João Luís dos Santos Meneses

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2410396824666889
  • Última atualização do currículo em 03/07/2018


O músico sergipano João Luís, graduado em Licenciatura em Música pela Universidade Federal de Sergipe, atualmente é mestrando no Programa de Pós-Graduação em Música da UFRJ. Suas pesquisas têm sido desenvolvidas na área de Musicologia e Etnomusicologia, apoiado, principalmente, em matrizes teóricas dos Estudos culturais e da Sociologia, além de integrar o Núcleo de Estudos de Cultura da UFS - pólo autónomo internacional do CLEPUL: HISTÓRIA, CULTURA E EDUCAÇÃO. Na carreira artística, João Luís tem se destacado por sua atuação no âmbito da música popular, realizando shows com músicas autorais e interpretações da Música Popular Brasileira. Paralelamente, trabalha como ator, produtor musical e sonoplasta em peças teatrais de grupos como o ?Imbuaça? e ?CIGARI?. Sua última produção autoral ocorreu em 2013 com o lançamento do EP ?Na Maciota?,o que lhe rendeu importantes premiações: Melhor Música e Melhor intérprete no ?IV FESTIVAL APERIPÊ DE MÚSICA?, promovida pela Rádio Aperipê em parceria com a Associação de Rádios Públicas do Brasil; e Melhor Música no ?I Concurso de Música de Socorro?, promovida pela Secretaria de Cultura de Nossa Senhora do Socorro. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
João Luís dos Santos Meneses
Nome em citações bibliográficas
MENESES, J. L. S.


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2016
Graduação em Música.
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
Título: Do samba ao pagode: origens, influências e discografia.
Orientador: Aline Soares Araújo.
2008 - 2010
Ensino Médio (2º grau).
Gonçalo Rollemberg Leite, GRL, Brasil.




Formação Complementar


2017 - 2017
Extensão universitária em Pierre Bourdieu e Howard Becker: duas abordagens sociológicas para a música. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2015 - 2016
Formação de Atores Oficina de Teatro. (Carga horária: 62h).
Imbuaça Produções artísticas, IMBUAÇA, Brasil.
2015 - 2015
Produção Musical com o Programa Ableton Live. (Carga horária: 20h).
SESC - Administração Regional de Sergipe, SESC/SE, Brasil.
2007 - 2008
Informática Básica (Windows, Word, Excel, Internet). (Carga horária: 155h).
FUNDAÇÃO SÃO LUCAS, FSL, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: estudante pesquisador, Carga horária: 20
Outras informações
Vinculado na linha de pesquisa "Cultura Moderna e Contemporânea" sob orientação do Prof. Dr. Luiz Eduardo Oliveira.



Projetos de pesquisa


2013 - 2014
O mito da Inglaterra
Descrição: Levando em conta os pressupostos acima elencados, este projeto pretende identificar, descrever e analisar os momentos de tensão, ambiguidade e oscilação das representações anglofóbica e anglófila da Inglaterra e do povo inglês, nos discursos que ?narram? Portugal na longa duração de sua História, tomando como base as relações político-diplomáticas, dinásticas, culturais e literárias entre os dois países. Desse modo, busca estabelecer coordenadas históricas e teórico-metodológicas para se pensar o mito da Inglaterra em Portugal. Com tal intuito, foram demarcados dois limites cronológicos significativos: 1386, ano em que foi firmado o Tratado de Windsor, que preparou o momento para a união dinástica com a Inglaterra e a legitimação da Casa de Avis, e 1986, ano em que Portugal entra definitivamente para a Comunidade Econômica Europeia, para onde foram transferidas as esperanças de prosperidade e, com elas, o mito do Quinto Império, como uma forma de compensação da perda das colônias africanas, sendo-lhe oferecido o portal de entrada na Europa ?civilizada? e ?polida?, algo tão almejado por Pombal, já no século XVIII, bem como um novo meio de afirmar-se de maneira intercontinental: a lusofonia, daí o mapeamento e o estudo linguístico da chamada Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: João Luís dos Santos Meneses - Integrante / Luiz Eduardo Meneses de Oliveira - Coordenador / Jose Augusto Batista dos Santos - Integrante.
2012 - 2013
ENTRE A REBELDIA E A ALIENAÇÃO: a década de 1980 e a massificação do rock no Brasil
Descrição: Este projeto de pesquisa pretende investigar o modo como o processo de circulação, recepção e apropriação do rock no Brasil, ao alcançar, na década de 1980, o espaço cultural do mainstream, mantendo, todavia, em algumas de suas manifestações, como o punk rock, o caráter de cultura marginal ou periférica, provocou a construção de novas identidades culturais ao mesmo tempo transgressoras e cooptadas. Nesse sentido, busca compreender a massificação do rock como um processo que, embora possa ser compreendido como resultado de uma política cultural da diferença, deslocando, ao conquistar seu espaço, as diposições de poder da política cultural do Estado e das grandes corporações midiáticas, paga obrigatoriamente o preço da cooptação, substituindo a invisibilidade por uma visibilidade regulada e segregada, tanto do ponto de vista econômico quanto étnico e cultural, o que faz com que o ?rockeiro? seja ao mesmo tempo um rebelde e um alienado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: João Luís dos Santos Meneses - Coordenador / Luiz Eduardo Meneses de Oliveira - Integrante / Jose Augusto Batista dos Santos - Integrante.


Projetos de extensão


2011 - 2013
Orquestra e Coral da UFS
Descrição: Projeto de extensão vinculado à Pró-reitoria de extensão e assuntos comunitários (PROEX) e Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (PROEST) que visa o desenvolvimento dos alunos do curso de música da Universidade Federal de Sergipe..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Música.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MENESES, J. L. S.2013MENESES, J. L. S.. Aspectos principais da discografia do rock nacional. Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade, v. VII, p. http://educonse-file:///Users/j, 2013.

2.
ARAUJO, I. N.2012ARAUJO, I. N. ; SOARES, D. A. T. ; MENESES, J. L. S. . A década de 1980 e a massificação do Rock no Brasil. Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade, v. VI, p. http://educonse-http://educonse, 2012.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MENESES, J. L. S.. Aspectos principais da discografia do rock nacional (1982/1988). In: VII Colóquio Internacional 'Educação e Contemporaneidade, 2013, São Cristóvão. Música (Ensino da música/ produção musical), 2013.

2.
MENESES, J. L. S.; ARAUJO, I. N. ; SOARES, D. A. T. . A década de 80 e a massificação do rock no Brasil: discografia principal. In: VI Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade, 2012, São Cristóvão. Arte, cultura e educação, 2012.

Artigos aceitos para publicação
1.
MENESES, J. L. S.. A cultura estadunidense no pagode de 1990: constatações iniciais. Anais do Colóquio de Pesquisa do PPGM-UFRJ, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
MENESES, J. L. S.; OLIVEIRA, L. E. M. ; SANTOS, J. A. B. . MÚSICA E IDENTIDADE: A CULTURA POP. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
ARAUJO, I. N. ; MENESES, J. L. S. . A DIVERSIDADE CULTURAL BRASILEIRA E O ROCK NACIONAL: A PRODUÇÃO DISCOGRÁFICA DE 1980. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
MENESES, J. L. S.. A Emergência da Anglofobia. São Cristóvão: UFS, 2014 (Resumo).


Demais tipos de produção técnica
1.
MENESES, J. L. S.. A emergência da anglofobia. 2014. (Relatório de pesquisa).

2.
MENESES, J. L. S.. O rock no Brasil: discografia. 2013. (Relatório de pesquisa).


Produção artística/cultural
Artes Cênicas
1.
MENESES, J. L. S.; AMARAL, L. ; BISPO, I. ; CERQUEIRA, M. . A Peleja de Leandro na Trilha do Cordel. 2016. Teatral.

Música
1.
MENESES, J. L. S.. Refúgio. 2013. Registro Fonográfico.

2.
MENESES, J. L. S.. Pra quê?. 2013. Registro Fonográfico.

3.
MENESES, J. L. S.. Feche os olhos e relaxa. 2013. Registro Fonográfico.

4.
MENESES, J. L. S.. Vou pra Plutão. 2013. Registro Fonográfico.

5.
MENESES, J. L. S.. Na Maciota. 2012. Registro Fonográfico.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Música e Identidade: a cultura pop. Música e Identidade: a cultura pop. 2018. (Exposição).

2.
16 Colóquio de Pesquisa do PPGM.A cultura estadunidense no pagode de 1990: constatações iniciais. 2017. (Outra).

3.
24 Encontro de iniciação científica da UFS.A Emergência da Anglofobia. 2014. (Encontro).

4.
Master Class de Canto com José Eduardo Xavier. 2013. (Outra).

5.
Painel Funarte de Bandas de Música 2013. 2013. (Oficina).

6.
VII Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade.Aspectos principais da discografia do rock nacional. 2013. (Outra).

7.
Abralin - Associação Brasileira de Linguística.A década de 80 e a massificação do rock no Brasil: discografia principal. 2012. (Outra).

8.
Culturas em negativo e a modelação de identidades: conspirações, antis e mitos.iraç. 2012. (Seminário).

9.
Painel Funarte de Música Popular 2012. 2012. (Oficina).

10.
VI Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade.A década de 1980 e a massificação do Rock no Brasil. 2012. (Outra).

11.
II Fórum Estudantil de Música. 2011. (Outra).

12.
III Simpósio Sergipano de Pesquisa e Ensino em Música. 2011. (Oficina).

13.
Oficina de Técnica Vocal. 2011. (Oficina).

14.
Sensibilização Musical. 2011. (Outra).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/12/2018 às 13:30:36