Luiz Antonio Barreto de Castro

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4502942441518168
  • Última atualização do currículo em 03/10/2018


Engenheiro Agrônomo graduado pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) com mestrado em Agronomy (Mississippi State University), doutorado em Plant Physiology (University of Califórnia - Davis) e pós-doutorado em Biologia Molecular de Plantas University of California -LA (UCLA). Membro da Academia Brasileira de Ciências desde 2003 e da American Association for the Advancement of Science desde 1995. Atuou como professor da UFRRJ de 1965 a 1980, pesquisador da EMBRAPA, no Cenargen onde construiu a engenharia genética de plantas de 1980 a 2002 , professor visitante da UCLA, Secretário Executivo do PADCT do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo Brasileiro (MCTI), Secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do MCTI. Participou na estruturação da Politica Nacional de Biotecnologia do Brasil, instituindo, presidindo, coordenando ou integrando diversos órgãos do Governo Federal, tais como o RENORBIO (Rede Nordeste de Biotecnologia), o COMCERRADO (Rede de Cooperação em Ciência e Tecnologia para o uso sustentável do Cerrado), a REDE BIONORTE (Rede de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia Legal), Rede Centro Oeste , a Comissão Técnica Interministerial Permanente de Ciência e Tecnologia na Agropecuária, os Fundos Setoriais de Biotecnologia, Saúde e do Agronegócio, a Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), a Comissão Interministerial de Recursos do Mar (CIRM), o Conselho Nacional de Recursos Hídricos, a Comissão de Coordenação das Atividades de Meteorologia, Climatologia e Hidrologia (CMCH), o PROANTAR ? Programa Antártico Brasileiro, a Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima, o Conselho Nacional de Biotecnologia, o CONCEA ? Conselho Nacional de Controle e Experimentação Animal, o Comitê Nacional de Biotecnologia e o Centro Brasileiro Argentino de Biotecnologia. Representou o Brasil em diversos fóruns, órgãos e missões internacionais, entre essas: Codex Alimentarius, UPOV, Board of Governors do ICGEB - International Center for Genetic Engineering and Biotechnology, CGIAR- Consultive Group of the International Agricultural Research Centers, IICA, IOC da UNESCO, assim como Consultor do Banco Mundial para avaliação de sistemas de C&T na América Latina, expert junto à OMPI e integrante do Working Party of Biotechnology for the UNCED, Biotechnology Advisory Commission of the Stockholm Environment Institute. Condecorado pelo Governo Brasileiro com a Ordem Nacional do Mérito Judiciário da Suprema Corte da Justiça do Tralho, a Ordem Nacional do Mérito Científico - categorias GRÃ CRUZ e COMENDADOR (Presidência da República do Brasil), a Medalha Amigo da Marinha do Brasil e a Medalha Mérito Tamandaré da Marinha do Brasil. Exerceu o cargo de Diretor Técnico do Instituto Brasileiro do Algodão de Janeiro a Dezembro de 2011 . Membro do Grupo consultor do UNCST de Uganda. Atual presidente da SBBIOTEC- Sociedade Brasileira de Biotecnologia. Desde Janeiro de 2011 estabeleceu a empresa de consultoria e projetos - ABCP www.abcpplataformas.com.br que preside desde então.Atraves desta empresa tem atuado como consultor de diversas instituições no Brasil como o CIB e Monsanto e no Exterior como a AquaBounty e Kalgene Em Janeiro de 2014 foi contemplado pela CAPES com uma Bolsa de Pesquisador Nacional Senior -PVNS para fazer a relação acadêmico industrial na UNB e EMBRAPA/CENARGEN.Em outubro de 2014 recebeu comenda da FAO-ONU ,EMBRAPA,ANDEF,ABAG pela contribuição para a Revolução Verde Brasileira.A partir de Fevereiro de 2018 atua como Consultor da Biotec Amazonia , OS estadual estabelecida pelo governo do Estado do Pará.No dia 9 de Maio de 2018 recebeu o Título de Pesquisador Emérito do CNPq , edição 2018 em Ciências agrárias (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Luiz Antonio Barreto de Castro
Nome em citações bibliográficas
CASTRO, L. A. B.;Luiz Antonio Barreto de Castro


Formação acadêmica/titulação


1973 - 1977
Doutorado em Plant Physiology.
University of California - Davis, UC DAVIS, Estados Unidos.
Título: Characterization and in vitro synthesis of the 11S globulim from soybean (Glycine max L.), Ano de obtenção: 1977.
Orientador: BREIDENBACHW.B..
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
1968 - 1970
Mestrado em Agronomy.
Mississippi State University, MSU, Estados Unidos.
Título: Some factors influencing yield and quality of carrot (Daucus carota),Ano de Obtenção: 1970.
Orientador: ANDREWC.H..
1959 - 1962
Graduação em Agronomia.
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.


Pós-doutorado


1989 - 1992
Pós-Doutorado.
University of California - Los Angeles, UC LOS ANGELES, Estados Unidos.
Bolsista do(a): Fundação Rockfeller, ROCKFELLER FOUND, Estados Unidos.
1986 - 1988
Pós-Doutorado.
University of California - Los Angeles, UC LOS ANGELES, Estados Unidos.
Bolsista do(a): Fundação Rockfeller, ROCKFELLER FOUND, Estados Unidos.


Formação Complementar


1996 - 1996
Biosafety of transgenic organisms. (Carga horária: 40h).
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
1968 - 1968
Extensão universitária em Produção de Sementes de Hortaliças. (Carga horária: 360h).
Keystone Seed Company, KSC, Estados Unidos.
1965 - 1965
Extensão universitária em Produção e Comercialização de Sementes. (Carga horária: 180h).
Mississippi State University, MSU, Estados Unidos.
1964 - 1964
Extensão universitária.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
1963 - 1963
Extensão universitária em II Curso Nacional de Analise de Sementes. (Carga horária: 180h).
Escola de Agronomia Eliseu Maciel, EAEM, Brasil.


Atuação Profissional



Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, MAPA, Brasil.
Vínculo institucional

1963 - 1965
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

10/1963 - 7/1965
Pesquisa e desenvolvimento , Ipeacs, Seção de Horticultura.


Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.
Vínculo institucional

1965 - 1981
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

7/1965 - 4/1981
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Agronomia, Departemento de Horticultura.

7/1965 - 4/1981
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Horticultura
Tecnologia de Sementes

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2004
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Chefe Geral, Carga horária: 40

Vínculo institucional

1981 - 1996
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Pesquisador III, Carga horária: 40
Outras informações
Pesquisador III da EMBRAPA responsavel pela organização da area de Biotecnologia

Atividades

1/2000 - 1/2004
Direção e administração, Centro Nacional de Pesquisa de Recursos Genéticos e Biotecnologia, Biotecnologia.

Cargo ou função
Chefe Geral.
4/1981 - 9/1996
Pesquisa e desenvolvimento , Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia Cenargen, Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia.


Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, MCTI, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2011
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Cargo em Comissão -, Carga horária: 40
Outras informações
Secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento

Vínculo institucional

1991 - 1999
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Cargo em Comissão, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Secretário Executivo do PADCT

Atividades

1/1991 - 7/1999
Direção e administração, Secretaria de Programas, Padct.

Cargo ou função
Secretário Executivo.

Centro Universitário de Brasília, UniCEUB, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 8
Outras informações
Responsavel pela lecionação da disciplina Fronteiras da Biotecnologia para os cursos de graduação do Centro de Ciencias da Saude, em particular o de graduação em Biologia

Atividades

2/2004 - 2/2006
Direção e administração, Assessoria de Ensino de Pós-Graduação e Pesquisa, Assessoria de Ensino de Pós-Graduação e Pesquisa.

Cargo ou função
Chefe de Departamento.

agropecuaria biotecnologia consultoria e projetos, ABCP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: CEO, Enquadramento Funcional: CEO, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Agricultura Biotecnologia Consultoria Projetos, ABCP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Socio Presidente, Enquadramento Funcional: Diretor Presidente, Carga horária: 40


Instituto Brasileiro do Algodão, IBA, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Diretor Tecnico, Carga horária: 40



Linhas de pesquisa


1.
Fisiologia Vegetal

Objetivo: Estabelecimento de indicadores para avaliação do vigor fisiologico de sementes.Estudos sobre conservação de sementes.
2.
Agronomia/Melhoramento Genético de Olericolas

Objetivo: Melhoramento Genetico de Olericolas . Melhoramento genetico de Solanaceas para resistencia a doenças fungicas ,virais e bacterianss. Desenvolvimento de híbridos de olerícolas : Solanaceas e Cucurbitaceas para aumento de rendimento e uniformidade do produto.
3.
Recursos Genéticos de Hortaliças

Objetivo: Estabelecimento de coleções de recursos geneticos de olericolas como base para o seu melhoramento genetico.
4.
Engenharia Genética de Plantas

Objetivo: Melhoramento da qualidade proteica de Phaseolus vulgaris pela inserção do gene 2S uma albumina de castanha do pará rica em metionina. Caracterização de genes de tecidos de reserva de Colocasia esculenta.


Outros Projetos


Projeto Renorbio ver detalhes em www.sbbiotec.org.br
Situação: Desativado; Natureza: Outra.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Fisiologia Vegetal/Especialidade: Biologia Molecular de Plantas.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Fisiologia Vegetal.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia/Especialidade: Melhoramento Vegetal.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular/Especialidade: BIOTECNOLOGIA.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2014
Contribuição para a Revolução Verde Brasileira, FAO-ONU,EMBRAPA,ANDEF e ABAG.
2008
Medalha Mérito Tamandaré, Ministerio da Marinha.
2007
Classificado em Concurso para Professor Titular do Departamento de Genetica da UFPE, Centro de Ciencias Biológicas da Universidade Federal de Pernambuco.
2007
Certificate of Excellence, Council for Agricultural Science and Technology.
2006
Homenagem por serviços prestados ao RENORBIO, Conselho de Pro-Reitores.
2006
PROGRESSO DE REVITALIZAÇÃO E FORTALECIMENTO DOS CENTROS ESTADUAIS DE METEOROLOGIA NO BRASIL, CENTROS ESTADUAIS DE METEOROLOGIA.
2005
Diploma Amigo da Marinha, Comandante do 7o Distrito Naval.
2003
Membro da Acadêmia Brasileira de Ciências, Acadêmia Brasileira de Ciências.
2002
Medalha da Ordem Nacional do Mérito Científico/Categoria Grã-Cruz, Presidência da República.
2002
Homenagem pelos trabalhos prestados como Presidente da CTNBio, Comissão Nacional de Biosegurança.
2002
Premio Master 2002 de Ciência e Tecnologia, Instituto de Estudos e Pesquisas de Qualidade- IQ.
1999
Homenagem recebida no I Congresso Brasileiro de Biossegurança e no I Simposio Latino Americano de Produtos Trasngenicos, ANBIO.
1996
Ordem Nacional do Mérito Científico/Categoria Comendador, Presidência da República.
1992
Homenagem da ComissãoTécnica Nacional de Biosegurança, CTNBio.
1991
Medalha da Ordem Nacional do Mérito Judiciário, Suprema Corte da Justiça do Trabalho.
1989
Biotechnology Career fellowship, Rockfeller Foundation.
1986
Biotechnology Career Fellowship, Rockfeller Foundation.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
Castro L.A.B. de Luiz Antonio Barreto de Castro2018Castro L.A.B. de Luiz Antonio Barreto de Castro ; Luiz Antonio Barreto de Castro . Is yellow fever back in Brazil ?. NATURE, v. 01, p. 01, 2018.

2.
CASTRO, L. A. B.2018CASTRO, L. A. B.. The Tragic Burning of the Brazilian Museum. NATURE BIOTECHNOLOGY, v. 1, p. 1-1, 2018.

3.
CASTRO, L. A. B.2017CASTRO, L. A. B.. Brazil´s plunging science investments. NATURE, v. 1, p. 1, 2017.

4.
Luiz Antonio Barreto de Castro2017Luiz Antonio Barreto de Castro. Vaccines the world over. NATURE, v. 1, p. 1, 2017.

5.
Luiz Antonio Barreto de Castro2017Luiz Antonio Barreto de Castro. Limitations for Biotechnology Innovations in Brazil. Clinical Biotechnology and Microbiology, v. 1, p. 144-155, 2017.

6.
CASTRO, L. A. B.2017CASTRO, L. A. B.. Graduate programs in Brazil need reevaluation to contribute for innovation in Biotechnology. Biotechnology Research & Innovation, v. 1, p. 1-5, 2017.

7.
Luiz Antonio Barreto de Castro2016Luiz Antonio Barreto de Castro. A Whole Country Against a Mosquito. NATURE, v. 1, p. 1, 2016.

8.
Luiz Antonio Barreto de Castro2016Luiz Antonio Barreto de Castro. Heparin.Brazil and Innovation. NATURE, v. 1, p. 1, 2016.

9.
Luiz Antonio Barreto de Castro2016Luiz Antonio Barreto de Castro. Law 13123 and access to the Zica virus. NATURE, v. 1, p. 1, 2016.

10.
Luiz Antonio Barreto de Castro2015Luiz Antonio Barreto de Castro. Universities in Brazil -Dowe have the best model?. NATURE, v. 1, p. 1, 2015.

11.
Luiz Antonio Barreto de Castro2015Luiz Antonio Barreto de Castro. Biotechnology for the Poor. NATURE, v. 1, p. 1, 2015.

12.
Luiz Antonio Barreto de Castro2015Luiz Antonio Barreto de Castro. Doubling Feed and food Production in Brazil. NATURE, v. 1, p. 1, 2015.

13.
Luiz Antonio Barreto de Castro2015Luiz Antonio Barreto de Castro. Mixing Science and Politics. NATURE, v. 1, p. 1, 2015.

14.
Luiz Antonio Barreto de Castro2015Luiz Antonio Barreto de Castro. Transgenesis vs Gene Editing. NATURE, v. 1, p. 1, 2015.

15.
CASTRO, L. A. B.2014CASTRO, L. A. B.; The Brazilian Agricultural Revolution in the XXI Century - Changing Paradigms in Biotechnology. Jacobs Journal of Biotechnology and Bioengeneering, v. 1, p. 1-5, 2014.

16.
CASTRO, L. A. B.2014CASTRO, L. A. B.. Brazilian biotechnology network-the challenge to innovate in biotechnology in Brazil. BMC PROCEEDINGS, v. 8, p. 1-2, 2014.

17.
Luiz Antonio Barreto de Castro2014Luiz Antonio Barreto de Castro. Aggregate value to Brazil,s agribusiness or else. NATURE, v. 1, p. 1, 2014.

18.
Luiz Antonio Barreto de Castro2014Luiz Antonio Barreto de Castro. Encouraging Pharma 2- Change Paradigms. NATURE, v. 1, p. 1, 2014.

19.
Luiz Antonio Barreto de Castro2014Luiz Antonio Barreto de Castro. Failing to control Earth´s CO2. NATURE, v. 1, p. 1, 2014.

20.
Luiz Antonio Barreto de Castro2014Luiz Antonio Barreto de Castro. International Technology Transfer. NATURE, v. 1, p. 1, 2014.

21.
Luiz Antonio Barreto de Castro2013Luiz Antonio Barreto de Castro. Brazil and Biotech an EBook. NATURE, v. 1, p. 1, 2013.

22.
Luiz Antonio Barreto de Castro2013Luiz Antonio Barreto de Castro. GM Animals in the US. NATURE, v. 1, p. 1, 2013.

23.
Luiz Antonio Barreto de Castro2013Luiz Antonio Barreto de Castro. Standing up for Preclinical Tests. NATURE, v. 1, p. 1, 2013.

24.
Luiz Antonio Barreto de Castro2012Luiz Antonio Barreto de Castro. Africa´s way forward. NATURE, v. 1, p. 1, 2012.

25.
Luiz Antonio Barreto de Castro2012Luiz Antonio Barreto de Castro. Encouraging Pharma in Brazil. NATURE, v. 1, p. 1, 2012.

26.
Luiz Antonio Barreto de Castro2012Luiz Antonio Barreto de Castro. Genes are Flowing. NATURE, v. 1, p. 1, 2012.

27.
Luiz Antonio Barreto de Castro2012Luiz Antonio Barreto de Castro. The Gene Revolution is in Africa. NATURE, v. 1, p. 1, 2012.

28.
CASTRO, L. A. B.2011CASTRO, L. A. B.. Partnering Brazilian biotech with the global pharmaceutical industry. Nature Biotechnology (Print), v. 29, p. 210-211, 2011.

29.
Luiz Antonio Barreto de Castro2011Luiz Antonio Barreto de Castro. Brazil as Host. NATURE, v. 1, p. 1, 2011.

30.
Luiz Antonio Barreto de Castro2011Luiz Antonio Barreto de Castro. Brazil Feeds the World. NATURE, v. 1, p. 1, 2011.

31.
CASTRO, L. A. B.2011CASTRO, L. A. B.. Brazil,s Law. NATURE, v. 1, p. 1, 2011.

32.
Luiz Antonio Barreto de Castro2011Luiz Antonio Barreto de Castro. GM´s plants and 7 billion People. NATURE, v. 1, p. 1, 2011.

33.
Luiz Antonio Barreto de Castro2011Luiz Antonio Barreto de Castro. No Genes no Future. NATURE, v. 1, p. 1, 2011.

34.
CASTRO, L. A. B.2011CASTRO, L. A. B.. The Future of Start Ups in Brazil. NATURE, v. 1, p. 1, 2011.

35.
Luiz Antonio Barreto de Castro2011Luiz Antonio Barreto de Castro. The Patent s System in Brazil. NATURE, v. 1, p. 1, 2011.

36.
Luiz Antonio Barreto de Castro2011Luiz Antonio Barreto de Castro. The Public Perception of GM ´Plants. NATURE, v. 1, p. 1, 2011.

37.
CASTRO, L. A. B.2011CASTRO, L. A. B.. A Compatibilidade Possivel Entre A Lei de Patentes E A Lei De Cultivares. Revista da ABPI, v. 111, p. 56-63, 2011.

38.
CASTRO, L. A. B.2010CASTRO, L. A. B.. Climatic Changes: What if the global increase of CO2 emissions cannot be kept under control?. Brazilian Journal of Medical and Biological Research (Impresso), v. 43, p. 230-233, 2010.

39.
CASTRO, L. A. B.2009CASTRO, L. A. B.; Allan Kardec Barros . Incentives for Brazilian Health Biotech. Nature Biotechnology (Print), v. 27, p. 317-318, 2009.

40.
MCMONDEGO, J.2008MCMONDEGO, J. Marcelo F Carazzolle Gustavo GL Costa Eduardo F Formighieri Lucas P Parizzi Johana Rincones Carolina Cotomacci Dirce M Carraro Anderson F Cunha Helaine Carrer Ramon O Vidal Raíssa C Estrela Odalys García Daniela PT Thomazella Bruno V de Oliveira Acássia BL Pires Maria Carolina S Rio Marcos Renato R Araújo Marcos H de Moraes CASTRO, L. A. B. Karina P Gramacho Marilda S Gonçalves José P Moura Neto Arristóteles Góes Neto Luciana V Barbosa , et al.Mark J Guiltinan Bryan A Bailey Lyndel W Meinhardt Julio CM Cascardo Gonçalo AG Pereira ; A genome survey of Moniliphthora perniciosa gives new insights into Witches' Broom Disease of cacao. BMC Genomics, v. 9, p. 548-585, 2008.

41.
CASTRO, L. A. B.2007CASTRO, L. A. B.. New paradigms and ethics. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 40(5), p. 599-600, 2007.

42.
R.GEALY, D.2007R.GEALY, D. ; BRADFORD, K. J. ; Hall,L. ; Hellmich,R ; CASTRO, L. A. B. . Implications of Gene Flow in the Scale -Up and Commercial Use of Biotechnology -Derived Crops : Economic and Policy Considerations. Council for Agricultural Science and technology, v. 37, p. 1-24, 2007.

43.
CASTRO, L. A. B.2007CASTRO, L. A. B.; Allan Kardec Barros . Regions unite to challenge inequalities in Brasil. Nature (London), v. 448, p. 865-865, 2007.

44.
CASTRO, L. A. B.2005CASTRO, L. A. B.. Strategies to assure adequate scientific outputs by developing conuntries - a scientometric evaluation of Brasilian PADCT.. Cybermetrics (Madrid), v. 9, p. 1, 2005.

45.
CASTRO, L. A. B.2005CASTRO, L. A. B.. Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Conjuntura Econômica (Rio de Janeiro), v. 59, p. 56-57, 2005.

46.
CASTRO, L. A. B.2004CASTRO, L. A. B.. A Strategy for Obtaining Social Benefits from the Gene Revolution.. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 37, p. 1429-1440, 2004.

47.
CASTRO, L. A. B.2001CASTRO, L. A. B.; PORTUGAL, A.D. . Elementos de uma estratégia para o desenvolvimento da Biotecnologia Agropecuária e Biossegurança no Brasil.. Parcerias Estratégicas (Brasília), v. 10, p. 186-199, 2001.

48.
CASTRO, L. A. B.1998CASTRO, L. A. B.. O Panorama da Biossegurança no Brasil. In Verbis - Revista do Instituto dos Magistrados do Brasil, v. 12, p. 14-17, 1998.

49.
CASTRO, L. A. B.1997CASTRO, L. A. B.; PRESCOTT, E. . O impacto do PADCT na Química e Engenharia Química. Química Nova, Brasil, v. 20, n.Especial, p. 1, 1997.

50.
CASTRO, L. A. B.1996CASTRO, L. A. B.. Sustainable use of Biodiveristy-components of a model project for Brazil. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 29, p. 687-689, 1996.

51.
BEZERRA, I. C.1995 BEZERRA, I. C. ; CASTRO, L. A. B. ; NIESHICH, G. ; ALMEIDA, E. R. P. ; SÁ, M. F. G. ; MELLO, I. V. ; NIESHICH, D. M. . A corm-specific gene encodes tarin, a major globulin of taro ( Colocasia esculenta L. Schott).. Plant Molecular Biology, v. 28, p. 137-144, 1995.

52.
CASTRO, L. A. B.1995CASTRO, L. A. B.. A response to the paper entitled productivity versus promised results: one of the dilemmas of biotechnology in Brasil. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, Brasil, v. 28, p. 141-146, 1995.

53.
CASTRO, L. A. B.1995CASTRO, L. A. B.. Biotechnology: opportunities and limitations for Brazil. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, Brasil, v. 28, p. 939-944, 1995.

54.
CASTRO, L. A. B.1992 CASTRO, L. A. B.; CARNEIRO, M. ; NIESHICH, D. M. ; PAIVA, G. R. . Spatial and Temporal Gene Expression Occurring During Corm Development. The Plant Cell, Estados Unidos, v. 4, n.12, p. 1549-1559, 1992.

55.
CASTRO, L. A. B.1992CASTRO, L. A. B.. Plantas transgenicas resistentes a insetos - Perspectivas e Limitações. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 27, p. 319-324, 1992.

56.
GANDER, E.1991 GANDER, E. ; HOLMSTROEM ; PAIVA, G. R. ; CASTRO, L. A. B. ; CARNEIRO, M. ; SÁ, M. F. G. . Isolation, characterization and expression of a gene coding for a 2S albumin from Bertholletia excelsa (Brazil nut).. Plant Molecular Biology, v. 16, p. 437-448, 1991.

57.
CARNEIRO, M.1990CARNEIRO, M. ; RODRIGUES ; CASTRO, L. A. B. ; SILVIA ; COUTINHO . Isolation and characterization of the major albumin from Colocasia esculenta corms.. PLANT SCIENCE, v. 67, p. 39-46, 1990.

58.
CASTRO, L. A. B.1987 CASTRO, L. A. B.; LACERDA, Z. ; ARAMAYO, R. ; SAMPAIO, M. J. ; GANDER, E. . Evidence for a precursor molecule of Brazil nut 2S seed proteins from biosynthesis and cDNA analysis.. Molecular and General Genetics, v. 206, p. 338-343, 1987.

59.
CASTRO, L. A. B.1986CASTRO, L. A. B.. A Biotecnologia na EMBRAPA. Caderno de Difusão de Tecnologia, v. 3, p. 419-432, 1986.

60.
AMPE, C.1986AMPE, C. ; DAMME ; CASTRO, L. A. B. ; SAMPAIO, M. J. ; MONTAGU, M. V. ; VANDERKERCHOVE, M. V. J. . The amino-acid sequence of the 2S Sulphur-rich proteins from seeds of Brazil nut (Bertholletia excelsa H.B.K.).. Euro J Biochem, v. 159, p. 597-604, 1986.

61.
CASTRO, L. A. B.1977CASTRO, L. A. B.; BREIDENBACH, W. B. . Characterization and in vitro synthesis of the 11S globulim from soybean (Glycine max L.) seeds.. Supplement To Plant Physiology, v. 59, p. 68, 1977.

62.
CASTRO, L. A. B.1976CASTRO, L. A. B.; MESQUITA, C. M. ; PEREIRA, A. L. . Humus M.O. 80 a seed diluent for direct seeding of lettuce.. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasil, v. 11, p. 81-84, 1976.

63.
COELHO, R. G.1974COELHO, R. G. ; LEAL, N. R. ; LIBERAL, M. T. ; CASTRO, L. A. B. . Produtividade de alguns cultivares de feijão-de-vagem (Phaseolus vulgaris L.) de porte baixo.. Revista Ceres, Brasil, v. 21, p. 518, 1974.

64.
RIBEIRO, R. L. D.1973RIBEIRO, R. L. D. ; AKIBA, F. ; KIMURA, O. ; ROBBS, C. F. ; SUDO, S. ; CASTRO, L. A. B. . Resistance to brazilian isolates of Pseudomonas solanacearum in potato hybrid progenies introduced from Wisconsin (USA ).. Arquivos da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Brasil, v. 3, p. 15-20, 1973.

65.
CASTRO, L. A. B.1973CASTRO, L. A. B.; CARVALHO, V. C. ; PEREIRA, A. L. . Preliminary study on the utilization on gynoecious and three-way hybrids of slicing type cucumbers (Cucumbers sativus L.). Arquivos da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Brasil, v. 3, p. 61-66, 1973.

66.
COELHO, R. G.1973COELHO, R. G. ; CASTRO, L. A. B. ; LIBERAL, M. T. ; COELHO, R. C. ; LIBERAL, O. M. T. ; PEREIRA, A. L. . Infuence of okra (Hibiscus esculentus L.) seed size in the crop field performance.. Olericultura, Brasil, v. 13, p. 83-84, 1973.

67.
CASTRO, A. L.1973CASTRO, A. L. ; CASTRO, L. A. B. ; KIMURA, O. ; BATISTA, L. A. . Observações preliminares sobre o comportamento de híbridos e variedades de repolho (Brassica oleracea var. capitata L.) na região carioca fluminense.. Agronomia, Brasil, v. 31, p. 29-33, 1973.

68.
MESQUITA, C. M.1972MESQUITA, C. M. ; CASTRO, L. A. B. ; FERREIRA, M. C. ; COSTA, F. A. . Preliminary study on mechanical techniques for direct seeding of lettuce.. Arquivos da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Brasil, v. 2, p. 18, 1972.

69.
CASTRO, L. A. B.1972CASTRO, L. A. B.; CARVALHO, V. C. . Estudos Preliminares Sobre Utilização de Híbridos F1 Ginoicos de Pepino (Cucumis sativus L.) do Tipo de Mesa.. Arquivos da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Brasil, v. 2, p. 41-45, 1972.

70.
AKIBA, F.1972AKIBA, F. ; RIBEIRO, R. L. D. ; CASTRO, L. A. B. ; ROBBS, C. F. ; KIMURA, D. ; SUDO, S. . Resistance in the egg plant variety Nihon Nassu to bacterial wilt (Pseudomonas solanacearum E.F. Sw).. Arquivos da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Brasil, v. 2, p. 17-22, 1972.

71.
CASTRO, L. A. B.1971CASTRO, L. A. B.; ANDREW, C. H. . Some factors influencing yield and quality of carrot (Daucus carota), seeds.. Arquivos da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Brasil, v. 1, p. 19-28, 1971.

72.
RIBEIRO, R. L. D.1971RIBEIRO, R. L. D. ; SUDO, S. ; AKIBA, F. ; CASTRO, L. A. B. ; KIMURA, O. . Genetic resistance in eggplant (Solanum melogena L.) to the fruit anthracnose caused by the fungos (Colletrotrichum gloeosporioides. Pens).. Arquivos da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Brasil, v. 1, p. 61-64, 1971.

73.
CASTRO, L. A. B.1967CASTRO, L. A. B.; LEAL, N. R. ; RIBEIRO, R. L. D. ; SUDO, S. ; TYLER, K. B. . Estudo de métodos de cultivo e comportamento de variedades de tomate em regiões do Estado do Rio de Janeiro.. Agronomia, Brasil, v. 25, p. 25-32, 1967.

74.
RIBEIRO, R. L. D.1967 RIBEIRO, R. L. D. ; WATANABE, H. ; SUDO, S. ; CASTRO, L. A. B. ; LEAL, N. R. . Criação de uma nova variedade de tomate " tipo Santa Cruz" com resistencia as murchas de Fusarium e Verticillium. Agronomia, v. 25, p. 21-24, 1967.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CASTRO, L. A. B.. Uma crise de carater. 1. ed. Porto Alegre: ERevolução, 2017. v. 1. 58p .

2.
Luiz Antonio Barreto de Castro. O Futuro do Futebol Brasileiro. 1. ed. Brasilia: Revolução EBook, 2016. v. 1. 76p .

3.
Luiz Antonio Barreto de Castro. Topics about Biotechnology in Brazil. REV. ed. Saarbruucken: Scolars`Pres, 2015. v. 1. 68p .

4.
Luiz Antonio Barreto de Castro. As cabeças da corrupção. 1. ed. Rio de Janeiro: Editora Lacre, 2015. v. 1. 97p .

5.
Pontual, M.A.C ; SCHMIDT, F. G. V. ; MAGALHAES, J. C. C. ; CASTRO, L. A. B. ; CASTRO, L. A. B. . Histórias e Memorias da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia -Coletânea de Depoimentos de quem construiu essa historia Capitulo Sumário Chefes Gerais paginas 57-62. 1. ed. Brasilia: Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, 2014. v. 1. 462p .

6.
CASTRO, L. A. B.; Carlos Bloch Junior ; Carlos A.L.Neri ; Manoel O.de Morais filho . Opportunities and Limitations for Biotechnology Innovation in Brazil. 1. ed. Bentham and Sciences, 2013. v. 01. 118p .

7.
CASTRO, L. A. B.; Historia Sobre a Ciencia que Vivi. 1. ed. Rio de Janeiro: Ambito Cultural Edições Ltda, 2012. v. 1. 208p .

8.
CASTRO, L. A. B.. GUIDELINES FOR THE RELEASE INTO THE ENVIRONMENT OF GENETICALLY MODIFIED ORGANISMS. SAN JOSE: IICA, 1991. v. 1. 128p .

Capítulos de livros publicados
1.
CASTRO, L. A. B.. Palestra: O exercício da Biossegurança no Brasil - Lei nº 8.974: 05/01/1995 - Lei nº 11.105, e 24/03/2005. In: Ministério da Saúde; Organização Pan-Americana de Saúde. (Org.). Biossegurança em Saúde: Prioridades e Estratégias de Ação.. 1ed.Brasília: Ministério da Saúde, 2010, v. , p. 165-196.

2.
CASTRO, L. A. B.. DESEQUILIBRIO REGIONAL - O Desequilibrio Regional e as Redes de Pesquisae Pos-Graduação. PLANO NACIONAL DE POS-GRADUAÇÃO ( PNPG ) 2011 -2020. BRASILIA: CAPES, 2010, v. 2, p. 217-257.

3.
CASTRO, L. A. B.. O Futuro da Biotecnologia no Brasil. Alimentos Geneticamente Modificados. São Paulo: ABIA, 2002, v. 1, p. 1-175.

4.
CASTRO, L. A. B.. Sharing of benefits from the utilizationof genetic resources: components of a model project for Brasil. In: Kalemany J Mulongoy ; Veit Koester .. (Org.). Transboundary Movement of Living Modified Organisms Resulting from Modern Biotechnology. Geneva: Geneva University Press, 1997, v. , p. 1-215.

5.
CASTRO, L. A. B.. SUSBIO - SUSTAINABLE USE OF BIODIVERSITY - A Strategy foe the use of Biodiversity leading to sustainable development -Model Proposal for Brazil. In: Peter R.Seidl. (Org.). THE USE OF BIODIVERSITY FOR SUSTAINABLE DEVELOPMENT INVESTIGATION OF BIOACTIVE PRODUCTS AND THEIR COMMERCIALIZATION. Rio de Janeiro: CETEM, 1994, v. 1, p. 1-106.

6.
CASTRO, L. A. B.. Germplasm Conservation and Economic Development.. In: Ed. Robert P. Adams and Janice E. Adams.. (Org.). Conservation of Plant Genes ? DNA Banking and in vitro Biotechnology. New York: Academic Press, 1992, v. , p. 1-345.

7.
CASTRO, L. A. B.. Consideraciones sobre Seguridad en Liberacion de Organismos en el Medio Ambiente .Estudios de Casos Brasilenõs. In: IICA - INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERACION PARA A AGRICULTURA. (Org.). LA REGULACION DE LA BIOTECNOLOGIA CON ENFASIS EN LA LIBERACIONES AL MEDIO AMBIENTE DE ORGANISMOS MODIFICADOS GENETICAMENTOS. San Jose: IICA, 1992, v. , p. 1-284.

8.
CASTRO, L. A. B.. Propiedad Intelectual y Patentes Industriales: Implicaciones para la Agricultura Brasilena.. In: IICA. (Org.). Politicas de Propiedad Industrial de Inventos Biotecnologicos y uso de Germoplasma en America Latina y El Caribe.. Costa Rica: IICA, 1991, v. , p. -.

9.
CASTRO, L. A. B.. Seed Storage Proteins. In: Editors Miyasaka S. e Medina J.C.. (Org.). A soja no Brasil.. São Paulo: , 1981, v. , p. 813-820.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CASTRO, L. A. B.; A Universidade Brasileira -temos o melhor modelo?. Correio Brasiliense, p. 11 - 11, 07 jan. 2015.

2.
CASTRO, L. A. B.; Ben Bradlee Paulo Francis e a Petrobras. Revista Sera ?, Brasil, 01 jan. 2015.

3.
CASTRO, L. A. B.; A ciência e a Tecnologia no DF. Correio Brasiliense, p. 13, 04 set. 2014.

4.
CASTRO, L. A. B.; As ressacas do futebol brasileiro. Correio Brasiliense, Opinião, p. 9 - 9, 28 jul. 2014.

5.
CASTRO, L. A. B.. A IMPORTANCIA DA NOVA LEI DE BIOSEGURANÇA. CORREIO BRASILIENSE, BRASILIA, p. 25 - 25, 08 mar. 2005.

6.
CASTRO, L. A. B.. A BALANÇA DA JUSTIÇA E OS TRANSGENICOS NO BRASIL. Correio Brasiliense, Brasilia, p. 17 - 17, 22 out. 2003.

7.
CASTRO, L. A. B.. Engenharia Genetica vence a fome. Jornal do Brasil, Brasilia, p. A8 - A8, 28 set. 2003.

8.
CASTRO, L. A. B.. Alimentos Transgenicos. BIO Tecnologia Ciência e Desenvolvimento, Brasilia, p. 4 - 8, 30 jun. 2002.

9.
CASTRO, L. A. B.. AGRICULTURA SEM CIÊNCIA?. GAZETA MERCANTIL, SÃO PAULO, 10 jul. 2001.

10.
CASTRO, L. A. B.. Transgênico oferece menos risco do que agrotóxico. O LIBERAL, Belem do Pará, p. 11, 14 set. 2000.

11.
CASTRO, L. A. B.. Para pesquisador ,transgênico é melhor que agrotóxico. Gazeta do Povo, Curitiba / Paraná, p. 21, 14 set. 2000.

12.
CASTRO, L. A. B.. Riscos e viabilidade dos alimentos transgenicos. Revista dos Engenheiros Agronomos, São Paulo, p. 12 - 17, 01 fev. 1999.

13.
CASTRO, L. A. B.. Biosegurança :Realidade e Perspectivas. Bio Tecnologia Ciencia e Desenvolvimento, Brasilia, p. 4 - 8, 01 ago. 1998.

14.
CASTRO, L. A. B.. biotecnologia - o espaço e as limitações do Brasil. Jornal do Brasil, Brasilia, p. 7 - 7, 23 abr. 1993.

15.
CASTRO, L. A. B.. As lições do dissidio da Embrapa e os novos desafios. Spalhaphatos, Brasilia, p. 1, 26 out. 1990.

16.
CASTRO, L. A. B.. A QUEM INTERESSA A EXTINÇÃO DA EMBRAPA. CORREIO BRASILIENSE, BRASILIA, 09 out. 1990.

17.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CASTRO, L. A. B.. A Percepção Publica da Engenharia Genetica no Brasil. In: Avanços e Perspectivas da Ciência no Brasil ,America Latina e Caribe, 2007. Avanços e Perspectivas da Ciência no Brasil ,America Latina e Caribe. Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Ciencias, 2007. v. 1. p. 1-128.

2.
CASTRO, L. A. B.. CONDITIONS FOR THE DEVELOPMENT OF AGRICULTURAL BIOTECHNOLOGY IN BRAZIL :NATIONAL AND INTERNATIONAL CONTEXT BIOSAFETY AND LEGAL ASPECTS OF INTELLECTUAL PROPERTY RIGHTS. In: JOINT SYMPOSIA DOCUMENTS OF THE WORLD INTELLECTUAL PROPERTY ORGANIZATION ( WIPO ) AND THE INTERNATIONAL UNION FOR THE PROTECTION OF NEW VARIETIRES OF PLANTS, 2005, GENEBRA. PART I - THE CO-EXISTANCE OF PATENTS AND PLANT BREEDERS,S RIGHTS IN THE PROMOTION OF BIOTECHNOLOGICAL DVELOPMENTS. GENEBRA: UPOV, 2005. v. UPOV. p. 49-62.

3.
CASTRO, L. A. B.. A New Strategy for the Development of Agricultural Biotechnology in Brasil. In: Latin American Biotechnology Forum, 2002, Washington DC. Latin American Biotechnology Forum. Washington DC: US Chamber of Commerce, 2002.

4.
CASTRO, L. A. B.. A NEW STRATEGY FOR THE DEVELOPMENTOF AGRICULTURAL BIOTECHNOLOGY IN BRAZIL. In: BIOTECHNOLOGY:THE PERSPECTIVE FROM DEVELOPING COUNTRIES AND THEIR PARTNERS TOWARDS A PLANT BIOTECHNOLOGY STRATEGYFOR GLOBAL PARTNERSHIPS AND ACTIONPLANS, 2002, INDIANAPOLIS. PROCCEDINGS OF EXPERT´S PRESENTATIONS PUBLISEHD BY THE AMERICAN SOCIETY OF AGRONOMY. INDIANAPOLIS: AMERICAN SOCIETY OF AGRONOMY, 2002. v. 1.

5.
COWARD, H. ; CASTRO, L. A. B. . BRAZILIAN SCIENCE IN CONTEXT. In: SYMPOSIUM ON INTERNATIONAL MODELS FOR Sc&T BUDGET COORDINATION AND PRIORITY SETTING, 1999, WASHINGTON DC. Proceeding on the SYMPOSIUM ON INTERNATIONAL MODELS FOR Sc&T BUDGET COORDINATION AND PRIORITY SETTING. Washington DC: NATIONAL SCIENCE BOARD, 1999. v. 1-3. p. 1-21.

6.
CASTRO, L. A. B.. Sharing of Benefits from the Utilization of Genetic Resources. In: First meeting of the open ended ad hoc working group on biosafety, 1996, Aarhus. Proceedings of First meeting of the open ended ad hoc working group on biosafety. GENEVA: Geneva University Press, 1996. v. 1. p. 47-61.

7.
MONTE NESHICH, D.C. ; CASTRO, L. A. B. ; BEZERRA, I.C. ; ALMEIDA,E. ; MATTAR, M.C. ; MELLO, L. V. ; ROCHA, T.L. . Characterization of tuber-specific gene from taro. In: 4th International Congress of Plant Molecular Biology, 1994, Amsterdam. 4th International Congress of Plant Molecular Biology, 1994.

8.
CASTRO, L. A. B.. LEGISLAÇÃO E PATENTES. In: 1o FORUM DE DEBATES SOBRE BIOTECNOLOGIA NA AGROPECUARIA, 1991, SAO PAULO. ANAIS DO 1o FORUM DE DEBATES SOBRE BIOTECNOLOGIA NA AGROPECUARIA. SAO PAULO: FAEAB, 1991. v. 1. p. 22-32.

9.
ROCHA, T.L. ; SCARES, F.X.S. ; SILVA, M.C.M. ; MARCELINO, L. H. ; PAES, N.S. ; CARACELLI, I. ; CARNEIRO,M. ; GANDER, E. ; SAMPAIO, M.J.A.M. ; CASTRO, L. A. B. . Introduction of tryptophan in the Brazil nut 2S storage albumins by site-direct mutagenesis.. In: Theoretical model of the secondary and tertiary sturcture of Brazil nut 2S storage proteins, 1990, Guarujá. Abstracts of the First International Symposium on Crystallography and Molecular Biology, 1990.

10.
SILVA, M.C.M. ; ROCHA, T.L. ; MARCELINO, L. H. ; PAES, N.S. ; CARACELLI, I. ; CARNEIRO,M. ; GANDER, E. ; SAMPAIO, M.J.A.M. ; NESHICH, G. ; CASTRO, L. A. B. . Brazil nut 2S storage albumin isoform purification and circular dichroism assisted secondary structure confirmation. In: First International Symposium on Crystallography and Molecular Biology, 1990, Guaruja. First International Symposium on Crystallography and Molecular Biology, 1990, 1990.

11.
SCARES, F.X.S. ; SILVA, M.C.M. ; MARCELINO, L. H. ; PAES, N.S. ; ROCHA, T.L. ; CARACELLI, I. ; CARNEIRO,M. ; GANDER, E. ; SAMPAIO, M.J.A.M. ; CASTRO, L. A. B. . Theoretical model of the secondary and tertiary structure of Brazil nut 2S storage albumins. In: First International Symposium on Crystallography and Molecular Biology, 1990, Guaruja. First International Symposium on Crystallography and Molecular Biology, 1990.

12.
CASTRO, L. A. B.. Engenharia genetica na agricultura. In: 3o Encontro de geneticistas paulistas, 1983, Jaboticabal. Anais do 3o Encontro de Geneticistas Paulistas. JABOTICABAL: UNESP, 1983. v. 1. p. 33-46.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
CASTRO, L. A. B.. Biosegurança no Brasil. In: 2o Encontro Capixaba de Biosegurança, 2006, Vitória. 2o Encontro Capixaba de Biosegurança. Vitoria: UFES, 2006. v. 1. p. 1-28.

2.
CASTRO, L. A. B.. A BIOTECNOLOGIA NO CENTRO OESTE -UMA OPORTUNIDADE REAL PARA INVESTIMENTO. In: IV Exposição de Tecnologia Agropecuária Forum Ciencia e Sociedade Ciência Para a Vida, 2004, RASILIA. Anais da IV Exposição de Tecnologia Agropecuária Forum Ciencia e Sociedade Ciência Para a Vida. Brasilia: EMBRAPA, 2004.

3.
CASTRO, L. A. B.. A CIENCIA NO BRASIL -OPORTUNIDADES E AMEAÇAS. In: IV Exposição de Tecnologia Agropecuária Forum Ciencia e Sociedade Ciência Para a Vida, 2004, BRASILIA. Anais da IV Exposição de Tecnologia Agropecuária Forum Ciencia e Sociedade Ciência Para a Vida. Brasilia: EMBRAPA, 2004.

4.
CASTRO, L. A. B.. A NEW STRATEGY TO DEVELOP BIOTECHNOLOGY SAFELY IN DEVELOPING COUNTRIES. In: 7th INTERNATIONAL ICABR cONFERENCE, 2003, Ravello. Proceedings of the 7th INTERNATIONAL ICABR CONFERENCE. Roma: ICABR, 2003. v. 1.

5.
CASTRO, L. A. B.. RESOURCE POOR COUNTRIES NEED THE ADVANCES OF SCIENCE TO MITIGATE THERI URGENT SOCIAL PROBLEMS. In: 3rd Session of the World Commission on the Ethics of Scientific Knowledge and Technology, 2003, Rio de Janeiro. Proceedings of the 3rd Session of the World Commission on the Ethics of Scientific Knowledge and Technology. PARIS: UNESCO, 2003. v. 1. p. 149-152.

6.
CASTRO, L. A. B.; MONTEIRO, G. . Enhancing Capacity Building and its Effectiveness. In: Second International Conference on Oceanography -Lisbon 94, 1994, Lisboa. Proceedings of the Second International Conference on Oceanography -Lisbon 94. Paris: UNESCO, 1994.

7.
CASTRO, L. A. B.. PLANTAS TRANSGENICAS RESISTENTES AINSETOS -PERSPECTIVAS E LIMTAÇÕES. In: 2ND SYMPOSIUM OF BIOLOGICAL CONTROL -SICONBIOL - BACK TO NATURE, 1990, BRASILIA. RESUMOS - 2ND SYMPOSIUM OF BIOLOGICAL CONTROL -SICONBIOL - BACK TO NATURE. BRASILIA: EMBRAPA, 1990. v. 1. p. 33-35.

8.
CASTRO, L. A. B.. Molecular Biology at the National Center of Genetic Resources and Biotechnology -CENARGEN. In: VI JAPAN-BRASIL SYMPOSIUM ON SCIENCE AND TECHNOLOGY, 1988, São Paulo. Application of radiation and radioisotopes-Bioengineering -Biotechnology. São Paulo: Grafica Palas Athens, 1988. v. IV. p. 1-450.

9.
CASTRO, L. A. B.. Utilização da Biologia Molecular para o Melhoramento da Qualidade Nutritiva do Feijão. In: SIMPOSIO :CULTURA DE TECIDOS E BIOLOGIA MOLECULAR APLICADOS AO MELHORAMENTO DE PLANTAS, 1985, BELO HORIZONTE. ANAIS DO XXXI CONGRESSO NACIONAL DE GENETICA. BELO HORIZONTE: SBG, 1985. v. 1. p. 1-109.

10.
CASTRO, L. A. B.. A UTILIZAÇÃO DA BIOLOGIA MOLECULAR PARA O MELHORAMENTO DA QUALIDADE NUTRITIVA DO FEIJÃO. In: 1o simposio nacional de cultura de tecidos, 1985, brasilia. ANAIS DO 1o Simposio Nacional de Cultura de Tecidos. BRASILIA: EMBRAPA, 1985. v. 1. p. 89-91.

11.
CASTRO, L. A. B.. Comentários. In: 21a Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia, 1984, Belo Horizonte. Palestras e Comentários. Belo Horizonte: SBZ, 1984. p. 001-163.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CASTRO, L. A. B.. AGRICULTURAL BIOTECHNOLOGY : A PERSPECTIVE FROM DEVELOPING COUNTRIES. In: 5TH INTERNATIONAL CONFERENCE ON BIOTECHNOLOGY ,SCIENCE AND MODERN AGRICULTURE A NEW INDUSTRY AT THE DAWN OF THE CENTURY, 2001, RAVELLO. NON TECHNICAL ABSTRACTS OF THE 5TH INTERNATIONAL CONFERENCE. ROME: ICABR AND CEIS - TOR VERGATA UNIVERSITY, 2001. v. 1. p. 1-184.

2.
CASTRO, L. A. B.. SUSBIO -Sustainable Use of biodiversity. In: XVII REUNIÃO ANUAL SOBRE EVOLUÇÃO ,SISTEMÁTICAE ECOLOGIA MOLECULARES, 1995, Rio de Janeiro. Livro de Resumos - IV Jornada de Iniciação Científica em Biodiversidade. Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Ciências, 1995. v. 1. p. 1-112.

3.
CASTRO, L. A. B.. SUSBIO-SUSTAINABLE USE OF BIODIVERISTY -A MODEL PROPOSAL FOR BRAZIL. In: WORKSHOP - Colaboração na descoberta de drpgas:Novas estratégias transdisciplinares, 1995, Rio de Janeiro. ABSTRACTS: COLLABORATIVE DRUG DISCOVERY:NEW TRANSDISCIPLINARY APPROACHES. RIO DE JANEIRO: FIOCRUZ, 1995. v. 1. p. 1-30.

4.
BEZERRA, I. C. ; ALMEIDA, E. R. P. ; CASTRO, L. A. B. ; NESHICH, G. ; NIESHICH, D. M. . Two Globulins Isoforms Codified by a Single Precursos Gene From Taro ( Colocasia esculenta L.). In: I Encontro brasileiro de Biotecnologia Vegetal REDBIO -Sub Região Brasil, 1993, Brasilia. I Encontro Brasileiro de Biotecnologia Vegetal -Programas e Resumos. Brasilia: EMBRAPA, 1993. p. 1-207.

5.
MONTE NESHICH, D.C. ; CARNEIRO, M. ; ALMEIDA,E. ; GANDER, E. ; CASTRO, L. A. B. . Potential use of Taro storage protein genes for nutritional improvementof crops through genetic engineering. In: FENABIO 91 II Feira e Congresso Nacional de Biotecnologia, 1991, São Paulo. FENABIO BIOLATINA 91 -RESUMOS. São Paulo, 1991. p. 1-191.

6.
CASTO, H.F. ; ROBERTO, I. ; CASTRO, L. A. B. . Pichia stipititis : Nova opção de agregado microbianopara utilizaçãoem reatores do tipo torre. In: FENABIO 88 1o Congresso e Feira Nacional de Biotecnologia, 1988, Rio de Janeiro. PROGRAMA RESUMOS DO TRABALHO. RIO DE JANEIRO: BIORIO, 1988. v. 1. p. 4.

7.
CASTRO, L. A. B.; ANDREW, C. H. . Factors Influencing the Yield and Quality of Carrot ( Daucus carota L. ) seed. In: 1970 Annual Meeting of the American Society of Agronomy, 1970, Tucson Arizona. Agronomy Abstracts of the 1970 Annual Meeting of the American Society of Agronomy. Madison Wisconsin: American Society of Agronomy, 1970. p. 1-192.

Apresentações de Trabalho
1.
CASTRO, L. A. B.; Public Perception of Genetic Engineering - A Global Challenge. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
CASTRO, L. A. B.; Polo de Biotecnologia de Alagoas. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
CASTRO, L. A. B.; Correct Public Perception of Genetic Engineering - A Global Problem. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
CASTRO, L. A. B.; Biotecnologia Regional e Biotecnologia Nacional. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
CASTRO, L. A. B.; Os novos caminhos para viabilização do RENORBIO. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
CASTRO, L. A. B.; Desenvolvimento da Biotecnologia no Brasil. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
CASTRO, L. A. B.. A Biotecnologia como Instrumento de Desenvolvimento nos Paises Emergentes. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
CASTRO, L. A. B.. Protocolo de Cartagena. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
CASTRO, L. A. B.. A Biosegurança no Brasil. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
CASTRO, L. A. B.. Renorbio - Evolução e Ações Estratégicas. 2006. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

11.
CASTRO, L. A. B.. Rede Nordeste de Biotecnologia. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
CASTRO, L. A. B.; A Rede Nordeste de Biotecnologia -RENORBIO .A Biotecnologia como instrumento para o desenvolvimento do Nordeste. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
CASTRO, L. A. B.; Plant Breeder`s Rights and the Patent Law . Are they compatible?. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
CASTRO, L. A. B.; A transversalização da ciência como instrumento para o desenvolvimento do Nordeste. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
CASTRO, L. A. B.. As Fronteiras da Biologia e da Biomedicina. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
CASTRO, L. A. B.. O PROGRAMA RENORBIO - CONFERENCIA APRESENTADA NO II CONGRESSO INTERNACIONAL DA SBBIOTEC -FRONTEIRAS DA BIOLOGIA REALIZADA EM SALVADOR DE 17 A 21 DE AGOSTO DE 2004. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
CASTRO, L. A. B.. Crescono nel Mondo Le Superfici Coltivate con OGM- Quali Perspective per Italia. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
CASTRO, L. A. B.. Uma Estrategia Para a Adoção do Algodão Bt no Brasil. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
CASTRO, L. A. B.. 5o GRANDE ENCONTRO DAS PROFISSÕES PROMOVIDO PELO UniCEUB. 2004. (Apresentação de Trabalho/Outra).

20.
CASTRO, L. A. B.. Biotechnology and Plant Organism Genetically Modified. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
CASTRO, L. A. B.. A doubly green revolution : only a mirage?. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
CASTRO, L. A. B.. Melhoramento Genético da Cana de Açucar. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
CASTRO, L. A. B.; Strategies for AgBiotechnology Development in America -Brazil as a case study. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
CASTRO, L. A. B.; The Biotechnology Network for the Northeast of Brasil - The Challenges of the Semi Arid. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
CASTRO, L. A. B.. Codigo de Ética em Manipulações Genéticas. 2001. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

26.
CASTRO, L. A. B.. Transgenicos. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
CASTRO, L. A. B.. A Proteção da Tecnologia - Dicotomia Sistema de Patentes - Segredo de Negócios.. 2000. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

28.
CASTRO, L. A. B.. O Protocolo Internacional de Biosegurança Aprovado em Montreal. 2000. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

29.
CASTRO, L. A. B.. Os Avanços da Biotecnologia : Oportunidades Para o Brasil. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
CASTRO, L. A. B.. Alimentos Transgenicos : Obtenção Utilização e Perspectivas. 2000. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

31.
CASTRO, L. A. B.. Alimentos Transgenicos no Brasil. 2000. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

32.
CASTRO, L. A. B.. Biotecnologia. 2000. (Apresentação de Trabalho/Outra).

33.
CASTRO, L. A. B.. ALIMENTOS TRANSGENICOS NO BRASIL. 2000. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

34.
CASTRO, L. A. B.. CICLO DE DEBATES : MINAS GERAIS E OS TRANSGENICOS. 2000. (Apresentação de Trabalho/Outra).

35.
CASTRO, L. A. B.. CURSO DE BIOSEGURANÇA DE PRODUTOS TRANSGENICOS PARA PROFISSIONAIS DA AREA DE DIREITO. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
CASTRO, L. A. B.. I ENCONTRO NORTE- NORDESTE DE BIOSSEGURANÇA E PRODUTOS TRANSGENIOCS. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
CASTRO, L. A. B.; KUSHAN, J. ; MYDIN, Z. M. ; JOSEPH, S. . Issues For Proposed WIPO Work Program on Biotechnology. 1999. (Apresentação de Trabalho/Outra).

38.
CASTRO, L. A. B.. Simposio Internacional : Ciencia e Estado da Arte de Organismos Trasngenicos. 1999. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

39.
CASTRO, L. A. B.. Biotecnologia Biosegurança e Patentes. 1999. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

40.
CASTRO, L. A. B.. II SEMINARIO SOBRE QUALIDADE DE ALIMENTOS. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
CASTRO, L. A. B.. PRODUTOS TRANSGENICOS ,ASPECTOS AMBIENTAIS ECONOMICOS E LEGAIS. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

42.
CASTRO, L. A. B.. 50o Congresso Nacional de Botanica. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

43.
CASTRO, L. A. B.. Biotecnologia Bioética e Biosegurança: Experiencia Brasileira e Internacional. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

44.
CASTRO, L. A. B.. Avaliação e gerenciamento de um Sistema Nacional de Financiamento de Ciencia e Tecnologia. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

45.
CASTRO, L. A. B.. O PRONORBIO -O PROGRAMA NORDESTE DE BIOTECNOLOGIA - Um modelo que o Brasil precisa. 1998. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

46.
CASTRO, L. A. B.. Workshop sobre Capacitação de Recursos via Projetos de P&D. 1998. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

47.
CASTRO, L. A. B.. ALIMENTOS TRANSGENICOS -DESREGULAMENTAÇÃO DA SOJA ROUNDUP READY -OS RISCOS PARA O MEIO AMBIENTE E PARA O SER HUMANO. 1998. (Apresentação de Trabalho/Outra).

48.
CASTRO, L. A. B.. Benefícios da Biotecnologia, Lei de Patentes, Biossegurança e Cultivares no Brasil.. 1997. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

49.
CASTRO, L. A. B.. A lei de biosegurança e sua implementação. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

50.
CASTRO, L. A. B.. Avaliação do PADCT II e os Investimentos do PADCT para Tecnologia Industrial Básica. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

51.
CASTRO, L. A. B.. As FAPS e perspectivas de realização de projetos em parceria com outra instituições. 1997. (Apresentação de Trabalho/Outra).

52.
CASTRO, L. A. B.. Resultados de uma proteção legal adequada de patentes farmaceuticas e de biotecnologia. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

53.
CASTRO, L. A. B.. Lei de Patentes e de Proteção de Cultivares. 1995. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

54.
CASTRO, L. A. B.. Mesa Redonda ,Etica e Patentes de Organismos Biológicos da Série Debates Científicos da UFRJ. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

55.
CASTRO, L. A. B.. Retrospectiva da Pesquisa em Biotecnologia. 1994. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

56.
CASTRO, L. A. B.. A questão energética na Amazonia : Avaliação e perspectiva Socio Economica. 1994. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

57.
CASTRO, L. A. B.. Audiiencia Publica promovida pelo Senado Federal sobre Propriedade Industrial. 1993. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

58.
CASTRO, L. A. B.. El importancia y las consequencias del concepto de variedade esencialmente derivada para los programas de fitomemejoramiento nacionales. 1991. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

59.
CASTRO, L. A. B.. O Impacto da Biotecnologia na Agricultura. 1991. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

60.
CASTRO, L. A. B.. Painel Sobre a Lei de Proteção de Cultivares. 1991. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

61.
CASTRO, L. A. B.. DNA BANK -NET WORKSHOP. 1991. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

62.
CASTRO, L. A. B.. Patentes e Segurança Biologica na Biotecnologia Moderna. 1991. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

63.
CASTRO, L. A. B.. Engenharia Genética. 1988. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

64.
CASTRO, L. A. B.. Simposios Internacionais sobre Genetica para a Eficiencia da Produção Vegetal. 1987. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

65.
CASTRO, L. A. B.. Biotecnologia : Definições e Perspectivas. 1986. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

66.
CASTRO, L. A. B.. Engenharia Genética de Plantas. 1985. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

67.
CASTRO, L. A. B.. Genetic Engineering in Agriculture ? Engenharia Genética na Agricultura.. 1983. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

68.
CASTRO, L. A. B.. Engenharia Genetica Vegetal Fundamentos e Aplicações. 1981. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

69.
CASTRO, L. A. B.. Nota Prévia sobre a Ocorrencia de Phytophthora sp. em Frutos de Mamão. 1961. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
CASTRO, L. A. B.. GENES ARE FLOWING. Brasilia: http://www.sbbiotec.org.br, 2005 (Artigo na mídia virtual).

2.
CASTRO, L. A. B.. Responsabilidades relativas ao contrabando de sementes de soja no Brasil. Brasilia: Senado Federal, 2004 (Audiência Publica :).

3.
CASTRO, L. A. B.. COMISSÃO ESPECIAL SOBRE O PROJETO DE LEI 2401 DE BIOSEGURANÇA. BRASILIA: CAMARA DOS DEPUTADOS, 2003 (Audiência Publica :).

4.
CASTRO, L. A. B.. Prospecção de genes 2000 (Palestra).

5.
CASTRO, L. A. B.. Biosegurança e Proteção da Biodiversidade 2000 (Ciclo de Debates).

6.
CASTRO, L. A. B.. Informe PADCT. Brasilia: PADCT, 1999 (Editorial).

7.
CASTRO, L. A. B.. Plano de Trabalho para o Processo de Seleção de Chefe Geral do CENARGEN 1999 (Plano de Trabalho).

8.
CASTRO, L. A. B.. informe PADCT. Brasilia: MCT/PADCT, 1999 (Editorial).

9.
CASTRO, L. A. B.. Em Sintonia com Novos Tempos. Brasilia: PADCT /MCT, 1998 (EDITORIAL).

10.
CASTRO, L. A. B.. ALIMENTOS TRANSGENICOS. BRASILIA: CONGRESSO NACIONAL, 1998 (Audiência Publica :).

11.
CASTRO, L. A. B.. COMPONENTES DE UMA ESTRATÉGIA PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTAVEL DA AMAZONIA: BIODIVERSIDADE , RECURSOS GENETICOS E BIOTECNOLOGIA. BRASILIA: CAMARA DOS DEPUTADOS, 1997 (Audiência Publica :).

12.
CASTRO, L. A. B.. COMPROMISSO COM O FUTURO DA C&T. BRASILIA: MCT/PADCT, 1997 (INFORME PADCT SOBRE O PADCT III).

13.
CASTRO, L. A. B.. Novos desafios. Brasilia: ACE - Assessoria de Com.Empresarial, 1995 (Editorial).

14.
CASTRO, L. A. B.. Segundo Informe da Química e Engenharia Química. Brasilia: MCT/PADCT, 1995 (Editorial).

15.
CASTRO, L. A. B.. A Nova Estrutura do PADCT. Brasilia: MCT/PADCT, 1995 (Editorial).

16.
CASTRO, L. A. B.. O Futuro do PADCT. Brasilia: MCT /PADCT, 1995 (Editorial).

17.
CASTRO, L. A. B.. USBIO - Uso Sustentavel da Biodiversidade. Brasilia: EMBRAPA, 1995 (Plano de Trabalho para o Processo de Seleção de Chefe Geral do CENARGEN).

18.
CASTRO, L. A. B.. A Questão da Parceria. Brasilia: MCT /PADCT, 1994 (Editorial).

19.
CASTRO, L. A. B.. PADCT 10 anos. BRASILIA: MCT/PADCT, 1994 (INFORME PADCT COMEMORATIVO DOS DEZ ANOS DO PROGRAMA).

20.
CASTRO, L. A. B.. Especial Mid term Review - O processo de Revisão do Programa. Brasilia: MT/3635/DF, 1994 (INforme PADCT).

21.
CASTRO, L. A. B.. Nutritional Improvement of Root Crops by Engineering. Trieste: ICGEB, 1993 (Activity Report of the International Center for genetic Engineering and Biotecnology).

22.
CASTRO, L. A. B.. PADCT - O Momento da Revisão. Recomendações da Secretaria Executiva. BRASILIA: PADCT, 1993 (Editorial).

23.
CASTRO, L. A. B.. PROJETO FITOQUIMICA. BRASILIA: MCT, 1993 (PROJETO DE PESQUISA).

24.
CASTRO, L. A. B.. Os Resultados dos Ultimos Editais. Brasilia: MCT / PADCT, 1993 (Editorial).

25.
CASTRO, L. A. B.. A revisão do PADCT II. Brasilia: MCT/PADCT, 1993 (Editorial).

26.
CASTRO, L. A. B.. As Ciências Ambientais e os Novos Materiais. Brasilia: MCT/PADCT, 1993 (Editorial).

27.
CASTRO, L. A. B.. Recomendaçoes da Secretaria Executiva. Brasilia: MCT/PADCT, 1993 (INFORME).

28.
CASTRO, L. A. B.. PADCT I - Evaluative Data - Final Report -Executive Summary April 1993. Brasilia: MCT/PADCT, 1993 (Relatório).

29.
CASTRO, L. A. B.. Evaluation of Biotechnology Career Fellowship 1992 (Relatório).

30.
CASTRO, L. A. B.. As Propostas dos SubProgramas SPEC e ICT no âmbito do PADCT II. Brasilia: Tania Mendes ( MT/3625/DF, 1992 (Editorial).

31.
CASTRO, L. A. B.. Os Subprogramas de Instrumentação , Manutenção e Insumos. Brasilia: MCT /PADCT, 1992 (Editorial).

32.
CASTRO, L. A. B.. Avaliação Aberta à Comunidade. Brasilia: MCT/PADCT, 1992 (Editorial).

33.
CASTRO, L. A. B.. Instrumento de Formulação de Diretrizes em C&T. Brasilia: MCT/PADCT, 1992 (Editorial).

34.
CASTRO, L. A. B.. O PADCT no contexto da C&T no País. Brasilia: MCT / PADCT, 1992 (Editorial).

35.
CASTRO, L. A. B.. O Papel da Biotecnologia no Brasil. Brasilia: MCT/PADCT, 1991 (Editorial).

36.
CASTRO, L. A. B.. Novo Informe - O primeiro de uma série. Brasilia: MCT /PADCT, 1991 (EJditorial).

37.
CASTRO, L. A. B.. Biosafety Guidelines for the PADCT. Brasilia: EMBRAPA, 1990 (Biosafety Guidelines).

38.
CASTRO, L. A. B.. Programa Nacional de Pesquisa em Biotecnologia Agropecuária. Brasilia: EMBRAPA/Ministério da Agricultura, 1989 (Documento Básico de Programa de Pesquisa Científica).

39.
CASTRO, L. A. B.. Pesquisador mostra como melhorar a qualidade do feijão. Brasilia: Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes -ABRATES, 1984 (Artigo do Informativo ABRATES).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
CASTRO, L. A. B.. PROYECTO INICIATIVA DEL MILENIO VENEZUELA -PRESTAMO4572-VE - EVALUACION EXTERNA. 2004.

2.
CASTRO, L. A. B.. WORLD BANK MISSION IN MEXICO-. 2004.

3.
CASTRO, L. A. B.. EXTERNAL EVALUATION OF COLCIENCIAS CENTER OF EXCELENCE - RESEARCH PROPOSAL -2004. 2004.

4.
CASTRO, L. A. B.. Short term Consultant Appointment to the Staff of the World Bank. 2003.

5.
CASTRO, L. A. B.; SAMPAIO, M.J.A.M. . Diagnóstico sobre a Agrobiotecnologia na América latina e no Caribe. 1990.

6.
CASTRO, L. A. B.. BIOSAFETY GUIDELINES FOR THE PADCT. 1990.

7.
CASTRO, L. A. B.. Unidade Armazenadora Frigorífica para Maçãs em São Joaquim -sc. 1980.

8.
CASTRO, L. A. B.. UNIDADES FRIGORÍFICAS PARA CONSERVAÇÃO DE BATATA SEMENTES FRUTAS E OLERÍCOLAS NO ESTADO DO PARANÁ. 1980.

Programas de computador sem registro
1.
MEIRA, S. ; CASTRO, L. A. B. ; PRESCOTT, E. . ReAACT -Rede para Administraçãodo Apoio a Ciência e Tecnologia. 1996.

Processos ou técnicas
1.
CLERCQ, A. ; KREBBERS, E. ; VANDEKERCKHOVE, J. S. ; CASTRO, L. A. B. . A process for the production of transgenic plants with increased nutritional value via the expression of modified 2S albumin. 1999.

2.
ANN, C. ; KREBBERS, E. ; JOEL, V. ; CASTRO, L. A. B. . A process for the productionof transgenic plants with increased nutritional value via the expression of modified 2S storage albumin. 1999.

3.
CLERCQ, A. ; KREBBERS, E. ; VANDEKERCKHOVE, J. S. ; CASTRO, L. A. B. ; GANDER, E. ; MONTAGU, M. V. . Specification: Process for the production of transgenic plants with increased nutritional value via the expression of modified 2S storage albumins .. 1996.

4.
CLERCQ, A. ; KREBBERS, E. ; VANDEKERCKHOVE, J. S. ; CASTRO, L. A. B. ; GANDER, E. ; MONTAGU, M. V. . Specification : A process for the production of transgenic plants with increased nutritional value via the expression of modified 25 storage albumins in said plants. 1995.

5.
CLERCQ, A. ; KREBBERS, E. ; VANDEKERCKHOVE, J. S. ; CASTRO, L. A. B. ; GANDER, E. ; MONTAGU, M. V. . Specification :Procedimento para a produção de plantas transgenicas com proteinas de reserva h´bridas,enriquecidascom amino acidos essenciais mediante modificação ,inserção heteróloga dos genes de plantas que codificam ditas proteinas em especial albuminas hidro-soluveis2S. 1992.

Trabalhos técnicos
1.
CASTRO, L. A. B.. RELATORIO DE VIAGEM A TRIESTE PARA ATENDER A XII REUNIÃO DO BOARD OF GOVERNORS DO ICGEB. 2006.

2.
CASTRO, L. A. B.. 18th round table on sustainable development on : R&D priorities and Programmes and Future Energy Technologiers. 2006.

3.
CASTRO, L. A. B.. Participação na XXXIX session of the Executive Council of the IOC- Intergovernmental Oceanographic Commission. 2006.

4.
CASTRO, L. A. B.. Participação no Brazil Day. 2006.

5.
CASTRO, L. A. B.. CONVENIO FNDCT - Estabelecimento do Sistema de Gestão da Rede Nordeste de Biotecnologia. 2005.

6.
CASTRO, L. A. B.. Diagnostico da Pos Graduação no Uni CEUB - Análise das Perspectivas da Pós Graduação em Ciências Biológicas. 2005.

7.
GOLDBAUM, M. ; CASTRO, L. A. B. . PARTICIPAÇÃO NA OIRGANIZAÇÃO DA REDE NACIONAL DE PESQUISA CLINICA EM HOSPITAIS DE ENSINO. 2005.

8.
CASTRO, L. A. B.. Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento em Ciências Biológicas -NPDCB -Um Projeto Institucional do Uni CEUB. 2004.

9.
CASTRO, L. A. B.. Programa RENORBIO -Rede Nordeste de Biotecnologia .. 2004.

10.
CASTRO, L. A. B.. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ENTRE A FUNARBE E A FGV PARA EXECUÇÃO PELA SBBIOTEC. 2004.

11.
CASTRO, L. A. B.. Contrato No 2004/145 celebrado pelo Banco do Nordeste com a SBBIOTEC. 2004.

12.
CASTRO, L. A. B.. Parque Tecnologico Sucupira. 2003.

13.
GOEDERT, C. O. ; CASTRO, L. A. B. . RENARGEN- Dinamização da Rede Nacional de Recursos geneticos da EMBRAPA. 2003.

14.
CASTRO, L. A. B.. EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS SOBRE O ICGEB -ELEMENTOS PARA ANALISE DO MCT COM VISTAS A DECIDIR SOBRE A PERMANÊNCIA DO BRASIL COMO MEMBRO DO ICGEB. 2003.

15.
CASTRO, L. A. B.. II Plano Diretor do CENARGEN -Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia. 2002.

16.
DIAS, J. M. C. S. ; CASTRO, L. A. B. . Relatorio de Metas da Unidade -Embrapa Recursos Geneticos e Biotecnologia. 2002.

17.
CASTRO, L. A. B.. INOVAGENE- Prospecção,Identificação,e Caracterização Funcional de Genes para Obtenção de Resistencia a Meloidoginose em Plantas. 2002.

18.
CASTRO, L. A. B.. PLANO DE NEGOCIOS DE BIOTECNOLOGIA DO CENARGEN/EMBRAPA -EMPREENDIMENTO PARQUE SUCUPIRA. 2001.

19.
DIAS, J. M. C. S. ; CASTRO, L. A. B. . ACOMPANHAMENTO DO CUMPRIMENTO DAS METAS DA EMBRAPA RECURSOS GENETICOS E BIOTECNOLOGIA NO ANO 2000. 2000.

20.
CASTRO, L. A. B.. Documento Básico do PADCT III -Programa de Apoio ao Desenvolvimento Científioc e Tecnologico. 1998.

21.
CASTRO, L. A. B.. Project Implementation Plan. 1997.

22.
CUNHA, E.B.B. ; CASTRO, L. A. B. . CONTRATO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA -UNISOJA. 1997.

23.
CASTRO, L. A. B.. Implementation Completion Report. 1996.

24.
CASTRO, L. A. B.. Staff Appraisal Report -Science Research/Development and Training Program -PADCT III. 1996.

25.
CASTRO, L. A. B.. REPORT FROM THE EXECUTIVE SECRETARY TO THE 12TH ORDINARY GEA MEETING. 1995.

26.
CASTRO, L. A. B.. Relatorio do PADCT 1995. 1995.

27.
CASTRO, L. A. B.. REPORT FROM THE EXECUTIVE SECRETARY TO THE 11TH ORDINARY GEA MEETING. 1994.

28.
CASTRO, L. A. B.. RELATORIO DA SECOP- SECRETARIA DE COORDENAÇÃO DE PROGRAMAS DO MCT. 1994.

29.
CASTRO, L. A. B.. TECHNICAL AND SCIENTIFIC COOPERATION AGREEMENT BETWEEN PGS AND EMBRAPA. 1988.

30.
CASTRO, L. A. B.. Enriquecimento Proteico Qualitativo do Feijão ( Phaseolus vulgaris L .) por Tecnicas de Genética. 1985.

31.
CASTRO, L. A. B.. Engenharia Genética de Plantas. 1983.


Demais tipos de produção técnica
1.
CASTRO, L. A. B.. I CURSO DE PRODUÇÃO E TECNOLOGIA DE SEMENTES DE HORTALIÇAS. 1981. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
CASTRO, L. A. B.; PRATA, M. C. ; FRANCO, A. . III CURSO INTENSIVO SOBRE FIXAÇÃO BIOLOGICA DE NITROGENIO. 1980. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
FRANCO, A. ; CASTRO, L. A. B. . CURSO INTENSIVO SOBRE FIXAÇÃOBIOLÓGICA DE NITROGENIO NOS TRÓPICOS. 1978. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Patentes e registros



Patente

A Confirmação do status de um pedido de patentes poderá ser solicitada à Diretoria de Patentes (DIRPA) por meio de uma Certidão de atos relativos aos processos
1.
 ANN, C. ; KREBBERS, E. ; JOEL, V. ; CASTRO, L. A. B. . A process for the productionof transgenic plants with increased nutritional value via the expression of modified 2S storage albumin. 1999, Canadá.
Patente: Patente no Exterior. Número do registro: 2947843, título: "A process for the productionof transgenic plants with increased nutritional value via the expression of modified 2S storage albumin" . Depósito: 13/10/1989; Pedido do Exame: 13/04/1990; Concessão: 02/07/1999. Instituição(ões) financiadora(s): EMBRAPA BRASIL / PGS BELGICA.

2.
 CLERCQ, A. ; KREBBERS, E. ; VANDEKERCKHOVE, J. S. ; CASTRO, L. A. B. . A process for the production of transgenic plants with increased nutritional value via the expression of modified 2S albumin. 1999, Japão.
Patente: Patente no Exterior. Número do registro: 2947843, título: "A process for the production of transgenic plants with increased nutritional value via the expression of modified 2S albumin" . Depósito: 13/10/1989; Pedido do Exame: 13/04/1990; Concessão: 13/04/1999. Instituição(ões) financiadora(s): EMBRAPA /BRASIL e PGS/BELGICA.

3.
 ANN, C. ; KREBBERS, E. ; JOEL, V. ; CASTRO, L. A. B. . A process for the productionof transgenic plants with increased nutritional value via the expression of modified 2S storage albumin. 1999, Canadá.
Patente: Patente no Exterior. Número do registro: 2,000,661, título: "A process for the productionof transgenic plants with increased nutritional value via the expression of modified 2S storage albumin" . Depósito: 13/10/1989; Pedido do Exame: 14/04/1990; Concessão: 13/04/1999. Instituição(ões) financiadora(s): EMBRAPA BRASIL / PGS BELGICA.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Carlos Bloch Junior; Fernando Araripe Gonçalves Torres; CASTRO, L. A. B.; CASTRO, L. A. B.; Guilherme Dotto. Participação em banca de Mariana Magalhães Nobrega. Sintese purificação,caracterização e analise antinociceptiva de peptideos opioides. 2013. Dissertação (Mestrado em Pos-Graduação em Biologia Molecular) - Fundação Universidade de Brasilia.

2.
CASTRO, L. A. B.. Participação em banca de Elza Angela Battagia Brito da Cunha. Organismos Geneticamente Modificados ( OGMs ) : obstáculos à obtenção e uso no Brasil. 2007. Dissertação (Mestrado em Agronegócios) - Universidade de Brasília.

Teses de doutorado
1.
CASTRO, L. A. B.. Participação em banca de Maura Vianna Prates. Peptideos bioativos do anuro Hyla punctata. 2003. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biologia Molecular)) - Universidade de Brasília.

2.
CASTRO, L. A. B.. Participação em banca de Danilo Nolasco Cortes Marinho. A UTOPIA DA BIOTECNOLOGIA TROPICAL : CIÊNCIA ,TECNOLOGIA E AGRICULTURA NO BRASIL. 1991. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de Brasília.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
CASTRO, L. A. B.; PAIVA, G. R.; FERREIRA, P. C. G.; CARNEIRO, N.; COSTA, M. M.. Concurso Público Para Pesquisador II da EMBRAPA - Edital No 3 de 28 de Novembro de 2000. 2001. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa.

Outras participações
1.
CASTRO, L. A. B.. Grande Juri do 45o Premio Santista. 2000. Fundação Santista.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
4ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação.Política de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Sustentável. 2010. (Outra).

2.
BIO -Chicago. Biotechnology in Brazil. 2010. (Congresso).

3.
I CONGRESSO BRASILEIRO DE RECURSOS GENÉTICOS. Painel 1: Políticas Públicas em Recursos Genéticos - Acesso à Biodiversidade e a Bioeconomia. 2010. (Congresso).

4.
61ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).Mesa Redonda "Grandes Projetos Científicos Mobilizadores". 2009. (Outra).

5.
BIO - Georgia. Public Perception in Biotechnology. 2009. (Congresso).

6.
I Mostra Nacional de Desenvolvimento Regional.I Mostra Nacional de Desenvolvimento Regional. 2009. (Outra).

7.
Oficina de Biossegurança em Saúde.Ações de Biossegurança no âmbito do Ministério da Ciência e Tecnologia. 2009. (Oficina).

8.
Seminário A Biotecnologia para o Desenvolvimento do Nordeste - RENORBIO.A Biotecnologia para o Desenvolvimento do Nordeste - RENORBIO. 2009. (Seminário).

9.
XVII Simpósio Nacional de Bioprocessos 2009.Biotecnologia como área estratégica. 2009. (Simpósio).

10.
Avanços e Perspectivas da Ciência no Brasil ,America Latina e Caribe.A Percepção Publica da Engenharia Gnetica no Brasil. 2007. (Seminário).

11.
Comitê Assessor Externo - CAE. 2007. (Outra).

12.
I Congresso Nacional de Genética Molecular Vegetal.A História do Desenvolvimento da Genética Molecular de Plantas no Brasil. 2007. (Simpósio).

13.
II Congresso Brasileiro de Inovação na Indústria. Biotecnologia. 2007. (Congresso).

14.
2o Encontro Capixaba de Biosegurança.Biosegurança no Brasil. 2006. (Encontro).

15.
HOMENAGEADO POR SERVIÇOS PRESTADOS AO RENORBIO NO XXI ENCONTRO NACIONAL DE PROREITORES DE PESQUISA E POS GRADUAÇÃO-ENPROP. 2006. (Encontro).

16.
WORKSHOP INTERNACIONAL SOBRE DESENVOLVIMENTO DA AGRICULTURA TROPICAL-IWTAD. 2006. (Oficina).

17.
I SEMINARIO SOBRE ROTAS TECNOLOGICAS DA BIOTECNOLOGIA. 2005. (Seminário).

18.
III CONGRESSO MUNDIAL DE PROFISSIONAIS DE AGRONOMIA. 2004. (Congresso).

19.
CONGRESSO BRASILEIRO DE BIOTECNOLOGIA. 2003. (Congresso).

20.
sociedade de investigações florestais. 2002. (Outra).

21.
WORKSHOP SOBRE BIOTECNOLOGIA. 2002. (Oficina).

22.
5TH INTERNATIONAL CONFERENCE ON BIOTECHNOLOGY ,SCIENCE AND MODERN AGRICULTURE A NEW INDUSTRY AT THE DAWN OF THE CENTURY.AGRICULTURAL BIOTECHNOLOGY : A PERSPECTIVE FROM DEVELOPING COUNTRIES. 2001. (Outra).

23.
IV Encontro Latino-Americano de Biotecnologia Vegetal - 4- 8 de junho de 2001. 2001. (Encontro).

24.
Kick -Off-Workshop -Biotechnology & Bioindustry.EMBRAPA genome project. 2001. (Simpósio).

25.
OGM`S FATOS E MITOS. 2001. (Outra).

26.
SEMINARIO :IMPACTO DA MUDANÇA TECNOLOGICA DO SETOR AGROPECUARIO NA ECONOMIA BRASILEIRA. 2001. (Seminário).

27.
51o CONGRESSO ANCIONAL DE BOTANICA. 2000. (Congresso).

28.
i seminario de biotecnologia e sesu aspectos juridicos. 2000. (Seminário).

29.
WORKSHOP ON ECOLOGICAL MONITORING OF GENETICALLY MODIFIED CROPS. 2000. (Simpósio).

30.
PROS E CONTRAS DA BIOECNOLOGIA - AGRICULTURA E AGROINDUSTRIA DE ALIMENTOS. 1999. (Outra).

31.
SIRGEALC- Recursos Genéticos : Segurança Alimentar Para o Terceiro Milenio. 1999. (Simpósio).

32.
Biolatina 98 - III ENCONTRO LATINO-AMERICANO DE BIOTECNOLOGIA INDUSTRIAL.ORGANISMOS GENETICAMENTE MODIFICADOSNA NATUREZA E NOS ALIMENTOS : REGULAMENTAÇÃO E GERENCIAMENTO DOS RISCOS E BENEFICIOS. 1998. (Encontro).

33.
HOMENAGEADO NO II WORKSHOP OF EXPERTS ON BIOSAFETY. 1998. (Oficina).

34.
AGRONEGOCIO CACAU. 1997. (Seminário).

35.
RUMOS DA BIOTECNOLOGIA NO BRASIL. 1997. (Seminário).

36.
BOARD OF GOVERNORS OF THE ICGEB. 1996. (Outra).

37.
REUNIÃO DA TWAS NA ACADEMIA NACIONAL DE CIENCIAS DOS ESTADOS UNIDOS. 1994. (Outra).

38.
REUNIÃO DO GRUPO INTERSESSIONAL SOBRE TECNOLOGIA DA ONU. 1994. (Outra).

39.
REUNIÃO INTERGOVERNAMENTAL ABERTA DE PERITOS SOBRE DIVERSIDADE BIOLÓGICA PATROCINADA PELA UNEP. 1994. (Outra).

40.
REUNIÃO SOBRE DIRETRIZES INTERNACIONAIS EM BIOSEGURANÇA. 1994. (Outra).

41.
Second International Conference on Oceanography -Lisbon 94.Enhancing Capacity Building and its Effectiveness. 1994. (Outra).

42.
XIV SEMINARIO NACIONAL DE PROPRIEDADE INTELECTUAL. 1994. (Seminário).

43.
CURSO DE REVISÃO CONSTITUCIONAL PARA JORNALISTAS. 1993. (Outra).

44.
NEGOCIAÇÕES COM O USTR SOBRE PATENTES. 1993. (Outra).

45.
XX REUNIÃO DO COMITÊ PREPARATÓRIO DO ICGEB. 1993. (Outra).

46.
FORUM OF SCIENTISTS -ICGEB MEMBER COUNTRIES AND AFFILIATED CENTERS. 1992. (Outra).

47.
WORKSHOP PARA HARMONIZAÇÃO DAS LEGISLAÇOES DE BIOSEGURANÇA NO CONE SUL. 1992. (Outra).

48.
4a Reunião de Negociação da Proposta para um Plano Pilotode Conservação da Floresta Amazônica. 1991. (Outra).

49.
Ad hoc Workshop of Senior Expert on International Procedures for Assessing and Managing Biotechnology Risks.ENVIRONMENTALLY SOUND MANAGEMENT OF BIOTECHNOLOGY. 1991. (Outra).

50.
GEF MEETING - GLOBAL ENVIRONMENTAL FACILITY - GAS TRUBINE PROJECT TO BE FUNDED BY GEF PRESENTED AT THE MMETING. 1991. (Outra).

51.
NEW DELHI WORKSHOP OF SENIOR EXPERT ON INTERNATIONAL COOPERATION ON THE ENVIRONMENTALLY SOUND APPLICATIONS OF BIOTECHNOLOGY. 1991. (Outra).

52.
Symposium /Workshop - From Protein Structure to Protein Engineering.Promovido pelo ICGEB e UNIDO. 1988. (Simpósio).

53.
36a Reunião Anual da SBPC - Simpósio : Produção de Tecnologias ( Químico -Farmaceutico ,Biotecnologia. 1984. (Simpósio).

54.
HOMENAGEM DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO MARANHÃO- SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 25 AGOSTO -REQUERIMENTO No 398/83 DEFERIDO NA SESSÃO.. 1983. (Outra).

55.
I SEMINARIO INTERNACIONAL SOBRE DIAGNOSTICO DE LAS ENFERMIDADES VESICULARES. 1982. (Seminário).

56.
UPOV SYMPOSIUM ON GENETIC ENGINEERING AND PLANT BREEDING. 1982. (Simpósio).

57.
IV SEMINARIO PAN AMERICANO DE SEMENTES. 1963. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Luiz Antonio Barreto de Castro. 6o Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Biotecnologia- Fronteiras da Biologia. 2016. (Congresso).

2.
Luiz Antonio Barreto de Castro. 5o Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Biotecnologia -Fronteiras da Biologia. 2015. (Congresso).

3.
CASTRO, L. A. B.; Antônio Euzébio Goulart de Sant'Ana ; Lozano, J.L.L ; Júlio Cezar ; Joaquim Albenísio ; Célia Maria ; Pimenta, A.M.C ; Terenzi, H. ; Schneider, M.P.C. ; Pedrosa, F.O. ; D, Gilberto . Programa GENOPROT - Workshop de Avaliação. 2009. (Outro).

4.
CASTRO, L. A. B.. Workshop Desenvolvimento e Transferencias de Biotecnologias : Brasil - CIEGB. 2006. (Outro).

5.
CASTRO, L. A. B.. II Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Biotecnologia. 2004. (Congresso).

6.
VIEIRA, R. F. ; SILVA, S.R. ; CASTRO, L. A. B. . ESTRATEGIAS PARA CONSERVAÇÃO E MANEJO DE RECURSOS GENETICOS DE PLANTAS MEDICINAIS E AROMÁTICAS. 2002. (Outro).

7.
CASTRO, L. A. B.. I CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOTECNOLOGIA - FRONTEIRAS DA BIOLOGIA. 2001. (Congresso).

8.
DIAS, J. M. C. S. ; SILVA, J. B. T. ; CASTRO, L. A. B. . VI ENCONTRO DO TALENTO ESTUDANTIL DO CENARGEN. 2001. (Outro).

9.
DIAS, J. M. C. S. ; SILVA, J. B. T. ; CASTRO, L. A. B. . V ENCONTRO DO TALENTO ESTUDANTIL. 2000. (Outro).

10.
Holm - Nielsen ,L ; CRAWFORD, M. ; SALIBA, A. ; CASTRO, L. A. B. . Institutional and Entrepreneurial Leadership in The Brazilian Science and Technology Sector- Setting a New Agenda. 1996. (Congresso).

11.
CASTRO, L. A. B.. IV REUNIÃO ANUAL DO PROGRAMA NACIONAL DE PESQUISA EM BIOTECNOLOGIA AGROPECUARIA. 1991. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Rodolfo Alberto Aramayo Diez Medina. Isolamento e caracterização de uma fração metabolica de Bacillus subtilis ( Ehrenberg Cohn T41 com atividade antibiotica a fungos fitopatogênicos. 1986. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biologia Molecular)) - Universidade de Brasília, . Orientador: Luiz Antonio Barreto de Castro.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Igor Oliveira Alves. Efeito terapeutico do Lentinula edodes( Shiitake) para a saúde humana. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biologia) - Centro Universitário de Brasília. Orientador: Luiz Antonio Barreto de Castro.



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
CARNEIRO, M.1990CARNEIRO, M. ; RODRIGUES ; CASTRO, L. A. B. ; SILVIA ; COUTINHO . Isolation and characterization of the major albumin from Colocasia esculenta corms.. PLANT SCIENCE, v. 67, p. 39-46, 1990.

2.
CASTRO, L. A. B.2014CASTRO, L. A. B.; The Brazilian Agricultural Revolution in the XXI Century - Changing Paradigms in Biotechnology. Jacobs Journal of Biotechnology and Bioengeneering, v. 1, p. 1-5, 2014.

3.
CASTRO, L. A. B.2017CASTRO, L. A. B.. Brazil´s plunging science investments. NATURE, v. 1, p. 1, 2017.

4.
Luiz Antonio Barreto de Castro2016Luiz Antonio Barreto de Castro. A Whole Country Against a Mosquito. NATURE, v. 1, p. 1, 2016.

5.
Luiz Antonio Barreto de Castro2016Luiz Antonio Barreto de Castro. Heparin.Brazil and Innovation. NATURE, v. 1, p. 1, 2016.

6.
Luiz Antonio Barreto de Castro2016Luiz Antonio Barreto de Castro. Law 13123 and access to the Zica virus. NATURE, v. 1, p. 1, 2016.

7.
Luiz Antonio Barreto de Castro2015Luiz Antonio Barreto de Castro. Universities in Brazil -Dowe have the best model?. NATURE, v. 1, p. 1, 2015.

8.
Luiz Antonio Barreto de Castro2015Luiz Antonio Barreto de Castro. Biotechnology for the Poor. NATURE, v. 1, p. 1, 2015.

9.
Luiz Antonio Barreto de Castro2015Luiz Antonio Barreto de Castro. Doubling Feed and food Production in Brazil. NATURE, v. 1, p. 1, 2015.

10.
Luiz Antonio Barreto de Castro2015Luiz Antonio Barreto de Castro. Mixing Science and Politics. NATURE, v. 1, p. 1, 2015.

11.
Luiz Antonio Barreto de Castro2015Luiz Antonio Barreto de Castro. Transgenesis vs Gene Editing. NATURE, v. 1, p. 1, 2015.

12.
Luiz Antonio Barreto de Castro2014Luiz Antonio Barreto de Castro. Aggregate value to Brazil,s agribusiness or else. NATURE, v. 1, p. 1, 2014.

13.
Luiz Antonio Barreto de Castro2014Luiz Antonio Barreto de Castro. Encouraging Pharma 2- Change Paradigms. NATURE, v. 1, p. 1, 2014.

14.
Luiz Antonio Barreto de Castro2014Luiz Antonio Barreto de Castro. Failing to control Earth´s CO2. NATURE, v. 1, p. 1, 2014.

15.
Luiz Antonio Barreto de Castro2013Luiz Antonio Barreto de Castro. Brazil and Biotech an EBook. NATURE, v. 1, p. 1, 2013.

16.
Luiz Antonio Barreto de Castro2013Luiz Antonio Barreto de Castro. GM Animals in the US. NATURE, v. 1, p. 1, 2013.

17.
Luiz Antonio Barreto de Castro2013Luiz Antonio Barreto de Castro. Standing up for Preclinical Tests. NATURE, v. 1, p. 1, 2013.

18.
Luiz Antonio Barreto de Castro2012Luiz Antonio Barreto de Castro. Africa´s way forward. NATURE, v. 1, p. 1, 2012.

19.
Luiz Antonio Barreto de Castro2012Luiz Antonio Barreto de Castro. Encouraging Pharma in Brazil. NATURE, v. 1, p. 1, 2012.

20.
Luiz Antonio Barreto de Castro2012Luiz Antonio Barreto de Castro. Genes are Flowing. NATURE, v. 1, p. 1, 2012.

21.
Luiz Antonio Barreto de Castro2012Luiz Antonio Barreto de Castro. The Gene Revolution is in Africa. NATURE, v. 1, p. 1, 2012.

22.
Luiz Antonio Barreto de Castro2011Luiz Antonio Barreto de Castro. Brazil as Host. NATURE, v. 1, p. 1, 2011.

23.
Luiz Antonio Barreto de Castro2011Luiz Antonio Barreto de Castro. Brazil Feeds the World. NATURE, v. 1, p. 1, 2011.

24.
CASTRO, L. A. B.2011CASTRO, L. A. B.. Brazil,s Law. NATURE, v. 1, p. 1, 2011.

25.
Luiz Antonio Barreto de Castro2011Luiz Antonio Barreto de Castro. GM´s plants and 7 billion People. NATURE, v. 1, p. 1, 2011.

26.
Luiz Antonio Barreto de Castro2011Luiz Antonio Barreto de Castro. No Genes no Future. NATURE, v. 1, p. 1, 2011.

27.
CASTRO, L. A. B.2011CASTRO, L. A. B.. The Future of Start Ups in Brazil. NATURE, v. 1, p. 1, 2011.

28.
Luiz Antonio Barreto de Castro2011Luiz Antonio Barreto de Castro. The Patent s System in Brazil. NATURE, v. 1, p. 1, 2011.

29.
Luiz Antonio Barreto de Castro2011Luiz Antonio Barreto de Castro. The Public Perception of GM ´Plants. NATURE, v. 1, p. 1, 2011.

30.
Luiz Antonio Barreto de Castro2017Luiz Antonio Barreto de Castro. Limitations for Biotechnology Innovations in Brazil. Clinical Biotechnology and Microbiology, v. 1, p. 144-155, 2017.

31.
Castro L.A.B. de Luiz Antonio Barreto de Castro2018Castro L.A.B. de Luiz Antonio Barreto de Castro ; Luiz Antonio Barreto de Castro . Is yellow fever back in Brazil ?. NATURE, v. 01, p. 01, 2018.

32.
CASTRO, L. A. B.2018CASTRO, L. A. B.. The Tragic Burning of the Brazilian Museum. NATURE BIOTECHNOLOGY, v. 1, p. 1-1, 2018.


Livros e capítulos
1.
CASTRO, L. A. B.; Historia Sobre a Ciencia que Vivi. 1. ed. Rio de Janeiro: Ambito Cultural Edições Ltda, 2012. v. 1. 208p .

2.
CASTRO, L. A. B.; Carlos Bloch Junior ; Carlos A.L.Neri ; Manoel O.de Morais filho . Opportunities and Limitations for Biotechnology Innovation in Brazil. 1. ed. Bentham and Sciences, 2013. v. 01. 118p .

3.
Pontual, M.A.C ; SCHMIDT, F. G. V. ; MAGALHAES, J. C. C. ; CASTRO, L. A. B. ; CASTRO, L. A. B. . Histórias e Memorias da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia -Coletânea de Depoimentos de quem construiu essa historia Capitulo Sumário Chefes Gerais paginas 57-62. 1. ed. Brasilia: Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, 2014. v. 1. 462p .

4.
Luiz Antonio Barreto de Castro. Topics about Biotechnology in Brazil. REV. ed. Saarbruucken: Scolars`Pres, 2015. v. 1. 68p .

5.
CASTRO, L. A. B.. Uma crise de carater. 1. ed. Porto Alegre: ERevolução, 2017. v. 1. 58p .


Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CASTRO, L. A. B.; A Universidade Brasileira -temos o melhor modelo?. Correio Brasiliense, p. 11 - 11, 07 jan. 2015.

2.
CASTRO, L. A. B.; Ben Bradlee Paulo Francis e a Petrobras. Revista Sera ?, Brasil, 01 jan. 2015.


Apresentações de Trabalho
1.
CASTRO, L. A. B.; The Biotechnology Network for the Northeast of Brasil - The Challenges of the Semi Arid. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
CASTRO, L. A. B.; A transversalização da ciência como instrumento para o desenvolvimento do Nordeste. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
CASTRO, L. A. B.; Os novos caminhos para viabilização do RENORBIO. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
CASTRO, L. A. B.; Public Perception of Genetic Engineering - A Global Challenge. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
CASTRO, L. A. B.; Polo de Biotecnologia de Alagoas. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Luiz Antonio Barreto de Castro. 6o Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Biotecnologia- Fronteiras da Biologia. 2016. (Congresso).



Outras informações relevantes


Várias vezes bolsista da USAID no periodo de 1966 a 1970 .Coordenador do Programa Nacional de Biotecnologia da EMBRAPA de 1985 a 1991. Membro do Working Party of Biotechnology for the UNCED de julho de 1990 a julho de 1992. Membro do Biotechnology Advisory Commission of the Stockholm Environment Institute, em dezembro de 1993.Presidente da Comissão Técnica Nacional de Biosegurança do Brazil .de julho de 1996 a junho de1999 Membro do CGIAR- Consultive Group of the International Agricultural Research Centers - Technical Group para elaborar o Genetic Resources Challenge Program. em 2002 . Eleito presidente da Sociedade Brasileira de Biotecnologia em julho de 1991. Eleito presidente da Sociedade Brasileira de Biotecnologia em novembro de 1999.Membro da American association for the Advancement of Science desde 09/29/1995.Consultor do IICA para avaliação do CATIE 1990.Varias vezes Consultor do Banco Mundial para avaliação de sistemas de C&T na America Latina. Consultor para o Governo da Venezuela para avaliação do Sistema Instituto do Milenio 2004,Consultor para o Colciencias na Colombia para avaliação de Centros de Excelencia 2004.Integrante do Board of Governors do ICGEB -International Center for genetic Engineering and Biotechnology.Representou o Brasil em inumeras missões internacionais entre elas o Codex Alimentarius e UPOV.Membro do Terra Capital Investor Limited 1999. Conselheiro Titular do Conselho Nacional de Recursos Hídricos 2009.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/11/2018 às 20:17:06