Hiram Marinho Falcão

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6602665505436088
  • Última atualização do currículo em 07/02/2019


Possui doutorado (2016) em Biologia Vegetal pelo Programa de Pós Graduação em Biologia Vegetal da Universidade Federal de Pernambuco (CAPES 6), com ênfase em Ecofisiologia Vegetal. É biólogo colaborador do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA). Tem experiência na área de Ecologia Vegetal, com ênfase em ecofisiologia de plantas de florestas tropicais secas, trabalhando com trocas gasosas, status hídrico, bioquímica e ecologia funcional. Atualmente realiza pós-doutorado, trabalhando com fisiologia de plantas inoculadas com fungos micorrízicos arbusculares (FMA). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Hiram Marinho Falcão
Nome em citações bibliográficas
Falcão, Hiram M.;FALCÃO, HIRAM M.;MARINHO FALCÃO, HIRAM;FALCÃO, H.M.;FALCÃO, HIRAM MARINHO;FALC?O, H.M.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica.
Avenida Professor Moraes Rego, 1235
Cidade Universitária
50670901 - Recife, PE - Brasil
Telefone: (81) 21268844
URL da Homepage: http://www.ufpe.br


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2016
Doutorado em Biologia Vegetal.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: Plasticidade de Atributos fisiológicos e eficiência energética em espécies vegetais num cronosequência de floresta tropical seca: estádio sucessional x disponibilidade hídrica, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Mauro Guida dos Santos.
Coorientador: Jarcilene Silva de Almeida-Cortez.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Grupos funcionais; Ecofisiologia; status hídrico; Custo de construção foliar.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
2010 - 2012
Mestrado em Biologia Vegetal.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: ECOFISIOLOGIA DE CULTIVARES DE Opuntia ficus-indica MILL (CACTACEAE) DE TOLERÂNCIA CONTRASTANTE À COCHONILHA-DO-CARMIM Dactylopius opuntiae,Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Mauro Guida dos Santos.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: palma forrageira; Ecofisiologia; Genes de resistência; cochonilha do carmim.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecofisiologia.
2001 - 2004
Graduação em Ciências Biológicas.
Universidade de Pernambuco, UPE, Brasil.
Título: Avaliação de quatro variedades de palma forrageira, visando resistência a.
Orientador: Deise Maria Passos da Silva.


Pós-doutorado


2016
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco, FACEPE, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Botânica Aplicada.


Formação Complementar


2011 - 2011
IV Curso de Biologia Molecular do Gene. (Carga horária: 80h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2010 - 2010
Potencial Biotecnológico da Caatinga. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2002 - 2002
Minicurso de Biologia Molecular Aplicada a Investigação de Paternidade. (Carga horária: 4h).
Universidade de Pernambuco, UPE, Brasil.
2002 - 2002
Minicurso de Reagentes Biológicos. (Carga horária: 10h).
Universidade de Pernambuco, UPE, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Cooperação técnica nível doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2010 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluno de pós-graduação, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica.

03/2018 - 04/2018
Ensino, Biologia Vegetal, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
BV-953 Ecologia de Populações Vegetais
07/2016 - 11/2016
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fitofisiologia (BO246) - Bacharelado em Ciências Biológicas
06/2016 - 06/2016
Ensino, Biologia Vegetal, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
BV-965 Seminários Integrados I (Mestrado e Doutorado)
BV-966 Seminários Integrados II (Doutorado)
BV-967 Seminário Integrados III (Doutorado)
03/2015 - 07/2015
Estágios , Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica.

Estágio realizado
Iniciação à Docência II - Fisiologia Vegetal (Licenciatura em Ciências Biológicas).
11/2013 - 02/2014
Estágios , Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica.

Estágio realizado
Iniciação à Docência I - Ecofisiologia Vegetal (Bacharelado em Ciências Biológicas).

Instituto Agronômico de Pernambuco, IPA, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bíólogo, Carga horária: 25
Outras informações
Meu vínculo com o IPA, se deu por ocasião do estágio curricular obrigatório. No período de 06/2004 a 12/2004, realizei no laboratório de Entomologia minha monografia de conclusão de curso. Atuei também na função de colaborador no Laboratório de Entomologia.

Atividades

06/2004 - 02/2010
Pesquisa e desenvolvimento , Laboratório de Entomologia, .

6/2004 - 12/2004
Estágios , Departamento de Fitossanidade, Laboratório de Entomologia.

Estágio realizado
Rotinas básicas de um laboratório de entomologia, monografia de conclusão de curso e realizaçao de projeto de pesquisa..

EMBRAPA Semi-Árido, CPATSA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Biólogo
Outras informações
Atuação no Manejo Integrado da cochonilha-do-carmim da palma forrageira.

Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Biólogo
Outras informações
Consultorias na área de Manejo Integrado da cochonilha-do-carmim da palma forrageira.

Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Biólogo
Outras informações
Atuação na área de Manejo Integrado da cochonilha-do-carmim da palma forrageira.



Linhas de pesquisa


1.
Entomologia agrícola
2.
Estresse biótico
3.
Controle biológico
4.
Melhoramento vegetal
5.
Ecofisiologia Vegetal
6.
Ecologia Vegetal
7.
Estresse abiótico
8.
Sucessão ecológica
9.
Bioquímica de plantas
10.
Atributos funcionais
11.
Espectro de economia foliar


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Aumento da biomassa de espécies lenhosas da caatinga em simbiose com micorriza e recuperação de áreas degradadas no semiárido

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Mauro Guida dos Santos em 18/05/2016.
Descrição: O principal objetivo é avançar no conhecimento ecofisiológico sobre a tolerância ao estresse abiótico apresentado pela vegetação nativa da caatinga. Muito se fala em conservação e recuperação da floresta tropical seca, a qual se encontra em sua maior parte na região do nordeste brasileiro, entretanto, muito pouco se conhece da ecologia funcional dessas espécies, embora já tenhamos classificada a maioria delas presente nesta floresta. Nosso grupo entende que, conhecer a ecofisiologia dessas plantas é fundamental para posteriormente ocorrer o manejo sustentável e a conservação dessa floresta..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Hiram Marinho Falcão - Integrante / Gabriella Frosi Albuquerque Figueiroa Faria - Integrante / OLIVEIRA, ANTÔNIO F. M. - Integrante / SANTOS, MAURO GUIDA - Coordenador / ALMEIDA-CORTEZ, JARCILENE S. - Integrante / Ana Maria Benko-Iseppon - Integrante / André Luiz Alves de Lima - Integrante / Silvia Caroline Farias Pereira - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Auxílio financeiro.
2013 - Atual
Ecofisiologia vegetal, anatomia e mecanismos de tolerância ao estresse abiótico em espécies na Caatinga

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Mauro Guida dos Santos em 18/05/2016.
Descrição: O presente estudo visa dar continuidade as pesquisas ecofisiológicas de espécies vegetais dentro do ecossistema Caatinga, na região semiárida nordestina brasileira. Análises dessa natureza são raras, portanto, existe uma longa lacuna a ser preenchida. Serão avaliadas ao longo desses três anos pelo menos quatro espécies lenhosas nativas e uma espécie exótica, altamente adaptada ao semiárido nordestino, porém pouco explorada como fonte de renda ou genética para o melhoramento vegetal, mas com grande potencial, principalmente medicinal já publicado na literatura. O grupo de pesquisa proponente, ?Ecofisiologia de Plantas na Região Semiárida?, visa preservar a Caatinga, que possui somente cerca de 50% da sua área original, reflexo da exploração não sustentável por uma alta influência antrópica uma das maiores populações em regiões semiáridas do mundo. Para isso é preciso: (1) conhecer a ecofisiologia das principais espécies nativas visando à recuperação de áreas desmatadas; (2) prospectar alternativas de flora para uso sustentável pela população local, evitando assim o êxodo rural desorganizado e o desaparecimento de espécies. O objetivo geral desta proposta é avaliar parâmetros ecofisiológicos, sobretudo trocas gasosas, relações hídricas, anatômicos e bioquímicos em relação ao metabolismo foliar em quatro espécies nativas e uma exótica sob diferentes condições de crescimento na região nordeste. Para alcançá-lo dividimos o estudo em três módulos ou subprojetos: módulo I tem como objetivo geral avaliar anatômica e ecofisiologicamente duas espécies nativas da Caatinga: Cynophalla flexuosa J.Presl (Capparaceae) sempre verde, e Pseudobombax marginatum (A.St.-Hil., Juss. & Cambess.) A.Robyns (Malvaceae), caducifólia caracterizando o desempenho ecofisiológico dessas plantas em relação à sazonalidade; módulo II apresenta como objetivo geral avaliar o comportamento de espécies arbóreas ambas nativas: Catingueira (Poincianella pyramidallis Tull., Fabaceae) e Pereiro (Aspidosperma pyrifolium Mart., Apocynaceae), em três áreas de Caatinga em regeneração sob estádios de sucessão inicial, intermediária e tardia quanto a parâmetros determinantes da performance ecofisiológica delas neste ecossistema; módulo III objetiva analisar duas populações de Calotropis procera (Aiton) W. T. Aiton, uma presente em região de restinga (sob efeito de salinidade), outra presente no semiárido (sertão pernambucano) área de Caatinga degradada. Para avaliar aspectos de tolerância à salinidade e à seca, serão estudados parâmetros anatômicos, fisiológicos e bioquímicos. Além disso, aspectos relacionados à resistência a estresses abióticos (seca e salinidade) atividade gênica ligada ao estresse oxidativo (via SOS) e aos componentes antimicrobianos (defensinas) em C. procera serão analisados utilizando ferramentas da biologia molecular e de bioinformática. Pode-se perceber que se trata de uma proposta multidisciplinar, na qual estão presentes membros do grupo de pesquisa proponente, bem como importantes instituições parceiras públicas e privadas da região nordeste. Como produto final se espera uma quantidade considerável de conhecimento sobre espécies presentes no semiárido que colaborarão diretamente na tomada de decisões que visam à preservação do ecossistema e, sustentabilidade na convivência meio ambiente e população local. As chances das metas aqui propostas de serem alcançadas são grandes, uma vez que a infraestrutura necessária encontra-se disponível, além de uma equipa experiente, produtiva e multidisciplinar, a qual já trabalha em cooperação, inclusive com recentes publicações conjuntas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) .

Integrantes: Hiram Marinho Falcão - Integrante / OLIVEIRA, MARCIEL T. - Integrante / Gabriella Frosi Albuquerque Figueiroa Faria - Integrante / RIVAS, REBECA - Integrante / SANTOS, MAURO GUIDA - Coordenador / ALMEIDA-CORTEZ, JARCILENE S. - Integrante / Ana Maria Benko-Iseppon - Integrante / André Luiz Alves de Lima - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2013 - Atual
Aumento da tolerância em plantas jovens de espécies lenhosas da caatinga aos estresses salino e seca.
Descrição: O presente estudo tem como principal objetivo avaliar a tolerância à seca e salinidade em plantas jovens de espécies lenhosas nativas da caatinga. Foram escolhidas juntamente com o Centro de Referência para Recuperação de Áreas Degradadas (CRRAD) - UNIVASF as espécies mais utilizadas no início da recuperação de áreas degradadas da caatinga. Dentre estas espécies há aquelas que já apresentaram em estudos anteriores a simbiose com fungos micorrízicos e outras que ainda não foram estudadas. A associação com estes microorganismos tem se mostrado um mitigador de estresse abiótico, entre eles nutricional, frio, seca e salinidade. Outro fator mitigador a estresses abiótico entre eles a seca é o suprimento de fósforo foliar no início do estresse. Dessa forma esta proposta integra estes dois mitigadores de estresse bem como busca respostas através de ferramentas fisiológica, bioquímica e molecular para estes efeitos sobre os vegetais. Três fatores são inéditos: os dois mitigadores em conjunto; estudo realizado em espécies lenhosas de floresta tropical seca e, o uso de ferramentas complementares empregadas no mesmo experimento de forma integrada. Após reunir uma equipe multidisciplinar e contar com o apoio de diferentes laboratórios se deu a proposta que se segue. Para melhor compreensão esta foi dividida em dois módulos os quais serão executados nos dois próximos anos de estudo. Módulo I - Seleção de espécies arbóreas da Caatinga responsivas a micorrizas arbusculares ? neste módulo será avaliado a capacidade de pelo menos seis espécies chaves para o reflorestamento quanto a capacidade de estabelecer ou não a simbiose, os fungos micorrízicos serão fornecidos pela micoteca do Departamento de Micologia ? UFPE e as sementes das espécies pelo CRRAD. As espécies são: três espécies de preenchimento: Poincianella pyramidalis (catingueira), Cnidoscolus quercifolius (faveleira), Pseudobombax marginatum (imbiratanha); e três espécies de diversidade: Commiphora leptophloeos.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Hiram Marinho Falcão - Integrante / SANTOS, MAURO G. - Coordenador / Gabriella Frosi Albuquerque Figueiroa Faria - Integrante / Ana Maria Benko-Iseppon - Integrante / Silvia Caroline Farias Pereira - Integrante / Marcos Vinicius Meiado - Integrante / Leonor Costa Maia - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Auxílio financeiro.
2012 - Atual
INNOVATE - Interplay between the multiple use of water reservoirs via innovative coupling of substance cycles in aquatic and terrestrial ecosystems
Descrição: Este projeto que envolve instituições brasileiras e alemães de ensino e pesquisa aponta para otimização dos múltiplos usos dos reserva tórios construídos pela intervenção humana através do aumento paralelo da produtividade, redução da emissão de gases de efeito estufa (GEE) e manutenção da biodiversidade. Usando o exemplo do reservatório de Itaparica, localizado nos estados de Pernambuco e Bahia, NE Brasil, queremos demonstrar que a introdução coordenada de inovações técnicas e modernas estratégias de uso do solo, podem aumentar significativamente a capacidade de o ecossistema satisfazer as necessidades humanas, suportar e até especificar funções do ecossistema..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (18) .

Integrantes: Hiram Marinho Falcão - Integrante / SAMPAIO, EVERARDO V. S. B. - Integrante / ALMEIDA-CORTEZ, JARCILENE S. - Integrante / Cláudio Vinícios Valença de Magalhães - Integrante / Bárbara Laine Ribeiro da Silva - Integrante / Joahnnes Köppel - Integrante / José Antônio Aleixo da Silva - Integrante / Frank Dziok - Integrante / Arne Cierjacks - Integrante / Raffael Ernst - Integrante / Katharina Schulz - Integrante / Maike Guschal - Integrante / Maria do Carmo Sobral - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações - Auxílio financeiro / Bundesministeriur fur Bildung und Forschung - Auxílio financeiro.
2010 - 2014
Avaliação de métodos de propagação em oleaginosas perenes
Descrição: O objetivo geral deste projeto é determinar uma tecnologia para propagação de seis espécies perenes, através do método sexuado ou da propagação in vitro (cultura de tecido). A proposta integra a UFPE, a UFRPE (UAST), o CETENE, o IPA e a Escola Agrotécnica Pajeú possibilitando alunos do ensino técnico a participarem de projetos de pesquisa voltados para seu estado. Além disso, promove a integração entre a maioria dos principais órgãos de pesquisa do Estado de Pernambuco, inclusive visando o desenvolvimento dos novos campi universitário no interior do estado. Foram escolhidas seis espécies com possibilidade de usos múltiplos pela população local, além do conteúdo oleaginoso da semente das espécies, elas podem ser empregadas para outros fins locais. Dessa forma, as espécies a serem estudadas neste projeto são: Moringa oleifera, Pachira aquatica, Manihot glaziovii, Syagrus coronata, Acrocomia aculeata e Elaeis guineenses. O projeto foi dividido em dois módulos e dentro desses seus experimentos. O primeiro módulo é o estudo do desenvolvimento in vitro de três dessas espécies (Syagrus coronata, Acrocomia aculeata e Elaeis guineenses), no segundo módulo se estudará a propagação ex vitro, de forma sexuada (via semente) e através de estaquia dentro das espécies possíveis. Para alcançar o objetivo geral desse projeto seis perguntas foram estabelecidas, as quais compõem os objetivos específicos: (1) quais as limitações para produção de novas plântulas a partir de sementes ou estacas? (2) qual a velocidade de desenvolvimento de plântulas provenientes de sementes ou estacas? (3) quais os processos fisiológicos chaves, tais como: fotossíntese e uso de água são mais sensíveis nas seis espécies à deficiência hídrica intrínseca da região? (4) qual protocolo in vitro é fitotecnica e economicamente viável para cada espécie estudada? (5) como se dá o desenvolvimento inicial das plantas provenientes da propagação in vitro?.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Hiram Marinho Falcão - Integrante / Luareen Michelle Hollou-Kido - Integrante / SANTOS, MAURO G. - Coordenador / OLIVEIRA, ANTÔNIO F. M. - Integrante / POMPELLI, MARCELO F. - Integrante / ALMEIDA-CORTEZ, JARCILENE S. - Integrante / Wolfgang Harand - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Auxílio financeiro.
2010 - 2012
Relações hídricas e aspectos ecofisiológicos de espécies perenes com potencial uso para biocombustíveis no semiárido nordestino.
Descrição: O atual projeto visa estudar no mínimo três espécies perenes que possuem potencial econômico para obtenção de óleos destinados a biodiesel, no entanto, ainda é raro o cultivo comercial das mesmas. Dessa forma, pretende-se ampliar as opções de pequenos e médios produtores rurais do semi-árido nordestino, podendo assim, cultivar espécies rústicas com finalidade econômica. No atual cenário da região predomina a exploração dos recursos naturais de forma não sustentável, o que acarreta em devastação e em muitas localidades em desertificação do meio. Por outro lado, existe a agricultura de alta tecnologia, que garante uma renda acentuada e atrai produtores do país inteiro para a região. Nesse mesmo cenário, se encontra o pequeno e médio produtor cada vez mais desestimulado por falta de alternativas para aumentar sua renda. O que os levam a vender suas propriedades e migrarem para as cidades, onde descobrem que não são competitivos. Atualmente a região nordeste, passa por transformações bruscas, tais como: novos trajetos de cursos de água, novas estradas e estímulo a produção de determinadas culturas que visam abastecer as inovações tecnológicas implantadas na região. Um bom exemplo disso: é a necessidade de produção de oleaginosas para a fabricação de biocombustíveis, através do CETENE (Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste) a região tem sido encorajada a explorar novas espécies que sabidamente possuem potencial para tal fim. Diante desse contexto, se insere esta proposta. Estudar a ecofisiologia vegetal de Moringa oleifera, Pachira aquatica e Sterculia striata, é o nosso principal objetivo. Para alcançá-lo, dividimos o projeto em três módulos: módulo I, este módulo tem como objetivo geral determinar a ecofisiologia da germinação das sementes das três espécies e caracterizar o desenvolvimento de plântulas sob condições do estresse abiótico mais comum na região, a seca, em casa de vegetação.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Hiram Marinho Falcão - Integrante / SANTOS, MAURO G. - Coordenador / POMPELLI, MARCELO F. - Integrante / ALMEIDA-CORTEZ, JARCILENE S. - Integrante / Eduardo Soares de Souza - Integrante / Wolfgang Harand - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2010 - 2012
Espécies nativas e exóticas do semi-árido pernambucano como fontes alternativas de biodiesel.
Descrição: O atual projeto visa obtenção de bolsas para formação de recursos humanos envolvidos com a cadeia produtiva de produção de biocombustíveis. A ampliação da produção e do consumo de biocombustíveis, incentivados pelo uso da agroenergia, e respaldados pela a sociedade e o Estado, juntos, deverão promover a proteção ao meio ambiente, o desfrute desse mercado internacional e, por conseguinte, auxiliar nos processos de inclusão social. A caatinga é um dos ecossistemas brasileiros mais modificados pelo homem, extensas áreas foram substituídas por pastagens, campos de agricultura ou terras em fase de desertificação, levando a Caatinga a se transformar em um dos setores mais ameaçados do país. O pinhão-manso (Jatropha curcas L.) está sendo considerado uma opção agrícola para a região nordeste por ser uma espécie exigente em insolação, com forte tolerância à seca e produzir óleo de boa qualidade para uso como biodiesel. A pesquisa com pinhão-manso no Brasil está apenas no início. A moringa (Moringa oleifera) é uma árvore nativa da África Tropical que foi introduzida no Brasil como planta ornamental. Tem crescimento rápido chegando até 10 metros, tolerante à seca, podendo se desenvolver em solos pobres com pHs elevados. Alguns estudos indicam que a espécie pode produzir até três toneladas de semente por hectare, semente esta que apresenta cerca de 39% de óleo, rico em ácido oléico (78%), o que indica que o produto é adequado para a obtenção de um biodiesel com um baixo teor de insaturações. O pinhão-bravo (Jatropha molissima) é um pequeno arbusto da família das euforbiáceas, no entanto, ao contrário de J. curcas é nativo do semi-árido brasileiro, vegetando com muita freqüência em áreas degradadas da caatinga. Com frutos deiscentes e folhagem caduca no período crítico de seca, apresenta um alto teor de óleo em suas sementes, cerca de 38%, mas dependendo das características intrínsecas do fruto, sua forma de cultivo e colheita esses teores podem ser significativamente inferiores..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .

Integrantes: Hiram Marinho Falcão - Integrante / SANTOS, MAURO G. - Coordenador / OLIVEIRA, ANTÔNIO F. M. - Integrante / POMPELLI, MARCELO F. - Integrante / ALMEIDA-CORTEZ, JARCILENE S. - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2010 - Atual
Biodiversidade e regeneração natural em florestas tropicais secas brasileiras (SISBIOTA)
Descrição: O presente projeto uma rede temática vinculada ao Sistema Nacional de Pesquisa em Biodiversidade-SISBIOTA Brasil, composta por seis instituições: Universidade Estadual de Montes Claros, Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade Federal de Pernambuco, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, University of Alberta e Universidade Nacional Autônoma do México. As atividades da rede visam aumentar o conhecimento sobre a biodiversidade brasileira, com foco nas pouco estudadas florestas tropicais secas (FTS) brasileiras, também conhecidas como florestas estacionais deciduais ou matas secas. Para esse fim, serão investigadas alterações tanto na diversidade de espécies como na diversidade funcional de vários grupos de organismos ao longo de um gradiente de regeneração natural em três áreas diferentes: norte de Minas Gerais, interior da Paraíba e Serra do Cipó, na região central de Minas Gerais. Assim, o padrão de diversidade de espécies será investigado ao longo do processo de sucessão ecológica nas florestas tropicais secas brasileiras, com o objetivo verificar como as funções e a integridade do ecossistema se recuperam após o uso e abandono da terra. Além disso, a proposta pretende integrar profissionais da área de sensoriamento remoto, que utilizarão os dados de reflectância foliar para calcular índices espectrais e validar a diferenciação os estágios sucessionais das florestas tropicais secas através de imagens de satélite. Finalmente, será realizada uma investigação da situação sócio-ambiental no entorno das áreas de estudo, com foco principal no uso tradicional dos recursos naturais e possíveis conflitos entre unidades de conservação e as populações existentes nas suas redondezas. Assim, a presente Rede Temática tem caráter multidisciplinar e fornecerá informações muito importantes para a avaliação da efetividade de estratégias de conservação (como a criação de unidades de conservação) e de recuperação de áreas degradadas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (11) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) .

Integrantes: Hiram Marinho Falcão - Coordenador / Mauro Guida dos Santos - Integrante / Jarcilene - Integrante / EVERARDO SAMPAIO - Integrante / ANTONIO FERNANDO MORAES DE OLIVEIRA - Integrante / MARCELO FRANCISCO POMPELLI - Integrante / GERALDO WILSON FERNANDES - Integrante / ROMULO SIMÕES CESAR MENEZES - Integrante / GERARDO ARTURO SANCHEZ-AZOFEIFA - Integrante / ERIKA MEDEIROS - Integrante / YULE ROBERTA FERREIRA NUNES - Integrante / RICARDO BERBARA - Integrante / MAURÍCIO QUESADA - Integrante / FELISA CANÇADO ANAYA - Integrante / MAGNO AUGUSTO ZAZÁ BORGES - Integrante / MÁRIO MARCOS DO ESPÍRITO SANTO - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2008 - 2009
Marcadores moleculares para detecção de variabilidade genética de cochonilhas do carmim da palma forrageira em Pernambuco
Descrição: Esse projeto visa a aplicabilidade de técnicas de biotecnologia, especialmente a utilização de marcadores moleculares do tipo RAPD, para detectar prováveis perfís genômicos em espécies do gênero Dactylopius que habitam as diversas cactáceas cultivadas e silvestres no semi-árido do Estado de Pernambuco. Dentre as ações a serem realizadas destacam-se: Coleta e levantamento da cochonilha do carmim em áreas infestadas; Identificar as características morfológicas das espécies de Dactylopius por meio de chaves entomológicas; Caracterizar as espécies da cochonilha do carmim utilizando marcadores moleculares do tipo RAPD e Realizar a biologia da espécie chave de Dactylopius sp..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Hiram Marinho Falcão - Integrante / Deise Maria Passos da Silva - Coordenador / Wellington Mello Ferreira - Integrante / Djalma Cordeiro dos Santos - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Outra.
2007 - 2010
Bioecologia e Alternativas de Controle de Dactylopius opuntiae Cockerel (Hemiptera: Dactylopiidae) Praga da Palma Forrageira (Opuntia ficus-indica Mill) No Semi-Árido Nordestino
Descrição: O projeto de parceria Embrapa/IPA tem por objetivo desenvolver o manejo integrado da cochonilha do carmim na palma forrageira, visando seu controle pelos produtores rurais. Ações de coleta, indentificação e multiplicação de inimigos naturais estão sendo desenvolvidas, bem como a avaliação da ocorrência do inseto-praga nas diferentes mesorregiôes do Estado de Pernambuco, sua indentificação molecular e flutuação populacional. Além disso, a obtenção e multiplicação de clones resistentes de palma forrageira, através de cultura de tecidos, tem sido realizada em Estações Experimentais do IPA..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Hiram Marinho Falcão - Integrante / Deise Maria Passos da Silva - Integrante / Wellington Mello Ferreira - Integrante / Djalma Cordeiro dos Santos - Integrante / Mário de Andrade Lira - Integrante / Carlos Alberto Tuão Gava - Coordenador.
Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
2006 - 2008
Manejo integrado da cochonilha Dactylopius opuntiae (Heteroptera, Dactylopiidae) em palma forrageira
Descrição: Esse projeto envolve ações integradas de manejo e controle da cochonilha do carmim contemplando diversos municípios do sertão de Pernambuco e da Paraíba. É coordenado pela EMBRAPA Semi-árido, em parceria com as Empresas de Pesquisas, Universidades e Secretarias de Agricultura dos estados envolvidos. As atividades propostas à sub-coordenação no IPA, contempla estudos da biologia e ecologia da cochonilha do carmim, levantamento e identificação de predadores e parasitóides, avaliação da eficiência de predatismo e parasitimo, criação massal dos agentes mais promissores, Obtenção de cultiares resistentes à praga, etc...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .

Integrantes: Hiram Marinho Falcão - Integrante / Deise Maria Passos da Silva - Coordenador / Wellington Mello Ferreira - Integrante / Djalma Cordeiro dos Santos - Integrante / Vanda Lúcia Arcanjo Pereira - Integrante / Luareen Michelle Hollou-Kido - Integrante / Maurício Silva de Lima - Integrante / Carlos Alberto Tuão Gava - Integrante.
Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2


Projetos de extensão


2015 - 2015
Botânica: Luz e Vida
Descrição: Projeto envolvendo conteúdo teórico e prático sobre o processo fotossintético, direcionado para alunos do ensino médio e fundamental, durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Carga horária 8 horas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.

Integrantes: Hiram Marinho Falcão - Integrante / OLIVEIRA, MARCIEL T. - Integrante / SANTOS, MAURO G. - Integrante / Gabriella Frosi Albuquerque Figueiroa Faria - Integrante / POMPELLI, MARCELO F. - Coordenador.
2011 - 2011
Ciclo de Palestras em Fisiologia Vegetal
Descrição: Palestras envolvendo diversos temas em Fisiologia Vegetal. Carga horária 20 horas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.

Integrantes: Hiram Marinho Falcão - Integrante / OLIVEIRA, MARCIEL T. - Integrante / SANTOS, MAURO G. - Coordenador / Gabriella Frosi Albuquerque Figueiroa Faria - Integrante / POMPELLI, MARCELO F. - Integrante / RIVAS, REBECA - Integrante / MEDEIROS, CAMILA D. - Integrante.
2011 - 2011
Ciclo de Palestras em Ecofisiologia Vegetal
Descrição: Palestras sobre diversos tópicos em Ecofisiologia. Carga horária 20 horas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.

Integrantes: Hiram Marinho Falcão - Integrante / Mauro Guida dos Santos - Coordenador / OLIVEIRA, MARCIEL T. - Integrante / Gabriella Frosi Albuquerque Figueiroa Faria - Integrante / POMPELLI, MARCELO F. - Integrante / RIVAS, REBECA - Integrante / MEDEIROS, CAMILA D. - Integrante.
2004 - 2005
Controle integrado da cochonilha do carmim Dactylopius ceylonicus em municípios dos Sertões do Pajeú e do Moxotó, PE.
Descrição: Esse projeto contemplou ações integradas de controle da cochonilha do carmim nos municípios de Sertânia, Tuparetama, São José do Egito, Santa Terezinha, Solidão, Tabira, Carnaíba, Quixaba, Afogados da Ingazeira, Ingazeira, Iguaraci, Custódia e Serra Talhada. Foram implantadas 33 unidades demonstrativas de palma Miúda resistente à cochonilha do carmim em propriedades particulares desses municípios. Foi iniciado no Laboratório de Cutura de Tecido a multiplicação in vitro de materiais de palma resistentes, para posterior implantação de campos de produção na Estação do IPA em Sertânia..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .

Integrantes: Hiram Marinho Falcão - Integrante / Deise Maria Passos da Silva - Coordenador / Iderval Farias - Integrante / Wellington Mello Ferreira - Integrante / Jean Martins dos Santos - Integrante / Antônio Félix da Costa - Integrante / Vanda Lúcia Arcanjo Pereira - Integrante.
Financiador(es): Instituto Agronômico de Pernambuco - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Ecossistemas/Especialidade: Controle Biológico de Pragas e Doenças.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Biologia Vegetal.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Fisiologia Vegetal.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Ecofisiologia Vegetal.
5.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Ecologia Funcional.
6.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Populações.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2011
Melhor Trabalho, 2º Congresso Brasileiro de Palma e Outras Cactáceas.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
FIGUEIREDO-LIMA, KARLA V.2018FIGUEIREDO-LIMA, KARLA V. ; PEREIRA, SILVIA ; FALCÃO, HIRAM M. ; ARRUDA, EMILIA C.P. ; ALBACETE, ALFONSO ; LIMA, ANDRÉ L.A. ; SANTOS, MAURO G. . Stomatal conductance and foliar phytohormones under water status changes in Annona leptopetala , a woody deciduous species in tropical dry forest. FLORA, v. 242, p. 1-7, 2018.

2.
BARROS, VANESSA2018BARROS, VANESSA ; FROSI, GABRIELLA ; SANTOS, MARIANA ; RAMOS, DIEGO GOMES ; FALCÃO, HIRAM MARINHO ; SANTOS, MAURO GUIDA . Arbuscular mycorrhizal fungi improve photosynthetic energy use efficiency and decrease foliar construction cost under recurrent water deficit in woody evergreen species. PLANT PHYSIOLOGY AND BIOCHEMISTRY, v. 127, p. 469-477, 2018.

3.
FIGUEIREDO-LIMA, KARLA V.2018FIGUEIREDO-LIMA, KARLA V. ; FALCÃO, HIRAM M. ; MELO-DE-PINNA, GLADYS F. ; ALBACETE, ALFONSO ; DODD, IAN C. ; LIMA, ANDRÉ L. ; SANTOS, MAURO G. . Leaf phytohormone levels and stomatal control in an evergreen woody species under semiarid environment in a Brazilian seasonally dry tropical forest. PLANT GROWTH REGULATION, v. 01, p. 01, 2018.

4.
AQUINO, R. E.2017AQUINO, R. E. ; FALCÃO, H.M. ; ALMEIDA-CORTEZ, J.C. . Variação nas concentrações de compostos fenólicos e nas taxas de herbivoria em Aspidosperma pyrifolium Mart. em áreas antropizadas de Caatinga. Journal of Environmental Analysis and Progress, v. 2, p. 61-71, 2017.

5.
MEDEIROS, C.D.2017MEDEIROS, C.D. ; FALCÃO, H.M. ; ALMEIDA-CORTEZ, J. ; SANTOS, D.Y.A.C. ; OLIVEIRA, A.F.M. ; SANTOS, M.G. . Leaf epicuticular wax content changes under different rainfall regimes, and its removal affects the leaf chlorophyll content and gas exchanges of Aspidosperma pyrifolium in a seasonally dry tropical forest. SOUTH AFRICAN JOURNAL OF BOTANY, v. 111, p. 267-274, 2017.

6.
FALCÃO, HIRAM MARINHO2017FALCÃO, HIRAM MARINHO; MEDEIROS, CAMILA DIAS ; ALMEIDA-CORTEZ, JARCILENE ; SANTOS, MAURO GUIDA . Leaf construction cost is related to water availability in three species of different growth forms in a Brazilian tropical dry forest. Theoretical and Experimental Plant Physiology, v. 1, p. 1, 2017.

7.
FALCÃO, HIRAM MARINHO2017FALCÃO, HIRAM MARINHO; OLIVEIRA, MARCIEL TEIXEIRA ; LUSTOSA, BRUNO MELO ; FROSI, GABRIELLA ; SOUZA, LÍGIA GOMES FERREIRA ; SANTOS, MAURO GUIDA ; PEREIRA, SILVIA . Strategies of two tropical woody species to tolerate salt stress. Pesquisa Florestal Brasileira, v. 37, p. 63, 2017.

8.
RIVAS, R.2016RIVAS, R. ; FALCÃO, H.M. ; RIBEIRO, R.V. ; MACHADO, E.C. ; PIMENTEL, C. ; SANTOS, M.G. . Drought tolerance in cowpea species is driven by less sensitivity of leaf gas exchange to water deficit and rapid recovery of photosynthesis after rehydration. South African Journal of Botany, v. 103, p. 101-107, 2016.

9.
FALCÃO, HIRAM M.2015 FALCÃO, HIRAM M.; MEDEIROS, CAMILA D. ; SILVA, BÁRBARA L.R. ; SAMPAIO, EVERARDO V.S.B. ; ALMEIDA-CORTEZ, JARCILENE S. ; SANTOS, MAURO G. . Phenotypic plasticity and ecophysiological strategies in a tropical dry forest chronosequence: A study case with Poincianella pyramidalis. Forest Ecology and Management, v. 340, p. 62-69, 2015.

10.
SANTOS, MAURO G.2014SANTOS, MAURO G. ; OLIVEIRA, MARCIEL T. ; FIGUEIREDO, KARLA V. ; FALCÃO, HIRAM M. ; ARRUDA, EMÍLIA C. P. ; ALMEIDA-CORTEZ, JARCILENE ; SAMPAIO, EVERARDO V. S. B. ; OMETTO, JEAN P. H. B. ; MENEZES, RÔMULO S. C. ; OLIVEIRA, ANTÔNIO F. M. ; POMPELLI, MARCELO F. ; ANTONINO, ANTÔNIO C. D. . Caatinga, the Brazilian dry tropical forest: can it tolerate climate changes?. Theoretical and Experimental Plant Physiology, v. 26, p. 83-99, 2014.

11.
SANTOS, O. O.2014SANTOS, O. O. ; LUSTOSA, B. M. ; Falcão, Hiram M. ; ANTONINO, A. C. D. ; LIMA, J. R. S. . Desempenho ecofisiológico de milho, sorgo e braquiária sob déficit hídrico e reidratação. Bragantia (São Paulo, SP. Eletrônico), p. 1-10, 2014.

12.
TEIXEIRA OLIVEIRA, MARCIEL2014TEIXEIRA OLIVEIRA, MARCIEL ; MATZEK, VIRGINIA ; DIAS MEDEIROS, CAMILA ; RIVAS, REBECA ; MARINHO FALCÃO, HIRAM ; SANTOS, MAURO GUIDA . Stress Tolerance and Ecophysiological Ability of an Invader and a Native Species in a Seasonally Dry Tropical Forest. Plos One, v. 9, p. e105514, 2014.

13.
Falcão, Hiram M.;FALCÃO, HIRAM M.;MARINHO FALCÃO, HIRAM;FALCÃO, H.M.;FALCÃO, HIRAM MARINHO;FALC?O, H.M.2013 Falcão, Hiram M.; OLIVEIRA, MARCIEL T. ; MERGULHÃO, ADÁLIA C. ; SILVA, MÁRCIA V. ; SANTOS, MAURO G. . Ecophysiological performance of three Opuntia ficus-indica cultivars exposed to carmine cochineal under field conditions. Scientia Horticulturae, v. 150, p. 419-424, 2013.

14.
BORGES, L.R.2013BORGES, L.R. ; SANTOS, D.C. ; CAVALCANTI, V.A.L.B. ; GOMES, E.W.F. ; FALCÃO, H.M. ; DA SILVA, D.M.P. . SELECTION OF CACTUS PEAR CLONES REGARDING RESISTANCE TO CARMINE COCHINEAL DACTYLOPIUS OPUNTIAE (DACTYLOPIIDAE). Acta Horticulturae, v. 47, p. 359-365, 2013.

15.
BORGES, L.R.2013BORGES, L.R. ; SANTOS, D.C. ; GOMES, E.W.F. ; CAVALCANTI, V.A.L.B. ; SILVA, I.M.M. ; FALCÃO, H.M. ; DA SILVA, D.M.P. . USE OF BIODEGRADABLE PRODUCTS FOR THE CONTROL OF DACTYLOPIUS OPUNTIAE (HEMIPTERA: DACTYLOPIIDAE) IN CACTUS PEAR. Acta Horticulturae, v. 49, p. 379-386, 2013.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
FALCÃO, HIRAM M.; ANDRADE, V. ; MEDEIROS, CAMILA D. ; ALMEIDA-CORTEZ, J.C. ; SANTOS, M. G. . Physiological response of a subshrub species to successional stage and vapor pressure deficit in a tropical dry forest. In: XII Congresso de Ecologia, 2015, São Lourenço. Anais do XII Congresso de Ecologia, 2015.

2.
Falcão, Hiram M.; MERGULHÃO, A. C. E. S. ; SILVA, M. V. ; SANTOS, M. G. . Aspectos Bioquímicos e cera epicuticular de genótipos de Opuntia ficus-indica Mill. (Cactaceae). In: 2º Congresso Brasileiro de Palma e Outras Cactáceas, 2011, Garanhuns. Anais do 2º Congresso Brasileiro de Palma e Outras Cactáceas, 2011.

3.
Falcão, Hiram M.; MERGULHÃO, A. C. E. S. ; SILVA, M. V. ; SANTOS, M. G. . Atividade de PEP carboxilase e acúmulo de acidez noturna em genótipos de Opuntia ficus-indica Mill em campo com e sem infestação por cochonilha-do-carmim. In: 2º Congresso Brasileiro de Palma e Outras Cactáceas, 2011, Garanhuns. Anais do 2º Congresso Brasileiro de Palma e Outras Cactáceas, 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MEDEIROS, CAMILA D. ; PEREIRA, S. C. ; FALCÃO, HIRAM M. ; ALMEIDA-CORTEZ, J.C. ; SANTOS, MAURO G. . Physiologic plasticity of Aspidosperma pyrifolium MART on different successional stages. In: I Simpósio de Ecologia e Conservação, 2014, Belo Horizonte. Anais do I Simpósio de Ecologia e Conservação, 2014.

2.
MEDEIROS, CAMILA D. ; SILVA, S. R. S. ; FALCÃO, HIRAM M. ; FIGUEIREDO, K.V. ; ALMEIDA-CORTEZ, J.C. ; SANTOS, MAURO G. . Influência da cera epicuticular na performance fotossintética de Aspidosperma pyrifolium MART. (Apocynaceae) ao longo de um gradiente sucessional de Caatinga. In: XI Congresso Latino Americano de Botânica e LXV Congresso Nacional de Botânica, 2014, Salvador. Anais do XI Congresso Latino Americano de Botânica e LXV Congresso Nacional de Botânica, 2014.

3.
OLIVEIRA, M.T. ; Falcão, Hiram M. ; FIGUEIREDO, K.V. ; RIVAS, R. ; ALMEIDA-CORTEZ, J.C. ; SANTOS, M. G. . Efeito da sazonalidade na Caatinga sobre o potencial hidrico e as trocas gasosas em Anadenanthera colubrina var. cebil e Prosopis jiuliflora. In: XIII Congresso Brasileirol de Fisiologia Vegetal, 2011, Búzios. Brazilian Journal of Plant Physiology, 2011.

4.
Miamoto, R. ; Hsie, B. S. ; MIRANDA, R. Q. ; Falcão, Hiram M. ; RIVAS, R. . Influência da Alta e Baixa Dinâmica Hídrica no Recrutamento de Plântulas de Rizophora mangle L. em Vila Velha, Itamaracá (PE). In: XXXIII Reunião Nordestina de Botânica, 2010, Aracaju. Anais da XXXIII Reunião Nordestina de Botânica, 2010.

5.
BORGES, L. R. ; SILVA, D. M. P. ; FALCÃO, HIRAM M. ; SANTOS, D. C. ; GAVA, C. A. T. ; CAVALCANTI, V. L. B. . Resistência de clones de palma forrageira à cochonilha-do-carmim Dactylopius sp. (Hemiptera: Dactylopiidae) em laboratório. In: Congresso Brasileiro de Palma e Outras Cactáceas, 2009, Campina Grande. Anais do Congresso Brasileiro de Palma e Outras Cactáceas, 2009.

6.
BORGES, L. R. ; SILVA, D. M. P. ; Falcão, Hiram M. ; SILVA, I. M. M. ; CAVALCANTI, V. L. B. ; GAVA, C. A. T. . Flutuação populacional e distribuição espacial de Dactylopius sp. (Dactylopiidae) em palma forrageira no município de Pedra, PE. In: Congresso Brasileiro de Palma e Outras Cacatáceas, 2009, Campina Grande. Anais do Congresso Brasileiro de Palma e Outras Cactáceas, 2009.

7.
SILVA, D. M. P. ; SANTOS, D. C. ; FERREIRA, W. M. ; Falcão, Hiram M. ; COSTA, A. F. ; PEREIRA, V. L. A. ; CAVALCANTI, V. L. B. ; DIAS, F. M. ; LIRA, M. A. . Resistance of Nopalea Cochenillifera To Dactylopius opuntiae In The State of Pernambuco Private Properties, Brazil.. In: VI International Congress on Cactus Pear and Cochineal, 2007, João Pessoa. VI International Congress on Cactus Pear and Cochineal, 2007.

8.
SILVA, D. M. P. ; HOLLOU-KIDO, L. M. ; SANTOS, D. C. ; FERREIRA, W. M. ; LIMA, M. S. ; Falcão, Hiram M. ; TABOSA, F. S. ; FERREIRA, R. G. ; ARRUDA, G. P. . Resistance of In Vitro Grown Forage Cactus Clones To Dactylopius opuntiae (Hemiptera: Dactylopiidae). In: VI Intrenational Congress on Cactus Pear and Cochineal, 2007, João Pessoa. VI Intrenational Congress on Cactus Pear and Cochineal, 2007.

9.
Falcão, Hiram M.; ARRUDA, G. P. ; SILVA, D. M. P. ; FARIAS, I. ; FERREIRA, W. M. ; SANTOS, D. C. ; SANTOS, J. M. . Resistência de Cactácea Forrageira à Cochonilha do Carmim Dactylopius opuntiae (Hemiptera: Dactylopiidae) em Pernambuco. In: XXI Congreso Brasileiro de Entomologia, 2006, Recife. Anais do XXI Congresso Brasileiro de Entomologia, 2006.


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
SILVA, D. M. P. ; FERREIRA, W. M. ; Falcão, Hiram M. ; ARRUDA, G. P. ; SANTOS, D. C. . Validação de tecnologia para o controle integrado da cochonilha do carmim Dactylopius ceylonicus em palma forrageira. 2005.

2.
SILVA, D. M. P. ; FERREIRA, W. M. ; SANTOS, J. M. ; Falcão, Hiram M. ; FERREIRA, R. G. ; COSTA, A. F. . Produção e utilização de inimigos naturais para o controle biológico de pragas.. 2004.

3.
SANTOS, J. M. ; SILVA, D. M. P. ; FERREIRA, W. M. ; Falcão, Hiram M. ; ARRUDA, G. P. . Viabilidade da produção e utilização de inimigos naturais para o controle biológico das cochonilhas do carmim (Dactylopius sp) e de escamas (Diaspis echinocacti) da palma forrageira em Pernambuco. 2003.


Demais tipos de produção técnica
1.
FALCÃO, HIRAM M.. Desenvolvimento Sustentável e Mercados de Carbono. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

2.
FALCÃO, H.M.; FROSI, G. . Entendendo seus dados: teoria e prática estatística. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
FALCÃO, H.M.. Fotossíntese: uma abordagem teórica e prática. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
BORGES, L. R. ; SILVA, D. M. P. ; LIRA, M. A. ; CAVALCANTI, V. L. B. ; SENA, R. C. ; SANTOS, D. C. ; Falcão, Hiram M. ; FERREIRA, W. M. . Cochonilha-do-Carmim - Saiba como Identificar o Controlar essa Praga. 2009. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Cartilha Explicativa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SANTOS, M.G.; FALCÃO, H.M.; ARRUDA, E. C. P.. Participação em banca de Vanessa Andrade de Barros. Avaliação de aspectos ecofisiológicos em plantas jovens de Cynophalla flexuosa sob inoculação de fungo micorrízico arbuscular submetida ao déficit hídrico recorrente. 2017. Dissertação (Mestrado em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Pernambuco.

Qualificações de Doutorado
1.
ARRUDA, EMÍLIA C. P.; FALCÃO, HIRAM M.; FIGUEIREDO, KARLA V.. Participação em banca de Ana Carolina Bastos de Pinho Pessoa. Teor de N-alcanos e descrição morfológica de ceras epicuticulares em plantas de Caatinga com diferentes fenologias foliares. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Pernambuco.

2.
TABARELLI, M.; SANTOS, M. G.; FALCÃO, H.M.. Participação em banca de Jéssica Luiza Souza e Silva. Estratégias reprodutivas de plantas nas diferentes formações fitogeográficas da Caatinga: efeitos de mudanças climáticas, déficit hídrico e perturbações antrópicas crônicas. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Pernambuco.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SANTOS, M. G.; FROSI, G.; FALCÃO, H.M.. Participação em banca de Drielly Cristovam Barros de Santana.Frequência micorrízica em duas espécies lenhosas sob diferente disponibilidade hídrica. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pernambuco.

2.
SANTOS, M. G.; RIVAS, R.; FALCÃO, H.M.. Participação em banca de Mariana Santos de Souza Gonçalves.Resposta da biomassa de Cynophalla flexuosa L. inoculada com FMA e submetida a dois ciclos recorrentes de déficit hídrico. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pernambuco.

3.
ALMEIDA-CORTEZ, J. S.; SILVA, B. L. R.; FALCÃO, H.M.. Participação em banca de Erika Sathiko Takata.Herbivoria foliar e produção de compostos fenólicos em comunidades vegetais herbáceas em áreas de Caatinga com diferentes históricos de uso. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pernambuco.

4.
FALCÃO, H.M.; PEREIRA, S. C. F.; ALMEIDA-CORTEZ, J.C.. Participação em banca de Raphaell Alves da Silva Rocha.Desenvolvimento de Spondias tuberosa Arruda (Anacardeaceae) sob diferentes concentrações de solução nutritiva. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pernambuco.

5.
ALMEIDA-CORTEZ, J. S.; LUSTOSA, B. M.; FALCÃO, H.M.. Participação em banca de Patrícia Maria de Souza Melo.Áreas de Caatinga com diferentes históricos de uso da terra: efeitos no tamanho e predação de sementes e no desenvolvimento inicial de umbuzeiros (Spondias tuberosa Arr. Cam.). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pernambuco.

6.
SANTOS, M.G.; FALCÃO, H.M.; FROSI, G.. Participação em banca de Vanessa Andrade de Barros.Avaliação de aspectos ecofisiológicos de Poincianella pyramidalis (Tul.) L.P. Queiroz sob inoculação com FMA e submetida ao déficit hídrico.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pernambuco.

7.
SANTOS, MAURO G.; FIGUEIREDO, K. V.; FALCÃO, HIRAM M.. Participação em banca de Bruno Melo Lustosa.Efeitos da salinidade em plantas jovens de Bombacopsis glabra (Pasq.) A. Robyns, uma oleaginosa perene não convencional. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pernambuco.

8.
ALMEIDA-CORTEZ, J. S.; FROSI, G.; FALCÃO, HIRAM M.. Participação em banca de Fernando Henrique de Sena.Efeito sinergístico entre duas espécies exóticas na Caatinga: dispersão de sementes de algaroba por caprinos. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pernambuco.

9.
ALMEIDA-CORTEZ, J. S.; FIGUEIREDO, K. V.; FALCÃO, HIRAM M.. Participação em banca de Silvia Caroline Farias Pereira.Aspectos ecofisiológicos e anatômicos de duas oleaginosas perenes submetidas a diferentes condições luminosas. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pernambuco.

10.
SANTOS, MAURO G.; RIVAS, R.; FALCÃO, HIRAM M.. Participação em banca de Lígia Gomes Ferreira de Souza.Avaliação dos aspectos ecofisiológicos de plantas jovens de Sterculia foetida L. submetidas ao estresse salino em condições de casa-de-vegetação. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pernambuco.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
68º Reunião anual da SBPC.Resumos. 2016. (Outra).

2.
I Encontro de Biologia Vegetal.Efeito das Mudanças climáticas na fisiologia das plantas: perspectivas para a Caatinga. 2016. (Encontro).

3.
66º Congresso Nacional de Botânica. Resumos. 2015. (Congresso).

4.
2º Congresso Brasileiro de Palma e Outras Cactáceas. Aspectos Bioquímicos e cera epicuticular de genótipos de Opuntia ficus-indica Mill. (Cactaceae). 2011. (Congresso).

5.
Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.Controle Biológico de Pragas. 2008. (Outra).

6.
VI International Congress on Cactus Pear and Cochineal. Resistence of in vitro Grown Forage Cactus Clones to Dactylopius opuntiae (Hemiptera: Dactylopiidae). 2007. (Congresso).

7.
Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.Controle Biológico de Insetos-Praga. 2006. (Outra).

8.
XXI Congreso Brasileiro de Entomologia. Resistência de Cactácea Forrageira à Cochonilha do Carmim Dactylopius opuntiae (Hemiptera: Dactylopiidae) em Pernambuco. 2006. (Congresso).



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
FALCÃO, HIRAM M.. Desenvolvimento Sustentável e Mercados de Carbono. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/02/2019 às 24:00:54