Paola Andrade Gibram

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6381818745946446
  • Última atualização do currículo em 02/09/2018


Doutoranda em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (USP). Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina (2008) e mestre em Antropologia Social pelo Programa de Pós Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal de Santa Catarina (2012). Desenvolve pesquisas em Etnologia Indígena, com ênfase em políticas ameríndias e etnomusicologia. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Paola Andrade Gibram
Nome em citações bibliográficas
GIBRAM, P. A.


Formação acadêmica/titulação


2016
Doutorado em andamento em Antropologia Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Orientador: Prof. Dr. Renato Sztutman.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
2009 - 2012
Mestrado em Antropologia Social.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Política, Parentesco e outras Histórias Kaingang: uma etnografia em Penhkár,Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Dr. Rafael José de Menezes Bastos.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: kaingang; política ameríndia; parentesco.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Etnologia Indígena.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Música.
2006 interrompida
Graduação interrompida em 2009 em Música (licenciatura).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Ano de interrupção: 2009
2004 - 2009
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: KAGMA TI EG KÃ KI: Um estudo panorâmico sobre a música dos índios Kaingang da T.I. Xapecó.
Orientador: Prof. Dr. Rafael José de Menezes Bastos.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2014 - 2015
Acordeom Avançado.
Escola de Música do estado de São Paulo - Tom Jobim, EMESP TOM JOBIM, Brasil.
2010 - 2010
Extensão universitária em Acompanhamento Alunos Indígenas Ações Afimativas. (Carga horária: 72h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2003 - 2003
Fotografia.
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC Minas, SENAC/MG, Brasil.
2002 - 2002
Inglês Avançado.
Embassy English School, CES, Inglaterra.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora
Outras informações
Pesquisadora integrante do Núcleo de Estudos Arte, Cultura e Sociedade na América Latina e Caribe (MUSA), da UFSC.

Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista do CNPq

Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista REUNI, colaboradora no Programa de Ações Afirmativas da UFSC

Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Bolsista de IC/CNPq, Enquadramento Funcional: Bolsista de IC/CNPq, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Bolsista PIBIC/CNPq, Enquadramento Funcional: Bolsita PIBIC/CNPq, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista do Projeto de Pesquisa "Entre Pessoas e Corpos: Categorias, Ritos, Transformações e formas de Subjetivação Indígena (Aspectos da Moralidade Ameríndia : Parte Final), sob orientação do prof. Dr. Márnio Teixeira-Pinto

Atividades

08/2009 - 02/2012
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo de Estudos Arte, Cultura e Sociedade na América Latina e Caribe, .

08/2011 - 12/2011
Estágios , Curso Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica, .

Estágio realizado
Disciplina Organização Social Kaingang (ANT 8202) com 54 horas/aula.
07/2006 - 02/2009
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo de Estudos Arte, Cultura e Sociedade na América Latina e Caribe, .

07/2005 - 07/2006
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo de Pesquisas em Antropologia Fundamental, .


Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Brasil Plural, IBP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador


Escola de Música Compasso Aberto, COMPA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: professor de música, Carga horária: 20
Outras informações
Professora de teoria musical, musicalização infantil e piano.


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutoranda, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estágio docente, Carga horária: 6
Outras informações
Estágio docência na disciplina Tópicos de Etnologia Indígena (Linguagem, estética e política) ministrada pelo Prof. Renato Sztutman

Atividades

02/2017 - 07/2017
Estágios , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Estágio realizado
Disciplina:.


Linhas de pesquisa


1.
Antropologia da música
2.
Etnologia Indígena
3.
Xamanismo
4.
Corpo e subjetividade
5.
Antropologia política
6.
Parentesco
7.
História indígena
8.
Kaingang


Projetos de pesquisa


2006 - Atual
Arte, Cultura e Sociedade na América Latina e Caribe - Projeto Integrado de Pesquisa
Descrição: O problema central do projeto é a compreensão da sociabilidade, tomadas as artes e a artisticidade como chaves privilegiadas de leitura e o ritual, a festa, o show, o espetáculo como cenários primordiais de abordagem. Ele tem três áreas de atuação: Arte, Cosmologia e Filosofia nas Terras Baixas da América do Sul, com ênfase na Amazônia; Arte e Artisticidade nas Sociedades Nacionais da América Latina e Caribe, particularmente nos países do Mercosul e do Caribe hispânico; e Arte, Rito e Sociabilidade Luso-Açorianos, com âncora nas populações açoriano-brasileiras de Santa Catarina. A primeira área insere-se no campo da etnologia indígena, a segunda no da antropologia das sociedades nacionais modernas e a última no da antropologia do mundo luso-açoriano. O objetivo principal do projeto é contribuir para o avanço da antropologia das artes, da artisticidade, do ritual, da festa e de eventos como shows e espetáculos e para o conhecimento etnográfico e comparativo sobre as regiões por ele encompassadas. Com base nos estudos anteriormente realizados sobre a música, a dança, o grafismo, o ritual, o xamanismo, a arquitetura e outros sistemas estético-artísticos, o projeto pretende consolidar uma abordagem renovada da arte no campo antropológico. Nesta abordagem, a beleza deve ser lida como prototipicidade, eficácia, formatividade ou mesmo monstruosidade. O estado atual de conhecimento do problema central do projeto é ainda precário, nos planos teórico-metodológico e etnográfico das três regiões. Tudo começa com a dubiedade do próprio conceito de "arte" no campo antropológico, muitas vezes administrado ou de maneira etnocêntrica, com base em suas formulações ocidentais mais consuetudinárias, ou simplesmente descartado como inadequado aos mundos seja dos "primitivos" seja da modernidade, tipicamente, no caso desta última, daquele da "indústria cultural"..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Paola Andrade Gibram - Integrante / Fernanda Marcon - Integrante / Kaio Domingues Hoffmann - Integrante / Rafael José de Menezes Bastos - Coordenador / Maria Eugênia Dominguez - Integrante / Acácio Tadeu Camargo Piedade - Integrante.
2004 - 2008
Entre pessoas e corpos: categorias, ritos, transformações e formas de subjetivação indígena. (Aspectos da moralidade ameríndia: parte final)
Descrição: Este trabalho de pesquisa dá continuidade aos estudos desenvolvidos no núcleo anteriormente sobre o "xamanismo ameríndio", os quais tinham como questão primordial a centralidade da perspectiva xamânica na formulação de ideias sobre comportamento humano e sociabilidade em sociedades indígenas da América do Sul. Através das leituras e do esmiuçamento teórico de etnografias amazônicas, de artigos e de periódicos que abordavam questões referentes à moralidade ameríndia, buscou-se nesse presente projeto uma melhor compreensão do uso que se faz de categorias como "pessoa", "corpo", "indivíduo", "agência", "subjetividade" - "termos-tema" usados de forma recorrente em etnografias indígenas recentes, e através dos quais são desenvolvidas e construídas as teorias que ligam a "filosofia xamânica" às formas de sociabilidade e condições humanas nas sociedades ameríndias. O uso dessas categorias remetem também a outros campos conceituais, a outros campos etnográficos, sabendo-se que em cada caso tem-se um recorte específico de significados. Não se buscou aprofundar no uso que se faz dessas categorias em outras disciplinas e outros campos de saber, mas, atrvés de comparações teóricas, procurou-se uma visão mais clara do uso que se faz das mesmas na etnologia amazônica. A recente etnologia sul-americana coloca questões como a " noção de pessoa" em primeiro plano; a melhor compreensão destes termos faz-se então muito importante para uma retro-ação empírica e para o aprofundamento das reflexões sobre o que já foi teorizado na etnografia sul-americana. Volta-se então a uma sistematização de informações que se correspondem ao que já foi construído nos projetos anteriores, levantando um banco de dados sobre as questões e as categorias estudadas. Ênfase maior foi dada às categorias de "pessoa" e " corporalidade" (principalmente ao que se refere ao tema da " substância"), mais frequentes nas etnografias estudadas e centrais em toda socio-cosmologia ameríndia..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Paola Andrade Gibram - Integrante / Márnio Teixeira-Pinto - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Etnologia Indígena.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Música.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2013
Melhor dissertação defendida em 2012, Programa de Pós Graduação em Antropologia Social da UFSC.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
GIBRAM, P. A.2017 GIBRAM, P. A.. Propostas cosmopolíticas e resistência indígena: um convite às festas kaingang. CADERNOS DE CAMPO (USP), v. 26, p. 132-149, 2017.

2.
GIBRAM, P. A.2010GIBRAM, P. A.. Através do Mbaraka: música, dança e xamanismo Guarani (resenha). ILHA. REVISTA DE ANTROPOLOGIA (FLORIANÓPOLIS), v. 10, p. 206-209, 2010.

3.
GIBRAM, P. A.2008GIBRAM, P. A.. Dos sons para o além: uma análise da música presente no ritual Kikikoi dos índios Kaingang de Xapecó, SC. Mosaico Social, v. 4, p. 39-56, 2008.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
GIBRAM, P. A.. Penhkár: política, parentesco e outras histórias kaingang. 1. ed. Curitiba: Appris, 2016. v. 1. 213p .

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GIBRAM, P. A.. 'Quem não pode com a formiga não assanha o formigueiro': arte e política indígenas no Acampamento Terra Livre. In: XII Reunión de Antropologia del Mercosul, 2018, Posadas. Libro de Actas: XII Reunión de Antropología del Mercosur Experiencias Etnográficas: desafíos y acciones para el Siglo 21. Posadas, 2018.

2.
GIBRAM, P. A.. Política e religião Kaingang: considerações a partir de alguns itinerários indígenas. In: IX Reunião de Antropologia do Mercosul, 2011, Curitiba. RAM 2011, 2011.

3.
HOFFMANN, K. D. ; GIBRAM, P. A. . Música Jê Meridional: preliminares para um estudo comparativo.. In: V Encontro Nacional da Associação Brasileira de Etnomusicologia - V ENABET, 2011, Belém. Anais do V Encontro Nacional da Associação Brasileira de Etnomusicologia, 2011.

4.
GIBRAM, P. A.. Para além da ?tradição?: uma análise sobre novas formas de pensar e fazer música Kaingang. In: 27 Reunião Brasileira de Antropologia, 2010, Belém. Anais 27a. RBA, 2010.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
GIBRAM, P. A.. Voltar ou não a fazer o Kiki? Notas sobre um ritual Kaingang 'adormecido'. In: I Congresso Iberoamericano de Arqueologia, Etnologia e Etno-História, 2010, Dourados. I Congresso Iberoamericano de Arqueologia, Etnologia e Etno-História, 2010.

Apresentações de Trabalho
1.
GIBRAM, P. A.. Falas dos antigos: notas sobre os aconselhamentos kaingang. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
GIBRAM, P. A.. 'Quem não pode com a formiga não assanha o formigueiro': arte e política indígenas no Acampamento Terra Livre. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
GIBRAM, P. A.. Verticalidades kaingang: políticas domésticas em Penhkár. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
GIBRAM, P. A.. Cuidar, criar, enredar: algumas políticas domésticas kaingang. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
HOFFMANN, K. D. ; GIBRAM, P. A. . Música Jê Meridional: preliminares para um estudo comparativo.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
GIBRAM, P. A.. Política e religião Kaingang: considerações a partir de alguns itinerários indígenas. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
GIBRAM, P. A.. Voltar ou não a fazer o Kiki? Notas sobre um ritual Kaingang 'adormecido'. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
GIBRAM, P. A.. Para além da ?tradição?: uma análise sobre novas formas de pensar e fazer música Kaingang. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
GIBRAM, P. A.. Sobre canções ameríndias e sertanejas: a música Kaingang em Transformação. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
GIBRAM, P. A.. Continuidades e Transformações- um estudo sobre a música contemporânea dos índios Kaingang da T.I. Xapecó. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
GIBRAM, P. A.. Entre Pessoas e Corpos: Categorias, Ritos, Transformações e Formas de Subjetivação Indígena. (Aspectos da Moralidade Ameríndia: Parte Final). 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
GIBRAM, P. A.; ARGENTA, M. . Perspectivismo multinatural como transformação estrutural, 2010. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
GIBRAM, P. A.. Execução Projeto Básico Ambiental - Componente Indígena UHE Mauá. Terras Indígenas Mococa e Queimadas - Ortigueira/ PR. 2013.

2.
GIBRAM, P. A.; FERNANDES, Ricardo Cid ; PIOVEZANA, L. ; ROCHA, Cinthia Creatini . Estudo do Componente Indígena LT 138 kV Planalto ? Constantina/RS. 2011.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
GIBRAM, P. A.; CORTELETTI, R. ; GOES, P. R. H. . Diálogos: Antropologia e Arqueologia Jê do Sul. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

2.
GIBRAM, P. A.. Os Kaingang de Penkhár, entrevista com Paola Gibram (PPGAS/UFSC) - Documentário Brasil Plural. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
Salles, P. ; GIBRAM, P. A. ; VALETINI, L. . Quem tem medo da Jaguatirica? Elementos para a escuta, descrição e análise de músicas indígenas. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
GIBRAM, P. A.; MARCON, Fernanda . Samba em composição. 2010. (Produção áudio- visual).

3.
GIBRAM, P. A.. Sistematização de dados e análise bibliográfica sobre categorias relacionadas à moralidade ameríndia. 2006. (Relatório de pesquisa).


Produção artística/cultural
Música
1.
GIBRAM, P. A.. Forró do Assaré interpreta ' Cabaceira mon amour'. 2015. Audiovisual.

2.
GIBRAM, P. A.. Trilha sonora para a performance de dança 'Puntear' do grupo Cia. Damas em Trânsito e os Bucaneiros. 2015. Trilha Sonora.

3.
GIBRAM, P. A.. Ludovico Show de Ano Novo: Banda Paralatimbum - Quintal da Cultura. 2014. Audiovisual.

4.
GIBRAM, P. A.; GONZALEZ, W. ; MORAES, M. ; LAMARQUE, C. . Gravação da trilha sonora original do filme ?Muamba ? Querido Papá? de Chico Faganelo, sob direção musical de Willy González. 2010. Trilha Sonora.

5.
LAMARQUE, C. ; GIBRAM, P. A. ; MORAES, M. . Concerto Sonido Joinville Jazz Festival. 2009. Apresentação de Obra (para compositores).

6.
GIBRAM, P. A.. Concerto Margem Esquerda Panorama Sesc. 2008. Interpretação.

7.
GIBRAM, P. A.. Concerto Margem Esquerda. 2008. Interpretação.

8.
GIBRAM, P. A.. Teatro Jabuti - Cena A Besta Fera. 2008. Audiovisual.

9.
GIBRAM, P. A.; COELHO, F. . Raízes Trançadas. 2007. Registro Fonográfico.

Outras produções artísticas/culturais
1.
GONZALEZ, W. ; MORAES, M. ; LAMARQUE, C. ; GIBRAM, P. A. . Gravação de trilha sonora do filme Muamba ? Querido Papá. 2009 (Trilha sonora).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
18o. Congresso Mundial IUAES. Falas dos antigos: notas sobre os aconselhamentos kaingang. 2018. (Congresso).

2.
III Encontro Regional de Estudantes Indígenas - EREI SUL. 2018. (Encontro).

3.
25 anos de História dos Índios no Brasil: balanços e perspectivas da história indígena. 2017. (Seminário).

4.
IX Semana de Antropologia e Arqueologia / III Seminário de Etnologia e Museus.Verticalidades kaingang: políticas domésticas em Penhkár. 2017. (Seminário).

5.
XII Reunión de Antropologia del Mercosul. ?Quem não pode com a formiga não assanha o formigueiro?: arte e política indígenas no Acampamento Terra Livre. 2017. (Congresso).

6.
I Jornada de Antropologia do PPGAS/USP.Cuidar, criar, enredar: algumas políticas domésticas kaingang. 2016. (Seminário).

7.
Marilyn Strathern no XII Graduação em Campo. 2014. (Seminário).

8.
I Oficina de Formação Intercultural - "Globalização e os Povos Indígenas no século XXI". 2012. (Oficina).

9.
IX Reunião de Antropologia do Mercosul. Política e religião Kaingang: considerações a partir de alguns itinerários indígenas. 2011. (Congresso).

10.
V Encontro Nacional da Associação Brasileira de Etnomusicologia - V ENABET. Música Jê Meridional: preliminares para um estudo comparativo.. 2011. (Congresso).

11.
27a. Reunião Brasileira de Antropologia. Para além da tradição : uma análise sobre novas formas de pensar e fazer música Kaingang. 2010. (Congresso).

12.
I Congresso Iberoamericano de Arqueologia, Etnologia e Etno-História. Voltar ou não a fazer o Kiki? Notas sobre um ritual Kaingang "adormecido". 2010. (Congresso).

13.
Primeiro Encontro regional ABET-Sul (Associação Brasileira de Etnomusicologia- Região Sul). Sobre canções ameríndias e sertanejas: a música Kaingang em Transformação. 2009. (Congresso).

14.
VIII Reunião de Antropologia do Mercosul. 2009. (Congresso).

15.
7a. SEPEX.Continuidades e Transformações- um estudo sobre a música contemporânea dos índios Kaingang da T.I. Xapecó. 2008. (Seminário).

16.
Desvelando História. 2007. (Congresso).

17.
XVI Seminário de Iniciação Científica - UFSC..Entre Pessoas e Corpos: Categorias, Ritos, Transformações e Formas De Subjetivação Indígena. (Aspectos da Moralidade Ameríndia: Parte Final). 2006. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SZTUTMAN, R. ; VANZOLINI, MArina ; GIBRAM, P. A. ; GIRARDI, L. ; MENEZES, G. ; BERTOLINI, G. . ?Lições de fala - diálogos ameríndios?. 2018. (Congresso).

2.
GIBRAM, P. A.; CARIAGA, D. ; SCHILD, J. ; CRUZ, L. . Colóquio Etnologia Indígena no Brasil Meridional. 2017. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/10/2018 às 5:52:40