo Swiss.. In: II° Simposio de pesquisa e VI° SEMIC, 2007, Alfenas. Cd- Rom do II° Simposio de pesquisa e VI° SEMIC. Alfenas: Unifenas, 2007.

17.
FURTADO, M. A.; SENEDESE, J. M. ; FAUSTINO, V. D. ; Berrretta, A.A. ; TAVARES, D. C. . Estudo da possível mutagenicidade do trtatamento em pulso de 3 horas com gel contendo própolis para queimadura. In: 4° Encontro de Iniciação científica e de Professores Pesquisadores, 2006, Franca. CD-ROM do 4 Encontro de Iniciação Cientifica e de Professores Pesquisadores. Franca/SP: Universidade de Franca, 2006. p. 423-423.

18.
SENEDESE, J. M. ; FAUSTINO, V. D. ; FURTADO, M. A. ; Berrretta, A.A. ; TAVARES, D. C. . Avaliação da mutagenicidade do gel contendo própolis para queimadura em células de ovário de hamster Chinês. In: 52 Congresso Brasileiro de Genética, 2006, Foz do Iguuaçu. CD-ROM do 52 Congresso Brasileiro de Genética. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 2006. p. 1425-1425.

19.
FAUSTINO, V. D. ; SENEDESE, J. M. ; FURTADO, M. A. ; Berrretta, A.A. ; TAVARES, D. C. . Avaliação da mutagenicidade do tratamento continuo (20 horas) com gel contendo própolis para queimados em células de ovário de hamster Chinês. In: 10 Jornada da Biomedicina da Universidade de Franca, 2006, Franca. CD-ROM da 10 Jornada da Biomedicina da Universidade de Franca. Franca/SP: Universidade de Franca, 2006. p. 25-25.

20.
Rodrigues, E.P. ; FURTADO, R. A. ; Araújo, F.R.R. ; Oliveira, W.L. ; FURTADO, M. A. ; Cunha, W. R. ; Castro, M.B. ; TAVARES, D. C. . Efeito protetor do ácido ursólico sobre os focos de criptas aberrantes induzidos por 1,2-dimetilhidrazina em colón de ratos. In: 52 Congresso Brasileiro de Genética, 2006, Foz do Iguaçu. CD-ROM do 52 Congresso Brasileiro de Genética. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 2006. p. 1330-1330.

Apresentações de Trabalho
1.
FURTADO, M. A.; MORRAYE, M. A. . Patterns of space and temporal distribution of Hantaviruses in Southearstern Brazil. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Simposio Internacional de Saúde Ambiental e a Construção de Cidades Saudáveis.Hantavirose e as Unidades de Conservação. 2010. (Simpósio).

2.
XLVI CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL. EPIDEMIOLOGIA DA HOSPITALIZAÇÃO POR PNEUMONIA COMPARADO COM A VACINAÇÃO CONTRA INFLUENZA EM IDOSOS. 2010. (Congresso).

3.
II congresso Internacional & IV Simpósio Nacional de Geografia da Saúde. O Mapa da distribuição Espaço-Temporal da Hantavirose no Estado de São Paulo. 2009. (Congresso).

4.
International Forum EcoHealth 2008. Patterns of space and temporal distribution of Hantaviruses in Southearstern Brazil. 2008. (Congresso).

5.
53° Congresso Brasieleiro de Genética. Análise in vivo e in vitro da frequência de danos cromossômicos induzidos pela própolis em formulações tópicas para queimaduras. 2007. (Congresso).

6.
4° Encontro de Iniciação científica e de Professores Pesquisadores.Estudo da possível mutagenicidade do tratamento em pulso de 3 horas com gel contendo própolis para queimadura. 2006. (Encontro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/12/2018 às 3:26:36