Joelson Germano Crispim

Bolsista de Doutorado do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9254802585727981
  • Última atualização do currículo em 08/12/2018


Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB/CCA) Mestre em Melhoramento Genético de Plantas pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Doutorando em Ciências Biológicas na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Foi Bolsista de Iniciação Científica (PIBIC/CNPq) no Laboratório de Biotecnologia Vegetal (CCA/UFPB) durante todo o curso de graduação. Tem experiência nas áreas de Fitotecnia, Biologia floral e Polinização com enfase em abelhas nativas, Genética e Melhoramento Vegetal, atuando principalmente nos seguintes temas: Cultura de Tecidos, Embriogênese in vitro, Expressão Gênica e Transformação genética. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Joelson Germano Crispim
Nome em citações bibliográficas
CRISPIM, J. G.;CRISPIM, JOELSON GERMANO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Genética.
Avenida Professor Moraes Rego.
Cidade Universitária
50740465 - Recife, PE - Brasil
Telefone: (81) 21267816
URL da Homepage: http://www.lgbv-ufpe.net/


Formação acadêmica/titulação


2018
Doutorado em andamento em Ciências Biológicas.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: EDIÇÃO DE GENES DE AQUAPORINA PELO SISTEMA CRISPR/Cas9 EM FEIJÃO-CAUPI (Vigna unguiculata),
Orientador: Ana Christina Brasileiro-Vidal.
Coorientador: Ana Maria Benko-Iseppon.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2016 - 2018
Mestrado em Agronomia ( Melhoramento Genético de Plantas).
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
Título: ANÁLISE DA EXPRESSÃO DE GENE WRKY DO FEIJÃO-CAUPI [Vigna unguiculata (L.) WALP.] EM Arabidopsis thaliana SOB ESTRESSE SALINOna unguiculata (L.) Walp.] EM Arabidopsis thaliana SOB ESTRESSE SALINO,Ano de Obtenção: 2018.
Orientador: Ana Christina Brasileiro-Vidal.
Coorientador: Valesca Pandolfi.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2012 - 2016
Graduação em Ciências Biológicas.
Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
Título: INDUÇÃO in vitro DE EMBRIÕES GINOGÊNICOS DE Passiflora morifolia Mast. POR MEIO DE ÓVULOS NÃO FERTILIZADOS.
Orientador: Mailson Monteiro do Rêgo.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2009 - 2011
Ensino Médio (2º grau).
E.E.E.F.M.Profº José Soares de Carvalho, CEG, Brasil.




Formação Complementar


2018 - 2018
Extensão universitária em Introdução às técnicas de RNAi e CRISPR. (Carga horária: 80h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2017 - 2017
Extensão universitária em Respostas Fisiológicas e Moleculares de Plantas sob Estresse Abiótico. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2017 - 2017
Extensão universitária em RT-qPCR: Bases e Aplicações na Análise da Expressão. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2017 - 2017
TÉCNICAS EM ANATOMIA VEGETAL. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2015 - 2015
Extensão universitária em XX Curso de Verão em Genética. (Carga horária: 44h).
Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Departamento de Genética, FMRP- USP, Brasil.
2015 - 2015
Células-Tronco e terapia celular. (Carga horária: 8h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2015 - 2015
Nutrigenômica: dos danos ao DNA às "ômicas". (Carga horária: 8h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2015 - 2015
Uso de Redes Neurais em Estudos de Divergência Genética de Plantas. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
2015 - 2015
Aspectos genéticos da infertilidade. (Carga horária: 8h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2015 - 2015
Obtenção de células-tronco hematopoéticas e mesenquimais da médula óssea. (Carga horária: 4h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2015 - 2015
Biologia e Genética de Abelhas Apis melifera. (Carga horária: 8h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2014 - 2014
Biologia Molecular: Teoria e Prática. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
2013 - 2013
Tecnologias da Informação e Comunicação. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
2013 - 2013
Treinamento no uso do Portal Periódicos Capes. (Carga horária: 5h).
Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
2013 - 2013
Cultivo in vitro de Violeta e Lisianthus. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
2012 - 2012
Competências Transversais Propriedade Intelectual. (Carga horária: 14h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL, SENAI, Brasil.
2012 - 2012
MANEJO ECOLÓGICO DE ABELHAS. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Piauí, UFPI, Brasil.
2012 - 2012
Competências Transversais - Tec. da Informação. (Carga horária: 14h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL, SENAI, Brasil.
2012 - 2012
Competencias Transversais em Educação Ambiental. (Carga horária: 14h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL, SENAI, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutorando em Ciências Biológicas, Carga horária: 40


Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2018
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestrando em Melhoramento Genético de Plantas, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação a Docência, Carga horária: 16


Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2016
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Graduando em Ciências Biológicas

Vínculo institucional

2012 - 2016
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário do Laboratório de Biotecnologia, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Representação Estudantil, Enquadramento Funcional: Conselheiro do Dep. de Ciências Biológicas, Carga horária: 10


Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPQ, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Ciêntifica, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Ciêntifica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Ciêntifica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Iniciação Ciêntifica, Carga horária: 20


Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2018
Vínculo: Pós-Graduando, Enquadramento Funcional: Mestrando em Melhoramento Genético de Plantas, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Genômica e transcriptômica do feijão-caupi e espécies relacionadas
Descrição: O gênero Vigna Savi compreende espécies de grande importância econômica e social, como o feijão-caupi [V. unguiculata (L.) Walp.], que faz parte da base alimentar humana como fonte de proteína no nordeste do Brasil e em vários países da África. Apesar da importância socioeconômica, sua produção tem diminuído devido ao cultivo em áreas de solos precários, a pragas e doenças. Por esta razão, programas de melhoramento genético têm sido direcionados para a obtenção de genótipos superiores, muitas vezes demandando a identificação de genes potencialmente úteis em espécies aparentadas, com ênfase para as silvestres, para as quais, em geral, não há genomas sequenciados disponíveis. Dessa forma, o presente projeto visa fornecer subsídios para o entendimento da organização genômica e da sintenia do feijão-caupi e de espécies relacionadas, mediante análises comparativas in silico e in situ. Adicionalmente, busca-se ampliar a compreensão acerca da expressão diferencial de algumas famílias de genes no feijão-caupi, relacionadas a diferentes condições de estresses bióticos [vírus Mosaico Severo do Feijão-Caupi (CPSMV) e vírus do Mosaico Severo do Feijão-Caupi transmitido por Afídeos (CABMV)] e abióticos (seca e salinidade). Para tal, serão realizadas as seguintes etapas: (1) análise da macrossintenia entre P. vulgaris e quatro espécies de Vigna (V. aconitifolia, V. angularis, V. radiata e V. umbellata) e as subespécies V. unguiculata subsp. cylindrica e V. unguiculata subsp. sesquipedalis mediante BAC-FISH; (2) análise comparativa in silico dos genomas de V. angularis e P. vulgaris, utilizando sequências de genes para proteínas quinase como modelo (família gênica envolvida em diferentes vias de transdução de sinais nas células); (3) análises comparativas entre transposons relacionados a genes responsivos a estresses diferencialmente expressos em acessos contrastantes do feijão-caupi; (4) avaliação da correlação existente entre TEs diferencialmente expressos e seus genes alvos; (5) análise da evolução genômica e cariotípica entre os gêneros Vigna e Phaseolus, identificando possíveis mecanismos de alteração; (6) análise do papel de três genes para fatores de transcrição WRKY do feijão-caupi na expressão de genes downstream envolvidos nos mecanismos de tolerância à seca e à salinidade, usando Arabidopsis thaliana como modelo genético; (7) geração de, ao menos, uma planta transgênica de feijão-caupi via biobalística, inserindo no seu genoma um gene VuWRKY de tolerância à seca previamente selecionado; (8) contribuição para a formação de pessoal em nível de graduação e pós-graduação; (9) divulgação dos resultados da pesquisa em congressos científicos e na forma de publicação de artigos científicos em revistas com bom fator de impacto.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Joelson Germano Crispim - Integrante / Valesca Pandolfi - Integrante / Lilia Willadino - Integrante / Antônio Felix Costa - Integrante / Michael Timko - Integrante / Ana Christina Brasileiro Vidal - Coordenador / Cláudia Ulisses - Integrante / Kyria Cilene de Andrade Bortoleti - Integrante / Andrea Pedrosa Harand - Integrante / João Pacífico Bezerra-Neto - Integrante / Ana Maria Benko Iseppon - Integrante / Fernanda de Oliveira Bustamante - Integrante / Maria Munoz-Amatriain - Integrante / Timothy J Close - Integrante / Lidiane de Lima Feitoza - Integrante / David Anderson de Lima Morais - Integrante / Marciana Bizerra de Morais - Integrante.
2015 - 2016
INDUÇÃO IN VITRO DE PLANTAS HAPLÓIDES E DUPLO-HAPLÓIDES DE MARACUJAZEIROS (Passiflora edulis Sims e Passiflora morifolia) POR MEIO DE ÓVULOS NÃO-FERTILIZADO
Descrição: DHs são essenciais para o mapeamento genético de caracteres complexos, tais como a produção ou qualidade, do ponto de vista agronômico. São uma ferramenta poderosa na transgênese, para evitar hemizigotos e economizar tempo e recursos na produção de plantas transformadas com o transgene em ambos os cromossomas homólogos. Além disso, a partir de um ponto de vista científico de base, essas linhas são muito úteis para estudos básicos de ligação e estimativa de frações de recombinação. O auxilio dos DHs no melhoramento genético de maracujazeiros, contribuem de forma significativa para um melhor aproveitamento das culturas, sejam nas características de interesse agronômico ou ornamental. No entanto estudos referentes ao tema são escassos para P. edulis e inexistentes para P. morifolia. Dentre deste contexto este projeto tem por objetivo estabelecer um protocolo de indução in vitro de plantas haploides e duplo haploides de maracujazeiros (P. edulis e P. morifolia) por meio de óvulos não fertilizados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Análise da expressão gênica de fatores de transcrição WRKY do feijão-caupi [Vigna unguiculata (L.) Walp.] relacionados à tolerância à seca e à salinidade

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ana Christina Brasileiro Vidal em 13/04/2018.
Descrição: Os fatores de transcrição (TFs, Transcription Factors) pertencentes à família WRKY constituem em uma das maiores famílias de reguladores transcricionais em plantas e participam de diversas vias de sinalização, incluindo a regulação de estresses bióticos e abióticos. Os fatores de transcrição WRKY são definidos pela presença de um domínio de ligação ao DNA constituído por cerca de 60 aminácidos, com assinatura WRKY na extremidade N-terminal e uma estrutura zinc-finger atípica na extremidade C-terminal. Em trabalhos anteriores, nosso grupo de pesquisa desenvolveu diversas bibliotecas SuperSAGE para o feijão-caupi [Vigna unguicula (L.) Walp.] dentro do Consórcio do Genoma do Feijão-Caupi (NordEST), incluindo oito bibliotecas submetidas a diferentes tempos de seca e seis submetidas a diferentes tempos de exposição ao sal. Essas bibliotecas foram geradas para raízes de dois genótipos contrastantes do feijão-caupi para seca e salinidade. O feijão-caupi é considerado um dos legumes mais importantes na região Nordeste do Brasil, tanto do ponto de vista socio-econômico quanto ambiental. Possui boa aceitação de mercado, é em geral tolerante à seca e fixa nitrogênio simbioticamente aumentando a fertilidade do solo. Recentemente em treinamento de pós-doutorado pelo Programa Ciência sem Fronteiras (CNPq), o cDNA gerado nos experimentos de tolerância a seca foi utilizado para a investigação do papel de genes para fatores de transcrição WRKY, em condições de estresse para seca no feijão-caupi, incluindo identificação, teste e validação de genes candidatos diferencialmente expressos (manuscrito em preparação). Sessenta e quatro sequências WRKY identificadas no genoma do feijão-caupi (VuWRKY) mostraram proteínas caracterizadas pela presença de motivos WRKYGQK e semelhante a zinc-finger (C2-H2 ou C2-H-C). Dessas sequências, 27 VuWRKY tiveram o nível de expressão de seus transcritos validados por qRT-PCR. Em seguida, quatro sequências diferencialmente expressas foram selecionadas para dar continuidade ao estudo de expressão gênica. Estas foram clonadas e suas sequências confirmadas. Os quatro genes VuWRKY estão sob controle do promotor constitutivo 35S do Vírus do Mosaico da Couve-flor (CaMV). Dessa forma, o presente projeto visa a uma melhor compreensão da expressão de genes do feijão-caupi, relacionados à tolerância a estresses abióticos, mediante análise do efeito da superexpressão desses genes em plantas ou em células de organismos modelo (Arabidopsis thaliana e Nicotiana tabacum, respectivamente). Esses estudos em organismos modelo serão fundamentais para o entendimento dos mecanismos de tolerância à seca e à salinidade no feijão-caupi e para seleção de genes de tolerância promissores para futuro uso em experimentos de transformação genética do feijão-caupi, a fim de colaborar para a produção de cultivares potencialmente interessantes para a agricultura.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Joelson Germano Crispim - Integrante / Lilia Willadino - Integrante / Terezinha Rangel Câmara - Integrante / Antônio Felix Costa - Integrante / Ana M. Benko-Iseppon - Integrante / Michael Timko - Integrante / Marina Antunes - Integrante / Ana Christina Brasileiro Vidal - Coordenador.
2014 - 2015
INDUÇÃO IN VITRO DE PLANTAS HAPLÓIDES E DUPLO-HAPLÓIDES DE PASSIFLORA MORIFOLIA POR MEIO DE ÓVULO NÃO-FERTILIZADO
Descrição: Passiflora morifolia Mast. pertence a familia Passifloraceae e tem 2n=18 cromossomos. Esta espécie apresenta auto-incompatibilidade homomórfica esporofítica, fenômeno que conduz a polinização cruzada e consequentemente, a alta heterozigosidade entre plantas. Plantas com essas características genéticas devem ser exploradas, em programas de melhoramento, na produção de sementes híbridas F1, a partir de linhagens homozigóticas. As quais podem ser produzidas por autofecundação no estágio de botão, dois dias antes da antese. Entretanto, no maracujazeiro só é possível obter sementes viáveis até o terceiro ciclo de autofecundação, em função dos efeitos deletérios da endogamia. A Uma das formas de contornar esse problema, é por meio da produção de haploides (ginogênese) e posterior produção de duplo-haplóides (DH), por meio da duplicação do número de cromossomos usando agentes despolimerizantes de microtúbulos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Joelson Germano Crispim - Integrante / Elizanilda Ramalho do Rêgo - Integrante / Mailson Monteiro do Rêgo - Coordenador / Priscila Alves Barroso - Integrante.
2013 - 2014
INDUÇÃO IN VITRO DE PLANTAS HAPLÓIDES E DUPLO-HAPLÓIDES DE MARACUJAZEIRO (PASSIFLORA EDULIS SIMS) POR MEIO DE ÓVULO NÃO FERTILIZADO
Descrição: Em programas de melhoramento genético visando a obtenção de híbridos é fundamental a obtenção de linhas endogâmicas como parentais. No maracujazeiro amarelo (P. edulis Sims) só é possível obter sementes viáveis até o terceiro ciclo de autofecundação, em função dos efeitos deletérios da endogamia. Uma forma de contornar esse problema é por meio da produção de haploides ginógênicos e posterior produção de duplohaplóides, a partir da duplicação do número de cromossomos usando agentes antimitóticos. Dentro deste contexto, objetivouse desenvolver um protocolo de indução in vitro de embriões haplóides de maracujazeiro por meio de óvulo não fertilizado (ginogênese)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Joelson Germano Crispim - Integrante / Elizanilda Ramalho do Rêgo - Integrante / Mailson Monteiro do Rêgo - Coordenador / Priscila Alves Barroso - Integrante.
2012 - 2013
EFEITO DO BENZILAMINOPURINA E DA CINETINA SOBRE POTENCIAL MORFOGÊNICO DE VARIEDADES ANTIGAS DE CANA-DE-AÇUCAR (SACCHARUM OFFICINARUM L.) CULTIVADAS NA MESORREGIÃO DO BREJO PARAIBANO.
Descrição: A Saccharum officinarum L. é uma das culturas de maior importância econômica no Brasil, devido sua grande área plantada, seus produtos e subprodutos, como o açúcar e o álcool. As primeiras cultivares introduzidas no Brasil foram importadas durante o período colonial, sendo cultivadas na mesorregião do agreste paraibano, a exemplo de Poj Branca. Estas apresentam contaminação por patógenos sistêmicos, sendo um fator endógeno ocasionado pelo intenso cultivo prolongado. Com a utilização do método de micro-propagação alta taxas de multiplicação de cana-de-açúcar podem ser alcançadas, com inúmeras vantagens em relação à multiplicação em campo, como a produção de grande quantidade de muda de qualidade superior, em tempo e espaço reduzidos. Na maioria das espécies, a presença de citocininas no meio nutritivo potencializa a formação de brotações, assim, o desenvolvimento e aperfeiçoamento de protocolos in vitro quanto aos fitormônios podem implicar em melhores níveis de desenvolvimento dos explantes cultivados.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Joelson Germano Crispim - Integrante / Mailson Monteiro do Rêgo - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Revisor de periódico


2017 - Atual
Periódico: ORNAMENTAL HORTICULTURE


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Genética e Melhoramento.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Biotecnologia Vegetal.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Genética Vegetal.


Idiomas


Inglês
Lê Bem.


Prêmios e títulos


2018
Prêmio Jovem Geneticista. Menção honrosa ao trabalho: SUPERXPRESSÃO DE GENE WRKY DO FEIJÃO-CAUPI EM Arabidopsis thaliana SOB ESTRESSE SALINO, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Sociedade Brasileira de Genética.
2016
Láurea Acadêmica Destaque da Graduação, Ministério da Educação, Universidade Federal da Paraíba, Pró-Reitoria de Graduação..
2015
Prêmio Ademilson Espencer Egea Soares. Mensão horonsa ao trabalho: INDUÇÃO in vitro DE EMBRIÕES HAPLÓIDES DE MARACUJAZEIRO (Passiflora edulis Sims.) POR MEIO DE ÓVULO NÃO-FERTILIZADO, Programa de Pós-Graduação em Genética, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, USP.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CRISPIM, JOELSON GERMANO2017 CRISPIM, JOELSON GERMANO; RÊGO, ELIZANILDA R ; RÊGO, MAILSON M ; NASCIMENTO, NAYSA FLÁVIA F ; BARROSO, PRISCILA A . Stigma receptivity and anther dehiscence in ornamental pepper. Horticultura Brasileira, v. 35, p. 609-612, 2017.

2.
CRISPIM, JOELSON GERMANO2017CRISPIM, JOELSON GERMANO; REGO, E. R. ; SILVA JUNIOR, C. G. ; BARROSO, P. A. ; REGO, M. M. . VISITANTES FLORAIS DE PIMENTEIRAS MALAGUETA (Capsicum frutescens L.). ANAIS DA ACADEMIA PERNAMBUCANA DE CIÊNCIA AGRONÔMICA, v. 13/14, p. 234-241, 2017.

3.
MEDEIROS, G. D. A.2015MEDEIROS, G. D. A. ; REGO, E. R. ; BARROSO, P. A. ; FERREIRA, K. T. C. ; PESSOA, A. M. S. ; REGO, M. M. ; CRISPIM, J. G. . HERITABILITY OF TRAITS RELATED TO GERMINATION AND MORPHOGENESIS in vitro IN ORNAMENTAL PEPPERS. Acta Horticulturae, v. 1087, p. 403-408, 2015.

4.
CRISPIM, J. G.;CRISPIM, JOELSON GERMANO2015CRISPIM, J. G.; REGO, E. R. ; PESSOA, A. M. S. ; REGO, M. M. . UTILIZAÇÃO DE SUBSTRATOS ALTERNATIVOS NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE PIMENTEIRA ORNAMENTAL (Capsicum sp L.). Cadernos de Agroecologia, v. 10, p. 30-35, 2015.

5.
CRISPIM, J. G.;CRISPIM, JOELSON GERMANO2015CRISPIM, J. G.; REGO, M. M. ; REGO, E. R. ; PESSOA, A. M. S. ; BARROSO, P. A. . Utilização de diferentes substratos na propagação de Pyrostegia venusta através de estacas. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 10, p. 38, 2015.

6.
CRISPIM, J. G.;CRISPIM, JOELSON GERMANO2014CRISPIM, J. G.; REGO, M. M. ; REGO, E. R. ; MEDEIROS, G. D. A. ; SOARES, W. S. ; PESSOA, A. M. S. . Efeito do benzilaminopurina e da cinetina sobre potencial morfogênico de cana-de-açúcar. Agropecuária Técnica (UFPB), v. 35, p. 94-99, 2014.

7.
SANTOS, A. S.2013SANTOS, A. S. ; REGO, M. M. ; QUEIROZ, M. A. ; OLIVEIRA, V. E. A. ; CRISPIM, J. G. . DIVERGÊNCIA EM HÍBRIDOS E ACESSOS DE Cucumis melo L.. Revista Magistra, v. 25, p. 268, 2013.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
CRISPIM, J. G.; REGO, M. M. ; REGO, E. R. ; BARROSO, P. A. ; ANDRADE JUNIOR, M. R. . EFEITOS DA ENDOGAMIA SOBRE CARACTERES FLORAIS EM ACESSOS DE MARACUJAZEIRO AMARELO (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg.). In: II Simpósio da Rede de Recursos Genéticos Vegetais do nordeste, 2015, Fortaleza - CE. Anais II RGNe, 2015. v. 1.

2.
CRISPIM, J. G.; PESSOA, A. M. S. ; NASCIMENTO, K. S. ; SOUSA, B. B. ; BARROSO, P. A. ; REGO, M. M. ; REGO, E. R. . EFEITO DA SACAROSE NO DESENVOLVIMENTO DE Cereus jamacaru CULTIVADOS in vitro. In: II Simpósio da Rede de Recursos Genéticos Vegetais do Nordeste, 2015, Fortaleza - CE. Anais do RGVNe, 2015.

3.
MEDEIROS, G. D. A. ; REGO, M. M. ; REGO, E. R. ; DIAS, J. A. ; BARROSO, P. A. ; PESSOA, A. M. S. ; CRISPIM, J. G. . IDENTIFICAÇÃO MOLECULAR DE ALELOS-S DO MARACUJAZEIRO AMARELO (Passiflora edulis Sims.). In: II Simpósio da Rede de Recursos Genéticos Vegetais do Nordeste, 2015, Fortaleza - CE. Anais do RGVNe, 2015.

4.
BARROSO, P. A. ; REGO, M. M. ; REGO, E. R. ; CRISPIM, J. G. ; NASCIMENTO, K. S. ; NASCIMENTO, A. M. M. ; SOUZA, B. B. . GERMINAÇÃO in vitro DE EMBRIÕES IMATUROS DE PIMENTEIRAS ORNAMENTIAS (Capsicum annuum L.): UMA ALTERNATIVA PARA ACELERAR O PROGRAMA DE MELHORAMENTO. In: Fortaleza - CE, 2015. Anais do RGVNe, 2015.

5.
NASCIMENTO, K. S. ; CRISPIM, J. G. ; NASCIMENTO, A. M. M. ; REGO, M. M. ; PESSOA, A. M. S. ; REGO, E. R. . EFEITO DE DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE DE SAIS E DIFERENTES LUZES EM PLÊNTULAS DE DE MANDACARU GERMINADAS in vitro. In: II Simpósio da Rede de Recursos Genéticos Vegetais do Nordeste, 2015, Fortaleza - CE. Anais do RGVNe, 2015.

6.
CRISPIM, J. G.; REGO, M. M. ; REGO, E. R. ; QUERINO, J. E. C. ; BRASILEIRO. L. O. ; PESSOA, A. M. S. ; SOUZA, J. S. . DESENVOLVIMENTO DE BROTOS A PARTIR DE ESTACAS DE PYROSTEGIA VENUSTRA. CULTIVADAS EM TRÊS DIFERENTES TIPOS DE SUBSTRATOS. In: XXVIII Congresso Brasileiro de Agronomia, 2013, Cuiabá. Anais do XXVIII Congresso Brasileiro de Agronomia, 2013.

7.
CRISPIM, J. G.; LIMA, J. A. M. ; REGO, E. R. ; REGO, M. M. ; SANTOS, F. A. ; NASCIMENTO, N. F. F. ; MESQUITA, J. P. ; BARROSO, P. A. . CARACTERIZAÇÃO DE UMA GERAÇÃO F3 DE PIMENTEIRAS (Capsicum annuum). In: XXVIII Congresso Brasileiro de Agronomia, 2013, Cuiabá. Anais do XXVIII Congresso Brasileiro de Agronomia, 2013.

8.
SOUZA, J. I. ; SILVA JUNIOR, C. G. ; CRISPIM, J. G. . LEVANTAMENTO DA MACROFAUNA DO SOLO EM ÁREAS DE PASTAGENS (Brachiaria decumbes) COM DIFERENTES ALTURAS DE PASTO. In: I Reunião Nordestina de Ciência do Solo, 2013, Areia. Anais da I Reunião Nordestina de Ciência do Solo, 2013.

9.
SOUZA, J. S. ; REGO, E. R. ; SILVA JUNIOR, C. G. ; CRISPIM, J. G. ; SOUZA, J. I. ; MEDEIROS, G. D. A. ; BARROSO, P. A. ; REGO, M. M. . LEVANTAMENTO DA MACROFAUNA EDÁFICA NA CULTURA DA BERINGELA(Solanum melongena L.). In: XXVIII Congresso Brasileiro de Agronomia, 2013, Cuiabá. Anais do XXVIII Congresso Brasileiro de Agronomia, 2013.

10.
SILVA JUNIOR, C. G. ; CRISPIM, J. G. ; REGO, E. R. ; Serrão J. G. ; NASCIMENTO, N. F. F. ; BRASILEIRO, L. O. ; MESQUITA, J. P. ; REGO, M. M. . ESPÉCIES DE ABELHAS (HYMENOPTARA: APOIDEA) VISITANTES DA CULTURA DA PIMENTA(CAPSICUM ANNUM). In: XXIII Congresso Brasileiro de Zootecnia - ZOOTEC, 2013, Foz do Iguaçu. Congresso Brasileiro de Zootecnia - ZOOTEC. 2014 anais, 2013.

11.
SANTOS, A. S. ; REGO, M. M. ; QUEIROZ, M. A. ; OLIVEIRA, V. E. A. ; CRISPIM, J. G. . DIVERSIDADE EM HÍBRIDO E ACESSOS DE Cucumis melo L.. In: Rede de Recursos Genéticos Vegetais do Nordeste, 2013, Cruz das Almas - BA. Anais do RGV NORDESTE, 2013.

12.
CRISPIM, J. G.; REGO, E. R. ; NUNES, G. S. ; LEITE, A. P. ; SILVA JUNIOR, C. G. . VISITANTES FLORAIS E POSSÍVEIS POLINIZADORES DE PIMENTEIRAS (Capsicum frutescens L.). In: II Seminário Piauiense de Agroecologia, 2012, Esperantina. Anais, 2012.

13.
CRISPIM, J. G.; LEITE, A. P. . EFEITO DA MANIPUEIRA NA GERMINAÇÃO E VIGOR DE SEMENTES DE PIMENTA (Capsicum frutescens). In: II Seminário Piauiense de Agroecologia, 2012, Esperantina. Anais, 2012.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BARROSO, P. A. ; REGO, M. M. ; CRISPIM, J. G. ; COSTA, M. P. S. D. ; REGO, E. R. . IS POSSIBLE TO ADVANCE BREEDING PROGRAM OF ORNAMENTAL CHILI PEPPERS: BY IN VITRO CULTURE OF ZYGOTIC IMMATURE EMBRYOS?. In: 24th International Pepper Conference, 2018, Florida. 24th International Pepper Conference - Abstract Compilation. Fort Myers,: 24th International Pepper Conference, 2018. v. 1. p. 38-38.

2.
CRISPIM, J. G.; PANDOLFI, V. ; ANTUNES, M. ; SUN, L. ; SANTOS, E. S. ; BENKO-ISEPPON, A. M. ; WILLADINO, L. ; TIMKO, M. ; VIDAL, A. C. B. . SUPERXPRESSÃO DE GENE WRKY DO FEIJÃO-CAUPI EM Arabidopsis thaliana SOB ESTRESSE SALINO. In: XXII Encontro de Genética do Nordeste - ENGENE, 2018, Natal. Anais do XXII Encontro de Genética do Nordeste, 2018. v. 1.

3.
BARROSO, P. A. ; REGO, M. M. ; REGO, E. R. ; CRISPIM, J. G. ; COSTA, M. P. S. D. . CARACTERIZAÇÃO DE PIMENTEIRAS ORNAMENTAIS DERIVADAS DE EMBRIÕES ZIGÓTICOS IMATUROS in vitro: UMA ALTERNATIVA PARA O MELHORAMENTO. In: III Simpósio da Rede de Recursos Genéticos Vegetais do Nordeste, 2017, Aracajú. Revista RG News, 2017. v. 3. p. 178.

4.
MEDEIROS, G. D. A. ; REGO, M. M. ; MEDEIROS, J. S. ; BARROSO, P. A. ; CRISPIM, J. G. ; REGO, E. R. . DIVERSIDADE S-ALÉLICA EM UMA POPULAÇÃO DE MARACUJAZEIRO (Passiflora edulis SIMS). In: III Simpósio da Rede de Recursos Genéticos Vegetais do Nordeste, 2017, Aracaju. Revista Recursos Genéticos News - RG News, 2017. v. 3. p. 76.

5.
SOUSA, B. B. ; REGO, M. M. ; NASCIMENTO, K. S. ; CRISPIM, J. G. ; REGO, E. R. . ANÁLISE in vitro DA FITOTOXIDADE DO AGENTE ANTIMITOTICO (COLCHICINA) SOBRE PLANTAS DE Napolea cochenilifera L.. In: VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE GENÉTICA E MELHORAMENTO, 2016, Viçosa - MG. Anais do VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE GENÉTICA E MELHORAMENTO, 2016. v. 1. p. 131-131.

6.
PESSOA, A. M. S. ; REGO, E. R. ; BARROSO, P. A. ; NASCIMENTO, N. F. F. ; CRISPIM, J. G. ; REGO, M. M. . VARIABILITY AND RELATIVE IMPORTANCE OF PORT TRAITS IN A F2 GENERATION OF CHILI PEPPER Capsicum annuum L.. In: the 22nd International Pepper Conference, 2014, Chile. the 22nd International Pepper Conference, 2014.

7.
SOUSA, B. B. ; CRISPIM, J. G. ; REGO, M. M. ; BRASILEIRO, L. O. ; PESSOA, A. M. S. ; REGO, E. R. . GERMINAÇÃO DE DIFERENTES ACESSOS DE Spondias tuberosa. In: V Simpósio Internacional de Genética e Melhoramento e IX Encontro de Genética e Melhoramento, 2014, Viçosa. V Simpósio Internacional de Genética e Melhoramento E IX Encontro de Genética e Melhoramento - Anais. Visconde de Rio Branco: Suprema, 2014. p. 423.

8.
LIMA, J. A. M. ; VASCONCELOS, G. P. S. S. ; CRUZ, M. ; REGO, E. R. ; REGO, M. M. ; CRISPIM, J. G. . PORCENTAGEM E ÍNDICE DE VELOCIDADE DE GERMINAÇÃO DE GENÓTIPOS DE Capsicum SUBMETIDOS AO ESTRESSE HÍDRICO. In: V Simpósio Internacional de Genética e Melhoramento E IX Encontro de Genética e Melhoramento, 2014, Viçosa. V Simpósio Internacional de Genética e Melhoramento E IX Encontro de Genética e Melhoramento - Anais. Visconde de Rio Branco: Suprema, 2014. v. 5.

9.
CRISPIM, J. G.; GEGLIO, P. C. . A IMPORTÂNCIA DE AULAS PÁTICAS NO ENSINO DE GENÉTICA. In: III Encontro Nacional de Licenciaturas, 2013, Uberaba. Anais do III Encontro Nacional de Licenciaturas, 2013.

10.
PEQUENO, R. A. ; SOUZA, B. B. ; CRISPIM, J. G. . AULA INTERATIVA DE ECOLOGIA: uma experiência com o uso de jogo. In: III Encontro Nacional de Licenciaturas, 2013, Uberaba. Anais do III Encontro Nacional de Licenciaturas, 2013.

11.
CRISPIM, J. G.; REGO, M. M. . EFEITO DO BAP E DE KIN SOBRE POTENCIAL MORFOGÊNICO DE VARIEDADES ANTIGAS DE CANA-DE-AÇÚCAR (SACCHARUM OFFICINARUM L.) CULTIVADAS NA MESORREGIÃO DO BREJO PARAIBANO.. In: XXI Encontro de Iniciação Cientifica, 2013, Areia. anais, 2013.

Apresentações de Trabalho
1.
CRISPIM, J. G.; VIDAL, A. C. B. ; PANDOLFI, V. ; BENKO-ISEPPON, A. M. . EDIÇÃO DE DE GENES DE AQUAPORINA PELO SISTEMA CRISPR/Cas9 EM FEIJÃO-CAUPI (Vigna unguiculata). 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
CRISPIM, J. G.; REGO, M. M. ; REGO, E. R. ; BARROSO, P. A. ; NASCIMENTO, K. S. ; MEDEIROS, G. D. A. ; PESSOA, A. M. S. . INDUÇÃO IN VITRO DE EMBRIÕES GINOGÊNICOS DE MARACUJAZEIROS POR MEIO DE ÓVULOS NÃO FERTILIZADOS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
CRISPIM, J. G.; ANTUNES, M. F. K. ; PANDOLFI, V. ; SILVA, M. D. F. ; SUN, L. ; LIU, H. ; WILLADINO, L. ; TIMKO, M. P. ; BENKO-ISEPPON, A. M. ; BRASILEIRO-VIDAL, A. C. . SELEÇÃO DE LINHAGENS TRANSGÊNICAS DE Arabidopsis thaliana COM GENES PARA FATORES DE TRANSCRIÇÃO WRKY DO FEIJÃO-CAUPI. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
CRISPIM, J. G.; REGO, M. M. . INDUÇÃOIN VITRO DE PLANTAS HAPLÓIDES E DUPLO-HAPLÓIDES DE MARACUJAZEIROS (PASSIFLORA EDULIS SIMS E PASSIFLORA MORIFOLIA) POR MEIO DE ÓVULOS NÃO-FERTILIZADOS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
CRISPIM, J. G.; REGO, M. M. ; REGO, E. R. . INDUÇÃO in vitro DE EMBRIÕES HAPLÓIDES DE MARACUJAZEIRO (Passiflora edulis Sims.) POR MEIO DE ÓVULO-NÃO FERTILIZADO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
CRISPIM, J. G.; REGO, M. M. ; REGO, E. R. ; BARROSO, P. A. ; ANDRADE JUNIOR, M. R. . EFEITOS DA ENDOGAMIA SOBRE CARACTERES FLORAIS DE MARACUJAZEIRO AMARELO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

7.
CRISPIM, J. G.; REGO, M. M. . INDUÇÃO in vitro DE HAPLOIDES DE PLANTAS HAPLOIDES E DUPLO-HAPLOIDES DE Passiflora morifolia Mast. POR MEIO DE ÓVULOS NÃO FERTILIZADOS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
CRISPIM, J. G.; REGO, M. M. . INDUÇÃO in vitro DE PLANTAS HAPLOIDES E DUPLO-HAPLOIDES DE Passiflora edulis POR MEIO DE ÓVULOS NÃO-FERTILIZADOS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

9.
PEQUENO, R. A. ; SOUSA, B. B. ; CRISPIM, J. G. . AULA INTERATIVA DE ECOLOGIA: UMA EXPERIENCIA COM O USO DE JOGOS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
CRISPIM, J. G.; REGO, E. R. ; CAVALCANTI, M. L. F. . PRÁTICAS NO ENSINO DE GENÉTICA. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
CRISPIM, J. G.; REGO, M. M. . EFEITO DO BENZILAMINOPURINA E DA CINETINA SOBRE POTENCIAL MORFOGÊNICO DE VARIEDADES ANTIGAS DE CANA-DE-AÇUCAR (SACCHARUM OFFICINARUM L.) CULTIVADAS NA MESORREGIÃO DO BREJO PARAIBANO.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
CRISPIM, J. G.; GEGLIO, P. C. . A IMPORTÂNCIA DE AULAS PÁTICAS NO ENSINO DE GENÉTICA. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

13.
CRISPIM, J. G.; REGO, E. R. ; NUNES, G. S. ; LEITE, A. P. ; SILVA JUNIOR, C. G. . VISITANTES FLORAIS E POSSÍVEIS POLINIZADORES DE PIMENTEIRAS (Capsicum frutescens L.). 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Demais tipos de produção técnica
1.
CRISPIM, J. G.; VIDAL, A. C. B. . TÉCNICAS DE BIOTECNOLOGIA VEGETAL APLICADAS EM ESTUDOS DE SALINIDADE. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
REGO, E. R. ; CRISPIM, J. G. . Praticas de Genética no Ensino Médio. 2013. .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CRISPIM, J. G.; PEREIRA, W. E.; FRAGA, V. S.. Participação em banca de Uanderson Evangelista Alves.CRESCIMENTO E PRODUÇÃO DA ALFACE SOB DIFERENTES REPOSIÇÕES HÍDRICAS E USO DE POLÍMERO HIDRORETENTOR. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
CRISPIM, J. G.. Moderador do VIII Ciclo de Seminários em Genética e Biotecnologia Vegetal: In vitro AND in vivo INVESTIGATION OF THE GENOTOXIC POTENCIAL OF WATERS FROM RIVERS UNDER THE INFLUENCE OF A PETROLEUM REFINERY (São Paulo State - Brazil). 2018. Universidade Federal de Pernambuco.

2.
CRISPIM, J. G.. Moderador do VIII Ciclo de Seminários em Genética e Biotecnologia Vegetal: INTERFERÊNCIAS BIOTECNOLÓGICAS PARA OBTENÇÃO DE LINHAGEM DE FEIJÃO-CAUPI RESITENTE AO COWPEA APHID-BORNE MOSAIC VÍRUS (CABMV). 2018. Universidade Federal de Pernambuco.

3.
CRISPIM, J. G.. Moderador do VIII Ciclo de Seminários em Genética e Biotecnologia Vegetal: LIMITAÇÕES DO MAPEAMENTO BASEADO EM FISH DE SONDAS DE SEQUÊNCIA ÚNICA PRÓXIMAS. 2017. Universidade Federal de Pernambuco.

4.
CRISPIM, JOELSON GERMANO. Moderador do VIII Ciclo de Seminários em Genética e Biotecnologia Vegetal: AVALIAÇÃO DO POTENCIAL CITOTÓXICO, GENOTÓXICO, MUTAGÊNICO E ANTIMUTAGÊNICO DO EXTRATO FOLIAR DE Amburana cearencis (Allemao). 2017. Universidade Federal de Pernambuco.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XXII Encontro de Genética do Nordeste - ENGENE -.SUPERXPRESSÃO DE GENE WRKY DO FEIJÃO-CAUPI EM Arabidopsis thaliana SOB ESTRESSE SALINO. 2018. (Encontro).

2.
I Encontro de Biotecnologia do Nordeste. Seleção de linhagens transgênicas de Arabidopsis thaliana com genes para fatores de transcrição WRKY do feijão-caupi. 2017. (Congresso).

3.
II Encontro da Biologia Vegetal. 2017. (Encontro).

4.
I Simpósio de Evolução de Plantas. 2017. (Simpósio).

5.
VIII Ciclo de Seminários em Genética e Biotecnologia. 2017. (Seminário).

6.
I Encontro de Química em Contextos: Práticas e Saberes Interdisciplinares. 2015. (Encontro).

7.
II Simpósio da Rede de Recursos Genéticos Vegetais do Nordeste oo.Efeitos da Endogamia sobre Caracteres Florais de Maracujazeiro Amerelo. 2015. (Simpósio).

8.
XV Encontro Regional de Agroecologia.UTILIZAÇÃO DE SUBSTRATOS ALTERNATIVOS NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE PIMENTEIRA ORNAMENTAL (Capsicum sp L.). 2015. (Encontro).

9.
XX Curso de Verão em Genética.Indução in vitro de Embriões Haplóides de maracujazeiro (Passiflora edulis Sims.) Por meio de óvulos não Fertilizados. 2015. (Outra).

10.
54ª Reunião Anual da ABEAS. 2014. (Outra).

11.
8º Fórum de Educação Agrícola Superior. 2014. (Outra).

12.
9ª Congresso Brasileiro de Educação Agrícola Superior. UTILIZAÇÃO DE SUBSTRATOS ALTERNATIVOS NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE PIMENTEIRA ORNAMENTAL (Capsicum annuum L.). 2014. (Congresso).

13.
II EXPOBIO. Biotecnologia Vegetal. 2014. (Feira).

14.
Ciclos de Palestras PET. 2013. (Outra).

15.
I EXPOBIO. Pesquisas desenvolvidas no Laboratório de Biotecnologia Vegetal do CCA. 2013. (Exposição).

16.
III Encontro de Plantas Ornamentais do Brejo Paraíbano. 2013. (Exposição).

17.
III SEMINÁRIO NACIONAL DO PIBID. A IMPORTÂNCIA DE AULAS PÁTICAS NO ENSINO DE GENÉTICA. 2013. (Congresso).

18.
II Workshop de Ecologia Teórica e Preditiva..II Workshop de Ecologia e Preditiva. 2013. (Outra).

19.
IV Encontro Nacional das Licenciaturas. A Importância de Aulas Práticas no Ensino de Genética. 2013. (Congresso).

20.
XXI Encontro de Iniciação Científica da UFPB.EFEITO DO BENZILAMINOPURINA E DA CINETINA SOBRE POTENCIAL MORFOGÊNICO DE VARIEDADES ANTIGAS DE CANA-DE-AÇÚCAR (SACCHARUM OFFICINARUM L.) CULTIVADAS NA MESORREGIÃO DO BREJO PARAIBANO. 2013. (Encontro).

21.
XXVIII Congresso Brasileiro de Agronomia. Desenvolvimento de brotos a partir de estacas de Pyrostegia venustra cultivadas em três diferentes tipos de substratos. 2013. (Congresso).

22.
XXVIII Congresso Brasileiro de Agronomia. CARACTERIZAÇÃO DE GERAÇÃO F3 DE PIMENTEIRAS (CAPSICUM ANNUUM). 2013. (Congresso).

23.
II Seminário Piauense de Agroecologia.EFEITO DA MANIPUEIRA NA GERMINAÇÃO E VIGOR DE SEMENTES DE PIMENTA (Capsicum frutescens). 2012. (Seminário).

24.
II Seminário Piauense de Agroecologia.VISITANTES FLORAIS E POSSÍVEIS POLINIZADORES DE PIMENTEIRAS (Capsicum frutescens L.). 2012. (Seminário).

25.
Seminário Sobre Politicas de Inclusão e Étnicorracial. 2012. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BRITO, C. H. ; OLIVEIRA, D. H. ; COSTA, N. P. ; CRISPIM, J. G. . I SIMPÓSIO PARAIBANO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. 2014. (Outro).

2.
BRITO, C. H. ; OLIVEIRA, D. H. ; CRISPIM, J. G. . II Encontro de Biologia do Centro de Ciências Agrárias - UFPB. 2014. (Outro).

3.
Santos, D. ; Ribeiro, D. C. ; CRISPIM, J. G. . IV Feira de Profisões do CCA. 2013. .

4.
REGO, E. R. ; REGO, M. M. ; CRISPIM, J. G. . III Encontro de Plantas Ornamentais do Brejo Paraíbano. 2013. (Outro).

5.
CRISPIM, J. G.; REGO, E. R. . I Jornada de Ensino Pratico em Biologia. 2013. (Outro).

6.
Ribeiro, D. C. ; Santos, D. ; CRISPIM, J. G. . III Feira de Profissões. 2012. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
CRISPIM, J. G.; REGO, E. R. ; CAVALCANTI, M. L. F. . PRÁTICAS NO ENSINO DE GENÉTICA. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Cursos de curta duração ministrados
1.
CRISPIM, J. G.; VIDAL, A. C. B. . TÉCNICAS DE BIOTECNOLOGIA VEGETAL APLICADAS EM ESTUDOS DE SALINIDADE. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
REGO, E. R. ; CRISPIM, J. G. . Praticas de Genética no Ensino Médio. 2013. .




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/01/2019 às 20:47:10