Newman Di Carlo Caldeira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9074317192775745
  • Última atualização do currículo em 24/10/2018


Possui licenciatura e bacharelado em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde cursou o Mestrado em História Social pelo Programa de Pós-graduação em História Social (PPGHIS) e Doutorado em História no mesmo programa. Foi professor do curso de História da Universidade Gama Filho (UGF) e, atualmente, é professor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), campus do Pontal, onde desenvolve atividades ligadas ao Ensino, Pesquisa e Extensão. Em 2014, passou a contar com financiamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), por meio da aprovação de projeto de pequisa. Atualmente cursa o Pós-doutorado em História na Universidade de São Paulo (USP). Atua nas áreas de História da América e História do Brasil Império, com destaque para os seguintes temas: história da experiência de trabalho escravizado na América do Sul e de suas reverberações nas relações internacionais sul-americanas durante o século XIX. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Newman Di Carlo Caldeira
Nome em citações bibliográficas
CALDEIRA, N. C.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Uberlândia, Faculdade de Ciências Integradas do Pontal.
Rua Vinte, n. 1600
Tupã
38304402 - Ituiutaba, MG - Brasil
Telefone: (34) 32715232
URL da Homepage: http://www.facip.ufu.br


Formação acadêmica/titulação


2008 - 2012
Doutorado em História Social.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Horizontes de Esperança: fugas internacionais de escravos, solo livre e direito de propriedade nas fronteiras do Império do Brasil com a República da Bolívia (1830-1860), Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Juliana Beatriz Almeida de Souza.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: História do Brasil; História da América; Relações Internacionais; Escravidão.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Relações Internacionais.
Setores de atividade: Educação Superior; Educação.
2005 - 2007
Mestrado em História Social.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Nas Fronteiras da Incerteza: As Fugas Internacionais de Escravos no Relacionamento Diplomático do Império do Brasil com a República da Bolívia - 1825-1867.,Ano de Obtenção: 2007.
Orientador: Juliana Beatriz Almeida de Souza.
Palavras-chave: História do Brasil; História da América; Relações Internacionais; Escravidão.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da América / Especialidade: História Latino-Americana.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da América.
Setores de atividade: Educação Superior.
2009 interrompida
Especialização interrompida em 2009 em História das Relações Internacionais. (Carga Horária: 360h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: As relações internacionais do Império do Brasil com as repúblicas sul-americanas durante o século XIX: abordagens e perspectivas.
Ano de interrupção: 2009
2000 - 2004
Graduação em História.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Notas à Margem - Resistência, Autonomia e Fugas Escravas (séculos XVIII e XIX).
Orientador: Manolo Garcia Florentino.


Pós-doutorado


2018
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil Império.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da América Latina.


Formação Complementar


2010 - 2010
Textos manuscritos e impressos na Europa Moderna. (Carga horária: 12h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2009 - 2009
Cultura escrita e "literaturas", com R. Chartier. (Carga horária: 12h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2009 - 2009
Escravidão e pecuária no Rio Grande do Sul. (Carga horária: 4h).
IV Encontro Escavidão e Liberdade no Brasil meridional, IV EELBM, Brasil.
2006 - 2006
Interpretações do Brasil. (Carga horária: 16h).
Centro Cultural Banco do Brasil, CCBB, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto C-1, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Docente do curso de graduação (Licenciatura e Bacharelado) em História da UFU, campus do Pontal

Atividades

04/2017 - 04/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Integradas do Pontal, .

Cargo ou função
Membro da comissão de compras do curso de História - portaria do curso n. 02 de abril de 2017.
03/2017 - 04/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Integradas do Pontal, .

Cargo ou função
Membro da comissão de compras da FACIP - Portaria FACIP n. 25, de 30 de março de 2017.
06/2016 - 04/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Artes, Filosofia e Ciências Sociais, Faculdade de Ciências Integradas do Pontal - FACIP.

Cargo ou função
Membro docente do colegiado do curso de História da UFU, campus do Pontal.
08/2017 - 12/2017
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
GHS015 - História da América I
GHS019 - História da América II
GHS022 - História da América III
04/2017 - 08/2017
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
GHS011 - História Moderna II
GHS019 - História da América II
GHS028 - Trabalho de Conclusão de Curso I - (TCC I)
04/2017 - 05/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Integradas do Pontal, .

Cargo ou função
Membro da comissão eleitoral para eleição de representante docente do colegiado do curso de História - Portaria FACIP n. 30, de 20 de abril de 2017.
05/2015 - 04/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Artes, Filosofia e Ciências Sociais, Faculdade de Ciências Integradas do Pontal - FACIP.

Cargo ou função
Membro da comissão de compras do curso de História.
12/2016 - 02/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Integradas do Pontal, .

Cargo ou função
Membro da banca de elaboração e aplicação do exame de suficiência do discente Eduardo Marques do curso de História - Portaria FACIP n. 100, de 20 de dezembro de 2016.
08/2016 - 12/2016
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
GHS015 - História da América I
GHS022 - História da América III
GHS048 - Tópicos Especiais em História do Brasil (Brasil Império)
03/2016 - 07/2016
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
GHS019 - História da América II
GHS047 - Tópicos Especiais em História Cultural
05/2014 - 05/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Integradas do Pontal, .

Cargo ou função
Membro docente do colegiado do curso de História da UFU, campus do Pontal.
08/2015 - 12/2015
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
GHS015 - História da América I
GHS022 - História da América III
03/2015 - 07/2015
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
GHS019 - História da América II
GHS028 - Trabalho de Conclusão de Curso I
GHS048 - Tópicos Especiais em História do Brasil (Brasil Império)
10/2014 - 02/2015
Ensino, História - Licenciatura Ou Bacharelado, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
GHS015 - História da América I
GHS022 - História da América III
GHS028 - Trabalho de Conclusão de Curso I
10/2014 - 12/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Artes, Filosofia e Ciências Sociais, Faculdade de Ciências Integradas do Pontal - FACIP.

Cargo ou função
Membro da "comissão de reavaliação" da nota do curso de História da América II (GHS019), solicitada pelo discente Samuel Oliveira e Silva.
05/2014 - 11/2014
Extensão universitária , Faculdade de Ciências Integradas do Pontal, .

Atividade de extensão realizada
Tutor do Programa de Educação Tutorial (PET) do curso de História - (PET/institucional).
05/2014 - 08/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Integradas do Pontal, .

Cargo ou função
Presidente da banca de elaboração e aplicação do "Exame de Suficiência" da disciplina de América III do curso de graduação em História, requerido pela discente Tâmara Cláudia Coimbra.
04/2014 - 08/2014
Ensino, História - Licenciatura Ou Bacharelado, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
GHS 019 - História da América II
GHS 042 - História da América Latina Contemporânea

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Pós-doutorando, Enquadramento Funcional: Pós-doutorando, Carga horária: 12, Regime: Dedicação exclusiva.


Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8
Outras informações
Atuação como professor-bolsista da CAPES no Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (programa PARFOR) na Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Disciplina ministrada: Metodologia da História.

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8
Outras informações
Atuação como professor-bolsista da CAPES no Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (programa PARFOR) na Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Disciplina ministrada: Introdução aos Estudos Históricos.


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Discente autor, Enquadramento Funcional: Participação em Projeto de Pesquisa, Carga horária: 2
Outras informações
Pesquisa: De color quebrado. Pintura e mestiçagem na Nova Espanha do século XVIII.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estágio Docente realizado em América II, Carga horária: 4
Outras informações
Estágio-Docente realizado sob orientação da Professora Juliana Beatriz Almeida de Souza, na disciplina de História da América II. Entre as atividades desempenhadas ao longo do curso de graduação, propusemos o debate de textos e a realização de trabalhos complementares.

Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Discente Autor, Carga horária: 10

Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Projeto de final de curso de História, Carga horária: 8
Outras informações
Redação da monografia intitulado "Notas à margem: resistência, autonomia e fugas escravas (séculos XVIII e XIX)", sob orientação do Professor Manolo Garcia Florentino. No primeiro capítulo, procuramos analisar os primeiros registros das dissensões havidas entre os impérios espanhol e português durante o período colonial. Em princípio, ao analisarmos as experiências históricas de identidades em áreas de fronteira, precisamos lembrar que em um espaço de configurações e reconfigurações coloniais e pós-coloniais, diversos agentes históricos não se enquadravam nos projetos de colonização e povoamento formulados pelos europeus ou que notadamente se recusavam a ser incorporados pelos mesmos. No segundo capítulo, visamos recuperar certos aspectos da dimensão humana que foram empregados aos movimentos populacionais em áreas fronteiriças, considerando sua postura autônoma frente às imposições e restrições coloniais como um elemento motivador para a lógica das negociações ao longo do período colonial e, em especial, um importante paradigma que apontará os rumos para o contexto do pós-independência.


Universidade do Estado do Amazonas, UEA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor CAPES/PARFOR, Carga horária: 8
Outras informações
Atuação como professor-bolsista da CAPES no Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (programa PARFOR) na Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Professor da disciplina: Metodologia da História.

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor - CAPES/PARFOR, Carga horária: 8
Outras informações
Atuação como professor-bolsista da CAPES no Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (programa PARFOR) na Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Disciplina ministrada: Introdução aos Estudos Históricos.

Atividades

10/2014 - 10/2014
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da História
05/2014 - 05/2014
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução aos Estudos Históricos

Universidade Gama Filho, UGF, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2013
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Foi Professor/Pesquisador com projeto individual cadastrado no PIBIC-CNPq/UGF, contando com a concessão de duas bolsas CNPQ. O Professor fez parte do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do curso de História desde o primeiro semestre de 2010 até outubro de 2013

Atividades

02/2010 - 10/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Humanidades e Ciências Sociais, .

Cargo ou função
Membro do Conselho que forma o Núcleo Docente Estuturante (NDE) do curso de História.
04/2013 - 08/2013
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CSO 712 Turma 140 - História da América I
CSO 713 Turma 140 - Teoria da História
CSO 716 Turma 340 - História da América II
CSO 718 Turma 340 - História da América III
CSO 720 Turma 602 - Culturas Africanas
Ensino à distância - EAD 102 Turma 526 - Introdução aos Estudos Universitários
Ensino à distância - EAD 102 Turma 527 - Introdução aos Estudos Universitários
03/2013 - 03/2013
Ensino, Pós-graduação Lato Sensu em História do Brasil, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Disciplina ministrada: As relações escravistas e suas múltiplas possibilidades de análise
08/2012 - 12/2012
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CSO 468 Turma 641 - Teoria Geral do Estado (TGE)
CSO 516 Turma 140 - História Moderna II
CSO 582 Turma 101 - Culturas Africanas
CSO 716 Turma 101 - História da América II
CSO 730 Turma 101 - Métodos e Técnicas em História Cultural
CSO 935 Turma 301 - Projeto de Monografia (Bacharelado em História)
08/2012 - 12/2012
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CSO 468 Turma 641 - Teoria Geral do Estado (TGE)
03/2012 - 07/2012
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CSO 588 Turma 101 - História da América II
CSO 591 Turma 401 - História da América III
CSO 601 Turma 101 - Seminário de Pesquisa
CSO 730 Turma 401 - Métodos e Técnicas em História Cultural
CSO 928 Turma 140 - Oficina I de Licenciatura - Políticas Públicas, Educacionais e Culturais
CSO 930 Turma 101 - Ofcina III de Licenciatura - Aplicação de conceitos no Ensino de História
08/2011 - 12/2011
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CSO 588 Turma 340 - História da América II
CSO 601 Turma 101 - Seminário de Pesquisa
CSO 591 Turma 301 - História da América III
CSO 505 Turma 401 - Métodos e Técnicas em História Cultural
CSO 582 Turma 602 - Culturas Africanas
CSO 603 Turma 101 - Projeto de Monografia (Conclusão do Bacharelado)
09/2011 - 10/2011
Extensão universitária , Pró-Reitoria de Humanidades e Ciências Sociais, .

Atividade de extensão realizada
Docente do curso "Tópicos de atualização em História", com aula sobre " História da América".
04/2011 - 06/2011
Extensão universitária , Pró-Reitoria de Humanidades e Ciências Sociais, .

Atividade de extensão realizada
Docente do curso "História e Historiografia", com aula intitulada "A Historiografia sobre a História da América".
02/2011 - 06/2011
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CSO 531 Turma 401 - Métodos e Técnicas em História Social
CSO 534 Turma 440 - Métodos e Técnicas em História Cultural
CSO 591 Turma 301 - História da América III
CSO 705 Turma 602 - História do Brasil II - Brasil Império
CSO 911 Turma 602 - Oficina I de Licenciatura em História - Políticas Públicas, Educacionais e Culturais
CSO 935 Turma 301 - Projeto de Monografia (Conclusão do Bacharelado em História)
10/2010 - 12/2010
Extensão universitária , Pró-Reitoria de Humanidades e Ciências Sociais, .

Atividade de extensão realizada
Docente do curso "Métodos e Técnicas Pedagógicas", com aula intitulada: O ensino de História da África.
08/2010 - 12/2010
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CSO 505 Turma 301 - Tendências Historiográficas
CSO 523 Turma 301 - História da América III
CSO 531 Turma 401 - Métodos e Técnicas em História Social
CSO 534 Turma 440 - Métodos e Técnicas em História Cultural
CSO 916 Turma 101 - Oficina II de Licenciatura em História - Projetos Educacionais e Culturais
CSO 919 Turma 101 - Oficina V de Licenciatura em História: projeto de conclusão do curso de Licenciatura
02/2010 - 06/2010
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CSO 505 Turma 301 - Tendências Historiográficas
CSO 517 Turma 301 - História da América II
CSO 523 Turma 301 - História da América III
CSO 531 Turma 401 - Métodos e Técnicas em História Social
CSO 582 Turma 602 - Culturas Africanas
CSO 911 Turma 302 - Oficina I de Licenciatura - Políticas Públicas, Educacionais e Culturais
03/2010 - 05/2010
Extensão universitária , Pró-Reitoria de Humanidades e Ciências Sociais, .

Atividade de extensão realizada
Docente do curso "A História Hoje", com a aula: A contribuição de Michel de Certeau para o campo da História.
10/2009 - 12/2009
Extensão universitária , Pró-Reitoria de Humanidades e Ciências Sociais, .

Atividade de extensão realizada
Docente do curso "História da Religião e da Religiosidade", com a aula: Religiosidade na América colonial.
08/2009 - 12/2009
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CSO 582 Turma 601 - Culturas Africanas
CSO 517 Turma 301 - História da América II
CSO 523 Turma 140 - História da América III
CSO 911 Turma 641 - Oficina I de Licenciatura - Políticas Públicas, Educacionais e Culturais
CSO 520 Turma 140 - Tópicos Especiais de Epistemologia da História
CSO 924 Turma 340 - Estágio IV - Orientação de Estágio em História

Organização Internacional do Trabalho, OIT, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Colaborador Externo, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 10
Outras informações
Realização de pesquisa externa no acervo do arquivo do Itamaraty/RJ.


University of Hull, HUB, Inglaterra.
Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20


Ministério das Relações Exteriores - DF, MRE, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2005
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20

Atividades

11/2003 - 03/2005
Estágios , Arquivo Histórico do Itamaraty, Palácio Itamaraty Rio de Janeiro.

Estágio realizado
Pesquisas institucionais e atendimento aos pesquisadores externos.

Fundação Alexandre de Gusmão, FUNAG*, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2003
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20

Atividades

10/2001 - 10/2003
Estágios , Centro de História e Documentação Diplomática, Palácio do Itamaraty Rio de Janeiro.

Estágio realizado
Pesquisa e transcrição de documentos de cunho diplomático.


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Cativos do além-fronteiras: as movimentações internacionais de fuga dos escravos brasileiros em direção à Bolívia (1830-1860)
Descrição: Na América do Sul, os Estados-nação que se formaram na primeira metade do século XIX enfrentaram processos de independência cujos resultados foram distintos do Brasil, especialmente no que se refere à forma de governo que a maior parte dos demais Estados adotou. As disputas em torno dos projetos políticos que cada elite dirigente buscava afirmar, em sua respectiva área de influência, produziram, mesmo que de maneira indireta, reflexos sentidos em outros contextos. Neste sentido, este trabalho tenciona analisar outra diferença entre o Império do Brasil e os demais Estados sul-americanos, qual seja, os casos de abolição dos regimes de trabalho escravo nos Estados limítrofes e suas conseqüências para os proprietários brasileiros assentados principalmente em regiões de fronteira. Na América do Sul, apesar dos poucos estudos sobre as fugas internacionais de escravos, tais movimentações foram mais comuns do que se pensa e despertaram o interesse dos representantes do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Império brasileiro, que, em suas tentativas de repatriar os escravos fugidos, esbarraram na falta de convenções ou tratados específicos sobre extradição. Tencionamos discutir a forma como o trânsito de escravos na região Centro-Oeste do Império do Brasil em direção à Bolívia possibilitou que a condição jurídica dos mesmos variasse de acordo com o local em que se encontrassem, residissem ou houvessem nascido. A principal meta será demonstrar que as movimentações internacionais de fuga permitiram que os cativos modificassem suas condições legais à revelia da vontade de seus senhores e/ou das forças do governo brasileiro responsáveis pela manutenção da ordem social (e preservação da propriedade privada). Este objetivo tenciona se alinhar ao esforço presente no debate historiográfico brasileiro, mais facilmente percebido a partir da década de 1980, de recuperar a historicidade de sujeitos históricos que já foram considerados como agências incapazes de promover ações que contrariassem a reprodução do regime de trabalho escravo. Da reificação ou anomia, presentes nas interpretações escritas entre as décadas de 1930 a 1970, pretendemos mostrar os cativos com sujeitos ativos, que instrumentalizavam inclusive as linhas de fronteira internacional a partir de alguma noção a respeito do princípio jurídico de territorialidade dos delitos. Se no Brasil eram considerados ladrões por roubarem o capital imobilizado pelos senhores no ato de compra, no território de destino passavam a estar sujeitos às leis de outro Estado..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Diplomacia e escravidão: o debate acerca da validade do ?princípio de liberdade? no relacionamento do Império do Brasil com a República da Bolívia (1825-1870)
Descrição: Este projeto pretende mapear as fugas ocorridas, principalmente, da província de Mato Grosso para a República da Bolívia. Neste sentido, pretendemos verificar se houve casos de extradição dos cativos asilados a pedido dos representantes brasileiros ou se o governo boliviano fez valer o princípio jurídico do Free Soil..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Newman Di Carlo Caldeira - Coordenador / Jefferson Tenório Barroso - Integrante / Mariana dos Santos Zignago Melo - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 2
2010 - 2012
Escravidão e Fronteiras: as fugas internacionais de escravos brasileiros para a Bolívia (1825-1860)
Descrição: Este projeto se propõe a estudar as relações internacionais do Império do Brasil à luz de suas negociações diplomáticas com os países limítrofes, especialmente com a República da Bolívia, que passou a conceder asilo territorial aos cativos oriundos da província de Mato Grosso após a adoção do princípio jurídico conhecido como ?solo livre?. Neste sentido, precisamos considerar que se ?o território criava direitos, precisar a noção de escravidão nesse período implicava reconhecer os limites da própria legitimidade jurídica, estabelecida pelo Estado moderno independente e pelos conceitos de nação, territorialidade e cidadania a ele atribuídos?. Na tentativa de compreender os debates diplomáticos promovidos pela falta de regulamentação jurídica da propriedade escrava no subsistema andino, escolhemos os marcos temporais de 1825 e 1860. Este período abrange tanto a década que marcou o início das negociações diplomáticas que visavam ajustar tratados sobre amizade, limites territoriais, navegação fluvial, comércio e extradição do Império do Brasil com os países sul-americanos, quanto o final do processo de negociação ocorrido com a assinatura dos tratados, troca de ratificações e, posteriormente, troca das notas reversais, que cumpriam a função de uniformizar o entendimento a respeito das cláusulas ajustadas. Objetivo: O objetivo principal do trabalho será demonstrar o desenvolvimento dos processos de legitimação e defesa da propriedade escrava na América do Sul, bem como analisar a argumentação desenvolvida pelos representantes brasileiros nas negociações que conjugavam ajustes de fronteira, comércio e navegação fluvial, com as tentativas de repatriar os prófugos escravos. Resultados esperados: Ajudar a formar futuros pesquisadores a partir do contato dos dois bolsistas com as fontes primárias depositadas no Arquivo Nacional e no Arquivo Histórico do Itamaraty..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Newman Di Carlo Caldeira - Coordenador / Jefferson Tenório Barroso - Integrante / Priscila Alves de Almeida - Integrante.Financiador(es): Universidade Gama Filho - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2008 - 2012
Horizontes de esperança: fugas internacionais de escravos, solo livre e direito de propriedade nas fronteiras do Império do Brasil com a República da Bolívia (1830-1860)
Descrição: Projeto de doutoramento em História desenvolvido no PPGHIS/UFRJ. Resumo: A fronteira é o grande tema deste estudo. Fronteiras que serviam como ponto de partida para que alguns indivíduos imaginassem condições de vida e trabalho melhores, mas, que, invariavelmente, também delimitavam o predomínio jurídico dos Estados-nação. Se muito já foi falado sobre temas relativos à fronteira, o conjunto de assuntos e possibilidades de análise ainda parecem fornecer objetos pouco trabalhados, especialmente quando adotamos a perspectiva de relacionar as histórias do Império do Brasil e da República da Bolívia em parte do século XIX. Neste sentido, a fronteira será tratada como um elemento capaz de facultar a realização de expectativas que entrariam em choque com as tentativas de controle dos agentes do Estado imperial, por exemplo. As movimentações de transposição das linhas de fronteira internacional pelos cativos brasileiros que fugiam em direção ao território boliviano serão tomadas como ponto de partida para a realização de uma análise acerca dos debates diplomáticos motivados pela ausência de tratados e/ou convenções específicas sobre extradição/repatriação. Em relação à Bolívia, o trabalho também procura refletir sobre as chamadas fronteiras ?internas?, ou seja, sobre as limitações institucionalizadas pelas matérias legais e constitucionais à participação da maior parte da sociedade durante o século XIX. Da mesma forma, a fronteira também pode ser vista como a face mais dinâmica de um mundo que se transformava rapidamente, como no caso dos critérios que asseguravam a ?legitimidade? ou a ?ilegalidade? de determinadas práticas sociais. Neste contexto, a existência e aplicação de princípios como territorialidade e soberania alimentavam a esperança de alguns agentes sociais de modificar suas condições legais a partir da instrumentalização de leis, decretos e constituições. Este, sem dúvida foi o caso da cativa ?argentina? Ignacia Gauna, que depois de ter sido levada para a Bolívia por seu amo, recorreu.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Newman Di Carlo Caldeira - Coordenador.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 1
2005 - 2007
Nas Fronteiras da Incerteza: as fugas internacionais de escravos no relacionamento diplomático do Império do Brasil com a República da Bolívia (1825-1867)
Descrição: Projeto de Mestrado realizado no PPGHIS/UFRJ, entre os anos de 2005 e 2007. Resumo: Ao longo do século XIX, os países sul-americanos enfrentaram processos de independência política e o Brasil alcançou resultados distintos, no que se refere à abolição do regime de trabalho escravo. O objetivo principal deste trabalho é demonstrar o desenvolvimento dos processos de legitimação e defesa da propriedade escrava na América do Sul, bem como analisar a argumentação desenvolvida pelos representantes do Império brasileiro nas negociações diplomáticas que conjugavam ajustes de fronteira, comércio e navegação fluvial, com as tentativas de repatriar os prófugos escravos, pelo exame da correspondência oficial que trata das fugas ocorridas da província de Mato Grosso para o território da República da Bolívia. Na América do Sul, apesar dos poucos estudos sobre as fugas internacionais de escravos, tais movimentações foram mais comuns do que se pensa e despertaram o interesse dos representantes brasileiros que, em suas tentativas de obter a devolução dos escravos fugidos, esbarravam na falta de convenções ou tratados específicos sobre extradição. Objetivos: Demonstrar a existência de uma movimentação de fuga internacional de cativos brasileiros para a Bolívia..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Newman Di Carlo Caldeira - Coordenador.
2004 - 2004
Notas à margem: resistência, autonomia e fugas escravas (séculos XVIII e XIX)
Descrição: Projeto que deu origem à monografia de bacharelado em História, realizada sob orientação do professor Manolo Garcia Florentino.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Newman Di Carlo Caldeira - Integrante / Manolo Garcia Florentino - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2001 - 2004
The Transatlantic Slave Trade: a Dataset on CD-ROM, coordenado no Brasil pelo Professor Manolo Garcia Florentino do Departamento de História da UFRJ
Descrição: Mapear em arquivos públicos brasileiros navios que tenham feito a travessia do Oceano Atlântico com a finalidade de comercializar aguardente e fazendas provenientes do Brasil por escravos negros em portos africanos. A intenção do projeto era também fazer uma estimativa da quantidade de africanos escravizados que entraram no Brasil..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2014 - 2014
Projeto relativo ao Programa de Educação Tutorial (UFU - PET/História) - PET institucional
Descrição: O projeto tenciona desenvolver - junto aos alunos - atividades ligadas ao Ensino, Extensão e Pesquisa. Para tanto, pensamos em um projeto amplo que incluísse grupos de estudos dirigidos, com leituras de textos de cunho teóricos; oficinas de História, por meio das quais os alunos teriam contato com fontes primárias; ciclos de debate sobre o campo metodológico no Ensino de História; Cine-Ensino, com a proposição de filmes seguidos de debates com professores convidados; intervenções no curso pré-vestibular comunitário existente no campus da instituição; Cine-Escola, estimulando a integração entre a universidade e as escolas do entorno da instituição; realização de palestras; visitas técnicas ao Museu do Índio, localizado em Uberlândia, e ao acervo do Arquivo Histórico de Uberaba; oficina de documentários; participação dos discentes em pesquisas coletivas e individuais; e, apresentação de trabalhos em eventos acadêmicos..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (9) .
Integrantes: Newman Di Carlo Caldeira - Coordenador.Financiador(es): Pro-Reitoria de Graduacao (PROGRAD) - UFU - Bolsa.


Membro de corpo editorial


2015 - Atual
Periódico: Marupiara
2011 - 2013
Periódico: Revista Oficina: Revista do Departamento de História da UGF


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da América.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil Império.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Relações Internacionais.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2014
1° lugar no concurso público de seleção de tutor presencial para atuar no curso de lienciatura em História do CEDERJ - área: História da América, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).
2013
1º lugar no concurso público docente da área de História da América da UFU, Universidade Federal de Uberlândia.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
Newman di Carlo Caldeira  Data: 18/04/2009

Artigos completos publicados em periódicos

1.
CALDEIRA, N. C.2014CALDEIRA, N. C.. Os casos de fuga internacional de escravos e a atuação da chancelaria brasileira: as negociações com a República da Bolívia entre 1829 e 1870. Revista Eletrônica da ANPHLAC, v. 15, p. 37-78, 2014.

2.
CALDEIRA, N. C.2010CALDEIRA, N. C.; BOSISIO, Rafael de Almeida Daltro ; KOZLOWSKY, C. . Liberdade sem fronteiras: entre 1825 e 1867 ir para a Bolívia foi um caminho de esperança para alguns escravos. Revista de História (Rio de Janeiro), v. 61, p. 40-43, 2010.

3.
CALDEIRA, N. C.2010CALDEIRA, N. C.. À margem da diplomacia: fugas internacionais de escravos do Brasil em direção à Bolívia (1822-1867). Outros Tempos, v. 8, p. 146-162, 2010.

4.
BOSISIO, Rafael de Almeida Daltro2010BOSISIO, Rafael de Almeida Daltro ; CALDEIRA, N. C. . O Amor da Glória: Um Hino Historiográfico de Joaquim Manuel de Macedo. Revista Alpha, v. 11, p. 41-48, 2010.

5.
CALDEIRA, N. C.2009CALDEIRA, N. C.. Fronteira negra: as fugas internacionais de escravos do Império do Brasil para a República da Bolívia (1825-1867. IberoamericaGlobal, v. 2, p. 159-172, 2009.

6.
CALDEIRA, N. C.2009CALDEIRA, N. C.. À procura da liberdade: fugas internacionais de escravos negros na fronteira oeste do Império do Brasil (1822-1867). Nuevo Mundo-Mundos Nuevos, v. 2, p. 1-12, 2009.

7.
CALDEIRA, N. C.2009CALDEIRA, N. C.. Brasil e Bolívia: fugas internacionais de escravos, navegação fluvial e ajustes de fronteira (1822-1867). Revista Fronteiras, v. 11, p. 249-272, 2009.

Capítulos de livros publicados
1.
CALDEIRA, N. C.. Cativos asilados: direito de propriedade, liberdade e condição legal nas relações diplomáticas do Império do Brasil com a República da Bolívia, 1829-1867. In: María Verónica Secreto; Flávio dos Santos Gomes. (Org.). Territórios ao Sul: escravidão, escritas e fronteiras coloniais e pós-coloniais na América. 1ed.Rio de Janeiro: 7 Letras, 2017, v. 1, p. 115-141.

2.
CALDEIRA, N. C.. Fronteiras e diplomacia: fugas internacionais de escravos, navegação fluvial e o ajuste das linhas divisórias entre o Império do Brasil e a República da Bolívia (1822-1867). In: SCHEIDT, E.; ARAÚJO, E.; SAN JUAN, L. G.; RODRIGUES, F.. (Org.). Integração na América Latina: a história, a economia e o direito. 1ed.Jundiaí: Paco Editorial, 2011, v. 1, p. 1-259.

3.
CALDEIRA, N. C.. A ?política de banquetes? de Rui em Haia (1907). In: Carlos Ernesto Cabral de Mello. (Org.). A mesa e a diplomacia brasileira: o pão e o vinho da concórdia. 1ed.São Paulo: Editora de Cultura, 2008, v. , p. 237-247.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CALDEIRA, N. C.. Entre a diplomacia e a escravidão: as fugas internacionais de escravos no relacionamento do Império do Brasil com a República da Bolívia (1832-1870). Boletim de História Demográfica - BHD, São Paulo, 15 nov. 2008.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CALDEIRA, N. C.. O pleito da cativa Ignacia Gauna e as ambiguidades do processo de abolição do regime de trabalho escravo na Bolívia (1825-1851). In: II Simpósio Internacional ?Pensar e Repensar a América Latina?, 2016, São Paulo. Anais do II Simpósio Internacional Pensar e Repensar a América Latina - PROLAM/USP. São Paulo: Editora da USP, 2016. v. 1. p. 1-11.

2.
CALDEIRA, N. C.. Fugas e travessias: os escravos brasileiros e a fronteira com a Bolívia. In: III Semana de História do Pontal - FACIP/UFU, 2015, Ituiutaba/MG. Anais da III Semana de História do Pontal - FACIP/UFU. Uberlândia: Editora da UFU, 2015. v. 1. p. 1-123.

3.
CALDEIRA, N. C.. Travessias, fugas e fronteiras: as movimentações internacionais de fuga dos escravos brasileiros em direção à Bolívia. In: X Semana de História Política da UERJ, 2015, Rio de Janeiro. Anais da X Semana de História Política da UERJ: minorias étnicas, de gênero e religiosas. Rio de Janeiro: Editora da UERJ, 2015. v. 1. p. 2238-2247.

4.
CALDEIRA, N. C.. Fugas internacionais de escravos: a possibilidade de obtenção da liberdade no além-fronteiras, o caso das negociações diplomáticas entre Brasil e Bolívia (1829-1867). In: XVI Encontro Regional de História: saberes e práticas científicas, 2014, Rio de Janeiro. Anais do XVI Encontro Regional de História da ANPUH/Rio: saberes e práticas científicas. Rio de Janeiro: Editora da ANPUH/Rio, 2014. v. 1. p. 1-780.

5.
CALDEIRA, N. C.. Em busca da liberdade: a demanda judicial da cativa Ignacia Gauna contra seu amo na cidade de Sucre. In: XI Encontro Internacional da ANPHLAC, 2014, Niterói. Anais do Encontro Internacional da Associação Nacional de Pesquisadores de História das Américas. Niterói: Editora da UFF, 2014. v. 1. p. 1-1200.

6.
CALDEIRA, N. C.. Liberdade em disputa: o exame da 'ação de liberdade' da cativa Ignacia Gauna (Sucre - 1844-1849). In: XV Encontro Regional de História - ANPUH-Rio - Ofício do Historiador: Ensino e Pesquisa, 2012, São Gonçalo. Anais do XV Encontro Regional de História da ANPUH-Rio, 2012.

7.
CALDEIRA, N. C.. Disputa por liberdade: o caso da ação de liberdade de Ignacia Gauna (Sucre, 1844-1849). In: VII Semana de História Política da UERJ/IV Seminário Nacional de História, 2012, Rio de Janeiro. Anais do VII Semana de História Política da UERJ/IV Seminário Nacional de História. Rio de Janeiro: Editora da UERJ, 2012.

8.
CALDEIRA, N. C.. A possibilidade de mudança de condição legal a partir de ações de "Nulidad de contrato de esclavitud" na Bolívia: o caso de Ignacia Gauna (1844-1849). In: VIII Simpósio de História da UNIVERSO - Estado, poder e violência, 2011, São Gonçalo. Anais do VIII Simpósio de História da UNIVERSO: Estado, Poder e Violência, 2011.

9.
CALDEIRA, N. C.. O debate jurídico acerca da condição legal de Ignácia Gauna na cidade de Sucre (1844-1849). In: VI Fórum de Debates Povos e Culturas das Américas - NUCLEAS, 2011, Rio de Janeiro. Anais do VI Fórum de Debates Povos e Culturas das Américas - NUCLEAS. Rio de Janeiro: NUCLEAS - UERJ, 2011.

10.
CALDEIRA, N. C.. A abolição do regime de trabalho escravo e as ações de liberdade na Bolívia (1825-1851). In: IV Seminário de Pós-graduandos em História Social da UNIRIO, 2011, Rio de Janeiro. Anais do IV Seminário de Pós-graduandos em Histórioa Social da UNIRIO, 2011.

11.
CALDEIRA, N. C.. As relações diplomáticas na América do Sul: o caso brasileiro-boliviano (século XIX). In: XIV Encontro Regional de História da Anpuh-Rio: memória e patrimônio, 2010, Rio de Janeiro. Anais do XIV Encontro Regional de História da Anpuh-Rio: memória e patrimônio, 2010.

12.
CALDEIRA, N. C.. Escravos em fuga: as tentativas de obtenção da extradição dos cativos fugitivos nas negociações internacionais do Brasil, 1825-1860. In: III Seminário Nacional de Pós-graduandos da UNIRIO - Historiografia e Instituições: caminhos possíveis de investigação, 2010, Rio de Janeiro. Anais do III Seminário Nacional de Pós-graduandos da UNIRIO, 2010.

13.
CALDEIRA, N. C.. Escravidão negra em regiões de fronteira internacional: o caso da província de Mato Grosso (1825-1870). In: IV Encontro Escravidão e Liberdade no Brasil Meridional, 2009, Curitiba. Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: Apicuri, 2009. v. 1. p. 1-158.

14.
CALDEIRA, N. C.. À procura da liberdade: fugas internacionais de escravos negros na fronteira oeste do Império do Brasil. In: VI Simpósio de História da UNIVERSO: Revoluções, Repúblicas e Utopias, 2009, São Gonçalo. Anais do VI Simpósio de História: Revoluções, Repúblicas e Utopias, 2009.

15.
CALDEIRA, N. C.. Buscando a liberdade: fugas internacionais de escravos na fronteira oeste do Império do Brasil (1829-1870). In: XXV Simpósio Nacional de História: história e ética, 2009, Fortaleza. Anais e caderno de resumos do XXV Simpósio Nacional de História: história e ética. Fortaleza: Editora, 2009. v. 1. p. 1-505.

16.
BOSISIO, Rafael de Almeida Daltro ; CALDEIRA, N. C. . "O amor da Glória": Joaquim Manuel de Macedo no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. In: 3º Seminário Nacional de História da Historiografia: aprender com a História?, 2009, Mariana/MG. Caderno de Resumos, 2009.

17.
CALDEIRA, N. C.. A razão de Estado e os interesses nacionais através do debate diplomático do Império do Brasil com os países sul-americanos (1822-1889). In: IV Semana de História Política, 2009, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos (Semana de História Política, Seminário Nacional de História Política). Rio de Janeiro: UERJ, 2009. v. 1. p. 1-106.

18.
CALDEIRA, N. C.. Os escravos brasileiros na "Terra da Liberdade": fugas internacionais de cativos em direção à Bolívia. In: IV Jornada de Estudos Históricos do PPGHIS, 2009, Rio de Janeiro. Anais da IV Jornada de Estudos Históricos do PPGHIS. Rio de Janeiro, 2009. v. 1. p. 1-90.

19.
CALDEIRA, N. C.. Fugas internacionais de escravos negros do Brasil para Bolívia: diplomacia, debate jurídico e dissensoes entre os países (1829-1870). In: V Encuentro Latinoamericano de Estudiantes de Historia, 2009, La Paz. Actas del V Encuentro Latinoamericano de Estudiantes de Historia. La Paz, 2009.

20.
CALDEIRA, N. C.. Diplomacia e escravidão: as disputas em torno da validade do "princípio de liberdade" no relacionamento do Império do Brasil com a República da Bolívia (1829-1870). In: XIII Encontro de História - Anpuh Rio - Identidades, 2008, Seropédica. Caderno de resumos. Rio de Janeiro: Armazém das Letras, 2008.

21.
CALDEIRA, N. C.. As fugas internacionais de escravos no relacionamento diplomático do Império do Brasil com a República da Bolívia (1829-1867): notas de pesquisa. In: III Semana da História Política da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2008, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos, 2008.

22.
CALDEIRA, N. C.. Escravidão Negra na Fronteira do Império do Brasil com a República da Bolívia: fugas internacionais e ameaça ao direito de propriedade (1830-1870). In: III Simpósio de Política e Cultura: relações de poder e práticas culturais, 2008, Vassouras. Simpósios de Política e Cultura. Vassouras, 2008.

23.
CALDEIRA, N. C.. As fugas internacionais de escravos: o debate diplomático entre o Império do Brasil e a República da Bolívia (1825-1870). In: Seminário Nacional de História da Historiografia: historiografia brasileira e modernidade, 2007, Mariana. Anais do I Seminário Nacional de História da Historiografia: historiografia brasileira e modernidade. Ouro Preto: EDUFOP, 2007.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CALDEIRA, N. C.. O princípio de territorialidade nas relações diplomáticas de Brasil e Bolívia: fronteiras, escravizações e ajustes relativos à navegação dos rios interiores (1829-1870). In: XIII Encontro Internacional da ANPHLAC, 2018, Mariana/MG. Programação e Caderno de resumos do XIII Encontro Internacional da ANPHLAC. Mariana: Editora da UFOP, 2018. v. 1. p. 110-110.

2.
CALDEIRA, N. C.. ?Por notícias vindas do Rio de Janeiro?: a circulação de ideias, os movimentos migratórios e a possibilidade de modificação da condição legal dos indivíduos. In: XXIX Simpósio Nacional de História - ANPUH, 2017, Brasília. CADERNO DE RESUMOS DO XXIX SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA Contra os preconceitos: História e Democracia.. Brasília: Editora da UnB, 2017. v. 1. p. 1239-1240.

3.
CALDEIRA, N. C.. Entre a previsão legal e as práticas sociais: a permanência da instituição escravista em solo boliviano (1825-1851). In: V Semana de História do Pontal/IV Encontro de Ensino de História, 2017, Ituiutaba. Caderno de resumos da V Semana de História do Pontal / IV Encontro de Ensino de História. Uberlândia: Caderno de resumos da V Semana de História do Pontal, 2017. v. 1. p. 1-1.

4.
CALDEIRA, N. C.. O pleito da cativa Ignácia Gauna e as ambiguidades do processo de abolição do regime de trabalho escravo na Bolívia (1825-1851). In: II Simpósio Internacional ?Pensar e Repensar a América Latina?, 2016, São Paulo. Caderno de Resumos. São Paulo: Editora da USP, 2016. v. 1. p. 1-473.

5.
CALDEIRA, N. C.. Travessias, fugas e fronteiras: as movimentações internacionais de fuga dos escravos brasileiros em direção à Bolívia. In: X Semana de História Política da UERJ, 2015, Rio de Janeiro. Caderno de resumos da X Semana de História Política da UERJ, 2015. v. 1. p. 349-350.

6.
CALDEIRA, N. C.. Fugas e fronteiras: os escravos brasileiros e a fronteira com a Bolívia. In: III Semana de História do Pontal - FACIP/UFU, 2015, Ituiutaba. Anais da III Semana de História do Pontal. Ituiutaba: EDUFU, 2015. v. 1. p. 1-64.

7.
CALDEIRA, N. C.. Fugas internacionais de escravos: a possibilidade de obtenção da liberdade no além-fronteiras, o caso das negociações diplomáticas entre Brasil e Bolívia (1829-1867). In: XVI Encontro Regional de História: saberes e práticas científicas, 2014, Rio de Janeiro. Caderno de resumos do XVI Encontro Regional de História: saberes e práticas científicas. Rio de Janeiro: Editora da ANPUH/Rio, 2014. v. 1. p. 1-780.

8.
CALDEIRA, N. C.. Em busca da liberdade: a demanda judicial da cativa Ignacia Gauna contra seu amo na cidade de Sucre. In: XI Encontro Internacional da ANPHLAC, 2014, Niterói. Caderno de resumos da ANPHLAC. Niterói: EdUFF, 2014. v. 1. p. 1-176.

9.
CALDEIRA, N. C.. Liberdade em disputa: uma análise da demanda judicial da cativa Ignacia Gauna em Sucre/Bolívia. In: IX Semana de História Política e VI Seminário Nacional de História Política, Cultura e Sociedade, 2014, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos da IX Semana de História Política e VI Seminário Nacional de História Política, Cultura e Sociedade. Rio de Janeiro: Editora da UERJ, 2014. v. 1. p. 360-361.

10.
CALDEIRA, N. C.. Brasil versus Bolívia: o debate diplomático promovido pela definição da condição jurídica dos cativos fugitivos, 1829-1867. In: VIII Semana de História Política da UERJ, 2013, Rio de Janeiro. Anais da VIII Semana de História Política da UERJ. Rio de Janeiro: Editora da UERJ, 2013. v. 1. p. 216-217.

11.
CALDEIRA, N. C.. Entre o cativeiro e a liberdade: uma análise acerca do pleito da cativa Ignacia Gauna (Sucre/Bolívia, 1844-1849). In: V Simpósio de Política e Cultura: culturas políticas e práticas sociais, 2012, Vassouras. Anais do V Simpósio de Plítica e Cultura: culturas políticas e práticas sociais, 2012.

12.
CALDEIRA, N. C.. Disputa por liberdade: o caso da 'ação de liberdade' da cativa Ignacia Gauna (Sucre, 1844-1849). In: VII Semana de História Política da UERJ/IV Seminário Nacional de História, 2012, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: UERJ, 2012. v. 1. p. 1-1212.

13.
CALDEIRA, N. C.. Ações de liberdade na Bolívia: o caso de Ignacia Gauna (1844-1849). In: VI Semana de História Política da UERJ, 2011, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos (Semana de História Política, Seminário Nacional de História Política). Rio de Janeiro: Editora da UERJ, 2011. v. 1. p. 1-137.

14.
CALDEIRA, N. C.; BOSISIO, Rafael de Almeida Daltro . Rumo à Terra da Liberdade: uma investigação acerca da condição jurídica dos cativos asilados na Bolívia (1845). In: II Congresso Internacional do NUCLEAS, 2010, Rio de Janeiro. Anais do II Congresso Internacional do NUCLEAS. Rio de Janeiro: Editora da UERJ, 2010. v. 1. p. 1-300.

15.
CALDEIRA, N. C.. Fugas internacionais de escravos: o caso da fronteira de Mato Grosso (1845). In: V Semana de História Política da UERJ, 2010, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos (Semana de História Política, Seminário Nacional de História Política). Rio de Janeiro: Editora da UERJ, 2010. p. 1-90.

16.
CALDEIRA, N. C.. Escravos ou homens livres: as conseqüências das movimentações de fuga no além-fronteiras (Pará, Mato Grosso - 1845). In: IV Simpósio de Política e Cultura: diálogos e interfaces, 2010, Vassouras. Simpósios de Política e Cultura da USS, 2010.

17.
CALDEIRA, N. C.; ANTUNES, Guilherme . Travessias e fronteiras: fugas internacionais de escravos, navegação fluvial e fronteira internacional de Brasil e Bolívia (1822-1867). In: II Congreso Internacional Ciencias, Tecnologías y Culturas. Diálogo entre las disciplinas del conocimiento. Mirando al futuro de América Latina y el Caribe, 2010, Santiago. Resumenes Simposio nº 14, 2010.

18.
CALDEIRA, N. C.; BOSISIO, Rafael de Almeida Daltro . Uma reflexão sobre "História da África" e os africanos: uma lacuna a ser preenchida nos currículos acadêmico e escolar. In: VI Encontro Estadual de Ensino de História. O ensino de História hoje: questões e possibilidades, 2009, São Gonçalo. Anais do VI Encontro Estadual de Ensino de História, 2009.

19.
CALDEIRA, N. C.. Diplomacia e Escravidão: As Fugas Internacionais de Escravos Brasileiros para a República da Bolívia (1832-1867). In: Diálogos e Aproximações: Seminário de Pesquisa da Pós-Graduação em História da UFRJ, 2008, Rio de Janeiro. Anais Eletrônicos do Seminário de Pesquisa da Pós-Graduação em História da UFRJ - Diálogos e Aproximações. Rio de Janeiro: Alexandre Santos de Moraes, 2008. p. 01-1911.

20.
CALDEIRA, N. C.. Fragmentos de uma história por fazer: as fugas internacionais de escravos nas fronteiras do Império do Brasil em direção à República da Bolívia, 1829-1870. In: VIII Encontro Internacional da ANPHLAC, 2008, Vitória. Programação e Caderno de Resumos. Vitória, 2008.

21.
CALDEIRA, N. C.. Nas Franjas do Império: a Esperança de Liberdade na Fronteira do Império do Brasil com a República da Bolívia (1825-1867). In: V Simpósio de História da UNIVERSO - Nação, Identidade e Território, 2008, São Gonçalo. V Simpósio de História da UNIVERSO - Nação, Identidade e Território, 2008.

22.
CALDEIRA, N. C.. Fugas Internacionais de Escravos do Brasil para Bolívia: a Concessão do Asilo Territorial com Base no Princípio de Território Livre (1832-1867). In: I Congresso Internacional de Estudos das Américas, 2008, Rio de Janeiro. I Congresso Internacional de Estudos das Américas - Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: UERJ IFCH Nucleas, 2008. v. 1. p. 1-285.

23.
CALDEIRA, N. C.. Fugas para Bolívia: o asilo territorial concedido aos cativos brasileiros (1825-1832). In: I Seminário Nacional de Pós-graduandos em História das Instituições: Instituições, Cultura e Poder, 2008, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos do I Seminário Nacional de Pós-graduandos em História das Instituições: Instituições, Cultura e Poder. Rio de Janeiro: NUMEM, 2008.

24.
CALDEIRA, N. C.. As fugas internacionais de escravos no relacionamento diplomático do Império do Brasil com a República da Bolívia (1829-1867): notas de pesquisa. In: III Semana de História Política da UERJ, 2008, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: UERJ, 2008. v. 1. p. 1-659.

25.
CALDEIRA, N. C.. Fugidos para Bolívia: Propriedade Escrava no Relacionamento Político do Império Brasileiro com a República da Bolívia - 1825-1867. In: Usos do Passado - XII Encontro Regional de História, 2006, Niterói. Caderno de Resumos do XII Encontro Regional de História, 2006.

26.
CALDEIRA, N. C.. Meio-Homem, meio-escravo: prófugos escravos e a assunção de uma cidadania marginal na fronteira entre o Mato Grosso e a Bolívia (1825-1864). In: XXVI Jornada de Iniciação Científica, Artística e Cultural da UFRJ, 2004, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos. Rio de Janeiro, 2004.

Apresentações de Trabalho
1.
CALDEIRA, N. C.. As movimentações internacionais de fuga das pessoas escravizadas e as possibilidades de modificação da condição legal durante o século XIX: as travessias entre o Brasil e a Bolívia. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
CALDEIRA, N. C.; PRADO, G. ; ARAUJO, C. E. M. . História Política: as possibilidades de abordagem qualitativa e quantitativa a partir da utilização de fontes diplomáticas e do cruzamento de diversas tipologias documentais no século XIX. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
CALDEIRA, N. C.. Os caminhos historiográficos do caudilhismo na América Latina. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
CALDEIRA, N. C.. O processo de abolição do regime de trabalho escravo na Bolívia e sua relação com o Brasil (1825-1851). 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
CALDEIRA, N. C.; BOSISIO, Rafael de Almeida Daltro . O gênero epidíctico em Joaquim Manuel de Macedo no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
CALDEIRA, N. C.. A cativa Ignacia Gauna e o processo de abolição da escravidão na Bolívia (1825-1851). 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
CALDEIRA, N. C.. Buscando a liberdade: fugas internacionais de escravos na fronteira oeste do Império do Brasil (1829-1870). 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
CALDEIRA, N. C.. A razão de Estado e os interesses nacionais através do debate diplomático do Império do Brasil com os países sul-americanos (1822-1889). 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
CALDEIRA, N. C.. Fugas internacionais de escravos negros do Brasil para Bolívia: diplomacia, debate jurídico e dissensoes entre os países (1829-1870). 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

10.
CALDEIRA, N. C.. A prática das negociações: escravidão negra, navegação fluvial e fronteiras internacionais do Império do Brasil com a República da Bolívia (1830-1860). 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
CALDEIRA, N. C.. As fugas escravas internacionais do Império do Brasil em direção à Bolívia: notas de pesquisa (1825-1867). 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
CALDEIRA, N. C.. Terras incógnitas: singularidades da descoberta, ocupação do continente e inadequação aos projetos no Novo mundo, século XVIII. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
CALDEIRA, N. C.. Fugas Escravas: os caminhos e descaminhos para a liberdade entre 1832-1845. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
CALDEIRA, N. C.. Fugas Escravas: os caminhos e descaminhos para a liberdade entre 1832-1845. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
CALDEIRA, N. C.. Nas Fronteiras da Incerteza: as fugas internacionais de escravos no relacionamento diplomático do Império do Brasil com a República da Bolívia (1825-1867) 2007 (Dissertação de Mestado).

2.
CALDEIRA, N. C.; BOSISIO, Rafael de Almeida Daltro . Varnhagen - Missão nas Repúblicas do Pacífico: 1863 a 1867 - 2 volumes. Rio de Janeiro/Brasília: CHDD/FUNAG, 2005 (Transcrição documental).

3.
CALDEIRA, N. C.; BOSISIO, Rafael de Almeida Daltro ; FONSECA, Brenda Coelho ; KRAMER NETO, C. E. ; VIEIRA, Vitor Bemvindo . Cadernos do CHDD, número 4. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão, 2004 (Transcrição documental).

4.
CALDEIRA, N. C.; BOSISIO, Rafael de Almeida Daltro . Cadernos do CHDD, número 3. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão, 2003 (Transcrição documental).

5.
CALDEIRA, N. C.; BOSISIO, Rafael de Almeida Daltro . Cadernos do CHDD, número 2. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão, 2003 (Transcrição documental).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
CALDEIRA, N. C.. 'Parecerista ad hoc', da Revista Tempos Históricos (e-ISSN 1517-4689). 2018.

2.
CALDEIRA, N. C.. 'Parecerista ad hoc', da Revista Brasileira de Extensão Universitária. 2018.

3.
CALDEIRA, N. C.. 'Parecerista ad hoc', da Revista Brasileira de Extensão Universitária. 2017.

4.
CALDEIRA, N. C.. 'Parecerista ad hoc', da Revista Brasileira de Extensão Universitária. 2016.

5.
CALDEIRA, N. C.. 'Parecerista ad hoc', da revista Três Pontos, do Centro Acadêmico de Ciências Sociais da UFMG. 2015.

6.
CALDEIRA, N. C.. 'Parecerista ad hoc', da revista Territórios e Fronteiras (UFMT). 2015.

7.
CALDEIRA, N. C.. 'Parecerista ad hoc', do projeto de pesquisa do orientador da proposta IC-FAPEMIG2016¬0003, submetida ao Edital Nº 04/2015. (UFU). 2015.

8.
CALDEIRA, N. C.. Avaliador ad hoc do plano de trabalho de aluno da proposta IC¬FAPEMIG2016¬0003, submetida ao Edital Nº 04/2015. (UFU).. 2015.

9.
CALDEIRA, N. C.. 'Parecerista ad hoc', da Revista Brasileira de Extensão Universitária. 2015.

10.
CALDEIRA, N. C.. Parecerista ad hoc da 5a. edição da Revista Eletrônica Ars Historica/PPGHIS-UFRJ.. 2013.


Demais tipos de produção técnica
1.
CALDEIRA, N. C.. A relação de escravizados e fronteira: possibilidades de mudança de condição legal a partir das movimentações internacionais de fuga (América do Sul, 1830-1860). 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
CALDEIRA, N. C.. A construção histórica dos conceitos. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
CALDEIRA, N. C.. Os casos internacionais de fugas de escravos: asilo territorial, direito de propriedade e solo livre na fronteira do Brasil com a Bolívia. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
PRADO, G. ; CALDEIRA, N. C. . Anais da III Semana de História do Pontal: a profissionalização do historiador. 2015. (Editoração/Anais).

5.
CALDEIRA, N. C.. Fugas internacionais de escravos: a possibilidade de obtenção da liberdade no além-fronteiras, o caso das negociações diplomáticas entre Brasil e Bolívia ao longo do século XIX. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
CALDEIRA, N. C.. Relatório semestral do curso de Doutorado em História Social. 2011. (Relatório de pesquisa).

7.
CALDEIRA, N. C.. Relatório anual do curso de Doutorado em História Social. 2011. (Relatório de pesquisa).

8.
CALDEIRA, N. C.. Relatório semestral do curso de Doutorado em História Social. 2010. (Relatório de pesquisa).

9.
CALDEIRA, N. C.. Relatório anual do curso de Doutorado em História Social 2010. 2010. (Relatório de pesquisa).

10.
CALDEIRA, N. C.. Mapa Corographico da Capitania de Sao Paulo. 2009. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

11.
CALDEIRA, N. C.. Pesquisa e reprodução de fontes primárias do AHI-RJ. 2009. (Cartas, mapas ou similares/Outra).

12.
CALDEIRA, N. C.. Relatório semestral do curso de Doutorado em História Social. 2009. (Relatório de pesquisa).

13.
CALDEIRA, N. C.. Relatório anual do curso de Doutorado em História Social. 2009. (Relatório de pesquisa).

14.
CALDEIRA, N. C.. Pesquisa e reprodução de fontes primárias do Arquivo Histórico do Itamaraty. 2008. (Cartas, mapas ou similares/Outra).

15.
CALDEIRA, N. C.; BOSISIO, Rafael de Almeida Daltro . Da retórica à prática: fugas internacionais de escravos e as negociações diplomáticas na fronteira oeste do Império do Brasil (1829-1870). 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

16.
CALDEIRA, N. C.. Relatório anual do curso de Doutorado em História Social. 2008. (Relatório de pesquisa).

17.
CALDEIRA, N. C.. Relatório anual do curso de Mestrado em História Social. 2007. (Relatório de pesquisa).

18.
CALDEIRA, N. C.. Relatório anual do curso de Mestrado em História Social. 2006. (Relatório de pesquisa).

19.
CALDEIRA, N. C.. Relações diplomáticas entre Brasil e Costa Rica. 2006. (Pesquisa histórica).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
TELES, A. A.; CALDEIRA, N. C.; FIÚZA, S. A.. Participação em banca de Fabrício Marçal Vilela.Cinema e Subversão: a representação de gênero em "A Mulher de Todos", de 1969. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Uberlândia.

2.
PRADO, G.; CALDEIRA, N. C.; TELES, A. A.. Participação em banca de José Fernandes da Cruz Neto.Representações da Revolução Cubana na imprensa do Triângulo Mineiro: uma análise dos jornais "Folha de Ituiutaba", "Correio do Triângulo" e "O Repórter" (1959-1964).. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Uberlândia.

3.
CALDEIRA, N. C.. Participação em banca de Luciane de Araújo Machado.Reserva de vagas para negros no vestibular da UERJ: as ações afirmativas no âmbito da educação superior e seus reflexos na transformação da identidade social do negro brasileiro (2001-2009). 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

4.
ANTUNES, Guilherme; CALDEIRA, N. C.; BOSISIO, Rafael de Almeida Daltro. Participação em banca de Rodrigo Souza da Fonseca.Por uma nova abordagem no ensino de História: Brasil na guerra do Paraguai. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

5.
CALDEIRA, N. C.; ANTUNES, Guilherme; SANT'ANNA, M. A.. Participação em banca de Neylan Porto.História e ditadura militar brasileira: olhares do cinema. Usos e abusos do cinema em sala de aula. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

6.
CALDEIRA, N. C.. Participação em banca de Jefferson Tenório Barroso.O trabalho infantil na Primeira República: crianças e adolescentes operários (1901-1929). 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

7.
CHAHON, Sergio; CALDEIRA, N. C.; SANT'ANNA, M. A.. Participação em banca de Marta Bezerra de Almeida.Brasileiro cem por cento, embora filho de sírios: a inserção da identidade sírio-libanesa na sociedade brasileira. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

8.
CALDEIRA, N. C.; ANTUNES, Guilherme; SANT'ANNA, M. A.. Participação em banca de Priscilla Babo Scopel de Amorim.Laboratório e ação: a inclusão de novas práticas pedagógicas e de um espaço apropriado para o ensino de História. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

9.
CALDEIRA, N. C.; AFFONSO, Cláudia R. A.; FORTES, Carolina. Participação em banca de Caroline Trapp de Queiroz.A construção do ?Tempo Presente? na teoria da História.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

10.
CALDEIRA, N. C.; ANTUNES, Guilherme; SANT'ANNA, M. A.. Participação em banca de Yann Luiz Izidoro Nunes.As políticas públicas para o combate da lepra no Brasil do século XX: a antiga colônia de leprosos do Curupaiti. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

11.
CALDEIRA, N. C.; ANTUNES, Guilherme; SANT'ANNA, M. A.. Participação em banca de Jeieli Paula Moniz Machado de Azevedo.O movimento negro na sala de aula através da história em quadrinhos. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

12.
CALDEIRA, N. C.; ROSA, A.; SCHEIDT, E.. Participação em banca de Ludmila Maria Bruno."Ser cidadão": o ensino de História e os estudos acerca da formulação da Constituição de 1988. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

13.
CALDEIRA, N. C.; BOSISIO, Rafael de Almeida Daltro; SANT'ANNA, M. A.. Participação em banca de Fernanda Cristina Augusto Monteiro Nascimento.A prisão do calabouço de 1841-1850: a mão-de-obra dos escravos presos na Casa de Correção e nas obras públicas do Rio de Janeiro. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

14.
CALDEIRA, N. C.; BOSISIO, Rafael de Almeida Daltro; SANT'ANNA, M. A.. Participação em banca de Renata Bressane.As políticas de saneamento na cidade do Rio de Janeiro (1900-1920). 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

15.
CALDEIRA, N. C.; BOSISIO, Rafael de Almeida Daltro; SANT'ANNA, M. A.. Participação em banca de Daniel Albino da Silva.O Brasil na II Guerra Mundial e sua representação nos livros didáticos: uma proposta pedagógica. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

16.
CALDEIRA, N. C.; FORTES, Carolina; CHAHON, Sergio. Participação em banca de Arnaldo Lucas Pires Junior.O papel da imprensa na guerra da Tríplice Aliança. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

17.
CALDEIRA, N. C.; FORTES, Carolina; CAVALCANTI, Marcia. Participação em banca de Nalú M. G. de Carvalho.Anarquismo: desconstruindo mitos e construindo saberes. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

18.
CALDEIRA, N. C.; FORTES, Carolina; CAVALCANTI, Marcia. Participação em banca de Rafael Carvalho.A reforma do ensino secundário no Estado Novo. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

19.
CALDEIRA, N. C.; CAVALCANTI, Marcia; FORTES, Carolina. Participação em banca de Rafael de Almeida Barros de Aguiar.Por uma História do presente e uma História da América Latina revisitada em sala de aula: o México e o zapatismo. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

20.
CALDEIRA, N. C.; SANT'ANNA, M. A.; FORTES, Carolina. Participação em banca de Alan Charlles da Silva Souza.Da campanha da liberdade ao pós-emancipação: os espaços dos negros na imprensa do Rio de Janeiro. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

21.
PINTO, A. P. M.; CALDEIRA, N. C.. Participação em banca de Jéssica Lopes Rosa.A família negra entre laços e nós matrimoniais: novas interpretações sobre a escravidão negra no Brasil Colonial. Uma proposta para o ensino de História.. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

22.
CALDEIRA, N. C.; PINTO, A. P. M.. Participação em banca de Milla Neves Guimarães.A história da Ilha do Governador através dos patrimônios e das iconografias. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

23.
CALDEIRA, N. C.; PINTO, A. P. M.. Participação em banca de Leonardo Figueiredo Moreira.Participação da Igreja Católica no regime militar. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

24.
CALDEIRA, N. C.; PINTO, A. P. M.. Participação em banca de Luana de Oliveira Maranhão.O incentivo educacional de d. Pedro II na construção da identidade nacional no Segundo Reinado: o ensino de História no século XIX. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

25.
CALDEIRA, N. C.; PINTO, A. P. M.. Participação em banca de Priscilla Gomes Dutra da Silveira.Fontes e ensino de História: a infância nas camadas populares nos séculos XVIII e XIX. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

26.
CALDEIRA, N. C.; SANCHES, Marcos G.; SILVEIRA, M.. Participação em banca de Carlos Alexandre Gonçalves Ferreira.Instituto Mackenzie: a educação protestante no Brasil. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

27.
CALDEIRA, N. C.; AFFONSO, Cláudia R. A.; CABRAL, R.. Participação em banca de Cláudio Luiz Pio de Oliveira.A contribuição franciscana na permanência de d. Pedro I no Brasil: o dia do Fico. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

28.
CALDEIRA, N. C.; AFFONSO, Cláudia R. A.; CABRAL, R.. Participação em banca de Ana Carolina Pereira de Araujo.Fontes primárias e o jogo no ensino de História: a inquisição atravessa o Atlântico e chega à América Portuguesa. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

29.
CALDEIRA, N. C.; AFFONSO, Cláudia R. A.; CABRAL, R.. Participação em banca de Janaína Moreira de Abreu.O ensino do Primeiro Reinado através da Constituição de 1824. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

30.
CALDEIRA, N. C.; AFFONSO, Cláudia R. A.; CABRAL, R.. Participação em banca de Marcos Dias Evangelista.A importância de resgatar o patrimônio cultural nas escolas. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.

31.
CALDEIRA, N. C.; CABRAL, R.; AFFONSO, Cláudia R. A.. Participação em banca de Alessandro Ferreira Selano.Quilombo do Leblon: uma mudança no paradigma dos quilombos dentro da escravidão no Rio de Janeiro (1878-1888). 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Gama Filho.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
CALDEIRA, N. C.; PEREIRA, Amilcar A.; FERREIRA, Maria Cláudia C.. Presidente da banca de concurso público docente referente à área de "História e Ensino de História para a Educação das Relações Etnicorraciais". 2016. Universidade Federal de Uberlândia.

Outras participações
1.
CALDEIRA, N. C.; PRADO, G.; MONTENEGRO, J. J.. Membro da banca de elaboração de exame de suficiência na disciplina Historiografia do discente Eduardo H. Marques. 2017. Universidade Federal de Uberlândia.

2.
CALDEIRA, N. C.; FERREIRA FILHO, A. J.; TELES, A. A.. Presidente da banca do Exame de Suficiência da discente Tamara Cláudia Coimbra. 2014. Universidade Federal de Uberlândia.

3.
CALDEIRA, N. C.; FERREIRA FILHO, A. J.; SAVIO, M. A. C.. Membro da banca de reavaliação da nota do discente Samuel Oliveira e Silva, referente à disciplina de História da América II. 2014. Universidade Federal de Uberlândia.

4.
CALDEIRA, N. C.. Avaliador interno da X Jornada de Iniciação Científica da UGF. 2012. Universidade Gama Filho.

5.
CALDEIRA, N. C.; CAVALCANTI, Marcia. Processo de Seleção do Programa Institucional de Monitoria (PIM - 2011/1) da UGF, da disciplina CSO 582 - Culturas Africanas. 2011. Universidade Gama Filho.

6.
CALDEIRA, N. C.; PINTO, A. P. M.. Processo de Seleção do Programa Institucional de Monitoria (PIM - 2011/2) da UGF, da disciplina CSO 582 - Culturas Africanas. 2011. Universidade Gama Filho.

7.
CHAHON, Sergio; FORTES, Carolina; SANT'ANNA, M. A.; CALDEIRA, N. C.. Avaliação dos trabalhos apresentados pelos discentes do curso de graduação em História na V Jornada de Oficinas da UGF. 2011. Universidade Gama Filho.

8.
CALDEIRA, N. C.; ROSA, A.. Processo de Seleção do Programa Institucional de Monitoria (PIM - 2010/2) da UGF, da disciplina CSO 916 - Oficina II - Fontes Históricas. 2010. Universidade Gama Filho.

9.
CALDEIRA, N. C.. Processo de Seleção do Programa Institucional de Monitoria (PIM - 2010/1) da UGF, da disciplina CSO 582 - Culturas Africanas. 2010. Universidade Gama Filho.

10.
CALDEIRA, N. C.. Participou da Semana de Atividades Acadêmicas da UGF - 2010-1. 2010. Universidade Gama Filho.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
II Encontro de Pós-doutorandos da USP.As movimentações internacionais de fuga das pessoas escravizadas e as possibilidades de modificação da condição legal durante o século XIX: as travessias entre o Brasil e a Bolívia. 2018. (Encontro).

2.
XIII Encontro Internacional da ANPHLAC.O princípio de territorialidade nas relações diplomáticas de Brasil e Bolívia: fronteiras, escravizações e ajustes relativos à navegação dos rios interiores (1829-1870). 2018. (Encontro).

3.
V Semana de História do Pontal/IV Encontro de Ensino de História.História e historiografia: América hispânica, EUA e Brasil. 2017. (Encontro).

4.
V Semana de História do Pontal/IV Encontro de Ensino de História.Entre a previsão legal e as práticas sociais: a permanência da instituição escravista em solo boliviano (1825-1851). 2017. (Encontro).

5.
XXIX Simpósio Nacional de História - ANPUH.?Por notícias vindas do Rio de Janeiro?: a circulação de ideias, os movimentos migratórios e a possibilidade de modificação da condição legal dos indivíduos. 2017. (Outra).

6.
II Simpósio Internacional ?Pensar e Repensar a América Latina?.O pleito da cativa Ignácia Gauna e as ambiguidades do processo de abolição do regime de trabalho escravo na Bolívia (1825-1851). 2016. (Simpósio).

7.
IV Semana de História do Pontal.História e historiografia das Américas. 2016. (Outra).

8.
IV Semana de História do Pontal.Entre cativeiro e liberdade: a demanda judicial de Ignacia Gauna na cidade de Sucre/Bolívia, entre 1844 e 1849. 2016. (Outra).

9.
A trajetória e a construção dos direitos e das políticas sociais no Brasil.A experiência escravista brasileira em perspectiva histórica. 2015. (Encontro).

10.
III Semana de História do Pontal - FACIP/UFU.Moderador da mesa de encerramento da III Semana de História do Pontal, com o professor convidado Marcos Luiz Bretas (UFRJ). 2015. (Outra).

11.
III Semana de História do Pontal - FACIP/UFU.História e historiografia das Américas. 2015. (Outra).

12.
III Semana de História do Pontal - FACIP/UFU.Fugas e travessias: os escravos brasileiros e a fronteira com a Bolívia. 2015. (Outra).

13.
X Semana de História Política da UERJ.Travessias, fugas e fronteiras: as movimentações internacionais de fuga dos escravos brasileiros em direção à Bolívia. 2015. (Seminário).

14.
X Semana de História Política da UERJ.Escravidão: horizontes de análise. 2015. (Seminário).

15.
As fronteiras da lei: histórias de justiças e polícias na Américas do Sulca.Fugas internacionais de escravos e justiça na fronteira Brasil-Bolívia (1830-1860). 2014. (Seminário).

16.
IX Semana de História Política da UERJ e VI Seminário Nacional de História Política, Cultura e Sociedade.Escravidão: horizontes de análise. 2014. (Seminário).

17.
IX Semana de História Política da UERJ e VI Seminário Nacional de História Política, Cultura e Sociedade.Liberdade em disputa: uma análise da demanda judicial da cativa Ignacia Gauna em Sucre/Bolívia. 2014. (Seminário).

18.
Juventude, Movimentos Sociais e Manifestações de Rua.A atuação da juventude nas jornadas de junho de 2013. 2014. (Simpósio).

19.
Seminário da UFU de Integração dos Servidores Recém Admitidos. 2014. (Seminário).

20.
XI Encontro Internacional da ANPHLAC.Em busca da liberdade: a demanda judicial da cativa Ignacia Gauna contra seu amo na cidade de Sucre. 2014. (Encontro).

21.
XVI Encontro Regional de História: saberes e práticas científicas.Fugas internacionais de escravos: a possibilidade de obtenção da liberdade no além-fronteiras, o caso das negociações entre Brasil e Bolívia (1829-1867). 2014. (Encontro).

22.
IX SIMPOED - Simpósio de Formação e Profissão Docente.A prática de ensino de "História da África" e dos africanos: uma lacuna a ser preenchida nos currículos acadêmico e escolar. 2013. (Simpósio).

23.
VIII Semana de História Política da UERJ.Brasil versus Bolívia: o debate diplomático promovido pela definição da condição jurídica dos cativos fugitivos, 1829-1867. 2013. (Seminário).

24.
VIII Semana de História Política da UERJ.Escravidão: horizontes de análise. 2013. (Seminário).

25.
A educação pública nos 80 anos da publicação do Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova (1932). 2012. (Seminário).

26.
III Congresso Internacional do Núcleo de Estudo das América. América Latina: processos civilizatórios e crises do capitalismo contemporâneo. 2012. (Congresso).

27.
III Seminário Internacional de História Luso-Brasileira: sertão e litoral. 2012. (Seminário).

28.
VII Semana de História Política da UERJ/IV Seminário Nacional de História.Escravidão: horizontes de análise II. 2012. (Seminário).

29.
VII Semana de História Política da UERJ/IV Seminário Nacional de História.Disputa por liberdade: o caso da ação de liberdade da cativa Ignacia Gauna. 2012. (Seminário).

30.
V Simpósio de Política e Cultura: culturas políticas e práticas sociais.Entre o cativeiro e a liberdade: uma análise acerca do pleito da cativa Ignacia Gauna (Sucre/Bolívia, 1844-1849). 2012. (Simpósio).

31.
X Jornada de Iniciação Científica da Universidade Gama Filho.Sessão 17 - Migrações e identidades. 2012. (Outra).

32.
X Jornada de Iniciação Científica da Universidade Gama Filho.Avaliador dos trabalhos apresentados na X Jornada de Iniciação Científica da UGF. 2012. (Outra).

33.
XV Encontro Regional de História - ANPUH-Rio - Ofício do Historiador: Ensino e Pesquisa.Liberdade em disputa: o exame da ?ação de liberdade? da cativa Ignacia Gauna (Sucre ? 1844-1849). 2012. (Encontro).

34.
"Deleitar; Instruir; Mover - O Ensino de História e Manoel Salgado". 2011. (Seminário).

35.
Desafios do ensino de História da América. 2011. (Seminário).

36.
I Encontro Internacional de Estudos Africanos. 2011. (Encontro).

37.
IV Seminário de Pós-graduandos em História Social da UNIRIO.A abolição do regime de trabalho escravo e as ações de liberdade na Bolívia (1825-1851). 2011. (Seminário).

38.
Seminário Escravidão, Fronteiras e Relações Internacionais no Império do Brasil.O processo de abolição do regime de trabalho escravo na Bolívia e sua relação com o Brasil (1825-1851). 2011. (Seminário).

39.
VI Fórum de Debates Povos e Culturas das Américas - NUCLEAS.O debate jurídico acerca da condição legal de Ignácia Gauna na cidade de Sucre (1844-1849). 2011. (Outra).

40.
VIII Simpósio de História da UNIVERSO - Estado, poder e violência.A possibilidade de mudança de condição legal a partir de ações de "Nulidad de contrato de esclavitud" na Bolívia: o caso de Ignacia Gauna (1844-1849). 2011. (Simpósio).

41.
VI Jornada de Estudos Históricos do PPGHIS.A cativa Ignacia Gauna e o processo de abolição da escravidão na Bolívia (1825-1851). 2011. (Outra).

42.
VI Semana de História Política da UERJ.Ações de liberdade na Bolívia: o cativa de Ignacia Gauna (1844-1849). 2011. (Outra).

43.
V Jornada de Oficinas da Universidade Gama Filho.Avaliação dos trabalhos apresentados pelos discentes do curso de graduação em História. 2011. (Outra).

44.
XXVI Simpósio Nacional de História (ANPUH).O gênero epidíctico em Joaquim Manuel de Macedo no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2011. (Simpósio).

45.
II Congreso Internacional Ciencias, Tecnologías y Culturas. Diálogo entre las disciplinas del conocimiento. Mirando al futuro de América Latina y el Caribe. Travessias e fronteiras: fugas internacionais de escravos, navegação fluvial e fronteira internacional de Brasil e Bolivia (1822-1867). 2010. (Congresso).

46.
II Congresso Internacional do NUCLEAS. Rumo à Terra da Liberdade: uma investigação acerca da condição jurídica dos cativos asilados na Bolívia (1845). 2010. (Congresso).

47.
III Seminário Nacional de Pós-graduandos da UNIRIO - Historiografia e Instituições: caminhos possíveis de investigação.Escravos em fuga: as tentativas de obtenção da extradição dos cativos fugitivos nas negociações internacionais do Brasil, 1825-1860. 2010. (Seminário).

48.
IV Simpósio de Política e Cultura: diálogos e interfaces.Escravos ou homens livres: as conseqüências das movimentações de fuga no além-fronteiras (Pará, Mato Grosso - 1845). 2010. (Simpósio).

49.
Semana de Atividades Acadêmicas da UGF 2010.1.O projeto "Oficinas" e o Ensino de História. 2010. (Outra).

50.
Simpósio Internacional História e Margem. 2010. (Simpósio).

51.
V Conferência Nacional de Política Externa e Política Internacional. 2010. (Outra).

52.
V Jornada de Estudos Históricos do PPGHIS.As movimentações de fuga internacional e as negociações de extradição: a possibilidade de troca de cativos por desertores entre Brasil e Bolívia na década de 1860. 2010. (Outra).

53.
V Semana de História Política da UERJ.Fugas internacionais de escravos: o caso da fronteira de Mato Grosso (1845). 2010. (Seminário).

54.
V Simpósio Escravidão e Mestiçagens: ambientes, paisagens e espaços.Uma história por fazer: as movimentações internacionais de fuga dos cativos para o além-fronteiras. 2010. (Simpósio).

55.
XIV Encontro Regional de História da Anpuh-Rio: memória e patrimônio.As relações diplomáticas na América do Sul: o caso brasileiro-boliviano (século XIX). 2010. (Encontro).

56.
1759-2009 - 250 anos da expulsão dos Jesuítas das Américas. 2009. (Seminário).

57.
3º Seminário Nacional de História da Historiografia: aprender com a História?.'O Amor da Glória': Joaquim Manuel de Macedo no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2009. (Seminário).

58.
4º Encontro Escravidão e Liberdade no Brasil Meridional.Escravidão negra em regiões de fronteira internacional: o caso da província de Mato Grosso (1825-1870). 2009. (Encontro).

59.
As estatísticas latino-americanas em perspectiva histórica. 2009. (Seminário).

60.
As relações entre a União Européia e Cuba: diferenças e semelhanças com a política dos EUA. 2009. (Outra).

61.
Caminhos Cruzados: história e memória dos exílios latino-americanos no século XX. 2009. (Seminário).

62.
Estatísticas no Império do Brasil: a gênese do processo. 2009. (Outra).

63.
I Encontro de Estudos Africanos. 2009. (Encontro).

64.
II Seminário Internacional do CEO/PRONEX. 2009. (Seminário).

65.
I Seminário de Estudos sobre a Força Expedicionária Brasileira (FEB). 2009. (Seminário).

66.
IV Conferência Nacional de Política Externa e Política Internacional. 2009. (Outra).

67.
IV Jornada de Estudos Históricos do PPGHIS.Os escravos brasileiros na "Terra da Liberdade": fugas internacionais de cativos em direção à Bolívia. 2009. (Outra).

68.
IV Semana de História Política da UERJ.A razão de Estado e os interesses nacionais através do debate diplomático do Império do Brasil com os países sul-americanos (1822-1889). 2009. (Seminário).

69.
Jango em três atos: debate e documentário. 2009. (Outra).

70.
Latin American Studies Association - LASA 2009 - Rethinking Inequalities. 2009. (Congresso).

71.
Reforma da ONU. 2009. (Seminário).

72.
Seminário "A crise financeira". 2009. (Seminário).

73.
Seminário Internacional História e Indivíduo. 2009. (Seminário).

74.
Seminário Judicialização da Política e Democracia. 2009. (Seminário).

75.
Seminário Lyra Madeira - um mestre da demografia brasileira. 2009. (Seminário).

76.
Seminário Movimentos Sociais, Saúde e Trabalho. 2009. (Seminário).

77.
Seminário Portos e Cidades: economia, sociedade e as articulações políticas do Brasil com o mundo.A navegação fluvial como parâmetro das negociações diplomáticas do Império do Brasil com os países andinos. 2009. (Seminário).

78.
Seminário sobre a integração da América do Sul. 2009. (Seminário).

79.
V Encuentro Latinoamericano de Estudiantes de Historia.Fugas internacionais de escravos negros do Brasil para Bolívia: diplomacia, debate jurídico e dissensoes entre os países (1829-1870). 2009. (Encontro).

80.
VI Colóquio Internacional Michael Foucault: filosofia e política. 2009. (Outra).

81.
VI Encontro Estadual de Ensino de História. O ensino de História hoje: questões e possibilidades.Uma reflexão sobre "História da África" e os africanos: uma lacuna a ser preenchida nos currículos acadêmico e escolar. 2009. (Encontro).

82.
VI Simpósio de História da UNIVERSO: Revoluções, Repúblicas e Utopias.À procura da liberdade: fugas internacionais de escravos negros na fronteira oeste do Império do Brasil. 2009. (Simpósio).

83.
XXV Simpósio Nacional de História: história e ética.Buscando a liberdade: fugas internacionais de escravos na fronteira oeste do Império do Brasil (1829-1870). 2009. (Simpósio).

84.
90 anos da Insurreição Anarquista no Rio de Janeiro: 1918-2008.. 2008. (Encontro).

85.
Conferência China. 2008. (Outra).

86.
Conferência Índia. 2008. (Outra).

87.
Congresso Internacional 1808: A Corte no Brasil. 2008. (Congresso).

88.
I Congresso Internacional de Estudos das Américas. Fugas Internacionais de Escravos do Brasil para Bolívia: a Concessão do Asilo Territorial com Base no Princípio de Território Livre (1832-1867). 2008. (Congresso).

89.
I Encontro de Historiadores - 200 Anos de Independência: Olhar o Futuro Numa Perspectiva Sul-Americana. 2008. (Encontro).

90.
II Encontro Brasil, México, Espanha e França sobre Alimentação, Saúde e Cultura. 2008. (Encontro).

91.
III Conferência Nacional de Política Externa e Política Internacional. 2008. (Outra).

92.
III Semana de História Política da UERJ.As fugas internacionais de escravos no relacionamento diplomático do Império do Brasil com a República da Bolívia (1829-1867): notas de pesquisa. 2008. (Outra).

93.
III Simpósio de Política e Cultura: relações de poder e práticas culturais.Escravidão Negra na Fronteira do Império do Brasil com a República da Bolívia: fugas internacionais e ameaça ao direito de propriedade (1830-1870). 2008. (Simpósio).

94.
I Seminário Internacional de Estudos Fronteiriços.A Prática das Negociações: Escravidão Negra, Navegação Fluvial e Fronteiras Internacionais do Império do Brasil com a República da Bolívia (1830-1860). 2008. (Seminário).

95.
I Seminário Nacional de História da Historiografia Brasileira. 2008. (Seminário).

96.
I Seminário Nacional de Pós-graduandos em História das Instituições: Instituições, Cultura e Poder.Fugas para a Bolívia: o asilo territorial concedido aos cativos brasileiros (1825-1832). 2008. (Seminário).

97.
I Simpósio de Teoria Política do IFCS. 2008. (Simpósio).

98.
Mitos, Projetos e Práticas Políticas. 2008. (Seminário).

99.
Seminário Acadêmico Índia, Brasil e África do Sul (IBAS). 2008. (Seminário).

100.
Seminário Dom João no Brasil. 2008. (Seminário).

101.
Seminário Estados Unidos. 2008. (Seminário).

102.
Seminário Farias Brito - Centro de Filosofia Brasileira. 2008. (Seminário).

103.
Seminário Internacional: Culturas Políticas, Memória e Historiografia. 2008. (Seminário).

104.
Seminário Internacional - Revoluções de Independência e Construção da Nação na América Ibérica. 2008. (Seminário).

105.
Seminário Internacional Velhos e Novos Direitos do Trabalho - Diálogo Brasil-Itália. 2008. (Seminário).

106.
Seminário sobre Pesquisa em Relações Econômicas Internacionais. 2008. (Seminário).

107.
Simpósio Comemorativo do Bicentenário do visconde de Inhaúma. 2008. (Simpósio).

108.
VIII Encontro Internacional da ANPHLAC.Fragmentos de uma história por fazer: as fugas internacionais de escravos nas fronteiras do Império do Brasil em direção à República da Bolívia, 1829-1870. 2008. (Encontro).

109.
V Simpósio de História da UNIVERSO - Nação, Identidade e Território.Nas Franjas do Império: a Esperança de Liberdade na Fronteirra do Império do Brasil com a República da Bolívia (1825-1867). 2008. (Simpósio).

110.
Confrantando as Escravidões para um Diálogo visando ao Entedimento Cultural. 2007. (Seminário).

111.
Seminário África. 2007. (Seminário).

112.
I Conferência Nacional de Política Externa e Política Internacional. 2006. (Outra).

113.
Seminário Internacional Nação e Cidadania no Oitocentos. 2006. (Seminário).

114.
XII Encontro Regional de História - Anpuh Rio. 2006. (Encontro).

115.
Encontro de Historiografia e História Política. 2005. (Encontro).

116.
Nas Fronteiras do Além: a secularização da Morte no Rio de Janeiro dos Séculos XVIII e XIX. 2005. (Outra).

117.
XXVI Jornada de Iniciação Científica, Artística e Cultural da UFRJ.Meio-Homem, meio-escravo: prófugos escravos e a assunção de uma cidadania marginal na fronteira entre o Mato Grosso e a Bolívia (1825-1864). 2004. (Outra).

118.
XV Jornada de Iniciação Artística e Cultural.Fugas Escravas: Os Caminhos e Descaminhos para a Liberdade entre 1832-1845. 2003. (Encontro).

119.
XIV Jornada de Iniciação Artística e Cultural.Fugas Escravas: Os Caminhos e Descaminhos para a Liberdade entre 1832-1845. 2002. (Encontro).

120.
XXI Encontro Nacional dos Estudantes de História. América Latina: exploração, pobreza e resistência. 2001. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CALDEIRA, N. C.; FERREIRA FILHO, A. J. ; GIAVARA, E. ; PRADO, G. . III Semana de História do Pontal: a profissionalização do historiador. 2015. (Outro).

2.
HERSHBERG, Eric ; HUBER, Evelyne ; STEELE, Cynthia ; CALDEIRA, N. C. . XXXVIII International Congress of the Latin American Studies Association - LASA. 2009. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Teresa Cristina Queiróz. A gastronomia aristocrática brasileira no século XIX: o sabor das especiarias. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

2.
Cristiano de Souza Damasceno. A Imigração Japonesa para o Brasil: As relações culturais e seus desdobramentos ao longo da história. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

3.
Luiz Carlos Paixão do Monte. Padre Manuel da Nóbrega e sua participação no processo de colonização do Brasil (1549 e 1556). 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

4.
Décio Araujo dos Santos. O governo Geisel e a imprensa: abertura política, aliados e opositores sob a ótica da revista Veja. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

5.
Alexandre Moura de Souza. A luta armada e o regime militar no Brasil: suplemento de apoio ao ensino de História nas escolas. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

6.
Paulo Ricardo Costa Pinto. Entre realidade e representação: uma proposta de utilização de documentários e filmes no ensino de História das Religiões. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

7.
Valentina Monteiro de Araujo. Aprendendo a viver juntos: outro olhar sobre a conquista da América espanhola. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

8.
Andreia Regina Alves Pereira. Diálogo Atlântico: o processo de contrução da identidade agudá. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

9.
Carolina Rocha de Aguiar. O debate entre liberais e católicos acerca da imigração norte-americana para o Império do Brasil (1865-1868). 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

10.
Jefferson da Silva Araújo. História da África: uma abordagem sobre o Apartheid e a lei 10.639/03. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

11.
Leonardo Moreira Casquilho. Planta exótica no solo da América: as influências da nacionalidade na formulação da doutrina de limites pelo Império do Brasil (1849-1853). 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

12.
Fábio de Mendonça Santos. Brasileiros e portugueses: conflito de nacionalidades dentro da classe trabalhadora nos primeiros anos do século XX. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

13.
Jordan Luiz Menezes Gonçalves. Um entendimento possível em relação à questão coronelista e/ou messiânica no sertão nordestino: análise da figura de Padre Cícero Romão Batista (1840-1934). 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

14.
Heloisa Maria reis de Freitas Oliveira. O quilombo do Bomba e a sociedade de Iguaçu: um espaço de autonomia formado por escravos fugidos dentro da escravidão (1850-1888). 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

15.
Philippe Valentim de Araujo. O cotidiano de J. Carlos: uma análise do cotidiano em sala de aula através da charge carnalesca entre os anos de 1910 e 1915. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

16.
Virginia dos Santos Mattoso. O caminho do negro escravizado em busca da emancipação no Brasil: uma longa trajetória. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

17.
Ingrid Constantino de Souza. A Cabanagem e os desertores militares na província do Pará. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

18.
Amaury Marcio Fernandes Lauriano. Profissão: Photographo - a fotografia como ofício no Rio de Janeiro (1840-1889). 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

Iniciação científica
1.
Mariana dos Santos Zignago Melo. Diplomacia e escravidão: o debate acerca da validade do principio de liberdade no relacionamento do Império do Brasil com a República da Bolívia (1840-1850). 2013. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Gama Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

2.
Jefferson Tenório Barroso. Tráfico ilegal de escravos: o caso da fronteira entre o Império do Brasil e a República do Uruguai. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Gama Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

3.
Jefferson Tenório Barroso. Centralização e Descentralização à luz das movimentações de fuga dos cativos: o caso da província de Mato Grosso (1839-1867). 2012. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Gama Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

4.
Priscila Alves de Almeida. A atuação da Guarda Nacional em regiões de fronteira: a situação da província de Mato Grosso entre 1831 e 1850. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Gama Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

5.
Jefferson Tenório Barroso. Centralização e descentralização à luz das movimentações internacionais de fuga dos cativos: o caso da província de Mato Grosso (1839-1867). 2010. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

Orientações de outra natureza
1.
Raíssa Manjerão di Foggi. O processo de ocidentalização na América: o caso dos astecas. 2014. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Federal de Uberlândia. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

2.
Rejane Ramos Vieira. Orientação de monitoria na disciplina Culturas Africanas. 2011. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

3.
Mariana Zignago Melo. Orientação de monitoria na disciplina Culturas Africanas. 2011. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.

4.
Tauã Silva de Souza. Orientação de Monitor na disciplina Oficina II - Projetos Educacionais e Culturais. 2010. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Gama Filho. Orientador: Newman Di Carlo Caldeira.



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
CALDEIRA, N. C.. Os caminhos historiográficos do caudilhismo na América Latina. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).



Outras informações relevantes


1) Pesquisador associado da ANPHLAC (Associação Nacional de Pesquisadores e Professores de História da América); 2) Membro da Asociación de Estudios Bolivianos (AEB); e, 3) Filiado à ANPUH-Rio (Associação Nacional de Professores Universitários de História).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/11/2018 às 7:06:42