Fernanda Delborgo Abra

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4666525553512674
  • Última atualização do currículo em 18/11/2018


Bióloga pela Universidade do Sagrado Coração (2009), Mestre em Ecologia pela Universidade de São Paulo (2012), e doutoranda pelo PPGI - Ecologia Aplicada pela ESALQ/USP (2015), possuo interesse em Ecologia de Estradas em questões relacionadas a perda de indivíduos por atropelamento e efeito barreira em rodovias, segurança humana e impactos sócio-econômicos envolvendo colisão com fauna em rodovias e diversas estratégias de mitigação. Como consultora autônoma trabalhei no licenciamento ambiental de grandes empreendimentos de transporte no Estado de São Paulo entre 2012 e 2016. Também atuei como Consultora Especialista em Ecologia de Estradas pelo Banco-Interamericano de Desenvolvimento (BID - Washington D.C.) nas Estradas-Parque Capelinha-Mauá e Paraty-Cunha no Estado do Rio de Janeiro. Atualmente é Sócia-proprietária da empresa ViaFAUNA - Estudos Ambientais e Pesquisadora Principal do PIPE - Fase 1 da FAPESP para o Desenvolvimento do 1º Sistema de Detecção Animal Brasileiro Antiatropelamento para Rodovias ? ?Passa Bicho? (Processo 2015/08607-7). Com a Inovação tecnológica fui selecionada para participar do Leaders in Innovation Fellowships apoiada pela Royal Academy of Engineering e Newton Fund do Reino Unido. Também atuo atualmente como especialista em ecologia de estradas nos Projetos de Conservação de Anta-brasileira (Iniciativa Nacional para Conservação da Anta Brasileira), do Tamanduá-bandeira (Projeto Bandeiras e Rodovias) e no projeto de conservação do Tatu-canastra. Coordena o grupo de trabalho de Ecologia de Estradas do Plano de Ação Nacional (CENAP/ICMBio) dos grandes felinos (onça-pintada e onça parda), canídeos ameaçados (lobo-guará, raposinha-do-campo, cachorro-vinagre e cachorro-de-orelha-curta) e dos ungulados. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Fernanda Delborgo Abra
Nome em citações bibliográficas
ABRA, F. D.;ABRA, FERNANDA D.

Endereço


Endereço Profissional
Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.
ESALQ - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
São Dimas
13418900 - Piracicaba, SP - Brasil
Telefone: (11) 998662521
URL da Homepage: https://www.esalqlemac.com/


Formação acadêmica/titulação


2015
Doutorado em andamento em Ecologia aplicada.
Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, ESALQ, Brasil.
Título: Impacto de Rodovias nas Comunidades de Médios e Grandes Mamíferos e Implicações para Conservação,
Orientador: Katia Maria Paschoaletto Micchi de Barros Ferraz.
Coorientador: Marcel Pieter Huijser.
Palavras-chave: Ecologia de rodovia; mamíferos de médio e grande porte; Rodovias; Atropelamento; Conservação da Biodiversidade; Medidas de mitigação.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de estradas.
Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.
2010 - 2012
Mestrado em Ecologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DAS PASSAGENS INFERIORES DE FAUNA PRESENTES NA RODOVIA SP-225 NO MUNICÍPIO DE BROTAS , SÃO PAULO.,Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Vânia Regina Pivello.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Ecologia de estradas; mamíferos de médio e grande porte; Passagem de fauna; conservação.
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.
2004 - 2009
Graduação em Ciências biológicas.
Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil.
Título: Levantamento e estudo exploratório dos animais silvestres atropelados das Rodovias SP -225 e SP- 310 no Estado de São Paulo..
Orientador: Maricê Tereza Domingues Heubel.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo a Pesquisa no Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.




Formação Complementar


2018 - 2018
Workshop de Treinamento em Facilitação para o Planejamento da Conservação d. (Carga horária: 32h).
Conservation Planning Specialist Group, CPSG, Brasil.
2017 - 2017
3º Treinamento PIPE em Empreendedorismo de Alta Tecnologia. (Carga horária: 160h).
Fundação de Amparo a Pesquisa no Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
2016 - 2016
Introdução ao ArcGIS 10.4. (Carga horária: 20h).
Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, ESALQ, Brasil.
2016 - 2016
Leaders in Innovation Fellowship. (Carga horária: 80h).
Royal Academy of Engeneering, RAENG, Inglaterra.
2014 - 2014
Capacitação de empreendedores para elaboração de plano de negócios. (Carga horária: 10h).
Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia, CIETEC, Brasil.


Atuação Profissional



Fundação de Amparo a Pesquisa no Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Responsável PIPE Fase I, Carga horária: 40
Outras informações
Bolsista PE-2 PIPE Fase 1


Instituto Ambiental Vidágua, VIDÁGUA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bióloga Especialista em Fauna, Carga horária: 25


Instituto Nacional do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, IBAMA, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagio, Carga horária: 20


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora - Mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, ESALQ, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Pesquisadora não bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 30
Outras informações
Doutorado em andamento


ViaFAUNA Estudos Ambientais LTDA, VIAFAUNA, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Sócia- Diretora, Enquadramento Funcional: Sócia- Diretora, Carga horária: 32



Projetos de pesquisa


2016 - 2017
Desenvolvimento do 1º Sistema de Detecção Animal Brasileiro Antiatropelamento para Rodovias ? ?Passa Bicho?
Descrição: Um projeto de inovação tecnológica que vida o desenvolvimento do primeiro sistema de detecção animal para rodovias brasileiras. O objetivo do equipamento é aumentar a segurança viária de rodovias bem como objetiva diminuir a perda de indivíduos de espécies da fauna silvestre por atropelamento..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Fernanda Delborgo Abra - Coordenador / MARCEL PETER HUIJSER - Integrante / Katia Maria Paschoaletto Micchi de Barros Ferraz - Integrante / Mariane Rodrigues Biz Slva - Integrante.
2015 - Atual
Mammal-vehicle collisions on toll roads in São Paulo State: implications for wildlife, human safety and costs for society
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Fernanda Delborgo Abra - Coordenador / Katia Maria Paschoaletto Micchi de Barros Ferraz - Integrante / HUIJSER, MARCEL P. - Integrante.
2010 - 2012
Monitoramento e Avaliação das Passagens Inferiores de Fauna Presentes na Rodovia SP-225, Município de Brotas, Estado de São Paulo
Descrição: Sérios problemas ambientais ligados à implantação de rodovias estão sendo analisados em todo o mundo, como: dispersão de espécies exóticas, alteração do ciclo hidrológico, produção de material particulado e ruído, contaminação das águas e do solo, perda de habitat, fragmentação de ambientes naturais e o atropelamento de animais. Vários estudos vêm sendo desenvolvidos ao redor do mundo sobre atropelamentos e medidas mitigatórias, como as passagens de fauna. Essas estruturas apresentam potencial de restituir a conectividade funcional e estrutural para a fauna sob ou sobre a rodovia. O estado de São Paulo possui 81 passagens de fauna e na SP-225, foi realizado o monitoramento de 10 passagens inferiores de fauna (PIF), distribuídas em 51 km de extensão. Os objetivos deste trabalho foram comparar a efetividade em travessias de mamíferos entre diferentes tipos estruturais de PIF com presença e ausência de água. Três tipos diferentes de PIF foram monitorados: passagens quadradas de concreto, redondas de tubo Armco e um terceiro tipo de grande galeria. Também verificamos a influência da paisagem num entorno de 50 metros (buffers) ao redor das PIFs estudadas. O monitoramento foi realizado por meio de filmagens com câmeras digitais de vídeo e canteiros de pegadas com pó de mármore, durante oito dias por mês, no período de um ano, totalizando um esforço amostral de 96 dias. Foram registradas 800 travessias, sendo que 725 foram exclusivas para mamíferos de médio e grande porte, tendo 16 diferentes espécies representadas. As espécies que mais utilizaram as passagens foram capivara (Hydrochoerus hydrochaeris), com 435 travessias de indivíduos, seguido de veado catingueiro (Mazama gouazoubira), com 94 indivíduos, e tatu galinha (Dasypus novemcinctus), com 52 indivíduos. Os resultados foram testados através de análises de variância e teste correlação de Spearman. Verificou-se que a presença de água é um fator altamente significativo para a travessia da fauna (X2 = 236,5; p<<0,001). Não detectamos diferença na efetividade dos três tipos de PIF estudados (ANOVA: F= 1.43, p= 0,255) embora o tipo grande galeria tenha contemplado a travessia de 15 espécies diferentes, apresentando, portanto, maior riqueza. O baixo número amostral para PIF do tipo grande galeria impediu o uso de seus resultados em testes estatísticos, porém, uma maior amostragem talvez pudesse mostrar maior sucesso desse tipo de PIF. É possível que passagens circulares e celulares não tenham diferido no número de travessias por terem em média o mesmo tamanho, pois talvez os mamíferos de médio e grande porte não tenham predileção por tipos estruturais específicos entre essas duas PIFs. A análise da paisagem no entorno da rodovia demonstrou que as matrizes mais presentes foram as culturas de laranja e pasto, mas a única espécie que respondeu aos tipos de matrizes foi o gambá (Didelphis albiventris), estando freqüente em passagens circundadas por cana de açúcar e pasto. Analisando a ocorrência das espécies estudadas nas PIFs, verificamos que cachorro do mato (Cerdocyon thous) e tatu (Dasypus novemcinctus) se mostraram relacionados negativamente com a presença de água (p= -0,72 e p= -0,62 respectivamente, teste de Spearman), enquanto que veado, gambá e paca se mostraram relacionados positivamente com a presença de vegetação. É possível relacionar o sucesso de travessias de mamíferos com PIFs apresentando água também dentro dos limites da paisagem considerados. Nesse sentido, tivemos 676 em PIF úmidas e 46 travessias em secas. aplicação prática dessa informação é a possibilidade de modificação de tubos de drenagem fluviais já existentes em rodovias (com dimensão mínima de 1,5 m de diâmetro, ou 1,5 m x 1,5 m para caixas retangulares) para a passagem de fauna, ou a construção de novos tubos adaptados para fauna nas rodovias em licenciamento para implantação ou duplicação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Fernanda Delborgo Abra - Coordenador / Vânia Regina Pivello - Integrante.


Revisor de periódico


2018 - Atual
Periódico: Tropical Conservation Science
2018 - Atual
Periódico: PLoS One


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de estradas.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Ecossistemas.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende RazoavelmenteLê Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2011
Rufford Small Grant for Nature Conservation, Rufford Small Grant.
2010
Research Equipment Program, Neotropical Grassland Conservancy.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ABRA, FERNANDA D.2018ABRA, FERNANDA D.; HUIJSER, MARCEL P. ; PEREIRA, CAMYLLA S. ; FERRAZ, KATIA M.P.M.B. . How reliable are your data? Verifying species identification of road-killed mammals recorded by road maintenance personnel in São Paulo State, Brazil. BIOLOGICAL CONSERVATION, v. 225, p. 42-52, 2018.

2.
MARCEL P. HUIJSER2013 MARCEL P. HUIJSER ; ABRA, F. D. ; DUFFIELD, J. W. . MAMMAL ROAD MORTALITY AND COST-BENEFIT ANALYSES OF MITIGATION MEASURES AIMED AT REDUCING COLLISIONS WITH CAPYBARAS (HIDROCHOERUS HYDROCHAERIS) IN SÂO PAULO STATE, BRAZIL. OECOLOGIA AUSTRALIS, v. 17, p. 129-146, 2013.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ABRA, F. D.; Williams, A. ; GRACE, M. . Avoiding the call of the wild. ITS International, p. 45 - 47, 01 jun. 2018.

2.
ABRA, F. D.; Pinto,L.L. . Passagem Segura para os Animais. Boletim Bacia do Tietê Jacaré, Propagare Propaganda e Marketi, p. 1 - 8, 01 jun. 2008.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ABRA, F. D.; kawazoe, u. . Ocorrência de coccídeos intestinais em aves silvestres provenientes do tráfico animal no Escritório Regional do IBAMA de Bauru, São Paulo.. In: XV Congresso Interno de Iniciação Científica - PIBIC 2007, 2007, Campinas. PIBIC 2007, 2007.

Artigos aceitos para publicação
1.
MAGIOLI, M. ; BOVO, A. A. ; HUIJSER, MARCEL P. ; ABRA, F. D. ; FERRAZ, KATIA M.P.M.B. . WHAT ARE WE NOT SEEING? IMPACTS OF A SHORT AND NARROW ROAD ON WILDLIFE. Oecologia Australis, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
ABRA, F. D.. Ecologia de rodovias e a conservação da biodiversidade. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
ABRA, F. D.. Colisão de Mamíferos em rodovias - Implicações para conservação da biodiversidade e a segurança do usuário. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
ABRA, F. D.. Fauna em rodovias: Como desenvolver empreendimentos mais sustentáveis?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
ABRA, F. D.. Efetividade de Passagens de Fauna em Empreendimentos Lineares. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
ABRA, F. D.. ?Sustainable road infrastructure? Best practices to reducing wildlife-vehicle collisions'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
ABRA, F. D.; PIVELLO, V. R. . MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DAS PASSAGENS INFERIORES DE FAUNA PRESENTES NA RODOVIA SP- 225 NO MUNICÍPIO DE BROTAS, SÃO PAULO.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
ABRA, F. D.. Ecologia de Estradas em empreendimentos lineares. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
ABRA, F. D.. Medidas de mitigação para a fauna em empreendimentos lineares. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
ABRA, F. D.; kawazoe, u. . Ocorrência de coccideos intestinais de aves silvestres provenientes do tráfico animal no Escritório regional do Ibama de Bauru, São Paulo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
ABRA, F. D.. PROGRAMA NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO PRODETUR RIO DE JANEIRO ? BR-L1210. 2016.

2.
ABRA, F. D.. PROGRAMA NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO PRODETUR RIO DE JANEIRO ? BR-L1210. 2014.

Trabalhos técnicos
1.
ABRA, F. D.; MEDICI, E. P. . IMPACTO DE ATROPELAMENTOS DE FAUNA, PARTICULARMENTE ANTA BRASILEIRA, EM RODOVIAS ESTADUAIS E FEDERAIS DO ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL, BRASIL. 2016.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ABRA, F. D.. Onça-parda é solta em Itirapina, SP, quase um ano após ser atropelada em rodovia. 2018. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
ABRA, F. D.; MEDICI, E. P. . MP e pesquisadores cobram ações para reduzir atropelamentos de antas. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
ABRA, F. D.. Empresa desenvolve sistema de detecção antiatropelamento animal. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

4.
ABRA, F. D.; Prist PR ; BIZ, M. . Reportagem do Repórter Eco. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
ABRA, F. D.. Especialista apresenta soluções para evitar atropelamentos de animais na usina. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
ABRA, F. D.; Giacon, O. O ; Mandel, D. ; Cavassan, O. . A Fauna pede passagem. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

7.
ABRA, F. D.; MEDICI, E. P. . Imasul recebe levantamento sobre atropelamento de animais silvestres em 8 rodovias de MS. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

8.
ABRA, F. D.; MEDICI, E. P. . Atropelamentos de fauna em rodovias do Mato Grosso do Sul ameaçam a biodiversidade brasileira e a vida dos usuários. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

9.
ABRA, F. D.. BR-116 ganha 'passarelas' de animais em obras de duplicação. 2015. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

10.
ABRA, F. D.. Pesquisa da USP mostra importância das passagens de fauna nas rodovias. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
ABRA, F. D.. Montanhismo aos 60 ? e por quê não?. 2018; Tema: Montanhismo. (Blog).

2.
ABRA, F. D.; FERRAZ, K. M. P. M. B. ; SLVA, M. R. B. ; MARCEL P. HUIJSER . Empresa desenvolve sistema de detecção antiatropelamento animal. 2017; Tema: Sistema de deteção animal. (Site).

3.
ABRA, F. D.; SLVA, M. R. B. ; FERRAZ, K. M. P. M. B. ; MARCEL P. HUIJSER . Sistema de detecção de animais em rodovias evita acidentes e mortes na estrada... - Veja mais em https://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/tecnologia/2017/08/18/sistema-de-deteccao-de-animais-em-rodovias-evita-acidentes-e-mortes-na-estrada.htm?cmpid=copiaecola. 2017; Tema: Sistema de detecção animal. (Site).

4.
ABRA, F. D.. Você estaria preparado caso sofresse um ataque de abelhas?. 2016; Tema: Segurança. (Site).

5.
ABRA, F. D.. O futuro do boto-cor-de-rosa e as lições aprendidas na tragédia do Baiji. 2016; Tema: Conservação, Ecologia, Amazônia. (Site).

6.
ABRA, F. D.. Encontro não marcado no Parque Nacional Torres del Paine. 2015; Tema: Felinos selvagens. (Site).

7.
ABRA, F. D.. Acampando com a minha mãe. 2015; Tema: Parque Nacional, lazer. (Site).

8.
ABRA, F. D.. O Eco Notícias Ambientais. 2015; Tema: Ecologia de Rodovias, Conservação da Biodiversidade. (Site).

9.
ABRA, F. D.. Atropelamento de fauna: desastre ambiental fácil de evitar. 2014; Tema: Ecologia de rodovias. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
ABRA, F. D.; SLVA, M. R. B. . RELATÓRIO FINAL: DESENVOLVIMENTO DO SISTEMA DE DETECÇÃO ANIMAL ANTI-ATROPELAMENTO PARA RODOVIAS: PASSA-BICHO. 2017. (Relatório de pesquisa).

2.
MARCEL P. HUIJSER ; FAIRBANK, E. R. ; ABRA, F. D. . The Reliability and Effectiveness of a Radar-Based Animal Detection System. 2017. (Relatório de pesquisa).

3.
MARCEL P. HUIJSER ; ABRA, F. D. ; FAIRBANK, E. R. . The Reliability and Effectiveness of a Radar-Based Animal Detection System. 2017. (Relatório de pesquisa).

4.
ABRA, F. D.. Ecologia de rodovias e a segurança do usuário. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
ABRA, F. D.; MARCEL P. HUIJSER . 'Ecologia de Rodovias no Licenciamento Ambiental: boas lições ao redor do mundo e potenciais aplicações para as práticas de ecologia de rodovias para o Brasil. 2014. .

6.
ABRA, F. D.. Ecologia de Estradas e Conservação da Biodiversidade. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
FERRAZ, K. M. P. M. B.; ABRA, F. D.. Participação em banca de Fernanda Maria Mendonça Fonseca. Análise da qualidade do monitoramento de fauna silvestre atropelada nas rodovias da concessionária Centrovias, estado de São Paulo. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gerenciamento Ambiental) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Freitas, S.; ABRA, F. D.. Participação em banca de Douglas Willian Cirino.Cerdocyon thous e estradas: Os efeitos das características da paisagem sobre um carnívoro generalista. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do ABC.

2.
FERRAZ, K. M. P. M. B.; ABRA, F. D.; MARCEL P. HUIJSER. Participação em banca de Tamiris Chacon Deajute.Análise de modelos de passagens de fauna e cercas condutoras para animais silvestres em rodovias do Estado de São Paulo. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Gestão Ambiental) - Universidade de São Paulo.

3.
FERRAZ, K. M. P. M. B.; ABRA, F. D.; MARCEL P. HUIJSER. Participação em banca de ANA PAULA SCIVITTARO CRUZ.?O licenciamento ambiental de Rodovias e medidas de mitigação para fauna silvestre: uma ferramenta para conservação da biodiversidade? - Estudo de caso do Trecho Norte do Rodoanel Mário Covas. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Gestão Ambiental) - Universidade de São Paulo.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
II Oficina de Avaliação Nacional do Risco de Extinção de Mamíferos Carnívoros.Apoio sobre ameaça de atropelamentos na análise de extinção dos mamíferos carnívoros. 2018. (Oficina).

2.
II Simpósio de Medicina de Animais Selvagens no GEAS da Universidade Anhembi Morumbi.A inovação Tecnológica a Serviço da Conservação da Biodiversidade. 2018. (Simpósio).

3.
Workshop Politica Estadual da Fauna Silvestre - Sec. Estadual de Meio Ambiente nte. 2018. (Outra).

4.
XXXII Congresso Brasileiro de Zoologia. IV Simpósio da Sociedade Brasileira de Mastozoologia. 2018. (Congresso).

5.
Avistar 2017 - XII Encontro Brasileiro de Observação de aves.Como construir rodovias mais sustentáveis para a fauna silvestre?. 2017. (Encontro).

6.
VII World Conference on Ecological Restoration.ROAD ECOLOGY AND ECOLOGICAL RESTORATION; HOW TO MAKE THE LINK?. 2017. (Oficina).

7.
1º Semana da Escrita Científica. 2016. (Outra).

8.
III Road Ecology Brazil. MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DAS PASSAGENS INFERIORES DE FAUNA PRESENTES NA RODOVIA SP- 225 NO MUNICÍPIO DE BROTAS, SÃO PAULO.. 2014. (Congresso).

9.
ICOET - International Conference on Ecology and Transportation. Cost benefit analyses of mitigation measures aimed at reducing collision with capybara in Sao Paulo State, Brazil. 2013. (Congresso).

10.
I ENCONTRO SOBRE A FAUNA SILVESTRE NO LICENCIAMENTO AMBIENTAL ESTADUAL.A Ecologia de Estradas no Licenciamento Ambiental Paulista. 2013. (Encontro).

11.
6º Congresso Brasileiro de Mastozoologia. Ecologia de Estradas e a conservação da Biodiversidade. 2012. (Congresso).

12.
II Road Ecology Brazil. Review of the underpass alocation on the highway SP-225, Brotas SP, Brazil, and the relationship with wild animals roadkills and landscape structure.. 2011. (Congresso).

13.
I Road Ecology Brazil. REVIEW OF THE UNDERPASS ALOCATION ON THE HIGHWAY SP-225, BROTAS-SP, BRAZIL, AND THE RELATIONSHIP WITH WILD ANIMALS ROADKILLS AND LANDSCAPE STRUCTURE. 2010. (Congresso).

14.
"Ecologia de estradas num país megadiverso (Brasil) - alterações antrópicas em ambientes naturais para construção de rodovias e corredores humanos."Ecologia de estradas num país megadiverso (Brasil) - alterações antrópicas em ambientes naturais para construção de rodovias e corredores humanos. 2009. (Outra).

15.
7º Encontro de 2009 do Projeto Olhar Verde.Relação do homem com os animais. 2009. (Encontro).

16.
IENE - Infra Eco Network Europe. SURVEY AND EXPLORATORY STUDY OF WILD ANIMALS ROADKILL ON THE SP-225 AND SP-310 HIGHWAYS (CENTROVIAS ?OHL BRAZIL GROUP) IN THE STATE OF SÃO PAULO, BRAZIL.. 2009. (Congresso).

17.
III Semana Integrada de Ciências.Ecologia de Estradas e os Impactos na Biodiversidade Brasileira. 2009. (Outra).

18.
X Semana Integrada do Meio Ambiente.Ecologia de Estradas: a experiência Brasil - Portugal. 2009. (Outra).

19.
III Conferência Nacional do Meio Ambiente. 2008. (Seminário).

20.
XV Semana da Biologia Unesp Bauru. 2008. (Simpósio).

21.
II Jornada AQuifero Guarani. 2007. (Encontro).

22.
Workshop sobre Restauração de Matas Ciliares. 2007. (Oficina).

23.
XV Congresso Interno de Iniciação Científica. Ocorrência de Coccídeos Intestinais em Aves Silvestres Provenientes do Tráfico Animal no Escritório Regional do Ibama de Bauru, São Paulo. 2007. (Congresso).

24.
Mudanças Climáticas e Projetos de Créditos de Carbono. 2006. (Encontro).

25.
IV Encontro Sobre Animais Selvagens. 2005. (Encontro).

26.
VIII Congresso Aberto aos Estudantes de Biologia. 2005. (Congresso).

27.
1º Fórum de Direito Ambiental Paulista. 2004. (Encontro).

28.
III Encontro sobre Animais Selvagens. 2004. (Encontro).

29.
Introdução ao Direito Ambiental Brasileiro. 2004. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ABRA, F. D.; FERRAZ, K. M. P. M. B. . II Conferência Paulista de Ecologia e Transportes. 2016. (Congresso).

2.
ABRA, F. D.; FERRAZ, K. M. P. M. B. ; Romanini, P.H. . I Conferência Paulista de Ecologia e Transportes. 2014. (Congresso).

3.
ABRA, F. D.. X Semana Integrada do Meio Ambiente de Bauru. 2009. (Outro).

4.
ABRA, F. D.. VIII Semana Integrada do Meio Ambiente de Bauru. 2007. (Outro).

5.
ABRA, F. D.. VI Semana Integrada do Meio Ambiente de Bauru. 2005. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Lucas Vieira Santo. Análise do gerenciamento e manejo da fauna silvestre em rodovias concessionadas em operação no estado de São Paulo.. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gerenciamento Ambiental) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Orientador: Fernanda Delborgo Abra.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Tamiris Chacon Deajute. ANÁLISE DE MODELOS DE PASSAGENS DE FAUNA E CERCAS CONDUTORAS PARA ANIMAIS SILVESTRES EM RODOVIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Gestão Ambiental) - Universidade de São Paulo. Orientador: Fernanda Delborgo Abra.

2.
ANA PAULA SCIVITTARO CRUZ. ?O licenciamento ambiental de Rodovias e medidas de mitigação para fauna silvestre: uma ferramenta para conservação da biodiversidade? Estudo de caso do Trecho Norte do Rodoanel Mário Covas. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Gestão Ambiental) - Universidade de São Paulo. Orientador: Fernanda Delborgo Abra.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ABRA, F. D.; Williams, A. ; GRACE, M. . Avoiding the call of the wild. ITS International, p. 45 - 47, 01 jun. 2018.


Apresentações de Trabalho
1.
ABRA, F. D.. Medidas de mitigação para a fauna em empreendimentos lineares. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
ABRA, F. D.. ?Sustainable road infrastructure? Best practices to reducing wildlife-vehicle collisions'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
ABRA, F. D.. Efetividade de Passagens de Fauna em Empreendimentos Lineares. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
ABRA, F. D.. Colisão de Mamíferos em rodovias - Implicações para conservação da biodiversidade e a segurança do usuário. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
ABRA, F. D.. Ecologia de rodovias e a conservação da biodiversidade. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
ABRA, F. D.; MARCEL P. HUIJSER . 'Ecologia de Rodovias no Licenciamento Ambiental: boas lições ao redor do mundo e potenciais aplicações para as práticas de ecologia de rodovias para o Brasil. 2014. .


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ABRA, F. D.; Giacon, O. O ; Mandel, D. ; Cavassan, O. . A Fauna pede passagem. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

2.
ABRA, F. D.. Pesquisa da USP mostra importância das passagens de fauna nas rodovias. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ABRA, F. D.; FERRAZ, K. M. P. M. B. ; Romanini, P.H. . I Conferência Paulista de Ecologia e Transportes. 2014. (Congresso).

2.
ABRA, F. D.; FERRAZ, K. M. P. M. B. . II Conferência Paulista de Ecologia e Transportes. 2016. (Congresso).


Redes sociais, websites e blogs
1.
ABRA, F. D.. Encontro não marcado no Parque Nacional Torres del Paine. 2015; Tema: Felinos selvagens. (Site).

2.
ABRA, F. D.. Acampando com a minha mãe. 2015; Tema: Parque Nacional, lazer. (Site).

3.
ABRA, F. D.. Você estaria preparado caso sofresse um ataque de abelhas?. 2016; Tema: Segurança. (Site).

4.
ABRA, F. D.. Atropelamento de fauna: desastre ambiental fácil de evitar. 2014; Tema: Ecologia de rodovias. (Site).

5.
ABRA, F. D.; FERRAZ, K. M. P. M. B. ; SLVA, M. R. B. ; MARCEL P. HUIJSER . Empresa desenvolve sistema de detecção antiatropelamento animal. 2017; Tema: Sistema de deteção animal. (Site).

6.
ABRA, F. D.; SLVA, M. R. B. ; FERRAZ, K. M. P. M. B. ; MARCEL P. HUIJSER . Sistema de detecção de animais em rodovias evita acidentes e mortes na estrada... - Veja mais em https://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/tecnologia/2017/08/18/sistema-de-deteccao-de-animais-em-rodovias-evita-acidentes-e-mortes-na-estrada.htm?cmpid=copiaecola. 2017; Tema: Sistema de detecção animal. (Site).

7.
ABRA, F. D.. Montanhismo aos 60 ? e por quê não?. 2018; Tema: Montanhismo. (Blog).

8.
ABRA, F. D.. O futuro do boto-cor-de-rosa e as lições aprendidas na tragédia do Baiji. 2016; Tema: Conservação, Ecologia, Amazônia. (Site).



Outras informações relevantes


Prêmios e bolsas concedidas:
2010 -2012 CAPES (Mestrado USP)

Grant - Neotropical Grassland Conservancy (Equipamentos de campo)
Grant - Rufford Fundation (valor de 6 mil libras)

Membro do Tapir Specialist Group da IUCN (TSG/IUCN) desde 11/2017

Coordena o Grupo de atropelamentos dos Planos de Ação Nacionais dos canídeos ameaçados e grandes felinos pelo CENAP/ICMBio



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 10:14:07