Déborah Alani Silva de Oliveira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8935859386451080
  • Última atualização do currículo em 15/09/2017


Possui graduação em Ciências Biológicas - Licenciatura pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e mestrado em Biologia Vegetal pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Atualmente é estudante de doutorado no Programa de Pós-graduação em Biologia Vegetal pela UFPE. Tem experiência na área de Botânica, com ênfase nas subáreas: germinação, mobilização de reservas de sementes, fisiologia vegetal e ecologia de populações. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Déborah Alani Silva de Oliveira
Nome em citações bibliográficas
OLIVEIRA, D. A. S.;OLIVEIRA, DÉBORAH SILVA;OLIVEIRA, DEBORAH;OLIVEIRA, DEBORAH A.S.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Ciências Biológicas.
Avenida da Engenharia
Cidade Universitária
50740600 - Recife, PE - Brasil
Telefone: (81) 21267814


Formação acadêmica/titulação


2014
Doutorado em andamento em Biologia Vegetal.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
com período sanduíche em Universität Hamburg (Orientador: Arne Cierjacks).
Título: Respostas em nível molecular, fisiológico e ecológico de Spondias tuberosa Arr. Câm. aos impactos causados por estressores bióticos e abióticos,
Orientador: Jarcilene Silva Almeida Cortez.
Coorientador: Arne Cierjacks.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco, FACEPE, Brasil.
2012 - 2014
Mestrado em Biologia Vegetal.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: Performance fotossintética de duas plameiras sob a sazonalidade do Agreste Meridional pernambucano,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Mauro Guida dos Santos.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2005 - 2009
Graduação em Ciências Biologicas.
Universidade Estadual do Ceará, UECE, Brasil.
Orientador: Oriel Herrera Bonilla.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2011 - 2011
Introdução ao Estudo das Samambaias e Licófitas. (Carga horária: 16h).
Sociedade Botânica do Brasil - DF, SBB, Brasil.
2010 - 2010
Curso de Extensão Formação de Professores em EaD. (Carga horária: 80h).
Universidade Estadual do Ceará, UECE, Brasil.
2010 - 2010
Ensaios interdisciplinares para o Ensino de Botâni. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
2010 - 2010
II Curso de Capacitação dos Monitores da UECE. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual do Ceará, UECE, Brasil.
2010 - 2010
Técnicas de coletas em Cactaceae. (Carga horária: 8h).
Sociedade Botânica do Brasil - DF, SBB, Brasil.
2009 - 2009
I Curso de Capacitação de Monitores da UECE. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual do Ceará, UECE, Brasil.
2008 - 2008
Tópicos Especiais em Gestão Ambiental. (Carga horária: 20h).
Centro de Pesquisa e Qualificação Tecnológica, CPQT, Brasil.
2008 - 2008
Alelopatia: Importância e metodologias de estudo. (Carga horária: 6h).
Sociedade Botânica do Brasil - DF, SBB, Brasil.
2008 - 2008
Curso de Taxidermia de Ictiofauna e Crustáceos. (Carga horária: 25h).
Universidade Estadual do Ceará, UECE, Brasil.
2007 - 2007
Obtenção e Análise do Biodíesel de Oleaginosas. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual do Ceará, UECE, Brasil.
2006 - 2006
Segurança Alimentar. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual do Ceará, UECE, Brasil.
2003 - 2003
Espanhol Básico. (Carga horária: 40h).
Universidade Estadual do Ceará, UECE, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante de pós-graduação, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 40


Universidade Estadual do Ceará, UECE, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Monitoria, Enquadramento Funcional: Monitora da disciplina de Sistemática Vegetal, Carga horária: 12

Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica - PIBIC/CNPq, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 12, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista do Programa de Bolsa de Estudo e Trabalho da Pró-reitoria de Políticas Estudantis e Inclusão Social

Atividades

07/2006 - 07/2007
Outras atividades técnico-científicas , Centro de Ciências e Tecnologia, Centro de Ciências e Tecnologia.

Atividade realizada
Prestou serviços voluntários no projeto Jangada da Ciência.

Cursinho Pré - vestibular UECEVest, UECEVEST, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Professora, Enquadramento Funcional: Professora de Biologia, Carga horária: 4



Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Respostas em nível molecular, fisiológico e ecológico de plãntulas da Caatinga aos impactos causados por estressores bióticos e abióticos.
Descrição: Os estresses causados pelo baixa disponibilidade de água no solo da Caatinga, chuvas irregulares e longo período de seca e pela herbivoria podem afetar negativamente as espécies nativas. A pergunta principal que rege este trabalho é: como as plantas respondem aos impactos de múltiplos fatores? Para responder esta pergunta o presente trabalho está dividido em dois capítulos: o primeiro será executado em casa de vegetação e tratará do desempenho de plântulas de catingueira, pereiro e umbuzeiro submetidas a dois estressores (déficit hídrico e herbivoria) e sua posterior recuperação após a suspensão destes. Além disso pretende-se avaliar em plântulas de umbu (Spondias tuberosa) como a aquaporina envolvidas no transporte de água, atuam após ciclos de estresse hídrico. No segundo capítudo será dado atenção adinâmica de população de S. tuberosa em diferentes condições de disponibilidade hídrica eanalisar a variabilidade genética nestas populações e em plântulas obtidas de sementes provenientes destas populações e predizer o comportamento de umbuzeiro frente a um cenário com mudanças climáticas. Portanto o objetivo geral consiste em avaliar os impactos causados pela ação, individual e conjunta, do déficit hídrico e da herbivoria, no estabelecimento de plântulas da Caatinga. Os objetivos específicos são: Avaliar respostas morfológicas,fisiológicas e bioquímicas de espécies nativas da Caatinga, mediante ciclos de estresse hídrico e por herbivoria, individualmente e em combinação; avaliar a recuperação das plântulas mediante a supressão de um e de ambos os estressores e os genes envolvidos no transporte de água; analisar a alocação de recursos das espécies estudadas submetidas a diferentes tipos de estresse; analisar o impacto do déficit hídrico e herbivoria na estrutura de populações de umbu e avaliar a diversidade genética destas populações. Os resultados obtidos serão divulgados em eventos científicos, elaborado artigos para serem submetidos a revistas de alto impacto..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Déborah Alani Silva de Oliveira - Coordenador / Jarcilene Silva Almeida-Cortez - Integrante / Arne Cierjacks - Integrante.
2012 - 2014
Relações hídricas e aspectos ecofisiológicos de espécies perenes com potencial uso para biocombustíveis no semiárido nordestino.
Descrição: O atual projeto visa estudar no mínimo três espécies perenes que possuem potencial econômico para obtenção de óleos destinados a biodiesel, no entanto, ainda é raro o cultivo comercial das mesmas. Dessa forma, pretende-se ampliar as opções de pequenos e médios produtores rurais do semi-árido nordestino, podendo assim, cultivar espécies rústicas com finalidade econômica. No atual cenário da região predomina a exploração dos recursos naturais de forma não sustentável, o que acarreta em devastação e em muitas localidades em desertificação do meio. Por outro lado, existe a agricultura de alta tecnologia, que garante uma renda acentuada e atrai produtores do país inteiro para a região. Nesse mesmo cenário, se encontra o pequeno e médio produtor cada vez mais desestimulado por falta de alternativas para aumentar sua renda. O que os levam a vender suas propriedades e migrarem para as cidades, onde descobrem que não são competitivos. Atualmente a região nordeste, passa por transformações bruscas, tais como: novos trajetos de cursos de água, novas estradas e estímulo a produção de determinadas culturas que visam abastecer as inovações tecnológicas implantadas na região. Um bom exemplo disso: é a necessidade de produção de oleaginosas para a fabricação de biocombustíveis, através do CETENE (Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste) a região tem sido encorajada a explorar novas espécies que sabidamente possuem potencial para tal fim. Diante desse contexto, se insere esta proposta. Estudar a ecofisiologia vegetal de Moringa oleifera, Pachira aquatica, Sterculia striata, Acrocomia aculeata e Syagrus coronata é o nosso principal objetivo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Déborah Alani Silva de Oliveira - Integrante / Mauro Guida dos Santos - Coordenador / Jarcilene Almeida-Cortês - Integrante / Marcelo Francisco Pompelli - Integrante / Wolfgang Harand - Integrante.
2009 - 2011
Instituto Naciona de Frutos Tropicais: Desenvolvimento de processose produtosdiferenciados e inovadores com ênfase a exportação
Descrição: Desenvolver know-how tecnológico por meio da agregação de recursos humanos especializados nas diferentes áreas de estudos em ciência e tecnologia de frutos tropicais, oriundos de diferentes instituições de ensino e pesquisa, com a finalidade de construção de um Instituto Nacional de Frutos Tropicais (INFT), que dedique para elaboração de produtos promissores (sucos pronto para beber, sucos em pó, frutas minimamente processadas, frutas desidratadas, frutas in natura revestidas com biofilmes, essências de frutas) utilizando frutas tropicais e subtropicais de larga produção (abacaxi, mamão, caju, manga e acerola), de escala produtiva média (cajá, umbu, sapoti, mangaba, açaí e cupuaçu) e frutas exóticas de pequena escala de produção (guajuru, pulsar, seriguela, jambo e cajarana) na região Nordeste visando à sua comercialização com ênfase na exportação dos produtos desenvolvidos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Déborah Alani Silva de Oliveira - Integrante / GALLÃO, M.I. - Coordenador / Edy Souza de Brito - Integrante / Narendra Narain - Integrante.
2007 - 2009
Fitoremediação de Efluentes da Carcinicultura Marinha com Halófitas Nativas Através de um Marisma Artificial.
Descrição: A aquicultura é uma atividade aquática similar a agricultura e se originou há cerca de 3000 anos atrás. entretanto diferente da agricultura, que tem sido o mais importante meio de obtenção de alimentos da terra durante milhares de anos, a aqüicultura e em especial a carcinicultura tem até o presente momento pouco contribuído, comparativamente, com a produção de alimentos. Paradoxalmente as condições de semi-aridez desta região, são ideais para a criação de camarão em cativeiro, sendo atualmente o estado do Ceará um dos maiores produtores de camarão do Brasil, gerando muitas divisas; sendo que atrelada a esta atividade surge também, a problemática da geração de grande produção de efluentes que precisam ser tratados antes de serem laçados novamente aos mananciais. A fitoremediação de efluentes de projetos de carcinicultura com vegetação halófita possível a partir de plantas nativas da costa brasileira, que criam uma grande superfície de fixação de microorganismos que purificam a água pelos processos de mineralização, nitrificação e denitrificação entre outros. Marismas artificiais construídas no entorno dos criadouros poderão interceptar material em suspensão, além de estocar e/ou degradar vários contaminantes normalmente presentes em águas de escoamento.halófitas vem sendo domesticadas em vários países, irrigadas com água salgada e entre as mais promissoras estão as do gênero Salicornia e a grama Sporobulus virginicus. O objetivo principal desta pesquisa é produzir e utilizar plantas de Salicornia e Sporobulus, para ser plantadas num marisma artificial, junto a viveiros de criação de camarão no CEAC (Centro de Estudos Ambientais Costeiros) no município de Eusebio - Ce. Sementes de Salicornia e Sporobulus foram obtidas do banco de sementes do Laboratório de Ecologia da FURG..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .

Integrantes: Déborah Alani Silva de Oliveira - Integrante / Oriel Herrera Bonilla - Coordenador / Ilana Fernandes Falcão - Integrante / ANA CLARISSA MOURA RODRIGUES - Integrante / CARLOS ALAN MARCOLINO DE ALENCAR - Integrante / César Serra Bonifácio - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Taxonomia Vegetal.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
OLIVEIRA, MARCIEL T.2017OLIVEIRA, MARCIEL T. ; SOUZA, GUSTAVO M. ; PEREIRA, SILVIA ; OLIVEIRA, DEBORAH A.S. ; FIGUEIREDO-LIMA, KARLA V. ; ARRUDA, EMÍLIA ; SANTOS, MAURO G. . Seasonal variability in physiological and anatomical traits contributes to invasion success of Prosopis juliflora in tropical dry forest. TREE PHYSIOLOGY, v. 37, p. 1-12, 2017.

2.
OLIVEIRA, DEBORAH2016OLIVEIRA, DEBORAH; MEDEIROS, MARIA ; PEREIRA, SILVIA ; OLIVEIRA, MARCIEL ; FROSI, GABRIELLA ; ARRUDA, EMÍLIA ; SANTOS, MAURO . Ecophysiological leaf traits of native and exotic palm tree species under semi-arid conditions. Bragantia (São Paulo, SP. Eletrônico), v. 75, p. 128-134, 2016.

3.
MEDEIROS, MARIA JAISLANNY2015MEDEIROS, MARIA JAISLANNY ; OLIVEIRA, DÉBORAH SILVA ; OLIVEIRA, MARCIEL TEIXEIRA ; WILLADINO, LILIA ; HOULLOU, LAUREEN ; SANTOS, MAURO GUIDA . Ecophysiological, anatomical and biochemical aspects of in vitro culture of zygotic Syagrus coronata embryos and of young plants under drought stress. TREES (BERLIN. INTERNET), v. 29, p. 1219-1233, 2015.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
VASCONCELOS, E. A. F. ; OLIVEIRA, D. A. S. ; COSTA, C. S. B. ; Bonilla, O. H. . Biomassa e quantificação de cinzas de Sarcocornia ambigua e Sporobolus virginicus cultivadas numa marisma artificial irrigadas com efluente de camarão. In: 12º Congresso Nordestino de Ecologia, 2009, Gravatá -PE. Anais 12º Congresso Nordestino de Ecologia, 2009.

2.
OLIVEIRA, D. A. S.; VASCONCELOS, E. A. F. ; FALCAO, I. F. ; Bonilla, O. H. . Obtenção de plântulas de Salicornia gaudichaudiana a paritr de sementes e análise do período de infestação por fungos. In: Workshop Manejo e Controle da Salinidade na Agricultura Irrigada, 2007, Recife - PE. Anais Workshop Manejo e Controle da Salinidade na Agricultura Irrigada, 2007.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, D. A. S.; Feigs, J. T. ; Rudolph, B ; CIERJACKS, A. ; ALMEIDA-CORTES, J. . How does the historical land use influence on population dynamics of Spondias tuberosa Arr. Câm. in Caatinga?. In: 46th Annual Meeting of the Ecological Society of Germany, Austria and Switzerland (GFÖ), 2016, Marburg. 46th Annual Meeting of the Ecological Society of Germany, Austria and Switzerland (GFÖ), 2016.

2.
OLIVEIRA, D. A. S.; Almeida-Cortez, J S ; CIERJACKS, A. . Allometric assessment and natural regeneration of Spondias tuberosa Arr. Câm. In different land use options. In: 45th Annual Meeting of the Ecological Society of Germany, Austria and Switzerland (GFÖ), 2015, Gottingen. 45th Annual Meeting of the Ecological Society of Germany, Austria and Switzerland (GFÖ), 2015.

3.
OLIVEIRA, D. A. S.; MEDEIROS, M. J. L. ; DUDA, L. F. ; SANTOS, M. G. dos . Relações hídricas e trocas gasosas em duas palmeiras com potencial energético sob a sazonalidade do Agreste Meridional de Pernambuco. In: XIV Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2013, Poços de Caldas - MG. Anais do XVI Congresso Nacional de Fisiologia Vegetal, 2013.

4.
OLIVEIRA, D. A. S.; ANSELMO, G. A ; SAMPAIO, V.S ; MENDES, R.M.S . Aula prática de Sistemática Vegetal: abordagem para conhecer espécies presentes no Campus do Itaperi. In: XV Semana Universitária, 2011, Fortaleza. XV Semana Universitária, 2011. v. 15.

5.
SILVA, R.M. ; Luís Eduardo ; RIBEIRO, R.T.M. ; OLIVEIRA, D. A. S. ; GALLÃO, M.I. . Morphological characterization of Clitoria ternatea L. (Fabaceae). In: 10th Conference of the Internacional Society for Seed Science - ISSS, 2011, Costa do Sauípe - BA. Anals of Conference of the Internacional Society for Seed Science - ISSS, 2011.

6.
Luís Eduardo ; RIBEIRO, R.T.M. ; OLIVEIRA, D. A. S. ; GALLÃO, M.I. . Caracterização morfológica de sementes quiescentes de Pseudobombax marginatum (St. Hil., Juss e Camb.) A. Robyns (Malvaceae). In: Congresso Aberto aos Estudantes de Biologia - CAEB, 2011, Campinas. Anais do CAEB, 2011.

7.
RIBEIRO, R.T.M. ; PESSOA, A.C.B.P. ; SILVA, R.M. ; OLIVEIRA, D. A. S. ; PAULA, S.O. ; GALLÃO, M.I. . Caracterização morfológica de sementes quiescentes de Bunchosia apiculata Huber (Malpighiaceaea). In: Congresso Aberto aos Estudantes de Biologia - CAEB, 2011, Campinas. Anais do CAEB, 2011.

8.
RIBEIRO, R.T.M. ; PESSOA, A.C.B.P. ; MEDEIROS, M.L. ; OLIVEIRA, D. A. S. ; GALLÃO, M.I. . Anatomia ecológica do limbo foliar de Pseudobombax marginatum (A. STHIL.) A. ROBYNS (Malvaceae). In: Congresso Aberto aos Estudantes de Biologia - CAEB, 2011, Campinas. Anais do CAEB, 2011.

9.
Luís Eduardo ; RIBEIRO, R.T.M. ; OLIVEIRA, D. A. S. ; GALLÃO, M.I. . Caracterização morfológica de sementes quiescentes de Canna indica L. (Cannaceae). In: Congresso Aberto aos Estudantes de Biologia - CAEB, 2011, Campinas. Anais do CAEB, 2011.

10.
OLIVEIRA, D. A. S.; RIBEIRO, R.T.M. ; PAULA, S.O. ; NEGREIROS, A.P. ; GALLÃO, M.I. . Potencial germinativo de sementes de Caesalpinia pulcherrima (Linnaeus) Swartz (Fabaceae). In: 62º Congresso Nacional de Botânica, 2011, Fortaleza - CE. Anais do 62º Congresso Nacional de Botânica, 2011.

11.
ANSELMO, G. A ; OLIVEIRA, D. A. S. ; SAMPAIO, V.S ; MENDES, R.M.S . Avaliação do conhecimento dos alunos da disciplina de Sistemática Vegetal do curso de Ciências Biológicas sobre as famílias botânicas. In: XV Semana Universitária, 2010, Fortaleza. XV Semana Universitária, 2010. v. 15.

12.
OLIVEIRA, D. A. S.; SOUZA, M.A. ; SANTANA, E.W. . Avaliação do ensino-aprendizagem de Biologia no cursinho pré-vestibular UECEVest. In: III Encontro Nacional de Ensino de Biologia, 2010, Fortaleza. Anais do III Encontro Nacional de Ensino de Biologia, 2010.

13.
OLIVEIRA, D. A. S.; MENDES, R.M.S ; CHAVES, B. E. . Práticas de Sistemática Vegetal: plantas coletadas no Campus de Itaperi (Fortaleza, Ceará). In: XXXIII Reunião Nordestina de Botânica, 2010, Aracaju - SE. Anais do XXXIII Reunião Nordestina de Botânica, 2010.

14.
OLIVEIRA, D. A. S.; VASCONCELOS, E. A. F. ; FALCAO, I. F. ; Bonilla, O. H. . Germinação e infestação por fungos de sementes de Salicornia gaudichaudiana Mog. (Chenopodiaceae) coletadas na Ilha da Pólvora - RS e numa marisma artificial no município de Eusébio - CE. In: 60º Congresso Nacional de Botânica, 2009, Feira de Santana - BA. Anais 60º Congresso Nacional de Botânica, 2009.

15.
OLIVEIRA, D. A. S.; VASCONCELOS, E. A. F. ; MARQUES, E.C. ; GOMES-FILHO, E. ; Bonilla, O. H. . Análise do nitrogênio total em duas halófitas costeiras. In: XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2009, Fortaleza - CE. Anais XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2009.

16.
OLIVEIRA, D. A. S.; VASCONCELOS, E. A. F. ; MARQUES, E.C. ; GOMES-FILHO, E. ; Bonilla, O. H. . Análise iônica nas halófitas costeiras Salicornia gaudichaudiana e Sporobolus virginicus cultivadas numa marisma artificial. In: XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2009, Fortaleza - CE. Anais XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2009.

17.
RODRIGUES, A. C. M. ; FALCAO, I. F. ; OLIVEIRA, D. A. S. ; Bonilla, O. H. . Monitoramento do crescimento da halófita Batis maritima através de uma marisma artificialcom efluentes da carcinicultura. In: XIII Semana Universitária da UECE, 2009, Fortaleza. Anais da XIII Semana Universitária da UECE, 2009.

18.
OLIVEIRA, D. A. S.; MENDES, R.M.S ; CHAVES, B. E. . Espécies vegetais do Campus do Itaperi utilizadas nas aulas práticas de Sistemática Vegetal. In: XIV Semana Universitária, 2009, Fortaleza. Anais do XIV Semana Universitária, 2009.

19.
OLIVEIRA, D. A. S.; FALCAO, I. F. ; RODRIGUES, A. C. M. ; ALENCAR, C. A. M. ; Bonilla, O. H. . Avaliação do crescimento da halófita nativa Salicornia gaudichaudiana Mog. numa marisma artificial submetida à irrigação de efluentes da carcinicultura. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008, Natal - RN. Anais 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008.

Apresentações de Trabalho
1.
OLIVEIRA, D. A. S.; Feigs, J. T. ; Rudolph, B ; CIERJACKS, A. ; Almeida-Cortez, J S . How does the historical land use influence on population dynamics of Spondias tuberosa Arr. Câm. in Caatinga?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
OLIVEIRA, DÉBORAH SILVA; CIERJACKS, A. ; ALMEIDA-CORTEZ, J. S. . Allometric assessment and natural regeneration of Spondias tuberosa Arr. Câm. in different land-use options.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
OLIVEIRA, D. A. S.; MEDEIROS, M. J. L. ; DUDA, L. F. ; SANTOS, M. G. dos . Relações hídricas e trocas gasosas em duas palmeiras com potencial energético sob a sazonalidade do Agreste Meridional de Pernambuco. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
OLIVEIRA, D. A. S.; ANSELMO, G. A ; SAMPAIO, V.S ; MENDES, R.M.S . Aula prática de Sistemática Vegetal: abordagem para conhecer espécies presentes no Campus do Itaperi. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
OLIVEIRA, D. A. S.; RIBEIRO, R.T.M. ; PAULA, S.O. ; NEGREIROS, A.P. ; GALLÃO, M.I. . Potencial germinativo de sementes de Caesalpinia pulcherrima (Linnaeus) Swartz (Fabaceae). 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
OLIVEIRA, D. A. S.; FALCAO, I. F. ; RODRIGUES, A. C. M. ; VASCONCELOS, E. A. F. ; Bonilla, O. H. . Crescimento de duas halófitas nativas irrigadas com efluentes da carcinicultura marinha. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
OLIVEIRA, D. A. S.; CHAVES, B. E. ; MENDES, R.M.S . Práticas de Sistemática Vegetal: plantas coletadas no Campus de Itaperi (Fortaleza, Ceará). 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
OLIVEIRA, D. A. S.; E ; FALCAO, I. F. ; Bonilla, O. H. . Germinação e infestação por fungos de sementes de Salicornia gaudichaudiana Mog. (Chenopodiaceae) coletadas na Ilha da Pólvora - RS e numa marisma artificial no município de Eusébio - CE. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
OLIVEIRA, D. A. S.; E ; MARQUES, E.C. ; GOMES-FILHO, E. ; Bonilla, O. H. . Análise iônica nas halófitas costeiras Salicornia gaudichaudiana e Sporobolus virginicus cultivadas numa marisma artificial. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
OLIVEIRA, D. A. S.; E ; MARQUES, E.C. ; GOMES-FILHO, E. ; Bonilla, O. H. . Análise do nitrogênio total em duas halófitas costeiras. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
OLIVEIRA, D. A. S.; E ; COSTA, C. S. B. ; Bonilla, O. H. . Marismas artificiais: solução viável ao desenvolvimento sustentável da carcinicultura. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
OLIVEIRA, D. A. S.; MENDES, R.M.S ; CHAVES, B. E. . Espécies vegetais do Campus do Itaperi utilizadas nas aulas práticas de Sistemática Vegetal. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

13.
OLIVEIRA, D. A. S.; FALCAO, I. F. ; RODRIGUES, A. C. M. ; ALENCAR, C. A. M. ; Bonilla, O. H. . Avaliação do crescimento da halófita Salicornia gaudichaudiana Mog. num marisma artificial submetida à irrigação de efluentes da carcinicultura. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
Bonilla, O. H. ; OLIVEIRA, D. A. S. ; VASCONCELOS, E. A. F. ; FALCAO, I. F. . OBTENÇÃO DE PLÂNTULAS DA HALÓFITA Salicornia gaudichaudiana Moq. A PARTIR DE SEMENTES E ANÁLISE DO PERÍODO DE INFESTAÇÃO POR FUNGOS. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Demais tipos de produção técnica
1.
OLIVEIRA, D. A. S.; Bonilla, O. H. . Fitorremediação de efluentes da carcinicultura com halófitas nativas através de uma marisma artificial. 2009. (Relatório de pesquisa).

2.
OLIVEIRA, D. A. S.; Bonilla, O. H. . Fitorremediação de efluentes da carcinicultura com halófitas nativas através de uma marisma artificial. 2008. (Relatório de pesquisa).

3.
OLIVEIRA, D. A. S.; MACEDO, F. H. P. ; VASCONCELOS, E. A. F. . Construindo e Entendendo o sistema nervoso, digestório, respiratório e circulatório.. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
35ª Reunião Nordestina de Botânica. 2017. (Outra).

2.
I Seminário Regional da Rede-Brasil Alemanha para Internacionalização do Ensino Superior. 2017. (Seminário).

3.
46th Annual Meeting of the Ecological Society of Germany, Austria and Switzerland (GFÖ). How does the historical land use influence on population dynamics of Spondias tuberosa Arr. Câm. in Caatinga?. 2016. (Congresso).

4.
I Encontro de Genética e Biotecnologia da Paraíba. 2016. (Encontro).

5.
XXI Encontro de Genética do Nordeste. 2016. (Encontro).

6.
17º Tropentag. 2015. (Congresso).

7.
45th Annual Meeting of the Ecological Society of Germany, Austria and Switzerland (GFÖ). Allometric assessment and natural regeneration of Spondias tuberosa Arr. Câm. in different land-use options.. 2015. (Congresso).

8.
XIV Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegtal. Relações hídricas e trocas gasosas em duas palmeiras com potencial energético sob a sazonalidade do Agreste Meridional pernambucano. 2013. (Congresso).

9.
62º Congresso Nacional de Botânica. Potencial germinativo de Caesalpinia pulcherrima (Linnaeus) Swartz (Fabaceae).. 2011. (Congresso).

10.
III Encontro Nacional de Ensino de Biologia. 2010. (Encontro).

11.
Meio Ambiente: da sustentabilidade à lucratividade. 2010. (Seminário).

12.
V Seminário de formação à docência. 2010. (Seminário).

13.
XXXIII Reunião Nordestina de Botânica.Práticas de Sistemática Vegetal: plantas coletadas no Campus de Itaperi (Fortaleza, Ceará). 2010. (Outra).

14.
12º Congresso Nordestino de Ecologia. Marismas artificiais: solução viável ao desenvolvimento sustentável da carcinicultura. 2009. (Congresso).

15.
60º Congresso Nacional de Botânica. Germinação e infestação por fungos de sementes de Salicornia gaudichaudiana Mog. (Chenopodiaceae) coletadas na Ilha da Pólvora - RS e numa marisma artificial no município de Eusébio - CE. 2009. (Congresso).

16.
I Ciclo de palestras EMBRAPA-UECE. 2009. (Outra).

17.
59º Congresso Nacional de Botânica. Avaliação do crescimento da halófita nativa Salicornia gaudichaudiana Mog. numa marisma artificial submetida à irrigação de efluentes da carcinicultura. 2008. (Congresso).

18.
II Seminário de Gestão Integrada da Zona Costeira- SEMGIZC. 2007. (Seminário).

19.
Workshop Manejo e Controle da Salinidade na Agricultura Irrigada.Obtenção de plântulas de Salicornia gaudichaudiana a paritr de sementes e análise do período de infestação por fungos. 2007. (Outra).

20.
58º Reunião Anual da SBPC. 2006. (Outra).

21.
Biologia e clínica de animais silvestres - uma visão para a conservação. 2006. (Outra).

22.
I Encontro Estadual de Clubes de Ciências.Na qualidade de apoio cumprindo carga horária de 40h. 2006. (Outra).

23.
III Semana Nacional de Ciência & Tecnologia.Monitora cumprindo carga horária de 24h. 2006. (Outra).

24.
VII Semana da Biologia. 2006. (Outra).

25.
II Ciclo de Atualização em Ciências Biológicas. 2005. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
OLIVEIRA, D. A. S.. VIII Semana da Biologia & III Semana da Integração do Curso de Ciências Biológicas. 2008. (Outro).

2.
OLIVEIRA, D. A. S.. I Semana da Integração do Curso de Ciências Biológicas. 2007. (Outro).



Outras informações relevantes


No período de 9 a 25 de junho de 2011, foi feito um estágio no Laboratório de Ecofisiologia Vegetal da Universidade Federal de Pernambuco, totalizando 160h.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/02/2019 às 24:34:53