Yamara Matos Oliveira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5780343833934437
  • Última atualização do currículo em 06/10/2016


Atualmente está se formando em Engenharia de Petróleo pela Universidade Federal de Sergipe. Ex-bolsista do programa Jovens Talentos para e Ciência (2012-2013) e do programa Ciência sem Fronteiras na França (2013-2014), tendo estudado na Université de Pau et des Pays de l'Adour. Possui experiencia na área de Fluidodinâmica Computacional, sabendo trabalhar com o CFX da plataforma ANSYS e com o Petrel da Schlumberger. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Yamara Matos Oliveira
Nome em citações bibliográficas
OLIVEIRA, Y. M.


Formação acadêmica/titulação


2012
Graduação em andamento em Engenharia de Petróleo.
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
com período sanduíche em Université de Pau et des Pays de l'Adour (Orientador: Daniel Broseta).
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2009 - 2011
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Master, MASTER, Brasil.




Formação Complementar


2014 - 2014
Cours de Langue et Culture Françaises. (Carga horária: 60h).
Université de Pau et des Pays de l'Adour, UPPA, França.
2014 - 2014
Formation en Langue Française. (Carga horária: 88h).
ALLIANCE FRANCAISE BORDEAUX AQUITAINE, AF, França.
2013 - 2014
I Escola de Verão do Laboratório de Tecnologias Alternativas/UFS. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2013 - 2013
Introdução a Análise de Risco na Indústria Petroquímica. (Carga horária: 6h).
Associação Brasileira de P&D em Petróleo e Gás, ABPG, Brasil.
2013 - 2013
Modelagem do Escoamento de Fluidos e Partículas em Meios Porosos. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Alagoas, UFAL, Brasil.
2013 - 2013
Minicurso Biocombustíveis. (Carga horária: 6h).
Associação Brasileira de P&D em Petróleo e Gás, ABPG, Brasil.
2012 - 2012
Noções de Propriedade Intelectual. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2012 - 2012
Informática Básica. (Carga horária: 70h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SE), SENAC -SE, Brasil.
2012 - 2012
Escoamento Multifásico: Uma Aplicação em Mistura Gás-Líquido. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2012 - 2012
Busca e Prospecção. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2007 - 2010
Inglês Avançado. (Carga horária: 320h).
instituto Canada, CANADA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Empresa de Engenharia de Petróleo, ENGEPET, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estágio obrigatório para a conclusão do curso de Engenharia de Petróleo, com foco na área de pesquisa e desenvolvimento. A estagiária está fazendo o uso do programa de simulação CFX da plataforma ANSYS.



Projetos de pesquisa


2015 - 2016
Caracterização das formulações de biolubrificantes derivado de óleo de Moringa oleífera Lam

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Gabriel Francisco da Silva em 20/09/2016.
Descrição: A Moringa oleifera Lam é uma planta que possui em média 85% de ácidos graxos insaturados na composição de sua semente, destacando-se o ácido oleico que corresponde 79% (Ferrari, 2004). No Brasil, a moringa é encontrada em maior quantidade na região Nordeste, principalmente nos estados do Maranhão, Sergipe, Piauí e Ceará. Algumas alternativas para obtenção de lubrificantes de base vegetal com alta estabilidade oxidativa é através da modificação da estrutura química do óleo através de diferentes rotas, nas quais as principais são a hidrogenação, oligomerização, alquilação de Friedel-Crafts, transesterificação de ésteres e epoxidação. O trabalho proposto visa desenvolver novos biolubrificantes através de rotas economicamente viáveis e de modo ambientalmente sustentável, utilizando óleo moringa (Moringa oleifera Lam) contribuindo para desenvolvimento tecnológico e cientifico do Estado de Sergipe através do estudo de desenvolvimento de processos de obtenção de bioprodutos de alto valor agregado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Yamara Matos Oliveira - Integrante / Gabriel Francisco da Silva - Coordenador.
2013 - 2014
Desenvolvimento de um Separador Helicoidal para Tratamento de Água Produzida
Descrição: Ao se considerar a configuração helicoidal tem-se, inevitavelmente, dois parâmetros que caracterizam o escoamento: a curvatura e a torção. Neste caso, o escoamento secundário (observado por Eustice 1910 e 1911apud Mota, 2011) causado pela ação da força centrífuga devido à curvatura do duto pode ser afetado pela torção, resultando em padrões de escoamentos distintos daqueles encontrados para a configuração toroidal. A vazão ou fricção através do duto também podem ser afetadas pela torção. O escoamento secundário, observado desde uma seção transversal, para grandes valores de torção deixa de apresentar a recirculação simétrica (Dean 1927, 1928 e 1928b apud Mota, 2011) sendo então caracterizado por um único vórtice. Segundo Mota (2011), a separação de fases ocorre em todos os tipos de dutos curvados devido às diferenças na força centrífuga, força da gravidade e efeito do escoamento secundário entre as fases. Desta maneira, algumas singularidades presente nas tubulações, como Tês e curvas, são utilizados como separadores parciais. Curvas do tipo U, se bem dimensionadas, também podem atuar como separadores parciais. Neste caso, o principal responsável pela segregação das fases é a ação da força centrífuga gerada pela curvatura do duto. A fase mais leve se desloca desde a região central em direção a parede interna do duto, enquanto a mais pesada permanece na região externa. Se apenas uma curva não for suficiente para promover a separação, pode-se usar uma sucessão de curvas, formando, assim, uma trajetória helicoidal. A pesquisa teve como objetivos: - Realizar o levantamento do estado da arte e da técnica sobre tratamento de água produzida; - Realizar o estudo teórico das equações de fenômenos de transporte (Conservação da massa, Quantidade de movimento e Energia); - Realizar o estudo teórico do escoamento interno em tubos helicoidais; - Dimensionar e montar um tubo helicoidal capaz de promover a separação de água e óleo. - Realizar experimentos empregando água produzida na geometria dimensionada para verificar a eficiência de remoção de óleo - Realizar o depósito de patente, publicação dos resultados em artigos e trabalhos, desenvolvimento de trabalhos e desenvolvimento dos relatórios parcial e final.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Yamara Matos Oliveira - Integrante / Isabela Magalhães de Oliveira - Integrante / Gabriel Francisco da Silva - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Petróleo.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, I. M. ; OLIVEIRA, Y. M. ; SILVA, G. F. ; MEDRONHO, R. A. . ESTUDO DO ESCOAMENTO INTERNO DE UM SEPARADOR HELICOIDAL PARA POSTERIOR TRATAMENTO DE ÁGUA PRODUZIDA. In: VIII Congresso Nacional de Engenharia Mecânica, 2014, Umberlândia. Anais do VIII Congresso Nacional de Engenharia Mecânica, 2014.

Apresentações de Trabalho
1.
FREITAS, A. G. B. ; OLIVEIRA, I. M. ; OLIVEIRA, Y. M. ; SILVA, G. F. ; MEDRONHO, R. A. . Modelagem Matemática do escoamento de fluidos em tubos helicoidais. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
OLIVEIRA, I. M. ; ANDRADE, A. ; OLIVEIRA, Y. M. ; ANDRADE, G. L. S. ; CRUZ, W. R. S. ; SILVA, G. F. . Análise da Prospecção Tecnológica de Fluidos de Perfuração Através do Registro de Patentes. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Demais trabalhos
1.
OLIVEIRA, Y. M.. Segundo Festival Nacional de Dança de Aracaju. 2010 (Dança) .



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VII Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo e Gás. 2013. (Congresso).

2.
XXXVI Congresso Brasileiro de Sistemas Particulados -ENEMP. 2013. (Congresso).

3.
ENAM - Encontro Nacional da Moringa. 2012. (Encontro).

4.
IV EIDTI - Encontro de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação. 2012. (Encontro).

5.
SIMTEC - Simpósio Internacional de Inovação Tecnológica. 2012. (Simpósio).

6.
Workshop de Energias Alternativas. 2012. (Seminário).

7.
XVII Congresso Regional de Estudantes de Engenharia Química. 2012. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
OLIVEIRA, Y. M.. 7º PDPETRO-Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo e Gás. 2013. (Congresso).



Inovação



Projetos de pesquisa




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 11/12/2018 às 6:51:53