Ulisses do Valle

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3163617104627072
  • Última atualização do currículo em 27/02/2018


Possui graduação em História pela Universidade Federal de Goiás (2007), mestrado em História pela Universidade Federal de Goiás (2010) e doutorado em História pela Universidade Federal de Goiás (2013). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal de Goiás. Tem experiência na área de História, com ênfase em Teoria da História e História Moderna. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ulisses do Valle
Nome em citações bibliográficas
VALLE, Ulisses Do;VALLE, ULISSES DO


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2013
Doutorado em História.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Título: As Vicissitudes da História: Max Weber e a teoria do conhecimento histórico, Ano de obtenção: 2013.
Orientador: Luiz Sérgio Duarte da Silva.
Palavras-chave: História; Cultura; Sentido; Mudança histórica; Conceito; Causalidade histórica.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História / Especialidade: Epistemologia.
2008 - 2010
Mestrado em História.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Título: Sentido e Causalidade: preâmbulos de uma teoria da história weberiana.,Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Luiz Sérgio Duarte da Silva.
Palavras-chave: História; Cultura; Causalidade; Sentido; Historicismo; Narrativa.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação; Outros Setores.
2004 - 2007
Graduação em História.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2015 - Atual
Direção e administração, Instituto de Ciências Humanas e Letras, Departamento de História.

Cargo ou função
Coordenador de Graduação.
08/2015 - 12/2015
Ensino, Abi - História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Monografia
08/2015 - 12/2015
Ensino, História e Narrativas Audiovisuais, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Teoria e Metodologia da História
03/2015 - 07/2015
Ensino, Abi - História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria e metodologia da História II; Monografia
08/2014 - 12/2014
Ensino, Abi - História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Técnicas de Pesquisa Histórica II; História e Patrimônio do Brasil; Teoria da História III; Monografia

Universidade Federal do Tocantins, UFT, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2013 - 12/2013
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Moderna; Teorias Políticas da Modernidade; Teoria da História
02/2013 - 07/2013
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Moderna; Teorias Políticas da Modernidade
01/2013 - 07/2013
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Métodos da História
04/2011 - 03/2013
Extensão universitária , Campus Universitário de Porto Nacional, .

Atividade de extensão realizada
Arquivo Interdisciplinar.
03/2005 - 01/2013
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Universitário de Porto Nacional, .

08/2012 - 12/2012
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Moderna; Teorias da Modernidade
07/2012 - 12/2012
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Brasil República
02/2012 - 07/2012
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Moderna I, História Moderna II, Teoria da História e Paradigmas Explicativos em História
01/2012 - 07/2012
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Moderna
04/2011 - 01/2012
Extensão universitária , Campus Universitário de Porto Nacional, .

Atividade de extensão realizada
Falando isto... História: educação, linguagens e representações culturais.
08/2011 - 12/2011
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Moderna I, História Moderna II e Teoria da História e Paradigmas Explicativos em História
02/2011 - 07/2011
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Moderna I; História Moderna II; Teoria da História e Paradigmas Explicativos em História

Museu Pedro Ludovico Teixeira, MPLT, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20



Linhas de pesquisa


1.
Ideias, Saberes e Escritas da (na) História
2.
História Intelectual
3.
Teoria e Metodologia da História


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Racionalidade Macunaímica: uma história da sociodicéia da modernização brasileira
Descrição: Trata-se de uma pesquisa que investigará comparativamente as variações dos projetos de modernização da sociedade brasileira desenvolvidos em consonância aos grandes diagnósticos críticos implementados por diversos setores de sua inteligência e das classes intelectuais. Em paralelo à investigação dos projetos de modernização, a pesquisa se concentrará nos padrões de racionalidade subjacente a eles. Para efeito de controle lógico, a pesquisa estabelece o que seria uma tipologia provisória dos discursos historiográficos/sociológicos produzidos em torno do problema da modernização da sociedade brasileira. Divide-se, assim, a historiografia brasileira em duas fases: uma que chamamos de discurso histórico pré-modernista e outra que chamamos de discurso histórico modernista. A primeira fase se distende numa tendência Romântica, cujos maiores expoentes foram Francisco Varhangen e Joaquim Nabuco, e noutra Realista, cujos maiores expoentes foram Euclides da Cunha e Capistrano de Abreu. O discurso histórico modernista, por suz vez, se distende em três tendências: uma culturalista, cuja expressão original e mais coerente ganha forma nas obras de Gilberto Freyre e Sérgio Buarque de Holanda; outra funcionalista, que remete às contribuições de Caio Prado Júnior e Florestan Fernandes; e uma terceira tendência, que chamamos de desenvolvimentista-evolucionista, que se corporifica no espaço iinstitucional do ISEB e dos intelectuais que se agruparam em torno dele. O objeto central da investigação consiste em observar/investigar como o discurso histórico brasileiro teve como ingrediante ativo, embora muitas vezes implícito, a categoria de modernização e como, em função disso, ele variou em torno de uma comparação hierarquicamente enviesada com as sociedades capitalistas industrializadas que sempre foram o arquétipo das utopias modernizadoras..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
A modernização brasileira: de suas utopias à sua história.
Descrição: Trata-se de uma pesquisa histórico-sociológica cuja abrangência temática se concentra sobre a questão, recorrente nas ciências sociais brasileiras, da modernização do Brasil. O plano inicial do projeto é contemplar três esferas distintas no âmbito das quais o tema "modernização" é posto em evidência: a) a esfera artística, b) a esfera acadêmica, e c) a esfera sócio-cultural. A hipótese básica da pesquisa é que, por um lado, vários segmentos da produção artística brasileira não perderam de vista, desde a semana de 1922, o tema da modernização do Brasil. Por outro lado, a hipótese é que tais manifestações artísticas exerceram, de maneiras que precisam ser averiguadas sócio-historicamente, forte influência no campo acadêmico que tematizou, no período posterior a 1930, os dilemas da modernização brasileira: mais do que um tema comum a ambas as esferas, quer-se averiguar os influxos das relações entre arte e sociedade sobre a teorização produzida sobre a temática da modernização da sociedade brasileira ao longo do século XX. Apesar do tema estar difuso ao longo do século XX, o objetivo é se concentrar na comparação entre dois períodos específicos que demarcam, cada qual, um polo fundamental da história do debate sobre a modernização do Brasil. O primeiro período, assim, se concentra pela década de 20 e 30 do século XX, em que se destacam o Modernismo nas artes e a chamada herança patrimonial-patriarcal nos estudos acadêmicos sobre o processo de modernização do Brasil. O segundo período, por sua vez, se concentra sobre as décadas de 60 e 70 do mesmo século, quando se põe em cena a estética tropicalista, vanguarda artística cujos insights críticos não foram ainda incorporados a uma leitura histórico-sociológica da sociedade brasileira..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ulisses do Valle - Coordenador / Gabriel Cruz - Integrante.
2010 - 2013
Causalidade Histórica no âmbito da racionalidade e da irracionalidade do devir
Descrição: Esta pesquisa procura perscrutar o pensamento e a obra de Max Weber (1864 ? 1920) a partir de alguns problemas definidos relativos às atuais querelas no âmbito da teoria do conhecimento histórico. É, portanto, à luz desses problemas que atribuímos um significado à obra de Weber que potencialmente ultrapassa os limites de uma suposta intencionalidade do próprio Weber. Por isso, em alguns momentos mostrou-se necessário o diálogo com leituras já produzidas sobre Weber por alguns de seus principais prossecussores, com destaque para Alfred Schutz (1899 - 1959), Talcott Parsons (1902 ? 1979) e Jürgen Habermas (1929 - ). Assim, do ponto de vista dos interesses cognoscitivos da teoria do conhecimento histórico, sistematizamos uma série de insights da tradição weberiana de pensamento à luz de quatro problemas fundamentais, cada qual sumariado num específico conceito-chave: o problema da cultura, o problema do sujeito das transformações históricas, o problema da formação de conceitos e o problema da causalidade em história. Em conjunto, estas questões definem o campo de nossa abordagem da obra de Weber e direciona a leitura que dela empreendemos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2010
Sentido e Causalidade: preâmbulos de uma teoria da história weberiana
Descrição: O trabalho teve como objetivo central a investigação das categorias de sentido e causalidade no âmbito do pensamento weberiano, no que toca sobretudo a seu significado para a teoria do conhecimento histórico.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2007
O conceito de cultura na obra de Max Weber
Descrição: Inicialmente foi selecionado como objeto de pesquisa unicamente a interpretação crítica do conceito de cultura na obra de Max Weber, que aliás, é a base da mesma. Com o decorrer da pesquisa mostrou-se interessante que concomitante à reconstrução crítica do conceito de cultura de Weber, se traçe a relação que o mesmo permite com o seu esquema teórico-epistemológico das ciências sociais, bem como a relação crítica de Weber com seus influentes..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2011 - Atual
Arquivo Interdisciplinar
Descrição: Compor um banco de dados que reúna textos científicos das mais diversas áreas do conhecimento..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Ulisses do Valle - Coordenador / Mauro Sergio Lima Oliveira - Integrante / Radamés Vieira Nunes - Integrante.


Membro de corpo editorial


2012 - Atual
Periódico: Revista de Teoria da História


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História/Especialidade: Epistemologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Alemão
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
VALLE, Ulisses Do;VALLE, ULISSES DO2017VALLE, Ulisses Do. A Filosofia da História de Oswald de Andrade. Remate de Males, v. 37, p. 323-344, 2017.

2.
VALLE, ULISSES DO2017VALLE, ULISSES DO. RACIONALIZAÇÃO E MONETARIZAÇÃO: categorias da globalização. Cadernos do CRH (UFBA), v. 30, p. 315-332, 2017.

3.
3VALLE, Ulisses Do;VALLE, ULISSES DO2015VALLE, Ulisses Do. PERSONALISMO E EXTERIORIDADE: A BUSCA DO SER-BRASILEIRO E O DILEMA DA AUTENTICIDADE. Revista de Teoria da História, v. 12, p. 9-46, 2015.

4.
2VALLE, Ulisses Do;VALLE, ULISSES DO2015VALLE, Ulisses Do. Sérgio Buarque de Holanda: Leitor de Heidegger. História da Historiografia, v. 19, p. 29-45, 2015.

5.
1VALLE, Ulisses Do;VALLE, ULISSES DO2014 VALLE, Ulisses Do. A relação entre história e sociologia no horizonte da conceptualização e da explicação dos objetos históricos: reflexões sobre o penamento de Max Weber. História e Cultura, v. 3, p. 28, 2014.

6.
4VALLE, Ulisses Do;VALLE, ULISSES DO2012VALLE, Ulisses Do. Cultura: categoria epistemológica ou eixo da experiência histórica?. História: Debates e Tendências (Passo Fundo), v. 12, p. 178, 2012.

7.
6VALLE, Ulisses Do;VALLE, ULISSES DO2011 VALLE, Ulisses Do. Diagnóstico de um mal-estar historiográfico: os problemas do conhecimento analítico-discursivo. Revista Crítica Histórica, v. 4, p. 265-285, 2011.

8.
5VALLE, Ulisses Do;VALLE, ULISSES DO2011VALLE, Ulisses Do. Entre Memória e Imaginação: pelo fim de uma longa má-consciência. Historien (Petrolina), v. 1, p. 167-182, 2011.

9.
7VALLE, Ulisses Do;VALLE, ULISSES DO2009VALLE, Ulisses Do. O problema do sentido histórico e de suas variações axiológicas. Revista de Teoria da História, v. 1, p. 20-52, 2009.

Capítulos de livros publicados
1.
VALLE, Ulisses Do. Cultura e História no pensamento de Max Weber. In: SENEDA, Marcos César; CUSTÓDIO, Henrique Florentino Faria. (Org.). Max Weber: religião, valores, teoria do conhecimento. 1ed.: , 2016, v. 1, p. 235-251.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
VALLE, Ulisses Do. As raízes teológicas do historicismo à luz da sociologia da religião de Max Weber. In: XI Semana de História e Seminário Nacional Marxismo e História, 2012, Goiânia. XI Semana de História ? História e Interdisciplinaridades: Confluências, 2012.

2.
VALLE, Ulisses Do. O papel público dos estudos históricos: uma polêmica. In: Simpósio Internacional de História Pública, 2012, São Paulo. º Simpósio Internacional de História Pública: A história e seus públicos Simpósio Internacional de História Pública: A história e, 2012. v. 1. p. 518-529.

3.
VALLE, Ulisses Do. Cultura: categoria do método histórico ou eixo da experiência histórica. In: 4º Seminário Nacional de História da Historiografia, 2010, Ouro Preto - MG. Tempo presente e usos do passado, 2010.

4.
VALLE, Ulisses Do. Max Weber: entre racionalidade e irracionalidade. In: II Seminário de Pesquisa e Pós-graduação em História UFG/UCG, 2009, Goiânia. Anais do ... Seminário de Pesquisa da Pós-Graduação em História da UFG/UCG, 2009.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
VALLE, Ulisses Do. Entre memória e imaginação: pelo fim de uma longa má-consciência. In: Simpósio Internacional de ´História, 2011, Goiânia. 5º Simpósio Internacional de História: Culturas e Identidades, 2011.

2.
VALLE, Ulisses Do. Max Weber: entre idealismo e naturalismo. In: Seminário Nacional de História da Historiografia, 2011, Ouro Preto - MG. Biografia e história intelectual, 2011.

3.
VALLE, Ulisses Do. Max Weber e os limites da formação de conceitos em História. In: 10ª Semana de História, 2011, Goiânia. X Semana de História - Faculdade de História UFG, 2011.

4.
VALLE, Ulisses Do. Cultura: categoria epistemológica ou eixo da experiência histórica. In: X Semana de História, 2011, Goiânia. X Semana de História UFG, 2011.

5.
VALLE, Ulisses Do. A crítica de Thompson ao estruturalismo de Althusser. In: Simpósio Nacional Estado e Poder, 2010, Aracaju - SE. VI Simpósio Nacional Estado e Poder: Cultura, 2010.

6.
VALLE, Ulisses Do. Racionalismo como "estilo de pensamento" e "estrutura significativa": afinidades entre Karl Manheim e Lucien Goldmann. In: Seminário Marxismo e História, 2010, Goiânia - GO. Marxismo e Teoria da História, 2010.

7.
VALLE, Ulisses Do. Causalidade Retrospectiva na obra de Max Weber. In: IV Simpósio Internacional de História: Cultura e Identidades, 2009, Goiânia - GO. IV Simpósio Internacional de História: Cultura e Identidades, 2009.

8.
VALLE, Ulisses Do. Causalidade Histórica no âmbito da racionalidade e irracionalidade do devir. In: I Seminário de Teoria da História da Faculdade de História - UFG, 2009, Goiânia. I Seminário de Teoria da História da Faculdade de História - UFG, 2009.

Apresentações de Trabalho
1.
VALLE, Ulisses Do. Max Weber: ciência e política diante da irracionalidade do mundo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
VALLE, Ulisses Do. Jessé Souza e José de Souza Martins: duas orientações da consciência histórica brasileira. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
VALLE, Ulisses Do. Jessé Souza e José de Souza Martins: duas 'filosofias da história'. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
VALLE, Ulisses Do. Max Weber diante do historicismo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
VALLE, Ulisses Do. Elementos do personalismo brasileiro na literatura e nas ciências sociais. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
VALLE, Ulisses Do. História: por que, para quê e para quem?. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
VALLE, Ulisses Do. As relações entre história e cultura no pensamento de Max Weber. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
VALLE, Ulisses Do. A Explicação Narrativa da História segundo a Lógica da Imputação Causal. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
VALLE, Ulisses Do. Racionalização, Monetarização e Ação Social. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
VALLE, Ulisses Do. As raízes teológicas do historicismo à luz da sociologia da religião de Max Weber. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
VALLE, Ulisses Do. O papel público dos estudos históricos: uma polêmica. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
VALLE, Ulisses Do. Entre Memória e Imaginação: pelo fim de uma longa má-consciência. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
VALLE, Ulisses Do. Max Weber e os limites da formação de conceitos em história. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
VALLE, Ulisses Do. Cultura: categoria epistemológica ou eixo da experiência histórica?. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
VALLE, Ulisses Do. Max Weber: entre idealismo e naturalismo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
VALLE, Ulisses Do. Cultura: categoria do método histórico ou eixo da experiência histórica. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
VALLE, Ulisses Do. A crítica de Thompson ao estruturalismo de Althusser. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
VALLE, Ulisses Do. Racionalismo como 'estilo de pensamento' e 'estrutura significativa': afinidades entre Karl Manheim e Lucien Goldmann. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
VALLE, Ulisses Do. Cultura: categoria do método histórico ou eixo da experiência histórica. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
VALLE, Ulisses Do. Causalidade Histórica no Âmbito da Racionalidade e Irracionalidade do Devir. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
VALLE, Ulisses Do. Max Weber: entre racionalidade e irracionalidade. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
VALLE, Ulisses Do. Causalidade Retrospectiva na obra de Max Weber. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
VALLE, Ulisses Do. Teoria da Ação e Teoria da História na obra de Max Weber. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

24.
VALLE, Ulisses Do. Ciências da Cultura e Teoria da História na obra de Max Weber. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

25.
VALLE, Ulisses Do. A formação de conceitos individuais nas ciências da cultura. 2006. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

26.
VALLE, Ulisses Do. Os conceitos individuais na obra de Max Weber. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
VALLE, Ulisses Do. Os conceitos de sentido e valor na epistemologia de Weber. 2005. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
VALLE, Ulisses Do. Cultura e Linguagem. 2011. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Demais tipos de produção técnica
1.
VALLE, Ulisses Do. Dossiê Max Weber. 2016. (Editoração/Periódico).

2.
VALLE, Ulisses Do. Ciências da Cultura e Teoria da História na obra de Max Weber. 2007. (Relatório de pesquisa).

3.
VALLE, Ulisses Do. Ciências da Cultura e Teoria da História na obra de Max Weber. 2006. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ARRAIS, C. P. A.; KULEMEYER, A.; VALLE, Ulisses Do. Participação em banca de Gabriel de Araújo Oliveira. A Greve de 2012 e os usos do Facebook pelo grupo "Mobilização dos Professores de Goiás (MPG)". 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás.

Teses de doutorado
1.
Luís Sérgio Duarte da Silva; BERBERT JUNIOR, C. O.; VALLE, Ulisses Do; ARAÚJO, André Gustavo de Melo; LOPES, André Pereira Leme. Participação em banca de Rodrigo Oliveira Marquez. Pragmática: a função do passado nas teorias da História de Hayden White, Frank Ankersmit e Keith Jenkins. 2017. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Goiás.

2.
VALLE, Ulisses Do. Participação em banca de Denise dos Anjos Mascarenhas. Realidades Múltiplas em Grande Sertão Veredas: uma análise fenomenológica. 2016. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de Goiás.

Qualificações de Doutorado
1.
VALLE, Ulisses Do; Luís Sérgio Duarte da Silva; BERBERT JUNIOR, C. O.; TEIXEIRA, R. S.. Participação em banca de Rodrigo Oliveira Marquez. Ética e política em White e Ankersmit. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Goiás.

2.
VALLE, Ulisses Do; TEIXEIRA, R. S.; Luís Sérgio Duarte da Silva. Participação em banca de Frederick Gomes Alves. Humanismo e Identidade Cultural: a superação da dicotomia entre as tradições moderna e pós-moderna pela escrita da história global, a partir da década de 1990. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Goiás.

3.
BERBERT JUNIOR, C. O.; VALLE, Ulisses Do; TEIXEIRA, R. S.; QUADROS, E. G.. Participação em banca de Rodrigo Tavares Godoi. Memória e Compreensão: a propósito da consideração de Henri Bergson em torno da Endosmose. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Goiás.

Qualificações de Mestrado
1.
Bittencourt, L. Borges; VILELA, Ana Lúcia Oliveira; VALLE, ULISSES DO. Participação em banca de Eva Cristina Franco Rosa dos Santos. Modernização e Antropofagia - Intelectuais, suportes e cidades. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Goiás.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
VALLE, Ulisses Do. Participação em banca de Leandro de Souza Pádua.A TRADIÇÃO DO IDEALISMO E A "THE IDEA OF HISTORY" DE R. G. COLLINGWOOD (1936-1940). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Goiás.

2.
LOPES, M. A. O.; VALLE, Ulisses Do; DOURADO, B. B.. Participação em banca de Erasmo Rosa da Silva.Aspectos da cidadania e educação no discurso da imprensa negra paulista no século XX. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal do Tocantins.

3.
LOPES, M. A. O.; BUENO, R. P. M.; VALLE, Ulisses Do. Participação em banca de Ana Paulo Costa França.Características históricas de uma manifestação Afro: a Festa do Divino Espírito Santo em Natividade - TO. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal do Tocantins.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III Semana Acadêmica de História: História, Identidades e Fronteiras.O conceito de cultura na tradição weberiana de pensamento. 2011. (Seminário).

2.
X Semana de História da Faculdade de HIstória UFG.Cultura: categoria epistemológica ou eixo da experiência histórica?. 2011. (Seminário).

3.
II Seminário do NEPHC (FH/UFG) e Grupo de Pesquisa: Capitalismo e História (UFG/CNPq).A Crítica de Thompson ao Estruturalismo de Althusser. 2010. (Seminário).

4.
Conferência de Lançamento da REvista de Teoria da HIstória/UFG. 2009. (Outra).

5.
II Seminário de Pesqusa e Pós-Graduação em História UFG/UCG.Max Weber: entre racionalidade e irracionalidade. 2009. (Seminário).

6.
IV Simpósio Internacional de História: Cultura e Identidades.Causalidade Retrospectiva na obra de Max Weber. 2009. (Simpósio).

7.
Seminário de Teoria da História da Faculdade de História/UFG.Causalidade Histórica no Âmbito da Racionalidade e Irracionalidade do Devir. 2009. (Seminário).

8.
III Simpósio Internaiconal de História: Cultura e Identidades.Racionalismo e Irracionalismo no quadro metodológico proposto por Max Weber. 2008. (Simpósio).

9.
VII Semana de HIstória: Colóquio de Pesquisas da HIstória.Causalidade Retrospectiva na obra de Max Weber. 2008. (Seminário).

10.
Compeex. Teoria da ação e teoria da História.. 2007. (Congresso).

11.
III CONGRESSO INTERNACIONAL DE SEMIÓTICA : Semiótica das Interações Sociais. 2007. (Congresso).

12.
Compeex. Teoria da História e ^Ciências da Cultura na obra de Max Weber. 2006. (Congresso).

13.
II Simpósio Internacional de Historia: Cultura e Identidades.A filosofia de Nietzsche como fundamento da ciência de Weber. 2006. (Simpósio).

14.
IX Encontro Regional da Anpuh-GO. Os conceitos individuais na obra de Max Weber. 2006. (Congresso).

15.
VI Semana de História : IX Encontro Regional ANPUH-GO História da Cultura e Escrita da História.Os conceitos individuais na obra de Max Weber. 2006. (Encontro).

16.
Anpuh. 2005. (Congresso).

17.
Simpósio Internacional de História: Cultura e Identidades.Relações entre Nietzsche e Weber. 2005. (Outra).

18.
III Simpósio Internac ional do Centro de Estudos do Caribe no Brasil-CECAB. 2004. (Simpósio).

19.
VII Encontro Nacional de História Oral "História e Tradição Oral". 2004. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VALLE, Ulisses Do. II Jornada de Pesquisas da Faculdade de História. 2015. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Iury Ercolany. O conceito de narrativa histórica em Paul Ricoeur. Início: 2015. Iniciação científica (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Iury Ercolani. A Hermenêutica de Paul Ricoeur e a Historiografia: entre narrativa e método. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ulisses do Valle.

2.
Diego Silvestre de Araújo. ?SEJA HEROI, SEJA MARGINAL?¹ A CONTRIBUIÇÃO DOS MARGINAIS DA MPB NOS ANOS 70 SEGUNDO SERGIO SAMPAIO. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ulisses do Valle.

3.
Eva Cristina Franco dos Santos. Oswald de Andrade e a Revista de Antropofagia: em busca de um projeto de brasilidade". 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Tocantins. Orientador: Ulisses do Valle.

Iniciação científica
1.
Iury Ercolani Alves. Teoria da narrativa e discurso histórico no pensamento de Paul Ricoeur. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ulisses do Valle.

2.
Pedro Paulo Gomes Alves. Os aspectos literários e discursivos da historiografia segundo Hayden White. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ulisses do Valle.

Orientações de outra natureza
1.
Eva Cristina Franco dos Santos. Monitoria em História Moderna. 2013. Orientação de outra natureza. (Letras) - Universidade Federal do Tocantins, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Ulisses do Valle.

2.
Mauro Sérgio Lima Oliveira. Monitoria em História Moderna. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Federal do Tocantins, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Ulisses do Valle.



Inovação



Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
VALLE, Ulisses Do. As relações entre história e cultura no pensamento de Max Weber. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).



Outras informações relevantes


Exerceu o cargo de estagiário no Museu Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia, entre os anos de 2006 e 2007.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/10/2018 às 18:06:32